DILEMA DO OBJETIVO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 30 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DILEMA DO OBJETIVO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 30 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r"

Transcrição

1 DILEMA DO OBJETIVO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 30 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

2 DILEMA DO OBJETIVO Desejo é inconsciente. O que você experimenta e chama de desejo não é desejo, é desejo conscientizado. Este livro é para explicar a natureza do desejo e ajudar você a lidar melhor com o seu. Boa leitura! 01 INTRODUÇÃO AO DILEMA CENA: Um grupo de cinco homens está em um bar onde se encontram um grupo de cinco mulheres. Todos os indivíduos do grupo masculino desejam fazer sexo com a mesma mulher do grupo feminino, ou seja, todos os indivíduos do grupo masculino tem o mesmo objetivo. Neste momento, John Nash, um dos indivíduos do grupo masculino, observa que se todos agirem em busca da realização de seus objetivos, uma vez que todos tem o mesmo objetivo, a ação de cada um só servirá para inviabilizar a realização do objetivo dos outros. Ou seja, se os indivíduos do grupo masculino agirem rumo a realização de seus desejos, o resultado é fracasso (não realização do desejo), contudo, se não agirem rumo a realização de seus desejos, o resultado também é fracasso (não realização do desejo). Este é o Dilema do Objetivo. Qual é a solução? 02 MUDANÇA DE OBJETIVO Ao observar o Dilema, John Nash propõe que todos os indivíduos do grupo masculino mudem de objetivo, ou seja, de desejo. Todos os indivíduos do grupo masculino desejam (objetivam) fazer sexo com a mesma mulher, mas como a realização deste objetivo só serve para inviabilizar a própria realização deste objetivo, Nash propõe como solução a mudança de desejo. Ao invés de todos objetivarem fazer sexo com a mesma mulher, cada um deve objetivar fazer sexo com uma mulher diferente, pois assim ninguém inviabiliza a realização do objetivo do outro. Esta solução é conhecida como equilíbrio de Nash, e realmente funciona, só que o motivo de funcionar não é mudança de objetivo. 03 MUDANÇA DE OBJETO A solução de John Nash para o Dilema do Objetivo não é mudança de objetivo, é mudança de objeto. Embora a proposta de Nash envolva parar de objetivar a mesma mulher e objetivar mulheres diferentes, o objetivo continua o mesmo: sexo. A solução para o Dilema do Objetivo não é mudança de desejo, é mudança de objeto de desejo. Desejo é objetivo. Objetivo é sempre o mesmo durante todo o jogo. 02

3 Imagine um jogo de xadrex. Cada uma das 16 peças é um objeto diferente que o enxadrista usa para realizar seu único e constante objetivo. Quando o enxadrista muda de peça, ele não está mudando de objetivo, está mudando de objeto. Agora, imagine que o enxadrista decida utilizar um único objeto, um pião, para realizar seu objetivo. Vai ficar difícil para o enxadrista realizar seu objetivo. Analogamente, o problema no grupo masculino não era objetivo comum, era objeto comum. 04 OBJETIVO CONSCIENTIZADO Objetivo é palavra do contexto dos jogos usada para expressar o desejo do jogador. Desejo é palavra do contexto da psicologia usada para expressar o objetivo de um ser humano. Objetivo e desejo são duas maneiras de dizer a mesma coisa. Dito isto, vamos entender porque você confunde objeto com objetivo. O motivo é que desejo é inconsciente. O que você experimenta e chama de desejo, não é bem desejo, é desejo conscientizado. Imagine um arquivo de fotografia no computador, por exemplo. Assim como você não consegue visualizar o conteúdo do arquivo sem transformá-lo em imagem na tela do computador, você também não consegue experimentar seu desejo, que é inconsciente, sem transformá-lo em desejo consciente. É por isto que você confunde objeto com objetivo. Objeto é seu objetivo inconsciente (desejo) sendo experimentado de forma consciente. 05 OBJETIVO INCONSCIENTE Todo ser é semente. Semente é potência. O desejo de todo ser é autorealização. Toda semente objetiva se autorealizar, objetiva se transformar em pé de si mesma. O objetivo inconsciente de uma semente de jabuticaba é se transformar em um pé de jabuticaba. O objetivo inconsciente de uma semente de azaleia é se transformar em um pé de azaleia. O objetivo inconsciente de uma semente de mostarda é se transformar em um pé de mostarda. O objetivo inconsciente de uma semente humana é se transformar em um pé de ser humano. 06 DESEJO CONSCIENTE Todo ser deseja autorealização. Mas nem todo ser experimenta seu desejo de forma consciente. Uma semente de jabuticaba, por exemplo, não sabe que deseja, apenas deseja. A experiência humana é diferente, possui o consciente, é por isso que você tem a possibilidade de experimentar seu objetivo através dos objetos, é por isto também que você deseja uns objetos e INdeseja outros. Os objetos que deseja e INdeseja são desejáveis e INdesejaveis, porque são representativos do seu desejo (objetivo inconsciente). 03

