ACTA N.º

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ACTA N.º"

Transcrição

1 ACTA N.º Aos dezanove dias do mês de Janeiro do ano de dois mil e seis, pelas quinze horas, no edifício da Biblioteca Municipal de Ponte de Sor, compareceram os seguintes elementos que constituem o Conselho Municipal de Educação de Ponte de Sor: JOÃO JOSÉ DE CARVALHO TAVEIRA PINTO, Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor; JOAQUIM MARUJO HENRIQUES, Primeiro Secretário da Assembleia Municipal de Ponte de Sor, representante designado pelo Presidente da Assembleia Municipal; LUÍS MANUEL GARCIA LARANJEIRA, Vereador responsável pela Educação da Câmara Municipal de Ponte de Sor; ANTÓNIO CORREIA CONSTANTINO, Representante das Juntas de Freguesia, do concelho; PAULO MANUEL ALFAIATE PIRES, Coordenador Educativo do Alto Alentejo Oeste, representante da Direcção Regional de Educação; MARIA DA CONCEIÇÃO FERNANDES RODRIGUES DE MATOS, representante do pessoal docente do Ensino Secundário Público de Ponte de Sor; MANUEL ILDEFONSO NOGUEIRA MARTINS, representante do pessoal docente do Ensino Básico Público de Ponte de Sor; ANA MARIA DE ANDRADE FERREIRA CRUZ, representante do pessoal docente da Educação Pré-Escolar pública de Ponte de Sor; JOSÉ CRISTÓVÃO TRAVASSOS ESPADA, representante das Associações de Pais e Encarregados de Educação de Montargil; PEDRO FILIPE MATOS LOPES, representante das Instituições Particulares de Solidariedade Social que desenvolvem actividade na área da educação em Ponte de Sor; ANTÓNIO JOSÉ FARIA DE PAULA CAMPOS, Delegado de Saúde de Ponte de Sor, representante dos Serviços Públicos de Saúde; ROSA FLORINDA CANDEIAS RAMOS, representante dos Serviços de Segurança Social de Ponte de Sor; SANDRA MARIA SIAS CARDOSO, Directora do Centro de Emprego de Ponte de Sor, representante dos Serviços Públicos de Emprego e Formação Profissional; RICARDO VICENTE DA GRAÇA, representante dos Serviços Públicos na Área da Juventude e do Desporto; JOÃO PAULO GONÇALVES DOS SANTOS, representante das Forças de Segurança; Posteriormente, entrou-se no período de Antes da Ordem do Dia de acordo com o n.º 4 do artigo 14º do Regimento Interno do Conselho Municipal de Educação, no qual foram tratados os seguintes assuntos: Breve introdução pelo Presidente da Câmara Municipal sobre o estado da Educação no nosso concelho, onde refere a disponibilidade da autarquia para colaborar e assumir as suas responsabilidades que lhe estão instituídas legalmente e todas aquelas que entende que constituem uma responsabilidade para com as crianças, na promoção de igualdade de oportunidades e na promoção do seu desenvolvimento e sucesso escolar e a exigir o mesmo tipo de colaboração do corpo docente das escolas que o integram ACTAS DO CMEPS 1

2 -----Neste sentido a Prof. Conceição Matos representante do pessoal docente do ensino secundário referiu que foi convidada pela Ministra da Educação, para uma reunião onde estavam representadas as 35 melhores escolas do país no que diz respeito à organização, à autonomia, a uma boa gestão entre outras características do funcionamento da escola e foram convidados a integrar um grupo de escolas que irão realizar contratos de autonomia, no próximo ano lectivo, nos quais a colaboração da Autarquia se torna muito importante, solicitando desde já o seu apoio No seguimento desta intervenção o Professor Manuel Martins representante do pessoal docente do ensino básico e a Educadora Ana Maria, representante do pessoal docente da educação pré-escolar, manifestam a sua disponibilidade e a do corpo de docentes que representam, para colaborar da melhor forma com a autarquia, no sentido de proporcionar um ensino de qualidade no nosso concelho. Salientaram ainda a disponibilidade que a autarquia tem manifestado até aqui na resolução de muitos dos problemas apresentados pelas escolas Posteriormente às intervenções do senhor Presidente e das intervenções dos senhores professores o Vereador sugeriu a designação de um Secretário para garantir a realização das actas das reuniões, convocatórias, redacção de pareceres e outros documentos necessários para análise do CMEPS e de um administrativo que dê apoio ao mesmo. A este respeito o Vereador designou como Secretária a Técnica Superior de Educação da Câmara Municipal de Ponte de Sor, Susana Isabel Henriques Pita Esculcas com o parecer favorável dos elementos do CMEPS a qual será coadjuvada por um administrativo a designar pelos serviços De seguida deu-se início ao período de Ordem do Dia para o qual a reunião foi convocada PONTO N.º 1 - Apreciação e Aprovação do Regimento Interno do CMEPS; No que diz respeito ao Regimento Interno do CMEPS, depois da leitura e apreciação do mesmo, os elementos do Conselho Municipal de Educação de Ponte de Sor presentes, aprovaram por unanimidade o seu Regimento Interno o qual produz efeitos a partir da presente data PONTO N.º 2 - Constituição do Grupo de Trabalho de Acompanhamento e Elaboração da Carta Educativa; Relativamente à Constituição do Grupo de Trabalho de Acompanhamento e Elaboração da Carta Educativa, foram definidos os seguintes elementos do CMEPS: -----PAULO MANUEL ALFAIATE PIRES, Coordenador Educativo do Alto Alentejo Oeste, representante da Direcção Regional de Educação; MARIA DA CONCEIÇÃO FERNANDES RODRIGUES DE MATOS, representante do pessoal docente do Ensino Secundário Público de Ponte de Sor; MANUEL ILDEFONSO NOGUEIRA MARTINS, representante do pessoal docente do Ensino Básico Público de Ponte de Sor; ACTAS DO CMEPS 2

