MedNET: rede de assistência médica via satélite no Brasil e Peru

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MedNET: rede de assistência médica via satélite no Brasil e Peru"

Transcrição

1 MedNET: rede de assistência médica via satélite no Brasil e Peru Alex Bernsts Tronchoni 1, Carlos Eduardo Pereira 2, Alécio Pedro Delazari Binotto 1, João Carlos Cavalcanti da Silveira 3 1 Departamento de Pesquisa Aplicada CETA - Centro de Excelência em Tecnologias Avançadas SENAI, Brasil 2 Departamento de Engenharia Elétrica Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Brasil 3 Departamento de Tecnologia da Informação Complexo Hospitalar Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, Brasil Resumo Este artigo descreve o desenvolvimento de uma rede de assistência médica na América Latina usando comunicação via satélite. A rede permitirá que áreas remotas ou isoladas tenham atendimento médico apropriado e auxiliado à distância. Diferentes especialidades médicas serão atendidas no estudo de caso, variando desde ginecologia, pediatria, cardiologia até doenças infecciosas típicas da região Amazônica, como malária e tuberculose. Para este fim, será utilizada uma plataforma de tele-medicina baseada em imagens que permite analisar remotamente exames de tomografia, ultra-som, eletrocardiograma e de sangue. O objetivo da rede médica é conectar áreas isoladas na região Amazônica utilizando a tecnologia Européia AmerHis para comunicação via satélite, em banda larga e com qualidade de serviço (QoS), para transmissão de dados em tempo real e vídeo/áudio conferência. Palavras-chave: Rede de assistência médica, tele-medicina, comunicação via satélite, DICOM, DVB-RCS. Abstract This paper presents the development of a health care network in Latin America using satellite communication. The network will provide in remote areas appropriate health care from distance. Different medical specialties and diseases will be covered, varying from gynecology, pediatrics, cardiology to typical infectious diseases from the Amazonian region, such as malaria and tuberculosis. To this end, a telemedicine platform will be utilized providing remote tele-consulting to CT and ultra-sound exams, electrocardiogram and blood imaging. The goal of the medical network is to connect isolated areas in Amazonian region utilizing European technology for satellite communication, providing broadband and quality of service (QoS) for real-time data transmission and video/audio conference. Key-words: Health care network, tele-medicine, satellite communication, DICOM, DVB-RCS. Introdução Atendimento médico qualificado é, em determinadas situações, difícil de ser acessado pela população que vive em áreas remotas ou isoladas. Este problema se agrava em zonas rurais da América Latina, onde a população local não tem acesso à assistência médica adequada. A falta de infraestrutura [1] [2] e médicos especialistas [3] é a causa principal da transferência de muitos pacientes para hospitais localizados em zonas urbanas, forçando-os a viajar centenas de quilômetros a fim de receber diagnósticos e tratamentos. Tais procedimentos são, em sua maioria, simples e poderiam ser realizados em suas próprias cidades de residência por médicos locais auxiliados por especialistas remotos. A rede médica MedNET está em desenvolvimento e busca aprimorar a qualidade de assistência médica à distância, obtendo suporte de médicos especialistas de instituições de referência localizadas em centros urbanos no Brasil e Peru. Desta forma, espera-se que haja uma melhoria nos serviços de saúde e incremento da qualidade de vida da população, além de permitir treinamento remoto de médicos das áreas rurais [4]. A aplicação de tele-medicina empregada pode ser utilizada tanto para tele-consulta colaborativa em tempo-real e primeira opinião médica como para emissão de segunda opinião, ambas utilizando como meio comunicação a Internet ou uma rede dedicada via satélite. Para este fim, utilizam-se as facilidades do software Teleconsult [5], o qual possui protocolos integrados e padrões médicos europeus para troca, armazenagem e representação de informações. Além disso, em função do caráter inovador do sistema, o

2 projeto será uma forma de analisar os padrões europeus de utilização de prontuário eletrônico. O artigo está organizado da seguinte forma: primeiro, uma breve descrição do sistema Teleconsult e do banco de dados que integra o sistema. Segue-se com uma apresentação do sistema AMERHIS e do Satélite Amazonas. Os participantes do consórcio do projeto também são elencados, bem como os cenários de estudo de caso no Brasil e Peru, mencionando as cidades que farão parte do projeto, assim como os tipos de exame e topologia de rede utilizada em cada região. Por fim, é feita uma discussão sobre os aspectos mais relevantes e resultados esperados do projeto. maior da interface é utilizada para mostrar as imagens. No lado esquerdo, aparecem as miniaturas de todas as imagens carregadas no TeleConsult. O centro da tela também pode ser utilizado para visualizar detalhes de mais de uma imagem. Sistema TeleConsult O software TeleConsult foi desenvolvido pelo Instituto Fraunhofer IGD e MedCom GmbH, parceiros deste projeto, e permite adquirir imagens de qualquer equipamento de ultra-som através de uma placa de aquisição de vídeo conectada ao computador. O sistema é compatível com o padrão DICOM, um conjunto de normas mundialmente utilizado para tratamento, armazenamento e transmissão de imagens médicas em formato eletrônico, estruturando um protocolo [5]. A ferramenta ainda provê várias funcionalidades extras. Podem-se fazer anotações digitais nas imagens médicas enviadas ao médico especialista visando delinear alguma região de interesse a ser discutida. O envio pode ser realizado de modo off-line, onde são enviadas mensagens (imagens + anotações + primeiros diagnósticos + outros dados relevantes ao diagnóstico) em determinado momento (à noite, por exemplo) e algum tempo depois o médico especialista pode responder aos questionamentos; ou em modo on-line. Neste último modo, dependendo da largura de banda, as mensagens são transmitidas em poucos segundos e a discussão (anotações na imagem + chat + medições + interação), ou seja, tele-consulta baseada nestas imagens é realizada em tempo-real. Isto se deve ao algoritmo do TeleConsult, pois a imagem é apenas transferida uma única vez (do ponto remoto ao especialista) e os dados da discussão são muito pequenos (coordenadas de círculos que delimitam região da imagem, posicionamento na imagem, textos, medições, setas, escala de cores e brilho, etc), podendo trafegar em tempo-real pela Internet [4]. Assim, o TeleConsult é uma combinação de visualizador de imagens DICOM 2D/3D, um software para aquisição de imagens, ferramentas que permitem a realização de anotações nas imagens e uma ferramenta para comunicação. A Figura 1 ilustra a interface com o usuário do TeleConsult. A parte Figura 1 TeleConsult:Interface com o usuário. Todas as operações que o usuário pode realizar estão associadas a um dos seguintes módulos do software: Menu de interface com a base de dados; Menu visualizador de imagens; Menu E/S de arquivos; Menu de geometria; Menu de escala de cinza/cores; Menu de ferramentas de medição; Menu cine; Menu de tele-consulta. Banco de Dados Existem diversas formas de organizar e gerenciar informações clínicas utilizando prontuários em papel e gráficos, mas, para estudos médicos, análise de dados de pacientes e tele-medicina, algum grau de informatização faz-se necessário [6]. O desafio está em criar um sistema que possa ser amplamente utilizado e que reúna todas as funcionalidades do TeleConsult em um único aplicativo. O software TeleConsult armazena as imagens em um banco de dados adequando-as ao padrão DICOM. Esse formato padrão permite a comunicação com equipamentos médicos através da rede DICOM e através do protocolo de rede TCP/IP. A Figura 2 mostra o registro de um paciente, já no padrão DICOM, gravado no banco de dados.

