Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul"

Transcrição

1 DECRETO Nº , DE 13 DE JULHO DE Aprova o Plano de Classificação e a Tabela de Temporalidade de s da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social atividadesfim, para efeitos legais. O PREFEITO MUNICIPAL DE CAXIAS DO SUL, usando das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 94 da Lei Orgânica do Município, Considerando que é dever do Poder Público promover a gestão dos documentos do arquivo, bem como assegurar o acesso às informações nele contidas, de acordo com o 2º do art. 216 da Constituição Federal, e o art. 1º da Lei Federal nº 8.159, de 08 de janeiro de 1991; Considerando que ao Município cabe a definição dos critérios de organização e vinculação dos arquivos municipais, de acordo com os art. 17 e 21 da Lei Federal nº 8.159, de 08 de janeiro de 1991; Considerando os resultados alcançados nos trabalhos relacionados à proposta de Tabela de Temporalidade de s das atividadesfim, e Plano de Classificação da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social, apresentada pelas Comissões Central e de s de ; Considerando gestão de documentos o conjunto de procedimentos e operações técnicas referentes à produção, classificação, avaliação, tramitação, uso, arquivamento e reprodução, visando sua eliminação ou recolhimento para guarda permanente; Considerando os critérios e conceitos adotados no Município para a gestão de documentos de arquivo aplicados para as atividadesfim. DECRETA: Art. 1º Fica aprovado o Plano de Classificação e a Tabela de Temporalidade de s da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social, atividadesfim, constantes nos Anexos I e II, deste Decreto. Parágrafo único. As disposições deste Decreto aplicamse a todos os documentos arquivísticos produzidos pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social, no exercício de suas atividadesfim, independente do suporte, ou seja, papel, meio eletrônico ou outro. Art. 2º A Comissão de Avaliação de s de, nomeada através de Portaria, aplicará a Tabela de Temporalidade de

2 s da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social. Art. 3º Caberá a Comissão de Avaliação de s de comunicar ao órgão responsável pela gestão de documentos do Poder Executivo Municipal, a existência de outros documentos de arquivo produzidos em decorrência de atividadefim, não indicados no Plano de Classificação e na Tabela de Temporalidade de s da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social, para sua atualização. Art. 4º Integram este Decreto: a) Anexo I Plano de Classificação de s da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social e b) Anexo II Tabela de Temporalidade de s da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social. Art. 5º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Caxias do Sul, 13 de julho de 2016; 141º da Colonização e 126º da Emancipação Política. Alceu Barbosa Velho, PREFEITO MUNICIPAL. Virgínia Reschke da Silva Biglia, SECRETÁRIA DE GOVERNO MUNICIPAL.

3 ANEXO I Plano de Classificação de s Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social Grupo Funcional 5. Serviços Públicos Subgrupo Funcional 5.8 Segurança Pública e Proteção Social Gestão e Planejamento Planejamento de s da Secretaria Plano Plurianual de s Plano Anual de s Relatórios de s Calendário de s Segurança Pública Subfunção Guarda Municipal Proteção Patrimonial

4 Processo de Uso Indevido de Área Pública Auto de Constatação Simplificado Notificação de Irregularidades em Área Pública Videomonitoramento de Área Pública s Relatório de Monitoramento Relatório de Ocorrências Controle de Pessoal Convocação Escala de Serviço Proteção Social Proteção da Juventude Ata de Reunião Projeto Relatório de s Igualdade racial Ata de Reunião Projeto Relatório de s Certificado da Procissão em Homenagem a Ogum

5 Proteção a Mulher Ata de Reunião Projeto Relatório de s Cadastro no Centro de Referência para a Mulher Pasta de Atendimento das Mulheres em Situação de Violência Doméstica Declaração de Comparecimento Registro de Encaminhamento Registro de Atendimentos de Situação de Violência Doméstica Segurança Alimentar Banco de Alimentos Notas de Entrada Notas de Saída Cartas de Agradecimentos Termo de Responsabilidade Programa de Aquisição de Alimentos PAA Termo de Ateste Termo de Doação PAA Termo de Recebimento e Aceitabilidade Inclusão Social

6 Casamento Comunitário Atestado de Comprovação de Comparecimento Ficha de Inscrição Restaurante Comunitário Cardápio Relação de s e Ações Desenvolvidas no Programa Relatório de s Gestão das Áreas de Risco Gestão das Áreas de Risco Ata de Reunião Laudo Técnico de Área de Risco

7 ANEXO II Tabela de Temporalidade de s Gestão e Planejamento Destinação do (objetivo da produção do documento) Código/ Planejamento de s da Secretaria Plano Plurianual de s 5 anos Plano Anual de s 5 anos Relatório de s 5 anos Calendário de s 2 anos

8 Segurança Pública Subfunção Guarda Municipal (objetivo da produção do documento) Código/ Proteção Patrimonial Controle de Pessoal Processo de Uso Indevido de Área Pública 5 anos 5 anos Destinação do Auto de Constatação Simplificado Notificação de Irregularidades em Área Pública Videomonitoramento de Área Pública Relatório de Monitoramento Relatório de Ocorrências Anexado ao Processo de Uso Indevido de Área Pública Anexado ao Processo de Uso Indevido de Área Pública Anexado ao Processo de Uso Indevido de Área Pública Anexado ao Processo de Uso Indevido de Área Pública Anexado ao Processo de Uso Indevido de Área Pública Convocação 1 ano Escala de Serviço 1 ano

