PRO-REITORIA REITORIA DE ENSINO,

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRO-REITORIA REITORIA DE ENSINO,"

Transcrição

1 INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ

2 PROJETO IFPR/VIZIVALI INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ PRO-REITORIA REITORIA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DIREÇÃO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DIRETORIA DE EaD

3 Equipe Participam deste trabalho a Professoa Zita (pró-reitora) reitora) Prof.Vicente Sandeski Profa. Edilomar, Profa. Maristela Walker, Prof. Luiz Carlos Eckstein a SEED/MEC, a Vizivali, a Unics, membros do CNE, prof. Ciccarino (Diretor de EaD do IFPR) e o governo do Estado (prof. Moreira).

4 INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O CURSO DENOMINAÇÃO DO CURSO: Graduação em Pedagogia Licenciatura VAGAS:300 telessalas, distribuídas com 50 alunos cada telessala. Encontros semanais(01 Encontro) As telessalas funcionarão 03 vezes por semanas, congregando 03 turmas semanais diferentes, totalizando alunos. REGIME: O curso oferece o regime por créditos, modular, com momentos presenciais e a distância.

5 LOCAL E HORÁRIO O curso funcionará nos 300 pólos do Estado do Paraná, conforme relação das telessalas e dos Câmpus e Unidades Estendidas. A Diretoria de EaD do IFPR emitirá orientação sobre o uso das telessalas, bem dias e horários de funcionamento de cada uma.

6

7 Processo de Seleção O ingresso dos alunos ao Curso de Licenciatura em Pedagogia na modalidade à distância (EaD) acontecerá obedecendo ao seguinte:

8 Processo de Seleção 1. Processo de Seleção, com chamada por edital destinado a inscrição a servidores da rede publica em atividade de ensino ou gestão educacional. que não possua ensino superior, nem esteja cursando.

9 Processo de Seleção 2. Havendo vagas remanescentes, se publicará um edital, no qual os dirigentes dos sistemas municipais de ensino poderão pleitear vagas aos profissionais que estejam atuando em atividade de ensino ou gestão educacional, e que não possuem qualquer curso superior, em cumprimento ao Art. 87 da LDB 9394/96, ao Decreto nº de 29/01/09 e Portaria Normativa do nº 09, de 30/06/09.

10 Processo de Seleção 3. Numa terceira etapa, havendo vagas remanescentes, via edital, será ofertado vagas, aos profissionais de educação, mediante requerimento pessoal, preenchendo formulário próprio, anexando documentação comprobatória, para solicitação de aproveitamento de estudos anteriores. Bem como para os profissionais do IFPR, que necessitam de Programa de Formação Pedagógica.

11 DISCIPLINAS MÓDULO 1

12 EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CONCEITOS MÉTODOS E TÉCNICAS Ementa: Histórico e perspectivas. Formas e características da EaD. Conceitos básicos. Aspectos legais. O aluno on-line. A tutoria e o papel do tutor na EaD.

13 EDUCAÇÃO INCLUSIVA Perspectivas atuais em Educação Especial. Educacionais Permanentes. A prática inclusiva e a escola.educação para o desenvolvimento com igualdade social. Qualidade da educação básica com inclusão social. O Brasil Contemporâneo e os desafios da inclusão social da necessidade de uma visão cíclica. Políticas afirmativas de Inclusão. Concepções de educação especial. Escola e educação especial. Questões éticas e político-pedagógicas pedagógicas na integração das pessoas portadoras de necessidades educacionais especiais.

14 TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO Ciência, técnica e tecnologia. O homem e a tecnologia. Influência do domínio da técnica e da ciência, na natureza, no relacionamento humano e na educação. Recursos tecnológicos e sua relação com a: aprendizagem, educação e desenvolvimento. A utilização de recursos áudio-visuais e informática como recursos mediadores do processo de ensino-aprendizagem.

15 EJA - EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Princípios e fundamentos da Educação de Jovens e Adultos. O aprendiz e o educador na EJA. Estudo e análise dos Programas voltados para a educação de jovens e adultos. Exclusão e integração escolar.

16 ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO ESCOLAR A escola como organização do processo educativo. Organização didático-pedagógica e administrativa na escola. Levantamento e análise de temáticas do Cotidiano Escolar. A articulação dos projetos de trabalhos no cotidiano das instituições de ensino.

17 AVALIAÇÃO EDUCACIONAL E AVALIAÇÕES OFICIAIS Ementa: O planejamento educacional e a sociedade brasileira. Planejamento educacional em diferentes áreas de atuação. Elaboração de instrumentos para avaliação da aprendizagem. Avaliação educacional e a melhoria da qualidade do ensino.

18 REDAÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO Redação do trabalho científico. Onde buscar e como utilizar a referência bibliográfica.