3 Figura 2 TeleConsult: Interface com o banco de dados. AMERHIS (Advanced Multimedia Enhanced Regenerative HISPASAT System) é um novo sistema de processamento de sinais baseado nos padrões abertos DVB-S (download) e DVB-RCS (upload). O sistema proporciona conectividade entre os terminais de usuário localizados em qualquer ponto dentro de cada uma das coberturas do satélite (feixes de América do Norte, América do Sul, Brasil e Europa). Isto possibilita a interconexão direta de terminais localizados em zonas geográficas cobertas por feixes diferentes do satélite, sem necessidade de HUB [7], estendendo a função do satélite de um simples retransmissor de sinal para um processador de sinal. As Figuras 3 e 4 ilustram melhor as características entre conexão com e sem HUB. Além disso, através do aplicativo é possível realizar as seguintes operações no banco de dados: Criar, editar e excluir pacientes; Criar, editar e excluir estudos; Armazenar imagens, configurações, vídeos e outros arquivos associados a um paciente ou estudo; Troca de dados (imagens) com outros tipos de mídia para armazenagem, evitando que o HD local fique cheio; Exportar e importar pacientes/estudos e imagens para arquivos externos, permitindo a troca de dados entre diversos bancos de dados; Carregar imagens, configurações e vídeos para o TeleConsult; Importar imagens DICOM; Enviar e receber mensagens, juntamente com informações do paciente, estudos e imagens, vindas e enviadas para outras estações de tele-consulta; Importar/Exportar sinais vitais (pressão sanguínea, ECG, SpO2, glicose). AMERHIS e o Satélite Amazonas A comunicação via satélite é a principal solução para o desenvolvimento de áreas muito remotas, como na Amazônia. No entanto, em comparação com Internet rápida convencional, este tipo de comunicação ainda apresenta um alto custo financeiro e carência de largura de banda no chamado upload (envio de dados para rede) [4]. Em 2004, o grupo HISPASAT embarcou o sistema AMERHIS no satélite Amazonas. O Amazonas é o primeiro satélite a dar cobertura a todo o continente americano, Europa e Norte de África, utilizando freqüências tanto em banda C como em banda Ku. Figura 3 Interconexão utilizando HUB. Figura 4 Interconexão sem HUB, utilizando o sistema AMERHIS. Parceiros O projeto MedNET conta com sete parceiros na Europa, dois no Brasil e dois no Peru, quais sejam: 1 - Instituto Fraunhofer de Computação Gráfica (IGD) é o maior instituto de computação gráfica da Europa e um dos maiores e mais bem equipados do mundo. (Alemanha) 2 - Thales Alenia Space España é uma companhia criada em 1988 dedicada ao projeto e a fabricação de equipamentos aeroespaciais. (Espanha) 3 - Geopac é um provedor de serviços de telecomunicações que funciona exclusivamente na América Latina. (Reino Unido)

4 4 - VICOMTech é um centro de pesquisa de Tecnologias de Comunicação e Integração Visual localizado em San Sebastián, Espanha. A missão do VICOMTech é proporcionar à indústria e às instituições, de variados perfis, soluções em computação gráfica. (Espanha) 5 - MedCom GmbH está localizada em Darmstadt, Alemanha, e foi fundada em outubro de A MedCom oferece uma variedade de avançadas ferramentas médicas 2D, 3D, 4D/5D, para diagnóstico e tratamento, entre as quais, o TeleConsult. (Alemanha) 6 - EPU-NTUA é uma unidade científica multidisciplinar da Universidade Técnica de Atenas que realiza projetos de pesquisa e desenvolvimento, fornecendo serviços de consultoria em uma vasta gama de negócios (business) complexos, assuntos sociais e técnicos. (Grécia) 7 - DIRESA Junín surgiu oficialmente do processo de descentralização no Peru, especificamente a LEI REGULAMENTADA DOS GOVERNOS REGIONAIS N.o de 13/01/2003. Como tal é uma entidade legal independente. (Peru) 8 - Governo Regional de Junín fornece uma grande variedade de serviços a mais de 1.3 milhões de habitantes. (Peru) 9 - Centro de Excelência em Tecnologias Avançadas (SENAI CETA) é um instituto de pesquisa e desenvolvimento (P&D) que tem a missão de desenvolver e executar projetos de pesquisa aplicada em cooperação com universidades e outros centros de P&D em diversos setores da indústria, promovendo e contribuindo para o desenvolvimento social e tecnológico do Brasil. (Brasil) 10 - Complexo Hospitalar Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, que comemorou em 2003, dois séculos de assistência à saúde como uma organização em sintonia com a vanguarda da medicina. (Brasil) 11 - HISPASAT é a operadora de satélite espanhola que se tornou referência para o continente Americano em termos de serviços de comunicação de banda larga. (Espanha) atendidas remotamente pelos médicos da Santa Casa de Porto Alegre. Além de exames de ultra-som, pretende-se adicionar as modalidades de ressonância magnética (RMI) e tomografia computadorizada (TC) para diagnóstico por imagem, ampliando o acesso a outros tipos de exames pela rede médica. Os pilotos serão instalados em Pelotas e Alegrete, no Rio Grande do Sul, fazendo uso de comunicação ADSL para troca de dados. O terceiro piloto será instalado no Maranhão na cidade de Balsas e utilizará comunicação via satélite AMERHIS/Amazonas. Tabela 1 Cidades-piloto no Brasil. Hospital de Referência Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre Cidade-remota Balsas (MA) Fortaleza dos Nogueiras (MA) Carolina (MA) Lagoa dos Três Cantos (RS) Alegrete (RS) Pelotas (RS) A Figura 5 ilustra a topologia da rede da plataforma MedNET a ser implantada na região Amazônica, utilizando o satélite Amazonas (AMERHIS). Estudo de Caso: Brasil e Peru No Brasil, o estudo de caso comportará a instalação dos terminais e antenas de satélite iniciando pelo hospital de referência médica, a Santa Casa de Porto Alegre. O TeleConsult será instalado nos computadores dos especialistas que atenderão aos serviços médicos. Além disso, câmeras de vídeo, microfones e fones de ouvido serão fornecidos aos médicos para comunicação em tempo real (vídeo e voz sobre IP) com os médicos das cidades remotas. A Tabela 1 mostra as cidades-piloto que serão Figura 5 Topologia de rede que será usada na região Amazônica.

