INTRODUÇÃO AO EMC XTREMSF

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INTRODUÇÃO AO EMC XTREMSF"

Transcrição

1 White paper INTRODUÇÃO AO EMC XTREMSF O XtremSF é um produto de hardware PCIe flash baseado em servidor O XtremSF pode ser usado como armazenamento local ou como um dispositivo de armazenamento em cache com o EMC XtremSW Cache Resumo Este white paper fornece uma introdução ao EMC XtremSF. Ele descreve o hardware PCIe flash e apresenta detalhes sobre implementação, uso, desempenho e benefícios. Maio de 2013

2 Copyright 2013 EMC Corporation. Todos os direitos reservados. A EMC assegura que as informações apresentadas neste documento estão corretas. As informações estão sujeitas a alterações sem prévio aviso. As informações nesta publicação são fornecidas "no estado em que se encontram". A EMC Corporation não garante nenhum tipo de informação contida nesta publicação, assim como se isenta das garantias para a comercialização de um produto para um propósito específico. O uso, a cópia e a distribuição de qualquer software da EMC descrito nesta publicação exigem uma licença de software. Para obter uma lista mais atualizada de produtos da EMC, consulte EMC Corporation Trademarks no site emc2.com.br. H

3 Índice Resumo executivo... 4 Introdução... 5 Público-alvo... 5 Terminologia... 5 Casos de uso da tecnologia flash... 6 Vantagens do XtremSF... 6 Arquitetura de célula flash... 7 Conceitos de design do XtremSF Benefícios para os negócios Detalhes da implementação XtremSF como DAS Proteção de dados com DAS XtremSF com XtremSW Cache XtremSF com XtremSW Cache em modo split-card Considerações sobre o desempenho Características da carga de trabalho Throughput versus latência XtremSW Cache em modo split-card Outros gargalos no ambiente Diretrizes de uso e características Especificações Restrições Casos de uso e desempenho do aplicativo Resultados do teste Conclusão Referências

4 Resumo executivo Desde que a EMC realizou a primeira implementação da tecnologia flash em módulos de disco (conhecidos como SSDs) em arrays corporativos, o objetivo da EMC tem sido expandir o uso dessa tecnologia para todo o ambiente de armazenamento. Graças aos custos cada vez mais baixos da tecnologia flash e aos requisitos de alto desempenho de aplicativos, o flash baseado em servidor se tornou uma parte integrante dessa expansão. O EMC XtremSF é um produto de hardware PCIe flash baseado em servidor que reduz a latência e aumenta o throughput para melhorar drasticamente o desempenho dos aplicativos. O XtremSF pode ser usado como um dispositivo de DAS (Direct-Attached Storage, armazenamento com conexão direta) ou como um dispositivo de armazenamento em cache em conjunto com o software de flash cache para servidor EMC XtremSW Cache. Quando usados como um DAS, os conjuntos de dados são armazenados localmente para fornecer leituras e gravações aceleradas. Quando usado com o XtremSW Cache, o algoritmo inteligente de armazenamento em cache acelera as leituras, enquanto todas as gravações permanecem no armazenamento em rede para proporcionar alta disponibilidade, integridade e recuperação de desastres. Este white paper terá como foco principal os casos de uso de DAS do XtremSF. Para obter mais detalhes sobre o caso de uso de armazenamento em cache, consulte o white paper Introduction to EMC XtremSW Cache (Introdução ao EMC XtremSW Cache) disponível no site brazil.emc.com. Implementado como um DAS ou como um nível de armazenamento em cache com o software XtremSW Cache, o XtremSF é uma excelente solução para aplicativos com requisitos de baixa latência e alto I/O. O XtremSF é ideal para cargas de trabalho altamente transacionais e/ou de alto desempenho normalmente associadas a aplicativos da Web 2.0, ambientes de VDI (Virtual Desktop Infrastructure, infraestrutura de desktop virtual), HPC (High-Performance Computing, computação de alto desempenho) e aplicativos de transações de alto desempenho. Entre os benefícios do XtremSF estão: Quando usado como um dispositivo de armazenamento local, o XtremSF fornece aceleração do desempenho para cargas de trabalho com atividade intensa tanto de leitura quanto de gravação. Com sua placa emlc HHHL (Half-Height, Half-Length) de 2,2 TB, o XtremSF fornece a maior capacidade do setor no menor modelo de PCIe. O XtremSF oferece a opção de flash emlc (Enterprise-Grade Multi-Level Cell) ou SLC (Single-Level Cell) para soluções de desempenho, capacidade e otimização do investimento. O XtremSF fornece altos níveis de simultaneidade para aplicativos que exigem que vários I/Os sejam processados em paralelo. Quando usado com o XtremSW Cache, o XtremSF permite desempenho acelerado com a proteção do storage array de back-end em rede. 4

5 Introdução Este white paper fornece uma introdução ao XtremSF. Os tópicos abordados neste white paper incluem implementação em ambientes físicos, considerações sobre o desempenho, práticas recomendadas, diretrizes de uso, características e alguns casos de uso de aplicativos específicos. Público-alvo Este white paper é direcionado a organizações que estão considerando o uso do XtremSF em seus ambientes de armazenamento. Ele presume que o leitor tenha noções básicas sobre a tecnologia flash e seus benefícios. Terminologia Conjunto de dados: volume de dados que estão sendo gerenciados por um aplicativo; por exemplo, o tamanho do banco de dados Conjunto de trabalho: quantidade de dados acessados ativamente no conjunto de dados Tamanho da fila: número de solicitações pendentes de I/O do aplicativo 5

6 Casos de uso da tecnologia flash Há diversas maneiras de usar a tecnologia flash em um ambiente dependendo do caso de uso, do aplicativo e das necessidades do cliente. A abordagem da arquitetura da EMC é usar a tecnologia certa, no local certo e no momento certo. O flash pode ser usado: Como armazenamento com conexão direta Como um cache em um servidor Como um cache em um array Como um nível de armazenamento em um array Em um array totalmente flash Além disso, há diferentes tipos de flash, com diferentes estruturas de custo, considerações de durabilidade e características de desempenho. Todos os tipos de flash têm um lugar apropriado nos vários casos de uso existentes. Entre os casos de uso de flash estão: Os aplicativos com requisitos de desempenho com ou sem requisitos de proteção que têm muita atividade de leitura e gravação podem ser apropriados para o PCle flash no servidor como DAS por exemplo, o XtremSF. Os aplicativos com requisitos de alto desempenho e proteção que têm muita atividade de leitura são perfeitos para o PCIe flash no servidor como um cache por exemplo, o XtremSF em conjunto com o XtremSW Cache. Os aplicativos com requisitos de desempenho e proteção que têm muita atividade de leitura e gravação podem ser apropriados para o flash no array como um cache por exemplo, o EMC FAST Cache em um sistema de armazenamento EMC VNX. Os aplicativos com cargas de trabalho mistas e com dados que variam entre ativos e inativos são perfeitos para flash como parte de uma estratégia de classificação por níveis por exemplo, o FAST VP (Fully Automated Storage Tiering for Virtual Pools, armazenamento com classificação totalmente automatizada por níveis para pools virtuais) em um sistema de armazenamento EMC VMAX. Os aplicativos que requerem um desempenho altamente consistente podem ser apropriados para um array totalmente flash por exemplo, o EMC XtremIO. Vantagens do XtremSF O uso do hardware XtremSF para aceleração de aplicativos apresenta diversas vantagens: O desempenho líder do setor do XtremSF reduz a latência e aumenta o throughput para melhorar drasticamente o desempenho de aplicativos com intensa atividade de leitura e gravação. 6

