Embraer é a vencedora das melhores e maiores do Brasil página 3

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Embraer é a vencedora das melhores e maiores do Brasil página 3"

Transcrição

1 Informati b'para os empregados e amigos da Embraer 3ti*" Alk Embraer é a vencedora das melhores e maiores do Brasil página 3 r P 1 [J,, J 4

2 J Uatro anos e meio após a sua privatização, a Embraer alcança expressivo reconhecimento de nossa sociedade e do mercado. Nossos aviões 'Oram escolhidos para renovação da frota de uma das companhias aéreas de maior prestígio na Europa, a suíça Crossair, representando o maior contrato da história da aviação regional. Nossa participação no Show Aéreo de Paris 99, em Le Bourget, na França, fin recorde, superando os anúncios de gigantes conglomerados industriais do meio aeroespacial. A revista Exame Melhores e Maiores 1999 elegeu a Emhraer como a "Empresa do Ano", após uma rigorosa análise de nossos balanços, coordenada por professores da Universidade de São Paulo. Além desses, temos outros motivos para contentamento e satisfação com o momento que estamos atravessando na Empresa. Nossos programas de desenvolvimento de recursos humanos e seus benefícios para os empregados têm sido sistematicamente reconhecidos, como podem comprovar os recentes prêmios Top de RH concedido pela ADVB (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil) e o prêmio Aberje-SP (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial) para o boletim interno "Mensagem aos Gestores". As homologações outorgadas pelo FAA, dos Estados Unidos, em julho, e pelo CTA, do Brasil, em junho passado ao nosso novo jato regional ER e seu início de entregas, com as primeiras unidades para a Continental Express e American Eagle, trouxeram grande satisfação à toda a equipe. A dedicação e o entusiasmo de todos _foram características primordiais para que essas certificações e entregas ocorressem rigorosamente nos prazos programados. Desde o seu início, há apenas dois anos, o programa do ERJ-135 soma 319 unidades encomendadas, demonstrando o elevado grau ele confiança de nossos clientes. Nesse sentido, podemos celebrar também em nossa carteira de vendas do ERJ-135 e ERJ- 145 a chegada de novos clientes de renome internacional no transporte aéreo, como a Alitalia Express, pertencente à italiana Alitalia Airlines, a KLM Exel ligada à companhia holandesa KLM e a Proteus Airlines, empresa franqueada da francesa Air France. A credibilidade conquistada pela Empresa e as análises realizadas quanto ao mercado e às necessidades de nossos cliente abriram caminho para a decisão de levar à frente o desenvolvimento de uma nova familia de jatos, o ERJ-170 e o ER1-190,nas suas versões ERJ e ERJ , oferecendo aeronaves com capacidade de transportar 70, 98 e 108 passageiros, respectivamente. Esse programa prevê investimentos da ordem de US$ 850 milhões em cinco anos e geração de empregos nos próximos anos. Mais uma vez nossos clientes demonstraram confiança em nosso trabalho. Essa nova família já nasce com 70 ordens firmes e 105 opções, totalizando' 175 encomendas firmadas pela Crossair e Regional Airlines. Todas essas conquistas colocam-nos em uma nova posição no mercado aeronáutico mundial. Por isso vamos enfrentar uma competição ainda mais acirrada com novos concorrentes diretos, particularmente com a entrada na categoria de aviões de 110 lugares. Em última análise, esses contratos anunciados e o grande número de aviões encomendados representam a renovação de um compromisso fundamental, decisivo para nossa sobrevivência e evolução, que é atender os clientes da aviação civil e militar com excelência, superando nossos concorrentes e antecipando-se às exigências do mercado. Esse crescente sentimento de realização que tem estimulado todos nós, leva a uma reflexão mais aprofundada sobre os caminhos que nos trouxeram até aqui e quais os rumos daqui para frente. Para todos os empregados da Emhraer, especialmente aqueles que enfrentaram os duros desafios no passado, devem ser muito vivas as lições que mostram com clareza a necessidade de permanecermos.firmes, concentrados e dispostos a não abrir mão do nosso desenvolvimento. Não podemos nos deixar levar por posições enganosas quando analisamos as promissoras perspectivas que estão se abrindo no horizonte da Empresa e de seus empregados. É verdade que esses contratos geram uma expectativa de viabilização de nossas operações por mais de 20 anos, porém não produzem resultados imediatos. O faturamento e o conseqüente lucro somente ocorrerão ao longo do tempo, quando da entrega dos aviões, como resultado de um árduo trabalho focado na realização das diversas atividades com custos competitivos. Há poucos dias, tivemos a decisão final da Organização Mundial do Comércio - OMC, sobre a disputa que Brasil e Canadá travavam para manutenção de seus programas de apoio às exportações de aviões. Somente algum tempo após a divulgação oficial dessa decisão é que poderemos mensurar quais serão os reais impactos em nossos negócios. Em razão das sucessivas e incessantes transformações que afetam a Empresa e também interferem na vida de todos nós, precisamos permanecer prontos a estudar e reavaliar nossos métodos e procedimentos, de forma a ultrapassar os desafios que surgirão no nosso caminho, sempre dentro da perspectiva de satisfação de nossos clientes. E assim que estaremos nos ajustando às novas realidades e realizando com o máximo de rendimento nosso trabalho de construção de um fintara brilhante para todos os colaboradores da Embraer e promovendo o retorno dos investimentos dos nossos acionistas. Vamos em frente! Maurício Novis Botelho,Diretor-Presidente 2 bandeirante Ano 30 - n 692 Julho/Agosto / 99 Editado pela Diretoria de Assuntos Corporativos - Geréncia de Comunicação Corporativa da Embraer. Editor-Chefe: Marcello D'Angelo (MTb ) Editor Executivo. irenia de Faro (MTb ) r Elizabeth Lopes (MTb-1.378DF) Capa:Jatos no pátio prontos para entrega. Foto: Acácia Luiz Projeto gráfico e editoração: bc&c Comunicação e Design Fnlnfies: Poiyart Impressão: Gráfica Aguia Bandeirante é uma publicação da Embraer - Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A. para seus empregados e amigos. Av. Brigadeiro Faria Lima, CEP São José dos Campos - SP Tel. (12) Fax (12)

3 SI SOO MAIORES EMPRESAS DO BRASIL TÍTULO A Empresa do Ano MELHORES E MAIORES g Com um desempenho excepcional em 98, a Embraer firma-se como uma empresa global U m dos mais importantes e prestigiados prêmios empresariais do País, o Melhores e Maiores, da revista Exame, deu à Embraer o disputado titulo de melhor empresa do ano de 99. ''Este prêmio é muito concorrido e equivale ao Oscar do setor empresarial,'' destaca Cláudia Vassalo, repórter do grupo Abril que escreveu o artigo sobre a Empresa para a revista Exame, em sua edição de 30 de junho (foto ao I a do). "A própria história da grande virada da Empresa, que em quatro anos saltou da beira da falência para o quarto lugar no ranking mundial dos fabricantes de aviões comerciais, foi um dos fatores decisivos nessa premiação," destaca a repórter. E completa: "A Embraer é uma das empresas brasileiras de alta tecnologia e vive um momento espetacular de sua história." Antes de escrever o artigo para a revista Exame, Cláudia Vassalo acompanhou em Paris o sucesso que a Embraer fez na feira de Le Bourget. Ela relata que o contato que teve com o presidente e a equipe da Empresa foi muito produtivo. Na ocasião, ela registrou a euforia causada pelo fechamento do contrato da Empresa com a regional suíça Crossair, no valor de US$ 4,9 bilhões, o maior na história da aviação comercial regional. E ouviu de Maurício Botelho, presidente da Embraer, a garantia de que esse sucesso estava assegurando mais vinte anos de existência de uma empresa poderosa. Critérios O prêmio da revista Exame completou, em 99, vinte e seis anos de existência. A melhor empresa do ano passado foi a Natura e, este ano, ela continua líder em seu segmento, o de Higiene, Limpeza e Cosméticos. As empresas concorrentes são avaliadas pelos resultados obtidos em rescimento, rentabilidade, saúde financeira, investimentos, participação de mercado e produtividade, dentre outros aspectos. E para a escolha da maior, leva-se em conta também os desafios e a própria história que motivou o sucesso da empresa. E foi a soma de todos esses fatores que levou o comitê responsável pelo prêmio à escolha da Embraer. Atualmente, não existe outra empresa brasileira de alta tecnologia com presença tão marcante no mercado externo. Grande parte do sucesso deve-se aos novos jatos regionais de 50 e 37 lugares, o ERJ-145 e o ERJ-135. Em 1998, o faturamento da Embraer cresceu 75,3%, atingindo US$ 1,3 bilhão. Para se ter uma idéia do crescimento, em 94 o faturamento da empresa era de apenas US$ 261 milhões. Também no ano passado, ela ocupou o segundo lugar no ranking das exportações brasileiras. A expectativa é de que, este ano, fique em primeiro lugar. É com base nesse espetacular resultado, nessa virada ruma ao pleno sucesso, que a Embraer ostenta o merecido prêmio. -( Maurício Botelho (0) recebe o prêmio Melhores e Maiores do presidente do Grupo Abril, Roberto Civita 3

