No decorrer deste manual, serão detalhados os procedimentos adotados para cada banco abaixo:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "No decorrer deste manual, serão detalhados os procedimentos adotados para cada banco abaixo:"

Transcrição

1 1

2 ÍNDICE Sumário INTRODUÇÃO... 3 BANCO BMG... 4 BANCO ITAÚ... 5 BANCO BONSUCESSO... 6 BV FINANCEIRA... 7 BANCO DAYCOVAL... 8 BANCO MATONE... 9 BANCO PARANÁ BANCO PAN BANCO SAFRA BANCO SABEMI BANCO SUL FINANCEIRA BANCO BIC BANCO BANCO INTERMEDIUM

3 INTRODUÇÃO Este manual tem o objetivo orientar o cadastro das ADE s no SISTEM FONTES destinado aos corretores parceiros que digitam os contratos nos sistema dos Bancos, bem como para o operacional da empresa. No decorrer deste manual, serão detalhados os procedimentos adotados para cada banco abaixo: BANCO BMG BANCO ITAÚ BANCO BONSUCESSO BV FINANCEIRA BANCO DAYCOVAL BANCO MATONE BANCO PARANÁ BANCO PAN BANCO SAFRA BANCO SABEMI BANCO SUL FINANCEIRA BANCO BIC BANCO BANCO INTERMEDIUM IMPORTANTE Informamos que as digitações das ADE s conforma padrões pré estabelecidos neste manual é de extrema importância. O não cumprimento poderá acarretar no atraso do pagamento das comissões. 3

4 BANCO BMG Cadastrar no Sistema FONTES o Nº ADE que consta no cabeçalho do detalhe da proposta, conforme ilustrado na imagem abaixo: ATENÇÃO: Para este banco o cadastro do numero da ADE tem que ser conforme o destacado na seta vermelha acima, sem acréscimos de traços, pontos, hífens, etc. (EX: ). 4

5 BANCO ITAÚ Cadastrar no Sistema FONTES o Nº ADE que consta no cabeçalho do detalhe da proposta, conforme ilustrado na imagem abaixo: ATENÇÃO: Para este banco o cadastro do numero da ADE tem que ser conforme o destacado na seta laranja acima, sem acréscimos de traços, pontos, hífens, etc. (EX: ). 5

6 BANCO BONSUCESSO Cadastrar no Sistema FONTES o Nº da ADE que gera assim que o contrato é digitado, conforme consta grifado em azul na imagem abaixo: OPERACIONAL: Após o pagamento da operação a ADE acima deverá ser trocada pelo número de contrato que consta no acompanhamento de contratos no Sistema ESTRELA GUIA, como abaixo: ATENÇÃO: Para este banco o cadastro do numero da ADE tem que ser conforme o exemplo destacado em vermelho acima, sem acréscimos de traços, pontos, hífens, etc. (EX: ). 6

7 BV FINANCEIRA Cadastrar no Sistema FONTES o Nº da ADE que gera assim que o contrato é digitado, conforme consta grifado em verde na imagem abaixo: ATENÇÃO: Para este banco o cadastro do número da ADE tem que ser conforme o exemplo destacado em verde acima, sem acréscimos de traços, pontos, hífens, etc. (EX: ). 7

8 BANCO DAYCOVAL Cadastrar no Sistema FONTES o Nº ADE que consta no cabeçalho da PLANILHA DE PROPOSTA, conforme ilustrado na imagem abaixo: ATENÇÃO: Para este banco o cadastro do número da ADE tem que ser conforme o exemplo destacado em vermelho acima, contendo o hífen e barra (EX: ) 8

9 BANCO MATONE Cadastrar no Sistema FONTES o Nº ADE que consta no cabeçalho dos DADOS DA PROPOSTA, conforme ilustrado em amarelo na imagem abaixo: ATENÇÃO: Para este banco o cadastro do número da ADE tem que ser conforme o exemplo destacado na seta amarela acima, sem acréscimos de traços, pontos, hífens, etc (EX: ). 9

10 BANCO PARANÁ Cadastrar no sistema da Fontes o nº da ADE que consta no cabeçalho da Planilha da Proposta, conforme ilustrado abaixo: ATENÇÃO: Para este banco o cadastro do número da ADE tem que ser conforme o exemplo destacado em vermelho acima, sem acréscimos de traços, pontos, hífens, etc (EX: ). 10

11 BANCO PAN Cadastrar no Sistema FONTES o Nº ADE que consta no cabeçalho da PLANILHA DE PROPOSTA SIMPLIFICADA, conforme indicado pelo destaque em vermelho na imagem abaixo: ATENÇÃO: Para este banco o cadastro do número da ADE tem que ser conforme o exemplo destacado em vermelho acima, sem acréscimos de traços, pontos, hífens, etc. (Ex: ). 11

12 BANCO SAFRA Cadastrar no sistema FONTES o Nº DA PROPOSTA, conforme ilustrado na imagem abaixo: Obs. Nos casos de Portabilidade + refin é necessário informar no campo ADE o número de PROSPOSTA do refinanciamento e na observação incluir o número de proposta da portabilidade. 12

13 BANCO SABEMI Cadastrar no sistema FONTES o Nº DA PROPOSTA, conforme ilustrado na imagem abaixo do sistema do banco: ATENÇÃO: Para este banco o cadastro do numero da ADE deverá seguir o mesmo padrão informado pelo banco (EX ) 13

