Introdução. Apresentação. Características da hidráulica. Evolução dos sistemas hidráulicos. Sistema hidráulico. Circuito hidráulico básico

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução. Apresentação. Características da hidráulica. Evolução dos sistemas hidráulicos. Sistema hidráulico. Circuito hidráulico básico"

Transcrição

1 Apresentação Características da hidráulica Evolução dos sistemas hidráulicos Sistema hidráulico Circuito hidráulico básico Unidade hidráulica

2 Apresentação Com a constante evolução tecnológica há no mercado uma intensa necessidade de se desenvolver técnicas de trabalho que possibilitem ao homem o aprimoramento nos processos produtivos e a busca de qualidade. Para buscar a otimização de sistemas nos processos industriais, faz-se o uso da junção dos meios de transmissão de energia, sendo estes: Mecânica Elétrica Eletrônica Pneumática Hidráulica Experiências têm mostrado que a hidráulica vem se destacando e ganhando espaço como um meio de transmissão de energia nos mais variados segmentos do mercado, sendo a Hidráulica Industrial e Mobil as que apresentam um maior crescimento. Porém, pode-se notar que a hidráulica está presente em todos os setores industriais. Amplas áreas de automatização foram possíveis com a introdução de sistemas hidráulicos para controle de movimentos. Para um conhecimento detalhado e estudo da energia hidráulica vamos inicialmente entender o termo hidráulica. O termo hidráulica derivou-se da raiz grega "hidro", que significa água, por essa razão entende-se por hidráulica todas as leis e comportamentos relativos à água ou outro fluido, ou seja, hidráulica é o estudo das características e uso dos fluidos sob pressão. Características da hidráulica: Evolução dos sistemas hidráulicos: Incorporam pressões operacionais mais elevadas. Objetivo: menor tamanho e peso operacional. Acionamento elétrico, eletrônico e eletrônico computadorizado. Objetivo: operações mais precisas e eficientes. Sistemas de controle de carga, de velocidade e de demanda de potência. Objetivo: operações mais precisas com menor consumo de potência. Recursos utilizados: Materiais com maior resistência mecânica; Tolerâncias dimensionais, de forma e de precisão mais apertadas; Melhor acabamento superficial; Utilização de novos materiais e de novas tecnologias. Resultados: Folgas menores; Menor vazamento interno; Maior precisão; Maior velocidade dos movimentos. Equipamentos mais: Produtivos; Eficientes; Duráveis; Confiáveis. Aliando: Melhor condição de trabalho; Melhor relação potência x peso; Melhor relação custo x benefício. - Fácil instalação dos diversos elementos; - Rápida parada e inversão de movimento; - Variações micrométricas na velocidade; - Sistemas autolubrificantes; - Pequeno tamanho e peso em relação à potência consumida; - Sistemas seguros contra sobrecargas; - Alta potência (força). 4 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.

3 Sistema hidráulico Sistema hidráulico Fonte de energia geração controle atuação Trabalho a ser executado ligação Fonte de energia: motor elétrico ou à combustão. Sistema hidráulico: gera, controla e aplica potência hidráulica. geração: transforma potência mecânica em hidráulica. BOMBAS HIDRÁULICAS. controle: controla a potência hidráulica. COMANDOS E VÁLVULAS. atuação: transforma potência hidráulica em mecânica. CILINDROS E MOTORES. ligação: conexões, tubos e mangueiras. Unidades: Pressão: força exercida por unidade de área. Causa: - resistência ao escoamento do fluido; - restrição na tubulação; - carga do atuador. Principais unidades: kgf/cm², bar e psi. Vazão: volume deslocado por unidade de tempo. Causa: diferença de potencial energético. Principais unidade: gpm e lpm. Deslocamento: volume deslocado por revolução. Principal unidade: cm 3 /rev. 5 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.

4 Circuito hidráulico básico A B P T M 6 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.

5 Reservatório e filtros Unidade hidráulica Linha de pressão Linha de retorno Filtro de pressão de 3 a 5 µ 3 x vazão da bomba Filtro de ar (respiro) 2 x vazão da bomba Filtro de retorno com bypass de 15 a 25 µ 3 x vazão da bomba Conjunto motor/bomba M Linha de dreno Visor de nível e temperatura do óleo 20% ar Linha de sucção Dreno Filtro de sucção de 90 a 120 µ 3 x vazão da bomba Chicana 2/3 do nível do óleo Funções: - Evitar turbulência; - Refrigerar o óleo; - Retirar o ar do óleo. Volume do reservatório 2 a 4 x vazão da bomba 7 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.

6 Notas 8 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.

Fundamentos de Automação. Hidráulica

Fundamentos de Automação. Hidráulica Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Hidráulica

Leia mais

Transmissão hidráulica de força e energia

Transmissão hidráulica de força e energia Líquidos Transmissão de força Intensificador de pressão Pressão em uma coluna de fluido Velocidade e vazão Tipos de fluxo Geração de calor Diferencial de pressão Transmissão Hidráulica de Força e Energia

Leia mais

Hidráulica e Pneumática. Prof. Fagner Ferraz

Hidráulica e Pneumática. Prof. Fagner Ferraz Hidráulica e Pneumática Prof. Fagner Ferraz O que você entende por hidráulica? Pra que serve? Onde se aplica? 2 O termo Hidráulica derivou-se da raiz grega Hidro (água). Entendem-se por Hidráulica todas

Leia mais

HIDRÁULICA 2/7/2007 1

HIDRÁULICA 2/7/2007 1 HIDRÁULICA 1 Introdução Vem se destacando e ganhando espaço como um meio de transmissão de energia nos mais variados segmentos do mercado. Áreas de automatização foram possíveis com a introdução da hidráulica

Leia mais

Conjuntos Rotativos de Reposição para Bombas Fixas de Palhetas Industrias e Mobil

