NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO"

Transcrição

1 SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina PROCESSO SELETIVO - EDITAL Nº 01/2014 NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO NOME DO CANDIDATO ASSINATURA DO CANDIDATO RG DO CANDIDATO LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO INSTRUÇÕES GERAIS I. Nesta prova, você encontrará 04 (quatro) páginas numeradas sequencialmente, contendo 30 (trinta) questões correspondentes às seguintes disciplinas: Língua Portuguesa (10 questões), Matemática (10 questões) e Conhecimentos Especificos (10 questões). II. Verifique se seu nome e número de inscrição estão corretos no cartão de respostas. Se houver erro, notifique o fiscal. III. Assine e preencha o cartão de respostas nos locais indicados, com caneta azul ou preta. IV. Verifique se a impressão, a paginação e a numeração das questões estão corretas. Caso observe qualquer erro, notifique o fiscal. V. Você dispõe de 3 (três) horas para fazer esta prova. Reserve os 20 (vinte) minutos finais para marcar o cartão de respostas. VI. O candidato só poderá retirar-se do setor de prova 1 (uma) hora após seu início. VII. O candidato não poderá levar o caderno de questões. O caderno de questões será publicado no site da spdm, no prazo recursal contra gabarito. VIII. Marque o cartão de respostas cobrindo fortemente o espaço correspondente à letra a ser assinalada, conforme o exemplo no próprio cartão de respostas. IX. A leitora óptica não registrará as respostas em que houver falta de nitidez e/ou marcação de mais de uma alternativa. X. O cartão de respostas não pode ser dobrado, amassado, rasurado ou manchado. Exceto sua assinatura, nada deve ser escrito ou registrado fora dos locais destinados às respostas. XI. Ao terminar a prova, entregue ao fiscal o cartão de respostas e este caderno. As observações ou marcações registradas no caderno não serão levadas em consideração. XII. É terminantemente proibido o uso de telefone celular, pager ou similares. Boa Prova! DESTAQUE AQUI GABARITO DO CANDIDATO - RASCUNHO Nome: Assinatura do Candidato: Inscrição: SPDM_08

2 RASCUNHO

3 PORTUGUÊS 1) Assinale a alternativa correta que apresenta, para o conjunto de palavras grifadas dadas, uma única palavra formada por prefixação para cada período, respectivamente. O juiz lerá novamente os documentos do processo. É necessário fazer outra vez todos os cálculos. a) Relerá; refazer. b) Vai reler; refazer. c) Reler; refazer. d) Releu; refeito. 2) Assinale a alternativa que apresenta corretamente a formação das palavras: cabeçada, eleitorado, rapaziada. a) Cabeçada e eleitorado, palavras formadas por prefixação e rapaziada, formada por sufixação. b) Todas as palavras foram formadas por prefixação. c) Todas as palavras foram formadas por sufixação. d) Todas as palavras formadas por parassíntese. 3) Assinale a alternativa que analisa corretamente as orações com relação ao tipo de período que apresentam, respectivamente. Não ajudaríamos alguém como ele. Se eu o encontrar, transmitirei o recado. Digo o que penso. a) Período composto; período simples, período simples. b) Período simples; período composto, período composto. c) Período composto; período composto; período composto. d) Período simples, período simples, período simples. Texto para as questões 4 e 5. Como se chama? Se recebo um presente dado com carinho por pessoa de quem não gosto - como se chama o que sinto? Uma pessoa de quem não se gosta mais e que não gosta mais da gente - como se chama essa mágoa e esse rancor? Estar ocupada, e de repente parar por ter sido tomada por uma desocupação beata, milagrosa, sorridente e idiota - como se chama o que se sentiu? O único modo de chamar é perguntar: como se chama? Até hoje só consegui nomear com a própria pergunta. Qual é o nome? E é este o nome. (disponível em: acesso em 27/01/2014) 4) Assinale a alternativa que expressa corretamente o sentimento da autora. a) A felicidade em expressar seus sentimentos pelas palavras. b) A inquietação de expressar seu amor pelas pessoas. c) As sensações que ela consegue traduzir em palavras. d) A inquietação de procurar novas palavras para nomear nossas sensações. 5) Assinale, de acordo com o texto, a alternativa que apresenta corretamente as três sensações para as quais a autora procura nomes. a) O que se sente quando se recebe um presente de quem se gosta; o que se sente por alguém de quem não se gosta mais e que também não gosta mais de nós; o que se sente quando, subitamente, uma vontade feliz de não fazer nada nos faz parar uma atividade. b) O que se sente quando se recebe um presente de quem não se gosta; o que se sente por alguém de quem não se gosta mais e que também não gosta mais de nós; o que se sente quando, subitamente, uma vontade feliz de não fazer nada nos faz parar uma atividade. c) O que se sente quando se recebe um presente de quem não se gosta; o que se sente por alguém de quem se gosta e que também não gosta mais de nós; o que se sente quando, subitamente, uma vontade feliz de não fazer nada nos faz parar uma atividade. d) O que se sente quando se recebe um presente de quem não se gosta; o que se sente por alguém de quem não se gosta mais e que também não gosta mais de nós; o que se sente quando, subitamente, uma vontade infeliz de não fazer nada nos faz continuar uma atividade. 6) Assinale a alternativa que apresenta corretamente um substantivo abstrato com as adaptações necessárias para as seguintes frases: Era um sujeito tão altivo que nos indignava. Seu olhar é tão triste que o ajudamos. A população ribeirinha está ficando mais pobre. a) O sujeito exibia tanta altivez que ; Seu olhar expõe tanta tristeza que ; A pobreza da população ribeirinha está aumentando. b) O sujeito exibia tanta altura que ; Seu olhar expõe tanta tristeza que ; A pobreza da população ribeirinha está aumentando. c) O sujeito exibia tanta altivez que ; Seu olhar expõe tanta tristeza que ; A população empobrecida ribeirinha está aumentando. d) O sujeito exibia tanta humildade que ; Seu olhar expõe tanta tristeza que ; A pobreza da população ribeirinha está aumentando. 7) Assinale a alternativa que apresenta corretamente a sequência dos substantivos femininos para os substantivos masculinos dados, com suas correções ortográficas: * Cônsul; poeta; parente. a) Consulesa; poetiza; parenta. b) Consuleza; poetiza; parenta. c) Consulesa; poetisa; parenta. d) Consulesa; poetisa; parente. 8) Assinale a alternativa que apresenta correta e respectivamente a classificação das palavras destacadas. Vou sair daqui a pouco. Eu o vi passar há tempo. Há vários anos que não se investe em saúde. Estamos a uma longa distância dos objetivos. a) Preposição, verbo, verbo, preposição. b) Artigo, verbo, verbo, preposição. c) Preposição, verbo, adjetivo, preposição. d) Preposição, verbo, verbo, advérbio. 9) Assinale a alternativa que apresenta correta e respectivamente o sentido da relação estabelecida pela preposição destacada nas frases que seguem. Estou vindo de metrô para casa. Estou vindo do metrô para casa. Acabei de chegar no metrô. a) Lugar (origem); meio, meio. b) Meio; lugar (origem); meio. c) Meio; meio; meio. d) Lugar (destino); meio; meio. SPDM_08 1

