Quem foi LUCAS? Era gentio de nascimento, médico de profissão. Buscando aperfeiçoamento na arte de curar, mudou-se para Alexandria, Athenas e

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Quem foi LUCAS? Era gentio de nascimento, médico de profissão. Buscando aperfeiçoamento na arte de curar, mudou-se para Alexandria, Athenas e"

Transcrição

1 Atenção O Catequista, coordenador, responsável pela reunião ou encontro, quando usar esse material, tem toda liberdade de organizar sua exposição e uso do mesmo. Poderá interromper e dialogar com o grupo; montar perguntas durante a exibição; montar grupos de reflexão após a exibição, e assim por diante. O aprofundamento do conteúdo e sua dinâmica, ficará sempre sob a responsabilidade de quem usar o material. Muito obrigada e bom trabalho.

2

3 Quem foi LUCAS? Era gentio de nascimento, médico de profissão. Buscando aperfeiçoamento na arte de curar, mudou-se para Alexandria, Athenas e Pérgamo. Nesta última cidade, atendeu e curou São Paulo, que depois disso tornou-se seu grande amigo. Conforme S.Euzébio e S. Jerônimo, Lucas era um sírio de Antioquia. De fato, nos Atos dos Apóstolos, Lucas mostrase bom conhecedor da situação da comunidade cristã em Antioquia.

4 Lucas era de família pagã. Recebeu uma educação grega, possuindo assim, o domínio da língua e uma boa cultura, como se pode ver pelos seus escritos. Era ainda pintor, músico e escritor. Escreveu seu Evangelho e os Atos na língua grega

5 Juntou-se a Paulo na 2ª viagem missionária(ano51) e acompanhou-o para Trôade e Filipos, onde ficou depois da partida de Paulo. Provavelmente permaneceu em Filipos uns 6 anos, depois viajou, novamente com Paulo, a Jerusalém.

6 Quando Paulo foi preso, e foram várias vezes, Lucas sempre acompanhou o mestre, tanto no cárcere como nas audiências. Essa presença confortou muito Paulo nas prisões e deu-lhe ânimo no enfrentamento do tribunal do Imperador. Na segunda e última vez, Paulo escreveu a Timóteo que todos o haviam abandonado, menos um:- Só Lucas está comigo" E essa foi a última notícia certa do evangelista. São Paulo

7 Uma tradição recolhida do séc. VI - diz-nos que São Lucas pintou uma imagem de Nossa Senhora, que foi muito admirada pela beleza com que retratou os traços de Maria. Seu Evangelho era também conhecido como o Evangelho de Nossa Senhora, pois é o que mais contém dados sobre a Mãe. Boa parte dos textos das Missas de Nossa Senhora é tomado de São Lucas, porque foi ele quem mais longamente nos contou a sua vida e nos descobriu o seu Coração.

8 A tradição cristã diz-nos que depois do martírio de São Paulo o discípulo, médico e amigo Lucas, continuou a pregação. Ele teria seguido pela Itália, Gálias, Dalmácia e Macedônia. E um documento, traduzido por são Jerônimo, informa que o evangelista teria vivido até os 84 anos de idade. A sua morte pelo martírio em Patras, na Grécia, foi apenas um legado dessa antiga tradição.

9 Lucas é representado pelo Touro, porque começou seu Evangelho falando do Templo, onde eram imolados os bois.

10 como

11 Lucas escreveu a um cristão particular chamado Teófilo (Lc 1.1-4), que deve ter sido um homem de uma certa proeminência, porém, é desconhecido de outra forma. Não há dúvida nenhuma de que o relato era dirigido a um grande círculo de leitores e o fato de Teófilo ser um nome grego, indicaria que Lucas tinha em mente os gregos do mundo romano.

12 Lucas Escreve como um historiador. Inicia com Herodes, rei da Judéia (Lc 1.5). Menciona o decreto imperial do recenseamento que levou José e Maria da Galiléia para Belém (Lc 2.1). Durante a narrativa, Lucas presta atenção, cuida das datas e sinais do tempo (por ex. Lc 1.26; Lc 2.21,42). Quando dá início à descrição da vida pública do Senhor, ele anota os anos do César reinante e a idade de Jesus. Faz um levantamento dos fatos relacionados aos civis e religiosos da Palestina (Lc 3.1-2,23).

13 Este Evangelho apresenta a Jesus como o Homem ideal e como o Salvador de todos os tipos de povos. Lucas mostra Jesus passando por todos os estágios de uma vida humana normal, da infância, por meio da meninice, até adulto amadurecido. Aqui Ele é visto atingindo a vida humana em todos os seus lados, entrando na vida doméstica do povo e movendo-se entre todas as classes da sociedade.

