ACTA N.º

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ACTA N.º"

Transcrição

1 ACTA N.º Aos dezanove dias do mês de Janeiro do ano de dois mil e seis, pelas quinze horas, no edifício da Biblioteca Municipal de Ponte de Sor, compareceram os seguintes elementos que constituem o Conselho Municipal de Educação de Ponte de Sor: JOÃO JOSÉ DE CARVALHO TAVEIRA PINTO, Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor; JOAQUIM MARUJO HENRIQUES, Primeiro Secretário da Assembleia Municipal de Ponte de Sor, representante designado pelo Presidente da Assembleia Municipal; LUÍS MANUEL GARCIA LARANJEIRA, Vereador responsável pela Educação da Câmara Municipal de Ponte de Sor; ANTÓNIO CORREIA CONSTANTINO, Representante das Juntas de Freguesia, do concelho; PAULO MANUEL ALFAIATE PIRES, Coordenador Educativo do Alto Alentejo Oeste, representante da Direcção Regional de Educação; MARIA DA CONCEIÇÃO FERNANDES RODRIGUES DE MATOS, representante do pessoal docente do Ensino Secundário Público de Ponte de Sor; MANUEL ILDEFONSO NOGUEIRA MARTINS, representante do pessoal docente do Ensino Básico Público de Ponte de Sor; ANA MARIA DE ANDRADE FERREIRA CRUZ, representante do pessoal docente da Educação Pré-Escolar pública de Ponte de Sor; JOSÉ CRISTÓVÃO TRAVASSOS ESPADA, representante das Associações de Pais e Encarregados de Educação de Montargil; PEDRO FILIPE MATOS LOPES, representante das Instituições Particulares de Solidariedade Social que desenvolvem actividade na área da educação em Ponte de Sor; ANTÓNIO JOSÉ FARIA DE PAULA CAMPOS, Delegado de Saúde de Ponte de Sor, representante dos Serviços Públicos de Saúde; ROSA FLORINDA CANDEIAS RAMOS, representante dos Serviços de Segurança Social de Ponte de Sor; SANDRA MARIA SIAS CARDOSO, Directora do Centro de Emprego de Ponte de Sor, representante dos Serviços Públicos de Emprego e Formação Profissional; RICARDO VICENTE DA GRAÇA, representante dos Serviços Públicos na Área da Juventude e do Desporto; JOÃO PAULO GONÇALVES DOS SANTOS, representante das Forças de Segurança; Posteriormente, entrou-se no período de Antes da Ordem do Dia de acordo com o n.º 4 do artigo 14º do Regimento Interno do Conselho Municipal de Educação, no qual foram tratados os seguintes assuntos: Breve introdução pelo Presidente da Câmara Municipal sobre o estado da Educação no nosso concelho, onde refere a disponibilidade da autarquia para colaborar e assumir as suas responsabilidades que lhe estão instituídas legalmente e todas aquelas que entende que constituem uma responsabilidade para com as crianças, na promoção de igualdade de oportunidades e na promoção do seu desenvolvimento e sucesso escolar e a exigir o mesmo tipo de colaboração do corpo docente das escolas que o integram ACTAS DO CMEPS 1

2 -----Neste sentido a Prof. Conceição Matos representante do pessoal docente do ensino secundário referiu que foi convidada pela Ministra da Educação, para uma reunião onde estavam representadas as 35 melhores escolas do país no que diz respeito à organização, à autonomia, a uma boa gestão entre outras características do funcionamento da escola e foram convidados a integrar um grupo de escolas que irão realizar contratos de autonomia, no próximo ano lectivo, nos quais a colaboração da Autarquia se torna muito importante, solicitando desde já o seu apoio No seguimento desta intervenção o Professor Manuel Martins representante do pessoal docente do ensino básico e a Educadora Ana Maria, representante do pessoal docente da educação pré-escolar, manifestam a sua disponibilidade e a do corpo de docentes que representam, para colaborar da melhor forma com a autarquia, no sentido de proporcionar um ensino de qualidade no nosso concelho. Salientaram ainda a disponibilidade que a autarquia tem manifestado até aqui na resolução de muitos dos problemas apresentados pelas escolas Posteriormente às intervenções do senhor Presidente e das intervenções dos senhores professores o Vereador sugeriu a designação de um Secretário para garantir a realização das actas das reuniões, convocatórias, redacção de pareceres e outros documentos necessários para análise do CMEPS e de um administrativo que dê apoio ao mesmo. A este respeito o Vereador designou como Secretária a Técnica Superior de Educação da Câmara Municipal de Ponte de Sor, Susana Isabel Henriques Pita Esculcas com o parecer favorável dos elementos do CMEPS a qual será coadjuvada por um administrativo a designar pelos serviços De seguida deu-se início ao período de Ordem do Dia para o qual a reunião foi convocada PONTO N.º 1 - Apreciação e Aprovação do Regimento Interno do CMEPS; No que diz respeito ao Regimento Interno do CMEPS, depois da leitura e apreciação do mesmo, os elementos do Conselho Municipal de Educação de Ponte de Sor presentes, aprovaram por unanimidade o seu Regimento Interno o qual produz efeitos a partir da presente data PONTO N.º 2 - Constituição do Grupo de Trabalho de Acompanhamento e Elaboração da Carta Educativa; Relativamente à Constituição do Grupo de Trabalho de Acompanhamento e Elaboração da Carta Educativa, foram definidos os seguintes elementos do CMEPS: -----PAULO MANUEL ALFAIATE PIRES, Coordenador Educativo do Alto Alentejo Oeste, representante da Direcção Regional de Educação; MARIA DA CONCEIÇÃO FERNANDES RODRIGUES DE MATOS, representante do pessoal docente do Ensino Secundário Público de Ponte de Sor; MANUEL ILDEFONSO NOGUEIRA MARTINS, representante do pessoal docente do Ensino Básico Público de Ponte de Sor; ACTAS DO CMEPS 2