4 FEIRA Embraer faz história em Le Bourget 1999 A Empresa respondeu pela metade de todos os negócios anunciados no último salão aéreo do século O ERJ-135 decola em Le Bourget S hows aéreos acontecem todos os anos, mas Le Bourget 99 vai ficar marcado por um bom tempo. A Embraer trouxe para o Brasil contratos de exportações que somam US$ 6,6 bilhões, dois recordes e uma conquista histórica. Os recordes são o maior contrato de vendas da aviação regional em todos os tempos e encomendas de aviões que representaram quase a metade de todos os negócios divulgados no evento, superando gigantes industriais do meio aeroespacial. Todos esses resultados levam a Embraer a se posicionar como líder mundial do mercado que mais cresce a cada ano, o de transporte aéreo regional. "Essa trajetória de sucesso não foi simples e nem fácil. Tudo isso é conseqüência de um trabalho árduo que vem sendo realizado desde a privatização da Embraer, com realizações gratificantes para todos nós, pois se traduzem em perspectivas sólidas para o futuro da empresa e de seus empregados," afirmou Maurício Botelho, Diretor Presidente da Embraer. Le Bourget, considerada a mais antiga feira de aviação do mundo, aconteceu entre os dias 13 e 20 de junho passado e teve mesmo números impressionantes. Foram 2 mil expositores, 300 mil visitantes e 2 mil jornalistas falando, discutindo, apresentando, comunicando e fechando negócios de aeronáutica e aeroespaço a cada segundo. Durante o Show Aéreo de Paris 1999, para anunciar importantes contratos e a decisão final de levar à frente o desenvolvimento de 3 novos jatos do programa ERJ-170 e ERJ-190, além de Mock-up da cabine do ERJ-170 e 190 no estando da Empresa (ao lado) receber a homologação do ERJ-135 pelo GTA do Brasil (leia na página 10), a Embraer realizou nove entrevistas coletivas junto com seus clientes e parceiros. Além disso, a Empresa apresentou seus produtos para o mercado civil e militar com um estande provido de maquetes das aeronaves, de um mock-up (protótipo) da cabine do ERJ-170 e realizou demo flights dos avões ERJ-145 e ERJ-135. As encomendas divulgadas na feira somaram 281 jatos regionais. Desse total, 175 unidades, sendo 70 ordens firmes e 105 opções, conferiram uma arrojada decolagem ao programa ERJ-170 e ERJ-190, agora em franco desenvolvimento. Esse programa teve a sua decisão final de efetivação anunciada em encontro com a imprensa, na unidade de Le Bourget, EAI - Embraer Aviation International. Com investimentos de US$ 850 milhões e geração de empregos nos próximos anos, o programa f4z.."...41,.. * 1 4,? 44, ; 4', 4 : !." "flr'..

5 vai desenvolver 3 modelos de aeronaves, o ERJ-170 para 70 passageiros e as duas versões do ER190, o ERJ e o ERJ para 98 e 108 passageiros, respectivamente. A companhia suíça Crossair, (leia matéria nas páginas 6 e 7) com a maior ordem de compras da história da aviação regional e a francesa Regional Airlines, foram os clientes de lançamento desses novos aviões. Outros 106 pedidos chegam para consolidar ainda mais os bem-sucedidos programas ERJ-145 e ERJ-135. Nesse caso foram registradas 47 ordens firmes e 59 opções de renomadas companhias aéreas internacionais, corno a Alitalia Express, pertencente à italiana Alitalia Airlines. a KLM Exel ligada à companhia holandesa KLM e a Proteus Airlines, empresa franqueada da francesa Air Franco, além de outras empresas de transporte aéreo de curta e média distância, como a Skyways, da Suécia, a Rheintalflug, da Áustria e a InterCanadian, do Canadá. Esta última tem um significado especial para a Empresa, já que a base da concorrente Bombardier fica próxima à do primeiro cliente canadense. "Estamos particularmente satisfeitos. Este pedido confirma a nossa posição de liderança na aviação regional em todos os mercados do mundo, "comemorou Maurício. Até chegar a todos esses anúncios, numa das feiras de negócios mais tradicionais do mundo, complexas articulações foram desenvolvidas. Grandes contratos não são assinados antes de, pelo menos, seis meses de negociação, em geral, chegam a levar um ano até à decisão final. O próximo grande evento da indústria aeronáutica está marcado para julho do ano que vem. O embarque para Farnborough 2000 já começou. -( Le Bourget em resumo Duas exposições internacionais de aeronáutica e espaço alternam-se a cada ano, disputando as preferências e prestígio do público e expositores: Le Bourget, na França, sempre nos anos impares e Farnborough, na Inglaterra, nos anos pares. A primeira mostra francesa do gênero teve lugar nos salões do Grand Palais, em Paris, no período de 25 de setembro a 17 de outubro de 1909, e tinha a denominação de Premiere Exposition internationale de Locomotion Aérienne, curiosamente promovida em conjunto com o Salão do Automóvel, Seção de Locomoção Aérea. Em dezembro de 22, o nome foi mudado para Exposição Internacional de Aeronáutica, passando a realizar-se a cada dois anos, como até hoje. No ano de 1924, uma nova denominação: Salão de Aviação. A partir do 18 Salão de Aviação, entre 29 de abril a 15 de maio de 1949, no aeroporto de Orly (Paris), houve a primeira demonstração em vôo de alguns dos modelos expostos no Grand Palais. Mais duas significativas alterações em 1951: a mostra passou a chamar-se Salão Internacional de Aeronáutica, com as demonstrações em vôo no aeroporto de Le Bourget, e a exposição estática no Grand Palais. Em 1953, o salão mudou-se definitivamente para Le Bourget e no ano de 1961, veículos espaciais foram mostrados pela primaria vez. Em sua 26 edição, a mostra adotou a denominação atual: Salão Internacional de Aeronáutica e Espaço, mas popularmente conhecida por Feira de Le Bourget. A Embraer participa, desde 17 de junho de 1977, do show aéreo de Le Bourget e comparece também às feiras de Farnborough, na Inglaterra e à da Fidae, no Chile.

6 VENDAS Crossair escolhe Embraer para o maior contrato do mercado de Aviação Regional Controlada pelo Grupo Swissair, a Empresa será a lançadora, no mundo, dos novos jatos ERJ-170 e ERJ U ma das maiores e prestigiadas empresas do transporte aéreo regional da Europa, a Crossair, da Suíça, escolheu os aviões da Embraer para renovar 100% de sua frota que voa para mais de 30 países. A atual frota da Crossair, que é contratada pelo Grupo SAir, o mesmo controlador da Swissair, tem 74 aeronaves e é formada por aviões Saab 340 A e B, e Saab 2000, fornecidos pela indústria aeronáutica Saab - hoje com suas linhas de produção desativadas - e por aeronaves RJ 85 e 100, da Avro britânica. A única participação não-européia é representada por MD-82 e 83, fabricados pela antiga McDonnell Douglas, atualmente sob controle da Boeing. Fundada em 1975, a Cia. ganhou bastante força, encerrando o ano passado com a realização de vôos, o transporte de 5,4 milhões de passageiros (14,5 % a mais que em 1997) e uma receita operacional de 1,014 bilhão de francos suíços. Megacontrato Durante a recente feira de Le Bourget, na França, a Crossair anunciou que escolheu a Embraer como sua parceira estratégica, para a renovação gradual de sua frota. Essa decisão levou a Empresa à assinar um megacontrato que soma US$4,9 bilhões, dos quais dois bilhões em encomendas firmes - aeronaves e peças de reposição, a serem entregues durante os próximos seis anos -, e o restante na forma de opções. Concepção artistica do ERJ-145 (em cima) e do ERJ-170 nas cores da Crossair O sucesso da negociação com a regional suíça deve-se. em grande parte, à competência e esforços de John Doyle, Diretor de Vendas de Aviões Comerciais, em Londres. "O significado de um contrato desse porte é de suma importância para a Empresa, pois a Crossair é uma das maiores companhias de aviação regional da Europa e, com certeza, deverá abrir caminho para o fechamento de outros importantes contratos", assegura John Doyle. A Crossair voa para mais de 100 destinos em 32 países e ocupa uma posição de destaque na aviação regional. Por causa desse prestígio, Doyle aposta que outras empresas européias de transporte aéreo ficarão atentas aos resultados desse grande acordo. Ele destaca, ainda, "a confiança no cumprimento dos prazos de entrega firmados pela Embraer e no bom o Referindo-se à concorrência entre a Embraer e o grupo americano-germânico Farchilci Dornier, para a esct a da frota do próximo milênio, o president oritz Sutter destacou: "Um fator decisivo a favor da Embraer, tendose em mente que não havia grandes diferenças técnicas entre os dois competidores, fel a existência de um pacote em que o ERJ-135,

