Localize na tabela de auxílio-saúde o valor de sua remuneração e a sua idade, este é o valor do seu auxílio-saúde:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Localize na tabela de auxílio-saúde o valor de sua remuneração e a sua idade, este é o valor do seu auxílio-saúde:"

Transcrição

1 ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR DO SERVIDOR: Per-capta - saúde-suplementar (modalidade de ressarcimento) A assistência à saúde suplementar é um benefício compartilhado, tendo uma parte custeada pela União, conforme dotação específica, consignada no orçamento do IFG, e a outra, pelo servidor, de acordo com as cláusulas do convênio ou contrato. Entendendo como funciona: Localize na tabela de auxílio-saúde o valor de sua remuneração e a sua idade, este é o valor do seu auxílio-saúde: Tabela de contribuição da União para o custo do plano de saúde Portaria nº 8, de 13 de janeiro de 2016, DOU de 14/01/2016, Seção I, Página 57 Faixa Etária Remuneração até / 30

2 Remuneração a Remuneração a Remuneração a Remuneração a Remuneração a Remuneração a Remuneração ou mais R$ 149,52 R$ 142,47 R$ 135,42 R$ 129,78 2 / 30

3 R$ 122,71 R$ 111,43 R$ 107,20 R$ 101, R$ 156,57 R$ 149,52 R$ 142,47 R$ 135,42 R$ 129,78 R$ 114,25 3 / 30

4 R$ 108,61 R$ 102, R$ 158,69 R$ 151,64 R$ 144,59 R$ 137,53 R$ 131,89 R$ 116,38 R$ 110,73 R$ 105,08 4 / 30

5 29-33 R$ 165,04 R$ 156,57 R$ 149,52 R$ 142,47 R$ 135,42 R$ 117,07 R$ 111,43 R$ 105, R$ 169,97 R$ 161,51 5 / 30

6 R$ 154,46 R$ 147,41 R$ 140,35 R$ 122,02 R$ 116,38 R$ 110, R$ 175,61 R$ 167,15 R$ 160,10 R$ 153,05 6 / 30

7 R$ 146,00 R$ 127,66 R$ 122,02 R$ 116, R$ 190,03 R$ 180,76 R$ 171,49 R$ 163,77 R$ 156,04 R$ 129,78 R$ 123,60 7 / 30

8 R$ 117, R$ 193,05 R$ 183,63 R$ 174,21 R$ 166,37 R$ 158,52 R$ 131,84 R$ 125,56 R$ 119, / 30

9 R$ 196,06 R$ 186,50 R$ 176,94 R$ 168,97 R$ 161,00 R$ 133,90 R$ 127,52 R$ 121,14 59 ou mais R$ 205,63 R$ 196,06 9 / 30

10 R$ 186,50 R$ 176,94 R$ 168,97 R$ 137,09 R$ 130,71 R$ 124,33 Ex.: Sua remuneração é até R$ 1.499,00 e você tem 30 anos, logo, o seu auxílio-saúde será de R$ 165,04.Se sua esposa tem 25 anos, ela receberá, de acordo com a sua remuneração de até R$ 1.499,00, o auxílio de R$ 158,69. Ao todo, o auxílio recebido será de R$ 323,73. a) PROCEDIMENTOS PARA REQUERER O AUXÍLIO (obrigatório para qualquer plano de saúde escolhido) : Preencher requerimento no protocolo, tanto o servidor ativo, aposentado, ou de pensionista, anexando os seguintes documentos: - requerimento, devidamente preenchido: 10 / 30

11 * Formulário para solicitação de ressarcimento dos Planos de Saúde (Clique aquí) - cópia do contrato do plano de assistência à saúde; - cópia da fatura do mês anterior, paga, na qual conste a relação de dependentes; (caso o servidor já tenha pago alguma fatura) - cópia do último contra-cheque ou declaração equivalente, que conste o valor integral dos proventos recebidos. * Obs.: caso o dependente do plano de saúde não seja cadastrado no IFG, deve anexar o RG e CPF (incluindo menores de idade) e certidão de casamento ou declaração de união estável. Os documentos exigidos serão analisados pela DDRH. Uma vez deferido o requerimento, o servidor receberá o benefício na forma de pecúnia no contracheque do mês subseqüente, com valor correspondente ao número de pessoas de seu grupo familiar que possuem direito ao auxílio. Caso o servidor opte por planos não conveniados ao IFG, deve apresentar mensalmente, até o 5º dia útil de cada mês, à sua unidade de recursos humanos, o comprovante de pagamento do plano de saúde, constando a relação de dependentes, referente ao mês anterior, para que receba devidamente o auxílio. 11 / 30

12 b) REQUISITOS PARA RECEBIMENTO DO AUXÍLIO: - que o servidor ativo ou aposentado, ou pensionista seja titular de contrato de plano de assistência à saúde; - que o plano contratado atenda ao termo de referência básico (anexo da Portaria Normativa nº 3/MP/2009) e à RN nº 167/2007- ANS; - que na comprovação mensal de pagamento do respectivo plano, conste a relação dos dependentes, se for o caso; - Os dependentes devem se enquadrar em uma das seguintes condições: (conforme inciso o II do art. 4º da mencionada Portaria Normativa nº 3/MP/2009) 1. o cônjuge, o companheiro ou a companheira na união estável; 2. o companheiro ou a companheira na união homoafetiva, obedecidos os mesmos critérios adotados para o reconhecimento da união estável; 3. a pessoa separada judicialmente, divorciada, ou que teve a sua união estável reconhecida e dissolvida judicialmente, com percepção de pensão alimentícia; 4. os filhos e enteados, solteiros, até 21 (vinte e um) anos de idade ou, se inválidos, enquanto durar a invalidez; 12 / 30

13 5. os filhos e enteados, entre 21 (vinte e um) e 24 (vinte e quatro) anos de idade, dependentes economicamente do servidor e estudantes de curso regular, reconhecido pelo Ministério da Educação; 6. o menor sob guarda ou tutela concedida por decisão judicial, observado o disposto nas alíneas "4" e "5". Para mais informações, acessar os links abaixo, pelo telefone (62) ou pelo - Portaria Normativa Nº 01 - Decreto nº POSSIBILIDADES DE PLANOS DE SAÚDE 13 / 30

14 Atualmente o Instituto Federal de Goiás mantêm convênio direto com a operadora de autogestão: Fundação de Seguridade Social GEAP e cooperação técnica com o Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás - IPASGO. Temos também convênio com a Aliança Administradora de Plano de Benefícios de saúde. Para mais informações sobre valores, cobertura, agregados ou outras dúvidas, recomenda-se que o servidor entre em contato direto com as operadoras. - IPASGO - Para fazer a adesão ao Ipasgo o servidor deverá dirigir-se a qualquer Vapt-Vupt ou na sede do próprio Ipasgo. M ais informações no site do Ipasgo: ipasgo.go.gov.br e GEAP - Para aderir ao GEAP o servidor deverá preencher o termo de adesão ao plano escolhido, disponível no site da GEAP e em seguida entregar no RH do campus o formulário devidamente preenchido com a cópia dos documentos exigidos pela operadora. Servidores recém empossados possuem, após a data de entrada em exercício, até 60 dias para aderir aos planos da GEAP sem carências. - Valores dos planos de saúde para o servidor e seus dependentes - Valores dos planos de saúde para agregados - Mais informações: Deogelina Pereira Leão - Assistente de Programas Assistenciais da GEAP - Fone: (62) ou * As adesões, cancelamentos ou alterações referentes aos planos da GEAP ocorrem sempre no 1º dia útil de cada mês, 14 / 30

