Olimpíada Rio "Voleibol, um jogo que é ouro"

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Olimpíada Rio "Voleibol, um jogo que é ouro""

Transcrição

1 Olimpíada Rio 2016 "Voleibol, um jogo que é ouro"

2 Olimpiadas Investimento Segundo informações da Autoridade Pública Olímpica (APO), os gastos com os jogos eram estimados em R$ 28,8 bilhões quando a candidatura foi lançada. O valor dos investimentos foi atualizado e já passa dos R$ 39,1 bilhões. A cifra é maior do que o que foi gasto durante a Copa de 2014, mas é inferior aos R$ 65,3 bilhões investidos em Londres nas olimpíadas de Além das obras para os complexos onde serão realizados os jogos, investimentos foram feitos em outras áreas. Foi necessária a criação de um plano de políticas públicas com obras para melhorar a infraestrutura urbana da cidade, como mobilidade. A principal obra realizada para receber os jogos foi o Parque Olímpico, em Jacarepaguá.

3 Com mais de um milhão de metros quadrados de área, os três pavilhões esportivos contam com espaço para 36 mil lugares. Também foram construídos o Parque dos Atletas, o Campo de Golfe Olímpico, o Complexo Esportivo de Deodoro, além da reforma do Sambódromo. Números A Olimpíada Rio 2016 contará com 41 esportes, incluído duas novidades: o golfe, que volta a ser disputado depois de 112 anos, e o rúgb, que não estava entre os jogos desde São 306 provas diferentes, sendo 136 modalidades femininas e 161 masculinas, além de outras nove disputadas de forma mista. Devem desembarcar no Rio de Janeiro atletas de 206 países. A maioria das disputas deve acontecer em 32 arenas espalhadas pela cidade, com exceção do futebol, que também terá partidas nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Salvador e São Paulo.

4 Vôlei nas olimpíadas Nas olimpíadas de 1924 nasceu uma modalidade que viria a se tornar umas das principais modalidades de hoje em dia, essa modalidade só poderia ser aceita após o termino da segunda guerra mundial onde os eventos eram reprimidos pelo governo em função da guerra. Talvez ninguém imaginasse que esse esporte se tornaria tão popular e tornaria referencia nas olimpíadas como umas das principais modalidades. Esse jogo americano foi criado em 1895 por Willian George, talvez não com muitas intenções na cabeça ele criou esse esporte sem muita expectativa. Ele inicialmente queria um esporte que evitasse o contato físico, pata que todos jogassem sem muito medo de se machucar. Como peculiaridade da época, o esporte já foi chamado de esporte para mulheres, pois jogava quem não tinha disposição o suficiente para jogar os jogos populares na época como o futebol e entre outros que envolviam o contato físico.

5 Ao tempo esse estereotipo foi se dissipando e o esporte foi ganhando popularidade sendo usado como atividades em escolas. A entrada dele nas olimpíadas que o fez ser mundialmente conhecido, criando então umas das mais tradicionais modalidades da olimpíada. O voleibol chegou ao Brasil em 1915, sendo jogado pela 1ª vez no Colégio Marista de Pernambuco. Porém, as informações divergem entre os estudiosos, em 1916 que o voleibol chegou ao nosso país, sendo praticado pela 1ª vez na Associação de Cristãos e Moços de São Paulo4. Em 1923, aconteceu à primeira iniciativa para a difusão do voleibol no Brasil, o Fluminense promoveu o 1º torneio desse esporte. Hoje esse jogo é modalidade olímpica, tendo destaque no Brasil por causa dos seus excelentes resultados. Porém, é interessante para o estudante conhecer o desenvolvimento do voleibol no Brasil e o efeito da evolução científica da Educação Física brasileira nesse esporte. Quando são consultados estudos sobre a história do voleibol e da história da Educação Física.

6 Existem acontecimentos importantes entre os anos 40 e 50 para a difusão do voleibol no Brasil, merecendo destaque: em 1944 aconteceu o 1º Campeonato Brasileiro, em 1955 ocorreu o 1º Campeonato Sul- Americano e em 1954 foi fundada a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Entretanto, apesar dessas datas relevantes, o voleibol era pouco praticado nos anos 50 pelos homens por achar seus gestos afeminados. A técnica de quebrar o punho durante uma cortada era indicada para moças, mas não para rapazes. Isso perdurou até os anos 60. Contudo, o voleibol para o sexo feminino era considerado um esporte ideal, não existia contato físico (considerado pouco violento) e os seus fundamentos eram elegantes quando as mulheres praticavam. Através dessas informações, o leitor pode entender porque o voleibol no Brasil é tão adorado pelo sexo feminino, tendo seu ápice de popularidade nos anos 80 com a Geração das Musas e atualmente também possui muito interesse pelas meninas e adolescentes, o Brasil vem conseguindo bons resultados.

7 Nos anos 70 aconteceu significativa evolução do voleibol brasileiro e da Educação Física do nosso país. Foi inserida a preparação física com embasamento científico por Tubino e Rocha na seleção brasileira e em alguns clubes aderiram a idéia. Foi o caso do Fluminense, onde Tubino foi preparador físico. As equipes brasileiras passaram a jogar através do sistema 5x1. Em 1976, no Brasil, o 1º professor de Educação Física a conseguir o título de Doutor foi Fernanda Beltrão. Ela cursou o Doutorado em Administração e Supervisão Educacional na Universidade de Nova Iorque, Estados Unidos. Outros professores de Educação Física também saíram do Brasil com o intuito de adquirir o título de Mestre ou Doutor. Muitos desses professores quando retornaram ao Brasil, contribuíram diretamente ou indiretamente com o conhecimento científico que foi aplicado no treinamento do voleibol brasileiro.

8 Por exemplo, Lamartine Pereira da Costa estruturou o Treino da Altitude para a seleção brasileira de futebol tricampeã em 70, sendo uma referência de prescrição para ser aplicada em qualquer equipe de voleibol. O preparador físico Tubino, elaborou em 1975, o treino intervalado anaeróbio para a seleção brasileira masculina de voleibol por 3 meses, com intuito de amenizar as interferências da altitude. A equipe chegou ao México poucos dias antes da disputa e obteve excelente resultado, foi medalha de prata no Pan- Americano. Com a evolução científica da Educação Física brasileira, dispondo de treinadores competentes, jogadores talentosos e uma direção atuante da CBV, o voleibol brasileiro começou a obter resultados satisfatórios. Na Olimpíada de 76 a seleção masculina repetiu a mesma colocação de 64, foi 7º lugar. Mas teve uma grande surpresa, o ponteiro Bernard, de apenas 19 anos, foi eleito o 5º melhor jogador do mundo e ficou entre os 6 melhores atletas para integrar a seleção da Olimpíada de 76.

