PROGRAMA REDE COLABORATIVA DE DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA COOPERATIVA DE MÚSICA. Apresentação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA REDE COLABORATIVA DE DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA COOPERATIVA DE MÚSICA. Apresentação"

Transcrição

1 PROGRAMA REDE COLABORATIVA DE DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA COOPERATIVA DE MÚSICA Apresentação

2 PROGRAMA REDE COLABORATIVA DE DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA COOPERATIVA DE MÚSICA OBJETIVO: Organizar um conjunto de ferramentas capazes de potencializar os recursos disponíveis na Cooperativa de Música e ampliar o volume de vendas de produtos e serviços dos cooperados. PRINCÍPIOS: Mesmos princípios que fundamentam a cooperativa: Coletividade, autogestão, economia solidária, ética e qualidade. META: Posicionar a imagem da cooperativa como a empresa do Brasil com o maior e mais diversificado portfólio de produtos e serviços musicais.

3 PROGRAMA REDE COLABORATIVA DE DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA COOPERATIVA DE MÚSICA - CONCEITOS A Cooperativa de Música é uma empresa fundamentada nos princípios do Cooperativismo e da Economia Solidária. É uma associação sem fins lucrativos, que agrega no Estado de São Paulo, 1500 profissionais da música, dos diferentes elos da cadeia produtiva, e que atuam como agentes econômicos, políticos e sociais de modo autônomo, e organizado em torno de um CNPJ em diversas ações comuns e coletivas. Entre os associados encontram-se profissionais específicos das áreas de formação, criação, produção e comercialização da música residentes no Estado de São Paulo. E a Cooperativa, ao longo destes sete anos, assinou contrato com diferentes clientes e consumidores de produtos e serviços musicais. Assim, podemos concluir que na Cooperativa de Música existem todas as ferramentas necessárias para formar um Sistema Produtivo Local, que é um método utilizado como estratégia para o desenvolvimento econômico de grupos que atuam em uma mesma cadeia produtiva. Parte do princípio da reunião dos diferentes agentes em prol do crescimento coletivo, unindo esforços para otimizar os recursos e potencializar as oportunidades econômicas.

4 PROGRAMA REDE COLABORATIVA DE DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA COOPERATIVA DE MÚSICA 1. REDE DE PRODUTORES Reunião de produtores cooperados que atuará no mercado como representante de vendas do portfólio de produtos da Cooperativa. 2. PORTFÓLIO DE PRODUTOS Reunião, catalogação, e organização dos produtos oferecidos pelos cooperados. Criação de um catálogo digital. 3. CRIAÇÃO DE UM BANCO DE PROJETOS Banco de Projetos aprovados em leis de incentivos fiscais - projetos institucionais e projetos de cooperados 4. CRIAÇÃO DE UM BANCO DE OFICINAS Reunião de um conjunto de oficinas que podem ser comercializadas junto com espetáculos musicais. Rede de Produtores Núcleo de produção Serviços Portfólio de Produtos Núcleo de Projetos Banco de Projetos

5 ESTRATÉGIAS Ações de venda direta dos produtos e serviços dos cooperados no mercado por parte dos produtores da rede. Comunicação Institucional com o mercado empresas contratantes e patrocinadores. Articulação política com órgão públicos, tais como Ministério, Funarte, Secretarias de cultura estaduais e municipais. Oferta de cursos e assessoria em desenvolvimento de projetos e autogestão de carreira. Ações de parceria institucional com imprensa, empresas fornecedoras de equipamento de áudio, seguradoras, etc.

6 FERRAMENTAS PROPOSTAS Portfólio digital no portal da cooperativa. Mailing com 430 empresas - contratantes de produtos dos cooperados nos anos 2008, 2009 e Catálogo Digital Catálogo trimestral com produtos e projetos de cooperados. Os catálogos serão cumulativos não excluindo os trabalhos dos catálogos anteriores. Agenda musical expandida- mailing coletivo de divulgação de shows Comunicação institucional envio de s institucionais para os contratantes. Diretoria Cooperativa Núcleo de Comunicação Rede de Produtores Mercado

7 Ações Rede Colaborativa Catálogo/ Portfólio Artistas Produtores Mercado Portfólio Digital no Portal Catálogo Digital Carteira de Clientes Venda Direta Comunicação institucional

8 Agentes internos Produtores Atuará como agente institucional de venda dos trabalhos de cooperados. Produção dos eventos de lançamento dos catálogos digitais - trimestral Produção das ações de formação de público universidade, bares e livrarias. Artista Cadastramento dos produtos e serviços no portal da cooperativa. Ter um produtor ou representar esse profissional diante ao contratante. Entrega de material necessário para conhecimento do produto; release, fotos e Cds Definição preços mínimo e ideal.

9 Produtos da Rede O catálogo Catálogo Digital Catálogo trimestral com 50 trabalhos a serem divididos em 5 informativos diferentes que será enviado semanalmente pelo núcleo de comunicação aos contratantes em um período de três meses. Projetos dos Catálogos Serão criados 4 projetos gerais que serão divulgados e representados pela rede e que permitam a reunião de diferentes trabalhos individuais. O projetos seguirão uma linha temática a ser definida coletivamente em cada lançamento do catálogo. Os cooperados poderão se inscrever gratuitamente na rede, e a seleção para a escolha dos trabalhos em cada catálogo será por ordem de chegada. Em agosto abriremos inscrições para o catálogo de outubro, novembro, dezembro.

10 Produtos da Rede Venda Direta Os contatos de contratantes serão divididos em praças e essas serão distribuídas entre os 5 produtores da rede. Os produtores se apresentarão como produtores da cooperativa de música. A estratégia de venda direta é a identificação de demandas, não serão oferecidos trabalhos especificadamente e sim identificadas as necessidades de cada contratante. Os trabalhos serão distribuídos conforme as demandas identificadas. O produtor apresentará trabalhos e não artistas, a idéia é mostrar a diversidade do portfólio e as diferentes possibilidades de produtos. A principal estratégia é de aproximação com o contratante procurando trabalhar a imagem institucional e o casting da cooperativa como o maior e mais diversificado do Brasil, na intenção de gerar demandas exclusivas.