9 Proteção Social (objetivo da produção do documento) Código/ Proteção da Juventude Igualdade racial Proteção a Mulher Cadastro no Centro de Referência para a Mulher Destinação do Ata de Reunião s 5 anos Projeto 5 anos Relatório de s 5 anos Ata de Reunião 5 anos Projeto 5 anos Relatório de s 5 anos Certificado da Procissão em Homenagem a Ogum 5 anos Ata de Reunião 5 anos Projeto 5 anos Relatório de s 5 anos Pasta de Atendimento das Mulheres em Situação de Violência Doméstica 5 anos Declaração de Comparecimento 5 anos Registro de Encaminhamento 5 anos Registro de Atendimentos de Situação de Violência Doméstica 5 anos

10 :Segurança Alimentar (objetivo da produção do documento) Código/ Banco de Alimentos Destinação do Nota de Entrada 10 anos Nota de Saída 10 anos Carta de Agradecimento 5 anos Termo de Responsabilidade 5 anos Programa de Aquisição de Alimentos PAA 10 anos Termo de Ateste 10 anos Termo de Doação PAA 10 anos Termo de Recebimento e Aceitabilidade 10 anos

11 Inclusão Social (objetivo da produção do documento) Código/ Casamento Comunitário Restaurante Comunitário Relação de s e Ações Desenvolvidas no Programa Destinação do Atestado de Comprovação de Comparecimento 5 anos Ficha de Inscrição 1 ano Cardápio Enquanto Vigente Relatório de s 5 anos : Gestão das Áreas de Risco (objetivo da produção do documento) Código/ Gestão das Áreas de Risco Destinação do Ata de Reunião 5 anos Laudo Técnico de Área de Risco 5 anos

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul DECRETO Nº 18.289, DE 13 DE JULHO DE 2016. Aprova o Plano de Classificação e a Tabela de Temporalidade de s da Secretaria Municipal de Gestão e Finanças atividadesfim, para efeitos legais. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul MUNICÍPIO DE CAPÃO DO CIPÓ Gabinete do Prefeito Municipal LEI Nº 648, DE 11 DE ABRIL DE 2013.

Estado do Rio Grande do Sul MUNICÍPIO DE CAPÃO DO CIPÓ Gabinete do Prefeito Municipal LEI Nº 648, DE 11 DE ABRIL DE 2013. LEI Nº 648, DE 11 DE ABRIL DE 2013. AUTORIZA O MUNICÍPIO DE CAPÃO DO CIPÓ A CONTRATAR, EM CARÁTER TEMPORÁRIO, PROFISSIONAL PARA O DESEMVOLVIMENTO DO PROGRAMA NACIONAL DE INCLUSÃO DE JOVENS - PROJOVEM ADOLESCENTE.

Leia mais

Levantamento da Produção Documental do MPPR

Levantamento da Produção Documental do MPPR Levantamento da Produção Documental do MPPR Atividade-meio Curitiba/PR, Julho de 2014 2/3 CONCEITO:ESPÉCIE DOCUMENTAL Entende-se como a configuração que assume um documento de acordo com a disposição e

Leia mais

PREFEITO MUNICIPAL DE ARACATI

PREFEITO MUNICIPAL DE ARACATI LEI N 159/2015. AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A CRIAR O COMPONENTE MUNICIPAL DO PROGRAMA DE MELHORIA DO ACESSO E QUALIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA PMAQ- AB MUNICIPAL, NA FORMA DE INCENTIVO FINANCEIRO DE DESEMPENHO.

Leia mais

PORTARIA Nº 077/2013-GS/SEMUT NATAL(RN), 25 DE NOVEMBRO DE 2013.

PORTARIA Nº 077/2013-GS/SEMUT NATAL(RN), 25 DE NOVEMBRO DE 2013. Publicado no DOM Nº 2655 de 27/11/2013 PORTARIA Nº 077/2013-GS/SEMUT NATAL(RN), 25 DE NOVEMBRO DE 2013. Disciplina o procedimento de indeferimento de opção e de exclusão de ofício ao Regime Especial Unificado

Leia mais

Portaria Conjunta CENP/COGSP/ CEI, de

Portaria Conjunta CENP/COGSP/ CEI, de Portaria Conjunta CENP/COGSP/ CEI, de 6 7 2009 Dispõe sobre a Terminalidade Escolar Específica de alunos com necessidades educacionais especiais na área da deficiência mental, das escolas da rede estadual

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/7 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS GESTÃO PATRIMONIAL/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: REGULARIZAR BENS IMÓVEIS ELABORADO EM:28/08/2014 REVISADO EM:29/09/2014

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE TECNOLOGIA COPPE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE TECNOLOGIA COPPE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE TECNOLOGIA COPPE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA EDITAL COPPE-PEE/PÓS N o 01/2010 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

D E C R E T A: Fica aprovado o Regimento Interno do Centro de Atendimento à Mulher do Município de Dourados, constante no anexo único, deste decreto.

