Nível I SHODEN POSIÇÕES BÁSICAS PARA APLICAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nível I SHODEN POSIÇÕES BÁSICAS PARA APLICAÇÃO"

Transcrição

1

2 Nível I SHODEN POSIÇÕES BÁSICAS PARA APLICAÇÃO

3 Sumário POSIÇÕES BÁSICAS PARA TRABALHO EM REIKI... 4 POSIÇÃO MÃOS SOBRE OS OLHOS E A TESTA... 5 POSIÇÃO MÃOS SOBRE AS LATERAIS DO ROSTO COBRINDO AS ORELHAS E PARTE DA MANDÍBULA... 6 POSIÇÃO MÃOS ATRÁS DA CABEÇA... 7 POSIÇÃO MÃOS NA GARGANTA... 8 POSIÇÃO MÃOS SOBRE O PEITO... 9 POSIÇÃO MÃOS ABAIXO DAS MAMAS, PARTINDO DA LATERAL DO CORPO PARA A FRENTE POSIÇÃO MÃOS LIGEIRAMENTE ABAIXO E LATERALMENTE AO UMBIGO POSIÇÕES 8 e MÃOS COLOCADAS NOS QUADRIS SOBRE O VENTRE POSIÇÕES 10 e MÃOS LATERALMENTE SOBRE AS COSTAS POSIÇÃO MÃOS SOBRE OS JOELHOS POSIÇÃO MÃOS ENTRE PLANTA E PEITO DO PÉ POSIÇÕES DIVERSAS E COMPLEMENTARES... 16

4 POSIÇÕES BÁSICAS PARA TRABALHO EM REIKI Para facilitar o aprendizado, segue sugestões de sequências com as principais posturas usadas para aplicação de Reiki, com explicação das mais comuns. Estas posturas servem para todos os Sistemas, mas não são exaustivas, ou seja, não são as únicas ensinadas e aplicadas. São, apenas, as que mais costumo usar, já testei e percebi resultado satisfatório. No início, sugiro ao iniciado que use as posturas aqui indicadas, mas cabe ao Reikiano estudar e testar para encontrar as posturas que melhor resultado perceber, não esquecendo de sempre usar a intuição e considerar que cada caso é um caso, a postura que serve para um receptor, para o mesmo problema, pode não ser ideal para o outro. Não deixe de considerar, também, a aplicação localizada e direta, em que se aplica somente no local onde o problema se apresenta, por exemplo, cotovelo, cabeça, joelho, etc, e aquela que sua intuição definir. É muito comum aplicar, por exemplo, apenas no coração e a energia se direciona para onde for necessária. Enfim, o que segue é roteiro de auxílio, um mapa geral para para localização dos pontos principais de aplicação. A intuição deve sempre se sobrepor a qualquer regra, considerando que a energia Reiki é inteligente e se direciona para onde deve ir. Estude, estude, estude... Deixe sua intuição falar mais alto... E bom trabalho!

5 POSIÇÃO 1 MÃOS SOBRE OS OLHOS E A TESTA Trabalha as glândulas hipófise e pineal, o Chakra Frontal, o Plexo Carotídeo e o Cavernoso. É o centro de intuição, estado de consciência mais elevado. Desenvolve as funções psíquicas. Age sobre a visão, nariz, dentes e mandíbulas. Equilibra as glândulas pituitária e pineal. Protege de influências externas, ameniza a ansiedade e o stress. Ativa a concentração e o raciocínio. Integra os sentidos, restabelecendo a unidade do ser. Melhora a concentração e a visualização criativa. Trabalha as emoções e hiperatividade.

6 POSIÇÃO 2 MÃOS SOBRE AS LATERAIS DO ROSTO COBRINDO AS ORELHAS E PARTE DA MANDÍBULA Trabalha a glândula pineal, o Chakra Coronáreo, que é o chakra da transcendência, da suprema união e da realização mística. Atua como canal de comunicação do ser com as forças regentes do universo. É útil para alívio da depressão, angústia, desenvolvimento da memória e inteligência. Trabalha o hipotálamo e o cérebro. Regula o peso físico e controla fome e apetite. Regula pressão sanguínea. Harmoniza traumas. Regula labirintite, problemas de tensão na nuca e região cervical. Diminui insônia. Melhora coordenação motora e mental, dando sensação de bem estar. Melhora a criatividade, clareza de pensamentos e intelectualidade. Aumenta a clarividência. Combate vícios.

7 POSIÇÃO 3 MÃOS ATRÁS DA CABEÇA Trabalha as glândulas pineal e hipófise. Alivia depressão, angústia e medo. Desenvolve memória e inteligência. Promove serenidade e tranquilidade interior. Alívio de dores de cabeça, preocupações, stress, histeria. Produz relaxamento. Trabalha o cérebro e ouvidos. Traz lembranças de sonhos e vidas passadas. Melhora problemas no labirinto, alcoolismo e vício com drogas em geral.

8 POSIÇÃO 4 MÃOS NA GARGANTA Atua na glândula tiroide, no Chakra Laríngeo e nos Plexos Cervical e Laríngeo. Fortalece laringe, garganta e faringe. Harmoniza pescoço e pulmão, nervosismo, inibição, autoconfiança, pressão sanguínea. Transforma desconfiança, instabilidade emocional, raiva, ressentimentos. Evita problemas de expressão verbal, comunicação, criatividade, produtividade e serve para promover o bem estar geral.

