Imersão Tecnológica: contextos de inovação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Imersão Tecnológica: contextos de inovação"

Transcrição

1 A inclusão digital no Desenvolvimento Económico Imersão Tecnológica: contextos de inovação Maria Potes Barbas

2 Imersão tecnológica: contextos de inovação Ferramentas datadas tecnologicamente Percursosde construção colaborativa _ Ilha Sleses; História de vida para mundos virtuais; eportefólio Fluids_ID; Interfaces Naturais e Realiade Aumentada; plataforma de elearning e_raízes_redes; MOOC; FAB_LAB; Rede TIC e Sociedade; COST) Contextos de Inovação _Relevância (medidas nacionais e internacionais); Qualidade_ ambiente tecnológico (técnico, conteúdos); Impacto_ alterações de rotina (pessoal, familiar e profissional); Identidade das comunidades (intenção, objetivose atividades); sentido de partilha; Disseminação; Sustentabilidade. Cenários de futuro _ Horizonte 2020; Parceria Ibero Americana; Erasmus+_Parcerias Estratégicas); EIT_ICT_LABS

3 FluidsID -2006

4 Fluids ID

5 Histórias de Vida

6 SLESES m 2 _ % (1600LD + 300LD mês)

7 Conclusões retiradas (análise qualitativa NVivo 8) Estudo da identidade Escolha do nome do Avatar Alunos escolhem o seu nome pessoal ou o nome pelo qual são habitualmente conhecidos, não se importando em expor a sua identidade real. Escolha do perfil do Avatar Alunos preferem que a sua aparência no mundo virtual seja idêntica à sua aparência no mundo real. Este aspecto verifica-se tanto a nível físico como a nível de vestuário e de estilo. Expetativas relativamente ao SL Explorar o programa com o intuito de perceber o seu funcionamento na globalidade; construir e programar; comunicar de forma eficaz; conhecer diferentes pessoas e culturas; acompanhar a evolução das novas tecnologias; adquirir conhecimentos ao nível da fotografia e do vídeo.

8 Conclusões retiradas (análise qualitativa NVivo 8) Comunicação Através de chat-52% Através da voz -48% Concentração Mais concentração no espaço real. Curiosidade Mais curiosidade no domínio Second Life. Questionamento Mais à vontade para colocar questões no espaço virtual 44% Mais à vontade para colocar questões no espaço real 30%

9 e_raízes_redes_ 2010

10 Seminário I Análise, concepção e produção de relatórios de estágio

11

12 Interfaces naturais realidade aumentada- 2012

13

14 Fab_Lab 2013

15

16

17

18 FCT_ Maio de 2014 Construção de uma rede TIC e Sociedade a nível nacional Aplicação de um instrumento de avaliação e tratamento de dados sobre a inclusão digital a nível nacional Organizar Apresentações para os stakeholders distritais MOOC e-books- Conhecer Tornar Acessível Publicar Dinamização de workshopsde apresentação da rede TIC e Sociedade

19

20 Contextos de inovação Relevância Qualidade Impacto Sustentabilidade

21 Relevância Agenda Portugal digital; Portugal 2020; Alentejo 2020; Desafios Societais(inclusão); Eramus+; COST (ICT); Parcerias Estratégicas_México; Horizonte 2020 (Gamification);

22

23

24

25 Foco de Inovação_Desenho Desenho Privilégio do trabalho em grupo (programador, conteúdos, design, multimédia + especialistas convidados _abertura a espaços europeus e Ibero Americanos); Desenho de projetos transversais (HEI+VET+ AdulL); Aposta na inclusão(meios desfavorecidos : económicos (desemprego); diferenças culturais (imigrantes), obstáculos sociais (descriminação) e geográficos (zonas rurais).

26 Foco de Inovação_Disseminação Discussão Sessões de informação, formação, workshops, demonstrações com recurso ao streamingde vídeo (FB); Conteúdos Recurso aos ebook(direitos de autor); Produtos Av embebidos na plataforma Zappiens(FCCN); Políticas europeias: Network ofhighereducationreformexperts (HEREs), Knowledge triangle of the European Research Area: research, Innovation andeducation; QualificationofEmployeescontractedwithinprojects/ networks; New copyright and creative commons generated by new projects/ network.

27

28

29 Equipa Colaborativa Paulo Duarte; Nuno Lopes; Valter Gouveia; Hugo Almeida; Basto Soares; Ana Loureiro; Cristina Novo; Ana Torres; Inês Messias; Jean Campiche; Maurício Dias; Bordalo Pacheco; Isabel Barros Dias. Maria Emília Ricardo Marques (Uab); António Moreira (Ua); Nuno Guimarães (ISCTE); Clara Ferrão (ESES)

P2020 Estratégia no domínio dos Projetos. Direção da ESES_PI

P2020 Estratégia no domínio dos Projetos. Direção da ESES_PI P2020 Estratégia no domínio dos Projetos Direção da ESES_PI Tópicos... 1. P2020: domínios temáticos (4 eixos); objetivos temáticos, metas; financiamento 2. Balcão 2020 3. Cruzamento: P2020+ESES 4. Sugestões

Leia mais

Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável

Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável O BCSD Portugal Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável é uma associação sem fins lucrativos, de utilidade pública,

Leia mais

Inscrição (https://docs.google.com/forms /d/1kyb79qr7-w4la6- LxO4bS9qYuDOhjk4UiFM1-6ttYUo/viewform)

