63_introducao a informatica.pdf 24/3/ :43:49 INTRODUÇÃO MY A INFORMÁTICA CMY

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "63_introducao a informatica.pdf 24/3/2009 22:43:49 INTRODUÇÃO MY A INFORMÁTICA CMY"

Transcrição

1 63_introducao a informatica.pdf 24/3/ :43:49 C M Y CM INTRODUÇÃO MY CY CMY K A INFORMÁTICA

2 Índice Conceitos Básicos de informática 5 Hardware 5 Dispositivos de entrada de Dados 5 Processamento 6 Dispositivos de Saída 7 Dispositivos de armazenamento 8 Software 11 Sistema operacional Windows 12 Teclado 12 Mouse 14 Área de trabalho 15 Ajuda 17 Criando diretórios (Pastas) 18 Localizar 18 Salvar 18 Criando um atalho 19 Excluindo Arquivos ou Pastas 19 Formatando Disquete 20 Lixeira 20 Internet 21 Servidores Internet 21 Utilização da internet 21 Provedores de acesso 22 Navegar na WEB 22 Formatos dos endereços na internet 22 Endereços de sites 23 O provedor 23 Endereços de 23 Tela Principal 24 Ferramentas de busca 25 Copiar figuras na Internet 26 Transformando imagens da página em papel de parede 26 Correio Eletrônico 27 Outlook Express 28 Tela principal do Outlook Express 28 Barra de ferramentas (botões de tarefas) 29 Configuração de uma conta no outlook Express 30 2

3 Utilizar o correio eletrônico 33 Microsoft Word Movimentando o cursor 41 Salvando um Documento 42 Abrindo um Documento 42 Fechando um Documento 42 Iniciando um Novo Documento 42 Formatando o Texto 43 Configurando Páginas 44 Numerando Páginas 44 Imprimir 45 Marcadores e Numeração 45 Clip-art (figura) e imagem 46 WordArt 47 Cabeçalho e rodapé 47 Microsoft PowerPoint 48 Iniciando o Microsoft PowerPoint 48 A interface do PowerPoint 48 Criando uma nova apresentação 49 Salvando o Documento 49 Inserindo um novo slide 50 Fechando o Documento 50 Abrindo o Documento 51 Configurando a página 51 Imprimindo o Documento 52 Cabeçalhos e Rodapés 53 Clip-art 53 Do Arquivo 54 Filmes e sons 54 Excluir slide 54 Marcadores e numeração 55 Plano de fundo 55 Formatando Alinhamentos 56 Efeitos de animação 56 Configurando apresentação 56 Botão de ação 57 Transição de slides 57 Microsoft Excel Conceitos Básicos e Seleção 59 Operadores 59 Criando a Primeira Planilha 59 3

4 Salvando Arquivos 60 Inserindo uma Fórmula 60 Calculando o total automaticamente 61 Mais fórmulas 61 Funções 62 Abrir Arquivos 62 Formatação das Planilhas 63 Criando uma formatação 63 Inserindo, Excluindo, Renomeado, e Posicionado Planilhas 65 Banco de Dados 66 Classificando dados da planilha 66 AutoFiltro 66 Gráficos 67 Personalizando o Gráfico 68 Imprimir 68 Visualizando a Impressão 69 Referências 70 4

5 Conceitos Básicos de informática Esta aula trata de alguns conceitos básicos de informática e alguns termos utilizados na área, mostrando ao aluno que são conceitos simples de serem entendidos. Você sabe o que quer dizer informática? Essa palavra é a conjunção da expressão informação automática: informação + automática. Isso significa que a informática é a ciência que estuda o tratamento automático e racional da informação. Esse tratamento citado acima é executado por meio do processamento dos dados. Processar dados é nada mais do que transformar a informação, essa utilizada para alimentar os programas, como exemplo pode-se utilizar os textos digitados em um editor de textos. Esses dados são então processados pelo computador, que nos devolve uma saída, que pode ser em formato impresso de um texto ou até a visão do mesmo na tela do monitor. Para todos os casos na informática, temos uma entrada, um processamento e uma saída. O responsável pelo processamento das informações é o processador, que a parte central de um computador. O processador compõe a parte física do computador, assim como acontece com o teclado, o vídeo, as placas, o gabinete.toda essa parte física dos computadores é chamada de Hardware. Porém, apenas o hardware não é suficiente para se utilizar os computadores. Precisa-se de programas que mostrem aos computadores como executar tarefas específicas, tais como digitar um texto, alimentar uma base de dados, efetuar cálculos, visualizar páginas de internet, entre outras. Tais programas são chamados de softwares. Esses softwares correspondem a toda parte lógica dos computadores (os programas e dados), dizendo ao hardware o que deve ser feito. Hardware Como visto anteriormente, o hardware é composto pelos dispositivos (equipamentos) de entrada, processamento e de saída de dados, além dos dispositivos de armazenamento desses dados. Dispositivos de entrada de Dados Dispositivo de entrada são dispositivos que fornecem dados para operações em um programa, também chamados de unidades de entrada (no inglês input/output - I/O). Dizendo de outra forma, um dispositivo de entrada permite a comunicação no sentido do utilizador para o computador. Também São todos os dispositivos que fornecem informação ao computador. 5

6 Os principais são: Teclado - No uso normal, o teclado é usado para digitar texto em processadores ou editores de textos, correio eletrônico, planilha eletrônica ou qualquer aplicação que tenha por função da tecla é a entrada manual de dados por digitação. Em computadores modernos a interpretação na hora de teclar é deixada, geralmente, ao software. Teclados modernos distinguem cada tecla física de todo outro e informa todos os comandos e liberações ao software controlando. Esta flexibilidade não é levada freqüentemente como vantagem, por exemplo, se tecla shift esquerda é usada, a do direito é sujeitada junto com outro caráter. Mouse - Pequena peça deslizante que serve para movimentar o cursor na tela, o que é facilitado pela sua movimentação sobre um apoio de borracha denominado mouse pad. Com o mouse se pode apontar comandos na tela e ativá-los pressionando seu botão esquerdo, bastando o cursor estar sobre uma palavra ou ícone que represente o comando. O cursor pode também assumir o papel de uma ferramenta de trabalho e executar as mais diversas funções: selecionar textos, redimensionar figuras, arrastar etc. Assim, o uso do mouse tornou-se fundamental com a criação das interfaces gráficas. Scanner - Permite digitalizar textos e imagens (impressos em papel) para a memória do pc. A qualidade do scanner é medida em pontos por polegada (dpi), ou seja, pelo número de pontos em cada polegada quadrada que o equipamento é capaz de detectar e copiar. Muitos scanners possuem uma qualidade em torno de 300 a 2400 dpi. O scanner tem dois tipos de resolução, a ótica máxima e a interpolada. Se a resolução óptica de um scanner popular é de 300 dpi, a resolução interpolada pode chegar a 9600 dpi. A resolução interpolada é aquela na qual o scanner, após fazer a leitura óptica máxima, interpola outros pontos entre os pontos que foram captados na leitura (scan). Os programas para scanners têm um sistema de reconhecimento ótico de caracteres que permite ao programa reconhecer os caracteres impressos e escritos, chamado de OCR - Optical Character Recognition. Processamento Os dispositivos responsáveis pelo processamento dos dados ficam dentro de uma caixa quadrada chamada gabinete. Ali se encontram o processador (chip), que é a parte central do computador; a placa mãe (ou motherboard), à qual o processador é acoplado; e 6

7 outras placas auxiliares que controlam o áudio, vídeo, as conexões de rede, além de memórias de armazenamento permanente ou temporário. A CPU (ou processador) é o cérebro do computador, sendo responsável pela principal parte de seu processamento. A velocidade de um processador é medida em hertz. Dispositivos de Saída São dispositivos que exibem dados e informações processadas pelo computador, também chamados de unidades de saída (no inglês input/output - I/O). Por outras palavras, permitem a comunicação no sentido do computador para o utilizador. Os principais dispositivos de saída são: Monitores de vídeo - O monitor de vídeo é um equipamento semelhante a uma TV, responsável por transmitir informações visuais ao usuário. É um dispositivo de exibição de saída mais usado, exibindo texto, imagens e vídeos. Assim, na tela aparecem as informações do sistema operacional e dos programas e em que, também, se pode ver o resultado do trabalho feito. É importante lembrar que uma imagem na tela é composta por pontos. Quanto maior for cada ponto menor será a resolução, ou seja, a nitidez da imagem. Quanto menor for o ponto, o mesmo vídeo possuirá mais pontos e melhor será a resolução. A resolução da tela é responsável pela nitidez das imagens e do texto e depende de - dpi - dots per inch, pontos por polegada, que servem para formar as imagens na tela ou - pixel - é uma abreviatura de picture elements e representa os pontos. Quanto maiores forem os números de dpi e de pixels melhor será a resolução. As imagens que aparecem na tela do monitor são geradas por uma placa que fica no interior do computador. A quantidade de cores e a resolução que o monitor pode apresentar, também dependem da capacidade dessa placa. Impressoras - É um equipamento que permite imprimir os trabalhos de textos, desenhos e imagens em uma folha de papel ou folha de transparência. A qualidade de impressão é medida em pontos por polegada (dpi). Uma impressora com qualidade de 600x800 dpi imprime em cada polegada quadrada 600 pontos no sentido longitudinal e 800 pontos no comprimento. 7

8 As mais comuns são: matricial (baixa resolução, impressão lenta); laser (altíssima resolução, impressão rápida); jato de tinta (alta resolução, impressão em velocidade intermediária). Sua velocidade é medida em cps (caracteres por segundo), lpm (linhas por minuto), e ppm (páginas por minuto). Dispositivos de armazenamento Os dispositivos de armazenamento servem para reter informações enquanto elas estão sendo utilizadas (temporariamente), ou mesmo após sua utilização (permanentemente). Toda informação, seja em dados ou programas, deve ficar armazenada (ou retida) em algum lugar: as informações não podem simplesmente vagar pelo computador. Os dados entram no computador (por meio de um dispositivo de entrada), trafegam pelos barramentos e são armazenados em um dos tipos de memória. Conceito: memória é um meio físico capaz de reter informações de forma permanente ou temporária. Por que uma memória temporária? Isso é uma questão de diferença entre tecnologias. Suponha que não existe memória temporária, mas apenas memória permanente. Pelo tipo de tecnologia utilizado para a construção de memórias permanentes, o acesso aos dados é um tanto lento. Bom, existe apenas esse tio de memória, tudo que tiver de ser acessado por um programa irá demorar e, conseqüentemente, será necessário esperar. Hoje, ninguém quer esperar para que um computador forneça uma resposta! Por esse motivo, existe um outro tipo de memória, cuja tecnologia permite o acesso às informações de forma bem mais rápida do que nas memórias permanentes; porém, esse outro tipo de memória consegue reter a informação apenas enquanto a máquina estiver ligada. A memória temporária, é chamada de memória RAM (random access memory) ou memória principal. Quanto maior for essa memória, mais informação poderá ser transferida para ela e mais rápido se torna o processamento. Se a informação que é digitada fica nessa memória temporária, o que acontece com ela depois de o computador ser desligado? Se ela não tiver sido salva, ela é perdida! Todos os programas permitem, de alguma forma, salvar informações que são digitadas. Salvar uma informação significa transferi-la da memória RAM para um dos tipos de memória permanente (também chamada de memória secundária). Tipos de memória secundária (permanente) A memória secundária, permite que os trabalhos sejam armazenados para utilização posterior. Esses dispositivos de armazenamento são: 8

9 Discos flexíveis (floopy disk) - Os drives de disquete são itens cada vez mais em desuso, tanto que já é comum encontrar Computadores que não utilizam esse dispositivo. O disquete consiste em uma espécie de capa quadrada que protege um disco magnético que suporta até 1,44 MB. Por oferecerem pouco espaço para armazenamento de dados e por darem muitos problemas (qualquer campo magnético é capaz de desorganizar as informações gravadas), esses discos estão perdendo sua utilidade. Disco rígido (Hard Disc HD) - O Disco Rígido, cujo nome em inglês é Hard Disk (HD), serve para armazenar dados permanentemente ou até estes serem em que estes giram. Os padrões mais comuns são de rpm (rotações por minuto), rpm e 10. removidos. Fisicamente, os HDs são constituídos por discos. Estes são divididos em trilhas e estas são formadas por setores. Os HDs podem armazenar até centenas de gigabytes. A velocidade de acesso às informações dos discos depende da velocidade 000 rpm. Para serem usados pelo computador, os HDs precisam de uma interface de controle. As existentes são a IDE (Intergrated Drive Electronics), SCSI (Small Computer System Interface) e SATA (Serial ATA). Um pequeno detalhe: os HDs também podem ser chamados de "Winchester", porém esta é uma antiga denominação. CD-ROM (compact disk ready only memory) - São periféricos de leitura e gravação que permitem armazenar grandes quantidades de dados, utilizando uma tecnologia semelhante á dos CDs (Compact Disk musicais). Os sistemas a laser possuem duas vantagens: Elevada capacidade de armazenar grande quantidade de dados (em torno de 700 MBytes) Facilidade de transporte e a segurança na guarda das informações 9

10 Pen drive - Memória USB Flash Drive, também designado como Pen Drive, é um dispositivo de armazenamento constituído por uma memória flash tendo uma fisionomia semelhante à de um isqueiro ou chaveiro e uma ligação USB tipo A permitindo a sua conexão a uma porta USB de um computador. As capacidades atuais, de armazenamento, são 64 MB, 128 MB, 256 MB, 512 MB, 1 GB a 8 GB. A velocidade de transferência de dados pode variar dependendo do tipo de entrada: USB 1.1: 1,5 a 12 Mbits/s; USB 2.0: Apesar do USB 2.0 poder transferir dados até 480 Mbit/s, as flash drives estão limitadas pela largura de banda da memória nelas contida, com uma velocidade máxima real de, aproximadamente, 100 Mbits/s. Medida de memória Nos itens acima, forma feitas referências a unidades de medida de memória como 1,44 MB para disquetes e 700 MB para CDs. O que significam essas unidades e valores? Bit (simplificação para dígito binário, BInary digit em inglês) é a menor unidade de medida de transmissão de dados usada na Computação e na Teoria da Informação. Um bit tem um único valor, 0 (falso) ou 1 (verdadeiro), ou neste contexto quaisquer dois valores mutuamente exclusivos. Embora os computadores tenham instruções (ou comandos) que possam testar e manipular bits, geralmente são idealizados para armazenar instruções em múltiplos de bits, chamados bytes. No princípio, byte tinha tamanho variável mas atualmente tem oito bits. Bytes de oito bits também são chamados de octetos. Existem também termos para referir-se a múltiplos de bits usando padrões prefixados, como kilobit (kb), megabit (Mb) e gigabit (Gb). De notar que a notação para bit utiliza um "b" minúsculo, em oposição à notação para byte que utiliza um "B" maiúsculo (kb, MB, GB). Porém tem-se a necessidade de representar não apenas verdadeiro e falso em um computador, mas também a necessidade de representar números, letras, etc. Por convenção, para ser possível a representação de um caractere qualquer no computador, utiliza-se um conjunto de 8 bits, como expresso abaixo Suponha que esse conjunto de 8 bits represente o caractere A. Ao alterar o estado de qualquer um dos bits desse conjunto, tem-se outro caractere e não mais a letra A. 10

