Imunossupressores e Agentes Biológicos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Imunossupressores e Agentes Biológicos"

Transcrição

1 Imunossupressores e Agentes Biológicos Histórico Início da década de 1960 Transplantes Prof. Herval de Lacerda Bonfante Departamento de Farmacologia Doenças autoimunes Neoplasias Imunossupressores Redução da resposta Imune Doenças autoimunes Transplantes de órgãos Inibidores da Expressão Gênica Inibidores da Sinalização dos Linfócitos Inibidores das citocinas 1

2 Célula apresentadora de Antígeno Linfócito T Linfócito T Inibidores da Expressão Gênica Inibidores da Sinalização dos Linfócitos Citocinas Linfócito T Agentes Citotóxicos Receptor Linfócito T Inibidores das citocinas 2

3 Inibidores da Expressão Gênica Glicocorticóides Inibidores da Sinalização dos Linfócitos Ciclosporina Tacrolimo Sirolimo Azatioprina Metotrexato Leflunomida Micofenolato de Mofetila Ciclofosfamida Inibidores das citocinas (Agentes Biológicos) Inibidores do TNF-α Antagonista dos Receptores de IL-6 3

4 Inibidores da Expressão Gênica Inibidores da Sinalização dos Linfócitos Inibidores das citocinas Azatioprina Vários metabólitos 6-mercaptopurina Inibe a síntese de purina Inibe a proliferação de linfócitos Azatioprina Metotrexato Leflunomida Micofenolato de Mofetila Azatioprina Farmacocinética Via oral Ampla metabolização hepática Vários metabólitos Ciclofosfamida 4

5 Azatioprina -Toxicidade Supressão da MO leucopenia Risco de infecções Hepatotoxicidade Alopécia Metotrexato Metotrexato Antagonista do ácido fólico Inibe a diidrofolato redutase Metotrexato Farmacocinética Via oral ou parenteral Doses 1 x semana 5

6 Metotrexato Toxicidade Depressor MO Lesão hepática Ciclofosfamida Toxicidade Mielossupressão Alopécia Esterilidade Risco de doenças malignas Ciclofosfamida Ligação ao DNA Leflunomida Inibidor da Di-hidro-orotato desidrogenase Inibindo a síntese de pirimidinas Uso na Artrite Reumatóide Hepatotoxicidade 6

7 Micofenolato de Mofetila Inibidor da inosina monofosfato desidrogenase Síntese de nucleotídios de guanina Linfócitos B e T dependem dessa via Micofenolato de Mofetila Efeitos adversos Gastrointestinal e hematológica Micofenolato de Mofetila Usos terapêuticos Doenças auto imunes e transplantes Inibidores da Sinalização dos Linfócitos Ciclosporina Tacrolimo Sirolimo 7

8 Inibidores da Sinalização dos Linfócitos Ciclosporina Inibe a produção de IL-2 - linfócitos T ativados Inibidores da Sinalização dos Linfócitos Ciclosporina Toxicidade Disfunção renal Hipertensão Hirsutismo Hiperlipidemia Hiperplasia gengival Inibidores da Sinalização dos Linfócitos Via oral e IV Ciclosporina Farmacocinética VO- biodisponibilidade 20-50% Ampla metabolização hepática Eliminação principalmente biliar Inibidores da Sinalização dos Linfócitos Transplantes Usos Terapêuticos Doenças autoimunes 8

9 Inibidores das citocinas (Agentes Biológicos) Inibidores do TNF-α Antagonista dos Receptores de IL-6 Inibidores das citocinas (Agentes Biológicos) Derivados de organismos vivos TNF-α e IL-6 Agentes Biológicos Inibidores do TNF-α Infliximabe - Remicade - Intra venoso Etanercepte - Embrel - Subcutâneo Adalimumabe - Humira - Subcutâneo 9

10 Molécula de Anticorpo Anti TNF- α Anti TNF- α Etanercepte Infliximabe Adalimumabe Proteina AC AC Agentes Biológicos Antagonista dos Receptores de IL-6 Tocilizumabe - Actemra - Intra venoso 10

11 Tocilizumabe Rituximabe Rituximabe Outros Agentes Biológicos Rituximabe CD20 Anti CD20 Rituximabe - Mabthera - Intra venoso Bloqueadores da Co-estimulação das células T Abatacepte - Orencia - Intra venoso 11

12 Abatacepte Artrite Agentes Biológicos Psoríase Usos Terapêuticos Doenças autoimunes 12

13 Agentes Biológicos Efeitos adversos Aumento do risco de infecções Tuberculose Linfomas Outras neoplasias Agentes Biológicos Representa avanço Tratamento de alto custo 13

21/08/14. Farmacologia da Inflamação Drogas Modificadoras de Doença. Ciclo de Atualização em Farmacologia. DMARDs

21/08/14. Farmacologia da Inflamação Drogas Modificadoras de Doença. Ciclo de Atualização em Farmacologia. DMARDs Ciclo de Atualização em Farmacologia Farmacologia da Inflamação Drogas Modificadoras de Doença Drogas Modificadoras de Doença - DMARDs @ Diasese-modifying antirheumatoid drugs; @ Suprimem em parte ou totalmente

Leia mais

Os grupos de risco que constam da Norma nº 009/2015 de 01/06/2015, são agora atualizados (Quadro I), ficando a Norma n.º 009/2015 revogada.

Os grupos de risco que constam da Norma nº 009/2015 de 01/06/2015, são agora atualizados (Quadro I), ficando a Norma n.º 009/2015 revogada. NÚMERO: 011/2015 DATA: 23/06/2015 ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: Vacinação contra infeções por Streptococcus pneumoniae de grupos com risco acrescido para doença invasiva pneumocócica (DIP).

