Lição nº 11 CONSIDERAÇÕES SOBRE O PAPEL FEMININO NA IGREJA. Pra. Lucia Vargas 15 março 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lição nº 11 CONSIDERAÇÕES SOBRE O PAPEL FEMININO NA IGREJA. Pra. Lucia Vargas 15 março 2015"

Transcrição

1 Lição nº 11 CONSIDERAÇÕES SOBRE O PAPEL FEMININO NA IGREJA Pra. Lucia Vargas 15 março 2015

2

3 TEXTO ÁUREO Respondeu Maria: Sou serva do Senhor; que aconteça comigo conforme a tua palavra. Então o anjo a deixou. Lucas 1. 38

4 Conhecer A importância da mulher no contexto social e eclesial. Perceber A capacidade que a mulher tem e os desafios que enfrenta na missão feminina. Praticar Estimular as mulheres a engajar-se nas atividades na igreja. Por exemplo: Visitação, ministério de intercessão, socorro aos necessitados, participação na liderança espiritual, etc.

5 Texto da Nova Versão Internacional Texto Bíblico Inspirativo Romanos

6 Introdução

7 A sociedade aceita e agradece a contribuição da mulher em suas diversas categorias de trabalho e funções. Mas, infelizmente a mulher ainda encontra barreiras para exercer o ministério dentro da igreja. Às vezes, essas barreiras são colocadas por outras pessoas, ou pela própria mulher. Analisando a questão à luz da Palavra de Deus, vamos encontrar registros do ministério feminino nos tempos de Jesus.

8 Vamos encontrar a passagem em que Jesus passou por Samaria (onde não era bem visto), somente para ajudar uma mulher. Num período da história em que um homem nem sequer podia conversar com uma mulher em público (muito menos uma estranha), Jesus quebrou todos os paradigmas, não somente conversou como também libertou-a (Jo 4).

9 Em outro texto bíblico, vemos uma mulher ungindo os pés de Jesus e enxugando-os com os cabelos. A importância e os desafios do ministério feminino é o que estudaremos nesta lição.

10 1 - O MINISTÉRIO FEMININO NA IGREJA, UMA AJUDA VALOROSA

11 É muito importante o ministério feminino dentro da igreja. A mulher pode contribuir exercendo ministério de liderança, incentivando outras irmãs a viverem uma vida produtiva, na presença de Deus, a cuidarem da família, do lar, da saúde física e espiritual.

12 No Novo Testamento, encontramos Febe, Priscila, Maria, que eram fiéis colaboradoras do ministério do apóstolo Paulo (Romanos ). As verdadeiras cristãs, na atualidade, também contribuem com o ministério do seu pastor. O ministério feminino trabalha com evangelismo, crianças, aconselhamento, visitação, socorro e muitos outros.

13 O departamento feminino da igreja é muito valoroso, as mulheres se reúnem para orar, cantar, desenvolver amizade, fazer a obra do Senhor. Elas têm muita força na igreja, e na sociedade. Podem exercer o ministério pastoral (se tiverem esse chamado). Graças a Deus pela visão do fundador de nossa denominação, Pastor John Ongman, que teve esse entendimento, mesmo pagando um preço por isso.

14 Nossa missão foi uma das pioneiras no envio de missionárias que agiram como verdadeiras pastoras. Inclusive na década de 1960 já se aceitavam mulheres no ministério pastoral na Suécia. Aqui no Brasil no início dos anos 90 foram ordenadas as primeiras mulheres batistas independentes ao ministério pastoral, prática hoje muito comum e plenamente aceita em toda denominação (Apostila do STBIPAR- História dos Batistas Independentes).

15 Aplicação

16 A igreja local tem facilitado o ministério feminino?

17 2. A IMPORTÂNCIA DO MINISTÉRIO FEMININO NO CONTEXTO SOCIAL

18 A ação feminina dentro de um ministério, ajuda, acrescenta e também contribui com o ministério masculino. Existem ações na área de assistência aos carentes, que somente uma mulher sabe fazer, e faz bem feito. Promove campanhas de arrecadação de alimentos, de vestuário, exerce a solidariedade ajudando aos necessitados e marginalizados pela sociedade.

19 No livro de Atos, encontramos Dorcas, que fazia vestidos para abençoar as irmãs de sua época. Quando Dorcas faleceu, as mulheres choravam a sua falta, mas também a falta da ajuda que ela proporcionava. Era o exercício assistencial (At )

20 O ministério feminino promove várias atividades sociais, para ajudar missionários e obras da igreja.

21 Também tem contribuído para: amenizar a dor de muitas vidas às mulheres que se sentem sozinhas às pessoas que sofrem abuso depressivas na visitação aos hospitais às pessoas carentes física, emocional e espiritual.

22 A mulher cristã sempre tem uma palavra de apoio e incentivo, que traz conforto e alegria, nos momentos mais difíceis que as pessoas estão passando.

23 Este ministério tem grande valor, quando por exemplo uma mulher perde um ente querido, principalmente um filho (não que o homem não tenha uma palavra de conforto), mas quando uma mulher (mãe), fala com outra mãe, é algo do coração, que somente quem vive a situação é capaz de trazer uma palavra para aliviar a dor. A mulher que serve a Deus no ministério de socorro e misericórdia para com o próximo atua como agente de transformação social.