19 SEMINÁRIO INTEGRADOR I EDUCAÇÃO, TEMPOS E ESPAÇOS Esse eixo refere-se aos conhecimentos básicos do pensamento educacional nos campos da Pesquisa em Educação I, Políticas Públ icas na Educação Básica, Tecnologias da Informação e Comunicação aplicadas à Educação, Psicologia da Educação I, História da Educação, Sociologia da Educação I e Introdução à Pedagogia suas articulações com as práticas educativas vivenciadas ao longo da vida dos estudantes. Nesse eixo articulador, acontece a sistematização da historicidade dos sujeitos - alunos, sob a forma de narrativas de vida. Esta sistematização objetiva a interação entre os sujeitos de modo a se auto - reconhecerem na turma que ora iniciam e, ao mesmo tempo, a leitura, por parte dos professores do Curso, das intenções dos alunos referentes à pesquisa, podendo resultar, inclusive, na formulação de um problema de pesquisa que será investigado durante os semestres e resultará no Trabalho Fina l de Curso. Portanto, este problema é um outro elemento articulador dos componentes curriculares em perspectiva verticalizada. Do mesmo modo, pretende -se situar o aluno frente ao objeto de sua formação profissional

20 MÓDULO I 2010 Unidades Curriculares TL AD P CHT EDUCAÇÃO A DISTANCIA CONCEITOS, MÉTODOS E TÉCNICAS EDUC. PARA A DIVERSIDADE I: EDUCAÇÃO INCLUSIVA TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO EDUCAÇÃO PARA A DIVERSIDADE II: EJA ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO ESCOLAR AVALIAÇÃO EDUCACIONAL E AVALIAÇÕES OFICIAIS REDAÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO SEMINÁRIO INTEGRADOR I EDUCAÇÃO, TEMPOS E ESPAÇOS TOTAL

21 ESTÁGIO SUPERVISIONADO ou TCC Os alunos ingressantes na modalidade 03 do processo de seleção, poderão, integralizar atividades de estágios, aproveitando os estudos realizados anteriormente bem como a experiência docente, transformando-a a em um artigo acadêmico, ou realizando o trabalho de conclusão de curso.(regulamento próprio).

22 CERTIFICAÇÃO O diploma será expedido pelo Instituto Federal do Paraná - IFPR, o qual será conferido em sessão publica presidida pelo Reitor do IFPR, ou seu representante.

23 Informações Importantes Período de Inscrições Previsão: Dia 15 de Novembro 2009 Matriculas: Inicio de Dezembro de 2009 Inicio das Aulas: Final de Fevereiro ou Inicio de Março Informações:

24 Obrigado Prof. Luiz Carlos Eckstein IFPR Campus Foz do Iguaçu

Datas do Calendário Acadêmico

Datas do Calendário Acadêmico Campus FOZ DO IGUAÇU Datas do Calendário Acadêmico 2016 1 JANEIRO 01 Feriado Nacional Confraternização Universal 25 a 29 29 Registro acadêmico dos novos estudantes para calouros com ingresso no primeiro

Leia mais

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO PÁGINA: 1 INGRESSOS DE 20041 161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 NÚMERO MÁXIMO DE PERÍODOS 9 CARGA HORÁRIA 3640 1 132 FUNDAMENTOS ÉTICOS DE EDUCAÇÃO 30 OBRIGATORIA

Leia mais

3.2. Taxa Deverá ser paga uma taxa de inscrição no valor de R$ 55, Curso e Vagas - Oferta no Polo de Apoio Presencial de Caxias do Sul

3.2. Taxa Deverá ser paga uma taxa de inscrição no valor de R$ 55, Curso e Vagas - Oferta no Polo de Apoio Presencial de Caxias do Sul EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O CURSO DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA EaD, PARA TITULARES DE DIPLOMA DE BACHAREL OU TECNÓLOGO, NO POLO DE APOIO PRESENCIAL DE CAXIAS DO SUL 1. Abertura A Pró-Reitoria Acadêmica

Leia mais

FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA CURSO DE PEDAGOGIA. PORTARIA NORMATIVA 3, de 18 de fevereiro de 2010.

FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA CURSO DE PEDAGOGIA. PORTARIA NORMATIVA 3, de 18 de fevereiro de 2010. FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA CURSO DE PEDAGOGIA PORTARIA NORMATIVA 3, de 18 de fevereiro de 2010. Institui as orientações e as atividades aprovadas para a realização da carga horária de Estágio Supervisionado

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA

MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA 1 a FASE CÓD DISCIPLINAS EIXO C/H Créditos Filosofia da I Epistemologia Introdução à Ciência Epistemologia Científica educativa Português Comunicação e expressão

Leia mais

Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Pedagogia, conforme segue:

Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Pedagogia, conforme segue: Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Pedagogia, conforme segue: I Ato autorizativo, expedido pelo MEC, com a data de publicação

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 297/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 297/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 297/2014 Altera a Deliberação CONSEP Nº 154/2010, que aprova o Currículo do Curso de Graduação Licenciatura em Geografia, na modalidade a distância do Programa Segunda Licenciatura.