5 Particularmente no estado do Rio Grande do Sul, o hospital de referência não só atenderá as cidades remotas da Amazônia brasileira via satélite, como também atenderá demais localidades do estado via ADSL, utilizando a infra-estrutura existente na região para conexão dos pontos de rede. A Figura 6 é mostra tal topologia da rede. equipamentos e do software. A aquisição das imagens do ultra-som será realizada através de uma placa de captura de vídeo instalada no computador. Durante a fase de instalação, os médicos receberão treinamento sobre a utilização do software de tele-consulta. Ao fim do treinamento, os médicos devem ser capazes de adquirir imagens e através do TeleConsult e se comunicar com outros profissionais localizados nas cidades remotas através de vídeo conferência e ferramentas de colaboração baseadas em imagens em tempo-real ou off-line. Para casos de aquisição de imagem por ultra-som, serão ministrados seminários pelos médicos dos hospitais de referência do Brasil e do Peru, aprimorando as técnicas de aquisição de imagens de ultra-som e aproximando médicos especialistas envolvidos no projeto aos não especialistas. Conclusão e Trabalhos Futuros Figura 6 Topologia de rede que será usada no Rio Grande do Sul. Ao mesmo tempo, no Peru, devem ser concluídas as instalações do terminal de satélite do hospital de referência em Huancayo e nas demais cidades-piloto. A Tabela 2 mostra as cidades-piloto que serão atendidas pelos médicos do Hospital de Huancayo. Hospital de Referência Huancayo Tabela 2 Cidades-piloto no Peru. Província Concepción Satipo Huancayo Cidade-remota Distrito Comas Andamarca Rio Negro Rio Tambo Llayla Pariahuanca Santo Domingo de Acobamba Em cada hospital ou unidade de saúde, será realizada a instalação e a configuração dos As regiões às quais a rede médica MedNET fornecerá cobertura caracterizam-se por possuir infraestrutura e recursos limitados, tanto em equipamentos como em pessoal médico qualificado, ou seja, um cenário bastante comum em áreas rurais da América Latina. No caso específico da região amazônica, acrescenta-se a grande distância de centros urbanos, muitas vezes com acesso apenas por via fluvial. Neste sentido, a tele-medicina pode ser uma excelente ferramenta alternativa para conectar locais remotos ou isolados a hospitais localizados em grandes centros urbanos, reduzindo a diferença entre o atendimento de saúde prestado para a população que vive em zonas rurais e a que reside próxima aos hospitais de referência. Além disso, como resultado do projeto, deverá ocorrer redução do número de leitos e ocupação dos aparelhos nos hospitais de referência, já que uma quantidade menor de pacientes precisa viajar das cidades remotas para as áreas urbanas para receber diagnóstico. Adicionalmente, acredita-se em um diagnóstico mais precoce e orientado das patologias nas zonas remotas. Isto permitiria uma melhor previsão de remoções logisticamente difíceis, além de fazer com que pacientes procurem seu centro médico local com mais freqüência para exames de rotina. Com isso, pode-se levar medicina especializada a pequenas cidades através das teleconsultas, promover a fixação dos médicos locais, oportunizar treinamento médico à distância, melhorar a relação entre os pacientes e os seus médicos, otimizar a estrutura local e diminuir os custos financeiros do atendimento à saúde. O Projeto MedNET está em seu início e se estende pelos próximos 2 anos, período em que se pretende ainda avaliar a utilização do sistema

6 AMERHIS, embarcado no satélite Amazonas, através da transmissão de vídeos e imagens de exames e troca de informações entre os profissionais da medicina usando comunicação via satélite. Agradecimentos O MedNET é um projeto de pesquisa financiado parcialmente pelo 7º Programa Quadro de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da União Européia (FP7). Gostaríamos de agradecer a Comissão Européia pelo apoio financeiro neste trabalho. Agradecimento especial ao Instituto Fraunhofer IGD e aos demais parceiros. Este artigo foi produzido com recursos da Comissão Européia e o conteúdo é de total responsabilidade dos autores, refletindo de forma alguma a posição da União Européia. Maiores informações a respeito do projeto MedNET podem ser encontradas em [8]. Referências [1] Hira, AY, de Mello, NA, Faria, RA, Filho, VO, Lopes, RD, Zuffo, MK. Development of a telemedicine model for emerging countries: a case study on pediatric oncology in Brazil. Conference Proceedings IEEE Engineering in Medicine and Biology Society, 2006, 1, [2] de Mello, NA, Hira, AY, Faria, RRA, Zuffo, MK,.Filho, VO. Development of a pilot telemedicine network for paediatric oncology in Brazil. Journal of Telemedicine and Telecare, 2005, Vol 11, Suppl 2, [7] Site da HISPASAT: 6-Amerhis_pt.pdf. Acessado em julho de [8] Site projeto MedNET: Acessado em julho de Contato Alex Bernsts Tronchoni, Alécio Pedro Delazari Binotto CETA - Centro de Excelência em Tecnologias Avançadas SENAI. Av. Assis Brasil, Porto Alegre RS Fone: Carlos Eduardo Pereira Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Av. Osvaldo Aranha 103 Caixa Postal Porto Alegre - RS Fone: João Carlos Cavalcanti da Silveira: Complexo Hospitalar Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Rua Prof. Annes Dias, Porto Alegre - RS Fone: [3] Allen, A. Telemedicine in Latin America. Telemed Today, 1998, 6, [4] Binotto, APD, Torres MS, Sachpazidis, I, Gomes, R, Pereira, CE. um estudo de caso de tele-saúde baseado em imagens de ultra-som. In: X Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, 2006, Florianópolis. X Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, p [5] Site Wikipedia: Acessado em julho de [6] Sachpazidis, I, Ohl, R, Polanczyk, C, Torres, M, Messina, L, Sales, A & Sakas, G. Applying Telemedicine to Remote and Rural Underserved Regions in Brazil using emedical Consulting Tool. Conf Proc IEEE Eng Med Biol Soc, 2005, 2,

T@lemed: um estudo de caso de tele-saúde baseado em imagens de ultra-som

T@lemed: um estudo de caso de tele-saúde baseado em imagens de ultra-som T@lemed: um estudo de caso de tele-saúde baseado em imagens de ultra-som Alécio Pedro Delazari Binotto 1, Márcio Soares Torres 2, Ilias Sachpazidis 3, Ricardo Gomes 4, Carlos Eduardo Pereira 5 1,2 Departamento

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ÃO INSTITUCIONAL 8º WRNP

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ÃO INSTITUCIONAL 8º WRNP APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ÃO INSTITUCIONAL 8º WRNP QUEM SOMOS Criada em 2000 a HISPAMAR SATÉLITES é resultado da parceria de duas experientes empresas de telecomunicações e líderes em seus mercados. GRUPO