14 BANCO SUL FINANCEIRA Cadastrar no sistema FONTES o Nº da ADE que gera assim que o contrato é digitado, conforme consta em vermelho na imagem do sistema do banco: OPERACIONAL: Após o pagamento da operação a ADE acima deverá ser trocada pelo nº de contrato que consta na Planilha da proposta em CONTRATO. EX /

15 BANCO BIC BANCO Cadastrar no sistema FONTES o Nº da ADE que gera assim que o contrato é digitado, conforme consta em vermelho na imagem do sistema do banco: OPERACIONAL: Após o pagamento da operação a ADE acima deverá ser trocada pelo nº de contrato que consta na Planilha da proposta em CONTRATO. EX /

16 BANCO INTERMEDIUM Cadastrar no Sistema FONTES o Nº ADE que consta no cabeçalho da CAPA DE LOTE, conforme ilustrado na imagem abaixo: ATENÇÃO: Para este banco o cadastro do numero da ADE tem que ser conforme o destacado na seta vermelha acima, sem acréscimos de traços, pontos, hífens, etc. (EX: ). 16

PORTABILIDADE DE CRÉDITO

PORTABILIDADE DE CRÉDITO PORTABILIDADE DE CRÉDITO 1 SUMÁRIO 1. INFORMAÇÕES IMPORTANTES... 3 1.1. Conceitos 3 1.2. Como funciona 3 1.3. Convênios disponíveis para Portabilidade 3 1.4. Documentação Para Liberação da Proposta 3 2.

Leia mais

13X 18x 24X 36X 48X 60x 2,5% 3,5% 4,5% 6,5% 8,5% 15% 0.09262 0.07080 0.05672 0.04287 0.03620 0.03240. 12x 24x 36x 48x 60x /// /// /// 6,0%

13X 18x 24X 36X 48X 60x 2,5% 3,5% 4,5% 6,5% 8,5% 15% 0.09262 0.07080 0.05672 0.04287 0.03620 0.03240. 12x 24x 36x 48x 60x /// /// /// 6,0% Vigência 17/03/2010 UNIBANCO Até 78 anos 60x FININVEST pra cálculos Fuscald 13X 18x 24X 36X 48X 60x 2,5% 3,5% 4,5% 6,5% 8,5% 15% 0.09262 0.07080 0.05672 0.04287 0.03620 0.03240 Pag 01 Ordem de pagamento

Leia mais

O formato das listas está ilustrado como exemplo na figura a seguir ( Cadastro de Talhão ):

O formato das listas está ilustrado como exemplo na figura a seguir ( Cadastro de Talhão ): GUIA GERAL DE UTILIZAÇÃO DA PLANILHA DE IMPORTAÇÃO A tela inicial da planilha de importação é: As informações de cabeçalho são sobre quais dados a planilha de importação se refere: Nome da Fazenda, Nome

Leia mais

Lista de Aplicações Clique sobre o ativo para mais informações.

Lista de Aplicações Clique sobre o ativo para mais informações. Competência: 08/2012 Nome do Fundo: BANRISUL FLEX CREDITO PRIVADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO CNPJ: 08.960.978/0001-07 Administrador: BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SA CNPJ: 92.702.067/0001-96

Leia mais

Análise de Custo do Crédito 12 de Novembro de 2015

Análise de Custo do Crédito 12 de Novembro de 2015 Análise de Custo do Crédito 12 de Novembro de 2015 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no Brasil,

Leia mais

Regras de Negócio EXÉRCITO. Versão: 01 10 2012. *Últimas atualizações destacadas em vermelho

Regras de Negócio EXÉRCITO. Versão: 01 10 2012. *Últimas atualizações destacadas em vermelho Regras de Negócio Versão: 01 10 2012 *Últimas atualizações destacadas em vermelho POLÍTICA DE CRÉDITO RECURSOS PRÓPRIOS 1. Públicos alvo Servidores militares ativos, inativos e pensionistas. 2. Limites

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Automação de Escritório AULA 05. Prof. Fábio Diniz

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Automação de Escritório AULA 05. Prof. Fábio Diniz FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Automação de Escritório AULA 05 Prof. Fábio Diniz Na aula anterior: Dropbox. Conceito de Macro. Habilitando a Guia Desenvolver. Gravando uma Macro. Definindo

Leia mais

Análise de Circuitos I Sumário

Análise de Circuitos I Sumário Sumário CODIFICAÇÃO DE CORES PARA RESISTORES DE 4 FAIXAS...3 CODIFICAÇÃO DE CORES PARA RESISTORES DE 5 FAIXAS...5 VALORES PADRONIZADOS PARA RESISTORES DE PELÍCULA...7 Laboratório de Eletrônica Código de

Leia mais

iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica

iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica Conteúdo iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica... 3 1. Feedback do Cliente...3 1.1 Feedback do Cliente no Email da Pesquisa Dinâmica... 3 1.2 Página de

Leia mais

Análise de Custo do Crédito 02 de fevereiro de 2017

Análise de Custo do Crédito 02 de fevereiro de 2017 Análise de Custo do Crédito 02 de fevereiro de 2017 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no, com o

Leia mais

Sistema de Comissionamento Fontes Seguros.