24 O ministério feminino na área social, exige da mulher dedicação, requer horas de privação do sono, de convívio com a família, de descanso num sofá confortável. Às vezes o trabalho é distante da casa, exige esforço e até mesmo atrai críticas. Mas o importante é o chamado para servir e prestar serviço ao reino de Deus.

25 Aplicação

26 As mulheres cristãs tem feito diferença numa sociedade tão injusta, onde uns têm muito e outros têm tão pouco? Será que estão apenas confortáveis entre quatro paredes?

27 3. A IMPORTÂNCIA DOS DONS E TALENTOS NO MINISTÉRIO FEMININO

28 Encontramos na bíblia mulheres que exerceram seu ministério com dons específicos. Por exemplo: As filhas de Filipe profetizavam (Atos 21.9). Sabemos que nem todas as irmãs na igreja profetizam, mas podem exercer o ministério de louvor, de intercessão, de liderança e em várias áreas da igreja

29 São ministérios abençoadores, com dons específicos no corpo de Cristo. Na igreja primitiva, as mulheres se ocupavam do ministério da oração (At. 1.14). Deus tem abençoado o ministério feminino, as mulheres têm recebido dons e exercitado esses dons a serviço da seara do Mestre.

30 Em nossas igrejas, este ministério tem se destacado. Encontramos irmãs trabalhando lado a lado ao ministério masculino, com muita facilidade, sem competividade, com uma mesma visão, abençoando pessoas, ganhando almas para Cristo. Isto vem confirmar que precisamos trabalhar juntos, combinar forças, para engrandecer o nome do Senhor Jesus.

31 Ainda nos nossos dias existem: Febes, Marias, Dorcas e tantas outras, que muitas vezes seus nomes não estão em destaque, mas seu ministério reflete a glória de Deus e o objetivo principal é servi-lo.

32 Aplicação

33 A mulher exerce os dons que Deus tem lhe concedido para abençoar, ou tem usado esses dons para competir com o ministério masculino?

34

35 Concluo agradecendo a Deus que tem levantado homens dentro da nossa denominação, com visão, que reconhecem e apoiam o ministério das irmãs. Nunca me esqueço de agradecer a Deus pela vida do Pastor John Ongman que teve uma visão ampliada (mesmo vivendo em uma época machista), reconheceu, incentivou e facilitou o ministério feminino, inclusive abrindo classe no Seminário de Orebrö, para que mulheres tivessem uma formação teológica. Glórias a Deus por esse servo do Senhor que fez diferença na história e nas nossas vidas.

36

37

APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA 2014

APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA 2014 PROPOST A 2014 "Que nenhum homem despreze as crianças ou pense que são insignificantes. Eu reivindico o lugar da frente para elas. Elas são o futuro do mundo. O passado já se foi e não podemos alterá-lo.

Leia mais

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Assessoria de Educação Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Agenda O que é a EBD? Considerações sobre o Ensino Algumas recomendações para os professores

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira S Vivendo Teologicamente S O que a teologia tem a ver com a vida diária? S A teologia geralmente é considerada como algo abstrato.

Leia mais

Carta aos Filipenses. Carta aos Filipenses:

Carta aos Filipenses. Carta aos Filipenses: : Filipos: cidade na Macedônia que recebeu seu nome de Filipe II, pai de Alexandre o Grande, que a conquistou no 4 século a.c. Tornou-se colônia romana no 2 século a.c. A segunda das chamadas Cartas da

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

Precisamos ter a visão missionária do mestre JESUS: erguei os olhos e vede os campos, pois já branquejam para a cejfa? (JO: 4.35)

Precisamos ter a visão missionária do mestre JESUS: erguei os olhos e vede os campos, pois já branquejam para a cejfa? (JO: 4.35) IGREJA EVANGÉLICA CONGREGACIONAL EM PAU DOS FERROS-RN. ANUNCIANDO JESUS DESDE 1855 NO BRASIL. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

Leia mais

II EXECUTIVA DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE SAFs. Secretaria Causas da IPB. São Luiz-MA, 30 de abril a 03 de maio/2015

II EXECUTIVA DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE SAFs. Secretaria Causas da IPB. São Luiz-MA, 30 de abril a 03 de maio/2015 II EXECUTIVA DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE SAFs Secretaria Causas da IPB São Luiz-MA, 30 de abril a 03 de maio/2015 II EXECUTIVA DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE SAFs Secretaria Causas da IPB Quem anuncia as

Leia mais

Salva Vidas faz parte de um amplo esforço para ajudar as igrejas evangélicas brasileiras a cumprir sua missão bíblica.

Salva Vidas faz parte de um amplo esforço para ajudar as igrejas evangélicas brasileiras a cumprir sua missão bíblica. Salva Vidas é o ministério que o pastor José Bernardo fundou em 2004 com a missão de equipar os cristãos para cumprirem sua missão bíblica de evangelizar todo mundo. Em um momento quando as grandes editoras

Leia mais

A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã.

A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã. A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã. Uma missão irrenunciável da igreja como um todo e do cristão particularmente. O QUE É INDISPENSÁVEL PARA A EVANGELIZAÇÃO? Conversão

Leia mais

TESTE SEUS DONS ESPIRITUAIS

TESTE SEUS DONS ESPIRITUAIS TESTE SEUS DONS ESPIRITUAIS Cada pessoa que aceita Jesus Cristo como seu Único e suficiente Salvador, recebe dons espirituais. Para este estudo, vamos nos basear nos dons relacionados em Romanos 12:3-8.

