DIREITO DIGITAL Redes Sociais e Mobilidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIREITO DIGITAL Redes Sociais e Mobilidade"

Transcrição

1 DIREITO DIGITAL Redes Sociais e Mobilidade 24/11/2010 Dra. Patricia Peck Pinheiro Blog: Blog: PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 1 PPP Advogados. Este documento está protegido pelas leis de Direito Autoral e não deve ser copiado, divulgado ou utilizado para outros fins que não os pretendidos pelo autor ou por ele expressamente autorizados.

2 Dra. Patricia Peck Pinheiro Sócia Fundadora Carioca, 35 anos, filha de gaúchos, casada com mineiro, filho paulista, sempre quis empreender; Iniciou sua carreira como programadora aos 13 anos; Formada em Direito pela Universidade de São Paulo; Especialização em negócios pela Harvard Business School; MBA em marketing pela Madia Marketing School; Formada pelo Centro de Inteligência do Exércio; Condecorada com a Medalha do Pacificador pelo Exército Brasileiro (2009); Condecorada com o prêmio A Nata dos profissionais de Segurança da Informação (2006 e 2008); Condecorada com Prêmio Excelência Acadêmica Melhor Docente FIT Impacta São Paulo; Autora do livro Direito Digital pela Ed. Saraiva (3ª.Ed); Co-autora do Audio-livro e pocket book Direito Digital no dia-a-dia pela Ed. Saraiva (2009); Co-autora do Audio-Livro Eleições na Internet pela Ed. Saraiva (2010); Co-autora dos livros e-dicas, Internet Legal e Direito e Internet II ; Lecionou em diversos cursos de pós-graduação (Senac-SP, IMPACTA, IBTA, FATEC); Lecionou para Adm Publica (TST, EMAG SP, TRF 3ª e 2ª Região, TJSC, MPSC, TContas); Experiência internacional de Direito e Tecnologia nos EUA, Portugal e Coréia; Colunista do IDG Now, Revista Visão Jurídica, Revista Partner Sales, e articulista da Revista Executivos Financeiros, Jornal Valor Econômico, outros PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 2 2

3 Patrícia Peck Pinheiro Advogados - Publicações Livro 4ª. Edição Áudio Livros Pocket Book PINHEIRO, Patricia Peck. Direito Digital. São Paulo: Saraiva, PINHEIRO, Patricia Peck e Bissoli, Leandro Saraiva Tudo o que você precisa ouvir sobre Direito no dia-a-dia PINHEIRO, Patricia Peck e SLEIMAN, Cristina. Saravia Contato 3 Saraiva: Antônio Tocca Tel: (11) PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 3

4 - Patrícia Peck Pinheiro Advogados - Maior escritorio especializado em Direito Digital ADVOGADOS QUE ENTENDEM DE TECNOLOGIA 6 anos de existência (setembro/2004); 450 clientes empresariais já atendidos; 62 novos clientes em 2010; Time de 20 profissionais; Matriz em São Paulo; Regionais Brasília (DF), Curitiba (Sul) e Fortaleza (Norte-Nordeste). Java Technology PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 4

5 - Patrícia Peck Pinheiro Advogados - Dr. Leandro Bissoli Sócio e VP Dra. Marcela Macedo Sócia Regional SP Dr. Renato Coimbra Sócio Regional DF Dr. Hélio Abreu Sócio Regional Sul Dra. Kariana Martins Sócia Regional Norte- Nordeste Dra. Patricia Peck Sócia Fundadora Dra. Sandra Tomazi Sócia Coordenadora Geral de Produção Dr. Luiz Souza Sócio Consultivo Dra. Vivan Pratti Sócia Contencioso Dr. Fernando Yamada -Sócio Dr. Raphael Loschiavo-Sócio Moacyr Correa Diretor Financeiro Dr. Victor Haikal-Sócio Dr. Rogério Lemos-Sócio Dra.Isabela Guimaraes Socia Janete Santos ADM - RH Adriana Santana Secretaria Silvana Souza Secretária Helen Fernandes Secretária PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 5

6 O PRESENTE MATERIAL TEM FINALIDADE ACADÊMICA E DE CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS. SENDO ASSIM, TODA A MENÇÃO DE EMPRESAS E/OU MARCAS TEM PROPÓSITO ÚNICO E EXCLUSIVAMENTE ILUSTRATIVO PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 6

7 JÁ É QUASE 2011 NÃO DÁ MAIS PARA DIZER QUE O ASSUNTO É NOVO! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 7

8 Sociedade Digital Vivemos MARKETING INOVAÇÃO a era de MARCA DOMÍNIOS CONTEÚDOS IMAGENS REPUTAÇÃO SOFTWARE BANCOS CONHECIMENTO! ATIVOS é COM Precisa o responsável MENOR fazer DE RISCO isso por em criar POSSÍVEL! conformidade e fazer a DADOS INTANGÍVEIS! gestão legal! de grande parte deste ativos! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 8

9 UMA PERDA DE INFORMAÇÃO É UMA PERDA DE UM ATIVO! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 9

10 Quem aqui nasceu de 1980 para cá? Você já é Geração Y! Fonte : blogdoguia.com Imagem: BR358&biw=1579&bih=623&tbs=isch%3A1&sa=1&q=gera%C3%A7%C3%A3o+Y&aq=f&aqi=g2&aql=&oq=&gs_rfai= PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 10

11 Geração Y! Nascido a partir de 1980 (muitos são filhos únicos de pais que tiveram filhos após os 30, cresceram superprotegidos e com mimos tecnológicos); Manifesta-se mais por escrito que verbalmente; Usa intensamente o Celular (voz e torpedo SMS), inclusive volta para casa para pegar o celular se tiver esquecido; Comunicadores Intantâneos e Redes sociais são o principal meio de comunicação. Geração do silêncio, prefere teclar do que falar! Imediatista (vive a Sociedade em tempo real precisa enxergar sua carreira com novidades a cada 6 meses ou 1 ano); Estar offline é quase como não existir (se a Internet sai do ar não tem nada para fazer, se desligarem o Orkut e Facebook é como se matassem todos os seus amigos ); Vida virtual bem resolvida x vida real prejudicada (não possui habilidades em relacionamentos interpessoais). *Fonte: Don Tapscott PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 11

12 E já chegou também a Geração Z! Nascida de 1994 para cá, muito mais de dados e mobilidade! Fonte : thabataayumi.bllogspot.com e peabirus.com.br Imagem: BR358&biw=1579&bih=623&tbs=isch%3A1&sa=1&q=gera%C3%A7%C3%A3o+Z&aq=f&aqi=g1&aql=&oq=&gs_rfai= PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 12

13 DIREITO DIGITAL Quando a Sociedade muda... O DIREITO tem que mudar, evoluir! 2011 Anos 90-2a. WWW Anos a. Web a. Web e (Netscape, (Arpanet) depois Explorer) (Redes novo, aderir Sociais, de cara Blogs, Recomendação: o que surgir de Qual a Youtube, Orkut, Wikipedia, (menor risco jurídico)! proxima? Twitter) PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 13

14 Características do Direito Analógico (até anos 2000) Relações Presenciais; Testemunhas-Pessoas; Provas em Papel; Fronteiras físicas; Ativos Tangíveis! Características do Direito Digital (de 2000 em diante) Relações não presenciais; Testemunhas-máquinas; Provas eletrônicas; Fronteiras informacionais; Ativos Intangíveis! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 14

15 Evolução do sistema de escrita PEDRA (milhões de anos) Nos primórdios, o espaço de escrita era a superfície polida de uma pedra. PAPEL (105 A.C) Com o passar do tempo, foi possível fazer o registro de fatos com mais mobilidade. TELEX (1935) 160 toques. Implantado pela burocracia nazista, serviu a governos, agências de notícia e parentes querendo saudar recém-nascidos. (1968) Possibilidade de enviar e receber mensagens por sistemas eletrônicos de comunicação. SMS (1985) Cada 160 toques dão um torpedo ( dados com mobilidade). TWITTER (2003) 140 Toques e 20 toques do username. Deve cair a necessidade dos 7 toques de para links nos posts. Fonte: Super Interessante, edição 282, setembro de 2010, pág. 45 Fonte: PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 15

16 Quebramos o PARADIGMA DA SOCIEDADE DO SEM PAPEL (PAPERLESS), que é uma evolução natural e inevitável diante de uma sociedade cada vez mais digital. Mas será que estamos preparados para fazer a gestão do documento eletrônico? Quem aqui já recebeu uma nota fiscal eletrônica para pagar? PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 16

17 Como guardar a Nota Fiscal Eletrônica? De acordo com a Cláusula décima do Ajuste SINIEF nº07/05 o emitente e o destinatário deverão manter em arquivo digital as Notas Fiscais Eletrônicas pelo prazo estabelecido na legislação tributária PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 17

18 Precisamos ser criativos! Evoluir: ser formal mas sem papel! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 18

19 Touch Screen Mobile Device, by Scott Maxwell, , at Nova Realidade... Mobilidade! Quem aqui tem celular? E quem configurou bloqueio automático com senha? E quem tem pen drive? Quem tem mais de um? Quem está portando os dados com criptografia? Quem tem conta de webmail gratuito? Quem leu o Termo de Uso antes de dar OK?... Ainda não temos um comportamento seguro de uso de informações e tecnologias, não é um hábito. Nossa rotina do dia-a-dia ainda não está em conformidade com SI PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 19