9 Ainda em 77, alguns dos jogadores do Sul-Americano Juvenil serviram a seleção juvenil que disputou o 1º Mundial da categoria sob o comando do técnico Jorge Bittencourt, o Jorginho. O Brasil conseguiu o 3º lugar no Mundial disputado no Brasil. Enquanto que o voleibol feminino alcançou um 4º lugar no Mundial Juvenil de 77. Em 1978, o voleibol brasileiro adotou um plano de expectativa para preparar a seleção adulta para as grandes competições. Em 1979, aconteceu um marco na literatura da Educação Física brasileira, Tubino escreveu o 1º livro de treinamento esportivo do nosso país, obra que foi importante para os treinadores do voleibol da época e de diversos esportes. Essa referência apesar de ser antiga, continua atualizada, está na 13ª edição.

10 Os anos 80 foi um prosseguimento do trabalho efetuado na época de 70. Os jogadores da seleção brasileira juvenil masculina de 77 (do Sul-Americano e do Mundial) que tiveram oportunidade (Obs.: Muitas injustiças aconteceram na escolha dos juvenis para a seleção principal. Por exemplo, o oposto Paulão Crioulo, uma das cortadas mais fortes do Brasil, não foi selecionado. João Paraíba, reserva capitão, atuava mais como levantador, mas tinha excelente desempenho jogando na ponta, de oposto e como central, porém, não foi relacionado para integrar ao grupo), se juntaram aos veteranos (Suíço, Moreno, Granjeiro e outros) da seleção adulta e disputaram Olimpíada de 1980, o grupo ficou com um honroso 5º lugar, naquela ocasião era uma vitória. Conclusão Conclui-se que a evolução do voleibol brasileiro aconteceu junto com a melhora da Educação Física do nosso país, tendo um futuro promissor nas próximas disputas.

11

12

Olimpíadas Rio " Voleibol, modalidade de ouro"

Olimpíadas Rio  Voleibol, modalidade de ouro Olimpíadas Rio 2016 " Voleibol, modalidade de ouro" O Voleibol nas olimpíadas do Rio 2016 Aprendendo um pouco sobre este esporte que é medalha de ouro para o Brasil. Angélica Mayra Vieira Fernandes RA4115328

Leia mais

O Voleibol nos Jogos Olímpicos

O Voleibol nos Jogos Olímpicos O Voleibol nos Jogos Olímpicos - Avaliação de Aprendizagem - Diretrizes do Ensino Geografia e Historia. - Leitura e Escrita do Ensino Fundamental Fernanda de Andrade Nascimento RA 11512572 O Voleibol nos

Leia mais

CERGS. Handebol. Vice-campeão 12 a 14 anos. 3º Colocação Masculino 12 a 14 anos 3º Colocação Feminino 12 a 14 anos Voleibol

CERGS. Handebol. Vice-campeão 12 a 14 anos. 3º Colocação Masculino 12 a 14 anos 3º Colocação Feminino 12 a 14 anos Voleibol DESTAQUES CERGS Handebol 3º Colocação Masculino 12 a 14 anos 3º Colocação Feminino 12 a 14 anos Voleibol Vice-campeão 12 a 14 anos CERGS Vôlei de praia Vice-campeão masculino 15 a 17 anos 3º lugar masculino

Leia mais

Olimpíadas Brasil 2016 Volei de Praia

Olimpíadas Brasil 2016 Volei de Praia Olimpíadas Brasil 2016 Volei de Praia http://www.rotad osertao.com VOLEI DE PRAIA / HISTÓRIA O Vôlei de Praia, que tem sua origem no vôlei de quadra, é um esporte praticado na areia. Foi criado no estado

Leia mais

30 anos de voleibol brasileiro: 1982 a años de voleibol brasileño: 1982 a 2012

30 anos de voleibol brasileiro: 1982 a años de voleibol brasileño: 1982 a 2012 30 anos de voleibol brasileiro: 1982 a 2012 30 años de voleibol brasileño: 1982 a 2012 *Seção de Educação Física, Corpo de Cadetes da Aeronáutica Academia da Força Aérea, Pirassununga, São Paulo Equipe

Leia mais

Vôlei de Quadra Um Esporte de Garra! Edneuza F. Silva Braga

Vôlei de Quadra Um Esporte de Garra! Edneuza F. Silva Braga Vôlei de Quadra Um Esporte de Garra! Edneuza F. Silva Braga Um esporte de equipe, garra, talento, criatividade e muita técnica. O segundo no gosto dos brasileiros, depois do futebol. Vôlei de quadra é

Leia mais

Vôlei - do lazer ao pódio. A história da atual paixão nacional

Vôlei - do lazer ao pódio. A história da atual paixão nacional Vôlei - do lazer ao pódio A história da atual paixão nacional YMCA - Associação Cristã de Moços O vôlei foi criado pelo educador físico Willian Morgan no final do século XIX nos Estados Unidos como uma

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION Lições de Língua Portuguesa / 4ºano 4º A. Semana de 8 a 12 de agosto de 2016 sexta-feira q. A história das olimpíadas

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION Lições de Língua Portuguesa / 4ºano 4º A. Semana de 8 a 12 de agosto de 2016 sexta-feira q. A história das olimpíadas COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION Lições de Língua Portuguesa / 4ºano 4º A Troca do Livro 4º B 4º C Semana de 8 a 12 de agosto de 2016 sexta-feira q quarta-feira segunda-feira Leia o texto a seguir para fazer

Leia mais

Voleibol. Aspectos históricos e geográficos de um dos esportes mais populares do Brasil

Voleibol. Aspectos históricos e geográficos de um dos esportes mais populares do Brasil Voleibol Aspectos históricos e geográficos de um dos esportes mais populares do Brasil Trabalho Interdisciplinar desenvolvido ao Centro Universitário Newton Paiva como um dos pré-requisitos das disciplinas

Leia mais

CLIPAGEM IMPRESSO. Cliente: Colégio Santa Emília HAIM FERREIRA/FOLHA PE

CLIPAGEM IMPRESSO. Cliente: Colégio Santa Emília HAIM FERREIRA/FOLHA PE HAIM FERREIRA/FOLHA PE Visando fortalecer ainda mais o desporto olímpico em Pernambuco, o Colégio Santa Emília firmou uma importante parceria com a Federação Pernambucana de Basquete e a Confederação Brasileira