Sistema de Comissionamento Fontes Seguros. Sistema de Comissionamento Fontes Seguros. Efetivação do Pagamento de Comissão O Pagamento das comissões é realizado com base nos relatórios recebido do banco com os seguros digitados e devidamente implantados,

Leia mais

Análise de Custo do Crédito 26 de janeiro de 2017

Análise de Custo do Crédito 26 de janeiro de 2017 Análise de Custo do Crédito 26 de janeiro de 2017 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no, com o intuito

Leia mais

PRINCIPAIS QUESTÕES DO PROCESSO DO WS SINAL E SINAL 6.0

PRINCIPAIS QUESTÕES DO PROCESSO DO WS SINAL E SINAL 6.0 PRINCIPAIS QUESTÕES DO PROCESSO DO WS SINAL E SINAL 6.0 Observação: FAVOR VERIFICAR A RESOLUÇÃO DA MÁQUINA (RESOLUÇÃO DA TELA DEVERÁ SER 1024 x 768) e liberação das portas 7778 e 7780 no firewall para

Leia mais

I. Personalizando a Área de Trabalho

I. Personalizando a Área de Trabalho 1 I. Personalizando a Área de Trabalho Área de Trabalho (desktop) do Novo Painel de Negociação do Home broker: Existem quatro desktops disponíveis para uso. Para alternar entre um e outro, clique sobre

Leia mais

3. Digitar Matrícula, CPF e Caracteres Solicitados: 1. PÚBLICO ALVO

3. Digitar Matrícula, CPF e Caracteres Solicitados: 1. PÚBLICO ALVO Instituto de Previdência dos Servidores Militares - IPSM - MG ROC.04.03 Versão: 06 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Inst. de Prev. dos Servidores Militares

Leia mais

Análise de Custo do Crédito 16 de fevereiro de 2017

Análise de Custo do Crédito 16 de fevereiro de 2017 Análise de Custo do Crédito 16 de fevereiro de 2017 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no, com o

Leia mais

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A.

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Sistema Auto Frota Itaú Seguros de Auto e Residência S.A Como Acessar Acesse o Portal do corretor www.itauseguros.com.br/portal, no caminho: Home> Meus Negócios> Cotações e Propostas> Auto Frota> Cotação

Leia mais

Manual de Usuário. Módulo 6: Nota Fiscal Eletrônica

Manual de Usuário. Módulo 6: Nota Fiscal Eletrônica Manual de Usuário Módulo 6: Nota Fiscal Eletrônica Sumário 1 Nota Fiscal Eletrônica... 2 2 Envio de CNAB com Chave... 2 3 Envio de Operação e de Arquivo... 2 4 Envio de... 3 1 1 Nota Fiscal Eletrônica

Leia mais

MUNICÍPIO DE SÃO LUIS - CONSOLIDADO GERAL

MUNICÍPIO DE SÃO LUIS - CONSOLIDADO GERAL RESTOS A PAGAR 2007 0,10 0,00 0,10 0,00 0,00 2008 5.983.713,47 0,00 898.627,84 8.974,08 5.076.111,55 2009 10.482.867,31 0,00 1.234.047,15 218.328,03 9.030.492,13 2010 80.976.457,44 0,00 52.293.127,55 288.715,48

Leia mais

Registro de Imóveis. Para os Cartórios de Registro de Imóveis o sistema de Indisponibilidade possui três perfis de acesso:

Registro de Imóveis. Para os Cartórios de Registro de Imóveis o sistema de Indisponibilidade possui três perfis de acesso: Registro de Imóveis A Central Nacional de Indisponibilidade é um sistema que integra ordens judiciais e administrativas sobre indisponibilidade de bens. Para acessar a Central Nacional de Indisponibilidade,

Leia mais

Análise de Custo do Crédito 02 de Outubro de 2015

Análise de Custo do Crédito 02 de Outubro de 2015 Análise de Custo do Crédito 02 de Outubro de 2015 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no Brasil, com

Leia mais

ELABORAR APRESENTAÇÕES NO POWERPOINT

ELABORAR APRESENTAÇÕES NO POWERPOINT ELABORAR APRESENTAÇÕES NO POWERPOINT Carlos Fernandes MCT 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Planejamento Storyboard Dividir para conquistar Domínio do assunto Storyboard Apoia o planejamento.

Leia mais

Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@)

Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@) PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NO CEARÁ Núcleo Seccional da ESMAFE - 5ª Região no Ceará Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@) AMBIENTAÇÃO NA PLATAFORMA 1. Cadastro 2. Preenchimento

Leia mais

SUAP Módulo Protocolo Manual do Usuário DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE PROJETOS, SISTEMAS E PROCESSOS DE NEGÓCIO

SUAP Módulo Protocolo Manual do Usuário DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE PROJETOS, SISTEMAS E PROCESSOS DE NEGÓCIO SUAP Módulo Protocolo Manual do Usuário DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE PROJETOS, SISTEMAS E PROCESSOS DE NEGÓCIO SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 1 1.1. ACESSO AO SISTEMA... 1 1.2. TELA INICIAL

Leia mais

Aquisição de Veículos (% a.a)

Aquisição de Veículos (% a.a) Análise de Custo do Crédito 09 de março de 2017 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no, com o intuito

Leia mais

SUMÁRIO DESCRIÇÃO DO PROGRAMA. 1 Link do Sistema 3. 2 Primeiro acesso 3. 3 Para entrar no Sistema 5. 4 Para registrar uma demanda 6

SUMÁRIO DESCRIÇÃO DO PROGRAMA. 1 Link do Sistema 3. 2 Primeiro acesso 3. 3 Para entrar no Sistema 5. 4 Para registrar uma demanda 6 TUTORIAL SUMÁRIO DESCRIÇÃO DO PROGRAMA PÁG DO DEMANDANTE 1 Link do Sistema 3 2 Primeiro acesso 3 3 Para entrar no Sistema 5 4 Para registrar uma demanda 6 5 Acompanhamento da demanda 9 2 TUTORIAL DESCRIÇÃO