15 sendo assim, os documentos são encaminhados para GEAP no último dia útil de cada mê s. - Aliança Administradora Estão disponíveis alguns planos de saúde através de um acordo firmado entre o MEC e a Aliança Administradora. No momento, através da Aliança, há opções de: Unimed Centro-Oeste e Tocantis (nacional), Unimed Cerrado (estadual) e alguns planos odontológicos. Para aderir a algum dos planos oferecidos pela Aliança o servidor deverá preencher o termo de adesão ao plano escolhido através do site ou telefone da operadora, imprimir 3 vias: um via deverá ser enviada diretamente à Aliança, juntamente com os documentos exigidos pela operadora, outra via o servidor deverá levar impressa ao seu RH de origem juntamente com o formulário para solicitação de ressarcimento de plano de saúde para requerer o auxílio saúde, e, por fim, a terceira via é do servidor. Ser vidores recém empossados possuem até 30 dias após a data de posse para aderir aos planos da Aliança sem carências. Mais informações e adesões podem ser obtidas por meios dos telefones da Central de Vendas da Aliança Administradora: ou via internet: * Documentos para adesões, cancelamentos ou alterações referentes aos planos da Aliança Administradora devem estar na operadora dia 15 de cada mês, sendo assim, os documentos devem ser encaminhados para Aliança por volta do dia 11 de cada mê s. Porém as adesões, cancelamentos ou alterações só ocorrerão efetivamente no 1º dia últi do mês seguinte. 15 / 30

16 Além das operadoras acima citadas, o servidor poderá contratar Planos de Saúde por intermédio do Sindicato dos Servidores em Instituições Federais de Educação Tecnológica - SINTEF, da Associação dos Servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás - ASIFEGO ou particular. *Via Sindicato: Informações no SINTEF. Fone: (62) *Via Associação: Informações na ASIFEGO. Fone: (62) Além das operadoras acima citadas, o servidor poderá contratar Planos de Saúde por intermédio do Sindicato dos Servidores em Instituições Federais de Educação Tecnológica - SINTEF, da Associação dos Servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás - ASIFEGO ou particular. Orientação sobre Licença Médica em Geral 16 / 30

17 1. Concessão Licença Médica com perícia médica A licença médica ou odontológica será concedida somente mediante exame médico pericial que constate incapacidade laborativa, exceto nas licenças dispensadas de perícia discriminadas no item 02; O próprio servidor deverá requerer a licença médica, dentro de 05(cinco) dias a partir do seu início (a data registrada no atestado). Serão necessários todos os documentos médicos disponíveis: a) atestados; b) exames; c) receitas; d) outros documentos comprobatórios. 17 / 30

18 2. Concessão de Licença Médica sem perícia médica Os atestados de até 5 dias para Tratamento de saúde do servidor ou até 03 (três) dias para Acompanhamento da pessoa da família, deverão ser entregues no Setor de Saúde - IFG, a qual irá passar para os médicos conferirem os dias, e o tipo de licença solicitado no período de doze meses, consecutivos ou não. Caso este total não ultrapasse 14 dias, o servidor terá sua licença concedida sem a necessidade de agendar perícia médica. Exemplo: O servidor solicitou licença médica para tratamento de saúde a partir do dia 23/02/11. Será feita avaliação pelo Gabinete Médico para verificar se no período de 23/02/2010 a 23/02/2011 (últimos doze meses) existiram outras solicitações da mesma espécie e se o total ultrapassou 14 dias. Caso negativo, a licença será concedida sem necessidade de exame médico pericial. Obs.: Caso o total ultrapasse os 14 dias, o servidor deverá proceder conforme descrito no item 1. Procedimentos: 1º - Entregar os documentos no Setor de Saúde - IFG para encaminhamento a Coordenação de Pagamento, Cadastro e Benefícios para informações no SIAPE Saúde. 18 / 30

19 2º- Setor de Saúde - encaminhar a outra via do comprovante de entrega dos atestados para a chefia imediata do servidor. 3. Entrega das documentações O servidor deverá entregar o atestado pessoalmente no Setor de Saúde ou enviá-lo em envelope lacrado escrito confidencial, constando as seguintes informações: a) O último dia de trabalho; b) identificação e telefones do servidor; c) No atestado deve constar de forma legível: CID ou nome da doença por extenso, CRM ou CRO do médico ou cirurgião-dentista respectivamente, e nome do servidor e do acompanhado, quando for o caso (art.204 da Lei11907/2009 e decreto 700/2009). 4. Junta Médica ou Perícia Médica Nos casos de licenças até 120 (cento e vinte) dias em 12(doze) meses, consecutivos ou não, a perícia será efetuada por um médico perito. O agendamento será feito no sistema conforme descrito no item 1. Licenças de mais 120(cento e vinte) dias, consecutivos ou não, em 12(doze) meses, serão concedidas por Junta Médica Oficial. O atendimento será agendado pelo Setor de Saúde conforme descrito no item / 30

20 5. Agendamentos Os agendamentos serão feitos pelo Setor de Saúde. Nos casos de absoluta impossibilidade de comparecer ao Setor de Saúde, o servidor ou responsável deverá avisar através dos telefones ou , dentro do prazo de cinco dias, para que sejam tomadas as devidas providências; 6. Licença para acompanhamento de familiar A licença para acompanhamento de pessoa da família (cônjuge ou companheiro (a), pais, filhos (as), padrasto ou madrasta e enteado(a) ou dependente que viva às suas expensas e conste do seu assentamento funcional, poderá ser concedida após avaliação médico pericial, acompanhada do atestado do médico assistente, sendo imprescindível a presença do servidor, a exceção dos casos previstos no item Acidente de trabalho Em caso de acidente de trabalho, o servidor deverá preencher o formulário Comunicação de Acidente de Trabalho do Servidor Público" (site - formulários) e comparecer munido do formulário no Setor de Saúde em até 10 dias após o acidente (art.214 da Lei nº8.112/1990). 8. Atestados de Comparecimento Os atestados de comparecimento (de horas marcadas, foi ao dentista durante 3 horas e foi para o trabalho em seguida), não devem ser encaminhados para o Setor de Saúde e sim apresentados a chefia imediata e negociada a forma de compensação do horário, se necessário. 20 / 30