Inscrição (https://docs.google.com/forms /d/1kyb79qr7-w4la6- LxO4bS9qYuDOhjk4UiFM1-6ttYUo/viewform) 1 of 6 26-05-2013 19:35 30 e 31 DE MAIO 2013 SALÃO NOBRE INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO EXPERIÊNCIAS E PRÁTICAS DE E-LEARNING NO IST A utilização massiva da internet e a ligação definitiva das comunicações

Leia mais

Projetos nacionais e internacionais, promovidos pela ERTE/DGE. Rita Zurrapa Direção-Geral da Educação Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas

Projetos nacionais e internacionais, promovidos pela ERTE/DGE. Rita Zurrapa Direção-Geral da Educação Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas Projetos nacionais e internacionais, promovidos pela ERTE/DGE Rita Zurrapa Direção-Geral da Educação Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas Equipa Multidisciplinar 9 Centros de Competência Projetos

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR

REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR INDÍCE A) Noção... 2 B) Objetivos... 2 C) Destinatários... 2 D) Serviços do Centro de Atividades e Recursos (C.A.R.)... 2 E) Atividades... 3 F) Condições

Leia mais

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO DESIGNAÇÃO DO CURSO E-Tutor: especialização pedagógica em e-learning DURAÇÃO DO CURSO 60 HORAS LOCAL E DATAS DE REALIZAÇÃO DA AÇÃO DE FORMAÇÃO 1. VIRTUAL LEARNING CENTER

Leia mais

Lançamento de livros. Dia 11 setembro, 19 horas, Anfiteatro A1 (Complexo 1)

Lançamento de livros. Dia 11 setembro, 19 horas, Anfiteatro A1 (Complexo 1) Lançamento de livros Dia 11 setembro, 19 horas, Anfiteatro A1 (Complexo 1) Título: Políticas e Práticas de Formação em Grandes Empresas Autora: Alda Bernardes Editora: Porto Editora Ano de Edição: 2013

Leia mais

Medidas e acções de internacionalização do CEDT

Medidas e acções de internacionalização do CEDT Medidas e acções de internacionalização do CEDT António Murta Coordenador do CEDT 15 de Abril de 2008 Porto Palácio Hotel Agenda 1. Contexto Internacional: Tendência de Deslocação para Leste 2. Como ganhar

Leia mais

Realizou-se dia 24 de Março, na Maia, nas instalações da Sonae Learning Center, a 6ª sessão da CoP, desta vez presencial.

Realizou-se dia 24 de Março, na Maia, nas instalações da Sonae Learning Center, a 6ª sessão da CoP, desta vez presencial. CoP de Gestão do Conhecimento Notas da sessão presencial de 24 de Março de 2014 Realizou-se dia 24 de Março, na Maia, nas instalações da Sonae Learning Center, a 6ª sessão da CoP, desta vez presencial.

Leia mais

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno*

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno* Website disponível em: http://formar.tecminho.uminho.pt/moodle/course/view.php?id=69 Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt Palavra-chave: *aluno* Associação Universidade Empresa para o Desenvolvimento Web

Leia mais

Partilha de experimentação online em cursos de engenharia, suportada por redes de sensores e atuadores sem fios

Partilha de experimentação online em cursos de engenharia, suportada por redes de sensores e atuadores sem fios Congresso Nacional de Práticas Pedagógicas no Ensino Superior CNaPPES.15 3 de Julho de 2015, Leiria, Portugal Partilha de experimentação online em cursos de engenharia, suportada por redes de sensores

Leia mais

[ESCREVA O NOME DA EMPRESA] Agrupamentos de escolas e bibliotecas escolares do concelho de Cantanhede CFAE Beira Mar WEBINARES.

[ESCREVA O NOME DA EMPRESA] Agrupamentos de escolas e bibliotecas escolares do concelho de Cantanhede CFAE Beira Mar WEBINARES. [ESCREVA O NOME DA EMPRESA] Agrupamentos de escolas e bibliotecas escolares do concelho de Cantanhede WEBINARES Planos de 2015 16 Sumário Webinar 1 É ca e uso de recursos digitais... 2 Webinar 2 Iden dade

Leia mais

Plano tecnológico? Ou nem tanto?

Plano tecnológico? Ou nem tanto? Plano tecnológico? Ou nem tanto? WEB: ÉDEN?APOCALIPSE? OU NEM TANTO? Plano Tecnológico Mas, Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, além deste Contrato, o Novo Contrato para a Confiança, o nosso

Leia mais

Primeira Sessão Pública de Apresentação 30 de Janeiro de 2015, Lisboa

Primeira Sessão Pública de Apresentação 30 de Janeiro de 2015, Lisboa Primeira Sessão Pública de Apresentação 30 de Janeiro de 2015, Lisboa Artur Pimenta Alves Comissão Fundadora, Diretor Executivo NEM Portugal Diretor INESC TEC palves@inesctec.pt Agenda e Agradecimentos

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

1º Jornada Responsabilidade Social em Portugal. New Atlântica 16 de outubro de 2015

1º Jornada Responsabilidade Social em Portugal. New Atlântica 16 de outubro de 2015 1º Jornada Responsabilidade Social em Portugal New Atlântica 16 de outubro de 2015 AGENDA 1/2 OEIRAS SOLIDÁRIA O que é o POS Objetivos O que fazemos Estrutura Organizativa Potencialidades Tipologia de