Leia mais

Atualizações do Sistema. SMARsa

Atualizações do Sistema. SMARsa Atualizações do Sistema SMARsa Módulo WEB VERSÃO 2.0 Sumário 1º BLOQUEIO AUTOMÁTICO DE PROCESSO NO RECEBIMENTO DE DOCUMENTOS (JUNTADA)...3 2º INCORPORAÇÃO DE PROCESSOS...4 3º PRAZO DE RECEBIMENTO DE PROCESSO

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

Universidade Federal do Paraná - Curso de Engenharia Elétrica Laboratório de Engenharia Elétrica V TE067

Universidade Federal do Paraná - Curso de Engenharia Elétrica Laboratório de Engenharia Elétrica V TE067 Universidade Federal do Paraná - Curso de Engenharia Elétrica Laboratório de Engenharia Elétrica V TE067 Resistores Fixos de Película de Carbono ou Película Metálica Prof. Dr. Ewaldo L. M. Mehl, UFPR,

Leia mais

Espaço para logotipos de patrocinador/ colaborador, se houver.

Espaço para logotipos de patrocinador/ colaborador, se houver. SUGESTÃO 1 Camiseta preta (Fatec ou Etec) SUGESTÃO 2 Camiseta azul (Fatec ou Etec) SUGESTÃO 3 Camiseta branca (Fatec ou Etec) SUGESTÃO 4 Camiseta amarela (Fatec ou Etec) SUGESTÃO 5 Camiseta verde (Fatec

Leia mais

LISTA DE MATERIAL 2016

LISTA DE MATERIAL 2016 LISTA DE MATERIAL 2016 ENSINO FUNDAMENTAL I 3º ANO PARA ARQUIVO NO COLÉGIO 1 caderno pequeno (96 folhas) capa dura não pode ser espiral 1 caderno grande (96 folhas) capa dura não pode ser espiral 25 folhas

Leia mais

Regras de Negócio AERONÁUTICA

Regras de Negócio AERONÁUTICA Regras de Negócio Versão: 08082011 POLÍTICA DE CRÉDITO BRADESCO PROMOTORA 1. Públicos alvo Servidores militares ativos, inativos e pensionistas. 2. Limites Limite de idade De 21 a 69 anos 11 meses 29 dias

Leia mais

Controle de Pousadas e Hotéis

Controle de Pousadas e Hotéis Controle de Pousadas e Hotéis Tela Inicial para acessar o sistema coloque o login e senha que você rec ebeu por email, depois clique em Entrar Menu: Permite o acesso a todas as funcionalidades do sistema

Leia mais

6.1. Inserir... 09 6.2. Consultar... 10 6.3. Listar Todos... 11 6.4. Alterar... 12 7. BENEFÍCIOS... 12

6.1. Inserir... 09 6.2. Consultar... 10 6.3. Listar Todos... 11 6.4. Alterar... 12 7. BENEFÍCIOS... 12 Sumário 1. APRESENTAÇÃO INICIAL... 03 2. EMPRESA... 03 3. UNIDADE... 03 3.1. Consultar... 03 3.2. Listar Todas... 04 4. SETOR... 05 4.1. Consultar... 05 4.2. Inserir... 05 4.3. Listar... 06 5. FUNÇÃO...

Leia mais

Roteiro Operacional (Parceiros) Defensoria Publica de Minas Gerais. Características do Produto. Definida pela Diretoria. TC:

Roteiro Operacional (Parceiros) Defensoria Publica de Minas Gerais. Características do Produto. Definida pela Diretoria. TC: Roteiro Operacional (Parceiros) Defensoria Publica de Minas Gerais Características do Produto Público Alvo: Servidores Efetivos; Aposentados; Pensionistas; Bolsista do Estado de Minas Gerais. Taxa: Definida

Leia mais

308 - Kit Elevador Modelix (Estrutura)

308 - Kit Elevador Modelix (Estrutura) 308 - Kit Elevador Modelix (Estrutura) 1 308 - Kit Elevador Modelix (Estrutura) 2x Viga 3D 7 Furos 11 4x Barra Dupla 5 Furos Lista de peças Os números em preto correspondem a quantidade de cada peça a

Leia mais

Análise de Custo do Crédito 31 de março de 2016

Análise de Custo do Crédito 31 de março de 2016 Análise de Custo do Crédito 31 de março de 2016 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no Brasil, com

Leia mais

101,00% 101,90% 116,00% BMG R$ ,00% 105,00% 107,00% 112,00% Bonsucesso R$

101,00% 101,90% 116,00% BMG R$ ,00% 105,00% 107,00% 112,00% Bonsucesso R$ Relatório de Taxas ATIVOS %CDI Mínimo 90 dias 120 dias 181 dias 361 dias 540 dias 721 dias 900 dias 1080 dias ABC R$ 50.000 101,50% 102,00% 103,50% Banco Votorantim R$ 200.000 101,00% 101,90% BMG R$ 10.000

Leia mais

COLÉGIO INFANTE D. HENRIQUE

COLÉGIO INFANTE D. HENRIQUE PRÉ-ESCOLAR 1 Bloco de desenho A 4 (papel cavalinho) 1 Bloco de desenho A 3 (papel cavalinho) Meia resma de papel A 4 2 Lápis nº2 1 Borracha 1 Apara-lápis com caixa 1 Caixa de cores: pau, feltro e cera