21 Este tipo de atestado não será lançado no SiapeSaúde. É de inteira responsabilidade da chefia imediata do servidor. 9. Informações gerais Nenhum atestado médico ou odontológico deverá ser anexado à folha de ponto do servidor. Será punido com suspensão de até 15 dias o servidor que, injustificadamente, recusar-se a ser submetido à inspeção médica determinada pela autoridade competente, cessando os efeitos da penalidade uma vez cumprida a determinação (art.130, parágrafo 1º da Lei nº 11907/2009) "A saúde é conservada pelo conhecimento e observação do próprio corpo." (Cícero) Tabelas Anteriores Portaria nº 625, de 21 de Dezembro de 2012, DOU de 24/12/2012, Seção I, Página Vigente de 01/2012 a 12/2015 Faixa Etária Remuneração até Remuneração a / 30

22 Remuneração a Remuneração a Remuneração a Remuneração a Remuneração a Remuneração ou mais R$ 121,94 R$ 116,19 R$ 110,44 R$ 105,84 22 / 30

23 R$ 100,08 R$ 90,88 R$ 87,43 R$ 82, R$ 127,69 R$ 121,94 R$ 116,19 R$ 110,44 R$ 105,84 R$ 93,18 R$ 88,58 23 / 30

24 R$ 83, R$129,42 R$ 123,67 R$ 117,92 R$ 112,16 R$ 107,56 R$ 94,91 R$ 90,31 R$ 85, / 30

25 R$ 134,60 R$ 127,69 R$ 121,94 R$ 116,19 R$ 110,44 R$ 95,48 R$ 90,88 R$ 86, R$ 138,62 R$ 131,72 25 / 30

26 R$ 125,97 R$ 120,22 R$ 114,46 R$ 99,51 R$ 94,91 R$ 90, R$ 143,22 R$ 136,32 R$ 130,57 R$ 124,82 R$ 119,07 26 / 30

27 R$ 104,11 R$ 99,51 R$ 94, R$ 154,98 R$ 147,42 R$ 139,86 R$ 133,56 R$ 127,26 R$ 105,84 R$ 100,80 27 / 30

28 R$ 95, R$ 157,44 R$ 149,76 R$ 142,08 R$ 135,68 R$ 129,28 R$ 107,52 R$ 102,40 R$ 97, / 30

29 R$ 159,90 R$ 152,10 R$ 144,30 R$ 138,80 R$ 131,30 R$ 109,20 R$ 104,00 R$ 98,80 59 ou mais R$ 167,70 R$ 159,90 R$ 152,10 29 / 30

30 R$ 144,30 R$ 137,80 R$ 111,80 R$ 106,60 R$ 101,40 30 / 30

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Universidade Federal da Fronteira Sul MANUAL DO SERVIDOR PROGESP RESSARCIMENTO À SAÚDE SUPLEMENTAR

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Universidade Federal da Fronteira Sul MANUAL DO SERVIDOR PROGESP RESSARCIMENTO À SAÚDE SUPLEMENTAR RESSARCIMENTO À SAÚDE SUPLEMENTAR 1 O que é? 1.1 Auxílio de caráter indenizatório, pago mediante ressarcimento, a servidor ativo ou inativo e seus dependentes, ou pensionista, quando comprovada a contratação

Leia mais

PLANO DE SAÚDE. Perguntas e Respostas

PLANO DE SAÚDE. Perguntas e Respostas PLANO DE SAÚDE Perguntas e Respostas Conteúdo 1. O que é?... 3 2. Quanto vou receber?... 3 3. Como vou receber?... 3 4. Onde devo solicitar o pagamento do auxílio?... 3 5. Há prazo para realizar a solicitação?...

Leia mais

RESSARCIMENTO PARA TITULAR DE PLANO DE SAÚDE ADESÃO VEM REQUERER A: ( ) ADESÃO DO RESSARCIMENTO PARA TITULAR DE PLANO DE SAÚDE

RESSARCIMENTO PARA TITULAR DE PLANO DE SAÚDE ADESÃO VEM REQUERER A: ( ) ADESÃO DO RESSARCIMENTO PARA TITULAR DE PLANO DE SAÚDE NOME: MATRÍCULA: CARGO: RESSARCIMENTO PARA TITULAR DE PLANO DE SAÚDE ADESÃO LOTAÇÃO: ( ) PLANO DE SAÚDE PARTICULAR ( ) PLANO DE SAÚDE SINDICATO / ASSOCIAÇÃO QUAL? VEM REQUERER A: ( ) ADESÃO DO RESSARCIMENTO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Universidade Federal da Fronteira Sul Secretaria Especial de Gestão de Pessoas -SEGEP

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Universidade Federal da Fronteira Sul Secretaria Especial de Gestão de Pessoas -SEGEP ATENÇÃO: PARA ENVIO À SEGEP, IMPRIMA APENAS O(S) FORMULÁRIO(S) DO FINAL DO ARQUIVO. RESSARCIMENTO À SAÚDE SUPLEMENTAR 1.O que é? É o auxílio de caráter indenizatório, prestado ao servidor na forma de ressarcimento

Leia mais

PROCEDIMENTO DA DIRETORIA DE PESSOAL. Título: Licença por Motivo de Pessoa Doente na Família

PROCEDIMENTO DA DIRETORIA DE PESSOAL. Título: Licença por Motivo de Pessoa Doente na Família PROCEDIMENTO DA DIRETORIA DE PESSOAL UNIFEI Procedimento: 47R2 Título: Licença por Motivo de Pessoa Doente na Família DIRETORIA DE PESSOAL Objetivo: Padronizar o processo e instruir os servidores quanto

Leia mais

Serviços de Perícias Médicas e. Medicina do Trabalho

Serviços de Perícias Médicas e. Medicina do Trabalho PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS Serviços de Perícias Médicas e Medicina do Trabalho Criação e estrutura SerPM Serviço de Perícias Médicas SerMT Serviço de Medicina do Trabalho PRÓ-REITORIA DE GESTÃO

Leia mais

PORTARIA Nº 1.714, DE 11 DE OUTUBRO DE 2013

PORTARIA Nº 1.714, DE 11 DE OUTUBRO DE 2013 PORTARIA Nº 1.714, DE 11 DE OUTUBRO DE 2013 O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO, no uso de suas atribuições legais, nomeado pelo Decreto Presidencial de 08.04.2013,

Leia mais

PORTARIA Nº 253 DE 15 DE FEVEREIRO DE 2012

PORTARIA Nº 253 DE 15 DE FEVEREIRO DE 2012 3 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA REITORIA Rua Esmeralda, 430 Fx Nova Camobi Cep: 97110-767 - Santa

Leia mais

LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA DECLARAÇÃO DO SERVIDOR. Eu,,

LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA DECLARAÇÃO DO SERVIDOR. Eu,, DECLARAÇÃO DO SERVIDOR Eu,, (Nome Civil ou Nome Social) matrícula SIAPE nº, ocupante do cargo de, lotado (a) no, com fundamento no artigo 83 da Lei nº 8.112/90, parágrafo 1º : Art. 83. Poderá ser concedida

Leia mais

PENSÃO CIVIL 1 O que é? É um benefício concedido mensalmente aos dependentes, devidamente habilitados, do servidor falecido.