14 Lucas torna claro que Jesus era simpático especialmente para com os pobres, os quais compõem a grande maioria da humanidade, e para com as mulheres, as quais eram desprezadas tanto pelos judeus como pelos gentios naquele mundo antigo.

15 Como fiel companheiro de Paulo, Lucas conviveu e apreendeu muito com ele. Foi de Paulo que ouviu muito sobre Jesus, Maria e acontecimentos da época de Jesus. Escreveu seu Evangelho depois da queda de Jerusalém, provavelmente pelos anos 80 d.c.

16

17 Lucas começa a contar a história, de outra maneira, a partir dos pobres, daí surge para todos, o caminho da Salvação.

18 Destaque especial É no Evangelho de Lucas que encontramos as Parábolas mais bonitas, humanas e cheias de emoções: - A ovelha perdida, - A moeda perdida - Os dois filhos de um pai misericordioso Lc 15,1-32 É o Evangelho dos pobres: - Felizes os pobres...lc 6, O Reino é dos pobres Lc 14,1-6 - Zaqueu Lc 19,1-9 - História de Lázaro Lc 16,19-31 É o Evangelho das mulheres: - Infância de Jesus (Izabel, Maria...) Lc 1 e 2 - Mulheres que acompanhavam Jesus Lc 8,1-3 e At 1,14 - Mulher pecadora Lc 7, Mulher doente Lc 13,10-11

19 Atos Atos dos dos Apóstolos No livro de Atos dos Apóstolos encontramos uma narrativa de como foi o início da igreja de Jesus Cristo aqui na terra, o exemplo deixado pelos apóstolos e um padrão permanente para a igreja.

20 É continuação do Evangelho de Lucas. Ambos, formam o caminho da salvação: o caminho de Jesus como o caminho da Igreja, prolongam o caminho de Jesus até os extremos da terra. O tema e o programa do livro dos Atos dos Apóstolos aparecem em At 1, 8: O Espírito Santo descerá sobre vocês, e dele receberão força para serem as minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os extremos da Terra. O livro dos Atos dos Apóstolos foi escrito provavelmente entre 80 ou 90 depois de Cristo. Portanto, Atos é o livro do Espírito, o mesmo que estava em Jesus e o levou a missão. Essa boa nova da salvação, deve ser transmitida para todos os povos da Terra, de todos os modos e meios, em todos os tempos e lugares. A partir de agora, citaremos algumas características dos primeiros anunciadores de Cristo.

21 As principais características da igreja primitiva, narrada no livro de Atos dos Apóstolos são: As últimas instruções de Jesus e o envio para evangelizar as nações; A igreja estava constantemente em oração; A igreja servia os necessitados; Curas e maravilhas eram realizadas pelos apóstolos, continuando o que Jesus tinha feito; Grandes pregações e muitas conversões; Grandes conflitos e lutas e prisões; Os primeiros mártires: Estevão apedrejado; Tiago teve a cabeça cortada; Grande expansão missionária da igreja; A ação do Espírito Santo em favor da igreja.

22 A missão dos Apóstolos é a nossa missão! A missão dos Apóstolos se revela a partir da experiência do Cristo ressuscitado. O espelho da comunidade é a comunhão fraterna... Todos os fiéis, unidos, tinham tudo em comum At 2, 44.

23 No Calendário Litúrgico o dia de São Lucas é 18 de outubro

24 Texto:- - Bíblia Pastoral, - Bíblia do Peregrino - Apontamentos - Caderno da ACO (História do Povo de Deus) Formatação:- Ir. M.Eunice Wolff S. Lucas, rogai por nós!

Evangelhos e atos. Observações

Evangelhos e atos. Observações NOVO TESTAMENTO Muitas vezes e de diversos modos outrora falou Deus aos nossos pais pelos profetas. Ultimamente nos falou por seu Filho (Hebreus 1,1-2) EVANGELHOS E ATOS Evangelhos e atos Os melhores recursos

Leia mais

A igreja perseguida. A igreja perseguida l 5

A igreja perseguida. A igreja perseguida l 5 A igreja perseguida Quero contar para vocês a história do cristianismo. Creio que esta é uma prática do povo de Deus: ao longo dos anos, rememorar os grandes feitos de Deus. Alguém já disse apropriadamente