7 As vastas capacidades oferecidas no portfólio do XtremSF permitem que os usuários armazenem grandes conjuntos de dados ou vários conjuntos de trabalho em um dispositivo PCIe flash único. A variedade de opções de capacidade da linha do XtremSF fornece a flexibilidade de adicionar a quantidade exata de flash necessária para acelerar aplicativos de destino. A possibilidade de escolher entre NAND flash emlc e SLC oferece aos clientes a flexibilidade de optar pela memória flash que atenda a suas necessidades individuais. (Consulte a arquitetura de célula flash abaixo para obter descrições de emlc e SLC.) O XtremSF fornece recursos simples de instalação e gerenciamento para que a solução seja facilmente instalável pelo cliente. Arquitetura de célula flash Em geral, há duas tecnologias principais de célula flash baseada em NAND usadas em todos os flash drives: SLC (Single-Level Cell) MLC (Multi-Level Cell) Uma célula é a menor unidade de armazenamento em qualquer tecnologia flash e é usada para reter uma determinada quantidade de carga eletrônica. Essa capacidade é usada para armazenar informações binárias. As células NAND flash têm uma arquitetura muito compacta; o tamanho dessas células é quase metade do tamanho de uma célula NOR flash comparável. Essa característica, quando combinada com um processo de produção mais simples, permite que a célula NAND flash ofereça densidades mais altas com mais memória em determinado tamanho de pastilha semicondutora. Isso resulta em um custo mais baixo por gigabyte. Os dispositivos de armazenamento flash guardam as informações em um conjunto de células flash criadas a partir de transistores de porta flutuante. Os dispositivos de SLC armazenam somente um bit de informações em cada célula flash (binários), enquanto os dispositivos de MLC armazenam mais de um bit por célula flash optando entre vários níveis de carga elétrica que serão aplicados nas portas flutuantes dos transistores (consulte Figura 1). 7

8 Figura 1: comparação entre armazenamento de dados com células flash SLC e MLC 1 Como cada célula flash MLC tem mais bits de informações, um dispositivo de armazenamento MLC baseado em flash oferece maior densidade de armazenamento em comparação a uma versão SLC baseada em flash. No entanto, o flash MLC tem desempenho e durabilidade inferiores devido a suas vantagens e desvantagens inerentes da arquitetura. O uso do flash MLC se torna ainda mais complicado com a maior funcionalidade, que requer controladoras e algoritmos de gerenciamento de flash avançados. Atualmente, duas classes de flash MLC são produzidas: a classe de consumidor (cmlc), usada em produtos de armazenamento para consumidores como pen drives, e a classe corporativa (emlc), que apresenta maior qualidade e é usada nas versões para MLC do XtremSF. O flash SLC e o flash MLC oferecem recursos que atuam sobre dois tipos de aplicativos muito diferentes: os que requerem alto desempenho a um custo atrativo por bit (emlc) e os com orçamento menos limitado e que buscam obter ainda mais desempenho e durabilidade com o passar do tempo (SLC). Levando em consideração os variados tipos de perfis e requisitos de I/O dos aplicativos corporativos, o EMC XtremSF fornece aos clientes a flexibilidade de escolher entre as arquiteturas flash emlc e SLC. Tabela 1 compara as características do flash SLC e MLC (valores padrão). 1 Kaplan, Francois. "Flash Memory Moves From Niche To Mainstream". Chip Design Magazine. Abril/maio de

9 Características emlc SLC Bits por célula 2 1 Durabilidade (ciclos de eliminação/gravação) Aprox. 30K Aprox. 100K Página de leitura (média) 50 µs 35 µs Página de programa (média) µs 300 µs Eliminação em bloco (média) µs 700 µs Tabela 1: Comparação entre flash SLC e MLC Embora o flash SLC ofereça uma densidade mais baixa, ele também fornece um nível avançado de desempenho na forma de leituras e gravações mais rápidas. Como o flash SLC armazena apenas um bit por célula, a necessidade de correção de erros é reduzida. O SLC também permite uma durabilidade mais alta do ciclo de gravação/eliminação, tornando-o uma opção mais apropriada para uso em aplicativos que requerem maior durabilidade e viabilidade em ciclos de vida de vários anos dos produtos. Para obter mais detalhes sobre as diversas arquiteturas de célula flash, consulte a Nota técnica Considerations for Choosing SLC versus MLC Flash (Considerações para fazer a escolha entre flash SLC e MLC) encontrada no site de suporte da EMC (https://support.emc.com). 9

10 Conceitos de design do XtremSF Na última década, a tecnologia de processamento de servidor continuou avançando ao longo da curva da Lei de Moore. A cada 18 meses, a capacidade de processamento e memória tem duplicado, mas a tecnologia de drive de disco não. Drives em rotação continuam a girar na mesma proporção. Isso gera um gargalo no stack de I/O por meio do qual o servidor e o aplicativo têm capacidade de processar mais I/O do que os drives de disco podem oferecer. Isso é conhecido como intervalo de I/O, como apresentado na Figura 2. Figura 2: lacuna de I/O entre o processador e os subsistemas de armazenamento Os flash drives no sistema de armazenamento ajudaram a fechar essa lacuna, visto que o flash é uma tecnologia de silício não mecânica e, portanto, pode aproveitar a mesma curva da Lei de Moore. Figura 3 mostra uma comparação de diferentes tecnologias de armazenamento baseadas nas IOPS (I/Os Per Second, I/Os por segundo) por gigabyte (GB) de armazenamento que oferecem. 10

11 Figura 3: comparação de tecnologias de armazenamento Os drives mecânicos em rotação fornecem um valor econômico de dólar por gigabyte para conjuntos de dados estáticos, mas não fornecem o melhor desempenho. Incluir SSDs no array fornece um desempenho impressionantemente melhor. Incluir PCIe flash no servidor pode acelerar o desempenho ainda mais que nos SSDs. Além disso, incluir conjuntos de dados importantes no PCIe flash do servidor pode diminuir as latências associadas a discos locais, resultando em um aumento de mais de 40% de desempenho em aplicativos corporativos. O XtremSF garante o fácil acesso de dados armazenando-os a microssegundos de distância no barramento PCIe do servidor. Figura 4 mostra uma implementação do XtremSF em um ambiente típico de DAS. Figura 4: implementação típica do XtremSF 11

12 O XtremSF foi projetado para fornecer: Desempenho: reduz a latência e aumenta o throughput para melhorar drasticamente o desempenho dos aplicativos Capacidade: permite que os usuários instalem apenas a capacidade de PCIe flash necessária para seus requisitos específicos de aplicativo Flexibilidade: fornece opções de tecnologia flash emlc e SLC para atender a necessidades específicas de durabilidade e desempenho Benefícios para os negócios O XtremSF fornece os seguintes benefícios para os negócios: O XtremSF melhora o desempenho e reduz o tempo de resposta dos aplicativos. Para a maioria dos negócios, isso significa a capacidade de realizar transações mais rápidas e em maior número. o Por exemplo, uma empresa que utiliza um banco de dados OLTP Oracle ou SQL Server pode estar limitada quanto ao número de transações que pode processar devido ao número de IOPS que os drives locais podem fornecer. O XtremSF aumenta o throughput para permitir mais transações, gerando, assim, mais receita para a empresa. Quando usado com o XtremSW Cache, os clientes obtêm os seguintes benefícios adicionais: o Os ambientes típicos do cliente podem ter diversos aplicativos que acessam o mesmo sistema de armazenamento no back-end. Alguns desses aplicativos são mais importantes que outros. Os usuários querem obter o melhor desempenho para esses aplicativos, ao mesmo tempo que garantem que outros aplicativos não essenciais continuem recebendo um desempenho "bom o suficiente". o O XtremSF fornece flexibilidade, pois está instalado no servidor e não na rede de armazenamento. Com vários aplicativos acessando o mesmo armazenamento, o XtremSF melhora o desempenho de aplicativos no servidor onde está instalado, enquanto outros aplicativos em outros servidores continuam a obter um bom desempenho do sistema de armazenamento. Na verdade, eles podem obter uma pequena melhoria de desempenho porque parte da carga de trabalho do sistema de armazenamento de back-end é descarregada no XtremSF, e o sistema de armazenamento tem mais capacidade de processamento disponível para esses aplicativos. O XtremSF tem uma infraestrutura independente. Ele pode acelerar qualquer tipo de aplicativo que estiver sendo executado em uma ampla gama de sistemas operacionais. O modo split-card permite o uso de parte do flash para servidor para o cache (com o EMC XtremSW Cache) e a outra como DAS. 12