Leia mais

Competições Internacionais e Resultados do Boxe do Brasil em 2014

Competições Internacionais e Resultados do Boxe do Brasil em 2014 Competições Internacionais e Resultados do Boxe do Brasil em 2014 Torneio Internacional de Boxe de Verão 2014 - Chile O Brasil participou do Torneio Internacional de Boxe de Verão 2014. Os três atletas

Leia mais

Olimpíadas 2016 Voleibol. Tatiana Durães Foureaux

Olimpíadas 2016 Voleibol. Tatiana Durães Foureaux Olimpíadas 2016 Voleibol Tatiana Durães Foureaux Modalidade Olímpica Aspectos Geográficos e Históricos do Voleibol O voleibol foi criado no ano de 1985, pelo americano William C. Morgan, diretor de Educação

Leia mais

Muito além do futebol Estudo sobre esportes no Brasil

Muito além do futebol Estudo sobre esportes no Brasil Muito além do futebol Estudo sobre esportes no Brasil Setembro de 2011 Agenda Contexto e metodologia da pesquisa Perfil dos respondentes Principais conclusões Panorama dos esportes no Brasil Percepções

Leia mais

Olimpíadas é tema da agenda do professor para 2016

Olimpíadas é tema da agenda do professor para 2016 Olimpíadas é tema da agenda do professor para 2016 De 5 a 21 de agosto do ano que vem serão realizados os jogos olímpicos 2016 na cidade do Rio de Janeiro. O evento contará com a participação de 10.500

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL Modelo de Gestão Confederação Brasileira de Voleibol Entidade privada sem fins econômicos, responsável pela gestão do voleibol no Brasil; Administração profissionalizada:

Leia mais

AS MEDALHAS DO BRASIL OLIMPÍADAS 2016

AS MEDALHAS DO BRASIL OLIMPÍADAS 2016 AS MEDALHAS DO BRASIL OLIMPÍADAS 2016 ******************************************************** ************ No esporte, existem campeões e existem heróis. Campeões vencem porque são bons no que fazem e

Leia mais

Jogos Olímpicos Vôlei. Jelena Bozovic, Ana Carolina Russo, Fernanda Verde, Carolina Bellato, Noemi da Silva, Rafaela Murbach

Jogos Olímpicos Vôlei. Jelena Bozovic, Ana Carolina Russo, Fernanda Verde, Carolina Bellato, Noemi da Silva, Rafaela Murbach Jogos Olímpicos Vôlei Jelena Bozovic, Ana Carolina Russo, Fernanda Verde, Carolina Bellato, Noemi da Silva, Rafaela Murbach O que são os Jogos Olímpicos? Jogos Olímpicos é o nome dado a um evento que reúne

Leia mais

Tabela de Jogos da Ginchamp 2017

Tabela de Jogos da Ginchamp 2017 Tabela de Jogos da Ginchamp 2017 Equipes: Equipe 1 (E1); Equipe 2 (E2); Equipe 3 (E3); Equipe 4 (E4) e Equipe 5 (E5). Tabela de Jogos de Mini Voleibol Quadra sintética 13h30 13h42 1 E1 x E2 Quadra sintética

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DO RUGBY BRASILEIRO: panorama de 2009 a 2012

DESENVOLVIMENTO DO RUGBY BRASILEIRO: panorama de 2009 a 2012 DESENVOLVIMENTO DO RUGBY BRASILEIRO: panorama de 2009 a 2012 Eraldo dos Santos Pinheiro Mauricio Migliano Gabriel Gustavo Bergmann Adroaldo Gaya INTRODUÇÃO Praticantes e fãs de Rugby em algum momento já

Leia mais

FEDERAÇÃO DE DESPORTOS AQUÁTICOS DO DISTRITO FEDERAL FDA/DF

FEDERAÇÃO DE DESPORTOS AQUÁTICOS DO DISTRITO FEDERAL FDA/DF Critérios indicativos à Bolsa Atleta de Natação conforme Reunião da Diretoria da FDA/DF e técnicos filiados, realizada no dia 03 de fevereiro de 2016. I BOLSA ATLETA OLÍMPICA 1.1- O atleta de natação só

Leia mais

LIGA INDEPENDENTE DE VOLEIBOL MASCULINO WILLIAN MORGAN

LIGA INDEPENDENTE DE VOLEIBOL MASCULINO WILLIAN MORGAN 1 DA DESCRIÇÃO, OBJETIVO E FORMAÇÃO 1.1 A Liga Independente de Voleibol Masculino Willian Morgan é uma agremiação esportiva independente, formada por times masculinos, sem fins lucrativos. 1.2 A Liga tem

Leia mais

REGULAMENTO. 3. O MT será constituído por 8 (oito) provas, bem como pelo Campeonato Regional por Equipas de Sub10 (Interclubes).

REGULAMENTO. 3. O MT será constituído por 8 (oito) provas, bem como pelo Campeonato Regional por Equipas de Sub10 (Interclubes). REGULAMENTO 1. O ATL MINI TOUR 2016 (MT) é um circuito de provas para os escalões de Sub8 e Sub10, promovido pela Associação de Ténis de Lisboa (ATL), havendo uma calendarização das provas através de um

Leia mais

CANOAGEM BRASILEIRA RUMO AO RIO 2016

CANOAGEM BRASILEIRA RUMO AO RIO 2016 CANOAGEM BRASILEIRA RUMO AO RIO 2016 CANOAGEM BRASILEIRA RUMO AO RIO 2016 ESTRUTURA E COMPETIÇÕES Centros de Treinamentos CT de Paracanoagem / CEPEUSP São Paulo/SP. CT de Canoagem Velocidade (Canoa Masculina)

Leia mais

Proposta de Patrocínio Seleção Brasileira Feminina de Futebol de Surdos

Proposta de Patrocínio Seleção Brasileira Feminina de Futebol de Surdos Proposta de Patrocínio Seleção Brasileira Feminina de Futebol de Surdos Apresentação A Seleção Brasileira Feminina de Futebol de Surdos pretende participar do 23º Summer Deaflympics (Surdolímpiada), na

Leia mais

REGULAMENTO Vôlei

REGULAMENTO Vôlei REGULAMENTO 2017 - Vôlei 1. MISSÃO Criar um ambiente adequado para a prática esportiva, onde a competição entre equipes escolares se desenvolva de forma positiva, propiciando vivências práticas de valores