7 Rotas da Crossair 3 o 1:k.,131in Moncheskr Kabenhavn Roslock desempenho das aeronaves brasileiras em solo europeu". O megacontrato cobre um total de 200 aviões: 15 compras firmes do ERJ-145, com a primeira entrega prevista para fevereiro de 2000 e 25 opções a decidir, no futuro, entre o ERJ-145 e o ERJ-135; 30 encomendas firmes do ERJ-170, para 70 passageiros e mais 30 do ERJ , para 108 assentos, além de 100 opções a resolver entre os dois modelos, dependendo do desenvolvimento do mercado. Com isso, a fim de enfrentar os desafios do próximo milênio, a Crossair, dependendo da conversão das New Yark Newark Sudesy.r coopl-rannn w* (rotw'1 ond 1.11,C7 Lisboa opções, poderá voar com toda a família de jatos da Embraer: ERJ-145, ERJ-135 (provável), ERJ-170 e ERJ Com a próxima introdução dos jatos Embraer inclusive os futuros EIRJ-170 e , em sua frota a Crossair pretende desativar todos os seus para 37 passageiros e o ERJ-145, para quarenta e nove assentos, cobrem estrategicamente o importante segmento do mercado abaixo de setenta lugares, vantagem que a Fairchild-Dornier não tinha condições de oferecer". Foi isso o que pesou bastante a favor dos produtos brasileiros. "Por essa razão", concluiu 811E401W. Boccleaux -- %abuse -z G..4 Modrid ); n. Z /-'Barcelona i / Maloga Valencia ^,../ oyi jj to, ode Alicante ir Ibiza Ge eu ro ro sn Ber Nice turboelices até o ano O primeiro vôo do ERJ-170 está previsto para o segundo semestre de 2001, com primeira entrega um ano depois. O ERJ-190 voará pela primeira vez em 2003, com entregas a partir de Sutter, "havia vantagens muito claras, tanto econômicas, quanto estratégicas, a favor de uma colaboração com a Embraer." Em mensagem a acionistas, sobre o contrato firmado com a Embraer, declarou: "Gostaria de expressar minhas esperanças de que, com essas novas e maravilhosos aeronaves, voaremos com sucesso no novo milênio," Düsseldorf / Hanna,),10. Berlin Tempelhof Dresiden preho Karlsruhe/ Bode9-80en -4-Nürnberg München Wien friedrichsharen -41 Zürich Lucjano e \ Venezia Milano Malpensa Ajaccio Da base operacional EuroCross, da Crossair, em Basel-Mulhouse-Freiburg, na Sulca, partem diariamente mais de 820 vôos e conexões diversas A Crossair em números Principal base operacional: EuroCross, na cidade de Basel Empregados: 2,8 mil, sendo 2,1 mil em operações técnicas e de vôo Países onde opera: 32 Cidades onde opera: 100 Frota: 72 aeronaves Vôos: 147,2 mil Horas voadas: mil Passageiros transportados: 5,4 milhões Carga transportada: 6,8 milhões de kg 7

8 DEMONSTRAÇÃO Demo Tour comprova superioridade dos Jatos Regionais Embraer Vôos de demonstração levam jatos regionais da Embraer a 14 cidades européias A Embraer realizou, entre os dias 20 a 25 de junho, um bem-sucedido Demo Tour (turve de vôos de demonstrações) por países da Europa corn os aviões ERJ-135 e ERJ-145, que contribuiu para a abertura e consolidação de oportunidades nesse importante mercado de aeronaves. "Nessas demonstrações, os executivos de companhias européias puderam comprovar que os aviões da Embraer podem operar, sem problemas, nas pistas e condições disponíveis em suas rotas de atuação", disse John Doyle, Diretor de Vendas Comerciais de Embraer em Londres. O ritmo de demonstrações realizadas nessas turnês é bastante intenso. A média de apresentações chega a 4 empresas por dia. "Trabalhamos durante 3 semanas seguidas com agendas que começavam às 5 da manhã e terminavam às 11 da noite", informa Flávio Serra, Assessor de Marketing da área de Assuntos Corporativos e coordenador do Demo Tour. Toda essa atividade, porém, foi bastante produtiva. Flávio cita que a Euro Wings, da Alemanha, não estava interessada na compra dos aviões, mas após as demonstrações, solicitou uma proposta comercial. Outro caso foi o das empresas Tyrolean, da Áustria, e Augsburg Airways, da Alemanha. Ambas tinham dúvidas quanto à capacidade técnica de os aviões brasileiros operarem em pistas curtas. "Durante a Demo Tour mostramos que temos plena capacitação", reitera Flávio Serra. Despertar Um dos pilotos do Demo Tour Europa, Daniel Chun, também destaca os resultados positivos obtidos: "Em virtude das demonstrações, o mercado europeu despertou para nossos produtos". E completa: "Posso dizer, nitidamente, que houve um interesse geral pela Embraer". Anteriormente, o ERJ-135 já havia sido exibido, de 9 a 19 de maio, nos Estados Unidos e Canadá em mais um Demo Tour. "Um dos grandes resultados dessa viagem foi colaborar para o fechamento de negócio com a canadense lntercanadian, pois o ERJ-135 tem mais de 95% de comunalidade com o ERJ-145, que acabou sendo adquirido por aquele cliente," enfatiza Flávio Serra, que também coordenou essa turnê. O contrato de venda do ERJ-145 para a empresa do / Canadá foi anunciado em junho, durante a feira de Le Bourget, na França. 4

9 IRLANDA PAÍS DE GALES / Bristol ii INGLATERRA FRANÇA Berlim Londres POLÔNIA Dortmund uxelas Paris St. Étienne Base B rna< SgÍÇAJN ALEMANHA Praga REP. TCHECA Augsburg SLOVÁDUIA Viena. Bratislava, ÁUSTRIA Innsbruck Budapeste Alte HUNGRIA ti ESLOVNIA Lugano *Zagreb Triest Lubliana BÓSNIA Demo Tour Europa Junho de 1999 Aviões empregados: ERJ-135 n/s 002, prefixo PT-ZJC e ERJ-145 n/s 003, prefixo PT-ZJD. Gerente dos Programas ERJ-135 e ERJ-145: Eduardo Bonini S. Pinto Pilotos: Sérgio Mauro Costa, Daniel Chun, José Cacheiros e Antonio Bragança. Mecânicos: Callegari, Idemauro, Adilson e Ronivaldo. Quilometragem percorrida: km. Número de ciclos (decolagens e pousos): 40. Regionais atendidas: 9. Convidados transportados: 300. Países visitados: 7. Cidades visitadas: 14. Coordenação geral: Flávio Serra.

10 HOMOLOGAÇÃO ERJ-135 já pode operar comercialmente nos EUA Avião recebeu homologação das autoridades aeronáuticas do Brasil e dos Estados Unidos 10 Ten-Brig-do-Ar Henrique Marini e Souza, Comandante Gera! do Ar, entrega o Certificado do CTA ao presidente da Embraer, Maurício Botelho 3 epois de quase um ano de testes, num total de aproximadamente 400 horas de vôo, os modelos ER (Extended Range) e LR (Long Range) do jato regional ERJ-135 receberam, em 11 de junho, do Centro Técnico Aeroespacial (UFA). o certificado de homologação de tipo. A entrega do documento ocorreu durante a mostra aeroespacial de Le Bourget, na França. E no último dia 16 de julho, os dois modelos obtiveram também a aprovação do órgão homologador dos Estados Unidos, a Federal Aviation Administration (FAA). Esse documento permite que o ERJ-135, o mais novo avião desenvolvido pela Embraer, para o transporte aéreo regional, em suas duas versões, opere comercialmente no espaço aéreo norteamericano. Depois dessas aprovações, o próximo passo, para a Embraer, será obter a homologação do Joint Aviation Authorities (JAA), órgão que habilita as aeronaves a operarem comercialmente na maioria dos países europeus. Segundo Alexandre Figueiredo, Gerente Técnico do Programa 135, os representantes do JAA estiveram na Embraer, no mês de julho, para acompanhar os vôos do ERJ-135. A previsão é de que o certificado europeu seja emitido em setembro. As entregas do ERJ-135 começaram na segunda quinzena de julho, respectivamente para as regionais Continental Express e American Eagle, dos Estados Unidos. Semelhança O vôo inaugural do primeiro ERJ-135 foi realizado em 4 de julho do ano passado e o do segundo, em 25 de setembro. Esses dois aviões foram utilizados em ensaios de vôo para homologação. De acordo com Alexandre Figueiredo, a campanha do 135 foi menos intensa. "Isso porque o modelo é derivado do ER1-145,, portanto, a parte de sistemas das aeronaves é a mesma, com um índice de comunalidade em torno de noventa e oito por cento", reitera. Ao destacar, ainda, a semelhança entre os dois aviões, Figueiredo destaca a igualdade no treinamento e na logística, e informa que o motor é o mesmo, só que regulado para operar com potência menor. Outras vantagens: a manutenção é comum aos dois aviões, o mesmo acontecendo com o treinamento de pilotos. Deste modo, a tripulação de um ERJ-145 pode passar para o ERJ-135 sem nenhum gasto extra. "Isso é muito bom para nós e para os clientes, pois pode-se operar uma frota mista sem custos adicionais", esclarece Alexandre. A média de produção do ERJ-135 é hoje de quatro Alexandre Figueiredo unidades por mês. Figueiredo informa que, no mês de agosto, serão entregues novas encomendas para a Continental Express e a American Eagle. E assim que o órgão regulador europeu conceder o certificado de tipo do 135, os primeiros aviões destinados para a Europa terão por destino as empresas francesas Flandre Air e Regional Airlines. O ERJ-145, do qual o 135 derivou, já opera desde 1997 em alguns países europeus. Sucesso absoluto de vendas, o ERJ-135 tem atualmente, em carteira, 139 vendas firmes e 180 opções, num total de 319 unidades. 4 David Siegel, presidente da Continental Express, sela com um beijo o primeiro ERJ-135 de série recebido por sua empresa em 23 de julho