Conjuntos Rotativos de Reposição para Bombas Fixas de Palhetas Industrias e Mobil Conjuntos Rotativos de Reposição para Bombas Fixas de Palhetas Industrias e Mobil Folheto 2650-251-1 BR Junho 1999 Kits de Reposição do Conjunto Rotativo para Bombas Fixas Industriais de 12 Palhetas e

Leia mais

EME610 - Sistemas Hidropneumáticos Introdução

EME610 - Sistemas Hidropneumáticos Introdução UNIFEI EME610 - Sistemas Hidropneumáticos Introdução Aula 01 Prof. José Hamilton Chaves Gorgulho Júnior Ementa Fundamentos de sistemas hidráulicos e pneumáticos; Componentes principais; Circuitos fundamentais;

Leia mais

1 Introdução 2 CONCEITOS FUNDAMENTAIS HIDRÁULICA. Prof. Ezequiel de Souza Costa Júnior (CEFET-MG)

1 Introdução 2 CONCEITOS FUNDAMENTAIS HIDRÁULICA. Prof. Ezequiel de Souza Costa Júnior (CEFET-MG) HIDRÁULICA Prof. Ezequiel de Souza Costa Júnior (CEFET-MG) 1 Introdução 1.1 Histórico: Existem apenas três métodos conhecidos de transmissão de potência na esfera comercial: mecânica, elétrica e fluídica.

Leia mais

Princípios físicos que envolvem a hidráulica industrial.

Princípios físicos que envolvem a hidráulica industrial. Agenda - conteúdo Princípios físicos que envolvem a hidráulica industrial. Símbolos normalizados (DIN/ISSO 1219 e 5599). Especificações técnicas, formas construtivas e funções das bombas hidráulicas, atuadores,

Leia mais

PNEUMÁTICA PNEUMÁTICA COMPARAÇÃO DESVANTAGENS VANTAGENS: Preparação; Compressibilidade; Potência; Escape de ar; Custo;

PNEUMÁTICA PNEUMÁTICA COMPARAÇÃO DESVANTAGENS VANTAGENS: Preparação; Compressibilidade; Potência; Escape de ar; Custo; PNEUMÁTICA PNEUMÁTICA É um sistema que torna possível a utilização do ar para geração de energia mecânica. SENAI CETEMP Mecânica Boa força Ótimas velocidades Ótima precisão Hidráulica Ótima força Baixas

Leia mais

O que é instrumentação INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE. Tubo de venturi. Ultrassônico carretel 22/2/2011. Introdução

O que é instrumentação INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE. Tubo de venturi. Ultrassônico carretel 22/2/2011. Introdução O que é instrumentação INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE Éaciênciaquedesenvolveeaplicatécnicasde medição, indicação, registro e controle de processos, visando a otimização e eficiência destes processos. Introdução

Leia mais

AULA 11 SISTEMAS HIDRÁULICOS

AULA 11 SISTEMAS HIDRÁULICOS 19/10/16 Significado e Conceito AULA 11 SISTEMAS HIDRÁULICOS Significado: hidra = água e aulos = tubo Conceito: Estudo das característica e comportamento dos fluídos confinados sob pressão. Prof. Fabricia

Leia mais

Simbologia dos componentes

Simbologia dos componentes Simbologia dos componentes 1. Símbolos básicos 2. Símbolos funcionais 3. Linhas de escoamento e conexões 4. Tipos de acionamento 2 L1 5. Unidades de conversão e armazenamento de energia L1 6. Distribuição

Leia mais

Atuadores e Sistemas Hidráulicos

Atuadores e Sistemas Hidráulicos 1 Atuadores e Sistemas Hidráulicos Prof. Dr. Emílio Carlos Nelli Silva Aula 1 Escola Politécnica da USP Departamento de Engenharia Mecatrônica e Sistemas Mecânicos Introdução 2 Hidráulica é o ramo da engenharia

Leia mais

FUNDAMENTAÇÃO HIDROMECÂNICA Princípios Básicos

FUNDAMENTAÇÃO HIDROMECÂNICA Princípios Básicos FUNDAMENTAÇÃO HIDROMECÂNICA Princípios Básicos Sistemas Hidráulicos podem ser descritos por leis que regem o comportamento de fluidos confinados em: regime permanente (repouso) invariante no tempo; regime

Leia mais

Laboratório de Sistemas Hidráulicos. Aula prática S25

Laboratório de Sistemas Hidráulicos. Aula prática S25 Laboratório de Sistemas Hidráulicos Aula prática S25 Relação entre áreas Vazão X Velocidade 1ª Verificação Aeração e Cavitação Cavitação Entende-se por cavitação a formação temporária de espaços vazios

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: SISTEMAS HIDRÁULICOS E PNEUMÁTICOS Código da Disciplina: EMC233 Curso: Engenharia Mecânica Semestre de oferta

Leia mais

INSTALAÇÕES PREDIAIS DE ÁGUA FRIA - DETALHES

INSTALAÇÕES PREDIAIS DE ÁGUA FRIA - DETALHES INSTALAÇÕES PREDIAIS DE ÁGUA FRIA - DETALHES 1. ALTURA DE SUCÇÃO (AS) - Desnível geométrico (altura em metros), entre o nível dinâmico da captação e o bocal de sucção da bomba. 2. ALTURA DE RECALQUE (AR)

Leia mais

Conceitos básicos. Força. Resistência. Energia. Trabalho. Potência. Pressão. Conservação de energia. Energia de trabalho. Ineficiência dos sistemas

Conceitos básicos. Força. Resistência. Energia. Trabalho. Potência. Pressão. Conservação de energia. Energia de trabalho. Ineficiência dos sistemas Força Resistência Trabalho Potência 10 100 1 cm 2 10 cm 2 Pressão Conservação de energia de trabalho Ineficiência dos sistemas Conceitos Básicos Para compreendermos a hidráulica e suas aplicações é necessário