Leia mais

Conteúdo. Manual de Cadastros Sistema Retaguarda. SIP Sistema Integrado Profissional

Conteúdo. Manual de Cadastros Sistema Retaguarda. SIP Sistema Integrado Profissional Conteúdo CADASTROS... 3 1. CADASTRO DE CLIENTE... 3 2. CADASTRO DE FABRICANTE... 6 3. CADASTRO DE FORNECEDOR... 7 4. CADASTRO DE TRANSPORTADORA... 8 5. CADASTRO DE PRODUTOS... 10 2 CADASTROS 1. CADASTRO

Leia mais

PROSEG ADMINISTRADORA E CORRETORA DE SEGUROS LTDA. MANUAL SISTEMA MULTICÁLCULO

PROSEG ADMINISTRADORA E CORRETORA DE SEGUROS LTDA. MANUAL SISTEMA MULTICÁLCULO PROSEG ADMINISTRADORA E CORRETORA DE SEGUROS LTDA. MANUAL SISTEMA MULTICÁLCULO Versão 2013 Índice Introdução... 3 Login e Senha... 3 Calcular Seguro... 4 Seguradoras Parceiras... 4 1. Dados do Segurado...

Leia mais

C O L É G I O I N T E G R A D O D I A D E M A Rua Washington Luiz, 566/574 Pq. 7 de Setembro Diadema SP CEP 09910-190 Fone: 4057 3003 e Fax: 4054 2929

C O L É G I O I N T E G R A D O D I A D E M A Rua Washington Luiz, 566/574 Pq. 7 de Setembro Diadema SP CEP 09910-190 Fone: 4057 3003 e Fax: 4054 2929 6º ANO 2015 01 agenda escolar a ser comprada na escola. Elaborada especialmente para o Integrado, seu uso é obrigatório. 01 caderno de capa dura espiral universitário de 10 matérias para as disciplinas

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

Manual Telemetria - RPM

Manual Telemetria - RPM Sumário Apresentação... 2 Home... 2 Definição do Idioma... 3 Telemetria RPM... 4 Pré-requisitos necessários para utilizar o menu Telemetria RPM... 5 Faixas RPM... 11 Configura Faixa do Veículo... 15 Acumulado

Leia mais

Análise de Custo do Crédito 18 de fevereiro de 2016

Análise de Custo do Crédito 18 de fevereiro de 2016 Análise de Custo do Crédito 18 de fevereiro de 2016 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no Brasil,

Leia mais

Manual Operacional RIGNER. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

Manual Operacional RIGNER. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] Komunik [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] RIGNER Manual Operacional Gensys Genius System Manual Komunik- Versão 1.0 E-mail: documentacao@geniusnt.com -Telefone:

Leia mais

PRODUTO E OPERAÇÃO VANTAGENS FLUXO BMG CARD FLUXO SAQUE COMPLEMENTAR ACOMPANHAMENTO

PRODUTO E OPERAÇÃO VANTAGENS FLUXO BMG CARD FLUXO SAQUE COMPLEMENTAR ACOMPANHAMENTO PRODUTO E OPERAÇÃO VANTAGENS FLUXO BMG CARD FLUXO SAQUE COMPLEMENTAR ACOMPANHAMENTO Gratuito. Sem anuidade ou taxa de adesão para o titular Sem consulta ao SPC / Serasa Menores taxas de juros do mercado

Leia mais

CAMPO DE APLICAÇÃO MANUAL Sistema COI Espaço do Controle Interno (Requisição de Informações).

CAMPO DE APLICAÇÃO MANUAL Sistema COI Espaço do Controle Interno (Requisição de Informações). CAMPO DE APLICAÇÃO MANUAL Sistema COI Espaço do Controle Interno (Requisição de Informações). SUMÁRIO página 1- Introdução 2 2- Pré-requisito 2 3- Acesso ao Sistema 2 4- Filtro de Pesquisa 3 5- Consulta

Leia mais

Lista de Material / Minimaternal - 2014

Lista de Material / Minimaternal - 2014 Lista de Material / Minimaternal - 2014 1 pacote de lenços umedecidos (a reposição será pedida via agenda quando necessário) 1 pacote de fraldas (a reposição será pedida via agenda quando necessário) 1

Leia mais

Relatório de Taxas ATIVOS %CDI. CDBs (SEM LIQUIDEZ) CDBs (COM LIQUIDEZ) LCIs. LCAs. LCs 01/02/2016

Relatório de Taxas ATIVOS %CDI. CDBs (SEM LIQUIDEZ) CDBs (COM LIQUIDEZ) LCIs. LCAs. LCs 01/02/2016 ATIVOS %CDI ABC R$ 50.000 101,50% 102,00% 103,50% Banco Votorantim R$ 200.000 101,00% 101,90% BMG R$ 10.000 116,00% BMG R$ 50.000 102,00% 105,00% 107,00% 112,00% Bonsucesso R$ 30.000 104,00% 109,00% BR

Leia mais

Secretaria de Educação de Maracanaú SAE. Sistema de Alimentação Escolar. Manual Básico do Usuário ESCOLA. Versão 1.1 26/02/2016

Secretaria de Educação de Maracanaú SAE. Sistema de Alimentação Escolar. Manual Básico do Usuário ESCOLA. Versão 1.1 26/02/2016 Secretaria de Educação de Maracanaú SAE Sistema de Alimentação Escolar Manual Básico do Usuário ESCOLA Versão 1.1 26/02/2016 Maracanaú, 2016 Conteúdo: 1. Apresentação do Sistema 2. Acessando o SAE 3. Aba