11 Produtos da Rede Evento de Lançamento Evento de lançamento será trimestral. Procuraremos traçar um perfil de evento usando como estratégia principal a realização de um conjunto de apresentações simultâneas em lugares diferentes, dando a idéia de rede, ou em um mesmo local com uma programação de final de semana. O objetivo desta ação é a mídia espontânea. A adesão dos artistas será espontânea, pois não haverá pagamento de cachê neste primeiro momento, será uma contribuição para o sucesso da Rede de Produtores. Serão feitas parceria com empresas fornecedoras de equipamento de áudio e locais de apresentação.

12 Produtos da Rede Ação de formação de público Ação de formação de público em universidades: Apresentações musicais semanais, ou quinzenais em espaço universitário, para apresentar a diversidade da música independente, mostrar sua qualidade e importância. Nossa proposta é resgatar o movimento musical nas universidades, fazendo parcerias com Centros Acadêmicos, Diretórios, Reitorias, Coordenações, etc. Ação de Formação de público em bares: é idéia é construir um circuito de música independente em bares alternativos, e criar uma programação semanal ou quinzenal para apresentar trabalhos de cooperados que tenham perfil para casas noturnas. Ação de Formação de Público em livrarias A idéia é aproveitar os espaços auditório das livrarias e criar um círculo de apresentações de trabalhos de cooperados. Para isso buscaremos parcerias com essas empresas a fim de conseguir algumas datas mensais para divulgar os trabalhos de cooperados.

HISTÓRICO. Histórico

HISTÓRICO. Histórico INTRODUÇÃO As universidades públicas há muito deixaram de ser centros de produção artística, ao mesmo tempo se distanciaram das comunidades que deveriam atender e passaram a formar profissionais competentes,

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE ARTISTAS. Edital n 001/2016

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE ARTISTAS. Edital n 001/2016 EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE ARTISTAS Edital n 001/2016 A Produtora da Vila vem, por meio do presente edital, realizar o Credenciamento de Artistas dos diversos segmentos culturais: Artes Visuais, Artes

Leia mais

PROJETO SOCIAL E CULTURAL

PROJETO SOCIAL E CULTURAL PROJETO SOCIAL «E CULTURAL» CONHEÇA MINHA MÚSICA Plataforma Cultural de divulgação de novos artistas, músicas ou bandas Projeto Aprovado Pronac nº 140.147 O Projeto: - Novos Artistas, músicas e Bandas

Leia mais

CALL FOR PROPOSALS SELEÇÃO PARA SHOWCASE NA FIESTA DEL LIBRO Y LA CULTURA DE MEDELLÍN

CALL FOR PROPOSALS SELEÇÃO PARA SHOWCASE NA FIESTA DEL LIBRO Y LA CULTURA DE MEDELLÍN CALL FOR PROPOSALS SELEÇÃO PARA SHOWCASE NA FIESTA DEL LIBRO Y LA CULTURA DE MEDELLÍN LEIA ATENTAMENTE ESTE DOCUMENTO, POIS QUALQUER DETALHE INCORRETO PODERÁ RESULTAR EM CANCELAMENTO DE SUA INSCRIÇÃO CONTROLE

Leia mais

DELIBERAÇÃO Nº 06, DE 31 DE JANEIRO DE 2017

DELIBERAÇÃO Nº 06, DE 31 DE JANEIRO DE 2017 DELIBERAÇÃO Nº 06, DE 31 DE JANEIRO DE 2017 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO, tendo em vista a decisão tomada em sua 333ª Reunião Ordinária, realizada em 31 de janeiro de 2017, e considerando

Leia mais

SAMBA EM REDE CONVIDA

SAMBA EM REDE CONVIDA SAMBA EM REDE CONVIDA Samba, tecnologia e democratização cultural sambaemrede.com.br /sambaemrede /sambaemredeoficial /sambaemrede PROPÓSITO SAMBA EM REDE O Samba em Rede é o principal site de samba do

Leia mais

COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA

COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA Secretaria Nacional de Economia Solidária Ministério do Trabalho e Emprego Seu tamanho no Brasil 21.859 EES 1,7 Milhão de Pessoas 2.934 municípios (52%)

Leia mais

NOVO EDITAL NATURA MUSICAL 2017

NOVO EDITAL NATURA MUSICAL 2017 REGULAMENTO NOVO EDITAL NATURA MUSICAL 2017 1 REGULAMENTO NOVO EDITAL NATURA MUSICAL 2017 Índice 3 Sobre o Natura Musical 4 Categoria: Lançamento de Novos Trabalhos 5 Critérios de seleção 6 Informações

Leia mais

EDITAL 011/2013 CHAMADA DE ESTUDANTES DOS CURSOS DE NÍVEL SUPERIOR DO IF SUDESTE MG, CAMPUS RIO POMBA, PARA PARTICIPAÇÃO DO PROJETO RONDON

EDITAL 011/2013 CHAMADA DE ESTUDANTES DOS CURSOS DE NÍVEL SUPERIOR DO IF SUDESTE MG, CAMPUS RIO POMBA, PARA PARTICIPAÇÃO DO PROJETO RONDON Ministério da Educação. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Pró-reitoria de Extensão. Diretoria de Extensão

Leia mais

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências Wanessa Dose Bittar Formação -Especializada em Engenharia de Produção ( UFJF) -Graduada em Educação Artística ( UFJF) -Técnica em Design ( CTU) Cursos Extras -Educação Empreendedora pelo Endeavor Brasil

Leia mais

Entidade sem fins lucrativos, a OSCIP criada em 2002, realiza pesquisas, oficinas culturais, parcerias com escolas públicas e velhas guardas,

Entidade sem fins lucrativos, a OSCIP criada em 2002, realiza pesquisas, oficinas culturais, parcerias com escolas públicas e velhas guardas, Entidade sem fins lucrativos, a OSCIP criada em 2002, realiza pesquisas, oficinas culturais, parcerias com escolas públicas e velhas guardas, encontros de incentivo à criação de samba, produção de CDs

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO- BRASILEIRA - UNILAB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO- BRASILEIRA - UNILAB Chamada Pública de Propostas de Atividades Artísticas e Culturais para II Festival das Culturas da Unilab, Movimenta 2017 e outras atividades da Coordenação de Arte e Cultura - PROEX A Universidade da