4 10) Assinale a alternativa que apresente satisfatoriamente a classificação das conjunções destacadas no conjunto dado. Como chovesse, decidimos adiar a partida. Ele é compreensivo como um travesseiro. Fizemos tudo como combinamos. a) Causa / causa / conformidade. b) Causa / conformidade/ comparação. c) Conformidade/ comparação / conformidade. d) Causa / comparação / conformidade. MATEMÁTICA 11) Nelson comprou 4 produtos numa loja para pagar em 4 prestações iguais. Os produtos que ele comprou foram: uma lavadora de roupas no valor de R$ 1.550,00, um forno de microondas no valor de R$ 980,00, um fogão no valor de R$ 810,00 e um sofá no valor de R$ 1.398,00. O valor de cada prestação, que Nelson deverá pagar por mês é: a) R$ 1.134,50 b) R$ 1.154,50 c) R$ 1.184,50 d) R$ 1.194,50 12) João deve cobrir com azulejo uma parede medindo 12 metros de comprimento e 10 metros de largura. Se cada azulejo que João usou mede 0,4 metros de comprimento e 0,2 metros de largura, a quantidade de azulejos que João usou para cobrir toda a parede, sem desperdiçar nenhum deles foi de: a) 1500 b) 1530 c) 1550 d) ) O perímetro de certo retângulo, cuja medida da largura é o dobro da medida da altura, é igual a 42 cm. Quanto mede a largura: a) 7 cm b) 12 cm c) 21 cm d) 14 cm 14) Cinco máquinas produzem 50 peças funcionando 2 horas por dia em 8 dias. O total de dias necessários para que 8 máquinas funcionando 4 horas por dia produzam 200 peças é de: a) 9 b) 10 c) 11 d) 12 15) Um investidor aplicou R$ 900,00 na poupança, sendo que o valor do juros em um mês foi de R$ 4,50. O valor que o investidor deveria pagar de juros, se a aplicação fosse de R$ 1700,00 seria igual a: a) R$6,50 b) R$7,50 c) R$8,50 d) R$9,50 16) Se sobre o valor de um produto for aplicado um reajuste de 30% e logo em seguida for concedido um desconto de 10%, o percentual total aplicado sobre o valor do produto é equivalente a: a) 20% b) 15 c) 17% d) 13% 17) Celso pensou num número e adicionou 2, em seguida determinou o triplo do resultado, finalmente subtraiu 1, chegando-se ao número 26. Nessas condições a metade do número que Celso pensou é igual a: a) 3,5 b) 4,5 c) 4 d) 3 18) Um triângulo retângulo tem catetos medindo 6 cm e 8 cm e um segundo triângulo, semelhante ao primeiro, tem perímetro igual a 72 cm. Desse modo, a medida, em cm, da hipotenusa do segundo triângulo é igual: a) 20 b) 30 c) 24 d) 36 19) A medida de cada ângulo de certo triângulo tem medidas iguais a: 3x 15 0 ; 2x e x Desse modo, o valor de x é igual a: a) 300 b) 320 c) 350 d) ) Se a razão entre os volumes de uma esfera e de um cilindro, de mesmo raio medindo 9 cm, é igual a 1, então a medida, em cm, da altura do cilindro é igual a: a) 10 b) 8 c) 6 d) 12 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 21) A empresa Firewalker S.A. foi contratada para instalar uma bomba de incêndio numa empresa, ficou definido que o equipamento deveria atingir pleno regime de trabalho num determinado espaço de tempo. De acordo com o projeto dessa empresa, qual seria o tempo ideal para que o equipamento estivesse em plena operação após a sua partida. Assinale abaixo a alternativa correta. a) Em aproximadamente 30 segundos. b) Em aproximadamente 15 segundos. c) Em aproximadamente 40 segundos. d) Em aproximadamente 20 segundos. 22) Dentro do Plano de Proteção Radiológica o dosímetro individual ou monitor individual é um dispositivo usado junto a partes do corpo de um indivíduo, com o objetivo de avaliar a dose efetiva ou a dose equivalente acumulada de radiação ionizante em um dado período. Sendo assim, na ocorrência ou suspeita de exposição acidental de um colaborador no Hospital Universitário, o dosímetro deve ser encaminhado para leitura no prazo máximo de. Assinale abaixo a alternativa que completa corretamente a lacuna. a) 36 horas b) 12 horas c) 24 horas d) 8 horas 2 SPDM_08

