Roteiro. Desenvolvimento de Aplicações Web. Introdução. Introdução. História da Internet

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Roteiro. Desenvolvimento de Aplicações Web. Introdução. Introdução. História da Internet"

Transcrição

1 Roteiro Desenvolvimento de Aplicações Web Introdução Roberto Vedoato Internet História da Internet Conexão com a Internet Intranet e Extranet Modelo cliente/servidor Arquitetura TCP/IP Serviço de nomes de domínio Serviço Web Serviço de transferência de arquivos Serviço de correio eletrônico Sistemas Web Introdução 2 Introdução Internet não é uma única rede, mas a maior ligação entre redes de computadores do mundo. Internet são várias redes interligadas por meio de roteadores utilizando um conjunto de protocolos de comunicação TCP/IP. História da Internet Década de 60, encomendada pelo Departamento de Defesa dos EUA para o MIT (Massachusetts Institute of Technology), foi criada a rede ARPANET (Advanced Research Projects Agency Network) interligando universidades e centros de pesquisas militares Década de 80, a NSFNET, rede nacional de pesquisa dos EUA, com cinco centros de super-computação, funde-se a ARPANET surgindo a Internet Duas décadas de uso acadêmico e científico Informação armazenada de maneira caótica com dificuldade de encontrar arquivos, Introdução 3 Introdução 4

2 História da Internet 1992, teve sua explosão com o surgimento da WWW (World Wide Web ) e da linguagem HTML (Hyper Text Markup Language) que a sustenta. Obteve-se melhoria na organização das informações através de hipertextos No Brasil: Final da década de 80, em ambiente acadêmico, através da RNP (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa) 1995, uso comercial com a criação de vários backbones* pelas empresas História da Internet Backbone da RNP *Backbones - espinha dorsal : termo utilizado para definir a estrutura principal de uma ligação inter-redes, constituído de todas ligações e equipamentos Introdução 5 Introdução 6 História da Internet Internet 2 Versão não pública da Internet de altíssima velocidade Voltada para pesquisas avançadas e trocas de dados entre centros acadêmicos e governamentais RNP 2 é o representante no Brasil Conexão com a Internet Comumente através de Provedores de Acesso ou ISP (Internet Service Provider) Provedor é uma empresa conectada constantemente à Internet e faz a ligação entre seu computador e a Internet Custo baixo de conexão local até o provedor Grandes empresas muitas vezes conectam-se diretamente ao backbone da rede, sendo suas próprias provedoras Introdução 7 Introdução 8

3 Conexão com a Internet Dial-Up: Linha Telefônica + modem (V.90 e V.92) Taxa máxima de transferência: 56 Kbps Protocolos SLIP e PPP na camada de enlace IDSN (RDSI Rede Digital de Serviços Integrados) 2 linhas telefônicas digitais em paralelo + Adaptador ISDN Possuem 3 canais de comunicação: 2 para transmissão de dados com 64kps cada 1 para transmissão de sinais de controle com 16 kps Permite acesso a Internet e ligação telefônica simultaneamente, cada um em uma linha Conexão com a Internet ADSL (Asymmetric Digital Subscriber Line) ou Banda Larga Estrutura física da linha telefônica em freqüência diferente + Modem ADSL (normalmente externo via UTP/RJ-45 ou USB) Assimétrica, taxas de transferência diferentes: Recebimento (downstream): 8Mbps, 512 kps, 256 Kbps Envio (upstream): 512 Kbps, 128 Kbps O provedor de acesso é a própria companhia telefônica, fornecendo todos requisitos para a conexão do usuário (roteadores, endereço IP, DNS, etc.) Porém no Brasil a ANATEL exige intermédio de provedores de informação Protocolo PPPoE na camada de enlace Introdução 9 Introdução 10 Conexão com a Internet Conexão com a Internet Internet a Cabo Estrutura física das TVs a cabo + Cable Modem Taxas de transferência maiores que ADSL Recebimento (downstream): 45Mbps, 10Mbps, 512 kps Envio (upstream): 600 kbps, 300 Kbps Via Rede Local LAN Ethernet + Roteador ou servidor Proxy (conectado a Internet por IDSN, ADSL, etc.) Comum em empresas e condomínios Internet via Rede Elétrica ou PLC (Power Line Communication) Estrutura física da linha de energia em freqüência diferente + Modem especial Estima-se taxas de transferências semelhantes aos serviços de ADSL e Cabo ADSL2 pode chegar a taxa de transferência de 20Mbps WiMAX, sem fio, pode ter velocidade de até 75Mbps Introdução 11 Introdução 12

4 Conexão com a Internet Conexão com a Internet Provedores de Acesso Redes Acadêmicas de Âmbito Estadual ANSP (SP) Rede Catarinense de Tecnologia (RCT) (SC) Rede Estadual de Informações (REI) (AL) Rede Goiana de Informática (GO) Rede Governo (BA) Rede Norte-riograndense de Informática (RN) Rede Paraíba (PB) Rede Paranaense de Ensino e Pesquisa (PR) Rede Pernambuco de Informática (PE) Rede Piauiense de Informática (PI) Rede Rio (RJ) Rede Tchê (RS) REMAV (Redes Metropolitanas de Alta Velocidade) Introdução 13 Provedores de Acesso Associações brasileiras de provedores ABRANET - Associação Brasileira dos Provedores de Acesso, Serviços e Informações da Rede Internet INTERNETSUL - Associação Riograndense dos Provedores de Acesso, Serviços e Informações da Rede Internet - Rio Grande do Sul Rede Global Info - Associação dos Integrantes do Projeto Global Info Introdução 14 Conexão com a Internet Números* Existem 1 bilhão de pessoas no mundo com acesso a Internet Números no Brasil 180 milhões de habitantes 55% dos brasileiros nunca utilizaram um micro 67% dos brasileiros nunca usaram a Internet 3 milhões de usuários com banda larga, ocupando a 13ª posição no ranking mundial Intranet Rede corporativa ou governamental que utiliza ferramentas de Internet (protocolos, servidores e clientes) É uma Internet privada ou restrita aos membros da instituição Acessada através dos computadores conectados a rede interna da corporação * Fonte: IBGE, Comitê Gestor da Internet no Brasil e Computer Industry Almanac Introdução 15 Introdução 16