Leia mais

BRASIL. No 3º Campeonato Mundial de Curling Misto Champery / Switzerland Seleção Brasileira CURLING Página 1/6

BRASIL. No 3º Campeonato Mundial de Curling Misto Champery / Switzerland Seleção Brasileira CURLING Página 1/6 BRASIL No 3º Campeonato Mundial de Curling Misto Champery / Switzerland 2017 Seleção Brasileira CURLING Página 1/6 Nossa Confederação A Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG) foi fundada em

Leia mais

OLIMPÍADA RIO - BRASIL 2016

OLIMPÍADA RIO - BRASIL 2016 OLIMPÍADA RIO - BRASIL 2016 Fonte: : https://1.bp.blogspot.com/-fabad23toia/vuwn2ulzgii/aaaa AAAAAvM/8CEgQcUKnYE9Cq8pdefEYu9edCGRsZghg/s1600/ interna-esportes-olimpicos.jpg JOGOS OLÍMPICOS Os jogos olímpicos

Leia mais

REGULAMENTO. 3. O MT será constituído por 8 (oito) provas, bem como pelo Campeonato Regional por Equipas de Sub10 (Interclubes).

REGULAMENTO. 3. O MT será constituído por 8 (oito) provas, bem como pelo Campeonato Regional por Equipas de Sub10 (Interclubes). REGULAMENTO 1. O ATL MINI TOUR 2014 (MT) é um circuito de provas para os escalões de Sub8 e Sub10, promovido pela Associação de Ténis de Lisboa (ATL), havendo uma calendarização das provas através de um

Leia mais

Interséries FEMA 2016

Interséries FEMA 2016 Interséries FEMA 2016 CAPITULO I - DA ORGANIZAÇÃO Art. 01 - Este regulamento é o conjunto das disposições que regem as disputas das interséries 2016, nas modalidades de voleibol e caçador misto, basquete,

Leia mais

LERIANE BRAGANHOLO DA SILVA

LERIANE BRAGANHOLO DA SILVA 1 LERIANE BRAGANHOLO DA SILVA COMPARAÇÃO DO PERFIL ANTROPOMÉTRICO DE ADOLESCENTES PRATICANTES DE VOLEIBOL, DOS ANOS 1997 E 2009, PARTICIPANTES DO PROGRAMA ESPORTE CIDADÃO UNILEVER Artigo apresentado como

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ART. 1º A competição será para alunos devidamente matriculados na Instituição de Ensino - Univale. ART. 2º As pessoas físicas que participarem do evento consideradas

Leia mais

Audiência Pública 2011

Audiência Pública 2011 Audiência Pública 2011 21 de Junho de 2011 Audiência Pública Índice 1. O que é o MEP 2. Esportes 3. Infraestrutura 4. Marketing & Comunicação O que é o MEP? alto rendimento educacional participação O Movimento

Leia mais

COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE MARIA

COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE MARIA > PARTICIPANTES: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental 1ª a 2ª Séries do Ensino Médio > COMISSÃO ORGANIZADORA: Departamento de Educação Física > SUB TEMA: Olimpíada no Brasil > OBJETIVOS: Promover a integração

Leia mais

REGULAMENTO 1º CAMPEONATO DE VOLEIBOL MISTO CCP 1º SEMESTRE 2017

REGULAMENTO 1º CAMPEONATO DE VOLEIBOL MISTO CCP 1º SEMESTRE 2017 REGULAMENTO 1º CAMPEONATO DE VOLEIBOL MISTO CCP 1º SEMESTRE 2017 1 I CAMPEONATO DE VOLEIBOL MISTO CCP 1º SEMESTRE 2017 REGULAMENTO OFICIAL CAPÍTULO I DA PARTICIPAÇÃO Art. 1º - Poderão participar associados

Leia mais

38º ZESKAMP Regulamento

38º ZESKAMP Regulamento 38º ZESKAMP 2016 Regulamento Art. 1º - Poderão participar dos jogos: atletas holandeses, descendentes, casados com holandeses ou casados com descendentes. Os casos excepcionais deverão ser apresentados

Leia mais

Gala do Desporto 2012

Gala do Desporto 2012 Gala do Desporto 2012 Reunião de Câmara 05-Nov-2012 Índice 1. Introdução... 3 2. Destinatários... 3 3. Processo e prazo de candidatura... 3 4. Processo de seleção... 3 5. Critérios de seleção... 4 7. Exceções...

Leia mais

FALTA DINHEIRO OU BOA APLICAÇÃO DOS RECURSOS?

FALTA DINHEIRO OU BOA APLICAÇÃO DOS RECURSOS? FALTA DINHEIRO OU BOA APLICAÇÃO DOS RECURSOS? Análise sintética do estudo internacional SPLISS consórcio de universidades que comparou as políticas esportivas com o sucesso internacional em 15 países O

Leia mais

HISTÓRICO DE FILIAÇÃO UFLA

HISTÓRICO DE FILIAÇÃO UFLA Fundada em 03/05/1938, Oficializada pelo decreto 3617/945. Nomeada Entidade Pública Municipal e Estadual. Filiada a CBDU (Confederação Brasileira do Desporto Universitário). HISTÓRICO DE FILIAÇÃO UFLA

Leia mais

38º. As modalidades e suas respectivas categorias e gêneros serão :

38º. As modalidades e suas respectivas categorias e gêneros serão : 38º Art. 1º- Poderão participar dos jogos: atletas holandeses, descendentes, casados com holandeses ou casados com descendentes. Os casos excepcionais deverão ser apresentados na reunião técnica e a decisão,

Leia mais

ALMANAQUE OLIMPÍADAS Leticia/Bruna 9A

ALMANAQUE OLIMPÍADAS Leticia/Bruna 9A ALMANAQUE OLIMPÍADAS Leticia/Bruna 9A BOXE Introdução Na antiguidade, antes mesmo das civilizações grega e romana, há indícios arqueológicos que indicam que o homem praticava lutas usando as mãos, desferindo

Leia mais

Inaugurada a 17ª escola do SESI-SP

Inaugurada a 17ª escola do SESI-SP INAUGURAÇÃO Inaugurada a 17ª escola do SESI-SP Chegou a vez de Santa Cruz do Rio Pardo! Foi inaugurada, em clima de festa, uma unidade do SESI-SP na cidade, na manhã da sexta-feira (06/09). Em terreno

Leia mais

16º CAMPEONATO DE VOLEI MASCULINO E FEMININO 2017

16º CAMPEONATO DE VOLEI MASCULINO E FEMININO 2017 16º CAMPEONATO DE VOLEI MASCULINO E FEMININO 2017 REGULAMENTO 1) Local As partidas serão realizadas nas quadras 1 e 3. 2) Composição das equipes: a. As equipes serão compostas de 6 (seis) jogadores. b.