3 -----ANA MARIA DE ANDRADE FERREIRA CRUZ, representante do pessoal docente da Educação Pré-Escolar pública de Ponte de Sor; PEDRO FILIPE MATOS LOPES, representante das Instituições Particulares de Solidariedade Social que desenvolvem actividade na área da educação em Ponte de Sor; ROSA FLORINDA CANDEIAS RAMOS, representante dos Serviços de Segurança Social de Ponte de Sor; SANDRA MARIA SIAS CARDOSO, Directora do Centro de Emprego de Ponte de Sor, representante dos Serviços Públicos de Emprego e Formação Profissional; Foi referido pelo Dr. Henrique que os grupos de trabalho devem de articular com todos os elementos do Conselho Municipal de Educação no sentido destes estarem devidamente informados e poderem dar o seu parecer sobre as situações que lhes são apresentadas O Dr. Paulo Pires sugeriu que estes grupos definam a forma de funcionamento do grupo de trabalho no que diz respeito à definição de uma calendarização, a periodicidade das reuniões e a metodologia de trabalho a adoptar. Sugere ainda que o trabalho realizado nessas reuniões seja analisado e validado no CMEPS para que possa ser um trabalho que conte com a análise e o parecer de todos Ficou agendada uma reunião com o grupo de trabalho para dia 27 de Janeiro pelas 14.30h no edifício dos passos do Município, para definição da forma de funcionamento deste grupo PONTO N.º 3 - Construção do Edifício Escolar do 1º Ciclo do Ensino Básico e Educação Pré- Escolar Relativamente a este ponto o Vereador esclareceu os elementos do CMEPS relativamente, às pretensões da autarquia na construção do novo edifício da Escola do 1º Ciclo e do Pré-Escolar, dando alguns pormenores da sua localização, o número de alunos a abranger e das dificuldades e constrangimentos deste processo, uma vez que para construir o novo edifício será necessário transferir os alunos da escola da Av. do Colégio para outros espaços escolares O vereador solicitou assim a cooperação das escolas ali representadas, no apoio a este processo de transferência, o qual durará pelo menos dois anos lectivos. A esta solicitação os representantes do pessoal docente e das respectivas escolas, manifestaram a sua disponibilidade e cooperação, desenvolvendo todos os esforços possíveis na resolução desta situação PONTO N.º 4 - Emissão de Parecer sobre a alteração à previsão do Plano de Transportes para o ano lectivo 2005/2006; O Conselho Municipal de Educação de Ponte de Sor, emitiu um parecer favorável à alteração à previsão do Plano de Transportes para o ano Lectivo 2005/ Então, nada mais havendo a tratar, e sendo dezassete horas e quinze minutos, deu-se por encerrada a reunião, da qual se lavrou a presente Acta, a qual depois de lida e aprovada será assinada por todos os presentes ACTAS DO CMEPS 3

4 Joaquim Morujo Henriques (Representante da Assembleia Municipal) _ Luís Manuel Garcia Laranjeira (Vereador responsável pela Educação) António Correia Constantino (Representante das Juntas de Freguesia do Concelho) Paulo Manuel Alfaiate Pires (Representante da Direcção Regional da Educação) Maria da Conceição Fernandes Rodrigues de Matos (Representante do Pessoal Docente do Ensino Secundário Público) Manuel Ildefonso Nogueira Martins (Representante do Pessoal Docente do Ensino Básico Público) Ana Maria de Andrade Ferreira Cruz (Representante do Pessoal Docente da Educação Pré-Escolar Pública) José Cristóvão Travassos Espada (Representante das Associações de Pais e Encarregados de Educação) Pedro Filipe Matos Lopes (Representante das IPSS que desenvolvem trabalho na área da Educação) António José Faria de Paula Campos (Representante dos Serviços Públicos de Saúde) Rosa Florinda Candeias Ramos (Representante dos Serviços de Segurança Social) Sandra Maria Sias Cardoso (Representante dos Serviços Públicos de Emprego e Formação Profissional) Ricardo Vicente da Graça (Representante dos Serviços Públicos na área da Juventude e do Desporto) João Paulo Gonçalves dos Santos (Representante das Forças de Segurança) Susana Isabel Henriques Pita Esculcas (Secretária Designada) _ João José de Carvalho Taveira Pinto (Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor) ACTAS DO CMEPS 4

5 ACTAS DO CMEPS 5

ATA N.º

ATA N.º -------------------------------------------------- ATA N.º 6 ------------------------------------------------------- -----Ao primeiro dia do mês de Março do ano de dois mil e doze, pelas dezasseis horas,

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA FLOR PREÂMBULO A Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro, diploma que estabelece, entre outros, o regime jurídico das autarquias locais, veio atribuir, no

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE VISEU. Ata n.º 3. Plenário de 31 de outubro de 2014

CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE VISEU. Ata n.º 3. Plenário de 31 de outubro de 2014 CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE VISEU Ata n.º 3 Plenário de 31 de outubro de 2014 Ao trigésimo primeiro dia do mês de outubro de 2014 teve lugar, na Escola Secundária Emídio Navarro, o terceiro Plenário

Leia mais

Reunião de 28/10/2009

Reunião de 28/10/2009 ACTA DA PRIMEIRA REUNIÃO DO EXECUTIVO MUNICIPAL DE VILA DO PORTO, REALIZADA NO DIA 28 DE OUTUBRO DE 2009, APÓS A TOMADA DE POSSE OCORRIDA A 23 DE OUTUBRO E COM A COMPOSIÇÃO RESULTANTE DAS ELEIÇÕES DE 11

Leia mais

Actas da Associação Cultural, Recreativa, Desportiva, e Social Maljoga de Proença-a- ova

Actas da Associação Cultural, Recreativa, Desportiva, e Social Maljoga de Proença-a- ova ACTA DA ELEIÇÃO DOS CORPOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO CULTURAL, RECREATIVA, DESPORTIVA E SOCIAL DA MALJOGA PROENÇA-A-NOVA TRIÉNIO DE 2010-2012 ---- Aos dezasseis dias do mês de Agosto de dois mil e nove, reuniu-se

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL. Acta N.º12

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL. Acta N.º12 CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL Acta N.º12 Aos vinte e oito dias do mês de Outubro do ano de dois mil e nove, pelas quinze horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Brás de

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ CÂMARA MUNICIPAL DA COVILHÃ TEXTO DEFINITIVO DA ATA Nº 25/ 2016 Da reunião extraordinária realizada, por força da aplicação do preceito contido no artigo 51.º do Regime Jurídico das Autarquias Locais,

Leia mais

F R E G U E S I A D E S I N E S ATA Nº18/2015

F R E G U E S I A D E S I N E S ATA Nº18/2015 ATA Nº18/2015 Aos trinta dias do mês de julho do ano de dois mil e quinze, nesta Cidade de Sines e sala de reuniões da Freguesia de Sines, sito no Largo Ramos da Costa nº 21 B, teve lugar a reunião pública

Leia mais

Capítulo I. Definição, Objecto e Objectivos da RBAL. Cláusula 1.ª. Definição. Cláusula 2.ª. Objecto. Cláusula 3.ª. Objectivos

Capítulo I. Definição, Objecto e Objectivos da RBAL. Cláusula 1.ª. Definição. Cláusula 2.ª. Objecto. Cláusula 3.ª. Objectivos PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO Preâmbulo A Rede de Bibliotecas de Alcochete, adiante designada RBAL, visa a prossecução de uma dinâmica de trabalho colaborativo quer ao nível da organização, gestão e disponibilização

Leia mais

Acta da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Figueira Castelo Rodrigo, realizada no dia sete de Abril de dois mil e oito.