5 Extranet São Intranets ampliadas Acesso à Intranet fora da estrutura física da corporação Geralmente utiliza a Internet para unir diversas intranets Cooperação entre parceiros de negócios: fornecedores, distribuidores, lojas de varejo, etc. Geralmente a criação de extranets é realizada através de VPNs (Virtual Private Network) Modelo cliente/servidor Funcionamento da Internet A Internet está organizada em forma de malha As informações passam por vários computadores até chegarem ao seu destino Nossos micros (clientes) requisitam e recebem informações de alguém que as fornece (servidores) Introdução 17 Introdução 18 Modelo cliente/servidor Modelo cliente/servidor Servidor de prontidão aguardando solicitações de clientes Cliente requisita um serviço ao servidor apropriado (através do endereço) Servidor responde a requisição e fornece ao cliente as informações pedidas Introdução 19 Os termos cliente e servidor não definem máquinas, mas aplicações rodando nas máquinas Uma máquina pode portanto oferecer vários serviços, desde que em portas distintas Existem diferentes tipos de servidores para os diversos serviços oferecidos através da Internet Para utilizarmos cada um desses servidores precisamos de clientes apropriados Servidores: HTTP (páginas Web), POP (recebimento de ), SMTP (envio de ), FTP (arquivos), Proxy (mediador de conexão), etc. Clientes: Navegadores, de , de FTP, etc. Introdução 20

6 Modelo cliente/servidor Cada aplicação servidora é associada a um endereço IP e a uma porta específica As portas são padronizadas, sendo assim, os clientes geralmente pressupõe o uso da porta padrão, precisando apenas do endereço IP para acessar determinado serviço. Exemplo: O cliente de conecta-se à porta 110 para receber mensagens e a porta 25 para o serviço de envio. No caso de conexão segura com SSL (Secure Socket Layer) a porta 465 para o envio e a 995 para o recebimento O Navegador utiliza a porta 80 para o serviço Web e a porta 443 para o servidor seguro Arquitetura TCP/IP Protocolos Protocolo de comunicação, ou simplesmente protocolo, é um conjunto de regras que especificam: Formato Sincronização Seqüênciamento Verificação de erros em comunicação de dados Para poderem trocar informações dois computadores devem utilizar o mesmo protocolo Protocolos atuam em vários camadas de uma rede A Internet usa como base o conjunto de protocolos TCP/IP (Transmission Control Protocol/Internet Protocol Suite) Introdução 21 Introdução 22 Arquitetura TCP/IP Qualquer informação enviada na Internet é transformada por 4 tipos de protocolos em seqüência, um em cada camada Ao chegar no destino os dados são decodificados na ordem inversa Cliente Aplicação (HTTP) Transporte (TCP) Inter- Rede (IP) Rede (PPP, PPPoE) Internet (Linha Tel, Cabo) Servidor Aplicação (HTTP) Transporte (TCP) Iner-Rede (IP) Rede (PPP, PPPoE) Introdução 23 Arquitetura TCP/IP Protocolos da camada de rede Lidam com a conversão de dados e endereços de acordo com o meio que pode ser formado por linhas telefônicas (PPP, SLIP), placas e cabos de rede, links de satélite, etc. Protocolos de camada inter-rede Identificam as máquinas e pacotes de dados através de endereços IPs de origem e destino, formados por códigos distintos. Qualquer máquina deve ter um endereço exclusivo, podendo ser temporário ou permanente. Exemplo: Introdução 24

7 Arquitetura TCP/IP Protocolos de transporte Fazem a transferência dos dados em pacotes A transferência pode ser confiável (TCP) ou nãoconfiável (UDP). Transferências não confiáveis são mais rápidas sendo usadas geralmente para transmitir áudio e vídeo Protocolos de aplicação Lidam com a comunicação entre aplicações rodando em maquinas distintas Oferecem serviços como acesso remoto (Telnet), (POP, SMTP), transferência de arquivos (FTP), serviço de nomes (DNS), serviço Web (HTTP), etc. Arquitetura TCP/IP Arquitetura OSI Aplicação Apresentação Sessão Transporte Rede Enlace Físico Arquitetura TCP/IP Aplicação Transporte Inter-rede Rede Introdução 25 Introdução 26 Serviço de Nomes de Domínio Serviço Web O Serviço de Nomes de Domínio ou DNS (Domain Name Service) faz a correspondência entre os nomes e os números IPs e vice versa É um serviço oferecido por várias maquinas espalhadas pela Internet que guardam tabelas de correspondência Caso o DNS falhe, ao digitarmos um nome no navegador este não conseguirá o IP correspondente e portanto não localizara a máquina, mesmo que ela esteja on-line WWW (World Wide Web) ou simplesmente Web, é o nome do serviço mais popular da Internet Baseado no protocolo HTTP (HyperText Transfer Protocol) esse serviço constitui uma rede de documentos em formato HTML interligados entre si e espalhados por servidores em todo o mundo Introdução 27 Introdução 28

8 Serviço Web Histórico da Web Evolução do projeto Mesh implantado no laboratório CERN na Genebra em 1991, criado para exibir documentos científicos de forma simples e fácil de acessar A chave do sucesso foi a organização das informações através de hipertextos 1993, surge no NCSA o Mosaic primeiro navegador gráfico para a Web Atualmente os navegadores não são apenas clientes Web, mas clientes de diversos outros serviços da Internet ( , ftp, etc.), embora o acesso seja por HTTP Introdução 29 Serviço Web Conceitos Hipertexto Documento estruturado de maneira não linear, onde algumas partes podem encaminhar o leitor para outras seções do mesmo documento ou para outro documento Baseia-se nos conceitos de nós, âncoras e vínculos, onde: Nó é uma unidade de conteúdo do documento: uma página, um parágrafo, etc. Vínculo (link) é a ligação entre dois nós, podendo ser uni ou bidirecional Âncora é um ponto do documento onde inicia-se ou termina um vínculo Hipermídia Hipertexto + multimídia, documento contém, além de textos, imagens, sons, gráficos, vídeos, e outras mídias, usando ligações de hipertextos Introdução 30 Serviço Web Exemplo de hipertexto Serviço Web Conceitos HTML Linguagem de marcação utilizada para implementar os hiperdocumentos Web Site Conjunto de informações e serviços computacionais com um propósito específico, localizado em um ponto (site) específico da Internet Página Unidade com informações num Web Site. Um Web Site é estruturado em páginas. Home Page Página de entrada ou inicial de um Web Site Navegar Interagir com as páginas de um hipertexto através dos vínculos Introdução 31 Introdução 32