Leia mais

De acordo com a idade e com os esquemas recomendados, as crianças e jovens de risco para DIP serão vacinados com:

De acordo com a idade e com os esquemas recomendados, as crianças e jovens de risco para DIP serão vacinados com: NÚMERO: 0/05 DATA: /06/05 ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: Vacinação contra infeções por Streptococcus pneumoniae de grupos com risco acrescido para doença invasiva pneumocócica (DIP). Idade pediátrica

Leia mais

PRINCIPAIS COMPLICAÇÕES DE DROGAS IMUNOBIOLÓGICAS EM UTILIZAÇÃO NO BRASIL

PRINCIPAIS COMPLICAÇÕES DE DROGAS IMUNOBIOLÓGICAS EM UTILIZAÇÃO NO BRASIL PRINCIPAIS COMPLICAÇÕES DE DROGAS IMUNOBIOLÓGICAS EM UTILIZAÇÃO NO BRASIL Dra. Ana Cristina de Medeiros Ribeiro Reumatologista do HC FMUSP e CEDMAC Doutoranda pela FMUSP IMUNOBIOLÓGICOS NO BRASIL Anti-TNF

Leia mais

Terapia medicamentosa

Terapia medicamentosa www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro Terapia medicamentosa Versão de 2016 13. Medicamentos biológicos Nos últimos anos foram introduzidas novas perspetivas terapêuticas com substâncias conhecidas

Leia mais

HUMIRA (ADALIMUMABE) PARA ARTRITE REUMATOIDE

HUMIRA (ADALIMUMABE) PARA ARTRITE REUMATOIDE NOTA TÉCNICA 06/2014 HUMIRA (ADALIMUMABE) PARA ARTRITE REUMATOIDE Data: 19/01/2014 Medicamento x Material Procedimento Cobertura Solicitante: Des. Raimundo Messias Número do processo: 1.0024.06.994853-7/001

Leia mais

Tuberculose e imunobiológicos. Cláudia Henrique da Costa Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Tuberculose e imunobiológicos. Cláudia Henrique da Costa Universidade do Estado do Rio de Janeiro Tuberculose e imunobiológicos Cláudia Henrique da Costa Universidade do Estado do Rio de Janeiro Mycobacterium tuberculosis Mycobacterium tuberculosis 10 micrômetros. Domina o mundo Dois bilhões de pessoas

Leia mais

Monitorização do Paciente em uso de Imunobiológicos. Copyright AMBULATÓRIO DE PSORÍASE MARCELO ARNONE AMBULATÓRIO DE PSORÍASE

Monitorização do Paciente em uso de Imunobiológicos. Copyright AMBULATÓRIO DE PSORÍASE MARCELO ARNONE AMBULATÓRIO DE PSORÍASE Monitorização do Paciente em uso de Imunobiológicos MARCELO ARNONE AMBULATÓRIO DE PSORÍASE HOSPITAL MARCELO DAS CLÍNICAS ARNONE FMUSP AMBULATÓRIO DE PSORÍASE HOSPITAL DAS CLÍNICAS FMUSP Moduladores de

Leia mais

04/06/2015. Imunologia dos Transplantes. Bases imunológicas da rejeição do enxerto

04/06/2015. Imunologia dos Transplantes. Bases imunológicas da rejeição do enxerto Imunologia dos Transplantes Dayse Locateli Transplante: ato de transferir células, tecidos ou órgãos de um lugar para outro. Indivíduo doador Receptor Dificuldades: Técnicas Cirúrgicas Quantidade de doadores

Leia mais

Coordenador Nacional do NEDAI (que reviu o Texto): Dr. Luís Campos

Coordenador Nacional do NEDAI (que reviu o Texto): Dr. Luís Campos Elaborado por Dr. João Matos Costa e Dr.ª Inês Aguiar Câmara (Hospital Distrital de Santarém) para o NEDAI (Núcleo de Estudos de Doenças Auto-Imunes) da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI).

Leia mais

04/06/2012. Sem conflito de interesses. Utilização de imunossupressores e agentes biológicos nas pneumopatias intersticiais associadas às colagenoses.

04/06/2012. Sem conflito de interesses. Utilização de imunossupressores e agentes biológicos nas pneumopatias intersticiais associadas às colagenoses. Utilização de imunossupressores e agentes biológicos nas pneumopatias intersticiais associadas às colagenoses. Ronaldo A. Kairalla Disciplina de Pneumologia - InCor Faculdade de Medicina da Universidade

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO. Amethopterin; 4-Amino-4-deoxy-10-methylpteroyl-L-glutamic Acid; -Methopterin;t; Méthotrexate; Methotrexatum; MTX.

IDENTIFICAÇÃO. Amethopterin; 4-Amino-4-deoxy-10-methylpteroyl-L-glutamic Acid; -Methopterin;t; Méthotrexate; Methotrexatum; MTX. IDENTIFICAÇÃO Nome Metotrexato Fórmula Molecular C20H22N8O5 Peso molecular 454,44 DCB / DCI 05884 - metotrexato CAS 59-05-2 INCI Não aplicável Denominação Não aplicável botânica Sinonímia Amethopterin;

Leia mais

TEMA: RITUXIMABE PARA LINFOMA NÃO HODGKIN DE PEQUENAS CÉLULAS

TEMA: RITUXIMABE PARA LINFOMA NÃO HODGKIN DE PEQUENAS CÉLULAS NOTA TÉCNICA 46/2014 Data: 17/03/2014 Medicamento Material Procedimento Cobertura x Solicitante: Juiz de Direito Eduardo Soares de Araújo Número do processo: 0011607-07.2014.8.13.0026 Requerido(s): MUNICÍPIO

Leia mais

Trabalho de farmaco economia em Drogas Biológicas

Trabalho de farmaco economia em Drogas Biológicas Unidade de Estudos de Procedimentos de Alta Complexidade UEPAC Dra. Claudia Cantanheda Dr. Vitor André Romão Dr. José Geraldo Amino Enfª. Quenia Dias Hugo Simas Trabalho de farmaco economia em Drogas Biológicas

Leia mais

FARMACOLOGIA. INTERVENÇÕES FARMACOLÓGICAS - SISTEMA IMUNOLÓGICO Professor Fernando Magro. 2006/2007 Aula desgravada por Filipa Costa e Joana Ferreira

