Carla Sautchuk Gerente Executiva de Desenvolvimento e Inovação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Carla Sautchuk Gerente Executiva de Desenvolvimento e Inovação"

Transcrição

1 Carla Sautchuk Gerente Executiva de Desenvolvimento e Inovação

2 ENERGIA para nós é muito mais do que fornecer gás natural. É unir forças para IMPULSIONAR pessoas, empresas, um país inteiro em direção a um futuro melhor. Mais de 1,5 milhão de clientes 27% do PIB Presente em estão na área 80 municípios de concessão Mais de 13mil km de rede Mais de 5mil empregos diretos e indiretos

3 E por onde nossa ENERGIA passa? Área de Concessão Metropolitana de São Paulo Região Administrativa de Campinas Baixada Santista Vale do Paraíba Gás Brasiliano Gás Natural São Paulo Comgás 177 CIDADES do estado de São Paulo Juntas representam cerca de 27% DO PIB NACIONAL São responsáveis por 35% DO CONSUMO de energia do país

4 Somos parte da Cosan. Um dos MAIORES grupos econômicos privados do Brasil. Estruturada da seguinte forma: Controladores Em 2012, a Cosan adquiriu 60,69% do nosso capital 61,33% 21,08% Cosan S.A Indústria e Comércia Outros acionistas (free flot) 17,59% Shell Brazil Holding BV + Integral Investments BV

5 SEGURANÇA em todas as nossas operações O compromisso com a segurança é responsabilidade de TODOS. E é nossa chave para o sucesso e resultados em segurança.

6 Canais disponíveis 24 HORAS, 7 DIAS por semana Atendimento emergencial em até 1 HORA Isso porque temos Foco no CLIENTE

7 Nossas REALIZAÇÕES

8 Atendemos mais de CLIENTES

9 1.100 INDÚSTRIAS atendidas Clientes RESIDÊNCIAS MAIS DE CLIENTES comerciais

10 3.527 conversões de veículos para uso de GNV como combustível 196 MILHÕES de m 3 de gás natural veicular distribuídos em 2015

11 EBITDA normalizado pela conta corrente de R$1,4 BILHÃO 924 MILHÕES de M 3 para termogeração

12 127,5 MILHÕES de M 3 distribuídos para o comércio

13 5BILHÕES de M 3 distribuídos no ano 73% dos investimentos destinados à expansão da nossa rede 13 MIL Km de rede no TOTAL

14 Onde estamos? Do seu negócio ao seu carro, estamos em cada momento do seu dia a dia. Residências Comércios Indústrias Veicular > VER APLICAÇÕES > VER APLICAÇÕES > VER APLICAÇÕES > VER APLICAÇÕES

15 < Residências Estamos presentes em casas, prédios e new housing. Levamos energia para os lares de mais de 4 MILHÕES DE BRASILEIROS. Nossas parcerias com grandes construtoras faz com que cerca de 95% dos empreendimentos sejam planejados para receber gás natural.

16 < Comércios Mais de 14mil clientes que consomem juntos 10 MILHÕES de M 3 mensalmente Estamos nos principais ramos: Gastronomia, Clubes, Hotéis, Motéis, Shoppings, Academias e Escolas. Principais Aplicações Cocção Aquecimento de Água Cogeração Climatização

17 Aquecedor de Passagem Aquecedor de Acumulação Caldeira Mural Bomba de calor CHP Sistemas Híbridos

18 Performance de um sistema de aquecimento de água Concepção da melhor solução no desenvolvimento do projeto de sistemas prediais Escolha do tipo de solução de aquecimento + ducha + dispositivos de mistura + tubulações Eficiência na aplicação dos insumos Qualidade da execução Informação da operação adequada e manutenção do sistema para o usuário

19 Aquecedores de passagem Natural: Aparelhos a gás que possuem defletor interno projetado para retirada dos gases de combustão através de arraste natural, sem a necessidade de dispositivos eletromecânicos; Forçada: Aparelhos a gás que possuem dispositivos eletromecânicos internos para retirada dos gases de combustão. Fluxo balanceado: é um aquecedor blindado que possui um duto que utiliza o ar do ambiente externo para a queima e outro que expele o produto da queima para o exterior, podendo este ser de exaustão natural ou forçada Aparelho a gás Potência/Litragem Observações Aquecedor de passagem Indoor Aquecedor de passagem. Outdoor Aquecedor de passagem - Indoor Aquecedor de passagem - outdoor 4,5 l/min TN ou EF 7,5 l/min - TN 6,5 l/min - TN 5 l/min - TN Acionamento com baixíssima pressão (0,7mca) Em desenvolvimento Acionamento com baixa pressão (1,5 mca) com pressurizador embutido Deve ser instalado com pressurizador - Vendido na Argentina para chalés Acionamento com baixíssima pressão (1mca) Em desenvolvimento Aquecedor de passagem - Indoor 6 l/min - TN Acionamento com baixa pressão (2,5 mca) Utilizados no Nordeste Aquecedor de passagem - Indoor 6 l/min - TN Acionamento com baixíssima pressão (0,7mca) Já utilizado no México e Colômbia Aquecedor de passagem - Indoor 7,5 l /min - TN Acionamento com baixíssima pressão 1mca) Com pressurização na entrada da água fria

20 Aquecedor de passagem Uso interno - eletrônico

21 Aquecedor de passagem Uso externo - eletrônico Possibilidade de aplicação em cascata

22 Aquecedor de passagem Cascata

23 Caldeira Mural a gás de condensação Caldeira mural é um produto de dupla função, pois fornece água quente para duchas e torneiras e, simultaneamente, faz o aquecimento de ambiente (calefação) através de piso radiante, toalheiro e radiador.

24 Caldeira Mural a gás de condensação

25 Caldeira Mural (condensing boiler) Connected Homes

26 Aquecedores de acumulação Termostato acende a chama sempre que a temperatura da água atinge um nível abaixo do programado. Dispositivo de segurança que interrompe a passagem de gás em caso de falha na chama. Indicador de temperatura, dá referência ao usuário a temperatura de armazenagem da água. Capacidade de Armazenagem: 80, 120 e 150 litros.