Leia mais

Um olhar sobre as experiências de Grupos de Consumo Responsável no Brasil

Um olhar sobre as experiências de Grupos de Consumo Responsável no Brasil Encontro dos Grupos de Consumo Responsável Um olhar sobre as experiências de Grupos de Consumo Responsável no Brasil Parelheiros/São Paulo, 28 de agosto de 2011 Thais Mascarenhas Instituto Kairós - Ética

Leia mais

METAS DE SUSTENTABILIDADE 2017

METAS DE SUSTENTABILIDADE 2017 METAS DE SUSTENTABILIDADE 2017 Marketing Criar calendário de divulgação de temas específicos (Plano de Comunicação); Ajustar site para deficientes; visuais; In In company Viabilizar um workshop sobre os

Leia mais

PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO

PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO Seguem abaixo orientações acerca do preenchimento do Formulário Eletrônico para inscrição no Edital de Seleção de Projetos Culturais Lei Rouanet 2015 para patrocínio

Leia mais

Nome da Política Programa de Extensão Universitaria. Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) (Ver no documento.

Nome da Política Programa de Extensão Universitaria. Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) (Ver no documento. Código do Documento SG-P013 Nome da Política Programa de Extensão Universitaria Autor Aprovação Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) Adriana Valese Diretoria de Suporte e Planejamento

Leia mais

MANTENEDORES INSTITUCIONAIS

MANTENEDORES INSTITUCIONAIS O Instituto Saúde e Sustentabilidade é uma OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, fundado em dezembro de 2008, que atua com soluções para promover a saúde humana nas cidades por meio

Leia mais

PROCESSO SELETIVO/2017_1 ÁREA DE ATUAÇÃO: AGÊNCIA EXPERIMENTAL DE COMUNICAÇÃO

PROCESSO SELETIVO/2017_1 ÁREA DE ATUAÇÃO: AGÊNCIA EXPERIMENTAL DE COMUNICAÇÃO PROCESSO SELETIVO/2017_1 ÁREA DE ATUAÇÃO: AGÊNCIA EXPERIMENTAL DE COMUNICAÇÃO O curso de Comunicação Social seleciona estudantes das habilitações Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Tecnologia de Mídias

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014 APRESENTAÇÃO DO CEBC 201 QUEM SOMOS FUNDADO EM 200, O CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL CHINA CEBC É UMA INSTITUIÇÃO BILATERAL SEM FINS LUCRATIVOS FORMADA POR DUAS SEÇÕES INDEPENDENTES, NO BRASIL E NA CHINA,

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Departamento Regional do Amapá IX ALDEIA DE ARTES SESC POVOS DA FLORESTA. REGULAMENTO

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Departamento Regional do Amapá IX ALDEIA DE ARTES SESC POVOS DA FLORESTA. REGULAMENTO SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Departamento Regional do Amapá IX ALDEIA DE ARTES SESC POVOS DA FLORESTA. REGULAMENTO O Serviço Social do Comércio - Departamento Regional no Amapá realiza a IX ALDEIA DE ARTES

Leia mais

Regulamento do Fundo Social. Sicredi Ouro Verde MT

Regulamento do Fundo Social. Sicredi Ouro Verde MT Regulamento do Fundo Social Área Responsável Gerência de Relacionamento / Diretoria Executiva Substitui e revoga Versão: 1.0 Abrangência Externo Período de Vigência De: 2017 Sumário 1 INTRODUÇÃO... 3 2

Leia mais

SOBRE A EVOLUIR. Visite: /

SOBRE A EVOLUIR. Visite:  / CONSTRUINDO MÚSICA SOBRE A EVOLUIR A Evoluir é uma editora e uma empresa de educação para sustentabilidade. O nosso trabalho é, por meio de projetos e materiais educativos, levar as pessoas a refletir

Leia mais

CARTILHA CABARÉ FORA DO EIXO

CARTILHA CABARÉ FORA DO EIXO apresenta CARTILHA CABARÉ FORA DO EIXO ÍNDICE Cabaré, 3 Nunca fiz um Cabaré. E agora?, 4 Primeiro passo: Quem vem?, 5 Segundo passo: onde vai ser?, 6 Preparando a divulgação, 7 Plano de Execução, 8 Contatos,

Leia mais

Gerente de Mídias Sociais, com carga horária de 30h semanais.

Gerente de Mídias Sociais, com carga horária de 30h semanais. TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO POR SERVIÇO ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO CENTRO DE REFERÊNCIA PATRIMONIAL E HISTÓRICO DE DUQUE DE CAXIAS (AA- CRPH) E REDE DE MUSEOLOGIA SOCIAL DO RIO DE JANEIRO (REMUS-

Leia mais

Prefeitura de São Leopoldo Estado do Rio Grande do Sul Secretaria Municipal de Cultura e Turismo 4º FESTIVAL DE ESQUETES DE SÃO LEOPOLDO

Prefeitura de São Leopoldo Estado do Rio Grande do Sul Secretaria Municipal de Cultura e Turismo 4º FESTIVAL DE ESQUETES DE SÃO LEOPOLDO 4º FESTIVAL DE ESQUETES DE SÃO LEOPOLDO A Prefeitura Municipal de São Leopoldo, através de sua Secretaria Municipal de Cultura e Turismo promove, em parceria com o Fórum de Artes Cênicas, o 4º FESTIVAL

Leia mais

HISTÓRICO DAS REVISÕES

HISTÓRICO DAS REVISÕES Página 1 de 7 HISTÓRICO DAS REVISÕES REVISÃO DATA DESCRIÇÃO 00 06/02/2015 Emissão inicial 1. OBJETIVO Criar uma sistemática de produção e disseminação de notícias institucionais para os diversos públicos

Leia mais

UM CUBO FLEXÍVEL QUE OFERECE DIVERSÃO CULTURA E ARTE. E AINDA REALIZA PESQUISAS EM ESPAÇOS PÚBLICOS.