13 Detalhes da implementação Esta seção do white paper fornece detalhes sobre como as operações de I/O são tratadas quando o XtremSF está instalado no servidor. Em uma implementação típica do XtremSF como DAS, os componentes a seguir precisam ser instalados no ambiente: Dispositivo físico do XtremSF Driver de dispositivo do XtremSF Para obter mais informações sobre a instalação desses componentes, consulte o Guia de instalação e administração EMC XtremSF. Se o XtremSF também for utilizado para armazenamento de dados em cache com um storage array de back-end, os elementos a seguir também precisarão ser instalados no ambiente: Software XtremSW Cache Para obter mais informações sobre a instalação desses componentes, consulte o Guia de instalação e administração do EMC XtremSW Cache. Figura 6 mostra uma forma simplificada da arquitetura de DAS do XtremSF. O servidor consiste em dois componentes: a camada do aplicativo e o dispositivo do XtremSF no servidor. O hardware XtremSF é inserido em 8 slots PCIe Gen2 no servidor e o driver é instalado no nível do sistema operacional. Uma vez instalada, a placa do XtremSF é configurada com um file system e particionada por meio do gerenciador de volumes lógicos do sistema operacional. Após, o aplicativo de destino é configurado para realizar leituras e gravações em um volume específico do XtremSF. Se necessário, toda a placa do XtremSF pode também ser configurada como um volume único. Nos exemplos a seguir, o XtremSF é configurado como DAS para armazenar dados localmente e como um cache quando combinado com o XtremSW Cache. Com base nos requisitos da solução, a configuração mais apropriada pode ser usada para obter o tão desejado aumento de desempenho. XtremSF como DAS Neste exemplo, a placa do XtremSF está sendo usada para armazenamento local de dados. Para um caso de uso de DAS, as placas PCIe baseadas em flash emlc são adequadas de uma perspectiva de requisito de desempenho e durabilidade. Figura 5 apresentada abaixo mostra os detalhes de um caso de uso como DAS. 1. O aplicativo grava os dados na placa do XtremSF. 2. Quando necessário, o aplicativo faz a leitura dos dados a partir do XtremSF. Esse caso de uso fornece ao aplicativo benefícios significativos de throughput e latência. 13

14 Figura 5: XtremSF para armazenamento de dados temporários Proteção de dados com DAS O XtremSF como DAS beneficia tanto dados temporários quanto dados essenciais aos negócios. No entanto, visto que o PCIe flash não fornece os benefícios de proteção de dados encontrados intrinsecamente em storage arrays de back-end, os dados essenciais aos negócios devem ser protegidos de outras maneiras. A melhor forma de fazer isso é utilizar recursos de proteção de dados no nível do sistema operacional ou do aplicativo. Algumas ferramentas nativas do sistema operacional, como os LVMs (Logical Volume Managers, gerenciadores de volumes lógicos), podem combinar vários dispositivos de armazenamento (como visto pelo SO) em grupos de RAID para fornecer desempenho (RAID 0) ou proteção (RAID 1) aos dados do aplicativo. Nos casos em que vários dispositivos do XtremSF estão instalados em um servidor único, os LVMs podem ser usados para criar grupos de RAID e opcionalmente fornecer desempenho e/ou proteção. Serviços de replicação no nível do aplicativo são proporcionados por diversos aplicativos corporativos e de banco de dados. Serviços como o Oracle Data Guard, o Oracle RAC (Real Application Clusters), o Oracle ASM (Automatic Storage Management) e o Microsoft SQL Servers AlwaysOn podem fornecer a alta disponibilidade e a proteção da replicação de dados necessárias. Esses são apenas alguns exemplos de como a proteção de dados pode ser aplicada ao XtremSF. Cada instalação terá uma solução específica que seja a mais apropriada para os aplicativos e os sistemas operacionais em uso. As ferramentas de replicação baseadas em host podem fornecer a funcionalidade da replicação para dados armazenados localmente. Por exemplo, existem ferramentas de software de replicação no nível de bloco que fornecem replicação contínua em tempo real de qualquer dado entre servidores em uma LAN ou WAN. Elas são normalmente implementadas como um driver de filtro do sistema operacional localizado no file system no stack de I/O. Algumas dessas ferramentas podem fornecer tanto replicação síncrona quanto assíncrona. 14

15 XtremSF com XtremSW Cache O hardware XtremSF pode ser usado em conjunto com o software XtremSW Cache para criar uma solução de armazenamento em cache para que haja um desempenho avançado de aplicativo enquanto os dados são protegidos em um storage array de back-end. Figura 6 mostra a configuração básica do XtremSW Cache quando instalado com o XtremSF. Figura 6: XtremSF com XtremSW Cache Nesta configuração, uma cópia dos dados "mais dinâmicos" do aplicativo é armazenada na placa PCIe local para acelerar a leitura, enquanto as gravações são mantidas no storage array. Para obter uma descrição detalhada de uma implementação do XtremSW Cache com o XtremSF, consulte o white paper Introduction to EMC XtremSW Cache (Introdução ao EMC XtremSW Cache). XtremSF com XtremSW Cache em modo split-card O software EMC XtremSW Cache tem um recurso exclusivo de split-card, que permite que os usuários usem uma parte do flash para servidor como um dispositivo de armazenamento em cache com o XtremSW Cache e o restante como DAS. Essa funcionalidade fornece a capacidade de combinar simultaneamente os dois casos de uso anteriormente descritos. Figura 7 mostra uma representação de uma placa do XtremSF sendo usada em modo split-card. 15

16 Figura 7: XtremSF em modo split-card Como acontece em um caso de uso exclusivamente de DAS, o conteúdo da porção de DAS não persiste para nenhum storage array Por isso, é recomendável que o usuário armazene dados temporários na porção de DAS ou utilize uma ferramenta de proteção de dados no nível do aplicativo ou do sistema operacional. 16

17 Considerações sobre o desempenho Como DAS, o XtremSF é uma solução sofisticada de armazenamento com memória flash, portanto, há certas considerações que devem ser analisadas ao avaliar o desempenho do XtremSF. Características da carga de trabalho O benefício final do desempenho que você pode esperar do XtremSF depende das características da carga de trabalho do aplicativo. A EMC recomenda que o XtremSF não seja usado como armazenamento local para aplicativos que não tenham um perfil apropriado de carga de trabalho. Por exemplo: Tamanho do conjunto de dados: você deve ter uma ideia do tamanho do conjunto de dados do aplicativo com relação à capacidade da placa do XtremSF. Todo o conjunto de dados deve ser colocado na placa do XtremSF para se beneficiar do desempenho máximo. Cargas de trabalho aleatórias ou sequenciais: um storage array da EMC é muito eficiente no processamento de cargas de trabalho sequenciais a partir de seus aplicativos. O storage array usa seu próprio cache e outros mecanismos, como "prefetch", para realizar isso. Entretanto, se houver qualquer aleatoriedade no padrão da carga de trabalho, o desempenho será menor devido aos tempos de busca envolvidos no acesso de dados em drives mecânicos. O cache do storage array também tem uso limitado nesse caso, porque diferentes aplicativos que usam o storage array competirão pelo mesmo recurso de cache do storage array. A tecnologia flash não tem nenhuma latência associada a tempos de busca para acessar os dados. Portanto, o XtremSF apresentará uma melhoria no desempenho máximo quando a carga de trabalho de aplicativos tiver um alto grau de aleatoriedade. Simultaneidade: os drives mecânicos no storage array têm apenas uma ou duas cabeças de leitura e gravação, o que significa que somente um número limitado de I/Os pode ser processado em qualquer point-in-time a partir de um disco. Desse modo, quando houver vários threads no aplicativo tentando acessar os dados no storage array, os tempos de resposta tendem a aumentar porque os I/Os precisam esperar na fila antes de serem processados. Entretanto, os dispositivos de armazenamento e de cache que usam a tecnologia flash normalmente têm vários canais internamente que podem processar múltiplos I/Os ao mesmo tempo. O XtremSF, portanto, apresentará uma diferença no desempenho máximo quando a carga de trabalho de aplicativos tiver um alto grau de simultaneidade. O aplicativo deve solicitar vários I/Os ao mesmo tempo. Tamanho de I/O: tamanhos grandes de I/O tendem a ser orientados pela largura de banda e a reduzir a lacuna de desempenho entre a tecnologia flash e as tecnologias que não são flash. Embora o XtremSF melhore o desempenho em uma ampla gama de tamanhos de I/O, os aplicativos com tamanhos menores de I/O (por exemplo, 4 KB ou 8 KB) terão o benefício do desempenho máximo. 17