Leia mais

Lição 1 EFEITOS RELEVANTES DE UMA VIDA DE ORAÇÃO. Pra. Rosa Maria Valadão IEBI Rio Grande, RS

Lição 1 EFEITOS RELEVANTES DE UMA VIDA DE ORAÇÃO. Pra. Rosa Maria Valadão IEBI Rio Grande, RS Lição 1 EFEITOS RELEVANTES DE UMA VIDA DE ORAÇÃO Pra. Rosa Maria Valadão IEBI Rio Grande, RS Texto Áureo Orem Continuamente. 1 Tessalonicenses 5.17 CONHECER: Aspectos doutrinários sobre o tema Vida em

Leia mais

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida ~ USA

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida ~ USA 1 Oferta Lição 10 (volte para as páginas 4, 5 e 6) Qual é o significado da oferta e quais são as minhas responsabilidades nesta área? O assunto da oferta é extremamente controverso na cristandade hoje

Leia mais

A vontade de Deus agora é que esse mesmo Reino que entrou na sua vida alcance todos os homens.

A vontade de Deus agora é que esse mesmo Reino que entrou na sua vida alcance todos os homens. Lição 05 A VISÃO DA IGREJA Introdução Você já entrou no. Satanás e seu domínio foram derrotados pela morte e ressurreição de Jesus. Os seus pecados foram perdoados, pois você os confessou e o Senhor Jesus

Leia mais

CAPÍTULO 03 PERNAS QUE DÃO SUPORTE

CAPÍTULO 03 PERNAS QUE DÃO SUPORTE CAPÍTULO 03 PERNAS QUE DÃO SUPORTE Nossas pernas dão suporte ao nosso corpo inteiro e nos permitem andar, correr e pular. A facilitação na célula da suporte aos membros do grupo, capacitando-os a e x e

Leia mais

Conteúdos. Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Tarefas do Pastor, Ancião ou director de estudo bíblico em grupo.

Conteúdos. Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Tarefas do Pastor, Ancião ou director de estudo bíblico em grupo. Conteúdos Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Quem necessita de estudo bíblico em grupo? Quem deve liderar o grupo? Tipos de pessoas que podem participar nos grupos. Como iniciar um novo

Leia mais

3. Introdução do Livro Depois de ter estudado agora leia a introdução ao livro de Filemom que está no final da lição.

3. Introdução do Livro Depois de ter estudado agora leia a introdução ao livro de Filemom que está no final da lição. Estudando Filemon 1. Competência a ser construída: Criar o hábito de estudar a Bíblia. A prática constrói o hábito! Encontro 05 2. Ouvindo os alunos A maior riqueza desse encontro é ver e ouvir o que os

Leia mais

Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum Deus renova todas as coisas

Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum Deus renova todas as coisas Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum-17.11.13 Deus renova todas as coisas Eu tive um sonho. Sonhei que os rios já não estavam poluídos, e as suas águas eram puras e cristalinas. Sonhei que. em vez de

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

RETIRO E ENCONTRO DE CASAIS EM AGOSTO CASAL R$ 400,00 - INDIVIDUAL R$ 200,00

RETIRO E ENCONTRO DE CASAIS EM AGOSTO CASAL R$ 400,00 - INDIVIDUAL R$ 200,00 CAMPANHA: "EU SOU UM DOS MIL" Esta campanha tem como objetivo arrecadar fundos para a compra do imóvel para a congregação de Vila Éde, precisamos de 1000 pessoas que doem R$ 250,00 ou de 250 pessoas que

Leia mais

Se você está iniciando o processo de conhecer os seus dons espirituais, então saiba que todo esse processo precisa seracompanhado de oração.

Se você está iniciando o processo de conhecer os seus dons espirituais, então saiba que todo esse processo precisa seracompanhado de oração. PASSO1: Coloque-se diante de Deus em oração Se você está iniciando o processo de conhecer os seus dons espirituais, então saiba que todo esse processo precisa seracompanhado de oração. Este assunto não

Leia mais

Introdução Traduções e Referências Bíblicas Lição Conceitos Básicos. Lição Criação. Lição 3...

Introdução Traduções e Referências Bíblicas Lição Conceitos Básicos. Lição Criação. Lição 3... SUMÁRIO Introdução... 7 Traduções e Referências Bíblicas... 8 Lição 1... 10 Conceitos Básicos Lição 2... 12 Criação Lição 3... 14 Queda Lição 4... 16 A Promessa do Senhor Lição 5... 18 A Chegada do Salvador

Leia mais

Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4).

Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4). Leitura: Romanos 12.1-8 Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4). O plano é perfeito e inclui a salvação em Cristo (2 Ts 2.13) e a capacitação para lhe servirmos (2

Leia mais

CALENDÁRIO GERAL DE ATIVIDADES PARA JANEIRO Oração

CALENDÁRIO GERAL DE ATIVIDADES PARA JANEIRO Oração CALENDÁRIO GERAL DE ATIVIDADES PARA 2014 AB Acampamento Baptista Departamento Feminino DH Departamento de Homens DJ Departamento da Juventude DM - Departamento de Missões Seminário Teológico Baptista DIR-CBP

Leia mais

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja.