Acta da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Figueira Castelo Rodrigo, realizada no dia sete de Abril de dois mil e oito. Acta da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Figueira Castelo Rodrigo, realizada no dia sete de Abril de dois mil e oito. ------ Aos sete dias do mês de Abril do ano de dois mil e oito, pelas quinze

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ CÂMARA MUNICIPAL DA COVILHÃ TEXTO DEFINITIVO DA ACTA Nº 3-A/0 Da reunião extraordinária realizada no dia 2 de Novembro de 200, iniciada às 09:20 horas e concluída às 09:2 horas. Sumário: Abertura Aprovação

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL COMISSÃO PERMANENTE DE ASSUNTOS SOCIAIS

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL COMISSÃO PERMANENTE DE ASSUNTOS SOCIAIS COMISSÃO PERMANENTE DE ASSUNTOS SOCIAIS RELATÓRIO E PARECER AO PROJECTO DE DECRETO-LEI QUE REGULAMENTA OS CONSELHOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO E APROVA O PROCESSO DE ELABORAÇÃO DA CARTA EDUCATIVA, TRANSFERINDO

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA NOVE DE DEZEMBRO

ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA NOVE DE DEZEMBRO Acta n.º 27 ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA NOVE DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E CATORZE. ------------------ ------- Aos nove dias de mês de Dezembro do ano de dois mil e catorze, na Sala de

Leia mais

REGULAMENTO, CONSTITUIÇÃO E CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO DESPORTO PREÂMBULO

REGULAMENTO, CONSTITUIÇÃO E CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO DESPORTO PREÂMBULO REGULAMENTO, CONSTITUIÇÃO E CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO DESPORTO PREÂMBULO As Autarquias, devido à sua proximidade com a população, são os órgãos de poder que mais facilmente poderão desenvolver condições

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Oito de maio de dois mil e doze

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Oito de maio de dois mil e doze REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA AT A N º 13/2012 - M AI O --- DATA DA REUNIÃO: Oito de maio de dois mil e doze. ----------------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala

Leia mais

MINUTA DA ACTA n.º 19/2011

MINUTA DA ACTA n.º 19/2011 MINUTA DA ACTA n.º 19/2011 Minuta da Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, realizada no dia 16 DE AGOSTO DE 2011. Aos dezasseis dias do mês de Agosto de 2011, em

Leia mais

ACTA N.º 21/2002 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 15 / 10 / 2002 RESUMO DIÁRIO DE TESOURARIA REFERENTE AO DIA 14 / 10 / 2002

ACTA N.º 21/2002 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 15 / 10 / 2002 RESUMO DIÁRIO DE TESOURARIA REFERENTE AO DIA 14 / 10 / 2002 CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO ALENTEJO ACTA N.º 21/2002 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 15 / 10 / 2002 PRESENÇAS PRESIDENTE : ESTÊVÃO MANUEL MACHADO PEREIRA VEREADORES : JOÃO LUIS BATISTA PENETRA MANUEL

Leia mais

CÂMARA MU ICIPAL COVILHÃ

CÂMARA MU ICIPAL COVILHÃ CÂMARA MU ICIPAL DA COVILHÃ TEXTO DEFINITIVO DA ACTA Nº 18/07 Da reunião extraordinária realizada no dia 27 de Novembro de 2007, iniciada às 09:10 horas e concluída às 09:30 horas. Sumário: Abertura Aprovação

Leia mais

a. O Conselho Pedagógico é composto por docentes e discentes, eleitos pelos membros de cada um dos respectivos cursos.

a. O Conselho Pedagógico é composto por docentes e discentes, eleitos pelos membros de cada um dos respectivos cursos. Regulamento Interno do Conselho Pedagógico da ESAP (Nº de Membros para o biénio 2013/2015: 14) Aprovado por unanimidade na reunião de 27.02.2014 1. Funcionamento a. O Conselho Pedagógico é composto por

Leia mais

REGULAMENTO PROVISÓRIO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA

REGULAMENTO PROVISÓRIO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA REGULAMENTO PROVISÓRIO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA PREÂMBULO A Lei nº. 33/98, de 18 de Julho, veio criar os Conselhos Municipais de Segurança, qualificando-os de entidades de natureza consultiva,

Leia mais

Regimento Interno. Departamento da Educação pré escolar

Regimento Interno. Departamento da Educação pré escolar AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE 161718 Regimento Interno do Departamento da Educação pré escolar 2013//2014 Constituição do departamento O departamento curricular da educação pré-escolar é constituído

Leia mais

Acta da Primeira Reunião da Assembleia de Freguesia de Enxames, realizada no dia 30 de Outubro de 2009.