18 Throughput versus latência Há alguns aplicativos que podem forçar o ambiente de armazenamento ao limite a fim de fornecer quantas IOPS forem possíveis. O uso do XtremSF nesses ambientes de aplicativos acarretará IOPS muito altas com tempos de resposta muito baixos. No entanto, também há aplicativos que não precisam ter IOPS muito altas, mas que requerem tempos de resposta muito baixos. Você pode ver o benefício de usar o XtremSF também nesses ambientes de aplicativos. Embora o aplicativo emita relativamente poucos I/Os, sempre que os I/Os forem emitidos, eles serão fornecidos com um tempo de resposta muito baixo. Por exemplo, um aplicativo da Web pode não ter muita atividade em geral, mas sempre que um usuário emitir uma solicitação, a resposta será muito rápida. XtremSW Cache em modo split-card Quando essa funcionalidade é usada, os mesmos recursos flash são compartilhados entre as porções de cache e de DAS. Portanto, o desempenho de cache pode ser menor em comparação a quando a placa PCIe é usada exclusivamente como um dispositivo de armazenamento em cache. Outros gargalos no ambiente Tornando os dados ainda mais acessíveis ao aplicativo, o XtremSF ajuda a melhorar o throughput e a reduzir latências. No entanto, qualquer aprimoramento drástico no throughput do aplicativo pode expor novos gargalos de desempenho e/ou anomalias subjacentes no stack de hardware ou software. 18

19 Diretrizes de uso e características Esta seção fornece algumas das diretrizes de uso e das características principais do XtremSF. O XtremSF é otimizado para trabalhar com cargas de trabalho com alto grau de simultaneidade, fornecendo maior desempenho com números maiores de thread. Esse design aproveita a capacidade da mídia flash de dar suporte a altas taxas de largura de banda. Acessando um número menor de chips flash para cada I/O, os gargalos no nível de chip que normalmente ocorrem com vários threads são evitados. Por essa razão, os aplicativos que podem utilizar vários threads obterão o melhor benefício de desempenho. O XtremSF corrigiu o mapeamento dos tamanhos das unidades que são otimizados para corresponder aos tamanhos maiores de I/O (4K ou 8K) que são normalmente associados aos tamanhos de I/O de aplicativos corporativos comuns. Na maioria dos modelos do XtremSF, o gerenciamento do flash é feito dentro da placa, liberando essas tarefas do servidor host. Isso reduz a utilização da CPU e a quantidade de DRAM necessárias no host. A integridade dos dados é uma das principais preocupações. É essencial garantir que os dados retornados em uma leitura espelhem o que foi gravado por último no dispositivo. Para fornecer integridade de dados no XtremSF, um checksum completo é utilizado para verificar se os dados lidos correspondem exatamente aos dados anteriormente gravados no bloco. Para proteger o flash de falhas, as placas do XtremSF usam um esquema de paridade de RAID, em que cada elemento no grupo de RAID é processado por um canal de flash diferente. No caso de ocorrer falha de um chip flash na placa PCIe, o XtremSF detectará automaticamente e reconstruirá rapidamente os dados afetados. A coleta de lixo e o wear leveling (balanceamento de desgaste) são executados com impacto pequeno no desempenho. Essas atividades são realizadas no nível do chip flash e aproveitam a capacidade de alta simultaneidade do XtremSF, reduzindo o impacto causado ao aplicativo. Quando usado com o XtremSW Cache como um dispositivo de armazenamento em cache, as gravações são sincronizadas com o array. As operações de gravação emitidas pelo aplicativo serão limitadas pela velocidade com a qual o array de back-end pode processar as gravações. Quando usado em modo split-card, isso afeta somente a porção de armazenamento em cache da placa; a porção de DAS não é afetada pelo desempenho do array. Quando o XtremSF é usado como um dispositivo de armazenamento, tanto as leituras quanto as gravações são aceleradas. Para proteger dados essenciais aos negócios armazenados na placa, devem ser usados recursos de proteção de dados em nível de aplicativo ou operacional. 19

20 Especificações Restrições O XtremSF é otimizado para cargas de trabalho de I/O de 4K e 8K, mas ele terá uma operação perfeita e fornecerá benefícios com aplicativos com outros tamanhos predominantes de I/O. O XtremSF precisa estar instalado em 8 slots PCIe Gen2 de um servidor montado em rack. Ele também pode ser instalado em 169 slots PCIe, mas apenas oito canais serão usados pelo XtremSF. Da mesma forma, se ele for instalado em um slot x4 PCle no servidor, o XtremSF terá desempenho abaixo do ideal. O XtremSF foi projetado para manter um requisito de energia de menos de 25 W pela especificação do PCIe 2.0. As placas do XtremSF estão disponíveis com as capacidades a seguir: o SLC (Single-Level Cell) 350 GB e 700 GB o MLC (emulti-level Cell) 550 GB, 700 GB, 1,4 TB e 2,2 TB Várias placas do XtremSF podem ser usadas por servidor. É possível criar um só volume de origem lógico em várias placas usando um LVM do sistema operacional. É possível criar vários volumes de origem em uma só placa usando um LVM do sistema operacional. O XtremSF está de acordo com a TAA (Trade Agreements Act, lei de acordos comerciais). Os requisitos principais a seguir são certificados como não aplicáveis ao XtremSF: o FIPS o Critérios comuns o Internet Protocol versão 6 O XtremSF fornece proteção de integridade de dados no nível de flash usando um esquema de paridade de RAID. No entanto, ele não fornece serviços de proteção de dados para dados essenciais aos negócios. Se a proteção de dados for necessária, ferramentas do XtremSW Cache ou de outros produtos de software devem ser usadas. Servidores blade requerem uma versão personalizada da placa e, portanto, não são compatíveis com o XtremSF. No entanto, os servidores que aceitam que uma placa PCIe de expansão seja conectada a seus chassis podem funcionar com placas do XtremSF. Para obter a lista mais atual de sistemas operacionais e servidores compatíveis, consulte o E-Lab Interoperability Navigator. 20

21 Casos de uso e desempenho do aplicativo O XtremSF é ideal para cargas de trabalho altamente transacionais e/ou de alto desempenho normalmente associadas a aplicativos da Web 2.0, ambientes de VDI (Virtual Desktop Infrastructure, infraestrutura de desktop virtual), HPC (High- Performance Computing, computação de alto desempenho) e aplicativos de transações de alto desempenho. Ele também pode ser usado para acelerar análise lógica, geração de relatórios, modelagem de dados, índices, dumps de banco de dados, processamento de lotes, tarefas de segundo plano e outras cargas de trabalho temporárias. Ao usar o XtremSF como DAS, o maior benefício será alcançado em aplicativos com intensa atividade de leitura e gravação com requisitos de baixa latência. Se o XtremSF for combinado ao XtremSW Cache para fornecer armazenamento em cache, os melhores resultados serão alcançados em aplicativos com intensa atividade de leitura e em aplicativos com um skew de dados altamente concentrado. Resultados do teste A EMC conduziu testes específicos de aplicativos com o XtremSF para determinar possíveis benefícios de desempenho quando esse produto é usado. A seguir, apresentamos um resumo dos benefícios do XtremSF quando usado com alguns aplicativos populares: SQL Server Com uma carga de trabalho tipo TPC-E em um ambiente de bancos de dados Microsoft SQL Server 2012 de 800 GB em um servidor Cisco UCS, o XtremSF forneceu 30 vezes mais IOPS que a mesma carga de trabalho em execução em vários discos locais. A Figura 8 mostra essa melhoria no desempenho. Figura 8: desempenho do XtremSF versus disco local com um banco de dados SQL Server 21

22 Oracle Com uma carga de trabalho OLTP tipo TPC-E em um ambiente físico Oracle 11g R2 de 1,2 TB, o XtremSF registrou um desempenho 40 vezes maior se comparado à mesma carga de trabalho em execução em vários discos locais. A Figura 9 mostra essa melhoria no desempenho. Figura 9: desempenho do XtremSF versus disco local para um Oracle Database Para obter mais informações sobre diretrizes específicas de aplicativos e sobre os resultados dos testes, consulte a lista de white papers fornecida na seção Referências. 22