Leia mais

Atualmente, as organizações de saúde estão reavaliando seus modelos de negócios tendo em vista as regulamentações governamentais, pressões das fontes

Atualmente, as organizações de saúde estão reavaliando seus modelos de negócios tendo em vista as regulamentações governamentais, pressões das fontes Atualmente, as organizações de saúde estão reavaliando seus modelos de negócios tendo em vista as regulamentações governamentais, pressões das fontes pagadoras e a exigência dos pacientes por serviços

Leia mais

Plataforma de Telemedicina para Aplicações de Telemonitoração

Plataforma de Telemedicina para Aplicações de Telemonitoração Plataforma de Telemedicina para Aplicações de Telemonitoração Heloísa Melo Hertzog, Jorge Guedes Silveira Grupo de Pesquisas Avançadas em Redes de Comunicação e Tecnologia da Informação Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE V: Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem Fio. Tendências em Redes e Comunicações No passado, haviam dois tipos de redes: telefônicas e redes

Leia mais

Rede PLC da Restinga Primeira Etapa do Projeto

Rede PLC da Restinga Primeira Etapa do Projeto Primeira Etapa do Projeto Transferência de sinal da rede elétrica do prédio para cabo ou wireless e vice-versa D Repetidores e extratores de sinal para baixa tensão (220V/127V) e vice-versa C B Injeção

Leia mais

Gestão das Tecnologias da Informação em Saúde: Novas Tecnologias e Novos Rumos. Renato M.E. Sabbatini UNICAMP Instituto Edumed

Gestão das Tecnologias da Informação em Saúde: Novas Tecnologias e Novos Rumos. Renato M.E. Sabbatini UNICAMP Instituto Edumed Gestão das Tecnologias da Informação em Saúde: Novas Tecnologias e Novos Rumos Renato M.E. Sabbatini UNICAMP Instituto Edumed Informações em Saúde Clínicas Administrativas Operacionais Financeiras Os Focos

Leia mais

REDES INTRODUÇÃO À REDES

REDES INTRODUÇÃO À REDES REDES INTRODUÇÃO À REDES Simplificando ao extremo, uma rede nada mais é do que máquinas que se comunicam. Estas máquinas podem ser computadores, impressoras, telefones, aparelhos de fax, etc. Ex: Se interligarmos

Leia mais

Agenda: INTRODUÇÃO HISPAMAR PLATAFORMA BANDA LARGA SOBRE O BRASIL PLATAFORMA BANDA LARGA SOBRE A AMERICA LATINA PROCESSAMENTO A BORDO - AMERHIS

Agenda: INTRODUÇÃO HISPAMAR PLATAFORMA BANDA LARGA SOBRE O BRASIL PLATAFORMA BANDA LARGA SOBRE A AMERICA LATINA PROCESSAMENTO A BORDO - AMERHIS Agenda: INTRODUÇÃO HISPAMAR PLATAFORMA BANDA LARGA SOBRE O BRASIL PLATAFORMA BANDA LARGA SOBRE A AMERICA LATINA PROCESSAMENTO A BORDO - AMERHIS /0* -').' +,,* ()%*(' %'( $ # 30º e 61º Oeste: Coberturas

Leia mais

Recuperação de imagens médicas em bases de dados distribuídas

Recuperação de imagens médicas em bases de dados distribuídas Recuperação de imagens médicas em bases de dados distribuídas Vágner Nepumuceno Guimarães Orient.: Paulo Eduardo Ambrósio Introdução O avanço tecnológico vem influenciando cada vez mais na área médica.

Leia mais

BGAN. Transmissão global de voz e dados em banda larga. Banda larga para um planeta móvel

BGAN. Transmissão global de voz e dados em banda larga. Banda larga para um planeta móvel BGAN Transmissão global de voz e dados em banda larga Banda larga para um planeta móvel Broadband Global Area Network (BGAN) O firm das distâncias O serviço da Rede Global de Banda Larga da Inmarsat (BGAN)

Leia mais

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico RESUMO EXECUTIVO Objetivo Melhorar a vida dos moradores e ajudálos a serem bem-sucedidos na

Leia mais

A Internet facilitando tratamentos médicos

A Internet facilitando tratamentos médicos VIII WORKSHOP DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DO CENTRO PAULA SOUZA São Paulo, 9 e 10 de outubro de 2013 Sistemas produtivos: da inovação à sustentabilidade ISSN: 2175-1897 A Internet facilitando tratamentos

Leia mais

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Telecomunicações Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Rede de Telefonia Fixa Telefonia pode ser considerada a área do conhecimento que trata da transmissão de voz através de uma rede de telecomunicações.

Leia mais

UMA ABORDAGEM DE GERENCIAMENTO REMOTO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA USANDO WEB SERVICES SOBRE TECNOLOGIA GPRS

UMA ABORDAGEM DE GERENCIAMENTO REMOTO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA USANDO WEB SERVICES SOBRE TECNOLOGIA GPRS UMA ABORDAGEM DE GERENCIAMENTO REMOTO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA USANDO WEB SERVICES SOBRE TECNOLOGIA GPRS Prof. Roberto A. Dias, Dr. Eng CEFET-SC Igor Thiago Marques Mendonça Reginaldo

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Introdução Redes de Computadores Marco Antonio Montebello Júnior marco.antonio@aes.edu.br Rede É um conjunto de computadores chamados de estações de trabalho que compartilham recursos de hardware (HD,

Leia mais

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS Aulas : Terças e Quintas Horário: AB Noite [18:30 20:20hs] PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS 1 Conteúdo O que Rede? Conceito; Como Surgiu? Objetivo; Evolução Tipos de

Leia mais

:: Telefonia pela Internet

:: Telefonia pela Internet :: Telefonia pela Internet http://www.projetoderedes.com.br/artigos/artigo_telefonia_pela_internet.php José Mauricio Santos Pinheiro em 13/03/2005 O uso da internet para comunicações de voz vem crescendo

Leia mais

CR 30-X. Digitalizador. Alta qualidade de imagens. Digitalizador de mesa. Ampla gama de aplicações

CR 30-X. Digitalizador. Alta qualidade de imagens. Digitalizador de mesa. Ampla gama de aplicações Janeiro 2007 Digitalizador CR 30-X CR 30-X Digitalizador Alta qualidade de imagens Ampla gama de aplicações O CR 30-X é um digitalizador altamente versátil. Ele oferece uma solução ideal para qualquer

Leia mais

Profº. Emerson Siraqui

Profº. Emerson Siraqui RADIOLOGIA DIGITAL Profº. Emerson Siraqui Nome: Emerson Siraqui Formação Acadêmica: Graduação: Tecnólogo em Radiologia Médica-FASM Especialização: APRESENTAÇÃO Operacionalidade e Capacitação em aparelhos