Leia mais

LEI DOS SÍMBOLOS NACIONAIS E DISTRITAIS REPÚBLICA DE PORTO CLARO

LEI DOS SÍMBOLOS NACIONAIS E DISTRITAIS REPÚBLICA DE PORTO CLARO LEI DOS SÍMBOLOS NACIONAIS E DISTRITAIS REPÚBLICA DE PORTO CLARO CAPÍTULO I Disposição Preliminar Art. 1 São Símbolos Nacionais: I - a Bandeira Nacional; II - o Hino Nacional; III - o Brasão Republicano;

Leia mais

SISTEMA GERAL DE GRADUAÇÃO

SISTEMA GERAL DE GRADUAÇÃO SISTEMA GERAL DE GRADUAÇÃO Sumário PágINA 3 INTRODUÇÃO PágINA 4 SISTEMA GERAL DE GRADUAÇÃO ANEXO Sugestão de sistema de graus para praticantes entre 4 e 15 anos Com o intuito de mais uma vez uniformizar

Leia mais

1 - Apresentação... 2 2 - Acessando o Site... 3 3 - Cadastrar Notas... 4 4 Cadastrar Faltas... 5 5 Acessando o Fórum de Discussão... 7 5.

1 - Apresentação... 2 2 - Acessando o Site... 3 3 - Cadastrar Notas... 4 4 Cadastrar Faltas... 5 5 Acessando o Fórum de Discussão... 7 5. 1 - Apresentação... 2 2 - Acessando o Site... 3 3 - Cadastrar Notas... 4 4 Cadastrar Faltas... 5 5 Acessando o Fórum de Discussão... 7 5.1 Criando Tópico... 8 1 - Apresentação Nossa escola esta inovando

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1,5 espaçamento entre as linhas CURSO xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Nome do Estagiário 2 espaços 1,5 Fonte 14 Fonte 14 RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Fonte 16 COLOCADO NO CENTRO DA FOLHA LOCAL ANO Fonte

Leia mais

Análise de Custo do Crédito 12 de maio de 2016

Análise de Custo do Crédito 12 de maio de 2016 Análise de Custo do Crédito 12 de maio de 2016 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no Brasil, com

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE ABONO E FÉRIAS UTILIZANDO O SEI.

SOLICITAÇÃO DE ABONO E FÉRIAS UTILIZANDO O SEI. SOLICITAÇÃO DE ABONO E FÉRIAS UTILIZANDO O SEI. A criação de solicitação de abono e férias é realizada através da criação de um processo do tipo desejado e, em seguida, inclusão de um documento do tipo

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL SP

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL SP E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

Abaixo seguem algumas telas do software, com as descrições das etapas para inclusão das informações e visualização dos resultados:

Abaixo seguem algumas telas do software, com as descrições das etapas para inclusão das informações e visualização dos resultados: Cálculo de CUSTOS Geração de Orçamento rápido no CALDsoft7 O software de planificação em caldeiraria CALDsoft7 possibilita à sua empresa o cadastro de materiais padrão, dimensões de chapa, espessuras bem

Leia mais

Manual Configuração Esquema Contábil

Manual Configuração Esquema Contábil Manual Configuração Esquema Contábil MARÇO/2013 Sumário 1. Introdução... 3 2. Funcionalidade... 3 3. Acesso ao Sistema Parâmetros... 3 4. Configurar o Esquema Contábil... 4 4.1. Inserir Palavra Chave...

Leia mais

Enap. Manual de uso da marca

Enap. Manual de uso da marca Manual de uso da marca O símbolo transmite seriedade, objetividade e contemporaneidade compatíveis com a instituição e também continuidade em relação ao sinal de identificação anteriormente usado. O desenho

Leia mais

Ponto On-Line - Apontamento. Fluxo de Informações

Ponto On-Line - Apontamento. Fluxo de Informações Ponto On-Line - Apontamento O módulo de Apontamento tem como finalidade fazer a gestão de ponto dos funcionários de acordo com a parametrização definida pela empresa, para apresentar os cálculos juntamente

Leia mais

A Unimed Muriaé esta atualizando a o sistema autorizador (HILUM )

A Unimed Muriaé esta atualizando a o sistema autorizador (HILUM ) A Unimed Muriaé esta atualizando a o sistema autorizador (HILUM ) Houve mudanças em várias áreas do sistema, mas para simplificar ao usuário final estarei ativando só os campos que são obrigatórios para

Leia mais

Conferência de Estoque

Conferência de Estoque Conferência de Estoque O estoque de peças é movimentado constantemente nas empresas, onde quanto mais frequentes são as saídas do estoque mais há risco de ocorrer desvios de peças retiradas. Para evitar

Leia mais

Manual e Normas Sistema Disciplina Online

Manual e Normas Sistema Disciplina Online Manual e Normas Sistema Disciplina Online 2011-2 1 SUMÁRIO Pág. 1. Sistema Disciplina Online - Aluno (UNIP). 05 1.1. Acesso ao sistema Disciplina Online - Aluno (UNIP). 05 1.2. Observações. 05 2. Sistema

Leia mais

Manual Instrutivo Captura de Propostas CP Consignado

Manual Instrutivo Captura de Propostas CP Consignado Título da apresentação Manual Instrutivo Captura de Propostas CP Consignado Captura CP Consignado - Nova Captura CP Consignado - Nova O sistema deve ser acessado pelo site do PANCRED, segue abaixo o passo

Leia mais

1 Banco do Brasil S.A. 2 Banco Central do Brasil. 3 Banco da Amazônia S.A. 4 Banco do Nordeste do Brasil S.A. 6 Banco Nacional Crédito Cooperativo S/A

1 Banco do Brasil S.A. 2 Banco Central do Brasil. 3 Banco da Amazônia S.A. 4 Banco do Nordeste do Brasil S.A. 6 Banco Nacional Crédito Cooperativo S/A Número Nome 1 Banco do Brasil S.A. 2 Banco Central do Brasil 3 Banco da Amazônia S.A. 4 Banco do Nordeste do Brasil S.A. 6 Banco Nacional Crédito Cooperativo S/A 7 BNDES - Banco Nacional de Desenvolv.