Leia mais

PROJETO INCENTIVADO - ICMS CENTRO DE TREINAMENTO DE REMO ADAPTÁVEL. Este é um Projeto Aprovado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte KMC

PROJETO INCENTIVADO - ICMS CENTRO DE TREINAMENTO DE REMO ADAPTÁVEL. Este é um Projeto Aprovado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte KMC PROJETO INCENTIVADO - ICMS CENTRO DE TREINAMENTO Este é um Projeto Aprovado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte Realização Apoio Sobre a Lei Foi sancionada em dezembro de 2009 a Lei Estadual nº 1.137/2009,

Leia mais

Criador: James Naismith. Primeiras Regras. Evolução da Estrutura do Jogo. Difusão da Modalidade. Basquetebol Internacional. Basquetebol Nacional

Criador: James Naismith. Primeiras Regras. Evolução da Estrutura do Jogo. Difusão da Modalidade. Basquetebol Internacional. Basquetebol Nacional Criador: James Naismith Primeiras Regras Evolução da Estrutura do Jogo Difusão da Modalidade Basquetebol Internacional Basquetebol Nacional Prof. Educação Física (N. 1861 F. 1939) Data: Dezembro de 1891

Leia mais

Copa Nordeste de Tênis de Mesa-Interestadual - Etapa Recife

Copa Nordeste de Tênis de Mesa-Interestadual - Etapa Recife Copa Nordeste de Tênis de Mesa-Interestadual - Etapa Recife - 2017 A Federação Pernambucana de Tênis de Mesa, tem a honra de convidar a todos os Atletas, Técnicos e Dirigentes de Federações e Clubes filiados

Leia mais

REGULAMENTO DO RANKING 2015

REGULAMENTO DO RANKING 2015 REGULAMENTO DO RANKING 2015 1. Sistema de Pontuação do Ranking Estadual O Departamento Técnico da Federação E s p o r t i v a F l u m i n e n s e de Taekwondo definiu o ranking geral com os seguintes critérios

Leia mais

COLÉGIO PEDRO II MEC Exame de Seleção e Classificação ao 1º ano do Ensino Médio a Série do Ensino Médio Regular

COLÉGIO PEDRO II MEC Exame de Seleção e Classificação ao 1º ano do Ensino Médio a Série do Ensino Médio Regular COLÉGIO PEDRO II MEC Exame de Seleção e Classificação ao 1º ano do Ensino Médio - 2013 1ª QUESTÃO 1,0 0,5 1,5 Nos últimos anos, ocorreu uma mudança no cenário nacional dos fluxos migratórios: o estado

Leia mais

Negócios Nos Trilhos RIO, 10 DE NOVEMBRODE 2010

Negócios Nos Trilhos RIO, 10 DE NOVEMBRODE 2010 Negócios Nos Trilhos RIO, 10 DE NOVEMBRODE 2010 AGENDA A CONQUISTA INÉDITA DO PAÍS PROJETO RIO 2016 AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA - APO ORÇAMENTOS A CONQUISTA INÉDITA DO PAÍS O MAIOR EVENTO ESPORTIVO DO

Leia mais

II Jogos Abertos 2008

II Jogos Abertos 2008 II Jogos Abertos 2008 CRONOGRAMA 14/07 Início das Inscrições 15/08 Término das Inscrições 20/08 Definição da forma de disputa, Grupos e Tabelas 23/08 Cerimônia de Abertura e Caminhada da Solidariedade

Leia mais

Introdução Em sua 10ª edição, a Copa Minas Brasília recebe as equipes do Esporte Clube Pinheiros (SP), Praia Clube (MG), ACOB (SC) e Lance Livre Minas

Introdução Em sua 10ª edição, a Copa Minas Brasília recebe as equipes do Esporte Clube Pinheiros (SP), Praia Clube (MG), ACOB (SC) e Lance Livre Minas Relatório Final Introdução Em sua 10ª edição, a Copa Minas Brasília recebe as equipes do Esporte Clube Pinheiros (SP), Praia Clube (MG), ACOB (SC) e Lance Livre Minas Brasília (DF) disputam o título na

Leia mais

Jogos Olímpicos Rio Luiza, Laura, Bruna, Carolina S., João Batista, Ronnie e Eduardo

Jogos Olímpicos Rio Luiza, Laura, Bruna, Carolina S., João Batista, Ronnie e Eduardo Jogos Olímpicos Rio 2016 Luiza, Laura, Bruna, Carolina S., João Batista, Ronnie e Eduardo Mascotes da Olimpíadas de Pequim 2008 Beibei,Jingjing, Haunhaun, Yingying e Nini Mascotes dos Jogos Olímpicos Londres

Leia mais

Copa Nordeste de Tênis de Mesa-Interestadual - Etapa Recife

Copa Nordeste de Tênis de Mesa-Interestadual - Etapa Recife Copa Nordeste de Tênis de Mesa-Interestadual - Etapa Recife - 2017 A Federação Pernambucana de Tênis de Mesa, tem a honra de convidar a todos os Atletas, Técnicos e Dirigentes de Federações e Clubes filiados

Leia mais

Regras e Condições de Participação Torneio Voleibol do Nordeste (4x4)

Regras e Condições de Participação Torneio Voleibol do Nordeste (4x4) Regras e Condições de Participação Torneio Voleibol do Nordeste (4x4) CAPÍTULO I Instalações e Materiais Terreno de jogo - O terreno de jogo estará devidamente sinalizado pela organização. 1) Linhas de

Leia mais

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 6 o ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DATA: 09/08/2013

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 6 o ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DATA: 09/08/2013 QUESTÃO 0 (0, ) RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 6 o ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DATA: 09/0/ PROFESSORA: TINA O basquete é uma das modalidades de esporte coletivo mais popular do mundo. Baseado nas informações

Leia mais

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO PERÍODO 2011 A 2016

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO PERÍODO 2011 A 2016 CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO PERÍODO 2011 A Aprovados pelo IV Forum Atletismo do Brasil em 11.12.2009 Aprovados pela Assembléia Geral da CBAt em 13.12.2009