D E C R E T A: Fica aprovado o Regimento Interno do Centro de Atendimento à Mulher do Município de Dourados, constante no anexo único, deste decreto. DECRETO N 1188, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2012. Homologa o regimento interno do Regimento Interno do Centro de Atendimento à Mulher. O PREFEITO MUNICIPAL DE DOURADOS, Estado de Mato Grosso do Sul, no uso das

Leia mais

DECRETO N.º 3464, DE 30 DE NOVEMBRO DE (alterado pelo DECRETO Nº 3487, DE 20 DE JANEIRO DE 2016)

DECRETO N.º 3464, DE 30 DE NOVEMBRO DE (alterado pelo DECRETO Nº 3487, DE 20 DE JANEIRO DE 2016) DECRETO N.º 3464, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2015. (alterado pelo DECRETO Nº 3487, DE 20 DE JANEIRO DE 2016) "DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DE ADICIONAL DE PERICULOSIDADE AO SERVIDOR PÚBLICO DETENTOR DE CARGO EFETIVO

Leia mais

PROC. 04 ANÁLISE CRÍTICA

PROC. 04 ANÁLISE CRÍTICA 1 de 7 ANÁLISE CRÍTICA MACROPROCESSO GESTÃO DE PROCESSOS PROCESSO ANÁLISE CRÍTICA ANÁLISE CRÍTICA 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 2 4. PROCEDIMENTOS... 2 4.1 DEFINIÇÕES...

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA (Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial de 13/07/2012) DECRETO Nº 3055-R, DE 12 DE JULHO DE 2012. Dispõe sobre a transformação de cargos de provimento em comissão no âmbito da Secretaria

Leia mais

PORTARIA / SEMED Nº 009/2016. A SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, em conformidade com a lei.

PORTARIA / SEMED Nº 009/2016. A SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, em conformidade com a lei. PORTARIA / SEMED Nº 009/2016 Súmula: Regulamenta os procedimentos de cadastro em Lista de Espera e convocação para efetivação de matrícula nos Centros Municipais de Educação Infantil (CEMEI s), e dá outras

Leia mais

CONSIDERANDO a Resolução 172 de 04 de Dezembro de 2014 do CONANDA resolve:

CONSIDERANDO a Resolução 172 de 04 de Dezembro de 2014 do CONANDA resolve: BA-Itagibá, 01 de Abril de 2015. Resolução nº. 001/CMDCA/2015 Dispõe sobre a CONVOCAÇÃO da Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e outras Providências. O Conselho Municipal dos

Leia mais

Política de Controles Internos

Política de Controles Internos Política de Controles Internos Introdução Esta política tem por objetivo estabelecer regras, procedimentos e descrição dos controles internos a serem observados para o fortalecimento e funcionamento dos

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso Promotoria de Justiça de Água Boa

Ministério Público do Estado de Mato Grosso Promotoria de Justiça de Água Boa NOTIFICANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO NOTIFICADO: PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ÁGUA BOA, Sr. MAURO ROSA DA SILVA NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA Nº 03/2016 (Simp nº 002493-005/2013) O MINISTÉRIO

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Art. 1º. As atividades complementares têm por finalidade oportunizar ao acadêmico a realização, concomitantemente às disciplinas

Leia mais

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização INSTRUÇÃO NORMATIVA 007/2014 DISPÕE SOBRE O MANUAL DE PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS DA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO DA SECRETARIA DA FAZENDA DO MUNICÍPIO DE LAGES Considerando a necessidade de promover agilidade

Leia mais

MÓDULO CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. Política de Controles Internos

MÓDULO CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. Política de Controles Internos MÓDULO CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. Política de Controles Internos Junho de 2016 ÍNDICE POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS... 2 (A) Objetivo... 2 (B) Abrangência... 2 (C) Princípios Gerais... 2 (D) Diretrizes...

Leia mais

CRONOGRAMA DE REUNIÕES 2011

CRONOGRAMA DE REUNIÕES 2011 CRONOGRAMA DE REUNIÕES 2011 23.02 (4ª) / 09h 23.02 (4ª) / às 16h SOLENIDADE DE ABERTURA OFICIAL DOS TRABALHOS DA COMISSÃO 1- Disposições Preliminares Da Competência do Município 02.03 (4ª) / 16.03 (4ª)

Leia mais

Prefeitura de RIO POMBA ESTADO DE MINAS GERAIS

Prefeitura de RIO POMBA ESTADO DE MINAS GERAIS PORTARIA Nº 024/2013, de 04 de março de 2013. Dispõe sobre o recadastramento obrigatório do Servidor Público Municipal, ativo e inativo, e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Rio Pomba, no

Leia mais

ASSUNTO: REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA NEAD.

ASSUNTO: REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA NEAD. Processo CONSUN Nº 009-2011 ASSUNTO: REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA NEAD. PROTOCOLADO EM: 24/03/2011 INTERESSADO: Universidade do Contestado PROCEDÊNCIA: Reitoria COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA N 6419, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2007.

RESOLUÇÃO CONJUNTA N 6419, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2007. RESOLUÇÃO CONJUNTA N 6419, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2007. Dispõe sobre a comprovação da condição de Pequena Empresa nas aquisições públicas do Estado de Minas Gerais, o compartilhamento de informações entre

Leia mais

10. Instrução Normativa AGE Nº 001, de 25 de Abr. de DOE

10. Instrução Normativa AGE Nº 001, de 25 de Abr. de DOE 10. Instrução Normativa AGE Nº 001, de 25 de Abr. de 2008. DOE 28.04.2008 Instrução Normativa AGE nº 001, de 25 de abril de 2008. Institui normas e rotinas para padronização e uniformização dos procedimentos

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA / PROJETO INCLUSÃO SOCIAL EM TEMPOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: O LUGAR DA ESCOLA

CHAMADA PÚBLICA / PROJETO INCLUSÃO SOCIAL EM TEMPOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: O LUGAR DA ESCOLA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA Autorizada pelo Decreto Federal nº 77.496 de 27-04-76 Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 874/86 de 19-12-86 Recredenciada pelo Decreto Estadual nº 9.271

Leia mais

Art 2º Os procedimentos para a seleção de ocupantes dos Cargos em Comissão e Funções Gratificadas serão os seguintes:

Art 2º Os procedimentos para a seleção de ocupantes dos Cargos em Comissão e Funções Gratificadas serão os seguintes: RESOLUÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA Relator: JEANNE LILIANE MARLENE MICHEL Diretoria de Gestão de Pessoas Número: 008 Data: 24/9/2012 Reunião: 7 a Dispõe sobre os procedimentos e os critérios de seleção para

Leia mais

Diário Oficial Nº 852/2015 Quinta-feira, 19 de Novembro de Prefeitura Municipal De Camamu - Governo do Estado da Bahia

Diário Oficial Nº 852/2015 Quinta-feira, 19 de Novembro de Prefeitura Municipal De Camamu - Governo do Estado da Bahia Diário Oficial Riscos para zona do euro cresceram desde ataques em Paris Os riscos para a economia da zona do euro provavelmente cresceram desde os ataques terroristas lançados em Paris na semana passada,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 20, DE 05 DE MARÇO DE 2004.

RESOLUÇÃO Nº 20, DE 05 DE MARÇO DE 2004. MINISTÉRIO DA JUSTIÇA COMISSÃO NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA NOS PORTOS, TERMINAIS E VIAS NAVEGÁVEIS - CONPORTOS RESOLUÇÃO Nº 20, DE 05 DE MARÇO DE 2004. Dispõe sobre a regulamentação para a realização

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES POLÍTICO-SOCIAIS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES POLÍTICO-SOCIAIS Alterado pelo DC 1.256, de 06/06/2016 DECRETO Nº 1.254, DE 2 DE JUNHO DE 2016. Dispõe sobre a estrutura organizacional e a denominação, simbologia e quantitativo dos cargos de provimento em comissão e

Leia mais

PROCESSO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE PESSOAL DE NÍVEIS MÉDIO E SUPERIOR

PROCESSO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE PESSOAL DE NÍVEIS MÉDIO E SUPERIOR PROCESSO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE PESSOAL DE NÍVEIS MÉDIO E SUPERIOR SELEÇÃO DE PESSOAL PARA OAB-GO Nº 001/2016 A Ordem dos Advogados de Goiás Seção de Goiás, por meio de sua Diretoria, no

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÕES E GESTÃO DE CONTRATOS DA FACEPI

PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÕES E GESTÃO DE CONTRATOS DA FACEPI PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÕES E GESTÃO DE CONTRATOS DA FACEPI SUMÁRIO 1 Objetivo... 03 2 Competência e responsabilidade... 03 3 Forma de execução... 03 4 - Cadastro de fornecedores... 04 5 Documentação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE UTINGA C.N.P.J / Rua 15 de Novembro, 08 Centro, CEP Utinga - BA

PREFEITURA MUNICIPAL DE UTINGA C.N.P.J / Rua 15 de Novembro, 08 Centro, CEP Utinga - BA 2 LEI Nº 356, DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DOS ADICIONAIS DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE PARA OS SERVIDORES PÚBLICOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE UTINGA O Prefeito Municipal de UTINGA-BAHIA,

Leia mais

RESOLUÇÃO/CD/FNDE N.º 40 DE 24 DE AGOSTO DE 2004

RESOLUÇÃO/CD/FNDE N.º 40 DE 24 DE AGOSTO DE 2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/CD/FNDE N.º 40 DE 24 DE AGOSTO DE 2004 Dispõe sobre a execução do Programa Nacional do Livro Didático

Leia mais

(Do Sr. Betinho Gomes) O Congresso Nacional resolve:

(Do Sr. Betinho Gomes) O Congresso Nacional resolve: PROJETO DE RESOLUÇÃO N o (Do Sr. Betinho Gomes), DE 2015 - CN Dispõe sobre a realização de audiências públicas periódicas no Congresso Nacional, para apresentação de relatório detalhado quadrimestral,

Leia mais

Política de Controles Internos

Política de Controles Internos Política de Controles Internos Junho/2016 Edge Brasil Gestão de Ativos Ltda. 1. Objetivo Esta política tem por objetivo estabelecer regras, procedimentos e descrição dos controles a serem observados para

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Este Regulamento dispõe sobre as Atividades Complementares do Curso de Direito. CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

Atividades Introdutórias. Coordenação, articulação e monitoramento de políticas públicas. Beto Ferreira Martins Vasconcelos

Atividades Introdutórias. Coordenação, articulação e monitoramento de políticas públicas. Beto Ferreira Martins Vasconcelos Atividades Introdutórias Coordenação, articulação e monitoramento de políticas públicas Beto Ferreira Martins Vasconcelos Casa Civil da Presidência da República: coordenação, articulação e monitoramento

Leia mais

REGIMENTO DO NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO - FANEESP -

REGIMENTO DO NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO - FANEESP - REGIMENTO DO NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO - FANEESP - 2015 Ficha Catalográfica Preparada pela Faculdade Nacional de Educação e Ensino Superior do Paraná Faculdade Nacional de Educação e Ensino Superior

Leia mais

E D I T A L Nº 062/2014

E D I T A L Nº 062/2014 E D I T A L Nº 062/2014 O Secretário Municipal de Administração de Erechim, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições previstas no Decreto nº 3326/2009, TORNA PÚBLICO, para conhecimento de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES Secretaria Municipal de Saúde

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES Secretaria Municipal de Saúde EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 21/2008 ABRE INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA ATENDER ÀS NECESSIDADES DE PESSOAL DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE MOGI DAS CRUZES.