20 Relatório de Crimes Cibernéticos Norton: O impacto Humano (NO BRASIL) 76% dos usuários já foram vítimas de algum crime cibernético (11% acima da média mundial que é 65%). Desses crimes, 62% correspondem a malware de qualquer espécie incluindo vírus; O custo de resolução de um incidente de crime cibernético no Brasil é o mais caro do mundo - média US$ 1.408,09. O Brasil leva em média 43 dias para resolver um incidente, sendo o segundo colocado no ranking mundial, perdendo apenas para Alemanha que leva 58 dias. Fonte:http://www.symantec.com/content/en/us/home_homeoffice/media/pdf/cybercrime_report/Norton_Portuguese- Human%20Impact-A4_Aug18.pdf PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 20

21 Como ainda compartilhamos senha? Como Quem que ainda aqui caímos a mamãe em disse: falso? Como Não que pegue ainda não o que atualizamos não é seu antivírus? Como que ainda não fazemos backup? E quem ouviu a mamãe dizer: nem dê CTRL C CTRL V no conteúdo alheio. PRECISAMOS URGENTE DE EDUCAÇÃO DIGITAL! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 21

22 A evolução do perfil do usuário Usava ferramentas analógicas (ex.: máquina de escrever) instaladas nas empresas. Aprendeu a usar as ferramentas tecnológicas, mas dependia da empresa para utilizá-las. Domina a tecnologia e trabalha remotamente (uso de notebooks, smartphones, VPN) PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 22

23 Gold Guys, by Scott Maxwell, at Atualmente: Usuários 4.0 Mobilidade total? SER DADOS ANDANDO POR AI... QUANDO PERDE... PERDE TUDO! Em formação: Usuário 5.0 Digitalmente corretos! FAZ O USO ÉTICO, SEGURO E LEGAL DA TECNOLOGIA! DÁ O EXEMPLO! ORIENTA INCLUSIVE EM CASA, OS FAMILIARES, OS FILHOS! VAMOS FORMAR UMA GERAÇÃO DE USUÁRIOS DIGITALMENTE CORRETOS! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 23

24 REDES SOCIAIS PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 24

25 É NOTÍCIA... Os brasileiros são os que têm mais amigos nas redes sociais Quem informou foi a pesquisa feita pela empresa internacional TNS. Cada internauta brasileiro tem em média 231 amigos; Perde apenas para os malaios que reúnem 233 amigos; No estudo estivem envolvidas cerca de 50 mil pessoas de 46 países, com idades entre 16 a 60 anos. Fonte: Data: 12/10/ PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 25

26 Português é a terceira língua mais usada no Twitter Fonte: Semiocast Press Release Paris, France February 24th PPP 2010 Advogados. PPP Advogados. Todos Todos os direitos direitos reservados. reservados

27 Os E-fluentials dividem informações positivas e negativas! Informação Positiva Informação Negativa 11 pessoas 18 pessoas Fonte: Fluentials%20Brochure.pdf PPP 2010 Advogados. PPP Advogados. Todos Todos os direitos direitos reservados. reservados

28 Vazamento de informação sobre união da TAM e LAN Chile Fonte: OBRE+UNIAO+DA+TAM+E+LAN+CHILE.shtml PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 28

29 Servidor público é acusado por defender morte de Chávez no Twitter Um engenheiro da empresa estatal de eletricidade da Venezuela foi acusado nesta sexta-feira, 10, do crime de "instigação ao ódio público" por enviar mensagens no Twitter defendendo o assassinato do presidente Hugo Chávez, O diretor da polícia judicial, Wilmer Flores Trosel, disse ontem que Majano foi preso por divulgar em sua página do Twitter uma mensagem " na qual colocou fotos de Chávez com feridas no rosto, além de sugerir como matá-lo". Fonte: PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 29

30 Caso: Conta falsa no Twitter de Instituição Financeira, visando um canal com os investidores O criador do canal postava informações falsas. Havia inclusive seguidores da própria instituição. Solução: Notificação ao Twitter por meio de correspondente internacional, pretendendo a transferência do perfil. Resultado alcançado. Prevenção: Monitoramento constante da sua marca na web PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 30

31 CASO: A ex funcionária cria comunidade no Orkut com o nítido objetivo de ofender a ex empregadora. Foi condenada a indenizar a empresa. (...) 3. Danos morais. A ex-empregada, ora recorrente, criou no Orkut a página "Senzala Zest", em cuja descrição se apresenta destinada a "todos aqueles que são ou já foram escravos do Restaurante Zest" (fl. 24). É incontroverso que a ex-empregada criou a página, como também que por ali foram manifestadas várias agressões, como a condição de trabalho escravo (já presente no nome da página), como também à suposta homossexualidade do filho do sócio, ou ainda a desqualificação profissional responsável para lhe atribuir a condição de "cozinheira de sopão. A criação da chamada "comunidade" produtora de fatos lesivos já é, em si mesma, ato lesivo à honra. Presentes os requisitos que justificam o dever de indenizar (artigos 186 e 187 do Código Civil). O empregado, criador e moderador de comunidade em sítio de relacionamento (Orkut), que permite a veiculação de conteúdo com potencial ofensivo contra o empregador, está sujeito a responsabilidade civil. (TRT02, Rel. Rafael e. Pugliese Ribeiro, Processo nº: , julgado em 30/03/2010) PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 31

32 JURISPRUDÊNCIA CASO: A demanda fora ajuizada com o objetivo de condenar os réus ao pagamento de indenização por danos morais, em virtude de ofensas praticadas mediante o sítio eletrônico de relacionamentos Orkut. Em relação ao co-réu XXX, é patente a prática de ofensas passíveis de indenização por danos morais. Como bem destacado pelo juízo, os documentos de fls. XXX, (...), apontam para expressões utilizadas por XXX como Hey Any vai toma no (...), Nunca vi uma cordenadora tao chata e ignorante igual a ela, vaca, pu(...) e outras indenizações ofensivas. (TJSP, Rel. Vito Guglielmi, Apelação , publicado em 23/02/2010) PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 32

33 Danilo Gentili Humorista do Custe o que Custar (CQC); Gafe: Agora no Telecine, King Kong, um macaco que, depois que vai para a cidade e fica famoso, pega uma loira. Quem ele acha que é? Jogador de futebol? ; Retratação: 1) Alguém pode me dar uma explicação razoável porque posso chamar gay de veado, gordo de baleia, branco de lagartixa, mas nunca um negro de macaco? 2) Na piada do King Kong, não disse a cor do jogador. Disse que a loira saiu com cara porque é famoso. A cabeça de vocês que têm preconceito. 3) Em seu blog o humorista faz uma retratação que vai além dos 140 caracteres, o post recebeu o título de UM POST RACISTA. *Fonte: PPP 2010 Advogados. PPP Advogados. Todos Todos os direitos direitos reservados. reservados

34 Murilo Couto Ator da nova temporada da Malhação; Gafe: apagão de ontem quem não estuprou ninguém, perdeu a chance ; Retratação: 1) tem gente que não gostou do que falei sobre o apagão. Desculpa, estupro é uma palavra muito forte. Sexo surpresa é melhor?. 2) Galera, mandei mal com esta brincadeira do apagão. Acabou virando um bom exemplo de piada de muito mau gosto! Peço desculpas a todos. *Fonte: PPP 2010 Advogados. PPP Advogados. Todos Todos os direitos direitos reservados. reservados

35 Os fins não justificam os s! Temos que ter cuidado com os excessos! (pois configuram abuso de direito previsto art. 187 do Cod. Civil) PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 35

36 Marcas citadas meramente para ilustração de material acadêmico Exemplo de comunidade de funcionário com prevenção PPP 2010 Advogados. PPP Advogados. Todos Todos os direitos direitos reservados. reservados

37 Conduta Digital Legislação Penalidade Art. 189, Lei 9279/96 Crime Detenção, de 3 meses a 1 contra a propriedade industrial ano. Usar logo ou marcas de empresa em sites, comunidades ou em outros materiais, sem autorização do titular; ou imitá-las de modo que possa induzir à confusão. Enviar ou publicar informações para concorrentes de mercado que sejam confidenciais. Enviar a terceiros contendo informação considerada confidencial. Riscos e Consequencias Legais pelo excesso de exposiçao dos executivos e profissionais em redes sociais Art. 195, Lei 9279/96 Crime de concorrência desleal Art. 153, Cód. Penal Divulgação de segredo Detenção, de 3 meses a 1 ano, ou multa. Detenção, de 1 a 6 meses, ou multa. Divulgar informações confidenciais referentes ao seu trabalho, através de e- mails, chats, comunidades, etc. Causar danos devido a quebra de sigilo profissional, abuso do direito de liberdade de expressão, comentários ofensivos ou agressivos sobre empresa ou pessoa. Divulgar informação financeira da empresa em comunidades, palestras internas de resultados no Youtube, antes de formalizar junto a CVM e investidores. Art. 154, Cód. Penal Violação de segredo profissional Arts. 187, 927, 1016 do Código Civil Danos e indenização Infração a Instrução CVM 358 Fato Relevante Detenção, de 3 meses a 1 ano, ou multa. Pagar indenização relacionada a danos morais e materiais causados. Penalidades previstas pela CVM, que incluem multa elevada PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 37

38 Tabela de Infrações Digitais na Administração Pública Conduta Digital Legislação Penalidade Funcionário público acessa a rede corporativa e altera informações sem autorização. Art. 313-B, Cód. Penal Detenção, de 3 meses a 2 anos, e multa. Funcionário público que acessa sistema da Administração Pública e insere nele dados falsos altera os dados ali existentes com o fim de obter vantagem para si ou para outrem. Art. 313 A, Cód. Penal Reclusão, de 2 (dois) a 12 (doze) anos, e multa. Divulgar informações sigilosas de que tem ciência em decorrência de seu cargo na Internet, seja por blog, twitter, orkut, por , etc. Art. 325, Cód. Penal Detenção, de seis meses a dois anos, ou multa, se o fato não constitui crime mais grave. Divulgar informações via Internet ou alterar sistema com o fim de frustrar ou fraudar o caráter competitivo de um procedimento licitatório. Art. 90, Lei 8.666/93 Detenção, de 2 a 4 anos, e multa PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 38

