Gestão de T.I. Aula 1. Apresentação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão de T.I. Aula 1. Apresentação"

Transcrição

1 Gestão de T.I. POS683 Redes de Comunicação Aula 1 Prof. Rodrigo Rocha Apresentação Prof. Rodrigo Rocha Ementa Introdução à Comunicação de Dados: conceitos básicos, transmissão de dados. Redes de Comunicação: principais aspectos das redes privadas (LANs de baixo e alto desempenho) e das redes públicas (telefônicas, de dados, B/NISDN,comunicação sem fio). Modelo de Referência OSI, Arquitetura TCP/IP e Internet. Características das WANs: componentes de redes de longa distância, meios físicos, serviços, tendências: Internet, Intranets e Extranets. Domínios e endereçamentos. Mecanismos de segurança e proteção de dados senhas, criptografia, proxys e firewalls. Tendências no campo da comunicação. Comércio Eletrônico, Trabalho Colaborativo e Cooperativo via Internet. Marketing na Internet. Novos negócios através da Internet. Impactos da Internet na sociedade. Aspectos legais do uso da Internet. 1

2 Cronograma Horário: Sábados das 8h00 12h00 1ª Aula 28/11 Papel do gestor na área de comunicação Introdução a comunicação de dados Tendências no campo de comunicação 2ª Aula 05/12 Redes de comunicação Protocolos, Endereçamento, Wan s. Roteamento 3ª Aula 12/12 Segurança e Proteção dos Dados 4ª Aula 19/12 Apresentação executiva Discussão dos projetos Livro texto Bibliografia FRANCO Jr. Carlos F. e-business na Infoera. 4. Ed. São Paulo: Atlas, ISBN13: KUROSE, JAMES F.; ROSS, KEITH W. Redes de computadores e a internet uma nova abordagem. Addison Wesley. 3a Edição ISBN13: TANEMBAUM, A.S., Redes de Computadores. 4a. Ed. Rio de Janeiro: Editora Campus, ISBN13: TERADA R t S d d d i t fi d d TERADA, Routo. Segurança de dados: criptografia em redes de computador. São Paulo: Edgard Blücher, 2.Ed ISBN13:

3 Metodologia e Avaliação Metodologia Aula expositiva Exercício em classe Práticas em Laboratório WebQuest Avaliação Atividades durante a aula Apresentação do Projeto de Redes Cenário Faculdade Anhanguera Projeto Ligação entre Jundiaí Valinhos - Campinas Um novo campus do outro lado na anhanguera Avenida marginal com Flavio Matiazzo 2 laboratório de informática com 40 máquinas 7 Laboratórios com 50 micros Sendo 1 lab. de redes onde os alunos devem acessar as máquinas como administrador Diminuição dos custos com telefonia Ligações Interurbanas entre as empresas R$ 6.000,00 / mês 3

4 Vista aérea 300 m datacenter Cenário Escopo Objetivo Cronograma (EAP) Cronograma (EAP) Orçamento Premissas Restrições Custos Hardware Servidores Equipamentos de Borda e Internos (switches, hubs, roteadores, appliances,...) Links (cabos, fibras, conectores, antenas,...) Softwares Sistemas Operacionais Aplicativos (proxy, , firewall,...) Serviços Custo de links de comunicação Crimpagem, Pontas da Fibra óptica, Passagem de Cabos Projeto 4

5 Projeto Projeto Lógico Endereçamento Serviços instalados Web, , proxy, firewall,... Backup Estratégias Tipos de mídia Projeto Físico Diagrama dos links Equipamentos centrais Roteadores, switches, hubs, appliances Não precisa entrar no detalhe de estações Segurança Pergunta? Qual o Cenário Atual de T.I.C? Qual o futuro desse cenário? Qual a velocidade destas transformações? Cliptecno - Prometeus 5

6 Comunicação de Dados Conectar dispositivos diferentes através de um meio de comunicação Finalidades? compartilhamento de dispositivos ex: compartilhar uma impressora compartilhamento de informações ex: banco de dados, comunicação Anim: sem rede Qual o papel do gestor de T.I. na área de comunicação? Exercício 6