Leia mais

TVP. Manual de Instruções. MEDIDOR DE VAZÃO Tipo Deslocamento Positivo TECNOFLUID

TVP. Manual de Instruções. MEDIDOR DE VAZÃO Tipo Deslocamento Positivo TECNOFLUID Português TVP MEDIDOR DE VAZÃO Tipo Deslocamento Positivo Manual de Instruções Leia este manual atentamente antes de iniciar a operação do seu aparelho. Guarde-o para futuras consultas. Anote o modelo

Leia mais

Válvulas Solenóide Mini

Válvulas Solenóide Mini Válvulas Solenóide Mini As Válvulas Solenóide Mini são utilizadas como válvulas de controle, ideiais para sistemas pneumáticos que necessitem de uma válvula pequena de comando elétrico. O mecanismo em

Leia mais

INSTALAÇÕES ELEVATÓRIAS. Escolha da Bomba

INSTALAÇÕES ELEVATÓRIAS. Escolha da Bomba INSTALAÇÕES ELEVATÓIAS Escolha da Bomba Escolha da Bomba: principais parâmetros para dimensionamento de uma instalação elevatória ρ = ρ cte cte Máquinas de Fluido BFT Máquinas Hidráulicas Máquinas Térmicas

Leia mais

Hidráulica e Eletrohidráulica

Hidráulica e Eletrohidráulica Hidráulica e Eletrohidráulica Professor: Leonardo Leódido Elementos de Máquinas Sumário Mangueiras e Conexões Válvula de Controle de Pressão Mangueiras e Conexões Tipos: Mangueiras e Conexões Tipos: Tubo

Leia mais

BANCADA DIDÁTICA PARA TREINAMENTO DE TESTE E MANUTENÇÃO DE BOMBAS

BANCADA DIDÁTICA PARA TREINAMENTO DE TESTE E MANUTENÇÃO DE BOMBAS BANCADA DIDÁTICA PARA TREINAMENTO DE TESTE E MANUTENÇÃO DE BOMBAS MODELO: EE0576A A Bancada Didática para Treinamento de Teste e Manutenção de Bombas (EE0576A) é confeccionada em perfil de alumínio, contendo

Leia mais

EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM:

EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM: EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM: 8413.50.10 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 1. Montadora (repetir informação da Planilha de pleitos em excel): Komatsu 2. n Item (repetir

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS Máquinas Hidráulicas

LISTA DE EXERCÍCIOS Máquinas Hidráulicas LISTA DE EXERCÍCIOS Máquinas Hidráulicas 1- Água escoa em uma tubulação de 50 mm de diâmetro a uma vazão de 5 L/s. Determine o número de Reynolds nestas condições, informe se o escoamento é laminar ou

Leia mais

Cálculos envolvendo Atuadores Hidráulicos. Sistemas Hidropneumáticos I Hidráulica 04. Atuador hidráulico de dupla ação

Cálculos envolvendo Atuadores Hidráulicos. Sistemas Hidropneumáticos I Hidráulica 04. Atuador hidráulico de dupla ação UNIFEI Sistemas Hidropneumáticos I Hidráulica 04 Cálculos envolvendo tuadores Hidráulicos EME-26 ula 04 21-09-2009 Prof. José Hamilton Chaves Gorgulho Júnior tuador hidráulico de dupla ação tuador hidráulico

Leia mais

Conservação de Energia

Conservação de Energia Lei de Pascal F = Força A = Área P = Pressão 1. Suponhamos uma garrafa cheia de um líquido, o qual é, praticamente, incompressível 2. Se aplicarmos uma força de 10kgf numa rolha de 1 cm 2 de área 3. o

Leia mais

Sistemas Hidropneumáticos I Introdução

Sistemas Hidropneumáticos I Introdução UNIFEI Sistemas Hidropneumáticos I Introdução EME-26 e EME610 Aula 01 17-08-2009 Prof. José Hamilton Chaves Gorgulho Júnior Ementa Fundamentos de sistemas hidráulicos e pneumáticos; Componentes principais;

Leia mais

Sistema Resistivo Diagrama de funcionamento Legendas

Sistema Resistivo Diagrama de funcionamento Legendas Sistema Resistivo Os sistemas tipo Resistivo podem ser empregados em máquinas de pequeno e médio porte que necessitem de uma lubrificação a óleo dosada e freqüente. Uma bomba de acionamento manual ou elétrico

Leia mais

Parker no Brasil. Folheto 1005 BR

Parker no Brasil. Folheto 1005 BR Parker no Brasil Folheto 1005 BR A Parker Hannifin A Parker é uma empresa líder mundial na fabricação de componentes destinados ao mercado de Movimento e Controle do Movimento, dedicada a oferecer excelência

Leia mais

Sumário. Projeto do Stuffing Box Caixa do Stuffing Box Simples... 35

Sumário. Projeto do Stuffing Box Caixa do Stuffing Box Simples... 35 Sumário Bombas Alternativas... 1 1.1 Breve Histórico...1 1.2 Definições...3 1.3 Classificação...5 1.3.1 Horizontal Versus Vertical...6 1.3.2 Simples Efeito Versus Duplo Efeito...6 1.3.3 Simplex Versus

Leia mais

Eficiência Energética Cocelpa

Eficiência Energética Cocelpa Eficiência Energética Cocelpa 1 CARACTERÍSTICAS DA EMPRESA Nome fantasia: Cocelpa Ramo de atividade: Papel e Celulose Localização: Araucária / PR Estrutura tarifária: Horo-sazonal Azul A4 Demanda Contratada:

Leia mais

Secador e Filtros para Ar e Gases

Secador e Filtros para Ar e Gases Secador e Filtros para Ar e Gases Garantia de ar comprimido puro e seco, ampliação da capacidade produtiva e melhoria da qualidade do ar na linha de produção. Série H Internacional A Série H Internacional,

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DOS EQUIPAMENTOS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DOS EQUIPAMENTOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DOS EQUIPAMENTOS TH040, TH050 50, TH060 60, TH07 075, TH100 e TH150 TESTE HIDRÁULICO Equipamentos para testes hidráulicos de bombas, pistões, cilindros e válvulas e teste hidrostático.

