Desempenho das Vendas e o Impacto na geração de emprego na RMSP

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desempenho das Vendas e o Impacto na geração de emprego na RMSP"

Transcrição

1 Desempenho das Vendas e o Impacto na geração de emprego na RMSP Varejo Estado de SP- 1 Semestre Em junho, o comércio varejista do estado de São Paulo registrou expressiva queda de 7,2% em comparação ao mesmo mês do ano passado. O faturamento real de junho deste ano, de R$ 39,4 bilhões, ficou R$ 3 bilhões abaixo do alcançado em igual mês de Trata-se da quarta e a mais aguda queda mensal consecutiva este ano. Com esse resultado, o valor real das vendas reais acumulado no primeiro semestre de 2014 registrou variação nula em comparação ao mesmo período do ano passado. Autopeças e acessórios ,22-10,4-3,8 5,5 Concessionárias de veículos ,96-18,6-28,2-14,3 Farmácias e perfumarias ,13-6,7 5,8 7,1 Lojas de departamentos ,70-10,9 1,8-16,3 Lojas de eletrodomésticos e eletrônico ,19 13,0-20,2-13,9 Materiais de construção ,80-11,9-17,4-0,7 Lojas de móveis e decoração ,12-7,2-2,7 0,6 Lojas de vestuário, tecidos e calçados ,05-17,1-10,0-1,1 Supermercados ,15-3,8 2,9 6,1 Outras atividades ,66-11,4 0,4 9,0 Total do comércio varejista ,93-9,1-7,2 0,0 Varejo Capital- 1 Semestre A queda de 11,6% nas vendas do comércio varejista na Capital, em relação a junho de 2013, não chegou a surpreender, considerando as circunstâncias que marcaram o período. O faturamento real atingido, de R$ 11,8 bilhões ficou R$ 1,6 bilhão abaixo do valor apurado em igual mês do ano passado. Essa expressiva queda nas vendas do varejo paulistano atingiu oito das dez atividades que compõem o setor, concentrando as maiores taxas negativas nas concessionárias de veículos (-33,7%) e nas lojas de eletrodomésticos e eletrônicos (24,9%). Apenas os supermercados (2,5%) e as farmácias e perfumarias (3,3%) conseguiram registrar crescimento no mês de junho, evidenciando uma nítida migração do consumo de duráveis para bens essenciais. 1

2 Autopeças e acessórios ,15-12,6-14,9 5,5 Concessionárias de veículos ,13-19,6-33,7-18,5 Farmácias e perfumarias ,26-8,5 3,3 3,8 Lojas de departamentos ,71-9,1-6,7-8,6 Lojas de eletrodomésticos e eletrônico ,43-13,2-24,9-5,3 Materiais de construção ,87-14,2-14,4 1,2 Lojas de móveis e decoração ,26-6,8-2,5 8,1 Lojas de vestuário, tecidos e calçados ,20-16,7-9,2 1,2 Supermercados ,12-3,6 2,5 3,2 Outras atividades ,13-19,0-8,7 3,7 Total do comércio varejista ,78-12,5-11,6-2,2 Varejo DRT Litoral 1 Semestre No litoral, as quedas acentuadas observadas nas vendas das lojas de eletrodomésticos e eletrônicos (-62,2%), das concessionárias de veículos (-24,9%) e do setor de materiais de construção (-10,7%) resultaram em uma queda de 9,1% nas receitas do comércio varejista da região do Litoral. Em junho, o faturamento foi de R$ 1,310 bilhão. O bom desempenho das lojas de móveis e decoração (+23,0%), das lojas de departamentos (+9,9%) e das farmácias e perfumarias (+8,5%), impediu um resultado geral pior. DRT - Litoral Autopeças e acessórios ,94-10,8-3,2 4,1 Concessionárias de veículos ,48-25,8-24,9-7,4 Farmácias e perfumarias ,27-6,1 8,5 7,3 Lojas de departamentos ,64-5,8 9,9 2,4 Lojas de eletrodomésticos e eletrônico ,63-12,3-62,2-37,1 Materiais de construção ,44-10,5-10,7-2,0 Lojas de móveis e decoração ,51 3,5 23,0 24,7 Lojas de vestuário, tecidos e calçados ,43-10,8-0,6 5,7 Supermercados ,11-1,1-2,0-3,9 Outras atividades ,03-6,6-2,9 7,4 Total do comércio varejista ,66-8,4-9,1-1,8 2