Leia mais

Projeto P&D. Alerta Raios. Monitoramento de Tempestades MANUAL DO SITE. Coelce Companhia Energética do Ceará. USP Universidade de São Paulo

Projeto P&D. Alerta Raios. Monitoramento de Tempestades MANUAL DO SITE. Coelce Companhia Energética do Ceará. USP Universidade de São Paulo Projeto P&D Alerta Raios Monitoramento de Tempestades MANUAL DO SITE Coelce Companhia Energética do Ceará USP Universidade de São Paulo 1. Página inicial A página inicial apresenta um cabeçalho contendo

Leia mais

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local SIGA Saúde Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde Manual operacional Módulo Agenda Agendamento Local Sumário Introdução... 3 Agendamento... 4 Pesquisa de vagas... 5 Perfil de Agenda... 6 Dados

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI Setembro de 2013 Objetivo: Esse manual, baseado no manual GLPI feito pela DTI, tem como objetivo principal instruir os usuários quanto à utilização do GLPI, sistema

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Introdução Aula 03: Pacote Microsoft Office 2007 O Pacote Microsoft Office é um conjunto de aplicativos composto, principalmente, pelos

Leia mais

Planilha de controle de faltas iniciais

Planilha de controle de faltas iniciais Planilha de controle de faltas iniciais Apresentação Esta pasta de trabalho foi criada pensando naquela fase do cotidiano escolar das escolas públicas. Aquela fase inicial na qual há uma lista de alunos

Leia mais

Análise de Custo do Crédito 02 de Abril de 2015

Análise de Custo do Crédito 02 de Abril de 2015 Análise de Custo do Crédito 02 de Abril de 2015 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no Brasil, com

Leia mais

PESQUISA PROCON-LD - BANCOS

PESQUISA PROCON-LD - BANCOS DATA: 23/2/2010 PESQUISA PROCON-LD - BANCOS CHEQUE ESPECIAL Instituição Taxa de Juros (%) BCO CRUZEIRO DO SUL S A 1,65 %a.m. BCO FATOR S A 1,92 %a.m. BCO VOTORANTIM S A 2,01 %a.m. BCO ALFA S A 2,10 %a.m.

Leia mais

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE ANS nº 34.600-4 AUTORIZADOR ON-LINE Para ter acesso ao autorizador on-line da Uniodonto Piracicaba siga os passos abaixo: 1 Acesse www.uniodontopiracicaba.com.br e clique em

Leia mais

ACOMPANHAMENTO > ACOMPANHAMENTO DE PROPOSTAS.

ACOMPANHAMENTO > ACOMPANHAMENTO DE PROPOSTAS. Prezado Agente; Este roteiro tem o objetivo de sanar as principais dúvidas sobre os procedimentos que devem ser adotados após a digitação do contrato e nas operações de RMC. Inicialmente, informamos que

Leia mais

Roteiro Operacional (Parceiros) CPA TJMG. Características do Produto

Roteiro Operacional (Parceiros) CPA TJMG. Características do Produto Roteiro Operacional (Parceiros) CPA TJMG Características do Produto Público Alvo: Servidores efetivos; Magistrados; Pensionistas ou outros beneficiários do TJMG. Taxa (*): Definida pela Diretoria. Tc:

Leia mais

Curso LibreOffice - Apostila de Exercícios

Curso LibreOffice - Apostila de Exercícios Exercício 1 1. Crie um novo documento e digite: Testando 2. Salve-o em algum local de fácil acesso e que seja de sua preferência com o nome Doc1. 3. Acrescente o texto Salvar Como ao final do texto escrito

Leia mais

Manual do Módulo SAC

Manual do Módulo SAC 1 Manual do Módulo SAC Índice ÍNDICE 1 OBJETIVO 4 INICIO 4 SAC 7 ASSOCIADO 9 COBRANÇA 10 CUSTO MÉDICO 10 ATENDIMENTOS 11 GUIAS 12 CREDENCIADO 13 LIVRETO 14 BUSCA POR RECURSO 15 CORPO CLÍNICO 16 MENU ARQUIVO

Leia mais

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados MARINHA DO BRASIL RO. 03.03 Versão: 38 Exclusivo para Uso Interno RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS Categorias

Leia mais

Pendência de Físicos Banco Pan

Pendência de Físicos Banco Pan Título da apresentação Pendência de Físicos Banco Pan Prazo para envio / Régua de Formalização Prazos para envio de kits e regularizações Régua de Envio A partir da data de integração do contrato o parceiro

Leia mais

APOSTILA LIVRO DE PONTO DOCENTE

APOSTILA LIVRO DE PONTO DOCENTE APOSTILA LIVRO DE PONTO DOCENTE Diretoria Regional de Educação Campo Limpo RH - Pagamento Jun / 2011 Livro de Ponto Docente Base de Dados Antes de Iniciar a digitação dos dados dos professores, não se