UM CUBO FLEXÍVEL QUE OFERECE DIVERSÃO CULTURA E ARTE. E AINDA REALIZA PESQUISAS EM ESPAÇOS PÚBLICOS. Rua ao cubo UM CUBO FLEXÍVEL QUE OFERECE DIVERSÃO CULTURA E ARTE. E AINDA REALIZA PESQUISAS EM ESPAÇOS PÚBLICOS. JOGOS INSTRUMENTOS MUSICAIS LIVROS EXPOSIÇÕES OFICINAS SHOWS ATIVIDADES FÍSICAS PROJEÇÕES

Leia mais

PRÊMIO CRIAÇÃO MUSICAL-VISUAL: MÚSICA & POLÍTICA

PRÊMIO CRIAÇÃO MUSICAL-VISUAL: MÚSICA & POLÍTICA PRÊMIO CRIAÇÃO MUSICAL-VISUAL: MÚSICA & POLÍTICA O Festival Música Estranha desenvolve uma linha de fomento chamada melab que lança editais e premiações em dinheiro com o objetivo de estimular a colaboração,

Leia mais

O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o

O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o APRESENTAÇÃO O PROJETO O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o desenvolvimento da cadeia logística do

Leia mais

EDITAL. SEMANA UNIVERSITÁRIA DA UnB "Diferenças que somam, ideias que multiplicam"

EDITAL. SEMANA UNIVERSITÁRIA DA UnB Diferenças que somam, ideias que multiplicam EDITAL SEMANA UNIVERSITÁRIA DA UnB - 2016 "Diferenças que somam, ideias que multiplicam" O Reitor da Universidade de Brasília torna pública a realização da Semana Universitária da UnB - 2016, com o tema

Leia mais

PROJETO TOCAR E ENCANTAR CORPORAÇÃO MUSICAL DE QUATIS

PROJETO TOCAR E ENCANTAR CORPORAÇÃO MUSICAL DE QUATIS PROJETO TOCAR E ENCANTAR CORPORAÇÃO MUSICAL DE QUATIS Ministério da Cultura PRONAC: 161956 - Projeto Tocar e Encantar Proponente: Corporação Musical Nossa Senhora do Rosário 0 A Corporação Musical de Quatis

Leia mais

Autoria e Direção Geral Cristiana Gurgel Direção Artística Cristiana Gurgel Produção Executiva Cristiana Gurgel e Tereza Quaresma Assessoria de Imprensa Meise Halabi Captação e Mixagem de Áudio Sergio

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE TRABALHOS PARA II SEMINÁRIO NASF- RIO SER RESOLUTIVO

EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE TRABALHOS PARA II SEMINÁRIO NASF- RIO SER RESOLUTIVO EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE TRABALHOS PARA II SEMINÁRIO NASF- RIO PROBLEMATIZANDO O TRABALHO DO NASF: COMO COORDENAR O CUIDADO E SER RESOLUTIVO 1. APRESENTAÇÃO: A Coordenação de Policlínicas e Núcleos

Leia mais

MEDIAÇÃO E EDUCAÇÃO EM MUSEUS: NOVOS OLHARES

MEDIAÇÃO E EDUCAÇÃO EM MUSEUS: NOVOS OLHARES MEDIAÇÃO E EDUCAÇÃO EM MUSEUS: NOVOS OLHARES CONVOCATÓRIA O projeto Mediação e Educação em Museus: Novos Olhares tem por objetivo a realização de encontro entre educadores com a finalidade de divulgar

Leia mais

CEADEC 16 anos de história e de luta

CEADEC 16 anos de história e de luta CEADEC 16 anos de história e de luta O CEADEC é uma organização não governamental, qualificada como Oscip Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, que atua na assessoria à formação de cooperativas

Leia mais

Relatório Trimestral de Atividades

Relatório Trimestral de Atividades INFORMAÇÕES GERAIS Instituição: Nome do Projeto Orientador: E-mail do Orientador: Telefone do Orientador Nome dos jovens: Período de execução (especificar os meses): ATIVIDADES DESENVOLVIDAS 1. Descreva

Leia mais

EDITAL 2017 para seleção de novos participantes do NÚCLEO DE COMPOSIÇÃO SESI/PR - CURITIBA

EDITAL 2017 para seleção de novos participantes do NÚCLEO DE COMPOSIÇÃO SESI/PR - CURITIBA EDITAL 2017 para seleção de novos participantes do NÚCLEO DE COMPOSIÇÃO SESI/PR - CURITIBA O Serviço Social da Indústria SESI/PR abre inscrições para o processo de seleção de participantes para o Núcleo

Leia mais

PORTARIA CRCMG Nº 75, DE 17 DE JULHO DE 2014.

PORTARIA CRCMG Nº 75, DE 17 DE JULHO DE 2014. PORTARIA CRCMG Nº 75, DE 17 DE JULHO DE 2014. Institui o Regulamento de Divulgação de Informações nos Meios de Comunicação do CRCMG. O PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE MINAS GERAIS,

Leia mais

EDITAL DE CONVOCATÓRIA PARA SELEÇÃO DE ARTISTAS PARA RESIDÊNCIA E REALIZAÇÃO DE PROSPOSTA DE INTERVENÇÃO URBANA EDITAL Nº 001/2013

EDITAL DE CONVOCATÓRIA PARA SELEÇÃO DE ARTISTAS PARA RESIDÊNCIA E REALIZAÇÃO DE PROSPOSTA DE INTERVENÇÃO URBANA EDITAL Nº 001/2013 EDITAL DE CONVOCATÓRIA PARA SELEÇÃO DE ARTISTAS PARA RESIDÊNCIA E REALIZAÇÃO DE PROSPOSTA DE INTERVENÇÃO URBANA EDITAL Nº 001/2013 APRESENTAÇÃO O Projeto Muros Territórios Compartilhados em sua 3º edição

Leia mais

PATROCINAR A FNQ É INVESTIR NA GESTÃO

PATROCINAR A FNQ É INVESTIR NA GESTÃO PATROCINAR A FNQ É INVESTIR NA GESTÃO Sobre nós 2 Instituição sem fins lucrativos Criada em 1991, por representantes dos setores público e privado Responsável pela organização, promoção e avaliação do

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS, PESQUISA E EXTENSÃO: VIOLÊNCIA E SERVIÇO SOCIAL DA FAPSS SP

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS, PESQUISA E EXTENSÃO: VIOLÊNCIA E SERVIÇO SOCIAL DA FAPSS SP REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS, PESQUISA E EXTENSÃO: VIOLÊNCIA E SERVIÇO SOCIAL DA FAPSS SP 1 REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS, PESQUISA E EXTENSÃO: VIOLÊNCIA E SERVIÇO SOCIAL DA FAPSS SP CAPÍTULO 1