3 -----ANA MARIA DE ANDRADE FERREIRA CRUZ, representante do pessoal docente da Educação Pré-Escolar pública de Ponte de Sor; PEDRO FILIPE MATOS LOPES, representante das Instituições Particulares de Solidariedade Social que desenvolvem actividade na área da educação em Ponte de Sor; ROSA FLORINDA CANDEIAS RAMOS, representante dos Serviços de Segurança Social de Ponte de Sor; SANDRA MARIA SIAS CARDOSO, Directora do Centro de Emprego de Ponte de Sor, representante dos Serviços Públicos de Emprego e Formação Profissional; Foi referido pelo Dr. Henrique que os grupos de trabalho devem de articular com todos os elementos do Conselho Municipal de Educação no sentido destes estarem devidamente informados e poderem dar o seu parecer sobre as situações que lhes são apresentadas O Dr. Paulo Pires sugeriu que estes grupos definam a forma de funcionamento do grupo de trabalho no que diz respeito à definição de uma calendarização, a periodicidade das reuniões e a metodologia de trabalho a adoptar. Sugere ainda que o trabalho realizado nessas reuniões seja analisado e validado no CMEPS para que possa ser um trabalho que conte com a análise e o parecer de todos Ficou agendada uma reunião com o grupo de trabalho para dia 27 de Janeiro pelas 14.30h no edifício dos passos do Município, para definição da forma de funcionamento deste grupo PONTO N.º 3 - Construção do Edifício Escolar do 1º Ciclo do Ensino Básico e Educação Pré- Escolar Relativamente a este ponto o Vereador esclareceu os elementos do CMEPS relativamente, às pretensões da autarquia na construção do novo edifício da Escola do 1º Ciclo e do Pré-Escolar, dando alguns pormenores da sua localização, o número de alunos a abranger e das dificuldades e constrangimentos deste processo, uma vez que para construir o novo edifício será necessário transferir os alunos da escola da Av. do Colégio para outros espaços escolares O vereador solicitou assim a cooperação das escolas ali representadas, no apoio a este processo de transferência, o qual durará pelo menos dois anos lectivos. A esta solicitação os representantes do pessoal docente e das respectivas escolas, manifestaram a sua disponibilidade e cooperação, desenvolvendo todos os esforços possíveis na resolução desta situação PONTO N.º 4 - Emissão de Parecer sobre a alteração à previsão do Plano de Transportes para o ano lectivo 2005/2006; O Conselho Municipal de Educação de Ponte de Sor, emitiu um parecer favorável à alteração à previsão do Plano de Transportes para o ano Lectivo 2005/ Então, nada mais havendo a tratar, e sendo dezassete horas e quinze minutos, deu-se por encerrada a reunião, da qual se lavrou a presente Acta, a qual depois de lida e aprovada será assinada por todos os presentes ACTAS DO CMEPS 3

4 Joaquim Morujo Henriques (Representante da Assembleia Municipal) _ Luís Manuel Garcia Laranjeira (Vereador responsável pela Educação) António Correia Constantino (Representante das Juntas de Freguesia do Concelho) Paulo Manuel Alfaiate Pires (Representante da Direcção Regional da Educação) Maria da Conceição Fernandes Rodrigues de Matos (Representante do Pessoal Docente do Ensino Secundário Público) Manuel Ildefonso Nogueira Martins (Representante do Pessoal Docente do Ensino Básico Público) Ana Maria de Andrade Ferreira Cruz (Representante do Pessoal Docente da Educação Pré-Escolar Pública) José Cristóvão Travassos Espada (Representante das Associações de Pais e Encarregados de Educação) Pedro Filipe Matos Lopes (Representante das IPSS que desenvolvem trabalho na área da Educação) António José Faria de Paula Campos (Representante dos Serviços Públicos de Saúde) Rosa Florinda Candeias Ramos (Representante dos Serviços de Segurança Social) Sandra Maria Sias Cardoso (Representante dos Serviços Públicos de Emprego e Formação Profissional) Ricardo Vicente da Graça (Representante dos Serviços Públicos na área da Juventude e do Desporto) João Paulo Gonçalves dos Santos (Representante das Forças de Segurança) Susana Isabel Henriques Pita Esculcas (Secretária Designada) _ João José de Carvalho Taveira Pinto (Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor) ACTAS DO CMEPS 4

5 ACTAS DO CMEPS 5

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR PREÂMBULO A Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro, diploma que estabelece, entre outros, o regime jurídico das autarquias locais, veio atribuir, no

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL COMISSÃO PERMANENTE DE ASSUNTOS SOCIAIS

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL COMISSÃO PERMANENTE DE ASSUNTOS SOCIAIS COMISSÃO PERMANENTE DE ASSUNTOS SOCIAIS RELATÓRIO E PARECER AO PROJECTO DE DECRETO-LEI QUE REGULAMENTA OS CONSELHOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO E APROVA O PROCESSO DE ELABORAÇÃO DA CARTA EDUCATIVA, TRANSFERINDO

Leia mais

ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005

ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005 ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005 Aos doze dias do mês de Dezembro do ano de dois mil e cinco, no Salão Nobre dos Paços do Município,

Leia mais

MINUTA DA ACTA n.º 19/2011

MINUTA DA ACTA n.º 19/2011 MINUTA DA ACTA n.º 19/2011 Minuta da Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, realizada no dia 16 DE AGOSTO DE 2011. Aos dezasseis dias do mês de Agosto de 2011, em

Leia mais

Conselho Local de Ação Social de Figueira de Castelo Rodrigo

Conselho Local de Ação Social de Figueira de Castelo Rodrigo REDE SOCIAL Conselho Local de Ação Social de Figueira de Castelo Rodrigo Regulamento Interno [9/04/2014] REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DO CONCELHO DE FIGUEIRA DE CASTELO RODRIGO

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL (CLAS) Grupo de Trabalho Pessoas Idosas, Envelhecimento e Intergeracionalidade. ATA nº 1

CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL (CLAS) Grupo de Trabalho Pessoas Idosas, Envelhecimento e Intergeracionalidade. ATA nº 1 CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL (CLAS) Grupo de Trabalho Pessoas Idosas, Envelhecimento e Intergeracionalidade ATA nº 1 Data: 24 de fevereiro de 2012 (sexta-feira) Local: Câmara Municipal de Peniche Hora

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Artigo 1.º. Objeto

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Artigo 1.º. Objeto AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL Artigo 1.º Objeto O presente regulamento define o processo eleitoral dos membros do Conselho Geral referido nos artigos

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DA JUVENTUDE E DO DESPORTO

ACORDO DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DA JUVENTUDE E DO DESPORTO ACORDO DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DA JUVENTUDE E DO DESPORTO ----- ENTRE ----- A REPÚBLICA DE ANGOLA, A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, A REPÚBLICA DE CABO VERDE, A REPÚBLICA DA GUINÉ-BISSAU, A REPÚBLICA