PENSÃO CIVIL 1 O que é? É um benefício concedido mensalmente aos dependentes, devidamente habilitados, do servidor falecido. PENSÃO CIVIL 1 O que é? É um benefício concedido mensalmente aos dependentes, devidamente habilitados, do servidor falecido. 2 Requisitos: a) Falecimento do servidor. b) Habilitação dos beneficiários.

Leia mais

PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO ALIANÇA ADMINISTRADORA

PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO ALIANÇA ADMINISTRADORA PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO ALIANÇA ADMINISTRADORA 1 O que é? 1.1 Por meio de acordo de parceria firmado entre o Ministério da Educação e a Aliança Administradora de Benefícios de Saúde LTDA., do qual

Leia mais

Documentos necessários para se efetuar o Recadastramento

Documentos necessários para se efetuar o Recadastramento Documentos necessários para se efetuar o Recadastramento 1 - Servidores Aposentados: Documentos pessoais: RG original e cópia ou cópia ; CPF - original e cópia ou cópia ; Título de Eleitor - original e

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos Departamento de Administração de Pessoal

Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos Departamento de Administração de Pessoal ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR Cód.: ASS Nº: 141 Versão: 01 Data: 17/07/2017 DEFINIÇÃO A assistência à saúde do servidor, ativo ou inativo, e de sua família compreende assistência médica, hospitalar,

Leia mais

MANUAL DO SERVIDOR SOBRE LICENÇA PARA TRATAMENTO DE SAÚDE E LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA.

MANUAL DO SERVIDOR SOBRE LICENÇA PARA TRATAMENTO DE SAÚDE E LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS Av. Francisco Mota, 572, Bairro Costa e Silva Caixa Postal 137 59625-900 Mossoró-RN Fones: (84) 3317-8275/8276/8277.

Leia mais

AUXÍLIO SAÚDE COMPROVAÇÃO ANUAL DA QUITAÇÃO DO PLANO DE SAÚDE

AUXÍLIO SAÚDE COMPROVAÇÃO ANUAL DA QUITAÇÃO DO PLANO DE SAÚDE Página 1 de 5 AUXÍLIO SAÚDE COMPROVAÇÃO ANUAL DA QUITAÇÃO DO PLANO DE SAÚDE Definição É a comprovação anual da quitação do plano de saúde do servidor das informações prestadas a respeito de seu contrato

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL PENSÃO - CONCESSÃO. Agência:

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL PENSÃO - CONCESSÃO. Agência: UFAL Dados Básicos do Instituidor SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL PENSÃO - CONCESSÃO Siape: Beneficiário do Plano de Saúde GEAP: Sim Não Dados do Básicos do Pensionista

Leia mais

Uni..ersldade Federal do Espirito Santo. Data de Abertura: 31/ Hora: 09:09:06. Procedência: Departamento de Atenção à Saúde

Uni..ersldade Federal do Espirito Santo. Data de Abertura: 31/ Hora: 09:09:06. Procedência: Departamento de Atenção à Saúde Uni..ersldade Federal do Espirito Santo Número do Processo : 23068.77334312013 31 Documento Origem.' Data de Abertura: 31/1012013 Hora: 09:09:06 Procedência: 1.01.43.04.00.00.00 Departamento de Atenção

Leia mais

EDITAL 11/2016 SRI/UFF Programa Fórmula de Bolsas de Mobilidade Internacional Santander Universidades e

EDITAL 11/2016 SRI/UFF Programa Fórmula de Bolsas de Mobilidade Internacional Santander Universidades e EDITAL 11/2016 SRI/UFF Programa Fórmula de Bolsas de Mobilidade Internacional Santander Universidades 2017.1 e 2017.2 Anexo VII Documentação comprobatória Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 5, DE 11 DE OUTUBRO DE 2010.

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 5, DE 11 DE OUTUBRO DE 2010. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 5, DE 11 DE OUTUBRO DE 2010. Estabelece orientações aos órgãos e entidades do Sistema de Pessoal Civil

Leia mais

CARTILHA DE BENEFÍCIOS (AUXÍLIOS)

CARTILHA DE BENEFÍCIOS (AUXÍLIOS) Universidade Federal de Alagoas UFAL Departamento de Administração de Pessoal DAP Coordenadoria de Benefícios CBEN CARTILHA DE BENEFÍCIOS (AUXÍLIOS) CBEN/ DAP/ UFAL janeiro de 2016. Sumário 1. Assistência

Leia mais

(CAPA) CARTILHA DA PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL

(CAPA) CARTILHA DA PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL (CAPA) CARTILHA DA PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL Londrina-Pr O melhor plano para sua vida! Cartilha do Plano de Saúde CAAPSML 1 APRESENTAÇÃO O Plano de Saúde, gerenciado pela CAAPSML, é um

Leia mais

LICENÇAS PREVISTAS NA LEI Nº 8.112/90 Parte 1

LICENÇAS PREVISTAS NA LEI Nº 8.112/90 Parte 1 Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos LICENÇAS PREVISTAS NA LEI Nº 8.112/90 Parte 1 Instrutora: Ramana Guimarães Soares Belo Horizonte Setembro/2016 LICENÇA PARA TRATAMENTO

Leia mais

Cartilha do servidor

Cartilha do servidor Cartilha do servidor Elaboração: Claudia Maciel Enes Assistente Social Viviane Félix Silveira Gestora Operacional Coordenação: Ronaldo Pedro de Freitas Gestor Técnico O que é e como funciona o SIASS? O

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 6 09/01/2015 11:04 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos MEDIDA PROVISÓRIA Nº 664, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2014. Exposição de motivos Vigência Altera as Leis n o 8.213,

Leia mais

DE RENDA DE APOSENTADORIA

DE RENDA DE APOSENTADORIA DE RENDA DE APOSENTADORIA INTRODUÇÃO Este guia contém as etapas que devem ser seguidas no momento de solicitar a renda de aposentadoria nos planos Vale Mais e Valiaprev. Os participantes podem requerer

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 198, DE 20 DE JULHO DE 2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 198, DE 20 DE JULHO DE 2015 Publicada no Boletim de Serviço, n. 8, p. 17-22 em 7/8/2015. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 198, DE 20 DE JULHO DE 2015 Regulamenta a licença para tratamento de saúde e a licença por motivo de doença em pessoa

Leia mais

PROCEDIMENTO DA DIRETORIA DE PESSOAL. Título: Licença para tratamento da própria saúde

PROCEDIMENTO DA DIRETORIA DE PESSOAL. Título: Licença para tratamento da própria saúde PROCEDIMENTO DA DIRETORIA DE PESSOAL UNIFEI Procedimento: 49R2 Título: Licença para tratamento da própria saúde DIRETORIA DE PESSOAL Objetivo: Padronizar o processo e instruir os servidores quanto à licença

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL PENSÃO - CONCESSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL PENSÃO - CONCESSÃO UFAL Dados Básicos do Instituidor SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL PENSÃO - CONCESSÃO Siape: O servidor era beneficiário da GEAP? NÃO SIM,

Leia mais

1 DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR

1 DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR DOCUMENTOS NECESSÁRIOS À COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA Procedimento de Avaliação Sócioeconômica - Cotas EP1 e EP1A Concurso Vestibular EAD/UAB/UFSM 2014. Observações: a) Os documentos