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO UNIVERSITÁRIO UNILA 2017

CALENDÁRIO ACADÊMICO UNIVERSITÁRIO UNILA 2017 CALENDÁRIO ACADÊMICO UNIVERSITÁRIO UNILA 2017 Dias Mês Datas Atividades Letivos Janeiro 1 2 3 4 5 6 7 6 01 Dia da Confraternização Universal 8 9 10 11 12 13 14 6 9 a 17 Implantação no SIGAA das turmas

Leia mais

IFPR CAMPUS PALMAS CALENDÁRIO ACADÊMICO 2016 ENSINO SUPERIOR

IFPR CAMPUS PALMAS CALENDÁRIO ACADÊMICO 2016 ENSINO SUPERIOR JANEIRO IFPR CAMPUS PALMAS CALENDÁRIO ACADÊMICO 2016 ENSINO SUPERIOR 25 a 29 Registro acadêmico dos novos estudantes para calouros com ingresso no primeiro e segundo semestres de 2016, conforme organização

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 07/92 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Reforma a estrutura curricular do Curso de Filosofia do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, e

Leia mais

EDITAL 14/2016 CAMPUS COLOMBO CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA - REDE ETEC BRASIL

EDITAL 14/2016 CAMPUS COLOMBO CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA - REDE ETEC BRASIL EDITAL 14/2016 CAMPUS COLOMBO CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA - REDE ETEC BRASIL A presente chamada interna visa contratar bolsista para atuar nos cursos técnicos, na modalidade

Leia mais

RETIFICAÇÃO Nº 01 DO EDITAL Nº 04/ IFAP

RETIFICAÇÃO Nº 01 DO EDITAL Nº 04/ IFAP SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP COMISSÃO DO PROCESSO SELETIVO 2015.2 RETIFICAÇÃO Nº 01 DO EDITAL Nº 04/2015 - IFAP A PRESIDENTE DA COMISSÃO DO

Leia mais

Datas do Calendário Acadêmico

Datas do Calendário Acadêmico Campus Paranaguá Datas do Calendário Acadêmico 2016 1 JANEIRO 01 Feriado Nacional Confraternização Universal. 25 a 29 29 Registro acadêmico dos novos estudantes para calouros com ingresso no primeiro e

Leia mais

Curso: PEDAGOGIA Curriculo: 0004-L DISCIPLINAS EM OFERTA 2º Semestre de NOT

Curso: PEDAGOGIA Curriculo: 0004-L DISCIPLINAS EM OFERTA 2º Semestre de NOT GR02734 GR02105 GR02160 GR02735 GR02736 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Escola e Contexto 72.00 Não ofertada no 2º semestre de 2016 Estudo da Formação da Sociedade Contemporânea 72.00 Não ofertada no

Leia mais

VAGA REMANESCENTE DO PROGRAMA DE MONITORIA REMUNERADA DA UTFPR EDITAL 05/2016-DIRGRAD

VAGA REMANESCENTE DO PROGRAMA DE MONITORIA REMUNERADA DA UTFPR EDITAL 05/2016-DIRGRAD Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Guarapuava Diretoria de Graduação e Educação Profissional VAGA REMANESCENTE DO PROGRAMA DE MONITORIA REMUNERADA DA UTFPR EDITAL

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Programa de Estágio Supervisionado Obrigatório

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Programa de Estágio Supervisionado Obrigatório UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Programa de Estágio Supervisionado Obrigatório Curso de Licenciatura em Educação Física Ingressantes

Leia mais

Programa de Formação Continuada para Docentes

Programa de Formação Continuada para Docentes Programa de Formação Continuada para Docentes Objetivos do programa Consolidar a identidade didático-pedagógica da instituição realizando reflexões com seus docentes sobre as diretrizes educacionais da

Leia mais

Processo de Rematrículas para 2017/01. Disciplinas na Modalidade de Educação à Distância

Processo de Rematrículas para 2017/01. Disciplinas na Modalidade de Educação à Distância Processo de Rematrículas para 2017/01 Informativo para os cursos de graduação: Disciplinas na Modalidade de Educação à Distância Com base na Portaria 1134/2016 (DOU nº 196, terça-feira, 11 de outubro de

Leia mais

PEDAGOGIA - Turmas de Segunda-Feira

PEDAGOGIA - Turmas de Segunda-Feira UTA - GESTÃO EDUCACIONAL GRADUAÇÃO - MODALIDADE A DISTÂNCIA CRONOGRAMA DE ENCONTROS PRESENCIAIS VIRTUAIS - TELEAULAS FACINTER/CBED - EDIÇÃO 01/2012 PEDAGOGIA - Turmas de Segunda-Feira Turmas de Ingresso

Leia mais

Aviso de Abertura das Candidaturas à Pós-Graduação em Educação Musical Madeira Funchal 3ª FASE. 18 de Julho a 26 de Agosto de 2011

Aviso de Abertura das Candidaturas à Pós-Graduação em Educação Musical Madeira Funchal 3ª FASE. 18 de Julho a 26 de Agosto de 2011 Aviso de Abertura das Candidaturas à Pós-Graduação em Educação Musical Madeira Funchal 3ª FASE 18 de Julho a 26 de Agosto de 2011 1. Introdução A presente proposta refere-se a uma pós-graduação de 60 créditos

Leia mais

Datas do Calendário Acadêmico

Datas do Calendário Acadêmico Campus Assis Chateaubriand Datas do Calendário Acadêmico 2016 1 JANEIRO 01 Feriado Nacional Confraternização Universal 25 a 29 29 Registro acadêmico dos novos estudantes para calouros com ingresso no primeiro

Leia mais

Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Sociologia, conforme segue:

Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Sociologia, conforme segue: Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Sociologia, conforme segue: I Ato autorizativo, expedido pelo MEC, com a data de publicação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB SELEÇÃO DE TUTORES EDITAL AEE/UFSM 01/2009

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB SELEÇÃO DE TUTORES EDITAL AEE/UFSM 01/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB SELEÇÃO DE TUTORES EDITAL AEE/UFSM 01/2009 A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (UFSM), em parceria com o Programa Universidade