11 "' "")VOS PRODUTOS Novidades no ar Novos jatos para a Aviaçio Regional e sofisticadas aeronaves militares EMB-145 SA Avançada aeronave tipo AEW (Alerta Aéreo Avançado). Plataforma do ERJ-145, com radar AEW e Sistema de Comando e Controle Erieye, da Ericsson. Cinco unidades irão para o Sistema de Vigilância da Amazônia (SIVAM) e mais quatro, com algumas modificações, serão exportadas para a Grécia. EMB-145 RS Versão em desenvolvimento. Tal como o EMB-145 SA (Surveillance Arcraft), empregará a mesma plataforma do jato regional ERJ-145 e será utilizada para operações de sensoriamento remoto. Equipada com sensores e equipamentos eletrônicos especializados. Três unidades do RS (Remote Sensing) serão destinadas ao projeto SIVAM. ECJ Jato Executivo Versão executiva do ERJ-135. Alcance de aproximadamente km, permitindo alcançar, a partir de Brasília, DF, e sem escalas, todas as capitais sul-americanas. Múltiplas configurações de Interior com mesas de trabalho e consoles. Poltronas amplas e confortáveis, Acomodações para 12 a 37 passageiros. Super Tucano/ALX Duas versões do ALX, avião leve de ataque, derivadas do Super Tucano, estão sendo desenvolvidas para a Força Aérea Brasileira (FAB): A-29, monoposto, para ataque, apoio ao Projeto SIVAM, missões antiguernlha e vigilância de fronteiras; e AT-29 biposto, para treinamento avançado. Equipado com bombas, mísseis, foguetes e metralhadoras. ERJ-170 e ERJ-190 Primeiro de uma nova família de jatos regionais, o ERJ-170 operará com dois motores turbofans sob as asas. Setenta passageiros. Espaçosa cabine com 2 m de altura interna e filas de quatro assentos (2 a 2). Velocidade de cruzeiro: Mach 0.8 (870 km/h). Primeiras entregas previstas para O ERJ-190, segundo de uma nova família de jatos regionais, também com turbofans debaixo das asas. Duas versões: ERJ para 98 passageiros e ERJ para 108 passageiros. Cabine com 2 rn de altura interna. Fileiras de quatro assentos (2 a 2). Velocidade de cruzeiro de Mach 0.8 (870 km/h). Primeiras entregas estimadas para

12 RECURSOS HUMANOS Aproveitamento interno valoriza talento e dedicação do empregado Oportunidades do Programa incluem até mesmo vagas de supervisão e gerência a Embraer, as chances de o empregado se desenvolver são várias. Uma dessas maneiras, e que vem fazendo muito sucesso, é o Aproveitamento Interno, uma prática implementada na Empresa há mais de dois anos. "Esse tipo de aproveitamento interno já vinha sendo feito informalmente, antes desse período. Mas, a partir do Plano de Remuneração, em 1997, as promoções internas foram introduzidas prioritariamente dentro da Empresa", destaca a consultora de Recursos Humanos, Regina Santana. Os empregados que pretendem buscar novos horizontes dentro da Embraer devem ficar atentos aos quadros de aviso, onde na Maria: "O programa de aproveitamento interno mudou minha vida" empregados estiveram envolvidos no Programa de Aproveitamento Interno em 1998 as novas vagas são divulgadas. No mês de julho, por exemplo, foram abertas oito vagas para aproveitamento interno, incluindo vagas de supervisor de produção e de gerência, dentre outras. Os cartazes de Aproveitamento Interno contêm os pré-requisitos profissionais e pessoais do cargo, e ficam expostos durante cinco dias úteis. Nesse período, os interessados encaminham seus currículos ao Setor de Recrutamento e Seleção. A partir daí, inicia-se o processo de seleção, com testes, dinâmica de grupo e entrevistas. Depois de, no máximo, 15 dias, a escolha é anunciada. Segundo Regina Santana, apenas nos casos em que não se apresentam candidatos internos habilitados ao cargo disponível é que se busca uma solução no mercado. Experiência consolidada Além da aptidão para a nova função, o Aproveitamento Interno exige que o interessado tenha, pelo menos, 12 meses de trabalho na Empresa ou 12 meses na última função. Regina revela, ainda, que o Aproveitamento Interno valoriza os empregados e é mais um instrumento de estímulo para que o empregado se dedique com mais afinco à sua especialização e ao seu crescimento profisional. Foi exatamente isso o que ocorreu com Ana Maria da Motta. Em 1987, ela ingressou na Empresa, na área de Informática. Em 90, foi transferida para a área de Recursos Humanos. Com o passar do tempo, sentiu a 446 funcionários tiveram seus cargos alterados, em função do Programa g Regina recomenda consultar os quadros de avisos necessidade de se especializar e buscar novos rumos. Em 98 começou a cursar Serviço Social, na UNIVAP (Universidade do Vale do Paraíba) e, em abril do mesmo ano, surgiu a oportunidade que aguardava: através de um Aproveitamento Interno conseguiu uma vaga em sua área de interesse, a de Serviço Social. Ana se diz muito feliz e estimulada na nova função: "Isso mudou a minha vida, pois estou trabalhando no setor em que estou me especializando". Ela garante que o estímulo para continuar se aperfeiçoando é cada vez maior. "Temos que ter sempre a meta de melhorar e buscar aqui em que acreditamos". Ana Maria, um dos exemplos de sucesso e benefício que esse programa tem proporcionado, já pretende fazer um curso de pós-graduação logo que se formar. 4

13 '3andeirante MEIO AMBIENTE 414 Latas viram livros e sorrisos Doações foram destinadas à Associação para a Síndrome de Down (*) liar a conscientização ecológica com a solidariedade foi o grande destaque da Campanha "Reciclando Latas", realizada pela equipe do Serviço Social, entre os dias 19 e 23 de julho, com os empregados da Embraer e seus famiiiares. A mobilização arrecadou latas de alumínio que depois foram trocadas pelo livro infantil Tatugo Timbó, que trata da preservação do meio ambiente. Segundo a Assistente Social da Embraer, Malu Grassi, uma das coordenadoras do Reciclando, "foi uma excelente oportunidade de colocar crianças e pais juntos em uma atividade que contribuiu para o despertar da preservação ambiental", Além disso, a coleta de latas também é um estímulo para que a criança aprenda, desde cedo, algumas noções básicas de cidadania, como a importância de se manter limpa a cidade em que se vive. Tatugo Tirnbó Cada lote de 20 latas foi trocado pelo livro Tatugo Timbó, de Patrícia Engel Secco. A história complementa a campanha, explicando para as crianças o problema da relação entre o nosso modelo de desenvolvimento econômico e a preservação do meio ambiente. Com isso, o projeto propiciou, ainda, o estimulo à leitura, através de um livro sugestivo, rico em conteúdo e muito bem ilustrado. Malu Grassi, ao lado do boneco de 1,90 m de altura formado por latas de alumínio vazias, montado por filhos de empregados Todo o material arrecadado foi doado à ASIN (Associação para a Síndrome de Down) de São José dos Campos. Essa associação utilizará o dinheiro na construção de sua nova sede social e no atendimento prioritário às crianças de zero a dois anos, portadoras da Síndrome. "Existe uma deficiência no atendimento à essas crianças e com esses recursos estaremos contribuindo para que o problema seja atenuado", ressaltou Maio Grassi. < (') A Asin foi fundada em março de 1990, é presidida por Marlene Santana Pereira Barros e atende cerca de 60 pessoas portadoras da Síndrome de Down. RECURSOS HUMANOS Inovações no Projeto Boa Idéia Encontrar maneiras mais eficazes e inovadoras de se fazer as coisas, já está provado, assumiu importância vital em qualquer campo da atuação empresarial e até mesmo de nossas vidas. O Projeto Boa Idéia foi implementado na Empresa para estimular a criatividade e a participação dos empregados nesse processo fundamental. Em 1998, o número de idéias apresentadas através do Projeto demonstrou intensa participação dos empregados com idéias novas (1.300 a mais do que 1997). Na raiz desse sucesso está a busca constante do desenvolvimento de cada um e da Empresa, A partir de agosto, estaremos dando início a uma nova fase do Projeto Boa Idéia, incentivando ainda mais a criatividade e a participação dos empregados com foco na qualidade, redução de custos e na satisfação do cliente. As melhores contribuições serão recompensadas em forma de incentivos à educação, lazer e cultura dos participantes e seus familiares. A associação entre criatividade, qualidade e resultados continuará a ser o grande diferencial do Projeto Boa Idéia. Fique li

14 IMAGEM INSTITUCION Nova campanha de comunicação com as grandes conquistas da Embraer Empresa encerrou em julho a veiculação de uma série de anúncios com visual arrojado e inovador o final do mês de julho, foram veiculados os ú timos anúncios da nova campanha de publicidade institucional promovida pela Embraer. Com um visual diferenciado e inovador, composto por fotos de seus processos e produtos através de um tratamento azulado, aliado a textos objetivos e enxutos, a Empresa ganhou visibilidade e posicionou sua marca e nome de forma positiva junto aos leitores dos principais jornais e revistas do País. "Essa iniciativa de comunicação corporativa visou a tornar mais claras para os diversos públicos que interagem com a Embraer o que ela representa, e sua forte evolução nas áreas de geração de empregos, realização de exportações e desenvolvimento de tecnologia nacional," comentou Gilberto Galas, diretor de Assuntos Corporativos da Embraer. Essa campanha é uma das atividades que integram o Plano Global de Comunicação da Empresa, que tem ainda como destaques a participação nos diversos shows aéreos internacionais, como Le Bourget, veiculação de anúncios em revistas e 14 jornais especializados em aviação e de negócios, como os grandes jornais nos Estados Unidos ou Europa, além da produção de folhetos, relatórios anuais, vídeos e CD Rom, e contatos com assessorias de imprensa no mundo todo. O supervisor de Logística Industrial da EDE, Francisco Sakata, empregado há 26 anos, comentou com os colegas sobre, essa recente campanha que enfocava como tema de fundo, o orgulho proporcionado pelas conquistas da Embraer. "Nós todos ficamos impressionados com a beleza e qualidade da campanha. Gostaríamos de fazer disso um poster para colocar na entrada da fábrica," disse Sakata, referindo-se ao anúncio ilustrado com uma foto da barriga do ERJ-145 com os trens de pouso, fabricados na EDE, em primeiro plano. Boas repercussões também foram sentidas pela analista de Recursos Humanos, Regina Sonnewend. Há 19 anos na Embraer, ela disse que toda a campanha está muito bonita. "Achei que a Empresa mostrou a sua cara nova de uma Regina: "Publicidade para o Primeiro Mundo". Sakata: "Este anúncio vale um poster" forma muito positiva. Nós crescemos como um todo e em todos os sentidos. Devemos mostrar isso para todo mundo," comentou Regina. A campanha com o título "Clic voando nesta página e sinta ainda mais orgulho do Brasil" está disponível para visualização com mais detalhes no website da Embraer na Internet. É só procurar em nossas páginas em português, no endereço: Pode se orgulhar, Embraer - A empresa do Brasil. -4