O EMC XTREMCACHE ACELERA O ORACLE

O EMC XTREMCACHE ACELERA O ORACLE White paper O EMC XTREMCACHE ACELERA O ORACLE EMC XtremSF, EMC XtremCache, EMC VNX, EMC FAST Suite, Oracle Database 11g O XtremCache estende o flash ao servidor O FAST Suite automatiza a inserção do armazenamento

Leia mais

ARMAZENAMENTO E COMPUTAÇÃO

ARMAZENAMENTO E COMPUTAÇÃO EMC SCALEIO SAN de servidor convergente definida por software PRINCÍPIOS BÁSICOS Apenas software Arquitetura convergida de camada única Capacidade de expansão linear Desempenho e capacidade sob demanda

Leia mais

AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3

AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3 AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3 PRINCÍPIOS BÁSICOS DE MISSÃO CRÍTICA Avançado Armazenamento híbrido com níveis de serviço com desempenho otimizado por flash em escala para cargas de trabalho

Leia mais

TRANSFORME SUA INFRAESTRUTURA DE BANCO DE DADOS

TRANSFORME SUA INFRAESTRUTURA DE BANCO DE DADOS TRANSFORME SUA INFRAESTRUTURA DE BANCO DE DADOS Bancos de dados como Oracle e SQL Server demandam latência consistentemente baixa e um desempenho excepcional de I/O para responder instantaneamente a consultas/transações

Leia mais

EMC VSPEX COM EMC XTREMSF E EMC XTREMCACHE

EMC VSPEX COM EMC XTREMSF E EMC XTREMCACHE GUIA DE PROJETO EMC VSPEX COM EMC XTREMSF E EMC XTREMCACHE EMC VSPEX Resumo Este guia de projeto descreve como usar o EMC XtremSF e o EMC XtremCache em um ambiente virtualizado com EMC VSPEX Proven Infrastructure

Leia mais

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles FAMÍLIA EMC VPLEX Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles GARANTINDO DISPONIBILIDADE CONTÍNUA E MOBILIDADE DE DADOS PARA APLICATIVOS ESSENCIAIS A infraestrutura de armazenamento

Leia mais

EMC SYMMETRIX VMAX 10K

EMC SYMMETRIX VMAX 10K EMC SYMMETRIX VMAX 10K Avançado, confiável, inteligente e eficiente O MAIS ACESSÍVEL ARMAZENAMENTO TIER-1 O sistema de armazenamento EMC Symmetrix VMAX 10K é uma nova classe de armazenamento corporativo

Leia mais

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes.

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes. SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO Características Técnicas: 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Storage com capacidade mínima de 100 TB (cem Terabyte) líquido, sendo 80TB (oitenta Terabytes)

Leia mais

Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS)

Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS) Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS) Hoje é fundamental para as empresas poder contar com recursos de comunicação, mobilidade, flexibilidade

Leia mais

FAMÍLIA EMC RECOVERPOINT

FAMÍLIA EMC RECOVERPOINT FAMÍLIA EMC RECOVERPOINT Solução econômica para proteção de dados e recuperação de desastres local e remota FUNDAMENTOS Maximize a proteção de dados de aplicativos e a recuperação de desastres Proteja

Leia mais

ACELERANDO A TRANSFORMAÇÃO DA TI COM A SOLUÇÃO EMC DE ARMAZENAMENTO UNIFICADO E BACKUP DE ÚLTIMA GERAÇÃO

ACELERANDO A TRANSFORMAÇÃO DA TI COM A SOLUÇÃO EMC DE ARMAZENAMENTO UNIFICADO E BACKUP DE ÚLTIMA GERAÇÃO ACELERANDO A TRANSFORMAÇÃO DA TI COM A SOLUÇÃO EMC DE ARMAZENAMENTO UNIFICADO E BACKUP DE ÚLTIMA GERAÇÃO A virtualização, em particular, a VMware, transformou a maneira como as empresas encaram suas estratégias

Leia mais

Clique. Microsoft. Simples.

Clique. Microsoft. Simples. ARMAZENAMENTO UNIFICADO EMC PARA APLICATIVOS MICROSOFT VIRTUALIZADOS Clique. Microsoft. Simples. Microsoft SQL Server Os bancos de dados do Microsoft SQL Server alimentam os aplicativos essenciais de sua

Leia mais

Família Dell PowerVault MD. Armazenamento. modular. A família de storage Dell PowerVault MD

Família Dell PowerVault MD. Armazenamento. modular. A família de storage Dell PowerVault MD Família Dell PowerVault MD Armazenamento modular A família de storage Dell PowerVault MD Família Dell PowerVault MD A escolha acessível A família Dell PowerVault MD é uma escolha de armazenamento acessível

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Storage O subsistema de armazenamento de dados deverá ser do tipo bloco, disponibilizando nativamente componentes de hardware para armazenamento baseado em bloco, com

Leia mais

Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4

Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4 Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4 Relatório elaborado sob contrato com a EMC Corporation Introdução A EMC Corporation contratou a Demartek para realizar uma avaliação prática do novo

Leia mais

DÊ A SEUS DBAs ORACLE OS BACKUPS QUE ELES REALMENTE QUEREM

DÊ A SEUS DBAs ORACLE OS BACKUPS QUE ELES REALMENTE QUEREM Por que a série Data Domain DÊ A SEUS DBAs ORACLE OS BACKUPS QUE ELES REALMENTE QUEREM Por que você deve ler este artigo Acelerar os backups (os sistemas Data Domain são 3 vezes mais rápidos que o concorrente

Leia mais

R E S U M O E X E C U T I V O. Oferecido por: EMC. Laura DuBois Agosto de 2013

R E S U M O E X E C U T I V O. Oferecido por: EMC. Laura DuBois Agosto de 2013 Matriz global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.: +1 508-872-8200 Fax: +1 508-935-4015 www.idc.com B O L E T I M I N F O R M A T I V O R e v e l a n d o o p o d e r d o f l a s h c o m o V N

Leia mais

FAMÍLIA EMC VNX. Armazenamento unificado de última geração, otimizado para aplicativos virtualizados

FAMÍLIA EMC VNX. Armazenamento unificado de última geração, otimizado para aplicativos virtualizados FAMÍLIA EMC VNX Armazenamento unificado de última geração, otimizado para aplicativos virtualizados FUNDAMENTOS Armazenamento unificado multiprotocolo para arquivos, blocos e objetos Novas e potentes CPUs

Leia mais

ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3

ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3 ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3 Especificação dos Objetos a serem Contratados Contratação de empresa para fornecimento de Subsistemas de Discos Midrange (Storages), conforme requisitos mínimos

Leia mais

Veritas Storage Foundation da Symantec

Veritas Storage Foundation da Symantec Veritas Storage Foundation da Symantec Gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line O Veritas Storage Foundation oferece uma solução completa para o gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line.

Leia mais

IBM System Storage DCS3700

IBM System Storage DCS3700 DCS3700 Maximiza o desempenho, a escalabilidade e a densidade de armazenamento a um preço acessível Destaques Ganhar recursos de armazenamento denso altamente disponíveis e rápidos a um preço acessível

Leia mais

Symantec Backup Exec 2012

Symantec Backup Exec 2012 Melhor Backup para todos Data Sheet: Backup e recuperação após desastres Visão geral O é um produto integrado que protege ambientes físicos e virtuais, simplifica o backup e a recuperação após desastres

Leia mais

Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20

Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20 Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20 Relatório elaborado sob contrato com a EMC Corporation Introdução A EMC Corporation contratou a Demartek para realizar uma avaliação

Leia mais

EMC DATA DOMAIN OPERATING SYSTEM

EMC DATA DOMAIN OPERATING SYSTEM EMC DATA DOMAIN OPERATING SYSTEM Potencializando o armazenamento de proteção da EMC PRINCÍPIOS BÁSICOS Desduplicação dimensionável e de alta velocidade Desempenho de até 58,7 TB/h Reduz de 10 a 30 vezes

Leia mais

Servidor em rack PowerEdge R630. Especificações técnicas. Processador. Processadores Intel Xeon E5 2600 v3

Servidor em rack PowerEdge R630. Especificações técnicas. Processador. Processadores Intel Xeon E5 2600 v3 Servidor em rack PowerEdge R630 Especificações técnicas Processador Processadores Intel Xeon E5 2600 v3 Sistema operacional Microsoft Windows Server 2008 R2 SP1 (inclui Hyper-V ) Microsoft Windows Server