FARMACOLOGIA. INTERVENÇÕES FARMACOLÓGICAS - SISTEMA IMUNOLÓGICO Professor Fernando Magro. 2006/2007 Aula desgravada por Filipa Costa e Joana Ferreira FARMACOLOGIA INTERVENÇÕES FARMACOLÓGICAS - SISTEMA IMUNOLÓGICO Professor Fernando Magro 2006/2007 Aula desgravada por Filipa Costa e Joana Ferreira NOTA: Dentro dos quadros a tracejado estão informações

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DO ESTADO DA SAÚDE DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA - DAF

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DO ESTADO DA SAÚDE DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA - DAF Termo de Esclarecimento e Responsabilidade Naproxeno, Cloroquina, Hidroxicloroquina, Sulfassalazina, Metotrexato, Azatioprina, Ciclosporina, Leflunomida, Metilprednisolona, Adalimumabe, Certolizumabe Pegol,

Leia mais

Questionário para Entrevistas investigação de RAM Nome do paciente: Nome do entrevistador: Data: / /

Questionário para Entrevistas investigação de RAM Nome do paciente: Nome do entrevistador: Data: / / Questionário para Entrevistas investigação de RAM Nome do paciente: Nome do entrevistador: Data: / / A. Medicamentos que utiliza Nome fármaco Nome comercial dose Via administração Data início Data fim

Leia mais

Protocolo. Principais Imunossupressores utilizados em TCTH

Protocolo. Principais Imunossupressores utilizados em TCTH Protocolo Principais Imunossupressores utilizados em TCTH Versão eletrônica atualizada em Abril 2012 Não específificos Coritocosteróides Metotrexate Específicos - LT Inibidores Calcineurina Micofenolato

Leia mais

TERMO DE ESCLARECIMENTO E RESPONSABILIDADE

TERMO DE ESCLARECIMENTO E RESPONSABILIDADE TERMO DE ESCLARECIMENTO E RESPONSABILIDADE NAPROXENO, CLOROQUINA, HIDROXICLOROQUINA, SULFASSALAZINA, METOTREXATO, AZATIOPRINA, CICLOSPORINA, LEFLUNOMIDA, METILPREDNISOLONA, ADALIMUMABE, CERTOLIZUMABE PEGOL,

Leia mais

Saiba mais sobre... Fármacos biotecnológicos

Saiba mais sobre... Fármacos biotecnológicos Saiba mais sobre... Fármacos biotecnológicos Catarina Ambrósio Anabela Barcelos Hospital Infante D. Pedro E.P.E. Avenida Artur Ravara 3814-501 Aveiro Telefone: (+351) 234 378 300 Fax: (+351) 234 378 395

Leia mais

Azatioprina, Ciclosporina, Micofenolato de Mofetila, Micofenolato de Sódio, Sirolimo,Tacrolimo, Everolimo e Imunoglobulina Humana

Azatioprina, Ciclosporina, Micofenolato de Mofetila, Micofenolato de Sódio, Sirolimo,Tacrolimo, Everolimo e Imunoglobulina Humana Termo de Esclarecimento e Responsabilidade Azatioprina, Ciclosporina, Micofenolato de Mofetila, Micofenolato de Sódio, Sirolimo,Tacrolimo, Everolimo e Imunoglobulina Humana Eu, (nome do(a) paciente), declaro

Leia mais

Laboratório. Referência. Apresentação de Cellcept. Cellcept - Indicações. Contra-indicações de Cellcept. Advertências. Roche. Micofenolato de mofetila

Laboratório. Referência. Apresentação de Cellcept. Cellcept - Indicações. Contra-indicações de Cellcept. Advertências. Roche. Micofenolato de mofetila Laboratório Roche Referência Micofenolato de mofetila Apresentação de Cellcept Cada comprimido revestido de Cellcept contém: Princípio ativo: micofenolato de mofetila... 500 mg Excipientes: croscarmelose

Leia mais

Benefícios da vacinação em pacientes autoimunes. Reumato. Gastro. Derma Pneumo Neuro. Entrevista. Psoríase. Paciente em foco. Gastro.

Benefícios da vacinação em pacientes autoimunes. Reumato. Gastro. Derma Pneumo Neuro. Entrevista. Psoríase. Paciente em foco. Gastro. Reumato Gastro Derma Pneumo Neuro março/agosto 2016 Ano 1 nº 1 Benefícios da vacinação em pacientes autoimunes Entrevista Psoríase Gastro Paciente em foco A reumatologista Lícia da Mota critica o lento

Leia mais

Farmacologia da Imunossupressão

Farmacologia da Imunossupressão Farmacologia da Imunossupressão Mestrado em Bioquímica Farmacologia Molecular e Celular 2012 Elsa Brandão Joana Melo Ricardo Amorim Farmacologia da Imunossupressão i Índice Resumo... 1 Introdução... 2

Leia mais

TEMA: RITUXIMABE PARA A LEUCEMIA LINFOCÍTICA. Data: 05/03/2014 NOTA TÉCNICA /2014. Medicamento x Material Procedimento Cobertura

TEMA: RITUXIMABE PARA A LEUCEMIA LINFOCÍTICA. Data: 05/03/2014 NOTA TÉCNICA /2014. Medicamento x Material Procedimento Cobertura NOTA TÉCNICA /2014 Data: 05/03/2014 Medicamento x Material Procedimento Cobertura Solicitante: Marly Gonçalves Pinto - PJPI 3998-2 - Oficial de Apoio Judicial B - Escrivã Judicial da Comarca de Cláudio/MG

Leia mais

Data: 20/01/2013 NTRR 05/2013. Medicamento X Material Procedimento Cobertura

Data: 20/01/2013 NTRR 05/2013. Medicamento X Material Procedimento Cobertura NTRR 05/2013 Solicitante: Desembargador Alyrio Ramos Número do processo: 1.0145.12.082745-9/001 Impetrato: Secretaria de Saúde de Juiz de Fora Data: 20/01/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura

Leia mais

Tipos de enxertos. Tipos de Enxertos: Tipos de Enxertos: O que é um transplante? Imunologia dos Transplantes. Singênicos