Acta da Primeira Reunião da Assembleia de Freguesia de Enxames, realizada no dia 30 de Outubro de 2009. Acta da Primeira Reunião da Assembleia de Freguesia de Enxames, realizada no dia 30 de Outubro de 2009. ACTA DA PRIMEIRA REUNIÃO DE FUNCIONAMENTO DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE ENXAMES MANDATO DE 2009/2013

Leia mais

- Telmo Lopes da Silva Ferraz, empresário, residente na Av. Dr. José Henriques

- Telmo Lopes da Silva Ferraz, empresário, residente na Av. Dr. José Henriques ----Aos vinte e um dias do mês de outubro do ano de dois mil e treze, nesta cidade de Marinha Grande e no Salão Nobre do edifício da Câmara Municipal da Marinha Grande, onde o Sr. Telmo Lopes da Silva

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOGADOURO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE DOCENTES DO PRÉ - ESCOLAR

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOGADOURO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE DOCENTES DO PRÉ - ESCOLAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOGADOURO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE DOCENTES DO PRÉ - ESCOLAR Ano Letivo: 2012 / 2013 ÍNDICE CAPÍTULO I PÁG. ÂMBITO 3 CAPÍTULO I I Conselho de Docentes 3 CAPÍTULO III Competências

Leia mais

Município de São Vicente

Município de São Vicente Ata do júri para seleção dos candidatos e atribuição de Bolsas de Estudo Ano Letivo 2015/2016 Aos vinte e três dias do mês de novembro do ano dois mil e quinze pelas 14 horas, reuniu no Salão Nobre da

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO

CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO ATA N.º 27/2013 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA VINTE E NOVE DE OUTUBRO DE DOIS MIL E TREZE (Contém 7 folhas) MEMBROS PRESENTES: PRESIDENTE José Gabriel do Álamo de Meneses-------------

Leia mais

Regulamento de Cooperação CAPÍTULO I. Da Natureza, Objecto e Objectivos da RBA. Artigo 1º. Natureza. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º.

Regulamento de Cooperação CAPÍTULO I. Da Natureza, Objecto e Objectivos da RBA. Artigo 1º. Natureza. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º. Regulamento de Cooperação A rede de Bibliotecas de Arraiolos adiante designada RBA, foi criada pelo acordo de cooperação número oitenta e cinco de dois mil e onze e pelo protocolo assinado entre a Câmara

Leia mais

ATA N.º

ATA N.º ---------------------------------------------------- ATA N.º 8 ------------------------------------------------------- -----Aos dezasseis dias do mês de abril do ano dois mil e treze, pelas quinze horas

Leia mais

Regimento dos Representantes dos Pais e Encarregados de Educação da Turma

Regimento dos Representantes dos Pais e Encarregados de Educação da Turma Regimento dos Representantes dos Pais e Encarregados de Educação da Turma.é nomeado/eleito na primeira reunião de Pais e Encarregados de Educação da Turma; Tem participação nos Conselhos de Turma; É a

Leia mais

MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DO SERVIÇO MUNICIPAL DE PROTECÇÃO CIVIL

MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DO SERVIÇO MUNICIPAL DE PROTECÇÃO CIVIL MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DO SERVIÇO MUNICIPAL DE PROTECÇÃO CIVIL Edital n.º 82/2000 (2.ª série). AP. Carlos Alberto Pinto de Oliveira, presidente da Câmara Municipal da Azambuja: Torna público

Leia mais

- - - Aos vinte e um dias do mês de Dezembro do ano dois mil, no Auditório do Castelo de

- - - Aos vinte e um dias do mês de Dezembro do ano dois mil, no Auditório do Castelo de - - - Aos vinte e um dias do mês de Dezembro do ano dois mil, no Auditório do Castelo de Santiago da Barra desta cidade de Viana do Castelo, realizou-se uma sessão ordinária da Assembleia Municipal de

Leia mais

Conselho Local de Ação Social de Figueira de Castelo Rodrigo

Conselho Local de Ação Social de Figueira de Castelo Rodrigo REDE SOCIAL Conselho Local de Ação Social de Figueira de Castelo Rodrigo Regulamento Interno [9/04/2014] REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DO CONCELHO DE FIGUEIRA DE CASTELO RODRIGO

Leia mais

C Â M A R A M U N I C I P A L D E G R Â N D O L A EDITAL N.º 83 PUBLICIDADE DAS DELIBERAÇÕES

C Â M A R A M U N I C I P A L D E G R Â N D O L A EDITAL N.º 83 PUBLICIDADE DAS DELIBERAÇÕES PUBLICIDADE DAS DELIBERAÇÕES Carlos Vicente Morais Beato, Presidente da Câmara Municipal de Grândola, no uso da competência que lhe confere a alínea v) do nº 1 do artº 68º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE ACTA N.º 53/2016

JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE ACTA N.º 53/2016 JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE ACTA N.º 53/2016 Ao trigésimo dia do mês de Novembro do ano dois mil e dezasseis, reuniu a Junta de Freguesia de Carnide, nas instalações do Edifício Sede da Junta de Freguesia,

Leia mais

REGULAMENTO DAS VISITAS DE ESTUDO

REGULAMENTO DAS VISITAS DE ESTUDO REGULAMENTO DAS VISITAS DE ESTUDO (Anexo I do Regulamento Interno 2009.13) Uma visita de estudo é uma actividade decorrente do Projecto Educativo do Agrupamento e enquadrável no âmbito do desenvolvimento

Leia mais

Acta n.º 18/ Minuta. Reunião Ordinária, realizada em 29 de Setembro de 2008, pelas 16,30 horas.

Acta n.º 18/ Minuta. Reunião Ordinária, realizada em 29 de Setembro de 2008, pelas 16,30 horas. A Câmara Municipal de Soure deliberou, nos termos do artigo 92.º da Lei n.º 169/99, de 18 de Setembro, aprovar em minuta o texto das seguintes deliberações Ponto 3.. Apreciação da Proposta de Acta de 27.09.2007

Leia mais

REGULAMENTO PROVISÓRIO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA DE ESPINHO

REGULAMENTO PROVISÓRIO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA DE ESPINHO REGULAMENTO PROVISÓRIO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA DE ESPINHO A Lei n.º 33/98, de 18 de Julho, instituiu a figura jurídica dos Conselhos Municipais de Segurança, qualificando-os de entidades de

Leia mais

A Taxa de Insucesso Escolar verificada no Concelho, revela-se bastante elevada quando comparada com a registada a nível nacional. De referir também,

A Taxa de Insucesso Escolar verificada no Concelho, revela-se bastante elevada quando comparada com a registada a nível nacional. De referir também, A Taxa de Insucesso Escolar verificada no Concelho, revela-se bastante elevada quando comparada com a registada a nível nacional. De referir também, o facto de o insucesso escolar aumentar à medida que

Leia mais

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA 1 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 3/2007 - JANEIRO --- DATA DA REUNIÃO: Vinte e nove de Janeiro de dois mil e sete. ------------------ --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala

Leia mais

ACTA DA SEGUNDA REUNIÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REALIZADA EM QUATRO DE MARÇO DE 2005

ACTA DA SEGUNDA REUNIÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REALIZADA EM QUATRO DE MARÇO DE 2005 ACTA DA SEGUNDA REUNIÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REALIZADA EM QUATRO DE MARÇO DE 2005 No dia quatro de Março de 2005, reuniu na Sala de Sessões da Câmara Municipal de Coimbra, o Conselho Municipal