Leia mais

EDITAL DE CIRCULAÇÃO INTERNA 029/2015 SEMINÁRIO DE ENCERRAMENTO DA ACOLHIDA CIDADÃ/ SOLIDÁRIA FURG ª EDIÇÃO

EDITAL DE CIRCULAÇÃO INTERNA 029/2015 SEMINÁRIO DE ENCERRAMENTO DA ACOLHIDA CIDADÃ/ SOLIDÁRIA FURG ª EDIÇÃO EDITAL DE CIRCULAÇÃO INTERNA 029/2015 SEMINÁRIO DE ENCERRAMENTO DA ACOLHIDA CIDADÃ/ SOLIDÁRIA FURG 2015 6ª EDIÇÃO 1. DA REALIZAÇÃO O Edital do Seminário de Encerramento da Acolhida Cidadã/ Solidária FURG

Leia mais

O PRIMEIRO ENCONTRO. Concerto de Leitura. apresenta. Élida Marques. Trechos do romance Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa

O PRIMEIRO ENCONTRO. Concerto de Leitura. apresenta. Élida Marques. Trechos do romance Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa apresenta Concerto de Leitura Trechos do romance Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa com Élida Marques Eduardo Contrera Realização Élida Marques Produções Artísticas Ltda. PRONAC 154042 Mecenato

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Festival Internacional de Cultura Livre Local: Casa de Cultura Mário Quintana e Anfiteatro Pôr do

Leia mais

CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 01/2016 APRESENTAÇÕES CULTURAIS 17ª UFMG JOVEM

CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 01/2016 APRESENTAÇÕES CULTURAIS 17ª UFMG JOVEM CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 01/2016 APRESENTAÇÕES CULTURAIS 17ª UFMG JOVEM A Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal de Minas Gerais, por meio da Diretoria de Divulgação Científica (DDC), torna pública,

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO, PESQUISA E DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DA UTFPR / CAMPUS CAMPO MOURÃO. CNPJ N. º

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO, PESQUISA E DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DA UTFPR / CAMPUS CAMPO MOURÃO. CNPJ N. º EDITAL DE LICITAÇÃO PARA OBTENÇÃO DE PATROCÍNIO Nº 02/2015 A FUNTEF-PR- FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO, PESQUISA E UTFPR, com sede a Via Rosalina Maria dos Santos, 1233, em Campo Mourão - Pr, inscrita no

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO IX FESTIVAL DE BANDAS DA NICO LOPES

REGULAMENTO GERAL DO IX FESTIVAL DE BANDAS DA NICO LOPES REGULAMENTO GERAL DO IX FESTIVAL DE BANDAS DA NICO LOPES 1.0. REGRAS GERAIS 1.2. O IX Festival de Bandas da Nico Lopes se realizará entre os dias 09 e 11 de novembro de 2016. 1.3. O Festival de Bandas

Leia mais

II CONCURSO REGIONAL ABRACOPEL DE REDAÇÃO E DESENHO Eletricidade com segurança

II CONCURSO REGIONAL ABRACOPEL DE REDAÇÃO E DESENHO Eletricidade com segurança II CONCURSO REGIONAL ABRACOPEL DE REDAÇÃO E DESENHO Eletricidade com segurança Objetivo principal: incentivar a participação de crianças, adolescentes e professores no desenvolvimento dos conceitos de

Leia mais

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL Centro de Referência de Assistência Social PLANO ANUAL DE AÇÃO 2015

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL Centro de Referência de Assistência Social PLANO ANUAL DE AÇÃO 2015 CRAS: Maracanã COORDENADOR(A): Eliana de Araújo Vieira PREFEITURA DE MONTES CLAROS PLANO ANUAL DE AÇÃO 2015 QUADRO I Atividades de fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários: Objetivo Atividades

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS. 1. Modalidade da Ação. 2. Apresentação do Proponente

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS. 1. Modalidade da Ação. 2. Apresentação do Proponente UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS 1. Modalidade da Ação Evento - Ação que implica na apresentação e/ou exibição pública, livre ou com clientela

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO FPES

REGIMENTO INTERNO DO FPES REGIMENTO INTERNO DO FPES CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADE Art. 1º O Fórum Paulista de Economia Solidária, doravante denominada FPES, é um espaço de articulação, mobilização, debate, desenvolvimento

Leia mais

Sobre a Corpbusiness. Análise de Mercado Eventos. Público-Alvo. Galeria de Fotos Eventos Por que patrocinar os eventos? Cotas de Patrocínio

Sobre a Corpbusiness. Análise de Mercado Eventos. Público-Alvo. Galeria de Fotos Eventos Por que patrocinar os eventos? Cotas de Patrocínio Mídia Kit 2015 Sumário 03 04 06 08 10 12 13 14 20 21 Sobre a Corpbusiness Análise de Mercado Eventos Público-Alvo Galeria de Fotos Eventos 2014 Na Mídia Divulgação Por que patrocinar os eventos? Cotas

Leia mais

IX SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL, COOPERATIVISMO E ECONOMIA SOLIDÁRIA Práticas e Saberes da Agricultura Familiar

IX SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL, COOPERATIVISMO E ECONOMIA SOLIDÁRIA Práticas e Saberes da Agricultura Familiar NORMAS PARA ENVIO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS 1. INFORMAÇÕES GERAIS O Seminário Internacional de Desenvolvimento Rural Sustentável, Cooperativismo e Economia Solidária é um evento no âmbito

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI INSTITUTO INTERDISCIPLINAR DE SOCIEDADE, CULTURA E ARTES (IISCA)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI INSTITUTO INTERDISCIPLINAR DE SOCIEDADE, CULTURA E ARTES (IISCA) UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI INSTITUTO INTERDISCIPLINAR DE SOCIEDADE, CULTURA E ARTES (IISCA) EDITAL Nº 04/2016 Processo seletivo para pós-graduação stricto senso: Curso de Especialização em Permacultura

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL SILVIAPATRIANI

APRESENTAÇÃO COMERCIAL SILVIAPATRIANI APRESENTAÇÃO COMERCIAL SILVIAPATRIANI Especialista em Mentoria para Palestrantes Quem é Silvia Patriani Silvia Patriani conhece muito bem os passos necessários para se atingir objetivos. Sua própria história