39 Casos Internacionais A rede de lojas Zara usou indevidamente a imagem de Louise Ebel, uma francesa blogueira de moda, na estampa de duas camisetas. Ela entrou com um processo contra a marca por uso indevido de sua imagem. Porém, mesmo já estando em disputa judicial com a rede de lojas, a garota viu outra imagem sua estampada sem autorização. A marca já havia feito o mesmo com a blogueira Betty, mas essa decidiu apenas promover um boicote à marca e não recorreu ao Judiciário PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 39

40 Fonte: Louise Ebel Casos Internacionais PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 40

41 Fonte: Casos Internacionais Louise Ebel PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 41

42 Betty Casos Internacionais Fonte: PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 42

43 JURISPRUDÊNCIA CASO: Uso indevido da imagem da Colaboradora, sem autorização. DANO MORAL. USO INDEVIDO DO NOME DA RECLAMANTE EM SÍTIO DA INTERNET. PROVA. O SOFRIMENTO NÃO DEPENDE DE PROVA, É DA NATUREZA HUMANA EM DETERMINADAS CIRCUNSTÂNCIAS. O QUE DEPENDE DE PROVA SÃO OS FATOS QUE O PROVOCAM, E NO CASO, O USO INDEVIDO DO NOME DA RECLAMANTE, PROFISSIONAL CUJA CARREIRA SE ASSENTA JUSTAMENTE SOBRE SEUS CONHECIMENTOS(...) POR JÁ ESTAR DESLIGADA DA EMPRESA, COLOCOU EM RISCO JUSTAMENTE ESSAS QUALIDADES E EVIDENTEMENTE LHE CAUSOU DESASSOSSEGO, APREENSÃO E DOR. (TRT2, RO , Rel. SILVANA ABRAMO MARGHERITO ARIANO, Julgado em 10/03/2009) DESFECHO: Mantida a condenação ao pagamento de indenização por danos morais pelo uso indevido da imagem PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 43

44 Quem aqui já deu um celular com câmera para um filho? PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 44

45 USO INDEVIDO DE IMAGEM MUITO CUIDADO COM USO DE FOTOS DE PESSOAS! Art. 5º, X, Constituição Federal são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurando o direito a indenização pelo dano material ou mora decorrente de sua violação. Publique apenas fotos e filmes que não sejam constrangedores para aqueles que aparecem nela. O certo é ter uma autorização antes mesmo de publicar (quando menor de 18 anos os pais ou responsável é que devem autorizar) PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 45

46 Usamos o corporativo de forma correta e adequada? Imagem: Temos um Manual de Redação Corporativa de (e outras mensagens eletrônicas)? PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 46

47 Será que sabemos como escrever um corporativo digitalmente correto? Oi Paty! Tô ainda montando aquela pesquisa para investigação super sigilosa do FULANO DE TAL, que meu chefe idiota SICLANO pediu urgente. Axu que até amanha eu acabo... Aproveitando, vc viu a roupa daquela mocréia aí do lado?!!! Qué isso! Ah! Que jantar maravilhoso, adorei, qdo vamos repetir? Bjin... COLEGA. Peck, Bom dia. Estou elaborando a pesquisa para o trabalho confidencial (classificação restrita). Acredito que finalizarei até amanhã. Agradeço pelo jantar que nos ofereceu ontem, estava excelente. Abs, COLEGA PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 47

48 É NOTÍCIA... Falta de atenção com s geram dor de cabeça com brincadeira sobre equipe se espalha pelo mundo e autora se demite Uma analista trainee da consultoria britânica Deloitte pediu demissão depois que um embaraçoso enviado por ela - que discutia a beleza da equipe masculina da empresa - foi reencaminhado pelo mundo. (...) Intuito do era discutir a beleza da equipe masculina da empresa, diz jornal (...). Ela lista nove categorias, que incluem o "garoto mais provável para dormir" e "mais atraente membro mais velho da equipe". Ainda segundo o jornal, o era destinado apenas a um pequeno grupo dentro de seu escritório, mas foi rapidamente transmitido. Em horas, estava sendo lido por milhões de usuários de internet, de lugares tão distantes como Nova Zelândia e Austrália. (...) Uma fonte da empresa afirmou que ela percebeu que sua credibilidade, tanto interna como externamente, tinha sido danificada. Por isso, ela tomou a decisão de pedir a sua demissão imediatamente /12/ PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 48

49 NOTÍCIA TST ACEITA CORPORATIVO COMO PROVA EM ACUSAÇÃO DE ASSÉDIO SEXUAL A 1ª Turma do TST (Tribunal Superior do Trabalho) reconheceu a validade de provas retiradas de conversas gravadas em CD-ROM e corporativo em um processo envolvendo demissão por justa causa motivada por assédio sexual. Apesar de o assédio não ter sido caracterizado, as provas foram aceitas para confirmar a má conduta que justifica a demissão.(...) O ministro relator Vieira de Mello Filho disse que o TST entende que o corporativo é um instrumento de trabalho e por isso ele deve ser utilizado apenas para tornar o desempenho dos serviços mais eficiente. Quando às gravações, Vieira de Mello disse que a empregada gravou as conversas e as entregou para a diretoria da empresa para ter provas do assédio sexual..(...) Fonte: PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 49

50 JURISPRUDÊNCIA CASO: Demissão por justa causa, ENVIO DE DOCUMENTO DA EMPRESA PARA CORREIO ELETRÔNICO PESSOAL. Cláusula de confidencialidade. Incorre nas hipóteses de justa dispensa o empregado que conscientemente transgride cláusula contratual que impede a retirada de documentos do âmbito da empresa sem expressa autorização, colocando em risco o sistema de segurança adotado. [...] o reclamante transgrediu o regulamento interno da empresa ao remeter para seu endereço eletrônico particular arquivos contendo o desenvolvimento de projetos de propriedade da demandada, sem autorização. (TRT 2º, Recurso Ordinário, ACÓRDÃO Nº , Ana Maria Contrucci Brito Silva, data 12/05/2009) PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 50

51 Segurança da Informação X Anonimato! É essencial autenticação forte. Somente a pessoa certa acessar a informação necessária! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 51

52 A questão da identidade, que implica juridicamente na prova de autoria, tanto para estabelecer obrigações e responsabilidades quanto para exigir direitos, sempre foi relevante. Quem aqui já passou a senha para outra pessoa? a) Por prova de amor; b) Por prova de amizade; c) Por prova de autoridade PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 52

53 SUA SENHA É SUA IDENTIDADE DIGITAL!!! Temos que proteger nossa identidade digital, pois a SENHA é a CHAVE DA PORTA! Se alguém utilizar sua senha para fazer algo de errado em ambiente eletrônico, como retirar conteúdos da rede ou enviar uma mensagem ofensiva, o principal suspeito será VOCÊ! Além disso, você pode incorrer no crime de falsa identidade, como prevê o código penal. (art. 307 e 308) PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 53

54 Alto nível de segurança no processo de identificação: Sei - > Senha; Tenho - > Token ( ID badge, smart card ); Sou - > Biometria ( impressão digital, face, iris, etc. ) Disponível em: PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 54

55 O que há de errado com esta estação de trabalho? Além de desarrumada...é insegura. Pastas contendo informações sensíveis disponíveis na prateleira Tela desbloqueada Quadro com dados sensíveis em ângulo vísivel do corredor Contatos à mostra Senha no post-it Chaves, celular, crachá de entrada Documentos esquecidos na impressora Agenda, extratos bancários, talão de cheques e correspondências Papéis confidenciais não destruídos CD dentro do computador Gaveta aberta e chaves na fechadura Valise aberta 1 e 2: agenda e cadastro de contatos Fonte: PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 55

56 E qual o panorama de RISCOS em Segurança da Informação para 2011 (mais mobilidade de usuarios, com Geração Y e Geração Z nas Instituições)? PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 56

57 Portabilidade de Dados e Dispositivos de Mobilidade Maiores preocupações - crescimento: Uso de Smartphone (fornecido pela Instituição); Uso de Smartphone (de propriedade do particular); Uso de dispositivo 3G ou redes Wireless pelos profissionais em geral (independente de quem fornece); Uso de novos tablets (ipad); Uso de netbooks ou notebooks e pendrives (já é uma preocupação mais antiga mas ainda permanece) PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 57

58 DESAFIOS TÉCNICOS... JURÍDICOS... COMPORTAMENTAIS... MUDAR USOS E COSTUMES!! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 58

59 Art. 21, Código Penal: O desconhecimento da lei é inescusável. Prevenção é essencial e exige ferramenta, regras claras e treinamento! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 59

60 E o empregador? Tem alguma responsabilidade por erros online cometidos pelos seus funcionários? SIM!!! O empregador responde, objetivamente, pelos atos ilícitos de seus empregados cometidos no exercício de suas atividades. Caso o empregado tenha agido assim por culpa ou dolo, cabe ação de regresso. Art. 932, III, Código Civil: São também responsáveis pela reparação civil o empregador ou comitente, por seus empregados, serviçais e prepostos, no exercício do trabalho que lhes competir, ou em razão dele Súmula 341, STF: É presumida a culpa do patrão ou comitente pelo ato culposo do empregado ou preposto PPP 2010 Advogados. PPP Advogados. Todos Todos os direitos direitos reservados. reservados

61 Mais responsabilidade pelo Código Civil Art O administrador da sociedade deverá ter, no exercício de suas funções, o cuidado e a diligencia que todo homem ativo e probo costuma empregar na administração de seus próprios negócios. Art Os administradores respondem solidariamente perante a sociedade e os terceiros prejudicados, por culpa no desempenho de suas funções PPP 2010 Advogados. PPP Advogados. Todos Todos os direitos direitos reservados. reservados

