OTIMIZAÇÃO DE MUNDO MOBILE PERFORMANCE WEB DESAFIOS DO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OTIMIZAÇÃO DE MUNDO MOBILE PERFORMANCE WEB DESAFIOS DO"

Transcrição

1 OTIMIZAÇÃO DE PERFORMANCE WEB DESAFIOS DO MUNDO MOBILE

2

3 sergiolopes.org

4 74% DOS USUÁRIOS FALAM QUE ABANDONAM O SITE MOBILE DEPOIS DE 5s DE ESPERA

5 85% DOS USUÁRIOS ESPERAM QUE UM SITE ABRA NO CELULAR TÃO OU MAIS RÁPIDO QUE NO DESKTOP

6 OTIMIZAÇÕES WEB 101

7 OTIMIZAÇÕES WEB 101 CONCATENAR CSS / JS

8 OTIMIZAÇÕES WEB 101 MINIFICAR CSS / JS CONCATENAR CSS / JS

9 OTIMIZAÇÕES WEB 101 MINIFICAR CSS / JS CONCATENAR CSS / JS CACHE / EXPIRES

10 OTIMIZAÇÕES WEB 101 SPRITES CONCATENAR CSS / JS MINIFICAR CSS / JS CACHE / EXPIRES

11 OTIMIZAÇÕES WEB 101 SPRITES CONCATENAR CSS / JS MINIFICAR CSS / JS JS EMBAIXO CACHE / EXPIRES

12 OTIMIZAÇÕES WEB 101 SPRITES CONCATENAR CSS / JS MINIFICAR CSS / JS JS EMBAIXO CSS NO TOPO CACHE / EXPIRES

13 OTIMIZAÇÕES WEB 101 SPRITES CONCATENAR CSS / JS MINIFICAR CSS / JS JS EMBAIXO CSS NO TOPO CACHE / EXPIRES GZIP

14 OTIMIZAÇÕES WEB 101 SPRITES CONCATENAR CSS / JS MINIFICAR CSS / JS JS EMBAIXO CSS NO TOPO CACHE / EXPIRES GZIP LAZY-LOAD

15 OTIMIZAÇÕES WEB 101 SPRITES CONCATENAR CSS / JS MINIFICAR CSS / JS JS EMBAIXO CSS NO TOPO CACHE / EXPIRES GZIP LAZY-LOAD ASSÍNCRONO

16 #mobileperf

17 GARGALOS MOBILE

18 GARGALOS MOBILE

19 GARGALOS MOBILE

20 GARGALOS MOBILE

21 GARGALOS MOBILE

22 GARGALOS MOBILE

23 REDE

24 largura de banda & latência (RTT)

25 NY SP

26 NY 7648km SP

27 NY 7648km SP 299,792458km/ms

28 NY SP

29 NY SP

30 NY 25,5 ms SP

31 NY SP

32 NY RTT ideal = 51 ms SP

33

34 DNS TCP TLS HTTP lookup handshake handshake request 1 RTT 1 RTT 1-2 RTT > 1 RTT

35 latência de redes móveis

36

37

38

39

40

41 WI-FI WI-FI 3G 3G 2G 2G Mac celular quente frio quente frio SP 12ms 38ms 88ms 212ms 472ms 622ms NY 139ms 300ms

42 Mbps 2 Mbps 3 Mbps 4 Mbps 5 Mbps 6 Mbps 7 Mbps 8 Mpbs 9 Mbps 10 Mbps TEMPO DE CARREGAMENTO DA PÁGINA vs LARGURA DE BANDA

43 ms 220ms 200ms 180ms 160ms 140ms 120ms 100ms 80ms 60ms 40ms 20ms 0ms TEMPO DE CARREGAMENTO DA PÁGINA vs LATÊNCIA (RTT)

44 ATERIA

45 WI-FI - 30 ~200 mw 3G ~ 3500 mw

46 RRC Radio Resource Controller

47 zzz

48 idle 15 mw zzz

49 idle 15 mw zzz!!!!

50 idle 15 mw zzz connected 1000 ~ 3500 mw!!!!

51 RRC DNS TCP TLS HTTP negociação lookup handshake handshake request 200 ~ 2500ms 1 RTT 1 RTT 1-2 RTT > 1 RTT

52 4G - LTE 3.5G - HSPA+ 3G 2G - UMTS, HSPA - EDGE, GPRS

53 4G Mbit/s 3.5G Mbit/s 3G 2G - 14 Mbit/s Kbit/s

54 4G - 5 Mbit/s 3.5G Mbit/s 3G Mbit/s * valores máximos em contrato dos planos atuais da Vivo em SP

55 4G - <100ms 3.5G - <100ms 3G 2G ~ 500 ms ~ 1000 ms

56 OTIMIZAÇÕES

57 conteúdo mais próximo do usuário

58 conteúdo mais próximo do usuário

59 CDNs content delivery network

60 CDNs content delivery network

61 DIMINUIR # REQUESTS concatenar JS e CSS usar sprites cachear recursos!(display:none em <img>)

62 SEM REDIRECTS

63 SEM REDIRECTS

64 POLLING É DO MAL

65 LAZY-LOAD JÁ ERA

66 PRELOAD É O QUE HÁ

67 <link rel="prefetch" href="imagem.jpg">

68 <link rel="prefetch" href="imagem.jpg"> <link rel="dns-prefetch" href="http://sergiolopes.org">

69 <link rel="prefetch" href="imagem.jpg"> <link rel="dns-prefetch" href="http://sergiolopes.org"> <link rel="subresource" href="imagem.jpg">

70 <link rel="prefetch" href="imagem.jpg"> <link rel="dns-prefetch" href="http://sergiolopes.org"> <link rel="subresource" href="imagem.jpg"> <link rel="prerender" href="/confirma/">

71 por trás do TCP

72 browser server

73 browser server SYN

74 browser server SYN SYN ACK

75 browser server SYN SYN ACK ACK GET /

76 browser server SYN SYN ACK ACK GET / processamento 4x TCP seg.