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja. POR QUE EVANGELIZAR? Existem oito razões para incomodar as pessoas com a pregação do evangelho: 1. O amor de Deus. Evangelismo é um ato de amor (João 3:16, Mt. 5:45-44). 2. A ordem de Jesus. Evangelizar

Leia mais

Celebração de São Marcelino Champagnat

Celebração de São Marcelino Champagnat Celebração de São Marcelino Champagnat Misericordioso como o Pai Reflexão inicial Dirigente: Desde muito cedo, os primeiros Irmãos reconheceram em Marcelino a figura de um pai. A paternidade espiritual,

Leia mais

Também foram apresentadas sugestões de temáticas para alguns encontros que já fazem parte da vida do movimento nos estados e dioceses:

Também foram apresentadas sugestões de temáticas para alguns encontros que já fazem parte da vida do movimento nos estados e dioceses: O Conselho Nacional da RCCBRASIL, que está reunido em Brasília desde a última quarta-feira, dia 21, discerniu a temática que deverá acompanhar as missões, encontros e ser trabalhada nas reuniões de oração

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Recapitulando Nas aulas passadas vimos que muitas vezes a fé tem horário e local específico, na Igreja, no domingo, e no horário

Leia mais

Eis aqui a serva do Senhor. Faça -se em mim segundo a tua palavra (Lc 1,38)

Eis aqui a serva do Senhor. Faça -se em mim segundo a tua palavra (Lc 1,38) Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc Janeiro de 2012 / Ano MMXII 1 EDITORIAL Queridos Amigos, Jesus nasceu, um ano novo começou!

Leia mais

TEMPO PARA A FAMÍLIA E PARA A COMUNIDADE. Jörg Garbers Ms. de Teologia

TEMPO PARA A FAMÍLIA E PARA A COMUNIDADE. Jörg Garbers Ms. de Teologia TEMPO PARA A FAMÍLIA E PARA A COMUNIDADE Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução A família hoje talvez é o elo mais fraco na distribuição de tempo. Entre trabalho, lazer próprio, amigos, comunidade e sono

Leia mais

Sob a Luz da Tua. Palavra

Sob a Luz da Tua. Palavra Sob a Luz da Tua Palavra POR MARCELO TOJAL 2015 Sob a luz da tua palavra 2 Neste livro eu traduzo todo agradecimento a Deus, não só porque ele atende as nossas súplicas, mas também por cada livramento,

Leia mais

Os discursos de despedida de Jesus Estudo 1 Jesus lava os pés dos discípulos

Os discursos de despedida de Jesus Estudo 1 Jesus lava os pés dos discípulos Os discursos de despedida de Jesus Estudo 1 Jesus lava os pés dos discípulos Novos valores - Os valores do Reino 1. Desafiam nossa visão de liderança e a grandeza do servir. 2. Desafiam a surpreender como

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal North American Division Portuguese Ministry Treinamento de Instrutores Bíblicos Princípios de Testemunho Pessoal Princípios de Testemunho Pessoal CRESCIMENTO DA IGREJA NO NOVO TESTAMENTO - Atos 1:15 -

Leia mais

a) Muitos pastores que reconhecem a importância da plantação de novas igrejas nunca incentivaram significativamente suas comunidades nesta direção?

a) Muitos pastores que reconhecem a importância da plantação de novas igrejas nunca incentivaram significativamente suas comunidades nesta direção? Renato Camargo a) Muitos pastores que reconhecem a importância da plantação de novas igrejas nunca incentivaram significativamente suas comunidades nesta direção? b) Muitas igrejas consolidadas não se

Leia mais

TEMA: COMO DESENVOLVER PERSEVERANÇA

TEMA: COMO DESENVOLVER PERSEVERANÇA TEMA: COMO DESENVOLVER PERSEVERANÇA Texto: II CORINTIOS 4: 7-10; 16-18 INTRODUÇÃO: A pressão leva muitas pessoas a sentir vontade de desistir. Todos nos por conta das dificuldades sentimos vontade de desistir.

Leia mais

4 O que é uma igreja baseada em princípios?

4 O que é uma igreja baseada em princípios? 4 O que é uma igreja baseada em princípios? Essa igreja é uma comunidade local onde todos os membros, vivenciando os princípios apresentados na Palavra de Deus, têm por objetivo glorificar a Deus e cumprir

Leia mais

Eis-te aqui! Eis um livro com uma mensagem! - O perdão do teu passado - Um propósito para a tua vida futura - Uma morada no céu

Eis-te aqui! Eis um livro com uma mensagem! - O perdão do teu passado - Um propósito para a tua vida futura - Uma morada no céu Eis-te aqui! Eis um livro com uma mensagem! Uma mensagem que vai responder à tua pergunta o que posso fazer aqui na terra? Há uma mensagem que responde a todas as tuas perguntas e dúvidas. Este livro demonstra

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração 05 de Janeiro Deus eterno e todo-poderoso,pela

Leia mais

Evangelhos e atos. Observações

Evangelhos e atos. Observações NOVO TESTAMENTO Muitas vezes e de diversos modos outrora falou Deus aos nossos pais pelos profetas. Ultimamente nos falou por seu Filho (Hebreus 1,1-2) EVANGELHOS E ATOS Evangelhos e atos Os melhores recursos

Leia mais

DAVE Certo. Bem, temos dois erros opostos que podemos cair quando falamos de batalha espiritual. Um erro é ignorá-la. O outro é focar somente nela.