5 23) Uma empresa de metalurgia líder mundial em processos de eletrodeposição, contratou serviço médico ocupacional para realizar exames nos seus empregados. O profissional da medicina preventivamente, em razão do que viu no processo fabril, suspeitou da possibilidade de contaminação pelo agente químico Cromo Hexavalente. Dessa forma, com base nos parâmetros para controle biológico da exposição ocupacional decidiu por monitorar determinado indicador biológico. Assinale abaixo a alternativa correta. a) Apenas urina. b) Urina e sangue. c) Apenas sangue. d) Sangue, urina e fezes. 24) No caso de afastamento definitivo do vice-presidente da CIPÀ por justa causa, os membros titulares da representação dos empregados, escolherão o substituto. Assinale abaixo a alternativa que completa corretamente a lacuna. a) entre os titulares no prazo de cinco dias, a contar da data de ciência. b) em dois dias úteis, entre os membros da CIPA. c) através de processo de votação em dois dias, registrando-se a ocorrência na ata da reunião. d) entre seus titulares, em dois dias úteis. 25) Em relação aos resíduos industriais, entende-se que são aqueles provenientes dos processos industriais, na forma sólida, líquida ou gasosa ou a combinação dessas. Sendo assim analise as frases e responda. I. Os trabalhadores envolvidos em atividades de coleta, manipulação, acondicionamento, armazenamento, transporte, tratamento e disposição de resíduos devem ser capacitados pela empresa, sobre os riscos envolvidos e as medidas de controle e eliminação adequadas. II. Os trabalhadores envolvidos em atividades de coleta, manipulação, acondicionamento, armazenamento, transporte, tratamento e disposição de resíduos devem ser capacitados pela empresa, de forma continuada, sobre os riscos envolvidos, somente quando oferecer risco de contaminação por suas características físicas, químicas ou microbiológicas. III. Os trabalhadores envolvidos em atividades de coleta, manipulação, acondicionamento, armazenamento, transporte, tratamento e disposição de resíduos devem ser capacitados pela empresa, de forma continuada, sobre os riscos envolvidos e as medidas de controle e eliminação adequadas. IV. Os trabalhadores envolvidos em atividades de coleta, manipulação, acondicionamento, armazenamento de resíduos devem ser capacitados pela empresa, de forma continuada, sobre os riscos envolvidos, somente quando oferecer risco de contaminação por suas características físicas, químicas ou microbiológicas. Estão corretas apenas as frases contidas em: a) II e III. b) Apenas IV. c) Apenas III. d) I e III. 26) Dentro de uma análise ergonomia, as atividades que exijam sobrecarga muscular estática ou dinâmica do pescoço, ombros, dorso e membros superiores e inferiores, deve ser observado o seguinte: I. Todo e qualquer sistema de avaliação de desempenho para efeito de remuneração e vantagens de qualquer espécie. II. Respeitar os ângulos limites e trajetórias naturais dos movimentos, durante a execução das tarefas, evitando a flexão e a torção do tronco. III. Devem ser incluídas pausas para descanso. IV. Quando do retorno do trabalho, após qualquer tipo de afastamento igual ou superior a 15 (quinze) dias, a exigência de produção deverá permitir um retorno gradativo aos níveis de produção vigentes na época anterior ao afastamento. Estão corretas apenas as frases contidas em: a) II, III e IV. b) I, III e IV. c) I, II e III. d) I, II e IV. 27) Considerando a segurança operacional dentro de uma unidade petroquímica, no processo de transferência de e, deve-se implementar medidas de controle operacional e/ou de engenharia das emissões fugitivas, emanadas durante a carga e descarga de tanques fixos e de veículos transportadores, para a eliminação ou minimização dessas emissões. Assinale a alternativa que completa correta e respectivamente as lacunas: I. líquidos combustíveis e produtos químicos inflamáveis II. líquidos inflamáveis e gases inflamáveis III. líquidos combustíveis e gases inflamáveis IV. inflamáveis e líquidos combustíveis Está correta apenas a alternativa: a) I e III. b) Apenas II. c) Apenas III. d) Apenas IV. 28) A empresa Texas Ranger - Trabalhos em Altura é uma empresa sediada em São Paulo especializada em trabalhos em altura; utiliza a técnica de suspensão por corda industrial como seu modus operandi. Recentemente foi contratada para realizar atividade de limpeza de vidros em um grande edifício. Quanto ao ponto de ancoragem para segurança da atividade, a empresa administradora do condomínio recomendou que deveriam ser tomadas as seguintes providências. Assinale a alternativa correta. a) Ser selecionado por profissional legalmente habilitado; e possuir sistemas de proteção coletiva e individual necessários. b) Ser selecionado por profissional legalmente habilitado; e ser inspecionado quanto à integridade antes da sua utilização. c) Ser selecionado por profissional legalmente habilitado; e prever situações de emergência bem como o planejamento do resgate e primeiros socorros, de forma a reduzir o tempo da suspensão inerte do trabalhador. d) Ser selecionado por profissional legalmente habilitado; e garantir o atendimento aos requisitos de segurança e saúde contidos nas demais normas regulamentadoras. SPDM_08 3

6 29) A Metalurgia JPK que possui várias prensas mecânicas excêntricas de engate por chaveta e alguns equipamentos similares, passou recentemente por inspeção de um agente do Ministério do Trabalho, que observou dentro do processo produtivo, que os operadores de máquinas ingressavam com as mãos e dedos na zona de prensagem das máquinas; diante do risco iminente de acidente, recomendou que deveriam ser adotados os seguintes sistemas de segurança. Analise as afirmativas abaixo. I. (1) Enclausuramento com proteções fixas e, havendo somente com ferramentas fechadas. II. (1) Enclausuramento com proteções fixas e, havendo somente com ferramentas fechadas; (3) Utilização de cortina de luz conjugada com comando bimanual. III. (1) Enclausuramento com proteções fixas e, havendo somente com ferramentas fechadas; (3) utilização de botão de parada de emergência. IV. (1) Enclausuramento com proteções fixas e, havendo somente com ferramentas fechadas; (3) Utilização de comando bimanual. Está correta apenas a alternativa: a) Apenas I. b) Apenas II e III. c) Apenas II. d) Apenas IV. 30) O profissional da área de Higiene Ocupacional, decidiu avaliar o nível de ruído de impacto que estava exposto um operador de prensa da Metalurgia JPK; porém o mesmo não dispunha de medidor do nível de pressão sonora com circuito de resposta para impacto; após consulta a legislação verificou que seria válida a leitura feita no circuito de resposta rápida (FAST) e circuito de compensação C. Neste caso, o limite de tolerância a ser considerado será de: a) 110 db(c) b) 120 db(c) c) 130 db(c) d) 140 db(c) 4 SPDM_08

NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO INSTRUMENTADOR CIRÚRGICO

NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO INSTRUMENTADOR CIRÚRGICO SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina PROCESSO SELETIVO - EDITAL Nº 01/2014 NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO INSTRUMENTADOR CIRÚRGICO NOME DO CANDIDATO ASSINATURA DO CANDIDATO RG DO CANDIDATO

Leia mais

NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO AUXILIAR DE FARMÁCIA

NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO AUXILIAR DE FARMÁCIA SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina PROCESSO SELETIVO - EDITAL Nº 01/2014 NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO AUXILIAR DE FARMÁCIA NOME DO CANDIDATO ASSINATURA DO CANDIDATO RG DO CANDIDATO LEIA

Leia mais

NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO TÉCNICO DE ENFERMAGEM (SCIH)

NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO TÉCNICO DE ENFERMAGEM (SCIH) SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina PROCESSO SELETIVO - EDITAL Nº 01/2014 NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO TÉCNICO DE ENFERMAGEM (SCIH) NOME DO CANDIDATO ASSINATURA DO CANDIDATO RG DO CANDIDATO

Leia mais

NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO TÉCNICO DE ENFERMAGEM

NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO TÉCNICO DE ENFERMAGEM SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina PROCESSO SELETIVO - EDITAL Nº 01/2014 NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO TÉCNICO DE ENFERMAGEM NOME DO CANDIDATO ASSINATURA DO CANDIDATO RG DO CANDIDATO LEIA

Leia mais

PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM

PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM Caderno de Questões PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM realização S25 - Médico Veterinário AT E N Ç Ã O 1. O caderno de questões contém 40 questões de múltipla-escolha, conforme distribuição abaixo,

Leia mais

1 - DAS INSCRIÇÕES. 1.4 Portadores de necessidades especiais:

1 - DAS INSCRIÇÕES. 1.4 Portadores de necessidades especiais: 1 - DAS INSCRIÇÕES Cursos de Arquitetura e Urbanismo noturno, Administração noturno, Administração vespertino, Biomedicina noturno, Ciências Biológicas Bacharelado noturno, Ciências Biológicas Licenciatura

Leia mais

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA CADERNO: 1 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA CADERNO: 1 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA ENGENHARIA Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES CADERNO: 1 AGENDA 1 - A duração da prova é de 3 (três) horas, já incluído o tempo de preenchimento do

Leia mais

C A D E R N O D E P R O V A S

C A D E R N O D E P R O V A S C ONCURSO PÚBLICO 03 / JUNHO / 2012 CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA MINAS GERAIS C A D E R N O D E P R O V A S CADERNO 7 CARGOS: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS RECEPCIONISTA E TELEFONISTA PROVAS: PORTUGUÊS MATEMÁTICA

Leia mais

Manual do Candidato - Cursos Técnicos

Manual do Candidato - Cursos Técnicos Manual do Candidato - Cursos Técnicos APRESENTAÇÃO Os Cursos Técnicos oferecidos atendem a política da qualidade do SENAI-RS, sendo o Manual do Candidato instrumento de Orientação aos candidatos quanto

Leia mais

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGEMHARIA CADERNO: 2 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGEMHARIA CADERNO: 2 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA ENGEMHARIA Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES CADERNO: 2 AGENDA 1 - A duração da prova é de 3 (três) horas, já incluído o tempo de preenchimento do

Leia mais

Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno

Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno PPRA MANUAL PRÁTICO PARA ELABORAÇÃO FORMULÁRIO PARA RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS Esse Formulário deve ser aplicado

Leia mais

GABARITO DO CANDIDATO - RASCUNHO

GABARITO DO CANDIDATO - RASCUNHO SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina PROCESSO SELETIVO - EDITAL Nº 01/2014 NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO ALMOXARIFE AUXILIAR ADMINISTRATIVO AUXILIAR DE ALMOXARIFADO AUXILIAR DE APOIO ADMINISTRATIVO

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 45

PROVA ESPECÍFICA Cargo 45 11 PROVA ESPECÍFICA Cargo 45 QUESTÃO 26 Sobre os Limites de Tolerância para exposição ao calor, em regime de trabalho intermitente, com períodos de descanso no próprio local de prestação de serviço, de

Leia mais

Técnico de Segurança do Trabalho

Técnico de Segurança do Trabalho SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos Concurso Público para Técnico-Administrativo em Educação 02

Leia mais

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR Candidato: inscrição - nome do candidato Opção: código - nome / turno - cidade Local de Prova:

Leia mais

NR-35 TRABALHO EM ALTURA

NR-35 TRABALHO EM ALTURA 35.1. Objetivo e Campo de Aplicação NR-35 TRABALHO EM ALTURA Publicação D.O.U. Portaria SIT n.º 313, de 23 de março de 2012 27/03/12 35.1.1 Esta Norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 12014

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 12014 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 1014 ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AOS SEGUINTES CARGOS: Agente Comunitário

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Trata-se de proposta de texto para criação de Norma Regulamentadora sobre Trabalho em Altura

Leia mais

Curso Técnico Segurança do Trabalho. Introdução a Segurança do Trabalho Módulo Único

Curso Técnico Segurança do Trabalho. Introdução a Segurança do Trabalho Módulo Único Curso Técnico Segurança do Trabalho Introdução a Segurança do Trabalho Módulo Único SeÄÅo IX Das InstalaÄÉes ElÑtricas Art. 179 - O Ministério do Trabalho disporá sobre as condições de segurança e as medidas

Leia mais

a) garantir a efetiva implementação das medidas de proteção estabelecidas nesta Norma;

a) garantir a efetiva implementação das medidas de proteção estabelecidas nesta Norma; TRABALHO EM ALTURA 36.1 Objetivo e Campo de Aplicação 36.1 Objetivo e Definição 36.1.1 Esta Norma tem como objetivo estabelecer os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura,

Leia mais

GABARITO DO CANDIDATO - RASCUNHO

GABARITO DO CANDIDATO - RASCUNHO SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina OSS - SPDM/HOSPITAL REGIONAL DE ARARANGUÁ/EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 0/203 FUNDAMENTAL AJUDANTE DE SERVIÇOS GERAIS AUXILIAR DE COZINHA

Leia mais

EXAME DISCURSIVO 2ª fase

EXAME DISCURSIVO 2ª fase EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 MATEMÁTICA Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Matemática. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

Teste de Habilidade Específica - THE

Teste de Habilidade Específica - THE LEIA COM ATENÇÃO 1. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 2. Preencha os dados pessoais. 3. Autorizado o inicio da prova, verifique se este caderno

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 ESCOLA DE GOVERNO PROFESSOR PAULO NEVES DE CARVALHO FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Governo de Minas Gerais CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 2ª ETAPA Provas abertas: Matemática, História e Redação em Língua Portuguesa.

Leia mais

AGENDA PROTEÇÃO DE QUEDAS NR35 TRABALHO EM ALTURA 21/05/2014

AGENDA PROTEÇÃO DE QUEDAS NR35 TRABALHO EM ALTURA 21/05/2014 PROTEÇÃO DE QUEDAS NR35 TRABALHO EM ALTURA Eng. Alberto Delgado Gerente de Treinamento Região América Latina 2 AGENDA Estatísticas dos Acidentes no Trabalho Riscos típicos de Trabalhos em Altura Revisão

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/2014 -

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/2014 - CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/2014 - ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AOS SEGUINTES CARGOS: Auxiliar de Mecânico

Leia mais

SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S. Objetivo: Instruir quanto ao campo de aplicação das NR s e direitos e obrigações das partes.

SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S. Objetivo: Instruir quanto ao campo de aplicação das NR s e direitos e obrigações das partes. SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S NR-1 DISPOSIÇÕES GERAIS O campo de aplicação de todas as Normas Regulamentadoras de segurança e medicina do trabalho urbano, bem como os direitos e obrigações do

Leia mais

CADERNO: 2 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA INSTRUÇÕES - PROVA OBJETIVA

CADERNO: 2 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA INSTRUÇÕES - PROVA OBJETIVA COV40-COVEIRO COZ41-COZINHEIRO OMP42-OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS (E) ASG52-AJUDANTE DE SERVIÇOS GERAIS - SAAETRI MOT53-MOTORISTA (D) - SAAETRI OMS54-OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS (E) - SAAETRI CADERNO:

Leia mais

INSTRUÇÃO DE TRABALHO

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PÁG. 1/11 1. OBJETIVO Sistematizar os procedimentos de execução de trabalho em altura acima de 2,00 m (dois metros) do nível inferior, onde haja risco de queda. 2. ÁREA DE ABRANGÊNCIA Esta instrução de

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE 10 EDITAL N o 02/2011 (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA - CAESIAL Comissão de Avaliação da Escola SESI Industrial Abelardo Lopes

SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA - CAESIAL Comissão de Avaliação da Escola SESI Industrial Abelardo Lopes EDITAL Nº 001/2014 EXAME DE SELEÇÃO 2014/2015 ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS O Diretor da Escola SESI Industrial Abelardo Lopes, no uso de suas atribuições, faz saber aos interessados que estão abertas

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 6, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2009. Estabelece orientação sobre a concessão dos adicionais de insalubridade,

Leia mais

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA PROVA OBJETIVA PROCESSO SELETIVO DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Prezado candidato(a), você recebeu o seguinte material: - um caderno de questões contendo 30 (trinta) questões

Leia mais

PORTARIA N. 3.214, 08 DE JUNHO DE 1978

PORTARIA N. 3.214, 08 DE JUNHO DE 1978 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA N. 3.214, 08 DE JUNHO DE 1978 Aprova as Normas Regulamentadoras - NR - do Capítulo V, Título II, da Consolidação das Leis do

Leia mais

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto 15.01.2012 - TARDE LÍNGUA PORTUGUESA TEXTO FALTA PEDREIRO Superinteressante São Paulo, Abril, n. 280 Falta pedreiro, estão reclamando os mestres

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO PREFEITURA MUNICIPAL DE CANAÃ DOS CARAJÁS CONCURSO PÚBLICO PROVA OBJETIVA: 13 de abril de 2014 NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO AGENTE DE SERVIÇOS DE ARTÍFICE DE MANUTENÇÃO, AGENTE DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA

Leia mais

INSTITUTO DE ENGENHARIA DE SÃO PAULO SOLUÇÕES PARA RUÍDO OCUPACIONAL

INSTITUTO DE ENGENHARIA DE SÃO PAULO SOLUÇÕES PARA RUÍDO OCUPACIONAL INSTITUTO DE ENGENHARIA DE SÃO PAULO SOLUÇÕES PARA RUÍDO OCUPACIONAL HISTÓRIA DE CASOS DIVISÃO TÉCNICA SEGURANÇA NO TRABALHO e DIVISÃO TÉCNICA DE ACÚSTICA 22/05/2012 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO ALGUNS

Leia mais

Prova Discursiva de SST Professor Flávio Nunes

Prova Discursiva de SST Professor Flávio Nunes QUESTÃO 13: A empresa Cabeça de Prego Metalúrgica Ltda. possui, no setor de produção de pregos metálicos de duas cabeças, diferentes máquinas e equipamentos, que são operadas por trabalhadores capacitados.

Leia mais

O que é APR (Análise Preliminar de Risco)? Objetivos da APR Entre os principais objetivos da análise preliminar de risco, podemos destacar:

O que é APR (Análise Preliminar de Risco)? Objetivos da APR Entre os principais objetivos da análise preliminar de risco, podemos destacar: O que é APR (Análise Preliminar de Risco)? A expressão APR significa Análise Preliminar de Risco é muito utilizada no dia-a-dia dos profissionais da área de segurança e saúde do trabalho. APR é uma técnica

Leia mais

Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho

Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho O Instituto GERIR, entidade de direito privado e sem fins lucrativos, classificado como

Leia mais

Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar

Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar MANUAL DO AVALIADOR Parte I 1.1 Liderança Profissional habilitado ou com capacitação compatível. Organograma formalizado, atualizado e disponível. Planejamento

Leia mais

a) sempre que se produza uma mudança nas condições de trabalho, que possa alterar a exposição aos agentes biológicos;

a) sempre que se produza uma mudança nas condições de trabalho, que possa alterar a exposição aos agentes biológicos; Os 32 itens da NR-32 a serem trabalhados nesta primeira etapa do projeto 32 para implantação nos estabelecimentos de saúde até 2009 foram selecionados e estudados pela diretoria do Sinsaúde por serem os

Leia mais

Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA

Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA Caderno de Provas MATEMÁTICA Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA Use apenas caneta esferográfica azul ou preta. Escreva o seu nome completo e o número do seu

Leia mais

EDITAL 020/13 TÉCNICO EM ENFERMAGEM COMPLEMENTAÇÃO TARDE PARA CANDIDATOS FORMADOS EM AUXILIAR EM ENFERMAGEM

EDITAL 020/13 TÉCNICO EM ENFERMAGEM COMPLEMENTAÇÃO TARDE PARA CANDIDATOS FORMADOS EM AUXILIAR EM ENFERMAGEM IRMANDADE DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SÃO PAULO Entidade Mantenedora ESCOLA DE ENFERMAGEM DA SANTA CASA Autorização de Funcionamento: Portaria 312 Publicada no D.O.E. 09.01.1993 Diretoria de Ensino