Leia mais

Agenda Início do ano letivo

Agenda Início do ano letivo Agenda Início do ano letivo 2016 / 2017 Período de funcionamento das aulas de acordo com o horário normal 1º Período Início : 16 de (Pré-escolar e 1º Ciclo) 19 de (2º e 3º Ciclos e E.S) Termo : 16 de dezembro

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DO AGRUPAMENTO VERTICAL IRENE LISBOA

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DO AGRUPAMENTO VERTICAL IRENE LISBOA RELATÓRIO DE ACTIVIDADE ANO LECTIVO 2011/2012 Porto, 30 de Novembro de 2012 A. Órgãos Sociais ano lectivo 2011/2012 B. Pais Representantes no Conselho Geral ano lectivo 2011/2012 C. Associados ano lectivo

Leia mais

REGULAMENTO DO OBSERVATÓRIO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

REGULAMENTO DO OBSERVATÓRIO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO DO OBSERVATÓRIO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL De acordo com o Plano Estratégico apresentado ao Conselho Geral da Universidade da Madeira (UMa) ficou estabelecida a constituição de um Observatório

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL PARA O CONSELHO GERAL. Do Agrupamento de Escolas Elias Garcia

REGULAMENTO ELEITORAL PARA O CONSELHO GERAL. Do Agrupamento de Escolas Elias Garcia REGULAMENTO ELEITORAL PARA O CONSELHO GERAL Do Agrupamento de Escolas Elias Garcia Introdução Nos termos do artigo 15º do Decreto-Lei nº 75/2008 de 22 de abril, na redação dada pelo Decreto-Lei n.º 137/2012,

Leia mais

Agrupamento de Escolas José Estêvão. Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral

Agrupamento de Escolas José Estêvão. Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral Agrupamento de Escolas José Estêvão Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral Secção I Disposições gerais Artigo 1º Objeto O presente regulamento estabelece as condições e procedimentos

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE (MANDATO 2013-2017)

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE (MANDATO 2013-2017) (MANDATO 20132017) ATA DA QUARTA REUNIÃO DE 2014 Aos treze dias do mês de fevereiro do ano dois mil e catorze, pelas dez horas, em cumprimento de convocatória emanada nos termos do disposto no n.º 3 do

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA DE LOBOS

CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA DE LOBOS ---------------------------- ACTA NÚMERO 24/2004---------------------------- Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, realizada em vinte e cinco de Novembro de dois mil e quatro. --- Aos

Leia mais

MUNICÍPIO DE VINHAIS CÂMARA MUNICIPAL REUNIÃO ORDINÁRIA DATA: 2004/02/23 ACTA N.º 4/2004

MUNICÍPIO DE VINHAIS CÂMARA MUNICIPAL REUNIÃO ORDINÁRIA DATA: 2004/02/23 ACTA N.º 4/2004 MUNICÍPIO DE VINHAIS CÂMARA MUNICIPAL REUNIÃO ORDINÁRIA DATA: 2004/02/23 ACTA N.º 4/2004 Presenças:------------------------------------------------------------------------------------------------- José

Leia mais

COMISSÃO DE DEFESA NACIONAL ACTA NÚMERO 11/XI/1.ª SL

COMISSÃO DE DEFESA NACIONAL ACTA NÚMERO 11/XI/1.ª SL COMISSÃO DE DEFESA NACIONAL ACTA NÚMERO 11/XI/1.ª SL Aos nove dias do mês de Fevereiro de dois mil e dez, pelas catorze horas e trinta minutos, reuniu a Comissão de Defesa Nacional (CDN), na sala cinco

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA VERDE

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA VERDE REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA VERDE Julho de 2015 REGIMENTO DO PREÂMBULO A democraticidade de um sistema ou de um modelo organizacional traduz-se pelo nível e grau de participação

Leia mais

Regulamento do Processo Eleitoral para o Conselho Geral

Regulamento do Processo Eleitoral para o Conselho Geral Regulamento do Processo Eleitoral para o Conselho Geral Artigo 1º Objeto 1. O presente Regulamento aplica-se exclusivamente ao processo eleitoral para os membros do Conselho Geral, de acordo com o regime

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL

REGULAMENTO ELEITORAL REGULAMENTO ELEITORAL Eleição dos Representantes dos Pais e Encarregados de Educação para o Conselho Geral do Agrupamento de Escolas Sá da Bandeira Aprovado pelo Conselho Geral em 24 de setembro de 2015

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA ASSEMBLEIA DE PARCEIROS DO GRUPO DE ACÇÃO LOCAL CASTELOS DO COA

REGULAMENTO INTERNO DA ASSEMBLEIA DE PARCEIROS DO GRUPO DE ACÇÃO LOCAL CASTELOS DO COA REGULAMENTO INTERNO DA ASSEMBLEIA DE PARCEIROS DO GRUPO DE ACÇÃO LOCAL CASTELOS DO COA PRINCÍPIOS GERAIS O presente regulamento define as normas de funcionamento da Assembleia de Parceiros do Grupo de

Leia mais

Regulamento Interno do Departamento de Sistemas de Informação. Escola Superior de Ciências Empresariais Instituto Politécnico de Setúbal

Regulamento Interno do Departamento de Sistemas de Informação. Escola Superior de Ciências Empresariais Instituto Politécnico de Setúbal Regulamento Interno do Departamento de Sistemas de Informação Escola Superior de Ciências Empresariais Instituto Politécnico de Setúbal CAPÍTULO I Disposições Gerais (Artigo 1º) Definição O Departamento

Leia mais

(R ) 1 FREGUESIA DE FAZENDAS DE ALMEIRIM ACTA NÚMERO NOVENTA E NOVE DE DOIS MIL E NOVE

(R ) 1 FREGUESIA DE FAZENDAS DE ALMEIRIM ACTA NÚMERO NOVENTA E NOVE DE DOIS MIL E NOVE (R.2009.12.11) 1 FREGUESIA DE FAZENDAS DE ALMEIRIM --------ACTA NÚMERO NOVENTA E NOVE DE DOIS MIL E NOVE--------- --------Aos onze dias do mês de Novembro do ano de dois mil e nove, pelas dezanove horas,

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 18 AGOSTO DE 2010 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 18 AGOSTO DE 2010 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 18 AGOSTO DE 2010 ORDEM DO DIA EXPEDIENTE 1. Ofício da Junta de Freguesia da Quinta do Conde a enviar o texto da moção subordinada ao