DAVE Certo. Bem, temos dois erros opostos que podemos cair quando falamos de batalha espiritual. Um erro é ignorá-la. O outro é focar somente nela. BATALHA ESPIRITUAL Mateus 6:13, Efésios 6:11, Romanos 8:37 Em nossos últimos encontros, estivemos falando sobre oração e sobre as duas áreas críticas o ser perdoado, e o perdoar outras pessoas. Agora,

Leia mais

PROGRAMA DA SEMANA DA FAMÍLIA 07 a 14 de agosto de 2011

PROGRAMA DA SEMANA DA FAMÍLIA 07 a 14 de agosto de 2011 Sábado Políticas Públicas que valorizam a Família Vamos fazer uma partilha sobre o que achamos dos projetos existentes que dizem priorizar a família: Quais são eles? Pontos positivos e negativos. (ex:

Leia mais

MINISTÉRIO PASTORAL FÁBIO NUNES MINISTÉRIO PASTORAL FÁBIO NUNES

MINISTÉRIO PASTORAL FÁBIO NUNES MINISTÉRIO PASTORAL FÁBIO NUNES MINISTÉRIO PASTORAL FÁBIO NUNES MINISTÉRIO PASTORAL FÁBIO NUNES O objetivo do Ministério de Educação Religiosa da PIBAP é promover o ensino da palavra de Deus, base de nossa fé e essencial para o amadurecimento

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 24 de Agosto - São Bartolomeu - Apóstolo 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

O Pai Nosso Explorando Mateus 6:9 13

O Pai Nosso Explorando Mateus 6:9 13 O Pai Nosso Explorando Mateus 6:9 13 Mestre, por favor, nos ensine a orar. Quando os discípulos de Jesus Lhe perguntaram como deveriam orar, Jesus lhes ensinou esta oração. Todas as citações bíblicas usadas

Leia mais

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão.

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Como animadores da comunhão, temos a missão de acolher,

Leia mais

Filtro dos sonhos com salmos: inspire-se!

Filtro dos sonhos com salmos: inspire-se! Filtro dos sonhos com salmos: inspire-se! Receita exclusiva de filtro dos sonhos com salmos! A receita é simples: AFASTE OS PESADELOS E ATRAIA BONS PENSAMENTOS! Essa receita é exclusiva e usa a força de

Leia mais

Nº18A Domingo III da Quaresma

Nº18A Domingo III da Quaresma Nº18A Domingo III da Quaresma-23.3.2014 Conduz-me Jesus aos poços do teu Evangelho Conduz-me, Jesus, aos poços do teu Evangelho para beber junto de ti a água que mata a sede de felicidade. a água que me

Leia mais

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 PNEUMATOLOGIA OS DONS DO

Leia mais

Culto do Dia de Rumo à Escola Dominical

Culto do Dia de Rumo à Escola Dominical Culto do Dia de Rumo à Escola Dominical Qualquer que receber um destes meninos em meu nome, a mim me recebe; e qualquer que a mim me receber, recebe, não a mim, mas ao que me enviou. Marcos 9:37 Igreja

Leia mais

Série: Encontros com Jesus LIÇÃO 5: JESUS E OS DISCÍPULOS. - DA ORAÇÃO PARA A COMISSÃO Jesus orou por mim - 09/10/2016

Série: Encontros com Jesus LIÇÃO 5: JESUS E OS DISCÍPULOS. - DA ORAÇÃO PARA A COMISSÃO Jesus orou por mim - 09/10/2016 PRIMÁRIOS 4 a 8 ANOS Série: Encontros com Jesus LIÇÃO 5: JESUS E OS DISCÍPULOS - DA ORAÇÃO PARA A COMISSÃO Jesus orou por mim - TEXTO BÍBLICO: JOÃO 17 09/10/2016 VERSÍCULO-CHAVE: Santifica-os na verdade,

Leia mais

CATECISMO do Século XXI

CATECISMO do Século XXI CATECISMO do Século XXI IGREJA ANGLICANA REFORMADA DO BRASIL IGREJA ANGLICANA REFORMADA DO BRASIL Sumário Introdução 1 Prefácio 3 A Chamada de Deus 7 A Fé Cristã 11 A Obediência Cristã 17 O Crescimento

Leia mais

Há muitas razões para lermos a Bíblia nos tempos de hoje

Há muitas razões para lermos a Bíblia nos tempos de hoje Há muitas razões para lermos a Bíblia nos tempos de hoje A Bíblia é como se fosse um manual de sobrevivência com dicas e relatos escritos por pessoas, assim como nós, normais. Exemplo:- como o advogado

Leia mais

Estudo no Livro de Filemon. "Útil a Ti e a Mim"

Estudo no Livro de Filemon. Útil a Ti e a Mim Pag. 1 Site: www.josiasmoura.wordpress.com Estudo no Livro de Filemon "Útil a Ti e a Mim" Por Pastor Josias Moura de Menezes Quando Paulo enviou a carta aos Colossenses, ele incluiu esta pequena carta