11 Foram criados vários termos para facilitar a compreensão humana da capacidade de armazenamento, processamento e manipulação de dados nos computadores. No que se refere aos bits e bytes, tem-se as seguintes medidas: Software 8 bits 1 Byte 1024 bytes 1 Kilobyte (ou KB) 1024 kilobytes 1 Megabyte (ou MB) 1024 megabytes 1 Gigabyte (ou GB) 1024 gigabytes 1 Terabyte (ou TB) Os softwares podem ser divididos em três grandes grupos: Softwares Básicos: A família de software básico inclui programas responsáveis por gerenciar e controlar os recursos de hardware. Nesta família encontram-se representados os sistemas operacionais, bibliotecas de serviços de saída de vídeo e de manipulação de banco de dados. Softwares Aplicativos: A família do software aplicativo inclui programas que auxiliam o usuário a realizar tarefas específicas. Uma característica normalmente encontrada em programas desta família é a presença de uma interface amigável com o usuário final. Os mais conhecidos softwares aplicativo são processadores de texto e planilhas eletrônicas. Os primeiros auxiliam o usuário na redação de seus textos e documentos. Planilhas eletrônicas são muito utilizadas para apoiar atividades que incorporem o controle de dados numéricos. Com a popularização da Internet, outros aplicativos são bastante comuns: navegadores de Internet e clientes de correio eletrônico. Softwares Utilitários: São os que administram o ambiente, fornecendo ao usuário ferramentas para organizar os discos, verificar a disponibilidade da memória, corrigir falhas de processamento, etc. Recebem esse nome por serem úteis ao sistema computacional. Muito utilitários acompanham os sistemas operacionais para executarem tarefas, como a formatação de discos, a execução de backup, a verificação da integridade do sistema de armazenamento, a configuração de memória, a configuração do monitor de vídeo, etc. 11

12 Sistema operacional Windows Depois que ligamos o computador entra em ação um programa chamado Windows. Windows é uma palavra em inglês que em português significa janelas. A partir deste nome, você já começa a imaginar que várias janelas podem ficar abertas. O Windows é um sistema operacional, ou seja, um software que foi programado para controlar todo o equipamento. Caso não esteja presente na máquina, o computador não irá funcionar normalmente. O Sistema Operacional é o "Programa mãe" que comanda todas as operações do computador, inclusive o funcionamento dos outros programas específicos e as entradas e saídas de dados enviados e recebidos por todos os dispositivos físicos instalados na máquina (unidades de discos, teclado, monitor, mouse, modem, impressora, etc). O sistema operacional (DOS, Windows) começa a ser executado antes de qualquer outro software e permanece na memória ativa o tempo todo, até o computador ser desligado. Teclado Digite informações e instruções no computador utilizando um teclado. Esta é a área principal de digitação do teclado. Lembra as teclas de uma máquina de escrever padrão. Pressione e solte as teclas e as letras e números correspondentes aparecem na tela de seu monitor. Outra parte do teclado é chamada teclado numérico. Nem todos os teclados têm um teclado numérico. Utiliza-se para inserir números com uma das mãos, como se estivesse utilizando uma calculadora. Estas teclas são chamadas teclas de função (F1, F2, F3). São utilizadas para executar rapidamente tarefas específicas no software aplicativo. 12

13 O teclado tem outras teclas especiais que executam funções específicas. Por exemplo, a tecla Escape (ESC) às vezes pode ser utilizada para interromper uma tarefa. Pode-se utilizar a tecla ALT e a tecla Control (CTRL) sozinhas ou em combinação com outras teclas para executar atalhos de teclado. 13

14 Mouse O mouse é um acessório vital para que se obtenham bons resultados com o Windows. O mouse é um dispositivo que permite ao usuário selecionar qual opção da tela deseja executar, movimentando-o sobre uma superfície plana. Além deste procedimento de movimentação, é necessário saber como efetuar um clique (pressionar um dos botões do mouse). O mouse controla um ponteiro que identifica sua localização na tela Clicar significa pressionar e soltar um botão do mouse uma vez. O resultado desta ação varia dependendo do software que você está utilizando e do botão clicado. Existem três formas de se efetuar o clique do mouse: Dar um clique: Posicione o ponteiro do mouse em algum item e em seguida pressione uma vez o botão esquerdo do mouse. Esta ação permite selecionar o item desejado, ou então, pressionar um botão na tela. palavra. Duplo clique: Posicione o ponteiro do mouse em algum item e em seguida dê dois cliques rápidos no botão esquerdo do mouse. Esta ação permite carregar um programa, ativar um item de uma lista ou selecionar uma Clique + Arraste: Posicione o ponteiro do mouse em algum item, mantenha o botão esquerdo pressionado e movimente o mouse. Ao utilizar esta ação de clique + arraste, você poderá destacar um texto ou mover uma caixa de diálogo ou uma janela. 14

15 Área de trabalho Relembrando: Seu computador consiste em duas partes principais: Hardware e Software. Seu software principal, chamado sistema operacional, controla e gerencia o computador traduzindo suas instruções para uma linguagem que seu hardware possa entender. Na tela Principal do Windows, temos a área de trabalho, os atalhos de software. Esta é a área de trabalho do Windows. É o espaço de trabalho em sua tela no qual aparecem os ícones, os componentes da área de trabalho, as janelas de aplicativos e as caixas de diálogo. É chamada de área de trabalho, pois dá idéia de uma mesa de escritório onde colocamos o que utilizamos com freqüência os atalhos de: software (programas) e documentos, lixeira, meu computador, e outros mais que podemos executar a partir desta área. Sua área de trabalho do Windows inclui várias figuras pequenas. Elas são chamadas de ícones. Ao efetuar um duplo clique sobre qualquer ícone na área de trabalho, você estará executando um aplicativo, ou, se preferir, chamando um programa. 15

16 A barra de tarefas é um elemento da área de trabalho do Windows. Esta é uma barra cinza retangular localizada, como padrão, ao longo da parte inferior da área de trabalho do Windows. A barra de tarefas inclui o botão Iniciar, um botão para cada programa que esteja aberto e o relógio do sistema. Um dos itens mais úteis é o botão Iniciar. A partir dele, você pode iniciar rapidamente um programa, localizar ou abrir um documento, alterar as configurações e desligar o seu computador. A partir do menu Iniciar é possível abrir rapidamente software aplicativo, documentos e funções que você utiliza com freqüência. Quando se inicia um programa ou um aplicativo, uma área de trabalho definida aparece na tela. Esta área de trabalho definida é chamada de janela. Uma janela é uma área deslocável e redimensionável na qual são exibidas informações e com a qual pode interagir. A barra de título aparece na parte superior de cada janela. Ela exibe o nome do aplicativo ou software aberto. Uma janela pode ser movida de um local para outro apontando para a barra de título e arrastando a janela para outro local. A barra de rolagem pode aparecer na margem inferior ou na margem direita de uma janela. Barras de rolagem são utilizadas quando a quantidade de informações é maior do que, pode caber confortavelmente em uma única janela. Como uma janela é um objeto flexível (redimensionável), pode facilmente alterar seu tamanho. Na extrema direita da barra de título há três botões importantes: Minimizar, Maximizar e Fechar. 16

17 Pode ser utilizar esses botões para aumentar ou diminuir o tamanho de uma janela ou para fechá-la. Move-se com facilidade por e entre janelas utilizando a barra de título, as barras de rolagem e os botões Minimizar, Maximizar e Fechar. O primeiro botão reduzida a um botão de janela. O segundo botão minimiza a tela, fazendo com que a mesma fique maximiza a janela, fazendo com que a mesma ocupe toda a área de trabalho. Quando uma janela está maximizada, este botão é substituído pelo botão restaurar, que faz com que a tela volte para o tamanho original. Por último, o botão (Fechar) finaliza a tarefa fechando a janela. Ajuda Se tiver dúvidas como funciona qualquer ferramenta dos softwares aplicativos, a maioria inclui um recurso interno de ajuda que fornece informações e sugestões. Na área de trabalho do Windows, a 'Ajuda' está disponível a partir do menu Iniciar. A maioria dos aplicativos tem um botão Ajuda ou um ícone Ajuda na barra de ferramentas. Geralmente esse botão é parecido com um ponto de interrogação. 17

18 Criando diretórios (Pastas) de você organizar seus documentos. 1º Passo: Crie uma nova pasta clicando no menu Arquivo na janela Meus documentos, apontando para Novo e clicando em Pasta. 2º Passo: A pasta recém-criada, chamada Nova pasta, está na janela Meus documentos. 3º Passo: Utilizando o (botão direito) do mouse, clique no ícone Nova pasta e em Renomear no menu de atalho. Digite o nome desejado para substituir o nome padrão da pasta, Nova pasta, e pressione ENTER. Você pode abrir quantas pastas quiser, esta é uma maneira eficiente Localizar Se não lembrar onde gravou um documento, o Windows permite localizar um arquivo ou uma pasta. Para localizar o documento que você acabou de salvar, clique no botão Iniciar da barra de tarefas do Windows, aponte para Pesquisar... Salvar Para isso, acessaremos o menu Arquivo, opção Salvar ou clicar no botão Selecione o local onde deverá ser salvo o documento. Na caixa Nome do arquivo: digite um mome para o arquivo e clique em Salvar para salvar seu documento recém-criado. Cr ia 18

19 ndo um atalho 1º passo: Ache o programa que você quer criar o atalho. 2º passo: Com o botão direito do mouse, vá na opção Criar Atalho. 3º Passo: O atalho será criado dentro do menu de opções que você selecionou o programa para a criação do atalho, portanto é só arrastá-lo para área de trabalho. Todo o atalho possui uma seta do lado direito, indicando que aquele ícone é um atalho para o programa que está localizado em outro local. Excluindo Arquivos ou Pastas Caso você queira excluir um determinado arquivo ou pasta de seu computador através do Explorer, deve proceder da seguinte forma: Pressione a tecla DELETE Será exibida uma mensagem pedindo a confirmação desta exclusão, estes serão movidos para a Lixeira do Windows. Formatando Disquete 19

20 Para utilizar um disquete pela primeira vez, você deve formatá-lo. Para formatar um disquete através do Explorer você deve seguir os seguintes passos: 1.Na área à esquerda, clique com o botão auxiliar do mouse sobre a unidade referente ao disquete a ser formatado. Será exibido um menu de atalho. 2. Escolha a opção formatar. Será exibida uma nova janela para formatação do disquete. Lixeira Toda vez que você exclui um arquivo ou pasta temporariamente, este fica na Lixeira ou, se preferir, Depósito de Reciclagem. A Lixeira é um elemento de segurança do Windows. Caso apague algum arquivo/pasta errado por engano, você ainda pode acessar a lixeira e recuperar este arquivo/pasta. O ícone da lixeira fica localizado na área de trabalho do Windows. Através do ícone, você já pode saber se existem arquivos para recuperar ou não. Quando o ícone da lixeira é apresentado desta forma, significa que não existe nenhum arquivo para ser recuperado. Caso existam arquivos para serem recuperados, o ícone da lixeira é apresentado desta forma. Internet 20

21 Internet é formada por vários computadores interligados por cabos, equipamentos de comunicação em rede e servidores (Computadores que centralizam e distribuem informação para outros computadores). O meio de comunicação é feito normalmente por pulsos elétricos formando uma linguagem semelhante a uma lâmpada ligada e desligada que chamamos de linguagem binária (0 e 1) ou linguagem de computador (esse assunto foi visto no curso hardware), as informações são organizadas por pacotes de informações chamados de protocolos, no caso da Internet o protocolo principal utilizado é o TCP/IP, ele tem a facilidade de ser transportado em partes com encapsulamento de informações que são fragmentadas na sua origem e viajam pela rede até chegar em seu destinatário para que sejam novamente unidas e passadas ao usuário, por isso foi escolhido como o protocolo ideal para Internet. Servidores Internet São computadores que possuem softwares necessários para que quaisquer outros computadores conectados à rede possam conversar entre si. Para que essa conversa entre os computadores aconteça é necessário que todos falem a mesma língua. Essa língua é chamada de IP (Internet Protocol) e consiste em softwares que são inseridos em computadores, de modo a torna-los servidores internet. A partir desses servidores, outros computadores podem se conectar a eles e entrar nessa grande rede chamada Internet. Utilização da internet A internet é hoje um veículo para realização de pesquisas, entretenimento, veiculação de notícias e comércio eletrônico. Além disso, ela permite a realização de uma série de tarefas dentro de casa ou no escritório, como transações bancárias e compra de passagens, entre outras. Outra grande vantagem do uso da internet é a comunicação entre pessoas. Por meio do correio eletrônico ( ), é possível mandar mensagens e ainda anexar documentos para outra pessoa de qualquer parte do mundo. Além do , também há programas que permitem a troca de mensagens instantâneas. Entre outras coisas, por meio da internet, você pode: Fazer pesquisas; Copiar arquivos; Ouvir rádio e ver TV; Ler notícias atualizadas; Comunicar-se com pessoas; Executar serviços bancários; Conferir a previsão do tempo; Fazer compras. Provedores de acesso 21