27 Sistema Conjugado e outros

28 Bomba de calor a gás

29 Cogeração a gás natural CHP Combined Heat & Power Painel fotovoltaico bateria

30 Micro CHP Potencial emprego do mchp tipo stirling

31 Case Bioritmo Uso da energia elétrica: condicionamento de ar, iluminação e tomadas, esteiras, cdp e piscina (manutenção de temperatura). Uso do gás: aquecimento de água para duchas e da piscina (startup e dias muito frios).

32 Case Bioritmo Sistemas existentes 6 aquecedores de passagem de 44 l/min ( kcal/h) Melhor oportunidade de mudança da matriz energética do consumidor pela micro cogeração

33 Case Bioritmo Instalação final

34 Desafios para o GN no aquecimento Cultura do aquecimento de água pelo GN; Evolução tecnológica com custos competitivos; Qualificação profissional; Diferentes soluções por tipologia; Sistemas híbridos inteligentes que escolhem o insumo mais eficiente a ser aplicado.

35

ENERGIA para nós é muito mais do que fornecer gás natural.

ENERGIA para nós é muito mais do que fornecer gás natural. ENERGIA para nós é muito mais do que fornecer gás natural. É unir forças para IMPULSIONAR pessoas, empresas, um país inteiro em direção a um futuro melhor. Mais de 1,6 milhão de clientes 27% do PIB Presente

Leia mais

em gás e 25 de clientes no na atualidade eletricidade 18 mil 15 GW GNL 30 BCMs da Espanha Quem somos 3ºoperador mundial de na Espanha

em gás e 25 de clientes no na atualidade eletricidade 18 mil 15 GW GNL 30 BCMs da Espanha Quem somos 3ºoperador mundial de na Espanha Quem somos na atualidade Mais de 20 M 25 de clientes no países mundo Maior companhia integrada em gás e eletricidade 18 mil funcionários Capacidade instalada 3ºoperador mundial de GNL 30 BCMs O Grupo tem

Leia mais

Edição Controladores para Aquecimento

Edição Controladores para Aquecimento Edição 2016 Controladores para Aquecimento Controlador Lógico para Aquecimento Conjugado O Controlador Lógico para Aquecimento Conjugado (CLAC) foi desenvolvido para o controle de sistemas de aquecimento

Leia mais

Bombas pressurizadoras Bosch. Seu banho sempre com a pressão de água ideal.

Bombas pressurizadoras Bosch. Seu banho sempre com a pressão de água ideal. Bombas pressurizadoras Bosch. Seu banho sempre com a pressão de água ideal. www.bosch.com.br/termotecnologia 2 Bombas pressurizadoras com fluxostato Seu banho sempre com a pressão de água ideal PB-88 PB-135

Leia mais

QUE A SUA FAMÍLIA TODO CONFORTO MERECE AQUECEDOR DE ÁGUA A GÁS DE PASSAGEM LINHA AQUECEDOR DE ÁGUA PARA BANHO. O novo grau de conforto.

QUE A SUA FAMÍLIA TODO CONFORTO MERECE AQUECEDOR DE ÁGUA A GÁS DE PASSAGEM LINHA AQUECEDOR DE ÁGUA PARA BANHO. O novo grau de conforto. TO EN AM NÇ LA TODO CONFORTO QUE A SUA FAMÍLIA MERECE AQUECEDOR DE ÁGUA A GÁS DE PASSAGEM LINHA AQUECEDOR DE ÁGUA PARA BANHO O novo grau de conforto. A Rheem é uma empresa multinacional, fundada em São

Leia mais

Aplicação. Onde pode ser aplicado? Edifícios Residenciais

Aplicação. Onde pode ser aplicado? Edifícios Residenciais Obras de Grande Porte 1 Aplicação Onde pode ser aplicado? Edifícios Residenciais 2 Onde pode ser aplicado? Hotéis Aplicação 3 Onde pode ser aplicado? Motéis Aplicação 4 Onde pode ser aplicado? Hospitais

Leia mais

Cogen Gás Comércio & Serviços > eletricidade + vapor + água quente + água fria

Cogen Gás Comércio & Serviços > eletricidade + vapor + água quente + água fria Gás Natural > oferta crescente Bacias de Santos, Espírito Santo, Campos e importação Bolívia e GNL Cogen Gás Indústria > eletricidade + vapor + água quente + água fria + utilidades de processo turbina

Leia mais

Ao proporcionar esse tipo de informação a COMGÁS reafirma o seu compromisso com a segurança e a qualidade das instalações de gás.

Ao proporcionar esse tipo de informação a COMGÁS reafirma o seu compromisso com a segurança e a qualidade das instalações de gás. Março / 2014 Introdução Muito além do que fornecer o gás natural aos seus clientes, a COMGÁS se preocupa em oferecer orientação sobre os procedimentos para projeto e execução das instalações internas de

Leia mais

CHAMA AQUECEDORES CEP T Rua Zélia, 325, Assunção São Bernardo do Campo, SP

CHAMA AQUECEDORES CEP T Rua Zélia, 325, Assunção São Bernardo do Campo, SP CHAMA AQUECEDORE Rua Zélia, 325, Assunção ão Bernardo do Campo, P CEP 09861-710 T 11 2291-5355 chama@aquecedoreschama.com.br www.aquecedoreschama.com.br 2 ITEMA MINI-CENTRAL TCA Modelos vertical e horizontal.

Leia mais

TH 030- Sistemas Prediais Hidráulico Sanitários

TH 030- Sistemas Prediais Hidráulico Sanitários Universidade Federal do Paraná Engenharia Civil TH 030- Sistemas Prediais Hidráulico Sanitários Aula 13 Sistema Predial de Água Quente: Energia Solar e Aquecimento a Gás Profª Heloise G. Knapik 1 Energia

Leia mais

Workshop. Climatização e Cogeração Abril de Ronaldo Andreos

Workshop. Climatização e Cogeração Abril de Ronaldo Andreos Workshop Climatização e Cogeração Abril de 2008 Ronaldo Andreos Cia de Gás de São Paulo Fone: (11) 4504-5238/5072 Cel.: (11) 9638-8907 e-mail: randreos@comgas.com.br Climatização (Ar Condicionado) Agenda

Leia mais

GÁS NATURAL. A LINHA DA ECONOMIA.