Leia mais

1) Como acessar a aplicação

1) Como acessar a aplicação Guia de Uso V1.0.0 1) Como acessar a aplicação 2 1 2 3 3 4 Ao clicar em Banco de Necessidades, será aberta uma nova guia do navegador com o formulário mostrado abaixo, o qual possui dois botões : Consulta

Leia mais

REGRAS GERAIS REDE 2 horas e 30 minutos. Os desafios deverão ser entregues conforme instrução: Exemplo: desafio1_equipepentagrama

REGRAS GERAIS REDE 2 horas e 30 minutos. Os desafios deverão ser entregues conforme instrução: Exemplo: desafio1_equipepentagrama 2 REGRAS GERAIS REDE 1. Número de desafios da competição: 5. 2. Tempo máximo da competição: 2 horas e 30 minutos. Os desafios deverão ser entregues conforme instrução: a) Salvar em um arquivo, identificando

Leia mais

Taxa de Juros de Capital de Giro - Média quadrissemanal (% a.a.) Início da queda dos spreads bancários dos Bancos Públicos

Taxa de Juros de Capital de Giro - Média quadrissemanal (% a.a.) Início da queda dos spreads bancários dos Bancos Públicos Análise de Custo do Crédito 18 de Janeiro de 2013 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP elaborou um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no Brasil, com

Leia mais

1. O que é a integração de processos

1. O que é a integração de processos 1. O que é a integração de processos É a integração de rotinas do Cordilheira Software Contábil com o Cordilheira Gestão Web. Neste momento, está sendo liberada a digitação do movimento da folha de pagamento

Leia mais

Manual de Usuário. Manual de Matrícula de Alunos Veteranos

Manual de Usuário. Manual de Matrícula de Alunos Veteranos Manual de Usuário Manual de Matrícula de Alunos Veteranos Edited with the trial version of Foxit Advanced PDF Editor To remove this notice, visit: www.foxitsoftware.com/shopping Categoria Processo Data

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE VIDEOCONFERÊNCIA RADVISION XT1000

GUIA RÁPIDO DE VIDEOCONFERÊNCIA RADVISION XT1000 GUIA RÁPIDO DE VIDEOCONFERÊNCIA RADVISION XT1000 SEÇÃO DE APRIMORAMENTO EM TI TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO 29/05/2013 COMO PARTICIPAR DE UMA VIDEOCONFEREÊ NCIA Caso o menu de opções apareça durante a

Leia mais

Gestão de Ativos. Manual do Usuário. Treinamento Fase 1 (TRN 01)

Gestão de Ativos. Manual do Usuário. Treinamento Fase 1 (TRN 01) Gestão de Ativos Manual do Usuário Treinamento Fase 1 (TRN 01) Índice 1. Introdução... 3 2. Movimentações de Ativos... 4 2.1. Monitoração... 4 2.1.1. Monitor de Movimentação de Ativos...4 2.2. Transações...15

Leia mais

Análise de Custo do Crédito 29 de Janeiro de 2015

Análise de Custo do Crédito 29 de Janeiro de 2015 Análise de Custo do Crédito 29 de Janeiro de 2015 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no Brasil, com

Leia mais

Análise de Custo do Crédito 20 de julho de 2017

Análise de Custo do Crédito 20 de julho de 2017 Análise de Custo do Crédito 20 de julho de 2017 O Departamento de Economia (Depecon) da FIESP desenvolve um estudo comparativo das taxas de juros aplicadas pelos grandes bancos de varejo no, com o intuito

Leia mais

DIVISÃO DE PATRIMÔNIO

DIVISÃO DE PATRIMÔNIO DIVISÃO DE PATRIMÔNIO 1.0 Como Acessar: Primeiramente você deve acessar a intranet UFPR : www.intranet.ufpr.br. Nessa Tela você deve clicar em entrar Então será redirecionado a tela de Login, entre com

Leia mais

Instruções. Guia controle com diversos botões que permitem uma livre navegação através do mapa do Estado do Rio de Janeiro, são eles:

Instruções. Guia controle com diversos botões que permitem uma livre navegação através do mapa do Estado do Rio de Janeiro, são eles: Instruções Este tutorial foi desenvolvido para facilitar a realização de consultas no Banco de Dados (BD). Através do mapa do RJ é possível verificar os pontos de coleta dos trabalhos que foram compilados

Leia mais

Portabilidade Consignado (Resolução 4.292 BACEN)

Portabilidade Consignado (Resolução 4.292 BACEN) Versão Data de publicação Área(s) responsável (is) Classificação Código 0.204 07/05/204 Produtos Consignado Público 3-SCOM02.06 Portabilidade Consignado (Resolução 4.292 BACEN) APROVAÇÕES Elaboração Análises

Leia mais

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS:

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS: MANUAL PARA TCC www.etecmonteaprazivel.com.br Estrada do Bacuri s/n Caixa Postal 145 Monte Aprazível SP CEP 15150-000 Tel.: (17) 3275.1522 Fax: (17) 3275.1841 NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACERTO DE ESTOQUE...

Leia mais

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição SSE 3.0 Guia Rápido Módulo Secretaria Nesta Edição 1 Acessando o Módulo Secretaria 2 Cadastros Auxiliares 3 Criação de Modelos Definindo o Layout do Modelo Alterando o Layout do Cabeçalho 4 Parametrização

Leia mais