Leia mais

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS JUNHO / 2016 SUMÁRIO POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS... Erro! Indicador não definido. 1.1. Objetivo...1 1.2. Abrangência...2 1.3. Princípios...2 1.4. Diretrizes...2 1.5. Responsabilidades...3

Leia mais

Ofício n. 027/2013 Boa Vista do Ramos, 25 de fevereiro de 2013

Ofício n. 027/2013 Boa Vista do Ramos, 25 de fevereiro de 2013 Ofício n. 027/2013 Boa Vista do Ramos, 25 de fevereiro de 2013 Ao Exmo. Sr. DD Prefeito Municipal de Boa Vista do Ramos Boa Vista do Ramos - Amazonas Senhora Prefeito, Sirvo-me do presente instrumento

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Analista Técnico I Belo Horizonte Código da vaga: EX026/16

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Analista Técnico I Belo Horizonte Código da vaga: EX026/16 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Analista Técnico I Belo Horizonte Código da vaga: EX026/16 O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais SEBRAE - MG, CNPJ nº 16.589.137/0001-63, inscrição

Leia mais

POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO Última atualização: 18/03/2014 Versão A EXCLUSIVO PARA USO INTERNO Produzido pela área de RH Aprovado e revisado pela Gerência de RH A reprodução e a distribuição

Leia mais

Validação das avaliações setoriais do Plano Plurianual - PPA por unidade orçamentária - por dia (4)

Validação das avaliações setoriais do Plano Plurianual - PPA por unidade orçamentária - por dia (4) PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO Decreto nº.13.528, de 2 de maio de 2014 QUADRO DE DETALHAMENTO DE TAREFAS QDT (ANEXO I) CÓDIGO ATIVIDADE NÍVEL 1 2 3 4 5 6 7 8 Análise e validação das propostas setoriais

Leia mais

FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR E FORMAÇÃO INTEGRAL FAEF

FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR E FORMAÇÃO INTEGRAL FAEF REGULAMENTO N. 007 /2015 REGULAMENTO GERAL DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NUEMA DA FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR E FORMAÇÃO INTEGRAL FAEF GARÇA/SP Vanessa Zappa, Diretora da FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE MUNICÍPIO DE PARELHAS Palácio Severino da Silva Oliveira GABINETE DO PREFEITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE Nº 011/2016:

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE MUNICÍPIO DE PARELHAS Palácio Severino da Silva Oliveira GABINETE DO PREFEITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE Nº 011/2016: EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE Nº 011/2016: O PREFEITO MUNICIPAL DE PARELHAS, Estado do Rio Grande do Norte, FRANCISCO ASSIS DE MEDEIROS, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município;

Leia mais

REGULAMENTO DA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E GUARDA DO ACERVO ACADÊMICO DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB

REGULAMENTO DA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E GUARDA DO ACERVO ACADÊMICO DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB REGULAMENTO DA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E GUARDA DO ACERVO ACADÊMICO DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB Estabelece a Política para Manutenção e Guarda do Acervo Acadêmico da Escola de Direito de Brasília

Leia mais

ÓRGÃO OFICIAL ELETRÔNICO PREFEITURA MUNICIPAL DE BRASILÂNDIA DO SUL

ÓRGÃO OFICIAL ELETRÔNICO PREFEITURA MUNICIPAL DE BRASILÂNDIA DO SUL Brasilândia do Sul-Pr, quinta-feira, 12 de maio de 2016 Ano V Edição nº 41 Pág. 1 Diário Oficial Eletrônico da Prefeitura Municipal de Brasilândia do Sul Lei Municipal nº 507/2012, de 15 de fevereiro de

Leia mais

EDITAL PROEC nº 456 / 2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DE SUPERVISORES MÉDICOS PARA O PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA (PROVAB)

EDITAL PROEC nº 456 / 2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DE SUPERVISORES MÉDICOS PARA O PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA (PROVAB) EDITAL PROEC nº 456 / 2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DE SUPERVISORES MÉDICOS PARA O PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA (PROVAB) A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), por meio da

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO N. 016/2015. Concurso Público n. 001/2014

EDITAL DE CONVOCAÇÃO N. 016/2015. Concurso Público n. 001/2014 _ EDITAL DE CONVOCAÇÃO N. 016/2015 Concurso Público n. 001/2014 O PREFEITO MUNICIPAL DE FIGUEIRÃO, ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, no uso de suas atribuições legais conferidas pelos incisos II e V, do art.

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições regimentais,

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições regimentais, PORTARIA TRT/GP/DGCA Nº 38/2016 Define a Política de Gerenciamento da Central de Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicações do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL

Leia mais

SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS. Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS

SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS. Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS Escolaridade de nível superior de acordo com a NOB/RH/2006

Leia mais

PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL Nº 09

PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL Nº 09 PROCESSO SELETIVO ENEM 2015.2 EDITAL Nº 09 SUMÁRIO 1. Da Validade... 3 2. Das Inscrições... 5 3. Da Avaliação... 6 4. Do Resultado... 6 5. Da Matrícula... 7 6. Do regime escolar e semestralidade... 7 7.