GÁS NATURAL. A LINHA DA ECONOMIA. GÁS NATURAL. A LINHA DA ECONOMIA. Gás Natural. Invisível e essencial. O gás natural é o combustível fóssil mais limpo que existe. Com constituição semelhante à do petróleo, pode ser encontrado no subsolo

Leia mais

Otimize suas operações com Soluções Inteligentes em Eficiência Energética. São Paulo, 28 de outubro de 2016

Otimize suas operações com Soluções Inteligentes em Eficiência Energética. São Paulo, 28 de outubro de 2016 Otimize suas operações com Soluções Inteligentes em Eficiência Energética São Paulo, 28 de outubro de 2016 Combinamos os recursos de nossa organização global com as oportunidades de um mundo novo, aberto

Leia mais

Qualidade em Instalações de Aquecimento Solar. Boas práticas.

Qualidade em Instalações de Aquecimento Solar. Boas práticas. Qualidade em Instalações de Aquecimento Solar Boas práticas O sistema de aquecimento solar e seus componentes O que é sistema de aquecimento solar (SAS) A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)

Leia mais

Aquecedor de Piscina a Gás por Imersão

Aquecedor de Piscina a Gás por Imersão Aquecedor de Piscina a Gás por Imersão 2016 ThermoSub - Apresentação O sistema ThermoSub apresenta um conceito totalmente inovador para o mercado de aquecimento de piscinas. O aquecimento é feito diretamente

Leia mais

Alguns questionamentos

Alguns questionamentos Alguns questionamentos Quais são as principais preocupações das administradoras e operadores prediais em relação ao desempenho do sistema de Ar Condicionado? - Atender a carga térmica (subdimensionamento

Leia mais

MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101

MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101 Dr. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br 1 HISTÓRICO: O desenvolvimento da tecnologia de cogeração

Leia mais

AQS Água quente sanitária. É a água aquecida, usada para banhos, preparação ou confeção de alimentos.

AQS Água quente sanitária. É a água aquecida, usada para banhos, preparação ou confeção de alimentos. Índice A... 2 Acumulador... 2 AQS... 2 Autoconsumo... 2 B... 2 Bomba de calor... 2 C... 2 Caldeira de condensação... 2 Coletor solar seletivo... 2 Condução... 3 Convecção... 3 COP (Coefficient Of Performance)...

Leia mais

Instalações de Sistemas de Ar Condicionado Central, VRF, Ventilação, Exaustão.

Instalações de Sistemas de Ar Condicionado Central, VRF, Ventilação, Exaustão. Instalações de Sistemas de Ar Condicionado Central, VRF, Ventilação, Exaustão. SISTEMA DE AR CONDICIONADO VRF OU VRV Sistema VRF ou VRV:O VRV (Volume de refrigerante variável) ou VRF (do inglês variable

Leia mais

Apresentação AHK Comissão de Sustentabilidade Ecogerma. Eng. Francisco Tofanetto (Gerente de Engenharia) São Paulo, 01 de Outubro 2015

Apresentação AHK Comissão de Sustentabilidade Ecogerma. Eng. Francisco Tofanetto (Gerente de Engenharia) São Paulo, 01 de Outubro 2015 Apresentação AHK Comissão de Sustentabilidade Ecogerma Eng. Francisco Tofanetto (Gerente de Engenharia) São Paulo, 01 de Outubro 2015 LANXESS Porto Feliz Uma importante unidade da área de produção de IPG

Leia mais

Encontro de negócios da construção pesada. Apresentação: Organização:

Encontro de negócios da construção pesada. Apresentação: Organização: Encontro de negócios da construção pesada Apresentação: Organização: Objetivo Apresentar novas tecnologias que possam auxiliar as empresas da construção pesada na busca de redução nas despesas operacionais

Leia mais

Instalações Hidráulicas e o Projeto de Arquitetura 9ª edição

Instalações Hidráulicas e o Projeto de Arquitetura 9ª edição Instalações Hidráulicas e o Projeto de Arquitetura 9ª edição PARTE I INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS PREDIAIS 1 ÁGUA FRIA Entrada e fornecimento de água fria Compartimento que abriga o cavalete Medição de água

Leia mais

BNDES Funtec. Abril, 2016

BNDES Funtec. Abril, 2016 BNDES Funtec Abril, 2016 Mecanismos de Financiamento à Inovação Start-up MPME Média-Grande/Grande Produtos BNDES Linha BNDES Inovação/ Programas Setoriais Participação Acionária CRIATEC Fundos de Investimento

Leia mais

Quem busca economia prefere Heliotek

Quem busca economia prefere Heliotek Linha de aquecimento para piscina Quem busca economia prefere Heliotek A marca de aquecimento solar do grupo Bosch Aquecedor solar de piscina A opção com melhor custo-benefício para aquecer sua piscina

Leia mais

Cogeração em ambiente urbano

Cogeração em ambiente urbano Cogeração em ambiente urbano MAIO 2010 Miguel Gil Mata 1 Índice Cogeração Conceito Energia térmica vs energia eléctrica Estratégia energética Regulamentação nacional Externalidades Cogeração em ambiente

Leia mais

COGERAÇÃO GRUPOTGM.COM.BR

COGERAÇÃO GRUPOTGM.COM.BR COGERAÇÃO GRUPOTGM.COM.BR O QUE É COGERAÇÃO A cogeração de energia se traduz na produção simultânea de duas ou mais utilidades - calor de processo e energia eletromecânica, a partir de uma mesma fonte

Leia mais

CASSETE PISO TETO SOFISTICAÇÃO EM QUALIDADE E HARMONIA COM SEU AMBIENTE. AR CONDICIONADO. O novo grau de conforto. LINHA SPLIT