4 07 FUNÇÃO ESPELHO Assim como você não consegue ver seu próprio rosto diretamente, mas precisa usar um espelho, você também não consegue conhecer seu objetivo inconsciente diretamente, você também precisa usar um espelho. O espelho que você usa é o objeto. É através dos objetos, e só através deles, que você pode conhecer seu desejo (objetivo inconsciente). É ai que os objetos entram na sua história, ou melhor, entram para lhe contar histórias. Objetos, sejam concretos ou abstratos, não são desejados ou INdesejados aleatoriamente, mas por refletirem seu desejo. O desejável e Indesejável que você vê nos objetos, é reflexo do seu desejo (objetivo). Então, como todo espelho, o que você vê lhe conta sobre você. 08 LEI DA ATRAÇÃO A maneira como você se relaciona com um objeto, seja concreto ou abstrato, não depende apenas da natureza do objeto, mas da forma como seu desejo se relaciona com esse objeto. Quando a natureza de um objeto é Imagem e Semelhança com seu desejo, você deseja o objeto, sente atração. Quando a natureza de um objeto é Imagem Sem Semelhança com seu desejo, você INdeseja o objeto, sente repulsa. 09 OBJETIVO E OBJETO Macaco deseja comer banana e não deseja comer terra. Minhoca deseja comer terra e não deseja comer banana. Terra e banana são apenas objetos. É o desejo (objetivo inconsciente) do macaco e da minhoca que fazem os objetos banana e terra serem desejados ou INdesejados. Analogamente, Luiz deseja ser político e não deseja ser jogador de futebol. Edson deseja ser jogador de futebol e não deseja ser político. Político e jogador de futebol são apenas objetos. É o desejo (objetivo inconsciente) de Luiz e Edson que fazem os objetos político e jogador de futebol serem desejados ou INdesejados. 10 CONFUSÃO E MAL VIVER Você confunde objeto com objetivo por causa da função espelho dos objetos, mas a causa de você viver mal não é a função espelho dos objetos, é sua ignorância da função espelho. 04

5 11 CAUSA E EFEITO Quando você ignora a função espelho dos objetos, você: A) Prende os objetos desejados e, por consequência, vive preso a eles. B) Tenta mudar os objetos indesejados e, por consequência, vive preso a eles. Quando você está consciente da função espelho dos objetos, você: C) Liberta os objetos desejados e, por consequência, vive livre com eles. D) Permite os objetos indesejados e, por consequência, vive livre com eles. 12 ABRIDOR DE OBJETOS Para abrir os objetos e descobrir seu objetivo inconsciente, você deve usar a pergunta: Para que? Quanto mais você se indaga Para Que, mais você se aproxima da descoberta do seu desejo. Por exemplo, se seu desejo for: jogar futebol. Você se pergunta: Para que desejo jogar futebol?. A resposta pode ser: Desejo jogar futebol para fazer exercício físico. Dai você se pergunta: Para que desejo fazer exercício físico?. A resposta pode ser: Para cuidar da saúde. Pronto! Você chegou no seu objetivo inconsciente: bem estar. E uma vez consciente, você não precisa mais ficar preso ao objeto futebol, você pode realizar seu objetivo de bem estar através de diversos outros objetos. Mas sua resposta pode ser, por exemplo: Desejo jogar futebol para encontrar meus amigos. Dai você se pergunta: Para que desejo encontrar meus amigos?. Sua resposta pode ser: Para conversar. Dai você se pergunta: Para que desejo conversar?. Sua resposta pode ser: Para socializar. Dai você se pergunta: Para que desejo socializar?. A resposta pode ser: Para me sentir querido. Pronto! Você chegou no seu objetivo inconsciente: valor (afeto). E uma vez consciente, você não precisa mais ficar preso ao objeto futebol, você pode realizar seu objetivo de valor (afeto) através de diversos outros objetos. Toda vez que você usa o abridor de objetos você chega inevitavelmente nos quatro desejos humanos descritos, explicados e desenhados no livro QUATRIX. Então, recomendo a leitura do livro QUATRIX como complemento ao que você acabou de ler neste livro. Por fim, procure se manter consciente da função espelho, já é de grande ajuda para viver bem. Sucesso em seus quatro objetivos. 05

6 O QUE É 1FICINA? 1ficina é uma prestação de serviço consciencial a disposição do ser humano. A prestação de serviço da 1ficina é diferente, autônoma, inspirada, voluntária, universalista, prática e gratuita. A função da 1ficina é ajudar cada 1 em seu processo de auto-realização. A estratégia que a 1ficina utiliza para isto é o despertar da consciência. A ferramenta que a 1ficina utiliza é a comunicação. A 1ficina é praticante da ciência do óbvio e da autociência. MARCELO FERRARI Sou autor e coordenador da 1ficina. Tenho 45 anos e moro em Uberlândia, MG. Sou curioso, inventivo e teimoso desde que nasci. Não tenho formação acadêmica em filosofia, nem psicologia. Minha escola para entender a experiência humana é minha própria experiência humana. Se você tem internet, estamos a um click de distância. Disponha. DECLARAÇÃO DE UNIVERSALIDADE Eu honro e celebro eu. Eu honro e celebro você. Eu honro e celebro nós. Eu honro e celebro minha diferença. Eu honro e celebro sua diferença. Eu honro e celebro nossa diferença. Eu sou outro você. Você sou outro eu. Nós somos todos e cada um. Toda exclusão e desrespeito que em mim chega de mim não passa. Eu sou por minha unicidade. Eu sou por sua unicidade. Eu sou por nossa unicidade. Que meu viver confirme minhas palavras e assim seja! 06

CIÊNCIA DO NADA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CIÊNCIA DO NADA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CIÊNCIA DO NADA Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CIÊNCIA DO NADA Tudo sobre o nada. Boa leitura! 01 CRIADOR DA REALIDADE Você entende e aceita

Leia mais

AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 27 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m.

AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 27 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 27 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL Amar pode ser fácil, pode ser difícil, mas

Leia mais

INÚTIL PRAZER DE SER VOCÊ. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

INÚTIL PRAZER DE SER VOCÊ. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r INÚTIL PRAZER DE SER VOCÊ Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r INÚTIL PRAZER DE SER VOCÊ Qual é a utilidade que você tem para você? Leia este livro

Leia mais

SUPER HOMEM. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

SUPER HOMEM. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r SUPER HOMEM Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 24 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r SUPER HOMEM Assim como uma criança caminha para se tornar um adulto, você está caminhado para

Leia mais

COMO VOCÊ VIROU OUTRO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 22 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

COMO VOCÊ VIROU OUTRO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 22 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r COMO VOCÊ VIROU OUTRO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 22 de novembro de 2016 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r COMO VOCÊ VIROU OUTRO O natural é você viver sendo você. Isso deveria ser sempre.