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES ANO SOCIAL 2008/2009

PLANO DE ACTIVIDADES ANO SOCIAL 2008/2009 PLANO DE ACTIVIDADES ANO SOCIAL 2008/2009 As associações de pais visam a defesa e a promoção dos interesses dos seus associados em tudo quanto respeita à educação e ensino dos seus filhos e educandos que

Leia mais

Encontros Temáticos Autonomia das Escolas e Avaliação do Desempenho Docente Parte II Autonomia das Escolas

Encontros Temáticos Autonomia das Escolas e Avaliação do Desempenho Docente Parte II Autonomia das Escolas REGIME JURÍDICO DE AUTONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO Decreto-lei nº 75/2008 de 22 de Abril Maio de 2008 Disposições transitórias e finais (Cap. VIII) [artigos 60º-72º] Disposições transitórias Conselho

Leia mais

REGIMENTO DOS CONSELHOS DE DIRETORES DE TURMA DO 2º e 3º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GERAL E DO ENSINO SECUNDÁRIO (CURSOS CIENTIFICO-HUMANÍSTICOS)

REGIMENTO DOS CONSELHOS DE DIRETORES DE TURMA DO 2º e 3º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GERAL E DO ENSINO SECUNDÁRIO (CURSOS CIENTIFICO-HUMANÍSTICOS) REGIMENTO DOS CONSELHOS DE DIRETORES DE TURMA DO 2º e 3º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GERAL E DO ENSINO SECUNDÁRIO (CURSOS CIENTIFICO-HUMANÍSTICOS) Preâmbulo De acordo com a legislação em vigor e o regulamento

Leia mais

Artigo 1º. Composição. 1. Integram o Conselho Municipal de Segurança de Braga: a) O Presidente da Câmara Municipal de Braga;

Artigo 1º. Composição. 1. Integram o Conselho Municipal de Segurança de Braga: a) O Presidente da Câmara Municipal de Braga; REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA DE BRAGA A lei n.º 33/98, de 18 de Julho veio criar os conselhos municipais de segurança que, segundo a terminologia utilizada pelo legislador, são entidades

Leia mais

REGULAMENTO DO PREÂMBULO

REGULAMENTO DO PREÂMBULO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA DA PÓVOA DE VARZIM PREÂMBULO A Lei n.º 33/98 de 18 de Julho institui os Conselhos Municipais de Segurança, os quais deverão ser criados no âmbito dos Municípios

Leia mais

2. ABERTURA DE PROCEDIMENTO CONCURSAL PROPOSTA N.º 04/2010. (Ponto 3 da Ordem do Dia)

2. ABERTURA DE PROCEDIMENTO CONCURSAL PROPOSTA N.º 04/2010. (Ponto 3 da Ordem do Dia) ---------------------ACTA N..º 10--------------------- REUNIÃO ORDINÁRIA PÚBLICA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 4 DE MARÇO DE 2010: ------------------------------------------------ ---------- No dia quatro de

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA VERDE

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA VERDE REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VILA VERDE Julho de 2015 REGIMENTO DO PREÂMBULO A democraticidade de um sistema ou de um modelo organizacional traduz-se pelo nível e grau de participação

Leia mais

ACTA Nº 04/

ACTA Nº 04/ 1/5 ACTA Nº 04/2009-2013 ACTA DA TERCEIRA REUNIÃO DA SESSÃO ORDINÁRIA DO MÊS DE NOVEMBRO DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ÍLHAVO, REALIZADA NO DIA ONZE DE DEZEMBRO DO ANO DOIS MIL E NOVE. ------ ----- Aos três

Leia mais

MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal ACTA DA 2.ª REUNIÃO DO JÚRI DO PROCEDIMENTO CONCURSAL PARA RECRUTAMENTO DE 1 TÉCNICO SUPERIOR, LICENCIADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS (REF.D), EM REGIME DE CONTRATO

Leia mais

Acta nº 11. Acta nº 11 pg. 1 de 5

Acta nº 11. Acta nº 11 pg. 1 de 5 Acta nº 11 Ao vigésimo dia do mês de Março do ano de dois mil e dez, pelas treze horas e trinta, reuniu, em Assembleia Geral Ordinária, a Associação dos Bolseiros de Investigação Científica, no Foyer do

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência. Direção Regional de Educação do Centro. Escola Secundária de Avelar Brotero Ata

Ministério da Educação e Ciência. Direção Regional de Educação do Centro. Escola Secundária de Avelar Brotero Ata Ministério da Educação e Ciência Direção Regional de Educação do Centro Escola Secundária de Avelar Brotero - 400026 Ata Aos vinte e seis, vinte e sete e vinte e oito dias do mês de Setembro do ano de

Leia mais

Fundação Escola Gest ESCOLA PROFISSIONAL DE HOTELARIA DE MANTEIGAS Centro De Férias Da Sicó - Senhora De Fátima Manteigas

Fundação Escola Gest ESCOLA PROFISSIONAL DE HOTELARIA DE MANTEIGAS Centro De Férias Da Sicó - Senhora De Fátima Manteigas ESTATUTOS DA EPHM Artigo 1.º A Escola Profissional de Hotelaria de Manteigas, adoptou esta designação aquando da sua criação, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 26/89 de 21 de Janeiro, por Contrato Programa

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DO AGRUPAMENTO VERTICAL IRENE LISBOA

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DO AGRUPAMENTO VERTICAL IRENE LISBOA RELATÓRIO DE ACTIVIDADE ANO LECTIVO 2011/2012 Porto, 30 de Novembro de 2012 A. Órgãos Sociais ano lectivo 2011/2012 B. Pais Representantes no Conselho Geral ano lectivo 2011/2012 C. Associados ano lectivo

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA 1 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 19/2002 - JULHO --- DATA DA REUNIÃO: Vinte e três de Julho de dois mil e dois.----------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala das

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE O MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL E O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE O MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL E O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE O MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL E O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO A Lei de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo, lei 147/99, de 1 de Setembro, consagra um

