FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA"

Transcrição

1 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA A IMPORTÂNCIA DAS REDES SOCIAIS PARA A COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MODULO I HÉLIDA VILELA Goiânia 2011

2 ANTONIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA IMPORTÂNCIA DAS REDES SOCIAIS PARA A COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL v. 1 Trabalho dissertativo apresentado como parte da avaliação para Comunicação Empresarial. PROFESSORA: Hélida Vilela Goiânia 2011

3 CONTEÚDO IMPORTÂNCIA DAS REDES SOCIAIS PARA A COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL... 2 INTRODUÇÃO... 4 CARACTERÍSTICAS DAS REDES SOCIAIS... 5 Níveis de Operação... 5 VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS REDES SOCIAIS... 6 OBJETIVOS... 7 NETWORKING NAS REDES SOCIAIS... 8 CUSTOS... 9 CONCLUSÃO REFERÊNCIAS... 11

4 INTRODUÇÃO Uma Rede Social é uma estrutura social onde pessoas e organizações se conectam com determinadas finalidades. Conhecemos por redes sociais aquelas que existem dentro da Internet, onde as pessoas compartilham informações pessoais e profissionais, conhecimentos, ideias e interesses, utilizando-se assim os meios eletrônicos conhecidos como Orkut, Facebook, Twitter, Youtube, entre outros, que estão disponíveis na grande rede, denominada INTERNET. Mas há redes sociais nos mais diversos cenários do dia-a-dia, onde as pessoas se organizam com um determinado objetivo em comum e o fazem como nas redes sociais eletrônicas. A ideia de rede social começou a ser usada há cerca de um século atrás, para designar um conjunto complexo de relações entre membros de um sistema social a diferentes dimensões, desde a interpessoal à internacional. [Wikipédia a enciclopédia livre] Ao falar de redes sociais também falamos de Networking, portanto, quando falamos de Networking, inevitavelmente, estamos falando de Redes Sociais que reforçam a utilização de contatos, sejam longínquos ou próximos, profissionais ou não, em favor de um determinado objetivo. Quando estabelecemos e mantemos contato, virtual ou não, com uma pessoa ou organização, significa que estamos trabalhando nessa rede. Não restam dúvidas de o Networking é importante e que quanto maior for nossa rede de contatos maior é a probabilidade de progresso profissional. Por meio do Networking podemos viabilizar negócios, viagens, passeios e uma série de serviços disponíveis que um ou outro contato possa saber e, portanto, repassar a informação. Para as empresas, isso funciona da mesma forma, pois estar com uma boa, e enorme, rede de contatos significa negócios mais numerosos e lucrativos, visibilidade para os produtos e serviços e uma ampla possibilidade de disponibilidade, pois, como exemplo, um serviço que a empresa em uma determinada região pode ser necessário em outra e, por conta dessa rede de contatos, se tornar conhecida. Um exemplo prático, embora que fosse de uma rede egocêntrica, nas empresas, é a carteira de clientes onde se tem todas as informações pertinentes e que são utilizadas nos negócios. Quanto maior a carteira de clientes, mas possibilidades de negócios a empresa pode obter. A diferença desse exemplo, é que nas redes sociais, os contatos não ficariam limitados a somente à empresa; elas se relacionariam e trocariam informações de acordo com as necessidades delas. Não obstante, ainda tem a possibilidade de se utilizar incorretamente as informações dos clientes ou as informações nas redes sociais e, sendo assim, pode-se trazer sérios prejuízos às empresas.

5 CARACTERÍSTICAS DAS REDES SOCIAIS Entre as características das redes sociais, podemos destacar o fato de que os atores se conectam por vários tipos de ligações partilhando objetivos comuns, mudando e agregando comportamentos. Ou seja, no caso da Web, através da interatividade proporcionada pela internet elas compartilham informações, comportamentos, conhecimentos, interesses e esforços em busca de objetivos comuns e são difundidos com muito mais rapidez e podem ter um longo alcance, uma vez que a Web pode abranger o mundo inteiro. Essas redes são abertas ao público em geral, embora algumas não sejam tão conhecidas como outras. Mas o fato de que qualquer pessoa capaz pode fazer parte dela é uma das características mais importantes, pois quanto maior o público ativo maior serão as interações e a trocas de informações entre elas, porque elas se modificam na medida que agregam mais pessoas ou perdem outras. Por conseguinte, essas pessoas vão se interagir uns com os outros, trocando informações e mantendo contatos de acordo com as afinidades, formando grupos de interesses e objetivos em comum para se relacionarem. Para que isso ocorra, determinadas informações dessas pessoas precisam estar disponíveis, o que facilita o acesso ao contato. Esses relacionamentos são horizontais, ou seja, as pessoas não são escolhidas em raça, cor, sexo ou situação financeira para fazer parte delas. Basta que se tenham os meios necessários e se queira fazer parte delas. Também não existe, a priori, hierarquia entre as pessoas dentro dessas redes, pois isso tiraria o princípio de colaboração que elas proporcionam. Como se dão então essas ligações? Essas ligações se fazem pela identidade; perfis semelhantes que são encontrados e se conectam, ou para formar um grupo ou para apenas manter contato. Isso facilita o acesso as informações corretas e define bem o publico para o qual uma pessoa ou empresa queira se aproximar. Níveis de Operação Como as pessoas tem necessidades diferentes, é claro que essas redes sociais teriam níveis diferentes para relacionamentos e objetivos. Como por exemplo: 1) Redes de relacionamentos Orkut, Twitter, Facebook, Myspace são exemplos dessas redes onde a maioria das