Leia mais

4 5 AÇÃO LOCAL PERÍODO Reuniões periódicas da Diretoria Executiva Durante todo o ano No mínimo, 2 reuniões do Conselho de Administração Durante todo o ano No mínimo, 2 reuniões do Conselho Fiscal Durante

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org GT de Comunicação - Nota Conceitual O Grupo de Trabalho de Comunicação do Comitê Organizador do

Leia mais

OBJETO: Seleção de Artistas Orientadores para o Projeto de Qualificação em Dança Edição 2015

OBJETO: Seleção de Artistas Orientadores para o Projeto de Qualificação em Dança Edição 2015 CHAMAMENTO PÚBLICO POIESIS Nº 06/2014 OBJETO: Seleção de Artistas Orientadores para o Projeto de Qualificação em Dança Edição 2015 Obedecendo aos termos do Contrato de Gestão firmado entre o Governo do

Leia mais

CIRCOVOLANTE 9º ENCONTRO INTERNACIONAL DE PALHAÇOS 16 A 19 DE NOVEMBRO DE 2017 EDITAL DE OFICINAS GRATUITAS

CIRCOVOLANTE 9º ENCONTRO INTERNACIONAL DE PALHAÇOS 16 A 19 DE NOVEMBRO DE 2017 EDITAL DE OFICINAS GRATUITAS EDITAL DE OFICINAS GRATUITAS O Circovolante torna público o edital de oficinas que serão oferecidas para os moradores da região de Mariana, como parte da programação do Circovolante 9º Encontro Internacional

Leia mais

Mulheres em Círculo. Mapeamento fotográfico

Mulheres em Círculo. Mapeamento fotográfico Mulheres em Círculo Mapeamento fotográfico Mulheres em Círculo - mapeamento fotográfico, consiste na criação de uma rede de aproximação e difusão de grupos, instituições e/ou pessoas que desenvolvam ações

Leia mais

O processo de criação de um Centro de Educação a Distância. Profa. Dra. Vani Moreira Kenski e Equipe NEAD/CEAD/UMESP

O processo de criação de um Centro de Educação a Distância. Profa. Dra. Vani Moreira Kenski e Equipe NEAD/CEAD/UMESP O processo de criação de um Centro de Educação a Distância Profa. Dra. Vani Moreira Kenski e Equipe NEAD/CEAD/UMESP Planejamento Integrado Gestão de mudança Suporte às Atividades Fim Instituição Vontade

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Os Vereadores e Vereadoras da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Porto Alegre apresentam Projeto de Resolução que institui novas disposições para o Concurso Sioma Breitman de Fotografia,

Leia mais

PLANO ESTADUAL DO LIVRO, LEITURA E LITERATURA (PELLL)

PLANO ESTADUAL DO LIVRO, LEITURA E LITERATURA (PELLL) PLANO ESTADUAL DO LIVRO, LEITURA E LITERATURA (PELLL) AÇÃO INTERSECRETARIAL ELABORAÇÃO E IMPLANTAÇÃO CONJUNTA ENTRE SECRETARIA DE ESTADO DA CULTUA E SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO INTEGRAÇÃO Para otimizar

Leia mais

2. Do perfil dos grupos 3. Da seleção dos grupos, companhias ou coletivos. 4. Das condições de participação

2. Do perfil dos grupos 3. Da seleção dos grupos, companhias ou coletivos. 4. Das condições de participação Chamamento para seleção de Grupos, Companhias e Coletivos de Dança interessados em Receber Orientação Artística do Programa de Qualificação em Artes - Dança Edição 2018. A POIESIS Organização Social de

Leia mais

Regulamento Gincana Cultural Nacional Escoteira 2ª fase

Regulamento Gincana Cultural Nacional Escoteira 2ª fase Regulamento Gincana Cultural Nacional Escoteira 2ª fase Artigo Primeiro - O que é a Gincana Cultural Nacional Escoteira? Gincana Cultural Nacional Escoteira é um projeto organizado pela União dos Escoteiros

Leia mais

CBGPL 2017 GESTAO PROJETOS E LIDERANCA PORTFÓLIO DE PARCERIAS E PATROCÍNIO. Garanta seu espaço! Junho de 2017 Curitiba - PR

CBGPL 2017 GESTAO PROJETOS E LIDERANCA PORTFÓLIO DE PARCERIAS E PATROCÍNIO. Garanta seu espaço! Junho de 2017 Curitiba - PR ~ XII CONGRESSO BRASILEIRO DE GESTAO PROJETOS E LIDERANCA, CBGPL 2017 PORTFÓLIO DE PARCERIAS E PATROCÍNIO Garanta seu espaço! Junho de 2017 Curitiba - PR Realização PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE COMITÊ

Leia mais

Up Leon em Movimento. O Projeto:

Up Leon em Movimento. O Projeto: desde 1991 Quem somos Atuando desde 1991 no mercado internacional, somos uma companhia 100% brasileira especializada em produzir e gerenciar artistas circenses. Composta por um grupo de profissionais altamente

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO POIESIS Nº 03/2016

CHAMAMENTO PÚBLICO POIESIS Nº 03/2016 CHAMAMENTO PÚBLICO POIESIS Nº 03/2016 Chamamento para seleção de Grupos, Companhias e Coletivos de Dança interessados em Receber Orientação Artística do Programa de Qualificação em Artes Projeto de Qualificação

Leia mais

SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DA REDE

SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DA REDE SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DA REDE Concentra todas as ações de comunicação, com destaque para a produção de uma publicação impressa e online (trimestral), do boletim eletrônico (semanal), atualização do

Leia mais

UNIÃO NACIONAL DE ESTUDANTES DIRETORIA DE MULHERES 7º ENCONTRO NACIONAL DE MULHERES ESTUDANTES

UNIÃO NACIONAL DE ESTUDANTES DIRETORIA DE MULHERES 7º ENCONTRO NACIONAL DE MULHERES ESTUDANTES UNIÃO NACIONAL DE ESTUDANTES DIRETORIA DE MULHERES 7º ENCONTRO NACIONAL DE MULHERES ESTUDANTES CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE OFICINAS E ATIVIDADES CULTURAIS, ARTÍSTICAS, CIENTÍFICAS E DE COMUNICAÇÃO.