7 Papel do Gestor Papel do Gestor na área de comunicação de dados Decidem o futuro da empresa T.I. como estratégia para os negócios Projetos Conhecimento nas áreas de tecnologia e gestão Tradução do tecnolez em linguagem administrativez Utilização de vocabulário da área Vantagem competitiva, inovação, qualidade, velocidade, novos mercados, segurança, continuidade dos negócios, parada mínima, etc... Papel do Gestor de Internet Conhecer as ferramentas e planejar a melhor estratégia para a empresa na internet, envolvendo sites e hot sites, marketing, links patrocinados, ações em redes sociais como Twitter, Orkut, You Tube, entre outros. Desenvolver estratégias que estimulem a interação com o cliente, dêem respostas a todas as demandas recebidas e permitam a mensuração desse retorno para a empresa. Assegurar a atualização de todas as informações do site, interagindo com outras áreas como Comercial, Marketing e TI. Cuidar do relacionamento com os fornecedores para garantir a execução das ações. O gestor de internet precisa estar envolvido em toda a estratégia de marketing da empresa e conhecer bem o seu consumidor, para então poder pensar nas ferramentas mais adequadas para necessidade de cada produto/ação. Deve ser um profissional dinâmico e com visão de planejamento estratégico. Adriana Gomes, gerente de Marketing do Banco Gerador. Fonte: 7

8 Atividade Você gestor de T.I. está recebendo alguns projetos enviados pelo departamento técnico de T.I., sua função será apresentar as seguintes situações para o conselho administrativo/financeiro da empresa. A classe fará o papel do conselho e aprovará ou não o seu projeto. Lembre-se: Os administradores não entendem tecnez Situação De: Para: Atualmente estamos utilizando nas máquinas o antivírus AVG, precisamos adquirir uma solução centralizada de monitoramento e atualização automática. Hoje o custo é R$ 0,00, porém algumas atualizações automática falham quase sempre. A nova proposta utilizará uma central de segurança instalado no servidor e todos os clientes serão controlados por ele, isto é, atualizações, updates, regras, etc. O custo será de R$ ,00 para todas as estações. Como vender para o conselho administrativo? 8

9 Situação De: Para: Nossa nova estratégia será de trocar os 4 servidores físicos por uma máquina linux RedHat com virtualização, onde cada servidor que era físico vai ser implementado em uma máquina virtual. Entretanto o preço de 4 servidores novos seria de R$ ,00, já o servidor preparado para virtualização custará R$ ,00 e será em rack. O novo servidor terá fonte redundante, nobreak, HD em RAID, e backup on line em um storage. Além disso foi contratado um suporte SLA (Nível de Serviço Acordado) de 4 horas. Nosso backbone que era de cabo UTB cat5 será trocado por Fibra óptica com redundância. A solução com cabo cat6 custaria R$ 2.000,00, já a de fibra óptica R$ ,00 (incluso os switches com portas Como vender para o conselho administrativo? Situação De: Para: Hoje estamos com acesso a internet através de uma adsl de 8mb (speedy com garantia de 10% velocidade) e solicitamos a troca para um link IP dedicado de 2mb (full) O preço do speedy é de R$ 299,00/mês, já o novo link custará R$ 2.200,00 /mês com aluguel do roteador. Este link terá um SLA de reparo em 4 horas e banda garantida de 99,03%. Com isso conseguiremos instalar os serviços de http, ftp no nosso novo servidor, assim podemos cancelar o webhosting e hospedar nossa Extranet e website localmente. O que irá gerar mais segurança pois podemos verificar as regras de firewall, proxy e instalar scripts (cgi-bin). Tudo isso será instalado em um novo servidor com processador quad xenon, storage de 2 Tb fonte redundante e Raid 1+0 O servidor utilizará virtualização 1 máquina com windows 2008 para AD 1 máquina com linux http, ftp e proxy filter 1 máquina servidor de impressão Utilizaremos também um cisco ASA-5500 com firewall da rede e um barracuda anti-spam e virus firewall. 9

10 Criação do microprocessador década 70 revolução na informática Rede de computador? Introdução Anim: sem rede conectar dois ou mais equipamentos através de um meio físico com a finalidade de obter ou fornecer um serviço Finalidades? compartilhamento de hardware ex: compartilhar uma impressora compartilhamento de informações ex: banco de dados, comunicação Vídeo: prometeus Por que estudar Redes de comunicação? Quem utiliza? Computação doméstica Negócios Futuro / Questão de sobrevivência Estratégico Diferencial Todos utilizam algum serviço de rede? Acesso a aplicações remotas Comunicação Entretenimento Comércio eletrônico Depêndencia Celular Internet móvel Blackberry Gps Animação sem rede 10

11 Usuários da Internet Setembro, 2009 Fonte: Crescimento no nº de usuários Crescimento do número de usuários entre 2000 e 2007 Fonte: 11