Leia mais

A GRANDE COMISSÃO: ANÁLISE DAS CINCO DIMENSÕES

A GRANDE COMISSÃO: ANÁLISE DAS CINCO DIMENSÕES A MISSÃO NO SÉCULO XXI A GRANDE COMISSÃO: ANÁLISE DAS CINCO DIMENSÕES Dr. ERICO T. XAVIER Os cinco textos da Grande Comissão. Mateus 28:18-20 Marcos 16:14-20 Lucas 24:44-53 João 20:19-23 Atos 1:8 Repetiu

Leia mais

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM Quarta-feira da 6ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM Quarta-feira da 4ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Concedei-nos, Senhor

Leia mais

Acesso ao Jesus da História

Acesso ao Jesus da História 2 O Acesso ao Jesus da História Acesso ao Jesus da História A preocupação central da cristologia é o acesso ao Jesus da história. Se as cristologias do NT não são biografias, que acesso temos, então, ao

Leia mais

Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus

Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus (At 4:13). 1. Que venhamos a conhecer a história e as

Leia mais

Acesso ao Jesus da História ROSSI & KLINGBEIL

Acesso ao Jesus da História ROSSI & KLINGBEIL Acesso ao Jesus da História 2 O Acesso ao Jesus da História A preocupação central da cristologia é o acesso ao Jesus da história. Se as cristologias do NT não são biografias, que acesso temos, então, ao

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 24 de Agosto - São Bartolomeu - Apóstolo 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

Módulo III O que anuncia a Catequese?

Módulo III O que anuncia a Catequese? Módulo III O que anuncia a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da realidade complexa do ser humano a quem levamos, hoje, uma Boa Nova. Compreender a importância da Sagrada Escritura

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração 05 de Janeiro Deus eterno e todo-poderoso,pela

Leia mais

SEMANA 09 A SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA PARTE 2 Nome: Professor: Sala

SEMANA 09 A SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA PARTE 2 Nome: Professor: Sala MEDITAÇÃO SALA AMARELA SEMANA 09 A SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA PARTE 2 Nome: Professor: Sala Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) 1- Tudo posso naquele que

Leia mais

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s A n é s i o R o d r i g u e s O Reino de Deus Mateus 3:1,2 Naqueles dias surgiu João Batista, pregando no deserto da Judéia. Ele dizia: Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo. Mateus 4:17 Daí

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SÁBADO, DIA 25 DE JUNHO 1) Oração Cheguem à vossa presença,

Leia mais

Índice. Apresentação... 3

Índice. Apresentação... 3 Índice Apresentação... 3 Tempo do Advento 1. O Ano Litúrgico... 9 2. Origem do Ano Litúrgico... 10 3. O que quer dizer Advento?... 11 4. O que fazer no Advento?... 12 Primeiro Domingo do Advento... 14

Leia mais

A dependência do Espírito Santo. Lucas 11:9-13

A dependência do Espírito Santo. Lucas 11:9-13 A dependência do Espírito Santo Lucas 11:9-13 Por isso lhes digo: Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra;

Leia mais

CALENDÁRIO /01/15 JAN 15/01/15 29/01/15. Aniversario PE Elisandro

CALENDÁRIO /01/15 JAN 15/01/15 29/01/15. Aniversario PE Elisandro CALENDÁRIO - 2015 Mês JAN Mês Dia 01/01/15 02/01/15 03/01/15 04/01/15 11/01/15 15/01/15 24/01/15 25/01/15 28/01/15 29/01/15 Dia 01/02/15 SEMANA quinta-feira Sexta-feira sábado quinta-feira sábado quarta-feira

Leia mais

Jesus, Nome sobre todo nome! João Gilberto

Jesus, Nome sobre todo nome! João Gilberto Jesus, Nome sobre todo nome! João Gilberto Filipenses 2:9-11 Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, Filipenses 2:9-11 para que ao nome de Jesus se dobre

Leia mais

A celebração da Eucaristia (São Justino) Sáb, 23 de Maio de :39 -

A celebração da Eucaristia (São Justino) Sáb, 23 de Maio de :39 - Caro(a) Amigo(a), apresento-lhe um pedacinho da Primeira Apologia em favor dos cristãos, de São Justino, mártir do início do século II Ele foi cristão da geração seguinte à geração apostólica Escreveu

Leia mais

Também foram apresentadas sugestões de temáticas para alguns encontros que já fazem parte da vida do movimento nos estados e dioceses:

Também foram apresentadas sugestões de temáticas para alguns encontros que já fazem parte da vida do movimento nos estados e dioceses: O Conselho Nacional da RCCBRASIL, que está reunido em Brasília desde a última quarta-feira, dia 21, discerniu a temática que deverá acompanhar as missões, encontros e ser trabalhada nas reuniões de oração