9 POSIÇÃO 5 MÃOS SOBRE O PEITO Atua harmonizando tristeza, depressão e ansiedade, baixa-auto-estima, problemas respiratórios, ressentimentos e ciúmes. Contribui harmonizando sistemas imunológico, circulatório e de drenagem linfática,, veias e artérias que saem do coração, evitando o envelhecimento precoce. Age sobre a glândula timo, o Plexo e o Chakra Cardíaco. Aumenta a capacidade de amar, dissolve mágoas, gera tranquilidade e serenidade, dando sensação de felicidade. Nesta posição pode-se usar, também, as mãos em forma de T, sendo uma horizontalmente no meio e acima das mamas e outra na vertical entre as mamas, formando mesmo um T sobre o peito. Outra maneira que gera um bom resultado é colocar as mãos horizontalmente sobre as mamas, como se as tampando.

10 POSIÇÃO 6 MÃOS ABAIXO DAS MAMAS, PARTINDO DA LATERAL DO CORPO PARA A FRENTE Melhora e equilibra o aparelho digestivo e o Chakra Esplênico. Harmoniza fígado, baço, estômago, vesícula biliar, digestão, diafragma e costelas. Combate stress, raiva, irritação, medo e hipersensibilidade.

11 POSIÇÃO 7 MÃOS LIGEIRAMENTE ABAIXO E LATERALMENTE AO UMBIGO Harmoniza e equilibra o Chakra Umbilical, pâncreas e Plexo Solar. Trabalha intestinos, vesícula e diabetes. Harmoniza ansiedade e pânico, dano maior flexibilidade emocional e criatividade. Trabalha a vontade pessoal.

12 POSIÇÕES 8 e 9 MÃOS COLOCADAS NOS QUADRIS SOBRE O VENTRE Chakras Sacro, Gônadas e Plexo Sacro. Atua na ansiedade, agressividade e falta de autoconfiança. Harmoniza útero, ovários, testículos, próstata e age sobre doenças sexuais. Melhora a flexibilidade emocional e diminui os vícios.

13 POSIÇÕES 10 e 11 MÃOS LATERALMENTE SOBRE AS COSTAS Age como as posições 7 e 8 e, mais, nas glândulas supra-renais, rins e cóccix.

14 POSIÇÃO 12 MÃOS SOBRE OS JOELHOS em frente na vida. Trabalha joelhos e articulações inferiores. Harmoniza a força de vontade para seguir

15 POSIÇÃO 13 MÃOS ENTRE PLANTA E PEITO DO PÉ Atua sobre os pés e suas articulações. Emocionalmente age dando força de vontade para luta pelos objetivos e seguir em frente, caminhar.

16 POSIÇÕES DIVERSAS E COMPLEMENTARES

17

18

19

20

21

REIKI NÍVEL I AS POSIÇÕES DE APLICAÇÃO

REIKI NÍVEL I AS POSIÇÕES DE APLICAÇÃO AS POSIÇÕES DE APLICAÇÃO REGIÃO DA CABEÇA curso@espacoluzevida.com.br 1 Primeira posição de Cabeça - No corpo físico trabalha qualquer problema relacionado com os olhos, visão, cores, claridade, fotofobia,

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesucol@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

Anatomia bioenergética

Anatomia bioenergética Anatomia bioenergética MANIPURA / PLEXO SOLAR o pão nosso de cada dia, nos daí hoje 3º chacra / Umbilical / Manipura / Plexo Solar Manipura Significado: a plenitude das jóias Associado: Poder, Vontade,

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina CBI118 Anatomia Humana

Programa Analítico de Disciplina CBI118 Anatomia Humana Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Campus Rio Paranaíba - Campus Rio Paranaíba Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

Nome: 1- FAÇA um desenho de uma célula, identificando as suas partes. a) DESCREVA a função de cada uma das partes da célula.

Nome: 1- FAÇA um desenho de uma célula, identificando as suas partes. a) DESCREVA a função de cada uma das partes da célula. Atividade de Estudo - Ciências 5º ano Nome: 1- FAÇA um desenho de uma célula, identificando as suas partes. a) DESCREVA a função de cada uma das partes da célula. b) Podemos afirmar que todas as células

Leia mais

02- Analise a imagem abaixo: Nomeie os órgãos numerados de 1 a 5.

02- Analise a imagem abaixo: Nomeie os órgãos numerados de 1 a 5. PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= 01- Associe as colunas.

Leia mais

SISTEMA ENDÓCRINO órgãos hormônios

SISTEMA ENDÓCRINO órgãos hormônios SISTEMA ENDÓCRINO Conjunto de órgãos que apresentam como atividade característica a produção de secreções denominadas hormônios, que são lançados na corrente sanguínea e irão atuar em outra parte do organismo,

Leia mais

PULMÃO (Pulso das vias respiratórias - amídalas e laringe) Pulso grande e duro Pulso macio

PULMÃO (Pulso das vias respiratórias - amídalas e laringe) Pulso grande e duro Pulso macio OS PULSOS E AS FUNÇÕES PERTINENTES PULMÃO (Pulso das vias respiratórias - amídalas e laringe) Pulso grande e duro há inflamação, respiração dificultosa; 1 Pulso macio - pouco perceptível há atonia esgotamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA. Calendário