12 America Latina Situação na América Latina Gestor. Você já pesou em seus equipamentos de rede? Porta retratos IP O menor servidor Web do mundo Tostadeira habilitada para a Web + Previsão do tempo Geladeira com acesso a internet fonte: 12

13 Internet Situação do backbone RNP em 1995 Internet

14 Internet Situação em 2006 do backbone RNP Internet

15 BackBone Cabos de fibra óptica submarinos Vídeo: 4000 km fibra robo Ops!!! Só de coisa boa vive o gestor??? 15

16 Problemas 16

17 Qui, 31 Jan 2008, 11h18 Problemas Interrupções no acesso à internet devido a cortes em dois cabos submarinos no Mar Mediterrâneo se espalharam hoje para a Índia, onde metade de sua conexão de banda larga não funcionava e com o Oriente Médio ainda sofrendo com o problema. Autoridades d disseram que o conserto dos cabos, que estariam localizados li entre Alexandria, no Egito, e Palermo, na Sicília, pode levar uma semana ou mais, devido ao mau tempo. Países da região tentavam redirecionar o tráfego para satélites e outros cabos pela Ásia. No geral, Índia, Egito, Qatar, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Kuwait e Bahrein eram afetados. Israel não sofria com o problema já que seu tráfego da internet é conectado à Europa por outro cabo submarino, e Líbano e Iraque também operavam normalmente. O maior impacto para o resto do mundo pode vir de desconexão em partes da Índia - onde empresas prestam serviço, como call centers, para companhias americanas. O problema teria sido causado ontem pela âncora de um navio perto do porto de Alexandria. Os cabos submarinos são operados pela FLAG Telecom, que opera o cabo Fiber-Optic Link Around the Globe (FLAG), de 28 mil quilômetros, e pelo SEA- ME-WE 4, um sistema de cabos submarinos que liga o Sudeste Asiático à Europa, passando pela Índia e pelo Oriente Médio. Problemas 17

18 Atividade Depois de analisar grandes problemas ocorridos com as redes de comunicações: Critique os fatos acontecidos. Quais os fatores que levaram ao ocorrido? Foi impactante? Poderiam ser evitados? Como? Como seria um plano de continuidade dos negócios e recuperação de desastres? E o governo brasileiro??????? 18

19 Plano Nacional de Banda Larga Plano nacional de banda larga Quais os assuntos tratados Qual a proposta do governo federal Faça críticas/elogios sobre as propostas Qual(is) as oportunidades de negócios deverão surgir Qual a sua opinião sobre o plano OBS: Em reportagens foi citado que a banda larga para todos teria a velocidade de 256 Kb/s ao final do plano. Conhecendo componentes de redes de comunicação 19

20 Infra estrutura de redes Extremos da rede (equipamentos de borda) host rodando aplicações (www, ftp, firewall,...) sistemas cliente servidor banco de dados comunicações ponto-a-ponto vídeo conferência Núcleo da rede Combinação de dispositivos (roteadores) interconectados Como as informações trafegam na rede? Comutação de circuitos estabelece caminho e reserva recursos Comutação de pacotes não reserva recursos Tipos comuns de redes Esquematização de uma rede fonte:tenenbaum client/server peer-to-peer 20

21 Vantagens compartilhamento de recursos gerenciamento centralizado Client Server mais segurança servidores otimizados usuários não se preocupam com administração Desvantagens Custo hardware software pessoal (administradores de rede) Peer-to-Peer Vantagens compartilhamento de recursos sem administrador cada usuário é um administrador em potencial baixo custo de implantação configuração mais fácil menos investimentos sem servidor Desvantagem segurança desorganização usuários são os administradores sem controle Anim: p2p 21

22 Denominação das redes LAN Local area network redes privadas interliga salas, prédios, condomínios, etc. MAN Metropolitan area network maior abrangência cidades exemplo: rede de TV a cabo MAN 22

23 WAN WAN Wide area network engloba grandes áreas geográficas países, continentes Lan e Wan Wireless Exercícios O que deveria ser orçado (software, serviço, cabos) para implantar a rede abaixo por peer-to-peer e client-server? Qual você acha a mais interessante (levando em conta todos os aspectos discutidos). Justifique. OBS: Os clientes já tem o equipamento citado a-) rede de uma farmácia com 3 computadores b-) rede de uma faculdade com 2 laboratórios de 30 micros e 10 micros nos deptos. administrativos c-) rede de sua casa 1 micro e 1 notebook d-) supermercado com 15 caixas e 5 máquinas nos deptos. administrativos 23