Leia mais

O Storytelling. T- Story NEWSLETTER. Junho 2013 1ª Edição. Porquê utilizar o Storytelling

O Storytelling. T- Story NEWSLETTER. Junho 2013 1ª Edição. Porquê utilizar o Storytelling Apresentamos a newsletter oficial do projeto T-Story - Storytelling Aplicado à Educação e Formação, um projeto financiado pela ação transversal Atividade-chave 3 Tecnologias de Informação e Comunicação,

Leia mais

Bibliotecas de Ensino Superior 11H00 12H30 SESSÃO PARALELA 1 DEBATE

Bibliotecas de Ensino Superior 11H00 12H30 SESSÃO PARALELA 1 DEBATE Bibliotecas de Ensino Superior 11H00 12H30 SESSÃO PARALELA 1 DEBATE GRUPO DE TRABALHO DAS BIBLIOTECAS DE ENSINO SUPERIOR Para este debate vamos recuperar algumas ideias das sessões anteriores O QUE DESTACAM

Leia mais

.Missão. É ainda nossa missão fomentar as relações entre as instituições de ensino da Região, as várias empresas incubadas, e os parceiros associados.

.Missão. É ainda nossa missão fomentar as relações entre as instituições de ensino da Região, as várias empresas incubadas, e os parceiros associados. A Edirede pretende constituir-se como um interface Ensino / Empresas, assentando na complementaridade entre estes dois pólos para promover o desenvolvimento, o crescimento e a inovação do tecido empresarial

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO An 2-A Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO TRIÉNIO 2014-2016

PLANO ESTRATÉGICO TRIÉNIO 2014-2016 PLANO ESTRATÉGICO TRIÉNIO 2014-2016 MENSAGEM INICIAL Assimilar um saber, um conteúdo, uma praxis em Terapia da Fala é uma condição sine quo non para que haja uma base científica. Contudo, esta base de

Leia mais

A Iniciativa para a Economia Cívica

A Iniciativa para a Economia Cívica A Iniciativa para a Economia Cívica Os Programas de Inovação Societal e Mudança A. A Iniciativa para a Economia Cívica A Iniciativa para a Economia Cívica (IEC) é uma iniciativa que agrega entidades públicas,

Leia mais

Portugal 2020: Investigação e Inovação no domínio da Competitividade e Internacionalização

Portugal 2020: Investigação e Inovação no domínio da Competitividade e Internacionalização Portugal 2020: Investigação e Inovação no domínio da Competitividade e Internacionalização Duarte Rodrigues Vogal da Agência para o Desenvolvimento e Coesão Lisboa, 17 de dezembro de 2014 Tópicos: 1. Portugal

Leia mais

A EERA E NO ÂMBITO DO SET PLAN

A EERA E NO ÂMBITO DO SET PLAN Associados: A EERA E AS INICIATIVAS INDUSTRIAIS EUROPEIAS NO ÂMBITO DO SET PLAN EERA MEETING AUDITÓRIO DO LNEG, 18 JULHO 2011 JOAQUIM BORGES GOUVEIA MEMBRO DO CONSELHO CIENTÍFICO ENERGYIN TERESA BERTRAND

Leia mais

Smart Cities Portugal

Smart Cities Portugal Smart Cities Portugal A rede Smart Cities Portugal tem por objetivo promover o trabalho em rede numa lógica inter-cluster, para o desenvolvimento e produção de soluções urbanas inovadoras para smart cities,

Leia mais

Projecto Engenharia 2020 - Tecnologia e Inovação. Grupo de Trabalho Cidades Inteligentes

Projecto Engenharia 2020 - Tecnologia e Inovação. Grupo de Trabalho Cidades Inteligentes Projecto Engenharia 2020 - Tecnologia e Inovação Grupo de Trabalho Cidades Inteligentes Proposta de funcionamento e objectivos do Grupo Trabalho Oportunidades Projectos e propostas LNEC 30 Maio 2013 Grupos

Leia mais

FTTH FORUM 2008. Sociedade da Informação Portugal em Mudança CCB, 5 Nov 2008. Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento

FTTH FORUM 2008. Sociedade da Informação Portugal em Mudança CCB, 5 Nov 2008. Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento FTTH FORUM 2008 Sociedade da Informação Portugal em Mudança CCB, 5 Nov 2008 Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Principais Orientações

Leia mais

Capacitação em Valorização de Tecnologias

Capacitação em Valorização de Tecnologias Capacitação em Valorização de Tecnologias Enquadramento No âmbito do projeto INESPO 2 Innovation Network Spain-Portugal, as universidades parceiras propuseram-se dinamizar uma ação de Capacitação em Valorização

Leia mais

Newsletter Junho 2012

Newsletter Junho 2012 Newsletter Junho 2012 O início do próximo ano letivo traz dois grandes desafios para os docentes e investigadores do Instituto Politécnico de Santarém: 1. Vai decorrer no próximo dia 10 de Outubro de 2012,

Leia mais

Universidade da Beira Interior

Universidade da Beira Interior Universidade da Beira Interior Mestrado em Empreendedorismo e Serviço Social Titulo da Dissertação: PROGRIDE: foco de inovação social? Um estado de caso em três projectos PROGRIDE Mestranda: Vera Alexandra

Leia mais

WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO.

WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO. WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO. Workshop 1 Web 2.0 na educação (dinamizado por Fernando Delgado EB23 D. Afonso III) Os serviços da Web 2.0 têm um enorme potencial para a educação, pois possibilitam

Leia mais

OPEN DAYS 2015 LOCAL EVENTS COUNTRY LEAFLET PORTUGAL

OPEN DAYS 2015 LOCAL EVENTS COUNTRY LEAFLET PORTUGAL OPEN DAYS 2015 LOCAL EVENTS COUNTRY LEAFLET PORTUGAL INDEX I. Regional Partnerships Official Partners of the OPEN DAYS 2015 Alentejo 3 Algarve 5 Município da Amadora 6 Braga 8 Região Centro de Portugal

Leia mais

Janine Garcia 1 ; Adamo Dal Berto 2 ; Marli Fátima Vick Vieira 3

Janine Garcia 1 ; Adamo Dal Berto 2 ; Marli Fátima Vick Vieira 3 ENSINO A DISTÂNCIA: UMA ANÁLISE DO MOODLE COMO INSTRUMENTO NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM DO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE (IFC) - CÂMPUS ARAQUARI

Leia mais

11ª Conferência Anual da European Microfinance Network em Lisboa

11ª Conferência Anual da European Microfinance Network em Lisboa nº 9 - junho 2014 11ª Conferência Anual da European Microfinance Network em Lisboa A European Microfinance Network (EMN) vai realizar a sua 11ª Conferência Anual em Lisboa, nos dias 19 e 20 de junho subordinada

Leia mais

Conhecer e partilhar para inovar na Educação. Boas Práticas nas Escolas Portuguesas Colégio Vasco da Gama Inácio Casinhas

Conhecer e partilhar para inovar na Educação. Boas Práticas nas Escolas Portuguesas Colégio Vasco da Gama Inácio Casinhas Conhecer e partilhar para inovar na Educação Boas Práticas nas Escolas Portuguesas Colégio Vasco da Gama Inácio Casinhas Missão da escola Não perdendo de vista o contexto da sociedade actual em constante

Leia mais

inovação & nas empresas 2020 competitividade

inovação & nas empresas 2020 competitividade inovação & nas empresas 2020 competitividade Desafios e Oportunidades de Inovação A Competitividade das Empresas e os Instrumentos do Portugal 2020 Coimbra Abril 2014 1 PT HOJE Empresas 2020: Desafios

Leia mais

Rua Faria Guimarães, 494 2º Esq. 4000-205 Porto +351 965 371 568 olinda@mdemaria.com www.mdemaria.com

Rua Faria Guimarães, 494 2º Esq. 4000-205 Porto +351 965 371 568 olinda@mdemaria.com www.mdemaria.com CURRICULUM VITAE olinda martins 01.junho.2012 INFORMAÇÃO PESSOAL nome filiação data de nascimento naturalidade bilhete de identidade contribuinte estado civil carta de condução Maria Olinda Carneiro Martins

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

Projecto AAL4ALL. Padrão de Cuidados Primários para Serviços AAL. Projeto âncora do AAL4ALL AAL4ALL

Projecto AAL4ALL. Padrão de Cuidados Primários para Serviços AAL. Projeto âncora do AAL4ALL AAL4ALL Projecto Padrão de Cuidados Primários para Serviços AAL 2 Sumário Mudança demográfica em Portugal Ambient Assisted Living (AAL) Porque é necessário? Quais as áreas de aplicação? Quais são os desafios?

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM

CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM Assembleia de Parceiros 17 de Janeiro 2014 Prioridades de Comunicação 2014 Eleições para o Parlamento Europeu 2014 Recuperação económica e financeira - Estratégia

Leia mais

Curriculum Vitae. António Nuno Bordalo Pacheco

Curriculum Vitae. António Nuno Bordalo Pacheco Curriculum Vitae António Nuno Bordalo Pacheco Julho de 2013 1 Dados Pessoais e Profissionais Nome: António Nuno Bordalo Pacheco Data de Nascimento: 29.01.51 Naturalidade : Freamunde - Paços de Ferreira

Leia mais

A União Europeia e o apoio às Empresas. Margarida Marques, Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal

A União Europeia e o apoio às Empresas. Margarida Marques, Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal A União Europeia e o apoio às Empresas Margarida Marques, Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal Abril 2010 Programa-Quadro para a Competitividade e a Inovação (CIP) Programa-Quadro para

Leia mais

O 7º PROGRAMA QUADRO

O 7º PROGRAMA QUADRO O 7º PROGRAMA QUADRO de I&DT Eduardo Maldonado (Coordenador de NCP) Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de IDT Estratégia de Lisboa Conselho Europeu extraordinário de Lisboa (Março de 2000): para

Leia mais

Gerentes de Mídias Sociais

Gerentes de Mídias Sociais ECOMMERCE SCHOOL Fundada em junho de 2007, com o objetivo de ser um centro voltado para o desenvolvimento de profissionais de Internet, reunindo parcerias com escolas de excelência e importantes centros

Leia mais

Operador global centrado na sustentabilidade

Operador global centrado na sustentabilidade Operador global centrado na sustentabilidade Francisco Nunes, Administrador PT Portugal Lisboa, 8 maio 2012 CONFIDENCIAL A utilização deste documento, para quaisquer fins, sem autorização expressa da Portugal