Leia mais

Beach Tennis herdou elementos do badminton, vôlei, frescobol e tênis

Beach Tennis herdou elementos do badminton, vôlei, frescobol e tênis Beach Tênis de areia? Frescobol com rede? Não, o jogo é Beach Tennis Como nasceu e quais as entidades que regem o tênis jogado na areia Por Marcela Evangelista DESDE 2008, QUANDO FOI TRAZIDO PARA O BRASIL,

Leia mais

LIGA WILLIAN MORGAN DE VOLEIBOL MASCULINO

LIGA WILLIAN MORGAN DE VOLEIBOL MASCULINO 1 DA DESCRIÇÃO, OBJETIVO E FORMAÇÃO 1.1 A Liga Willian Morgan de Voleibol Masculino é uma agremiação esportiva independente, formada por times masculinos, sem fins lucrativos. 1.2 A Liga tem como Objetivo

Leia mais

REGULAMENTO DO VÔLEI DE PRAIA JOGUINHOS ABERTOS SC 2010 DEMONSTRAÇÃO

REGULAMENTO DO VÔLEI DE PRAIA JOGUINHOS ABERTOS SC 2010 DEMONSTRAÇÃO REGULAMENTO DO VÔLEI DE PRAIA JOGUINHOS ABERTOS SC 2010 DEMONSTRAÇÃO I - DA OBSERVÂNCIA DESTE REGULAMENTO Art.1º- Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem as disputas do Campeonato de Volei

Leia mais

Campinas e Ribeirão Preto foram as cidades beneficiadas, representando

Campinas e Ribeirão Preto foram as cidades beneficiadas, representando Dois teatros do SESI-SP inaugurados em agosto Campinas e Ribeirão Preto foram as cidades beneficiadas, representando um investimento pelo SESI-SP de R$ 13 milhões. Os espaços passam a integrar os circuitos

Leia mais

Regulamento. 4º BANDEIRA: : Cada turma deverá confeccionar uma bandeira do país que representará.

Regulamento. 4º BANDEIRA: : Cada turma deverá confeccionar uma bandeira do país que representará. Regulamento 1º CERIMÔNIA DE ABERTURA: No dia 20 de maio, às 10 h, todas as turmas deverão ir para o pátio onde ocorrerá o desfile de abertura. Em caso de chuva, transfere-se para o Ginásio. 2º ESCOLHA

Leia mais

Explicação dos Testes & Cronograma das Avaliações para a Equipe de Voleibol Master. Street Volei / Barra Music

Explicação dos Testes & Cronograma das Avaliações para a Equipe de Voleibol Master. Street Volei / Barra Music Explicação dos Testes & Cronograma das Avaliações para a Equipe de Voleibol Master Street Volei / Barra Music Nelso Kautzner Marques Junior kautzner123456789junior@gmail.com 2016 2 Índice Introdução, 3

Leia mais

Jaraguá Clube Campestre VI Campeonato Interno de Futsal -2015

Jaraguá Clube Campestre VI Campeonato Interno de Futsal -2015 Jaraguá Clube Campestre VI Campeonato Interno de Futsal -2015 INFANTIL REGULAMENTO: A Sub-diretoria de Futsal Infantil de Esportes do Jaraguá Clube Campestre realizará, no período de 30/08 a 14/11/2015.

Leia mais

PESQUISA HELLO OPINION OS JOGOS NO BRASIL: Percepção & engajamento

PESQUISA HELLO OPINION OS JOGOS NO BRASIL: Percepção & engajamento PESQUISA HELLO OPINION OS JOGOS NO BRASIL: Percepção & engajamento Pela 1ª vez na história o maior evento esportivo do mundo acontece na AMÉRICA DO SUL A 150 dias dos jogos, qual a percepção do BRASILEIRO

Leia mais

Jogos Olímpicos Rio 2016 GUIA DE INGRESSOS Março 2015

Jogos Olímpicos Rio 2016 GUIA DE INGRESSOS Março 2015 Jogos Olímpicos Rio 016 GUIA DE INGRESSOS Março 015 instalações olímpicas por região 6 N 1 9 7 8 10 Baía de Guanabara 11 Deodoro 14 15 13 18 Parque Estadual da Pedra Branca Parque Nacional da Tijuca Copacabana

Leia mais

CAMPEONATO INTERCLUBES DE FUTEVÔLEI

CAMPEONATO INTERCLUBES DE FUTEVÔLEI CAMPEONATO INTERCLUBES DE FUTEVÔLEI REGULAMENTO A Federação Paulista de Futevôlei vem através deste regulamento normatizar o torneio disputado entre clubes filiados a entidade. 1. Cronograma 1.1. O Campeonato

Leia mais

Jogos Olímpicos (Basquetebol)

Jogos Olímpicos (Basquetebol) Jogos Olímpicos (Basquetebol) Olimpíadas Olimpíada, conforme a regra número 6 da Carta Olímpica criada em 1896 na Grécia, é o período de quatro anos civis entre a realização de cada Jogos Olímpicos, ou

Leia mais

PROPOSTA DE PALESTRA

PROPOSTA DE PALESTRA PROPOSTA DE PALESTRA PALESTRANTE: Thiago Pereira Thiago Pereira, nadador brasileiro, maior medalhista de todos os tempos dos Jogos Pan-Americanos, ex-recordista mundial dos 200 metros medley em piscina

Leia mais

FESTIVAL SESI MIRIM DE VOLEIBOL

FESTIVAL SESI MIRIM DE VOLEIBOL FESTIVAL SESI MIRIM DE VOLEIBOL - 2015 REGULAMENTO DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO ARTIGO 1º - FESTIVAL MIRIM DE VOLEIBOL é o nome fantasia oficial da XX COPA SESI MIRIM DE VOLEIBOL, competição máxima do calendário

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DA NATAÇÃO 2016

REGULAMENTO ESPECÍFICO DA NATAÇÃO 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA NATAÇÃO 2016 Art. 1º. A Competição de Natação será realizada de acordo com as regras oficiais da Federação Internacional de Natação (FINA), da Confederação Brasileira de Desportos

Leia mais

PROJETOS INCENTIVADOS Minas Tênis Clube. Projeto Formação e Desenvolvimento de Atletas por meio da Integração das Ciências do Esporte

PROJETOS INCENTIVADOS Minas Tênis Clube. Projeto Formação e Desenvolvimento de Atletas por meio da Integração das Ciências do Esporte PROJETOS INCENTIVADOS Minas Tênis Clube Projeto Formação e Desenvolvimento de Atletas por meio da Integração das Ciências do Esporte Lei de Incentivo ao Esporte PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS TRIBUTADAS PELO

Leia mais

Recepção: 10/02/ Aceitação: 08/04/2016.