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quinta-feira da 1ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

3. Introdução do Livro Depois de ter estudado agora leia a introdução ao livro de Filemom que está no final da lição.

3. Introdução do Livro Depois de ter estudado agora leia a introdução ao livro de Filemom que está no final da lição. Estudando Filemon 1. Competência a ser construída: Criar o hábito de estudar a Bíblia. A prática constrói o hábito! Encontro 05 2. Ouvindo os alunos A maior riqueza desse encontro é ver e ouvir o que os

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. «Elevou-Se à vista deles»

ASCENSÃO DO SENHOR. «Elevou-Se à vista deles» ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos «Elevou-Se à vista deles» No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, desde

Leia mais

Ascensão do Senhor. «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus»

Ascensão do Senhor. «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus» Ascensão do Senhor «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus» Perdão, Senhor. Leitura dos Actos dos Apóstolos Actos 1, 1-11 No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou

Leia mais

As epístolas de Paulo (1)

As epístolas de Paulo (1) FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 14 As epístolas de Paulo (1) Objetivos Assinalar características

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SABADO da 1ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus, atendei

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA?

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? O documento Conclusivo da V Conferência contém inúmeras e oportunas indicações pastorais, motivadas por ricas reflexões à luz da fé e do atual contexto

Leia mais

Nº 10 C 4º Domingo do Tempo Comum

Nº 10 C 4º Domingo do Tempo Comum Nº 10 C 4º Domingo do Tempo Comum-29.1.2016 O Evangelho de hoje, é a continuação do da semana passada. Na semana passada São Lucas tinha contado como Jesus, depois de ter andado pela Galileia, a ensinar

Leia mais

20 Pontos. 10 Pontos. Lição 01 Chamados por Deus. Lição 02 Paulo e Barnabé em Listra. Missão: Missão Cumprida: Missão: Missão Cumprida:

20 Pontos. 10 Pontos. Lição 01 Chamados por Deus. Lição 02 Paulo e Barnabé em Listra. Missão: Missão Cumprida: Missão: Missão Cumprida: Lição 01 Chamados por Deus C) C H A) A M B) A D D) O S A) Nome do lugar dos líderes da igreja. B) Feiticeiro que queria atrapalhar a missão de Paulo. C) Nome da cidade da primeira viagem missionária de

Leia mais

Carta aos Filipenses. Carta aos Filipenses:

Carta aos Filipenses. Carta aos Filipenses: : Filipos: cidade na Macedônia que recebeu seu nome de Filipe II, pai de Alexandre o Grande, que a conquistou no 4 século a.c. Tornou-se colônia romana no 2 século a.c. A segunda das chamadas Cartas da

Leia mais

Pr. Jaziel Rodrigues,

Pr. Jaziel Rodrigues, www.ierueti.ch Pr. Jaziel Rodrigues, 13.03.2016 Introdução 1: A palavra «Apocalipse» quer dizer Revelação. Por isso este livro é conhecido também como: «A Revelação de Deus ao apóstolo João» (1.1) Foi

Leia mais

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias Finalidade: Descobrir-se Cristão Objectivos: Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Tema do Período Em Diálogo 1 1º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos

Leia mais

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e irmãos uns dos outros; identifica-nos com Jesus-Verdade,

Leia mais

Estudando Filemon. 1. Competência a ser construída: Criar o hábito de estudar a Bíblia. A prática constrói o hábito!

Estudando Filemon. 1. Competência a ser construída: Criar o hábito de estudar a Bíblia. A prática constrói o hábito! Estudando Filemon 1. Competência a ser construída: Criar o hábito de estudar a Bíblia. A prática constrói o hábito! Encontro 05 2. Ouvindo os alunos Sepere um momento no início da aula para ouvir atentamente

Leia mais

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a vida e projeto de seu FILHO. A missão dela era nos dar Jesus e fez isso de maneira ímpar. Vamos refletir nos fatos na vida de Jesus onde ELA está

Leia mais

II TRI LIÇÃO 1. evange ho LUCAS A PRIMEIRA VINDA DE JESUS

II TRI LIÇÃO 1. evange ho LUCAS A PRIMEIRA VINDA DE JESUS evange ho DE LUCAS II TRI 2015 LIÇÃO 1 A PRIMEIRA VINDA DE JESUS INTRODUÇÃO VERSO PARA MEMORIZAR: Para Deus não haverá impossíveis (Lc 1:37). INTRODUÇÃO VERSO PARA MEMORIZAR: Para Deus não haverá impossíveis