Leia mais

MUNICÍPIO DE VINHAIS CÂMARA MUNICIPAL REUNIÃO ORDINÁRIA DATA: 2004/02/23 ACTA N.º 4/2004

MUNICÍPIO DE VINHAIS CÂMARA MUNICIPAL REUNIÃO ORDINÁRIA DATA: 2004/02/23 ACTA N.º 4/2004 MUNICÍPIO DE VINHAIS CÂMARA MUNICIPAL REUNIÃO ORDINÁRIA DATA: 2004/02/23 ACTA N.º 4/2004 Presenças:------------------------------------------------------------------------------------------------- José

Leia mais

Assembleia Municipal de Fronteira. Reunião Ordinária de 4 de dezembro de 2015

Assembleia Municipal de Fronteira. Reunião Ordinária de 4 de dezembro de 2015 Assembleia Municipal de Fronteira Fl.27 Reunião Ordinária de 4 de dezembro de 2015 ------------------------------------------ ATA Nº. 5/2015 ----------------------------------------- ---Aos quatro dias

Leia mais

Acta número um de dois mil e nove

Acta número um de dois mil e nove Acta número um de dois mil e nove Aos trinta dias do mês de Abril de dois mil e nove, pelas vinte e uma horas realizou-se, na sede da Junta de Freguesia, uma Assembleia ordinária, em que estiveram presentes

Leia mais

COMISSÃO DE DEFESA NACIONAL ACTA NÚMERO 11/XI/1.ª SL

COMISSÃO DE DEFESA NACIONAL ACTA NÚMERO 11/XI/1.ª SL COMISSÃO DE DEFESA NACIONAL ACTA NÚMERO 11/XI/1.ª SL Aos nove dias do mês de Fevereiro de dois mil e dez, pelas catorze horas e trinta minutos, reuniu a Comissão de Defesa Nacional (CDN), na sala cinco

Leia mais

Assembleia Municipal de Fronteira. Reunião Ordinária de 29 de abril de 2016

Assembleia Municipal de Fronteira. Reunião Ordinária de 29 de abril de 2016 Assembleia Municipal de Fronteira Fl. 33 Reunião Ordinária de 29 de abril de 2016 ------------------------------------------ ATA Nº. 2/2016 ----------------------------------------- ---Aos vinte e nove

Leia mais

1.ª Assembleia Geral da SOCIEDADE PORTUGUESA DE SEGURANÇA E HIGIENE OCUPACIONAIS

1.ª Assembleia Geral da SOCIEDADE PORTUGUESA DE SEGURANÇA E HIGIENE OCUPACIONAIS DPS, Escola de Engenharia Universidade do Minho Campus de Azurém 4800-058 Guimarães Sociedade Portuguesa de Segurança e Higiene Ocupacionais 1.ª Assembleia Geral da SOCIEDADE PORTUGUESA DE SEGURANÇA E

Leia mais

Regimento dos Grupos de Recrutamento 300 e 320 Português e Francês

Regimento dos Grupos de Recrutamento 300 e 320 Português e Francês Regimento dos Grupos de Recrutamento 300 e 320 Português e Francês Art.º 1º Composição e competências O Grupo de Recrutamento tem a composição e as competências determinadas pelo Decreto-lei 75/2008 de

Leia mais

Nada mais havendo a tratar, se deu por encerrada esta reunião, cuja Acta vai ser assinada pela Presidente do CLAS. A Presidente do CLAS de Valongo,

Nada mais havendo a tratar, se deu por encerrada esta reunião, cuja Acta vai ser assinada pela Presidente do CLAS. A Presidente do CLAS de Valongo, ACTA N.º 17 Aos vinte dias do mês de Janeiro do ano de dois mil e dez, no Museu Municipal de Valongo, reuniu o Conselho Local de Acção Social de Valongo em sessão plenária ordinária. Estiveram presentes

Leia mais

Agenda Início do ano letivo

Agenda Início do ano letivo Agenda Início do ano letivo 2016 / 2017 Período de funcionamento das aulas de acordo com o horário normal 1º Período Início : 16 de (Pré-escolar e 1º Ciclo) 19 de (2º e 3º Ciclos e E.S) Termo : 16 de dezembro

Leia mais

CONFEDERAÇÃO NACIONAL INDEPENDENTE DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO - CNIPE ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL CONSTITUINTE. PENICHE 19 de Abril de 2008

CONFEDERAÇÃO NACIONAL INDEPENDENTE DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO - CNIPE ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL CONSTITUINTE. PENICHE 19 de Abril de 2008 [ACTA ASSEMBLEIA CONSTITUTIVA ] CONFEDERAÇÃO NACIONAL INDEPENDENTE DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO - ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL CONSTITUINTE PENICHE 19 de Abril de Aos 19 dias do mês de Abril do ano de,

Leia mais

DAF/ID Ata da reunião ordinária de 18 de Janeiro de /6

DAF/ID Ata da reunião ordinária de 18 de Janeiro de /6 MINUTA DA ATA Nº 02 - REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA EM DEZOITO DE JANEIRO DE DOIS MIL E DOZE Aos dezoito dias do mês de janeiro, do ano dois mil e doze, nesta Vila de Vieira do Minho, no Edifício dos Paços

Leia mais

ATA Nº Estiveram presentes os seguintes membros:

ATA Nº Estiveram presentes os seguintes membros: ATA Nº 42 ----- Aos vinte e oito dias do mês de abril do ano de dois mil e dezasseis, pelas 15 horas, realizou-se na Câmara Municipal da Covilhã a quadragésima segunda reunião da Comissão de Defesa da

Leia mais

ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005

ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005 ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005 Aos doze dias do mês de Dezembro do ano de dois mil e cinco, no Salão Nobre dos Paços do Município,

Leia mais

Regimento do Observatório da Qualidade da Escola (OQE) para o quadriénio 2013/ /17

Regimento do Observatório da Qualidade da Escola (OQE) para o quadriénio 2013/ /17 /3 Regimento do Observatório da Qualidade da Escola (OQE) para o quadriénio 2013/14 2016/17 outubro de 2013 SECÇÃO I OBJETO E ÂMBITO Artigo 1 Objeto e âmbito 1. O Observatório da Qualidade da Escola (OQE)

Leia mais

Decreto-Lei n.º 7/2003 de 15 de Janeiro

Decreto-Lei n.º 7/2003 de 15 de Janeiro Decreto-Lei n.º 7/2003 de 15 de Janeiro A concretização da descentralização administrativa constitui um objectivo fundamental do Programa do XV Governo Constitucional, enquanto aposta estratégica no princípio