Leia mais

EGOGAME. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

EGOGAME. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r EGOGAME Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 24 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r EGOGAME A experiência humana é interativa como um jogo. O problema é que este jogo não vem com manual

Leia mais

DEMOCRACIA UNIVERSAL. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 30 de outubro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

DEMOCRACIA UNIVERSAL. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 30 de outubro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DEMOCRACIA UNIVERSAL Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 30 de outubro de 2016 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DEMOCRACIA UNIVERSAL Esse livro é a compilação de uma conversa que aconteceu entre

Leia mais

NEWPLAY. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

NEWPLAY. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r NEWPLAY Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r NEWPLAY Este livro é para ajudar você a lidar melhor com seus traumas. Boa leitura! 01 VIVER É TRAUMATIZANTE

Leia mais

CASA DA RAZÃO HUMANA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CASA DA RAZÃO HUMANA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CASA DA RAZÃO HUMANA Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 24 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CASA DA RAZÃO HUMANA Na Casa da Razão Humana moram quatro moradores: um bicho, uma criança,

Leia mais

CONTROL+EU. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CONTROL+EU. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONTROL+EU Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONTROL+EU Você não sofre porque tem uma programação mental, você sofre porque sua programação

Leia mais

DESMATERIALIZANDO A CIÊNCIA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

DESMATERIALIZANDO A CIÊNCIA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DESMATERIALIZANDO A CIÊNCIA Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DESMATERIALIZANDO A CIÊNCIA Ciência não é materialista, está materialista, devido

Leia mais

APOCALIP-SE. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

APOCALIP-SE. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r APOCALIP-SE Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r APOCALIP-SE Ser humano não é ser uma pessoa, ser humano é ser um aluno. Aluno de que e de quem?

Leia mais

Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r EUSPELHO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r EUSPELHO Este livro explica como você pode usar sua realidade para obter autoconhecimento. Boa leitura!

Leia mais

Do Vácuo ao Encontro

Do Vácuo ao Encontro Do Vácuo ao Encontro INTRODUÇÃO Todos nós homens já passamos por situações constrangedoras de puxar conversa com uma bela mulher e não obtemos nada além de um Belo de um vácuo, eu mesmo já passei por isso.

Leia mais

CONVERSA PARA BOI ACORDAR. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 12 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CONVERSA PARA BOI ACORDAR. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 12 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONVERSA PARA BOI ACORDAR Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 12 de novembro de 2016 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONVERSA PRA BOI ACORDAR POVO: Tá brava comigo, Professora? O que foi que fiz?

Leia mais

QUATRIX. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 4ª edição - 01 de outubro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

QUATRIX. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 4ª edição - 01 de outubro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r QUATRX Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 4ª edição - 01 de outubro de 2016 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r QUATRX Quatrix é um robô humano que vive simultaneamente em quatro dimensões. Com a ajuda de algumas

Leia mais

Nota Importante: É expressamente POIBIDO reproduzir e distribuir este livro por qualquer meio seja físico ou Virtual.

Nota Importante: É expressamente POIBIDO reproduzir e distribuir este livro por qualquer meio seja físico ou Virtual. Nota Importante: É expressamente POIBIDO reproduzir e distribuir este livro por qualquer meio seja físico ou Virtual. Somente as pessoas que o compraram o curso Viver de Blog para Mulheres têm o direito

Leia mais

Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Ilustração da Capa: Grace Kelli Pereira Projeto gráfico e editoração eletrônica: WOZi Revisão: Roque Aloisio Weschenfelder Todos os direitos desta

Leia mais

Você já ouviu a história de uma tal "garota legal"? Bem, se não, deixeme contar uma história:

Você já ouviu a história de uma tal garota legal? Bem, se não, deixeme contar uma história: Você já ouviu a história de uma tal "garota legal"? Bem, se não, deixeme contar uma história: Uma garota legal é alguém que se dedica de alma e coração em um relacionamento. Ela é alguém que poderia esperar

Leia mais

Minha História de amor

Minha História de amor Minha História de amor Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha história de amor! Bem, eu namoro à distância faz algum tempinho. E não é uma distância bobinha não, são 433 km, eu moro em Natal-Rn, e ela

Leia mais

EGC - Engenharia e gestão do conhecimento Disciplina: Complexidade, conhecimento e sociedades em rede Professor: Aires Rover Aluna: Desirée Sant Anna

EGC - Engenharia e gestão do conhecimento Disciplina: Complexidade, conhecimento e sociedades em rede Professor: Aires Rover Aluna: Desirée Sant Anna OSHO - INTUIÇÃO EGC - Engenharia e gestão do conhecimento Disciplina: Complexidade, conhecimento e sociedades em rede Professor: Aires Rover Aluna: Desirée Sant Anna Maestri 2016/1 O LIVRO três partes

Leia mais

coleção Conversas #12 - SETEMBRO é no Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #12 - SETEMBRO é no Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. a s coleção Conversas #12 - SETEMBRO 2014 - Eu sinto a I tr s ç o ã o por c é no r r m ia a nç a l? s. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

As varetas e as estacas. TU. SEXUALIDADE E AFETIVIDADE

As varetas e as estacas. TU. SEXUALIDADE E AFETIVIDADE UNIDADE 2: As varetas e as estacas. TU. SEXUALIDADE E AFETIVIDADE 1ºESO 2ºESO Quem é você? Reconhecer minha sexualidade e meus afetos me ajuda a conhecer. Na igualdade e a diferença. No amor. 4. Meus primeiros

Leia mais

1. Planilhas de Gastos Pessoais

1. Planilhas de Gastos Pessoais Este conteúdo faz parte da série: Finanças Pessoais Ver 8 posts dessa série Para começar, quando você está buscando uma planilha de gastos no Google (ou no Bing), não fica claro (para as ferramentas de

Leia mais

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas?