3 Varejo DRT ABCD 1 Semestre O varejo da região do ABCD, que é composto por sete municípios, apresentou o segundo pior desempenho regional da pesquisa em junho. Na comparação contra junho de 2013, houve retração de -13% e -5,9% no acumulado de janeiro a junho. O faturamento no mês foi de R$ 2,23 bilhões de reais. A maior queda no mês foi do setor de eletrodomésticos e eletrônicos com -49%, mas outras atividades com faturamento superior exerceram mais influência na queda geral como Outras Atividades com -6,3%, Concessionárias de Veículos com -22,2% e Lojas de Vestuário, Tecidos e Calçados com - 41%, seguindo a ordem de grandeza (faturamento) dos setores que recuaram em junho. DRT ABCD Autopeças e acessórios ,84-8,3-21,3-8,1 Concessionárias de veículos ,71-15,7-22,2-11,9 Farmácias e perfumarias ,36-6,8 1,2 11,9 Lojas de departamentos ,86-11,2-2,7-29,8 Lojas de eletrodomésticos e eletrônico ,77-10,9-49,0-25,3 Materiais de construção ,63-9,5-6,7-5,6 Lojas de móveis e decoração ,14-18,6-13,7-7,8 Lojas de vestuário, tecidos e calçados ,49-16,2-41,0-18,8 Supermercados ,43-3,6 2,1 4,0 Outras atividades ,57-7,7-6,3-0,4 Total do comércio varejista ,86-9,1-13,0-5,9 Varejo DRT Guarulhos- 1 Semestre O comércio varejista da região de Guarulhos, composta por 12 municípios, registrou o pior desempenho regional da PCCV em junho. No mês a retração nas vendas foi de -14,3% e o faturamento recuou para R$ 2,15 bilhões. No acumulado do ano há uma ligeira queda de -0,5%. O setor de Supermercados apresentou queda de -5,5% e apesar de não ter sido a maior, foi uma das que mais influenciou o resultado do mês por conta do seu peso na região. Outra atividade que puxou para baixo o varejo de Guarulhos foi o de Materiais de Construção com retração de -48,5%. 3

4 DRT Guarulhos Autopeças e acessórios ,02 20,2 26,0 20,8 Concessionárias de veículos ,28-17,9-9,3-1,8 Farmácias e perfumarias ,79-5,3 4,1 13,1 Lojas de departamentos ,70-17,4-31,6-37,6 Lojas de eletrodomésticos e eletrônico ,80-26,4-60,4-28,2 Materiais de construção ,67-20,8-48,5-13,0 Lojas de móveis e decoração ,99-16,0-66,9-53,7 Lojas de vestuário, tecidos e calçados ,20-20,2 4,8 14,9 Supermercados ,32-2,6-5,5 3,5 Outras atividades ,78-8,9 4,6 8,9 Total do comércio varejista ,11-10,6-14,3-0,5 Varejo DRT Osasco- 1 Semestre Em Osasco, dos dez setores pesquisados pela PCCV, sete encerraram o mês de junho com perda de receitas no comparativo anual. As maiores perdas foram observadas nos setores de lojas de eletrodomésticos e eletrônicos (-37,6%), de lojas de vestuário, tecidos e calçados (-35,7%) e de concessionárias de veículos (-32,2%). O setor de supermercados e de outras atividades, os quais concentram 65% das vendas do comércio, cresceram 5,5% e 7,3%, respectivamente, impedindo um resultado geral pior. Em junho, o comércio varejista faturou R$ 3,62 bilhões, uma queda de 7,1% em relação ao mesmo mês de DRT Osasco Autopeças e acessórios ,90-12,4-15,0-20,3 Concessionárias de veículos ,60-12,0-32,2-25,3 Farmácias e perfumarias ,99-7,0 2,0-12,4 Lojas de departamentos ,34-16,0-7,6-2,6 Lojas de eletrodomésticos e eletrônico ,80-18,3-37,6-30,4 Materiais de construção ,64-7,3-22,3-6,2 Lojas de móveis e decoração ,54-6,3-11,1-22,4 Lojas de vestuário, tecidos e calçados ,26-24,1-35,7-27,7 Supermercados ,86-6,5 5,5 10,6 Outras atividades ,91-15,8 7,3 16,7 Total do comércio varejista ,36-12,6-7,1-0,9 4

5 Desempenho da geração de empregos formais Segundo dados do CAGED, o saldo de empregos no comércio, no Estado de São Paulo, no primeiro semestre de 2014, atingiu o pior desempenho dos últimos sete anos, com queda de empregos. Acompanhando a mesma tendência de queda, a Região Metropolitana de São Paulo e Capital perderam, respectivamente, e empregos. Para assessoria econômica da Fecomercio SP, o desempenho arrefecido do mercado de trabalho do varejo, seja no Brasil ou Estado de São Paulo, já é resultado da queda do faturamento do setor e principalmente das atividades ligadas aos bens duráveis. O ICEC (Índice de Confiança do Empresário do Comércio) da FecomercioSP chegou pela primeira vez desde que a pesquisa foi iniciada abaixo dos 100 pontos, isto é, patamar de pessimismo. O comerciante do varejo está menos confiante devido a queda nas vendas e o resultado é menos investimento, inclusive na ampliação do quadro funcional das empresas. 5

6 6

ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM DEZEMBRO NO ESTADO DE SÃO PAULO ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 8

ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM DEZEMBRO NO ESTADO DE SÃO PAULO ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 8 DEZEMBRO DE 2016 ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM DEZEMBRO NO ESTADO DE SÃO PAULO... 3 2. ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 8 3. REGIÕES DO ESTADO EM DESTAQUE (Exceto Capital)... 11 3.1. REGIÕES

Leia mais

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões...

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões... OUTUBRO DE 2016 ÍNDICE 1. Desempenho Estadual... 3 2. Desempenho por Atividade... 7 3. Desempenho por Região... 10 3.1. Melhores e Piores Regiões... 13 4. Conclusão... 15 5. Nota Metodológica... 16 1.

Leia mais

ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM JUNHO NO ESTADO DE SÃO PAULO ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 9

ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM JUNHO NO ESTADO DE SÃO PAULO ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 9 JUNHO DE 2016 ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM JUNHO NO ESTADO DE SÃO PAULO... 3 2. ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 9 3. REGIÕES DO ESTADO EM DESTAQUE (Exceto Capital)... 12 3.1. REGIÕES COM RESULTADOS

Leia mais

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões...