6 pessoas que acessam a Web se relaciona, quer seja para trocar informações, interesses, ideias ou apenas para conhecer alguém. 2) Redes profissionais Voltada para o ambiente corporativo e profissional, essas redes buscam o relacionamento de profissionais engajados em trocar experiências corporativas ou promoção de trabalhos, como é o caso do Linkedln. 3) Redes comunitárias Redes que se formam entre pessoas de uma determinada região em prol de um objetivo em comum. Semelhante como acontece na Web, elas compartilham informações e interesses e mobilizam socialmente através de reuniões, seminários, palestras e podem interagir umas com as outras no dia-a-dia, porém, no mundo real, por assim dizer. Um exemplo disso, são pessoas que se organizam para levar donativos à pessoas necessitadas. 4) Redes políticas Voltadas com fins políticos, essas redes são usadas para mobilizar as pessoas em favor de uma causa política. Semelhante às redes comunitárias, elas se reúnem e discutem determinadas solicitações e necessidades da sociedade para buscar solução com os órgãos governamentais. Mas essas redes sociais, sejam na Web ou não, também se caracterizam por permitir analisar como as organizações ou a sociedade desenvolvem as atividades pertinentes ou como os indivíduos alcançam os objetivos propostos. Também buscam medir o capital social, que se refere ao valor obtido do uso e recursos das redes sociais. VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS REDES SOCIAIS Nas redes sociais, por se tratarem com pessoas, algo que pode ser considerado vantajoso precisa ser bem estudado, pois, ao mesmo tempo, poderá ter desvantagens. Um exemplo disso é a visibilidade. Diz corretamente a frase que quem não é visto, não é lembrado, mas em se tratando de redes sociais, se essa visibilidade não vier acompanhada de outros fatores, a pessoa, ou organização, poderá ser mal lembrada. Outro exemplo seria o compartilhamento de informações, pois as pessoas precisam compartilhar para se identificarem umas com as outras, mas nada impede que uma ou outra delas utilize essas

7 informações de forma inadequada. Essas informações vão desde dados pessoais a intenções de voto, dependendo da rede a que se participa; para uns é uma mina de ouro. A comunicação direta com as pessoas que se pretendem é outra vantagem das redes sociais, pois por afinidades, estaremos em contato exatamente com as pessoas que possuem o mesmo interesse. Para as empresas, é definir o público-alvo; aquelas que têm interesse exatamente naquela marca, produto ou serviço e que podem estar interessadas. Comportamento adequado na rede ajuda bastante, pois pessoas ou organizações que desrespeitam as outras podem sair seriamente prejudicadas pelo risco de perder contatos ou sofrer com reclamações, por exemplo. No caso da web, isso significa um sério risco se a empresa não satisfizer o cliente na necessidade dele, conforme apontam: As redes sociais ampliaram o poder de ação do consumidor que não se contenta mais em ser atendido pelos canais de comunicação tradicionais e está disposto a tudo para mostrar sua insatisfação com produtos e serviços. [Quem ganha e quem perde no jogo das redes sociais - ÉRIKA RAMOS, FÁBIO MARTON, REGIANE DE OLIVEIRA, ROBERTA SALLES E TATIANA ALCALD] Envolver e motivar pessoas em prol do mesmo objetivo a que propomos pode ser a melhor vantagem dessas redes, pois quando se identifica algo necessário à comunidade, nada mais natural que envolver essa comunidade. OBJETIVOS Comuns a várias redes, temos diversos objetivos a considerar. Uma rede social pode ser criada com o objetivo de apenas criar um grupo de pessoas para testar um produto ou serviço, recolher opiniões ou para obter o máximo de informações daqueles participantes. Assim, uma empresa pode identificar melhor o público-alvo a que ela se destina e direcionar o marketing e campanhas publicitárias exatamente para as pessoas corretas, para que ela divulgue sua marca, produto ou serviço. No caso das empresas, deve-se decidir qual plataforma ideal ao perfil da empresa. Uma empresa que trabalhe com serviços bancários não se encaixaria em uma postura na qual os clientes não se identificassem com ela. Também se deve atentar em observar os diversos