Leia mais

TELESSAÚDE NA EDUCAÇÃO PERMANENTE DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE PEP 2005 São Paulo, 18 a 20 setembro de 2005 Telessaúde na UFMG Histórico Projeto BH TELEMED Videoconferências Internato Rural Estágio Metropolitano

Leia mais

esaúde Medigraf - Sistema de Telemedicina e Telediagnóstico BEYOND INNOVATION

esaúde Medigraf - Sistema de Telemedicina e Telediagnóstico BEYOND INNOVATION esaúde Medigraf - Sistema de Telemedicina e Telediagnóstico BEYOND INNOVATION PRÉMIOS AfricaCom 2013 - Categoria Changing Lives Reconhece uma iniciativa com um impacto significativo nas telecomunicações

Leia mais

DICOM Grid Brasil www.dicomgrid.com.br

DICOM Grid Brasil www.dicomgrid.com.br DICOM Grid Brasil Imagens médicas na nuvem Compartilhamento, visualização e armazenamento na nuvem www.dicomgrid.com.br Situação atual do mercado de imagens e laudos médicos na América Latina Alto custo

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. Késsia Marchi

Redes de Computadores. Prof. Késsia Marchi Redes de Computadores Prof. Késsia Marchi Redes de Computadores Redes de Computadores Possibilita a conexão entre vários computadores Troca de informação Acesso de múltiplos usuários Comunicação de dados

Leia mais

Programa EHAS: Projeto exitoso em Telecomunicações ou em Telemedicina?

Programa EHAS: Projeto exitoso em Telecomunicações ou em Telemedicina? rmedeiros-pg@dis.epm.br UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo X Congresso Brasileiro de Informática em Saúde Informática em Saúde e Cidadania 14-18 Outubro 2006

Leia mais

Uma Proposta de Tecnologia Embarcada na Internação Domiciliar Capítulo 5 Conclusões 133

Uma Proposta de Tecnologia Embarcada na Internação Domiciliar Capítulo 5 Conclusões 133 Capítulo 5 Conclusões 133 CAPÍTULO 5 CONCLUSÕES Neste capítulo são abordadas as conclusões traçadas no desenvolvimento e validação do SMD, e indicação de estudos futuros. Ressalta-se o atendimento aos

Leia mais

Agilizando o compartilhamento de imagens médicas com uso de tecnologia baseada na nuvem

Agilizando o compartilhamento de imagens médicas com uso de tecnologia baseada na nuvem DG DICOM GRID BRASIL www.dicomgrid.com.br Agilizando o compartilhamento de imagens médicas com uso de tecnologia baseada na nuvem A DICOM GRID BRASIL TEM UMA SOLUÇÃO EM UMA SÓ PLATAFORMA PARA SUAS NECESSIDADES

Leia mais

PACS. III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica. Santa Casa de Porto Alegre, RS. 24 de Novembro de 2012

PACS. III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica. Santa Casa de Porto Alegre, RS. 24 de Novembro de 2012 PACS III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica Santa Casa de Porto Alegre, RS 24 de Novembro de 2012 III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica PACS - Agenda Histórico Workflow Modalidades

Leia mais

agility IMPAX Muito mais do que PACS

agility IMPAX Muito mais do que PACS agility IMPAX Muito mais do que PACS Desempenho Sermos os primeiros da América Latina a usar a solução nos tem possibilitado contribuir com sugestões para torná-lo ainda melhor e mais eficaz. Na prática,

Leia mais

DEZ RAZÕES PARA MUDAR PARA SISTEMA DE VÍDEO BASEADO EM IP. Ou o que seu vendedor de câmeras analógicas não lhe dirá

DEZ RAZÕES PARA MUDAR PARA SISTEMA DE VÍDEO BASEADO EM IP. Ou o que seu vendedor de câmeras analógicas não lhe dirá DEZ RAZÕES PARA MUDAR PARA SISTEMA DE VÍDEO BASEADO EM IP Ou o que seu vendedor de câmeras analógicas não lhe dirá 1. ALTA RESOLUÇÃO Câmeras baseadas em IP não estão restritas à baixa resolução das câmeras

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Prof. Macêdo Firmino Introdução a Redes de Computadores Macêdo Firmino (IFRN) Redes de Computadores Novembro de 2012 1 / 25 O que é Redes de Computadores? É a infra-estrutura de hardware

Leia mais

PACS - Um Conceito Obsoleto?

PACS - Um Conceito Obsoleto? Cyclops LAPIX - INE - UFSC PACS - Um Conceito Obsoleto? Dr rer nat Aldo von Wangenheim Projeto Cyclops Laboratório rio de Telemedicina Hospital Universitário rio Ernani de São Thiago Universidade Federal

Leia mais

WiMAX. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

WiMAX. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com WiMAX é uma tecnologia padronizada de rede sem fio que permite substituir as tecnologias de acesso de banda larga por cabo e ADSL. O WiMAX permite a

Leia mais

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR fevereiro/2011 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 3 2 QUEM SOMOS?... 4 3 PRODUTOS... 5 3.1 SMS... 6 3.2 VOZ... 8 3.3 INFRAESTRUTURA... 12 3.4 CONSULTORIA... 14 4 SUPORTE... 14

Leia mais

TIC Saúde 2013 Pesquisa sobre o uso das TIC em estabelecimentos de saúde no Brasil

TIC Saúde 2013 Pesquisa sobre o uso das TIC em estabelecimentos de saúde no Brasil TIC Saúde 2013 Pesquisa sobre o uso das TIC em estabelecimentos de saúde no Brasil Latam Healthcare IT Summit São Paulo, 04 de abril de 2013 CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil NIC.br Núcleo de

Leia mais

4. Rede de Computador

4. Rede de Computador Definição Uma rede de computadores é formada por um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos, interligados por um sub-sistema de comunicação, ou seja, é quando

Leia mais

SMAD-ECG, UM SOFTWARE PARA AUXÍLIO AO DIAGNÓSTICO ATRAVÉS DE ECG E PRONTUÁRIO

SMAD-ECG, UM SOFTWARE PARA AUXÍLIO AO DIAGNÓSTICO ATRAVÉS DE ECG E PRONTUÁRIO SMAD-ECG, UM SOFTWARE PARA AUXÍLIO AO DIAGNÓSTICO ATRAVÉS DE ECG E PRONTUÁRIO Robson Pequeno de Sousa Doutor em Engenharia Elétrica. Professor do curso de Computação do CCT da Universidade Estadual da

Leia mais

Produtos ehealth. Desenvolvimento de negócios ehealth Diretoria P&S Verticais

Produtos ehealth. Desenvolvimento de negócios ehealth Diretoria P&S Verticais Produtos ehealth Desenvolvimento de negócios ehealth Diretoria P&S Verticais 1 Participação da Telefônica Vivo nas Instituições de Saúde TIC TIC TIC TIC Telemedicina TIC Telemedicina Desenvolvimento de

Leia mais

Projeto de uma Interface de Usuário para o Módulo de Videoconferência do Sistema InfraVida