CASSETE PISO TETO SOFISTICAÇÃO EM QUALIDADE E HARMONIA COM SEU AMBIENTE. AR CONDICIONADO. O novo grau de conforto. LINHA SPLIT TO EN M A Ç N LA CASSETE PISO TETO SOFISTICAÇÃO EM HARMONIA COM SEU AMBIENTE. QUALIDADE E AR CONDICIONADO LINHA SPLIT 00485mn01.indd 1 O novo grau de conforto. 13/02/2015 14:20:24 Cassete Apresentação

Leia mais

CALDEIRAS Winter 201 5

CALDEIRAS Winter 201 5 CALDEIRAS 201 Winter 5 30 CALDEIRAS COMPACTAS 31 CALDEIRAS COMPACTAS SZM A nova gama de caldeiras compactas Solzaima foi desenvolvida utilizando as mais modernas tecnologias e integra componentes de elevada

Leia mais

Mais sol na sua vida

Mais sol na sua vida Mais sol na sua vida 2 Aquecedor Solar Coletor Solar Linha Quality Selo PROCEL de eficiência energética 3 Maior eficiência e durabilidade Solda por ultrassom: máxima condução de calor e maior eficiência

Leia mais

ENERSOLAR Proposta de Trabalho e Experiência. Eng. Leonardo Chamone Cardoso

ENERSOLAR Proposta de Trabalho e Experiência. Eng. Leonardo Chamone Cardoso ENERSOLAR 2015 Proposta de Trabalho e Experiência Eng. Leonardo Chamone Cardoso Diferenciação Diferenciação Procuramos clientes que, além de se preocuparem com melhor custo benefício, procuram por produtos

Leia mais

1 - hot acoplado.pdf 1 14/09/11 04:05 C M Y CM MY CY CMY K Acoplados Sistemas

1 - hot acoplado.pdf 1 14/09/11 04:05 C M Y CM MY CY CMY K Acoplados Sistemas Sistemas Acoplados Sistema de Aquecimento HOT ACOPLADO O HOT ACOPLADO é um equipamento destinado a produção de água quente para uso sanitário até 50.C garantindo conforto e aquecimento durante o ano todo

Leia mais

MANUAL TÉCNICO AQUECEDOR SOLAR SOLETROL. Utilização Instalação Dados técnicos

MANUAL TÉCNICO AQUECEDOR SOLAR SOLETROL. Utilização Instalação Dados técnicos MANUAL TÉCNICO AQUECEDOR SOLAR SOLETROL Utilização Instalação Dados técnicos Importante Não instale e não use o seu Aquecedor Solar Soletrol antes de ler este manual. Edição 10/2002 APRESENTAÇÃO PARABÉNS!

Leia mais

Ciências da Natureza e suas Tecnologias Física da água

Ciências da Natureza e suas Tecnologias Física da água Ciências da Natureza e suas Tecnologias Física da água Água no universo NASA e Caltech Maior e mais distante reserva de água do universo Nuvem de vapor 140 milhões de vezes o volume de todos os oceanos

Leia mais

LA SPAZIALE BRASIL & AMERICA Espresso coffee machines

LA SPAZIALE BRASIL & AMERICA Espresso coffee machines LA SPAZIALE S.p.A. foi fundada em 1969 por pessoas com experiência adquirida desde 1947 no campo de máquinas de café Espresso, criando um produto com base na qualidade e inovação. Hoje a empresa continua

Leia mais

Panorama das aplicações e tecnologias existentes no Brasil e principais desafios técnicos para tratamento de água e efluentes FTEC 2013 YVES BESSE

Panorama das aplicações e tecnologias existentes no Brasil e principais desafios técnicos para tratamento de água e efluentes FTEC 2013 YVES BESSE Panorama das aplicações e tecnologias existentes no Brasil e principais desafios técnicos para tratamento de água e efluentes FTEC 2013 YVES BESSE DESAFIOS BÁSICOS Agua e Esgoto para todos a custo justo

Leia mais

Cogeração na indústria: os benefícios e os ganhos energéticos

Cogeração na indústria: os benefícios e os ganhos energéticos Cogeração na indústria: os benefícios e os ganhos energéticos Grupo Light Distribuição Geração Serviços de Energia Restrita a parte do estado do RJ (incluindo a Grande Rio) Light Energia Itaocara Paracambi

Leia mais

1/3 COLETOR DE ENERGIA SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA

1/3 COLETOR DE ENERGIA SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA 1/3 COLETOR DE ENERGIA SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA [001] A presente invenção trata de um coletor de energia solar com aplicação na área de dispositivos para gerar calor por meio da energia solar visando

Leia mais

Sistema TermoMistura

Sistema TermoMistura Sistema TermoMistura ESTABILIZADOR DE TEMPERATURA Linha MGE- 90 Aquecedores para Molde Sistema sem reservatório com bomba Sistema de troca direta ( Alta Vazão de água Alto poder de refrigeração ) O estabilizador

Leia mais

Programa Paulista de Concessões. Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP

Programa Paulista de Concessões. Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP Programa Paulista de Concessões Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP Foz do Iguaçu, 13 de Maio de 2016 Sobre a ARTESP Criada pela Lei Complementar nº 914,

Leia mais

Iluminação Pública e Sistema de Gestão de Energia

Iluminação Pública e Sistema de Gestão de Energia Iluminação Pública e Sistema de Gestão de Energia 14 Março 2006 Auditório da Câmara Municipal de Mirandela Vítor Lopes EDV ENERGIA Agência de Energia do Entre o Douro e Vouga Região constituída por 5 municípios:

Leia mais

LINHAS DE FINANCANCIAMENTO DO BNDES

LINHAS DE FINANCANCIAMENTO DO BNDES LINHAS DE FINANCANCIAMENTO DO Linhas de Financiamento para Geração Distribuída O APOIO DO AO SETOR SOLAR FOTOVOLTAICO NELSON TORTOSA - Credenciamento Setor Solar Fotovoltaico EMPRESAS CREDENCIADAS NO Já

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA RC/PEE 001/2016

CHAMADA PÚBLICA RC/PEE 001/2016 CHAMADA PÚBLICA RC/PEE 001/2016 RESULTADO - CHAMADA PÚBLICA RC/PEE 001/2016 CPFL SANTA CRUZ 28 de junho de 2016 O grupo CPFL ENERGIA comunica que na CHAMADA PÚBLICA RC/PEE 001/2016, após análise da Comissão