Tipos de enxertos. Tipos de Enxertos: Tipos de Enxertos: O que é um transplante? Imunologia dos Transplantes. Singênicos O que é um transplante? Imunologia dos Transplantes Prof.Dr. Gilson Costa Macedo Processo de retirada de células, tecidos ou órgãos, chamados enxertos, de um indivíduo e a sua inserção em um indivíduo

Leia mais

Resposta imunológica a. Ronei Luciano Mamoni

Resposta imunológica a. Ronei Luciano Mamoni Resposta imunológica a tumores Ronei Luciano Mamoni Tumores Conceitos gerais Neoplasias conceito Neoplasia (neo= novo + plasia = tecido) é o termo que designa alterações celulares que acarretam um crescimento

Leia mais

Imunossupressor; inibidor da IMPDH

Imunossupressor; inibidor da IMPDH CellCept micofenolato de mofetila Roche Imunossupressor; inibidor da IMPDH IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome do produto: CellCept Nome genérico: micofenolato de mofetila Forma farmacêutica, via de administração

Leia mais

Imunologia dos Tr T ansplantes

Imunologia dos Tr T ansplantes Imunologia dos Transplantes Base genética da rejeição Camundongos isogênicos - todos os animais possuem genes idênticos Transplante de pele entre animais de linhagens diferentes rejeição ou aceitação depende

Leia mais

TEMA: RITUXIMABE PARA A LEUCEMIA LINFOCÍTICA

TEMA: RITUXIMABE PARA A LEUCEMIA LINFOCÍTICA Data: 17/05/2013 NOTA TÉCNICA 73 /2013 Medicamento Material Procedimento Cobertura x Solicitante: Juíza Vanessa Guimarães da Costa Vedovotto Número do processo: TEMA: RITUXIMABE PARA A LEUCEMIA LINFOCÍTICA

Leia mais

Diogo Manuel de Jesus Mendes

Diogo Manuel de Jesus Mendes Diogo Manuel de Jesus Mendes Iatrogenia de medicamentos biológicos indicados no tratamento da artrite reumatoide: análise de notificações espontâneas de suspeitas de reações adversas em Portugal Dissertação

Leia mais

ANEXO AO DOCUMENTO PARECER DO GRUPO TÉCNICO DE AUDITORIA EM SAÚDE 15/06 TEMA:USO DO RITUXIMABE EM DOENÇAS AUTO-IMUNES ATUALIZAÇÃO 07/2008

ANEXO AO DOCUMENTO PARECER DO GRUPO TÉCNICO DE AUDITORIA EM SAÚDE 15/06 TEMA:USO DO RITUXIMABE EM DOENÇAS AUTO-IMUNES ATUALIZAÇÃO 07/2008 UNIMED-BH COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO LTDA GRUPO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE - GATS ANEXO AO DOCUMENTO PARECER DO GRUPO TÉCNICO DE AUDITORIA EM SAÚDE 15/06 TEMA:USO DO RITUXIMABE EM DOENÇAS

Leia mais

Imunologia do câncer. Aarestrup, F.M.

Imunologia do câncer. Aarestrup, F.M. Imunologia do câncer Impacto da imunologia na cancerologia Biologia tumoral Diagnóstico : imuno-histoquímica Tratamento : imunoterapia Mecanismos da resposta imunológica contra o câncer Quais as células

Leia mais

Cloroquina, Hidroxicloroquina, Sulfassalazina, Metotrexato, Ciclosporina,Leflunomida, Agentes anti-citocinas

Cloroquina, Hidroxicloroquina, Sulfassalazina, Metotrexato, Ciclosporina,Leflunomida, Agentes anti-citocinas Termo de Esclarecimento e Responsabilidade Cloroquina, Hidroxicloroquina, Sulfassalazina, Metotrexato, Ciclosporina,Leflunomida, Agentes anti-citocinas Eu, (nome do (a) paciente), abaixo identificado (a)

Leia mais

RELATÓRIO PARA A. SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS

RELATÓRIO PARA A. SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS RELATÓRIO PARA A SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS RELATÓRIO PARA A SOCIEDADE Este relatório é uma versão resumida do relatório técnico

Leia mais

IMUNIDADE AOS TUMORES IMUNIDADE AOS TRANSPLANTES

IMUNIDADE AOS TUMORES IMUNIDADE AOS TRANSPLANTES IMUNIDADE AOS TUMORES IMUNIDADE AOS TRANSPLANTES IMUNIDADE AOS TUMORES Neoplasias Histórico Classificação : linhagem celular, histomorfologia e comportamento clínicobiológico. Carcinogênese experimental

Leia mais

Virulogia. Vírus. Vírus. características 02/03/2015. Príons: Proteína Viróides: RNA. Características. Características

Virulogia. Vírus. Vírus. características 02/03/2015. Príons: Proteína Viróides: RNA. Características. Características Vírus Virulogia Características Vírus- latim veneno - agentes filtráveis Parasita intracelular obrigatório Extracelular: virion Intracelular: vírus Possuem alta especificidade Vírus Características Alta

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO EM FARMACOVIGILÂNCIA. Descentralização e Integração das ações em Farmacovigilância

POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO EM FARMACOVIGILÂNCIA. Descentralização e Integração das ações em Farmacovigilância POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO EM FARMACOVIGILÂNCIA Descentralização e Integração das ações em Farmacovigilância Implantação da Farmacovigilância no Estado de São Paulo Adalton G. Ribeiro Conflito de interesse:

Leia mais

CITOCINAS/INTERLEUCINAS. Universidade Estadual Paulsita Imunologia Veterinária Prof. Helio Montassier Andréa Maria C. Calado

CITOCINAS/INTERLEUCINAS. Universidade Estadual Paulsita Imunologia Veterinária Prof. Helio Montassier Andréa Maria C. Calado CITOCINAS/INTERLEUCINAS Universidade Estadual Paulsita Imunologia Veterinária Prof. Helio Montassier Andréa Maria C. Calado Introdução Respostas imunes: interações entre as diferentes populações celulares.