Projeto de uma Interface de Usuário para o Módulo de Videoconferência do Sistema InfraVida Projeto de uma Interface de Usuário para o Módulo de Videoconferência do Sistema InfraVida Daniel C S Duarte daniel@natalnet.br Tatiana Aires tati@natalnet.br Jair C Leite jair@dimap.ufrn.br Guido Lemos

Leia mais

KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions. Estabeleça conexões

KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions. Estabeleça conexões KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions Estabeleça conexões Atualmente, a necessidade de ter acesso à sala de cirurgia e a observação do seu fluxo de trabalho exige soluções adequadas no âmbito das tecnologias

Leia mais

Access Easy Control System Controle de acesso intuitivo, baseado na Web: facilidade à primeira vista

Access Easy Control System Controle de acesso intuitivo, baseado na Web: facilidade à primeira vista Access Easy Control System Controle de acesso intuitivo, baseado na Web: facilidade à primeira vista 2 Access Easy Control System: a solução ideal de controle de acesso baseada na Web Interface gráfica

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TELECOMUNICAÇÕES As telecomunicações referem -se à transmissão eletrônica de sinais para as comunicações, incluindo meios como telefone, rádio e televisão. As telecomunicações

Leia mais

II Seminário Resultados da Lei da Informática

II Seminário Resultados da Lei da Informática II Seminário Resultados da Lei da Informática Rodrigo Pinto Diretor de P&D 29 de março de 2006 Agenda A Solectron Estratégia Organização Realizações Resultados entre 1998 2003 Resultados entre 2004-2005

Leia mais

PRÓTOTIPO MÓVEL DE TELEMEDICINA PARA AUXILIO DE DIAGNOSTICO CARDIACO COM ECG EM CARATER EMERGENCIAL

PRÓTOTIPO MÓVEL DE TELEMEDICINA PARA AUXILIO DE DIAGNOSTICO CARDIACO COM ECG EM CARATER EMERGENCIAL PRÓTOTIPO MÓVEL DE TELEMEDICINA PARA AUXILIO DE DIAGNOSTICO CARDIACO COM ECG EM CARATER EMERGENCIAL Adson Diego Dionisio da SILVA 1, Saulo Soares de TOLEDO², Luiz Antonio Costa Corrêa FILHO³, Valderí Medeiros

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Redes Wireless / Wi-Fi / IEEE 802.11 Em uma rede wireless, os adaptadores de rede em cada computador convertem os dados digitais para sinais de rádio,

Leia mais

FleetBroadband. O referencial em comunicações móveis via satélite

FleetBroadband. O referencial em comunicações móveis via satélite FleetBroadband O referencial em comunicações móveis via satélite A toda velocidade para um futuro com banda larga FleetBroadband é o primeiro serviço de comunicações marítimas a fornecer voz e dados em

Leia mais

A INTERNET 2 NA TELEMEDICINA

A INTERNET 2 NA TELEMEDICINA A INTERNET 2 NA TELEMEDICINA Marco Antonio Gutierrez, Sérgio Shiguemi Furuie, Júlio Figueiredo, Marcos Yamaguti, InCor Instituto do Coração-HC FMUSP, São Paulo, Brasil 1. Introdução A distribuição dos

Leia mais

O conceito de colaboração

O conceito de colaboração O conceito de colaboração O conceito de colaboração está ligado às técnicas que possibilitam que pessoas dispersas geograficamente possam trabalhar de maneira integrada, como se estivessem fisicamente

Leia mais

ACESSIBILIDADE INOVADORA. UMA ÁREA DE TRABALHO ÚNICA. BENEFÍCIOS INCONTÁVEIS PARA O SEU FLUXO DE TRABALHO. Radiology

ACESSIBILIDADE INOVADORA. UMA ÁREA DE TRABALHO ÚNICA. BENEFÍCIOS INCONTÁVEIS PARA O SEU FLUXO DE TRABALHO. Radiology Vue PACS Radiology UMA ÁREA DE TRABALHO ÚNICA. BENEFÍCIOS INCONTÁVEIS PARA O SEU FLUXO DE TRABALHO. Já está aqui: acesso rápido e fácil a todas as ferramentas e aplicações clínicas dos quais os radiologistas

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Profª. Kelly Hannel Novas tecnologias de informação 2 HDTV WiMAX Wi-Fi GPS 3G VoIP Bluetooth 1 HDTV 3 High-definition television (também conhecido por sua abreviação HDTV):

Leia mais

Solução para coleta de dados e análise de consumo para controlar e otimizar os custos

Solução para coleta de dados e análise de consumo para controlar e otimizar os custos Solução para coleta de dados e análise de consumo para controlar e otimizar os custos Quem é a Zaruc? Empresa que atua desde 2008 no desenvolvimento de projetos tecnológicos inovadores oferecendo soluções

Leia mais

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software.

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software. 1 - Sumário 1 - Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 4 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

Interface DICOM para Captura e Transmissão de Imagens Médicas

Interface DICOM para Captura e Transmissão de Imagens Médicas Interface DICOM para Captura e Transmissão de Imagens Médicas Diego Ferreira dos Santos 1, Eduardo Tavares Costa 2, Marco Antônio Gutierrez 3 1,2 Departamento de Engenharia Biomédica (DEB),Faculdade de

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS. Mede a capacidade de comunicação de computadores e dispositivos. Operam em diferentes plataformas de hardware

LISTA DE EXERCÍCIOS. Mede a capacidade de comunicação de computadores e dispositivos. Operam em diferentes plataformas de hardware 1. A nova infra-estrutura de tecnologia de informação Conectividade Mede a capacidade de comunicação de computadores e dispositivos Sistemas abertos Sistemas de software Operam em diferentes plataformas

Leia mais

MEDIGRAF - TELEMEDICINA SUSTENTABILIDADE 2013

MEDIGRAF - TELEMEDICINA SUSTENTABILIDADE 2013 MEDIGRAF - TELEMEDICINA SUSTENTABILIDADE 2013 Enquadramento A plataforma de telemedicina Medigraf é uma solução idealizada e desenvolvida pela PT no âmbito de uma necessidade identificada junto dos profissionais

Leia mais

Picture, Archiving and Communication System. Ramon A. Moreno

Picture, Archiving and Communication System. Ramon A. Moreno Picture, Archiving and Communication System Ramon A. Moreno Introdução O que é PACS? O que é RIS? O que é HIS? Como esses sistemas se integram? O que é HL7? O que é DICOM? O que é IHE? O que é PACS PACS

Leia mais

REDES. A Evolução do Cabeamento

REDES. A Evolução do Cabeamento REDES A Evolução do Cabeamento Até o final dos anos 80, todos os sistemas de cabeamento serviam apenas a uma aplicação, isto é, eram sistemas dedicados. Estes sistemas eram sempre associados à um grande

Leia mais

O Que é Videoconferência e Como Funciona

O Que é Videoconferência e Como Funciona O Que é Videoconferência e Como Funciona Renato M.E. Sabbatini, PhD O objetivo da videoconferência é colocar em contato, através de um sistema de vídeo e áudio, duas ou mais pessoas separadas geograficamente.