Leia mais

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 6º ENCONTRO

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 6º ENCONTRO 6º ENCONTRO SUBMISSÃO: A ALEGRIA DA ESPOSA SUBMISSÃO: A ALEGRIA DA ESPOSA O mundo ordenado por Deus, através das suas instituições, para que as pessoas vivam em harmonia e protegidas. SUBMISSÃO: A ALEGRIA

Leia mais

Igreja de Deus Unida,

Igreja de Deus Unida, Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional Guias de Estudo Bìblico Para a Juventude Volume 1 Lição 7 O Espírito Santo Deus, nosso Criador, compreende que todos nós enfrentamos circunstâncias que

Leia mais

Calendário de oração do 2º CONJIEL

Calendário de oração do 2º CONJIEL Calendário de oração do 2º CONJIEL É com alegria que comunicamos o inicio dos trabalhos para mobilização de intercessores e igrejas que estarão envolvidos durante 40 dias de muita oração e comunhão em

Leia mais

EVANGELISMO. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global

EVANGELISMO. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global EVANGELISMO Por Evaristo Filho SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global http://seminarioevangelico.com.br setebonline@gmail.com 2 Apresentação da Disciplina Informações Gerais Pré-Tarefas Antes

Leia mais

Fotografia de eventos religiosos

Fotografia de eventos religiosos Curso Fotografia de eventos religiosos Objetivo desta Formação O objetivo desta formação é torná-lo apto a fazer o registro fotográfico de eventos dentro da sua igreja bem como instruí-lo a atuar como

Leia mais

Conhecer Deus Pessoalmente

Conhecer Deus Pessoalmente 1 2 Conhecer Deus Pessoalmente Introdução Conhecer Jesus.. p. 4 Lição 1 Conhecer a Salvação p. 12 Lição 2 Conhecer a Comunhão.. p. 17 Lição 3 Conhecer o Espírito Santo. p. 22 Lição 4 Conhecer o Crescimento.

Leia mais

O PRIVILÉGIO DE SER FILHO DE DEUS

O PRIVILÉGIO DE SER FILHO DE DEUS O PRIVILÉGIO DE SER FILHO DE DEUS Ef. 1: 1-14 Slide 1 O PRIVILÉGIO DE SER FILHO DE DEUS Ef.1 : 1-14 1. Paulo, apóstolo de Cristo Jesus por vontade de Deus, aos santos que vivem em Éfeso e fiéis em Cristo

Leia mais

Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia, quero

Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia, quero Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia, quero saudá-lo, desejando sobre você e toda a sua família as mais preciosas bênçãos do 1 Senhor. É um prazer estar mais uma vez

Leia mais

Subsídio conceitual para o Dia da Bíblia. Maria deu à luz um filho. E José deu a ele o nome de Jesus. (Mc 1,25)

Subsídio conceitual para o Dia da Bíblia. Maria deu à luz um filho. E José deu a ele o nome de Jesus. (Mc 1,25) Subsídio conceitual para o Dia da Bíblia Maria deu à luz um filho. E José deu a ele o nome de Jesus. (Mc 1,25) Natal, uma palavra que guarda sentido em si mesma, um sinal da vida e da alegria em meio à

Leia mais

Grupo de Reflexão - Cantos para maio

Grupo de Reflexão - Cantos para maio rupo de Reflexão - Cantos para maio Indice Obrigado, Senhor Trabalho de um operãrio Eucreio num mundo novo Ilumina, ilumina É no campo da vida Ensina teu povo a rezar Santa Mãe Maria nesta traessia Eu

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

O Engajamento na Adoração

O Engajamento na Adoração O Engajamento na Adoração Atos 2:41-47 41. Os que aceitaram a mensagem foram batizados, e naquele dia houve um acréscimo de cerca de três mil pessoas. 42. Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à

Leia mais

Andar com o Anjo de Deus que cuida de você

Andar com o Anjo de Deus que cuida de você Andar com o Anjo de Deus que cuida de você UM ANJO PARA ZELAR PELA SUA VIDA Uma poderosa oração e consagração que abre portas, livra dos males, protege a casa, a saúde, as pessoas amadas. Participe por

Leia mais

Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU

Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU A família e os nossos amigos mais próximos, que são como uma família, são muito importantes para nós. Tratam-se todos, de uma comunidade de pessoas ligadas

Leia mais

Valores de uma Igreja RELACIONAL

Valores de uma Igreja RELACIONAL Valores de uma Igreja RELACIONAL O que já aprendemos... A Igreja deve valorizar e incentivar os relacionamentos Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum... Da multidão dos que creram, uma

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO - 9º ANO

ENSINO RELIGIOSO - 9º ANO CONTEÚDOS ENSINO RELIGIOSO - 9º ANO Coleção Interativa UNIDADE 1 Preparo para o céu 1 - Rota errada A seriedade do pecado Características do pecado Solução 2- Giro de 180 graus Sentimento de culpa Verdadeiro

Leia mais

BOA SEMANA, CAVANIS! Nº Ano da Vida Consagrada e Ano da Paz

BOA SEMANA, CAVANIS! Nº Ano da Vida Consagrada e Ano da Paz BOA SEMANA, CAVANIS! Nº 15 201544440 2015 Ano da Vida Consagrada e Ano da Paz 2º Domingo da Páscoa Domingo da Divina Misericórdia Caros Confrades, Leigos e Amigos Cavanis! À luz das alegrias pascais e

Leia mais

EVANGELISMO. Uma ideia nada popular. razão externa: religião como fenômeno particular. razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo

EVANGELISMO. Uma ideia nada popular. razão externa: religião como fenômeno particular. razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo EVANGELISMO Uma ideia nada popular razão externa: religião como fenômeno particular razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo O QUE EVANGELISMO NÃO É? Não é um convite para ir uma reunião

Leia mais

Cadastro Nacional de Pastores

Cadastro Nacional de Pastores NOME CPF EMAIL MSN SKYPE DATA DE NASCIMENTO / / ESTADO CIVIL CÔNJUGE DATA DE NASC. DO CÔNJUGE / / EMAIL CÔNJUGE FILHOS: (Escreva nome e data de nascimento se necessário, use o verso) INSTITUIÇÃO DE ENSINO

Leia mais

Acesso ao Jesus da História

Acesso ao Jesus da História 2 O Acesso ao Jesus da História Acesso ao Jesus da História A preocupação central da cristologia é o acesso ao Jesus da história. Se as cristologias do NT não são biografias, que acesso temos, então, ao

Leia mais

BREVE INTRODUÇÃO À MISSÃO

BREVE INTRODUÇÃO À MISSÃO BREVE INTRODUÇÃO À MISSÃO O QUE É MISSÃO? Jesus chama a igreja a participar da missão divina de redenção do mundo e restauração de toda a criação. Este pequeno guia introduz a teologia da Tearfund sobre

Leia mais

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...»

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA LEITURA I Actos 6,1-7 «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, os helenistas

Leia mais

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto.

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto. Dia 20 de Setembro Dia de oração pela Paz Foi há precisamente 30 anos que o Papa João Paulo II se reuniu em Assis, Itália, com os Responsáveis das principais religiões do Mundo para rezar pela paz. Trinta

Leia mais

RELATÓRIO UNIÃO PRESBITERIANA DE HOMENS - UPH 2ª IGREJA PRESBITERIANA DE TAGUATINGA

RELATÓRIO UNIÃO PRESBITERIANA DE HOMENS - UPH 2ª IGREJA PRESBITERIANA DE TAGUATINGA ! RELATÓRIO DA 2ª IGREJA PRESBITERIANA DE TAGUATINGA NOVEMBRO/ Sumário INTRODUÇÃO... 3 OBJETIVOS GERAIS... 3 DESENVOLVIMENTO... 3 CONCLUSÃO... 5! 2 INTRODUÇÃO Este documento tem o objetivo de atender ao

Leia mais

ENCONTRO 40 MISSÃO SERGIPE. 04 a 07 de Junho de 2015 Itabaiana SE. Manual de Pré-Requisitos

ENCONTRO 40 MISSÃO SERGIPE. 04 a 07 de Junho de 2015 Itabaiana SE. Manual de Pré-Requisitos ENCONTRO 40 MISSÃO SERGIPE 04 a 07 de Junho de 205 Itabaiana SE Manual de Pré-Requisitos Querido(a) Desbravador(a), junte-se aos mil e quinhentos desbravadores dos Clubes do nosso estado, que vão estar

Leia mais

VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS FATIGADOS, QUE EU VOS ALIVIAREI

VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS FATIGADOS, QUE EU VOS ALIVIAREI O CRISTO CONSOLADOR O JUGO DO CRISTO Vinde a mim todos os que estais cansados sob o peso do vosso fardo e vos darei descanso. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Métodos de Visitação

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Métodos de Visitação North American Division Portuguese Ministry Treinamento de Instrutores Bíblicos Métodos de Visitação Métodos de Visitação Muitos há a espera de alguém que se lhes dirija pessoalmente. (O Desejado de Todas

Leia mais

O contexto: as incertezas

O contexto: as incertezas O contexto: as incertezas As pessoas estão em busca de esperança e de uma orientação segura. Diferentes vozes dirigem-se aos problemas da vida das mais diversas maneiras. Precisamos de recursos que nos

Leia mais

Palavra alimento. Nem só de pão vive o homem

Palavra alimento. Nem só de pão vive o homem Palavra alimento A tua palavra, Senhor Jesus, é o pão que me dá forças para escolher servir em vez de ser servido; para perdoar as ofensas em vez de guardar rancor. A tua Palavra, Senhor Jesus, é o alimento

Leia mais

O Custo de Ser Discípulo

O Custo de Ser Discípulo A cada dia que passa, cresce em meu coração a certeza de que ser membro da Igreja do Senhor Jesus tem sido uma grande bênção em minha vida! - Ser Igreja mudou a minha história de vida. - Ser Igreja, é

Leia mais

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias Finalidade: Descobrir-se Cristão Objectivos: Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Tema do Período Em Diálogo 1 1º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos

Leia mais

Buscando o Propósito de Deus

Buscando o Propósito de Deus Buscando o Propósito de Deus Salmos 139:1-16 Ó Senhor Deus, tu me examinas e me conheces. 2 Sabes tudo o que eu faço e, de longe, conheces todos os meus pensamentos. 3 Tu me vês quando estou trabalhando

Leia mais

Pastor Moisés Pereira Pinto Presidente da Igreja

Pastor Moisés Pereira Pinto Presidente da Igreja A Paz do Senhor a todos! Pastor Moisés Pereira Pinto Presidente da Igreja Ebenézer! Somos gratos ao nosso Deus porque até aqui nos ajudou o Senhor! Quero agradecer a Deus pelas Bênçãos alcançadas no ano

Leia mais

Acesso ao Jesus da História ROSSI & KLINGBEIL

Acesso ao Jesus da História ROSSI & KLINGBEIL Acesso ao Jesus da História 2 O Acesso ao Jesus da História A preocupação central da cristologia é o acesso ao Jesus da história. Se as cristologias do NT não são biografias, que acesso temos, então, ao

Leia mais

Estudando Filemon. 1. Competência a ser construída: Criar o hábito de estudar a Bíblia. A prática constrói o hábito!