Leia mais

SEMINÁRIO GESTÃO DO USO DA ENERGIA ELÉTRICA NO SANEAMENTO

SEMINÁRIO GESTÃO DO USO DA ENERGIA ELÉTRICA NO SANEAMENTO AESBE ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS ESTADUAIS DE SANEAMENTO SEMINÁRIO GESTÃO DO USO DA ENERGIA ELÉTRICA NO SANEAMENTO Tipologias de projeto Rio de Janeiro Março / 2013 Airton S. Gomes - Consultor

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Missão Proporcionar soluções eficientes e de alta qualidade em iluminação, buscando a excelência no atendimento, inovação constante de nossos produtos, superando assim as expectativas

Leia mais

Manual Eficiência Energética em Edificações. Eng J. Jorge Chaguri Jr

Manual Eficiência Energética em Edificações. Eng J. Jorge Chaguri Jr Manual Eficiência Energética em Edificações Eng J. Jorge haguri Jr Estrutura da presentação valiação da eficiência do aquecimento de agua a gás Estudo de caso e exemplos Sistema de aquecimento de água

Leia mais

MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101

MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101 Dr. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br 1 : A 13º norma regulamentadora, estabelece todos os requisitos

Leia mais

Gestão de Energia e Incorporação de Soluções Eficientes em Residências de Estudantes

Gestão de Energia e Incorporação de Soluções Eficientes em Residências de Estudantes Gestão de Energia e Incorporação de Soluções Eficientes em Residências de Estudantes Bolsa de Integração à Investigação Bolseiro: Rui Rafael Braga Rodrigues Ribeiro Professor Coordenador: Prof. Doutor

Leia mais

Energia Zero Brasil ESTUDOS DE CASO

Energia Zero Brasil ESTUDOS DE CASO ESTUDOS DE CASO Energia é o tema que define nosso presente. Estamos convencidos de que a energia gerada e distribuída de maneira correta e, através da inovação, é capaz de mudar a vida das pessoas. A SunEdison

Leia mais

Luminária de emergência a led de alta potência substitui outras luminárias de emergência a led de baixa eficiência e baixa durabilidade da bateria.

Luminária de emergência a led de alta potência substitui outras luminárias de emergência a led de baixa eficiência e baixa durabilidade da bateria. DESCRIÇÃO Luminária de emergência a led de alta potência substitui outras luminárias de emergência a led de baixa eficiência e baixa durabilidade da bateria. APLICAÇÕES Indicada para todas as áreas prediais,

Leia mais

Guia para obras em vias públicas nos m unicípios com gás canalizado

Guia para obras em vias públicas nos m unicípios com gás canalizado Guia para obras em vias públicas nos m unicípios com gás canalizado Índice O que é o gás natural? 4 Como as tubulações de gás são instaladas? 5 O que deve ser feito para evitar danos à rede de gás? 7 O

Leia mais

Qualificação de Fornecedores na Sabesp

Qualificação de Fornecedores na Sabesp Qualificação de Fornecedores na Sabesp Objetivo Mostrar ao mercado nacional e internacional, o interesse da Sabesp em fomentar a participação do maior número possível de fornecedores de materiais e equipamentos

Leia mais

Seminário Brasil-Alemanha de Eficiência Energética. A escassez de água no Brasil e o impacto na geração de energia

Seminário Brasil-Alemanha de Eficiência Energética. A escassez de água no Brasil e o impacto na geração de energia Seminário Brasil-Alemanha de Eficiência Energética no Brasil e o impacto na geração Cilene Victor 1 Professora de Jornalismo e Relações Públicas e coordenadora do Centro Interdisciplinar de Pesquisa da

Leia mais

Gestão de Energia e Eficiência Energética em Sistemas de Climatização

Gestão de Energia e Eficiência Energética em Sistemas de Climatização PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão de Energia e Eficiência Energética em Sistemas de Climatização Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Modalidade: Presencial 1 1 OBJETIVOS EDUCACIONAIS 1.1 OBJETIVO

Leia mais

Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade

Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade Enaex Agosto, 2013 Luciano Coutinho Presidente 1 Brasil apresenta fundamentos compatíveis com o crescimento sustentável de Longo Prazo País possui

Leia mais

Iluminação Natural Solução Definitiva! ENERGIA SOLAR - Luminárias

Iluminação Natural Solução Definitiva! ENERGIA SOLAR - Luminárias Iluminação Natural Solução Definitiva! Imagens Ilustrativas ENERGIA SOLAR - Luminárias Somos especialistas na linha profissional de luminárias públicas auto alimentadas pela força solar. É o sistema de

Leia mais

TURBINAS A VAPOR 1 1

TURBINAS A VAPOR 1 1 TURBINAS A VAPOR 1 1 Tópicos que serão abordados O que é uma turbina Características Termodinâmicas. Definições básicas. Tipos de turbinas. Características mecânicas. Detalhes Construtivos. 2 2 O que é

Leia mais

Como Economizar Energia e Dinheiro Utilizando o RETScreen

Como Economizar Energia e Dinheiro Utilizando o RETScreen Como Economizar Energia e Dinheiro Utilizando o RETScreen Turma em Brasília Aulas sobre os seguintes temas: Eficiência energética Energias renováveis Análise econômica e de ciclo de vida Redução de emissões

Leia mais

Cogeração de energia na cadeia do carvão vegetal

Cogeração de energia na cadeia do carvão vegetal Cogeração de energia na cadeia do carvão vegetal Dr. Electo Eduardo Silva Lora Eng. Mateus Henrique Rocha Fórum Nacional sobre Carvão Vegetal Belo Horizonte, 21 de outubro de 2008. Núcleo de Excelência

Leia mais

Casa na rua 3, n.361 Loteamento Praia de Itamambuca

Casa na rua 3, n.361 Loteamento Praia de Itamambuca 1. Apresentação Casa na rua 3, n.361 Loteamento Praia de Itamambuca Memorial Descritivo Casa a 350m da praia, com dois pavimentos, três suítes, mezanino, sala de estar, varanda social, lavabo, cozinha,