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM egunda-feira da 10ª Semana do Tempo Comum S 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo,

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo, ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, até ao dia em que foi elevado

Leia mais

A religião: Raiz de discriminação

A religião: Raiz de discriminação Bíblia Quinta Parte A religião: Raiz de discriminação Para o judeu era importante pertencer a uma família autenticamente judia: isto é, ser descendente de Abraão, considerado Pai de todos Os judeus. Eles

Leia mais

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos NOVENA À NOSSA SENHORA DE CARAVAGGIO 1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos Vós que consolastes a pobre Joaneta em meio à sua aflição familiar, concedei a graça que tanto necessito, intercedendo junto a Jesus

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO O Filho de Davi. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO O Filho de Davi. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO O Filho de Davi 01 O Evangelho Mateus de esboço INTRODUÇÃO Embora Mateus fosse um desprezado, o Senhor olhou para o coração dele e o escolheu para ser discípulo.

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Segunda-feira da 9ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

Quem somos e no que cremos?

Quem somos e no que cremos? Vivendo e compartindo o caminho de Jesús Quem somos e no que cremos? Igreja Evangélica Paseo de Extremadura 179 Tel: 91 813 67 05; 626 468 629 http://www.comuniondelagracia.es E-mail: iduespana@yahoo.es

Leia mais

Missa no Dia de Páscoa

Missa no Dia de Páscoa Missa no Dia de Páscoa LEITURA I Actos 10, 34a.37-43 «Comemos e bebemos com Ele, depois de ter ressuscitado dos mortos» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, Pedro tomou a palavra e disse: «Vós

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

Presbítero David Silva

Presbítero David Silva Presbítero David Silva 25 Perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. 26 E, de repente, sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere

Leia mais

1 - VIDA DE SÃO PAULO

1 - VIDA DE SÃO PAULO 1 - VIDA DE SÃO PAULO Paulo de Tarso, o apóstolo dos gentios nasceu na cidade de Tarso, entre os anos 15 e 5 a.c. De acordo com os costumes da sua época, tinha como nomes: Saulo para o mundo judeu e Paulo

Leia mais

ORIGEM DO CRISTIANISMO. Igreja é uma realidade histórica e, portanto passível de ser estudada sob o ponto de vista da objetividade científica.

ORIGEM DO CRISTIANISMO. Igreja é uma realidade histórica e, portanto passível de ser estudada sob o ponto de vista da objetividade científica. ORIGEM DO CRISTIANISMO Igreja é uma realidade histórica e, portanto passível de ser estudada sob o ponto de vista da objetividade científica. ORIGEM DO CRISTIANISMO O que começa com cristo não é a salvação,

Leia mais

Eis aqui a serva do Senhor. Faça -se em mim segundo a tua palavra (Lc 1,38)

Eis aqui a serva do Senhor. Faça -se em mim segundo a tua palavra (Lc 1,38) Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc Janeiro de 2012 / Ano MMXII 1 EDITORIAL Queridos Amigos, Jesus nasceu, um ano novo começou!

Leia mais

1ª Leitura - Ml 3,1-4

1ª Leitura - Ml 3,1-4 1ª Leitura - Ml 3,1-4 O Senhor a quem buscais, virá ao seu Templo. Leitura da Profecia de Malaquias 3,1-4 Assim diz o Senhor: 1Eis que envio meu anjo, e ele há de preparar o caminho para mim; logo chegará

Leia mais

Igreja: Uma face em construção - X Adoração na vida e mensagem de um apóstolo

Igreja: Uma face em construção - X Adoração na vida e mensagem de um apóstolo Igreja: Uma face em construção - X Adoração na vida e mensagem de um apóstolo Uma adoração consistente I. Adoração que nasce de um coração transformado II. Adoração na integridade do ensino da Palavra

Leia mais

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa É TEMPO DE RESTAURAR Efésios 5.1-16 Pra. Deisy Costa v.1 Portanto, sede imitadores de Deus, como filhos amados... Qual era a missão de Jesus na terra? I Timóteo 2:4 que, deseja que todos os homens sejam

Leia mais

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 Consulte sempre o site da Arquidiocese, pois irão sendo registradas as alterações e complementações que ocorrerem. DIA/SEM 20.01.2017

Leia mais

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma O Ano litúrgico é o período de doze meses, divididos em tempos litúrgicos, onde se celebram como memorial, os mistérios de Cristo, assim como a memória

Leia mais

Misericordiosos como o Pai Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso Lc 6,36

Misericordiosos como o Pai Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso Lc 6,36 Misericordiosos como o Pai Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso Lc 6,36 Vídeo: Parcialmente nublado Só mesmo com Deus! A bondade é uma qualidade do caracter, a misericórdia é