62 Precisamos conhecer a Regra do Jogo : 1. Imagem é protegida pela Constituição Federal, tem que citar fonte/fotógrafo ou autor e se for de gente melhor sempre ter autorização; 2.Direitos Autorais sempre precisa citar a fonte, observar restrições de edição, cuidado com contexto de uso do conteúdo; Fonte : educadororganizacional.blogspot.com Imagem: BR358&biw=1579&bih=623&tbs=isch%3A1&sa=1&q=gera%C3%A7%C3%A3o+Z&aq=f&aqi=g1&aql=&oq=&gs_rfai= PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 62

63 Precisamos conhecer a Regra do Jogo : 3. Comentar rotina de trabalho em rede social é quebra de sigilo profissional; 4. Falar mal de chefe ou colega de trabalho na Web, por , blog, outros é infração á CLT e dá justa causa; Fonte : insoonia.com Imagem: BR358&biw=1579&bih=623&tbs=isch%3A1&sa=1&q=gera%C3%A7%C3%A3o+Z&aq=f&aqi=g1&aql=&oq=&gs_rfai= PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 63

64 Precisamos conhecer a Regra do Jogo : 5. Que em corporativo nunca se deve assinar com beijos, tem que ter redação formal, objetiva e correta; 6. Que emprestar a senha para outra pessoa é crime de falsa identidade art. 307 CP; Fonte : solution4web.com.br Imagem: BR358&biw=1579&bih=623&tbs=isch%3A1&sa=1&q=identidade+digital&btnG=Pesquisar&aq=f&aqi=g1&aql=&oq=&gs_rfai= PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 64

65 Precisamos estar em Conformidade Legal no uso da Tecnologia. Novas leis que podem impactar o negocio: -Direitos Autorais -Marco Civil -Crimes Eletronicos -Digitalização -Ponto Eletrônico PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 65

66 Como combater o Crime Eletrônico? Autenticação Forte (temos que combater o anonimato digital ainda mais em mobilidade, wi-fi); Tecnologia de Segurança da Informação (investir ferramentas protetivas); Cultura de Segurança da Informação através da Conscientização dos Usuários (é muito comum o brasileiro ser um laranja digital e cair facilmente em golpes especialmente phishing); Guarda de Provas Adequadamente (precisa de lei para exigir guarda de logs por provedores e terceiros); Monitoramento Eletrônico (especialmente ambiente corporativo); Equipes preparadas para Resposta a Incidentes (saber coletar as provas e agir rapidamente); Denúnciar e Punir Infratores (ir de fato atrás do criminoso com as medidas legais cabíveis) PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 66

67 Orientações para Redes Sociais estimular o USO CORRETO Não associar nome da Instituição à conteúdo pessoal ou de opinião particular; Não publicar informações de rotina de trabalho, devido ao risco à segurança; Não publicar informações internas ou confidenciais; Não praticar ofensa a outros membros da Instituição nem tampouco manifestar opinião que possa repercutir em riscos para empresa; Zelar por uma postura ética, segura e dentro das leis em redes sociais. Dependendo do cargo que ocupar, qualquer manifestação, mesmo que pessoal, pode gerar impacto na Instituição; Evitar excesso de exposição e na dúvida sobre o que pode ser publicado em rede social, pedir autorização antes PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 67

68 Código de Ética Profissional Atualizado Visão, Missão e Valores da Empresa Governança através de transparência e controles Comunicação em Geral Proteção de Imagem e Reputação Publicação, comentários e opinioes em nome da empresa Uso de ferramentas de trabalho tecnológicas em geral Segurança da Informação Sigilo profissional e confidencialidade Denúncia Anônima Postura em eventos externos, inclusive Internet e Redes Sociais Coleguismo e Colaboração Jornada de trabalho (com novos modelos de mobilidade e flexibilidade) Reembolso de Despesas Principais Papéis e Responsabilidades (alinhado com Alçadas e Poderes) Política anti-corrupção (em geral trata de brindes, presentes, cortesias, outros) Fato relevante (especialmente se companhia aberta) Solução de Conflitos Uso de Marca PPP 2010 Advogados. PPP Advogados. Todos Todos os direitos direitos reservados. reservados

69 O Papel da TI na empresa Limites e Responsabilidades do Profissional da TI Principais incidentes envolvendo as atividades dos profissionais de TI O princípio do sigilo profissional O princípio do uso dos conhecimentos da TI apenas para fins líticos e éticos Os princípios da disponibilidade, integridade e autenticidade da TI; As Leis da TI (Moore, Metcalf e Maxwel) Desenvolvimento seguro de softwares, aplicações e outros Propriedade Intelectual e Direitos Autorais Código de Ética da TI Segurança da Informação aplicada a TI Proteção de Bases de Dados Relação com equipes mistas de colaboradores internos e terceirizados (colaboradores de fornecedores de TI) Coleguismo e Colaboração na TI Cuidados no Uso de Foruns de Discussão, Comunicador Intantâneo e outras ferramentas de uso comum da TI A Gestão de Qualidade através de SLAs A importância do cumprimento dos prazos e cronogramas Dever de Denúncia e Solução de Conflitos PPP 2010 Advogados. PPP Advogados. Todos Todos os direitos direitos reservados. reservados

70 Código de Ética do Terceirizado Política anti-corrupção e Segurança da Informação Confidencialidade, sigilo profissional e classificação da informação Concorrência desleal e Uso de marca Passagem de conhecimento técnico Propriedade Intelectual e Direitos Autorais em geral Postura em Redes Sociais no tocante aos trabalhos envolvidos Regras de fato relevante (quando companhia aberta em bolsa) Fusões e Aquisições, Cisão, Cessão que impactam a contratação Exclusividade ou outros tipos de restrição de mercado Gestão de Qualidade através de SLAs Solução de Conflitos mediação, arbitragem e outros PPP 2010 Advogados. PPP Advogados. Todos Todos os direitos direitos reservados. reservados

71 Dicas para fazer Blog Manual de Conduta do Blogueiro 1. Relatar fatos sem juizo de valor é a melhor forma de se manter isento e evitar responsabilidade pelos comentários. Se quiser manifestar opinião fazer de modo que não seja leviano, difamatório, ofensivo. 2. Publicar uma nota em seu Blog que seja uma Vacina Legal pedindo que as pessoas exercam a liberdade de expressão com responsabilidade e ética, e que o espaço não é para uso de palavras agressivas e ofensas. Isso ajuda a evitar a responsabilidade solidária por comentários de terceiros; 3. Evitar uso de expressões como eu odeio, quero que morra, bem como ameaças dirigidas a pessoas; 4. Evitar uso de imagens (fotos) sem autorização prévia e expressa. Muito cuidado com o contexto do conteúdo. Se fizer uso de imagens do Flickr ou Banco de Imagens evitar foto de pessoa ou criança. O direito de imagem é extremamente restritivo no Brasil. É possível uso de imagem em plano aberto, quando a pessoa não é o elemento central da mesma e se o comentário associado não se referir a ela. De todo modo, sempre evitar imagens que possam ridicularizar alguém; 5. A colaboração é essencial, mas é importante verificar sempre os conteúdos postados, é um ônus de quem faz a gestão da página, devendo excluir comentários quee gerem risco jurídico, deve-se estar sempre atento para informação velha ou equivocada; 6. Evitar fazer uso de Marca registrada de terceiros, a não ser se for para relatar fato e de modo algum gerar qualquer tipo de edição da mesma, pixação (se você não é comediante de profissão, nem é imprensa, será difícil de gerar uma excusa jurídica); 7. A paródia só é possível dentro das leis brasileiras se não mudar o sentido original nem ridicularizar o parodiado (artigo 187 do Código Civil); 8. Nunca repassar boatos eletrônicos e ter cuidado com vírus e arquivos maliciosos que possam estar em conteúdos na página e contaminar outras pessoas; 9. Se errar, a melhor forma jurídica de conserto é dizer desculpa, muitos bloqueiros escrevem demais para se retratar e pioram ainda mais a situação; 10. Sempre preservar a sua Reputação Digital! A opinião de um Blogueiro tem valor, por isso, cheque a fonte, credibilidade é tudo na era da Internet. Fonte: Patricia Peck blog IDG Now PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 71

72 Segurança da Informmação na Família Gestores dos Lares RESPONSABILIDADES CIVIL E PENAL EM NOSSAS FAMÍLIAS PAIS E FILHOS PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 72

73 Professor ofendido pelo Orkut obtém indenização de pais da Agência Folha, em Campo Grande A Justiça de Rondônia condenou 19 pais de estudantes a pagar indenizações a um professor de matemática de Cacoal (500 km de Porto Velho) que, somadas, resultam em R$ 15 mil. O professor foi alvo de ofensas dos alunos no Orkut. Eles criaram, em 2006, a comunidade virtual "Vamos Comprar uma Calça para o Leitão", ilustrada com a foto e o nome do professor Juliomar Reis Penna, 33. Na comunidade, dez alunos da oitava série, com idades de 12 a 13 anos, escreveram ofensas, piadas, questionaram notas e ameaçaram o professor. "Eu ajudo a furar os pneus do Vectra dele [...] Vamos quebrar os vidros, jogar açúcar dentro do tanque de gasolina", foram alguns dos recados deixados pelos alunos. [...] Denunciados pelo professor ao Juizado da Infância e da Juventude, os alunos reconheceram a criação da página e a autoria dos recados. Como medida socioeducativa, oito estudantes tiveram de apresentar palestras para adolescentes sobre o uso responsável da internet. fonte: PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 73