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões... SETEMBRO DE 2016 ÍNDICE 1. Desempenho Estadual... 3 2. Desempenho por Atividade... 7 3. Desempenho por Região... 9 3.1. Melhores e Piores Regiões... 10 4. Conclusão... 13 5. Nota Metodológica... 14 1.

Leia mais

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO JULHO DE 2016 ÍNDICE 1. Desempenho Estadual... 3 2. Desempenho por Atividade... 7 3. Desempenho por Região... 9 3.1. Melhores e Piores Regiões...

Leia mais

COMÉRCIO REDUZ INTENÇÃO DE INVESTIMENTOS EM ESTOQUES EM JANEIRO DE 2017

COMÉRCIO REDUZ INTENÇÃO DE INVESTIMENTOS EM ESTOQUES EM JANEIRO DE 2017 Divisão Econômica COMÉRCIO REDUZ INTENÇÃO DE INVESTIMENTOS EM ESTOQUES EM JANEIRO DE 2017 Parcela significativa dos varejistas de produtos semiduráveis (25%) e pequenos comerciantes (29,8%) consideram

Leia mais

PARÂMETROS ECONÔMICOS NAS NEGOCIAÇÕES COLETIVAS M A R Ç O /

PARÂMETROS ECONÔMICOS NAS NEGOCIAÇÕES COLETIVAS M A R Ç O / PARÂMETROS ECONÔMICOS NAS NEGOCIAÇÕES COLETIVAS M A R Ç O / 2 0 1 5 N EGOCIAÇ ÃO C O L E T I VA : "... u m pro c e s s o dinâmico de busca do ponto d e e q u i l í b r i o e ntre i nte r e s s e s d i

Leia mais

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO FEVEREIRO

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO FEVEREIRO PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO FEVEREIRO Índice 1. Desempenho estadual 2. Desempenho por atividade 3. Desempenho por região 4. Melhores e piores regiões 5. Todas as regiões

Leia mais

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO JANEIRO

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO JANEIRO PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO JANEIRO Índice 1. Desempenho estadual 2. Desempenho por atividade 3. Desempenho por região 4. Melhores e piores regiões 5. Todas as regiões a.

Leia mais

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Diretoria Adjunta de Análise e Disseminação de Informações Gerência de Indicadores Econômicos Em fevereiro de 2016, no acumulado de 12 meses,

Leia mais

BOLETIM AC-VAREJO RA 08

BOLETIM AC-VAREJO RA 08 BOLETIM AC-VAREJO RA 08 O Instituto de Economia Gastão Vidigal (IEGV) da ACSP passará a divulgar mensalmente índices de faturamento (receita nominal) e de volume de vendas (receita real, deflacionada pelo

Leia mais

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado COMENTÁRIOS Em junho de 2015, o comércio varejista nacional registrou variação de -0,4% no volume de vendas frente ao mês imediatamente anterior, na série livre de influências sazonais, quinta taxa negativa

Leia mais

Receita nominal. Setembro/Agosto 0,5 0,1 1,5 1,2 Média móvel trimestral 1,0 0,1 1,1 0,5 Setembro 2015 / Setembro 2014

Receita nominal. Setembro/Agosto 0,5 0,1 1,5 1,2 Média móvel trimestral 1,0 0,1 1,1 0,5 Setembro 2015 / Setembro 2014 Vendas no varejo variam 0,5% em setembro Período Volume de vendas Varejo Receita nominal Varejo Ampliado Volume de vendas Receita nominal Setembro/Agosto 0,5 0,1 1,5 1,2 Média móvel trimestral 1,0 0,1

Leia mais

ANÁLISE MENSAL - PMC

ANÁLISE MENSAL - PMC ANÁLISE MENSAL - PMC Janeiro/ 2016 Varejo inicia o ano com recuo de -1,5% O Varejo brasileiro inicia o ano de 2016 dando continuidade à tendência de queda no volume de vendas com o primeiro mês do ano

Leia mais

Comércio registra bom desempenho em agosto

Comércio registra bom desempenho em agosto Pesquisa Conjuntural do COMÉRCIO Nº 149 ANO 13 SETEMBRO - mês base AGOSTO 2013 CURITIBA E REGIÃO METROPOLITANA, LONDRINA, MARINGÁ, REGIÃO OESTE, FOZ DO IGUAÇU, PONTA GROSSA, REGIÃO SUDOESTE, PARANAGUÁ

Leia mais

Confiança do consumidor brasileiro tem melhora em setembro

Confiança do consumidor brasileiro tem melhora em setembro NATAL 2016 Confiança do consumidor brasileiro tem melhora em setembro Com alta de 1,3 pontos, Índice de Confiança do Consumidor chegou a 80,6 pontos em setembro, nível mais alto desde janeiro de 2015

Leia mais

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE Pesquisa mensal de comércio Junho de 212 IBGE PMC Varejo restrito e ampliado Sumário Varejo Restrito - Receita nominal - Volume de vendas (Deflação da receita bruta com o IPCA e SINAPI) Varejo Ampliado

Leia mais

Fevereiro Divulgado em 15 de março de 2016.