22 São instituições que fornecem serviço (pago ou gratuito) aos servidores de acesso à internet. Dependendo do tipo de serviço contratado (conexão discada ou banda larga), o acesso é mais lento ou mais rápido. Navegar na WEB Para que se acesse a maior parte dos recursos disponíveis na internet, precisa-se de um navegador, que é um programa que permite navegar (circular) pela www. Mas o que é www? A www, é a world wide web. A www corresponde a uma padronização que veio para facilitar o acesso às informações disponíveis na internet. Seu objetivo é o de centralizar, em uma única ferramenta, as várias tarefas necessárias para se obter informações na internet. Em que consiste essa padronização? Consiste no uso da informação na forma de hipertexto. Conceito Hipertexto é um hiperdocumento, formado por documentos de texto com palavras-chave utilizadas como links. Esses links permitem alterar a rota de avaliação do documento, saltando para outro tópico relacionado. Em um hipertexto é possível apresentar texto objetos, imagens e links. Formatos dos endereços na internet Quais são os tipos de endereços existentes e o que eles significam? Existem dois tipos de endereço muito utilizados na internet: os endereços de sites e os endereços de . Como diferenciá-los? O Site inicia com www e o HiperText Transfer Protocol é o protocolo (padrão) utilizado pelos navegadores para se comunicarem com os servidores web. File Transfer Protocol é o serviço internet para transferir arquivos entre dois sites ftp:// internet. file:// mailto:// Protocolo utilizado para acessar arquivos na máquina local. Protocolo utilizado para enviar mensagem de correio eletrônico. telnet:// Endereços de sites Serviço internet que permite acesso remoto a outros computadores. 22

23 Esses endereços iniciam com <http://>, que, como já foi apresentado, é o protocolo de transferência de hipertexto da internet. Ele é utilizado para transferir os sites pelos computadores da internet. Qual o formato desses endereços? Formato: O provedor - protocolo de transferência de hipertexto www serviço da internet provedor empresa que dá acesso à internet.com tipo de atividade do provedor (domínio).br País do provedor Pode ser uma organização, uma empresa, uma universidade que dá acesso ao site internet. O domínio especifica o ramo de atividade a que a empresa pertence. Domínio.com.Edu.gov.org.net.mil.int Ramo de atividade Empresa comercial Instituição educacional Órgão do governo Organização sem fins lucrativos Companhia que administra redes Órgão militar Instituição internacional Endereços de Esses endereços iniciam com <mailto://> quando acessados por um site, internamente. Formato: fulano nome de provedor do serviço de .com empresa comercial (domínio).br país do provedor (Brasil) 23

24 ~ Tela Principal A tela principal do Internet Explorer pode ser divida basicamente em três partes: Área de Comando; Área de Exibição; Área de Indicadores. I. Área de Comando (superior): traz a Barra de Endereço, Barra de Botões e Barra de Menus; II. Área de Exibição (central): onde você visualizara o conteúdo do site; III. Área de Indicadores (inferior): traz a barra de status, que informa sobre carregamento das páginas. (Ilustração abaixo). Barra de Endereço Endereço: neste campo o usuário digita o endereço (URL) do site na Internet que deseja visitar e logo após pressiona a tecla Enter no teclado ou clica sobre a opção Ir para poder acessar o mesmo. Opção Links: permite definir atalhos para seus sites preferidos. No campo Endereço, posicione o cursor no ícone que antecede o endereço da página, clique uma vez com o botão esquerdo do mouse, segure, arraste e solte sobre a opção Links. Você estará criando uma barra de atalhos. Obs.: Para excluir um atalho, clique com o botão direito do mouse sobre o atalho e escolha a opção Excluir. 24

25 Barra de Botões Voltar: Volta para a página anterior já visitada; Avançar: Avança para a página seguinte já visitada. Fica ativo após você utilizar o botão voltar; Parar: Cancela o carregamento da página; Atualizar: Recarrega a página atual; Página inicial: Acessa a página inicial definida nas propriedades do Internet Explorer; Favoritos: Abre uma janela do lado esquerdo da área de exibição, permite guardar, organizar e acessar mais rapidamente os seus sites favoritos; Mídia: Abre a barra de mídia, pra execução de vídeos e ou áudio; Imprimir: Imprime a página atual; Pesquisar: Disponibiliza um mecanismo de busca na Internet, através de palavrachave; Histórico: Guarda os endereços das últimas páginas acessadas; Correio: Abre o programa gerenciador de , por padrão, o Outlook Express; Discussão: permite a adesão a grupos de discussão, é preciso entrar com o nome do servidor de news. Messenger: inicia o MSN Mensseger que é um serviço de mensagens instantâneas. Ferramentas de busca Sites de busca são o meio mais utilizado pelos internautas nas buscas por informações ou por sites específicos na Internet. Os sites de busca utilizam um software que retorna ao internauta uma relação de endereços na WEB, associados a uma palavrachave digitada. Quando digitamos uma determinada palavra no campo de busca desses mecanismos de procura, novas páginas aparecem, contendo listas de links (endereços) que apontam para outras páginas, nas quais o termo que procuramos se encontra. Existem inúmeros sites desse tipo na rede. Podemos citar como os mais utilizados hoje: - Google - - Altavista - - Yahoo! Cadê - - UOL Busca - - Aonde - - Achei - - Aeiou dentre o utros. 25

26 Copiar figuras na Internet a) Clique com o botão direito do mouse sobre a figura desejada; b) Escola a opção Salvar figura como; c) Escolha o nome e a pasta onde o arquivo será baixado; d) Clique em Salvar. Transformando imagens da página em papel de parede É possível transformar qualquer imagem que aparece nas páginas HTML, em papel de parede para ser usado como fundo de tela do Windows. Para isso: a) Com a imagem na tela e carregada no browser, clique com o botão direito do mouse sobre ela; b) Selecione a opção Definir como plano de fundo. Agora é só minimizar o Internet Explorer e conferir como ficou sua Área de Trabalho. 26

27 Correio Eletrônico Uma das ferramentas de maior alcance na Internet é o Correio Eletrônico ou simplesmente . Com ele, mensagens podem ser enviadas para qualquer parte do mundo, possibilitando trocas de diversas informações de forma rápida e extremamente eficiente. Os endereços de correio eletrônicos são compostos por duas partes separadas pelo símbolo chamado que em inglês quer dizer "at", ou seja, "em". Exemplo: 27

28 Outlook Express O Outlook Express é um gerenciador de correio eletrônico que acompanha o Internet Explorer faz parte do pacote de programas do Windows XP desenvolvido pela Microsoft. É, atualmente, é o gerenciador de s mais utilizado. Tela principal do Outlook Express Barra de título Barra de Menus Barra de Ferramentas Lista de Mensagens Lista de Pastas Locais Área de pré-visualização Os menus integram um conjunto e comandos e opções que permitem a realização de uma gama de tarefas (configurar o acesso às mensagens de correio eletrônico, organizar as mensagens recebidas...) mas, no essencial, tudo o que é necessário para operar com o programa e comunicar por correio eletrônico, está diretamente acessível através dos botões da barra de ferramentas. 28

29 Barra de ferramentas (botões de tarefas) Novo correio/nova mensagem (new mail) para escrever uma nova mensagem Responder (Reply) a quem nos escreveu. Responder a todos (Reply to All) os que receberam a mesma mensagem Reencaminhar (Forward) uma mensagem recebida para outros destinatários Imprimir (Print) uma mensagem (seleccionada) Eliminar (Delete) da lista uma mensagem e enviá-la para a pasta dos itens eliminados Enviar/Receber (Send/Recv) mensagens para fazer a recolha e entrega de correio Endereços (Addresses) para abrir o livro de contactos Localizar (find) mensagens pesquisando por algum tópico. As diferentes áreas (painéis) Lista de Pastas Locais: na área (painel) à esquerda, visualizam-se as pastas pelas quais se distribuem as mensagens. Lista de Mensagens: Na área (painel) superior à direita, visualiza-se a lista das mensagens existentes em cada uma das pastas. Basta selecionar uma pasta para ver o respectivo conteúdo. Área de previsualização: Na área (painel) inferior direita pode-se pré-visualizar o conteúdo de qualquer mensagem da lista, quando selecionada com um clique. 29

30 Configuração de uma conta no outlook Express Novo - Para iniciar o cadastramento de uma conta, clique em ferramentas depois em contas, após isso em adicionar depois , após isso se iniciará o processo de cadastramento. Seu nome - Quando se entra pela primeira vez no programa ele inicia um assistente de configuração para conta de , inicialmente é pedido um nome para a Conta. 30

31 - Em seguida é solicitado um endereço eletrônico esse endereço é obtido através de Sites que fornecem o serviço gratuito ou pelo administrador da rede das empresas. Servidores - O próximo passo é a configuração do servidor POP e SMTP esses dados são fornecidos pelo administrador da rede ou Site que fornece s gratuitos, por exemplo o Servidor POP do IDEPAC é POP3.IDEPAC.ORG.BR e SMTP é SMTP.IDEPAC.ORG.BR. 31

32 Senha - A imagem mostra a fase em que é solicitado o nome da conta e senha, fornecidos pelos Sites ou Administradores da Rede. Cadastramento, clique em concluir. Fim - Finalização do 32

33 Utilizar o correio eletrônico Uma vez que o programa já está instalado e as contas de dos utilizadores configuradas, para começar a utilizar o correio eletrônico basta ligar o computador que está ligado à Internet, abrir o Outlook Express e... mãos à obra! a) Verificar o correio Aberto o programa, surge a janela principal Para iniciar uma sessão de, pode ser necessário inserir os elementos de autenticação (nome e password), se o programa os pedir através da respectiva janela de diálogo (o que depende da maneira como estiver configurado) Janela de autenticação para iniciar uma sessão de correio: introduzir os dados e clicar em OK Clicar sobre o botão Enviar e Receber para o programa verificar se há mensagens novas no servidor. O comando Enviar e Receber põe o expediente em dia (recebe as mensagens que nos foram endereçadas ao mesmo tempo em que despacha as que estiverem escritas prontas a enviar). Se houver mensagens novas, elas são descarregadas na pasta de entrada "A Receber" /Inbox. Quando uma mensagem nova chega ao computador, apenas se visualiza de imediato a sua informação exterior (à semelhança de um envelope fechado). Para ler o seu conteúdo é necessário abri-la! b) Abrir e ler uma mensagem 33

34 Se chegaram mensagens novas, estas apresentam-se sinalizadas como não lidas (envelope fechado). Selecionar (clicando sobre o respectivo assunto, na lista) a mensagem que se pretende ler: um clique mostra a mensagem na área de pré-visualização abaixo (mantendo visível à lista de mensagens) enquanto dois cliques abrem a mensagem numa nova janela. Depois de lida uma mensagem deve-se decidir o que fazer com ela: a) Responder a quem nos escreve é um procedimento habitual. b) Reencaminhar uma mensagem para alguém a quem possa interessar é uma possibilidade grande utilidade. c) Arquivar a mensagem d) Eliminar mensagens c) Os anexos O Correio Eletrônico também funciona como transporte de encomendas. Cada carta (mensagem) pode vir acompanhada de uns quantos pacotes (anexos). Se uma mensagem trouxer ficheiros em anexo ("attachments"), aparecerá um pequeno clipe à sua esquerda, na lista. Se o Outlook Express for capaz de interpretar esse ficheiro (como no caso de uma foto), a sua visualização é imediata. Caso contrário, será necessário gravá-lo em disco ou indicar o programa que o poderá abrir. Abrir Anexos 1. Abrir a mensagem 2. Clicar sobre o clipe do anexo. O programa mostra a lista dos ficheiros anexados (podem ser vários). O clipe mostra o ficheiro anexo a uma mensagem de 3. Selecionar o ficheiro (anexo) abrir, clicando sobre o nome. 34

35 4. Alguns ficheiros (em formato Word, por exemplo) são imediatamente abertos no respectivo programa de trabalho mas, normalmente, o programa abre uma janela de diálogo onde é preciso confirmar se pretende efetivamente abrir o ficheiro selecionado Janela de aviso de abertura de anexo Gravar Anexos 1. Abrir a mensagem 2. Clicar sobre o ícone dos anexos (clipe) 3. Selecionar a opção Guardar Anexos (e no caso de serem vários ficheiros podem ser todos guardados em simultâneo) e indicar onde (disco, pasta...) se pretende gravar o(s) ficheiro (s). 4. Se não se quiser gravar todos, deve-se clicar no que se pretende gravar e, na janela de aviso, optar por Guardar no disco. d) Responder a uma mensagem Com qualquer mensagem selecionada é muito fácil enviar uma resposta: basta clicar no botão Responder, não sendo necessário introduzir nenhum endereço, uma vez que o programa o faz automaticamente. Também o campo Assunto é preenchido automaticamente (corresponde ao assunto da mensagem recebida mas aparece precedido de um indicativo de resposta Re:) Nota: Se a mensagem à qual se vai responder foi dirigida a múltiplos destinatários e pretendemos que a resposta seja também dirigida a todos eles, clicar sobre o botão Responder a todos (em vez do botão Responder ao autor). Ativado um dos comandos de resposta, abre-se uma janela de mensagem onde o campo Para: e o campo Assunto: já estão automaticamente preenchidos, sendo apenas necessário redigir a mensagem e por fim clicar sobre o botão Enviar. 35

36 Nota: Pode acontecer que o programa esteja configurado para, ao ativar o comando Enviar, as mensagens sejam expedidas imediatamente para o seu destinatário ou então sejam colocadas na pasta A Enviar (que funciona como um marco de correio de onde o carteiro tem de recolher a correspondência e expedi-la). Neste caso, deve-se clicar no botão Enviar e Receber (Send and Receive) para que as mensagens eventualmente existentes naquela pasta sejam efetivamente expedidas. e)reencaminhar uma mensagem (Forward) 1. Selecionar a mensagem a reencaminhar 2. Clicar no botão Reencaminhar. 3. Introduzir (digitando ou procurando no Livro de Endereços) o endereço de correio eletrônico da(s) pessoa(s) a quem se pretende fazer chegar essa mensagem. Nota: O campo Assunto é preenchido automaticamente (corresponde ao assunto da mensagem recebida mas aparece precedido do indicativo de reencaminhamento: Fw), podendo, naturalmente ser modificado. f)arquivar uma mensagem Uma mensagem à qual não foi oportuno responder de imediato ou que importa guardar por qualquer razão, pode permanecer na Caixa de entrada (Inbox) ou ser guardada/arrumada numa pasta específica (já existente ou criada para o efeito). Trata-se de um procedimento simples e que pode ajudar a organizar a correspondência: 1. Selecionar a mensagem 2. Arrastá-la com o Mouse (mantendo o botão esquerdo do Mouse pressionado) a mensagem até à pasta de destino. g)eliminar mensagens 1. Selecionar a mensagem que se pretende apagar (um clique) 2. Pressionar a tecla "Delete" do teclado, ou clicar sobre o botão "Eliminar" na barra de ferramentas. Isso não apaga completamente a mensagem, que é apenas movida para a pasta "Itens Eliminados". Se quiser apagar definitivamente é preciso repetir o comando Eliminar novamente quando ela já estiver na pasta Itens Eliminados. h) Escrever e enviar uma mensagem nova Para escrever e enviar uma mensagem de para alguém, deve-se clicar no botão "novo correio/nova mensagem" na barra de ferramentas/ botões da janela principal do Outlook. 36