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas? Êta bicho curioso! Oi! Tem uma coisa engraçada acontecendo comigo: estou super curioso sobre tudo. Minha mãe que anda louca comigo pois não paro de perguntar o porquê de tudo...mas olha só quanta coisa

Leia mais

antropologia & cultura

antropologia & cultura antropologia & cultura carlos joão correia estudos africanos filosofia artes & humanidades 2011-2012/2ºsemestre Dopamina Serotonina Acetilcolina Glutamato Opiáceos (ex: endorfinas) Noradrelanina... a presença

Leia mais

O jogo quinário na criação do espetáculo teatral

O jogo quinário na criação do espetáculo teatral 1 I Introdução O jogo quinário na criação do espetáculo teatral Prof. Dr. Iremar Maciel de Brito Professor, autor e diretor de teatro UNIRIO UERJ Palavras-chave: jogo sistema quinário espetáculo teatral

Leia mais

Pensamento Positivo. Pr. Rodrigo Moraes

Pensamento Positivo. Pr. Rodrigo Moraes Pensamento Positivo Pr. Rodrigo Moraes Pensamento Positivo Pastor Rodrigo Moraes Igreja Nova Aliança Ministério Atraindo Vidas Para Deus - AVD 2015 Prefácio Esta é uma obra com o intuito de mostrar com

Leia mais

Mestrado: 2º Ciclo em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Disciplina: Psicologia Educacional Docente: Doutor Nuno Corte Real

Mestrado: 2º Ciclo em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Disciplina: Psicologia Educacional Docente: Doutor Nuno Corte Real Mestrado: 2º Ciclo em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Disciplina: Psicologia Educacional Docente: Doutor Nuno Corte Real Tema: Elaboração de uma peça de teatro - Promoção da Saúde,

Leia mais

Brincadeira científica - Cineminha

Brincadeira científica - Cineminha Brincadeira científica - Cineminha Você sabia que um filme projetado na tela do cinema não exibe uma imagem contínua em movimento, mas uma série de quadros, como se fossem várias fotografias, a cada segundo?

Leia mais

O Sentimento é o Segredo

O Sentimento é o Segredo O Sentimento é o Segredo Por Neville Goddard - Obra de 1944 Traduzido por Marcos Trombetta Parabéns! Você acabou de encontra a fonte dos desejos. Está em suas mãos a chave que abre todas as portas do céu.

Leia mais

O conhecimento é a chave da vida!

O conhecimento é a chave da vida! Porto Alegre, 02 de janeiro de 2017 Sejam Bem Vindos Prezados(as) Educadores(as)! Bom Dia com Alegria! O conhecimento é a chave da vida! Contem sempre conosco e que tenhamos divertidas e abençoadas formações

Leia mais

Real Brazilian Conversations #21 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com

Real Brazilian Conversations #21 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com Subjects on this conversation: How it is like to live in Uberlândia MG. Context: In this conversation André talks to his aunt Edmárcia, about the city of Uberlândia, in Minas Gerais state. She tells us

Leia mais

Amostragem. Amostragem. Técnica: possibilita realizar a pesquisa em universos infinitos.

Amostragem. Amostragem. Técnica: possibilita realizar a pesquisa em universos infinitos. Técnica: possibilita realizar a pesquisa em universos infinitos. A Estatística pode ser estendida ao estudo das populações chamadas infinitas nas quais não temos a possibilidade de observar todos os elementos

Leia mais

FAUSTO OLIVEIRA COMO EVITAR QUE SITUAÇÕES NEGATIVAS ATRAPALHEM SUA VIDA?

FAUSTO OLIVEIRA COMO EVITAR QUE SITUAÇÕES NEGATIVAS ATRAPALHEM SUA VIDA? FAUSTO OLIVEIRA COMO EVITAR QUE SITUAÇÕES NEGATIVAS ATRAPALHEM SUA VIDA? WWW.FAUSTOOLIVEIRA.COM.BR O FUNCIONAMENTO DA NOSSA MENTE Para entendermos melhor como essa técnica funciona e como você pode utilizar

Leia mais

UNIDADE 3. Ensino/aprendizagem e Novas tecnologias. Educação à distância: conceitos básicos. Olá turma! Bem-vindos de volta.

UNIDADE 3. Ensino/aprendizagem e Novas tecnologias. Educação à distância: conceitos básicos. Olá turma! Bem-vindos de volta. Olá turma! Bem-vindos de volta. UNIDADE 3 Educação à distância: conceitos básicos Ensino/aprendizagem e Novas tecnologias Você sabe o que são NTICs? Como elas poderiam auxiliar no seu processo de aprendizagem?

Leia mais

Quando um determinado programa gera um arquivo, sua extensão é variada de acordo com cada tipo.

Quando um determinado programa gera um arquivo, sua extensão é variada de acordo com cada tipo. 1 2 ENTENDENDO Tudo que funciona em um pc, é basicamente a base de arquivos. Vamos entender o que é um arquivo: Arquivo é tudo aquilo que um determinado programa gera. Arquivos tem nome e sobrenome. Aqui

Leia mais

A Gaveta e a Calçada OPERAÇÃO 3: GAVETAS DA VIDA

A Gaveta e a Calçada OPERAÇÃO 3: GAVETAS DA VIDA A Gaveta e a Calçada OPERAÇÃO 3: GAVETAS DA VIDA Querido quilombense: A Quilombo que teremos é a Quilombo que fizermos! Você quer uma cidade melhor para os seus filhos e netos, para você mesmo e seus amigos,

Leia mais

A TENDA. EU: SER PESSOA

A TENDA. EU: SER PESSOA UNIDADE 1: A TENDA. EU: SER PESSOA 1º ESO Quem sou eu? Como é a minha tenda? Quero montar a tenda e preciso conhecer todos os elementos Necessito conhecer-me para amar-me. 4. Meu corpo muda e se constrói

Leia mais

Entrevista Rodrigo

Entrevista Rodrigo Entrevista 1.17 - Rodrigo (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento)

Leia mais

Conheça o Passo a Passo Para Seus Jogos Lotéricos

Conheça o Passo a Passo Para Seus Jogos Lotéricos ÍNDICE Sumário INTRODUÇÃO... 3 ISSO ACONTECE COM VOCÊ TAMBÉM?... 4 MAS PERAÍ, QUEM GANHA NA LOTERIA?... 5 QUE NÃO QUEREM QUE VOCÊ SAIBA... 6 O QUE FAZEM PARA GANHAR NA MEGA SENA?... 7 8 DICAS PRÁTICAS

Leia mais

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar...