Leia mais

EXTERNATO DA LUZ. Artigo 1º - Enquadramento Legal

EXTERNATO DA LUZ. Artigo 1º - Enquadramento Legal EXTERNATO DA LUZ REGIMENTO DOS DEPARTAMENTOS CURRICULARES Artigo 1º - Enquadramento Legal O presente regimento dos Departamentos Curriculares pauta-se pelo estipulado nos Decretos-Lei nº75/2008, de 22

Leia mais

Anexo 1. Ficha de Actividades B2

Anexo 1. Ficha de Actividades B2 Anexo 1 Ficha de Actividades B2 FICHA DE ACTIVIDADES B2 Designação MONTAGEM E EXECUÇÃO DE UM DISPOSITIVO DE ENTREVISTAS DE GRUPO (FOCUS GROUP) PARA RECOLHA DE OPINIÕES DE PROFESSORES, ALUNOS, PAIS, PESSOAL

Leia mais

- ACTA N.º 26/2011 -

- ACTA N.º 26/2011 - - ACTA N.º 26/2011 - ---------- Aos vinte e oito dias do mês de Dezembro do ano de dois mil e onze, na Sala de Sessões do Edifício dos Paços do Concelho, reuniu ordinariamente a Câmara Municipal de Aljustrel,

Leia mais

Município de Leiria Câmara Municipal

Município de Leiria Câmara Municipal Município de Leiria Câmara Municipal Divisão Jurídica e Administrativa (DIJA) DELIBERAÇÃO DA REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE 24 DE NOVEMBRO DE 2015 Serviço responsável pela execução da deliberação Divisão

Leia mais

PROPOSTA DE Regulamento do Conselho Municipal de Juventude da Figueira da Foz PREÂMBULO

PROPOSTA DE Regulamento do Conselho Municipal de Juventude da Figueira da Foz PREÂMBULO PROPOSTA DE Regulamento do Conselho Municipal de Juventude da Figueira da Foz PREÂMBULO O Conselho Municipal da Juventude da Figueira da Foz, criado em 7/05/2007, surgiu por iniciativa da Câmara Municipal

Leia mais

Regimento. Conselhos de Turma dos Cursos Profissionais e CEF. Capítulo I Enquadramento, composição e competências. Artigo 1º. Enquadramento.

Regimento. Conselhos de Turma dos Cursos Profissionais e CEF. Capítulo I Enquadramento, composição e competências. Artigo 1º. Enquadramento. Capítulo I Enquadramento, composição e competências Artigo 1º Enquadramento 1. O presente documento estabelece o Regimento Interno de funcionamento dos Profissionais e dos Cursos de Educação e Formação.

Leia mais

EDITAL N.º ED.AG DELIBERAÇÕES DA DÉCIMA SEGUNDA REUNIÃO ORDINÁRIA E PÚBLICA DA CÂMARA MUNICIPAL

EDITAL N.º ED.AG DELIBERAÇÕES DA DÉCIMA SEGUNDA REUNIÃO ORDINÁRIA E PÚBLICA DA CÂMARA MUNICIPAL EDITAL N.º 0033.08.ED.AG DELIBERAÇÕES DA DÉCIMA SEGUNDA REUNIÃO ORDINÁRIA E PÚBLICA DA Para efeitos do disposto no artigo 91º, da Lei 169/99, de 18 de Setembro, com as alterações e revogações introduzidas

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

REGIMENTO INTERNO DO DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR REGIMENTO INTERNO DO DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Quadriénio 2009/2013 ÍNDICE PREÂMBULO...3 Artigo 1º OBJECTO E ÂMBITO...4 Artigo 2º -COMPOSIÇÃO...4 Artigo 3º -QUADRO DE COMPETÊNCIAS...4 Artigo

Leia mais

ACTA Nº 4 Reunião de Direcção Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa 2015/2016

ACTA Nº 4 Reunião de Direcção Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa 2015/2016 ACTA Nº 4 Reunião de Direcção Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa 2015/2016 No terceiro dia do mês de Junho do ano de dois mil e quinze, pelas treze horas, reuniu na sala Ribeiro Santos

Leia mais

ACTA DA SEGUNDA REUNIÃO DA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO DO PROGRAMA DE INICIATIVA COMUNITÁRIA URBAN DOIS LISBOA (VALE DE ALCÂNTARA)

ACTA DA SEGUNDA REUNIÃO DA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO DO PROGRAMA DE INICIATIVA COMUNITÁRIA URBAN DOIS LISBOA (VALE DE ALCÂNTARA) ACTA DA SEGUNDA REUNIÃO DA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO DO PROGRAMA DE INICIATIVA COMUNITÁRIA URBAN DOIS LISBOA (VALE DE ALCÂNTARA) Aos catorze dias do mês de Novembro de dois mil e dois, pelas onze horas

Leia mais

ATA DA ÚNICA REUNIÃO DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ELVAS, REALIZADA NO DIA

ATA DA ÚNICA REUNIÃO DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ELVAS, REALIZADA NO DIA ATA DA ÚNICA REUNIÃO DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ELVAS, REALIZADA NO DIA 16-01-2013 Aos dezasseis dias do mês de janeiro do ano de dois mil e treze, no Edifício dos Paços do Concelho

Leia mais

RESUMO DA ATA Nº 27/2016 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE NOVEMBRO DE 2016

RESUMO DA ATA Nº 27/2016 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE NOVEMBRO DE 2016 RESUMO DA ATA Nº 27/2016 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE NOVEMBRO DE 2016 ------ Em cumprimento do disposto nos n.ºs. 1 e 2, do art.º 56.º, do anexo I, da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, que estabelece

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL (CLAS) Grupo de Trabalho Pessoas Idosas, Envelhecimento e Intergeracionalidade. ATA nº 1

CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL (CLAS) Grupo de Trabalho Pessoas Idosas, Envelhecimento e Intergeracionalidade. ATA nº 1 CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL (CLAS) Grupo de Trabalho Pessoas Idosas, Envelhecimento e Intergeracionalidade ATA nº 1 Data: 24 de fevereiro de 2012 (sexta-feira) Local: Câmara Municipal de Peniche Hora

Leia mais

Autonomia e Gestão Novos Desafios

Autonomia e Gestão Novos Desafios Autonomia e Gestão Novos Desafios Francisco Oliveira Reforço da participação das famílias e comunidades na direcção estratégica da Escola Reforçar a liderança das Escolas Reforço da autonomia das Escolas

Leia mais

Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas. Regulamento da Equipa de Educação Especial e Apoio Educativo

Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas. Regulamento da Equipa de Educação Especial e Apoio Educativo Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas Regulamento da Equipa de Educação Especial e Apoio Educativo Regulamento da Equipa de Educação Especial e Apoio Educativo 1.Educação Especial e Apoio Educativo 1.1.