Leia mais

Aula 02: SUBSISTEMA INTEGRADO DE ATENÇÃO A SAÚDE DO SERVIDOR SIASS

Aula 02: SUBSISTEMA INTEGRADO DE ATENÇÃO A SAÚDE DO SERVIDOR SIASS Aula 02: SUBSISTEMA INTEGRADO DE ATENÇÃO A SAÚDE DO SERVIDOR SIASS O trabalho dos servidores públicos é parte integrante do dia a dia das cidades de uma forma geral como exemplo cita-se: serviços de saúde,

Leia mais

ANEXO IV - FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO DE ISENÇÃO ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA RESIDÊNCIA MÉDICA

ANEXO IV - FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO DE ISENÇÃO ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA RESIDÊNCIA MÉDICA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA RESIDÊNCIA MÉDICA INSTRUÇÕES GERAIS PARA SOLICITAÇÃO DE ISENÇÃO DO PAGAMENTO DO VALOR DA INSCRIÇÃO ATENÇÃO Leia atentamente o Edital de Abertura para solicitação de isenção do pagamento

Leia mais

Informativo da SEGEP

Informativo da SEGEP TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO SEGEDAM/SEGEP/DSAUD SPS - Serviço de Perícia em Saúde Informativo da SEGEP MANUAL DE PERÍCIA NA ÁREA DE SAÚDE (Instituído pela Portaria-TCU n 137, de 14 de maio de 2010 - BTCU

Leia mais

CRONOGRAMA PARA INSERÇÃO NO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA AO ESTUDANTE (PAES) EDITAL 02/2017 CEARÁ E BAHIA AGOSTO/2017

CRONOGRAMA PARA INSERÇÃO NO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA AO ESTUDANTE (PAES) EDITAL 02/2017 CEARÁ E BAHIA AGOSTO/2017 CRONOGRAMA PARA INSERÇÃO NO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA AO ESTUDANTE (PAES) EDITAL 02/2017 CEARÁ E BAHIA AGOSTO/2017 PÚBLICO-ALVO: ESTUDANTES BRASILEIROS/AS - ENTRADA 2017.1 CALENDÁRIO 2017.8 1.DOS PROCEDIMENTOS

Leia mais

GUIA ORIENTAÇÃO PARA REQUERER O BENEFÍCIO DE PENSÃO POR MORTE

GUIA ORIENTAÇÃO PARA REQUERER O BENEFÍCIO DE PENSÃO POR MORTE GUIA ORIENTAÇÃO PARA REQUERER O BENEFÍCIO DE PENSÃO POR MORTE INTRODUÇÃO Com o objetivo de orientar os familiares e ou beneficiários, a Valia elaborou um guia para facilitar o cumprimento das etapas que

Leia mais

Anexo I. Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS e o questionário socioeconômico em envelope lacrado.

Anexo I. Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS e o questionário socioeconômico em envelope lacrado. Anexo I Universidade Federal Fluminense Apresentar os Documentos comprobatórios FOTOCÓPIAS e o questionário socioeconômico em envelope lacrado. PARA O ESTUDANTE SOLTEIRO SEM CÔNJUGE E/OU COMPANHEIRO (A)

Leia mais

ANEXO I RELAÇÃO DE DOCUMENTOS Obrigatório para todos os membros da família

ANEXO I RELAÇÃO DE DOCUMENTOS Obrigatório para todos os membros da família Página 4 de 8 ANEXO I RELAÇÃO DE DOCUMENTOS Obrigatório para todos os membros da família Não serão analisados processos com documentação incompleta e/ou ficha socioeconômica incompleta e/ou rasurada. Nesses

Leia mais

ENVELOPE I (Lacrado) ESTE ENVELOPE DEVERÁ CONTER TODA DOCUMENTAÇÃO SOLICITADA, EXCETO AQUELAS DESTINADAS AO ENVELOPE II

ENVELOPE I (Lacrado) ESTE ENVELOPE DEVERÁ CONTER TODA DOCUMENTAÇÃO SOLICITADA, EXCETO AQUELAS DESTINADAS AO ENVELOPE II ENVELOPE I (Lacrado) ESTE ENVELOPE DEVERÁ CONTER TODA DOCUMENTAÇÃO SOLICITADA, EXCETO AQUELAS DESTINADAS AO ENVELOPE II (Uso exclusivo da PROACE) Protocolo n.º: Nome: Curso: Nomes do (as) membros do grupo

Leia mais

CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo)

CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo) CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo) Nº DO PROCESSO: DATA: ALUNO: MATRÍCULA: CURSO: SEMESTRE: QUANTIDADE DE MEM- BROS: DOCUMENTOS

Leia mais

Passo a Passo para seleção de gratuidades. Após acessar o site da escola clicar na Aba SERVIÇOS > SERVIÇO SOCIAL> SELEÇÃO DE GRATUIDADES 2018.

Passo a Passo para seleção de gratuidades. Após acessar o site da escola clicar na Aba SERVIÇOS > SERVIÇO SOCIAL> SELEÇÃO DE GRATUIDADES 2018. Passo 1- LEITURA DO EDITAL Passo a Passo para seleção de gratuidades Disponível no site da Escola na aba de SERVIÇOS o responsável deve ler o EDITAL Nº 01/2017 PROCESSO SELETIVO DE CONCESSÃO DE BOLSA DE

Leia mais

Segue quadro comparativo sobre as alterações trazidas pela MP nº 664/2014, no tocante à pensão deixada pelo servidor público federal Lei 8.

Segue quadro comparativo sobre as alterações trazidas pela MP nº 664/2014, no tocante à pensão deixada pelo servidor público federal Lei 8. Segue quadro comparativo sobre as alterações trazidas pela MP nº 664/2014, no tocante à pensão deixada pelo servidor público federal Lei 8.112/90: Lei nº 8.112/90 redação anterior à Medida Provisória nº

Leia mais

Termo de Acordo Gratuito Conceito:. (

Termo de Acordo Gratuito Conceito:. ( Aliança Termo de Acordo Gratuito: Conceito: Acordo cuja execução não envolve transferência de recursos entre os partícipes. (Portaria Interministerial MP/MF/CGU nº 127, de 29 de maio de 2008, com fundamento

Leia mais

1. O que é e como funciona o SIASS? 2. Qual é a base legal para a sua implantação? 3. Quais órgãos podem ser atendidos pelo SIASS?