Leia mais

Complexo principal de histocompatibilidade

Complexo principal de histocompatibilidade Complexo principal de histocompatibilidade Todas as espécies possuem um conjunto de genes denominado MHC, cujos produtos são de importância para o reconhecimento intercelular e a discriminação do que é

Leia mais

Imuran Azatioprina. Comprimidos revestidos. FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Cartucho contendo 50 comprimidos revestidos.

Imuran Azatioprina. Comprimidos revestidos. FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Cartucho contendo 50 comprimidos revestidos. Imuran Azatioprina Comprimidos revestidos FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Cartucho contendo 50 comprimidos revestidos. USO PEDIÁTRICO E ADULTO USO ORAL COMPOSIÇÃO COMPLETA Cada comprimido contém: azatioprina...

Leia mais

Diário Oficial. REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Imprensa Nacional

Diário Oficial. REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Imprensa Nacional Diário Oficial REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Imprensa Nacional BRASÍLIA - DF Nº 142 DOU de 25/07/08 MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE CONSULTA PÚBLICA Nº 7, DE 24 DE JULHO DE 2008. A Secretária

Leia mais

Princípios de Oncologia Clínica. Dr. Wesley Vargas Moura Oncologista Clínico CRM ES 3861

Princípios de Oncologia Clínica. Dr. Wesley Vargas Moura Oncologista Clínico CRM ES 3861 Princípios de Oncologia Clínica Dr. Wesley Vargas Moura Oncologista Clínico CRM ES 3861 Histórico 1900 Termo Quimioterapia Dr. Paul Ehrlich (1854-1915) Anos 40 Segunda Guerra Mundial Ilha de Bali 1943

Leia mais

Relação de Medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica Portaria GM/MS nº 1554/2013 Anexo IV

Relação de Medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica Portaria GM/MS nº 1554/2013 Anexo IV Relação de Medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica Portaria GM/MS nº 1554/2013 Anexo IV I. Medicamentos de Alto Custo disponibilizados pela SES/MG 1. Abatacepte 250 mg - injetável

Leia mais

Diário Oficial Imprensa Nacional

Diário Oficial Imprensa Nacional Diário Oficial Imprensa Nacional REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BRASÍLIA - DF.Nº 140 DOU 20/07/12 seção 1 p.69 MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE PORTARIA Nº 666, DE 17 DE JULHO DE 2012

Leia mais

ANEXO PROTOCOLO CLÍNICO E DIRETRIZES TERAPÊUTICAS ARTRITE REUMATOIDE

ANEXO PROTOCOLO CLÍNICO E DIRETRIZES TERAPÊUTICAS ARTRITE REUMATOIDE ANEXO PROTOCOLO CLÍNICO E DIRETRIZES TERAPÊUTICAS ARTRITE REUMATOIDE 1 METODOLOGIA DE BUSCA E AVALIAÇÃO DE LIT E R AT U R A Em 20/11/2012, foram realizadas buscas nas bases de dados Medline/Pubmed, Embase

Leia mais

Processo de avaliação e análise para a incorporação de produtos biológicos

Processo de avaliação e análise para a incorporação de produtos biológicos F A S C Í C U L O 1 Este fascículo é parte integrante do Programa Momento Gestor da Pfizer. www.momentogestor.com.br As informações aqui publicadas são de responsabilidade do autor, não tendo a Pfizer

Leia mais

Novos conceitos no manejo da artrite reumatoide: amplo controle

Novos conceitos no manejo da artrite reumatoide: amplo controle Novos conceitos no manejo da artrite reumatoide: amplo controle Claiton Viegas Brenol, MD, PhD Professor Adjunto do Departamento de Medicina Interna FAMED UFRGS - Serviço de Reumatologia - Hospital de

Leia mais

A Introdução dos Biológicos no Tratamento da Psoríase: experiência da Enfermagem em um Centro de Infusões

A Introdução dos Biológicos no Tratamento da Psoríase: experiência da Enfermagem em um Centro de Infusões A Introdução dos Biológicos no Tratamento da Psoríase: experiência da Enfermagem em um Centro de Infusões Enfª Resp. Téc. Ana Cristina de Almeida CIP-Centro de Infusões Pacaembú Agente Biológicos Os biológicos

Leia mais

Bristol-Myers Squibb Farmacêutica S.A. APRESENTAÇÃO

Bristol-Myers Squibb Farmacêutica S.A. APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO - Seringa preenchida com dispositivo BD UltraSafe Passive* e extensores de apoio ORENCIA solução injetável para administração subcutânea é apresentado em seringas preenchidas com dispositivo

Leia mais

BULA DE ORENCIA PÓ LIOFILIZADO PARA INFUSÃO IV

BULA DE ORENCIA PÓ LIOFILIZADO PARA INFUSÃO IV BRISTOL-MYERS SQUIBB ORENCIA abatacepte USO INTRAVENOSO APRESENTAÇÃO BULA DE ORENCIA PÓ LIOFILIZADO PARA INFUSÃO IV Bristol-Myers Squibb ORENCIA pó liofilizado para infusão IV é apresentado em frasco-ampola

Leia mais

NEOPLASIAS. Prof. Dr. Fernando Ananias

NEOPLASIAS. Prof. Dr. Fernando Ananias NEOPLASIAS Prof. Dr. Fernando Ananias Neoplasia = princípio básico CLASSIFICAÇÃO DOS TUMORES Comportamento Benigno versus Maligno Crescimento lento rápido Semelhança com O tecido de origem (Diferenciação)

Leia mais

I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO:

I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: MODELO DE BULA PARA O PACIENTE (VENDA AO COMÉRCIO) I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: HUMIRA adalimumabe APRESENTAÇÕES HUMIRA (adalimumabe) solução injetável: - 40 mg em seringa com 0,8 ml de dose única

Leia mais

Actemra. (tocilizumabe)

Actemra. (tocilizumabe) Actemra (tocilizumabe) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável concentrada para diluição para infusão 80 mg/4 ml e 200 Actemra tocilizumabe Roche Medicamento Antirreumático Biológico

Leia mais

Abbott Laboratórios do Brasil Ltda Rua Michigan 735, Brooklin São Paulo - SP CEP: 04566-905 HUMIRA. (adalimumabe)