Leia mais

AN-------- Aos sete dias do mês de Fevereiro do ano de dois mil e onze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila

AN-------- Aos sete dias do mês de Fevereiro do ano de dois mil e onze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila AN-------- Aos sete dias do mês de Fevereiro do ano de dois mil e onze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e

Leia mais

Reitoria. Universidade do Minho, 24 de Fevereiro de 2010

Reitoria. Universidade do Minho, 24 de Fevereiro de 2010 Reitoria RT-21/2010 Por proposta do Conselho Académico da Universidade do Minho, é homologado o Regulamento do Mestrado Integrado em Psicologia, anexo a este despacho. Universidade do Minho, 24 de Fevereiro

Leia mais

PROPOSTA N.º 46/P/2011

PROPOSTA N.º 46/P/2011 Fls. 253 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 12 DE SETEMBRO DE 2011 ACTA N.º 18 Aos doze dias do mês de Setembro do ano de dois mil e onze, nesta Vila de Ourique, no Salão Nobre, no Edifício dos Paços

Leia mais

ATA DA ÚNICA REUNIÃO DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ELVAS, REALIZADA NO DIA

ATA DA ÚNICA REUNIÃO DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ELVAS, REALIZADA NO DIA ATA DA ÚNICA REUNIÃO DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ELVAS, REALIZADA NO DIA 16-01-2013 Aos dezasseis dias do mês de janeiro do ano de dois mil e treze, no Edifício dos Paços do Concelho

Leia mais

20/12/ :27. Resultados: 52 A exportação está limitada a 100 resultados

20/12/ :27. Resultados: 52 A exportação está limitada a 100 resultados 31 search.entidadesemitentesserie "" OR "Conselho de Estado" OR "" OR "-Conselho de Estado" OR "Secretaria Geral-" Data de Publicação Início 1980- Decreto n.º 139-A/80 - Diário da República n.º 283/1980,

Leia mais

Porto, 15 de Setembro de 2003 Assunto: Aplicação do Decreto-Lei n.º 1/98, de 2 de Janeiro

Porto, 15 de Setembro de 2003 Assunto: Aplicação do Decreto-Lei n.º 1/98, de 2 de Janeiro ASSUNTO: SERVIÇO DOCENTE NOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO DO MINISTÉRIO DA SEGURANÇA SOCIAL E DO TRABALHO Tendo o Sindicato de Professores do Norte sido contactado por alguns docentes e, a pedido destes,

Leia mais

M U N I C Í P I O D E C Â M A R A D E L O B O S C Â M A R A M U N I C I P A L

M U N I C Í P I O D E C Â M A R A D E L O B O S C Â M A R A M U N I C I P A L 75 54 M U N I C Í P I O D E C Â M A R A D E L O B O S ---------------------------- ACTA NÚMERO 24/2011 --------------------------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA DE LOBOS REALIZADA

Leia mais

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL (2014/2018) Nos termos do artigo 15º do Decreto-Lei nº 75/2008 de 22 de abril, na redação dada pelo Decreto-Lei n.º 137/2012, de 2 de Julho, o Conselho

Leia mais

Ponto sete - Aprovação da planificação das Atividades de Enriquecimento Curricular

Ponto sete - Aprovação da planificação das Atividades de Enriquecimento Curricular ORDEM DE TRABALHOS: Aos vinte e nove dias do mês de outubro do ano de 2015, pelas 18 horas, realizou-se na Escola Básica de São Gonçalo, sede de agrupamento de escolas com a mesma designação, uma reunião

Leia mais

DECRETO N.º 112 /X EXCLUSÃO DA ILICITUDE NOS CASOS DE INTERRUPÇÃO VOLUNTÁRIA DA GRAVIDEZ. Artigo 1.º (Alteração do Código Penal) Artigo 142.

DECRETO N.º 112 /X EXCLUSÃO DA ILICITUDE NOS CASOS DE INTERRUPÇÃO VOLUNTÁRIA DA GRAVIDEZ. Artigo 1.º (Alteração do Código Penal) Artigo 142. DECRETO N.º 112 /X EXCLUSÃO DA ILICITUDE NOS CASOS DE INTERRUPÇÃO VOLUNTÁRIA DA GRAVIDEZ A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: Artigo 1.º

Leia mais

Uma Escola de Cidadania Uma Escola de Qualidade RIA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. FRANCISCO SANCHES

Uma Escola de Cidadania Uma Escola de Qualidade RIA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. FRANCISCO SANCHES REGULAMENTO INTERNO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. FRANCISCO SANCHES JANEIRO 2014 Índice Capítulo I... 1 Disposições Gerais... 1 Introdução... 1 Artigo 1.º --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

cnt COMISSÃO NACIONAL DE ELEiÇÕES ATA N.o 137/XIV Teve lugar no dia onze de março de dois mil e catorze, a reunião número cento

cnt COMISSÃO NACIONAL DE ELEiÇÕES ATA N.o 137/XIV Teve lugar no dia onze de março de dois mil e catorze, a reunião número cento cnt ATA N.o 137/XIV Teve lugar no dia onze de março de dois mil e catorze, a reunião número cento e trinta e sete da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na Avenida D. Carlos I, n.o

Leia mais

CPCJ P E N A C O V A C O M I S S Ã O D E P R O T E C Ç Ã O D E C R I A N Ç A S E J O V E N S REGULAMENTO INTERNO

CPCJ P E N A C O V A C O M I S S Ã O D E P R O T E C Ç Ã O D E C R I A N Ç A S E J O V E N S REGULAMENTO INTERNO Aprovado em: 24-11-2006 Alterado em: 04-12-2007 (Introduzidas alterações alínea e), artigo 9º) REGULAMENTO INTERNO Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º 1. A Lei de Protecção de Crianças e Jovens em

Leia mais

Ata da Quadragésima Quarta Reunião Ordinária

Ata da Quadragésima Quarta Reunião Ordinária 126 Ata da Quadragésima Quarta Reunião Ordinária Ata da 44ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Itajubá, realizada aos dezesseis dias do mês de dezembro de dois mil e treze as treze horas e trinta

Leia mais

ELEIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSO DA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS (ESTGF) ACTA n.º 2 ACTA DE APURAMENTO

ELEIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSO DA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS (ESTGF) ACTA n.º 2 ACTA DE APURAMENTO ELEIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSO DA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS (ESTGF) ACTA n.º 2 ACTA DE APURAMENTO Aos catorze dias do mês de abril do ano de dois mil e catorze, entre as