8 relacionamentos no canal de comunicação e nos ambientes a que ela participa, pois assim ela estará construindo a audiência necessária para conquistar seu público. Não obstante, descobrir, agregar, atender e satisfazer as necessidades dos clientes é um dos objetivos a considerar, pois isso é dar suporte para que a empresa se mantenha participante nos negócios a que ela se propõe. NETWORKING NAS REDES SOCIAIS Construir relacionamentos que atendam interesses pessoais e profissionais, compartilhando informações pertinentes, estar atento as tendências e novidades no mundo e no mercado, para assim se atualizar, e fazer novos contatos é chamado de Networking. É participar da interação entre os contatos para se tornar presente para dar importância para os utilizadores no que se refere à comunicação. A internet trouxe uma mudança no comportamento do Networking, pois antes das redes sociais online não se havia a possibilidade de relacionamento à distância que desse uma resposta rápida e precisa sobre o acontecimento. Na Web, os relacionamentos podem ser feitos por conferências online, distribuição de informações, como vídeos, por exemplo, trocas de correio eletrônico ou de mensagens instantâneas, entre outros. Antes disso, essa interação só era possível com encontros presenciais, como em eventos, visitas, que ainda são utilizados, mas, ainda são onerosos. Uma empresa que participa de uma rede social utiliza o Networking como forma de manter os clientes informados sobre o produto ou serviço ou como meio para resolver problemas satisfazendo assim as necessidades deles; com isso os próprios clientes podem repassar as informações aos contatos deles fazendo com isso uma espécie de marketing boca a boca. Para uma empresa que quer se ingressar nas redes sociais, principalmente as redes online, ela deve estar atenta às seguintes recomendações de Alessandro Barbosa Lima, CEO da empresa e.life: a) Descobrir se a empresa possui uma imagem positiva ou negativa Empresa que não presta um serviço eficiente dificilmente será bem vista pelos clientes, portanto entrar em uma rede social será muito ruim para os negócios dela. b) Descobrir onde é mais falada

9 Dependendo do produto ou serviço, o melhor mercado está onde se tem mais comentários a respeito da empresa. Por isso, a empresa deve estudar onde direcionar suas atenções para fazer o marketing no lugar certo. c) Analisar o que é falado Isso é estar atento às necessidades dos clientes, imprescindível ao se manter nas redes sociais. Esses comentários dos clientes, ou as reclamações deles, apontam as falhas e os acertos dos produtos ou serviços da empresa. d) Criar pontos de contato Significa melhorar os acessos aos clientes aos produtos e serviços oferecidos, e também os meios necessários à comunicação, criando blogs comunidades ou fóruns de discussão. e) Monitorar É observar como estão as respostas dos clientes. Não é suficiente criar um canal de comunicação se os clientes não irão usá-lo. Para isso, deve-se criar esse canal onde os clientes possam acessá-lo e usá-los conforme a necessidade e disponibilidade deles. CUSTOS Não há como se definir exatamente custos para se ingressar ou se manter relacionamentos nas redes sociais. Há de se considerar o custo monetário, que é o que a empresa gasta ou economiza, e o custo social, que é a parcela de contribuição que a empresa apresenta para a sociedade. Uma empresa que participa de uma rede social, seja ela na internet ou no meio social, estuda os custos necessários com pessoas e recursos ao longo do processo de participação, porém a empresa está atenta às possibilidades de negócios para se alcançar os lucros desejados. Mas a empresa também precisa estar atenta ao impacto que aquele produto ou serviço oferecido terá naquele ambiente, pois os serviços que não tem boa aceitação possivelmente não irão atingir à grande parcela da população, se for o caso da empresa. Uma empresa que investe em atuação em redes sociais pode economizar com outros serviços, como o atendimento telefônico para clientes (mais conhecidos por SAC s). As reclamações ou sugestões são direcionadas para essas redes e para isso se utilizariam menos pessoas e recursos materiais do que dispor de várias pessoas para atender os clientes.

10 Também vantajoso, seria o uso do marketing dentro das redes sociais, o que substituiria o marketing tradicional, reduzindo assim custos desnecessários ou dispendiosos, como publicação de anúncios em canais de televisão, por exemplo. Esses clientes que participam da mesma rede onde a empresa está inserida podem repassar as informações a outros contatos que podem vir a se tornar clientes também. Com isso, através dos diálogos entre os clientes, a empresa também estaria reduzindo o custo com a aquisição de novos clientes. CONCLUSÃO De fato, sempre haverá pessoas com necessidades e interesses que se assemelham a de outras e participar de redes sociais é o melhor meio de se participar da sociedade. São pessoas que tem interesses e objetivos em comum, formando um ou outro grupo em que sempre haverá pessoas interessadas. Para uma empresa significa manter contato com clientes ativos ou potenciais e fazer com que sua marca, produto ou serviço seja sempre visto pelas pessoas interessadas. Com isso, a empresa pode apontar os acertos e as falhas internas, pois o retorno dos clientes vai mostrar com precisão os apontamentos que a empresa precisa. Pela Web, através das redes como Orkut, Facebook, Twitter e outros, essa interação se tornou mais dinâmica na medida em que houveram progressos na internet. E as empresas acordaram para a expansão dos acessos e das quantidades de pessoas que acessam essas redes. De repente, aquela pessoa que ficava escondida em um remoto canto do mundo, mas que comprava um produto de uma empresa e que não tinha voz quando estava insatisfeita, passou a ter valor ao se expor nas redes sociais online e levar consigo aquela reclamação justamente pela possibilidade de ela ser vista por várias pessoas em qualquer lugar do mundo. E a empresa que ignorar esse tipo de atenção, pode obter má reputação perante os clientes e por conseqüência se sair mal nos negócios. O mundo mudou. As redes sociais mudaram. Acompanhar essas mudanças é o que as empresas precisam.