Fevereiro Divulgado em 15 de março de 2016. Fevereiro - 2016 Divulgado em 15 de março de 2016. ICVA: BENEFICIADO PELO CALENDÁRIO, VAREJO AMPLIADO REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,4% EM FEVEREIRO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo

Leia mais

Resultado Agregado. ASSESSORIA ECONÔMICA DO SISTEMA FECOMÉRCIO-RS - Fone: (51) de Junho de 2015

Resultado Agregado. ASSESSORIA ECONÔMICA DO SISTEMA FECOMÉRCIO-RS - Fone: (51) de Junho de 2015 01 de Junho de 2015 Resultado Agregado Índice de Vendas do Comércio Abril 2015 IVC IVA IVV Real Nominal Real Nominal Real Nominal Mensal -7,2-3,0-7,4-5,0-7,0-0,8 Acumulado no Ano -5,8-0,8-5,3-1,7-6,3 0,1

Leia mais

EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico

EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO 2016 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA... 3 Ilustração

Leia mais

Análise Mensal - PMC

Análise Mensal - PMC Análise Mensal - PMC Julho / 2016 Varejo tem pior julho da série histórica Segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE, o volume das vendas do Varejo brasileiro voltou a ficar no negativo no mês

Leia mais

Dia das mães influencia positivamente o comércio no mês de maio

Dia das mães influencia positivamente o comércio no mês de maio Pesquisa Conjuntural do COMÉRCIO Nº 146 ANO 13 JUNHO - mês base MAIO 2013 CURITIBA E REGIÃO METROPOLITANA, LONDRINA, MARINGÁ, REGIÃO OESTE, FOZ DO IGUAÇU, PONTA GROSSA, REGIÃO SUDOESTE, PARANAGUÁ E REGIÃO

Leia mais

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO 2014 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico Coordenação de Campo: Roberto Guerra SUMÁRIO

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE JANEIRO DE 2013 PONTA GROSSA Este relatório, referente ao mês de JANEIRO de 2013, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015 ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015 O COMÉRCIO VAREJISTA NO BRASIL CONTINUA EM QUEDA A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Leia mais

ANÁLISE MENSAL - PMC

ANÁLISE MENSAL - PMC ANÁLISE MENSAL - PMC Outubro/ 2015 Comércio tem crescimento após 8 meses de quedas consecutivas O comércio varejista nacional registrou crescimento nas vendas de 0,6% em outubro frente ao mês imediatamente

Leia mais

Maio Divulgado em 16 de junho de 2015.

Maio Divulgado em 16 de junho de 2015. Maio - 2015 Divulgado em 16 de junho de 2015. VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA Percentual é calculado a partir da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com maio de 2014;

Leia mais

Outubro Divulgado em 16 de novembro de 2015.

Outubro Divulgado em 16 de novembro de 2015. Outubro - 2015 Divulgado em 16 de novembro de 2015. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,3% NO VAREJO EM OUTUBRO Indicador considera a receita de vendas do varejo deflacionada pelo IPCA em relação a outubro de

Leia mais

Junho Divulgado em 15 de julho de 2015.

Junho Divulgado em 15 de julho de 2015. Junho - 2015 Divulgado em 15 de julho de 2015. ICVA REGISTRA CRESCIMENTO DE 1,9% PARA O VAREJO EM JUNHO O indicador é calculado a partir da receita de vendas do comércio varejista deflacionada pelo IPCA

Leia mais

Monitoramento dos Indicadores das MPEs do Comércio do Estado do Maranhão

Monitoramento dos Indicadores das MPEs do Comércio do Estado do Maranhão Monitoramento dos Indicadores das MPEs do Comércio do Estado do Maranhão Baixa atividade econômica leva desempenho interanual do comércio para o menor patamar desde 2003 Segundo o IBGE, o volume de vendas

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,6% PARA O VAREJO EM NOVEMBRO

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,6% PARA O VAREJO EM NOVEMBRO I C V A N O V E M BRO D E 2 0 1 6 CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,6% PARA O VAREJO EM NOVEMBRO Indicador considera a receita deflacionada de vendas

Leia mais

BOLETIM AC-VAREJO RA 11, RA 16 & RA 19

BOLETIM AC-VAREJO RA 11, RA 16 & RA 19 BOLETIM AC-VAREJO RA 11, RA 16 & RA 19 O Instituto de Economia Gastão Vidigal (IEGV) da ACSP passará a divulgar mensalmente índices de faturamento (receita nominal) e de volume de vendas (receita real,

Leia mais

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina ICF. Intenção de Consumo das Famílias

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina ICF. Intenção de Consumo das Famílias Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina ICF Intenção de Consumo das Famílias Núcleo de Estudos Estratégicos Fecomércio SC Junho de 2016 SUMÁRIO EMPREGO, RENDA E CONSUMO ATUAIS...

Leia mais

Comércio paranaense reage em julho

Comércio paranaense reage em julho PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO Nº 148 ANO 13 AGOSTO - mês base JULHO 2013 CURITIBA E REGIÃO METROPOLITANA, LONDRINA, MARINGÁ, REGIÃO OESTE, FOZ DO IGUAÇU, PONTA GROSSA, REGIÃO SUDOESTE, PARANAGUÁ E REGIÃO

Leia mais

Abril Divulgado em 16 de maio de 2016.