77 browser server SYN SYN ACK ACK GET / processamento 4x TCP seg. ~5.8 KB

78 browser server SYN SYN ACK ACK GET / processamento 4x TCP seg. ~5.8 KB 4x ACK

79 browser server SYN SYN ACK ACK GET / processamento 4x TCP seg. ~5.8 KB 4x ACK 8x TCP seg. ~11.6 KB 8x ACK...

80 browser server SYN SYN ACK ACK GET / processamento 4x TCP seg. ~5.8 KB 4x ACK 8x TCP seg. ~11.6 KB 8x ACK...

81 Connection: Keep-Alive

82 browser server SYN SYN ACK ACK GET / processamento parado... 4x TCP seg. ~5.8 KB 4x ACK 8x TCP seg. ~11.6 KB 8x ACK...

83 flush early Java: response.flushbuffer();.net: Response.Flush(); PHP: <?php flush();?>

84 browser server SYN SYN ACK ACK GET / processamento 4x TCP seg. ~5.8 KB 4x ACK 8x TCP seg. ~11.6 KB 8x ACK...

85 cwnd AW10 10-packet TCP congestion window

86 HTTP2 & SPDY frames binários, gzip, criptografados multiplexing (request e response) priorização server push header compression 1 connection por host

87

88 CRITICAL RENDERING PATH

89

90 NUNCA ESCREVA JS QUE BLOQUEIE RENDER

91

92 <script src="script.js" async></script>

93 CSS TAMBÉM BLOQUEIA RENDERIZAÇÃO

94

95

96 ~600px

97 ~600px ~9000px

98 ~600px ABOVE THE FOLD (ATF) ~9000px

99 1 RTT ATF RENDER

100

101 inline do CSS ATF

102 inline do CSS ATF inline do JS ATF

103 inline do CSS ATF inline do JS ATF flush ATF

104 inline do CSS ATF inline do JS ATF flush ATF < 14 KB (cwnd aw10)

105 inline do CSS ATF inline do JS ATF flush ATF < 14 KB (cwnd aw10) resto do CSS e JS tudo async

106

107 RENDERIZAÇÃO

108 EVITE FRAMEWORKS PESADOS & SUBUTILIZADOS

109 QUEBRE JS PESADO setimmediate requestanimationframe Web Workers

110 setimmediate(function(){ }); // pedaço de processo longo

111 requestanimationframe(function(){ }); // quadro de animação

112 animações na GPU com CSS3

113 .fadeout { opacity: 0; transition: opacity 2s ease; }

114 cuidado com elementos caros box-shadow / gradient / SVG / data-uri

115 TESTES, ANÁLISES & TRADEOFFs

116

117

118 RUM Real User Monitoring

119

120 BÔNUS: INTERFACE PERFORMÁTICA delay de 300 ms no click interface instantânea & sync em bg

121 LATÊNCIA REDES MÓVEIS HTTP CRITICAL PATH RENDERIZAÇÃO TESTES TRADEOFFS

122 OTIMIZAÇÃO DE PERFORMANCE WEB DESAFIOS DO MUNDO MOBILE

123 OBRIGADO!

@sergio_caelum sergiolopes.org

@sergio_caelum sergiolopes.org HTTP/2 @sergio_caelum sergiolopes.org review HTTP em 5 slides $ telnet www.caelum.com.br 80 Trying 64.233.171.121... Connected to ghs.googlehosted.com. Escape character is '^]'. GET / HTTP/1.1 Host: www.caelum.com.br

Leia mais

rumo ao HTTP 2.0 o que vem por aí e o que você pode utilizar já com SPDY

rumo ao HTTP 2.0 o que vem por aí e o que você pode utilizar já com SPDY rumo ao HTTP 2.0 o que vem por aí e o que você pode utilizar já com SPDY Luiz Corte Real @srsaude Sérgio Lopes @sergio_caelum m a ç n la to n e review HTTP em 5 slides $ telnet www.caelum.com.br 80 Trying

Leia mais

HTTP. passado, presente e futuro.

HTTP. passado, presente e futuro. HTTP passado, presente e futuro. Luiz Fernando Rodrigues (ou Fernahh) blog.fernahh.com.br github.com/fernahh twitter.com/fernahh speakerdeck.com/fernahh www.organicadigital.com HTT... o que? HTT... o que?