Leia mais

networking capabilities dynamic capabilities innovation capabilities

networking capabilities dynamic capabilities innovation capabilities networking capabilities dynamic capabilities innovation capabilities uma perspetiva focada na estratégia de inovação MARIANA PITA. UNIVERSIDADE DE AVEIRO PROGRAMA DOUTORAL EM MARKETING & ESTRATÉGIA. CONHECIMENTO

Leia mais

3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais

3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais 3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais 29 de setembro de 2014 Auditório da BMAG Apoio Patrocinadores Globais APDSI Internet, Negócio e Redes Sociais

Leia mais

Proposta de Valor para a participação de empresas no Espaço Empresarial

Proposta de Valor para a participação de empresas no Espaço Empresarial Os Sistemas de Informação na Criação de Conhecimento, na Educação e na Formação Proposta de Valor para a participação de empresas no Espaço Empresarial Índice 1. Apresentação da CAPSI 2015 2. ISCTE Instituto

Leia mais

EXPLICOLÂNDIA NEWSLETTER

EXPLICOLÂNDIA NEWSLETTER EXPLICOLÂNDIA NEWSLETTER EDIÇÃO Nº8 Aveiro Coimbra Évora Guimarães Oeiras Sacavém Lisboa O TEU SUCESSO É O NOSSO SUCESSO! PÁG: 2 / 6 ABERTURA DO ANO LECTIVO A EXPLICOLÂNDIA deseja aos seus alunos e formandos

Leia mais

Desafio Apresentação de trabalhos digitais no âmbito da comemoração do Dia das Jovens Mulheres nas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) 2015

Desafio Apresentação de trabalhos digitais no âmbito da comemoração do Dia das Jovens Mulheres nas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) 2015 1 Desafio Apresentação de trabalhos digitais no âmbito da comemoração do Dia das Jovens Mulheres nas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) 2015 No dia 8 de abril de 2011, pela resolução 70 da UIT

Leia mais

Fiscalidade e Contabilidade

Fiscalidade e Contabilidade Fiscalidade e Contabilidade Formação Executiva 2016 www.catolicabs.porto.ucp.pt A Católica Porto Business School Pós-Graduações Fundada em 2002, a Católica Porto Business School é a escola de negócios

Leia mais

Enquadramento institucional Programas

Enquadramento institucional Programas O e-learning na Universidade de Aveiro (1998-2005) Evento de ensino virtual e e-learning UFP@Porto 28 Jan 2005 Helder Caixinha caixinha@cemed.ua.pt UOe-L Unidade Operacional de e-learning Universidade

Leia mais

ERASMUS+ QUALIFICAÇÃO E AÇÃO PARA A INCLUSÃO. E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o

ERASMUS+ QUALIFICAÇÃO E AÇÃO PARA A INCLUSÃO. E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o ERASMUS+ E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o QUALIFICAÇÃO E AÇÃO PARA A INCLUSÃO SEMINÁRIO EMPODERAR COMUNIDADES, DESENVOLVER REGIÕES VISEU DÃO LAFÕES NA EUROPA AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL MANGUALDE,

Leia mais

Plano de Ação 2016 GRACE

Plano de Ação 2016 GRACE Plano de Ação 2016 GRACE Mensagem da Direção É tempo de preparar mais um ano de intensa atividade do GRACE, procurando consolidar o capital de experiência e partilha acumulado e alargar novas perspetivas

Leia mais

C O N V I T E 1. A PLATAFORMA ICBENCH NÍVEL 1 BENCHMARKING DO DESEMPENHO DE EMPRESAS CONSTRUTORAS SESSÃO DE APRESENTAÇÃO DA PLATAFORMA ICBENCH NÍVEL 2

C O N V I T E 1. A PLATAFORMA ICBENCH NÍVEL 1 BENCHMARKING DO DESEMPENHO DE EMPRESAS CONSTRUTORAS SESSÃO DE APRESENTAÇÃO DA PLATAFORMA ICBENCH NÍVEL 2 1 BENCHMARKING DO DESEMPENHO DE EMPRESAS CONSTRUTORAS SESSÃO DE APRESENTAÇÃO DA PLATAFORMA ICBENCH NÍVEL 2 C O N V I T E 1. A PLATAFORMA ICBENCH NÍVEL 1 Com o apoio do InCI, a FEUP desenvolveu um projeto

Leia mais

Projeto AAL4ALL. Padrão de Cuidados Primários para Serviços AAL. Projeto âncora do AAL4ALL AAL4ALL

Projeto AAL4ALL. Padrão de Cuidados Primários para Serviços AAL. Projeto âncora do AAL4ALL AAL4ALL Projeto AAL4ALL Padrão de Cuidados Primários para Serviços AAL 2 Sumário Mudança demográfica em Portugal Ambient Assisted Living (AAL) Porque é necessário? Quais as áreas de aplicação? Quais são os desafios?

Leia mais

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições.