Abbott Laboratórios do Brasil Ltda Rua Michigan 735, Brooklin São Paulo - SP CEP: 04566-905 HUMIRA. (adalimumabe) HUMIRA (adalimumabe) ABBOTT LABORATÓRIOS DO BRASIL LTDA SOLUÇÃO INJETÁVEL 40 MG/ML MODELO DE BULA PARA O PACIENTE (VENDA AO COMÉRCIO) I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: HUMIRA adalimumabe APRESENTAÇÕES HUMIRA

Leia mais

RESPOSTA IMUNE AOS MICRORGANISMOS. Prof. Aline Aguiar de Araujo

RESPOSTA IMUNE AOS MICRORGANISMOS. Prof. Aline Aguiar de Araujo RESPOSTA IMUNE AOS MICRORGANISMOS Prof. Aline Aguiar de Araujo INTRODUÇÃO Número de indivíduos expostos à infecção é bem superior ao dos que apresentam doença, indicando que a maioria das pessoas tem condições

Leia mais

Purinethol 50mg mercaptopurina

Purinethol 50mg mercaptopurina Modelo de Texto de Bula Página 1 de 7 Purinethol 50mg mercaptopurina Comprimidos FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Comprimidos contendo 50mg de mercaptopurina, apresentados em frascos contendo 25 comprimidos.

Leia mais

Iniciação. Angiogênese. Metástase

Iniciação. Angiogênese. Metástase Imunidade contra tumores Câncer Cancro, tumor, neoplasia, carcinoma Características: Capacidade de proliferação Capacidade de invasão dos tecidos Capacidade de evasão da resposta imune Câncer Transformação

Leia mais

EXEMPLAR DE ASSINANTE DA IMPRENSA NACIONAL

EXEMPLAR DE ASSINANTE DA IMPRENSA NACIONAL Nº 29, quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 1 ISSN 1677-7042 43 RESOLUÇÃO - RE Nº 465, DE 8 DE FEVEREIRO DE 2013(*) O Gerente-Geral de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados, da Agencia

Leia mais

5-HT 1A Núcleos da rafe, hipocampo Gi, AMPc. 5-HT 1B Substância negra, globo pálido, gânglios da base Gi, AMPc. 5-HT 1D Cérebro Gi, AMPc

5-HT 1A Núcleos da rafe, hipocampo Gi, AMPc. 5-HT 1B Substância negra, globo pálido, gânglios da base Gi, AMPc. 5-HT 1D Cérebro Gi, AMPc UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE FARMACOLOGIA SEROTONINA Serotonina: funções e distribuição Receptores centrais e periféricos Neurotransmissor: neurônios

Leia mais

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde. O Secretário de Atenção à Saúde, no uso das atribuições,

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde. O Secretário de Atenção à Saúde, no uso das atribuições, Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde PORTARIA N o 710, de 27 de junho de 2013 Aprova o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Artrite Reumatoide. O Secretário de Atenção à Saúde, no

Leia mais

Imunossupresão inicial no transplante renal

Imunossupresão inicial no transplante renal Imunossupresão inicial no transplante renal Curso Pré-Congresso da SPN 28 de Março de 2012 André L. Weigert Unidade de Transplantação Antonio Pina Serviço de Nefrologia do HSC/CHLO; Departamento de Farmacologia

Leia mais

Medicamentos Excepcionais (Uso contínuo e alto custo)

Medicamentos Excepcionais (Uso contínuo e alto custo) Medicamentos Excepcionais (Uso contínuo e alto custo) Os medicamentos de dispensação excepcional são, geralmente, de uso contínuo e de alto custo. São usados no tratamento de doenças crônicas e raras,

Leia mais

Bristol-Myers Squibb Farmacêutica LTDA. Ministério da Saúde APRESENTAÇÃO

Bristol-Myers Squibb Farmacêutica LTDA. Ministério da Saúde APRESENTAÇÃO Ministério da Saúde APRESENTAÇÃO ORENCIA pó liofilizado para infusão IV é apresentado em frasco-ampola de uso único embalado individualmente, com uma seringa descartável sem silicone. O produto está disponível

Leia mais

9) QUIMIOTERAPIA DO CÂNCER

9) QUIMIOTERAPIA DO CÂNCER 9) QUIMIOTERAPIA DO CÂNCER O câncer é uma doença caracterizada pela multiplicação e propagação descontroladas no corpo de formas anormais das próprias células corporais. Existem três abordagens principais

Leia mais

PROTOCOLO CLÍNICO E DIRETRIZES TERAPÊUTICAS IMUNOSSUPRESSÃO EM TRANSPLANTE RENAL

PROTOCOLO CLÍNICO E DIRETRIZES TERAPÊUTICAS IMUNOSSUPRESSÃO EM TRANSPLANTE RENAL Circular 468/2011 São Paulo, 21 de dezembro de 2011. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) PROTOCOLO CLÍNICO E DIRETRIZES TERAPÊUTICAS IMUNOSSUPRESSÃO EM TRANSPLANTE RENAL Diário Oficial da União Nº 239, Seção

Leia mais

REUMATOLOGIA. GUIA DE IMUNIZAÇÃO SBIm/SBR 2014/15

REUMATOLOGIA. GUIA DE IMUNIZAÇÃO SBIm/SBR 2014/15 REUMATOLOGIA GUIA DE IMUNIZAÇÃO SBIm/SBR 2014/15 Guia de Imunização SBIm/SBR Reumatologia Coordenação Gecilmara Salviato Pileggi, SP Comissão de Doenças Endêmicas e Infecciosas Sociedade Brasileira de

Leia mais

Lista de Medicamentos do Componente Especializado

Lista de Medicamentos do Componente Especializado Lista de Medicamentos do Componente Especializado *Medicamentos financiados exclusivamente com recursos estaduais ITEM MEDICAMENTO APRESENTAÇÃO 1 Ácido Ursodesoxicólico 150 mg* comprimido 2 Acitretina

Leia mais

Cuidados com Drogas Imunossupressoras. Bartira De Aguiar Roza Carla Fatima de Paixao Nunes