Leia mais

ARQUITETURA TRADICIONAL

ARQUITETURA TRADICIONAL INTRODUÇÃO Atualmente no universo corporativo, a necessidade constante de gestores de tomar decisões cruciais para os bons negócios das empresas, faz da informação seu bem mais precioso. Nos dias de hoje,

Leia mais

GUIA DE DESCRIÇÃO DO PRODUTO

GUIA DE DESCRIÇÃO DO PRODUTO GUIA DE DESCRIÇÃO DO PRODUTO EMC CLOUDARRAY INTRODUÇÃO Atualmente, os departamentos de TI enfrentam dois desafios de armazenamento de dados críticos: o crescimento exponencial dos dados e uma necessidade

Leia mais

Visão geral do produto EMC Data Domain

Visão geral do produto EMC Data Domain DATA SHEET Visão geral do produto EMC Data Domain com desduplicação para backup e recuperação de última geração Panorama dimensionável com desduplicação Desduplicação rápida e em linha Retenção ampliada

Leia mais

Desmistificando a desduplicação de dados para backup com o Dell DR4000

Desmistificando a desduplicação de dados para backup com o Dell DR4000 Desmistificando a desduplicação de dados para backup com o Dell DR4000 Este informe oficial técnico da Dell explica como a desduplicação de dados com o DR4000 pode ajudar a sua organização a economizar

Leia mais

INFRAESTRUTURA DA EMC PARA SISTEMAS DE BANCOS DE DADOS DE ALTO DESEMPENHO DA MICROSOFT

INFRAESTRUTURA DA EMC PARA SISTEMAS DE BANCOS DE DADOS DE ALTO DESEMPENHO DA MICROSOFT White paper INFRAESTRUTURA DA EMC PARA SISTEMAS DE BANCOS DE DADOS DE ALTO DESEMPENHO DA MICROSOFT EMC Symmetrix VMAX 40K, EMC XtremSF, EMC XtremCache, Gerenciamento simplificado de armazenamento com o

Leia mais

Documento técnico de negócios

Documento técnico de negócios Documento técnico de negócios Manual de proteção de dados para armazenamento totalmente em flash Principais considerações para o comprador de armazenamento com experiência em tecnologia Documento técnico

Leia mais

UNIFIED DATA PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO

UNIFIED DATA PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO UNIFIED DATA PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO arcserve UDP Impulsionadas pelo aumento no volume dos dados e os avanços da tecnologia como a virtualização, as arquiteturas atuais para proteção dos dados deixam

Leia mais

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Possuir capacidade instalada, livre para uso, de pelo menos 5.2 (cinco ponto dois) TB líquidos em discos SAS/FC de no máximo 600GB 15.000RPM utilizando RAID 5 (com no

Leia mais

Armazenamento empresarial all-flash: definindo a base da disponibilidade de aplicativos da 3ª plataforma

Armazenamento empresarial all-flash: definindo a base da disponibilidade de aplicativos da 3ª plataforma White paper Armazenamento empresarial all-flash: definindo a base da disponibilidade de aplicativos da 3ª plataforma Oferecido por: NetApp Eric Burgener Novembro de 2014 OPINIÃO DA IDC A computação empresarial

Leia mais

O que é RAID? Tipos de RAID:

O que é RAID? Tipos de RAID: O que é RAID? RAID é a sigla para Redundant Array of Independent Disks. É um conjunto de HD's que funcionam como se fosse um só, isso quer dizer que permite uma tolerância alta contra falhas, pois se um

Leia mais

W H I T E P A P E R A c e d a a o p o d e r d o f l a s h c o m o V N X d e ú l t i m a g e r a ç ã o a t i v a d o p o r M C x

W H I T E P A P E R A c e d a a o p o d e r d o f l a s h c o m o V N X d e ú l t i m a g e r a ç ã o a t i v a d o p o r M C x Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.: 508-872-8200 Fax: 508-935-4015 www.idc.com W H I T E P A P E R A c e d a a o p o d e r d o f l a s h c o m o V N X d e ú l t i m a g e r a ç ã

Leia mais

EMC VSPEX PRIVATE CLOUD

EMC VSPEX PRIVATE CLOUD Infraestrutura comprovada EMC VSPEX PRIVATE CLOUD Microsoft Windows Server 2012 R2 com Hyper-V para até 200 Máquinas Virtuais Habilitado pelo EMC VNXe3200 e pelo EMC Data Protection EMC VSPEX Resumo Este

Leia mais

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Sumário Introdução... 3 Windows Server 2008 R2 Hyper-V... 3 Live Migration... 3 Volumes compartilhados do Cluster... 3 Modo de Compatibilidade de Processador...

Leia mais

Por que a infraestrutura correta de informações é essencial para as implementações do SQL Server 2012

Por que a infraestrutura correta de informações é essencial para as implementações do SQL Server 2012 White Paper Por que a infraestrutura correta de informações é essencial para as implementações do SQL Server 2012 Como as ofertas da EMC podem se ajustar ao orçamento Mark Peters, analista sênior Março

Leia mais

EMC VMAX 10K BLOCK AND FILE

EMC VMAX 10K BLOCK AND FILE EMC VMAX 10K BLOCK AND FILE O EMC Symmetrix VMAX 10K File combina File e Block em uma verdadeira arquitetura scale-out multicontroladora nível 1 com consolidação, alta disponibilidade e eficiência para

Leia mais

Proteção de dados otimizada através de um console para sistemas físicos e virtuais, inclusive para o WMware e Hyper-V.

Proteção de dados otimizada através de um console para sistemas físicos e virtuais, inclusive para o WMware e Hyper-V. Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Small Business Server Edições Premium e Standard Proteção de dados e recuperação de sistemas completa para o Microsoft Windows Small Business Server Visão geral O

Leia mais

Symantec NetBackup 7.1 Clients and Agents Complete protection for your information-driven enterprise

Symantec NetBackup 7.1 Clients and Agents Complete protection for your information-driven enterprise Complete protection for your information-driven enterprise Visão geral O Symantec NetBackup oferece uma seleção simples e abrangente de clientes e agentes inovadores para otimizar a performance e a eficiência

Leia mais

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Phil Maynard UNIDADE DE SOLUÇÕES DE GERENCIAMENTO DE DADOS PARA O CLIENTE FEVEREIRO DE 2012 Introdução Em todos os lugares, o volume de

Leia mais

PERGUNTAS FREQÜENTES: Proteção de dados Perguntas freqüentes sobre o Backup Exec 2010

PERGUNTAS FREQÜENTES: Proteção de dados Perguntas freqüentes sobre o Backup Exec 2010 Que produtos estão incluídos nesta versão da família Symantec Backup Exec? O Symantec Backup Exec 2010 oferece backup e recuperação confiáveis para sua empresa em crescimento. Proteja mais dados facilmente

Leia mais

Symantec Backup Exec.cloud

Symantec Backup Exec.cloud Proteção automática, contínua e segura que faz o backup dos dados na nuvem ou usando uma abordagem híbrida, combinando backups na nuvem e no local. Data Sheet: Symantec.cloud Somente 2% das PMEs têm confiança

Leia mais

Admistração de Redes de Computadores (ARC)

Admistração de Redes de Computadores (ARC) Admistração de Redes de Computadores (ARC) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - Campus São José Prof. Glauco Cardozo glauco.cardozo@ifsc.edu.br RAID é a sigla para Redundant

Leia mais

Symantec NetBackup 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões

Symantec NetBackup 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões Symantec 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões O 7 permite a padronização das operações de backup e recuperação em ambientes físicos e virtuais com menos recursos e menos riscos, pois oferece

Leia mais

O que há de novo no VMware vcenter 5.0

O que há de novo no VMware vcenter 5.0 O que há de novo no VMware vcenter 5.0 Gerenciamento eficiente da virtualização DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA DE MARKETING V 1.0/ATUALIZADO EM ABRIL DE 2011 Índice Introdução... 3 vsphere Web Client.... 4 Recursos

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE VALOR:

PROPOSIÇÃO DE VALOR: Caro Cliente, Na economia atual, você não pode permitir ineficiências ou sobreprovisionamento de nenhum recurso - recursos inativos custam dinheiro, recursos mal utilizados custam oportunidades. Você precisa