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... O pequeno Will A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... Então um dia tomei coragem e corri até mamãe e falei: - Mãeee queria tanto um irmãozinho, para brincar comigo!

Leia mais

Língua Portuguesa- 7º ano / 2015 Profª : Fernanda Braga. Zap

Língua Portuguesa- 7º ano / 2015 Profª : Fernanda Braga. Zap Língua Portuguesa- 7º ano / 2015 Profª : Fernanda Braga Nome: Nº: Turma EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO Leia o seguinte texto para responder às questões 1 a 6 Zap Moacyr Scliar Não faz muito que temos esta

Leia mais

É HORA DE MUDAR. 12 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora

É HORA DE MUDAR. 12 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora É HORA DE MUDAR 12 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação "Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir." 1 / 5 (Mateus 25:13) É isso aí amados! Hoje é

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO. desenvolvimento social e humano /ucp centro regional do porto

PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO. desenvolvimento social e humano /ucp centro regional do porto PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO desenvolvimento social e humano /ucp centro regional do porto Como pode a escola católica promover o desenvolvimento da inteligência espiritual? O A educação deve

Leia mais

Muitos caras conseguem ser assim em sua vida social, sendo mais eficiente do que vários caninos, por exemplo.

Muitos caras conseguem ser assim em sua vida social, sendo mais eficiente do que vários caninos, por exemplo. Ser um Alfa... Bem, no mundo animal é aquele que todo bicho respeita e sabe de sua superioridade perante eles. É o líder natural do bando e nunca deixa a peteca cair. Na verdade, ele é o bicho mais disputado,

Leia mais

COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 4

COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 4 COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 4 Índice 1. Significado...3 1.1. Contexto... 3 1.2. Intertextualidade... 3 1.2.1. Tipos de intertextualidade... 3 1.3. Sentido... 4 1.4. Tipos de Significado... 4 1.4.1. Significado

Leia mais

ESTATÍSTICA EXPLORATÓRIA

ESTATÍSTICA EXPLORATÓRIA ESTATÍSTICA EXPLORATÓRIA Prof Paulo Renato A. Firmino praf62@gmail.com Aulas 07-08 Probabilidade Apanhado Geral Seguimos nossas discussões sobre a Incerteza Decidir usualmente envolve incerteza Uma presa

Leia mais

Anexo 2.2- Entrevista G1.2

Anexo 2.2- Entrevista G1.2 Entrevistado: E1.2 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 53 anos Masculino Cabo-Verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: 4ª classe Imigrações prévias : -- Língua materna: Outras línguas: Agregado

Leia mais

Viva Laduma! 2 Continuando... September 16, 2009

Viva Laduma! 2 Continuando... September 16, 2009 Viva Laduma! September 16, 2009 1 Introdução Laduma? O que é isso? Ah... se você não sabe o que Laduma significa, você não está preparado para o próximo ano. Mas, antes disso, vamos por partes [afinal,

Leia mais

CELEBRE SEU SONHO. Aula baseada no Discurso de Barbara Sunden Diretora Nacional executiva Elite de Vendas independentes

CELEBRE SEU SONHO. Aula baseada no Discurso de Barbara Sunden Diretora Nacional executiva Elite de Vendas independentes CELEBRE SEU SONHO Aula baseada no Discurso de Barbara Sunden Diretora Nacional executiva Elite de Vendas independentes COMPARTILHANDO O SONHO Mary Kay disse: Se você quer apenas o que já possui, continue

Leia mais

Jesus Cristo revela três passos para a felicidade

Jesus Cristo revela três passos para a felicidade Jesus Cristo revela três passos para a felicidade Introdução O desejo de felicidade está enraizado profundamente em cada pessoa, infelizmente muitos não alcançam este objetivo. São diversos os motivos

Leia mais

Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil

Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil 2015 I F P A 1 0 5 a n o s SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 2 1 CALENDÁRIO

Leia mais

VISEDU: JOGO DE REALIDADADE AUMENTADA DE LETRAS COM CONTEÚDO DINÂMICO

VISEDU: JOGO DE REALIDADADE AUMENTADA DE LETRAS COM CONTEÚDO DINÂMICO VISEDU: JOGO DE REALIDADADE AUMENTADA DE LETRAS COM CONTEÚDO DINÂMICO Aluna: Vivian de Lima Panzenhagen Orientador: Prof. Dalton Solano dos Reis, M. Sc Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação Teórica

Leia mais

Desde a sua construção, há cinco anos. O lar funciona há 4 anos. 1. Sou Vice-Provedor. Conforme os projectos, a minha intervenção varia.