Cuidados com Drogas Imunossupressoras. Bartira De Aguiar Roza Carla Fatima de Paixao Nunes Cuidados com Drogas Imunossupressoras Bartira De Aguiar Roza Carla Fatima de Paixao Nunes com Drogas Imunossupressoras Nome Genérico Ciclosporina 4 Nome Comercial Sandimmum Neoral 4 Categoria Imunossupressor

Leia mais

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO 1 1. NOME DO MEDICAMENTO CellCept 250 mg cápsulas. 2. COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA Cada cápsula contém 250 mg de micofenolato de mofetil. Lista

Leia mais

Neoplasias 2. Adriano de Carvalho Nascimento

Neoplasias 2. Adriano de Carvalho Nascimento Neoplasias 2 Adriano de Carvalho Nascimento Biologia tumoral Carcinogênese História natural do câncer Aspectos clínicos dos tumores Biologia tumoral Carcinogênese (bases moleculares do câncer): Dano genético

Leia mais

Quimioterapia antineoplásica

Quimioterapia antineoplásica MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Ensino Superior Universidade Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação Programa de Educação Tutorial Grupo PET Farmácia Quimioterapia antineoplásica Gisele Ribeiro

Leia mais

Excipientes: água para injetáveis, L histidina, monocloridrato de L-histidina monoidratado, polissorbato 80 e sacarose.

Excipientes: água para injetáveis, L histidina, monocloridrato de L-histidina monoidratado, polissorbato 80 e sacarose. BULA (CCDS 1112) Stelara Solução Injetável ustequinumabe IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES Solução injetável de Stelara 45 mg/0,5ml. Embalagem com 1 frasco ampola. USO ADULTO

Leia mais

2 - Biodisponibilidade. Biodisponibilidade Velocidade e extensão de absorção de um fármaco a partir de uma forma de administração

2 - Biodisponibilidade. Biodisponibilidade Velocidade e extensão de absorção de um fármaco a partir de uma forma de administração 2 - Biodisponibilidade TOXICOCINÉTICA Biodisponibilidade Velocidade e extensão de absorção de um fármaco a partir de uma forma de administração Fator de Biodisponibilidade (F) Fração da dose administrada

Leia mais

Dose da droga administrada ABSORÇÃO Concentração da droga na circulação sistêmica DISTRIBUIÇÃO ELIMINAÇÃO Droga nos tecidos de distribuição FARMA- COCINÉ- TICA FARMACOCINÉTICA Concentração da droga no

Leia mais

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO 1 1. NOME DO MEDICAMENTO Remicade 100 mg pó para concentrado para solução para perfusão. 2. COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA Cada frasco para injetáveis

Leia mais

MabThera. rituximab. O que é o MabThera? Para que é utilizado o MabThera? Resumo do EPAR destinado ao público

MabThera. rituximab. O que é o MabThera? Para que é utilizado o MabThera? Resumo do EPAR destinado ao público EMA/614203/2010 EMEA/H/C/000165 Resumo do EPAR destinado ao público rituximab Este é um resumo do Relatório Público Europeu de Avaliação (EPAR) relativo ao. O seu objetivo é explicar o modo como o Comité

Leia mais

Anestesia no paciente transplantado cardiaco

Anestesia no paciente transplantado cardiaco Anestesia no paciente transplantado cardiaco Dr João Henrique Silva joaohen@terra.com.br Insuficiência cardiaca refratária Miocardiopatia dilatada Defeitos congenitos Doença valvular Disfunção de transplante

Leia mais

Modelo de Texto de Bula. Lanvis 40 mg comprimidos GDS17 IPI 02

Modelo de Texto de Bula. Lanvis 40 mg comprimidos GDS17 IPI 02 Lanvis tioguanina comprimidos FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Comprimidos contendo 40mg de tioguanina, apresentados em frascos contendo 25 comprimidos. USO ADULTO E PEDIÁTRICO COMPOSIÇÃO Cada comprimido

Leia mais

Laboratório. Apresentação de Valcyte. Valcyte - Indicações. Contra-indicações de Valcyte. Advertências. Roche. fr. c/ 60 compr. rev. de 450mg.

Laboratório. Apresentação de Valcyte. Valcyte - Indicações. Contra-indicações de Valcyte. Advertências. Roche. fr. c/ 60 compr. rev. de 450mg. Laboratório Roche Apresentação de Valcyte fr. c/ 60 compr. rev. de 450mg. Valcyte - Indicações Valcyte (cloridrato de valganciclovir) é indicado para o tratamento de retinite por citomegalovírus (CMV)

Leia mais

Hemoglobina / Glóbulos Vermelhos são as células responsáveis por carregar o oxigênio para todos os tecidos.

Hemoglobina / Glóbulos Vermelhos são as células responsáveis por carregar o oxigênio para todos os tecidos. Doenças Hematológicas Hematologia é o ramo da medicina que estuda o sangue, seus distúrbios e doenças, dentre elas anemias, linfomas e leucemias. Estuda os linfonodos (gânglios) e sistema linfático; a

Leia mais

EXAME DE INGRESSO AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FARMACOLOGIA. Nome:... Data:... Assinatura:...