15 o c TECNOLOGIA TOR afia as garras para entrar firme no SAP R/3 O desafio é promover uma profunda mudança cultural na equipe Para o Eng. Luiz Cláudio Sigaud Ferraz foto), diretor do Programa TOR, "na busca de melhores resultados, toda empresa precisa promover uma constante atualização e o desenvolvimento de seus processos e 11 atividades, e essa necessidade é mais imperiosa quando, como ocorre hoje com a Embraer, a companhia passa por uma fase de crescimento". Por isso, a Empresa lançou, em novembro de 1997, o Programa TOR (Transformação da Organização para Resultados), a fim de rever, aperfeiçoar e desenvolver seus vários processos e sistemas empresariais. Hoje, todas as contas feitas, o TOR já apresellta resultados palpáveis. "Dos cento e quarenta projetos previstos para o Programa, por exemplo, setenta já foram implementados na estrutura da Embraer", garante Luiz Cláudio. "Conseguimos melhoras significativas nas mais diversas áreas: financeira, produção, suprimentos, programas etc." Embora o TOA envolva todo o pessoal da Empresa, com cada um permanecendo em suas próprias áreas, o núcleo central do Programa é composto de aproximadamente 60 pessoas, que vêm queimando, com sucesso, as várias etapas dos objetivos propostos. Um desses objetivos é a implementação do SAP R/3. O que é o SAP R/3 Praticamente estruturado para as três etapas seguintes e decisivas, o Projeto de Implementação, que começou efetivamente em fevereiro deste ano, prepara-se para implementar em definitivo, na Empresa, o software SAP R/3 - um abrangente sistema do tipo ERP (Enterprise Resource Planning), de gestão empresarial e integração de sistemas e processos, fornecido pela SAP, uma empresa alemã, de grande conceito em todo o mundo: a primeira etapa envolverá os processos de Gestão Econômico/Financeira, Previsão e Vendas de Peças de Reposição, Suprimentos e Serviços ao Cliente, com entrada em operação em outubro próximo e a segunda fase, referente aos Processos Comercial, de Programas, Suporte Empresarial e Gestão de Serviços ao Cliente, com implementação prevista para maio do ano A última fase, com os processos de Planejamento e finalização dos Processos de Desenvolvimento Integrado do Produto e Manufatura, está prevista para encerrar-se em dezembro do ano que vem. Sendo o SAP R/3 um software bastante complexo, houve a necessidade de se contratar uma competente consultoria, para ajudar em sua instalação. Assim, após uma cuidadosa seleção e análise de conhecidas consultorias, a Embraer optou pela Deloitte Consulting/ICS, dentre outras razões, por sua comprovada experiência nesse sistema. A implementação das três fases do SAP R/3, no complexo Embraer- sede, Neiva, Fort Lauderdale, Le Bourget e Melbourne - obedecerá ao esquema visto no quadro. Luiz Claúdio sabe que há um grande desafio pela frente mas confia no próprio grupo e nos empregados da Embraer. "Nosso pessoal é dotado de grande capacidade técnica, é capaz de vencer," enfatiza. Ele acha que "o empregado da Empresa precisa ser multifuncional, ter condições de trabalhar em equipe e estar preparado para querer fazer mudanças." Esta é a razão pela qual a Embraer está dando uma ênfase especial aos processos de comunicação, visando a desenvolver em todos a cultura da mudança, cuidando também do desenvolvimento das habilidades e capacitação dos funcionários. -( Fases de implementação do sistema SAP R/3 e seus processos Fase 1 Outubro 1999 São José dos Campos FOR Lauderdale Melbourne, Le Bourget Gestão Econômico-Financeira (Partel ) Planejamento (Previsão de Peças de Reposição) Materiais e Logística (Suprimentos) Desenvolvimeto integrado de Produtos (Apoio aos Roteiros de Produção do Programa ERJ-i 70) Produção (Roteiros de itens Correlatos) Apoio ao Cliente (Peças de Reposição) Fase 2 Maio 2000 São José dos Campos Neiva Fort Lauderdale Melbourne Le Bourget Gestão Econômico-Financeira (Parte 2) Gestão de Programas Comercial Apoio ao Cliente Suporte Empresarial Fase 3 Dezembro 2000 São José dos Campos Neiva Gestão Econômico-Financeira (Parte 3) Desenvolvimeto Integrado de Produtos Produção Planejamento 15

16 RECURSOS HUMANOS Papel Estratégico na Gestão leva Embraer a ganhar Top de RH Trabalho aiavancou transformação da Empresa para maximizar resultados Eunice Rios com o troféu Top de RH Personagem Felício Feliz destaca-se na comemoração ão faz muito tempo, a Embraer vivenciava um clima de incertezas, insegurança e até mesmo desânimo. Hoje, a situação é muito diferente. Em meio a outros importantes reconhecimentos, a Empresa ganhou o Prêmio Top de RH, conferido todos os anos pela Associação de Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB). O tempo passou depressa e a Embraer mudou muito. A partir da privatização foi deflagrado um amplo processo de reestruturação para resgatar a competitividade da Empresa, colocando-a no rumo do crescimento auto-sustentável. Para.essa virada radical em seus destinos, escolheu-se o caminho de valorização das pessoas, como os verdadeiros agentes de transformação da organização. Segundo Eunice Rios Guimarães Batista, Gerente de Desenvolvimento de Recursos Humanos (GRH) da Embraer, "o Prêmio TOP de RH é um reconhecimento ao acerto da decisão de focar a gestão dos recursos humanos como fator de desenvolvimento do negócio, Essa decisão provocou uma total redefinição do papei da administração de pessoal, agora voltada para o desenvolvimento e integração com todos os departamentos da organização". Com elevado prestígio em todo o País, a ADVB premiou em 1999, além da Embrear, outras 24 empresas. Dentre as homenageadas, estão algumas das maiores empresas do Pais: Asbace, Avon, Banco itaü, BankBoston, Carrefour, Comet, Cimento Ribeirão Grande, Datasul, Elektro, Eletropaulo Metropolitana, Correios, General Motors, Hotelaria Accor Brasil, Icatu Hartford, Previ, Redecard, Renaissance São Paulo Hotel, Rio Grande Energia, Serasa, Ticket Serviços, Accor Brasil e Volkswagen. O Top de RH, organizado em parceria com a Associação Brasileira de Recursos Humanos, destina-se às empresas que implementaram projetos de RH, cujos resultados estimulem a integração e participação dos funcionários nas atividades empresariais. "Para efetivar esse envolvimento do empregado foi necessário romper paradigmas existentes e criar condições para que todos convivessem com naturalidade num cenário de mudanças sucessivas" comentou Eunice Batista. Para levar à frente esse 0, ambicioso projeto foi elencada uma série abrangente de princípios <1 estratégicos. A área de `1) Recursos Humanos adotou uma postura estratégica de participação e viabilização das decisões empresariais, promovendo uma profunda evolução cultural, atuando de forma globalizada comum sistema integrado de administração, baseado no conceito de Competências. Todas essas atividades não poderiam se ater ao âmbito interno, tendo necessariamente que envolver a família e a comunidade, promovendo saúde e bem-estar geral através de ações preventivas, além de visualizar o futuro dos empregados após a carreira na Empresa. Também não foram esquecidos os aspectos de ampliação da capacidade de liderança dos gestores, elevação do grau de escolaridade básica de todos e intenso programa de treinamento e desenvolvimento. A comunicação, transparente e criativa, impôs-se como um meio eficaz de melhoria das relações entre empresa e empregados. Assumiu ainda caráter prioritário a adoção de uma arrojada Política de Cargos, Remuneração e Carreiras, que fosse justa e promovesse plena motivação dos colaboradores. Por fim, para assegurar que não houvesse ocorrências de descontinuidade, especialmente em funções críticas, estabeleceram-se programas de suporte aos processos de sucessão. Uma pesquisa de clima organizacional constatou resultados acima da média do mercado e um vasto conjunto de mudanças substanciais na Empresa. Dentre inúmeros indicadores, talvez o mais significativo seja o que aponta 93% de empregados enxergando o futuro com otimismo. < Exibição do Coral Vôo Doce Encanto na premiação

EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos

EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos São José dos Campos, 7 de novembro de 2008 A Embraer (BOVESPA:

Leia mais

Conviasa recebe dois novos Embraer E190

Conviasa recebe dois novos Embraer E190 Conviasa recebe dois novos Embraer E190 Por Rubens Barbosa Filho A companhia aérea estatal venezuelana Conviasa (Consorcio Venezolano de Industrias Aeronáuticas y Servicios Aéreos, S.A.) recebeu em 25

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL Relatório e Análise 2005 Introdução: ``Para que a Construtora Mello Azevedo atinja seus objetivos é necessário que a equipe tenha uma atitude vencedora, busque sempre resultados

Leia mais

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S Ela lidera a equipe, contrata, acompanha e desenvolve equipes, faz o plano de vendas, cuida do ponto de venda e da vitrine, controla o estoque, monitora e motiva

Leia mais

Objetivo: Nosso negócio:

Objetivo: Nosso negócio: Informações sobre o Programa Nome do Programa Bob s Melhor Idade Início do Programa: 20 de Abril de 2003 Setor responsável: Responsabilidade Social Contato: Vinitius Fernandes Cargo: Coordenador de Responsabilidade

Leia mais

Gestão de Programas na Embraer. Edy Nilton D. Aparecido Gerente de Programas Av. Comercial

Gestão de Programas na Embraer. Edy Nilton D. Aparecido Gerente de Programas Av. Comercial Gestão de Programas na Embraer Edy Nilton D. Aparecido Gerente de Programas Av. Comercial 10 de abril de 2014 A PARTIR DESTE CHAPÉU FORAM FABRICADAS MILHARES DE AERONAVES NO BRASIL Nosso negócio é gerar

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

a diferenciação como estratégia de sobrevivência

a diferenciação como estratégia de sobrevivência Central de Cases TAM: a diferenciação como estratégia de sobrevivência www.espm.br/centraldecases Central de Cases TAM: a diferenciação como estratégia de sobrevivência Preparado pelo Prof. Marcos Henrique

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Informe Projeto Novos Caminhos é apresentado aos funcionários

Informe Projeto Novos Caminhos é apresentado aos funcionários Informe UM INFORMATIVO ESPECIAL DA VIAÇÃO COMETA - DEZEMBRO DE 2010 02 EDITORIAL Construindo a base para o futuro. 03 CAPA Funcionários lotam as garagens para conhecer o projeto Novos Caminhos. 04 EXCELÊNCIA

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

PRÊMIO. Identificação da Experiência: Qualidade com segurança e Satisfação do cliente.

PRÊMIO. Identificação da Experiência: Qualidade com segurança e Satisfação do cliente. PRÊMIO 2012 Empresa: Pluma Conforto e Turismo S/A Categoria da Experiência: Atendimento ao Cliente Identificação da Experiência: Qualidade com segurança e Satisfação do cliente. Período da Experiência:

Leia mais

CENTRO HISTÓRICO EMBRAER. Entrevista: Luiz Fernando Nolf Ventura. São José dos Campos SP. Novembro de 2010

CENTRO HISTÓRICO EMBRAER. Entrevista: Luiz Fernando Nolf Ventura. São José dos Campos SP. Novembro de 2010 CENTRO HISTÓRICO EMBRAER Entrevista: Luiz Fernando Nolf Ventura São José dos Campos SP Novembro de 2010 Apresentação e Formação Acadêmica Meu nome é Luiz Fernando Nolf Ventura, eu sou formado em tecnólogo

Leia mais

REGULAMENTO E QUESTIONÁRIO DE AVALIÇÃO PARA PREMIAÇÃO.

REGULAMENTO E QUESTIONÁRIO DE AVALIÇÃO PARA PREMIAÇÃO. REGULAMENTO E QUESTIONÁRIO DE AVALIÇÃO PARA PREMIAÇÃO. A Revista Motoboy Magazine tem o prazer de realizar o Prêmio Motoboy Magazine Top Motofrete 2013, a fim de prestigiar o trabalho de empresas em prestação

Leia mais

LOGÍSTICA & BRASIL Artigo

LOGÍSTICA & BRASIL Artigo O artigo aborda relações entre logística, formação profissional e infra-estrutura do país. São debatidas questões sobre a evolução da logística no Brasil, a preparação educacional do profissional de logística

Leia mais

ANÁLISE E AVALIAÇÃO DE PROJETO

ANÁLISE E AVALIAÇÃO DE PROJETO ANÁLISE E AVALIAÇÃO DE PROJETO CLIENTE : Ricardo Bordeaux Doutorando da PUC Eduardo Luiz dos Santos da Silva Mestrando da COPPE/UFRJ Abr/2001 ÍNDICE Apresentação 2 1. Sumário Executivo 3 2. Aspectos de

Leia mais

Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com.

Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com. HORTON INTERNATIONAL EXECUTIVE SEARCH MANAGEMENT CONSULTANTS Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com.br

Leia mais

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house ERP: Pacote Pronto versus Solução in house Introdução Com a disseminação da utilidade e dos ganhos em se informatizar e integrar os diversos departamentos de uma empresa com o uso de um ERP, algumas empresas

Leia mais

Aéreas terão subsídios para operar rotas já existentes

Aéreas terão subsídios para operar rotas já existentes Fonte: Dr. Renato Kloss Seção: Economia Versão: Online Data: 28/07 Aéreas terão subsídios para operar rotas já existentes Medida do governo deve beneficiar cem linhas rentáveis. Subvenção pode somar R$

Leia mais

ÍNDICE. Sumário. Expositores. Marketing e Comunicação. Galeria de Fotos

ÍNDICE. Sumário. Expositores. Marketing e Comunicação. Galeria de Fotos POST SHOW REPORT ÍNDICE Sumário Expositores Visitantes Marketing e Comunicação Galeria de Fotos SUMÁRIO SUMÁRIO EXECUTIVO NOVIDADES DE ALTA TECNOLOGIA E NEGÓCIOS FECHADOS MARCAM A FENATRAN 2009 Maior evento

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

CBA PERFIL DO ALUNO. Certification in Business Administration

CBA PERFIL DO ALUNO. Certification in Business Administration CBA Pós - Graduação QUEM SOMOS PARA PESSOAS QUE TÊM COMO OBJETIVO DE VIDA ATUAR LOCAL E GLOBALMENTE, SER EMPREENDEDORAS, CONECTADAS E BEM POSICIONADAS NO MERCADO, PROPORCIONAMOS UMA FORMAÇÃO DE EXCELÊNCIA,

Leia mais

Agora sua máquina da Cielo passa os cartões Diners Club. Informativo. Ou seja, o seu ponto de venda acaba de ganhar vários pontos com os clientes.

Agora sua máquina da Cielo passa os cartões Diners Club. Informativo. Ou seja, o seu ponto de venda acaba de ganhar vários pontos com os clientes. A número 1 em vendas. NADA SUPERA ESSA MÁQUINA. Informativo EDIÇÃO 2 TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A CIELO PARA O SEU NEGÓCIO. Palavra do presidente Prezado cliente, A Cielo atua no cenário multibandeira

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização:

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização: AGENDA 5ª Edição D? 06 de Maio de 2015 Hotel Staybridge Realização: w w w.c o r p b us i n e s s.c o m.b r Patrocínio Gold Patrocínio Bronze Apoio Realização: APRESENTAÇÃO C GESTÃO DE PESSOAS: DESAFIOS

Leia mais

GE Aviation e o Gripen NG - Manutenção do motor F-414 poderá ser feita no Brasil

GE Aviation e o Gripen NG - Manutenção do motor F-414 poderá ser feita no Brasil GE Aviation e o Gripen NG - Manutenção do motor F-414 poderá ser feita no Brasil Por Roberto Caiafa Na última quinta feira, 30 de outubro, a GE Celma, subsidiária da GE Aviation baseada em Petrópolis (RJ),

Leia mais

INFORMES SETORIAL Aeronáutica fala sobre a segurança nos céus do Brasil

INFORMES SETORIAL Aeronáutica fala sobre a segurança nos céus do Brasil INFORMES SETORIAL Aeronáutica fala sobre a segurança nos céus do Brasil A reportagem exibida na semana passada mostrava algumas falhas na comunicação entre o avião monomotor em que estava o nosso repórter

Leia mais

Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized

Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Inovação tecnológica na reforma do setor público: o sistema eletrônico de aquisições

Leia mais

_ APLAUSOS - PROGRAMA GLOBAL DE RECONHECIMENTO DA ANGLO AMERICAN

_ APLAUSOS - PROGRAMA GLOBAL DE RECONHECIMENTO DA ANGLO AMERICAN _ APLAUSOS - PROGRAMA GLOBAL DE RECONHECIMENTO DA ANGLO AMERICAN Apresentação e Cenário A Anglo American é uma das maiores empresas de mineração do mundo, com operações na África do Sul, América do Sul

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios Universidade Estácio de Sá Gestão e Negócios A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como

Leia mais

McDia Feliz. São Paulo, junho 2003. Finalista na Categoria Grande Empresa

McDia Feliz. São Paulo, junho 2003. Finalista na Categoria Grande Empresa McDia Feliz São Paulo, junho 2003 1 McDia Feliz: 15 anos de luta contra o câncer infanto-juvenil no Brasil A cultura de Responsabilidade Social do McDonald s faz parte da filosofia mundial da empresa,

Leia mais

CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak

CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak Caddan Empresarial tem como foco o desenvolvimento de pessoas dentro dos sistemas organizacionais. Atuação da Caddan Campos da Consultoria: Programas de Sucessão; Auxílio

Leia mais

UCAM UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES FRANCISCO DE ASSIS GURGEL A IMPORTÂNCIA DO ERP NA GESTÃO EMPRESARIAL

UCAM UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES FRANCISCO DE ASSIS GURGEL A IMPORTÂNCIA DO ERP NA GESTÃO EMPRESARIAL UCAM UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES FRANCISCO DE ASSIS GURGEL A IMPORTÂNCIA DO ERP NA GESTÃO EMPRESARIAL NATAL RN 2013 UCAM UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES FRANCISCO DE ASSIS GURGEL A IMPORTÂNCIA DO ERP NA GESTÃO

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 4.351, DE 2008 (Do Sr. Rodrigo Rollemberg)

PROJETO DE LEI N.º 4.351, DE 2008 (Do Sr. Rodrigo Rollemberg) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 4.351, DE 2008 (Do Sr. Rodrigo Rollemberg) Dispõe sobre emissão de bilhetes para viagens internacionais autorizadas e financiadas pelo Poder Público, e dá outras

Leia mais

Professor: Disciplina:

Professor: Disciplina: Professor: Curso: Esp. Marcos Morais de Sousa marcosmoraisdesousa@gmail.com Sistemas de informação Disciplina: Introdução a SI 19/04 Recursos e Tecnologias dos Sistemas de Informação Turma: 01º semestre

Leia mais

UNIVERSIDADE SANTA CECILIA MANUAL DE ELABORAÇÃO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DE EMPREGO (PASSO A PASSO)

UNIVERSIDADE SANTA CECILIA MANUAL DE ELABORAÇÃO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DE EMPREGO (PASSO A PASSO) UNIVERSIDADE SANTA CECILIA NÚCLEO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE CARREIRA - NDC Prof. Especialista AURÉLIO MOSCHIN MANUAL DE ELABORAÇÃO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DE EMPREGO (PASSO A PASSO) O presente manual

Leia mais

CARAVANA ESPORTIVA. Projetos Esportivos Educacionais

CARAVANA ESPORTIVA. Projetos Esportivos Educacionais CARAVANA ESPORTIVA Seleção Pública P de Projetos Esportivos Educacionais Programa Petrobras Esporte & Cidadania Fomentar o desenvolvimento do esporte olímpico brasileiro; Democratizar o acesso ao esporte

Leia mais

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade).