Leia mais

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA PLANO DE MELHORIA 2014 / 2016 ÍNDICE Introdução 3 Resultados da Avaliação Externa 4 Ações a contemplar no Plano de Melhoria 5 Conclusão 7 2 Introdução

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE MACEDO DE CAVALEIROS

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE MACEDO DE CAVALEIROS ACTA N.º 03/2008 Âmbito da Reunião: Reunião Extraordinária de Plenário do CLASMC Assuntos debatidos: 1. Leitura da acta n.º 2/2008 do Plenário de 03 de Julho A acta foi aprovada por unanimidade. 2. Concertação

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E ENERGIA

MINISTÉRIO DO AMBIENTE, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E ENERGIA Diário da República, 1.ª série N.º 231 28 de novembro de 2014 5999 principal, podem integrar o júri para recrutamento para preenchimento de postos no âmbito da carreira de enfermagem, titulares das categorias

Leia mais

pelouro da educação, cultura, desporto e juventude CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

pelouro da educação, cultura, desporto e juventude CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ORDEM DE TRABALHOS.5ª reunião CME Leitura e aprovação da acta da reunião anterior; Balanço do início do ano lectivo 2011/12; Análise da rede escolar/educativa do ano lectivo

Leia mais

Manual. Representantes dos pais e encarregados de educação da turma e da sala

Manual. Representantes dos pais e encarregados de educação da turma e da sala Manual Representantes dos pais e encarregados de educação da turma e da sala Reuniões de Turma As reuniões com os diretores de turma (no 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e no ensino secundário) ou com

Leia mais

APRESENTAÇÃO CINANIMA JÚNIOR. Programas: Crianças, Adolescentes e Jovens

APRESENTAÇÃO CINANIMA JÚNIOR. Programas: Crianças, Adolescentes e Jovens APRESENTAÇÃO CINANIMA JÚNIOR Programas: Crianças, Adolescentes e Jovens O CINANIMA JÚNIOR é uma iniciativa do Serviço Educativo do CINANIMA Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho, numa

Leia mais

C. C. S. Moçambique Tete - Fingoé 1972 a 1974

C. C. S. Moçambique Tete - Fingoé 1972 a 1974 C. C. S. Batalhão de Caçadores 3885 Companhia de Comandos e Serviços Moçambique Tete - Fingoé 1972 a 1974 Lista de Militares à data do regresso a Lisboa Posto Nome Coronel José da Silva Pinto Ferreira

Leia mais

3 Consideram -se qualificados para o exercício de funções de administração e gestão os docentes que preencham uma das seguintes condições:

3 Consideram -se qualificados para o exercício de funções de administração e gestão os docentes que preencham uma das seguintes condições: Concurso para Director (a) Agrupamento Vertical de escolas de ferreira de Aves Procedimento concursal: 1 Nos termos do disposto nos artigos 21.º e 22.º, do Decreto Lei n.º 75/2008, de 22 de Abril, e da

Leia mais

Ata de Posse da Comissão Local de. Acompanhamento e Controle Social do Programa Universidade para Todos - PROUNI. da Faculdade Santa Terezinha CEST

Ata de Posse da Comissão Local de. Acompanhamento e Controle Social do Programa Universidade para Todos - PROUNI. da Faculdade Santa Terezinha CEST Ata de Posse da Comissão Local de Aos doze dias do mês de agosto de dois mil e dez, às dezessete horas e trinta minutos, na Secretaria Acadêmica da Faculdade Santa Terezinha - CEST, sito na Avenida Casemiro

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUVENTUDE E DESPORTOS

MINISTÉRIO DA JUVENTUDE E DESPORTOS MINISTÉRIO DA JUVENTUDE E DESPORTOS REGIME JURÍDICO DAS ASSOCIAÇÕES JUVENIS E ESTUDANTIS Decreto nº 15/03 de 22 de Abril (Diário da República I Série nº 31, de 22 de Abril de 2003) A juventude angolana

Leia mais

Projecto de Lei Nº 541/IX

Projecto de Lei Nº 541/IX Projecto de Lei Nº 541/IX Segunda Alteração ao Decreto-Lei nº 372/90, de 27 de Novembro, que disciplina o regime de constituição, os direitos e os deveres a que ficam subordinadas as associações de pais

Leia mais

Comunidade Intermunicipal do Oeste. Conselho Executivo. Acta nº 21/ 2009 Reunião de

Comunidade Intermunicipal do Oeste. Conselho Executivo. Acta nº 21/ 2009 Reunião de Fl.124 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO EXECUTIVO DA COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO OESTE, REALIZADA NO DIA DEZ DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E NOVE -----Aos dez dias do mês de Dezembro de dois mil e nove,

Leia mais

Declaração de Aceitação. Para Membro da Comissão Eleitoral

Declaração de Aceitação. Para Membro da Comissão Eleitoral Declaração de Aceitação Para Membro da Comissão Eleitoral Nos termos do disposto no artigo n.º 1º do artigo n.º 56º dos estatutos do Sindicato Nacional dos Registos e Notariado eu,..., venho por este meio

Leia mais

Ciências Biológicas-Modalidade Médica (Biomedicina)

Ciências Biológicas-Modalidade Médica (Biomedicina) REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE DO CURSO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS-MODALIDADE MÉDICA (BIOMEDICINA) Considerando a Resolução nº 01, de 17 de junho de 2010, que normatiza o Núcleo Docente Estruturante

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DOS CONSELHOS

REGIMENTO INTERNO DOS CONSELHOS REGIMENTO INTERNO DOS CONSELHOS DE TURMA / NÚCLEO ANO LETIVO 2015/ 2016 O Regimento Interno dos Conselhos de Turma/ Núcleo do Ensino Básico, tendo em conta o Regulamento Interno da Escola, define o regime

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO ESCOLA DE MUSICA

REGULAMENTO INTERNO ESCOLA DE MUSICA REGULAMENTO INTERNO DA ESCOLA DE MUSICA Artigo 1º Objecto A Associação Cultural Musimax é uma Escola do Ensino Artístico Especializado em Música, e tem como principal objecto o ensino da música. Artigo

Leia mais

EXTRACTO DA ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL ANUAL

EXTRACTO DA ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL ANUAL EXTRACTO DA ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL ANUAL Aos dez dias do mês de Abril do ano dois mil e catorze, pelas onze horas e dez minutos, na Rua Actor António Silva, n.º 7, 15.º andar, em Lisboa, por não haver