Leia mais

EMC VSPEX PARA MICROSOFT SQL SERVER 2012 VIRTUALIZADO

EMC VSPEX PARA MICROSOFT SQL SERVER 2012 VIRTUALIZADO GUIA DE PROJETO EMC VSPEX PARA MICROSOFT SQL SERVER 2012 VIRTUALIZADO EMC VSPEX Resumo Este descreve como projetar recursos do Microsoft SQL Server virtualizado na EMC VSPEX Proven Infrastructure para

Leia mais

PRÁTICAS RECOMENDADAS E DIRETRIZES DE PROJETO PARA ARMAZENAMENTO EMC PARA O MICROSOFT SQL SERVER

PRÁTICAS RECOMENDADAS E DIRETRIZES DE PROJETO PARA ARMAZENAMENTO EMC PARA O MICROSOFT SQL SERVER White paper PRÁTICAS RECOMENDADAS E DIRETRIZES DE PROJETO PARA ARMAZENAMENTO PARA O MICROSOFT SQL SERVER Família VNX da, Sistemas Symmetrix VMAX e Produtos Xtrem Server Práticas recomendadas de projeto

Leia mais

Informe técnico: Virtualização de endpoints Symantec Endpoint Virtualization Suite Otimização dinâmica do espaço de trabalho

Informe técnico: Virtualização de endpoints Symantec Endpoint Virtualization Suite Otimização dinâmica do espaço de trabalho Informe técnico: Virtualização de endpoints Otimização dinâmica do espaço de trabalho Visão geral O é uma solução poderosa e flexível com foco na produtividade do usuário, independentemente dos equipamentos,

Leia mais

EMC UNIFIED INFRASTRUCTURE MANAGER

EMC UNIFIED INFRASTRUCTURE MANAGER EMC UNIFIED INFRASTRUCTURE MANAGER Facilite a transição para uma infraestrutura em nuvem privada ou híbrida nos Vblock Systems Crie um ambiente único e virtualizado Provisione como uma só infraestrutura

Leia mais

CA Server Automation. Visão geral. Benefícios. agility made possible

CA Server Automation. Visão geral. Benefícios. agility made possible FOLHA DE PRODUTOS: CA Server Automation agility made possible CA Server Automation O CA Server Automation é uma solução integrada de gerenciamento de data center que automatiza o provisionamento, a aplicação

Leia mais

Palestrante: Leandro Carvalho. Palestrante: Francisco Ferreira. Moderador: Thiago Cardoso

Palestrante: Leandro Carvalho. Palestrante: Francisco Ferreira. Moderador: Thiago Cardoso Palestrante: Leandro Carvalho MVP Virtual Machine http://msmvps.com/blogs/msvirtualization twitter.com/leandroeduardo Palestrante: Francisco Ferreira Especialista em Virtualização http://ferreirafco.wordpress.com/

Leia mais

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 7 Entrada/saída Os textos nestas caixas foram adicionados pelo Prof. Joubert slide 1 Problemas de entrada/saída Grande variedade

Leia mais

CA ARCserve Backup. Visão geral

CA ARCserve Backup. Visão geral INFORME DE PRODUTO: CA ARCSERVE BACKUP R12.5 CA ARCserve Backup CA ARCSERVE BACKUP, O PRODUTO DE ALTA PERFORMANCE, LÍDER DA INDÚSTRIA DE PROTEÇÃO DE DADOS, COMBINA TECNOLOGIA INOVADORA DE ELIMINAÇÃO DE

Leia mais

Servidor HP ProLiant ML150 de segunda geração Especificações técnicas

Servidor HP ProLiant ML150 de segunda geração Especificações técnicas Servidor HP ProLiant ML150 de segunda geração Especificações técnicas Soluções Smart de infra-estrutura da HP ajudam pequenas e médias empresas (PMEs) a reduzirem riscos e obterem melhores resultados de

Leia mais

Backup da EMC para SAP HANA pronto para datacenter. EMC Data Domain com DD Boost

Backup da EMC para SAP HANA pronto para datacenter. EMC Data Domain com DD Boost da EMC para SAP HANA pronto para datacenter EMC Data Domain com DD Boost 1 Informações corporativas big data Informações do parceiro Informações "públicas" Informações estruturadas em bancos de dados relacionais

Leia mais

NEVOA STORAGE SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved.

NEVOA STORAGE SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved. NEVOA STORAGE SYSTEM Com o Nevoa Storage System você garante não só o mais eficiente sistema de gerenciamento para seus dados, mas também a solução mais escalável do mercado, afinal, se sua empresa cresce,

Leia mais

Arquitetura da solução de implantação da série Dell KACE K2000

Arquitetura da solução de implantação da série Dell KACE K2000 Arquitetura da solução de implantação da série Dell KACE K2000 Como aproveitar a performance da solução para revolucionar a implantação de sistemas Introdução As organizações, independentemente do tamanho

Leia mais

EMC DATA DOMAIN DATA INVULNERABILITY ARCHITECTURE: APRIMORANDO A INTEGRIDADE E A CAPACIDADE DE RECUPERAÇÃO DOS DADOS

EMC DATA DOMAIN DATA INVULNERABILITY ARCHITECTURE: APRIMORANDO A INTEGRIDADE E A CAPACIDADE DE RECUPERAÇÃO DOS DADOS White paper EMC DATA DOMAIN DATA INVULNERABILITY ARCHITECTURE: APRIMORANDO A INTEGRIDADE E A CAPACIDADE DE RECUPERAÇÃO DOS DADOS Uma análise detalhada Resumo Um mecanismo único não é suficiente para garantir

Leia mais

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura maneiras

Leia mais

EMC SYMMETRIX VMAX 10K

EMC SYMMETRIX VMAX 10K EMC SYMMETRIX VMAX 10K O EMC Symmetrix VMAX 10K com o ambiente operacional Enginuity oferece uma arquitetura de scale-out de várias controladoras com consolidação e eficiência para a empresa. O VMAX 10K

Leia mais

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One.

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Neste tópico, responderemos à pergunta: O que é o Business One? Definiremos o SAP Business One e discutiremos as opções e as plataformas disponíveis para executar

Leia mais

DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD

DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD Simplificação da TI O Dell série MD pode simplificar a TI, otimizando sua arquitetura de armazenamento de dados e garantindo

Leia mais

Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition

Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition Visão geral O Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition destina-se a clientes que possuem sistemas total ou parcialmente virtualizados, ou seja, que moveram os servidores de arquivos, servidores de impressão,

Leia mais

utilização da rede através da eliminação de dados duplicados integrada e tecnologia de archiving.

utilização da rede através da eliminação de dados duplicados integrada e tecnologia de archiving. Business Server Backup e recuperação abrangentes criados para a pequena empresa em crescimento Visão geral O Symantec Backup Exec 2010 for Windows Small Business Server é a solução de proteção de dados

Leia mais

NEVOA BACKUP SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved.

NEVOA BACKUP SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved. NEVOA BACKUP SYSTEM Com o Nevoa Backup System você garante não só o mais eficiente sistema de backup para seus dados, mas também a solução mais escalável do mercado, afinal, se sua empresa cresce, seus

Leia mais

W H I T E P A P E R T h e P r o m i s e o f V i r t u a l S t o r a g e : T r a n s f o r m i n g I T i n t o a S e r v i c e

W H I T E P A P E R T h e P r o m i s e o f V i r t u a l S t o r a g e : T r a n s f o r m i n g I T i n t o a S e r v i c e Matriz global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.: +1 508-872-8200 Fax: +1 508-935-4015 www.idc.com W H I T E P A P E R T h e P r o m i s e o f V i r t u a l S t o r a g e : T r a n s f o r m

Leia mais

Virtualização de desktop da NComputing

Virtualização de desktop da NComputing Virtualização de desktop da NComputing Resumo Todos nos acostumamos ao modelo PC, que permite que cada usuário tenha a sua própria CPU, disco rígido e memória para executar seus aplicativos. Mas os computadores

Leia mais

Série FAS6200 da NetApp

Série FAS6200 da NetApp Sistemas Série FAS6200 da NetApp A flexibilidade atende a desempenho, escalabilidade e disponibilidade para satisfazer às necessidades mais exigentes de carga de trabalho de aplicativos e de virtualização

Leia mais

Informe técnico: Proteção de dados Clientes e agentes do Veritas NetBackup 6.5 Plataforma do Veritas NetBackup - Proteção de dados de próxima geração