Leia mais

EDITAL 1/2016 CONCURSO 22/2016 SALÃO DE ARTE ATELIER LIVRE XICO STOCKINGER

EDITAL 1/2016 CONCURSO 22/2016 SALÃO DE ARTE ATELIER LIVRE XICO STOCKINGER 1 EDITAL 1/2016 CONCURSO 22/2016 SALÃO DE ARTE ATELIER LIVRE XICO STOCKINGER A SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA comunica aos interessados que estará recebendo de 03 a 28/10/16, na forma da Lei nº 8.666/93

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CADASTRAMENTO DE ARTISTAS ORIENTADORES PARA O PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO EM ARTES DANÇA EDIÇÃO 2018.

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CADASTRAMENTO DE ARTISTAS ORIENTADORES PARA O PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO EM ARTES DANÇA EDIÇÃO 2018. CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CADASTRAMENTO DE ARTISTAS ORIENTADORES PARA O PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO EM ARTES DANÇA EDIÇÃO 2018. A POIESIS Organização Social de Cultura, por meio da Secretaria de Estado da Cultura,

Leia mais

Município de Vieira do Minho

Município de Vieira do Minho REGULAMENTO MUNICIPAL CABREIRA ROCK Preâmbulo A Câmara Municipal de Vieira do Minho tem procurado intervir em diversos campos que cruzam a vasta área da juventude organizando, entre outras iniciativas,

Leia mais

NOS CAMINHOS DA PRÁXIS: PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

NOS CAMINHOS DA PRÁXIS: PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO PÚBLICA NOS CAMINHOS DA PRÁXIS: PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO PÚBLICA Chapecó-SC, Jun/2017 APRESENTAÇÃO Garantir a Extensão Universitária como um processo educativo, cultural e científico

Leia mais

EDITAL E REGULAMENTO DESAFIO ITFETEP DE EMPREENDEDORISMO 2017

EDITAL E REGULAMENTO DESAFIO ITFETEP DE EMPREENDEDORISMO 2017 EDITAL E REGULAMENTO DESAFIO ITFETEP DE EMPREENDEDORISMO 2017 O Desafio ITfetep de Empreendedorismo é um programa de incentivo financeiro, tecnológico, administrativo e de infraestrutura da Incubadora

Leia mais

FESTIVAL DE MÚSICA NACIONAL FM REGULAMENTO 2017

FESTIVAL DE MÚSICA NACIONAL FM REGULAMENTO 2017 FESTIVAL DE MÚSICA NACIONAL FM REGULAMENTO 2017 1. DOS OBJETIVOS 1.1 - O Festival visa revelar e divulgar gravações de obras musicais inéditas*, abrindo espaço na programação da Rádio Nacional FM para

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE CULTURA CINE-THEATRO CENTRAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE CULTURA CINE-THEATRO CENTRAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE CULTURA CINE-THEATRO CENTRAL CHAMADA PÚBLICA DE OCUPAÇÃO ARTÍSTICA E CULTURAL DO CINE- THEATRO CENTRAL N o 01/2017 A Universidade Federal de Juiz de

Leia mais

FEIRA DO EMPREENDEDOR MG EDIÇÃO 2017

FEIRA DO EMPREENDEDOR MG EDIÇÃO 2017 FEIRA DO EMPREENDEDOR MG EDIÇÃO 2017 25 ANOS DE SUCESSO A Feira do Empreendedor foi criada em 1992 e tornou-se um dos maiores e mais importantes eventos de empreendedorismo do país. A feira é considerada

Leia mais

COMITÊ REGIONAL DA QUALIDADE DE CACHOEIRA DO SUL

COMITÊ REGIONAL DA QUALIDADE DE CACHOEIRA DO SUL COMITÊ REGIONAL DA QUALIDADE DE CACHOEIRA DO SUL Planejamento Estratégico 2007/2009 COMITÊ REGIONAL DA QUALIDADE DE CACHOEIRA DO SUL NEGÓCIO Disseminar o Modelo de Excelência em Gestão Fornecedores PGQP

Leia mais

arte e cultura nos parques de São paulo

arte e cultura nos parques de São paulo pic nic cultural arte e cultura nos parques de São paulo Pautado por uma programação soft, voltada para a família, o PICNIC CULTURAL apresenta uma agenda intensa e diversificada de atividades culturais

Leia mais

EDITAL Nº 02/2017 TEATRO DEODORO É O MAIOR BARATO - 18ª EDIÇÃO

EDITAL Nº 02/2017 TEATRO DEODORO É O MAIOR BARATO - 18ª EDIÇÃO EDITAL Nº 02/2017 TEATRO DEODORO É O MAIOR BARATO - 18ª EDIÇÃO A Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas - DITEAL, no uso de suas atribuições, torna público o presente Edital do Projeto Teatro Deodoro

Leia mais

EDITAL DE ELEIÇÃO PARA O CONSU MEMBROS EXTERNOS MANDATO 2017

EDITAL DE ELEIÇÃO PARA O CONSU MEMBROS EXTERNOS MANDATO 2017 EDITAL DE ELEIÇÃO PARA O CONSU MEMBROS EXTERNOS MANDATO 2017 O Presidente do Conselho Universitário (Consu) faz saber à comunidade em geral acerca da realização da eleição de 04 (quatro) membros externos,

Leia mais

REGULAMENTO Promoção e realização Mostra Sergipana de Música Sescanção 2017 Do objeto Da finalidade Do cronograma

REGULAMENTO Promoção e realização Mostra Sergipana de Música Sescanção 2017 Do objeto Da finalidade Do cronograma REGULAMENTO I Promoção e realização: A Mostra Sergipana de Música Sescanção 2017 é uma realização sem fins lucrativos do Serviço Social do Comércio Sesc em Sergipe, entidade integrante do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac.