9 Serviço Web Estrutura de um Web Site Serviço Web Servidor HTTP Os Servidores HTTP ou Web têm como função principal administrar um sistema de arquivos e diretórios virtual e atender à requisições de clientes HTTP (navegadores) que enviam comandos solicitando arquivos localizados nesses diretórios Esse sistema virtual pode ter uma hierarquia própria, diferente do sistema de arquivos real da máquina que está vinculado, sempre usando a sintaxe do sistema Unix (/) Exemplo: Servidor configurado para administrar a partir de c:\documents and Settings\Web\ Introdução 33 Sistema Real C:\ C:\Windows C:\Documents and Settings C:\Documents and Settings\Web C:\Documents and Settings\Web\Imagens Sistema Virtual inacessível inacessível inacessível / (raiz) /Imagens Introdução 34 Serviço Web Transação cliente/servidor na Web URI (Uniform Resource Identifier) Sintaxe de endereçamento utilizada para localizar qualquer recurso na Web. Constituída de 3 partes: O protocolo que define como transferir o recurso (geralmente HTTP) O nome da máquina ou endereço IP (com opcionalmente a porta se não for a padrão), precedido por //, definindo onde o serviço remoto é oferecido Nome do recurso com o caminho virtual que define onde encontrá-lo na máquina remota Sintaxe: protocolo://maquina:porta/caminho/recurso URL (Uniform Resource Locator) é um tipo particular de URI Introdução 35 Introdução 36

10 URI (Uniform Resource Identifier) Tipos MIME Exemplos: Acesso à página padrão disponível no diretório raiz do servidor Web da máquina Acesso ao servidor HTTP de maquina.com que exige usuário e senha para visualizar o arquivo lista.txt Acesso à página padrão disponível no diretório alunos do servidor Web que roda na porta 8081 da máquina Acesso à seção identificada como R da página lista.html disponível no subdiretório virtual professores do servidor Web localizado em URL (Uniform Resource Locator) é um tipo particular de URI MIME (Multipart Internet Mail Extensions) é uma sintaxe universal para identificar tipos de dados enviados pelo servidor e recebidos no cliente, usada originalmente para permitir enviar anexos por Tanto o servidor Web quanto os navegadores contém tabelas que relacionam os tipos de dados na sintaxe MINE com a extensão dos arquivos por ele gerenciados Antes de enviar o conjunto de dados ao navegador um cabeçalho é enviado informando o tipo MINE e o número de bytes Sintaxe: tipo/subtipo onde : Tipo pode ser imagem, texto, audio, vídeo, aplicações, etc. Subtipo indica o formato podendo ser jpeg, gif, html, plain, java, etc. Exemplos: image/jpeg.jpe,.jpg,.jpeg text/html.html,.htm,.jsp,.asp,.shtml text/plain.txt Introdução 37 Introdução 38 Serviço de Transferência de Arquivos Serviço de Correio Eletrônico FTP (File transfer Protocol) protocolo de comunicação usado para operações de transferência de arquivos Navegadores permitem usar o protocolo FTP diretamente Clientes FTP: CuteFTP, WSFTP URI para FTP Acesso a servidor FTP que exige usuário e senha para fazer download de arquivo.txt SMTP (Simple Mail Transport Protocol) protocolo utilizado para envio de correio eletronico POP (Post Office Protocol) protocolo usado no recebimento de correio eletrônico Estrutura: Nome/apelido Empresa ou organização Tipo de instituição País URI para Acesso à janela de envio de do cliente de correio eletrônico local. Introdução 39 Introdução 40

11 Sistemas Web Sistemas Web - Tecnologias Sistemas computacionais implementados na plataforma Web Do ponto de vista do usuário é o sistema é apenas o Web Site, porém vimos que há um conjunto de software e hardware necessários para o funcionamento de um Web Site O que pode ser feito? Interação com usuário Coletar dados de um formulário Gerar páginas dinâmicas Interação com BD Páginas baseadas em BD com aplicações rodando no servidor Construção de relatórios Templates (modelos) HTML Envio de Etc. Introdução 41 Introdução 42 Sistemas Web Tecnologias do lado Cliente Sistemas Web Tecnologias do lado Servidor Navegadores Plugins e Helpers Ativados quando o navegador não pode exibir determinados tipos de conteúdo Helpers são aplicações auxiliares independentes que são ativadas pelo navegador para exibir um conteúdo Plugins são incorporados ao navegador Navegadores de última geração possuem plug-ins para as principais mídias Scripts JavaScript, VBScript Programas compilados Applets, ActiveX DHTML Introdução 43 Sistema operacional Unix (Aix, Solaris, Linux), Windows Servidor HTTP Apache, Internet Information Server (IIS) Scripting ASP, Perl, Phyton, PHP, JSP, Cold Fusion Java Servlets Banco de dados Oracle, SQLServer, MySQL Introdução 44

12 Sistemas Web Tecnologias para Programação Sistemas Web Tecnologias de Apresentação HTML HyperText Markup Language Linguagem de marcação pública, utilizada para implementar os hiperdocumentos As marcações (tags) ou comandos HTML são inseridas em arquivos de textos simples entre os símbolos < e > para propósitos específicos. Exemplo: <h1> Cabeçalho </h1> <p> Este é o <b>primeiro</> parágrafo.</p> Existem marcações para Definição de vínculos Formatação de textos Criar Formulários Inclusão de imagens, sons, vídeos, etc. O texto com as tags só apresenta o efeito desejado quando interpretado e executado em navegadores, caso contrário são exibidas as marcações Introdução 45 Introdução 46 Sistemas Web Tecnologias de Apresentação Sistemas Web Tecnologias de Apresentação HTML HyperText Markup Language Desenvolvida originalmente para que qualquer tipo de dispositivo pudesse acessar informações da Web 1995, HTML 2 continha apenas tags para estruturar o conteúdo de uma página 1997, HTML 3.2 introduziu recursos de apresentação gráfica Atualmente na versão 4, estendendo o HTML 3.2 com Recursos de acessibilidade à pessoas com deficiências Suporte a convenções internacionais (outros alfabetos) Separação da estrutura e apresentação Recursos interativos do lado do cliente Otimização em tabelas e formulários Introdução 47 CSS - Cascading Style Sheets Linguagem declarativa usada para a definição do estilo e aparência de uma página ou Web Site Permite a criação de folhas de estilos que vinculadas à páginas HTML permitem mudar suas aparências Possibilita uma maior versatilidade na aparência das páginas Permite ao designer maior controle sobre atributos de uma página como tamanho e cor das fontes, espaçamento entre linhas e caracteres, margem do texto, caixas de texto, botôes de formulários, etc. Enquanto HTML preocupa-se com a estrutura CSS lida com a aparência de uma página Introdução 48