Leia mais

Guia para dimensionamento

Guia para dimensionamento Guia para dimensionamento Válvulas Proporcionais e Servo-Válvulas. Guia para dimensionamento de Válvulas Proporcionais e Servo-válvulas. Palestra de Fevereiro de 2008. 1 Temos as seguintes perguntas: I.

Leia mais

UNIDADE HIDRÁULICA BUCHER HIDRÁULICA LTDA. 1 P á g i n a

UNIDADE HIDRÁULICA BUCHER HIDRÁULICA LTDA. 1 P á g i n a UNIDADE HIDRÁULICA 1 P á g i n a UNIDADE HIDRÁULICA PADRONIZADA Figura 1 - Vista explodida Características: Reservatórios retangulares padrão com capacidade de 10 a 250 litros; Vazões de 4,3 até 76 litros

Leia mais

Produção de ar comprimido. Tubulações e cuidados com a instalação. Professor: Eduardo Yuji Sakurada

Produção de ar comprimido. Tubulações e cuidados com a instalação. Professor: Eduardo Yuji Sakurada Produção de ar comprimido Tubulações e cuidados com a instalação Professor: Eduardo Yuji Sakurada TUBULAÇÃO DE AR COMPRIMIDO FUNÇÕES Comunicar a fonte produtora com os equipamentos consumidores. Funcionar

Leia mais

CAESB. Aplicação de Inversores de Freqüência em sistemas de Bombeamento WORKSHOP SOBRE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. PoToPS. Philosophy

CAESB. Aplicação de Inversores de Freqüência em sistemas de Bombeamento WORKSHOP SOBRE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. PoToPS. Philosophy WORKSHOP SOBRE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Aplicação de Inversores de Freqüência em sistemas de Bombeamento CAESB Brasília DF 31/05/2006 Perfect Harmony Drive System 04.10.2006 1 Máquinas de Deslocamento Positivo

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - SRP SRP 3040 E. Analógico / Eletrônico CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CT SRP SRP 3040 E

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - SRP SRP 3040 E. Analógico / Eletrônico CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CT SRP SRP 3040 E CT 222 SRP 30 SRP 30 E CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR SRP 30 SRP 30 E INÍCIO DE FABRICAÇÃO NOVEMBRO/20 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS MODELO VAZÃO VOLUMÉTRICA MOTOR ELÉTRICO PRINCIPAL Ruído ø Polia 7,5 barg/110

Leia mais

Motor de Pistões Radiais V JMDG Baixa rotação e alto torque

Motor de Pistões Radiais V JMDG Baixa rotação e alto torque Motor de Pistões Radiais V JMDG Baixa rotação e alto torque Introdução São motores de baixa rotação e altíssimo torque e que podem ser aplicados em várias áreas que exigem estas características. Podem

Leia mais

Mecânica dos Fluidos. Aula 18 Exercícios Complementares. Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues

Mecânica dos Fluidos. Aula 18 Exercícios Complementares. Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues Aula 18 Exercícios Complementares Tópicos Abordados Nesta Aula. Exercícios Complementares. 1) A massa específica de uma determinada substância é igual a 900kg/m³, determine o volume ocupado por uma massa

Leia mais

ENERGIA HIDRÁULICA MÁQUINA DE FLUXO ENERGIA MECÂNICA

ENERGIA HIDRÁULICA MÁQUINA DE FLUXO ENERGIA MECÂNICA ª EXPERIÊNCIA - ESTUDO DAS BOMBAS APLICAÇÃO DA ANÁLISE DIMENSIONAL E DA TEORIA DA SEMELHANÇA 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DAS MÁQUINAS DE FLUXO ( BOMBAS, TURBINAS, COMPRESSORES, VENTILADORES) As máquinas que

Leia mais

INSTRUMENTAÇÃO EM PROCESSOS INDUSTRIAIS

INSTRUMENTAÇÃO EM PROCESSOS INDUSTRIAIS INSTRUMENTAÇÃO EM PROCESSOS INDUSTRIAIS Válvulas de controle (funções, componentes, tipos e aplicações) Patrícia Lins de Paula 25/03/2012 154 VÁLVULAS São dispositivos destinados a estabelecer, controlar

Leia mais

BOMBAS. Bombas CLASSIFICAÇÃO BOMBAS ALTERNATIVAS APLICAÇÕES 06/04/2011 BOMBAS DE DESLOCAMENTO POSITIVO

BOMBAS. Bombas CLASSIFICAÇÃO BOMBAS ALTERNATIVAS APLICAÇÕES 06/04/2011 BOMBAS DE DESLOCAMENTO POSITIVO BOMBAS Bombas Para deslocar um fluido ou mantê-lo em escoamento é necessário adicionarmos energia, o equipamento capaz de fornecer essa energia ao escoamento do fluido é denominamos de Bomba. CLASSIFICAÇÃO

Leia mais

EVACON. Resfriadores de Óleo a Ar Séries MG, HPA e HPA/2. Catálogo Técnico. Desde Distribuidor exclusivo no Brasil K CDR MANUFATURA