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2009 ESTBarreiro/IPS. ANEXO C Constituição de Júris e Comissões

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2009 ESTBarreiro/IPS. ANEXO C Constituição de Júris e Comissões ANEXO C Constituição de Júris e Comissões 120 C.1 Concursos Especiais e Regimes de Mudança e Transferência de Curso para o Ano Lectivo 2008/2009 (regimes diurno e nocturno) Presidente: Prof. José Miguel

Leia mais

Regulamento Interno Gabinete de Atendimento e Acompanhamento Social /Protocolo de RSI

Regulamento Interno Gabinete de Atendimento e Acompanhamento Social /Protocolo de RSI Regulamento Interno Gabinete de Atendimento e Acompanhamento Social /Protocolo de RSI Rua do Formigoso N.º 103 Polvoreira 4835-168 Guimarães Telefone: 253 557 128 - Telemóvel: 91 051 36 36 rsipolvoreira@gmail.com

Leia mais

Associação Alentejo de Excelência ESTATUTOS. Artigo 1º Denominação, Sede e Duração

Associação Alentejo de Excelência ESTATUTOS. Artigo 1º Denominação, Sede e Duração Associação Alentejo de Excelência ESTATUTOS Artigo 1º Denominação, Sede e Duração 1. A associação, sem fins lucrativos, adopta a denominação de Alentejo de Excelência - Associação para a Competitividade,

Leia mais

CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia

CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO Pais/Encarregados de Educação CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia Agrupamento de Escolas de Arganil 2º/3º CEB e Secundário

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE CEP

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE CEP GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE 255-20-44 - CEP 01045-903 PROCESSO CEE N : 1532/76, Vol. II - AP. Proc. DRECAP-2 n 291/07/91 INTERESSADO : CENTRO

Leia mais

BIBLIOGRAFIA 6. BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA 6. BIBLIOGRAFIA 6. BIBLIOGRAFIA Bento, J. (1991). Desporto, Saúde; Vida. Em Defesa do Desporto. Cultura Física. Livros Horizonte, Lisboa.. Branco, P. (1994). O Município e o Desporto: Contributo para a Definição de um

Leia mais

Certidão Permanente Código de acesso: 1620-2060-1017

Certidão Permanente Código de acesso: 1620-2060-1017 Page 1 of 7 Acesso à Certidão Permanente Certidão Permanente de Registos Voltar Sair Certidão Permanente Código de acesso: 1620-2060-1017 A entrega deste código a qualquer entidade pública ou privada dispensa

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO OSAMARANTEBRAGAREGULAMENT INTERNODOAGRUPAMENTODEESCO. Anexo I ASCARLOSAMARANTEBRAGAREGUL

REGULAMENTO INTERNO OSAMARANTEBRAGAREGULAMENT INTERNODOAGRUPAMENTODEESCO. Anexo I ASCARLOSAMARANTEBRAGAREGUL EGULAMENTOINTERNODOAGRUPA ENTODEESCOLASCARLOSAMARANT BRAGAREGULAMENTOINTERNODOA RUPAMENTODEESCOLASCARLOSAM RANTEBRAGAREGULAMENTOINTER ODOAGRUPAMENTODEESCOLASCAR REGULAMENTO INTERNO OSAMARANTEBRAGAREGULAMENT

Leia mais

ESCOLA DE TROPAS PÁRA QUEDISTAS

ESCOLA DE TROPAS PÁRA QUEDISTAS RELAÇÃO DE PÁRA-QUEDISTAS MILITARES 2853 FRANCISCO GONÇALVES BORDEIRA 1 2854 AMÉRICO ARMANDO SILVA 1 2855 ANTÓNIO JOSÉ LIMA PIRES 1 2856 JOAQUIM MARQUES JAIME 1 2857 EDMUNDO JOSÉ GODINHO 1 2858 HERMENEGILDO

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE VILA DO PORTO

JUNTA DE FREGUESIA DE VILA DO PORTO ANEXO II Formulário de candidatura a Contrato-Programa A preencher pela Junta de Freguesia DATA DE ENTRADA / / A preencher pela Junta de Freguesia DELIBERAÇÃO DA JUNTA: APROVADO NÃO APROVADO DATA / / ASSINATURA

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PÁSCOA, VERÃO E NATAL EM ATIVIDADE

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PÁSCOA, VERÃO E NATAL EM ATIVIDADE MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE POIARES CÂMARA MUNICIPAL DAG Desporto, Juventude e Associativismo NORMAS DE FUNCIONAMENTO PÁSCOA, VERÃO E NATAL EM ATIVIDADE NORMAS GERAIS DE FUNCIONAMENTO Nota introdutória O

Leia mais

O município deverá solicitar senha pelos telefones: (61) , 4165, 4253, 4318, 4879, 4933

O município deverá solicitar senha pelos telefones: (61) , 4165, 4253, 4318, 4879, 4933 A Secretaria de Educação deverá enviar um ofício solicitando as indicações das respectivas entidades: Reunir os eleitos em reunião específica para a posse e eleição do presidente e do vice-presidente,

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE PROTEÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS DE FRONTEIRA

REGULAMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE PROTEÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS DE FRONTEIRA REGULAMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE PROTEÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS DE FRONTEIRA Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º 1. A Lei de Proteção de Crianças e Jovens em Perigo, nº 147/99, de 1 de Setembro, regula

Leia mais

COMISSÃO DE ECONOMIA E OBRAS PÚBLICAS ATA NÚMERO 147/XII/ 2.ª SL

COMISSÃO DE ECONOMIA E OBRAS PÚBLICAS ATA NÚMERO 147/XII/ 2.ª SL Aos 19 dias do mês de junho de 2013, pelas 09:30 horas, reuniu a Comissão de Economia e Obras Públicas, na sala 1 do Palácio de S. Bento, na presença dos Senhores Deputados constantes da folha de presenças

Leia mais

Calendário Escolar. Jardim de Infância. Prof. António José Ganhão. Períodos Início Termo. Interrupções. Agrupamento de Escolas de Samora Correia

Calendário Escolar. Jardim de Infância. Prof. António José Ganhão. Períodos Início Termo. Interrupções. Agrupamento de Escolas de Samora Correia Calendário Escolar Agrupamento de Escolas de Samora Correia Jardim de Infância Períodos Início Termo Prof. António José Ganhão 1º 13/09/2010 24/12/2010 2º 03/01/2011 14/04/2011 3º 26/04/2011 05/07/2011