Leia mais

Diocese de Patos-PB CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES 2017

Diocese de Patos-PB CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES 2017 Diocese de Patos-PB CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES 2017 OBJETIVO GERAL Evangelizar, tendo como modelo Jesus Cristo, rosto da misericórdia e missionário do Pai, na força do Espírito Santo, como Igreja discípula,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 1ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra);

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra); Uma nova paróquia Introdução DA: Conversão Pastoral Escolha de outro caminho; Transformar a estrutura paroquial retorno a raiz evangélica; Jesus: modelo (vida e prática); Metodologia: Nele, com Ele e a

Leia mais

A vontade de Deus agora é que esse mesmo Reino que entrou na sua vida alcance todos os homens.

A vontade de Deus agora é que esse mesmo Reino que entrou na sua vida alcance todos os homens. Lição 05 A VISÃO DA IGREJA Introdução Você já entrou no. Satanás e seu domínio foram derrotados pela morte e ressurreição de Jesus. Os seus pecados foram perdoados, pois você os confessou e o Senhor Jesus

Leia mais

BOA SEMANA, CAVANIS! Nº Ano da Vida Consagrada e Ano da Paz

BOA SEMANA, CAVANIS! Nº Ano da Vida Consagrada e Ano da Paz BOA SEMANA, CAVANIS! Nº 15 201544440 2015 Ano da Vida Consagrada e Ano da Paz 2º Domingo da Páscoa Domingo da Divina Misericórdia Caros Confrades, Leigos e Amigos Cavanis! À luz das alegrias pascais e

Leia mais

Por ocasião das eleições municipais, o Ministério Fé e Política da RCCBRASIL preparou uma carta pra te ajudar ainda mais nessa escolha, confira:

Por ocasião das eleições municipais, o Ministério Fé e Política da RCCBRASIL preparou uma carta pra te ajudar ainda mais nessa escolha, confira: Por ocasião das eleições municipais, o Ministério Fé e Política da RCCBRASIL preparou uma carta pra te ajudar ainda mais nessa escolha, confira: Amados irmãos e irmãs em Cristo Jesus, A Paz de Jesus! A

Leia mais

O título do livro de Atos

O título do livro de Atos Introdução O livro de Atos é um retrato emocionante e poderoso da história da igreja cristã primitiva. 1 Atos nos diz como a igreja começou em Jerusalém e se espalhou até os confins a terra. O livro de

Leia mais

EVANGELISMO. Uma ideia nada popular. razão externa: religião como fenômeno particular. razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo

EVANGELISMO. Uma ideia nada popular. razão externa: religião como fenômeno particular. razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo EVANGELISMO Uma ideia nada popular razão externa: religião como fenômeno particular razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo O QUE EVANGELISMO NÃO É? Não é um convite para ir uma reunião

Leia mais

DE PERSEGUIDOR A SEGUIDOR

DE PERSEGUIDOR A SEGUIDOR Bíblia para crianças apresenta DE PERSEGUIDOR A SEGUIDOR Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

domingo, 3 de maio de 2009 A n é s i o R o d r i g u e s

domingo, 3 de maio de 2009 A n é s i o R o d r i g u e s A n é s i o R o d r i g u e s Atos 1:1-6 Atos 2:1-47 Atos 4:32-37 O Espírito Santo e o espírito da Igreja Atos 1:1-6 Atos 2:1-47 Atos 4:32-37 Ele vai reproduzir em mim, em nós, o mesmo espírito de Jesus

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 6: SOTERIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

Jesus foi para uma cidade chamada Nain. Com ele iam os discípulos e uma grande multidão. Quando chegou à porta da cidade, eis que levavam um defunto

Jesus foi para uma cidade chamada Nain. Com ele iam os discípulos e uma grande multidão. Quando chegou à porta da cidade, eis que levavam um defunto Lc 7,11-17 Jesus foi para uma cidade chamada Nain. Com ele iam os discípulos e uma grande multidão. Quando chegou à porta da cidade, eis que levavam um defunto para enterrar. Era filho único e sua mãe

Leia mais

Acontecimentos na Bíblia que devem ser esclarecidos:

Acontecimentos na Bíblia que devem ser esclarecidos: Acontecimentos na Bíblia que devem ser esclarecidos: Os Semitas são povos que falam línguas que tiveram a mesma origem, foram formadas de uma mesma raiz. São os povos do Oriente, como hebreus, árabes...