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA. Calendário UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA Calendário - 2016 1º e 2º semestres Curso: MEDICINA Unidade Curricular: AS BASES MORFOLÓGICAS DA MEDICINA

Leia mais

SIT Mindfulness Ficha de Inscrição Programa de 14/11/2016 a 19/12/2016

SIT Mindfulness Ficha de Inscrição Programa de 14/11/2016 a 19/12/2016 SIT Mindfulness Ficha de Inscrição Programa de 14/11/2016 a 19/12/2016 Nome: Data de Nascimento: NIF: Ocupação / Profissão: Telemóvel: Email: Morada: Nome e tel de pessoa a contactar em caso de urgência:

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Histologia Especial Código da Disciplina: VET203 Curso: Medicina Veterinária Semestre de oferta da disciplina: 2 P Faculdade responsável: Medicina Veterinária Programa

Leia mais

TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA

TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA Introdução Pré-requisitos para um bom ultrassonografista Alto nível de destreza e coordenação olhos. de mãos e Conhecimento completo de anatomia, fisiologia

Leia mais

Como funciona o sistema respiratório?

Como funciona o sistema respiratório? Como funciona o sistema respiratório? O sistema respiratório é responsável pela ventilação pulmonar. " O diafragma contrai-se e desloca-se para baixo. " Os músculos intercostais contraem-se, afastando

Leia mais

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos SUMÁRIO I Sistemas de Nutrição... 01 1 Noções Gerais Sobre Metabolismo... 01 1.1 Conceito... 01 1.2 Generalidades... 01 1.3 Metabolismo e Nutrição... 02 1.4 Divisão do Metabolismo... 02 1.4.1 Anabolismo...

Leia mais

Checklist (por referência à CIF)

Checklist (por referência à CIF) Checklist (por referência à CIF) I Perfil de Funcionalidade Funções do Corpo Nota: Assinale com uma cruz (X), à frente de cada categoria, o valor que considera mais adequado à situação de acordo com os

Leia mais

Koryo. Desvantagens: Apesar das agulhas serem pequenas, são doloridas. Aplicação de um maior número de agulhas. A localização dos pontos deve ser feit

Koryo. Desvantagens: Apesar das agulhas serem pequenas, são doloridas. Aplicação de um maior número de agulhas. A localização dos pontos deve ser feit Koryo o.vantagens: Fácil aplicação, manual ou c/ aplicador( simples ou automático). Não apresenta riscos Físicos. Acupuntura somente nas mãos. O Diagnóstico e Tratamento é muito mais simples que na Sistêmica,

Leia mais

Na ESGB, os testes utilizados para avaliar a força são: força abdominal; flexões/extensões de braços.

Na ESGB, os testes utilizados para avaliar a força são: força abdominal; flexões/extensões de braços. Agrupamento de Escolas D. Maria II Escola Básica e Secundária de Gama Barros Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos 10º Ano Qualidades Físicas As qualidades físicas podem ser definidas como todas

Leia mais

Mente Sã Corpo São! Abanar o Esqueleto - Os factores que influenciam as doenças osteoarticulares. Workshop 1

Mente Sã Corpo São! Abanar o Esqueleto - Os factores que influenciam as doenças osteoarticulares. Workshop 1 Abanar o Esqueleto - Os factores que influenciam as doenças osteoarticulares. Workshop 1 Mente Sã Corpo São! Unidade de Cuidados na Comunidade Centro de Saúde de Alfândega da Fé Elaborado por: Rosa Correia

Leia mais

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos 1 Qualidades Físicas As qualidades físicas podem ser definidas como todas as capacidades treináveis de um organismo. As qualidades são: resistência, força, velocidade,

Leia mais

PSICOLOGIA B - 12º ano

PSICOLOGIA B - 12º ano PSICOLOGIA B - 12º ano Tema 2: EU Processos emocionais A professora: Antónia Couto Ano letivo: 2011-2012 Índice Introdução Distinção entre afeto, sentimento e emoção (D5) Definição de emoção (D6 e D7)

Leia mais

Exames Complementares de Diagnóstico RADIOLOGIA - RADIOLOGIA CONVENCIONAL. Convenção n.º 19/2016, de 05 de agosto de Entidades Convencionadas

Exames Complementares de Diagnóstico RADIOLOGIA - RADIOLOGIA CONVENCIONAL. Convenção n.º 19/2016, de 05 de agosto de Entidades Convencionadas Exames Complementares de Diagnóstico RADIOLOGIA - RADIOLOGIA CONVENCIONAL Convenção n.º 19/2016, de 05 de agosto de 2016 Entidades Convencionadas Designação Morada Valências Contactos CAL - Clínica do

Leia mais

Michael Zanchet Psicólogo Kurotel Centro Médico de Longevidade e Spa

Michael Zanchet Psicólogo Kurotel Centro Médico de Longevidade e Spa Entendendo e Gerenciando o Estresse Michael Zanchet Psicólogo Kurotel Centro Médico de Longevidade e Spa ORIGEM 1936 pelo médico Hans Selye na revista científica Nature. MODELO COGNITIVO DO ESTRESSE AMBIENTE