Leia mais

Garantindo disponibilidade, segurança e escalabilidade para aplicações. Eduardo Casseano ANG Sales Engineer

Garantindo disponibilidade, segurança e escalabilidade para aplicações. Eduardo Casseano ANG Sales Engineer Garantindo disponibilidade, segurança e escalabilidade para aplicações Eduardo Casseano ANG Sales Engineer Otimização Web = Netscaler Funcionalidades de Otimização SSL Offload Content Compression Content

Leia mais

genérico proteção de rede filtragem dos pacotes Sem estado (stateless) no próprio pacote. Com estado (stateful) outros pacotes

genérico proteção de rede filtragem dos pacotes Sem estado (stateless) no próprio pacote. Com estado (stateful) outros pacotes FIREWALLS Firewalls Definição: Termo genérico utilizado para designar um tipo de proteção de rede que restringe o acesso a certos serviços de um computador ou rede de computadores pela filtragem dos pacotes

Leia mais

Redes de Computadores. TCP Orientação à Conexão. Prof. Othon M. N. Batista (othonb@yahoo.com) Mestre em Informática

Redes de Computadores. TCP Orientação à Conexão. Prof. Othon M. N. Batista (othonb@yahoo.com) Mestre em Informática Redes de Computadores TCP Orientação à Conexão Prof. Othon M. N. Batista (othonb@yahoo.com) Mestre em Informática Tópicos Orientação à Conexão Estabelecimento de Conexão Diagrama de Estudo de Caso Wireshark

Leia mais

Redes de Computadores e a Internet

Redes de Computadores e a Internet Redes de Computadores e a Internet Magnos Martinello Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM 2010 Introdução Redes

Leia mais

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Introdução a Linguagem HTML Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Neste roteiro é explorada a linguagem HTML. A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) é amplamente utilizada na construção

Leia mais

Aula 1 Fundamentos. Prof. Dr. S. Motoyama

Aula 1 Fundamentos. Prof. Dr. S. Motoyama Aula 1 Fundamentos Prof. Dr. S. Motoyama 1 O que é uma Rede de Computadores? Vários tipos de redes: Redes Telefônicas Redes de Satélites Redes Celulares Redes de TV a cabo Internet e intranets Rede Privada

Leia mais

[Análise Performance Antiga Plataforma]

[Análise Performance Antiga Plataforma] Resumo do documento: Este documento tem com objectivo avaliar o desempenho da antiga aplicação de forma a ver o seu comportamento. Palavras-Chave: Performance Histórico de versões: Versão Data Realizado

Leia mais

Tecnologias Web. Lista de Exercícios AV02. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com

Tecnologias Web. Lista de Exercícios AV02. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 Um analista de sistemas deseja enviar para seu cliente um arquivo de 300 Mb referente a uma atualização do software. Para transferir esse

Leia mais

Meu site Plone está lento. O que fazer? Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org

Meu site Plone está lento. O que fazer? Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org Meu site Plone está lento. O que fazer? Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org 1 Roteiro Por que o Plone é Lento? Performance Tuning Dicas e Truques 2 Por que o Plone é Lento? Fato: qualquer software

Leia mais

Tecnologias de banda larga móvel, UMTS e WiMax

Tecnologias de banda larga móvel, UMTS e WiMax Tecnologias de banda larga móvel, UMTS e WiMax Alex Rodrigo de Oliveira - 06/30403 Danilo Gaby Andersen Trindade - 06/82039 Pedro Rogério Vieira Dias - 06/93472 28 de junho de 2009 Resumo Trabalho final

Leia mais

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1 Segurança na Web Capítulo 6: Firewall Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW Page 1 Introdução Qual a função básica de um firewall? Page 2 Introdução Qual a função básica de um firewall? Bloquear

Leia mais

Tecnologias Web. Lista de Exercícios AV02 Turma 3003. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com

Tecnologias Web. Lista de Exercícios AV02 Turma 3003. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Turma 3003 Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 Um analista de sistemas deseja enviar para seu cliente um arquivo de 300 Mb referente a uma atualização do software. Para transferir

Leia mais

Desenvolvedor Web Docente André Luiz Silva de Moraes

Desenvolvedor Web Docente André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Introdução a Linguagem HTML Neste roteiro é explorada a linguagem HTML. A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) é amplamente utilizada na construção de páginas de internet e é responsável

Leia mais

Uma Arquitetura para Gerenciamento Distribuído e Flexível de Protocolos de Alto Nível e Serviços de Rede

Uma Arquitetura para Gerenciamento Distribuído e Flexível de Protocolos de Alto Nível e Serviços de Rede Uma Arquitetura para Gerenciamento Distribuído e Flexível de Protocolos de Alto Nível e Serviços de Rede Luciano Paschoal Gaspary Luis Felipe Balbinot Roberto Storch Fabrício Wendt Liane Rockenbach Tarouco

Leia mais

Programação para Internet Flávio de Oliveira Silva, M.Sc.

Programação para Internet Flávio de Oliveira Silva, M.Sc. INTERNET Grande conjunto de redes de computadores interligadas pelo mundo. Começou como uma rede interligando Universidades no E.U.A A partir de 1993 a Internet começou a ser explorada comercialmente.

Leia mais

BURIPACK - DESIGN E INTERFACES WEB

BURIPACK - DESIGN E INTERFACES WEB 1 de 5 BURIPACK - DESIGN E INTERFACES WEB BC 41 LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO COM JAVASCRIPT E HTML (32h) Ajudar aos alunos no desenvolvimento do raciocínio lógico, a partir da prática em lógica de programação,

Leia mais

UMTS. www.teleco.com.br 1

UMTS. www.teleco.com.br 1 UMTS Este tutorial apresenta os conceitos básicos do Universal Mobile Telecommunications System (UMTS) padrão de 3ª Geração de sistemas celulares para evolução de redes GSM. Autor: Eduardo Tude Engenheiro

Leia mais

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira Wireshark Captura de Protocolos da camada de aplicação Maicon de Vargas Pereira Camada de Aplicação Introdução HTTP (Hypertext Transfer Protocol) 2 Introdução Camada de Aplicação Suporta os protocolos

Leia mais

Fabrício Tamusiunas. Aferição da Qualidade pelo Usuário e defesa de seus direitos. 5º Encontro de Telecomunicações respeito ao consumidor. NIC.