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). Coordenação Sindicato dos Centros de Formação de Condutores

Leia mais

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE 1. INTRODUÇÃO A contabilidade foi aos poucos se transformando em um importante instrumento para se manter um controle sobre o patrimônio da empresa e prestar contas e informações sobre gastos e lucros

Leia mais

O PAPEL DA LOGÍSTICA NAS ORGANIZAÇÕES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA DISTRIBUIDORA DE ALIMENTOS

O PAPEL DA LOGÍSTICA NAS ORGANIZAÇÕES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA DISTRIBUIDORA DE ALIMENTOS 190 O PAPEL DA LOGÍSTICA NAS ORGANIZAÇÕES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA DISTRIBUIDORA DE ALIMENTOS Douglas Fernandes, Josélia Galiciano Pedro, Daryane dos Santos Coutinho, Diego Trevisan de Vasconcelos, Regiane

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso março 2011. ESPM Unidade Porto Alegre. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS.

MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso março 2011. ESPM Unidade Porto Alegre. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. MANUAL DO CANDIDATO Ingresso março 2011 ESPM Unidade Porto Alegre Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400 Segunda a sexta-feira 9h00

Leia mais

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Josiane Corrêa 1 Resumo O mundo dos negócios apresenta-se intensamente competitivo e acirrado. Em diversos setores da economia, observa-se a forte

Leia mais

Desde a criação do programa, a New Age implementou e tem monitorado diversas ações com foco ambiental, social e econômico.

Desde a criação do programa, a New Age implementou e tem monitorado diversas ações com foco ambiental, social e econômico. Faz parte da vontade da diretoria da New Age contribuir socialmente para um mundo melhor, mais justo e sustentável. Acreditamos que através da educação e com a experiência que temos, transportando tantos

Leia mais

ÍNDICE. A Feira. Expositores. Visitantes. Marketing. Comunicação. Galeria de fotos

ÍNDICE. A Feira. Expositores. Visitantes. Marketing. Comunicação. Galeria de fotos POST SHOW REPORT ÍNDICE A Feira Expositores Visitantes Marketing Comunicação Galeria de fotos APOIOS MEDIA PARTNERS O SUCESSO EM 2011 Área total de exposição: 60 mil m² Crescimento de 20% das áreas de

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

Oportunidade: efeitos socioeconômicos 2006-2014. Preparativos: sorteio final e venda de ingressos

Oportunidade: efeitos socioeconômicos 2006-2014. Preparativos: sorteio final e venda de ingressos Introdução: função do COL Oportunidade: efeitos socioeconômicos 2006-2014 Preparativos: sorteio final e venda de ingressos O legado já começou Conclusão Introdução: função do COL Oportunidade: efeitos

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

LAAD E FIDAE HAVERÁ ESPAÇO PARA AS DUAS?

LAAD E FIDAE HAVERÁ ESPAÇO PARA AS DUAS? LAAD E FIDAE HAVERÁ ESPAÇO PARA AS DUAS? Roberto Portella Bertazzo, Bacharel em História pela UFJF e Membro da Sociedade Latino Americana de Historiadores Aeronáuticos (LAAHS) Membro de Centro de Pesquisas

Leia mais

4 ANDRÉ VINÍCIUS. Apresentação André Vinícius. Consultor Professor Palestrante. www.andrevinicius.com. www.andrevinicius.com. www.andrevinicius.

4 ANDRÉ VINÍCIUS. Apresentação André Vinícius. Consultor Professor Palestrante. www.andrevinicius.com. www.andrevinicius.com. www.andrevinicius. 4 ANDRÉ VINÍCIUS Apresentação André Vinícius Consultor Professor Palestrante 4 ANDRÉ VINÍCIUS André Vinícius Formação Acadêmica e Extra-Currícular Pós-Graduando no MBA em Gestão de Recursos Humanos (UNINTER)

Leia mais

Você é comprometido?

Você é comprometido? Você é comprometido? Não, isso não é uma cantada. O que o seu chefe quer saber é se você veste a camisa da organização. Você adora seu trabalho e desempenha suas funções com eficiência, mas não aposta

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

Pesquisa Prazer em Trabalhar 2015

Pesquisa Prazer em Trabalhar 2015 Pesquisa Prazer em Trabalhar 2015 As 15 Melhores Práticas em Gestão de Pessoas no Pará VIII Edição 1 Pesquisa Prazer em Trabalhar Ano VI Parceria Gestor Consultoria e Caderno Negócios Diário do Pará A

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

Gestão Estratégica de Pessoas Pessoas => Talento Desempenho => Excepcional

Gestão Estratégica de Pessoas Pessoas => Talento Desempenho => Excepcional Gestão Estratégica de Pessoas Pessoas => Talento Desempenho => Excepcional Eunice Rios Guimarães Batista 24-03-2011 Embraer Evolução societária Até novembro de 1994 Empresa estatal (de âmbito federal).

Leia mais

Por que ouvir a sua voz é tão importante?

Por que ouvir a sua voz é tão importante? RESULTADOS Por que ouvir a sua voz é tão importante? Visão Tokio Marine Ser escolhida pelos Corretores e Assessorias como a melhor Seguradora pela transparência, simplicidade e excelência em oferecer soluções,

Leia mais

Introdução. PSINF Internet / Intranet nas Empresas. Motivos. Intranet. Canais. Finalidade

Introdução. PSINF Internet / Intranet nas Empresas. Motivos. Intranet. Canais. Finalidade Introdução PSINF Internet / Intranet nas Empresas Prof. Alexandre Beletti Ferreira Internet: sites sobre lazer, shopping, cultura, etc... Intranet: sistemas corporativos de informações, e que também podem

Leia mais

e das pessoas; conceitos e informações socialmente responsável funcionais e institucionais; estimular o comportamento divulgar aos colaboradores

e das pessoas; conceitos e informações socialmente responsável funcionais e institucionais; estimular o comportamento divulgar aos colaboradores Levar todas as informações decisivas da empresa, de forma rápida e simples; jornalmural divulgar aos colaboradores conceitos e informações funcionais e institucionais; reconhecer o trabalho das áreas e

Leia mais

Número 7 - Setembro / 2011. As melhores empresas para trabalhar em Campinas e região RECURSOS HUMANOS

Número 7 - Setembro / 2011. As melhores empresas para trabalhar em Campinas e região RECURSOS HUMANOS Número 7 - Setembro / 2011 As melhores empresas para trabalhar em Campinas e região RECURSOS HUMANOS Índice Estágio e trainee: rumo à evolução 18 A força da criatividade 10 Apoio para crescer 28 Editorial

Leia mais

DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO

DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO Você tem um real interesse em mudar de emprego? O headhunter entende que quando o candidato toma a decisão de avaliar o mercado, ele está à procura de uma oportunidade

Leia mais

ÍNDICE. Sumário. Apoios. Media Partners. Dados Gerais. Conferência. Expositores. Visitantes. Campanha de Marketing. Mídia Espontânea.

ÍNDICE. Sumário. Apoios. Media Partners. Dados Gerais. Conferência. Expositores. Visitantes. Campanha de Marketing. Mídia Espontânea. ÍNDICE Sumário Apoios Media Partners Dados Gerais Conferência Expositores Visitantes Campanha de Marketing Mídia Espontânea Imagens 2 Sumário O Evento A 7ª Edição da BRASIL OFFSHORE - Feira e Conferência

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

Como lutar em uma guerra de preços

Como lutar em uma guerra de preços Como lutar em uma guerra de preços Juliana Kircher Macroplan Prospectiva, Estratégia e Gestão Julho de 2006 Guerras de preços já são fatos concretos que ocorrem frequentemente em todos os mercados, seja

Leia mais

A Visão do Transporte Aéreo sobre as Fontes Renováveis de Energia

A Visão do Transporte Aéreo sobre as Fontes Renováveis de Energia A Visão do Transporte Aéreo sobre as Fontes Renováveis de Energia Seminário DCA-BR - Fontes Renováveis de Energia na Aviação São José dos Campos 10 de junho de 2010 Cmte Miguel Dau Vice-Presidente Técnico-Operacional

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

SAÚDE DA EMPRESA. A concorrência vai acirrar ainda mais

SAÚDE DA EMPRESA. A concorrência vai acirrar ainda mais SAÚDE DA EMPRESA Produzido por: Ano 01 nº. 03 Maio de 2012 A concorrência vai acirrar ainda mais Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Educação Continuada (CPDEC)/Unicamp, aponta tendências para o Mercado

Leia mais

Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar

Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar AGENDA BAHIA Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar Além das reformas tributária e trabalhista, país precisa investir em infraestrutura eficaz, na redução do custo da energia

Leia mais

Proposta de Valor aos Empregados (EVP) como direcionador estratégico de Recursos Humanos

Proposta de Valor aos Empregados (EVP) como direcionador estratégico de Recursos Humanos RH 2020: Valor e Inovação Proposta de Valor aos Empregados (EVP) como direcionador estratégico de Recursos Humanos Glaucy Bocci 7 de maio de 2015, São Paulo Agenda Contexto O valor estratégico da EVP Pesquisa

Leia mais

COMO TRANSFORMAR UMA IDÉIA INOVADORA NUM PROGRAMA VITORIOSO: NOSSO CORRETOR ON-LINE.