Leia mais

EDITAL DE TURMA ESPECIAL

EDITAL DE TURMA ESPECIAL Edital N 1 / 217. Cacoal, 2 de fevereiro de 217. EDITAL DE TURMA ESPECIAL A Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal FACIMED, no uso de suas atribuições legais, e tendo presente o disposto no Art. 153,

Leia mais

Massagem Shantala Método de massagem para o bebé

Massagem Shantala Método de massagem para o bebé Massagem Shantala Método de massagem para o bebé Preparativos Para a massagem você vai precisar de: - um produto emoliente (como óleo), de uso exclusivo infantil e dermatologicamente testado pode ser óleo

Leia mais

S O N I A BRUCE. Bem-Estar, Saúde Natural, Vida Desperta Terapeuta de Zen-Shiatsu Formadora de Práticas Energéticas Tradicionais Chinesas

S O N I A BRUCE. Bem-Estar, Saúde Natural, Vida Desperta Terapeuta de Zen-Shiatsu Formadora de Práticas Energéticas Tradicionais Chinesas S O N I A BRUCE Bem-Estar, Saúde Natural, Vida Desperta Terapeuta de Zen-Shiatsu Formadora de Práticas Energéticas Tradicionais Chinesas A u l a s R e g u l a r e s : P o r t i m ã o, L a g o s, L a g

Leia mais

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex 1 2 Módulo I: 3 BBPM Aparelho Cardiorrespiratório 4

Leia mais

ORGANOGÊNESE FASE EMBRIONÁRIA

ORGANOGÊNESE FASE EMBRIONÁRIA ORGANOGÊNESE FASE EMBRIONÁRIA ORGANOGÊNESE (organo: organismo e gênese: origem) Importância: embrião. A maior parte do desenvolvimento dos órgãos: (varia com a espécie) Ao final deste período: Principais

Leia mais

Plano de Ensino da Disciplina

Plano de Ensino da Disciplina Plano de Ensino da Disciplina Disciplina: Anatomia Aplicada à Fonoaudiologia I Código da disciplina: MOF019 Classificação: Obrigatória Período do Curso: 1º período N.º de créditos: 03 créditos Carga horária:

Leia mais

O significado dos pontos da Acupuntura (usados na EFT)

O significado dos pontos da Acupuntura (usados na EFT) O significado dos pontos da Acupuntura (usados na EFT) Olá, O que vem a seguir é um breve relato sobre a Acupuntura e seus pontos, em especial os usados na EFT. De acordo com a Medicina Tradicional Chinesa

Leia mais

Como fazer uma drenagem linfática em você mesma sem sair de casa

Como fazer uma drenagem linfática em você mesma sem sair de casa Como fazer uma drenagem linfática em você mesma sem sair de casa Dica: Para que a massagem seja eficaz tudo vai depender da pressão dos dedos e dos movimentos feitos de forma correta. Primeiro vamos falar

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: FISIOLOGIA GERAL Código da Disciplina: NDC108 Curso: Odontologia Período de oferta da disciplina: 2 o P. Faculdade

Leia mais

QUESTIONÁRIO PERCEPÇÃO CORPORAL

QUESTIONÁRIO PERCEPÇÃO CORPORAL QUESTIONÁRIO PERCEPÇÃO CORPORAL Stephen W. Porges, Ph.D. Copyright (c) 1993 O QUESTIONÁRIO PERCEPÇÃO CORPORAL tem 5 sub-testes: 1) Percepção ou Consciência do próprio corpo, 2) Reações do corpo em situações

Leia mais

Pranayama. A respiração do Yoga

Pranayama. A respiração do Yoga Pranayama A respiração do Yoga Pranayama é uma palavra sânscrita e significa: Prana = energia Yama = disciplina De uma maneira simplificada, Pranayama é o controle do prana através da respiração. É o nome

Leia mais

E-BOOK CO M L O U R O

E-BOOK CO M L O U R O BENZIMENTO E-BOOK CO M L O U R O Quem somos? Nós somos Bruno Gimenes e Patrícia Cândido e neste material especial nós vamos lhe ensinar algumas técnicas especiais de aplicação e resultados rápidos, para

Leia mais

b) Cite o(s) nome(s) e o(s) número(s) do(s) local(is) do sistema digestório em que o amido é digerido por enzimas.(0,4)

b) Cite o(s) nome(s) e o(s) número(s) do(s) local(is) do sistema digestório em que o amido é digerido por enzimas.(0,4) 8ºano 1.8 CIÊNCIAS 2º período :: matutino 28 de maio de 2010 INSTRUÇÕES, OBSERVAÇÕES & INFORMAÇÕES 1. Todas as respostas, argumentações, justificativas e desenvolvimentos têm de ser escritos a tinta (azul

Leia mais

MÉTODO DE SELEÇÃO DE PONTOS MÉTODO LOCAL DISTANTE

MÉTODO DE SELEÇÃO DE PONTOS MÉTODO LOCAL DISTANTE MÉTODO DE SELEÇÃO DE PONTOS MÉTODO LOCAL DISTANTE Como selecionar pontos? Critérios para selecionar pontos Que critérios são esses? Lembrete Diagnóstico pronto antes!!! QP Diagnóstico Principio de tratamento

Leia mais

PROCEIDMENTOS GERAIS - CONSULTAS - REMOÇÃO / ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - OUTROS

PROCEIDMENTOS GERAIS - CONSULTAS - REMOÇÃO / ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - OUTROS Código SUGRUPO 10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - RECÉM-NASCIDO 10104003 PROCEDIMENTOS