Fabrício Tamusiunas. Aferição da Qualidade pelo Usuário e defesa de seus direitos. 5º Encontro de Telecomunicações respeito ao consumidor. NIC. 5º Encontro de Telecomunicações respeito ao consumidor Aferição da Qualidade pelo Usuário e defesa de seus direitos Fabrício Tamusiunas NIC.br O que é Qualidade da Internet? Qualidade da Internet é muito

Leia mais

MELHORANDO O DESEMPENHO DO SEU WORDPRESS JULIAN FERNANDES TIAGO HILLEBRANDT

MELHORANDO O DESEMPENHO DO SEU WORDPRESS JULIAN FERNANDES TIAGO HILLEBRANDT MELHORANDO O DESEMPENHO DO SEU WORDPRESS JULIAN FERNANDES TIAGO HILLEBRANDT Julian Fernandes Technical Support Team Lead na Copyblogger Media, LLC Trabalha diariamente com uma estrutura com mais de 10.000

Leia mais

Campus Party 6. Medindo a Qualidade da Internet no Brasil. Fabrício Tamusiunas. NIC.br

Campus Party 6. Medindo a Qualidade da Internet no Brasil. Fabrício Tamusiunas. NIC.br Campus Party 6 Medindo a Qualidade da Internet no Brasil Fabrício Tamusiunas NIC.br Sobre o NIC.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR Entidade civil, sem fins lucrativos, criada em 2003 e começando

Leia mais

HSDPA: A Banda Larga do UMTS

HSDPA: A Banda Larga do UMTS HSDPA: A Banda Larga do UMTS Este tutorial apresenta os conceitos básicos do High Speed Downlink Packet Access (HSDPA), extensão do WCDMA para implementação de um enlace de descida banda larga no UMTS.

Leia mais

Patrick Augusto Gonçalves pkgoncalves@gmail.com

Patrick Augusto Gonçalves pkgoncalves@gmail.com Single Page Apps com AngularJS Patrick Augusto Gonçalves pkgoncalves@gmail.com Vamos Começar do Começo O que são Single Page Apps? Por que usar? O que eu ganho com isso? Modelo Clássico de Aplicações Web

Leia mais

Conceitos de Ajax Exemplos de uso do Ajax no braço, muitos exemplos, muito código (HTML, CSS, JavaScript, PHP, XML, JSON)

Conceitos de Ajax Exemplos de uso do Ajax no braço, muitos exemplos, muito código (HTML, CSS, JavaScript, PHP, XML, JSON) Márcio Koch 1 Currículo Formado na FURB em Ciência da Computação Pós graduado em Tecnologias para o desenvolvimento de aplicações web Mestrando em Computação Gráfica na UDESC Arquiteto de software na Senior

Leia mais

Análise de tráfego em redes TCP/IP com tcpdump

Análise de tráfego em redes TCP/IP com tcpdump Análise de tráfego em redes TCP/IP com tcpdump João Eriberto Mota Filho João Pessoa, PB, 28 maio 2015 Sumário A análise de tráfego A estrutura de um protocolo O protocolo IP O protocolo TCP O protocolo

Leia mais

Universidade Federal de Mato Grosso

Universidade Federal de Mato Grosso Universidade Federal de Mato Grosso Programação III Curso de Ciência da Computação Prof. Thiago P. da Silva thiagosilva@ufmt.br Material basedado em [Kurose&Ross 2009] e [Gonçalves, 2007] Agenda Internet

Leia mais

Introdução. Sistemas de Comunicação Wireless. Sumário. Visão Geral de Redes Móveis "#$%%% Percentual da população com telefone celular

Introdução. Sistemas de Comunicação Wireless. Sumário. Visão Geral de Redes Móveis #$%%% Percentual da população com telefone celular Sumário Sistemas de Comunicação Wireless! #$%%% & Visão Geral de Redes Móveis Introdução Percentual da população com telefone celular Brasil 19% 34% 2001 2005 Fonte: Global Mobile, Goldman Sachs, DiamondCluster

Leia mais

Jones Bunilha Radtke. Tarefas:

Jones Bunilha Radtke. Tarefas: Faculdade de Tecnologia SENAC Pelotas Tecnólogo em Redes de Computadores Qualidade de Serviços de Rede Prof. Eduardo Monks Camada de Transporte Parte 2 Jones Bunilha Radtke Tarefas: 1.1) O algoritmo Slow

Leia mais

SSC0748 - Redes Móveis

SSC0748 - Redes Móveis - Redes Móveis Introdução Redes sem fio e redes móveis Prof. Jó Ueyama Agosto/2012 1 Capítulo 6 - Resumo 6.1 Introdução Redes Sem fo 6.2 Enlaces sem fo, características 6.3 IEEE 802.11 LANs sem fo ( wi-f

Leia mais

Efeitos 101: Trabalhando com animações e transições

Efeitos 101: Trabalhando com animações e transições Capítulo 8 Efeitos 101: Trabalhando com animações e transições UmadasminhaspartesfavoritasdoCSS3sãoaquantidadedeefeitosqueconseguimos criar apenas com CSS nas nossas páginas combinando algumas propriedades

Leia mais

Agradeço a todos, que colaboraram ou colaboram direta ou indiretamente pela realização deste.