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições. 1. No dia 4 de Dezembro, a União Distrital de Santarém em parceria com Segurança Social, levou a efeito o ultimo dos 5 encontros realizados em várias zonas do distrito, sobre o tema "Encontros de Partilha",

Leia mais

GAMIFICATION EXPERIENCE: COMO REINVENTAR EMPRESAS A PARTIR DE JOGOS

GAMIFICATION EXPERIENCE: COMO REINVENTAR EMPRESAS A PARTIR DE JOGOS GAMIFICATION EXPERIENCE: COMO REINVENTAR EMPRESAS A PARTIR DE JOGOS O que vamos abordar: Gamificação o que é e para o que serve? Cases de aplicação da metodologia O que as empresas podem aprender com os

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO MARKETING E COMUNICAÇÃO DE MODA

PÓS-GRADUAÇÃO MARKETING E COMUNICAÇÃO DE MODA PÓS-GRADUAÇÃO MARKETING E COMUNICAÇÃO DE MODA Coordenadora: Gláucia Centeno 13/04/2015 > 09/2016 400 horas Idioma: Português Aulas: Segundas e quartas das 19h30 às 22h30 PÚBLICO-ALVO Profissionais com

Leia mais

As TIC como forma de acelerar a recuperação mica: : promover o desenvolvimento regional e optimizar a utilização dos fundos estruturais

As TIC como forma de acelerar a recuperação mica: : promover o desenvolvimento regional e optimizar a utilização dos fundos estruturais As TIC como forma de acelerar a recuperação económica mica: : promover o desenvolvimento regional e optimizar a utilização dos fundos estruturais As TICS e a região de Aveiro Conferência Conferência SFERA,

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

FÓRUM DE PESQUISA CIES 2009. Olhares sociológicos sobre o emprego: relações laborais, empresas e profissões 18 de Dezembro de 2009

FÓRUM DE PESQUISA CIES 2009. Olhares sociológicos sobre o emprego: relações laborais, empresas e profissões 18 de Dezembro de 2009 FÓRUM DE PESQUISA CIES 2009 Olhares sociológicos sobre o emprego: relações laborais, empresas e profissões 18 de Dezembro de 2009 EMPRESAS E INOVAÇÃO Luísa Oliveira luisa.oliveira@iscte.pt Luísa Veloso

Leia mais

ERASMUS+ MOBILIDADE TRANSNACIONAL, E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o FACTOR DE EMPREGABILIDADE

ERASMUS+ MOBILIDADE TRANSNACIONAL, E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o FACTOR DE EMPREGABILIDADE ERASMUS+ E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o MOBILIDADE TRANSNACIONAL, FACTOR DE EMPREGABILIDADE APG II CONGRESSO NACIONAL DO EMPREGO UNIVERSIDADE LUSÓFONA 30 DE SETEMBRO DE 2014 O projeto Europeu tem vindo

Leia mais

A experiência do IPN no interface Universidade/Empresa. Carlos Cerqueira, Director de Inovação

A experiência do IPN no interface Universidade/Empresa. Carlos Cerqueira, Director de Inovação A experiência do IPN no interface Universidade/Empresa Carlos Cerqueira, Director de Inovação O Instituto Pedro Nunes Criado em 1991 pela Universidade de Coimbra Promove a inovação na área científica e

Leia mais

Gaia Global conceitos e diferenciação

Gaia Global conceitos e diferenciação Gaia Global conceitos e diferenciação Luís Borges Gouveia 14 de Maio de 2003 Conceito de cidade digital uma cidade que esteja a ser transformada ou reordenada com recurso à tecnologia e ao digital uma

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO PARA O INVESTIMENTO SOCIAL. Catalisar um mercado de investimento social em Portugal GRUPO DE TRABALHO PORTUGUÊS PARA O

GRUPO DE TRABALHO PARA O INVESTIMENTO SOCIAL. Catalisar um mercado de investimento social em Portugal GRUPO DE TRABALHO PORTUGUÊS PARA O GRUPO DE TRABALHO PORTUGUÊS PARA O INVESTIMENTO SOCIAL Reunião de sub-grupo 2 Outubro 2015 GRUPO DE TRABALHO PARA O INVESTIMENTO SOCIAL Catalisar um mercado de investimento social em Portugal GRUPO DE

Leia mais

INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA

INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA A Formação no ISQ A actividade de Formação do ISQ tem sido uma forte aposta enquanto factor determinante para o desenvolvimento e melhoria de desempenho dos sectores tecnológicos

Leia mais

Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (I)

Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (I) Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (I) Praia da Vitória Ilha Terceira Apoios: 6, 7 e 8 Junho 2014 Modelo O curso de Coaching Desportivo e Treino Mental (Nível I), insere-se num modelo progressivo

Leia mais

Um Compromisso Sério com a UTAD

Um Compromisso Sério com a UTAD Um Compromisso Sério com a UTAD [MANIFESTO ELEITORAL] A primeira eleição de um Conselho Geral, em fevereiro de 2009, marcou o início de um novo ciclo no governo da UTAD. Esta nova experiência de funcionamento

Leia mais

Realização das Noites de Sociologia, encontro tertúlia subordinado a um tema, e que habitualmente se realiza em junho.