Leia mais

Ofício n. 078/2013 Boa Vista do Ramos, 27 de agosto de 2013

Ofício n. 078/2013 Boa Vista do Ramos, 27 de agosto de 2013 Ofício n. 078/2013 Boa Vista do Ramos, 27 de agosto de 2013 Ao Exmo. Sr. DD Prefeito Municipal de Boa Vista do Ramos Boa Vista do Ramos - Amazonas Senhora Prefeito, Sirvo-me do presente instrumento para

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 120, DE 2005 (Nº

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 120, DE 2005 (Nº SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 120, DE 2005 (Nº 6.301/2005, na casa de origem) (De Iniciativa do Presidente da República) Fixa os valores dos soldos dos militares das Forças Armadas. O Congresso

Leia mais

UNIDADE CENTRAL DE CONTROLE INTERNO - UCI AV. JOSÉ HUMÁRCIO CARLOS FERREIRA, S/N.º, CENTRO CAPÍTULO I

UNIDADE CENTRAL DE CONTROLE INTERNO - UCI AV. JOSÉ HUMÁRCIO CARLOS FERREIRA, S/N.º, CENTRO CAPÍTULO I UNIDADE CENTRAL DE CONTROLE INTERNO - UCI AV. JOSÉ HUMÁRCIO CARLOS FERREIRA, S/N.º, CENTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 001/2013 - UCI "Dispõe sobre o Manual de Normas e Procedimentos (MNP), uniformiza, disciplina

Leia mais

EDITAL Nº 003/2016 SEC

EDITAL Nº 003/2016 SEC EDITAL Nº 003/2016 SEC Divulga Classificados na 1ª Chamada do Financiamento Estudantil - FICAR. O Diretor Geral da Faculdade Campo Real, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei, DIVULGA Classificados

Leia mais

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE TANQUE NOVO, ESTADO DA BAHIA, usando de uma das suas atribuições que lhes são conferidas por lei, e

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE TANQUE NOVO, ESTADO DA BAHIA, usando de uma das suas atribuições que lhes são conferidas por lei, e PORTARIA Nº 01/2011 DE 01 DE DEZEMBRO DE 2011. Dispõe sobre o processo de matrícula/2012 dos alunos nas Unidades Escolares Municipais - UEM e organização do período letivo de ensino 2012 no município de

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.415, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2003. Publicado no Diário Oficial nº 1568 *Revogada pela Lei nº 2.735, de 4/07/2013. Dispõe sobre o Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Estadual, e adota outras

Leia mais

PORTARIA Nº 7, DE 21 DE JANEIRO DE O CORREGEDOR NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, resolve:

PORTARIA Nº 7, DE 21 DE JANEIRO DE O CORREGEDOR NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, resolve: PORTARIA Nº 7, DE 21 DE JANEIRO DE 2016 O CORREGEDOR NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, resolve: Retificar a Portaria CNMP-CN nº 6, de 12 de janeiro de

Leia mais

Da baixa do caminhão

Da baixa do caminhão PODER EXECUTIVO DECRETO Nº 44.332 DE 16 DE AGOSTO DE 2013 DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS ADICIONAIS NECESSÁRIOS AO CUMPRIMENTO DO PROGRAMA DE INCENTIVO À MODERNIZAÇÃO, RENOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE DA FROTA

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO GABINETE DE APOIO AO EMPREGO, ÀS EMPRESAS E AO EMPREENDEDORISMO - GE 3

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO GABINETE DE APOIO AO EMPREGO, ÀS EMPRESAS E AO EMPREENDEDORISMO - GE 3 REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO GABINETE DE APOIO AO EMPREGO, ÀS EMPRESAS E AO EMPREENDEDORISMO - GE 3 REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO GE 3 SECÇÃO I Disposições Gerais Artigo 1.º Objeto 1. O presente regulamento

Leia mais

MANUAL RISCO DE LIQUIDEZ

MANUAL RISCO DE LIQUIDEZ MANUAL DE RISCO DE LIQUIDEZ ANO 2013 COOPERATIVA DE ECONOMIA 1 E CRÉDITO MÚTUO CECREB 1. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL - Diretoria Define as Regras de Operacionalização. - Gerência Executa as determinações

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE REPUBLICADA NO DOE DE 04-02-2014 SEÇÃO I PÁG 63-64 RESOLUÇÃO SMA Nº 03, DE 24 DE JANEIRO DE 2014. Estabelece orientações para a instrução de processos de convênios com municípios e entidades da sociedade

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº. 01/2012

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº. 01/2012 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº. 01/2012 SAMIR ALBERTO PERNOMIAN, Prefeito Municipal de Parapuã, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais. TORNA PÚBLICO O presente EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA

Leia mais

Considerando que não restam candidatos aprovados no último concurso público para os cargos pretendidos;

Considerando que não restam candidatos aprovados no último concurso público para os cargos pretendidos; DECRETO Nº 24/2015 DE 02 DE MARÇO DE 2015. Dispõe sobre a abertura de processo seletivo simplificado para contratação de pessoal por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 28, DE 08 DE JUNHO DE 2004.

RESOLUÇÃO Nº 28, DE 08 DE JUNHO DE 2004. MINISTÉRIO DA JUSTIÇA COMISSÃO NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA NOS PORTOS, TERMINAIS E VIAS NAVEGÁVEIS - CONPORTOS RESOLUÇÃO Nº 28, DE 08 DE JUNHO DE 2004. Dispõe sobre a concessão de Declaração de Proteção

Leia mais

NOTA TÉCNICA 11 /2012

NOTA TÉCNICA 11 /2012 Proposta de Portaria que define os critérios para custeio das Unidades Básicas de Saúde Fluviais preexistentes ao Programa de Construção de Unidades Básicas de Saúde Fluviais (UBSF). Brasília, 04 de junho

Leia mais

PORTARIA SEMED Nº 019/2014

PORTARIA SEMED Nº 019/2014 PORTARIA SEMED Nº 019/2014 Dispõe sobre a Normatização de Critérios para Rematrícula e Remanejamento da Educação Infantil para o ano letivo de 2015, na Rede Pública Municipal de Ensino de Guarapari. A