EVACON. Resfriadores de Óleo a Ar Séries MG, HPA e HPA/2. Catálogo Técnico. Desde Distribuidor exclusivo no Brasil K CDR MANUFATURA Resfriadores de Óleo a Ar Séries MG, HPA e HPA/2 Catálogo Técnico Distribuidor exclusivo no Brasil EVACON Desde 1982 K0937002.CDR - 221 PF:1980686-3 1011 CAPA via(s) 99999999 Introdução Os trocadores de

Leia mais

Lista de Exercícios Perda de Carga Localizada e Perda de Carga Singular

Lista de Exercícios Perda de Carga Localizada e Perda de Carga Singular Lista de Exercícios Perda de Carga Localizada e Perda de Carga Singular 1. (Petrobrás/2010) Um oleoduto com 6 km de comprimento e diâmetro uniforme opera com um gradiente de pressão de 40 Pa/m transportando

Leia mais

Motobombas. Diesel. BFD 6" - Ferro Fundido BFD 8" - Ferro Fundido

Motobombas. Diesel. BFD 6 - Ferro Fundido BFD 8 - Ferro Fundido Motobombas Diesel BFD 6" - Ferro Fundido BFD 8" - Ferro Fundido 1 - Motobomba BFDE 6", BFDE 8" Sua aplicação básica está na captação de água de rio e lagos. Utilizado quando é necessário uma transferência

Leia mais

SIMBOLOGIA PNEUMÁT ICA

SIMBOLOGIA PNEUMÁT ICA 1 SIMBOLOGIA PNEUMÁT ICA Neste item apresentaremos o resumo dos símbolos usuais empregados em diagramas pneumáticos e hidráulicos. A Tabela 1 apresenta alguns símbolos para os atuadores, conforme a norma

Leia mais

Manual Filtros SFMC 150/400/1000

Manual Filtros SFMC 150/400/1000 Manual Filtros SFMC 150/400/1000 Filtro Micrônico e Coalescente, com capacidade de retenção de sólidos de 5 micra e separação de água com eficiência de 99,5% e vazão de 150 ou 400 litros por minuto. Composto

Leia mais

MOVIMENTO E DINAMISMO

MOVIMENTO E DINAMISMO SOBRE O GRUPO REDUTEP ACIONAMENTOS REDUTEP INTEGRADORA MOVIMENTO E DINAMISMO www.redutep.com.br O GRUPO Redutep Soluções Industriais A divisão Acionamentos oferece os mais variados produtos e acessórios

Leia mais

As imagens contidas neste manual são meramente ilustrativas.

As imagens contidas neste manual são meramente ilustrativas. 1 2 As imagens contidas neste manual são meramente ilustrativas. ÍNDICE Introdução... 4 Principais Componentes... 6 Informações Gerais... 7 Montagem do Reservatório do Caminhão... 10 Montagem da Bomba...

Leia mais

Manual do Proprietário - Kit Hidráulico

Manual do Proprietário - Kit Hidráulico Manual do Proprietário - Kit Hidráulico 1 Índice 1. Introdução... 4 2. Informações Gerais... 5 3. Instruções de Operação... 6 Câmbio Manual I...6 Câmbio Manual II...7 Câmbio Manual III...8 Câmbio Manual

Leia mais

TM-182 REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO

TM-182 REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Departamento de Engenharia Mecânica TM-182 REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO Prof. Dr. Rudmar Serafim Matos As tubulações de refrigerante representam uma parte

Leia mais

hydrostec VÁLVULAS DE REGULAÇÃO MULTIJATO Atuador Redutor Transmissor de posição Suporte Arcada Corpo Eixo Placa móvel Placa fixa

hydrostec VÁLVULAS DE REGULAÇÃO MULTIJATO Atuador Redutor Transmissor de posição Suporte Arcada Corpo Eixo Placa móvel Placa fixa B30.15.0-P VÁLVULAS DE REGULAÇÃO ULTIJATO Regulação da vazão e pressão Atuador Redutor Transmissor de posição Suporte Arcada Corpo Eixo Placa móvel Placa fixa A Válvula Regulação ultijato, foi desenvolvida

Leia mais

Fundamentos de Automação. Hidráulica 01/06/2015. Hidráulica. Hidráulica. Hidráulica. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Fundamentos de Automação. Hidráulica 01/06/2015. Hidráulica. Hidráulica. Hidráulica. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação CURSO

Leia mais

LABORATÓRIO DE HIDRÁULICA. Aula Prática Curvas Características e Associação de Bombas Centrífugas

LABORATÓRIO DE HIDRÁULICA. Aula Prática Curvas Características e Associação de Bombas Centrífugas Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Centro Tecnológico Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental Disciplina: ENS5101 Hidráulica LABORATÓRIO DE HIDRÁULICA Aula Prática Curvas Características

Leia mais

Instalações Hidráulicas: Água Quente. Prof. Fabiano de Sousa Oliveira Curso: Engenharia Civil FTC/VC

Instalações Hidráulicas: Água Quente. Prof. Fabiano de Sousa Oliveira Curso: Engenharia Civil FTC/VC Instalações Hidráulicas: Água Quente Prof. Fabiano de Sousa Oliveira Curso: Engenharia Civil FTC/VC INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS: ÁGUA QUENTE Primeiro ponto: Apresentação da norma técnica, vigente. Projeto

Leia mais

Válvulas Pneumáticas VÁLVULAS

Válvulas Pneumáticas VÁLVULAS VÁLVULAS Vimos que para os atuadores funcionarem é necessário que o ar comprimido chegue até eles. Ainda não explicamos como isso ocorre, porém não é difícil imaginar uma tubulação de aço, borracha ou

Leia mais

Descrição do processo de Modelagem e Simulação em quatro etapas no ambiente AMESim

Descrição do processo de Modelagem e Simulação em quatro etapas no ambiente AMESim Descrição do processo de Modelagem e Simulação em quatro etapas no ambiente AMESim Similarmente a outros softwares de modelagem e simulação, a utilização do sistema AMESim está baseada em quatro etapas:

Leia mais

CONTECH Industria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos Ltda.