37 Cabeçalho Corpo da mensagem Janela de escrita de nova mensagem 1) Na janela de mensagem em branco deve-se preencher os campos de cabeçalho. o O campo Para: serve para identificar o destinatário da mensagem por isso é de preenchimento obrigatório. Aí deve-se escrever corretamente o endereço eletrônico do(s) destinatário(s). Se pretender enviar a mesma mensagem a diferentes destinatários, deve-se adicionar os respectivos endereços separados por ponto e vírgula (;) o O campo Cc: é o espaço onde se podem incluir endereços de pessoas a quem se pretenda eventualmente dar conhecimento da mensagem, enviando uma cópia de cortesia. Nota: Há ainda outra forma de se enviar cópias da mensagem, escrevendo os endereços no campo "Bcc:" (cópia cortesia omissa). A diferença nesse caso é que a mensagem é enviada normalmente para os destinatários "Bcc:", mas ninguém ficará a saber que essas cópias foram enviadas. Normalmente este campo não está visível mas, sendo necessário, basta clicar no botão Para: ou no botão Cc:. o O campo "Assunto" serve para se escrever uma breve descrição da mensagem. A idéia é que o destinatário saiba do que se trata a mensagem sem ter de abrí-la e, por isso, é um campo de preenchimento recomendável. 37

38 Mensagem com diferentes tipos de cópias 2) Escrever a mensagem no espaço reservado para isso, o campo em branco que ocupa a maior parte da janela. Com recurso aos botões e aos menus dessa janela, é possível formatar o texto da mensagem à semelhança do que se faz num processador de texto. As mensagens de correio eletrônico refletem, naturalmente, o estilo próprio de quem as escreve mas devem, igualmente, traduzir o respeito pelas regras básicas de etiqueta. 3) Quando a mensagem estiver pronta e caso não se queira inserir anexos, basta pressionar o botão "Enviar" (primeiro botão da barra de ferramentas abaixo da barra de menus). i) Anexar Ficheiros Para enviar ficheiros em anexo a uma mensagem de correio (texto, imagem, som ): Na janela de escrita de mensagem, clicar sobre o botão Anexar na barra de ferramentas. O programa abre então uma janela de diálogo semelhante à que surge quando se abre um ficheiro em qualquer programa 38

39 Janela de diálogo para anexar um ficheiro a uma mensagem Localizado ficheiro a inserir (anexar), fazer um duplo clique sobre o nome ou seleciona-lo e clicar no botão Anexar. É possível anexar tantos ficheiros quantos se quiser num único basta repetir o procedimento acima descrito para cada um dos ficheiros a anexar. Quando a mensagem for enviada todos os arquivos a acompanharão. Mas...atenção! Enviar ficheiros em anexo pode tornar o envio e a recepção mais lenta. Deve-se ter atenção ao tipo e tamanho dos ficheiros a anexar. 39

40 Microsoft Word 2003 O Microsoft Word é um dos melhores editores de textos de todos os tempos, com ele você pode formatar (modificar) blocos de textos, criar currículos, certificados, mala direta e muito mais, de uma maneira fácil e pratica. Para iniciar o Microsoft Word dê um clique no botão Iniciar na barra de tarefas, logo após posicione o cursor sobre o item Programas, em seguida vá até a pasta Microsoft Office e depois em Microsoft Office Word Ao abrir o Microsoft Word você já pode começar a inserir texto imediatamente em um documento. Observe que o Word sempre inicia com um nome padrão chamado Documento 1, (2, 3, 4 e assim por diante a cada novo documento que criamos numa mesma etapa) e ele também abre com o cursor no topo do documento onde o texto que você digitar irá aparecer. Barra de Menu Barra de Título Barra de Ferramentas Padrão Barra de Formatação Botões de Comando Régua Barra de Desenhos Barra de Status Barras de Rolagem Barra de títulos: É o topo da página, local onde fica o nome do aplicativo aberto, o nome do arquivo que esta sendo usado e também sessões Barra do de Windows Título os botões maximizar, minimizar e fechar e o ícone de controle da janela; Barra de Menu: Os menus contêm Barra todos de os comandos que podem ser usados dentro do aplicativo. Ferramentas Barra de Barra de Barra de Ferramentas: Lugar onde Padrão Menu tem os comandos Formatação mais usados dos menus em forma de botões para facilitar a vida do usuário. Barra de Formatação: São ferramentas usadas para mudar a aparência do texto, como cor, fonte, tamanho, etc. 40

41 Réguas: Dar acesso a configurações de margens e noção de tamanho do parágrafo do documento de texto. Barras de rolagem: As Barras sombreadas ao longo do lado direito e inferior da janela do documento. Para deslocar-se para uma outra parte da folha, clique nas setas na barra de rolagem. Barra de desenhos: Possui ícones de atalhos para adicionar e editar desenhos, também serve para trocar fundos de paginas e área de impressão, efeitos 3D, setas e auto formas. Barra de Status: Indica se as teclas Num Lock e a tecla Caps Lock estão sendo usadas (ativas), e serve também para saber em que página o usuário esta atuando no momento. Obs: Não é necessário pressionar a tecla ENTER no final da linha, o cursor ao atingir a margem direita passa automaticamente para a próxima linha. Só é necessário pressionar ENTER ao terminar um parágrafo. Movimentando o cursor Às vezes, você deseja movimentar-se pelo documento, principalmente quando o mesmo é bem extenso, é fundamental, uma das formas de se movimentar é usando o mouse, mas existe uma série de atalhos de movimentação através do teclado que veremos a seguir: Tecla Page Up Page Dn Ctrl + PgUp Ctrl + PgUp Home End Posicionamento do Cursor Tela para cima Tela para baixo Primeira linha da tela Última linha da tela Inicio da linha da tela Fim do documento 41

42 Salvando um Documento Clique no menu Arquivo e Salvar Como. Aqui você escolhe a pasta onde vai salvar o texto Aqui você digita o nome do texto Obs: 1 quando for salvar uma alteração que foi feita num texto que já está salvo você deve usar o comando SALVA ao invés de SALVAR COMO. Obs: 2 Caso você esqueça de salvar alguma alteração que foi feita no Word e vá fecha-lo o Microsoft Word lhe perguntará se deseja salvar as alterações que foram feitas no documento. Abrindo um Documento Clique aqui para colocar na pasta que está o texto que deseja abrir, caso ele não apareça abaixo. O Word também pode abrir um documento já existente no sistema, ou seja, que está salvo. Para abrir um documento vá ao menu arquivo e clique em abrir, ou use a ferramenta abrir que esta localizada na barra de ferramenta padrão. Encontrado o texto que quer abrir, clica nele e depois em abrir, ou clica duas vezes rápido sobre o nome do texto. Fechando um Documento Para fechar um documento (texto) clique no menu Arquivo/Fechar ou clique sobre o botão Fechar Janela. Fechar Janela Será fechado somente o documento (texto) atual deixando o Microsoft Word livre para iniciar um novo documento Iniciando um Novo Documento Um novo documento nada mais é do que uma nova folha em branco, para iniciar um documento em branco, clique no menu Arquivo/Novo ou você pode também dar um clique no botão novo, que esta na Barra de Ferramentas. 42

43 Mudando o nível de zoom Essa é uma medida da aproximação relativa de seu texto, tome cuidado, pois não tem nada a ver com a medida física de suas letras, quando você for imprimir seu texto. Tem a ver apenas com o tamanho que elas aparecem na tela do monitor de vídeo de seu micro Botão Zoom. Por padrão costuma ficar como Largura da Página. Selecionando do Texto Selecionar serve para marca, indicar para o Word qual parte do texto será modificado, o texto deve ser selecionado sempre que você for fazer alguma alteração no texto, tipo mudar a cor, o tamanho, etc. Para selecionar o texto é só clicar no inicio da área a ser selecionada, segurar o clique e arrastar o mouse até o final da área que vai ser selecionada. Obs: coberto por essa tarja preta. Formatando o Texto A formatação (alteração) do texto consiste em mudar o tipo de fonte (letra), borda e alinhamento, entre outros modos de sintetização. Veremos os modos de formatação existentes no Word. Fonte: É o tipo de letra a ser utilizada no texto, é a aparência da letra. Exemplo: Estilo da Fonte: São as variações. Negrito, Itálico. Você pode utilizar os três estilos ao mesmo tempo. Ex: negrito, itálico, os dois Tamanho: Na lista ele varia entre 8 e 72, sendo necessário digitar o valor para ter um tamanho maior. Estilo Sublinhado: É possível aplicar diferentes tipos de sublinhados, como o tipo Simples, somente palavras, duplo, pontilhado, dentre outros. Cor da Fonte: serve para escolher a cor que vai ser colocada no texto. Efeitos: aqui você pode colocar diversos efeitos no texto, e se preferir pode ser vários ao mesmo tempo. Para abrir a caixa ao lado, clique no menu Formatar e Fonte. Obs: para que qualquer uma dessas opções funcione o texto tem que está selecionado. 43

44 Se preferir uma formatação mais simples e mais rápida você pode usar a barra de ferramentas de formatação. Para usar essas ferramenta o texto também deve está selecionado e para saber o nome de cada uma delas basta colocar o mouse sobre elas e aguardar uns segundos que o Word mostra o nome da ferramenta.. Obs: a ferramenta justificar tem seu uso obrigatório sempre que for feito um texto. Configurando Páginas Antes de imprimir um texto é necessário configurar as páginas para que o mesmo não saia fora de alinhamento e para fazer isso vá ao menu arquivo, Configurar Página. A Guia Margens, permite ao usuário mudar o tamanho das margens laterais (esquerda, direita, superior e inferior), a orientação da página (retrato ou paisagem) da folha. A Guia Papel, permite ao usuário mudar o tamanho do papel usado para impressão do documento, tipo se vai ser papel, oficio, A4, carta entre outros. A Guia Layout, permite mudar as configurações do documento com relação a cabeçalho e rodapé, Alinhamento da página, ente outros. Obs: se você usar as mesmas configurações para todos os textos que faz, pode usar o comando padrão para programar o Word para usar a mesma configuração para todos. Numerando Páginas Clique no menu Inserir/Números de Página. Escolha a posição (Inicio ou fim da página) e o alinhamento (esquerda direita ou centralizada). Caso a primeira página do documento seja a capa do seu trabalho, ou por qualquer outro motivo você não queira numerá-la, desmarque a caixa de verificação Mostrar número na 1ª Página, deste modo, a numeração começara da segunda página. 44

45 Imprimir Imprimir um documento quer dizer, passar um texto digitado no Word para uma folha em branco, para isso vá ao menu arquivo e imprimir, vai aparecer uma janela (figura ao lado) e nela você escolhe o que vai imprimir. Nessa janela você encontra: Impressora; mostra as informações da impressora que está instalada no computador. Intervalo de páginas; aqui você escolhe qual página vai ser impressa, se todas, a página atual, ou qualquer página do texto (opção páginas) é só digitar o número das paginas que serão impressas. Cópias; aqui você escolhe quantas cópias vai ser feita de cada folha. Propriedades; aqui você escolhe a qualidade da impressão se será, normal, rascunho, máxima etc. Se for imprimir tudo o que foi digitado você também pode usar a ferramenta imprimir, basta um clique e o Word imprime tudo que tiver no documento. Obs: antes de imprimir é sempre bom você visualizar a impressão para ver como vai ficar o texto na folha, para isso é só clicar na ferramenta visualiza impressão. Marcadores e Numeração A utilização de marcadores e numeração é um recurso extremamente útil na criação de contratos, atas, listas de preços e outros documentos que exijam uma ordem seqüencial dos parágrafos. Para inserir Marcadores no seu texto, selecione os parágrafos desejados e em seguida clique no botão Marcadores, na barra de formatação. Para escolher um marcador diferente, clique no menu Formatar/Marcadores e Numeração (aparecerá a figura ao lado) Escolha o estilo desejado e em seguida clique em OK. Você também pode personalizar sua lista de marcadores. Para isso, clique no botão Personalizar e você pode escolher outros símbolos para usar como marcadores. Obs: você pode colocar os marcadores antes de digitar o texto. 45

46 A utilização da numeração é para os mesmo fins que os marcadores só que com números ao invés de símbolos. Para inserir Numeração no seu texto, selecione os parágrafos desejados e em seguida clique no botão Numeração, na barra de formatação. Para escolher uma numeração diferente, clique no menu Formatar/Marcadores e Numeração. (aparecerá a figura ao lado) escolha o estilo desejado e em seguida clique em OK. Você também pode personalizar sua lista de numeração. Para isso, clique no botão Personalizar. Obs: você também pode colocar a numeração antes de digitar o texto ou se preferir você pode digitar a numeração que o Word continua ela automaticamente. Clip-art (figura) e imagem Uma ótima vantagem de se utilizar o Word é que podemos inserir imagens e/ou figuras em qualquer posição de nossa página. Elas nos ajudam a dividir o texto, prender a atenção dos leitores dependendo do tipo de documento ou mesmo dar significados, como por exemplo, imagem de Proibido Fumar. Existem dois tipos de figuras, as que já vem juntas com o Word, que são conhecida como Clip-art e as que você pode pegar no seu computador, como uma foto sua, por exemplo. Para colocar uma figura no texto do clip-art você vai ao menu inserir, imagem e clip-art, feito isso vai aparecer no lado direito da tela (a figura ao lado) clique no botão IR que o Word mostrará todas as figuras disponíveis no clip-art. Obs: se preferir você pode digitar o nome da figura que o Word exibe só figuras relacionadas ao nome que foi digitado. Uma maneira mais pratica de colocar figuras do clip-art no texto é usando a ferramenta inserir clip-art que se localiza na barra de desenho, após clicar nela vai aparecer a mesma janela ao lado. Obs: A barra de ferramentas Desenho fica localizada na parte inferior da tela do Word. Caso ela não esteja aparecendo, clique antes no botão Desenho, na parte superior da tela. Já para inserir imagens que estejam no computador, tipo fotos, desenhos, etc. clique no menu inserir, imagem e do arquivo. Ou se preferir uma maneira mais rápida use a ferramenta inserir imagem que está na barra de ferramentas de desenho, nas duas opções aparecerá sempre a mesma janela (essa da direita), após encontrar a imagem que deseja coloca no texto clica encima de e depois em inserir. Obs: esse comando também pode ser usado para inserir uma foto que esteja no CD ou no disquete. Se a foto não estiver aparecendo, clique aqui para colocar na pasta onde a foto foi guardada. 46