Abril Divulgado em 16 de maio de 2016. Abril - 2016 Divulgado em 16 de maio de 2016. VAREJO REGISTRA RETRAÇÃO DE 5,2% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a abril de 2015. Descontados

Leia mais

VAREJO FECHOU 108,7 MIL LOJAS EM 2016

VAREJO FECHOU 108,7 MIL LOJAS EM 2016 VAREJO FECHOU 108,7 MIL LOJAS EM 2016 Apesar do ritmo menos intenso no segundo semestre, fragilidade das condições de consumo não evitou fechamento recorde de estabelecimentos comerciais com vínculo empregatício

Leia mais

Relatório de Resultado de Vendas do Natal 2015

Relatório de Resultado de Vendas do Natal 2015 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Relatório de Resultado de Vendas do Natal 2015 O perfil do empresário e resultado de vendas para o período de Natal em Santa Catarina

Leia mais

BALANÇO E PERSPECTIVAS. economia brasileira fecomercio-sp

BALANÇO E PERSPECTIVAS. economia brasileira fecomercio-sp BALANÇO E PERSPECTIVAS economia brasileira 2015-2016 fecomercio-sp BALANÇO E PERSPECTIVAS economia brasileira 2015-2016 fecomercio-sp introdução 06 pesquisas fecomercio-sp confiança índice de confiança

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás N.1/mar. 2010

Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás N.1/mar. 2010 Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás N.1/mar. 2010 1 Na primeira edição do Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás serão apresentadas análises de quatro índices que retratam a dinâmica da economia

Leia mais

Pesquisa de Resultado de Vendas do Natal 2016

Pesquisa de Resultado de Vendas do Natal 2016 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Pesquisa de Resultado de Vendas do Natal 2016 O perfil do empresário e

Leia mais

ANÁLISE MENSAL - PMC

ANÁLISE MENSAL - PMC ANÁLISE MENSAL - PMC Setembro/ 2015 Comércio apresenta em setembro 8º recuo mensal consecutivo O comércio varejista brasileiro registrou queda de 0,5% no mês de setembro de 2015 em relação ao mês anterior,

Leia mais

CHEGADA DO NATAL MARCA INTERRUPÇÃO DA SEQUÊNCIA DE ALTAS NA CONFIANÇA DO COMÉRCIO

CHEGADA DO NATAL MARCA INTERRUPÇÃO DA SEQUÊNCIA DE ALTAS NA CONFIANÇA DO COMÉRCIO (0-200) CHEGADA DO NATAL MARCA INTERRUPÇÃO DA SEQUÊNCIA DE ALTAS NA CONFIANÇA DO COMÉRCIO O de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) atingiu 99,1 pontos em dezembro, ante os 98,9 pontos observados

Leia mais

VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA

VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA Percentual é calculado a partir da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com

Leia mais

INDICADORES INDUSTRIAIS RIO GRANDE DO SUL

INDICADORES INDUSTRIAIS RIO GRANDE DO SUL INDICADORES INDUSTRIAIS RIO GRANDE DO SUL AGOSTO DE 2011 Novo crescimento não altera o quadro desfavorável Agosto de 2011 www.fiergs.org.br Os resultados dos Indicadores Industriais do RS referentes ao

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 6,2% PARA O VAREJO EM AGOSTO

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 6,2% PARA O VAREJO EM AGOSTO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 6,2% PARA O VAREJO EM AGOSTO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação ao mesmo mês

Leia mais

Junho Divulgado em 17 de julho de 2017

Junho Divulgado em 17 de julho de 2017 Junho - 2017 Divulgado em 17 de julho de 2017 ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 0,1% PARA O VAREJO EM JUNHO Receita de vendas no varejo apresenta a menor queda desde julho de 2015; indicador, calculado pela Cielo,

Leia mais

Comércio brasileiro 2016

Comércio brasileiro 2016 Comércio brasileiro 2016 Breve análise do comércio brasileiro no ano de 2016 e uma perspectiva para 2017 Sumário 1. Desempenho 2015... 2 2. O que mudou em 2016... 3 3. Perspectivas para 2017... 5 4. Players...

Leia mais

Agosto Divulgado em 15 de setembro de 2015.

Agosto Divulgado em 15 de setembro de 2015. Agosto - 2015 Divulgado em 15 de setembro de 2015. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 2,8% PARA O VAREJO EM AGOSTO Indicador considera a receita de vendas do varejo deflacionada pelo IPCA em comparação com agosto

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: EDITORIA: CAPA E ECONOMIA

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: EDITORIA: CAPA E ECONOMIA FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 16.07.15 EDITORIA: CAPA E ECONOMIA VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 16.07.15 EDITORIA: RODA VIVA VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 16.07.15 EDITORIA: ELIANA LIMA VEÍCULO:

Leia mais

Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017

Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017 Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017 Pesquisa Anual de Comércio PAC 2015 Sumário Objetivos da PAC Segmentos e classes de atividade Aspectos metodológicos Principais resultados Objetivos da

Leia mais

Despesas de estabelecimentos com taxas de cartões registram primeira queda real da história

Despesas de estabelecimentos com taxas de cartões registram primeira queda real da história INFORMATIVO PARA A IMPRENSA ML&A Comunicações Fernanda Elen fernanda@mla.com.br (11) 3811-2820 ramal 833 Despesas de estabelecimentos com taxas de cartões registram primeira queda real da história Segundo