13 Sistemas Web Tecnologias de Apresentação Sistemas Web Tecnologias de Apresentação XML - extensible Markup Language Meta-linguagem que define uma sintaxe que pode ser usada para criar novas linguagens semelhantes a HTML Para o navegador entender a linguagem criada é necessário definir uma gramática para ela, armazenada em um documento chamado DTD (Document Type Definition) Não é substituto do HTML HTML preocupa-se com a exibição dos dados XML preocupa-se coma descrição dos dados XSL extensible Style Language Linguagem usada para definir aparência das tags em um navegador XML XHTML - Extensible HyperText Markup Language Linguagem que usa tags conhecidas do HTML com as regras do XML Pode ser visto como uma versão mais formal do HTML tendo como objetivo a exibição de páginas Web em diversos dispositivos (televisão, palm, celular, etc) Foco em acessibilidade Propicia: Compatibilidade Consistência Fácil manutenção Melhor desempenho Portabilidade Introdução 49 Introdução 50 Sistemas Web Tecnologias de Apresentação Sistemas Web Tecnologias de Apresentação DHTML -DynamicHTML Não é uma nova HTML com animação Pode ser descrito como uma combinação entre HTML, folhas de estilo, scripts e DOM (Document Object Model) Permite documentos irem além da aparência e comportamento estático, podendo conter elementos modificados durante a leitura Possibilita que todos os elementos possam ser manipulados pela linguagem script São executadas do lado do cliente Permite: Animação Formatação Posicionamento Interação VRML Virtual Reality Markuo Language É uma linguagem de descrição de imagens que descreve ambientes 3D na Internet Ao acessar uma URL contendo um VRML, um arquivo é interpretado pelo navegador com o auxílio de um plugin VRML guarda informações incluindo links para outras partes do conteúdo Web, sendo representado em um mundo em 3D interativo Introdução 51 Introdução 52

14 Sistemas Web Ferramentas para Design de Interface Design Editores de texto: Notepad, WordPad Editores de código HTML: Hot Dog, Allaire HomeSite Editores Gráficos (WYSIWYG): Macromedia DreamWeaver, Microsoft Frontpage, Adobe GoLive Imagens Adobe Photoshop, Macromedia Freehand, Jasc Paint Shop Pro Texto MS Word, BrOffice, Notepad Animações Macromedia Flash Introdução 53

Tecnologias para Web Design

Tecnologias para Web Design Tecnologias para Web Design Introdução Conceitos básicos World Wide Web (Web) Ampla rede mundial de recursos de informação e serviços Aplicação do modelo de hipertexto na Web Site Um conjunto de informações

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web

Desenvolvimento de Aplicações Web Desenvolvimento de Aplicações Web André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Método de Avaliação Serão realizadas duas provas teóricas e dois trabalhos práticos. MF = 0,1*E + 0,2*P 1 + 0,2*T 1 + 0,2*P

Leia mais

WWW - World Wide Web

WWW - World Wide Web WWW World Wide Web WWW Cap. 9.1 WWW - World Wide Web Idéia básica do WWW: Estratégia de acesso a uma teia (WEB) de documentos referenciados (linked) em computadores na Internet (ou Rede TCP/IP privada)

Leia mais

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Internet

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Internet André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Internet Noções de Internet: O que é Internet; História da Internet; Recursos da Internet; Serviços não-web.

Leia mais

Internet. A Grande Rede Mundial. Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha

Internet. A Grande Rede Mundial. Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha Internet A Grande Rede Mundial Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha O que é a Internet? InterNet International Network A Internet é uma rede mundial de

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web. Ferramentas e Tecnologias de Desenvolvimento Web. Profª MSc. Elizabete Munzlinger www.elizabete.com.

Introdução à Tecnologia Web. Ferramentas e Tecnologias de Desenvolvimento Web. Profª MSc. Elizabete Munzlinger www.elizabete.com. IntroduçãoàTecnologiaWeb FerramentaseTecnologiasde DesenvolvimentoWeb ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger www.elizabete.com.br ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger www.elizabete.com.br FerramentaseTecnologiasde DesenvolvimentoWeb

Leia mais

Internet. O que é a Internet?

Internet. O que é a Internet? O que é a Internet? É uma rede de redes de computadores, em escala mundial, que permite aos seus utilizadores partilharem e trocarem informação. A Internet surgiu em 1969 como uma rede de computadores

Leia mais

Programação WEB Introdução

Programação WEB Introdução Programação WEB Introdução Rafael Vieira Coelho IFRS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Farroupilha rafael.coelho@farroupilha.ifrs.edu.br Roteiro 1) Conceitos

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 23 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 23-07/12/2007 1 Histórico da Internet Início dos anos 60 Um professor do MIT (J.C.R. Licklider) propõe a idéia de uma Rede

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 INTRODUÇÃO Parte 1 O que é a Internet? A Internet é uma rede mundial de computadores, englobando redes menores distribuídas por vários países, estados e cidades. Ao contrário do que muitos pensam,

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS INTERNET PROTOCOLOS 1 INTERNET Rede mundial de computadores. Também conhecida por Nuvem ou Teia. Uma rede que permite a comunicação de redes distintas entre os computadores conectados. Rede WAN Sistema

Leia mais

UM NOVO CONCEITO EM AUTOMAÇÃO. Série Ponto

UM NOVO CONCEITO EM AUTOMAÇÃO. Série Ponto UM NOVO CONCEITO EM AUTOMAÇÃO Série Ponto POR QUE NOVO CONCEITO? O que é um WEBPLC? Um CP na WEB Por que usar INTERNET? Controle do processo de qualquer lugar WEBGATE = conexão INTERNET/ALNETII WEBPLC

Leia mais

Introdução. Ciência da Computação DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA WEB. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com

Introdução. Ciência da Computação DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA WEB. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Ciência da Computação DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA WEB Introdução Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com INTERNET Criada a ARPANET em 1970 com a finalidade de conectar departamentos