24 Elementos de rede Elementos de rede 24

25 Conceito de comunicação half-duplex comunicação nos dois sentidos só um transmite de cada vez exemplo: walk-talk, radio amador full-duplex comunicação nos dois sentidos comunicação bidirecional exemplo: chamada telefonica Antes de mais nada estação de trabalho workstation Computador com CPU computador conectado à rede e utilizado por alguém Cliente entidade da rede que requisita recursos workstation também requisita recursos da rede nem todos clientes são workstation exemplo: impressora 25

26 Prove (serve) recursos para a rede Computador mais robusto poderoso Possui software para controle e manutenção da rede conhecido como Sistema Operacional de rede Normalmente específicos para alguma tarefa (dedicados) file, proxy, printer, web, mail, ras, etc. nomenclatura: tipo_do_servico+server exemplo: ras_server, file_server, web_server Servidor Posso/Devo instalar todos estes serviços em um só servidor? Independente das tarefas específicas, eles tem em comum: software e hardware para garantir a integridade das informações (backup) capacidade de atender a um número grande de clientes Podem ser desktops ou de rack Servidores 26

27 Qual processador? Questões Quanto de memória? Que HD escolho? IDE, SCSI, SATA, SAS? O que é hotswap? Pra que serve a redundância de fonte? Preciso de virtualização? Necessito de algum dispositivo pra backup? Qual? Lab. Entrar no site da dell,ibm,hp e configurar servidores para algumas situações. Vídeo: virtualizacao 2008 Exemplo Exemplo de rede com servidores e estações 27

28 Host Normalmente utilizado para se referenciar a dispositivos da rede pode ser utilizado para referenciar tanto estações como servidores Pela visão do TCP/IP host é um dispositivo de rede que possui um endereço IP Rede ponto-a-ponto 28

29 Rede Cliente-servidor Basicamente: o mapeamento da rede Diferença entre Topologia Física topologia fisica layout de cabeamento e localização dos componentes de rede topologia lógica como os dados trafegam na rede Escolha do número de computadores interligados na rede é crítico Escolhas erradas geram custos indisponibilidade dos serviços Outro fator é pensar no crescimento Em média uma empresa troca sua estrutura física a cada 10 anos 29

30 Barramento Todos computadores conectados em um único segmento de cabo Possuem terminadores no final e início Tráfego de dados chegam para todos Vantagens: simples, barata e usa menos cabo Desvantagem: mobilidade, tolerância a falhas, dificuldade de resolver problemas Estrela Diferente do barramento, os dispositivos são conectados em um concentrador cabos ou tecnologias sem fio vantagens inclusão de novas estações falhas no cabo não interrompe toda a rede fácil manutenção desvantagens custo mais alto (cabos e concentradores) ponto único de falha 30

31 Anel cada computador e ligado diretamente a outros dois computadores características custo mais alto, multiplos cabos para cada estação difícil para reconfigurar nenhuma tolerância a falha, um problema no cabeamento pode derrubar a rede inteira Mistura de tipos diferentes de topologia híbrida 31

32 backbone e segmento redes complexas, identificamos as redes por partes backbones segmentos BackBone Parte da rede onde todos os segmentos estão conectados principal p componente da infra-estrutura da rede deve ser um segmento de maior velocidade normalmente: Fiber Distributed Data Interface (FDDI) 32

33 Segmento Seção da rede que não faz parte do backbone Servidores de conectam a backbone Estações de conectam a segmentos segmentos se conectam ao backbone para dar acesso as estações Escolhendo a topologia correta Devemos levar em consideração os seguintes fatores: custo facilidade de instalação facilidade de manutenção tolerância a falhas expansibilidade 33

34 Meios físicos Contém: um condutor central de cobre revestido por material isolante camadas protetoras Conectores e montagem 34

35 Montagem do cabo Especificações 35

36 Par trançado multiplos cabos trançados são transçados para evitar interferências modelos com blindagem STP sem blindagem UTP (usados em redes ethernet) popular, pois: barato fácil de lidar permite altas velocidade (inimagináveis há 10 anos atrás) categorias: cat.1 2 pares de fios: uso: telefonia cat.2 4 pares de fios. 4mb/s. 10Mhz cat.3 4 pares de fios. 10mb/s. 16Mhz - ethernet cat.4 4 pares de fios. 20mb/s. 20Mhz token ring cat.5 4 pares de fios. 100mb/s. 100Mhz fast ethernet cat.5e 4 pares de fios. 1000mb/s. 100Mhz giga ethernet Cat 6 4 pares. 1000mb/s. 250mhz Padrões 36