Leia mais

As epístolas de Paulo (3)

As epístolas de Paulo (3) As epístolas de Paulo (3) Roteiro 16 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Objetivo Analisar os principais ensinos

Leia mais

Semana de Oração e Comunhão pela Área provincial III

Semana de Oração e Comunhão pela Área provincial III Semana de e Comunhão Domingo 19 de setembro. 17º Domingo depois de Pentecostes. Próprio 20. Texto: Lucas 16, 1-13 O anúncio do Reino de Deus é feito num mundo dividido entre ricos e pobres. Cada vez mais,

Leia mais

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...»

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA LEITURA I Actos 6,1-7 «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, os helenistas

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Recapitulando Nas aulas passadas vimos que muitas vezes a fé tem horário e local específico, na Igreja, no domingo, e no horário

Leia mais

MARÇO Convívio na Capela: 09h45

MARÇO Convívio na Capela: 09h45 MARÇO 2017 Dia 01 (Quarta Feira) - QUARTA FEIRA DE CINZAS (JEJUM) - Eucaristias: 09h00 / 19h30 Dia 02 (Quinta Feira) - Doentes: 11h00 / 15h30 (Paróquia) Dia 03 (Sexta Feira) - S. José (Belas): 10h 12h

Leia mais

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão.

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Como animadores da comunhão, temos a missão de acolher,

Leia mais

Se Jesus voltará, como devo esperá-lo?

Se Jesus voltará, como devo esperá-lo? Se Jesus voltará, como devo esperá-lo? O que os apocalípticos dizem a respeito dos últimos dias? Sinônimo da época em que se aproxima a 2ª vinda de Jesus Cristo e o consequente fim do mundo. Período marcado

Leia mais

Boas notícias de esperança para lidar com as desilusões da vida (06/06).

Boas notícias de esperança para lidar com as desilusões da vida (06/06). Série de mensagens: Boas Notícias de Esperança Baseada no Evangelho de Jesus segundo Lucas! Boas notícias de esperança para lidar com as desilusões da vida (06/06). INTRODUÇÃO À SÉRIE! Em dias de más noticias

Leia mais

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra. Casas Abertas Estudos Diversos Batismo O batismo cristão é uma de duas ordenanças que Jesus instituiu para a igreja: E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

Leia mais

Dali partimos para Filipos, na Macedônia, que é colônia romana e a principal cidade daquele distrito. Ali ficamos vários dias. No sábado saímos da

Dali partimos para Filipos, na Macedônia, que é colônia romana e a principal cidade daquele distrito. Ali ficamos vários dias. No sábado saímos da Dali partimos para Filipos, na Macedônia, que é colônia romana e a principal cidade daquele distrito. Ali ficamos vários dias. No sábado saímos da cidade e fomos para a beira do rio, onde esperávamos encontrar

Leia mais

Um Templo aonde ir - lugar de encontro com Deus

Um Templo aonde ir - lugar de encontro com Deus Um Templo aonde ir - lugar de encontro com Deus 12 -...Ouvi sua oração, e escolhi este lugar para mim, como um templo para sacrifícios. 13 - Se eu fechar o céu para que não chova ou mandar que os gafanhotos

Leia mais

BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse. Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã

BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse. Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã Objetivos da Disciplina Facilitar o estudo, compreensão e o uso adequado da Bíblia. Familiarizar o aluno com

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Métodos de Visitação

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Métodos de Visitação North American Division Portuguese Ministry Treinamento de Instrutores Bíblicos Métodos de Visitação Métodos de Visitação Muitos há a espera de alguém que se lhes dirija pessoalmente. (O Desejado de Todas

Leia mais

Igreja Evangélica em Silvalde - pag. 1

Igreja Evangélica em Silvalde - pag. 1 Igreja Evangélica em Silvalde - pag. 1 O Baptismo "Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente". Hebreus 13 A PALAVRA "BAPTISMO" D e acordo com eruditos da língua grega, a palavra "baptizar" significa

Leia mais

O FUNDAMENTO. O que simboliza o batismo

O FUNDAMENTO. O que simboliza o batismo Ou vocês não sabem que todos nós, que fomos batizados em Cristo Jesus, fomos batizados em sua morte? Portanto, fomos sepultados com ele na morte por meio do batismo, a fim de que, assim como Cristo foi

Leia mais

Interpretando o Apocalipse Por Pastor Luiz Antonio.