Leia mais

ETIQUETAGEM DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM EDIFICAÇÕES RESIDENCIAIS

ETIQUETAGEM DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM EDIFICAÇÕES RESIDENCIAIS ETIQUETAGEM DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM RESIDENCIAIS Roberto Lamberts, PhD. Universidade Federal de Santa Catarina Laboratório de Eficiência Energética em Edificações Conselho Brasileiro de Construção

Leia mais

CLIMATIZAÇÃO E AQS. Energia Solar Térmica. Sistemas Híbridos Genia Air. Esquentadores

CLIMATIZAÇÃO E AQS. Energia Solar Térmica. Sistemas Híbridos Genia Air. Esquentadores Energia Solar Térmica Sistemas Híbridos Genia Air Esquentadores Energia Solar Térmica HelioSet (modelos 150, 250 e 350) Sistema solar de drenagem automática para instalações individuais Acumulador solar

Leia mais

compromisso, dedicação e qualidade do começo ao fim de sua obra

compromisso, dedicação e qualidade do começo ao fim de sua obra compromisso, dedicação e qualidade do começo ao fim de sua obra A MIL manutenções e instalações elétricas nasceu com o objetivo de garantir a todos os seus clientes acesso a serviços profissionais e de

Leia mais

MIT Manual de Infraestrutura

MIT Manual de Infraestrutura Copel Telecom MIT Manual de Infraestrutura BEL Fibra 04 de junho de 2014 Sumário Requisitos mínimos de infraestrutura para o cliente... 3 Instruções Gerais... 3 Passos para instalação... 3 Edificações

Leia mais

ENVELOPE ESTRUTURAS SISTEMAS PREDIAIS

ENVELOPE ESTRUTURAS SISTEMAS PREDIAIS Disposição final Planejamento Uso e Operação ENVELOPE ESTRUTURAS Projeto SISTEMAS PREDIAIS Construção Implantação PPI Conceituação Planejamento Definição Módulo escopoi Documentação Estudos de Projeto

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA CONECTADA À REDE

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA CONECTADA À REDE Junho - 2015 ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA CONECTADA À REDE Fernando Medeiros & Roseli Doreto EnergyBras Energias Renováveis ASPECTOS GERAIS DA TECNOLOGIA FOTOVOLTAICA Conceitos Básicos da Tecnologia Fotovoltaico

Leia mais

GUIÃO TÉCNICO Esquentadores Junkers_miniMAXX FICHA TÉCNICA Junkers Nº 04 Nº de pág.s: 6 7 de Março de 2005

GUIÃO TÉCNICO Esquentadores Junkers_miniMAXX FICHA TÉCNICA Junkers Nº 04 Nº de pág.s: 6 7 de Março de 2005 GUIÃO TÉCNICO Esquentadores Junkers_miniMAXX FICHA TÉCNICA Junkers Nº 04 Nº de pág.s: 6 7 de Março de 2005 Esquentadores Junkers_miniMAXX A Junkers dispõe de uma gama de esquentadores para fazer face a

Leia mais

ACUMULADORES DE ÁGUA FRESCA FS/1R

ACUMULADORES DE ÁGUA FRESCA FS/1R DESCRIÇÃO DO PRODUTO FS/1R Acumulador solar de água fresca com um registo Acumulador combinado simples em aço (S 235 JR), para o modo de aquecimento e a preparação da água de serviço, em conjunto com uma

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA A OTIMIZAÇÃO

PERSPECTIVAS PARA A OTIMIZAÇÃO PERSPECTIVAS PARA A OTIMIZAÇÃO QUANTO CUSTA UM BANHO? Área Total = 170 mil m² Área Construída = 105 mil m² FREQUENCIA MÉDIA DE ASSOCIADOS (2015) Média Diária = 6.708 entradas Média Mensal = 201.251 entradas

Leia mais

Sistema de Proteção Ambiental Contra Derramamento de Óleo de Equipamentos em SE s. Rio de Janeiro, Junho de 2014

Sistema de Proteção Ambiental Contra Derramamento de Óleo de Equipamentos em SE s. Rio de Janeiro, Junho de 2014 Sistema de Proteção Ambiental Contra Derramamento de Óleo de Equipamentos em SE s Rio de Janeiro, Junho de 2014 NBR-13231 A revisão atual inclui mudanças de formatação segundo os novos padrões da ABNT

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUT CA OS

CATÁLOGO DE PRODUT CA OS CATÁLOGO DE PRODUTOS Pioneira no Brasil na fabricação de sensores de presença para iluminação, a SENSORLIGHT tem como principal objetivo a satisfação de seus clientes, oferecendo produtos de qualidade

Leia mais

gastroubm fritadeiras industriais

gastroubm fritadeiras industriais gastroubm fritadeiras industriais Nosso foco é torna os seus processos de frituras mais eficientes com baixo custo. Com a nossa linha de fritadeiras você vai ter resultados imediatas. O nosso, sistema

Leia mais

PROJETO E SIMULAÇÃO DE UM ESCRITÓRIO E DE UMA CASA COM ENERGIA LÍQUIDA ZERO ( NZEB) Paulo Otto Beyer - UFRGS

PROJETO E SIMULAÇÃO DE UM ESCRITÓRIO E DE UMA CASA COM ENERGIA LÍQUIDA ZERO ( NZEB) Paulo Otto Beyer - UFRGS PROJETO E SIMULAÇÃO DE UM ESCRITÓRIO E DE UMA CASA COM ENERGIA LÍQUIDA ZERO ( NZEB) Paulo Otto Beyer - UFRGS 1 www.energyplus.gov 2 3 4 Faixa de conforto = de 19,5 à 28 C, máximo 300 h/ano fora da faixa

Leia mais

UMPR - UNIDADE DE MISTURA E PRÉ-CONDICIONAMENTO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS Resolução Conama nr. 264 de 26/08/1999