Desde a sua construção, há cinco anos. O lar funciona há 4 anos. 1. Sou Vice-Provedor. Conforme os projectos, a minha intervenção varia. Entrevista A19 I Experiência no lar Há quanto tempo trabalha no lar? Desde a sua construção, há cinco anos. O lar funciona há 4 anos. 1 Qual é a sua função no lar? Sou Vice-Provedor. Conforme os projectos,

Leia mais

CIENCIA CONCIENCIA Y LUZ Peter Russell

CIENCIA CONCIENCIA Y LUZ Peter Russell CIENCIA CONCIENCIA Y LUZ Peter Russell por: Marouva Fallgatter Faqueti Disciplina: Complexidade, conhecimento e sociedade em redes 1/2016 Professor: Aires José Roverr Peter Russell (1946 - ) Escritor e

Leia mais

Identificação. ML01 Duração da entrevista 21:39 Data da entrevista Ano de nascimento (Idade) 1953 (59) Local de nascimento/residência

Identificação. ML01 Duração da entrevista 21:39 Data da entrevista Ano de nascimento (Idade) 1953 (59) Local de nascimento/residência 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 Identificação ML01 Duração da entrevista 21:39 Data da entrevista 4-8-2012 Ano de nascimento (Idade) 1953 (59) Local de nascimento/residência

Leia mais

Roteiro para análise do filme Escritores da. Liberdade

Roteiro para análise do filme Escritores da. Liberdade Roteiro para análise do filme Escritores da Liberdade É importante reforçar que toda a comunidade escolar é responsável e participante no processo educativo e que a ação dos funcionários na escola é, sobretudo,

Leia mais

Matriz dos resultados da aprendizagem Versão em Português

Matriz dos resultados da aprendizagem Versão em Português Learning Outcomes Matrix, English Version Matriz dos resultados da aprendizagem Versão em Português Compilado por: LMETB Título do módulo Perfil pessoal Matriz dos resultados da aprendizagem Nível introdutório

Leia mais

Projeto Volta às aulas

Projeto Volta às aulas Projeto Volta às aulas Educador(a), Este projeto tem como objetivo sugerir diferentes propostas para as primeiras aulas com a sua turma. Esse é um momento especial. Mesmo que você já conheça os alunos,

Leia mais

Dicas Crie um estilo pessoal

Dicas Crie um estilo pessoal Introdução Esse mini ebook foi feito especialmente para você que deseja conquistar lindas mulheres. Nas próximas páginas será compartilhado dicas práticas para que você conquiste mulheres de forma mais

Leia mais

sugestões para planos de sessão e exercícios

sugestões para planos de sessão e exercícios Parte II sugestões para planos de sessão e exercícios 315 316 317 318 319 320 Tema: Papéis sociais, paradigmas e estereótipos em Igualdade de oportunidades Exercício 1 Objectivo: Identificar estereótipos

Leia mais

Probabilidade Condicional e Independência

Probabilidade Condicional e Independência Instituto Tecnológico de Aeronáutica Divisão de Engenharia Mecânica-Aeronáutica MOQ-13 Probabilidade e Estatística Profa. Denise Beatriz Ferrari www.mec.ita.br/ denise denise@ita.br 17/08/2011 Probabilidade

Leia mais

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05 Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/2012 16:19:05 Minha_Vida_Agora.indd 8 11/06/2012 16:19:06 1 Meu nome é Elizabeth, mas ninguém nunca me chamou assim. Meu pai deu uma olhada em mim quando nasci e

Leia mais

Acesse: Segredo da Atração

Acesse:  Segredo da Atração Segredo da Atração Direitos Autorais: Este e-book não pode ser editado ou modificado, mas pode ser compartilhado livremente! Tire as suas conclusões e divirta-se!! Nós vimos um pouco sobre atração no E-book

Leia mais

Não importa o que você decida

Não importa o que você decida Não importa o que você decida vender ou fazer, todo negócio é sobre pessoas. O nível e a qualidade do seu relacionamento interpessoal determinará os resultados do seu negócio. Arrisco dizer que o valor

Leia mais

TEXTOS SAGRADOS. Noções introdutórias

TEXTOS SAGRADOS. Noções introdutórias TEXTOS SAGRADOS Noções introdutórias A ORIGEM Os Textos Sagrados, via de regra, tiveram uma origem comum: Experiência do sagrado. Oralidade. Pequenos textos. Primeiras redações. Redação definitiva. Organização

Leia mais

Nome: Nº. Escola: Professor: Data:

Nome: Nº. Escola: Professor: Data: Nome: Nº Escola: Professor: Data: 1. Observe as imagens a seguir e identifique qual linguagem predomina em cada uma delas: linguagem verbal, linguagem não verbal ou linguagem verbal e não verbal. Peça

Leia mais

COMO AUMENTAR AS VENDAS USANDO A INTERNET?!

COMO AUMENTAR AS VENDAS USANDO A INTERNET?! COMO AUMENTAR AS VENDAS USANDO A INTERNET?! COMO AUMENTAR AS VENDAS USANDO A INTERNET?! Avisos legais Redistribuição Você concorda que não irá copiar, redistribuir ou explorar comercialmente qualquer parte

Leia mais

IMPORTANTE: Este livro é recomendado para pessoas solteiras. Caso você seja louco comprometido e coloque em prática essas dicas, que seja com seu parc

IMPORTANTE: Este livro é recomendado para pessoas solteiras. Caso você seja louco comprometido e coloque em prática essas dicas, que seja com seu parc IMPORTANTE: Este livro é recomendado para pessoas solteiras. Caso você seja louco comprometido e coloque em prática essas dicas, que seja com seu parceiro(a). O Guia dos Solteiros não se responsabiliza

Leia mais

Como começar a Jogar? Para iniciar o jogo a forma mais fácil é ir a e começar a jogar.

Como começar a Jogar? Para iniciar o jogo a forma mais fácil é ir a  e começar a jogar. Manual do Utilizador Como começar a Jogar? Para iniciar o jogo a forma mais fácil é ir a http://mega.ist.utl.pt/~jsnl/sudoku/ e começar a jogar. O que preciso para jogar? Precisa de um computador, ligação

Leia mais

Sociedade. O homem é, por natureza, um animal político Aristóteles.