Leia mais

Guia de Consulta Rápida HTTP. Décio Jr. Novatec Editora. www.novateceditora.com.br

Guia de Consulta Rápida HTTP. Décio Jr. Novatec Editora. www.novateceditora.com.br Guia de Consulta Rápida HTTP Décio Jr. Novatec Editora www.novateceditora.com.br Guia de Consulta Rápida HTTP de Décio Jr. Copyright 2001 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados. É proibida

Leia mais

PRnet/2013. Linguagem de Programação Web

PRnet/2013. Linguagem de Programação Web Linguagem de Programação Web Linguagem de Programação Web Prnet/2013 Linguagem de Programação Web» Programas navegadores» Tipos de URL» Protocolos: HTTP, TCP/IP» Hipertextos (páginas WEB)» HTML, XHTML»

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II INTERNET Protocolos de Aplicação Intranet Prof: Ricardo Luís R. Peres As aplicações na arquitetura Internet, são implementadas de forma independente, ou seja, não existe um padrão

Leia mais

Introdução a WEB. Contato: Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/

Introdução a WEB. Contato: <lara.popov@ifsc.edu.br> Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/ Introdução a WEB Contato: Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/ 1 Introdução Histórico da Internet Cliente e Servidor Introdução aos protocolos da Internet Objetivos

Leia mais

Aula 01: Apresentação da Disciplina e Introdução a Conceitos Relacionados a Internet e WEB

Aula 01: Apresentação da Disciplina e Introdução a Conceitos Relacionados a Internet e WEB Aula 01: Apresentação da Disciplina e Introdução a Conceitos Relacionados a Internet e WEB Regilan Meira Silva Professor de Informática do Campus Ilhéus Formação em Ciência da Computação com Especialização

Leia mais

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web;

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; CONCEITOS INICIAIS Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; O que é necessário para se criar páginas para a Web; Navegadores; O que é site, Host, Provedor e Servidor Web; Protocolos.

Leia mais

Programação para a Web - I. José Humberto da Silva Soares

Programação para a Web - I. José Humberto da Silva Soares Programação para a Web - I José Humberto da Silva Soares Fundamentos de Internet Rede Mundial de Computadores; Fornece serviços, arquivos e informações; Os computadores que têm os recursos são chamados

Leia mais

GLOSSÁRIO. ActiveX Controls. É essencialmente uma interface usada para entrada e saída de dados para uma aplicação.

GLOSSÁRIO. ActiveX Controls. É essencialmente uma interface usada para entrada e saída de dados para uma aplicação. GLOSSÁRIO Este glossário contém termos e siglas utilizados para Internet. Este material foi compilado de trabalhos publicados por Plewe (1998), Enzer (2000) e outros manuais e referências localizadas na

Leia mais

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação Thiago Miranda Email: mirandathiago@gmail.com Site: www.thiagomiranda.net Objetivos da Disciplina Conhecer os limites de atuação profissional em Web

Leia mais

SURGIMENTOE CRESCIMENTO

SURGIMENTOE CRESCIMENTO INTERNET Wagner de Oliveira SURGIMENTOE CRESCIMENTO Grande teia que integra máquinas/redes de todosostiposetamanhos; Interliga redes distintas ligadas por roteadores através doprotocolotcp/ippara compartilhar

Leia mais

INTERNET. Surgimento da Internet. Cenário antes do Projeto Arpanet. Aula 04 Prof. André Cardia andre@andrecardia.pro.br. Surgimento da ARPANET

INTERNET. Surgimento da Internet. Cenário antes do Projeto Arpanet. Aula 04 Prof. André Cardia andre@andrecardia.pro.br. Surgimento da ARPANET INTERNET Aula 04 Prof. André Cardia andre@andrecardia.pro.br Surgimento da Internet Projeto militar dos Estados Unidos, em 1969 o departamento de defesa norte americano (DoD), por meio da ARPA (Advanced

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES O QUE É PROTOCOLO? Na comunicação de dados e na interligação em rede, protocolo é um padrão que especifica o formato de dados e as regras a serem seguidas. Sem protocolos, uma rede

Leia mais

Informática I. Aula 22. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 22-03/07/06 1

Informática I. Aula 22. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 22-03/07/06 1 Informática I Aula 22 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 22-03/07/06 1 Critério de Correção do Trabalho 1 Organização: 2,0 O trabalho está bem organizado e tem uma coerência lógica. Termos

Leia mais

TECNOLOGIA WEB. Principais Protocolos na Internet Aula 2. Profa. Rosemary Melo

TECNOLOGIA WEB. Principais Protocolos na Internet Aula 2. Profa. Rosemary Melo TECNOLOGIA WEB Principais Protocolos na Internet Aula 2 Profa. Rosemary Melo Tópicos abordados Compreender os conceitos básicos de protocolo. Definir as funcionalidades dos principais protocolos de Internet.

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA conceito inicial Amplo sistema de comunicação Conecta muitas redes de computadores Apresenta-se de várias formas Provê

Leia mais

TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo

TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo Tópicos abordados Surgimento da internet Expansão x Popularização da internet A World Wide Web e a Internet Funcionamento e personagens da

Leia mais

www.leitejunior.com.br 17/03/2011 15:04 Leite Júnior QUESTÕES FCC 2010 REDES (INTERNET/INTRANET)

www.leitejunior.com.br 17/03/2011 15:04 Leite Júnior QUESTÕES FCC 2010 REDES (INTERNET/INTRANET) QUESTÕES FCC 2010 REDES (INTERNET/INTRANET) CONCURSO: TRE AMAZONAS DATA: 31/01/2010 QUESTÃO 01 - O transporte de páginas Web entre um servidor e um cliente da Internet é realizado pelo protocolo (A) TCP.