Leia mais

NORMATIVA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE HISTÓRIA LICENCIATURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO

NORMATIVA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE HISTÓRIA LICENCIATURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO NORMATIVA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE HISTÓRIA LICENCIATURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Os estágios curriculares no curso de História-Licenciatura

Leia mais

Profa Dra.: Adriana Azevedo

Profa Dra.: Adriana Azevedo EAD Cenário e Possibilidades Profa Dra.: Adriana Azevedo Definição de EAD A Educação a Distância é a modalidade educacional na qual a mediação didático pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem

Leia mais

CENSO ESCOLAR - EDUCACENSO

CENSO ESCOLAR - EDUCACENSO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO GERAL DO CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS SUPERIORES DE LICENCIATURA

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS SUPERIORES DE LICENCIATURA REGULAMENTO DE ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS SUPERIORES DE LICENCIATURA Normatiza a realização dos estágios supervisionados previstos nas Matrizes Curriculares dos Cursos Superiores de Licenciatura

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS AVANÇADO CORONEL VIVIDA EDITAL 01/2016

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS AVANÇADO CORONEL VIVIDA EDITAL 01/2016 EDITAL 01/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA VAGAS REMANESCENTES PARA OS CURSOS TÉCNICOS EM SEGURANÇA DO TRABALHO, MEIO AMBIENTE E LOGÍSTICA, NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA REDE E-TEC BRASIL.

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS DE MIRACEMA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS DE MIRACEMA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS DE MIRACEMA PROCESSO SELETIVO PARA MATRÍCULA EM DISCIPLINAS ISOLADA ALUNO ESPECIAL EDITAL Nº 002/2009 de 06 de agosto de 2009 O CAMPUS DE

Leia mais

IV Encontro Pedagógico do IFAM 2016 DIRETORIA DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO SISTÊMICA DET/PROEN

IV Encontro Pedagógico do IFAM 2016 DIRETORIA DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO SISTÊMICA DET/PROEN DIRETORIA DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO SISTÊMICA DET/PROEN AVALIAÇÃO DOS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO DO IFAM Lei Nª 11.872/2008 Art. 7ª - Objetivos dos Institutos Federais: I - ministrar educação profissional

Leia mais

EDITAL N 001/2015 ENFERMAGEM PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO

EDITAL N 001/2015 ENFERMAGEM PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CÂMPUS DE PALMAS CURSO DE ENFERMAGEM Av. NS 15, ALCNO 14, Bloco IV, 109 Norte Palmas/TO (63) 3232-8318 www.uft.edu.br enfermagem@uft.edu.br EDITAL N 001/2015 ENFERMAGEM

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, LETRAS E ARTES VISUAIS CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM JORNALISMO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1 Boa Vista-RR 2014

Leia mais

Edital para Seleção de Cursistas

Edital para Seleção de Cursistas EDITAL n 055 / 2014 Edital para Seleção de Cursistas CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PARA PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MODALIDADE ENSINO À DISTÂNCIA. A Universidade

Leia mais

EDITAL CEAD/UFOP N 019/2013

EDITAL CEAD/UFOP N 019/2013 EDITAL CEAD/UFOP N 019/2013 Dispõe sobre o processo de inscrição para o Curso de Especialização em Coordenação Pedagógica (Pós- Graduação lato sensu) oferecido pelo Centro de Educação Aberta e a Distância

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURRICULAR OBRIGATÓRIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA TITULO I DO ESTÁGIO E SEUS OBJETIVOS

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURRICULAR OBRIGATÓRIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA TITULO I DO ESTÁGIO E SEUS OBJETIVOS REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURRICULAR OBRIGATÓRIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA TITULO I DO ESTÁGIO E SEUS OBJETIVOS CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E ABRANGÊNCIA ART. 1º - Denomina-se

Leia mais

AVALIANDO AS POLÍTICAS PÚBLICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES. Sérgio Roberto Kieling Franco

AVALIANDO AS POLÍTICAS PÚBLICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES. Sérgio Roberto Kieling Franco AVALIANDO AS POLÍTICAS PÚBLICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES Sérgio Roberto Kieling Franco SINAES Política de promoção de qualidade (combinado com política regulatória) Avaliação de instituições e de cursos

Leia mais

AULA INAUGURAL EAD 2015

AULA INAUGURAL EAD 2015 AULA INAUGURAL EAD 2015 Universalização do Conhecimento EaD Educação a Distância Conforto; Comodidade; Disciplina; Comprometimento. Tecnologia PREFEITURAS Convênio entre o Instituto Federal de Educação,

Leia mais

Formação de Professores na Modalidade a Distância: compromisso social e ações políticas na oferta do Curso de Letras Espanhol da Universidade Federal

Formação de Professores na Modalidade a Distância: compromisso social e ações políticas na oferta do Curso de Letras Espanhol da Universidade Federal Formação de Professores na Modalidade a Distância: compromisso social e ações políticas na oferta do Curso de Letras Espanhol da Universidade Federal de Santa Catarina\Brasil Contexto e ações políticas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007 Homologa o Parecer nº 034/07-CEG, que aprova o Projeto Político

Leia mais

Instrução Normativa 08/10 PROGRAD

Instrução Normativa 08/10 PROGRAD Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Reitoria Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Instrução Normativa 08/10 PROGRAD

Leia mais

Flexibilização curricular e formação de professores

Flexibilização curricular e formação de professores 21/11/2012 I Fórum de Graduação da Universidade Estadual de Goiás (UEG) Goiânia, 30 de outubro de 2012 Prof. Júlio Emílio Diniz-Pereira (UFMG) juliodiniz@ufmg.br 1 Introdução 3 partes: 1. Breve histórico

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 142-CONSELHO SUPERIOR, de 26 de setembro de 2013.