Realização das Noites de Sociologia, encontro tertúlia subordinado a um tema, e que habitualmente se realiza em junho. Índice 1. Introdução... 3 2. Atividades científicas, de formação e divulgação....3 3. Publicações.. 3 4. Internet... 4 5. Secções Temáticas e Núcleos Regionais 4 6. Outras atividades....4 2 1. Introdução

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MOITA PLANO DE AÇÃO PARA AS TIC

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MOITA PLANO DE AÇÃO PARA AS TIC AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MOITA PLANO DE AÇÃO PARA AS TIC Equipa PTE "A exclusão digital não é ficar sem computador ou telefone celular. É continuarmos incapazes de pensar, de criar e de organizar novas

Leia mais

ine malo gia curso de cinema Módulos Nucleares Módulos Complementares Módulos Transversais 21 caminhos film festival + Universidade Aberta

ine malo gia curso de cinema Módulos Nucleares Módulos Complementares Módulos Transversais 21 caminhos film festival + Universidade Aberta curso de cinema Módulos Nucleares Módulos Complementares Módulos Transversais 21 caminhos film festival + Universidade Aberta ine malo gia + info caminhos.info/cinemalogia inscrições abertas Mais de um

Leia mais

INTRODUÇÃO AO PROJETO LIFE 2

INTRODUÇÃO AO PROJETO LIFE 2 INTRODUÇÃO AO PROJETO LIFE 2 O projeto LIFE2 (Competências chave para a vida) visa ajudar os jovens a desenvolver, no decurso da sua formação profissional, as competências e confiança necessárias no mundo

Leia mais

elearning na Universidade de Aveiro: presente e futuro Fernando Ramos Universidade de Aveiro

elearning na Universidade de Aveiro: presente e futuro Fernando Ramos Universidade de Aveiro elearning na Universidade de Aveiro: presente e futuro Fernando Ramos Universidade de Aveiro conteúdo Projecto e-u Campus Virtual na Universidade de Aveiro elearning na UA: ponto de situação e principais

Leia mais

A cultura e a criatividade na internacionalização da economia portuguesa. Augusto Mateus Sociedade de Consultores Augusto Mateus & Associados

A cultura e a criatividade na internacionalização da economia portuguesa. Augusto Mateus Sociedade de Consultores Augusto Mateus & Associados A cultura e a criatividade na internacionalização da economia portuguesa Augusto Mateus Sociedade de Consultores Augusto Mateus & Associados O desafio nacional A criação de emprego virá do círculo virtuoso

Leia mais

EXAMES ÉPOCA ESPECIAL

EXAMES ÉPOCA ESPECIAL EXAMES ÉPOCA ESPECIAL ANO LETIVO 2014/2015 LICENCIATURAS MESTRADOS PÓS-GRADUAÇÃO EXAMES ÉPOCA ESPECIAL 2014/2015 LICENCIATURA // AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA 4º Semestre 1º Semestre Teorias da Comunicação

Leia mais

Associação Nacional de Professores de Informática. Escola Secundária D. João II Setúbal

Associação Nacional de Professores de Informática. Escola Secundária D. João II Setúbal Associação Nacional de Professores de Informática Escola Secundária D. João II Setúbal c A nossa missão Atividades realizadas Cursos e Disciplinas O software livre nas escolas A Direção Quem somos A Associação

Leia mais

Av. Vasco da Gama, 19 Bloco C- R/ch Dto., 7800-397 BEJA

Av. Vasco da Gama, 19 Bloco C- R/ch Dto., 7800-397 BEJA C U R R I C U L U M V I T A E DADOS PESSOAIS Nome: João Jardim Fernandes Data de nascimento: 10 de Fevereiro de 1970 Naturalidade: África do Sul Nacionalidade: Portuguesa Estado civil: Casado Morada: Av.

Leia mais

II Fórum Português da Responsabilidade das Organizações

II Fórum Português da Responsabilidade das Organizações II Fórum Português da Responsabilidade das Organizações O Futuro é hoje: visões e atitudes para um Portugal sustentável Introdução 1.Sustentabilidade e Responsabilidade Social; 2. O Desenvolvimento Sustentável;

Leia mais

PROJETO CIDADÃO EM REDE: DE CONSUMIDOR A PRODUTOR DE INFORMAÇÃO SOBRE O TERRITÓRIO PLANO DE TRABALHO

PROJETO CIDADÃO EM REDE: DE CONSUMIDOR A PRODUTOR DE INFORMAÇÃO SOBRE O TERRITÓRIO PLANO DE TRABALHO PROJETO CIDADÃO EM REDE: DE CONSUMIDOR A PRODUTOR DE INFORMAÇÃO SOBRE O TERRITÓRIO PLANO DE TRABALHO CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TECNOLÓGICA PRODEB-UFBA PRODEB/DSS Diretoria de Sistemas e Serviços UFBA/LCAD

Leia mais

ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS

ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS ENCONTRO DA COMISSÃO SECTORIAL PARA A EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO CS/11 ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS OPORTUNIDADES, DESAFIOS E ESTRATÉGIAS DE QUALIDADE APRESENTAÇÃO DO TRABALHO GT2 - Ensino Superior

Leia mais

Informação não é conhecimento. 2.1 Acessar, Criar & Compartilhar com sabedoria. Acessar, Criar & Compartilhar com sabedoria

Informação não é conhecimento. 2.1 Acessar, Criar & Compartilhar com sabedoria. Acessar, Criar & Compartilhar com sabedoria PLANOS De aula Informação não é conhecimento 2.1 Acessar, Criar & Compartilhar com sabedoria Título curto para Atividade Autor Tópico Acessar, Criar & Compartilhar com sabedoria Fernando Rui Campos, Portugal

Leia mais

Como delegar eficazmente?