Leia mais

Segunda-feira, 25 de Agosto de 2014 II Série A Número 2 DIÁRIO. da Assembleia Nacional SUMÁRIO

Segunda-feira, 25 de Agosto de 2014 II Série A Número 2 DIÁRIO. da Assembleia Nacional SUMÁRIO Segunda-feira, 25 de Agosto de 2014 II Série A Número 2 DIÁRIO da Assembleia Nacional IX LEGISLATURA (2010-2014) 8.ª SESSÃO LEGISLATIVA SUMÁRIO Despachos do Gabinete do Presidente da Assembleia Nacional:

Leia mais

cm LV o /fáfl ACTA N. 241X111 Teve lugar no dia catorze de Dezembro do ano de dois mil e dez, a sessão

cm LV o /fáfl ACTA N. 241X111 Teve lugar no dia catorze de Dezembro do ano de dois mil e dez, a sessão Comissão Nacional de Eleições Teve lugar no dia catorze de Dezembro do ano de dois mil e dez, a sessão sita na Av. D. Carlos 1, n. 128 70 número vinte e quatro da Comissão Nacional de Eleições, na sala

Leia mais

RELATÓRIO DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA FENACRIA

RELATÓRIO DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA FENACRIA RELATÓRIO DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA FENACRIA Curitiba, 23 de outubro de 2015 REUNIÃO DA FRENTE PARLAMENTAR DE MOBILIZAÇÃO NACIONAL PRÓ- CRIANÇA E ADOLESCENTE Data: 23 de outubro de 2015 Horário: 10hs. Local:

Leia mais

Convocatória. - Treinadores Nível II Sede UVP/FPC Rua de Campolide Lisboa Dia 23 de Outubro 2010 Entre as 10:00 e as 13:00

Convocatória. - Treinadores Nível II Sede UVP/FPC Rua de Campolide Lisboa Dia 23 de Outubro 2010 Entre as 10:00 e as 13:00 Convocatória Somos a informar o resultado das eleições realizadas nos dias 16 e 17 de Outubro, para os Delegados Votantes à Assembleia-geral. (ver anexo) Considerando os casos de empates existentes, vimos

Leia mais

Ata de reunião nº 5 9 de janeiro de 2015

Ata de reunião nº 5 9 de janeiro de 2015 Ata de reunião nº 5 9 de janeiro de 2015 Aos nove dias de janeiro de dois mil e quinze, pelas catorze horas e quarenta minutos, reuniu, na Sala de Reuniões da Divisão de Estudos e Projetos da Câmara Municipal

Leia mais

Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira

Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira 2015 As tabelas seguintes contêm a lista das entidades que, em 2015, integravam o subsector institucional da Administração

Leia mais

LISTA DOS CORPOS GERENTES DA AECOPS

LISTA DOS CORPOS GERENTES DA AECOPS LISTA DOS CORPOS GERENTES DA AECOPS MESA DA ASSEMBLEIA GERAL Secretários JOAQUIM CARLOS RAMALHÃO FORTUNATO, em representação de MSF - Moniz da Maia, Serra & Fortunato - Empreiteiros, SA GABRIEL ENCARNAÇÃO

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DO PORTO

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DO PORTO APROVADO 10 de Novembro de 2011 O Presidente, ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DO PORTO (Paulo Parente) REGULAMENTO DA UNIESEP Capítulo I Disposições gerais Artigo 1.º Objecto e âmbito O presente regulamento

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO EXTRAORDINÁRIO. INSTITUTO FEDERAL Minas Gerais. Publicado em Lei nº 4965 de Janeiro 2016 Nº 1

BOLETIM DE SERVIÇO EXTRAORDINÁRIO. INSTITUTO FEDERAL Minas Gerais. Publicado em Lei nº 4965 de Janeiro 2016 Nº 1 BOLETIM DE SERVIÇO EXTRAORDINÁRIO Publicado em 26 01 2016 Lei nº 4965 de 05 05 1966 Janeiro 2016 Nº 1 INSTITUTO FEDERAL Minas Gerais Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica

Leia mais

ASSEMBLEIA NACIONAL. Deliberação nº8/vi/01 de 31 de Maio da Mesa da Assembleia Nacional. Artº. 1º (Aprovação) Artº. 2º (Entrada em vigor)

ASSEMBLEIA NACIONAL. Deliberação nº8/vi/01 de 31 de Maio da Mesa da Assembleia Nacional. Artº. 1º (Aprovação) Artº. 2º (Entrada em vigor) ASSEMBLEIA NACIONAL Deliberação nº8/vi/01 de 31 de Maio da Mesa da Assembleia Nacional Artº. 1º (Aprovação) É aprovado ao abrigo da alínea c) do nº 1 do artº. 30º do Regimento da Assembleia Nacional o

Leia mais

Estatutos para associações, clubes e colectividades

Estatutos para associações, clubes e colectividades Estatutos para associações, clubes e colectividades Artigo 1.º Designação e Objectivos O/A (nome da colectividade ou associação), adiante designada por (sigla) é uma associação de fins (concretização dos

Leia mais

Município de Vila Nova de Poiares Natal em Atividade. MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE POIARES CÂMARA MUNICIPAL DAG Desporto, Juventude e Associativismo

Município de Vila Nova de Poiares Natal em Atividade. MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE POIARES CÂMARA MUNICIPAL DAG Desporto, Juventude e Associativismo MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE POIARES CÂMARA MUNICIPAL DAG Desporto, Juventude e Associativismo NATAL EM ATIVIDADE NORMAS GERAIS DE FUNCIONAMENTO Nota introdutória A Câmara Municipal pretende desenvolver programas

Leia mais

43ª Sessão da Câmara Municipal de Viradouro, 16ª Legislatura, em 29 de agosto de 2016.