Leia mais

milenaresende@fimes.edu.br

milenaresende@fimes.edu.br Fundação Integrada Municipal de Ensino Superior Sistemas de Informação A Internet, Intranets e Extranets milenaresende@fimes.edu.br Uso e funcionamento da Internet Os dados da pesquisa de TIC reforçam

Leia mais

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET Prof. Marcondes Ribeiro Lima Fundamentos de Internet O que é internet? Nome dado a rede mundial de computadores, na verdade a reunião de milhares de redes conectadas

Leia mais

efagundes com Como funciona a Internet

efagundes com Como funciona a Internet Como funciona a Internet Eduardo Mayer Fagundes 1 Introdução à Internet A Internet é uma rede de computadores mundial que adota um padrão aberto de comunicação, com acesso ilimitado de pessoas, empresas

Leia mais

Conceitos Web. Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) Notas de Aula Aula 13 1º Semestre - 2011. UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação

Conceitos Web. Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) Notas de Aula Aula 13 1º Semestre - 2011. UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) Conceitos Web Notas de Aula Aula 13 1º Semestre - 2011 Tecnologias Web jgw@unijui.edu.br Conceitos Básicos Sistema

Leia mais

// Questões para estudo

// Questões para estudo // Questões para estudo 2 // Ferramentas Básicas de Internet e Web 2.0 1. Sobre a internet, marque a opção correta: A) A internet poder ser definida como uma rede mundial, composta por mihões e milhões

Leia mais

Implementar servidores de Web/FTP e DFS. Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.

Implementar servidores de Web/FTP e DFS. Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc. Implementar servidores de Web/FTP e DFS Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.br Conteúdo programático Introdução ao protocolo HTTP Serviço web

Leia mais

CAPÍTULO 2. Entendendo a Internet

CAPÍTULO 2. Entendendo a Internet CAPÍTULO 2 Entendendo a Internet 2.1 O que é a Internet Internet é a rede mundial pública de computadores interligados, por meio da qual se transmite informações e dados para outros computadores conectados

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS. Aula 09

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS. Aula 09 FACULDADE CAMÕES PORTARIA 4.059 PROGRAMA DE ADAPTAÇÃO DE DISCIPLINAS AO AMBIENTE ON-LINE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL DOCENTE: ANTONIO SIEMSEN MUNHOZ, MSC. ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: FEVEREIRO DE 2007. Internet,

Leia mais

World Wide Web e Aplicações

World Wide Web e Aplicações World Wide Web e Aplicações Módulo H O que é a WWW Permite a criação, manipulação e recuperação de informações Padrão de fato para navegação, publicação de informações e execução de transações na Internet

Leia mais

09/05/2012. O Professor Plano de Disciplina (Competências, Conteúdo, Ferramentas Didáticas, Avaliação e Bibliografia) Frequência Nota Avaliativa Site:

09/05/2012. O Professor Plano de Disciplina (Competências, Conteúdo, Ferramentas Didáticas, Avaliação e Bibliografia) Frequência Nota Avaliativa Site: O Professor Plano de Disciplina (Competências, Conteúdo, Ferramentas Didáticas, Avaliação e Bibliografia) Frequência Nota Avaliativa Site: https://sites.google.com/site/professorcristianovieira Esta frase

Leia mais

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br Desenvolvimento Web Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas http://www.saymonyury.com.br Vantagens Informação em qualquer hora e lugar; Rápidos resultados; Portabilidade absoluta; Manutenção facilitada

Leia mais

História e Evolução da Web. Aécio Costa

História e Evolução da Web. Aécio Costa Aécio Costa A História da Web O que estamos estudando? Período em anos que a tecnologia demorou para atingir 50 milhões de usuários 3 As dez tecnologias mais promissoras 4 A evolução da Web Web 1.0- Passado

Leia mais

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET Objectivos História da Internet Definição de Internet Definição dos protocolos de comunicação Entender o que é o ISP (Internet Service Providers) Enumerar os equipamentos

Leia mais

Bulletin Border System

Bulletin Border System BBS Bulletin Border System Redes locais que funcionam em sistema operacional DOS Rede local, conectáveis via modem/linha telefônica Exemplo: www.acad acad.dynip.com Internet Os novos paradigmas da comunicação:

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br

REDES DE COMPUTADORES Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br - Aula 2 - MODELO DE REFERÊNCIA TCP (RM TCP) 1. INTRODUÇÃO O modelo de referência TCP, foi muito usado pela rede ARPANET, e atualmente usado pela sua sucessora, a Internet Mundial. A ARPANET é de grande

Leia mais

TECNOLOGIAS WEB AULA 2 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD

TECNOLOGIAS WEB AULA 2 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD TECNOLOGIAS WEB AULA 2 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD Objetivos: Definir as funcionalidades dos principais protocolos de Internet. Compreender os conceitos básicos de protocolo. Conhecer mais a respeito

Leia mais

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS Aulas : Terças e Quintas Horário: AB Noite [18:30 20:20hs] PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS 1 Conteúdo O que Rede? Conceito; Como Surgiu? Objetivo; Evolução Tipos de

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES 09/2013 Cap.3 Protocolo TCP e a Camada de Transporte 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a leitura da bibliografia básica. Os professores

Leia mais

Capítulo 8 - Aplicações em Redes

Capítulo 8 - Aplicações em Redes Capítulo 8 - Aplicações em Redes Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 31 Roteiro Sistemas Operacionais em Rede Modelo Cliente-Servidor Modelo P2P (Peer-To-Peer) Aplicações e Protocolos

Leia mais

Projeto de sistemas O novo projeto do Mercado Internet

Projeto de sistemas O novo projeto do Mercado Internet Projeto de sistemas O novo projeto do Mercado Internet Mercados em potencial de serviços Serviços da Web ftp,http,email,news,icq! Mercados em potencial de serviços FTP IRC Telnet E-mail WWW Videoconferência

Leia mais

Rede de Computadores. Arquitetura Cliente-Servidor

Rede de Computadores. Arquitetura Cliente-Servidor Rede de Computadores Arquitetura ClienteServidor Coleção de dispositivos de computação interconectados que permitem a um grupo de pessoas compartilhar informações e recursos É a conexão de dois ou mais

Leia mais

Prof. Luís Rodolfo. Unidade II REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÃO

Prof. Luís Rodolfo. Unidade II REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÃO Prof. Luís Rodolfo Unidade II REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÃO Redes de computadores e telecomunicação Objetivos da Unidade II Estudar, em detalhes, as camadas: Aplicação Apresentação Sessão Redes

Leia mais

Tecnologias Web. Lista de Exercícios AV02. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com

Tecnologias Web. Lista de Exercícios AV02. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 Um analista de sistemas deseja enviar para seu cliente um arquivo de 300 Mb referente a uma atualização do software. Para transferir esse

Leia mais

Aula 1 Cleverton Hentz

Aula 1 Cleverton Hentz Aula 1 Cleverton Hentz Sumário da Aula Introdução História da Internet Protocolos Hypertext Transfer Protocol 2 A Internet é um conjunto de redes de alcance mundial: Comunicação é transparente para o usuário;

Leia mais

Sistemas Distribuídos. Professora: Ana Paula Couto DCC 064

Sistemas Distribuídos. Professora: Ana Paula Couto DCC 064 Sistemas Distribuídos Professora: Ana Paula Couto DCC 064 Sistemas Distribuídos Basedos na Web Capítulo 12 Agenda Arquitetura Processos Comunicação Nomeação Sincronização Consistência e Replicação Introdução

Leia mais

Programação e Designer para WEB

Programação e Designer para WEB Programação e Designer para WEB Introdução Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Ementa Introdução a hipertexto. A linguagem HTML.