47 Quando a figura for colocada no texto, seja ela um clip-art ou uma foto, ela vai sempre estragar o texto um pouco, por isso cabe a você organizar o posicionamento da figura no texto, para isso clique sobre ela para seleciona-la, feito isso observe que apareceram uns quadrinhos pretos ao redor da figura indicando que ela está seleciona. Junto com a seleção da figura vai aparecer também a barra de ferramentas de imagem, onde se encontra várias ferramentas para você personalizar a figura. Obs: a barra de ferramentas de imagem deve aparecer assim que você clicar na figura, caso ela não apareço, é só clicar sobre a figura com o botão direito do mouse e clicar em mostrar barra de ferramentas de imagem. Pode acontecer de a barra aparecer flutuando na tela ou junto das outras barras, isso em qualquer lugar da tela. WordArt Os Wordart são modelos de textos artísticos já prontos que pode ser usado para ornamentar o texto deixa-lo com uma aparecia melhor. Para inserir um WordArt em seu texto, você pode escolher entre clicar no menu inserir, imagem e WordArt ou clicar no botão inserir WordArt, na barra de ferramentas de desenhos (aparecerá a figura ao lado), agora é só escolher o modelo clicar em OK, que o resultado será esse. Obs: assim como acontece com as figuras o wordart também vai ficar no meio do texto, cabendo a você escolher onde ele vai ficar e essas escolhas serão feitas na barra de ferramentas de wordart. (figura abaixo) Para que ela apareça basta clicar sobre o wordart, se ela não aparecer clique com o direito sobre ele e depois em mostrar barra de ferramentas de wordart Cabeçalho e rodapé Um cabeçalho ou rodapé é um pequeno texto ou elemento gráfico que normalmente aparece na extremidade ou na base de todas as páginas do documento, sendo que o cabeçalho é impresso na parte superior e o rodapé na parte inferior da página. Para colocar um cabeçalho, clique no menu exibir, cabeçalho e rodapé. Feito isso vai aparecer dois campos pontilhados para colocar a informação desejada. Um na parte superior (o cabeçalho) e outro na parte inferior (rodapé) da folha. Obs: sempre que o cabeçalho e rodapé é exibido aparece junto com eles uma barra de ferramentas de cabeçalho e rodapé você pode usar essa barra para personalizar os dois. Depois que estiver prontos é só clicar no botão fechar na barra para sair do cabeçalho e rodapé. Sempre que usar alguma informação, seja no cabeçalho ou no rodapé, essa informação ficará em todas as páginas do documento. 47

48 Microsoft PowerPoint O Microsoft PowerPoint é uma ferramenta ou gerador de apresentações, palestras, workshops, campanhas publicitárias, utilizado por vários profissionais, entre eles executivos, publicitários, engenheiros, arquitetos, etc. É através dele que alunos de faculdades podem apresentar seus trabalhos e monografias aos demais alunos da classe e aos professores. É utilizado também por profissionais mais experientes que desejam expor suas idéias e projetos para outras empresas. Enfim, seus limites dependem da criatividade do usuário que esteja construindo a apresentação. Iniciando o Microsoft PowerPoint Clique no botão Iniciar da barra de tarefas do Microsoft Windows. Aponte para o grupo Programas. Vá até a pasta Microsoft Office. Selecione Microsoft PowerPoint. A tela do Microsoft PowerPoint é composta por vários elementos gráficos como ícones, menus e alguns elementos que são comuns ao ambiente Microsoft Windows, com o qual você já deve estar familiarizado. Antes de iniciarmos propriamente o trabalho com textos, é necessário que se conheça e identifique a função dos elementos que compõem a tela do aplicativo. A interface do PowerPoint Barra do Título Barra de Menu Barra de Ferramentas Padrão Barra de Formatação Área de Trabalho Painel de Tarefas Barra de Desenhos 48

49 Criando uma nova apresentação Ao abrir o PowerPoint, a janela se iniciará com a seguinte tela: Clique dentro da caixa de texto para adicionar um título. Para selecionar a caixa de texto, clique sobre sua borda. Utilize a barra de formatação para modificar seu texto: Salvando o Documento Quando você salva uma apresentação pela primeira vez, o Microsoft PowerPoint exibe a caixa de diálogo Salvar Como, que permite digitar um nome para a apresentação e especificar onde o arquivo será salvo. Clique no menu Arquivo, Salvar ou simplesmente sobre o botão Salvar caixa abaixo será aberta:. A Na caixa Salvar em escolha o local que deseja salvar a sua apresentação. Na caixa Nome do arquivo, escolha o nome para sua apresentação. Finalize clicando no botão Salvar. Inserindo um novo slide 49

50 Uma apresentação do PowerPoint pode conter várias páginas que chamamos de slides. Ao exibir sua apresentação é possível inserir animações, efeitos de transição, plano de fundo, avanço automático entre outras coisas. Para inserir um novo slide, na barra de formatação, clique no botão Novo Slide. A caixa abaixo será aberta do lado direito da janela: Você pode aplicar layouts (aparência) diferente para seus slides, como por exemplo, um layout que contenha um título e uma caixa de texto com marcadores ou então um slide que contenha um outro conteúdo, como clip-arts, gráficos, tabelas, sons, vídeos, etc. Deslize sobre a barra de rolagem para visualizar outros layouts Clique sobre o layout desejado para que seja aplicado ao slide atual. Fechando o Documento Para fechar uma apresentação do Microsoft PowerPoint, liberando espaço na memória para continuar o trabalho com outras apresentações, selecione o seguinte comando: Clique no menu Arquivo, Fechar. Se a apresentação que estiver sendo fechada tiver sido modificada e não gravada em disco, o programa questiona se você deseja Salvar, Não (não gravar), ou Cancelar o comando de fechar a apresentação. Clique no botão Sim para salvar a apresentação. 50

51 Abrindo o Documento Para se abrir uma apresentação, é indispensável que ela tenha sido salva, ou seja, transportada para o disco. Para abrir uma apresentação, efetue o seguinte comando: Clique no menu Arquivo/Abrir ou sobre o botão Abrir na barra de ferramentas Padrão. A caixa abaixo será aberta: Configurando a página Na caixa Examinar, escolha a pasta onde sua apresentação foi salva. Clique sobre a apresentação em seguida no botão Abrir. Durante uma sessão de trabalho com o Microsoft PowerPoint, cada apresentação aberta ocupa uma nova janela de documento. Não abra muitas apresentações ao mesmo tempo, se você for trabalhar isoladamente com cada uma delas. A abertura descontrolada de apresentações pode ocupar todo o espaço disponível na memória do computador, impedindo desenvolvimento de um bom trabalho. Define as margens, origem do papel, tamanho do papel, orientação da página e outras opções de layout do arquivo ativo. Clique no menu Arquivo, Configurar página. A caixa abaixo será aberta: Clique no tipo de slide que deseja criar. Se você clicar em Personalizado, o PowerPoint alterará as configurações Largura e Altura para preencher a área de impressão da impressora ativa. Insira o número inicial para o primeiro slide. Altere a orientação dos slides, páginas de anotações, tópicos e folhetos na apresentação. Clique em Retrato para obter uma orientação vertical ou em Paisagem para obter uma orientação horizontal. Clique no botão OK para aplicar as alterações. 51

52 Imprimindo o Documento Visualizar impressão Impressão. Mostra como será a aparência de um arquivo quando ele for impresso. Clique no menu Arquivo, Visualizar impressão ou sobre o botão Visualizar Em Imprimir Slides, você pode escolher quantos slides quer imprimir numa folha. Para fechar a visualização e voltar para a tela de edição, clique na ferramenta Fechar. Imprimir aberta: Clique no menu Arquivo, Imprimir ou no botão Imprimir. A caixa abaixo será Clique em uma impressora na caixa Nome. As informações exibidas abaixo da caixa Nome aplicam-se à impressora selecionada. A impressora na qual você clicar passará a ser a impressora padrão durante o restante da sessão atual do PowerPoint, ou até que você a altere. Clique na parte da apresentação que você deseja imprimir. Insira o número de cópias que você deseja imprimir. Selecione as opções desejadas para a impressão dos folhetos. Clique no botão OK para aplicar as alterações. 52

53 Cabeçalhos e Rodapés Adiciona ou altera o texto que aparece na parte superior e inferior de cada página ou slide. Clique no menu Exibir/Cabeçalho e rodapé. Você pode adicionar a data e a hora ao rodapé do slide. Também pode adicionar o número do slide ao rodapé ou um texto na parte inferior do slide na caixa Rodapé. Clique no botão Aplicar a todos. Clip-art Para inserir um clip-art em seu slide, escolha em um layout de conteúdo e clique sobre o ícone Inserir clip-art: A caixa abaixo será aberta: Você pode fazer uma pesquisa por nomes, na caixa Pesquisar texto. Selecione uma figura e clique no OK. Do Arquivo 53

54 Para inserir figuras que estejam gravadas em seu computador, clique no menu Inserir/Imagem/Do Arquivo. A caixa abaixo será aberta: Em Examinar, abra a pasta onde se encontra suas imagens. Clique sobre a imagem e em seguida no botão Inserir. Obs.: você pode também copiar uma imagem da Internet. Para isso, localize a imagem na Internet, clique sobre ela com o botão direito do mouse e no menu que se abre, clique em Copiar. Volte para PowerPoint, clique com o botão direito em qualquer lugar do slide e no menu clique em Colar. Você também pode usar o botão Colar. Para excluir uma imagem Clique sobre a imagem para selecioná-la e em seguida pressione a tecla Delete. Filmes e sons Você pode inserir um de filme ou um arquivo de som em sua apresentação. Você pode utilizar os arquivos do seu computador ou os arquivos do Media Gallery. Clique no menu Inserir/Filmes e sons. Excluir slide Para excluir um slide, clique sobre o slide desejado para seleciona-lo. Clique no menu Editar/Excluir slide ou selecione o slide e pressione a tecla Delete. Marcadores e numeração 54

55 Adiciona marcadores ou números aos parágrafos selecionados e modifica o formato de numeração e de marcação. Selecione o parágrafo a ser formatado. Clique no menu Formatar, Marcadores e numeração. Clique no estilo da lista de marcadores desejada. Clique em Nenhum para remover os marcadores dos parágrafos selecionados. Digite o tamanho de marcador desejado como uma porcentagem do tamanho da fonte. Clique na cor desejada para o marcador. Clique em Automático se desejar que o marcador tenha a cor da fonte do esquema de cores. Guia Numerado(a): Clique no estilo de lista numerada desejado. Clique em Nenhum para remover os números dos parágrafos selecionados. Informe o tamanho do número desejado como uma porcentagem do tamanho da fonte. Clique na cor desejada para o número. Clique em Automático se desejar que o número seja a cor da fonte do esquema de cores. Informe um número ou uma letra inicial para a lista. Clique no botão OK para aplicar as alterações. Plano de fundo Para mudar a cor do fundo do slide selecionado, clique no menu Formatar/Plano de fundo. A caixa abaixo será aberta: Você pode escolher a cor bem com efeitos de preenchimento clique na seta e escolhendo entre as opções Mais cores, que exibe uma nova caixa com outras opções de core e Efeitos de preenchimento para escolher efeitos como Gradiente, Textura, Padrão e Imagem. Ao terminar de formatar o plano de fundo, clique no botão Aplicar a tudo, caso deseje que estas configurações sejam aplicadas a todos os slides da sua apresentação ou Aplicar para aplicar somente ao slide ativo. Formatando Alinhamentos Selecione o texto a ser formatado. 55

56 Efeitos de animação Selecione um tipo de alinhamento para o texto selecionado. Para aplicar um novo efeito de animação, clique no objeto que deseja animar e, em seguida, clique no menu Apresentações/Personalizar animação. Clique no botão Adicionar efeito. Você pode escolher entre as opções Entrada, Ênfase, Saída e Trajetória de animação. O botão Remover, localizado logo abaixo, remove as animações inseridas. Observação: As animações podem ser inseridas em textos e em imagens também. Abaixo você pode definir quando será iniciado um efeito de animação aplicado a um item selecionado. Você pode definir o efeito Ao clicar (a animação será iniciada com um clique do mouse), Com o anterior (a animação será iniciada ao mesmo tempo em que o item anterior) ou Após o anterior (a animação será iniciada quando o item anterior tiver concluído a animação). Você pode definir a velocidade ou duração da animação para o efeito selecionado. Clique no botão Executar. Configurando apresentação Para definir as opções para a execução da sua apresentação de slides, incluindo o tipo de apresentação que você está criando os slides a serem incluídos, se serão incluídos efeitos de som e animação, a cor da caneta de anotação e como você deseja avançar os slides, clique no menu Apresentações, Configurar apresentação. A caixa ao lado será aberta: Você pode definir o tipo de apresentação desejada, se será exibida em tela inteira ou em uma janela. Em Mostrar slides, você pode escolher quais slides serão mostrados em sua apresentação. Em Opções da apresentação, escolha Repetir até Esc ser pressionada para exibir a apresentação continuadamente. Clique no botão OK para aplicar as alterações. Botão de ação 56

57 Botões de ação são muito úteis quando precisamos controlar a apresentação, como por exemplo, ir para um outro slide, abrir uma página na Internet ou tocar um som. Para inserir um botão de ação, clique no menu Apresentações/Botão de ação. Escolha o botão desejado e desenhe-o na tela. Ao soltar, a caixa abaixo será aberta: Em Hiperlink para, selecione a ação do botão, que será executado quando você clica sobre o botão durante a apresentação. As opções são: - Próximo slide: Avança a apresentação para o slide seguinte; - Slide anterior: Recua a apresentação para o slide anterior; - Primeiro slide: Recua para o primeiro slide da apresentação; - Último slide: Avança para o último slide da apresentação; - Último slide exibido: Avança para o último slide exibido na apresentação; - Finalizar apresentação: Finaliza a apresentação; Clique no botão OK para aplicar as alterações. Para excluir o botão de ação, selecione o botão e tecle Delete. Transição de slides Você pode adicionar um efeito de transição entre um slide e outro, reproduzir um som quando o slide aparecer ou pode fazer com que o slide surja gradativamente a partir de um fundo preto. Clique no menu Apresentações/Transição de slide. A caixa ao lado será aberta. Selecione uma transição, clicando sobre ela. Define a velocidade da transição de slides. Sempre que você clicar em uma velocidade, poderá visualizar a transição de slides selecionada nessa velocidade. Adicione um som, que será executado quando o próximo slide aparecer. Em Avançar slide, você pode definir Ao clicar com o mouse ou Automaticamente após o tempo configurado. Clique no botão Aplicar a todos os slides. Pressione a tecla F5 para testar a apresentação. Microsoft Excel 2003 O Excel é um aplicativo que trabalha com planilhas eletrônicas, 57