Estudando Filemon. 1. Competência a ser construída: Criar o hábito de estudar a Bíblia. A prática constrói o hábito! Estudando Filemon 1. Competência a ser construída: Criar o hábito de estudar a Bíblia. A prática constrói o hábito! Encontro 05 2. Ouvindo os alunos Sepere um momento no início da aula para ouvir atentamente

Leia mais

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos NOVENA À NOSSA SENHORA DE CARAVAGGIO 1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos Vós que consolastes a pobre Joaneta em meio à sua aflição familiar, concedei a graça que tanto necessito, intercedendo junto a Jesus

Leia mais

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Paróquia de Barco Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Missa com crianças Entrada: Linda noite, Linda noite Linda noite de Natal (bis) Introdução A imagem de Maria está aqui ao lado, porque hoje celebramos

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SEGUNDA-FEIRA DA 34 SEMANA DO TEMPO COMUM 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

SANTA TERESA DE CALCUTÁ NOVENA

SANTA TERESA DE CALCUTÁ NOVENA SANTA TERESA DE CALCUTÁ NOVENA Coleção Novenas e Orações Adoração ao Santíssimo Sacramento Devocionário de Santo Antônio: novena, trezena, orações diversas Devocionário de São Miguel Arcanjo Livro do terço

Leia mais

JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas

JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas Série: Um Natal de Esperança (02/04). JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas 1.26-38 Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, e ele

Leia mais

OS VERDADEIROS ADORADORES

OS VERDADEIROS ADORADORES - Aula 3 OS VERDADEIROS ADORADORES Objetivo: ao final da aula, o aluno deverá buscar se identificar como um adorador dentro dos padrões bíblicos, empenhando-se por cultuar a Deus do modo que O agrada e

Leia mais

issão Deus ama quem dá com alegria. (2 Cor. 9, 7)

issão Deus ama quem dá com alegria. (2 Cor. 9, 7) A ALEGRIA da nossa issão Deus ama quem dá com alegria. (2 Cor. 9, 7) Fique sempre satisfeito e feliz, porque Deus quer ser servido com um coração alegre. (Dom Zwijsen) Um dos segredos mais bem guardados

Leia mais

Lições do 3º Trimestre 2015

Lições do 3º Trimestre 2015 Ev. Jacson Austragésilo 05/07/2015 1 Lições do 3º Trimestre 2015 205/07/2015 Ev. Jacson Austragésilo 05/07/2015 3 405/07/2015 505/07/2015 Ev. Jacson Austragésilo 05/07/2015 6 Objetivo Geral 705/07/2015

Leia mais

Por ocasião das eleições municipais, o Ministério Fé e Política da RCCBRASIL preparou uma carta pra te ajudar ainda mais nessa escolha, confira:

Por ocasião das eleições municipais, o Ministério Fé e Política da RCCBRASIL preparou uma carta pra te ajudar ainda mais nessa escolha, confira: Por ocasião das eleições municipais, o Ministério Fé e Política da RCCBRASIL preparou uma carta pra te ajudar ainda mais nessa escolha, confira: Amados irmãos e irmãs em Cristo Jesus, A Paz de Jesus! A

Leia mais

Por que Deus nos Criou?

Por que Deus nos Criou? A ESSÊNCIA DE TUDO, Por que Deus nos Criou? Nº4: Você já se perguntou por que Deus criou os seres humanos, e qual é o nosso propósito? A Bíblia diz que Deus criou a humanidade para Sua glória. Todo o que

Leia mais

Currículo Cultura Cristã. Matriz curricular

Currículo Cultura Cristã. Matriz curricular Currículo Cultura Cristã Matriz curricular SÉRIE PASSOS (para crianças não alfabetizadas) PRIMEIROS PASSOS (2 e 3 anos) 1. O cuidado de Deus 2. Sou do Papai do céu 3. Tudo era bom 4. Tudo era muito bom

Leia mais

LISTAGEM DAS COLEÇÕES DE AUDIOS

LISTAGEM DAS COLEÇÕES DE AUDIOS R LISTAGEM DAS COLEÇÕES DE AUDIOS C001 Conferências de Set 2001 A Vida no Reino Delcio Meireles 8 C002 Conferências de Nov 2001 A Restauração Delcio Meireles 5 C003 Conferências de Mar 2002 Apocalipse

Leia mais

IGREJA CRISTÃ MARANATA PES DEPARTAMENTO DE ENSINO

IGREJA CRISTÃ MARANATA PES DEPARTAMENTO DE ENSINO 1- MARANATA VEM SENHOR JESUS Mãos na boca (sinal de falar) Sinal de vem ( mãos para o alto descendo) Vem buscar Tua igreja. Mão na boca falando (sinal de falar) Sinal de vem ( mãos para o alto descendo)

Leia mais