Agradeço a todos, que colaboraram ou colaboram direta ou indiretamente pela realização deste. Introdução Configuração Mikrotik Busquei neste passo a passo, ajudar, de certa forma, aqueles que sentem dificuldade para realizar simples tarefas neste SO, Mikrotik. Basicamente a estrutura de todo este

Leia mais

Vencendo os Desafios dos Links ISP Multi-Homed

Vencendo os Desafios dos Links ISP Multi-Homed Vencendo os Desafios dos Links ISP Multi-Homed Visão Geral As companhias ainda lutam para fornecer uma disponibilidade alta e contínua de aplicativos para seus clientes De fato, um relatório recente da

Leia mais

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Thunderbird e Terra Nesta terceira edição da Coletânea de Análises de Email Marketing em Clientes de Email, apresentamos os estudos do webmail

Leia mais

Engenharia de Software Aplicações de Internet

Engenharia de Software Aplicações de Internet Engenharia de Software Aplicações de Internet Eduardo Santos eduardo.edusantos@gmail.com eduardo.santos@planejamento.gov.br www.softwarepublico.gov.br Histórico Por que existe a Internet? Por que existe

Leia mais

Programação WEB Introdução

Programação WEB Introdução Programação WEB Introdução Rafael Vieira Coelho IFRS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Farroupilha rafael.coelho@farroupilha.ifrs.edu.br Roteiro 1) Conceitos

Leia mais

Otimização de infraestrutura. de websites. Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org

Otimização de infraestrutura. de websites. Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org Otimização de infraestrutura para hospedagem de websites Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org O que iremos ver? O Problema Fatos! Medindo Performance Ferramentas Dicas de Otimização de Performance O

Leia mais

FIREWALLS. Edgard Jamhour. 2009, Edgard Jamhour

FIREWALLS. Edgard Jamhour. 2009, Edgard Jamhour FIREWALLS Edgard Jamhour Riscos a Segurança de uma Rede sniffing FILTRO Invasão Invasão spoofing Tipos de Ameaças a Segurança de uma Rede Invasão de Rede (Network Intrusion) Alguém de fora acessa a uma

Leia mais

Guia para Criativos em HTML5 ABRIL

Guia para Criativos em HTML5 ABRIL Guia para Criativos em HTML5 ABRIL Versão 1.2 Criativos em HTML5 referem-se a anúncios que são construídos utilizando tecnologias web nativas, como HTML, CSS e Javascript. HTML5 é a quinta revisão do padrão

Leia mais

The Pragmatic Answer: Managed Unfairness

The Pragmatic Answer: Managed Unfairness O que é QoS? EUNICE AGUIAR The Pragmatic Answer: Managed Unfairness The Technical Answer: Set of techniques to manage delay, jitter, packet loss, and bandwidth for flows in a network Agenda EUNICE AGUIAR

Leia mais

MONITOR BANDA LARGA: TRANSFORMANDO USUÁRIOS EM FISCALIZADORES DA INTERNET. Fabrício Tamusiunas NIC.br

MONITOR BANDA LARGA: TRANSFORMANDO USUÁRIOS EM FISCALIZADORES DA INTERNET. Fabrício Tamusiunas NIC.br MONITOR BANDA LARGA: TRANSFORMANDO USUÁRIOS EM FISCALIZADORES DA INTERNET Fabrício Tamusiunas NIC.br O que é uma internet de qualidade? Qualidade da internet é muito mais que velocidade! Teste de Vazão

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática 90 minutos * 24.05.2013 =VERSÃO A= 1 1. Esta teste serve como avaliação de frequência às aulas teóricas. 2. Leia as perguntas com atenção antes de responder. São 70 perguntas de escolha múltipla. 3. Escreva

Leia mais

APLICAÇÕES E SERVIÇOS WEB

APLICAÇÕES E SERVIÇOS WEB http://tutorials.jenkov.com/web-services/message-formats.html APLICAÇÕES E SERVIÇOS WEB Laboratórios de Informática 2014-2015 João Paulo Barraca, André Zúquete, Diogo Gomes Aplicações WEB A maioria de

Leia mais

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Módulo 11 Camada de Transporte TCP/IP Camada de Aplicação

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Módulo 11 Camada de Transporte TCP/IP Camada de Aplicação CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Módulo 11 Camada de Transporte TCP/IP Camada de Aplicação Camada de Transporte TCP/IP 2 Introdução à Camada de Transporte As responsabilidades principais da camada de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE INFORMÁTICA APLICADA CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE INFORMÁTICA APLICADA CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE INFORMÁTICA APLICADA CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO TÉCNICAS PARA MELHORIA DE PERFORMANCE EM APLICAÇÕES WEB NO LADO DO CLIENTE

Leia mais

Configurando o IIS no Server 2003

Configurando o IIS no Server 2003 2003 Ser ver Enterprise Objetivo Ao término, você será capaz de: 1. Instalar e configurar um site usando o IIS 6.0 Configurando o IIS no Server 2003 Instalando e configurando o IIS 6.0 O IIS 6 é o aplicativo

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA Módulo A REDES DE COMPUTADORES Protocolos de Rede FALANDO A MESMA LÍNGUA Um protocolo pode ser comparado a um idioma, onde uma máquina precisa entender o idioma de outra máquina