RESOLUÇÃO Nº 142-CONSELHO SUPERIOR, de 26 de setembro de 2013. RESOLUÇÃO Nº 142-CONSELHO SUPERIOR, de 26 de setembro de 2013. ALTERA A RESOLUÇÃO Nº 040- CONSELHO SUPERIOR QUE ESTABELECE OS PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO E ADEQUAÇÃO CURRICULAR DOS PLANOS DOS CURSOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE NÚCLEO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE NÚCLEO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO JANEIRO/2012 D S T Q Q S S Dias Letivos: 00 dia 01 02 03 04 05 06 07 01 Confraternização Universal (Feriado Nacional) 08 09 10 11 12 13 14 23 Dia dos Evangélicos (Feriado Estadual) 15 16 17 18 19 20 21

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 5º semestre

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 5º semestre EIXO TECNOLÓGICO: Ensino Superior Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU:( )integrado( )subsequente( ) concomitante ( ) bacharelado( x )licenciatura( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente instrumento dispõe sobre as normas e procedimentos a serem observados

Leia mais

Diretrizes para formação inicial e licenciaturas na UTFPR

Diretrizes para formação inicial e licenciaturas na UTFPR Diretrizes para formação inicial e licenciaturas na UTFPR Profa. Dra. Flávia Dias de Souza Docente do Departamento de Educação DEPED Universidade Tecnológica Federal do Paraná UTFPR Docente do Programa

Leia mais

CURSOS: VAGAS, TURNOS E SITUAÇÃO LEGAL MODALIDADE PRESENCIAL CAMPUS IJUÍ. 50 Noturno. 80 Integral. 45 Noturno. 40 Noturno CURSOS VAGAS TURNO

CURSOS: VAGAS, TURNOS E SITUAÇÃO LEGAL MODALIDADE PRESENCIAL CAMPUS IJUÍ. 50 Noturno. 80 Integral. 45 Noturno. 40 Noturno CURSOS VAGAS TURNO CURSOS: VAGAS, TURNOS E SITUAÇÃO LEGAL MODALIDADE PRESENCIAL CAMPUS IJUÍ Agronomia - Bacharelado Portaria 824-30/12/2014 - DOU 09/01/2015 80 Integral Arquitetura e Urbanismo Bacharelado Autorizado* Portaria

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 130/10. Estabelece o calendário acadêmico do Instituto Federal do Paraná para o ano letivo de 2011. O CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais e

Leia mais

O curso de especialização em Gestão Escolar tem por objetivo formar, em nível de pós-

O curso de especialização em Gestão Escolar tem por objetivo formar, em nível de pós- EDITAL CEAD/UFOP N 35/2014 Dispõe sobre o procedimento de seleção de candidatos para o Curso de Especialização em Gestão Escolar (Pós-Graduação lato sensu), oferecido pelo Centro de Educação Aberta e a

Leia mais

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES CONTEÚDOS CURRICULARES Informática Aplicada à Educação Carga Horária: 40 horas Histórico da informática na educação. Familiarização com softwares, sistemas Operacionais

Leia mais

EDITAL DE OFERTA DE VAGAS PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO EDUCAÇÃO BÁSICA NA MODALIDADE a DISTÂNCIA

EDITAL DE OFERTA DE VAGAS PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO EDUCAÇÃO BÁSICA NA MODALIDADE a DISTÂNCIA EDITAL DE OFERTA DE VAGAS PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO EDUCAÇÃO BÁSICA NA MODALIDADE a DISTÂNCIA O Centro Universitário Adventista de São Paulo UNASP, Recredenciado

Leia mais

DCN DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS

DCN DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DCN DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS 01. As Diretrizes Curriculares Nacionais para EJA (CNE,2000) preconizam princípios norteadores da ação pedagógica da escola: (A) éticos, políticos e estéticos; (B)

Leia mais

EDITAL Nº 02/2016 SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EAD DA UNIASSELVI

EDITAL Nº 02/2016 SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EAD DA UNIASSELVI EDITAL Nº 02/2016 SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EAD DA UNIASSELVI Abre inscrições ao Processo de seleção e matrícula para ingresso nos cursos de especialização lato sensu a ser oferecido

Leia mais

IDIOMAS SEM FRONTEIRAS DA REDE

IDIOMAS SEM FRONTEIRAS DA REDE EDITAL N 07/2016 - PROEX/IFAC PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA EM ESPANHOL BÁSICO E INGLÊS BÁSICO NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DO PROGRAMA e -TEC IDIOMAS SEM FRONTEIRAS

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 10 DE SETEMBRO DE 2007

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 10 DE SETEMBRO DE 2007 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.603 DE 10 DE SETEMBRO DE 2007 Homologa o Parecer n. 028/07-CEG, que aprova o Projeto