11 REFERÊNCIAS Negócios nas redes sociais. Revista IEL Interação, Brasilia-DF, Setembro/Outubro/Novembro 2009, paginas Gringerg, Renato. Networking em redes sociais: você acompanha essa tendência? 05/08/2009. Disponível em <http://imasters.com.br/artigo/13794/networking_em_redes_sociais_voce_acompanha_essa_t endencia> Acesso em 02/02/2011 às 18h31min. Rede Social. Wikipédia, a enciclopédia livre. Modificada pela última vez às 17h11min de dois de março de Disponível em <http://pt.wikipedia.org/wiki/rede_social> Acesso em 02/02/2011 às 18h18min. Ramos, Érika; Marton, Fábio; Oliveira, Regiane de; Salles, Roberta; Alcalde, Tatiana. Quem ganha e quem perde no jogo das redes sociais. 28/02/2011. Disponível em <http://consumidormoderno.uol.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=332 9&Itemid=73&showall=1> Acesso em 05/03/2011 as 20h39min.

Cinco pontos sobre redes sociais na Internet

Cinco pontos sobre redes sociais na Internet Cinco pontos sobre redes sociais na Internet Por Raquel Recuero (*) Nos últimos anos, assistimos a um crescimento espantoso das chamadas tecnologias de comunicação. Essas tecnologias tornaram-se mais rápidas,

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção.

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. estratégias online Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. serviços consultoria Benchmark Planejamento

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS!

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! 4 Introdução 5 Conheça seu público 5 Crie uma identidade para sua empresa 6 Construa um site responsivo 6 Seja direto, mas personalize o máximo possível

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace.

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace. O Twitter Como Ferramenta de Divulgação Para As Empresas: Um Estudo De Caso do GREENPEACE 1 Jonathan Emerson SANTANA 2 Gustavo Guilherme da Matta Caetano LOPES 3 Faculdade Internacional de Curitiba - FACINTER

Leia mais

A compra de TI e as redes sociais

A compra de TI e as redes sociais Solicitada por A compra de TI e as redes sociais Como as redes sociais transformaram o processo de compras B2B e as melhores práticas para adaptar as suas estratégias de marketing à nova realidade BRASIL

Leia mais

E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa]

E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa] E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa] 1 Sumário O Surgimento do Analista de Redes Sociais... 2 O que é um Analista de Redes Sociais?... 5 Qual é o Perfil do Analista

Leia mais

social media para bares, restaurantes e afins

social media para bares, restaurantes e afins BARTIPS social media para bares, restaurantes e afins O que buscamos? Divulgar seu estabelecimento para milhares de potenciais consumidores. Fazer você ser parte do dia-a-dia de seu cliente Ter suas novidades,

Leia mais

Sobre o estudo. Publico: De um lado: Consumidores Do outro: Profissionais de marketing, comunicação, design, pesquisa...

Sobre o estudo. Publico: De um lado: Consumidores Do outro: Profissionais de marketing, comunicação, design, pesquisa... Sobre o estudo perfil Publico: De um lado: Consumidores Do outro: Profissionais de marketing, comunicação, design, pesquisa... Amostra: Total: 1.035 respondentes Consumidores: 805 Profissionais: 230 objetivo

Leia mais

Imagem corporativa e as novas mídias

Imagem corporativa e as novas mídias Imagem corporativa e as novas mídias Ellen Silva de Souza 1 Resumo: Este artigo irá analisar a imagem corporativa, mediante as novas e variadas formas de tecnologias, visando entender e estudar a melhor

Leia mais

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing 26 3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing O surgimento das mídias sociais está intimamente ligado ao fenômeno da geração de conteúdo pelo usuário e ao crescimento das redes sociais virtuais

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

Outros Elementos que fazem parte dos ambientes sociais digitais

Outros Elementos que fazem parte dos ambientes sociais digitais Outros Elementos que fazem parte dos ambientes sociais digitais Interatividade em várias interfaces e formatos Compartilhamento ilimitado Mobilidade: tuitamos e até blogamos em qualquer lugar Conteúdo

Leia mais

5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo

5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo 5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo Este estudo teve como objetivo contribuir para a compreensão do uso das mídias sociais, como principal ferramenta de marketing da Casar é Fácil, desde o momento da sua

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

Como cultivar leads do Comitê de TI

Como cultivar leads do Comitê de TI BRASIL Como cultivar leads do Comitê de TI O marketing está ajudando ou atrapalhando? Confiança + Credibilidade devem ser CONQUISTADAS O profissional de marketing moderno conhece a importância de cultivar

Leia mais

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica.

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Além de tornar-se fundamental para a difusão do conhecimento e geração das relações interpessoais, a Internet

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B Mídias sociais como apoio aos negócios B2B A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

#10 PRODUZIR CONTEÚDO SUPER DICAS ATRATIVO DE PARA COMEÇAR A

#10 PRODUZIR CONTEÚDO SUPER DICAS ATRATIVO DE PARA COMEÇAR A #10 SUPER DICAS PARA COMEÇAR A Pantone 715 C 100% Black 80% Black C: 0 M: 55 Y: 95 K: 0 C: 0 M: 0 Y: 0 K: 100 C: 0 M: 0 Y: 0 K: 80 PRODUZIR CONTEÚDO ATRATIVO DE Confira estas super dicas para você produzir

Leia mais

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice O Que é Gerenciamento da Sua Reputação Online? Como Monitorar Sua Reputação Online O Básico Para Construir