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA Nº01/2014 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PUCRS

SELEÇÃO PÚBLICA Nº01/2014 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PUCRS SELEÇÃO PÚBLICA Nº01/2014 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PUCRS NO CONTEXTO DA CHAMADA PÚBLICA MCTI/SESIC/MTE/SENAES/CNPQ Nº89/2013 1. Apresentação 1.1. A Incubadora de Empreendimentos

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESPETÁCULOS TEATRAIS 2º FELT FESTIVAL LIVRE DE TEATRO SANTO ANDRÉ SP 2017 REGULAMENTO

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESPETÁCULOS TEATRAIS 2º FELT FESTIVAL LIVRE DE TEATRO SANTO ANDRÉ SP 2017 REGULAMENTO EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESPETÁCULOS TEATRAIS 2º FELT FESTIVAL LIVRE DE TEATRO SANTO ANDRÉ SP 2017 REGULAMENTO 1. APRESENTAÇÃO 1.1. O Coletivo Livre de Teatro - Núcleo da Cooperativa Paulista de Teatro coletivo

Leia mais

Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016

Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016 Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016 OS ENCONTROS Há 10 anos, o CTE realiza Encontros de profissionais da cadeia produtiva da construção. OS

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO FUNDAÇÃO ANDRÉ E LUCIA MAGGI Nº 01/2017

CHAMAMENTO PÚBLICO FUNDAÇÃO ANDRÉ E LUCIA MAGGI Nº 01/2017 CHAMAMENTO PÚBLICO FUNDAÇÃO ANDRÉ E LUCIA MAGGI Nº 01/2017 A Fundação André e Lucia Maggi FAZ SABER que, no período de 17 de janeiro de 2017 a 18 de fevereiro de 2017 estarão abertas as inscrições para

Leia mais

UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROGRAD PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE MONITORIA PROGRAMA DE TUTORIA EDITAL

UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROGRAD PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE MONITORIA PROGRAMA DE TUTORIA EDITAL UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROGRAD PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE MONITORIA PROGRAMA DE TUTORIA EDITAL O Pró-Reitor de Graduação da Universidade Federal Fluminense, no uso de suas atribuições

Leia mais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Atividade Final: Elaboração de Pré-Projeto Aluno: Maurício Francheschis Negri 1 Identificação do Projeto Rede Mobilizadores Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Um dia na escola do meu filho:

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INTEGRAL (MODALIDADE PRESENCIAL) EDITAL PPPG Nº 29/2011

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INTEGRAL (MODALIDADE PRESENCIAL) EDITAL PPPG Nº 29/2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INTEGRAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS (CCSA)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS (CCSA) UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS (CCSA) EDITAL Nº006/2016/CCSA/UFCA Processo seletivo para pós-graduação lato senso: Curso de Especialização em Inovação Social em Economia

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA DO EDITAL PDS/RN

TERMO DE REFERÊNCIA DO EDITAL PDS/RN TERMO DE REFERÊNCIA DO EDITAL PDS/RN 0001-2013 1. Apresentação A CPFL Energias Renováveis explora oportunidades no mercado brasileiro de geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis, por meio

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CADASTRAMENTO DE ARTISTAS ORIENTADORES PARA O PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO EM ARTES PROJETO DE QUALIFICAÇÃO EM DANÇA - EDIÇÃO 2017

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CADASTRAMENTO DE ARTISTAS ORIENTADORES PARA O PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO EM ARTES PROJETO DE QUALIFICAÇÃO EM DANÇA - EDIÇÃO 2017 CHAMAMENTO PÚBLICO POIESIS Nº 02/2016 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CADASTRAMENTO DE ARTISTAS ORIENTADORES PARA O PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO EM ARTES PROJETO DE QUALIFICAÇÃO EM DANÇA - EDIÇÃO 2017 Obedecendo aos

Leia mais

I CONVOCATÓRIA DA OCA: RESIDÊNCIA ARTÍSTICA INTERNACIONAL 2 DURAÇÃO 3 INSCRIÇÃO 1 DO OBJETO. Convocatoria OCA

I CONVOCATÓRIA DA OCA: RESIDÊNCIA ARTÍSTICA INTERNACIONAL 2 DURAÇÃO 3 INSCRIÇÃO 1 DO OBJETO. Convocatoria OCA I CONVTÓRIA DA : RESIDÊNCIA ARTÍSTICA INTERNACIONAL A Diretoria de Difusão Cultural (DDC), do Decanato de Extensão da Universidade de Brasília (DEX/UnB), em parceria com a Organização dos Estados Iberoamericanos

Leia mais

Data: 27 de setembro de Local: UNISAL Lorena/SP Campus São Joaquim

Data: 27 de setembro de Local: UNISAL Lorena/SP Campus São Joaquim Data: 27 de setembro de 2014 Local: UNISAL Lorena/SP Campus São Joaquim A Pró-Reitoria de Extensão, Ação Comunitária e Pastoral do Centro Universitário Salesiano de São Paulo, lança este Edital para a

Leia mais

Dia de Arte. Evento multicultural com o tema Água

Dia de Arte. Evento multicultural com o tema Água Dia de Arte Evento multicultural com o tema Água O que é Arte? Experiência Emoção Cultura Expressão Por isso... A arte, como manifestação da cultura, é uma necessidade básica humana. Assim como a água

Leia mais

Inteligência de mercado

Inteligência de mercado Inteligência de mercado práticas e resultados Zilma Santos Gestora de Vendas, Mercado e Produtos 28 de junho de 2013 Unimed-BH em números 1,18 milhão de clientes em carteira, sendo 79% coletivos 5,3 mil

Leia mais

1) O período de inscrição será de 06 de maio a 20 de junho de 2014.

1) O período de inscrição será de 06 de maio a 20 de junho de 2014. 1 FESTIVAL DE VITÓRIA - 21º VITÓRIA CINE VÍDEO De 12 a 17 de setembro de 2014 REGULAMENTO APRESENTAÇÃO Realizado pela Galpão Produções e pelo Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA), o Festival de Vitória

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE CURRICULUM PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (N. 001/2017)

EDITAL DE SELEÇÃO DE CURRICULUM PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (N. 001/2017) EDITAL DE SELEÇÃO DE CURRICULUM PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (N. 001/2017) 1 - APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL A Casa da Mulher do Nordeste (CMN) é uma organização não governamental feminista, fundada em 1980,

Leia mais

Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio de Janeiro ABRH-RJ TI`

Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio de Janeiro ABRH-RJ TI` Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio de Janeiro ABRH-RJ A ABRH-RJ A Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RJ), fundada há 51 anos, congrega profissionais e organizações que acreditam

Leia mais