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS. Universidade da Região de Joinville

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS. Universidade da Região de Joinville ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS UNIVILLE Campus Joinville Universidade da Região de Joinville ADMINISTRAÇÃO Empresas (146) Noturno 74 Decreto Federal nº 76.148/75 ARQUITETURA E URBANISMO (147) Noturno

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ELABORAÇÃO DE MATERIAL, TUTORIA E AMBIENTES VIRTUAIS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 22/97 Autoriza a reestruturação do Curso de Especialização em Enfermagem Neonatal. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA, no uso da competência que lhe atribui o artigo 11, parágrafo

Leia mais

Currículo do Curso de Pedagogia

Currículo do Curso de Pedagogia Currículo do Curso de Pedagogia Licenciatura ATUAÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN), aprovadas em 2006 pelo Conselho Nacional de (CNE) e homologadas pelo Ministério da (MEC),

Leia mais

Processo Seletivo Transferência/Reingresso

Processo Seletivo Transferência/Reingresso Curso de Graduação Tecnológica em Processos Gerenciais Processo Seletivo Transferência/Reingresso Vagas para transferência Externa e para portadores de diploma de curso superior Edital 2009 1º semestre

Leia mais

JANEIRO. SEM DOM SEG TER QUA QUI SEX SAB Férias / 2015

JANEIRO. SEM DOM SEG TER QUA QUI SEX SAB Férias / 2015 MANAUS - AM 2 0 1 5 JANEIRO 1 1 2 3 2 4 5 6 7 8 9 10 3 11 12 13 14 15 16 17 4 18 19 20 21 22 23 24 5 25 26 27 28 29 30 31 Férias / 2015 01 Confraternização Universal 02 a 31 Férias docentes 02 a 31 Cursos

Leia mais

EDITAL Nº 02/2016 SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EAD DA UNIASSELVI

EDITAL Nº 02/2016 SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EAD DA UNIASSELVI EDITAL Nº 02/2016 SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EAD DA UNIASSELVI Abre inscrições ao Processo de seleção e matrícula para ingresso nos cursos de especialização lato sensu a ser oferecido

Leia mais

Caracterização e objetivos do PET

Caracterização e objetivos do PET UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE EDUCAÇÂO TUTORIAL - PET EDITAL DE SELEÇÃO PARA TUTOR(A) DO GRUPO PET CIVIL (2016) A PROGRAD divulga, pelo presente edital,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE NÚCLEO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE NÚCLEO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO SETEMBRO/2012 D S T Q Q S S Dias Letivos: 10 dias Semestre Letivo: 2012-1 01 05 Dia da Amazônia (Feriado Estadual) 02 03 04 05 06 07 08 07 Independência do Brasil (Feriado Nacional) 09 10 11 12 13 14 15

Leia mais

Resolução nº 067, de 25 de outubro de 2016.

Resolução nº 067, de 25 de outubro de 2016. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº

Leia mais

1.2 O(a) aluno(a) deverá matricular-se pessoalmente ou por meio de procuração.

1.2 O(a) aluno(a) deverá matricular-se pessoalmente ou por meio de procuração. EDITAL 033/2017/FACELI ABERTURA DE MATRÍCULAS PARA DISCIPLINAS EM REGIME DE DEPENDÊNCIA OU ADAPTAÇÃO PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACELI, PARA O SEMESTRE LETIVO 2017/1 A Diretora Acadêmica da Faceli

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUIMICA SECÃO I

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUIMICA SECÃO I INSTRUÇÃO NORMATIVA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUIMICA SECÃO I DA DEFINIÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Art. 1º - A Coordenação do Curso de Licenciatura em Química da UTFPR Campus

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR. Matriz Curricular

ESTRUTURA CURRICULAR. Matriz Curricular ESTRUTURA CURRICULAR A estrutura apresentada na organização curricular do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas fundamenta-se e obedece ao disposto na Lei nº 9.394, de 20

Leia mais

Instrução Normativa nº 03/ PPGEN

Instrução Normativa nº 03/ PPGEN Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Humanas, Sociais e da Natureza-PPGEN. Campus

Leia mais

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância Parte 1 Código / Área Temática Código / Nome do Curso Etapa de ensino a que se destina Educação

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA 1º PERÍODO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA 1º PERÍODO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA 1º PERÍODO FIL02457 - FILOSOFIA POLÍTICA I (60 h, OBR) O homem e sua ação política. A noção de polis no pensamento grego antigo e seus desdobramentos

Leia mais

Processo Seletivo Transferência/Reingresso

Processo Seletivo Transferência/Reingresso Curso de Graduação Tecnológica em Processos Gerenciais Processo Seletivo Transferência/Reingresso Vagas para transferência Externa e para portadores de diploma de curso superior Edital 2010 1º semestre

Leia mais

EDITAL Nº 2/2017 CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) GINÁSTICA E CONSCIÊNCIA CORPORAL ANO 2017

EDITAL Nº 2/2017 CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) GINÁSTICA E CONSCIÊNCIA CORPORAL ANO 2017 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO NORTE DE MINAS GERAIS CAMPUS DIAMANTINA EDITAL Nº 2/2017 CURSO DE FORMAÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 22 DE JANEIRO DE 2014