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

REDES SOCIAIS. Profº Thiago Arantes

REDES SOCIAIS. Profº Thiago Arantes REDES SOCIAIS Profº Thiago Arantes Todos os direitos reservados - IAB 2014 - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Intranets e Capital Intelectual

Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual As mídias sociais ultrapassaram os limites da vida privada. Os profissionais são 2.0 antes, durante e depois do expediente. É possível estabelecer

Leia mais

Social Media em 5 etapas

Social Media em 5 etapas Como estruturar seu sistema de Social Media em 5 etapas O que é este guia? O Guia de inicialização em social media foi criado pela G&P como uma forma de ajudar e incentivar as mais diversas empresas do

Leia mais

Đ ŕňĉòă. g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ

Đ ŕňĉòă. g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ Đ ŕňĉòă g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ Em todas as empresas há um segredo Na nossa o segredo passa a ser você quem somos? Quando acabarem a licenciatura, o desemprego espera-vos. Enganaram se! Se

Leia mais

Gestão de Relacionamento com o Cliente CRM

Gestão de Relacionamento com o Cliente CRM Gestão de Relacionamento com o Cliente CRM Fábio Pires 1, Wyllian Fressatti 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil pires_fabin@hotmail.com wyllian@unipar.br RESUMO. O projeto destaca-se

Leia mais

Monitoramento de Marcas no Twitter: Instituições de Ensino Superior Privadas de Salvador. Monitoramento de Marcas no Twitter: Inst.

Monitoramento de Marcas no Twitter: Instituições de Ensino Superior Privadas de Salvador. Monitoramento de Marcas no Twitter: Inst. Monitoramento de Marcas no Twitter: Instituições de Ensino Superior Privadas de Salvador Introdução A web contemporânea nos revela aspectos importantes no comportamento de seus usuários: produção e compartilhamento

Leia mais

Social-Commerce IT CARLOS MASSA SIMPONE 70609178

Social-Commerce IT CARLOS MASSA SIMPONE 70609178 Social-Commerce IT CARLOS MASSA SIMPONE 70609178 INDICE INTRODUÇÃO DIFINIÇÃO COMO FUNCIONA AS ETAPAS HISTORIA RELACIONAMENTO PRATICAS REDES SOCIAS EXEMPLOS VANTAGEM INTRODUÇÃO Comumente pode se entender

Leia mais

Como monitorar o que estão falando da minha empresa

Como monitorar o que estão falando da minha empresa http://www.tecnocratadigital.com.br/wp-content/uploads/2010/11/social-media-optimization.jpg Como monitorar o que estão falando da minha empresa nas Mídias Sociais de forma simples e direta. Paulo Milreu

Leia mais

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes REDES SOCIAIS Prof. Thiago Arantes - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

GUIA DE SOCIAIS EM REDES BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS.

GUIA DE SOCIAIS EM REDES BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS. GUIA DE BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO EM REDES SOCIAIS MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS. APRESENTAÇÃO OBJETIVO A ABA - Associação Brasileira de Anunciantes, por meio de

Leia mais

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Adriano Lima Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA ESP-MG... 3 Programação do curso no AVA-ESPMG

Leia mais

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA Há muito se discute que o mercado de farmácias é ambiente competitivo e que a atividade vem exigindo profissionalismo para a administração de seus processos, recursos e pessoal.

Leia mais

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA Paula Junqueira 7º CONGRESSO RIO DE EDUCAÇÃO CONSTRUINDO A SUA MARCA A marca é o ativo mais importante, independente do tamanho de sua empresa. As mídias sociais são

Leia mais

AVISO LEGAL. Copyright 2016 Luis Passos http://luispassos.com.br. http://luispassos.com.br

AVISO LEGAL. Copyright 2016 Luis Passos http://luispassos.com.br. http://luispassos.com.br AVISO LEGAL Todo esforço foi feito para que este e-book fosse disponibilizado da forma mais correta, inteligível, clara e didática possível, no entanto, apesar de todo empenho nesse sentido, ainda podem

Leia mais

CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA

CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA A forma tradicional de governar, em geral, tem se distanciado da população. Há poucos canais de diálogo e participação popular. Parte disso se deve à burocracia

Leia mais

@ A expansão da web, que. @ Presença cada vez maior do

@ A expansão da web, que. @ Presença cada vez maior do Mídias Sociais Inteligência coletiva Em 1996, a web (1.0) era predominantemente um ambiente de leitura. Só uma pequena fração do conteúdo era criada pelo usuário; Dez anos depois, duas grandes mudanças:

Leia mais

Manual do Usuário 2013

Manual do Usuário 2013 Manual do Usuário 2013 MANUAL DO USUÁRIO 2013 Introdução Um ambiente virtual de aprendizagem é um programa para computador que permite que a sala de aula migre para a Internet. Simula muitos dos recursos

Leia mais

A Estrutura da Web. Redes Sociais e Econômicas. Prof. André Vignatti

A Estrutura da Web. Redes Sociais e Econômicas. Prof. André Vignatti A Estrutura da Web Redes Sociais e Econômicas Prof. André Vignatti A Estrutura da Web Até agora: redes onde unidades eram pessoas ou entidades sociais, como empresas e organizações Agora (Cap 13, 14 e