74 CONFORMIDADE LEGAL DA FAMILIA: Artigo 1634, Código Civil: Compete aos pais, quanto à pessoa dos filhos menores: I dirigir-lhes a criação e educação; II tê-los em sua companhia e guarda; III conceder-lhes ou negar-lhes consentimento para casarem; IV nomear-lhes tutor por testamento ou documento (...); V representá-los até aos 16 anos, nos atos da vida civil, e assistílos após essa idade (...); VI reclamá-los de quem ilegalmente os detenha; VII exigir que lhes prestem obediência, respeito e os serviços próprios de sua idade e condição PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 74

75 Vamos fazer o dever de casa, o usuário ideal 2011: 1. Faz uso ético, seguro e legal da Internet, Celular, Novas Tecnologias e Informações; 2. Não passa sua senha para outras pessoas; 3. Pratica MESA LIMPA; 4. Tem senha de bloqueio do celular; 5. Não carrega conteúdo corporativo em pendrive (se carregar usa criptografia); 6. Não clica em tudo que vê na Internet ou recebe por ; 7. Não publica fotos ou vídeos de terceiros sem autorização; 8. Não usa a marca da Instituição na web sem autorização; 9. Sabe escrever s corporativos digitalmente corretos; 10. Se copia algo, cita a fonte. Respeita os direitos autorais; 11. Sabe proteger sua reputação online e da Empresa PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 75

76 Conclusão TEMOS QUE PRATICAR PREVENÇÃO! DEVE-SE EVITAR CORRER RISCOS DESNECESSÁRIOS! SEGURANÇA É HÁBITO! A INTERNET NÃO É UMA TERRA SEM LEI! VAMOS FAZER NOSSO DEVER DE CASA PARA 2011! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 76

77 Esta é uma solução de Conscientização de Segurança da Informação! Este conteúdo foi desenvolvido para conscientizar grandes públicos no uso ético, seguro e legal das ferramentas de trabalho tecnoloógicas. Através de uma metodologia de EAD (Educação a Distância) e com uso de linguagem simples, analogia é possível passar as principais dicas de postura segura, bem como customizar com as normas e políticas da Instituição PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 77

78 Patrícia Peck Pinheiro Advogados Projetos Especiais Patrocina dores: Desde 2009 educando no uso ÉTICO, SEGURO e LEGAL da Internet por jovens, pais e professores CRIANÇA MAIS SEGURA NA INTERNET Cartilhas Filmes Dissemine essa idéia! PPP Advogados. Todos os direitos reservados. 78

79 NÃO FAÇA JUSTIÇA COM O PRÓPRIO MOUSE, BUSQUE A AJUDA DE UM ESPECIALISTA. Blog: Blog: Matriz SP: (5511) Dra. Patricia Peck Dr. Leandro Bissoli Dra. Marcela Macedo Regional DF: Dr. Renato Coimbra (5561) ou (5561) Regional SUl: Dr. Hélio Abreu (5541) ou (5541) Regional Nordeste: Dra. Kariana Martins (5585) ou (5585) PPP Advogados. Este documento está protegido pelas leis de Direito Autoral e não deve ser copiado, divulgado ou utilizado para outros fins que 2010 não PPP os pretendidos Advogados. pelo autor Todos ou por os ele direitos expressamente reservados. autorizados. 79

Fraudes no E-commerce

Fraudes no E-commerce Fraudes no E-commerce 10/11/2010 Victor Auilo Haikal Twitter: @patriciapeckadv http://www.youtube.com/pppadvogados Blog: http://idgnow.uol.com.br/blog/digitalis Blog: http://www.itweb.com.br/blogs/blog.asp?cod=153

Leia mais

Felipe Perin. AUV surveyor. Consultor de TI. Desenvolvedor web. Entusiasta em software livre. Segurança em Redes de Computadores.

Felipe Perin. AUV surveyor. Consultor de TI. Desenvolvedor web. Entusiasta em software livre. Segurança em Redes de Computadores. Felipe Perin E-mail: Linkedin: Sites: AUV surveyor Consultor de TI Desenvolvedor web Entusiasta em software livre Segurança em Redes de Computadores Palestrante perin.ng@gmail.com http://br.linkedin.com/in/felipeperin

Leia mais

Novembro/2013. Segurança da Informação BYOD/Redes Sociais Marco Vinicio Barbosa Dutra Coordenador de Segurança

Novembro/2013. Segurança da Informação BYOD/Redes Sociais Marco Vinicio Barbosa Dutra Coordenador de Segurança Novembro/2013 Segurança da Informação BYOD/Redes Sociais Marco Vinicio Barbosa Dutra Coordenador de Segurança Segurança da Informação BYOD/Consumerização Redes Sociais Perguntas Não vendo cofres, vendo

Leia mais

Implicações Legais do Uso das Redes Sociais no meio Governamental

Implicações Legais do Uso das Redes Sociais no meio Governamental 1º Seminário Nacional de REDES SOCIAIS e E-GOV para Administração Pública Implicações Legais do Uso das Redes Sociais no meio Governamental Dra. Sandra Tomazi Weber contato@pppadvogados.com.br @patriciapeckadv

Leia mais

INTERNET COM EDUCAÇÃO RISCOS JURÍDICOS

INTERNET COM EDUCAÇÃO RISCOS JURÍDICOS INTERNET COM EDUCAÇÃO RISCOS JURÍDICOS Cristina Sleiman Advogada, pedagoga, mestre em sistemas eletrônicos. Especialista em Direito Digital e sócia do escritório Patrícia Peck Pinheiro Advogados. 1. Cenário

Leia mais

Legalidade das redes sociais

Legalidade das redes sociais Legalidade das redes sociais 2º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público Dr. Leandro Bissoli @patriciapeckadv http://www.youtube.com/pppadvogados http://www.facebook.com/patriciapeckpinheiro

Leia mais

Monitoramento Eletrônico. Sugestões para controle de e-mails e recursos tecnológicos

Monitoramento Eletrônico. Sugestões para controle de e-mails e recursos tecnológicos Monitoramento Eletrônico Sugestões para controle de e-mails e recursos tecnológicos Monitoramento Eletrônico Sugestões para controle do uso de e-mails e recursos tecnológicos em benefício da empresa e

Leia mais

CRIANÇA A MAIS SEGURA NA INTERNET

CRIANÇA A MAIS SEGURA NA INTERNET CRIANÇA A MAIS SEGURA NA INTERNET www.criancamaissegura.com.br Como educar a nova geração quanto ao uso ético, seguro e legal da Internet e das novas tecnologias. Colégio São João Gualberto Pirituba -

Leia mais

Ética e Segurança Digital RODRIGO JORGE CONSELHO TÉCNICO

Ética e Segurança Digital RODRIGO JORGE CONSELHO TÉCNICO 1 Ética e Segurança Digital RODRIGO JORGE CONSELHO TÉCNICO 2 O que é o Movimento? O Movimento é uma ação de Responsabilidade Social Digital que tem a missão de educar, capacitar e conscientizar os alunos,

Leia mais

CONTEÚDOS PARA TREINAMENTOS, CURSOS DE CAPACITAÇÃO, PALESTRAS

CONTEÚDOS PARA TREINAMENTOS, CURSOS DE CAPACITAÇÃO, PALESTRAS CONTEÚDOS PARA TREINAMENTOS, CURSOS DE CAPACITAÇÃO, PALESTRAS Os conteúdos listados abaixo são uma prévia dos temas e podem ser adequados ao cliente de acordo com o perfil e demanda da empresa/instituição.

Leia mais

CARTILHA DE BOAS PRÁTICAS EM SEGURANÇA CIBERNÉTICA GRUPO DE TRABALHO DE SEGURANÇA CIBERNÉTICA

CARTILHA DE BOAS PRÁTICAS EM SEGURANÇA CIBERNÉTICA GRUPO DE TRABALHO DE SEGURANÇA CIBERNÉTICA CARTILHA DE BOAS PRÁTICAS EM SEGURANÇA CIBERNÉTICA GRUPO DE TRABALHO DE SEGURANÇA CIBERNÉTICA A FIESP esclarece que as informações apresentadas na presente Cartilha são apenas sugestões para auxiliar as

Leia mais

DIREITO DIGITAL. Câmara Suiça

DIREITO DIGITAL. Câmara Suiça DIREITO DIGITAL Câmara Suiça Dra. Patricia Peck Pinheiro Twitter: @patriciapeckadv http://www.youtube.com/pppadvogados Blog: http://idgnow.uol.com.br/blog/digitalis Blog: http://www.itweb.com.br/blogs/blog.asp?cod=153

Leia mais

Questões Jurídicas no Marketing Digital

Questões Jurídicas no Marketing Digital Questões Jurídicas no Marketing Digital Camilla do Vale Jimene INTRODUÇÃO Existe legislação específica para o ambiente eletrônico? Ambiente eletrônico é um novo território ou apenas um meio de praticar

Leia mais

Manual de mídias sociais

Manual de mídias sociais Manual de mídias sociais Julho/2014 Introdução A NovAmérica busca caminhar junto com as mudanças no mundo, sejam tecnológicas, comportamentais, sociais ou culturais. Assim, realiza ações que permitem aos

Leia mais

Segurança Cibernética X Segurança Legal. Adriana de Moraes Cansian Advogada OAB/SP 332.517 adriana@cansian.com

Segurança Cibernética X Segurança Legal. Adriana de Moraes Cansian Advogada OAB/SP 332.517 adriana@cansian.com Segurança Cibernética X Segurança Legal Adriana de Moraes Cansian Advogada OAB/SP 332.517 adriana@cansian.com Agenda Introdução: por que devemos nos preocupar? Questões Cíveis. QuestõesTrabalhistas. O

Leia mais

Perícia Computacional Forense. gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br

Perícia Computacional Forense. gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br Perícia Computacional Forense gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br Perícia Computacional Forense gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br 3 Agenda» A nova Economia» Segurança da

Leia mais

POLÍTICA DE USO DE CORREIO ELETRÔNICO da SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ

POLÍTICA DE USO DE CORREIO ELETRÔNICO da SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ POLÍTICA DE USO DE CORREIO ELETRÔNICO da SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ 1. OBJETIVO Definir os requisitos e as regras de segurança para o uso do correio eletrônico (e-mail) no âmbito da SESA (Secretaria

Leia mais

Leia com cuidado e procure respeitá-la!