Leia mais

CIÊNCIAS NATURAIS 9º Ano de Escolaridade SISTEMA DIGESTIVO ALIMENTOS E NUTRIENTES MORFOLOGIA E FISIOLOGIA

CIÊNCIAS NATURAIS 9º Ano de Escolaridade SISTEMA DIGESTIVO ALIMENTOS E NUTRIENTES MORFOLOGIA E FISIOLOGIA CIÊNCIAS NATURAIS 9º Ano de Escolaridade SISTEMA DIGESTIVO ALIMENTOS E NUTRIENTES MORFOLOGIA E FISIOLOGIA Ano Lectivo 2009/2010 FUNÇÕES DOS NUTRIENTES Nutrientes Energéticos Plásticos Reguladores Funções

Leia mais

PÂNCREAS ENDÓCRINO. Felipe Santos Passos 2011

PÂNCREAS ENDÓCRINO. Felipe Santos Passos 2011 PÂNCREAS ENDÓCRINO Felipe Santos Passos 2011 LOCALIZAÇÃO Região epigástrica e hipocondríaca esquerda Nível de L1 L3 Transversalmente na parede posterior do abdome LOCALIZAÇÃO Retroperitoneal Relações Anatômicas:

Leia mais

Fisiologia Humana Sistema Nervoso. 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia

Fisiologia Humana Sistema Nervoso. 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia Fisiologia Humana Sistema Nervoso 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia ! Função: processamento e integração das informações.! Faz a integração do animal ao meio ambiente! Juntamente com

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: 11/08/2012 Nota: Professor(a): Karina Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

SUMÁRIO A...4 C...4 D... 6 E... 6 G... 6 H...7 I...7 M...7 N... 8 O... 8 P... 8 Q... 9 R... 9 T... 9 U...10

SUMÁRIO A...4 C...4 D... 6 E... 6 G... 6 H...7 I...7 M...7 N... 8 O... 8 P... 8 Q... 9 R... 9 T... 9 U...10 GLOSSÁRIO CLIENTE INTRODUÇÃO Este glossário foi desenvolvido pela Unimed Vale do Sinos com o objetivo de aproximar o cliente e a comunidade da cooperativa, por meio de esclarecimentos de diversos conceitos

Leia mais

O significado dos pontos da Acupuntura usados na EFT

O significado dos pontos da Acupuntura usados na EFT Olá, O que vem a seguir é um breve relato sobre a Acupuntura e seus pontos, em especial os usados na EFT. De acordo com a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), existem 361 pontos energéticos ao longo dos

Leia mais

CONSULTAS TRATAMENTO DESCRIÇÃO TEMPO VALOR PACOTES

CONSULTAS TRATAMENTO DESCRIÇÃO TEMPO VALOR PACOTES CONSULTAS TRATAMENTO DESCRIÇÃO TEMPO VALOR PACOTES Inner Coaching Sessões individuais para desenvolvimento do Eu Integral ou para orientação em áreas específicas da vida 1:30h 1ª sessão 80 Seguintes -------

Leia mais

a natureza da vida o luto: dimensão geral o luto: tipos e particularidades

a natureza da vida o luto: dimensão geral o luto: tipos e particularidades Curso de Formação curso acreditado sociedade portuguesa de estudo e intervenção n temas da formação a natureza da vida : dimensão geral : tipos e particularidades 1 Tears in the heaven o que é? quais as

Leia mais

A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original. Albert Einstein. Olá! Prepare se para um mergulho profundo em si mesmo.

A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original. Albert Einstein. Olá! Prepare se para um mergulho profundo em si mesmo. PLANO DE TRATAMENTO PROGRAMA SAÚDE INTEGRAL Os objetivos do PLANO DE TRATAMENTO são os seguintes: ensinar uma nova forma de pensar e agir, com o objetivo de atingir um estado optimum de saúde; ensinar

Leia mais

Cristaloterapia Para NOVA ERA. Aula 09

Cristaloterapia Para NOVA ERA. Aula 09 Cristaloterapia Para NOVA ERA. Aula 09 5 CHAKRA Laríngeo Localização: Entre as clavículas e a laringe, no pescoço; Elemento: Ar do espaço sideral; Cor: Azul turquesa; Mantra: Ham Cristais: Azuis; Parte

Leia mais

Análise do Artigo para leitura

Análise do Artigo para leitura Conflitos e gerações Análise do artigo solicitado para leitura; Conflitos geracionais no ambiente de trabalho; Stress e conflitos organizacionais; Stress, conflitos e doenças do trabalho. Prof. Dr. Alexandre

Leia mais

FUNÇÕES HIPOTALÂMICAS

FUNÇÕES HIPOTALÂMICAS Os mecanismos hipotalâmicos agem em conjunto, no sentido de preservar a homeostasia. ANATOMIA FUNCIONAL DO HIPOTÁLAMO O hipotálamo exerce sua influência sobre o meio interno através de três sistemas: Sistema

Leia mais

Facing por Cristina Coltro

Facing por Cristina Coltro Facing por Cristina Coltro CENTRO DE PSICOTERAPIA SOMÁTICA EM BIOSSÍNTESE Sede: Av. 5 de Outubro, Nº 122 5º Esq 1050-061 Lisboa Portugal Tel. 21 793 5326 Sociedade por quotas Capital Social 5 000 Registo