Como delegar eficazmente? www.pwc.pt/academy Como delegar eficazmente? How to improve your skills? 21 e 22 de maio de 2013 Academia da PwC Delegar é um conceito aparentemente claro, mas que na prática, nem todos aplicam. A base

Leia mais

ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS

ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS ENCONTRO DA COMISSÃO SECTORIAL PARA A EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO CS/11 ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS OPORTUNIDADES, DESAFIOS E ESTRATÉGIAS DE QUALIDADE APRESENTAÇÃO DO TRABALHO GT2 - Ensino Superior

Leia mais

Universidade do Minho, 15-16 Dez 2008

Universidade do Minho, 15-16 Dez 2008 3ª Conferência Openaccess Universidade do Minho, 15-16 Dez 2008 Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Estratégia Nacional de e-ciência

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO An 2-A NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo

Leia mais

2º SEMESTRE CURSOS EM OFERTA

2º SEMESTRE CURSOS EM OFERTA CURSOS DE APRENDIZAGEM EM AO LONGO DA VIDA ANO LETIVO 2012/2013 2º SEMESTRE CURSOS EM OFERTA PÓS-GRADUAÇÕES PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA - ESPAÇOS, MOBILIDADES E CULTURAS ECTS: 60 ECTS COORDENADORES: Jorge

Leia mais

Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II

Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II PARTILHA DE EXPERIÊNCIAS E APRENDIZAGEM SOBRE O DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL O URBACT permite que as cidades europeias trabalhem em conjunto e desenvolvam

Leia mais

EXAMES ÉPOCA NORMAL 1.º SEMESTRE ANO LETIVO 2015/2016 LICENCIATURAS MESTRADOS PÓS-GRADUAÇÃO

EXAMES ÉPOCA NORMAL 1.º SEMESTRE ANO LETIVO 2015/2016 LICENCIATURAS MESTRADOS PÓS-GRADUAÇÃO EXAMES ÉPOCA NORMAL 1.º SEMESTRE ANO LETIVO 2015/2016 LICENCIATURAS MESTRADOS PÓS-GRADUAÇÃO LICENCIATURA // AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA Teorias da Comunicação Análise Social Audiovisual e Fundamentos de Marketing

Leia mais

Sistema de Informação Único da Universidade de Aveiro. Osvaldo Rocha Pacheco orp@ua.pt

Sistema de Informação Único da Universidade de Aveiro. Osvaldo Rocha Pacheco orp@ua.pt Sistema de Informação Único da Universidade de Aveiro Osvaldo Rocha Pacheco orp@ua.pt Agenda Caracterização do SI da UA Subsistemas estruturantes Exemplos de subsistemas integradores PADUA Gestão da Investigação

Leia mais

BALCÕES DE ATENDIMENTO

BALCÕES DE ATENDIMENTO BALCÕES DE ATENDIMENTO Neste espaço encontra várias entidades públicas e privadas com balcões de atendimento permanente. Aqui tem acesso a informação diversificada, desde sistemas de incentivos até ofertas

Leia mais

Plano Estratégico da Universidade Aberta 2011-2015

Plano Estratégico da Universidade Aberta 2011-2015 Plano Estratégico da Universidade Aberta 2011-2015 Paulo Maria Bastos da Silva Dias Índice 1. Nota de Abertura... 1 2. Áreas de Intervenção e Desenvolvimento... 4 2.1 Formação e Aprendizagem ao Longo da

Leia mais

Simulação e avaliação de um módulo de aprendizagem de Alimentação Humana em formato de Webinar

Simulação e avaliação de um módulo de aprendizagem de Alimentação Humana em formato de Webinar Simulação e avaliação de um módulo de aprendizagem de Alimentação Humana em formato de Webinar Renata Barros 1, Maria Teresa Campos 1, Pedro Carvalho 1, Vítor Hugo Teixeira 1, Rui Chilro 1, André Moreira

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

PROPRIEDADE INDUSTRIAL Proteger a Inovação. José Maurício Vogal do Conselho Diretivo do INPI

PROPRIEDADE INDUSTRIAL Proteger a Inovação. José Maurício Vogal do Conselho Diretivo do INPI PROPRIEDADE INDUSTRIAL Proteger a Inovação José Maurício Vogal do Conselho Diretivo do INPI Inovação Criação de Valor Inovação contínua Criação de Conhecimento Vantagem Competitiva Sucesso comercial A

Leia mais

Assembleia Geral do Núcleo de Bolseiros de Investigação Científica da Universidade de Aveiro. 17 de março de 2015

Assembleia Geral do Núcleo de Bolseiros de Investigação Científica da Universidade de Aveiro. 17 de março de 2015 Assembleia Geral do Núcleo de Bolseiros de Investigação Científica da Universidade de Aveiro 17 de março de 2015 Órgãos de Gestão e Fiscalização (mandato 2014/2015) Início do mandato: 05 de março de 2014

Leia mais

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP Entidade interlocutora: Identificação do Projecto AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça Nº do projecto: 2001/EQUAL/A2/AD/139 Designação do projecto: Área

Leia mais

PHC dsuporte Interno

PHC dsuporte Interno Descritivo PHC dsuporte Interno PHC PHC dsuporte Interno O controlo da assitência técnica da empresa A ferramenta essencial para o técnico gerir o seu diaa-dia, permitindo-lhe oferecer um melhor serviço

Leia mais

A arte. da sua dispersão. Miguel Leal

A arte. da sua dispersão. Miguel Leal A arte no tempo da sua dispersão concentrada Miguel Leal A ideia de dispersão aparece como uma fatalidade que persegue o contemporâneo. A cada momento (des)encontramo-nos com o carácter disperso (e dispersivo)

Leia mais