Leia mais

Exercícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Segundo Bimestre

Exercícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Segundo Bimestre Exercícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour Segundo Bimestre Exercicio 1: Considere a seguinte configuração de rede estruturada em VLANs 220.0.0.2/24 C VLAN 2 B VLAN 1 A VLAN 1 VLAN 1,2,3

Leia mais

Estatísticas de Qualidade de Acesso Internet no Brasil para Usuários Finais. NIC.br

Estatísticas de Qualidade de Acesso Internet no Brasil para Usuários Finais. NIC.br Estatísticas de Qualidade de Acesso Internet no Brasil para Usuários Finais NIC.br SIMET - Introdução SIMET Sistema de Medição de Tráfego IP de Última Milha http://simet.nic.br Projeto que provê recursos

Leia mais

Redes de Computadores Aula 3

Redes de Computadores Aula 3 Redes de Computadores Aula 3 Aula passada Comutação: circuito x pacotes Retardos e perdas Aula de hoje Protocolo em camadas Aplicações C/S x P2P Web Estruturando a Rede Como organizar os serviços de uma

Leia mais

HSPA: Conceitos Básicos

HSPA: Conceitos Básicos HSPA: Conceitos Básicos Este tutorial apresenta a tecnologia contida no padrão HSPA (High Speed Packet Access) para as redes celulares de 3ª geração (3G) baseada no conjunto de padrões WCDMA (Wideband

Leia mais

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº7

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº7 Redes de Computadores Curso de Eng. Informática Curso de Eng. de Electrónica e Computadores Trabalho de Laboratório Nº7 Análise do tráfego na rede Protocolos TCP e UDP Objectivo Usar o Ethereal para visualizar

Leia mais

Plone na Plataforma Mobile. Fabiano Weimar dos Santos e Giuseppe Romagnoli

Plone na Plataforma Mobile. Fabiano Weimar dos Santos e Giuseppe Romagnoli Plone na Plataforma Mobile Plone na Plataforma Mobile Plone na Plataforma Mobile Fabiano FabianoWeimar Weimardos dossantos Santos Os amigos me chamam de Os amigos me chamam dexiru Xiru Mestre em Inteligência

Leia mais

Sistemas Distribuídos Capítulos 3 e 4 - Aula 4

Sistemas Distribuídos Capítulos 3 e 4 - Aula 4 Sistemas Distribuídos Capítulos 3 e 4 - Aula 4 Aula passada Threads Threads em SDs Processos Clientes Processos Servidores Aula de hoje Clusters de Servidores Migração de Código Comunicação (Cap. 4) Fundamentos

Leia mais

Rede de Computadores (REC)

Rede de Computadores (REC) Rede de Computadores (REC) Aula 04 Camada de Aplicação Prof. Jackson Mallmann dcc2jm@joinville.udesc.br Exemplos de requisição via telnet. iniciar / executar / cmd (Windows) telnet endereço telnet 192.168.1.3

Leia mais

HSDPA: Transmissão de Dados em Telefonia Móvel

HSDPA: Transmissão de Dados em Telefonia Móvel HSDPA: Transmissão de Dados em Telefonia Móvel O conteúdo deste tutorial foi obtido do artigo de autoria do Anderson Clayton de Oliveira para a etapa de classificação do II Concurso Teleco de Trabalhos

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Departamento de Informática UFPE Redes de Computadores Nível de Redes - Exemplos jamel@cin.ufpe.br Nível de Rede na Internet - Datagramas IP Não orientado a conexão, roteamento melhor esforço Não confiável,

Leia mais

Protocolos de Rede. Protocolos em camadas

Protocolos de Rede. Protocolos em camadas Protocolos de Rede Prof. Alexandre Beletti Protocolos em camadas Existem protocolos em diferentes camadas dos modelos de estudo (OSI e TCP/IP) Lembre-se de diferencias tipos de programas de tipos de protocolos

Leia mais

Aula 1 Cleverton Hentz

Aula 1 Cleverton Hentz Aula 1 Cleverton Hentz Sumário da Aula Introdução História da Internet Protocolos Hypertext Transfer Protocol 2 A Internet é um conjunto de redes de alcance mundial: Comunicação é transparente para o usuário;

Leia mais

NGIN Mobile Portal Gestão Usuário

NGIN Mobile Portal Gestão Usuário Relatório de Concepção P T Inovação NGIN Mobile Portal Gestão Usuário Nome do Ficheiro: Document1 Histórico de versões do Relatório de Concepção Versão Datas Responsabilidades Justificação Edição: Katia

Leia mais

WWAN DE BANDA LARGA: VANTAGENS PARA O PROFISSIONAL MÓVEL

WWAN DE BANDA LARGA: VANTAGENS PARA O PROFISSIONAL MÓVEL ARTIGO WWAN DE BANDA LARGA WWAN DE BANDA LARGA: VANTAGENS PARA O PROFISSIONAL MÓVEL Cada vez mais, a conectividade imediata de alta-velocidade é essencial para o sucesso dos negócios bem como para a eficiência

Leia mais

#Criando Aplicações Web com o Delphi unigui

#Criando Aplicações Web com o Delphi unigui 1 Sumário Apresentação Apresentação do unigui. Instalação Instalação do unigui. Conhecendo os Componentes unigui Apresentação dos componentes das paletas Standard, Additional, Data Controls e Extra do

Leia mais

Software Defined CDN. Arquitetura, Componentes e Desafios. Marcus Grando, CTO

Software Defined CDN. Arquitetura, Componentes e Desafios. Marcus Grando, CTO Software Defined CDN Arquitetura, Componentes e Desafios Marcus Grando, CTO Azion Technologies Overview Fundada em 2011 (Porto Alegre e Miami) Software Defined CDN (Intelligent Edge, Media Delivery, Live

Leia mais

Plataforma de vídeos UOLMais

Plataforma de vídeos UOLMais Plataforma de vídeos UOLMais Load Balacing + Proxy + Cache de Arquivos George Vieira Jr gvieira@uolinc.com Agenda O que é o UOLMais Problemas do passado Soluções avaliadas Premissas e desafios para o sistema

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 003/2015

CONSULTA PÚBLICA Nº 003/2015 CONSULTA PÚBLICA Nº 003/2015 TI APPLICATION DELIVERY CONTROLLER ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco.