Sociedade. O homem é, por natureza, um animal político Aristóteles. Sociedade O homem é, por natureza, um animal político Aristóteles. É impossível saber, historicamente, qual foi a primeira sociedade. O Homem vive em sociedade desde sua existência. A sociedade é uma necessidade

Leia mais

Brincadeira científica - Câmera fotográfica

Brincadeira científica - Câmera fotográfica Brincadeira científica - Câmera fotográfica Você, provavelmente, está acostumado a tirar fotos com uma câmera digital ou um celular. Mas você sabe como a imagem de um grande edifício, ou de uma pessoa,

Leia mais

Faça do dia de hoje uma obra-prima INTRODUÇÃO

Faça do dia de hoje uma obra-prima INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO Faça do dia de hoje uma obra-prima Como você descreveria sua vida? Você está alcançando o que deseja? Está realizando aquilo que lhe é importante? Você se considera um sucesso? Quais são suas

Leia mais

COLÉGIO KENNEDY REDE PITÁGORAS Colégio Kennedy, 51 anos, educando e inovando sempre.

COLÉGIO KENNEDY REDE PITÁGORAS Colégio Kennedy, 51 anos, educando e inovando sempre. COLÉGIO KENNEDY REDE PITÁGORAS Colégio Kennedy, 51 anos, educando e inovando sempre. PLANO DE ESTUDO DE PORTUGUÊS 3ª ETAPA 4º ANO EFI PROFESSORA : FLÁVIA LETÍCIA ALUNO(A): 1) Leias as frases a seguir.

Leia mais

Inteligência Lingüística:

Inteligência Lingüística: Inteligência Lingüística: Capacidade de lidar bem com a linguagem, tanto na expressão verbal quanto escrita. A linguagem é considerada um exemplo preeminente da inteligência humana. Seja pra escrever ou

Leia mais

A paz já lá está A paz já lá está, Página 1

A paz já lá está A paz já lá está, Página 1 A paz já lá está! A paz já lá está, Página 1 A minha mensagem é muito, muito simples. Muitas pessoas vêm ouvir-me e sentam-se aí, meio tensas: "O que é que eu vou ouvir?" E eu digo-lhes sempre: "Relaxem."

Leia mais

A Escolha Racional relações binárias número de relações binárias 2m.p domínio imagem

A Escolha Racional relações binárias número de relações binárias 2m.p domínio imagem A Escolha Racional A racionalidade na teoria dos jogos procura perceber como os jogadores (sejam eles indivíduos, empresas, organizações, países etc.) tomam suas decisões em situações de interação estratégica.

Leia mais

Mas, antes de descobrir um mundo mágico, baixe o aplicativo do

Mas, antes de descobrir um mundo mágico, baixe o aplicativo do O Shopping guarda muitas histórias. Esta que eu vou contar agora tem aventura, mistério e muito mais. Mas, antes de descobrir um mundo mágico, baixe o aplicativo do Shopping para o seu celular. Os personagens

Leia mais

Traduzindo o Encore Desenvolvido por Dellânio Alencar

Traduzindo o Encore Desenvolvido por Dellânio Alencar Traduzindo o Encore 4.5 - Desenvolvido por Dellânio Alencar Olá todos! Quem nunca teve problemas ao instalar algum tradutor? Principalmente quando se trata de pessoas menos familiarizadas com computadores

Leia mais

À procura do inato !!!!!!!!!!!!!!

À procura do inato !!!!!!!!!!!!!! À procura do inato Prem Rawat foi convidado a falar no Teatro Verdi de Pádua, em Itália, sob o patrocínio do Presidente da República Italiana, do Ministério da Justiça, da Região de Veneto e da Província

Leia mais

Identificação. F03 Duração da entrevista 18:12 Data da entrevista Ano de nascimento (Idade) 1974 (36) Local de nascimento/residência

Identificação. F03 Duração da entrevista 18:12 Data da entrevista Ano de nascimento (Idade) 1974 (36) Local de nascimento/residência 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Identificação F03 Duração da entrevista 18:12 Data da entrevista 4-5-2011 Ano de nascimento (Idade) 1974 (36) Local de

Leia mais

O Maior Tesouro da Humanidade

O Maior Tesouro da Humanidade elaboração: Tatiana Pita Mestre em Educação pela PUC (SP) O Maior Tesouro da Humanidade escrito por ilustrado por Patrícia Engel Secco Fábio Sgroi 2 O prazer da leitura Ler é um exercício de voar sem sair

Leia mais

ESTATÍSTICAS APAV LINHA DE APOIO À VÍTIMA NOV_2014 DEZ_2015 APAV.PT/ESTATISTICAS

ESTATÍSTICAS APAV LINHA DE APOIO À VÍTIMA NOV_2014 DEZ_2015 APAV.PT/ESTATISTICAS ESTATÍSTICAS APAV LINHA DE APOIO À VÍTIMA NOV_2014 DEZ_2015 APAV.PT/ESTATISTICAS A Linha de Apoio à Vítima (LAV) 116 006 é um serviço de atendimento telefónico da APAV, gratuito e confidencial, adequado

Leia mais

A sanita mutante! Coleção. Os Mutantes. Já publicados A sanita mutante. A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante

A sanita mutante! Coleção. Os Mutantes. Já publicados A sanita mutante. A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante Coleção A sanita mutante! Os Mutantes Já publicados A sanita mutante A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante O prego mutante Frutas mutantes Estrela mutante A irmã mutante Maio de 2016 20

Leia mais

O que é Social Commerce? Social Commerce é a interação do e-commerce com as midias sociais.