Recepção: 10/02/ Aceitação: 08/04/2016. História do voleibol no Brasil e o efeito da evolução científica da educação física brasileira nesse esporte. Um estudo com o conteúdo revisado e ampliado, Parte 2 Historia del voleibol en Brasil y el

Leia mais

Andebol Boletim nº

Andebol Boletim nº Andebol Boletim nº 2 23-06-2016 O grande entusiasmo entre todos os participantes foi o marco do primeiro dia de competição de andebol masculino. Todas as equipas, apesar da enorme vontade de vencer, demonstraram

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º- Este regulamento é o conjunto das disposições que regem as competições de jogos dos cursos superiores e discentes do IFRS - Campus Ibirubá no ano de 2016. Art.

Leia mais

Real Brazilian Conversations #19 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com

Real Brazilian Conversations #19 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com Subjects on this conversation: The 2016 Olympic Games in Rio de Janeiro. Context: In this conversation André and Guilherme discuss some interesting topics about the Olympic Games in Brazil. André describes

Leia mais

Normas I Torneio Inter- Freguesias de Voleibol do Nordeste (4x4)

Normas I Torneio Inter- Freguesias de Voleibol do Nordeste (4x4) Normas I Torneio Inter- Freguesias de Voleibol do Nordeste (4x4) CAPÍTULO I Instalações e Materiais Terreno de jogo - Cada campo terá 13 metros de comprimento por 6,5 metros de largura. 1) Linhas de marcação

Leia mais

IPEG Índice PLURI de Eficiência na Gestão do Futebol em 2013

IPEG Índice PLURI de Eficiência na Gestão do Futebol em 2013 PLURI Especial IPEG Índice PLURI de Eficiência na Gestão do Futebol em 2013 Economista, Especialista em Gestão e Marketing do Esporte e Pesquisa de Mercado, Diretor da Pluri Consultoria, da BrSM e Sportfood

Leia mais

REGULAMENTO INTERCLUBES INFANTO JUVENIL 2012

REGULAMENTO INTERCLUBES INFANTO JUVENIL 2012 REGULAMENTO INTERCLUBES INFANTO JUVENIL 2012 1. DO CAMPEONATO Poderá participar do Interclubes Infanto Juvenil toda agremiação que estiver devidamente cadastrada na FPT e com suas obrigações financeiras

Leia mais

RELATÓRIO DE CUMPRIMENTO DO OBJETO

RELATÓRIO DE CUMPRIMENTO DO OBJETO RELATÓRIO DE CUMPRIMENTO DO OBJETO PROJETO TREINAMENTO OLÍMPICO DE PÓLO AQUÁTICO PROCESSO: 58701.000695/2010-92 SLIE: 1000.112-33 Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos - CBDA ATIVIDADES DO PROFESSOR

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE SQUASH Fundada em 21 de Junho de 1991 Filiada à WSF World Squash Federation Membro do COB Comitê Olímpico Brasileiro

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE SQUASH Fundada em 21 de Junho de 1991 Filiada à WSF World Squash Federation Membro do COB Comitê Olímpico Brasileiro REGULAMENTO Circuito Brasileiro de Squash Juvenil - 2016 ORGANIZAÇÃO O Circuito Brasileiro de Squash Juvenil 2016 terá suas etapas organizadas pela CBS ou por promotores credenciados à CBS e supervisionadas

Leia mais

NBB Caixa /02/2016 FLAMENGO X PAULISTANO

NBB Caixa /02/2016 FLAMENGO X PAULISTANO NBB Caixa 2016 23/02/2016 FLAMENGO X PAULISTANO HISTÓRICO DO FLABASQUETE O maior clube poliesportivo do Brasil tem em suas raízes a força do basquete, com uma enorme tradição vencedora que rendeu à modalidade

Leia mais

Natação Principais Resultados da Base: No Estadual Junior, o clube conquistou um total de 8 ouros, 6 pratas e 5 bronzes.

Natação Principais Resultados da Base: No Estadual Junior, o clube conquistou um total de 8 ouros, 6 pratas e 5 bronzes. Resultados 2014 Natação 2014 Principais Resultados da Base: No Estadual Junior, o clube conquistou um total de 8 ouros, 6 pratas e 5 bronzes. Francisco Lobo nos jogos escolares conquistou 2 medalhas de

Leia mais

Relatório de Gestão 2º Quadrimestre (Maio Agosto)

Relatório de Gestão 2º Quadrimestre (Maio Agosto) Relatório de Gestão 2º Quadrimestre (Maio Agosto) Sumário 1 Panorama Geral...3 2 Investimentos Lei Piva...5 3.1 Participação em Competições...7 3.2 Eventos da CBVela...11 3.3 Treinamentos no Rio e Compras

Leia mais

5ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2016

5ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2016 5ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2016 A Federação Pernambucana de Tênis de Mesa, tem a honra de convidar a todos os Atletas, Técnicos e Dirigentes de Federações e Clubes filiados a CBTM,

Leia mais

É com muito prazer que apresentamos a segunda newsletter do GRAB, com muitas novidades nas diversas frentes em que o grupo está trabalhando.

É com muito prazer que apresentamos a segunda newsletter do GRAB, com muitas novidades nas diversas frentes em que o grupo está trabalhando. Caros Amigos e Contribuintes, É com muito prazer que apresentamos a segunda newsletter do GRAB, com muitas novidades nas diversas frentes em que o grupo está trabalhando. 1. INSTITUCIONAL O número de voluntários

Leia mais

Evento 26. Links. Inscrição no evento 25,00. Equipas Custo , , ,00. Inscrição no evento 25,00

Evento 26. Links. Inscrição no evento 25,00. Equipas Custo , , ,00. Inscrição no evento 25,00 Evento 6 06 07 Campeonato Nacional Universitário Xadrez Rápidas Equipas mx Xadrez Rápidas Individual f/m Organização INFO atualizada a -fev-07 Links Cronograma Local Data CNU Aveiro 6 dezembro de 06. Tipo

Leia mais

História do Futsal no Brasil

História do Futsal no Brasil História do Futsal no Brasil O Futebol de Salão tem duas versões sobre o seu surgimento, como em outros esportes, há divergências quanto a sua invenção. Há uma versão que diz que o Futebol de Salão começou