Leia mais

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal Pesquisa Conjuntural Comércio Varejista do Distrito Federal Setembro 2011 Aderente a Metodologia Nacional CNC/IBGE SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: 70306-911 Brasília-DF - Fone: (61) 3962-2011

Leia mais

CIELO S.A. CNPJ/MF / Comunicado ao Mercado

CIELO S.A. CNPJ/MF / Comunicado ao Mercado CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA CRESCIMENTO DE 1,9% PARA O VAREJO EM JUNHO O indicador é calculado a partir da receita de vendas do comércio varejista deflacionada

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,3% NO VAREJO EM OUTUBRO

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,3% NO VAREJO EM OUTUBRO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,3% NO VAREJO EM OUTUBRO Indicador considera a receita de vendas do varejo deflacionada pelo IPCA em relação a outubro

Leia mais

Indústria e Comércio comprometem o desempenho da RARP em setembro de 2015

Indústria e Comércio comprometem o desempenho da RARP em setembro de 2015 Brasil, RARP e município de Ribeirão Preto fecham vagas em todos os setores Os dados do mês de setembro de 2015 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) reforçam o cenário de pouco otimismo,

Leia mais

VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,9% EM MARÇO, APONTA ICVA

VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,9% EM MARÇO, APONTA ICVA CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,9% EM MARÇO, APONTA ICVA Mês de março apresentou a menor queda de vendas desde julho de 2015 Crescimento da

Leia mais

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO INDICADORES DO VAREJO Boletim no. 34 (IEGV) FATURAMENTO E VOLUME DE VENDAS DO VAREJO NO ESTADO DE SÃO PAULO FEVEREIRO DE 2017 VAREJO RESTRITO Capital Capital * Estado de SP Estado de SP * Fevereiro 2017/

Leia mais

ECONOMIA A informação que fala direto ao seu bolso 30 de setembro de 2016

ECONOMIA  A informação que fala direto ao seu bolso 30 de setembro de 2016 Associação Brasileira de Supermercados Nº68 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 30 de setembro de 2016 Autosserviço completa três meses com vendas estáveis Supermercadistas

Leia mais

Setembro Divulgado em 15 de outubro de 2015.

Setembro Divulgado em 15 de outubro de 2015. Setembro - 2015 Divulgado em 15 de outubro de 2015. ICVA APONTA RETRAÇÃO DE 3,4% PARA O VAREJO EM SETEMBRO Indicador considera a receita de vendas do varejo deflacionada pelo IPCA em comparação com setembro

Leia mais

Atividade industrial registra queda em agosto

Atividade industrial registra queda em agosto AGOSTO / 2009 Atividade industrial registra queda em agosto Agosto de 2009 www.fiergs.org.br O Índice de Desempenho Industrial (IDI/RS) 1 referente ao mês de agosto demonstrou que a recuperação da atividade

Leia mais

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal Pesquisa Conjuntural Comércio Varejista do Distrito Federal Junho 2011 Aderente a Metodologia Nacional CNC/IBGE SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 5º Andar CEP: 70306-911 Brasília-DF - Fone: (61) 3962-2011 Fax:

Leia mais

VAREJO. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

VAREJO. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos VAREJO Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DO VAREJO O comércio varejista já está apresentando retomada neste ano. Acomodação do mercado de trabalho aliada à

Leia mais

INDICADORES ,95% -2,00% - 4,06% ABIP ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE PANIFICAÇÃO E CONFEITARIA

INDICADORES ,95% -2,00% - 4,06% ABIP ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE PANIFICAÇÃO E CONFEITARIA 1 INDICADORES 216 DESEMPENHO DE EMPRESAS DE PANIFICAÇÃO E CONFEITARIA BRASILEIRAS EM 216 FONTE: Levantamento realizado pelo Instituto Tecnológico de Panificação e Confeitaria (ITPC) em parceria com a Associação

Leia mais

VENDAS NO VAREJO DEIXAM DE CAIR PELA PRIMEIRA VEZ EM DOIS ANOS

VENDAS NO VAREJO DEIXAM DE CAIR PELA PRIMEIRA VEZ EM DOIS ANOS I C V A J U L H O D E 2 0 1 7 CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VENDAS NO VAREJO DEIXAM DE CAIR PELA PRIMEIRA VEZ EM DOIS ANOS Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) não apontou

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,9% PARA O VAREJO EM SETEMBRO

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,9% PARA O VAREJO EM SETEMBRO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,9% PARA O VAREJO EM SETEMBRO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação ao mesmo mês

Leia mais

VAREJO PERDE 68 MIL ESTABELECIMENTOS NO PRIMEIRO SEMESTRE

VAREJO PERDE 68 MIL ESTABELECIMENTOS NO PRIMEIRO SEMESTRE VAREJO PERDE 68 MIL ESTABELECIMENTOS NO PRIMEIRO SEMESTRE Apesar do fechamento menor nos seis últimos meses, a crise no setor vitimou 168 mil estabelecimentos comerciais em um ano e meio. Entre aberturas

Leia mais

Março Divulgado em 14 de abril de 2015.