37 Laboratório Montagem de rede: Cabo direto (com switch) Nas duas pontas Padrão T568B Cabo crossover Uma ponta T568A Na outra T568B Algumas normas EIA/TIA 568 e ISOC/IEC NBR Distância máxima 90m Mínima 1,5m IEEE Standard 1394 (Firewire) Sony chama de i-link Desenvolvido pela Apple Roda a velocidade de 100,200,400Mb/s, (800Mb/s 1394b) Limitação de 4,5m Usado em aplicações específicas transmissão de vídeo da câmera para o computador 6 pinos 2 são para alimentação de energia elétrica, pelo próprio computador. 37

38 Universal Serial Bus (USB) Evolução dos cabos seriais e paralelos máximo 127 dispositivos externos a maioria suporta hoje até 12 dispositivos podemos utilizar um hub USB transmite luz ao ínvez de eletricidade Fibra optica imune a interferencias eletromagnéticas (EMI) imune a interferencia de radiofrequência (RFI) vantagens imune a EMI e RFI grandes distâncias 40Km altas velocidades desvantagens difícil de instalar custo elevado 38

39 Tipos comuns ethernet e FDDI placa de rede hub switch bridge router gateway outros Componentes da Rede 39

40 Placa de rede Network interface card (NIC) provê a conexão física, elétrica e eletrônica normalmente dois led s conexão LINK atividade ACT Conecta os segmentos de rede Amplifica o sinal Repetidores Vídeo: repeater navio 40

41 HUB Conecta os segmentos de rede todos dispositivo se conecta ao hub através de um único cabo a transmissão recebida por uma porta e enviada para todas as outras portas CSMA/CD monitorar colisão dispositivo burro, somente um repetidor Anim:Hub funcionamento similar ao HUB diferença: switch identifica o destino (MAC ADDRESS) e envia os dados para a porta correta se não existir, descarta os dados, ou atua como um hub, enviando para todas as portas mais seguro maior performance gerenciáveis e não gerenciáveis Anim:3Switch congestion 41

42 Tela de monitoramento Conectar dois segmentos de redes evita que dados de um segmento passem para o outro bridge 42

43 mais inteligênte que o switch escolhe a melhor rota para os dadosd manutenção na tabela de rotas aumenta velocidade estáticos: menor rota dinâmicos: menor rota e menos congestionada Roteador Anim:roteador Gateway Software, hardware ou combinação destes que faz a ligação entre ambientes de redes diferentes 43

44 Tradicional Modem convert sinais do computador (digital) em sinais a serem enviados pelas linhas telefonicas (analógico) ADSL taxas de transmissão elevadas, utilizando infra-estrutura já instalada e com baixo custo. deixa a linha liberada para chamadas utiliza altas frequências (acima 3200Hz) Cable utiliza o sistema instalado pelas TVs a cabo novidade: norma PacketCable, implementar telefonia no cabo Integrated Services Digital Network (ISDN) utiliza serviços digitais atravês do par de fio de cobre telefônico modem: digital para analógico e vice versa ISDN 44

45 Wireless Access Point Habilita usuários a conectar na rede utilizando radio freqüência hotspots áreas públicas com access point Gerencia os Access Point Wireless Switch Lan A configuração é feita no ws e enviada para os AP s 45

46 CSU/DSU Channel Service Unit/Data Service Unit (CSU/DSU) utilizados para acesso de redes digitais convertem sinais digitais em outro tipo de sinal digital mais apropriado ao sistema de transmissão usado para acesso a essas redes (T1, DDS, etc.) acesso remoto Transceiver conversor de tipo de mídia possibilitar um tipo de dispositivo se comunicar com outro tipo de mídia exemplo: ligação de dois switchs 100baseTX via fibra óptica 46

47 Appliances implementação em hardware/software de diversos serviços integram serviços como firewall proxy e filtro de conteúdo anti-spam, anti-vírus, anti-spyware virtual private network VPN quality of service QoS Network Address Translate - NAT Organizar cabos e dispositivos Cabeamento estruturado Ventilação Segurança Tamanho é medido em U Podem ser de parede ou chão Racks 47