CONTECH Industria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos Ltda. AT2011-1/2 AT2011-2/2 AT2012-1/1 AT2014-1/2 AT2014-2/2 MODELO AT 2015/16 CHAVE DE FLUXO TIPO PALHETA FIXA, (NÃO EXTENSÍVEL) PARA LÍQUIDOS, COM CONEXÃO TIPO FÊMEA COM DIÂMETRO Ø 3/4 E OU 1/2 BSP PARA ENCAIXE

Leia mais

New Holland TL exitus

New Holland TL exitus New Holland TL exitus TL60E TL75E TL85E TL95E MaIoR PRodUTIVIdade e MaIoR economia: o MelHoR CUSTo/BeNeFÍCIo da CaTeGoRIa. A New Holland desenvolveu o trator perfeito para as multitarefas da sua fazenda.

Leia mais

Recolha de Lixo KO

Recolha de Lixo KO Recolha de Lixo KO45011 Principais benefícios: Simplicidade e confiabilidade na operação e manutenção; Contentores abertos, removíveis e grande capacidade volumétrica; Possibilidade de recolha de todos

Leia mais

Sistema TermoMistura

Sistema TermoMistura Sistema TermoMistura ESTABILIZADOR DE TEMPERATURA Linha MGE- 90 Aquecedores para Molde Sistema sem reservatório com bomba Sistema de troca direta ( Alta Vazão de água Alto poder de refrigeração ) O estabilizador

Leia mais

Aluno: Aluno: Aluno: Aluno: PLANTA DE NÍVEL FESTO

Aluno: Aluno: Aluno: Aluno: PLANTA DE NÍVEL FESTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA DEM Sistemas de Controle (CON) Aula Prática 11 (22/05/2012) Prof. Eduardo Bonci Cavalca

Leia mais

Válvulas de controle de pressão

Válvulas de controle de pressão Generalidades Válvula de controle de pressão operada diretamente Válvula limitadora de pressão Válvula de seqüência Valvula de contrabalanço Válvula redutora de pressão Válvula de descarga operada por

Leia mais

Válvulas - Série PVL. Válvulas pneumáticas Série PVL. Características técnicas. Materiais. Descrição. Catálogo BR Informações técnicas

Válvulas - Série PVL. Válvulas pneumáticas Série PVL. Características técnicas. Materiais. Descrição. Catálogo BR Informações técnicas Índice Catálogo 1001-8 BR Informações técnicas Válvulas - Características técnicas Vias/posições 5/2 Conexão G1/8 e G1/4 Tipo construtivo Spool Acionamentos Elétrico e pneumático Vazão a 7 bar 950 l/min

Leia mais

Manual do Proprietário. Reversor Marítimo RT 115. Potência/Rotação (máxima de entrada) Modelo do reversor. Reversor RT40 mecânico, redução 3,0:1

Manual do Proprietário. Reversor Marítimo RT 115. Potência/Rotação (máxima de entrada) Modelo do reversor. Reversor RT40 mecânico, redução 3,0:1 Manual do Proprietário Reversor Marítimo RT A Tramontini Implementos Agrícolas Ltda garante seus produtos, que em serviço e uso normal, vierem a apresentar defeitos de material, fabricação ou montagem,

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 01 V E L K I F A C I L I T A O S E U T R A B A L H O ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS VKF-621 Chave de Fluxo Tipo Palheta Fixa DESCRIÇÃO O Chave de Fluxo Tipo Palheta Fixa foi projetado para atender às aplicações

Leia mais

AULA 07 - LTC38B. Controle Supervisório. Prof. Leandro Castilho Brolin

AULA 07 - LTC38B. Controle Supervisório. Prof. Leandro Castilho Brolin AULA 07 - LTC38B Controle Supervisório Prof. Leandro Castilho Brolin UTFPR - Universidade Tecnológica Federal do Paraná COELE Coordenação de Engenharia Eletrônica RESUMO (1) Ruído em Válvulas de Controle

Leia mais

Tecnologia Hidráulica Industrial. Apostila M BR

Tecnologia Hidráulica Industrial. Apostila M BR Tecnologia Hidráulica Industrial Apostila M2001-2 BR Garantia Certificação Termo de garantia A Parker Hannifin Ind. e Com. Ltda, Divisão Automação, doravante denominada simplesmente Parker, garante os

Leia mais

Opções disponíveis GX 2-5 AP GX 2-5 FF GX 7-11 AP GX 7-11 FF

Opções disponíveis GX 2-5 AP GX 2-5 FF GX 7-11 AP GX 7-11 FF Especificações técnicas GX 2-5 e GX 7-11 MODELO DO COMPRESSOR Pressão máxima de trabalho. Capacidade (FAD)* Potência do motor Nível de ruído db(a) ** Peso (kg)*** bar(g) psi l/s m 3 /min cfm kw cv db(a)

Leia mais

Unidade Curricular C/H Semestral Pré-Requisito Processos de Fabricação 04

Unidade Curricular C/H Semestral Pré-Requisito Processos de Fabricação 04 Curso Técnico Subsequente em Manutenção Automotiva Nome do Curso CÂMPUS FLORIANÓPOLIS MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h Processos de Fabricação 04 Tecnologia dos Materiais 04

Leia mais

Válvulas hidráulicas de controle de vazão e direcionais

Válvulas hidráulicas de controle de vazão e direcionais Válvulas hidráulicas de controle de vazão e direcionais Aula 3 Prof. Dr. Emílio Carlos Nelli Silva Prof. Dr. Rafael Traldi Moura Válvulas de controle de vazão Controle de vazão resistivo: controla resistencia

Leia mais

Elementos de. sinais. Elementos de. Trabalho. Elementos de. Comando. Elementos de. Controle

Elementos de. sinais. Elementos de. Trabalho. Elementos de. Comando. Elementos de. Controle Cadeia de comando Sensores, botoeiras, fim de curso de came ou rolete, barreiras pneumáticas ou fotoelétricas, pedais Motores, cilindros, atuadores Elementos de sinais Elementos de Trabalho Válvulas, contatores

Leia mais

MANUAL DE FUNCIONAMENTO DOS FILTROS LIMPA TANQUE SULFILTROS

MANUAL DE FUNCIONAMENTO DOS FILTROS LIMPA TANQUE SULFILTROS MANUAL DE FUNCIONAMENTO DOS FILTROS LIMPA TANQUE SULFILTROS 1. INTRODUÇÃO Este manual contém todas informações necessárias para a correta instalação, operação e manutenção dos Filtros Prensa SULFILTROS.