Leia com cuidado e procure respeitá-la! Páginas: 1 de 5 Leia com cuidado e procure respeitá-la! Introdução: A Tecnologia da Informação, TI, está cada dia mais presente nas empresas, mudando radicalmente os hábitos e a maneira de comunicação,

Leia mais

4 NOÇÕES DE DIREITO E LEGISLAÇÃO EM INFORMÁTICA

4 NOÇÕES DE DIREITO E LEGISLAÇÃO EM INFORMÁTICA 4 NOÇÕES DE DIREITO E LEGISLAÇÃO EM INFORMÁTICA 4.1 Legislação aplicável a crimes cibernéticos Classifica-se como Crime Cibernético: Crimes contra a honra (injúria, calúnia e difamação), furtos, extorsão,

Leia mais

Políticas de Segurança a da Informação e Aspectos Legais. Qual é o impacto para a sua empresa? Paulo Roberto Runge Filho

Políticas de Segurança a da Informação e Aspectos Legais. Qual é o impacto para a sua empresa? Paulo Roberto Runge Filho Políticas de Segurança a da Informação e Aspectos Legais Qual é o impacto para a sua empresa? Paulo Roberto Runge Filho Qual é o patrimônio mais importante dentro da sua empresa? A informação representa

Leia mais

Questões Jurídicas. Camilla do Vale Jimene. Título da apresentação 01/02/2013. Nome do Autor nomel@opiceblum.com.br

Questões Jurídicas. Camilla do Vale Jimene. Título da apresentação 01/02/2013. Nome do Autor nomel@opiceblum.com.br Questões Jurídicas Camilla do Vale Jimene INTRODUÇÃO Existe legislação específica para o ambiente eletrônico? Ambiente eletrônico é um novo território ou apenas um meio de praticar atos jurídicos? Precisamos

Leia mais

RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br

RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br 1 A INTERNET NÃO É UM MUNDO SEM LEIS!!! 11/7/2014 2 INVASÃO FÍSICA OU ELETRÔNICA? X X 11/7/2014 3 Lei 12.737/12 CRIME DE INVASÃO Violação de domicílio Pena - detenção,

Leia mais

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Thaísa Fortuni Thaísa Fortuni 15 dicas de Mídias Sociais para Moda Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Sobre Thaísa Fortuni Publicitária por formação, escritora e empreendora digital. Trabalha

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 09 1 DIREITO DIGITAL Gestão do Risco Eletrônico 2 1 Qual o CERTO e o ERRADO da Sociedade Digital? 3 Quem aqui tem computador e internet em casa?

Leia mais

Política de Segurança da Informação

Política de Segurança da Informação Política de Segurança da Informação Código: PSI_1.0 Versão: 1.0 Data de Publicação: 28/05/2014 Controle de Versão Versão Data Responsável Motivo da Versão 1.0 28/05/2014 Heitor Gouveia Criação da Política

Leia mais

REF.: POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CORRESPONDENTE BANCÁRIO DO SANTANDER.

REF.: POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CORRESPONDENTE BANCÁRIO DO SANTANDER. REF.: POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CORRESPONDENTE BANCÁRIO DO SANTANDER. 1. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO A informação é um dos principais patrimônios do mundo dos negócios. Um fluxo de informação

Leia mais

2012 Segurança Digital Consumerização, Mobilidade, Redes Sociais

2012 Segurança Digital Consumerização, Mobilidade, Redes Sociais 2012 Segurança Digital Consumerização, Mobilidade, Redes Sociais DRA. PATRICIA PECK PINHEIRO Advogada formada pela Universidade de São Paulo; Especialização Negócios Harvard Business School; Gestão de

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO DATA: 25/01/2016 VERSÃO 2.0 VERSÃO 2 25/01/2016 ÁLVARO BARBOSA SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO... 3 II. PAPÉIS E RESPONSABILIDADES... 4 II.1 - COMITÊ EXECUTIVO... 4 II.2 - CONTROLES

Leia mais

F@mília Digital Protegida

F@mília Digital Protegida Colégio Rio Branco F@mília Digital Protegida Dra. Patricia Peck Pinheiro Educar, capacitar e conscientizar sobre o uso ético, seguro e legal da tecnologia! 1 Sejam Bem Vindos! Fonte Imagem: adrianapinheiro.blogspot.com

Leia mais

Digital Age 05.09.2012. Oportunidades e riscos para as Marcas nas Redes sociais: da privacidade ao SAC-Social

Digital Age 05.09.2012. Oportunidades e riscos para as Marcas nas Redes sociais: da privacidade ao SAC-Social Digital Age 05.09.2012 Oportunidades e riscos para as Marcas nas Redes sociais: da privacidade ao SAC-Social Parte 1 PROPÓSITO Parte 2 TRANSPARÊNCIA Parte 3 INFORMAÇÃO Participe durante a palestra: @patriciapeckadv

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BASEADO NA NORMA ABNT 21:204.01-010 A Política de segurança da informação, na FK EQUIPAMENTOS, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de serviços, sistemas e

Leia mais

# internauta. Leg@ l. Aprenda mais sobre a utilizacao ~ Segura da internet

# internauta. Leg@ l. Aprenda mais sobre a utilizacao ~ Segura da internet # internauta Leg@ l Aprenda mais sobre a utilizacao ~ Segura da internet ~ 1 CONHEÇA seus novos amigos ÎÎ Neninha - sou a representante do Instituto Martinelli Solidariedade (IMS), uma entidade sem fins

Leia mais

Segurança de Dados. Relatório de Segurança de Dados, Inteligência de Mercado

Segurança de Dados. Relatório de Segurança de Dados, Inteligência de Mercado Segurança de Dados Segurança de dados e sigilo de informações ainda é um tema longe de ser solucionado no Brasil e no Mundo. A cada novo dispositivo lançado, cada nova transação bancária ou a cada novo

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLES INTERNOS

SISTEMA DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PO - PSI 1ª 1/9 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 2 2. ALCANCE... 2 3. ÁREA GESTORA... 2 4. CONCEITOS/CRITÉRIOS GERAIS... 2 5. DIRETRIZES... 3 6. RESPONSABILIDADES... 3 6.1 Todos

Leia mais

Responsabilidade na Internet

Responsabilidade na Internet Responsabilidade na Internet Papos em Rede 26/01/2012 Glaydson Lima Advogado e Analista de Sistema @glaydson glaydson.com http://delicious.com/glaydsonlima/paposemrede Responsabilidade por publicação direta

Leia mais

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura?

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura? Qual a importância da Segurança da Informação para nós? No nosso dia-a-dia todos nós estamos vulneráveis a novas ameaças. Em contrapartida, procuramos sempre usar alguns recursos para diminuir essa vulnerabilidade,

Leia mais

ÁLAMO ENGENHARIA POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMÁTICA

ÁLAMO ENGENHARIA POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMÁTICA ELABORAÇÃO / REVISÃO APROVAÇÃO Marcelo Costa 16/05/2013 Fernando Matias 16/05/2013 NOME DATA NOME DATA Introdução: A segurança é um dos assuntos mais importantes dentre as preocupações de nossa empresa.

Leia mais

USO RESPONSÁVEL DA INTERNET ELABORADO PELOS ALUNOS DO 6º ANO

USO RESPONSÁVEL DA INTERNET ELABORADO PELOS ALUNOS DO 6º ANO USO RESPONSÁVEL DA INTERNET ELABORADO PELOS ALUNOS DO 6º ANO USO RESPONSÁVEL DA INTERNET ELABORADO PELOS ALUNOS DO 6º ANO 2 Fique atento! Não acredite em tudo o que lê A internet é segura? Você não deve

Leia mais

Guia para pais de proteção infantil na Internet

Guia para pais de proteção infantil na Internet Guia para pais de proteção infantil na Internet INTRODUÇÃO As crianças são o maior tesouro que temos, são o nosso futuro. Por isso, é necessário guiá-las no decorrer da vida. Essa responsabilidade, no

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA

POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SEGURANÇA GADE SOLUTION Tatiana Lúcia Santana GADE SOLUTION 1. Conceituação: A informação é um dos principais patrimônios do mundo dos negócios. Um fluxo de informação de qualidade é capaz

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO FAPRO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PROJEÇÃO FAPRO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PROJEÇÃO FAPRO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ALLAN ARDISSON COSSET DIEGO ALVES DE PAIVA ERICK SOUSA DAMASCENO HUGO NASCIMENTO SERRA RICARDO FRANÇA RODRIGUES Legislação Aplicada à Computação Crimes de

Leia mais

Proteja- se dos Prejuízos do Cyberbullying

Proteja- se dos Prejuízos do Cyberbullying Proteja- se dos Prejuízos do Cyberbullying O Que Veremos Neste Encontro? Quais são as consequências legais do bullying ou cyberbullying e como lidar com os alunos, nos mesmos moldes dos critérios para

Leia mais

3.2 SSI: formulário de Solicitação de Serviço à Informática - SSI, disponível na Intranet (Portal Corporativo Record).

3.2 SSI: formulário de Solicitação de Serviço à Informática - SSI, disponível na Intranet (Portal Corporativo Record). 1. OBJETIVOS Regulamentar o processo a ser seguido pelos usuários para liberação de ferramentas e recursos de Tecnologia da Informação, visando otimizar e agilizar as solicitações de forma que não gere