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco. Roteiro de Estudo: Telefonia Celular - Tecnologias Básicas I O Portal Teleco passa a apresentar periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam

Leia mais

Aulas 4 e 5 Camada de Aplicação Princípios, arquiteturas e requisitos, HTTP e FTP

Aulas 4 e 5 Camada de Aplicação Princípios, arquiteturas e requisitos, HTTP e FTP Departamento de Ciência da Computação Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense Aulas 4 e 5 Camada de Aplicação Princípios, arquiteturas e requisitos, HTTP e FTP Igor Monteiro Moraes Redes

Leia mais

Questionário de RC Nota3

Questionário de RC Nota3 Questionário de RC Nota3 Entrega: Individual e escrita à mão. Data de entrega: 30/10. Em todas as questões deverão constar o desenvolvimento da sua resposta, caso contrário a questão será desconsiderada.

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Capítulo 1 Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br - O que é a Internet? - Milhões de elementos de computação interligados: hospedeiros = sistemas finais - Executando aplicações

Leia mais

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos II Professor: Cheli dos S. Mendes da Costa Modelo Cliente- Servidor Modelo de Aplicação Cliente-servidor Os

Leia mais

NTT Docomo, KDDI, Softbank. MAC 0463/5743 Computação Móvel Marcelo de Rezende Martins

NTT Docomo, KDDI, Softbank. MAC 0463/5743 Computação Móvel Marcelo de Rezende Martins NTT Docomo, KDDI, Softbank MAC 0463/5743 Computação Móvel Marcelo de Rezende Martins Introdução Japão é líder em tecnologia móvel de telefone; Aproximadamente 85% da população possue celular; 40% dos investimentos

Leia mais

O mito da banda e o desempenho dos aplicativos

O mito da banda e o desempenho dos aplicativos O mito da banda e o desempenho dos aplicativos Visão Geral A lei de Moore determina que a densidade dos dados dobra aproximadamente a cada 18 meses, e a lei de Metcalfe diz que o valor de uma rede aumenta

Leia mais

Fernando Bracalente. O trabalho final consiste em escolher um dos "malwares-novos" e responder algumas questões.

Fernando Bracalente. O trabalho final consiste em escolher um dos malwares-novos e responder algumas questões. Fernando Bracalente Seg15 O trabalho final consiste em escolher um dos "malwares-novos" e responder algumas questões. Questões: 1. Qual o nome do arquivo? Fotos_acidenteJPEG.exe 2. Qual o md5 do arquivo

Leia mais

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Introdução Nesta sexta e penúltima edição da Coletânea de Análises de Email Marketing em Clientes de Email, apresentamos os estudos dos clientes

Leia mais

symbol FORMATOS E ESPECIFICAÇÕES DIGITAIS

symbol FORMATOS E ESPECIFICAÇÕES DIGITAIS symbol FORMATOS E ESPECIFICAÇÕES DIGITAIS Retângulo Médio Dimensões: 300x250 pixels Formatos permitidos: Flash, GIF e JPEG Peso máximo do arquivo: 40 KB Versão do Flash: Versão 9 ou 10 Frame rate (Flash):

Leia mais

O espaço de nomes DNS Registros de recursos de domínio Servidores de nome

O espaço de nomes DNS Registros de recursos de domínio Servidores de nome DNS Sistema de Nomes de Domínio O espaço de nomes DNS Registros de recursos de domínio Servidores de nome Camada de Aplicação DNS Telnet e SSH SNMP SMTP, POP e IMAP WWW FTP O espaço de nomes DNS Parte

Leia mais

Torne seu site mais rápido e venda mais

Torne seu site mais rápido e venda mais Torne seu site mais rápido e venda mais Descubra como criar uma estratégia de aceleração de sites que deixe seu site mais rápido e aumente sua conversão UAIZO A Uaizo ajuda a sua empresa a definir a estratégia

Leia mais

Mobile Commerce. e-mail: wilson.cunha@viewit.com.br

Mobile Commerce. e-mail: wilson.cunha@viewit.com.br Mobile Commerce Wilson Cunha 30 anos de experiência em negócios. Formado em Tecnologia da Informação; E-commerce, Marketing Digital,. Há 06 anos em mobile commerce. Premiado no e-show 2013, melhor aplicativo

Leia mais

Maurício Samy Silva. Novatec

Maurício Samy Silva. Novatec Maurício Samy Silva Novatec Copyright 2014 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução desta obra, mesmo parcial, por qualquer

Leia mais

Fabrício Tamusiunas. Michel Vale Ferreira

Fabrício Tamusiunas. Michel Vale Ferreira PTT-Forum 6 Panorama das Medições de Qualidade Internet em 2012 e Novas Medições Fabrício Tamusiunas NIC.br Michel Vale Ferreira NIC.br Projetos de Medições no NIC.br Banda Larga Fixa Qualidade da conexão