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 22 DE JANEIRO DE 2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.478, DE 22 DE JANEIRO DE 2014 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRO-REITORIA DE POS GRADUAÇÃO E PESQUISA COORDENAÇÃO DE PESQUISA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRO-REITORIA DE POS GRADUAÇÃO E PESQUISA COORDENAÇÃO DE PESQUISA EDITAL Nº 1, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO A Coordenação de Pesquisa (COPES), setor vinculado a Pro-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (POSGRAP) da Universidade Federal de Sergipe, comunica

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação PEDAGOGIA. COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim

UFV Catálogo de Graduação PEDAGOGIA. COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim UFV Catálogo de Graduação 2014 477 PEDAGOGIA COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim cbaquim@hotmail.br 478 Currículos dos Cursos do CCH UFV Licenciatura ATUAÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares

Leia mais

RETIFICAÇÃO Nº 02 DO EDITAL Nº 07/2012/ REITORIA/IFTO, DE 06 DE MARÇO DE 2012.

RETIFICAÇÃO Nº 02 DO EDITAL Nº 07/2012/ REITORIA/IFTO, DE 06 DE MARÇO DE 2012. RETIFICAÇÃO Nº 02 DO EDITAL Nº 07/2012/ /IFTO, DE 06 DE MARÇO DE 2012. O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS, nomeado pela Portaria 514/2011/GAB//IFTO, de 01 de novembro

Leia mais

CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO - CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 152/04, DE 15 DE OUTUBRO DE 2004 RESOLVE. Das Disciplinas de Estágio Supervisionado 1

CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO - CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 152/04, DE 15 DE OUTUBRO DE 2004 RESOLVE. Das Disciplinas de Estágio Supervisionado 1 Credenciamento: Decreto de 29/12/98 - D.O. U. de 30/12/98 Recredenciamento: Portaria 1.473 de 25/5/04 - D.O.U. de 26/5/04 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO - CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 152/04, DE 15 DE

Leia mais

EDITAL nº 08/2016, de 06 de Junho de 2016 DIGER/IFAP NORMAS PARA INSCRIÇÃO NO PERÍODO ESPECIAL DE ESTUDOS

EDITAL nº 08/2016, de 06 de Junho de 2016 DIGER/IFAP NORMAS PARA INSCRIÇÃO NO PERÍODO ESPECIAL DE ESTUDOS EDITAL nº 08/2016, de 06 de Junho de 2016 DIGER/IFAP NORMAS PARA INSCRIÇÃO NO PERÍODO ESPECIAL DE ESTUDOS O DIRETOR GERAL DO CAMPUS MACAPÁ DO INSTITUTO FEDERAL DO AMAPÁ DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL IFRS CONSELHO SUPERIOR

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL IFRS CONSELHO SUPERIOR SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL IFRS CONSELHO SUPERIOR Resolução nº 189, de 22 de dezembro de 2010. A Presidente do Conselho Superior do

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 31 /2012

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 31 /2012 DELIBERAÇÃO Nº 31 /2012 Autoriza a criação do Curso de Especialização em Gestão dos Processos Educativos na Escola Administração e Supervisão Escolar. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO,

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO DA GRADUAÇÃO GOIÂNIA 2016/2 - ALFA

CALENDÁRIO ACADÊMICO DA GRADUAÇÃO GOIÂNIA 2016/2 - ALFA JULHO 1 2 1/06 a 05/08 Período para requerimento de ingresso por Transferência Externa e Portador de Diploma para os cursos: Administração, Arquitetura, Ciências Contábeis, 3 4 5 6 7 8 9 Ciências Econômicas,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA A 8ª TURMA DE ALUNOS REGULARES DO MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO

PROCESSO SELETIVO PARA A 8ª TURMA DE ALUNOS REGULARES DO MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO EDITAL Nº 68/2016 DA PRÓ-REITORIA DE PROCESSO SELETIVO PARA A 8ª TURMA DE ALUNOS REGULARES DO MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO Em conformidade com o artigo 33 do Regulamento da Pró-reitoria de Pós-graduação

Leia mais

Curso de Especialização em LINGUISTICA APLICADA NA EDUCAÇÃO

Curso de Especialização em LINGUISTICA APLICADA NA EDUCAÇÃO Curso de Especialização em LINGUISTICA APLICADA NA EDUCAÇÃO ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Linguística Aplicada na Educação. OBJETIVO

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR CURSOS DE GRADUAÇÃO CAMPUS VIÇOSA ANO LETIVO 2015 PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO 2015 JANEIRO 2015

CALENDÁRIO ESCOLAR CURSOS DE GRADUAÇÃO CAMPUS VIÇOSA ANO LETIVO 2015 PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO 2015 JANEIRO 2015 CALENDÁRIO ESCOLAR CURSOS DE GRADUAÇÃO CAMPUS VIÇOSA ANO LETIVO 2015 PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO 2015 JANEIRO 2015 01 Feriado Confraternização Universal. 07 Matrícula nas disciplinas do Período de Verão,

Leia mais

Leia com atenção o conteúdo deste Edital, pois a inscrição realizada implica na aceitação de todas as normas e procedimentos aqui descritos.