Março Divulgado em 14 de abril de 2015. Março - 2015 Divulgado em 14 de abril de 2015. VAREJO AMPLIADO CRESCE 3,3% EM MARÇO, APONTA ICVA O comércio varejista brasileiro apresentou alta de 3,3% em março em relação ao mesmo período do ano passado,

Leia mais

Inadimplência PF no setor de Comércio Dados referentes a março de 2014 Release de Imprensa

Inadimplência PF no setor de Comércio Dados referentes a março de 2014 Release de Imprensa Inadimplência PF no setor de Comércio Dados referentes a março de 2014 Release de Imprensa Dívidas com o comércio têm o quinto recuo anual consecutivo, revela SPC Brasil No mês de março, os atrasos no

Leia mais

Indicadores da Semana

Indicadores da Semana Indicadores da Semana O volume de vendas no varejo registrou queda de 0,4%, quando comparado ao mês imediatamente anterior, na série com ajuste sazonal, marcando a quinta queda consecutiva. Sete das dez

Leia mais

ECONOMIA A informação que fala direto ao seu bolso 31 de maio de 2017

ECONOMIA  A informação que fala direto ao seu bolso 31 de maio de 2017 Associação Brasileira de Supermercados Nº76 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 31 de maio de 2017 Índice de Vendas acumula alta de 0,50% no ano Em abril, as vendas reais

Leia mais

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal Pesquisa Conjuntural Comércio Varejista do Distrito Federal Outubro 2010 Aderente a Metodologia Nacional CNC/IBGE SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: 70306-911 Brasília-DF - Fone: (61) 3962-2011

Leia mais

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio Sondagem do comércio

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio Sondagem do comércio Nº 41 Outubro/2014 1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio O volume de vendas do comércio varejista restrito do estado do Rio de Janeiro registrou, em agosto de 2014, alta de 1,1% em relação ao mesmo

Leia mais

A Pesquisa Mensal do Comércio, realizada pelo IBGE, apresenta dois blocos de atividades relacionadas ao comércio.

A Pesquisa Mensal do Comércio, realizada pelo IBGE, apresenta dois blocos de atividades relacionadas ao comércio. Comércio Varejista Características A Pesquisa Mensal do Comércio, realizada pelo IBGE, apresenta dois blocos de atividades relacionadas ao comércio. O primeiro bloco é chamado, simplesmente, de Comércio

Leia mais

EM % Média : 3,8% Média : 2,7% FONTE: IBGE ELABORAÇÃO: BRADESCO

EM % Média : 3,8% Média : 2,7% FONTE: IBGE ELABORAÇÃO: BRADESCO PIB 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015* Fonte: IBGE e IPEA CRESCIMENTO Elaboração

Leia mais

FECHAMENTO DE ESTABELECIMENTOS DO VAREJO DE ALIMENTOS SE ACENTUA EM 2016

FECHAMENTO DE ESTABELECIMENTOS DO VAREJO DE ALIMENTOS SE ACENTUA EM 2016 FECHAMENTO DE ESTABELECIMENTOS DO VAREJO DE ALIMENTOS SE ACENTUA EM 2016 Redução no número de lojas no maior empregador do varejo ganhou força com a crise. De janeiro a abril, foram fechados 14,3 mil estabelecimentos

Leia mais

Criação de emprego - Brasil. Acumulado outubro-12 a setembro-13

Criação de emprego - Brasil. Acumulado outubro-12 a setembro-13 BOLETIM Cenário regional termina o mês setembro com struição vagas em todos os setores De acordo com os dados do Cadastro Geral Empregados (queda 71,67%) e Indústria (queda 61,80%). e Desempregados (CAGED),

Leia mais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais Índice de Confiança do Consumidor de Belo Horizonte - ICC Maio de 2017 Desenvolvido pela Fundação IPEAD, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) de Belo Horizonte é o único indicador, calculado mensalmente,

Leia mais

EXPECTATIVAS DO EMPRESÁRIO DO COMÉRCIO MELHORAM EM DEZEMBRO

EXPECTATIVAS DO EMPRESÁRIO DO COMÉRCIO MELHORAM EM DEZEMBRO (0-200) EXPECTATIVAS DO EMPRESÁRIO DO COMÉRCIO MELHORAM EM DEZEMBRO O de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) atingiu 79,9 pontos em dezembro, com queda de 1,4% em relação a novembro, descontados

Leia mais

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Comércio em Números. Brasil. meses.

Comércio em Números. Brasil. meses. Belo Horizonte MG Dezembro de 2015 O é um acompanhamento sistemático das estatísticas econômicas. Trata-se de um estudo que busca acompanhar o comportamento das variáveis de desempenho do consumo e das

Leia mais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais Índice de Confiança do Consumidor de Belo Horizonte - ICC Julho de 2017 Desenvolvido pela Fundação IPEAD, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) de Belo Horizonte é o único indicador, calculado mensalmente,

Leia mais

Carteira do SFN recua 3,5% em 2016

Carteira do SFN recua 3,5% em 2016 Carteira do SFN recua 3,5% em 2016 Carteira de Crédito no SFN Em 2016, o mercado de crédito fechou com retração de 3,5%. Esta performance frustrante reflete o processo de desalavancagem das famílias e

Leia mais

Comércio em Números. Brasil. meses.