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA FUNDAMENTOS DE REDES REDES DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Material elaborado com base nas apresentações

Leia mais

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO PROTOCOLOS DA INTERNET FAMÍLIA TCP/IP INTRODUÇÃO É muito comum confundir o TCP/IP como um único protocolo, uma vez que, TCP e IP são dois protocolos distintos, ao mesmo tempo que, também os mais importantes

Leia mais

GFM015 Introdução à Computação. Uso de Aplicativos. Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/ic UFU/FACOM

GFM015 Introdução à Computação. Uso de Aplicativos. Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/ic UFU/FACOM GFM015 Introdução à Computação Uso de Aplicativos Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/ic UFU/FACOM Programa 1. Noções básicas sobre os componentes de micro computadores

Leia mais

Introdução à Internet

Introdução à Internet Tecnologias de Informação e Comunicação Introdução Internet? Introdução 11-03-2007 TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 2 Internet Introdução É uma rede global de computadores interligados que comunicam

Leia mais

24-05-2011. Web. Técnico de Organização de Eventos Módulo III Criação de Páginas Web. Técnico de Organização de Eventos

24-05-2011. Web. Técnico de Organização de Eventos Módulo III Criação de Páginas Web. Técnico de Organização de Eventos Sumário Tecnologias de Informação e Comunicação Introdução ao módulo III. Importância das Páginas Web. Conceitos básicos. Bases de funcionamento de um sistema WWW. Técnicas de implantação e regras básicas

Leia mais

11/06/2015. Professor Gedalias Valentim. Informática para Concursos de Enfermagem. Internet. Módulo 1 - Internet

11/06/2015. Professor Gedalias Valentim. Informática para Concursos de Enfermagem. Internet. Módulo 1 - Internet Professor Gedalias Valentim Informática para Concursos de Enfermagem Internet Módulo 1 - Internet 1 Conceitos Básico Internet é uma Rede de Computadores, que opera no Modelo Cliente/Servidor e interliga

Leia mais

APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET

APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET DEFINIÇÕES BÁSICAS A Internet é um conjunto de redes de computadores interligados pelo mundo inteiro, ue têm em comum um conjunto de protocolos e serviços. O ue permite a

Leia mais

www.f2b.com.br 18/04/2006 Micropagamento F2b Web Services Web rev 00

www.f2b.com.br 18/04/2006 Micropagamento F2b Web Services Web rev 00 www.f2b.com.br 18/04/2006 Micropagamento F2b Web Services Web rev 00 Controle de Revisões Micropagamento F2b Web Services/Web 18/04/2006 Revisão Data Descrição 00 17/04/2006 Emissão inicial. www.f2b.com.br

Leia mais

Arquitetura e Protocolos de Rede TCP/IP. Modelo Arquitetural

Arquitetura e Protocolos de Rede TCP/IP. Modelo Arquitetural Arquitetura e Protocolos de Rede TCP/IP Modelo Arquitetural Agenda Motivação Objetivos Histórico Família de protocolos TCP/IP Modelo de Interconexão Arquitetura em camadas Arquitetura TCP/IP Encapsulamento

Leia mais

Web Design Aula 01: Conceitos Básicos

Web Design Aula 01: Conceitos Básicos Web Design Aula 01: Conceitos Básicos Professora: Priscilla Suene priscilla.silverio@ifrn.edu.br Motivação Motivação Motivação Motivação Roteiro Introdução Papéis e Responsabilidades Construindo um site

Leia mais

Informática Internet Internet

Informática Internet Internet Informática Internet Internet A Internet é uma rede mundial de computadores de acesso de público ilimitado. Na prática, pode-se dizer que ela é composta por um conjunto de muitas redes interconectadas.

Leia mais

Apostila de Internet Alan Cleber Borim -

Apostila de Internet Alan Cleber Borim - Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br http://www.pcs.usp.br/~alan Índice Internet e Conectividade 3 Provedores 4 Backbones 4 Browsers 5 Internet Explorer 5 Netscape 5 Outras tecnologias encontradas

Leia mais

Informática para Banca IADES. Módulos do Cursos. Teoria, Exercícios e Dicas de Estudo

Informática para Banca IADES. Módulos do Cursos. Teoria, Exercícios e Dicas de Estudo Professor Gedalias Valentim Informática para Banca IADES Internet Módulos do Cursos Teoria, Exercícios e Dicas de Estudo Módulo 1 Internet Módulo 2 Segurança da Informação Módulo 3 Backup Módulo 4 Conceitos

Leia mais

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns.

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Internet Internet ou Net É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Como Comunicam os computadores Os computadores comunicam entre si utilizando uma linguagem

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Prof. BRUNO GUILHEN Vídeo Aula VESTCON MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. A CONEXÃO USUÁRIO PROVEDOR EMPRESA DE TELECOM On-Line A conexão pode ser

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Internet Internet Internet é o conglomerado de redes, em escala mundial de milhões de computadores interligados, que permite o acesso a informações e todo

Leia mais

Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Redes de Computadores Prof. Sergio Estrela Martins

Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Redes de Computadores Prof. Sergio Estrela Martins Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Redes de Computadores Prof. Sergio Estrela Martins Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a leitura

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br Prof. BRUNO GUILHEN MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. O processo de Navegação na Internet A CONEXÃO USUÁRIO

Leia mais

Programação e Designer para WEB

Programação e Designer para WEB Programação e Designer para WEB Introdução Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Ementa I t d ã hi t t Introdução a hipertexto. A

Leia mais

Web. Web. Web. Web. Unidade 4. Conceitos básicosb. Publicação. Web: Frontpage Programa de animação gráfica. Programa de edição