Leia mais

ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel

ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel Comentários MINUTA TERMO DE REFERENCIA Lote 9A ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel Resposta: Fica mantido o texto da minuta do TR. 2.2 O provimento

Leia mais

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA 1 Banda Estreita A conexão de banda estreita ou conhecida como linha discada disponibiliza ao usuário acesso a internet a baixas velocidades,

Leia mais

Carestream PACS - Recurso 3D

Carestream PACS - Recurso 3D Carestream PACS Carestream PACS - Recurso 3D Agilize o fluxo de trabalho com a funcionalidade nativa 3D Uma eficiente nova dimensão no fluxo de trabalho, na produtividade e na confiança do diagnóstico

Leia mais

Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Emissor: Receptor: Meio de transmissão Sinal:

Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Emissor: Receptor: Meio de transmissão Sinal: Redes - Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Comunicação sempre foi, desde o início dos tempos, uma necessidade humana buscando aproximar comunidades distantes.

Leia mais

Aplicativo para elaboração de questionários, coleta de respostas e análise de dados na área da saúde em dispositivos móveis

Aplicativo para elaboração de questionários, coleta de respostas e análise de dados na área da saúde em dispositivos móveis Aplicativo para elaboração de questionários, coleta de respostas e análise de dados na área da saúde em dispositivos móveis Visão Versão Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 24/06/12

Leia mais

ST-XXXXX-XXXX D-18954-2010. Ao seu lado no centro cirúrgico

ST-XXXXX-XXXX D-18954-2010. Ao seu lado no centro cirúrgico ST-XXXXX-XXXX D-18954-2010 Ao seu lado no centro cirúrgico 2 Nosso centro cirúrgico gera metade de nossa receita total anual. A eficiência dos processos é importante. D-18956-2010 D-18957-2010 O ambiente

Leia mais

INTERNET VIA SATÉLITE BANDA LARGA A inovação no seu acesso!

INTERNET VIA SATÉLITE BANDA LARGA A inovação no seu acesso! INTERNET VIA SATÉLITE BANDA LARGA A inovação no seu acesso! É com imenso prazer que comunico a chegada da internet banda larga via satélite no Brasil. Veja com detalhes que não se trata da banda KU (já

Leia mais

GUIA RÁPIDO. DARUMA Viva de um novo jeito

GUIA RÁPIDO. DARUMA Viva de um novo jeito GUIA RÁPIDO DARUMA Viva de um novo jeito Dicas e Soluções para IPA210 Leia atentamente as dicas a seguir para configurar seu IPA210. Siga todos os tópicos para que seja feita a configuração básica para

Leia mais

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas IW10 Rev.: 02 Especificações Técnicas Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 2. COMPOSIÇÃO DO IW10... 2 2.1 Placa Principal... 2 2.2 Módulos de Sensores... 5 3. APLICAÇÕES... 6 3.1 Monitoramento Local... 7 3.2 Monitoramento

Leia mais

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência O princípio de transmissão de dados de telemetria por rádio freqüência proporciona praticidade, agilidade,

Leia mais

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia.

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A EMPRESA A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A experiência da Future Technology nas diversas áreas de TI disponibiliza aos mercados público

Leia mais

1 - HUGHES PROPRIETARY

1 - HUGHES PROPRIETARY PROJETO SEDUC-AMAZONAS 1 - HUGHES PROPRIETARY O CLIENTE O CLIENTE SEDUC-AM Secretaria de Educação do Estado do Amazonas Maior estado Brasileiro 1,5 milhões de km² Estado coberto pela floresta amazônica

Leia mais

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio 2 Access Professional Edition: a solução de controle de acesso ideal para empresas de pequeno e médio porte

Leia mais

2. O que informatizar?

2. O que informatizar? A INFORMÁTICA NO CONSULTÓRIO MÉDICO No fascículo anterior, comentamos como a gestão de custos, mesmo sendo feita de maneira simplista, auxilia o consultório a controlar e avaliar seus resultados, permitindo

Leia mais

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa 1. Apresentação 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social A conexão Digital para o Desenvolvimento Social é uma iniciativa que abrange uma série de atividades desenvolvidas por ONGs em colaboração

Leia mais

PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO

PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO Wilker Luiz Machado Barros¹, Wyllian Fressatti¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil wilkermachado1@hotmail.com,

Leia mais

4. Quais são os serviços que podem ser utilizados através desta Tecnologia? 6. O Adaptador PLC causa um aumento no consumo de Energia Elétrica?

4. Quais são os serviços que podem ser utilizados através desta Tecnologia? 6. O Adaptador PLC causa um aumento no consumo de Energia Elétrica? 1. O que significa PLC - PowerLine Communications? 2. Quais são as características técnicas do PLC? 3. Quais são as vantagens da Tecnologia PLC? 4. Quais são os serviços que podem ser utilizados através

Leia mais

Objeto: Sistema de Vídeo-conferência para a Hemorrede de Santa Catarina, incluindo:

Objeto: Sistema de Vídeo-conferência para a Hemorrede de Santa Catarina, incluindo: Termo de Referência: Objeto: Sistema de Vídeo-conferência para a Hemorrede de Santa Catarina, incluindo: Item Descrição Qtdade 1 MCU Dedicada 1 2 Terminal de Vídeo-conferência para salas de médio porte

Leia mais

Ambiente Colaborativo Aplicado à Medicina em Câncer Infantil

Ambiente Colaborativo Aplicado à Medicina em Câncer Infantil Ambiente Colaborativo Aplicado à Medicina em Câncer Infantil André L. M. da Rosa, Adilson Y. Hira, Thiago T. Lopes, Marcelo Knörich Zuffo Laboratório de Sistemas Integráveis Departamento de Engenharia

Leia mais

T ecnologias de I informação de C omunicação

T ecnologias de I informação de C omunicação T ecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Aferir sobre a finalidade da Internet Identificar os componentes necessários para aceder

Leia mais

SOLUÇÕES PARA SALAS DE CONTROLE MOTOTRBO

SOLUÇÕES PARA SALAS DE CONTROLE MOTOTRBO SOLUÇÕES PARA SALAS DE CONTROLE MOTOTRBO SMARTPTT PLUS SOLUÇÕES PREMIUM DE SALAS DE CONTROLE PARA OS SISTEMAS DE RÁDIOS DIGITAIS BIDIRECIONAIS MOTOTRBO. SOLD AND SUPPORTED PELA MOTOROLA MÓDULOS SOLUTIONS

Leia mais

ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS

ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS LÍDER DE MERCADO EM SOLUÇÕES PARA COMUNICAÇÕES A Motorola exerce a liderança em soluções digitais de próxima geração