Leia mais

MATERIA DE EDUCAÇÃO FISICA DE VOLEIBOL EM

MATERIA DE EDUCAÇÃO FISICA DE VOLEIBOL EM MATERIA DE EDUCAÇÃO FISICA DE VOLEIBOL EM FUNDAMENTOS O saque ou serviço marca o início de uma disputa de pontos no voleibol. Um jogador posta-se atrás da linha de fundo de sua quadra, estende o braço

Leia mais

VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA

VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA REGULAMENTO GERAL 1 DA FINALIDADE Art. 1º - Os VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA, competição oficial da ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS (AMB), têm como objetivo

Leia mais

CURRÍCULO DO ATLETA DADOS PESSOAIS: Nome: Felipe Borges da Silva. Nome Esportivo: Felipe. Nasc.: 16/11/1994. Embarcação: Canoa Masculino C-1 - C-2

CURRÍCULO DO ATLETA DADOS PESSOAIS: Nome: Felipe Borges da Silva. Nome Esportivo: Felipe. Nasc.: 16/11/1994. Embarcação: Canoa Masculino C-1 - C-2 CURRÍCULO DO ATLETA DADOS PESSOAIS: Nome: Felipe Borges da Silva Nome Esportivo: Felipe Nasc.: 16/11/1994 Embarcação: Canoa Masculino C-1 - C-2 Naturalidade: Foz do Iguaçu-PR Estado Civil: Solteiro E-mail/msn:

Leia mais

Pernambuco Futebol de Primeira

Pernambuco Futebol de Primeira Pernambuco Futebol de Primeira Programa que coloca o Estado dentro de uma posição de destaque no País, utilizando modernos padrões de gestão para modernizar os processos burocráticos, incentivar e atrair

Leia mais

15/11/2016. Atividade contra a resistência (água); Aula coletiva Geralmente utiliza música; Materiais para aumentar a resistência;

15/11/2016. Atividade contra a resistência (água); Aula coletiva Geralmente utiliza música; Materiais para aumentar a resistência; Atividade contra a resistência (água); Aula coletiva Geralmente utiliza música; Materiais para aumentar a resistência; 1 Sobre a aula: Circuito Coreografada Localizada por articulação Alternada por seguimento

Leia mais

A CONQUISTA DA AMÉRICA O ano de 2015 foi de reestruturação para a Ferroviária/Fundesport.

A CONQUISTA DA AMÉRICA O ano de 2015 foi de reestruturação para a Ferroviária/Fundesport. 1 TÍTULOS Tetê Viviani A CONQUISTA DA AMÉRICA O ano de 2015 foi de reestruturação para a Ferroviária/Fundesport. Logo no início da temporada, o time perdeu parte do vitorioso elenco de 2014: 10 atletas

Leia mais

Ginástica Olímpica. Sexto esporte em audiência na mídia, Quarto esporte em audiência entre o público feminino;

Ginástica Olímpica. Sexto esporte em audiência na mídia, Quarto esporte em audiência entre o público feminino; Ginástica Olímpica Sexto esporte em audiência na mídia, Quarto esporte em audiência entre o público feminino; 10% das mulheres entre 18 e 24 anos e 11% das mulheres entre 45 e 59 anos, assistem ou acompanham

Leia mais

Jogos Paralímpicos Rio Ministério do Esporte Fotos: CPB, Rio2016 e Brasil2016

Jogos Paralímpicos Rio Ministério do Esporte Fotos: CPB, Rio2016 e Brasil2016 Jogos Paralímpicos Rio 2016 Ministério do Esporte Fotos: CPB, Rio2016 e Brasil2016 Edição grandiosa das Paralímpiadas 2,1 milhões de ingressos vendidos, superando Pequim 2008 e atrás apenas de Londres

Leia mais

REGRAS OFICIAIS DO RANKING BRASILEIRO DE BOLICHE

REGRAS OFICIAIS DO RANKING BRASILEIRO DE BOLICHE REGRAS OFICIAIS DO RANKING BRASILEIRO DE BOLICHE 1. Introdução: Válidas a partir de 01.01.2017 Integram o ranking brasileiro de boliche todos os atletas filiados à Confederação Brasileira de Boliche BOLICHE

Leia mais

CLUBE ARARAQUARENSE 2º SEMESTRE DE 2017 REGULAMENTO TÉCNICO CAMPEONATOS INTERNOS DE FUTEBOL CATEGORIA VETERANOS- 11 EQUIPES

CLUBE ARARAQUARENSE 2º SEMESTRE DE 2017 REGULAMENTO TÉCNICO CAMPEONATOS INTERNOS DE FUTEBOL CATEGORIA VETERANOS- 11 EQUIPES CLUBE ARARAQUARENSE 2º SEMESTRE DE 2017 REGULAMENTO TÉCNICO CAMPEONATOS INTERNOS DE FUTEBOL CATEGORIA VETERANOS- 11 EQUIPES 1ª FASE DE CLASSIFICAÇÃO:-27/08/2017 a 12/11/2017- TURNO ÚNICO As (11) equipes

Leia mais

Equipe de Voleibol Superliga Feminina 2016/2017

Equipe de Voleibol Superliga Feminina 2016/2017 Equipe de Voleibol Superliga Feminina 2016/2017 Superliga 2016/2017 Visibilidade do projeto Retorno de Mídia Ações - Seguros Saúde - Email MKT e Conexão - Rodada Dupla nos jogos em casa - Torcida - Hotsite

Leia mais

CALENDÁRIO GERAL DA CBHb 2016

CALENDÁRIO GERAL DA CBHb 2016 ABRIL MARÇO FEVEREIRO JANEIRO CALENDÁRIO GERAL DA CBHb 2016 02/11.01.16 ADULTA TREINO E TORNEIO INTERNACIONAL ESPANHA 19/28.01.16 JUVENIL ACAMPAMENTO BLUMENAU / BRASIL 14/22.01.2016 JUVENIL TREINO BLUMENAU/

Leia mais

19/02/ h06- Atualizado em 19/02/ h06. Conheça um pouco sobre Corrida de Orientação, esporte 'novo' na Paraíba

19/02/ h06- Atualizado em 19/02/ h06. Conheça um pouco sobre Corrida de Orientação, esporte 'novo' na Paraíba 19/02/2012 19h06- Atualizado em 19/02/2012 19h06 Conheça um pouco sobre Corrida de Orientação, esporte 'novo' na Paraíba Esporte é praticado em contato direto com a natureza e seus principais equipamentos

Leia mais