Leia mais

PROCESSO SELETIVO N. 02/2015

PROCESSO SELETIVO N. 02/2015 PROCESSO SELETIVO N. 02/2015 A Universidade Iguaçu (UNIG) divulga processo seletivo para preceptores e professores assistentes para o curso de graduação, campus I - Nova Iguaçu. 1. DAS VAGAS E DOS REQUISITOS

Leia mais

FLUXO DO PROCESSO PARA RECONHECIMENTO DE DIPLOMA INTERNACIONAL

FLUXO DO PROCESSO PARA RECONHECIMENTO DE DIPLOMA INTERNACIONAL FLUXO DO PROCESSO PARA RECONHECIMENTO DE DIPLOMA INTERNACIONAL Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências Administrativas Programa de Pós-Graduação

Leia mais

LEI N o 1043/2014 SÚMULA: Estima a Receita e fixa a Despesa para o Exercício Financeiro de 2015.

LEI N o 1043/2014 SÚMULA: Estima a Receita e fixa a Despesa para o Exercício Financeiro de 2015. LEI N o 1043/2014 SÚMULA: Estima a Receita e fixa a Despesa para o Exercício Financeiro de 2015. A CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE CRUZEIRO DO IGUAÇU - ESTADO DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO DE AREAL/ RJ RESOLUÇÃO N º 001/2016

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO DE AREAL/ RJ RESOLUÇÃO N º 001/2016 CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO DE AREAL/ RJ RESOLUÇÃO N º 001/2016 O CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO do município de Areal, no âmbito de ação e conforme preceitua sua Lei de Criação

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA Procedência: MMA Processo: 02000.003128/2007-35 Data: julho de 2008 Assunto: Cadastro Nacional de Coletivos Educadores para Territórios

Leia mais

DELIBERAÇÃO CRF-RJ nº706 / 2010

DELIBERAÇÃO CRF-RJ nº706 / 2010 DELIBERAÇÃO CRF-RJ nº706 / 2010 Aprova o Regulamento das Câmaras Técnicas do CRF-RJ e dá outras providências. O ESTADO DO RIO DE JANEIRO / CRF-RJ, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com

Leia mais

Conselho Federal de Farmácia

Conselho Federal de Farmácia RESOLUÇÃO Nº 517 DE 26 DE NOVEMBRO DE 2009 Ementa: Dispõe sobre a inscrição e carteira profissional do técnico de nível médio e assemelhados, e dá outras providências. O Presidente do CONSELHO FEDERAL

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 020/2015

PROCESSO SELETIVO Nº 020/2015 PROCESSO SELETIVO Nº 020/2015 REDE NACIONAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA E FEMINISTA A GUAYÍ, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, sediada na Rua José do Patrocínio 611, Bairro Cidade Baixa, Porto

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2014

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2014 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2014 Dispõe sobre os procedimentos de emissão e homologação da Certidão de Tempo de Contribuição CTC. O DIRETOR-PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS

Leia mais

EDITAL. PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA 2017 Do 2º ao 9º ano do Ensino Fundamental e 1ª e 2ª série do Ensino Médio

EDITAL. PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA 2017 Do 2º ao 9º ano do Ensino Fundamental e 1ª e 2ª série do Ensino Médio EDITAL PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA 2017 Do 2º ao 9º ano do Ensino Fundamental e 1ª e 2ª série do Ensino Médio O Diretor Geral do Colégio Santo Inácio, no uso de suas atribuições regimentais

Leia mais

Ministério Público DO ESTADO DE MATO GROSSO 1ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Barra do Bugres

Ministério Público DO ESTADO DE MATO GROSSO 1ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Barra do Bugres SIMP nº. 000954-033/2016 NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA nº 002/2016 O Promotor de Justiça, oficiante na Comarca de Barra do Bugres/MT, no uso de suas atribuições legais e constitucionais, na defesa do patrimônio

Leia mais

RESOLUÇÃO N Parágrafo 2º São de responsabilidade da diretoria da instituição:

RESOLUÇÃO N Parágrafo 2º São de responsabilidade da diretoria da instituição: RESOLUÇÃO N 2554 Dispõe sobre a implantação e implemenação de sistema de controles internos. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art. 9º da Lei nº 4.595, de 31.12.64, torna público que o CONSELHO MONETÁRIO

Leia mais

Estado do Pará PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO XINGU Controladoria Geral do Munícipio PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO

Estado do Pará PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO XINGU Controladoria Geral do Munícipio PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO Parecer CGM nº 006/2016 Solicitante: Departamento de Licitação Expediente: Processo Licitatório nº TP010/2015 Modalidade: Tomada de Preço Tratam os autos de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL Nº 02

PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL Nº 02 PROCESSO SELETIVO ENEM 2016.2 EDITAL Nº 02 SUMÁRIO 1. Da Validade... 3 2. Das Inscrições... 3 3. Da Avaliação... 4 4. Do Resultado... 4 5. Da Matrícula... 4 6. Do regime escolar e semestralidade... 5 7.