Leia mais

O Manual Tático do Marketing de Conteúdo

O Manual Tático do Marketing de Conteúdo O Manual Tático do Marketing de Conteúdo Um guia prático de como montar e executar uma estratégia de sucesso 2 ÍNDICE >> Como usar esse manual 3 >> A fundação de sua estratégia 5 >> Produção de Conteúdo

Leia mais

Comunidade de Suporte e Feedback

Comunidade de Suporte e Feedback Comunidade de Suporte e Feedback O objetivo deste complemento é criar um canal simples, barato e eficiente de suporte aos clientes, onde eles possam na maioria das vezes aproveitar dúvidas já respondidas,

Leia mais

SISTEMÁTICA WEBMARKETING

SISTEMÁTICA WEBMARKETING SISTEMÁTICA WEBMARKETING Breve descrição de algumas ferramentas Sobre o Webmarketing Web Marketing é uma ferramenta de Marketing com foco na internet, que envolve pesquisa, análise, planejamento estratégico,

Leia mais

Como monitorar seus concorrentes e fazer pesquisa de mercado nas redes sociais. Por Gustavo Valvasori

Como monitorar seus concorrentes e fazer pesquisa de mercado nas redes sociais. Por Gustavo Valvasori Como monitorar seus concorrentes e fazer pesquisa de mercado nas redes sociais Por Gustavo Valvasori Índice 1. Introdução 2. Por que monitorar? 3. O que monitorar? 4. Como dialogar 5. Fluxo de comunicação

Leia mais

Problemas em vender? Veja algumas dicas rápidas e práticas para aumentar suas vendas usando e-mail marketing

Problemas em vender? Veja algumas dicas rápidas e práticas para aumentar suas vendas usando e-mail marketing Problemas em vender? Veja algumas dicas rápidas e práticas para aumentar suas vendas usando e-mail marketing Conteúdo A chegada da internet e a mudança no comportamento das pessoas Novo modelo de concorrência

Leia mais

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Guia completo de como criar uma Página no Facebook Como começar Criando uma Página Conhecendo a Página Configurações iniciais Estabelecendo conversas Autor Felipe Orsoli

Leia mais

Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica. Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com.

Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica. Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com. 21 a 25 de Agosto de 2006 Belo Horizonte - MG Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com.br RESUMO A tele-medição de

Leia mais

Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa. www.talk2.com.br

Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa. www.talk2.com.br Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa www.talk2.com.br 04 Introdução 4 05 08 10 16 Por que as pessoas seguem uma conta 5 O que você precisa ter e saber antes de criar

Leia mais

QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER?

QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER? QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER? GARANTIR A PRESENÇA DA SUA EMPRESA NOS MEIOS ONLINE? TER UM SITE TOTALMENTE OTIMIZADO? IMPULSIONAR O AUMENTO DAS SUAS VENDAS? CONHEÇA A CERTIFICAÇÃO EM MARKETING DIGITAL

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

5 Considerações finais 5.1. Reflexões sobre os resultados

5 Considerações finais 5.1. Reflexões sobre os resultados 5 Considerações finais 5.1. Reflexões sobre os resultados Ao longo da história o boca a boca sempre se mostrou como um meio eficaz de promoção de produtos e serviços, como advento da Internet esse poder

Leia mais

Comunicação: Luiz Lara Agosto/2011

Comunicação: Luiz Lara Agosto/2011 Comunicação: segmentação e foco Luiz Lara Agosto/2011 A comunicação é o exercício da identidade de marca A marca é um jeito de ser e de fazer. Tudo é importante. Tudo comunica. Há a necessidade de gerenciar

Leia mais

PUC Minas Abril / Maio de 2009. Marketing. Digital. Prof. Caio Cesar (caiocgo@pucminas.br)

PUC Minas Abril / Maio de 2009. Marketing. Digital. Prof. Caio Cesar (caiocgo@pucminas.br) PUC Minas Abril / Maio de 2009 Marketing Digital Prof. Caio Cesar (caiocgo@pucminas.br) Caio Cesar? Ensino / Pesquisa / Consultoria Marketing de Varejo Comunicação Online Design de Interação caiocgo@pucminas.br

Leia mais

Como sua empresa pode

Como sua empresa pode Como sua empresa pode [ O guia de segmentação por IP ] Tecnologia de Inteligência de IP e de geolocalização O método de encontrar a localização física e geográfica de um usuário com base unicamente em

Leia mais

E um dia, quem sabe, poderemos despertar para o ser empreendedor. E ganhar dinheiro com esta história toda.

E um dia, quem sabe, poderemos despertar para o ser empreendedor. E ganhar dinheiro com esta história toda. COMÉRCIO ELETRÔNICO Introdução O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos e formas de

Leia mais

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS Carlos Jerônimo da Silva Gueiros Um mundo em transformação 1998 / 1999 Mutirão Digital apoiar as escolas públicas no acesso à Internet 2010-12 anos depois...

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Como Trabalhar Com Consultores de Executive Search

Como Trabalhar Com Consultores de Executive Search Como Trabalhar Com Consultores de Executive Search Gerenciamento de Carreira pelo Bluesteps.com Contents: Introdução: O recrutamento de Executivos de Nível Sênior Page 1-2: O que é Retained Executive Search?

Leia mais

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais.