Leia mais

O PODER E O RISCO DAS REDES SOCIAIS. Advª. Cláudia Bressler e Prof. Ms. Carolina Müller

O PODER E O RISCO DAS REDES SOCIAIS. Advª. Cláudia Bressler e Prof. Ms. Carolina Müller O PODER E O RISCO DAS REDES SOCIAIS Advª. Cláudia Bressler e Prof. Ms. Carolina Müller Rede Social é um grupo de pessoas/empresas conectadas através da internet e de interesses em comum. Esse grupo forma

Leia mais

Aspectos Jurídicos no Uso de Dispositivos Pessoais no Ambiente Corporativo. Dra. CRISTINA SLEIMAN. Dra. Cristina Sleiman Diretora Executiva

Aspectos Jurídicos no Uso de Dispositivos Pessoais no Ambiente Corporativo. Dra. CRISTINA SLEIMAN. Dra. Cristina Sleiman Diretora Executiva Comissão de Direito eletrônico E Crimes de Alta Tecnologia Aspectos Jurídicos no Uso de Dispositivos Pessoais no Ambiente Corporativo Dra. CRISTINA SLEIMAN Dra. Cristina Sleiman Diretora Executiva SP,

Leia mais

Utilização das redes sociais e suas repercussões

Utilização das redes sociais e suas repercussões Utilização das redes sociais e suas repercussões O papel da escola : @ Orientação aos professores, alunos e pais @ Acompanhamento de situações que repercutem na escola @ Atendimento e orientação a pais

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (modelo )

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (modelo ) POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (modelo ) A Política de segurança da informação, na A EMPRESA, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de serviços, sistemas e serviços, incluindo trabalhos executados

Leia mais

Termo de Adesão ao Internet Banking. O Bradesco Internet Banking disponibiliza aos seus Clientes produtos e serviços bancários, tais como:

Termo de Adesão ao Internet Banking. O Bradesco Internet Banking disponibiliza aos seus Clientes produtos e serviços bancários, tais como: Termo de Adesão ao Internet Banking O Bradesco Internet Banking disponibiliza aos seus Clientes produtos e serviços bancários, tais como: Saldos e extratos, pagamentos, agendamentos, transferências, recarga

Leia mais

Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede

Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede Índice 1 Introdução... 3 2 Política de cadastro e senhas... 5 3 Política de Utilização da Internet... 7 4 Política de Utilização de

Leia mais

Direito Digital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Direito Digital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE REDE E EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA

REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE REDE E EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE REDE E EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA O Campus Passo Fundo do Instituto Federal Sul-rio-grandense, através do Centro de Informática,

Leia mais

Proteger a informação de uma ameaça inclui evitar o seu corrompimento, o seu acesso às pessoas não autorizadas e seu furto ou deleção indevida.

Proteger a informação de uma ameaça inclui evitar o seu corrompimento, o seu acesso às pessoas não autorizadas e seu furto ou deleção indevida. Segurança da Informação é a proteção das informações contra os vários tipos de ameaças as quais estão expostas, para garantir a continuidade do negócio, minimizar o risco ao negócio, maximizar o retorno

Leia mais

Código de Ética. Responsabilidades: Lideranças Colaboradores. Aplicação do Código de Ética

Código de Ética. Responsabilidades: Lideranças Colaboradores. Aplicação do Código de Ética Código de Ética Sobre nossos Relacionamentos: Relacionamento com Clientes Relacionamento com Acionistas Relacionamento com Colaboradores Relacionamento com Parceiros de Negócio e Fornecedores Relacionamento

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA. Contrato/Unidade/Seção: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INDICE DE REVISÕES

POLÍTICA DE SEGURANÇA. Contrato/Unidade/Seção: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INDICE DE REVISÕES Título: Data: Contrato/Unidade/Seção: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 de 6 INDICE DE REVISÕES REVISÃO DESCRIÇÃO DAS ALTERAÇÕES E/OU PÁGINAS ALTERADAS 0 Primeira Edição da Instrução de Trabalho. 1 Nova nomenclatura

Leia mais

Gestão da Segurança da Informação

Gestão da Segurança da Informação Gestão da Segurança da Informação Você vai aprender: Conceitos básicos de segurança; Princípios da segurança e o ciclo de vida da informação; Vulnerabilidades de segurança; Ameaças à segurança; Ataques

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Via Internet Banking você pode realizar as mesmas ações disponíveis nas agências bancárias, sem enfrentar filas ou ficar restrito aos horários de atendimento Realizar transações

Leia mais

O IMPACTO SOCIAL DA INTERNET

O IMPACTO SOCIAL DA INTERNET O IMPACTO SOCIAL DA Miguel Gomes da Costa Junior Rede de milhões de computadores de todo o mundo interligados por linhas telefônicas, fibra ótica e satélites. Poderosa fonte de informação e comunicação

Leia mais

PROGRAMA DE ORIENTAÇÃO ESTUDANTIL PARA PRIMEIROS EMPREGOS www.noprimeiroemprego.com.br. Jovem Conectado Curitiba: PROEPE, 2015 36p. il. Título.

PROGRAMA DE ORIENTAÇÃO ESTUDANTIL PARA PRIMEIROS EMPREGOS www.noprimeiroemprego.com.br. Jovem Conectado Curitiba: PROEPE, 2015 36p. il. Título. Impressão Acabamento Editora Mona Ltda - ME Rua José Bajerski, 271 Curitiba/ PR Cep: 82.220-320 Fone (41) 3068-9009 Fax (41) 3068-9008 www.graficamonalisa.com.br PROGRAMA DE ORIENTAÇÃO ESTUDANTIL PARA

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÕES

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÕES SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÕES RESPONSABILIDADE DE TODOS PRESIDENTE DA REPÚBLICA Dilma Rouseff MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO Carlos Roberto Lupi SECRETÁRIO EXECUTIVO Paulo Roberto dos

Leia mais

FALSA IDENTIDADE E TRAIÇÃO PELA INTERNET

FALSA IDENTIDADE E TRAIÇÃO PELA INTERNET FALSA IDENTIDADE E TRAIÇÃO PELA INTERNET Elaborado em 07.2009 José Antonio Milagre Pesquisador em cybercultura. Advogado especialista em Direito Digital. MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Professor

Leia mais

Termos de Serviço Política de Privacidade. Última atualização dezembro 2014

Termos de Serviço Política de Privacidade. Última atualização dezembro 2014 Termos de Serviço Política de Privacidade Última atualização dezembro 2014 Este é um acordo de licença com o usuário final, definida a partir de agora, "Contrato". Escogitiamo SRLs é uma empresa italiana,

Leia mais

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail...

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... FACEBOOK Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... 8 Características do Facebook... 10 Postagens... 11

Leia mais

DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESPÍRITO SANTO 1 OBJETIVO: 1.1 A presente

Leia mais

FRANKLIN ELECTRIC CO., INC. POLÍTICA DE USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Revisado em agosto de 2010

FRANKLIN ELECTRIC CO., INC. POLÍTICA DE USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Revisado em agosto de 2010 FRANKLIN ELECTRIC CO., INC. POLÍTICA DE USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Revisado em agosto de 2010 A. Propósito O propósito desta Política de Uso da Tecnologia da Informação ("Política") é oferecer diretrizes

Leia mais

C Da Nome D Empr PRO idade epar ta esa tamen T OC to OL O DE ENTRE GA Estado RG A C ssina ar go tur a CÓDIGO DE ÉTICA

C Da Nome D Empr PRO idade epar ta esa tamen T OC to OL O DE ENTRE GA Estado RG A C ssina ar go tur a CÓDIGO DE ÉTICA CÓDIGO DE ÉTICA Prezados, O Código de Ética apresenta os princípios éticos que devem orientar as decisões e a conduta dos funcionários do Ultra e parceiros da companhia. Além de expressar os compromissos

Leia mais

NORMAS DE CONDUTA. Apresentação

NORMAS DE CONDUTA. Apresentação NORMAS DE CONDUTA Apresentação Adequando-se às melhores práticas de Governança Corporativa, a TITO está definindo e formalizando as suas normas de conduta ( Normas ). Estas estabelecem as relações, comportamentos

Leia mais

Restrito GRM. Copyright 2010 - São Paulo Brasil. www.globalriskmeeting.com.br +55 11 3285-6539

Restrito GRM. Copyright 2010 - São Paulo Brasil. www.globalriskmeeting.com.br +55 11 3285-6539 Restrito GRM. Copyright 2010 - São Paulo Brasil. www.globalriskmeeting.com.br +55 11 3285-6539 DIREITO DIGITAL As novas gerações Y e seus efeitos da segurança da informação nas Redes Sociais 10 de Setembro

Leia mais

TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR

TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR Este site é de propriedade do Banco Daycoval S/A e foi desenvolvido com a finalidade de disponibilizar informações para sua correta utilização e reserva-se

Leia mais

Para 73% dos internautas, resultado personalizado em buscas é invasão de privacidade

Para 73% dos internautas, resultado personalizado em buscas é invasão de privacidade JANELA INDISCRETA 26/03/2012 Para 73% dos internautas, resultado personalizado em buscas é invasão de privacidade VISITANTES CONVERSAM protegidos por instalação na CeBIT: só 38% dos internautas têm noção

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA PROATIVA. Rio de Janeiro, RJ 26/07/2008