Leia com atenção o conteúdo deste Edital, pois a inscrição realizada implica na aceitação de todas as normas e procedimentos aqui descritos. PROCESSO DE SELEÇÃO PARA MATRÍCULA ESPECIAL DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC DESTINADO A: PORTADORES DE DIPLOMAS, TRANSFERÊNCIA INTERNA E TRANSFERÊNCIA EXTERNA. O Diretor de Tecnologia e Inovação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 01/2012 TURMA 2012

EDITAL DE SELEÇÃO 01/2012 TURMA 2012 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIO-ECONÔMICO CSE DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO E DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA http://inscricoes.etec.ufsc.br/especializacao/

Leia mais

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 023/2016, DE 24 DE AGOSTO DE 2016

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 023/2016, DE 24 DE AGOSTO DE 2016 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 023/2016, DE 24 DE AGOSTO DE 2016 BOLSA TUTORIA/CURSO SUPERIOR - LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFMG O DIRETOR GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E

Leia mais

NORMATIVA PARA OFERTA DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA E TECNOLÓGICA PRESENCIAIS DO IFNMG

NORMATIVA PARA OFERTA DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA E TECNOLÓGICA PRESENCIAIS DO IFNMG Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais Pró-Reitoria de Ensino NORMATIVA PARA OFERTA DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE)

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE) UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE) RESOLUÇÃO N.º 1022/2008 Publicado no D.O.E. de 18-12-08, p.45/46 Regulamenta as Atividades Complementares

Leia mais

EDITAL Nº 01/2017 TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

EDITAL Nº 01/2017 TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES EDITAL Nº 01/2017 MATRÍCULA NAS CATEGORIAS DE TRANSFERÊNCIA INTERNA E TRANSFERÊNCIA EXTERNA PARA AS VAGAS RESIDUAIS DO ENSINO SUPERIOR DO IFBA CÂMPUS IRECÊ O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

EDITAL N 006/2011/LETRAS-INGLÊS-EAD/UFSC PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS UAB/FNDE

EDITAL N 006/2011/LETRAS-INGLÊS-EAD/UFSC PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS UAB/FNDE EDITAL N 006/2011/LETRAS-INGLÊS-EAD/UFSC PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS UAB/FNDE O Coordenador do curso de Letras Inglês, modalidade a distância, no uso de suas atribuições legais, torna pública a abertura

Leia mais

Edital nº 010/2016 CÂMPUS CURITIBA IFPR. A Direção Geral do Câmpus Curitiba do Instituto Federal do Paraná, no uso de suas atribuições, torna pública:

Edital nº 010/2016 CÂMPUS CURITIBA IFPR. A Direção Geral do Câmpus Curitiba do Instituto Federal do Paraná, no uso de suas atribuições, torna pública: Edital nº 010/2016 CÂMPUS CURITIBA IFPR A Direção Geral do Câmpus Curitiba do Instituto Federal do Paraná, no uso de suas atribuições, torna pública: CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL - FATESG

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL - FATESG FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL - FATESG CALENDÁRIO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS PEDAGÓGICAS 2014 MÊS DIA DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE RESPONSÁVEL JANEIRO 01 CONFRATERNIZAÇÃO UNIVERSAL

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO Gênero e diversidade na escola: sexualidade, violência, olhares sobre práticas contemporâneas. Modalidade a Distância

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO Gênero e diversidade na escola: sexualidade, violência, olhares sobre práticas contemporâneas. Modalidade a Distância Ministério da Educação Rede Nacional de Formação Continuada de Professores na Educação Básica Secretaria de Educação Básica Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

EDITAL Nº 014/2016 MATRÍCULAS VESTIBULAR 2017

EDITAL Nº 014/2016 MATRÍCULAS VESTIBULAR 2017 EDITAL Nº 01/2016 MATRÍCULAS VESTIBULAR 2017 A Faculdade União de Campo Mourão, credenciada pela Portaria MEC N.º 6 de 22 de Janeiro de 2010, publicada no DOU em 26 de 01 de 2010, de acordo com o Regimento

Leia mais

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E COMPUTACIONAIS CARTEIRA/DIPLOMA DE PROFESSOR

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E COMPUTACIONAIS CARTEIRA/DIPLOMA DE PROFESSOR PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E COMPUTACIONAIS CARTEIRA/DIPLOMA DE PROFESSOR 1 CONCEITO O módulo Carteira/Diploma de Professor, do Sistema, tem por finalidade registrar a habilitação profissional do servidor

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : LICENCIATURA EM FILOSOFIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 140 Optativos: 20.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : LICENCIATURA EM FILOSOFIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 140 Optativos: 20. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:23:01 Curso : LICENCIATURA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA REDE E-TEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA REDE E-TEC ERRATA EDITAL Nº 02/206 EAD/BOLSA FORMAÇÃO EDITAL SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA - /BOLSA FORMAÇÃO ONDE SE LÊ: 2 DAS INSCRIÇÕES b) Os bolsistas PRONATEC, com atuação efetiva no âmbito exclusivo do programa,

Leia mais

EDITAL Nº 001/2016 CIPEAD/PROGRAD/UFPR

EDITAL Nº 001/2016 CIPEAD/PROGRAD/UFPR EDITAL Nº 001/2016 CIPEAD/PROGRAD/UFPR CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA ATUAR NO PROGRAMA PNAP NAS DIVERSAS OFERTAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DA UFPR NA MODALIDADE

Leia mais