Informe técnico: Proteção de dados Clientes e agentes do Veritas NetBackup 6.5 Plataforma do Veritas NetBackup - Proteção de dados de próxima geração Plataforma do Veritas NetBackup - Proteção de dados de próxima geração Visão geral O Veritas NetBackup oferece um conjunto simples porém abrangente de clientes e agentes inovadores para otimizar o desempenho

Leia mais

Symmetrix VMAX: Nova arquitetura de storage high-end para data centers virtualizados

Symmetrix VMAX: Nova arquitetura de storage high-end para data centers virtualizados Symmetrix VMAX: Nova arquitetura de storage high-end para data centers virtualizados Gerson Freire Consultor Técnico EMC 1 Precoupações do CIO no momento atual da economia 1 Reduce Physical Infrastructure

Leia mais

Revista Eletrônica da FANESE ISSN 2317-3769

Revista Eletrônica da FANESE ISSN 2317-3769 REPLICAÇÃO E ALTA DISPONIBILIDADE NO SQL SERVER 2012 Renata Azevedo Santos Carvalho 1 RESUMO Neste artigo serão relatadas as novidades que o SQL Server 2012 vem trazendo nesta sua nova versão no que se

Leia mais

Setores Trilhas. Espaço entre setores Espaço entre trilhas

Setores Trilhas. Espaço entre setores Espaço entre trilhas Memória Externa Disco Magnético O disco magnético é constituído de um prato circular de metal ou plástico, coberto com um material que poder magnetizado. Os dados são gravados e posteriormente lidos do

Leia mais

Soluções e servidores PowerEdge para aplicativos empresariais

Soluções e servidores PowerEdge para aplicativos empresariais Soluções e servidores PowerEdge para aplicativos empresariais Soluções e servidores PowerEdge para aplicativos empresariais Na Dell, ouvimos sua opinião diariamente, e foi assim que descobrimos que suas

Leia mais

Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização

Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização Virtualização Microsoft: Da Estação de Trabalho ao Data Center Estudo de Caso de Solução de Cliente Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização Visão Geral

Leia mais

Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve

Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES Prezado(a) Senhor(a), Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. Com relação ao item: 8.1.9. Os 2 (dois)

Leia mais

SolarWinds Virtualization Manager

SolarWinds Virtualization Manager SolarWinds Virtualization Manager Gerenciamento potente e unificado da virtualização que não ultrapassa seu orçamento! A SolarWinds aprimorou a forma pela qual profissionais de TI de todo o mundo gerenciam

Leia mais

Detecção e investigação de ameaças avançadas. VISÃO GERAL

Detecção e investigação de ameaças avançadas. VISÃO GERAL Detecção e investigação de ameaças avançadas. VISÃO GERAL DESTAQUES Introdução ao RSA Security Analytics, que oferece: Monitoramento da segurança Investigação de incidente Geração de relatórios de conformidade

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Sistemas de Entrada/Saída Princípios de Hardware Sistema de Entrada/Saída Visão Geral Princípios de Hardware Dispositivos de E/S Estrutura Típica do Barramento de um PC Interrupções

Leia mais

Um cluster de servidores de email pode ser usado para servir os emails de uma empresa.

Um cluster de servidores de email pode ser usado para servir os emails de uma empresa. CLUSTERS Pode-se pegar uma certa quantidade de servidores e juntá-los para formar um cluster. O serviço então é distribuído entre esses servidores como se eles fossem uma máquina só. Um cluster de servidores

Leia mais

Série de Appliances Symantec NetBackup 5000

Série de Appliances Symantec NetBackup 5000 Uma solução rápida, completa e global de desduplicação para empresas. Data Sheet: Proteção de Dados Visão geral A série de appliances Symantec NetBackup 000 oferece à sua empresa uma solução de eliminação

Leia mais

PROTEÇÃO DE MÁQUINA VIRTUAL VMWARE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

PROTEÇÃO DE MÁQUINA VIRTUAL VMWARE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC PROTEÇÃO DE MÁQUINA VIRTUAL VMWARE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC O PowerVault DL2000 baseado na tecnologia da Symantec Backup Exec oferece a única solução de backup em disco totalmente

Leia mais

Seja dentro da empresa ou na nuvem

Seja dentro da empresa ou na nuvem Arquitetura de próxima geração para recuperação garantida Seja dentro da empresa ou na nuvem PROVEDORES DE SERVIÇOS GERENCIADOS RESUMO DA SOLUÇÃO A plataforma de serviços Assured Recovery O mundo da proteção

Leia mais

Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009

Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009 Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009 Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes

Leia mais

Backup e recuperação EMC Avamar para ambientes VMware

Backup e recuperação EMC Avamar para ambientes VMware Backup e recuperação EMC Avamar para ambientes VMware Resumo Este white paper descreve componentes das soluções VMware vsphere e VMware View e discute as opções de proteção desses ambientes usando o EMC

Leia mais

UNIFIED. A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA. em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION

UNIFIED. A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA. em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION UNIFIED A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO UNIFIED DATA PROTECTION Incentivadas pelo crescimento

Leia mais

Av. Nsa. Sra. de Copacabana, 583 Gr. 604 - Copacabana - Rio de Janeiro / RJ - 22050-002 Tel. / Fax: (021) 2255-3549 / 2236-2721 - E - MAIL:

Av. Nsa. Sra. de Copacabana, 583 Gr. 604 - Copacabana - Rio de Janeiro / RJ - 22050-002 Tel. / Fax: (021) 2255-3549 / 2236-2721 - E - MAIL: Perguntas Mais Freqüentes sobre Double-Take 1. Quais os sistemas operacionais suportados pelo Double-Take? O Double-Take suporta o sistema operacional Microsoft Windows nas seguintes versões: Licença DoubleTake

Leia mais

Auditoria e Segurança de Sistemas Aula 03 Segurança off- line. Felipe S. L. G. Duarte Felipelageduarte+fatece@gmail.com

Auditoria e Segurança de Sistemas Aula 03 Segurança off- line. Felipe S. L. G. Duarte Felipelageduarte+fatece@gmail.com Auditoria e Segurança de Sistemas Aula 03 Segurança off- line Felipe S. L. G. Duarte Felipelageduarte+fatece@gmail.com Cenário off- line (bolha) 2 Roubo de Informação Roubo de Informação - Acesso físico

Leia mais

HP StorageWorks P2000 G3 Modular Smart Array

HP StorageWorks P2000 G3 Modular Smart Array HP StorageWorks P2000 G3 Modular Smart Array Crescimento do Armazenamento Empresas de pequeno e médio porte estão enfrentando diversos problemas relacionados a armazenamento, pois a capacidade interna

Leia mais

White. paper. Otimizando o data center virtual com pools de caminho de dados. EMC PowerPath/VE. Fevereiro de 2011

White. paper. Otimizando o data center virtual com pools de caminho de dados. EMC PowerPath/VE. Fevereiro de 2011 White paper Otimizando o data center virtual com pools de caminho de dados EMC PowerPath/VE Bob Laliberte Fevereiro de 2011 Este white paper do ESG foi encomendado pela EMC e é distribuído sob licença

Leia mais

Tecnologia de armazenamento Intel (Intel RST) RAID 0, 1, 5, 10, Matrix RAID, RAID -Pronto

Tecnologia de armazenamento Intel (Intel RST) RAID 0, 1, 5, 10, Matrix RAID, RAID -Pronto Tecnologia de armazenamento Intel (Intel RST) RAID 0, 1, 5, 10, Matrix RAID, RAID -Pronto RAID 0 (striping) RAID 0 utiliza os recursos de leitura/gravação duas ou mais unidades de disco trabalhando em

Leia mais

EMC VSPEX PARA MICROSOFT SQL SERVER 2012 VIRTUALIZADO

EMC VSPEX PARA MICROSOFT SQL SERVER 2012 VIRTUALIZADO GUIA DE PROJETO EMC VSPEX PARA MICROSOFT SQL SERVER 2012 VIRTUALIZADO EMC VSPEX Resumo Este descreve como projetar recursos do Microsoft SQL Server virtualizado na nuvem privada do EMC VSPEX apropriada

Leia mais

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 IBM Software Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 2 Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Destaques Amplie os serviços de negócios

Leia mais