CÓDIGO DE ÉTICA PROATIVA. Rio de Janeiro, RJ 26/07/2008 CÓDIGO DE ÉTICA DA PROATIVA Rio de Janeiro, RJ 26/07/2008 Índice Mensagem do Fundador 2 Introdução 3 Aplicação 4 Capítulo I Conduta 5 Capítulo II Atitude Capítulo III Comprometimento Capítulo IV Direitos

Leia mais

EXPLORITAS ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA LTDA MANUAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

EXPLORITAS ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA LTDA MANUAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO EXPLORITAS ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA LTDA MANUAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Janeiro 2016 O NÃO CUMPRIMENTO DESTE MANUAL PODERÁ RESULTAR EM AÇÕES DISCIPLINARES APROPRIADAS, INCLUINDO ADVERTÊNCIAS, QUE PODERÃO

Leia mais

Mobilidade Corporativa e os Riscos Trabalhistas

Mobilidade Corporativa e os Riscos Trabalhistas Mobilidade Corporativa e os Riscos Trabalhistas Webinar 3 24.04.2015 Instrutor(a): Caroline Teófilo 1 Como está a Sociedade Digital com a Mobilidade: Ausência de Fronteiras Físicas; Tempo Real Conectividade;

Leia mais

DICAS. importantes para sua segurança. 1Saia sempre do SISTEMA, clicando em "Logout", "Sair" ou equivalente:

DICAS. importantes para sua segurança. 1Saia sempre do SISTEMA, clicando em Logout, Sair ou equivalente: DICAS importantes para sua segurança. 1Saia sempre do SISTEMA, clicando em "Logout", "Sair" ou equivalente: Ao acessar seu e-mail, sua conta em um site de comércio eletrônico, seu perfil no Facebook, seu

Leia mais

Manual de Normas e Procedimentos de Segurança da Informação

Manual de Normas e Procedimentos de Segurança da Informação Manual de Normas e Procedimentos de Segurança da Informação Objetivo: Definir responsabilidades e orientar a conduta dos profissionais e usuários de informática da FECAP na utilização dos recursos computacionais,

Leia mais

Direito Digital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Direito Digital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Ivan Drummond Filho C.E.O. International Health Care Offshore CNPJ 07.527.778/0001-00. Sobre o Código

Ivan Drummond Filho C.E.O. International Health Care Offshore CNPJ 07.527.778/0001-00. Sobre o Código Página 1 de 8 International Health Care Offshore CNPJ 07.527.778/0001-00 Sobre o Código As relações interpessoais devem seguir as normas de respeito individual e coletivo sempre considerando o bem estar

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA, SIGILO E REGISTRO ELETRÔNICO DO PACIENTE. Curitiba, 21 de novembro de 2012

CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA, SIGILO E REGISTRO ELETRÔNICO DO PACIENTE. Curitiba, 21 de novembro de 2012 CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA, SIGILO E REGISTRO ELETRÔNICO DO PACIENTE Curitiba, 21 de novembro de 2012 CONFLITO DE INTERESSES Declaro não haver conflito de interesses na apresentação desta palestra, sendo que

Leia mais

WEBMAIL Política de Uso Aceitável

WEBMAIL Política de Uso Aceitável WEBMAIL Política de Uso Aceitável Bem-vindo ao Correio Eletrônico da UFJF. O Correio Eletrônico da UFJF (Correio-UFJF) foi criado para ajudá-lo em suas comunicações internas e/ou externas à Universidade.

Leia mais

Autores: Regina Mainente Ricardo Pereira da Silva Superintendente Controlador Interno Ano de 2015

Autores: Regina Mainente  Ricardo Pereira da Silva Superintendente Controlador Interno Ano de 2015 Autores: Regina Mainente Superintendente Ricardo Pereira da Silva Controlador Interno Ano de 2015 Índice 1. Apresentação... 03 2. Introdução... 04 3. Para que serve a Segurança da Informação... 05 4. Pilares

Leia mais

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA APRESENTAÇÃO Este é o Código de Conduta da Net Serviços de Comunicação S.A. e de suas controladas ( NET ). A NET instituiu este Código de Conduta norteado

Leia mais

Conscientização sobre a Segurança da Informação. Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras?

Conscientização sobre a Segurança da Informação. Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras? Conscientização sobre a Segurança da Informação Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras? PROFISSIONAIS DE O que é Segurança da Informação? A Segurança da Informação está relacionada

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 81, DE 26 DE MARÇO DE 2009

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 81, DE 26 DE MARÇO DE 2009 Publicada no Boletim de Serviço Nº 4, em 7/4/2009. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 81, DE 26 DE MARÇO DE 2009 Disciplina o uso dos recursos de tecnologia da informação do Supremo Tribunal Federal e dá outras providências.

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comitê de Segurança da Informação Secretaria de Tecnologia da Informação Núcleo de Segurança da Informação Revisão: 00 Vigência:20/04/2012 Classificação:

Leia mais

ANUCIANTE declara que aquiesceu com todas as condições apresentadas no presente Termo de Uso.

ANUCIANTE declara que aquiesceu com todas as condições apresentadas no presente Termo de Uso. O website e domínio www.busquecursos.co, bem como seus subdomínios, funcionalidades, conteúdo e demais aplicações e serviços (incluindo aplicações mobile) estão sujeitos aos termos e condições deste termo

Leia mais

CRIMES PRATICADOS PELA INTERNET

CRIMES PRATICADOS PELA INTERNET ESTUDO CRIMES PRATICADOS PELA INTERNET Ribamar Soares Consultor Legislativo da Área II Direito Civil e Processual Civil, Direito Penal e Processual Penal, de Família, do Autor, de Sucessões, Internacional

Leia mais

Associação para Comitês de Serviços Código de Ética e Conduta Funcional

Associação para Comitês de Serviços Código de Ética e Conduta Funcional CAPÍTULO I APLICAÇÃO Art.1º O Código de Conduta e Ética da ACS é aplicável ao seu Quadro Funcional, subentendidos os seus funcionários, os contratados que a ela virem a prestar serviços e os seus Diretores.

Leia mais

A quem se destina: empresas, ONGs e instituições, personalidades, lideranças, profissionais liberais, CEOs e executivos.

A quem se destina: empresas, ONGs e instituições, personalidades, lideranças, profissionais liberais, CEOs e executivos. 1 REPUTAÇÃO DIGITAL Na era da informação digital, sua reputação não é construída apenas e partir das informações que você disponibiliza. Blogueiros, ativistas, funcionários, clientes e outras pessoas participam

Leia mais

Segurança em Dispositivos Móveis.

Segurança em Dispositivos Móveis. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Dispositivos Móveis Agenda Dispositivos móveis Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Dispositivos móveis (1/2) Tablets, smartphones, celulares,

Leia mais

Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações. São Paulo, 22/09/15

Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações. São Paulo, 22/09/15 Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações São Paulo, 22/09/15 Nossa Agenda 1. Preocupações atuais no ambiente corporativo 2. Gestão de riscos e controles internos 3. Terceiros

Leia mais

Universidade Federal de Sergipe

Universidade Federal de Sergipe Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes Regras de Acesso à Rede Sem Fio da UFS 1. DESCRIÇÃO A rede sem fio do projeto Wi-Fi UFS foi concebida para complementar

Leia mais

Educação Digital - Analisando as responsabilidades da escola, dos pais e dos alunos

Educação Digital - Analisando as responsabilidades da escola, dos pais e dos alunos Educação Digital - Analisando as responsabilidades da escola, dos pais e dos alunos Alessandra Borelli alessandra@nethicsedu.com.br Juliana Abrusio juliana@nethicsedu.com.br As fases da internet Juliana

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

A Internet depois do Marco Civil

A Internet depois do Marco Civil Direito Digital Marco Civil da Internet A Internet depois do Marco Civil Gustavo Gobi Martinelli Quem sou eu? Nome: Gustavo Gobi Martinelli Graduado em Ciência da Computação; Graduado em Direito; Mestrando

Leia mais

Política de TI. 1 - Direitos do Colaborador

Política de TI. 1 - Direitos do Colaborador Política de TI A Política de segurança da informação da OPERARIO MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO aplica-se a todos os colaboradores e prestadores de serviços, incluindo trabalhos executados externamente ou por

Leia mais

Em 2 minutos de leitura você aprenderá facilmente a: Montar seu perfil Buscar colaboradores e comunidades Utilizar recursos

Em 2 minutos de leitura você aprenderá facilmente a: Montar seu perfil Buscar colaboradores e comunidades Utilizar recursos GUIA RÁPIDO Em 2 minutos de leitura você aprenderá facilmente a: Montar seu perfil Buscar colaboradores e comunidades Utilizar recursos 1º ACESSO Em conecta.estacio.br Coloque sua senha e login (não é

Leia mais

Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com outros associados. Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com fornecedores

Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com outros associados. Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com fornecedores Conflito de Interesses Geral Conflito de Interesses - Investimentos Financeiros Conflito de Interesses - Brindes e Gratificações Conflito de Interesses - Emprego paralelo ao Walmart Conflito de Interesses

Leia mais

Guia de Conduta do Colaborador e Prestador de Serviço Aker. 1 Aker Security Solutions www.aker.com.br

Guia de Conduta do Colaborador e Prestador de Serviço Aker. 1 Aker Security Solutions www.aker.com.br Guia de Conduta do Colaborador e Prestador de Serviço Aker 1 Importante Este guia faz parte da política interna da Aker Security Solutions e sua utilização é restrita a colaboradores e prestadores de serviço

Leia mais

Código de Conduta. Conduta Empresarial Excelência na Administração. Relações do Trabalho

Código de Conduta. Conduta Empresarial Excelência na Administração. Relações do Trabalho A primeira frase deste documento sintetiza os objetivos desse trabalho, quando abrimos o tema Conduta Empresarial. Está lá: Mantemos a Governança Corporativa da Seguros Unimed alinhada com as boas práticas

Leia mais