Leia mais

Válvulas L-O-X para o Isolamento da Energia Pneumática ROSS South America Ltda

Válvulas L-O-X para o Isolamento da Energia Pneumática ROSS South America Ltda Válvulas L-O-X para o Isolamento da Energia Pneumática Válvulas L-O-X para o Isolamento da Energia Pneumática Válvulas para o fechamento e exaustão do ar comprimido para intervenções de manutenção, inspeção,

Leia mais

LINHA CONDOR. Rua Dr. Luiz Miranda, Pompeia - SP - Tel. (14) Fax. (14)

LINHA CONDOR. Rua Dr. Luiz Miranda, Pompeia - SP - Tel. (14) Fax. (14) Rua Dr. Luiz Miranda, 1650 17580000 Pompeia SP Tel. (14) 3405 2100 Fax. (14) 3452 1916 Email: vendas@jacto.com.br PROTEJA O MEIO AMBIENTE. AO INUTILIZAR ESTE FOLHETO, NÃO JOGUE EM VIAS PÚBLICAS. www.jacto.com.br

Leia mais

Filtros e Acessórios para Sistemas Hidráulicos

Filtros e Acessórios para Sistemas Hidráulicos Filtros e Acessórios para Sistemas Hidráulicos LINHA HIDRAULICA FILTROS DE RESPIRO Filtros e Acessórios para Sistemas Hidráulicos 4 Informações Técnicas Filtros de Respiro Linha Hidráulica Modelo Rosca

Leia mais

Bomba Dosadora de Diafragma NETZSCH. Novo Design - Geração 4. Robusta, Durável, Versátil, Econômica.

Bomba Dosadora de Diafragma NETZSCH. Novo Design - Geração 4. Robusta, Durável, Versátil, Econômica. Bomba Dosadora de Diafragma NETZSCH Novo Design - Geração 4 Robusta, Durável, Versátil, Econômica. Bombas Dosadora de Diafragma NETZSCH - SERA As Bombas de Diafragma NETZSCH - SERA da série 409.2 e 410.2

Leia mais

Estações Elevatórias de Água

Estações Elevatórias de Água Universidade Regional do Cariri URCA Pró Reitoria de Ensino de Graduação Coordenação da Construção Civil Disciplina: Hidráulica Aplicada Estações Elevatórias de Água Renato de Oliveira Fernandes Professor

Leia mais

EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM:

EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM: EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM: 8413.50.90 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 1. Montadora (repetir informação da Planilha de pleitos em excel): Komatsu 2. n Item (repetir

Leia mais

Bomba hidráulica manual Modelos CPP700-H e CPP1000-H

Bomba hidráulica manual Modelos CPP700-H e CPP1000-H Tecnologia de calibração Bomba hidráulica manual Modelos CPP700-H e CPP1000-H Folha de dados WIKA CT 91.07 outras aprovações veja página 2 Aplicações Geração de pressão em campo ou em laboratório Para

Leia mais

COMANDOS INTUITIVOS BÁSICOS

COMANDOS INTUITIVOS BÁSICOS 1. INTRODUÇÃO COMANDOS INTUITIVOS BÁSICOS Os circuitos pneumáticos e eletropneumáticos cujas ações são simples (avanço e retorno de um atuador com algumas poucas condições), são chamados de comandos intuitivos,

Leia mais

Introdução geral Bomba Hidráulica... 4 PC 200 C Cuidados com o seu equipamento... 12

Introdução geral Bomba Hidráulica... 4 PC 200 C Cuidados com o seu equipamento... 12 Manual PC 200C ÍNDICE Introdução geral... 3 Bomba Hidráulica... 4 PC 200 C... 4 DESCRIÇÃO DAS PARTES... 5 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS PC 200 C... 7 DIMENSÕES... 7 MODO DE OPERAÇÃO DO COMANDO DIGITAL... 7

Leia mais

TABELAS DE CONVERSÃO E FÓRMULAS:

TABELAS DE CONVERSÃO E FÓRMULAS: TABELAS DE CONVESÃO E FÓMULAS: Aplicações para motores hidráulicos... 07 Cálculo da perda de carga em tubulação... 04 Cálculo do diâmetro nominal (interno e externo) de tubulação... 03 Circuitos hidráulicos...

Leia mais

Aula 03. Dimensionamento da Tubulação de Distribuição de Ar Comprimido

Aula 03. Dimensionamento da Tubulação de Distribuição de Ar Comprimido Aula 03 Dimensionamento da Tubulação de Distribuição de Ar Comprimido 1 - Introdução A rede de distribuição de ar comprimido compreende todas as tubulações que saem do reservatório, passando pelo secador

Leia mais

- Acionamentos hidrostáticos - Transmissões - Injetoras de plástico V EH18B-2 V EH14B-2 V EH16B-2 G 1 G 1-1/4 G 1-1/4 13.