Leia mais

CONECTIVIDADE INOVADORA. MULTI-SITE E MULTI-FORNECEDORES. UMA ÚNICA LISTA DE TRABALHO GLOBAL. Vue Connect. Enterprise IMAGE/ARTWORK AREA

CONECTIVIDADE INOVADORA. MULTI-SITE E MULTI-FORNECEDORES. UMA ÚNICA LISTA DE TRABALHO GLOBAL. Vue Connect. Enterprise IMAGE/ARTWORK AREA Vue Connect Enterprise Workflow MULTI-SITE E MULTI-FORNECEDORES. UMA ÚNICA LISTA DE TRABALHO GLOBAL. Para empresas que possuem diversas unidades, uma ampla gama de instalações, fluxo de trabalho departamental

Leia mais

Autor: Patrick Freitas Fures

Autor: Patrick Freitas Fures FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS TÉCNICO EM INFORMÁTICA Conectividade WIMAX Autor: Patrick Freitas Fures Relatório Técnico apresentado ao Profº. Nataniel Vieira com requisito parcial para obtenção

Leia mais

HEALTHNET : um Sistema Integrado de Telediagnóstico e Segunda Opinião Médica

HEALTHNET : um Sistema Integrado de Telediagnóstico e Segunda Opinião Médica HEALTHNET : um Sistema Integrado de Telediagnóstico e Segunda Opinião Médica Profa. Magdala de Araújo Novaes, PhD Grupo de Tecnologias da Informação em Saúde (TIS), UFPE Email : magdala@telesaude.com.br

Leia mais

Governo Orientado por Serviços

Governo Orientado por Serviços Governo Orientado por Serviços Qual a Sociedade da Informação que Queremos? Uso das tecnologias da informação e da comunicação na administração pública - combinado com mudanças organizacionais e novas

Leia mais

Conceito de Rede e seus Elementos. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Conceito de Rede e seus Elementos. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Conceito de Rede e seus Elementos Prof. Marciano dos Santos Dionizio Conceito de Rede e seus Elementos O conceito de rede segundo Tanenbaum é: um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações

Leia mais

SIMET Medindo a qualidade das conexões Internet no Brasil. Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic.br

SIMET Medindo a qualidade das conexões Internet no Brasil. Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic.br SIMET Medindo a qualidade das conexões Internet no Brasil Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic.br NIC.br Criado para implementar os projetos e decisões do CGI.br Registro e

Leia mais

Papel da SBIS na Educação

Papel da SBIS na Educação I Ciclo de Seminários de Tecnologias de Informação em Saúde Educação Continuada, Certificação Profissional e Título de Especialista: o Projeto da SBIS Prof. Renato M.E. Sabbatini Diretor de Educação e

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 03 Telecomunicações Sistemas de Telecomunicações 1 Sistemas de Telecomunicações Consiste de Hardware e Software transmitindo informação (texto,

Leia mais

Convergência tecnológica em sistemas de informação

Convergência tecnológica em sistemas de informação OUT. NOV. DEZ. l 2006 l ANO XII, Nº 47 l 333-338 INTEGRAÇÃO 333 Convergência tecnológica em sistemas de informação ANA PAULA GONÇALVES SERRA* Resumo l Atualmente vivemos em uma sociedade na qual o foco

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM Introdução ÍNDICE Boas práticas no dia a dia das clínicas de imagem A Importância de se estar conectado às tendências As melhores práticas no mercado de

Leia mais

Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos

Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos Uma rede nada mais é do que máquinas que se comunicam. Estas máquinas podem ser computadores, impressoras, telefones, aparelhos de fax, etc. Se interligarmos

Leia mais

TIM faz teste inédito no Brasil de conexão móvel de alta velocidade na Futurecom

TIM faz teste inédito no Brasil de conexão móvel de alta velocidade na Futurecom TIM faz teste inédito no Brasil de conexão móvel de alta velocidade na Futurecom Demonstração é a primeira de uma rede LTE Advanced agregando três faixas de frequências distintas (2600 MHz, 1800 MHz e

Leia mais

Simplifique a complexidade do sistema

Simplifique a complexidade do sistema 1 2 Simplifique a complexidade do sistema Com o novo controlador de alto desempenho CompactRIO Rodrigo Schneiater Engenheiro de Vendas National Instruments Leonardo Lemes Engenheiro de Sistemas National

Leia mais

1 Introduc ao 1.1 Hist orico

1 Introduc ao 1.1 Hist orico 1 Introdução 1.1 Histórico Nos últimos 100 anos, o setor de telecomunicações vem passando por diversas transformações. Até os anos 80, cada novo serviço demandava a instalação de uma nova rede. Foi assim

Leia mais

Disciplina : Transmissão de Dados

Disciplina : Transmissão de Dados Disciplina : Transmissão de Dados Paulo Henrique Teixeira Overwiew Conceitos Básicos de Rede Visão geral do modelo OSI Visão geral do conjunto de protocolos TCP/IP 1 Conceitos básicos de Rede A largura

Leia mais

Projeto de Tele Emergência e Tele UTI

Projeto de Tele Emergência e Tele UTI Projeto de Tele Emergência e Tele UTI Múcio Tavares de Oliveira Jr. Coordenador do Grupo de Trabalho Tele Emergência / Tele UTI Diretor da Unidade de Emergencia do InCor Necessidades do Sistema de Atendimento

Leia mais

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO Sistema de rádio bidirecional digital profissional A solução de comunicação em rádios bidirecionais de próxima geração está aqui, com melhor desempenho, produtividade e preço e mais oportunidades para

Leia mais

Sistema de Localização, Controle e Monitoramento Veicular. Uma parceria de sucesso!

Sistema de Localização, Controle e Monitoramento Veicular. Uma parceria de sucesso! Sistema de Localização, Controle e Monitoramento Veicular Location Based System Monitoramento 24 Horas www.portpac.com.br +55 (16) 3942 4053 Uma parceria de sucesso! SeG Sistemas de Controle Ltda ME CNPJ:

Leia mais

Transmissão de Vídeo Monitoramento. Aplicativo. Vídeo-Monitoramento de alta qualidade, sem fio e para qualquer localidade

Transmissão de Vídeo Monitoramento. Aplicativo. Vídeo-Monitoramento de alta qualidade, sem fio e para qualquer localidade Aplicativo Transmissão de Vídeo Monitoramento Vídeo-Monitoramento de alta qualidade, sem fio e para qualquer localidade Desde o ocorrido em 11 de Setembro, a necessidade de projetos de segurança com vídeo

Leia mais

Teste de Qualidade Web based para Banda Larga FAQs

Teste de Qualidade Web based para Banda Larga FAQs Teste de Qualidade Web based para Banda Larga FAQs Pergunta O que é o teste de velocidade? Quem é o público alvo? O que oferece? Como funciona? Por onde é o acesso? Resposta Um teste de qualidade de banda

Leia mais