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ CONCURSO PÚBLICO. PROVA OBJETIVA: 22 de setembro de 2013 NÍVEL ALFABETIZADO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ CONCURSO PÚBLICO. PROVA OBJETIVA: 22 de setembro de 2013 NÍVEL ALFABETIZADO PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ CONCURSO PÚBLICO PROVA OBJETIVA: 22 de setembro de 2013 NÍVEL ALFABETIZADO CARGO: AGENTE DE LIMPEZAS PÚBLICAS, OPERADOR DE MÁQUINA, SERVENTE, VIGIA Nome do Candidato: Nº de

Leia mais

NORMA REGULAMENTADORA NR 17

NORMA REGULAMENTADORA NR 17 NORMA REGULAMENTADORA NR 17 NORMA REGULAMENTADORA - NR 17 ERGONOMIA 17.1. Esta Norma Regulamentadora visa a estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características

Leia mais

CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Gabarito

CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Gabarito UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2006 e 1 o semestre letivo de 2007 CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Gabarito INSTRUÇÕES AO CANDIDATO Verifique se este caderno contém:

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS

NORMAS REGULAMENTADORAS NORMAS REGULAMENTADORAS As Normas Regulamentadoras estabelecem critérios e procedimentos obrigatórios relacionados à segurança e medicina do trabalho, que devem ser seguidos por empresas de acordo com

Leia mais

Alexandre Enzweiler, Gabriel de Almeida e Yvo Pitol 22/04/2013

Alexandre Enzweiler, Gabriel de Almeida e Yvo Pitol 22/04/2013 CIPA Comissão Interna de Prevenção de Acidentes NR-5 Alexandre Enzweiler, Gabriel de Almeida e Yvo Pitol 22/04/2013 Atribuições iniciais Criada em 1934 e regulamentada somente em 1978 juntamente com outras

Leia mais

O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA PROFISSIONAL BÁSICO - CIÊNCIAS CONTÁBEIS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA PROFISSIONAL BÁSICO - CIÊNCIAS CONTÁBEIS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 04 NOVEMBRO / 2009 O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA PROFISSIONAL BÁSICO - CIÊNCIAS CONTÁBEIS (2 a FASE) LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material:

Leia mais

Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas. Nível Fundamental Incompleto. Águas e Esgoto. 22.01.2012 - Tarde

Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas. Nível Fundamental Incompleto. Águas e Esgoto. 22.01.2012 - Tarde Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas Nível Fundamental Incompleto Águas e Esgoto 22.01.2012 - Tarde LÍNGUA PORTUGUESA AJUDANTE / AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS / OPERADOR DE BOMBAS 22.01

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 22

PROVA ESPECÍFICA Cargo 22 13 PROVA ESPECÍFICA Cargo 22 QUESTÃO 31 Os Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, obedecendo ao Quadro II da NR- 4, subitem 4.4, com redação dada pela Portaria nº

Leia mais

Caderno de Prova MARQUE ASSIM NÃO MARQUE ASSIM. Pedofilia é crime, denuncie.

Caderno de Prova MARQUE ASSIM NÃO MARQUE ASSIM. Pedofilia é crime, denuncie. Edital de Abertura do Concurso Público Caema - MA n o 01/2014 Auxiliar de Serviços e Obras de Saneamento Caderno de Prova LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO Prezado(a) Candidato(a), 1. Ao receber este

Leia mais

PROCESSO SELETIVO CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE 2013. Nome do candidato: RG

PROCESSO SELETIVO CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE 2013. Nome do candidato: RG UNIDADE SENAI PROCESSO SELETIVO CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE 2013 Nome do candidato: RG LEIA ATENTAMENTE AS SEGUINTES INSTRUÇÕES: 1. Você receberá do fiscal o material abaixo: a) Este CADERNO DE QUESTÕES,

Leia mais

Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde CNPJ : 08.543.681/0001-46 www.faculdadefapec.com.br

Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde CNPJ : 08.543.681/0001-46 www.faculdadefapec.com.br EDITAL 021/2015 DE 15 DE OUTUBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 A Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde FAPEC torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2016.1, para

Leia mais

1 O servidor somente poderá receber um adicional ou gratificação de que trata esta Orientação Normativa.

1 O servidor somente poderá receber um adicional ou gratificação de que trata esta Orientação Normativa. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 2, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2010. Estabelece orientação sobre a concessão dos adicionais de insalubridade,

Leia mais

Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI. Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ

Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI. Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ AG. DE VIGILÂNCIA PREVIDENCIÁRIA / AUX. DE SERVIÇOS GERAIS / MOTORISTA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL 05/2014

PROCESSO SELETIVO EDITAL 05/2014 PROCESSO SELETIVO EDITAL 05/2014 CARGO E UNIDADES: Auxiliar Administrativo (MOSSORÓ) Atenção: NÃO ABRA este caderno antes do início da prova. Tempo total para resolução desta prova: 2 (duas) horas. Assine

Leia mais

MINISTÉRIO)DA)EDUCAÇÃO) ) INSTITUTO)FEDERAL)DE)EDUCAÇÃO,)CIÊNCIA)E) TECNOLOGIA)DO)SUDESTE)DE)MINAS)GERAIS)

MINISTÉRIO)DA)EDUCAÇÃO) ) INSTITUTO)FEDERAL)DE)EDUCAÇÃO,)CIÊNCIA)E) TECNOLOGIA)DO)SUDESTE)DE)MINAS)GERAIS) MINISTÉRIODAEDUCAÇÃO INSTITUTOFEDERALDEEDUCAÇÃO,CIÊNCIAE TECNOLOGIADOSUDESTEDEMINASGERAIS CONCURSOPÚBLICOPARAPROVIMENTODECARGOEFETIVODEDOCENTES ÁREA:EngenhariaMecânica

Leia mais

CAp-UERJ Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira

CAp-UERJ Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira CAp-UERJ Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira INSTRUÇÕES Você está recebendo um caderno de prova com 12 (doze) folhas numeradas. As partes I e II contêm 16 (dezesseis) questões de Língua

Leia mais

Edital de Seleção de Alunos 2º/ 2014

Edital de Seleção de Alunos 2º/ 2014 Edital de Seleção de Alunos 2º/ 2014 1 PREÂMBULO 1.1A Diretoria de Ensino (DE) do Vestibular Cidadão (VC), no uso de suas atribuições, torna pública e estabelece as normas e as condições de habilitação

Leia mais

CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes DO OBJETIVO A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA - tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo

Leia mais

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a): Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CONCURSO PÚBLICO 2014 PROVA TIPO 1 Cargo de Nível Médio: Código: 17 TÉCNICO EM AUDIOVISUAL 2014 Universidade Federal de Alagoas (Edital nº 025/2014)