43ª Sessão da Câmara Municipal de Viradouro, 16ª Legislatura, em 29 de agosto de 2016. 213 43ª Sessão da Câmara Municipal de Viradouro, 32ª Sessão Extraordinária, do 4º ano da 16ª Legislatura, em 29 de agosto de 2016. Aos 29 (vinte e nove) dias do mês de agosto de 2016 (dois mil e dezesseis),

Leia mais

APROVAÇÕES JUNTA DE FREGUESIA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA

APROVAÇÕES JUNTA DE FREGUESIA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA L sa Regulamento de Apoio Financeiro ao Movimento Associativo da Freguesia das Alcáçovas APROVAÇÕES JUNTA DE FREGUESIA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA Junta de Freguesia das Alcáçovas Abril 2010 INTRODUÇÃO O movimento

Leia mais

ESCOLA DE TROPAS PÁRA-QUEDISTAS

ESCOLA DE TROPAS PÁRA-QUEDISTAS RELAÇÃO DE PÁRA-QUEDISTAS MILITARES 43160 NELSON DA SILVA LÉ 1 43161 MARCO PAULO SALVADOR SANTOS 1 43162 JOSÉ ANTÓNIO LOPES MARQUES 1 43163 MARIA JULIA DE SÁ FARIA ABREU 1 43164 FRANCISCO DUARTE DA GRAÇA

Leia mais

PROCESSO N.º 421/08 PROTOCOLO N.º /07 PARECER N.º 487/08 APROVADO EM 06/08/08

PROCESSO N.º 421/08 PROTOCOLO N.º /07 PARECER N.º 487/08 APROVADO EM 06/08/08 PROTOCOLO N.º 9.502.999-0/07 PARECER N.º 487/08 APROVADO EM 06/08/08 CÂMARA DE ENSINO FUNDAMENTAL INTERESSADA: ESCOLA BRANCA DE NEVE - EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL MUNICÍPIO: SÃO SEBASTIÃO DA

Leia mais

REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO FERNANDO NAMORA DE CONDEIXA-A-NOVA

REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO FERNANDO NAMORA DE CONDEIXA-A-NOVA CÓDIGO DA ESCOLA 404457 CONTRIBUINTE Nº: 600074129 RUA LONGJUMEAU 3150-122 CONDEIXA-A-NOVA Telf.: 239940200 Fax: 239941090 Email: info@eps-condeixa-a-nova.rcts.pt REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR

Leia mais

Regulamento do processo eleitoral para o Conselho Geral Transitório

Regulamento do processo eleitoral para o Conselho Geral Transitório Regulamento do processo eleitoral para o Conselho Geral Transitório Artigo 1º Objeto 1. O presente Regulamento aplica-se exclusivamente ao processo eleitoral para os membros do Conselho Geral Transitório,

Leia mais

Regulamento. Modelo de Intervenção Integrada do Concelho de Ourique (MII)

Regulamento. Modelo de Intervenção Integrada do Concelho de Ourique (MII) Regulamento Modelo de Intervenção Integrada do Concelho de Ourique (MII) Regulamento Modelo de Intervenção Integrada Nota justificativa O Modelo de Intervenção Integrada surge no âmbito da Rede Social,

Leia mais

PROCESSO Nº 750/15 PROTOCOLO Nº PARECER CEE/CEMEP Nº 531/15 APROVADO EM 21/10/15

PROCESSO Nº 750/15 PROTOCOLO Nº PARECER CEE/CEMEP Nº 531/15 APROVADO EM 21/10/15 PROTOCOLO Nº 13.650.733-8 PARECER CEE/CEMEP Nº 531/15 APROVADO EM 21/10/15 CÂMARA DO ENSINO MÉDIO E DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL DO CAMPO HENRIQUE DENCK

Leia mais

Câmara Municipal. Município de Alenquer. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer,

Câmara Municipal. Município de Alenquer. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer, Departamento de Urbanismo Município de Alenquer Câmara Municipal REGISTO DE ENTRADA Nº Em / / Proc. N.º / / O Func. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer, EMISSÃO DE ALVARÁ DE OBRAS DE

Leia mais

CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EFECTUADOS NO ANO DE 2013

CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EFECTUADOS NO ANO DE 2013 CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EFECTUADOS NO ANO DE 2013 Contrato de prestação de serviços em regime de tarefa programa escolhas - técnico superior de serviço social adjudicado a ANA RITA DA SILVA

Leia mais

Item 1 Jaleco ¾ Unissex Quantidade: Empresa Valor Unitário R$ Valor Global (R$) por 1.814

Item 1 Jaleco ¾ Unissex Quantidade: Empresa Valor Unitário R$ Valor Global (R$) por 1.814 Ata de sessão pública da Seleção de Fornecedores de proteção individual EPI s (Jaleco, Camiseta, Mochila, Boné, Avental, Camisa Pólo, Agasalho) que serão utilizados pelos serviços de saúde desenvolvidos

Leia mais

CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL CAPÍTULO I. Objeto. CAPÍTULO II Abertura do processo eleitoral

CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL CAPÍTULO I. Objeto. CAPÍTULO II Abertura do processo eleitoral CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL CAPÍTULO I Objeto Artigo 1.º Objeto O presente Regulamento estabelece as normas aplicáveis ao processo de eleição dos representantes dos alunos e dos pais e encarregados

Leia mais

PLANO TIC 1

PLANO TIC 1 2015-2016 PLANO TIC 1 Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres Estrada Nacional n.º 16 6370-147 Fornos de Algodres Tel.: 271700110 Fax: 271700118 www.ae-fa.pt e-mail: aefa.og@ae-fa.pt 2 Equipa PTE

Leia mais

ANTES DA ORDEM DO DIA

ANTES DA ORDEM DO DIA Agenda da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Lamego "Segunda-Feira, 11 de maio de 2015" ANTES DA ORDEM DO DIA 01- Resumo de receita e despesa do Bar da Câmara e do Bar do Cais de Bagaúste Informação

Leia mais

Plano anual de atividades

Plano anual de atividades Plano anual de atividades Ano lectivo: 2014-2015 A Direção Pedagógica da Escola Profissional de Tecnologia e Eletrónica ESTEL, perseguindo o seu objetivo fundamental de contribuir para a educação, formação

Leia mais

A associação tem como fim...

A associação tem como fim... ASSOCIAÇÃO Artigo 1.º Denominação, sede e duração 1. A associação, sem fins lucrativos, adopta a denominação, e tem a sede na, freguesia de, concelho de e constitui-se por. 2. A associação tem o número

Leia mais

PROJETO DE APOIO À EDUCAÇÃO FÍSICA NO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

PROJETO DE APOIO À EDUCAÇÃO FÍSICA NO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO PROJETO DE APOIO À EDUCAÇÃO FÍSICA NO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO 25-Set-2012 1. FUNDAMENTAÇÃO DO PROJETO Garantir o cumprimento do Currículo do 1º Ciclo, no que respeita à área da Expressão e Educação Físico-Motora;

Leia mais