UMPR - UNIDADE DE MISTURA E PRÉ-CONDICIONAMENTO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS Resolução Conama nr. 264 de 26/08/1999 UMPR - UNIDADE DE MISTURA E PRÉ-CONDICIONAMENTO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS Resolução Conama nr. 264 de 26/08/1999 CONCEPÇÃO DO PROJETO FATORES IMPORTANTÍSSIMOS E JÁ MATERIALIZADOS: OS DOIS GRUPOS CIMENTEIROS

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2009 RL Sistemas de Higiene Ltda Nome fantasia: RL Sistemas de Higiene Ltda - CNPJ: 48.241.905/0001-80 Tipo da empresa:

Leia mais

PEA 2200 Energia, Meio Ambiente e Sustentabilidade

PEA 2200 Energia, Meio Ambiente e Sustentabilidade PEA 2200 Energia, Meio Ambiente e Sustentabilidade Aula 4 Eficiência Energética e Uso Racional de Energia slide 1 / 22 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA & USO RACIONAL DE ENERGIA DEFINIÇÕES: Uso racional da energia:

Leia mais

Sustentabilidade GPA Thatiana Zukas

Sustentabilidade GPA Thatiana Zukas Sustentabilidade GPA Thatiana Zukas O GPA em números - Eleito uma das 10 empresas mais admiradas do Brasil e vencedor no setor Varejo Supermercados em estudo da revista Carta Capital. - Listada no ranking

Leia mais

APRESENTAÇÃO ITEMM Ciência e Tecnologia

APRESENTAÇÃO ITEMM Ciência e Tecnologia APRESENTAÇÃO ITEMM Ciência e Tecnologia ITEMM Instituto de Tecnologia Edson Mororó Moura Pernambucano, Químico industrial/ufpe, Fundador da Baterias Moura um besouro que voa alto. Cultura da Inovação como

Leia mais

2º Seminário de Produção e Consumo Sustentável Boas Práticas Ambientais da Indústria FIEMG/2009

2º Seminário de Produção e Consumo Sustentável Boas Práticas Ambientais da Indústria FIEMG/2009 2º Seminário de Produção e Consumo Sustentável Boas Práticas Ambientais da Indústria FIEMG/2009 Energia é Vida Use com Consciência Leonardo Resende Rivetti Rocha Atuação da Cemig no PEE /ANEEL Lei N 9.991

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG

INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG "Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia para a retomada do desenvolvimento INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG BDMG: Foco em Inovação Novembro/14 Dezembro/15 O BDMG em resumo 2 O Banco de Desenvolvimento de Minas

Leia mais

MANUAL. Qualidade DO REATOR. DEMAPE Reatores para Iluminação Tel.: 55 (11) Fax.: 55 (11)

MANUAL. Qualidade DO REATOR.  DEMAPE Reatores para Iluminação Tel.: 55 (11) Fax.: 55 (11) Qualidade A DEMAPE oferece produtos e serviços com excelente qualidade, contínuo processo de melhoria e certificações de acordo com o INMETRO. MANUAL DO REATOR Segredo da qualidade Equipamentos, pesquisas,

Leia mais

Compra de aquecedores merece atenção redobrada Sex, 10 de Julho de :53. Por Saulo Luz

Compra de aquecedores merece atenção redobrada Sex, 10 de Julho de :53. Por Saulo Luz Por Saulo Luz São Paulo, 09 (AE) Avaliação da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste)concluiu que os principais aquecedores de água a gás do mercado estão fora dos padrões de segurança

Leia mais

Aquisição do negócio de distribuição de combustíveis Texaco no Brasil Um grande país se faz com grandes empresas

Aquisição do negócio de distribuição de combustíveis Texaco no Brasil Um grande país se faz com grandes empresas Aquisição do negócio de distribuição de combustíveis Texaco no Brasil Um grande país se faz com grandes empresas 1 Previsões acerca de eventos futuros Este documento pode conter previsões acerca de eventos

Leia mais

FENERGIA

FENERGIA FENERGIA 2016 28.11.2016 Eficiência Energética: Cenários e Oportunidades CENÁRIO DE ENERGIA - MUNDO Mudança na demanda de Energia: atual - 2035 Insights» 21 % do consumo mundial atual = China» Crescimento

Leia mais

BELO HORIZONTE É PIONEIRA EM GERAÇÃO DE ENERGIA SOLAR E FOTOVOLTAICA

BELO HORIZONTE É PIONEIRA EM GERAÇÃO DE ENERGIA SOLAR E FOTOVOLTAICA BELO HORIZONTE É PIONEIRA EM GERAÇÃO DE ENERGIA SOLAR E FOTOVOLTAICA Enviado por ETC COMUNICAÇÃO 14Mai2015 PQN O Portal da Comunicação ETC COMUNICAÇÃO 14/05/2015 Belo Horizonte tem sido protagonista no

Leia mais

ENERGIA. origem do grego érgon, que significa trabalho. Assim, en + érgon queria dizer, na Grécia Antiga, em trabalho, em atividade, em ação.

ENERGIA. origem do grego érgon, que significa trabalho. Assim, en + érgon queria dizer, na Grécia Antiga, em trabalho, em atividade, em ação. ENERGIA origem do grego érgon, que significa trabalho. Assim, en + érgon queria dizer, na Grécia Antiga, em trabalho, em atividade, em ação. A mais antiga forma de energia é a produzida pelos músculos

Leia mais

Título: Projeto Economia 10, Desperdiço 0 Redução de gastos dos sistemas utilitários do ICESP com garantia de qualidade e eficiência dos produtos.