Leia mais

Sistema Nervoso. BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima

Sistema Nervoso. BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado e Licenciatura em Educação Física Disciplina: Anatomia Humana Professor: Rafaell Batista Pereira Código: SAU00 Carga Horária: 80 h/aulas Créditos:

Leia mais

ESTRESSE E QUALIDADE DE VIDA. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

ESTRESSE E QUALIDADE DE VIDA. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior ESTRESSE E QUALIDADE DE VIDA Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior O QUE É ESTRESSE? Estresse não é um diagnóstico, doença, ou síndrome. Estresse é um conjunto de sintomas emocionais ou físicos, não

Leia mais

Teste Diagnóstico I Biologia e Geologia

Teste Diagnóstico I Biologia e Geologia Nome: Data: Alguns aspetos detetados: Conhecimentos prévios mal assimilados ou interiorizados. Dificuldades na interpretação de um pequeno texto. Dificuldades na interpretação de enunciados. Dificuldade

Leia mais

Cristaloterapia Para NOVA ERA. Aula 05

Cristaloterapia Para NOVA ERA. Aula 05 Cristaloterapia Para NOVA ERA. Aula 05 3 CHAKRA Plexo solar ou umbilical Localização: Quatro dedos acima do umbigo (diafragma); Elemento: Fogo; Cor: Amarela; Mantra: Ram Cristais: Amarelos e dourados.

Leia mais

MICROSEOMETIA IRÍDEA FLOR DE ÍRIS

MICROSEOMETIA IRÍDEA FLOR DE ÍRIS Estresse mata os neurônios Excesso de trabalho, medo da violência, irritação com o trânsito. Tudo isso provoca uma inflamação que pode levar as células cerebrais à morte. Quem vive estressado favorece

Leia mais

Sistema Nervoso Cap. 13. Prof. Tatiana Setembro / 2016

Sistema Nervoso Cap. 13. Prof. Tatiana Setembro / 2016 Sistema Nervoso Cap. 13 Prof. Tatiana Setembro / 2016 Função Responsável pela comunicação entre diferentes partes do corpo e pela coordenação de atividades voluntárias ou involuntárias. Neurônios A célula

Leia mais

1a semana 11/08 12/08 13/08 14/08 15/08

1a semana 11/08 12/08 13/08 14/08 15/08 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA 2ª Fase Módulo III - INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA MEDICINA II (MED 7002) Módulo IV - INTERAÇÃO COMUNITÁRIA II (MED 7102)

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE 1 - À concepção do Sistema Único de Saúde (SUS), regulado pelo poder do Estado, corresponde: a) uma noção autoritária de p

POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE 1 - À concepção do Sistema Único de Saúde (SUS), regulado pelo poder do Estado, corresponde: a) uma noção autoritária de p PREFEITURA MUNICIPAL DE NITERÓI FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE AUXILIAR DE NECROPSIA INSTRUÇÕES: Você receberá do fiscal: um caderno de questões e um cartão de respostas personalizado. As páginas do caderno

Leia mais

POSICIONAMENTO CIRÚRGICO

POSICIONAMENTO CIRÚRGICO POSICIONAMENTO CIRÚRGICO O posicionamento cirúrgico é uma arte, uma ciência e também um fator chave no desempenho do procedimento seguro e eficiente, por meio da aplicação de conhecimentos relacionados

Leia mais

Plano Curricular do Curso de Acupunctura Módulo I Horas Creditadas HP e HAEO Total

Plano Curricular do Curso de Acupunctura Módulo I Horas Creditadas HP e HAEO Total Plano Curricular do Curso de Acupunctura Módulo I Teoria Básica de MTC e Diagnóstico 235 Auriculopunctura 50 Diagnóstico da Língua 50 Módulo II Estrutura dos Meridianos e Pontos de 235 Acupunctura Diagnóstico

Leia mais

HELENA JUSTO Helena Justo é uma profissional dedicada e apaixonada pela Acupuntura e Medicina Chinesa, com uma experiência alargada nestas áreas.

HELENA JUSTO Helena Justo é uma profissional dedicada e apaixonada pela Acupuntura e Medicina Chinesa, com uma experiência alargada nestas áreas. ACUPUNTURA PARA FISIOTERAPEUTAS (MAR 2017) - PORTO A Acupuntura é uma disciplina da Medicina Chinesa reconhecida pela OMS como uma Terapia Complementar válida, que defende que qualquer disfunção ou dor

Leia mais

Como aliviar suas dores e tensões emocionais.