58 banco de dados (simples) e gráficos. Uma planilha eletrônica é uma folha de cálculos desenvolvida no computador, constituída por linhas e colunas. A interseção de uma coluna com uma linha é chamada de célula, onde são armazenados os dados, fórmulas e funções. Existem milhares de células disponíveis na planilha. É fácil copiar células, mover células e modificar qualquer fórmula que você criou.o Excel ainda permite que você faça um gerenciamento dos seus dados, gerando inclusive bancos de dados e gráficos com tudo o que foi elaborado. Para abrir o Excel clique em Iniciar, Programas, Microsoft Office e Microsoft Office Excel Cursor do Excel Barra de Menu Barra de Título Cursor do Mouse Barra de ferramentas padrão No Excel existem vários Barra de ferramentas formatação Barra de formulas Cabeçalho de colunas formatos de cursor dependendo do local que ele Cursor do mouse esteja na planilha: Este é Barras de rolagens utilizado para carregar um Barra de Ferramentas de desenho dado de uma célula ativa para outra. Este é utilizado para copiar fórmulas de uma célula ativa para outra. Segurando e arrastando você poderá fazer o preenchimento automático de datas, listas números e outros. Este é utilizado para manter uma célula ativa, também seleciona uma célula, uma região ou a planilha inteira. Este é utilizado para ajustar o espaçamento entre as colunas e linhas. Segurando e arrastando você regula o tamanho da coluna ou linha. Cabeçalho de linhas Guia de planilhas Este é utilizado para selecionar as colunas e linhas inteiras com um único clique. Segurando e arrastando você seleciona várias colunas ou linhas. 58

59 Conceitos Básicos e Seleção Termo Endereço da célula Seleção Planilha Pasta de Trabalho Descrição É a posição da célula. É composto pela união de colunas e linhas. Ex.: A1, F35, AZ2500. Para selecionar, é só clicar na célula desejada. É a região da planilha que foi marcada pelo usuário, está pronta para ser trabalhada. É uma matriz composta por linhas e colunas onde podemos armazenar, manipular, calcular e analisar dados, é a folha do Excel. É o conjunto de planilhas que são agrupadas sob um mesmo arquivo para facilitar o trabalho, simplificando o gerenciamento dos dados. Operadores Matemáticos Lógicos SÍMBOLO SIGNIFICADO SÍMBOLO SIGNIFICADO ^ Exponenciação = Igual - Subtração < Menor que + Adição > Maior que * Multiplicação <= Menor ou igual a / Divisão >= Maior ou igual a <> Diferente Criando a Primeira Planilha Para criar uma planilha é bem simples, você só tem que digitar as informações nos locais desejados. Para se movimentar pela planilha, pode usar o mouse clicando na célula que será usada, ou as setas no teclados. Veja o exemplo abaixo: é só digitar nas células os dados. Depois da planilha pronta você pode formatá-la, ou seja, modificar sua aparência, tipo cor do texto, cor do preenchimento da planilha, a fonte entre outras coisas. E para isso é só usar os comandos da barra de ferramentas de formatação na parte superior da tela do Excel. Obs: antes de fazer qualquer formatação na planilha é necessário selecionar a área a ser formatada. 59

60 Salvando Arquivos Aqui você escolhe o local onde vai salvar Aqui você digita o nome para a planilha Assim como nos outros programas, o procedimento para salvar uma planilha no Excel é bastante simples. Para fazer isso basta ir ao menu arquivo e salvar como, depois digitar o nome para a planilha que está salvando e o local onde vai salvar, após tudo pronto clique em salvar. Obs: quando for salvar as alterações que tenha feito numa planilha você deve usar a ferramenta salvar ou escolha o comando arquivo e salvar. Inserindo uma Fórmula A estrutura ou ordem dos elementos em uma fórmula determina o resultado final do cálculo. As fórmulas no Microsoft Excel seguem uma sintaxe, ou ordem, específica que inclui um sinal de igual (=) seguido dos elementos a serem calculados (os operandos: +, -, /, *), que são separados pelos operadores de cálculo. Cada operador pode ser um valor que não se altera (um valor constante), uma referência de célula ou intervalo, um rótulo, um nome ou uma função de planilha. Para entender melhor como funcionam as fórmulas vamos usar a planilha acima das vendas de canetas. Digamos que você queira saber quantas canetas foram vendidas no mês de janeiro, para isso façamos o seguinte: Clique a célula B8, local onde vai ficar o resultado. Digite um sinal de igual (=) para ativar a fórmula sem os parênteses. Abra parênteses, digite a fórmula B3 + B4 + B5 + B6 + B7 e feche os parênteses. Para finalizar pressione a tecla ENTER e pronto o Excel mostrará o resultado, contendo a quantidade de canetas que foram vendidas no mês de janeiro. A fórmula tem que ficar assim: =( B3 + B4 + B5 + B6 + B7) Obs: toda fórmula no Excel tem que começar sempre com o sinal de igualdade (=). Esse é um exemplo de uma soma simples, que pode ser usada quando quiser somar poucos valores, agora se for para somar uma quantidade grande de valores é recomendado que use a fórmula de soma que será mais rápido e mais fácil. Vamos fazer o mesmo cálculo usando a fórmula de soma sé que agora com os valores do mês de fevereiro. Para isso, clique na célula C8 e digite a fórmula =soma(c3:c7) e pressione enter. Pronto vai aparecer o total do mês de fevereiro. Note que ao invés de digitar todos os endereços dos valores do mês de fevereiro, foi digitado apenas o primeiro e o último endereço, a utilização dos dois pontos (:) faz o Excel entender que é para somar também os valores existentes nos endereços do meio, evitando assim perda de tempo digitando vários endereços. 60

61 Calculando o total automaticamente Uma forma bem prática e rápida de fazer cálculos no Excel é usar a ferramenta Auto Soma, para usá-la selecione os valores que serão somados, exemplo os de fevereiro, feito isso dê uma clique na ferramenta Auto Soma que o Excel se encarrega de somar esses valores. Outra maneira de agilizar seus cálculos no Excel quando estiver calculando uma planilha grande é usando o preenchimento automático. Para usar o preenchimento automático, faça a fórmula uma vez, depois que você obtiver o primeiro resultado, clique sobre o resultado, coloque o cursor do mouse sobre o cursor do Excel, no canto inferior direito, sobre um quadrinho preto, espere o cursor do respondido. mouse tomar o formato dessa cruz preta, depois é só clicar, segurar e arrastar o mouse até o local onde vão ficar os outros resultados. Quando soltar o clique já estará tudo Mais fórmulas Seguindo o exemplo acima, digamos que você queira saber quantas canetas foram vendidas em média por mês, para isso basta usar a fórmula de Média, antes de começar preencha as colunas dos meses de abril e março com valores que represente a quantidade de canetas que foram vendidas nesses meses. Para usar essa fórmula clique no local onde vai ficar o resultado (no caso aqui na célula G3), feito isso é só digitar a fórmula =média(b3:e3) e pressionar enter. Então B9 =MÉDIA(B3:B7). Clique em B9 e arraste para a direção que deseja copiar (no caso para direita), até G9. Outros exemplos de fórmulas Nome da Fórmula Exemplo Descrição da Fórmula Máximo =máximo(b3:b7) Calcula o maior valor dentro de um intervalo de células Mínimo =mínimo(b3:b7) Calcula o menor valor dentro de um intervalo de células Desconto =B3-(B3*20%) Aplica um desconto a um valor especificado Juros =B3+(B3*10%) Aplica juros a um valor especificado Porcentagem =(B3*25%) Retira o valor em porcentagem de um valor qualquer Subtração =(B3-C3-D3) Subtrai quantos valores forem necessários Multiplicação =(B3*C3) Multiplica apenas dois valores Divisão =(B3/C3) Divide quantos valores forem necessários Obs: você pode criar fórmulas para usar no Excel de acordo com a necessidade. Ex: =(B3/C3*D3-E3) 61

62 Funções Uma função é uma rotina programada para fazer sempre a mesma coisa. Por exemplo, a função SOMA irá sempre somar uma faixa específica de células. Para facilitar a inserção de funções na planilha, utilize o assistente de função que lhe auxiliará na escolha e na montagem da função desejada. A ferramenta do assistente de função está na barra de fórmulas. Para utilizar o assistente de função clique na ferramenta Assistente de Função. Vai aparecer a figura a esquerda. Clique na categoria desejada. Clique no nome da função desejada (Ex.: Soma). Clique em OK e aparecerá a figura a baixo. Clique na seta vermelha ao lado de Núm1 para selecionar o primeiro valor a ser calculado. Depois clique na seta ao lado de Núm2 e selecione o último valor a ser calculado e OK. Abrir Arquivos Para abrir uma planilha que foi salva basta ir ao menu arquivo e. clicar em abrir ou clique na ferramenta Abrir, nas duas opções vai aparecer a figura ao lado. Depois á só escolher a planilha que vai abrir, selecioná-la e clicar em abrir. 62

63 Formatação das Planilhas Existem vários formatos pré-definidos que lhe auxiliam na escolha da melhor formatação (apresentação) possível. A escolha de um desses formatos, denominados AutoFormatação, facilita, agiliza e padroniza o serviço nas empresas, no entanto, você também pode escolher várias formatações à vontade, soltando a sua criatividade. Para colocar uma autoformatação, selecione a região a ser formatada, depois vá ao menu formatar e autoformatação. Escolha o formato que mais se adequar ao que você quer e clique em OK. Obs: clicando em Opções você pode escolher qual formatação vai ser aplicada a planilha. Criando uma formatação Se você não gostou dos modelos de autoformatação, você pode criar sua própria formatação para a planilha. Para criar a formatação a seu gosto, selecione as células que serão formatadas, depois vá ao menu formatar e células. Vai aparecer a figura ao lado. Guia Número; e escolha o formato mais adequado para a sua planilha entre as várias opções. Vejamos alguns exemplos: Número: deixa os números selecionados separados em casas decimais. Mas se preferir pode usar também as ferramentas. Moeda: deixa os números com o símbolo (R$) do real ou de outra moeda que você escolha. Ex: dólar. Se preferir também pode usar a ferramenta estilo de moeda, mas ela deixa apenas em formato de Real. Texto: retira qualquer formato que você tenha colocado na planilha. Ex: quando você digitar um número que comece com zero (tipo 01), o Excel retira o zera que está antes do número um, deixando assim (1). Para que fique o (01) antes de digitar você tem que usar essa opção texto para formatar a célula que será digitada. Guia fonte; use essa guia para formatar (mudar a aparência) e texto, mudado o tipo de letra (fonte), o tamanho, cor, estilos (negrito e itálico), sublinhado e efeitos. Se preferir uma formatação mais rápida pode usar as ferramentas de formatação na barra de formatação. 63

64 Guia Alinhamento; para escolher o alinhamento do texto dentro da planilha, se vai ficar centralizado, alinhado a direito, à esquerda. Alinhamento de Texto: aqui você escolhe como o texto vai ficar dentro da célula, centralizado, alinhado a direito, à esquerda. Pode também usar as ferramentas para alinhar o texto. Controle do Texto: aqui você escolhe se o texto vai ficar dentro ou se vai ultrapassar os limites da célula. Ex: para centralizar o titulo da planilha você vai ter que usar o comando Mescla Células para que o mesmo seja centralizado, ou a ferramenta mesclar e centralizar. Orientação: serve para girar o texto dentro da célula, deixando-o na diagonal ou vertical de acordo com a quantidade de grau que for usado. Guia Borda; aqui você escolhe as bordas para colocar na planilha. Essas bordas são fundamentais para o Excel, pois apesar da planilha ser num formato de uma tabela com linhas e colunas, essas linhas e colunas não saem na folha quando você imprimir a planilha. Para que as linhas e colunas saiam na folha é preciso colocar as bordas, para coloca-las é necessário que as células que usarão as bordas estejam selecionadas. Predefinições; você vai escolher onde a borda vai ser aplicada, se dentro ou fora da área que está seleciona. Borda; aqui você escolhe de que lado da célula a borda vai ser colocada. Linha; aqui você escolhe o estilo da linha, espessura, formato etc. Cor; aqui você escolhe a cor que vai ficar as bordas. Obs: se preferir também pode colocar as bordas através da ferramenta bordas. Guia Padrões; essa guia serve para você escolher uma cor para colocar no preenchimento da planilha. Pode ser uma cor para a planilha toda ou uma cor diferente para cada célula. Sombreamento da Célula; aqui você escolhe a cor que vai colocar no preenchimento das células. Padrão; aqui você escolhe o efeito para colocar no preenchimento das células juntamente com as cores. Obs: para colocar apenas uma cor no preenchimento da planilha você pode usar também a ferramenta cor de preenchimento. Guia Proteção; essa guia não tem função nenhum com relação a formatação da planilha. 64