Leia mais

A Camada de Transporte

A Camada de Transporte A Camada de Transporte Romildo Martins Bezerra CEFET/BA s de Computadores II Funções da Camada de Transporte... 2 Controle de conexão... 2 Fragmentação... 2 Endereçamento... 2 Confiabilidade... 2 TCP (Transmission

Leia mais

Redes de Computadores e a Internet

Redes de Computadores e a Internet Redes de Computadores e a Internet Magnos Martinello Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM 2010 Camada de Aplicação

Leia mais

Camada Transporte Parte 2. Prof. Dr. S. Motoyama

Camada Transporte Parte 2. Prof. Dr. S. Motoyama Camada Transporte Parte 2 Prof. Dr. S. Motoyama 1 Algoritmo de Janela Deslizante em TCP O TCP clássico emprega um protocolo de janela deslizante com confirmação positiva e sem repetição seletiva. O TCP

Leia mais

Fundamentos. Prof. Dr. S. Motoyama

Fundamentos. Prof. Dr. S. Motoyama Fundamentos Prof. Dr. S. Motoyama 1 Tipos de Comunicação - Difusão: Rádio e TV - Pessoa-a-Pessoa: Telefonia - Máquina-a-Máquina: Computadores Difusão: Rádio e TV Receptor Receptor Receptor Transmissor

Leia mais

1 Capturando uma rajada de uma transferência TCP de seu computador a um servidor remoto

1 Capturando uma rajada de uma transferência TCP de seu computador a um servidor remoto Laboratório de TCP Tradução dos Laboratórios Wireshark disponíveis no material de apoio do Livro Kurose, K. Ross. Redes de Computadores e a Internet: uma abordagem top down. 5 edição. Addison-Wesley, Junho

Leia mais

Wireless Application Protocol (WAP) Este tutorial apresenta os conceitos básicos do WAP, suas características e aplicações.

Wireless Application Protocol (WAP) Este tutorial apresenta os conceitos básicos do WAP, suas características e aplicações. Wireless Application Protocol (WAP) Este tutorial apresenta os conceitos básicos do WAP, suas características e aplicações. Huber Bernal Filho Engenheiro de Teleco (MAUÁ 79), tendo atuado nas áreas de

Leia mais

19/07/2013. Camadas. Camadas de Enlace e Física. Camadas de Enlace e Física. Topologias de Rede NOÇÕES DE REDE: CAMADAS DE ENLACE E FÍSICA

19/07/2013. Camadas. Camadas de Enlace e Física. Camadas de Enlace e Física. Topologias de Rede NOÇÕES DE REDE: CAMADAS DE ENLACE E FÍSICA 2 Camadas NOÇÕES DE REDE: CAMADAS DE ENLACE E FÍSICA Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Estatística e Informática Aplicação Transporte

Leia mais

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Introdução Nesta útima edição da Coletânea de Análises de Email Marketing em Clientes de Email, apresentamos os estudos dos clientes Yahoo! Mail

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática 1 Este é o seu teste de avaliação de frequência. Leia as perguntas com atenção antes de responder. Escreva as suas respostas nesta folha de teste, marcando um círculo em volta da opção ou opções que considere

Leia mais

Redes de Computadores. Arquitetura de Protocolos Profa. Priscila Solís Barreto

Redes de Computadores. Arquitetura de Protocolos Profa. Priscila Solís Barreto Redes de Computadores Arquitetura de Protocolos Profa. Priscila Solís Barreto REDE... Um sistema de comunicações para conectar sistemas finais Sistemas finais? =hosts PCs, estações de trabalho componentes

Leia mais

Aulas Práticas. Implementação de um Proxy HTTP. O que é um proxy?

Aulas Práticas. Implementação de um Proxy HTTP. O que é um proxy? Redes de Computadores Aulas Práticas Implementação de um Proxy HTTP Material de suporte às aulas de Redes de Computadores Copyright DI FCT/UNL / 1 O que é um proxy? Genericamente é um processo que actua

Leia mais

Linux - Servidor de Redes

Linux - Servidor de Redes Linux - Servidor de Redes Servidor Web Apache Prof. Roberto Amaral WWW Breve histórico Início 1989 CERN (Centro Europeu de Pesquisas Nucleares) precisava de um meio de viabilizar o trabalho cooperativo

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Imagem via Celular (SIC) baseado no sistema operacional Symbian da Nokia

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Imagem via Celular (SIC) baseado no sistema operacional Symbian da Nokia MANUAL DO USUÁRIO Software de Imagem via Celular (SIC) baseado no sistema operacional Symbian da Nokia Software de Imagem via Celular (SIC) baseado no sistema operacional Symbian da Nokia Esse software

Leia mais

Programação para Internet I. 2. O protocolo HTTP. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet I. 2. O protocolo HTTP. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet I 2. O protocolo HTTP Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Protocolos Conjunto de regras que define o modo como aplicações informáticas comunicam entre si. Permite

Leia mais

Futuro das comunicações ópticas e. sistemas de mobilidade

Futuro das comunicações ópticas e. sistemas de mobilidade Futuro das comunicações ópticas e a convergência com sistemas de mobilidade Convivência de Redes Móveis com as Fixas FORA E DENTRO DA CASA DENTRO DA CASA Mercado de Tablet deverá explodir nos próximos

Leia mais