Leia mais

FACULDADE DE INHUMAS REGULAMENTO DA OUVIDORIA DA FACULDADE DE INHUMAS CAPÍTULO I DA OUVIDORIA

FACULDADE DE INHUMAS REGULAMENTO DA OUVIDORIA DA FACULDADE DE INHUMAS CAPÍTULO I DA OUVIDORIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA DA FACULDADE DE INHUMAS CAPÍTULO I DA OUVIDORIA A ouvidoria é um serviço especial de comunicação interna e externa com identificação ou anonimamente, que tem o fim de ouvir e receber

Leia mais

PORTARIA/SEE Nº /2015. CONSIDERANDO que a garantia de padrão de qualidade é princípio no qual deve está embasada a oferta do ensino;

PORTARIA/SEE Nº /2015. CONSIDERANDO que a garantia de padrão de qualidade é princípio no qual deve está embasada a oferta do ensino; PORTARIA/SEE Nº. 2.427/2015. INSTITUIR O PROJETO REGULARIZE NO SISTEMA DE ENSINO DO ESTADO DE ALAGOAS. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DO ESPORTE, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais

Leia mais

Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural

Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural Decreto executivo n.º 1/06 de 9 de Janeiro Havendo necessidade de regulamentar o funcionamento, estruturação e organização do Secretariado Executivo do

Leia mais

PORTARIA E/SUBG/CRH n.º 02, DE 20 DE OUTUBRO DE 2010.

PORTARIA E/SUBG/CRH n.º 02, DE 20 DE OUTUBRO DE 2010. PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal de Educação Subsecretaria de Gestão Coordenadoria de Recursos Humanos PORTARIA E/SUBG/CRH n.º 02, DE 20 DE OUTUBRO DE 2010. Estabelece normas

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2016 DE 07 DE JANEIRO DE 2016

INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2016 DE 07 DE JANEIRO DE 2016 INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2016 DE 07 DE JANEIRO DE 2016 Dispõe sobre os procedimentos para a Certificação de Conclusão do Ensino Médio e da Declaração Parcial de Proficiência com base nos resultados do Exame

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O PROGRAMA JOVEM APRENDIZ EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O PROGRAMA JOVEM APRENDIZ Dispõe sobre a Seleção Pública Simplificada para o cargo de educadores sociais e Ofícineiro de teatro visando atuação no Programa Jovem

Leia mais

ESTADO DO ESPIRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACRUZ PROJETO DE LEI Nº. XXXX

ESTADO DO ESPIRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACRUZ PROJETO DE LEI Nº. XXXX ESTADO DO ESPIRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACRUZ PROJETO DE LEI Nº. XXXX DISPÕE SOBRE O PLANO MUNICIPAL DE APOIO E INCENTIVO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA NO MUNICÍPIO DE ARACRUZ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015 RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015 Regulamenta a Transferência Interna, externa e Ingresso de Portador de Diploma nos cursos de graduação da Faculdade Guanambi. O Presidente do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA No- 44, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2008

INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA <!ID > INSTRUÇÃO NORMATIVA No- 44, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2008 INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA No- 44, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2008 Estabelece diretrizes para recadastramento de imóveis rurais de que trata o Decreto

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE LEI Nº 760/CMSR/2015

PROPOSIÇÃO DE LEI Nº 760/CMSR/2015 DISPÕE SOBRE A CONTRIBUIÇÃO PARA CUSTEIO DO SERVIÇO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O povo de Santana do Riacho, através de seus legítimos representantes, aprova e eu, André Ferreira Torres,

Leia mais

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 715, DE 2012 (Do Sr. Eleuses Paiva)

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 715, DE 2012 (Do Sr. Eleuses Paiva) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 715, DE 2012 (Do Sr. Eleuses Paiva) Susta a aplicação da RDC nº 41/2012 da ANVISA. DESPACHO: ÀS COMISSÕES DE: SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA E CONSTITUIÇÃO

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Saúde

Estado de Santa Catarina Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Saúde EDITAL Nº 019/2014 Processo Seletivo Simplificado para preenchimento de cargos em caráter temporário, para compor a Rede Municipal de Saúde, respaldado no art. 37, inciso IX, da Constituição Federal, art.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA ESCOLA AGROTÉCNICA. Edital Nº 01/2016, de 21 de setembro de 2016 CONCURSO PARA ESCOLHA DO UNIFORME ESCOLAR DA EAGRO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA ESCOLA AGROTÉCNICA. Edital Nº 01/2016, de 21 de setembro de 2016 CONCURSO PARA ESCOLHA DO UNIFORME ESCOLAR DA EAGRO Edital Nº 01/2016, de 21 de setembro de 2016 CONCURSO PARA ESCOLHA DO UNIFORME ESCOLAR DA EAGRO O Diretor Geral da Escola Agrotécnica da Universidade Federal de Roraima (EAGRO- UFRR), no uso de suas atribuições

Leia mais

RIO GRANDE DO SUL CONTROLE INTERNO

RIO GRANDE DO SUL CONTROLE INTERNO 1/6 A Coordenadoria do Sistema de Controle Interno do Município, considerando: a) o disposto na Lei Municipal nº 3.581, de 03 de novembro de 2005 que, em seu art. 8º dispõe sobre a possibilidade de regulamentação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LINHARES SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº 002/2015

PREFEITURA MUNICIPAL DE LINHARES SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº 002/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE LINHARES SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº 002/2015 Processo de Seleção de Formadores para os Cursos de Formação Continuada de professores na área da Educação Especial (Libras, Deficiência

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL N 069/2016 UEPA PRÊMIO MELHOR TCC 2015

EXTRATO DO EDITAL N 069/2016 UEPA PRÊMIO MELHOR TCC 2015 EXTRATO DO EDITAL N 069/2016 UEPA PRÊMIO MELHOR TCC 2015 A Universidade do Estado do Pará, por meio de sua Pró-Reitoria de Graduação, torna público, no âmbito desta Instituição, o Processo de Seleção de

Leia mais