1. O que é e como funciona o SIASS? 2. Qual é a base legal para a sua implantação? 3. Quais órgãos podem ser atendidos pelo SIASS? Apresentação Esta cartilha foi elaborada para apresentar o projeto da Unidade SIASS-IFPE e orientar os servidores quanto aos seus direitos e deveres com relação à saúde, possibilitando uma consulta rápida

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TO

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TO FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AVALIAÇÃO SOCIOECONOMICA. Leia com atenção todos os itens

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AVALIAÇÃO SOCIOECONOMICA. Leia com atenção todos os itens RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AVALIAÇÃO SOCIOECONOMICA Leia com atenção todos os itens A documentação a ser apresentada é referente ao estudante e a TODAS as pessoas relacionadas no Quadro de Composição Familiar

Leia mais

ANEXO IV RELAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA E ORIENTAÇÕES PARA COMPROVAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIOECONÔMICA

ANEXO IV RELAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA E ORIENTAÇÕES PARA COMPROVAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIOECONÔMICA ANEXO IV RELAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA E ORIENTAÇÕES PARA COMPROVAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIOECONÔMICA A) Para fins desse processo seletivo são considerados dependentes do grupo familiar: todas as pessoas

Leia mais

1. PROCEDIMENTOS PARA A CONCESSÃO DE LICENÇA A SERVIDOR da UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS (UFG)

1. PROCEDIMENTOS PARA A CONCESSÃO DE LICENÇA A SERVIDOR da UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS (UFG) Memorando Circular N 002/2016/SIASS-UFG Goiânia, 13 de maio de 2016. Aos Senhores Servidores da Universidade Federal de Goiás Assunto: Procedimentos para a concessão de Licença para Tratamento de Saúde

Leia mais

Para darmos continuidade ao processo de regulação do seu sinistro, o(a) Senhor(a) deverá proceder conforme as instruções a seguir.

Para darmos continuidade ao processo de regulação do seu sinistro, o(a) Senhor(a) deverá proceder conforme as instruções a seguir. São Paulo, de de 20. Ref.: Solicitação de Documentos Para darmos continuidade ao processo de regulação do seu sinistro, o(a) Senhor(a) deverá proceder conforme as instruções a seguir. Aviso de Sinistro:

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2016/1

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2016/1 FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

MANUAL DO SERVIDOR E DA GESTÃO DE PESSOAL DO IFTO CADASTRO DE DEPENDENTE PARA DEDUÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE

MANUAL DO SERVIDOR E DA GESTÃO DE PESSOAL DO IFTO CADASTRO DE DEPENDENTE PARA DEDUÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE MANUAL DO SERVIDOR E DA GESTÃO DE PESSOAL DO IFTO Atualização em 7/4/2017. CADASTRO DE DEPENDENTE PARA DEDUÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE Definição O dependente econômico do servidor, nos termos

Leia mais

FIES LISTA DE DOCUMENTOS FIES - FACHA

FIES LISTA DE DOCUMENTOS FIES - FACHA FIES LISTA DE DOCUMENTOS FIES - FACHA 1ª Siga atentamente a lista de documentos solicitados, pois na falta de algum destes, seu pedido será indeferido. 2ª Entregar toda a documentação em envelope devidamente

Leia mais

PORTARIA Nº 021/2016, de 22 de novembro de 2016

PORTARIA Nº 021/2016, de 22 de novembro de 2016 PORTARIA Nº 021/2016, de 22 de novembro de 2016 Dispõe sobre os procedimentos e rotinas referentes ao recadastramento dos aposentados e pensionistas da CAPPS. O Presidente da Caixa de Assistência, Previdência

Leia mais

RESOLUÇÃO N º 22, DE 09 DE JUNHO DE 2011.

RESOLUÇÃO N º 22, DE 09 DE JUNHO DE 2011. RESOLUÇÃO N º 22, DE 09 DE JUNHO DE 2011. ALTERA Resolução de nº. 01 de 30 de março de 2004, que estabelece critérios e documentação necessários á inscrição no Plano Fisco A Diretoria da CASSIND-CAIXA

Leia mais

Porque aderir ao Unafisco Saúde

Porque aderir ao Unafisco Saúde Porque aderir ao Unafisco Saúde O Unafisco Saúde foi fundado em 1992 por Auditores Fiscais do Sindifisco Nacional com o objetivo de oferecer os melhores serviços e benefícios para a categoria. A Instituição

Leia mais

Manual do Aposentado e Pensionista

Manual do Aposentado e Pensionista Manual do Aposentado e Pensionista 1 SUMÁRIO Qual é o significado de Aposentado e Pensionista?...3 Quando é realizado o pagamento do Benefício?...3 Quais as formas de recebimento dos Benefícios?...3 Quando

Leia mais

REQUERIMENTO DE PENSÃO

REQUERIMENTO DE PENSÃO Versão 14 REQUERIMENTO DE PENSÃO SEGURADO (A) Segurado(a): CPF nº: Cargo: Órgão de origem: DATA DO ÓBITO: / / Ativo: ( ) Inativo: ( ) Falecimento motivado por acidente de qualquer natureza ou doença profissional

Leia mais

Manual de Procedimentos DGPE

Manual de Procedimentos DGPE Manual de Procedimentos DGPE Sumário Procedimentos para Solicitar a Licença-Prêmio 3 Procedimentos para o Ressarcimento de Auxílio-Saúde 3 Procedimentos para Ingresso na GEAP 3 Procedimentos para Cancelamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E ESTUDANTIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E ESTUDANTIS ANEXO V- MODELOS DE CAPAS, ENVELOPES, FOLHA DE CONFERÊNCIA, TERMO DE CIÊNCIA E QUADRO DO GRUPO FAMILIAR ENVELOPE I (Lacrado) ESTE ENVELOPE DEVERÁ CONTER TODA DOCUMENTAÇÃO SOLICITADA, EXCETO AQUELAS DESTINADAS

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS - PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2017/1

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS - PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2017/1 PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS - PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2017/1 1 - DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO APRESENTAR CÓPIAS E ORIGINAIS (OU CÓPIAS AUTENTICADAS): Registro de nascimento;

Leia mais

Diretoria de Qualidade de Vida e Saúde do Servidor

Diretoria de Qualidade de Vida e Saúde do Servidor SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Diretoria de Qualidade de Vida e Saúde do Servidor Diretoria de Qualidade de Vida e Saúde do Servidor Av. Mato Grosso,3370

Leia mais

OFICINA ADMINISTRATIVA

OFICINA ADMINISTRATIVA OFICINA ADMINISTRATIVA PORTARIA GR-6.658, de 08/04/2015: Normativas para concessão de abono de faltas, afastamento e licenças por motivo de saúde (Publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo em

Leia mais

Instituto Federal Sul de Minas Gerais SIASS. Cartilha Orientativa

Instituto Federal Sul de Minas Gerais SIASS. Cartilha Orientativa Instituto Federal Sul de Minas Gerais SIASS Cartilha Orientativa Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação de Qualidade de Vida do Servidor A Coordenação de Qualidade de Vida do Servidor da Diretoria

Leia mais

PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL SELEÇÃO 2017 ESTUDANTES CONVOCADOS PARA A ENTREVISTA

PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL SELEÇÃO 2017 ESTUDANTES CONVOCADOS PARA A ENTREVISTA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS COORDENAÇÃO DE APOIO SOCIAL PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL SELEÇÃO 2017 ESTUDANTES CONVOCADOS PARA A ENTREVISTA A Divisão de Programas

Leia mais

MANUAL DO SERVIDOR E DA GESTÃO DE PESSOAL DO IFTO AUXÍLIO PER CAPITA SAÚDE SUPLEMENTAR RESSARCIMENTO DE PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO

MANUAL DO SERVIDOR E DA GESTÃO DE PESSOAL DO IFTO AUXÍLIO PER CAPITA SAÚDE SUPLEMENTAR RESSARCIMENTO DE PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO MANUAL DO SERVIDOR E DA GESTÃO DE PESSOAL DO IFTO Atualização em 7/4/2017. AUXÍLIO PER CAPITA SAÚDE SUPLEMENTAR RESSARCIMENTO DE PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO Definição O Auxílio Per Capita Saúde Suplementar

Leia mais

APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR REGRAS DE TRANSIÇÃO

APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR REGRAS DE TRANSIÇÃO APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR REGRAS DE TRANSIÇÃO 1 O que é? 1.1 É a passagem voluntária do servidor para a inatividade por ter cumprido os requisitos mínimos para a aposentadoria, conforme previsto no

Leia mais

- - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA.

- - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais

Porque aderir ao Unafisco Saúde

Porque aderir ao Unafisco Saúde Porque aderir ao Unafisco Saúde O Unafisco Saúde foi fundado em 1992 por Auditores Fiscais do Sindifisco Nacional com o objetivo de oferecer os melhores serviços e benefícios para a categoria. A Instituição

Leia mais

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA Ministério da Educação INFORMAÇÕES GERAIS: a) Para a comprovação da renda deverão ser entregues os documentos

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL PRINCIPAIS PROCEDIMENTOS SOBRE LICENÇA POR MOTIVO DE SAÚDE

MANUAL OPERACIONAL PRINCIPAIS PROCEDIMENTOS SOBRE LICENÇA POR MOTIVO DE SAÚDE 1. Objetivos: Orientar servidores técnicos administrativos e docentes sobre os principais procedimentos em caso de licença para tratamento de saúde do servidor(médica/odontológica), familiar, licença maternidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS EDITAL DE CIRCULAÇÃO INTERNA 002/2012 PROCESSO DE INSCRIÇÃO PARA OS PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL 2012/2 A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, através da Coordenadoria de Benefícios, torna público

Leia mais

Processo de Solicitação de Bolsas. I - Condições Gerais

Processo de Solicitação de Bolsas. I - Condições Gerais Processo de Solicitação de Bolsas I - Condições Gerais 1. O solicitante deverá encaminhar pelo correio, em envelope registrado, a totalidade dos documentos aqui arrolados, juntamente com o Formulário de

Leia mais

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA INFORMAÇÕES GERAIS: a) Para a comprovação da renda deverão ser entregues os documentos constantes neste anexo,

Leia mais

Faça a sua adesão e tenha acesso ao que há de mais moderno em tecnologia de diagnósticos e tratamentos, pagando muito menos.

Faça a sua adesão e tenha acesso ao que há de mais moderno em tecnologia de diagnósticos e tratamentos, pagando muito menos. CRF-SP UNIMED FESP A parceria de sucesso entre a CRF-SP, UNIMED FESP e UNICONSULT - Administradora de Benefícios foi firmada para trazer a você, filiado do Conselho, todos os benefícios em saúde que você

Leia mais

Manual do Aposentado COHAPREV A N O S

Manual do Aposentado COHAPREV A N O S Manual do Aposentado COHAPREV A N O S SUMÁRIO Qual é o significado de Aposentado e Pensionista?...3 Quando é realizado o pagamento do Benefício?...3 Quais as formas de recebimento dos Benefícios?...3 Quando

Leia mais

Auxílio Doença: Empregador será responsável pela remuneração dos primeiros 30 dias de afastamento do empregado.

Auxílio Doença: Empregador será responsável pela remuneração dos primeiros 30 dias de afastamento do empregado. INFORME JURÍDICO 06/01/2015 411 Prezados (as) Auxílio Doença: Empregador será responsável pela remuneração dos primeiros 30 dias de afastamento do empregado. Divulgamos a Medida Provisória 664/2014 que

Leia mais

ATO DA COMISSÃO DIRETORA Nº 17, DE 2011.

ATO DA COMISSÃO DIRETORA Nº 17, DE 2011. ATO DA COMISSÃO DIRETORA Nº 17, DE 2011. Dispõe sobre os procedimentos relativos à concessão das licenças para tratamento da própria saúde, por motivo de doença em pessoa da família, à gestante, e por

Leia mais

PENSÃO POR MORTE: SAIBA QUANDO E COMO SOLICITAR

PENSÃO POR MORTE: SAIBA QUANDO E COMO SOLICITAR PENSÃO POR MORTE: SAIBA QUANDO E COMO SOLICITAR A pensão por morte da REFER será concedida aos beneficiários do participante a partir do dia seguinte de seu falecimento. Será paga enquanto lhes for assegurada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS MANUAL DO SERVIDOR

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS MANUAL DO SERVIDOR Página de 5 PLANO DE SAÚDE - GEAP DEFINIÇÃO Ingresso: benefício que compreende a assistência médica, hospitalar, odontológica, psicológica e farmacêutica prestada pela operadora GEAP, visto que esta possui

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE PREVIMPA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE PREVIMPA PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE PREVIMPA INSTRUÇÃO 01/2015 Estabelece normas especiais e procedimentos operacionais

Leia mais

COMPILADO. LEI 8112/90 Frequência

COMPILADO. LEI 8112/90 Frequência COMPILADO LEI 8112/90 Frequência LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais. Art. 19.

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL. Fevereiro/2011

ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL. Fevereiro/2011 ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL Fevereiro/2011 1. DOCUMENTOS EXIGIDOS POR TIPO DE MOVIMENTAÇÃO 1.1 INCLUSÃO DE TITULAR Ficha de movimentação preenchida, assinada, carimbada pela empresa e assinada

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O N 021/2016-CEP

R E S O L U Ç Ã O N 021/2016-CEP R E S O L U Ç Ã O N 021/2016-CEP CERTIDÃO Certifico que a presente resolução foi afixada em local de costume, nesta Reitoria e publicada no site http://www.scs.uem.br, no dia 23/08/2016. Aprova alterações

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2017/1

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2017/1 FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

4º EDITAL UNIFICADO PARA ENSINO SUPERIOR - PRO- CESSO DE RENOVAÇÃO DA BOLSA SOCIAL DE ESTUDO PARA O 2º SEMESTRE LETIVO DE 2017.