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais. Você sabia que o Whatsapp está presente em quase 50% dos smartphones no Brasil? O aplicativo virou febre rapidamente, seguindo a tendência de crescimento anual das vendas de smartphones no país. Quem ainda

Leia mais

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL Curso: Tecnologia Social e Educação: para além dos muros da escola Resumo da experiência de Avaliação do Programa "Apoio

Leia mais

MINIATURAS. SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL: custo extra ou impulso nos negócios? Eficiência do DIGITAL SIGNAGE no PDV. ganham força no mercado

MINIATURAS. SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL: custo extra ou impulso nos negócios? Eficiência do DIGITAL SIGNAGE no PDV. ganham força no mercado REVISTA DE TENDÊNCIAS DO MARKETING PROMOCIONAL EDIÇÃO 14 - ANO 2 JUNHO DE 2010 SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL: custo extra ou impulso nos negócios? Eficiência do DIGITAL SIGNAGE no PDV MARKETING PROMOCIONAL

Leia mais

5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem

5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem 5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem 2 ÍNDICE >> Introdução... 3 >> O que é software na nuvem... 6 >> Vantagens do software na nuvem... 8 >> Conclusão... 13 >> Sobre a Frota Control... 15 3 Introdução

Leia mais

Módulo 2. As Empresas e as Redes Sociais

Módulo 2. As Empresas e as Redes Sociais Módulo 2 As Empresas e as Redes Sociais Introdução Eco sistemas de negócio Aplicações de negócio Construir uma empresa Tácticas/ Estratégias Segmentação Gestão - Profissionais Custo Gestão de tempo ROI

Leia mais

Mídias Sociais e Marketing Digital: um novo modelo de comunicação entre empresa e consumidor 1

Mídias Sociais e Marketing Digital: um novo modelo de comunicação entre empresa e consumidor 1 Mídias Sociais e Marketing Digital: um novo modelo de comunicação entre empresa e consumidor 1 Anadelly Fernandes Pereira ALVES 2 Universidade de Estado do Rio Grande do Norte, Mossoró, RN RESUMO O artigo

Leia mais

18/06/2009. Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br.

18/06/2009. Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br. Marketing Ambiental Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. O que temos visto e ouvido falar das empresas ou associado a elas? Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br 2 3 Sílvia

Leia mais

Internet e Adolescência - Pontos Positivos

Internet e Adolescência - Pontos Positivos Internet e Adolescência - Pontos Positivos Computadores e Sociedade I Edson A. Storolli F. Gláucia Campiche Bressan Rafael Prandi Guedes Moreira Vitor Manha Utino Introdução Como é o acesso à Internet

Leia mais

Como fazer. networking. Um guia prático e fácil para um networking efetivo.

Como fazer. networking. Um guia prático e fácil para um networking efetivo. Como fazer networking Um guia prático e fácil para um networking efetivo. Este whitepaper é para... Em um evento de determinado setor (e aqui estamos falando do nosso, a rede de moda!), todos os participantes

Leia mais

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento.

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento. Criação Personalização Gerenciamento. A Cafuné Design trabalha com as principais mídias e plataformas digitais do momento: Facebook, Twiiter, Instagram, Youtube e LinkedIn. Novas ferramentas de mídia social

Leia mais

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda.

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo Copyright 2015 Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Todos os direitos reservados. Pode ser compartilhado com conteúdo,

Leia mais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais A campanha do prefeito de Duque de Caxias Alexandre Aguiar Cardoso, natural de Duque de Caxias, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro,

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO Apesar de as empresas brasileiras estarem despertando para o valor das ações de educação corporativa em prol dos seus negócios, muitos gestores ainda

Leia mais

CURSO MARKETING POLÍTICO DIGITAL

CURSO MARKETING POLÍTICO DIGITAL CURSO MARKETING POLÍTICO DIGITAL Por: Leandro Rehem Módulo 1: Conhecendo o Marketing Político Digital O político e as Novas Comunicações Qual o cenário no Brasil e no Mundo Comportamento dos eleitores

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com. SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL Expositor Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.br (61) 9613-6635 5 PILARES DO MARKETING DIGITAL 1 2 3 4 5 Presença digital: Ações

Leia mais

KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais

KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais INTRODUÇÃO Em plena era 2.0 é imprescindível que as empresas estejam presentes na

Leia mais

Oficina: comunicação interna. 07 de novembro de 2013

Oficina: comunicação interna. 07 de novembro de 2013 Oficina: comunicação interna 07 de novembro de 2013 A Comunicação Interna é o esforço de comunicação desenvolvido por uma empresa, órgão ou entidade para estabelecer canais que possibilitem o relacionamento,

Leia mais

LIÇÃO Interacção na Internet - Web 2.0

LIÇÃO Interacção na Internet - Web 2.0 LIÇÃO Interacção na Internet - Web 2.0 Idade-alvo recomendada: 11 anos Guia da lição Os alunos irão desenvolver uma compreensão básica das considerações de segurança envolvidas na comunicação online. Objectivos

Leia mais

Guia Definitivo sobre Tráfego Gratuito na Internet. www.valeriamoreira.com.br

Guia Definitivo sobre Tráfego Gratuito na Internet. www.valeriamoreira.com.br Guia Definitivo sobre Tráfego Gratuito na Internet www.valeriamoreira.com.br Facebook Twitter Marketing de Conteúdo (SEO) Conteúdo Viral Guests Posts Email Marketing Youtube Slide Share Entrevistas Estudo