Como aliviar suas dores e tensões emocionais. MTC Medicina Tradicional Chinesa Como aliviar suas dores e tensões emocionais. Aprenda 10 DICAS rápidas de pontos energéticos que podem ajudar em problemas relacionados com: ANSIEDADE DOR NA CERVICAL SEXUALIDADE

Leia mais

ISLAND HEALTH CARE FORMULÁRIO DE ANTECEDENTES MÉDICOS

ISLAND HEALTH CARE FORMULÁRIO DE ANTECEDENTES MÉDICOS DATA DE HOJE: NOME: DATA DE NASCIMENTO NAME: ISLAND HEALTH CARE FORMULÁRIO DE ANTECEDENTES MÉDICOS Você é alérgico ao látex ou borracha? Sim Não ALERGIAS A MEDICAMENTOS: Nenhum Sim, por favor liste LISTA

Leia mais

Alivie o Estresse com Reiki

Alivie o Estresse com Reiki a Alivie o Estresse com Reiki Reiki é uma prática que tem sido usada há séculos no Japão. Aqueles que já utilizam esta prática têm visto resultados de cura física através dessa energia. É uma técnica que

Leia mais

Procedimentos de Emergência. Profº Ms. Gil Oliveira

Procedimentos de Emergência. Profº Ms. Gil Oliveira Procedimentos de Emergência Obstrução das Vias Aéreas MANOBRA DE HEIMLICH Obstrução das Vias Aéreas Infarto Agudo do Miocárdio Ataque do Coração Infarto Agudo do Miocárdio Ataque do Coração Infarto Agudo

Leia mais

Capítulo 16 Intimidade Sexual

Capítulo 16 Intimidade Sexual Capítulo 16 Intimidade Sexual Você sabia? Muitas pessoas que sofreram algum evento cardíaco têm medo de voltar a fazer sexo ou preocupações a esse respeito. Sentir medo ou preocupação é uma forma de o

Leia mais

O Dimensionamento do Centro de Produção

O Dimensionamento do Centro de Produção O Dimensionamento do Centro de Produção (posto de trabalho) Antropometria estática - refere-se a medidas gerais de segmentos corporais, estando o indivíduo em posição estática; Antropometria dinâmica refere-se

Leia mais

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso Aula Programada Biologia Tema: Sistema Nervoso 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

Chá de alecrim é bom para quê?

Chá de alecrim é bom para quê? Chá de Alecrim Chá de alecrim é bom para quê? O chá de Alecrim é consumido em larga escala, serve para muitas indicações, mil e uma utilidades. Quem mora no interior, poderá perceber que praticamente em

Leia mais

SEMINÁRIO SEGURANÇA MEDIÚNICA E ENERGIA DOS CHAKRAS

SEMINÁRIO SEGURANÇA MEDIÚNICA E ENERGIA DOS CHAKRAS SEMINÁRIO SEGURANÇA MEDIÚNICA E ENERGIA DOS CHAKRAS MÓDULO 9 O CHAKRA DA TRANSCENDÊNCIA O sétimo chakra, da coroa, responsável pela transcendência Localização: Topo da cabeça Assim como o chakra raiz

Leia mais

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA A neurociência teve que esperar mais de 70 anos, até que aparecesse um método de imagens por raios X que realmente fosse

Leia mais

Mental e emocional: Desenvolve a comunicação telepática entre a mãe e o bebê.

Mental e emocional: Desenvolve a comunicação telepática entre a mãe e o bebê. Quartzo verde Ótimo calmante para mãe e o bebê Mental e emocional: Desenvolve a comunicação telepática entre a mãe e o bebê. Físico: Ajuda na melhora da respiração e no bebê e da mãe. Espiritual: Ajuda

Leia mais

Movimento Orgão Yin Orgão Yang Sentido Orgão. Água Rim Bexiga Audição Ouvido. Madeira Fígado Vesicula Biliar Visão Olhos

Movimento Orgão Yin Orgão Yang Sentido Orgão. Água Rim Bexiga Audição Ouvido. Madeira Fígado Vesicula Biliar Visão Olhos Os Cinco Movimentos no Diagnóstico Os Movimentos e os orgãos Movimento Orgão Yin Orgão Yang Sentido Orgão Água Rim Bexiga Audição Ouvido Madeira Fígado Vesicula Biliar Visão Olhos Fogo Coração Intestino

Leia mais

Brochura de informação para o doente sobre KEYTRUDA. (pembrolizumab)

Brochura de informação para o doente sobre KEYTRUDA. (pembrolizumab) Brochura de informação para o doente sobre KEYTRUDA (pembrolizumab) Este medicamento está sujeito a monitorização adicional. Isto irá permitir a rápida identificação de nova informação de segurança. Poderá

Leia mais

Vitrine. Janeiro, Fevereiro e Março de 2017

Vitrine. Janeiro, Fevereiro e Março de 2017 Vitrine Janeiro, Fevereiro e Março de 2017 Cód: PE377 Pulseira: 18cm até 22cm R$ 76,90 Cód: BRJ05 Brinco: 1,5x1,9cm R$ 56,00 Cód: BR071 Brinco: 3,2x7cm R$ 59,90 Cód: PE627 Pulseira: 18,5cm até 21,5cm Coração:

Leia mais

Turma(s): C11, C12, C13, C14, C21, C22, C23, C24, D11, D12, D13, D14, D21, D22, D23, D24

Turma(s): C11, C12, C13, C14, C21, C22, C23, C24, D11, D12, D13, D14, D21, D22, D23, D24 AULA n.º: 1 Dia 23-02-2015 das 14:00 às 17:00 Bárbara Luisa Cardoso de Almeida Leitão Apresentação e introdução à unidade curricular : Humana o que é e como estudá-la. Organização da disciplina, suas normas

Leia mais

ACUPUNTURA PARA FISIOTERAPEUTAS (OUT 2015) - PORTO

ACUPUNTURA PARA FISIOTERAPEUTAS (OUT 2015) - PORTO ACUPUNTURA PARA FISIOTERAPEUTAS (OUT 2015) - PORTO Este é um curso de elevada qualidade! Uma excelente ferramenta para abordar patologias músculo esqueléticas e dores nevrálgicas, com resultados rápidos

Leia mais

Estresse. Saiba identifi car o excesso de preocupação e nervosismo.