4º EDITAL UNIFICADO PARA ENSINO SUPERIOR - PRO- CESSO DE RENOVAÇÃO DA BOLSA SOCIAL DE ESTUDO PARA O 2º SEMESTRE LETIVO DE 2017. CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo) CANDIDATO (A): DATA: CURSO/TURNO: QUANTIDADE DE MEMBROS: DOCUMENTOS RG e CPF de TODOS

Leia mais

- CURSOS ENSINO MÉDIO/TÉCNICO - SITUAÇÃO "A" - RENOVAÇÃO DE BENEFÍCIOS COM ANÁLISE SOCIOECONÔMICA - Protocolo Resultado Parcial

- CURSOS ENSINO MÉDIO/TÉCNICO - SITUAÇÃO A - RENOVAÇÃO DE BENEFÍCIOS COM ANÁLISE SOCIOECONÔMICA - Protocolo Resultado Parcial Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Bento Gonçalves Edital 54/16 - Dos Benefícios Estudantis do periodo letivo de 2017-1ª etapa RESULTADO

Leia mais

INFORMATIVO O QUE O SERVIDOR MUNICIPAL DEVE CONHECER SOBRE A ENTREGA DE ATESTADOS MÉDICOS

INFORMATIVO O QUE O SERVIDOR MUNICIPAL DEVE CONHECER SOBRE A ENTREGA DE ATESTADOS MÉDICOS INFORMATIVO O QUE O SERVIDOR MUNICIPAL DEVE CONHECER SOBRE A ENTREGA DE ATESTADOS MÉDICOS Decreto Municipal 4.729/2015 O QUE É ATESTADO MÉDICO? Considera-se Atestado Médico aquele emitido por profissional

Leia mais

DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO/REINGRESSO NO PLANO GEAP-Referência

DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO/REINGRESSO NO PLANO GEAP-Referência DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO/REINGRESSO NO PLANO GEAP-Referência TITULARES Copatrocinado Servidor ou empregado ativo, inativo, incluído na folha de pagamento da Patrocinadora/Conveniada e o ocupante de cargo

Leia mais

EDITAL Nº 04/2015 MATRÍCULA 2015 CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO EM AGROPECUÁRIA, ZOOTECNIA E ALIMENTOS

EDITAL Nº 04/2015 MATRÍCULA 2015 CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO EM AGROPECUÁRIA, ZOOTECNIA E ALIMENTOS 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense Reitoria PENSÃO POR MORTE DO SERVIDOR

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense Reitoria PENSÃO POR MORTE DO SERVIDOR CÓD. CONARQ 026.132 PENSÃO POR MORTE DO SERVIDOR À Diretoria de Gestão de Pessoas: O(a) requerente abaixo assinado(a), dependente do(a) servidor(a): Nome do servidor(a): Falecido em: / / Vem mui respeitosamente

Leia mais

Diretoria de Gestão de Pessoas Departamento de Qualidade de Vida Coordenação de Atendimento Psicossocial LICENÇA PARA TRATAMENTO DA PRÓPRIA SAÚDE

Diretoria de Gestão de Pessoas Departamento de Qualidade de Vida Coordenação de Atendimento Psicossocial LICENÇA PARA TRATAMENTO DA PRÓPRIA SAÚDE Diretoria de Gestão de Pessoas Departamento de Qualidade de Vida Coordenação de Atendimento Psicossocial LICENÇA PARA TRATAMENTO DA PRÓPRIA SAÚDE 1. DEFINIÇÃO: SERVIDOR ESTATUTÁRIO - DOCENTES E TÉCNICOS

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DO FinanciE PROGRAMA DE FINANCIAMENTO INTERNO DO UNICURITIBA

INSTRUÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DO FinanciE PROGRAMA DE FINANCIAMENTO INTERNO DO UNICURITIBA INSTRUÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DO FinanciE PROGRAMA DE FINANCIAMENTO INTERNO DO UNICURITIBA Para ter validade, o formulário deve ser assinado pelo próprio discente requerente; somente a retirada ou entrega

Leia mais

CAMPUS BARBACENA RESULTADO PROVISÓRIO COMPROVAÇÃO DE RENDA PARA RESERVA DE VAGAS NO PROCESSO SELETIVO 2016/1 CANDIDATOS DA 1ª CHAMADA DE MATRÍCULA.

CAMPUS BARBACENA RESULTADO PROVISÓRIO COMPROVAÇÃO DE RENDA PARA RESERVA DE VAGAS NO PROCESSO SELETIVO 2016/1 CANDIDATOS DA 1ª CHAMADA DE MATRÍCULA. CAMPUS BARBACENA COMPROVAÇÃO DE RENDA PARA RESERVA DE VAGAS NO SELETIVO 2016/1 CANDIDATOS DA 1ª CHAMADA DE MATRÍCULA. OBS: NO QUADRO PENDÊNCIAS ESTÃO APONTADOS TODOS OS DOCUMENTOS QUE DEVEM SER APRESENTADOS

Leia mais

ANEXO I Documentos necessários para o recadastramento, conforme vínculo.

ANEXO I Documentos necessários para o recadastramento, conforme vínculo. ANEXO I Documentos necessários para o recadastramento, conforme vínculo. Observação 1: É obrigatória apresentação dos documentos originais do segurado e de seu(s) dependente(s), bem como cópia simples

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso de suas atribuições legais e regimentais, Publicada no DJE n. 060/2012, de 30.3.2012, p. 1 a 4 INSTRUÇÃO N. 003/2012-PR Revoga a Instrução n. 005/2007-PR Dispõe sobre os procedimentos e rotinas de trabalho do Serviço Médico deste Poder. O PRESIDENTE

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA REQUERIMENTOS DE SERVIDORES NA UFRR

PROCEDIMENTOS PARA REQUERIMENTOS DE SERVIDORES NA UFRR PROCEDIMENTOS PARA REQUERIMENTOS DE SERVIDORES NA UFRR SOLICITAÇÕES QUE PODEM SER REQUERIDAS PELOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS DA UFRR TIPOS DE REQUERIMENTOS PAGINA 1 - ABONO DE PERMANÊNCIA 01 2 - APOSENTADORIA

Leia mais

EDITAL N. 02/ O candidato deverá solicitar o formulário de inscrição no seguinte período, horário e local:

EDITAL N. 02/ O candidato deverá solicitar o formulário de inscrição no seguinte período, horário e local: EDITAL N. 02/2015 Dispõe sobre a realização de estudo socioeconômico para concessão de benefícios sociais previstos no Regulamento da Política de Assistência Estudantil do IFSul, do Câmpus Avançado Jaguarão.

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 584, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2014

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 584, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2014 INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 584, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2014 O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA -

Leia mais

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA INFORMAÇÕES GERAIS: a) Para a comprovação da renda deverão ser entregues os documentos constantes neste anexo,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA / IPG N.º 02/2013

INSTRUÇÃO NORMATIVA / IPG N.º 02/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA / IPG N.º 02/2013 DEFINE OS MODELOS E FORMAS DE REQUERIMENTOS DOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS. Considerando que a Controladoria Geral do Município aprovou a edição desta Instrução Normativa.

Leia mais

CONVOCAÇÃO POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL POLAE REAVALIAÇÃO ANUAL DO PROGRAMA DE ATENDIMENTO AO ESTUDANTE EM VULNERABILIDADE SOCIAL POLAE

CONVOCAÇÃO POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL POLAE REAVALIAÇÃO ANUAL DO PROGRAMA DE ATENDIMENTO AO ESTUDANTE EM VULNERABILIDADE SOCIAL POLAE CONVOCAÇÃO POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL POLAE REAVALIAÇÃO ANUAL DO PROGRAMA DE ATENDIMENTO AO ESTUDANTE EM VULNERABILIDADE SOCIAL POLAE BENEFÍCIO PERMANENTE A Comissão de Assistência Estudantil do

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 548, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2015

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 548, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2015 INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 548, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2015 O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA -

Leia mais