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA. COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA. COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016 Estarão abertas, das 9h00min do dia 18 de setembro de 2015 às 18h00min do dia 20 de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM EDITAL Nº 001/HUST-COREME/2014

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM EDITAL Nº 001/HUST-COREME/2014 1 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM EDITAL Nº 001/HUST-COREME/2014 O Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina Unoesc, professor Aristides

Leia mais

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1 - A duração da prova é de 3 horas, já incluído o tempo de preenchimento do cartão de respostas e

Leia mais

PORTARIA DNC Nº 27, DE 16.9.1996 - DOU 17.9.1996

PORTARIA DNC Nº 27, DE 16.9.1996 - DOU 17.9.1996 PORTARIA DNC Nº 27, DE 16.9.1996 - DOU 17.9.1996 Estabelece condições mínimas de segurança das instalações de armazenamento de recipientes transportáveis de GLP. O DIRETOR DO DEPARTAMENTO NACIONAL DE COMBUSTÍVEIS,

Leia mais

EDITAL 014/2014 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 - ENGENHARIA CIVIL E VAGAS REMANESCENTES

EDITAL 014/2014 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 - ENGENHARIA CIVIL E VAGAS REMANESCENTES EDITAL 014/2014 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 - ENGENHARIA CIVIL E VAGAS REMANESCENTES A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular

Leia mais

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

SIMULADOS - Professor Flávio Nunes Segurança e Saúde no Trabalho

SIMULADOS - Professor Flávio Nunes Segurança e Saúde no Trabalho 1. Com base na CLT e com a Norma Regulamentadora 07 (PCMSO), julgue os itens a seguir. I. Quando na fase de reconhecimento dos riscos ambientais não for detectado risco específico, o controle médico poderá

Leia mais

EDITAL Nº 001/2016 EXAME DE SELEÇÃO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS

EDITAL Nº 001/2016 EXAME DE SELEÇÃO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS DEPARTAMENTO REGIONAL DE ALAGOAS ESCOLA SESI DE EDUCAÇÃO BÁSICA INDUSTRIAL ABELARDO LOPES Parecer nº 247/2014 CEB/AL, Resolução nº 38/2014 CEE/AL, Portaria de Reconhecimento nº 866/2015 SEE/ALRua General

Leia mais

EDITAL FMJ- 032/2011, de 21/6/2011 ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO CONCURSO VESTIBULAR DE 2012 MEDICINA

EDITAL FMJ- 032/2011, de 21/6/2011 ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO CONCURSO VESTIBULAR DE 2012 MEDICINA EDITAL FMJ- 032/2011, de 21/6/2011 ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO CONCURSO VESTIBULAR DE 2012 MEDICINA O Prof. Dr. ITIBAGI ROCHA MACHADO, Diretor da Faculdade de Medicina de Jundiaí, autarquia municipal de

Leia mais

OBI2012 Caderno de Tarefas

OBI2012 Caderno de Tarefas OBI2012 Caderno de Tarefas Modalidade Iniciação Nível 1, Fase 1 1 de abril de 2012 A PROVA TEM DURAÇÃO DE 2 HORAS Promoção: Patrocínio: v1.0 Olimpíada Brasileira de Informática OBI2012 1 Instruções LEIA

Leia mais

a) garantindo que todos os produtos químicos sejam avaliados com o fim de determinar o perigo que apresentam;

a) garantindo que todos os produtos químicos sejam avaliados com o fim de determinar o perigo que apresentam; Convenção 170 PRODUTOS QUÍMICOS A Conferência Geral da Organização Internacional do Trabalho convocada em Genebra pelo Conselho da Administração do Departamento Internacional do Trabalho, e congregada

Leia mais

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a): Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CONCURSO PÚBLICO 2014 PROVA TIPO 1 Cargo de Nível Médio: Código: 03 REVISOR DE TEXTO EM BRAILLE 2014 Universidade Federal de Alagoas (Edital nº 025/2014)

Leia mais

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA PROVA OBJETIVA PROCESSO SELETIVO DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Prezado candidato(a), você recebeu o seguinte material: - um caderno de questões contendo 30 (trinta) questões

Leia mais

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS II - GLOSSÁRIO PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU HARTFORD CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73

Leia mais

Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 GABARITO OFICIAL

Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 GABARITO OFICIAL Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 CARGO Crecheiras (71) GABARITO OFICIAL QUESTÃO ALTERNATIVA CORRETA 01 B 02 C 03 B 04 A 05 C 06 B 07 C 08 C 09 B 10 D 11 B 12 D 13 A 14

Leia mais

FUNDAÇÃO JOSÉ PEDRO DE OLIVEIRA CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 001/2011 4ª SÉRIE - ENSINO FUNDAMENTAL AGENTE DE APOIO OPERACIONAL

FUNDAÇÃO JOSÉ PEDRO DE OLIVEIRA CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 001/2011 4ª SÉRIE - ENSINO FUNDAMENTAL AGENTE DE APOIO OPERACIONAL FUNDAÇÃO JOSÉ PEDRO DE OLIVEIRA CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 001/2011 4ª SÉRIE - ENSINO FUNDAMENTAL AGENTE DE APOIO OPERACIONAL Nome do Candidato Número de Inscrição LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO

Leia mais

EDITAL DO VESTIBULAR ESPECIAL EAD/UAB - UNIFEI 2009

EDITAL DO VESTIBULAR ESPECIAL EAD/UAB - UNIFEI 2009 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ EDITAL DO VESTIBULAR ESPECIAL EAD/UAB - UNIFEI 2009 Aprovado pela Câmara de Graduação em 19/09/2008 18ª Reunião Extraordinária O Pró-Reitor de Graduação

Leia mais

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES Vigilância em Saúde Ambiental Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva 1. Você recebeu do fiscal o seguinte material: INSTRUÇÕES a) Este Caderno de Questões contendo o enunciado das 2 (duas) questões

Leia mais

ICATU SEGUROS Condições Gerais Página 1

ICATU SEGUROS Condições Gerais Página 1 CONDIÇÕES GERAIS DO PU114P I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73 PLANO PU114P MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.005166/2011-99II

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO Tricap Empresarial Mensal TRADICIONAL

CONDIÇÕES GERAIS DO Tricap Empresarial Mensal TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS DO Tricap Empresarial Mensal TRADICIONAL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73 PM930T4 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP

Leia mais

EDITAL Nº 005/2010 EXAME DE SELEÇÃO 2011/1 - UCEFF FACULDADES

EDITAL Nº 005/2010 EXAME DE SELEÇÃO 2011/1 - UCEFF FACULDADES EDITAL Nº 005/2010 EXAME DE SELEÇÃO 2011/1 - UCEFF FACULDADES 1. ABERTURA A Faculdade de Empresarial de Chapecó mantida pela Unidade Central de Educação FAEM Faculdade Ldta UCEFF Faculdades, de acordo

Leia mais

Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES

Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 5º ANO ESPECIALIZADO E CURSO PREPARATÓRIO 4º SIMULADO/2014-2ª ETAPA MATEMÁTICA Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 01) Verifique o total de folhas (09) deste Simulado. Ele contém 20 (vinte)

Leia mais

TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA, REINGRESSO E MUDANÇA DE CURSO - 2015

TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA, REINGRESSO E MUDANÇA DE CURSO - 2015 PROAC / COSEAC UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA, REINGRESSO E MUDANÇA DE CURSO - 2015 CADERNO DE MATEMÁTICA INSTRUÇÕES AO CANDIDATO 1. Você deve ter recebido do fiscal, um Caderno

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS - NR ABAIXO ESTÃO AS NORMAS REGULAMENTADORAS VIGENTES DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO

NORMAS REGULAMENTADORAS - NR ABAIXO ESTÃO AS NORMAS REGULAMENTADORAS VIGENTES DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO NORMAS REGULAMENTADORAS - NR ABAIXO ESTÃO AS NORMAS REGULAMENTADORAS VIGENTES DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO NR 1 - Disposições Gerais As Normas Regulamentadoras são de observância obrigatória por

Leia mais

ESCOPO DE FORNECIMENTO DOS DOCUMENTOS DO PROJETO 3RFOLLOWGOGREENER Pág. 1 de 6

ESCOPO DE FORNECIMENTO DOS DOCUMENTOS DO PROJETO 3RFOLLOWGOGREENER Pág. 1 de 6 3RFOLLOWGOGREENER Pág. 1 de 6 Projeto N o Data de entrada: 3RFollowGoGreener-001-10-2010 Data de saída: Título do Projeto: Programa 3RFollowGoGreener - Sistema Follow é composto por Modelos de Documentos

Leia mais

FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida pela Fundação Instituto de Administração

FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida pela Fundação Instituto de Administração EDITAL DO VESTIBULAR 1/2011 O Diretor Geral da Faculdade FIA de Administração e Negócios, no uso de suas atribuições regimentais e da legislação vigente, por meio do presente Edital, torna público o aditamento

Leia mais

003. primeira prova escrita

003. primeira prova escrita N.º Código Rubrica do Presidente Cad Q 2 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 184. o Concurso de Provas e Títulos para Ingresso na Magistratura 003. primeira prova escrita Caderno

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Concurso Público n.º 01/2015. Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE IOMERÊ

MANUAL DO CANDIDATO. Concurso Público n.º 01/2015. Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE IOMERÊ MANUAL DO CANDIDATO Concurso Público n.º 01/2015 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE IOMERÊ Orientações e Instruções para a Realização das Provas 1. Do horário de comparecimento para a realização das

Leia mais

QUADRO II PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRA DOS AIMORÉS- EDITAL 001/2010 CRONOGRAMA DE TRABALHO DO CONCURSO PÚBLICO

QUADRO II PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRA DOS AIMORÉS- EDITAL 001/2010 CRONOGRAMA DE TRABALHO DO CONCURSO PÚBLICO QUADRO II PREFEITURA MUNICIPAL SERRA DOS AIMORÉS- EDITAL 001/ CRONOGRAMA TRABALHO DO CONCURSO PÚBLICO ITEM RESPONSÁVEL ATIVIDAS DATA 01 MSM Consultoria Data da Publicação do Edital no Diário Oficial 16-11-

Leia mais

NR7, NR9, NR17 - PROGRAMAS. Adriano Fernandes da Silva Lucas dos Reis Furtado Natália Barrios da Vila

NR7, NR9, NR17 - PROGRAMAS. Adriano Fernandes da Silva Lucas dos Reis Furtado Natália Barrios da Vila NR7, NR9, NR17 - PROGRAMAS Alunos: Adriano Fernandes da Silva Lucas dos Reis Furtado Natália Barrios da Vila NR 7 PCMSO - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Esta Norma Regulamentadora - NR

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS ASSUNTO PADRONIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO, A SEREM EXECUTADAS PELAS EMPRESAS CONTRATADAS PELA INFRAERO RESPONSÁVEL DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO (DA) GERÊNCIA DE DINÂMICA LABORAL

Leia mais

NR 12 - Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos

NR 12 - Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos Ministério do Trabalho e Emprego Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho NR 12 - Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos Fabricação, Importação, Comércio

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PM110P3 POPULAR

CONDIÇÕES GERAIS DO PM110P3 POPULAR I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS DO PM110P3 POPULAR SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73 PM110P3 - MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.003600/2011-04

Leia mais

NR.35 TRABALHO EM ALTURA

NR.35 TRABALHO EM ALTURA NR.35 TRABALHO EM ALTURA Objetivo e Campo de Aplicação Esta Norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução,

Leia mais

EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES

EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2016.1, para os cursos de Bacharelado em

Leia mais

DIRETORIA EXECUTIVA EDITAL DAEM n. 03/2011

DIRETORIA EXECUTIVA EDITAL DAEM n. 03/2011 DIRETORIA EXECUTIVA EDITAL DAEM n. 03/2011 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS REMUNERADOS DO CURSO DE CIENCIAS DA COMPUTAÇÃO, PROCESSAMENTO DE DADOS, ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS,

Leia mais

EDITAL Nº 34/2014 PROCESSO SELETIVO AGENDADO DA FACULDADE METROPOLITANA DE MARABÁ METROPOLITANA 2015 1

EDITAL Nº 34/2014 PROCESSO SELETIVO AGENDADO DA FACULDADE METROPOLITANA DE MARABÁ METROPOLITANA 2015 1 EDITAL Nº 34/2014 PROCESSO SELETIVO AGENDADO DA FACULDADE METROPOLITANA DE MARABÁ METROPOLITANA 2015 1 1- DO OBJETO O presente Edital trata do EXAME DE SELEÇÃO AGENDADO de candidatos aos cursos da Faculdade

Leia mais