48 Patch Panel Montado em RACK Manipular/Organizar cabeamento Cabeamento Estruturado Conveniente para manipular as ligações de rede Utiliza um cabo chamado Patch Corder Questões 1-) Quais das características abaixo dizem respeito a redes peer-to-peer? a-) existe securança e administração centralizada b-) um computador pode ser cliente e servidor c-) um número limitado de computadores fazem parte desta rede d-) não requer um hub 2-) Qual padrão de cabeamento pode transferir dados a Mb/s a-) 10Base-T b-) 100Base-TX c-) 1000Base-TX d-) 10GBase-SR d ) 10GBase SR 3-) Qual led da placa de rede deve ser verificado primeiro para ajudar na resolução de problemas? a-) link b-) activity c-) collision d-) 10/100 48

49 Questões 4-) Quais as vantagens da topologia estrela? a-) usa menos cabo que outras b-) um corte no cabo interfere somente entre o host e o concentrador c-) existe um único ponto central de falha d-) resolução de problemas é mais fácil que outras 5-) Qual tipo de conector firewire deve ser usado para ser alimentado (energia) pelo computador a-) 4 pinos b-) 6 pinos c-) 8 pinos d-) 10 pinos 6-) Qual dispositivo de rede deve ser utilizado para comunicar seu notebook com um mainframe? a-) transceiver b-) hub c-) gateway d-) roteador Questões 7-) Se você precisa conectar sua placa de rede em outro tipo de conector, você utilizaria? a-) switch b-) roteador c-) transceiver d-) access point 8-) Um conector RJ-45 possui fios conectados. a-) 4 b-) 6 c-) 8 d-) 10 9-) Qual componente de rede deve ser utilizado juntamente com o roteador para ter acesso a linhas T1 a-) switch b-) csu/dsu c-) transceiver d-) gateway 10-) Qual dispositivo devo colocar em uma rede para diminuir ameaças externas. a-) proxy b-) nat c-) firewall d-) servidor web seguro https 49

50 Wireless Redes sem fio Wireless Acess Point (WAP) Componentes Componente central como um hub ou switch Função de interconectar os dispositivos sem fio Normalmente possuem, pelo menos uma antena Já existem dispositivos com mais de uma antena que melhora a performance Normalmente os Aps vem Com funções de roteador Com funções de roteador. Inclusive NAT 50

51 Componentes Wireless NIC (interface de rede sem fio) PCI, vem com conector para antena externa PCMCIA, antena interna Algumas placas (orinoco, senão, etc.) também vêm com adaptadores para antena externa USB Antenas wireless Tem a função de receptor e emissor Tipos: Omni Direcional (Yage) Setorial Componentes 51

52 Antenas omni e setorial Antenas - Setorial 52

53 Antenas - Yagi Antenas - Direcional 53

54 Padrões IEEE a b 2.4Ghz 11 mb/s g 2.4Ghz 54 mb/s n 33% MIMO Reflexão Compatível com b e g Desempenho decai AD-Hoc Modos de Operação Comunicação direta entre dois dispositivos Exemplo: 2 notebooks Indoor ( metros) Instalação Dois dispositivos de rede NIC 54

55 Infra-Estrutura Necessário um concentrador (AP) Mode de operação Conceitos Security Set Identifier (SSID) Identificador único de 32 bits da rede Os dispositivos desta rede devem ser configurados com este SSID Wired Equivalent Privacy (WEP) Este protocolo quando configurado exige chave criptográfica nos equipamentos Chave pode ser texto ou hexadecimal Wi-Fi Protected Access (WPA) Criptografia TKIP WPA2 Criptografia AES Lista de endereços MAC (Filtro MAC) AP restringe o acesso a clientes que não possuem um endereço MAC cadastrado Disabilitar envio de SSID Evita que o AP faça broadcast de seu endereço 55

56 Distância Obstáculos (Paredes) Protocolos Interferências 2.4 Ghz Degradação do sinal Bluetooth, microondas, telefones sem fio, câmeras de vigilância Configuração de rede sem fio Laboratório 56

Montagem e Configuração de Redes de Computadores

Montagem e Configuração de Redes de Computadores Montagem e Configuração de Redes de Computadores Introdução Fundamentos Dispositivos Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Ementa

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Apresentação da Disciplina Conceitos Básicos de Redes de Computadores Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha

Leia mais

Placa de Rede. Rede de Computadores. Tipos de Redes LAN (Local Area Network) Rede local. Placa de Rede

Placa de Rede. Rede de Computadores. Tipos de Redes LAN (Local Area Network) Rede local. Placa de Rede Rede de Computadores Prof. André Cardia Email: andre@andrecardia.pro.br MSN: andre.cardia@gmail.com Placa de Rede Uma placa de rede (NIC), ou adaptador de rede, oferece capacidades de comunicações nos