65 Inserindo, Excluindo, Renomeado, e Posicionado Planilhas Quando iniciamos o Excel ele já nos fornece 3 planilhas, mesmo assim podemos inserir e excluir de acordo com sua necessidade, veja: Para inserir uma planilha existem vários maneiras vamos mostrar as mais usadas. Vá ao menu inserir e planilha, ou clique com o botão direito sobre a guia de planilhas e escolha inserir, observe que a nova planilha é inserida, sempre com o nome na seqüência e sempre a esquerda da que está sendo usada. Mas se quiser pode muda a nova planilha de lugar para que ela fique na posição que você deseja. Para alterar a posição, clique sobre a guia da planilha que vai mover e arraste para o lugar onde ela vai ficar. Você pode também mudar o nome da planilha (ou seja, renomeá-la) para renomeá-la dê um clique duplo sobre a o nome da planilha e depois digite o novo nome, ou clique com o botão direito sobre o nome da planilha e depois renomear. Após digitar o novo nome para a planilha pressione a tecla enter. Já se o que você está querendo é excluir (apagar) uma planilha, basta clicar sobre o nome da planilha com o botão direito e depois clicar em excluir ou vá ao menu editar e excluir planilha. Inserindo Linhas e Colunas Para inserir uma linha ou uma coluna dentro de uma planilha é bastante simples. Para inserir uma linha é necessário selecionar a linha que vai ficar em branco, depois vá ao menu inserir e clique em linhas. Observe que a linha que estava selecionada ficou vazia e o conteúdo que tinha nela foi empurrado para baixo. Para inserir uma coluna é o mesmo procedimento, selecione a coluna que vai ficar em branco, vá ao menu inserir e clique em colunas. Observe que a coluna que estava selecionada fica vazia e seu conteúdo é empurrado para a direita. Se preferir pode também clicar com o botão direito sobre a linha ou coluna selecionada e depois em inserir, vai aparecer a figura ao lado, ai você escolher a opção que será inserida e depois clique em ok. Obs.: A linha será inserida acima da linha selecionada e a coluna será inserida no lado esquerda a coluna selecionada. Excluindo Linhas e Colunas Para excluir (apagar) uma coluna ou uma linha, selecione a linha/coluna que será apagada, depois vá ao menu e clique em excluir, ou se preferir clique com o botão direito sobre a linha/coluna seleciona e clique em excluir. Em ambas as opções vai aparecer a figura ao lado. Ai á só escolher linha ou coluna inteira e clicar em OK. Obs: se preferir pode clicar sobre o número que representa a linha ou sobre a letra que representa a coluna com o botão direito e depois em excluir que seu conteúdo vai ser apagado também. 65

66 Alterando tamanho da coluna ou da linha Para alterar o tamanho da linha ou da coluna é bem simples. Para aumentar o tamanho de uma linha basta colocar o cursor do mouse sobre a linha que faz a divisória entre uma linha e outra, espera o cursor do mouse ficar no formato de uma cruz preta, depois é só arrastala para o lado que for conveniente. Para as colunas é a mesma coisa, coloque o cursor do mouse sobre a linha que divide as colunas, quando ele ficar no formato de uma cruz preta clique e araste para aumentar ou diminuir a coluna. Figura ao lado. Para alterar a largura de várias colunas ou altura de várias linhas simultaneamente, selecione as colunas ou linhas desejadas e vá ao menu formatar, colunas, clique em e depois digite a largura desejada. Para a linha o mesmo procedimento, menu formatar, linhas, clique em e depois digite a altura desejada. Banco de Dados É um tipo de abordagem especial das pastas onde podemos gerenciar dados. Simples, porém com muitos recursos. Podemos pesquisar dados, colocá-los em uma certa ordem, extraí-los, excluí-los, fazer cálculos estatísticos entre outras. Classificando dados da planilha Para classificar de uma maneira simples e rápida basta utilizar as ferramentas de classificação Para deixar os dados da planilha em ordem crescente ou decrescente. Se preferir uma classificação mais detalhada, selecione todos os dados que serão classificados, vá ao menu dados e classificar. Na janela que aparece (figura ao lado) você escolhe como vai ser feita a classificação, por quais colunas o Excel vai classificar os dados. AutoFiltro Quando o Excel filtra as linhas, a planilha é colocada no modo de filtro. No modo de filtro, é possível editar, formatar, criar gráficos e imprimir uma parte da lista, sem reorganizá-la ou movê-la. Clique numa célula qualquer que faça parte dos títulos das colunas. O título da coluna, neste caso, é a primeira linha do seu banco de dados. Vá ao menu dados, filtro e autofiltro. Nas setas que aparecem em cada célula que contém um título da coluna, especifique o valor a ser procurado. O autofiltro torna muito mais rápida a procura por dados na planilha, principalmente em planilhas muito grande. 66

67 Opções de filtragem Opção Descrição Tudo Encontra todos os registros. 10 Primeiros Localiza os 10 primeiros ou 10 últimos dados e sua tabela, mas este recurso só vale se a coluna no qual ele for aplicado for numérica. Personalizar Permite a especificação de um critério mais detalhado. Gráficos Os gráficos são a apresentação dos dados da planilha na forma de figura facilitando a compreensão da mesma. Para a criação de um gráfico é necessário que os dados da planilha que você vai representar no gráfico estejam selecionados, depois disso você vai ao menu inserir e gráfico ou clica na ferramenta assistente de gráfico. Ambas as opções vai abrir a janela ao lado. 1- ETAPA = Na janela (da esquerda) você escolhe o tipo e o modelo do gráfico que você vai usar, e pode escolher entre os tipos padrão e o personalizado. Após feita a escolha clique em avançar. 2 ETAPA = Na janela (da direita) você escolhe como os dados serão organizados no gráfico se por linha ou por coluna. Feito isso clique em avançar. 3 ETAPA = Na janela (da esquerda) você pode fazer várias modificações no gráfico para personaliza-lo. Veja: Guia Título; aqui você digita o titulo do gráfico e dar nomes aos dados que ficam abaixo e a esquerda do gráfico. Eixos; você escolhe se vai aparecer alguma informação abaixo ou ao lado do gráfico. Linhas de grade; aqui você escolhe quantas linhas vão aparecer na parede (na parte cinza) do gráfico. Legenda; aqui você escolhe a posição da legenda e se ela vai aparecer. Rótulos de Dados; aqui você pode colocar ou não os dados que estão digitados na planilha para aparecerem no gráfico. Tabela de Dados; aqui você pode colocar a planilha acoplada ao gráfico em forma de tabela. Obs: todas essas opções são opcional, você muda se quiser, se não mudar nada o gráfico é feito do mesmo jeito. Após cumprida essa etapa clique em avançar novamente. 67

68 4 ETAPA = Na quarta e última etapa você vai escolher como o gráfico vai ficar na folha, se como uma nova planilha, onde o gráfico será colocado numa folha a parte, separado dos dados que fora digitados para formar o gráfico. Ou como objeto em, onde o gráfico será colocado junto dos dados que foram digitados para formar o gráfico, ou seja, na mesma folha. Após feito essas escolha clique em OK e o gráfico está pronto. Personalizando o Gráfico Sempre que é feito um gráfico ele vem sempre com a mesmo aparência (cor, fonte, tamanho, etc.), mas se não gostou da aparência do gráfico você pode mudar e deixar o gráfico com a aparência que você quiser. Para mudar a aparência do gráfico basta clicar sobre a parte do gráfico que vai ser modificada e fazer as modificações usando as ferramentas da barra de ferramentas de formatação. Agora se a modificação que deseja fazer no gráfico não é na aparência ai você deve clicar sobre o gráfico com o botão direito para aparecer as opções; Formatar área do gráfico; é a mesma coisa de usar a barra de ferramentas de formatação. Tipo de gráfico; serve para mudar o tipo do gráfico escolhido por outro. Dados de origem; serve para você trocar os dados que foram selecionados e que estão no gráfico. Opções de gráfico; aqui vai aparecer a mesma janela da terceira etapa. Local; aqui vai aparecer a mesma janela da quarta etapa. Limpar; serve para excluir (apagar) o gráfico, mesma coisa que pressionar a tecla delete. Obs: essas opções vão mudar de acordo com o local do gráfico que você clicar. Imprimir Para imprimir uma planilha no Excel é a mesma coisa que em qualquer outro programa, vá ao menu arquivo e imprimir. Intervalo de impressão; aqui você escolhe quantas e quais páginas você vai imprimir, se todas ou alguma página especifica. Cópias; você escolhe a quantidade de cópias que você vai fazer de cada página. Propriedades; é as propriedades da impressora, onde você pode escolher a qualidade da impressão. Obs: se for imprimir tudo que estiver digitado, basta clicar na ferramenta imprimir. 68

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1. Oficina do Correio

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1. Oficina do Correio COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina do Correio Utilização Educativa da Internet Guião de iniciação ao Correio Electrónico Índice I INTRODUÇÃO AO CORREIO ELECTRÓNICO (E-MAIL)...2 O que é o correio

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

INTRODUÇÃO. Não é exagero afirmar que é o sistema operacional o programa mais importante do computador, sem ele seu equipamento não funciona.

INTRODUÇÃO. Não é exagero afirmar que é o sistema operacional o programa mais importante do computador, sem ele seu equipamento não funciona. INTRODUÇÃO O Microsoft Windows XP é um sistema operacional de interface gráfica multifunções, isso significa que podemos trabalhar com vários programas de forma simultânea. Por ex: poderíamos escutar um

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05.

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05. INFORMÁTICA 01. Na Internet, os dois protocolos envolvidos no envio e recebimento de e-mail são: a) SMTP e POP b) WWW e HTTP c) SMTP e WWW d) FTP e WWW e) POP e FTP 02. O componente do Windows que é necessário

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados.

Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados. Windows Menu Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados. Minimizar Fechar Maximizar/restaurar Uma janela é composta de vários elementos

Leia mais

Patrícia Noll de Mattos. Introdução à Informática

Patrícia Noll de Mattos. Introdução à Informática Patrícia Noll de Mattos Introdução à Informática 2010 2007 IESDE Brasil S.A. É proibida a reprodução, mesmo parcial, por qualquer processo, sem autorização por escrito dos autores e do detentor dos direitos

Leia mais

Microsoft Word INTRODUÇÃO

Microsoft Word INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO O Word é uma ferramenta utilizada para o processamento e editoração eletrônica de textos. O processamento de textos consiste na possibilidade de executar e criar efeitos sobre um texto qualquer,

Leia mais

Microsoft Word 97 Básico

Microsoft Word 97 Básico Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região Microsoft Word 97 Básico DIMI - Divisão de Microinformática e Redes Índice: I. Executando o Word... 4 II. A tela do Word 97... 6 III. Digitando

Leia mais

INTRODUÇÃO INICIANDO O WORD INSERIR TEXTO

INTRODUÇÃO INICIANDO O WORD INSERIR TEXTO SUMÁRIO 01 - INTRODUÇÃO 02 - INICIANDO O WORD 03 - INSERIR TEXTO 04 - SALVAR UM DOCUMENTO 05 - FECHAR UM DOCUMENTO 06 - INICIAR UM NOVO DOCUMENTO 07 - ABRIR UM DOCUMENTO 08 - SELECIONAR TEXTO 09 - RECORTAR,

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME Apresentação Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE POWER POINT 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha.

Leia mais

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet Princípios de Internet e Termos mais Utilizados Internet A Comunicação é a melhor palavra para descrever a Internet. São serviços e facilidades que, para algumas pessoas, é o lugar onde elas encontram

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica Apresentação Gráfica Microsoft Office Power Point 1 Sumário 1. MICROSOFT POWER POINT... 4 1.1. INICIANDO O MICROSOFT POWER POINT... 4 2. CONHECENDO A INTERFACE DO POWER POINT... 5 2.1. O DOCUMENTO DO POWER

Leia mais

APOSTILA WORD BÁSICO

APOSTILA WORD BÁSICO APOSTILA WORD BÁSICO Apresentação O WORD é um editor de textos, que pertence ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de textos, cartas, memorandos, documentos, mala

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Noções Básicas de Informática Componentes de hardware Monitor : permite visualizar informação na forma de imagem ou vídeo; todo o trabalho desenvolvido com o computador pode ser

Leia mais

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir Prof. Valdir Informática Informática Valdir Prof. Valdir Informática Informática PROVA DPF 2009 Julgue os itens subseqüentes, a respeito de Internet e intranet. Questão 36 36 - As intranets, por serem

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL BANCO DO BRASIL (Aplicação: 07/10/2001) CARGO: ESCRITURÁRIO 1 C 2 C ::::... QUESTÃO 33...:::: Outro modo de realizar a mesma operação com sucesso

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 1

Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 1 Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 1 1 1. WINDOWS... 3 1.1 - Como funciona o Windows?... 3 1.2 - Botão Iniciar... 3 1.3 - Comutando entre tarefas abertas... 4 1.4 - O que é uma Janela?...

Leia mais

O Microsoft Office é composto por diversos softwares, dentre eles o Word, o Excel, o Access e o Power Point.

O Microsoft Office é composto por diversos softwares, dentre eles o Word, o Excel, o Access e o Power Point. Editor de Texto Microsoft Word 1. Microsoft Office O Microsoft Office é composto por diversos softwares, dentre eles o Word, o Excel, o Access e o Power Point. O Word é um editor de texto com recursos

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS

INTRODUÇÃO AO WINDOWS INTRODUÇÃO AO WINDOWS Paulo José De Fazzio Júnior 1 Noções de Windows INICIANDO O WINDOWS...3 ÍCONES...4 BARRA DE TAREFAS...5 BOTÃO...5 ÁREA DE NOTIFICAÇÃO...5 BOTÃO INICIAR...6 INICIANDO PROGRAMAS...7

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

WINDOWS EXPLORER Pro r f. f. R o R be b rt r o t A n A d n r d a r de d

WINDOWS EXPLORER Pro r f. f. R o R be b rt r o t A n A d n r d a r de d WINDOWS EXPLORER Prof. Roberto Andrade Roteiro desta aula 1. OqueéoWindowsExplorer 2. Acionamento do Windows Explorer 3. Entendendo Unidades, Pastas e Arquivos 4. Ambiente gráfico(janela, Barras e Botões)

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 2

Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 2 Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 2 1 1. WINDOWS... 3 1.1 - Ajuda do Windows... 3 1.2 - Trabalhando com janelas... 4 1.3 - Adicionando um atalho na área de trabalho... 4 1.4 - Removendo

Leia mais

1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1.

1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1. 1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1. Partes da tela do Excel... Barra de fórmulas... Barra de status...

Leia mais

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint Serviço Técnico de Informática Curso Básico de PowerPoint Instrutor: Tiago Souza e Silva de Moura Maio/2005 O Microsoft PowerPoint No Microsoft PowerPoint, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo

Leia mais

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA.

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA. INFORMÁTICA Aula Gratuita (clique aqui e assista a aula) INTERNET (Navegadores) NAVEGADORES Para que possamos explorar todos os recursos que a Web nos oferece, precisamos de um programa chamado navegador.