Estresse. Saiba identifi car o excesso de preocupação e nervosismo. Estresse Saiba identifi car o excesso de preocupação e nervosismo. EsTREssE O estresse é uma reação física e mental diante de estímulos que podem ser positivos ou negativos. As pessoas não reagem da mesma

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ:

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE Credenciada pela Portaria/MEC nº 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: 03.866.544/0001-29 e Inscrição Municipal nº 005.312-3

Leia mais

Semiologia Reumatológica em Crianças

Semiologia Reumatológica em Crianças Semiologia Reumatológica em Crianças PGALS - Exame de triagem básica para problemas musculoesqueléticos em crianças na idade escolar, modificado Traduzido e adaptado de "pgals A SCREENING EXAMINATION OF

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 9. Padrão FCI /11/2004. Padrão Oficial da Raça PEQUINÊS

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 9. Padrão FCI /11/2004. Padrão Oficial da Raça PEQUINÊS CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 9 Padrão FCI 207 22/11/2004 Padrão Oficial da Raça PEQUINÊS PEKINGESE CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Classificação

Leia mais

Conhecer a morfologia do complexo hipotálamo-hipófise.

Conhecer a morfologia do complexo hipotálamo-hipófise. Conhecer a morfologia do complexo hipotálamo-hipófise. Compreender o mecanismo de regulação do hipotálamo sobre a hipófise. Conhecer a ação das principais hormonas sexuais femininas estrogénios e progesterona.

Leia mais

METODOLOGIA DO EXAME CLÍNICO

METODOLOGIA DO EXAME CLÍNICO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA 3 o e 4 o Períodos Disciplina: SEMIOLOGIA METODOLOGIA DO EXAME CLÍNICO Parte I Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2014 Levantamentos Epidemiológicos

Leia mais

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral Circulação Pulmonar e Sistêmica Passagem do sangue através do coração e dos vasos. Ocorre através de duas correntes sanguíneas que partem ao mesmo tempo do coração: 1 Sai do ventrículo direito através

Leia mais

temperosfuncionais ebook

temperosfuncionais ebook temperosfuncionais ebook O que são temperos funcionais? O uso de temperos tem grande contribuição para os sabores e aromas da culinária. Na escolha dos temperos é necessário cuidado, pois produtos industrializados

Leia mais

Chá de cavalinha para que serve? Emagrece? Emagreça 4 a 5kg por mês.

Chá de cavalinha para que serve? Emagrece? Emagreça 4 a 5kg por mês. Chá de cavalinha para que serve? Emagrece? Emagreça 4 a 5kg por mês. Chá de cavalinha para que serve? Você já se perguntou? Quero Dieta irá te responder! Ele serve para emagrecer queimando a gordura e

Leia mais

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CURSO DE ENFERMAGEM DISCIPLINA: PRATICAS NATURAIS E VIVENCIS EM SAÚDE I Prof.ª DANIELLA KOCH DE CARVALHO

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CURSO DE ENFERMAGEM DISCIPLINA: PRATICAS NATURAIS E VIVENCIS EM SAÚDE I Prof.ª DANIELLA KOCH DE CARVALHO UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CURSO DE ENFERMAGEM DISCIPLINA: PRATICAS NATURAIS E VIVENCIS EM SAÚDE I Prof.ª DANIELLA KOCH DE CARVALHO Segundo Barros (2004), Dhyana é a palavra em sânscrito que

Leia mais

Proporcionar aos participantes a aquisição de aptidões específicas nos domínios da expressão/comunicação e das capacidades relacionais

Proporcionar aos participantes a aquisição de aptidões específicas nos domínios da expressão/comunicação e das capacidades relacionais Assertividade Formato do curso: Presencial Localidade: Lisboa Data: 07 Nov. 2016 a 08 Nov. 2016 Preço: 625 Horário: Laboral - 09h00-17h00 Nível: Intermédio Duração: 14 horas No final desta ação, os participantes

Leia mais

de 10 a 19 anos completos. (OMS)

de 10 a 19 anos completos. (OMS) ADOLESCÊNCIA de 10 a 19 anos completos. (OMS) adolescência começa com a primeira manifestação da puberdade e termina no momento em que o desenvolvimento físico está quase concluído. (English, 1958) http://www.efdeportes.com/efd149/crescimento-fisico-de-criancas-de-10-a-14-anos.htm

Leia mais

Criatividade e Inteligência Emocional

Criatividade e Inteligência Emocional Criatividade e Inteligência Emocional Formato do curso: Presencial Preço: 730 Nível: Intermédio Duração: 24 horas As emoções determinam em grande medida a direção da nossa vida, tanto no que se refere

Leia mais

Auto-Estima. Elaboração:

Auto-Estima. Elaboração: Auto-Estima Elaboração: www.searadomestre.com.br Estima 1. Apreciação favorável de uma pessoa ou coisa; amizade, apreço, afeição. 2. Consideração. 3. Estimativa, avaliação. O que é Qualidade de Vida? Requisitos

Leia mais