Leia mais

Placa de Rede. Tipos de Redes LAN (Local Area Network) Rede local. MAN (Metropolitan Area Network) Rede Metropolitana

Placa de Rede. Tipos de Redes LAN (Local Area Network) Rede local. MAN (Metropolitan Area Network) Rede Metropolitana Rede de Computadores Parte 01 Prof. André Cardia Email: andre@andrecardia.pro.br MSN: andre.cardia@gmail.com Placa de Rede Uma placa de rede (NIC), ou adaptador de rede, oferece capacidades de comunicações

Leia mais

UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO)

UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO) Par Trançado UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO) O cabo UTP é composto por pares de fios, sendo que cada par é isolado um do outro e todos são trançados juntos dentro de uma cobertura externa, que não possui

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA

Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA Disciplina: Redes de Computadores Prof.: Rafael Freitas Reale Aluno: Data / / Prova Final de Redes Teoria Base 1) Qual o tipo de ligação e a topologia respectivamente

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Introdução Redes de Computadores Marco Antonio Montebello Júnior marco.antonio@aes.edu.br Rede É um conjunto de computadores chamados de estações de trabalho que compartilham recursos de hardware (HD,

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. O tipo de rede é definido pela sua área de abrangência, podemos classificar as redes

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. O tipo de rede é definido pela sua área de abrangência, podemos classificar as redes

Leia mais

Capítulo 1: Introdução às redes de computadores

Capítulo 1: Introdução às redes de computadores ÍNDICE Capítulo 1: Introdução às redes de computadores Redes domésticas... 3 Redes corporativas... 5 Servidor... 5 Cliente... 7 Estação de trabalho... 8 As pequenas redes... 10 Redes ponto-a-ponto x redes

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. O tipo de rede é definido pela sua área de abrangência, podemos classificar as redes

Leia mais

Tecnologia e Infraestrutura. Conceitos de Redes

Tecnologia e Infraestrutura. Conceitos de Redes Tecnologia e Infraestrutura Conceitos de Redes Agenda Introdução às Tecnologias de Redes: a) Conceitos de redes (LAN, MAN e WAN); b) Dispositivos (Hub, Switch e Roteador). Conceitos e tipos de Mídias de

Leia mais

TI Aplicada. Aula 05 Redes de Computadores (parte 2) Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br

TI Aplicada. Aula 05 Redes de Computadores (parte 2) Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br TI Aplicada Aula 05 Redes de Computadores (parte 2) Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br Conceitos Básicos Equipamentos, Modelos OSI e TCP/IP O que são redes? Conjunto de

Leia mais

prof.edney@superig.com.br Redes de Computadores

prof.edney@superig.com.br Redes de Computadores prof.edney@superig.com.br Redes de Computadores Apresentação do professor, da disciplina, dos métodos de avaliação, das datas de trabalhos e provas; introdução a redes de computadores; protocolo TCP /

Leia mais

Equipamentos de Rede. Prof. Sérgio Furgeri 1

Equipamentos de Rede. Prof. Sérgio Furgeri 1 Equipamentos de Rede Repetidor (Regenerador do sinal transmitido)* Mais usados nas topologias estrela e barramento Permite aumentar a extensão do cabo Atua na camada física da rede (modelo OSI) Não desempenha

Leia mais

LIGANDO MICROS EM REDE

LIGANDO MICROS EM REDE LAÉRCIO VASCONCELOS MARCELO VASCONCELOS LIGANDO MICROS EM REDE Rio de Janeiro 2007 ÍNDICE Capítulo 1: Iniciando em redes Redes domésticas...3 Redes corporativas...5 Servidor...5 Cliente...6 Estação de

Leia mais

A utilização das redes na disseminação das informações

A utilização das redes na disseminação das informações Internet, Internet2, Intranet e Extranet 17/03/15 PSI - Profº Wilker Bueno 1 Internet: A destruição as guerras trazem avanços tecnológicos em velocidade astronômica, foi assim também com nossa internet

Leia mais

Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para

Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para Magistério Superior Especialista em Docência para Educação

Leia mais

UNICE Ensino Superior Introdução a Redes de Computadores Aula 01

UNICE Ensino Superior Introdução a Redes de Computadores Aula 01 UNICE Ensino Superior Introdução a Redes de Computadores Aula 01 PROFESSOR: Hiarly Alves Rodrigues Paiva Introdução a Redes de Computadores FACULDADE UNICE Fortaleza CE Ementa Introdução. Topologias de

Leia mais

Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Emissor: Receptor: Meio de transmissão Sinal:

Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Emissor: Receptor: Meio de transmissão Sinal: Redes - Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Comunicação sempre foi, desde o início dos tempos, uma necessidade humana buscando aproximar comunidades distantes.