COMO TRANSFORMAR UMA IDÉIA INOVADORA NUM PROGRAMA VITORIOSO: NOSSO CORRETOR ON-LINE. SINOPSE COMO TRANSFORMAR UMA IDÉIA INOVADORA NUM PROGRAMA VITORIOSO: NOSSO CORRETOR ON-LINE. O Problema - Uma idéia inovadora com dificuldades operacionais A Real Seguros atua junto a mais de 7,5 mil corretores

Leia mais

Outras oportunidades podem ser visualizadas através de nosso site: www.crescerh.com.br

Outras oportunidades podem ser visualizadas através de nosso site: www.crescerh.com.br Olá! A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas. Outras oportunidades podem ser visualizadas através de nosso site: ASSISTENTE DE TI (Cód. 119060) Área de atuação: Assistente de TI, responsável pela

Leia mais

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Apresentação Previsão de Início Julho/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Comunicação Organizacional

Leia mais

Somos uma das empresas que mais crescem no país

Somos uma das empresas que mais crescem no país ed. 3 / ano 1 / outubro 2013 J. Fonseca conquista novos segmentos Segurança em primeiro lugar Somos uma das empresas que mais crescem no país editorial Crescendo, mas sem esquecer da segurança A terceira

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS APRESENTAÇÃO O curso de especialização Gestão de Pessoas tem por meta desenvolver gestores para atuarem em empresas que estejam inseridas no processo de globalização

Leia mais

SUCESSÃO O papel do RH e a Perpetuidade da Empresa Familiar

SUCESSÃO O papel do RH e a Perpetuidade da Empresa Familiar SUCESSÃO O papel do RH e a Perpetuidade da Empresa Familiar Por EDUARDO NAJJAR Expert em Family Business eduardonajjar@empreenda.net Ribeirão Preto 24 Março 2013 DOWNLOAD DOS SLIDES http://slides.empreenda.net

Leia mais

BELL 206L4 Conceituado helicóptero capaz de realizar multi-missões com baixos custos operacionais.

BELL 206L4 Conceituado helicóptero capaz de realizar multi-missões com baixos custos operacionais. PORTUGUÊS BELL 206L4 Conceituado helicóptero capaz de realizar multi-missões com baixos custos operacionais. CORPORATIVO ENERGIA O Bell 206L4 foi projetado para ser o local de trabalho em voo ideal. Ele

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER?

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? Anderson Katsumi Miyatake Emerson Oliveira de Almeida Rafaela Schauble Escobar Tellis Bruno Tardin Camila Braga INTRODUÇÃO O empreendedorismo é um tema bastante

Leia mais

A Integração de Remuneração, Reconhecimento e Recompensa. Luiz Edmundo Rosa São Paulo, 26.03.09

A Integração de Remuneração, Reconhecimento e Recompensa. Luiz Edmundo Rosa São Paulo, 26.03.09 A Integração de Remuneração, Reconhecimento e Recompensa Luiz Edmundo Rosa São Paulo, 26.03.09 AGENDA 1. Posicionando a Remuneração e Reconhecimento 2. Tendências e impactos na Gestão 3. Melhores Práticas:

Leia mais

O Software ultrapassou o Hardware como chave para o sucesso de muitos sistemas baseados em computador (Pressman)

O Software ultrapassou o Hardware como chave para o sucesso de muitos sistemas baseados em computador (Pressman) O Software ultrapassou o Hardware como chave para o sucesso de muitos sistemas baseados em computador (Pressman) Mas, será que Software é sinônimo de Sucesso?? Crise do Software: Denver International Airport

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida profissionais

Leia mais

Panorama Mundial (2013)

Panorama Mundial (2013) Panorama Mundial (2013) Produção mundial alcançou US$ 444 bilhões em 2013; Mesmo com os efeitos da crise internacional, registra 85% de crescimento desde 2004, a uma taxa média de 7% ao ano; 54% da produção

Leia mais

MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia

MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia Master House Franquia de Sucesso ocumento protegido pelos termos da lei. ualquer replicação deste material não é autorizada. Especial 10.A/2015 Parabéns

Leia mais

LOJAS COLOMBO S/A COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E CONTROLADAS

LOJAS COLOMBO S/A COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E CONTROLADAS 1 LOJAS COLOMBO S/A COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E CONTROLADAS RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores acionistas: Atendendo às disposições legais e estatutárias, a administração de Lojas Colombo S/A

Leia mais

PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2012. Julho/2012 Rio de Janeiro. www.assespro-rj.org.br/premioempresas

PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2012. Julho/2012 Rio de Janeiro. www.assespro-rj.org.br/premioempresas PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2012 Revisão 2.3 Julho/2012 Rio de Janeiro www.assespro-rj.org.br/premioempresas Assespro-RJ Praça Pio X, 55, 9º andar Cep:20070-900 Rio de Janeiro RJ Brasil

Leia mais

Administração e Gestão de Pessoas

Administração e Gestão de Pessoas Administração e Gestão de Pessoas Aula Gestão de Pessoas Prof.ª Marcia Aires www.marcia aires.com.br mrbaires@gmail.com Percepção x trabalho em equipe GESTÃO DE PESSOAS A Gestão de Pessoas é responsável

Leia mais

Miracema-Nuodex: SAP Business All-in-One proporciona maior visibilidade de negócios para a companhia

Miracema-Nuodex: SAP Business All-in-One proporciona maior visibilidade de negócios para a companhia Picture Credit Customer Name, City, State/Country. Used with permission. Miracema-Nuodex: SAP Business All-in-One proporciona maior visibilidade de negócios para a companhia Geral Executiva Nome da Miracema-Nuodex

Leia mais

PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA

PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA SUMÁRIO DE PROJETOS WORKFLOW... 03 ALINHAMENTO ESTRATÉGICO... 04 IDENTIDADE CORPORATIVA... 04 GESTÃO DE COMPETÊNCIAS... 05 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO... 05 REMUNERAÇÃO...

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL REDE GAZETA

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL REDE GAZETA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL REDE GAZETA Vitória, ES Janeiro 2010. 1ª Revisão Janeiro 2011. 2ª Revisão Janeiro 2012. POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA REDE GAZETA IDENTIDADE CORPORATIVA Missão

Leia mais

No mercado bancário a competitividade é crescente

No mercado bancário a competitividade é crescente 6 Fortalecendo a marca, gerando negócios Intenso, produtivo e criativo No mercado bancário a competitividade é crescente e a disputa pelos espaços é proporcional ao empenho das instituições em ampliar

Leia mais

Interessados nos programas abaixo devem procurar a Assessoria de Assuntos Internacionais da Unijuí, fone 3332.0329

Interessados nos programas abaixo devem procurar a Assessoria de Assuntos Internacionais da Unijuí, fone 3332.0329 Interessados nos programas abaixo devem procurar a Assessoria de Assuntos Internacionais da Unijuí, fone 3332.0329 O que é Intercâmbio? A palavra INTERCÂMBIO significa TROCA. A partir dessa idéia, surgem

Leia mais

Senhores Acionistas, Os principais serviços da TNL Contax são:

Senhores Acionistas, Os principais serviços da TNL Contax são: Senhores Acionistas, A Administração da Contax Participações S.A. ( Contax Participações ) submete, em conjunto com as demonstrações financeiras e o parecer dos auditores independentes, o Relatório da

Leia mais

Em busca da qualidade de

Em busca da qualidade de Diretoria de Gestão Corporativa-DG empresa Em busca da qualidade de gestão Inovações tecnológicas e gerenciais possibilitam mais eficiência à Eletrobras Furnas texto Leonardo da Cunha Valorizar o capital

Leia mais

Certificação da FAA: um profundo compromisso com a segurança

Certificação da FAA: um profundo compromisso com a segurança Informativo Boeing Commercial Airplanes P.O. Box 3707 MC 03-XW Seattle, Washington 98124-2207 www.boeing.com Certificação da FAA: um profundo compromisso com a segurança A Boeing projeta e fabrica aeronaves

Leia mais

CEDHAP CENTRO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO APLICADO PARCERIAS E TRABALHO VOLUNTÁRIO EM EDUCAÇÃO

CEDHAP CENTRO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO APLICADO PARCERIAS E TRABALHO VOLUNTÁRIO EM EDUCAÇÃO PARCERIAS E TRABALHO VOLUNTÁRIO EM EDUCAÇÃO Heloísa Lück Diretora Educacional do CEDHAP Centro de Desenvolvimento Humano Aplicado Curitiba - PR Artigo publicado na revista Gestão em Rede no. 24 de out.

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM DISCIPLINA: Gestão de Pessoas EMENTA: O sistema clássico de estruturação da gestão de recursos humanos e suas limitações: recrutamento e seleção, treinamento

Leia mais

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide A Nova América na vida das pessoas 8 Cultural Empresarial Missão Do valor do campo ao campo de valor

Leia mais