EXAME DE INGRESSO AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FARMACOLOGIA. Nome:... Data:... Assinatura:... EXAME DE INGRESSO AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FARMACOLOGIA Nome:... Data:... Assinatura:... DISSERTAÇÃO: RECEPTORES E VIAS DE TRANSDUÇÃO DO SINAL COMO ESTRATÉGIA AO DESENVOLVIMENTO DE NOVOS FÁRMACOS

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2009

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2009 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2009 Medicina - Especialização - TMO Este Caderno contém as questões discursivas de Conhecimentos Específicos correspondentes ao curso descrito acima. Confira se este

Leia mais

Denominação geral dos tumores

Denominação geral dos tumores Imunologia dos tumores Denominação geral dos tumores Carcinomas - derivados de células epiteliais (rim, fígado, epitélio gastro-intestinal) Sarcomas - originários de fibroblastos, células musculares e

Leia mais

Retrovírus: AIDS. Apresentador: Eduardo Antônio Kolling Professor: Paulo Roehe Pós doutorandos: Fabrício Campos e Helton dos Santos

Retrovírus: AIDS. Apresentador: Eduardo Antônio Kolling Professor: Paulo Roehe Pós doutorandos: Fabrício Campos e Helton dos Santos Retrovírus: AIDS Apresentador: Eduardo Antônio Kolling Professor: Paulo Roehe Pós doutorandos: Fabrício Campos e Helton dos Santos HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) Surgimento: -Provável origem durante

Leia mais

A LINGUAGEM DAS CÉLULAS DO SANGUE LEUCÓCITOS

A LINGUAGEM DAS CÉLULAS DO SANGUE LEUCÓCITOS A LINGUAGEM DAS CÉLULAS DO SANGUE LEUCÓCITOS Prof.Dr. Paulo Cesar Naoum Diretor da Academia de Ciência e Tecnologia de São José do Rio Preto, SP Sob este título o leitor poderá ter duas interpretações

Leia mais

Utilização dos medicamentos biológicos em doenças reumáticas, psoríase e doença inflamatória intestinal

Utilização dos medicamentos biológicos em doenças reumáticas, psoríase e doença inflamatória intestinal Utilização dos medicamentos biológicos em doenças reumáticas, psoríase e doença inflamatória intestinal Novembro de 2014 Pg1 Lista de abreviaturas: AIJ = Artrite Idiopática Juvenil EA = Espondilite Anquilosante

Leia mais

azatioprina... 50 mg

azatioprina... 50 mg Imuran azatioprina Comprimidos revestidos FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Cartucho contendo 50 comprimidos revestidos. USO PEDIÁTRICO E ADULTO USO ORAL COMPOSIÇÃO COMPLETA Cada comprimido contém: azatioprina...

Leia mais

VIROLOGIA RETROVÍRUS 1. HIV

VIROLOGIA RETROVÍRUS 1. HIV Instituto Federal de Santa Catarina Curso Técnico em Biotecnologia Unidade Curricular: Microbiologia VIROLOGIA RETROVÍRUS 1. Prof. Leandro Parussolo O que é um retrovírus? É qualquer vírus que possui o

Leia mais

PARECER DO GATS nº 20/08

PARECER DO GATS nº 20/08 PARECER DO GATS nº 20/08 Responsável: Sandra de Oliveira Sapori Avelar Data de elaboração: 10 de julho de 2008. TEMA: INFLIXIMABE NA DOENÇA DE CROHN INTRODUÇÃO: A doença de Crohn é uma condição inflamatória

Leia mais

CellCept (micofenolato de mofetila) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Comprimidos revestidos 500 mg

CellCept (micofenolato de mofetila) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Comprimidos revestidos 500 mg CellCept (micofenolato de mofetila) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Comprimidos revestidos 500 mg CellCept micofenolato de mofetila Roche Imunossupressor; inibidor da IMPDH APRESENTAÇÕES Comprimidos

Leia mais

LEFLUN (LEFLUNOMIDA) CRISTÁLIA PRODUTOS QUÍMICOS FARMACÊUTICOS LTDA. COMPRIMIDOS REVESTIDOS 20 MG BULA DO PACIENTE

LEFLUN (LEFLUNOMIDA) CRISTÁLIA PRODUTOS QUÍMICOS FARMACÊUTICOS LTDA. COMPRIMIDOS REVESTIDOS 20 MG BULA DO PACIENTE LEFLUN (LEFLUNOMIDA) CRISTÁLIA PRODUTOS QUÍMICOS FARMACÊUTICOS LTDA. COMPRIMIDOS REVESTIDOS 20 MG BULA DO PACIENTE Página 1 de 13 LEFLUN leflunomida 20 mg FORMA FARMACÊUTICA, VIA DE ADMINISTRAÇÃO E APRESENTAÇÕES

Leia mais

Pode ser utilizada isolada ou associada no tratamento adjuvante e paliativo de câncer gastrointestinal, onde pode ser associada ao ácido fólico.

Pode ser utilizada isolada ou associada no tratamento adjuvante e paliativo de câncer gastrointestinal, onde pode ser associada ao ácido fólico. Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: C 4 H 3 FN 2 O 2 Peso molecular: 130,1 DCB/ DCI: 04174 - fluoruracila CAS: 51-21-8 INCI: Não aplicável Sinonímia: Fluorouracil, 5-Fluorouracil, 5-Fluoropyrimidine-2,4(1H,3H)-dione.

Leia mais

Mandado de segurança contra ato do Secretário Municipal de Saúde RITUXIMABE PARA LINFOMA NÃO-HODGKIN FOLICULAR TRANSFORMADO EM DIFUSO

Mandado de segurança contra ato do Secretário Municipal de Saúde RITUXIMABE PARA LINFOMA NÃO-HODGKIN FOLICULAR TRANSFORMADO EM DIFUSO Data: 08/12/2012 Nota Técnica 2012 Juízo da 4ª Vara de Fazenda Pública Municipal Juiz Renato Dresh Numeração Única: 3415341-21.201 Impetrante Marlene Andrade Montes Medicamento Material Procedimento Cobertura

Leia mais

DOENÇAS E AGRAVOS TRATADOS PELO COMPONENTE ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA FARMCACÊUTICA (Grupos 1 e 2) [?]

DOENÇAS E AGRAVOS TRATADOS PELO COMPONENTE ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA FARMCACÊUTICA (Grupos 1 e 2) [?] Acne Doença de Paget - Osteíte Deformante Hemangioma Profilaxia da Reinfecção pelo Vírus da Hepatite B Pós-Transplante Hepático Acromegalia Doença de Parkinson Hepatite Autoimune Psoríase Anemia Aplástica

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRO-REITORIA ACADÊMICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRO-REITORIA ACADÊMICA DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Campus: Uruguaiana Curso: Enfermagem Componente Curricular: Genética Humana Código: UR 1303 Pré requisito: UR 1103 Co- requisito: ---------- Professor: Michel Mansur Machado Carga

Leia mais