Título: Projeto Economia 10, Desperdiço 0 Redução de gastos dos sistemas utilitários do ICESP com garantia de qualidade e eficiência dos produtos. Título: Projeto Economia 10, Desperdiço 0 Redução de gastos dos sistemas utilitários do ICESP com garantia de qualidade e eficiência dos produtos. Nome da Instituição envolvida: Instituto do Câncer do

Leia mais

Centrais de aquecimento distrital

Centrais de aquecimento distrital Centrais de aquecimento distrital Feito eletricidade e calor em si Princípio da cogeração Produzir e utilizar com eficiência energética Existem muitos métodos para converter a fontes de energia primária

Leia mais

ALBIOMA I SEMINÁRIO MINEIRO DE BIOELETRICIDADE: A ENERGIA ELÉTRICA DA CANA-DE-AÇÚCAR

ALBIOMA I SEMINÁRIO MINEIRO DE BIOELETRICIDADE: A ENERGIA ELÉTRICA DA CANA-DE-AÇÚCAR ALBIOMA I SEMINÁRIO MINEIRO DE BIOELETRICIDADE: A ENERGIA ELÉTRICA DA CANA-DE-AÇÚCAR Outubro 2016 NOSSO OBJETIVO COMUM 1. Disponibilidade de biomassa 2. Tecnologia consolidada 3. Condições econômicas voltam

Leia mais

Sumário. Expediente. Estatísticas e Mercado...4. Relatório ABEGÁS - Mercado e Distribuição Ano VI - Nº 47 - Fevereiro/Março 2012

Sumário. Expediente. Estatísticas e Mercado...4. Relatório ABEGÁS - Mercado e Distribuição Ano VI - Nº 47 - Fevereiro/Março 2012 Sumário...4 Expediente Conselho Deliberativo ABEGÁS - Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado Presidente: Luis Domenech Vice-Presidente: Aldo Guedes Conselheiros: Bruno Armbrust,

Leia mais

Manual de Instruções e Especificações. Aquecedor de Água Instantâneo a Gás Exaustão Forçada PREZADO CONSUMIDOR ÍNDICE IN EFP

Manual de Instruções e Especificações. Aquecedor de Água Instantâneo a Gás Exaustão Forçada PREZADO CONSUMIDOR ÍNDICE IN EFP Máx. Min. Manual de Instruções e Especificações PARA USO RESIDENCIAL Aquecedor de Água Instantâneo a Gás Exaustão Forçada PREZADO CONSUMIDOR A INOVA agradece a preferência pela escolha e aquisição do aquecedor

Leia mais

Bradesco. Sustentabilidade nos negócios e práticas socioambientais. Ivani Benazzi de Andrade Gerente do Departamento de Relações com o Mercado

Bradesco. Sustentabilidade nos negócios e práticas socioambientais. Ivani Benazzi de Andrade Gerente do Departamento de Relações com o Mercado Bradesco Sustentabilidade nos negócios e práticas socioambientais Ivani Benazzi de Andrade Gerente do Influência nos negócios... Sustentabilidade Corporativa Posicionamento Bradesco 71 anos de experiência

Leia mais

INVERSOR DE EMERGÊNCIA

INVERSOR DE EMERGÊNCIA INVERSOR DE EMERGÊNCIA O Inversor de Emergência trata-se de um dispositivo que deve ser acoplado juntamente com um reator, transformando as luminárias fluorescentes em sistemas de iluminação normal e emergência.

Leia mais

INVERSOR DE EMERGÊNCIA SLIM

INVERSOR DE EMERGÊNCIA SLIM INVERSOR DE EMERGÊNCIA SLIM O Inversor de Emergência SLIM trata-se de um dispositivo que deve ser acoplado juntamente com um reator, transformando as luminárias fluorescentes em sistemas de iluminação

Leia mais

w w w. e l e t r o n p l a s t. c o m. b r

w w w. e l e t r o n p l a s t. c o m. b r w w w. e l e t r o n p l a s t. c o m. b r TRUE CHARGE ECB110F30-A/00 (24V) Manual de Instruções e recomendações de segurança LEGENDA: Risco de Choque Elétrico Advertência Corrente contínua ~ Corrente

Leia mais

TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS. CONFORTO AMBIENTAL Aula 11

TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS. CONFORTO AMBIENTAL Aula 11 TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS CONFORTO AMBIENTAL Aula 11 USO RACIONAL DA ENERGIA Identificar onde, na edificação, ocorrem os maiores gastos. Geralmente consegue-se reduzir o gasto energético reduzindo

Leia mais

Aquecimento de Água. Linha Bomba de Calor para Piscina. Linha Completa para o Conforto Térmico

Aquecimento de Água. Linha Bomba de Calor para Piscina. Linha Completa para o Conforto Térmico Aquecimento de Água Linha Bomba de Calor para Piscina Linha Completa para o Conforto Térmico Aquecedor de Água Apresentação Este modelo de bomba de calor para piscina é fabricado pela Rheem nos Estados

Leia mais

Sistemas de Pressurização Série TAP - Tanques de Pressão

Sistemas de Pressurização Série TAP - Tanques de Pressão Sistemas de Pressurização Série TAP - Tanques de Pressão Menor consumoo de energia TAP-20 C TAP-35 C TAP-20 A TAP-35 A Sistema com tanque de pressão, ideal para residências de até 2 banheiros. Aplicações

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME PARA SALVAR VIDAS ROBERTA GODOY

A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME PARA SALVAR VIDAS ROBERTA GODOY A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME PARA SALVAR VIDAS ROBERTA GODOY SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO BRASIL Com a moderna forma de viver, existe maior exposição ao risco de incêndio. Vídeo desenvolvido,

Leia mais

AQUECEDORES DE ÁGUA A GÁS E BOMBAS PRESSURIZADORAS

AQUECEDORES DE ÁGUA A GÁS E BOMBAS PRESSURIZADORAS AQUECEDORES DE ÁGUA A GÁS E BOMBAS PRESSURIZADORAS ESTRUTURA COMPLETA PELO BRASIL SOLUÇÃO PARA O SEU PROJETO A Komeco possui soluções para sistemas de aquecimento de água a gás especializados para a sua

Leia mais

Índice S O L U Ç Õ E S D E Á G U A Q U E N T E. A eficiência na produção de água quente em grandes quantidades 03. Aplicações e Utilizações 05

Índice S O L U Ç Õ E S D E Á G U A Q U E N T E. A eficiência na produção de água quente em grandes quantidades 03. Aplicações e Utilizações 05 Índice A eficiência na produção de água quente em grandes quantidades 03 Aplicações e Utilizações 05 Benefícios para o Instalador 06 Líder em Tecnologia 06 Condições de Exaustão 08 Dimensões e Atravancamentos

Leia mais