Web. Web. Web. Web. Unidade 4. Conceitos básicosb. Publicação. Web: Frontpage Programa de animação gráfica. Programa de edição Criação de páginas p Unidade 4 UNIDADE 4: Criação de Páginas P Conceitos básicosb Técnicas de implantação de páginas p Criação de páginas p Programa de edição : Frontpage Programa de animação gráfica :

Leia mais

Conceito de Internet. Internet

Conceito de Internet. Internet Conceito de Internet Para entendermos o conceito do que vem a ser a Internet, a Rede Mundial de Computadores, devemos regressar às décadas de 60/70 para saber como ela se tornou um dos meios de comunicação

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 03 Telecomunicações Sistemas de Telecomunicações 1 Sistemas de Telecomunicações Consiste de Hardware e Software transmitindo informação (texto,

Leia mais

INTERNET CONCEITOS. Internet é a "grande rede mundial de computadores"

INTERNET CONCEITOS. Internet é a grande rede mundial de computadores INTERNET CONCEITOS O que é Internet Estamos acostumados a ouvir que Internet é a "grande rede mundial de computadores" Entretanto, essa definição não é muito simplista. Na realidade, Ela é uma coleção

Leia mais

Documento de Requisitos de Rede (DRP)

Documento de Requisitos de Rede (DRP) Documento de Requisitos de Rede (DRP) Versão 1.2 SysTrack - Grupo 1 1 Histórico de revisões do modelo Versão Data Autor Descrição 1.0 30/04/2011 João Ricardo Versão inicial 1.1 1/05/2011 André Ricardo

Leia mais

10/07/2013. Camadas. Principais Aplicações da Internet. Camada de Aplicação. World Wide Web. World Wide Web NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO

10/07/2013. Camadas. Principais Aplicações da Internet. Camada de Aplicação. World Wide Web. World Wide Web NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO 2 Camadas NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Estatística e Informática Aplicação Transporte

Leia mais

11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; )

11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; ) 11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; ) Algumas Regras Gerais de Uso do Computador I. Sempre feche todas as aplicações abertas

Leia mais

INTERNET. INTERNET http://www.jofilho.pro.br 1/40

INTERNET. INTERNET http://www.jofilho.pro.br 1/40 INTERNET INTERNET http://www.jofilho.pro.br 1/40 OBJETIVOS Apresentar definições e aspectos envolvidos Diferenciar por abrangência Apresentar tecnologias de segurança Apresentar usos e métodos de busca

Leia mais

Prof. Manuel A Rendón M

Prof. Manuel A Rendón M Prof. Manuel A Rendón M Kurose Redes de Computadores e a Internet Uma Abordagem Top-Down 5ª. Edição Pearson Cap.: 1 até 1.2.2 2.1.2 2.1.4 Como funciona uma rede? Existem princípios de orientação e estrutura?

Leia mais

Camada de Aplicação. DNS Domain Name System. Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz

Camada de Aplicação. DNS Domain Name System. Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz Camada de Aplicação Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz Camada de Aplicação A camada de aplicação fornece os serviços "reais" de rede para os usuários. Os níveis abaixo da aplicação fornecem

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação 1 Introdução à Camada de Transporte Camada de Transporte: transporta e regula o fluxo de informações da origem até o destino, de forma confiável.

Leia mais

INTERNET. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1

INTERNET. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1 INTERNET Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br http://www.inf.ufsm.br/~leandromc Colégio Politécnico 1 Internet Origem: Guerra Fria DARPA (Departamento de Defesa de Pesquisas Avançadas)

Leia mais

Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites

Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites Prof.: Salustiano Rodrigues de Oliveira Email: saluorodrigues@gmail.com Site: www.profsalu.wordpress.com Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites

Leia mais

Sérgio Cabrera Professor Informática 1

Sérgio Cabrera Professor Informática 1 1. A tecnologia que utiliza uma rede pública, como a Internet, em substituição às linhas privadas para implementar redes corporativas é denominada. (A) VPN. (B) LAN. (C) 1OBaseT. (D) 1OBase2. (E) 100BaseT.

Leia mais

AULA 01 INTRODUÇÃO. Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação

AULA 01 INTRODUÇÃO. Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação AULA 01 INTRODUÇÃO Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação CONCEITO Dois ou mais computadores conectados entre si permitindo troca de informações, compartilhamento de

Leia mais

Professor: Gládston Duarte

Professor: Gládston Duarte Professor: Gládston Duarte INFRAESTRUTURA FÍSICA DE REDES DE COMPUTADORES Computador Instalação e configuração de Sistemas Operacionais Windows e Linux Arquiteturas físicas e lógicas de redes de computadores

Leia mais

Módulo 11 A Web e seus aplicativos

Módulo 11 A Web e seus aplicativos Módulo 11 A Web e seus aplicativos Até a década de 90, a internet era utilizada por acadêmicos, pesquisadores e estudantes universitários para a transferência de arquivos e o envio de correios eletrônicos.

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Internet A Internet é um conjunto de redes de computadores de domínio público interligadas pelo mundo inteiro, que tem

Leia mais

Web Design. Prof. Felippe

Web Design. Prof. Felippe Web Design Prof. Felippe 2015 Sobre a disciplina Fornecer ao aluno subsídios para o projeto e desenvolvimento de interfaces de sistemas Web eficientes, amigáveis e intuitivas. Conceitos fundamentais sobre

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Gestão Aplicada a TIC AULA 06. Prof. Fábio Diniz

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Gestão Aplicada a TIC AULA 06. Prof. Fábio Diniz FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Gestão Aplicada a TIC AULA 06 Prof. Fábio Diniz Na aula anterior ERP Enterprise Resource Planning Objetivos e Benefícios ERP Histórico e Integração dos Sistemas

Leia mais

Informática Básica. Internet Intranet Extranet

Informática Básica. Internet Intranet Extranet Informática Básica Internet Intranet Extranet Para começar... O que é Internet? Como a Internet nasceu? Como funciona a Internet? Serviços da Internet Considerações finais O que é Internet? Ah, essa eu

Leia mais

Sistemas de Informação Gerencial

Sistemas de Informação Gerencial Sistemas de Informação Gerencial Aula 06 Prof.ª Bruna Patrícia da Silva Braga Infraestrutura de TI: Redes de Computadores Redes de Computadores Conjunto de computadores e periféricos ligados entre si através

Leia mais