Comércio em Números. Brasil. meses. Belo Horizonte MG Novembro de 2016 O é um acompanhamento sistemático das estatísticas econômicas. Trata-se de um estudo que busca acompanhar o comportamento das variáveis de desempenho do consumo e das

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO LONDRINA

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO LONDRINA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE JANEIRO DE 2014 LONDRINA Este relatório, referente ao mês de Janeiro de 2014, da Pesquisa Conjuntural do Comércio

Leia mais

Criação de emprego - Brasil. Acumulado setembro-12 a agosto-13

Criação de emprego - Brasil. Acumulado setembro-12 a agosto-13 BOLETIM Destruição vagas na indústria marca o cenário brasileiro De acordo com os dados do Cadastro Geral Empregados e Desempregados (CAGED), o Brasil apresentou um quadro marcado por saceleração do mercado

Leia mais

Vendas no varejo continuaram em queda em abril

Vendas no varejo continuaram em queda em abril Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos 16 de junho de 2015 Vendas no varejo continuaram em queda em abril As vendas do restrito recuaram na passagem de março para abril, refletindo o desempenho

Leia mais

INDICADOR DE COMÉRCIO EXTERIOR - ICOMEX

INDICADOR DE COMÉRCIO EXTERIOR - ICOMEX INDICADOR DE COMÉRCIO EXTERIOR - ICOMEX Icomex de julho, referente a junho de 2017 Número 3 12.junho.2017 Em junho, o volume exportado cresce forte e o importado desacelera. Destaques O primeiro destaque

Leia mais

VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA

VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com abril de 2014;

Leia mais

PIB BRASILEIRO (variação anual, %)

PIB BRASILEIRO (variação anual, %) PIB PIB BRASILEIRO (variação anual, %) 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 7.5 7.0 5.0 3.0 1.0 4.4 1.4 3.1 1.1 5.8 3.2 4.0 6.1 5.1 4.0 1.9 3.0

Leia mais

ECONOMIA A informaçãoque fala direto ao seu bolso 29 de março de 2016

ECONOMIA  A informaçãoque fala direto ao seu bolso 29 de março de 2016 Associação Brasileira de Supermercados Nº62 ECONOMIA www.abras.com.br A informaçãoque fala direto ao seu bolso 29 de março de 2016 Com recessão, vendas do setor continuam em queda Queda da renda e expectativas

Leia mais

Março Divulgado em 14 de abril de 2016.

Março Divulgado em 14 de abril de 2016. Março - 2016 Divulgado em 14 de abril de 2016. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 5,8% PARA O VAREJO EM MARÇO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a março de 2015. Sem os efeitos

Leia mais

Alexsandre Lira Cavalcante *

Alexsandre Lira Cavalcante * 1. Volume de vendas do comércio varejista Alexsandre Lira Cavalcante * De acordo com dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), realizada pelo IBGE, o volume de vendas do comércio varejista comum cearense

Leia mais

PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA E SERVIÇOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO DISTRITO FEDERAL

PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA E SERVIÇOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO DISTRITO FEDERAL PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA E SERVIÇOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO DISTRITO FEDERAL Setembro/2014 EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF Presidente Adelmir Araújo Santana Diretor Financeiro

Leia mais

Resultado de Vendas Páscoa 2017

Resultado de Vendas Páscoa 2017 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Resultado de Vendas Páscoa 2017 O perfil do empresário e o resultado de vendas para o período da Páscoa em Santa Catarina Núcleo de Pesquisas

Leia mais

Produção Industrial Maio de 2014

Produção Industrial Maio de 2014 Produção Industrial Maio de 214 PRODUÇÃO INDU S TRI AL DE SANTA C AT AR INA EM M AIO/14 A produção industrial de Santa Catarina ficou estável em maio (,%), em relação ao mesmo mês do ano anterior. Resultado

Leia mais

Retração do comércio varejista sugere que contração da atividade seguirá em curso na passagem do terceiro para quarto trimestre

Retração do comércio varejista sugere que contração da atividade seguirá em curso na passagem do terceiro para quarto trimestre Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos 10 de novembro de 2016 Retração do sugere que contração da atividade seguirá em curso na passagem do terceiro para quarto trimestre As vendas do restrito¹

Leia mais

SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO. 1 Apresentação 2 Informática 3 Vidros 4 Material de Construção 5 Tintas 6 Bicicletas

SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO. 1 Apresentação 2 Informática 3 Vidros 4 Material de Construção 5 Tintas 6 Bicicletas Balanço Setorial SUMÁRIO 1 Apresentação 2 Informática 3 Vidros 4 Material de Construção 5 Tintas 6 Bicicletas 1 APRESENTAÇÃO O Departamento de Pesquisas e Economia do Sincomavi realizou durante o biênio

Leia mais

Resultados de Maio 2017

Resultados de Maio 2017 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio - COSEC Pesquisa Mensal de Comércio - PMC Resultados de o 2017 Data 12/07/2017 Objetivo Pesquisa Mensal do Comércio Produzir indicadores que permitam

Leia mais

Produção Industrial e Balança Comercial

Produção Industrial e Balança Comercial Produção Industrial e Balança Comercial 1. Produção Industrial Pesquisa Industrial Mensal Produção Física - IBGE A produção industrial brasileira cresceu 10,5% em 2010. Trata-se do maior crescimento desde

Leia mais

APÓS 2 ANOS DE RETRAÇÃO, VAREJO APRESENTA CRESCIMENTO REAL EM AGOSTO

APÓS 2 ANOS DE RETRAÇÃO, VAREJO APRESENTA CRESCIMENTO REAL EM AGOSTO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado APÓS 2 ANOS DE RETRAÇÃO, VAREJO APRESENTA CRESCIMENTO REAL EM AGOSTO Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) apresentou crescimento de sobre o

Leia mais