O que é Social Commerce? Social Commerce é a interação do e-commerce com as midias sociais. O que é Social Commerce? Social Commerce é a interação do e-commerce com as midias sociais. Mas não acredite que é um termo novo O comércio social sempre existiu Mas o que Internet mudou? E com esteroide

Leia mais

Metodologia e Amostra

Metodologia e Amostra Job: 130361 Introdução Objetivo Investigar os hábitos alimentares dos brasileiros que trabalham fora, durante o período de trabalho, comparando trabalhadores que recebem o benefício refeição com aqueles

Leia mais

RESOLUÇÕES DA 2ª FASE

RESOLUÇÕES DA 2ª FASE Res RESOLUÇÕES DA 2ª FASE MODALIDADE PROGRAMAÇÃO QUESTÃO 01. Primeiramente, transforma-se o número 156 em binário. Uma das formas para isso, seria fatorá-lo. Onde teriamos que 156 = 2 3 * 3 * 13 = 2 3

Leia mais

CURSO DE SUPERVISORES

CURSO DE SUPERVISORES 2016 CURSO DE SUPERVISORES [Com Ferramentas de Coaching] AULA 7 Bruno Monteiro AAULA 7 APRENDENDO A DESAFIAR A EQUIPE A CRESCERR Os bons líderes precisam viver o que eu chamo de melhoria contínua. Ou seja,

Leia mais

CURSO DE FOTOGRAFIA!

CURSO DE FOTOGRAFIA! CURSO DE FOTOGRAFIA Aula 1 - Profundidade de Campo By Mauricio Valadão A brincadeira aqui é determinar o que na foto estará focada e o que estará borrada fora de foco. Muito resumidamente os principais

Leia mais

Nº 38-B-Domingo XXXII do Tempo Comum

Nº 38-B-Domingo XXXII do Tempo Comum Nº 38-B-Domingo XXXII do Tempo Comum-11.11.2012 Vimos hoje como Jesus deu um grande elogio a uma pessoa pobre, a quem ninguém dava importância: a viúva que pôs na caixa das esmolas duas pequenas moedas.

Leia mais

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática.

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Fim de semana Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Dois programas diferentes 1. Complete as lacunas

Leia mais

PESQUISA HÁBITOS ALIMENTARES DO TRABALHADOR BRASILEIRO

PESQUISA HÁBITOS ALIMENTARES DO TRABALHADOR BRASILEIRO PESQUISA HÁBITOS ALIMENTARES DO TRABALHADOR BRASILEIRO INTRODUÇÃO OBJETIVO Investigar os hábitos alimentares dos brasileiros que trabalham fora, durante o período de trabalho, comparando trabalhadores

Leia mais

Uma Boa Prenda. Uma boa prenda a ofertar É a doação do amor É estar pronto a ajudar Quem vive com uma dor.

Uma Boa Prenda. Uma boa prenda a ofertar É a doação do amor É estar pronto a ajudar Quem vive com uma dor. Uma Boa Prenda Uma boa prenda a ofertar É a doação do amor É estar pronto a ajudar Quem vive com uma dor. Prenda essa que pode Ser dada por um qualquer Seja rico ou seja pobre Simples homem ou mulher.

Leia mais

Então começamos por ali. Com quebracabeças. Cada um de vocês tem uma peça de um quebra-cabeça. Me fala um pouco sobre a sua peça. [Passa alguns minuto

Então começamos por ali. Com quebracabeças. Cada um de vocês tem uma peça de um quebra-cabeça. Me fala um pouco sobre a sua peça. [Passa alguns minuto ACHANDO SEU LUGAR A tema ou o rumo deste estudo será Achando Seu Lugar. Muitos nós temos lugares onde sentimos em casa: onde achamos amor e aceitação, um pouco do significado e propósito que buscamos.

Leia mais

DADOS MÁGICOS E.M.E.F.I.PROFªARACY LEAL BERNARDI

DADOS MÁGICOS E.M.E.F.I.PROFªARACY LEAL BERNARDI DADOS MÁGICOS E.M.E.F.I.PROFªARACY LEAL BERNARDI Professor(es) Apresentador(es): ROBERTA CRISTINA ROCHA Realização: Foco do Projeto Sistema de numeração decimal e o valor posicional do número. Contexto

Leia mais

Código de Boas Práticas de Impacto REPORTE EXECUTIVO

Código de Boas Práticas de Impacto REPORTE EXECUTIVO Nota Prévia O Código de Boas Práticas de foi produzido pelo NCVO, membro do Inspiring Impact. O Inspiring Impact é um programa que visa alterar até 2022 a forma como o setor voluntário no Reino Unido se

Leia mais

4 relatórios essenciais do Google Analytics para alavancar a estratégia de crescimento seu blog. VIVER DE BLOG Página 1

4 relatórios essenciais do Google Analytics para alavancar a estratégia de crescimento seu blog. VIVER DE BLOG Página 1 4 relatórios essenciais do Google Analytics para alavancar a estratégia de crescimento seu blog VIVER DE BLOG Página 1 INTRODUÇÃO Nem todo produtor de conteúdo gosta ou se preocupa em medir os resultados

Leia mais

Unidade III ESTRATÉGIA APLICADA. Profª. Lérida Malagueta

Unidade III ESTRATÉGIA APLICADA. Profª. Lérida Malagueta Unidade III ESTRATÉGIA APLICADA TEORIA DOS JOGOS Profª. Lérida Malagueta Caos Ora, minha suspeita é que o universo não é só mais estranho do que supomos, mas é mais estranho do que somos capazes de supor.

Leia mais

RUI SILVA AKA ELCALVITO

RUI SILVA AKA ELCALVITO FORMAÇÃO - Semana 1 by Rui SILVA BEM VINDOS A ESTA FORMAÇÃO. HOJE VAMOS VER A NOSSA FORMULA DE SUCESSO, E COMO COMEÇAR A DESENVOLVER O NOSSO NEGÓCIO. PODEM FAZER O DOWNLOAD EM http://elcalvito.com/treino-semana-1/

Leia mais