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Introdução Aula 03: Pacote Microsoft Office 2007 O Pacote Microsoft Office é um conjunto de aplicativos composto, principalmente, pelos

Leia mais

Microsoft Power Point - Manual de Apoio

Microsoft Power Point - Manual de Apoio Microsoft Power Point - Manual de Apoio Pág. 1 de 26 Apresentação e introdução O ambiente de trabalho do Power Point. Abrir, guardar e iniciar apresentações. Obter ajuda enquanto trabalha. Principais barras

Leia mais

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR Com base no Windows XP, na figura ao lado, julgue os itens que se seguem: 01- É possível afirmar que ao se clicar em O que mais devo saber sobre

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

Apostila Curso Inclusão Digital na Terceira Idade Módulo Avançado Unicruz 2015/1. João David G. Prevedello

Apostila Curso Inclusão Digital na Terceira Idade Módulo Avançado Unicruz 2015/1. João David G. Prevedello Apostila Curso Inclusão Digital na Terceira Idade Módulo Avançado Unicruz 2015/1 João David G. Prevedello Básico Teclado e Mouse Um teclado tem mais de 100 teclas, existem de várias cores, formatos, cabos,

Leia mais

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico).

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). CLIENTE DE EMAIL - OUTLOOK (Microsoft Office). - Outlook Express (Windows). - Mozilla Thunderbird (Soft Livre). - Eudora. - IncredMail.

Leia mais

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho.

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho. Conceitos básicos e modos de utilização das ferramentas, aplicativos e procedimentos do Sistema Operacional Windows XP; Classificação de softwares; Principais operações no Windows Explorer: criação e organização

Leia mais

Informática. Rodrigo Schaeffer

Informática. Rodrigo Schaeffer Informática Rodrigo Schaeffer PREFEITURA DE PORTO ALEGRE- INFORMÁTICA Conceitos básicos de Word 2007; formatar, salvar e visualizar arquivos e documentos; alinhar, configurar página e abrir arquivos; copiar,

Leia mais

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional Windows Prof. Leandro Tonietto Cursos de Informática Unisinos Março-2008 O que é Sistema operacional? O que é Windows? Interface gráfica: Comunicação entre usuário e computador de forma mais eficiente

Leia mais

PLANO DE AULA. IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos de entrada e saída.

PLANO DE AULA. IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos de entrada e saída. 1 AULA 01. CURSO: INFORMÁTICA BÁSICA - MATUTINO Sensibilização e contextualização do programa IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

BrOffice.org - Impress

BrOffice.org - Impress BrOffice.org Impress 1 BrOffice.org - Impress Programa de apresentação, utilizado para criação e manipulação de slides. Os slides criados para uma eletrônica podem conter texto, gráficos, objetos, formas,

Leia mais

MICROSOFT PowerPoint 2000 SUMÁRIO

MICROSOFT PowerPoint 2000 SUMÁRIO MICROSOFT PowerPoint 2000 SUMÁRIO 01 - INTRODUÇÃO 02 - INICIANDO O PowerPoint 2000 03 - ASSISTENTE DE AUTOCONTEÚDO 04 - MODELO DE ESTRUTURA 05 - INICIAR COM UM MODELO DE ESTRUTURA 06 - ESCOLHER UM AUTOLAYOUT

Leia mais

Aprendendo MICROSOFT WORD CLIQUE PARA ENTRAR

Aprendendo MICROSOFT WORD CLIQUE PARA ENTRAR Aprendendo MICROSOFT WORD CLIQUE PARA ENTRAR Microsoft Word 2 MICROSOFT WORD INICIANDO O WORD COMANDOS BÁSICOS CONFIGURANDO PÁGINAS COMANDOS AVANÇADOS CRIANDO TABELAS TABELA RECORTAR, COPIAR E COLAR PARA

Leia mais

Prova dos Correios - Comentada

Prova dos Correios - Comentada Unidade Zona Sul - (84) 3234-9923 Unidade Zona Norte (84) 3214-4595 www.premiumconcursos.com 1 Texto para as questões de 1 a 3 A figura abaixo ilustra uma janela do Microsoft Office Excel 2007 com uma

Leia mais

Apostila Microsoft Word 2000

Apostila Microsoft Word 2000 Apostila Microsoft Word 2000 SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO II. INSERIR TEXTO III. SALVAR UM DOCUMENTO IV. FECHAR UM DOCUMENTO V. INICIAR UM NOVO DOCUMENTO VI. ABRIR UM DOCUMENTO VII. SELECIONAR TEXTO VIII. RECORTAR,

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS ESTADO DO PARANÁ NOVEMBRO / 2007 APRESENTAÇÃO Este material foi solicitado pela Secretaria Municipal da Administração SEMAD, e elaborado com o intuito de capacitar os servidores desta prefeitura, de todos os cargos e lotações,

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC SUMÁRIO 1 - Tela de Login...03 2 - Caixa de Entrada...04 3 - Escrever Mensagem...06 4 - Preferências...07 4.1 - Configurações Gerais...07 4.2 - Trocar Senha...07 4.3

Leia mais

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 02 Software e Operações Básicas Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Revisando Como um computador funciona: Entrada (Dados) Processamento (Análise dos Dados)

Leia mais

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva Conceitos Fundamentais de Microsoft Word Professor Rafael www.facebook.com/rafampsilva Introdução É um editor de texto ou processador de texto? editores de texto: editam texto (assim como uma máquina de

Leia mais

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento.

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento. Conceitos básicos b sobre Hardware O primeiro componente de um sistema de computação é o HARDWARE(Ferragem), que corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema; é o computador propriamente

Leia mais

Operador de Computador (Mulheres Mil) Informática I (12h)

Operador de Computador (Mulheres Mil) Informática I (12h) Operador de Computador (Mulheres Mil) Informática I (12h) Noções de Informática Conceitos: Informática Ciência que estuda o tratamento racional e automático de informação armazenamento, análise, organização

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET

NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES URI CAMPUS SANTO ÂNGELO NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET Disciplina: Informática Instrumental Profa: M. Sc. Regiane Klidzio CONTEÚDO Março, 2010

Leia mais

Introdução à Informática Professor: Juliano Dornelles

Introdução à Informática Professor: Juliano Dornelles Pra que serve o computador? O computador é uma extensão dos sentidos humanos. Pode ser utilizado no trabalho, nos estudos e no entretenimento. Com finalidades de interação, comunicação, construção de conteúdo,

Leia mais

Resumão Writer ( Broffice.org)

Resumão Writer ( Broffice.org) Resumão Writer ( Broffice.org) Resumo BrOffice.org Cespe O Broffice.org é um pacote de programas para escritório, do mesmo nível do pacote Microsoft Office. Os dois pacotes trazem programas parecidos e

Leia mais

Processamento Eletrônico de Documentos / NT Editora. -- Brasília: 2013. 128p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm.

Processamento Eletrônico de Documentos / NT Editora. -- Brasília: 2013. 128p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm. Autor Ismael Souza Araujo Pós-graduado em Gerência de Projetos PMBOK UNICESP, Graduado em Tecnologia em Segurança da Informação UNICESP. Professor de concurso da área de informática e consultor em EAD.

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

INE 5223. Sistemas Operacionais. Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos. Windows (cont.)

INE 5223. Sistemas Operacionais. Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos. Windows (cont.) INE 5223 Sistemas Operacionais Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows (cont.) Baseado no material do IFRN e de André Wüst Zibetti WINDOWS 7 Tópicos Windows 7 Área de

Leia mais

Vamos identificar dois deles:

Vamos identificar dois deles: Vamos identificar dois deles: Computador, que máquina é essa? Vamos usá-la? Vamos conhecer mais de perto o computador. É uma máquina capaz de variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

1. EXCEL 7 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.2. CARREGAMENTO DO EXCEL 7

1. EXCEL 7 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.2. CARREGAMENTO DO EXCEL 7 1. EXCEL 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS As planilhas eletrônicas ficarão na história da computação como um dos maiores propulsores da microinformática. Elas são, por si sós, praticamente a causa da explosão

Leia mais

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado.

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado. 1 Área de trabalho O Windows XP é um software da Microsoft (programa principal que faz o Computador funcionar), classificado como Sistema Operacional. Abra o Bloco de Notas para digitar e participar da

Leia mais

O TECLADO DO COMPUTADOR EM DETALHES

O TECLADO DO COMPUTADOR EM DETALHES O TECLADO DO COMPUTADOR EM DETALHES Por José Luís de F. Farias O TECLADO Em todos os países os teclados são diferentes quanto ao LAYOUT. Esse termo em inglês define a aparência, a disposição e organização

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS ESTADO DO PARANÁ NOVEMBRO / 2007 17 APRESENTAÇÃO Este material foi solicitado pela Secretaria Municipal da Administração SEMAD, e elaborado com o intuito de capacitar os servidores desta prefeitura, de todos os cargos

Leia mais

3º MÓDULO: MICROSOFT WORD

3º MÓDULO: MICROSOFT WORD CURSO DE SUMÁRIO MICROSOFT WORD... 3 INICIANDO O WORD... 3 COMANDOS BÁSICOS... 4 CONFIGURANDO PÁGINAS... 7 COMANDOS AVANÇADOS... 8 TABELA... 9 CRIANDO TABELAS... 9 RECORTAR, COPIAR E COLAR... 9 PARA IMPRIMIR

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 Acessando endereços simultaneamente Parte 2 Um recurso interessante e extremamente útil é o de abrir várias janelas ao mesmo tempo. Em cada janela você poderá acessar um endereço diferente na

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

Aspectos Avançados. Conteúdo

Aspectos Avançados. Conteúdo Aspectos Avançados Conteúdo Vendo o que existe em seu computador Ambiente de Rede Lixeira Organizando arquivos e pastas Usando o Windows de maneira eficaz Trabalhando com documentos 34 Vendo o que existe

Leia mais

POWER POINT 2003 CARREGANDO O POWER POINT

POWER POINT 2003 CARREGANDO O POWER POINT ÍNDICE POWER POINT 2003...2 CARREGANDO O POWER POINT...2 JANELA PRINCIPAL...3 PARTES DA JANELA...3 MENUS DO POWER POINT...4 BARRAS DE FERRAMENTAS...6 BARRA DE FERRAMENTA PADRÃO...6 BARRA DE FERRAMENTA

Leia mais

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD)

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD) ******* O que são computadores? São máquinas que executam tarefas ou cálculos de acordo com um conjunto de instruções (os chamados programas). Possui uma linguagem especifica chamada Linguagem de programação

Leia mais

Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?...

Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?... 1 Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?... 6 Usando os programas... 7 Partes da janela:... 7 Fechando as janelas...

Leia mais

Power Point. Autor: Paula Pedone

Power Point. Autor: Paula Pedone Power Point Autor: Paula Pedone INTRODUÇÃO O POWER POINT é um editor de apresentações, pertencente ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de apresentações através da

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Treinamento Outlook Express

Treinamento Outlook Express Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS Treinamento Outlook Express Série A. Normas e Manuais Técnicos Brasília DF 2003 1 2003. Ministério da Saúde. É permitida a reprodução

Leia mais

Apostila retirada do site Apostilando.com

Apostila retirada do site Apostilando.com Introdução... 2 Area de trabalho... 3 Ícones... 3 Barra de tarefas... 3 O Botão Iniciar... 4 Todos os programas... 5 Logon e Logoff... 6 Desligando o Windows XP... 6 Acessórios do Windows... 7 Janelas...

Leia mais

IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações

IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações O que é uma Apresentação? É um arquivo em que são exibidos textos, gráficos, imagens, sons e animações,

Leia mais

Diveo Exchange OWA 2007

Diveo Exchange OWA 2007 Diveo Exchange OWA 2007 Manual do Usuário v.1.0 Autor: Cícero Renato G. Souza Revisão: Antonio Carlos de Jesus Sistemas & IT Introdução... 4 Introdução ao Outlook Web Access 2007... 4 Quais são as funcionalidades

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E CARGA HORÁRIA DE CADA MÓDULO

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E CARGA HORÁRIA DE CADA MÓDULO Ministério da Educação SETEC Instituto Federal do Rio de Janeiro Campus Rio de Janeiro CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E CARGA HORÁRIA DE CADA MÓDULO 1. MÓDULO DE INICIAÇÃO 20 HORAS/AULA: através do qual o servidor

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS CURSO DE NIVELAMENTO. Informática Básica

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS CURSO DE NIVELAMENTO. Informática Básica Informática Básica 1. Word 2010 Em geral é no Word que digitamos nossos textos. A Figura 1 mostra os componentes básicos da janela do Word 2010, precisamos conhecê-los para que possamos usá-los com maior

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES CÓDIGO:

PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES CÓDIGO: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA CURSOS TÉCNICOS

Leia mais

Informática para Banca IADES. Hardware e Software

Informática para Banca IADES. Hardware e Software Informática para Banca IADES Conceitos Básicos e Modos de Utilização de Tecnologias, Ferramentas, Aplicativos e Procedimentos Associados ao Uso de Informática no Ambiente de Escritório. 1 Computador É

Leia mais

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica Em certa época, a planilha era um pedaço de papel que os contadores e planejadores de empresas utilizavam para colocar

Leia mais

Usando o Outlook MP Geral

Usando o Outlook MP Geral Usando o Outlook MP Geral Este guia descreve o uso do Outlook MP. Este guia é baseado no uso do Outlook MP em um PC executando o Windows 7. O Outlook MP pode ser usado em qualquer tipo de computador e

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA SISTEMA OPERACIONAL DA EMPRESA MICROSOFT Interface gráfica WIMP GUI Windows, Icons, Menus, Pointer, Graphical User

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA TREINAMENTO EM INFORMÁTICA MÓDULO V

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA TREINAMENTO EM INFORMÁTICA MÓDULO V UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA TREINAMENTO EM INFORMÁTICA MÓDULO V MACAPÁ-AP 2013 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE

Leia mais

Aula 04 Word. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 04 Word. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 04 Word Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Editor de Texto - Word Microsoft Office Conjunto de aplicativos para escritório que contém programas

Leia mais

3) Na terminologia de domínios de um endereço para internet, COM significa: ( ) Comércio Eletrônico ( ) Arquivo executável ( ) Organização comercial

3) Na terminologia de domínios de um endereço para internet, COM significa: ( ) Comércio Eletrônico ( ) Arquivo executável ( ) Organização comercial Exercícios de Avaliação Internet Assinale a alternativa correta para as questões abaixo. 1) O serviço de procura ajuda-nos a encontrar documentos na World Wide Web. Dizemos ao serviço de pesquisa o que

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

Informática. Informática. Valdir

Informática. Informática. Valdir Informática Informática Valdir Questão 21 A opção de alterar as configurações e aparência do Windows, inclusive a cor da área de trabalho e das janelas, instalação e configuração de hardware, software

Leia mais