Interpretando o Apocalipse Por Pastor Luiz Antonio. Interpretando o Apocalipse Por Pastor Luiz Antonio. CAPÍTULO III QUINTA CARTA, À IGREJA DE SARDES 1 E ao anjo da igreja que está em Sardes escreve: Isto diz o que tem os sete Espíritos de Deus e as sete

Leia mais

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 PNEUMATOLOGIA OS DONS DO

Leia mais

Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum Deus renova todas as coisas

Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum Deus renova todas as coisas Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum-17.11.13 Deus renova todas as coisas Eu tive um sonho. Sonhei que os rios já não estavam poluídos, e as suas águas eram puras e cristalinas. Sonhei que. em vez de

Leia mais

II Domingo de Advento C 2009 Missa com a Catequese

II Domingo de Advento C 2009 Missa com a Catequese II Domingo de Advento C 2009 Missa com a Catequese Procissão de entrada: Inclui uma mãe, vestida de branco, de olhos vendados, com uma balança e uma espada em cada uma das mãos, a simbolizar a justiça

Leia mais

Jesus Prepara sua Morte

Jesus Prepara sua Morte Jesus Prepara sua Morte Texto base Marcos 14. 15-20 Introdução Jesus é ungido em Betânia Marcos 14. 3.9 Quais as características do gesto (Obra) dessa mulher: - Amor... v3 - Sacrifício... - Fé - Oportuna...

Leia mais

A TRANSIÇÃO DE TARSO PARA ANTIOQUIA. Romanos

A TRANSIÇÃO DE TARSO PARA ANTIOQUIA. Romanos A TRANSIÇÃO DE TARSO PARA ANTIOQUIA A TRANSIÇÃO DE TARSO PARA ANTIOQUIA Rev. Valdinei A. Ferreira Rev. Valdinei Aparecido Ferreira Romanos 12.1-2 Romanos 12.1-2 E, promovendo-lhes, em cada encomendaram

Leia mais

Lição 11. Garotos Adultos & É o Coração. Page 1

Lição 11. Garotos Adultos & É o Coração. Page 1 Lição 11 Garotos Adultos & É o Coração Page 1 LIÇÃO 11 GAROTOS ADULTOS & É O CORAÇÃO I. Garotos Adultos (capítulo 16) A. A maldição de nossos dias é. Mais do que estar ausente da família, existe a ausência

Leia mais

Animação bíblica da escola

Animação bíblica da escola Animação bíblica da escola Coleção Animação Bíblica Da Pastoral Bíblica à Animação Bíblica da Pastoral, Gabriel Naranjo Salazar A animação Bíblica da Pastoral: sua identidade e missão, Santiago Silva Retamales

Leia mais

A Segunda Epístola a Timóteo

A Segunda Epístola a Timóteo A Segunda Epístola a Timóteo Um Guia de Estudo com Comentários Introdutórios, Resumos, Esboços e Perguntas de Revisão Estudo Preparado por Mark A. Copeland Distribuição Gratuita Venda Proibida A Segunda

Leia mais

JANEIRO 2017 CENTENÁRIO DAS APARIÇÕES DE FÁTIMA

JANEIRO 2017 CENTENÁRIO DAS APARIÇÕES DE FÁTIMA JANEIRO 2017 CENTENÁRIO DAS APARIÇÕES DE FÁTIMA Dia 01 (DOMINGO da oitava do NATAL DO SENHOR) - Celebrar Aniversários de Nascimento e de Matrimónio SANTA MARIA, MÃE DE DEUS Dia 02 (Segunda Feira) SS. BASÍLIO

Leia mais

O fariseu e o publicano Lc18,9-14

O fariseu e o publicano Lc18,9-14 O fariseu e o publicano Lc18,9-14 Jesus caminhava e multidões o acompanhavam. Pessoas com personalidades, objetivos e ideais diferentes. Conhecendo o coração de cada um, Jesus lhes propunha parábolas sobre

Leia mais

SANTA TERESA DE CALCUTÁ NOVENA

SANTA TERESA DE CALCUTÁ NOVENA SANTA TERESA DE CALCUTÁ NOVENA Coleção Novenas e Orações Adoração ao Santíssimo Sacramento Devocionário de Santo Antônio: novena, trezena, orações diversas Devocionário de São Miguel Arcanjo Livro do terço

Leia mais

PARA A PRIMEIRA PROFISSÃO DE UM RELIGIOSO

PARA A PRIMEIRA PROFISSÃO DE UM RELIGIOSO PRMERA PROFSSÃO DE UM RELGOSO 333 PARA A PRMERA PROFSSÃO DE UM RELGOSO rmãos e irmãs: A nossa família espiritual está hoje em festa por este(s) servo(s) de Deus, que se consagra(consagram) ao serviço de

Leia mais