- Acionamentos hidrostáticos - Transmissões - Injetoras de plástico V EH18B-2 V EH14B-2 V EH16B-2 G 1 G 1-1/4 G 1-1/4 13. Série V E Série FMD DC Resfriadores - óleo/ar (trocador de calor) - Vazão: de até 600 l/min - Capacidade: de 4.7 até kw/h - Pressão máxima de trabalho: bar - Sensor térmico opcional - Motor de corrente

Leia mais

Conjunto de serviço (hidráulico) Modelo CPG-KITH

Conjunto de serviço (hidráulico) Modelo CPG-KITH Tecnologia de calibração Conjunto de serviço (hidráulico) Modelo CPG-KITH Folha de dados WIKA CT 93.02 Aplicações Indústria de óleo e gás Manutenção e centros de serviço Prestadores de serviços de calibração

Leia mais

Válvulas 3/2 Vias ou 5/2 Vias Série T ring VB18 Atuadas por Solenóide com Comando Indireto Atuadas por Piloto de Ar

Válvulas 3/2 Vias ou 5/2 Vias Série T ring VB18 Atuadas por Solenóide com Comando Indireto Atuadas por Piloto de Ar Válvulas 3/ Vias ou 5/ Vias Série T ring VB18 Atuadas por Solenóide com Comando Indireto Atuadas por Piloto de Ar Rosca 1/8 ISO G Elevada velocidade de comutação Elevada vazão Êmbolo deslizante com vedações

Leia mais

Tecnologia Hidráulica Industrial Apostila M BR

Tecnologia Hidráulica Industrial Apostila M BR Tecnologia Hidráulica Industrial Apostila M2001-2 BR Garantia Certificação Termo de garantia A Parker Hannifin Ind. e Com. Ltda, Divisão Automação, doravante denominada simplesmente Parker, garante os

Leia mais

Válvula direcional 5/2, Série ST Com reposicionamento por mola Qn= 280 l/min conexão de tubo conexão de ar comprimido saída: G 1/8

Válvula direcional 5/2, Série ST Com reposicionamento por mola Qn= 280 l/min conexão de tubo conexão de ar comprimido saída: G 1/8 Válvulas direcionais Acionamento mecânico Válvula direcional /, Série ST Com reposicionamento por mola Qn= 80 l/min conexão de tubo conexão de ar comprimido saída: G /8 Modelo válvula distribuidora não

Leia mais

Circuitos hidráulicos básicos

Circuitos hidráulicos básicos 1. Circuito de descarga 2. Circuito regenerativo 3. Válvula limitadora de pressão de descarga diferencial 4. Circuito de descarga de um acumulador 5. Circuito com aproximação rápida e avanço controlado

Leia mais

FKB INDÚSTRIA DE EQUIPAMENTOS LTDA.

FKB INDÚSTRIA DE EQUIPAMENTOS LTDA. Descrição Geral As Válvulas Guilhotinas FKB modelo VGU-04 / VGU-04-HP tem como função o bloqueio na vazão de fluídos abrasivos (Slurry). São equipamentos robustos para instalação entre flanges, do qual

Leia mais

Lei de Pascal. Elevador Hidráulico

Lei de Pascal. Elevador Hidráulico Lei de Pascal Princípio físico que rege o funcionamento de dispositivos hidráulicos, tais como, a direção hidráulica, freio hidráulico, elevador hidráulico, macaco hidráulico, etc... A variação de pressão

Leia mais

Qualidade em Instalações de Aquecimento Solar. Boas práticas.

Qualidade em Instalações de Aquecimento Solar. Boas práticas. Qualidade em Instalações de Aquecimento Solar Boas práticas O sistema de aquecimento solar e seus componentes O que é sistema de aquecimento solar (SAS) A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)

Leia mais

RECOMENDAÇÕES NA INSTALAÇÃO DE BOMBAS MARRUCCI EM CIRCUITO HIDRÁULICO COM CILINDROS SOB A CAÇAMBA BAIXA PRESSÃO

RECOMENDAÇÕES NA INSTALAÇÃO DE BOMBAS MARRUCCI EM CIRCUITO HIDRÁULICO COM CILINDROS SOB A CAÇAMBA BAIXA PRESSÃO INFORMATIVO TÉCNICO N 017/09 INFORMATIVO TÉCNICO RECOMENDAÇÕES NA INSTALAÇÃO DE BOMBAS MARRUCCI EM CIRCUITO HIDRÁULICO COM CILINDROS SOB A CAÇAMBA BAIXA PRESSÃO ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------INDÚSTRIAS

Leia mais

DV-2 / DV-4. Manual de Instruções. Bomba Vácuo Isenta de Água. Linha

DV-2 / DV-4. Manual de Instruções. Bomba Vácuo Isenta de Água. Linha Bomba Vácuo Isenta de Água Linha DV-2 / DV-4 Manual de Instruções SANDERS DO BRASIL LTDA. Av. Sebastião Reginaldo da Cunha, 500 - Vianna Santa Rita do Sapucaí - MG CEP: 37540-000 www.sandersdobrasil.com.br

Leia mais

Boletim da Engenharia

Boletim da Engenharia Boletim da Engenharia 11 de Manutenção Preventiva para Compressores Parafuso 11/02 Para continuar obtendo uma alta performance oferecida pelos compressores parafuso Bitzer instalados nas centrais de refrigeração,

Leia mais

Questões Selecionadas das Provas da Petrobras e Transpetro

Questões Selecionadas das Provas da Petrobras e Transpetro Questões Selecionadas das Provas da Petrobras e Transpetro Questão 1 Em um projeto de automação e controle de um parque industrial, encontramos o fluxograma simplificado de tubulação e instrumentação (P&ID)

Leia mais

EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM:

EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM: EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM: 8413.50.90 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 1. Montadora (repetir informação da Planilha de pleitos em excel): Komatsu 2. n Item (repetir

Leia mais