Leia mais

Ministério da Educação e Ciênci

Ministério da Educação e Ciênci 15127366 ADRIANA COSTA MOREIRA Sim 16 125 13 15 (quinze) Aprovado 13152972 ADRIANA MARLENE MIRANDA FIGUEIRAS Sim 11 041 04 09 (nove) 15030998 ALDA JOÃO ARAUJO ANDRADE Sim 20 192 19 20 (vinte) Aprovado

Leia mais

ACTA DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO CONCELHO DE ALIJÓ DO DIA DEZASSEIS DE NOVEMBRO DE DOIS MIL E NOVE

ACTA DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO CONCELHO DE ALIJÓ DO DIA DEZASSEIS DE NOVEMBRO DE DOIS MIL E NOVE 1 ACTA DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO CONCELHO DE ALIJÓ DO DIA DEZASSEIS DE NOVEMBRO DE DOIS MIL E NOVE --------Aos dezasseis dias do mês de Novembro de dois mil e nove, pelas nove

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E INTERVENÇÃO SOCIAL

CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E INTERVENÇÃO SOCIAL Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Palmela Nota Justificativa Reconhecendo: 1. A juventude como força motriz do desenvolvimento de uma comunidade, região, país, através das suas múltiplas

Leia mais

Ponto sete - Aprovação da planificação das Atividades de Enriquecimento Curricular

Ponto sete - Aprovação da planificação das Atividades de Enriquecimento Curricular ORDEM DE TRABALHOS: Aos vinte e nove dias do mês de outubro do ano de 2015, pelas 18 horas, realizou-se na Escola Básica de São Gonçalo, sede de agrupamento de escolas com a mesma designação, uma reunião

Leia mais

REGIMENTO DA SECÇÃO DE FORMAÇÃO E MONITORIZAÇÃO DA COMISSÃO PEDAGÓGICA

REGIMENTO DA SECÇÃO DE FORMAÇÃO E MONITORIZAÇÃO DA COMISSÃO PEDAGÓGICA REGIMENTO DA SECÇÃO DE FORMAÇÃO E MONITORIZAÇÃO DA COMISSÃO PEDAGÓGICA REGIMENTO DA SECÇÃO DE FORMAÇÃO E MONITORIZAÇÃO DO CENFORMA 2 Artigo 1.º Definição 1. O Regimento Interno da Secção de Formação e

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DO PORTO

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DO PORTO REGULAMENTO DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DO PORTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES INTRODUTÓRIAS ARTº. 1 (NATUREZA, OBJECTIVOS E ORGANIZAÇÃO) 1. O Departamento de Engenharia

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE (MANDATO 2013-2017)

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE (MANDATO 2013-2017) (MANDATO 20132017) ATA DA QUARTA REUNIÃO DE 2014 Aos treze dias do mês de fevereiro do ano dois mil e catorze, pelas dez horas, em cumprimento de convocatória emanada nos termos do disposto no n.º 3 do

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 04/2015 -

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 04/2015 - - ATA N.º 04/2015 - ---------- Aos vinte e cinco dias do mês de junho do ano de dois mil e quinze, no Pavilhão Desportivo de Messejana, reuniu ordinariamente a Assembleia Municipal de Aljustrel, tendo

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE, DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL Diário da República, 1.ª série N.º de Julho de 2009

MINISTÉRIO DO AMBIENTE, DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL Diário da República, 1.ª série N.º de Julho de 2009 4806 Diário da República, 1.ª série N.º 144 28 de Julho de 2009 Torna -se, deste modo, imperioso introduzir algumas alterações ao RAET, tendo em conta que as actividades ligadas ao transporte de objectos

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA DE LOBOS

CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA DE LOBOS ---------------------------- ACTA NÚMERO 24/2004---------------------------- Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, realizada em vinte e cinco de Novembro de dois mil e quatro. --- Aos

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CINFÃES Ano Letivo 2012/2013 REGIMENTO DA COMISSÃO DE AVALIAÇÃO INTERNA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CINFÃES Ano Letivo 2012/2013 REGIMENTO DA COMISSÃO DE AVALIAÇÃO INTERNA REGIMENTO DA COMISSÃO DE AVALIAÇÃO INTERNA Regimento da Comissão de Avaliação Interna Preâmbulo O conteúdo do presente Regimento resulta do desenvolvimento de uma conceção de avaliação justa e cooperativa

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Vale de Ovil. Regimento do Departamento de Ciências Experimentais

Escola Básica e Secundária de Vale de Ovil. Regimento do Departamento de Ciências Experimentais Escola Básica e Secundária de Vale de Ovil Regimento do Departamento de Ciências Experimentais 2013/2016 CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Identificação 1. Este Departamento Curricular adota a

Leia mais

ACTA N.º 45/ ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE CHAMUSCA REALIZADA NO DIA 02 DE NOVEMBRO DE 2009.

ACTA N.º 45/ ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE CHAMUSCA REALIZADA NO DIA 02 DE NOVEMBRO DE 2009. ACTA N.º 45/2009 ------ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE CHAMUSCA REALIZADA NO DIA 02 DE NOVEMBRO DE 2009.-------------- ------Aos dois dias do mês de Novembro do ano dois mil e nove, nesta

Leia mais

J U N T A D E F R E G U E S I A D E S I N E S ACTA Nº06/2011

J U N T A D E F R E G U E S I A D E S I N E S ACTA Nº06/2011 ACTA Nº06/2011 Aos vinte e dois dias do mês de Março do ano de dois mil e onze, nesta Cidade de Sines e sala de reuniões da Freguesia de Sines, sito no Largo Ramos da Costa nº 21 B, teve lugar a reunião

Leia mais

AN-------- Aos sete dias do mês de Fevereiro do ano de dois mil e onze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila

AN-------- Aos sete dias do mês de Fevereiro do ano de dois mil e onze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila AN-------- Aos sete dias do mês de Fevereiro do ano de dois mil e onze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e

Leia mais