Leia mais

1 Introdução 17. 1 Introdução

1 Introdução 17. 1 Introdução 1 Introdução 17 1 Introdução Esta pesquisa parte da observação feita por Tim O Reilly, Dale Dougherty e John Battelle durante o planejamento de uma conferência em 2004, no qual surgiu a idéia de que a

Leia mais

Blogs corporativos: uma inovação na Comunicação Organizacional 1

Blogs corporativos: uma inovação na Comunicação Organizacional 1 Blogs corporativos: uma inovação na Comunicação Organizacional 1 Ediane Barbosa Oliveira 2 ECOS/UCPel Resumo: O trabalho busca um estudo sobre uma ferramenta estratégica do ciberespaço no meio da comunicação

Leia mais

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 A ascensão dos Revolucionários de Conteúdo: uma análise minuciosa sobre os principais usuários que consomem conteúdo no LinkedIn e como os profissionais

Leia mais

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial Sumário executivo À medida que as organizações competem e crescem em uma economia global dinâmica, um novo conjunto de pontos cruciais

Leia mais

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br MIDIA KIT Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br Sobre nosso site O Notícias de Alagoinhas hoje é o portal mais completo da cidade. Somos um Canal de comunicação online que integra

Leia mais

A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015.

A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015. A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015. Isso nos permite afirmar que todas as pessoas nascidas após 1995 são consideradas NATIVAS DIGITAIS, ou seja, quando chegaram ao mundo, a internet já existia.

Leia mais

Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público. Alexia Melo. Clebin Quirino. Michel Brasil. Gracielle Fonseca. Rafaela Lima.

Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público. Alexia Melo. Clebin Quirino. Michel Brasil. Gracielle Fonseca. Rafaela Lima. Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público Alexia Melo Clebin Quirino Michel Brasil Gracielle Fonseca Rafaela Lima Satiro Saone O projeto Rede Jovem de Cidadania é uma iniciativa da Associação

Leia mais

... MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! MUITOS CAMPOS ABERTOS, PORÉM SEM A ESPECIALIZAÇÃO NECESSÁRIA. Precisa-se de mão de obra para:

... MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! MUITOS CAMPOS ABERTOS, PORÉM SEM A ESPECIALIZAÇÃO NECESSÁRIA. Precisa-se de mão de obra para: MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! Precisa-se de mão de obra para: Marketing Vendas Distribuição Finanças Localização Desenvolvimento de novos negócios Programação... MUITOS CAMPOS ABERTOS,

Leia mais

Resenha. Ergodesign e arquitetura da informação: trabalhando com o usuário (Luiz Agner, Rio de Janeiro, Quartet Editora, 2006, 173 p.

Resenha. Ergodesign e arquitetura da informação: trabalhando com o usuário (Luiz Agner, Rio de Janeiro, Quartet Editora, 2006, 173 p. Resenha Ergodesign e arquitetura da informação: trabalhando com o usuário (Luiz Agner, Rio de Janeiro, Quartet Editora, 2006, 173 p.) Thiago de Andrade Marinho 1 Ergodesign e Arquitetura de Informação:

Leia mais

Relações Humanas e Marketing Pessoal

Relações Humanas e Marketing Pessoal Relações Humanas e Marketing Pessoal Realização: Projeto Ser Tão Paraibano Parceiros: Elaboração: Deusilandia Soares Professor-Orientador: Vorster Queiroga Alves PRINCÍPIOS DE RELAÇÕES HUMANAS Em qualquer

Leia mais

As Comunidades Virtuais e a Produção do Capital Social: 1 Uma análise sob a comunidade Lollapalooza Brasil

As Comunidades Virtuais e a Produção do Capital Social: 1 Uma análise sob a comunidade Lollapalooza Brasil As Comunidades Virtuais e a Produção do Capital Social: 1 Uma análise sob a comunidade Lollapalooza Brasil Samira NOGUEIRA 2 Márcio Carneiro dos SANTOS 3 Universidade Federal do Maranhão, São Luís, MA

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

O papel das plataformas digitais na construção do posicionamento das marcas. Eduardo Godoy - diretor de planejamento

O papel das plataformas digitais na construção do posicionamento das marcas. Eduardo Godoy - diretor de planejamento O papel das plataformas digitais na construção do posicionamento das marcas Eduardo Godoy - diretor de planejamento Foco em pequenas e médias empresas Núcleos de atuação com marketing digital O que vamos

Leia mais

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais.

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais. The New Conversation: Taking Social Media from Talk to Action A Nova Conversação: Levando a Mídia Social da Conversa para a Ação By: Harvard Business Review A sabedoria convencional do marketing por muito

Leia mais

Fundamentos de Sistemas de Informação Sistemas de Informação

Fundamentos de Sistemas de Informação Sistemas de Informação Objetivo da Aula Tecnologia e as Organizações, importância dos sistemas de informação e níveis de atuação dos sistemas de informação Organizações & Tecnologia TECNOLOGIA A razão e a capacidade do homem

Leia mais

Curso Facebook Essencial

Curso Facebook Essencial Curso Facebook Essencial No curso da Camila Porto aprenda tudo o que você precisa saber para seu negócio dar os primeiros passos no Facebook. 14h de aulas com as informações e conteúdo mais importantes

Leia mais