Leia mais

15/02/2015. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais

15/02/2015. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais Curso de Preparatório para Concursos Públicos Tecnologia da Informação REDES Conceitos Iniciais; Classificações das Redes; Topologias de Redes; Meios de Transmissão; Arquitetura de Redes; Conteúdo deste

Leia mais

Voltar. Placas de rede

Voltar. Placas de rede Voltar Placas de rede A placa de rede é o dispositivo de hardware responsável por envio e recebimento de pacotes de dados e pela comunicação do computador com a rede. Existem placas de rede on-board(que

Leia mais

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Por que redes de computadores? Tipos de redes Componentes de uma rede IFPB/Patos - Prof. Claudivan 2 Quando o assunto é informática, é impossível não pensar em

Leia mais

Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página

Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes 1 Redes de Dados Inicialmente o compartilhamento de dados era realizado a partir de disquetes (Sneakernets) Cada vez que um arquivo era modificado ele teria que

Leia mais

02/03/2014. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais

02/03/2014. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais Curso de Preparatório para Concursos Públicos Tecnologia da Informação REDES Conceitos Iniciais; Classificações das Redes; Conteúdo deste módulo Equipamentos usados nas Redes; Modelos de Camadas; Protocolos

Leia mais

LIGANDO MICROS EM REDE

LIGANDO MICROS EM REDE LAÉRCIO VASCONCELOS MARCELO VASCONCELOS LIGANDO MICROS EM REDE Rio de Janeiro 2007 LIGANDO MICROS EM REDE Copyright 2007, Laércio Vasconcelos Computação LTDA DIREITOS AUTORAIS Este livro possui registro

Leia mais

Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio. slide 1

Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio. slide 1 Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio slide 1 Objetivos de estudo Quais os principais componentes das redes de telecomunicações e quais as principais tecnologias de rede? Quais os principais

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br

REDES DE COMPUTADORES Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br - Aula Complementar - EQUIPAMENTOS DE REDE 1. Repetidor (Regenerador do sinal transmitido) É mais usado nas topologias estrela e barramento. Permite aumentar a extensão do cabo e atua na camada física

Leia mais

Universidade de Brasília

Universidade de Brasília Universidade de Brasília Introdução a Microinformática Turma H Redes e Internet Giordane Lima Porque ligar computadores em Rede? Compartilhamento de arquivos; Compartilhamento de periféricos; Mensagens

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES LAN e WAN: Topologias e Equipamentos

REDES DE COMPUTADORES LAN e WAN: Topologias e Equipamentos Administração de Empresas 2º Período Informática Aplicada REDES DE COMPUTADORES LAN e WAN: Topologias e Equipamentos Prof. Sérgio Rodrigues 1 INTRODUÇÃO Introdução Este trabalho tem como objetivos: definir

Leia mais

Fundamentos em Informática

Fundamentos em Informática Fundamentos em Informática Aula 06 Redes de Computadores francielsamorim@yahoo.com.br 1- Introdução As redes de computadores atualmente constituem uma infraestrutura de comunicação indispensável. Estão

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com RESUMO 1 COMUTAÇÃO DE CIRCUITOS Reservados fim-a-fim; Recursos são dedicados; Estabelecimento

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Conceito de Redes Redes de computadores são estruturas físicas (equipamentos) e lógicas (programas, protocolos) que permitem que dois ou mais computadores

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES HISTÓRICO E CONCEITOS

REDES DE COMPUTADORES HISTÓRICO E CONCEITOS REDES DE COMPUTADORES HISTÓRICO E CONCEITOS BREVE HISTÓRICO A década de 60 Surgiram os primeiros terminais interativos, e os usuários podiam acessar o computador central através de linhas de comunicação.

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF.

REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF. 1 REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF. MARCIO BALIAN E L A B O R A Ç Ã O : M Á R C I O B A L I A N / T I A G O M A

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE V: Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem Fio. Tendências em Redes e Comunicações No passado, haviam dois tipos de redes: telefônicas e redes

Leia mais

Redes de Computadores Aula 01

Redes de Computadores Aula 01 No Caderno Responda as Questões abaixo 1 O que significa o termo Rede? 2 Porque utilizar um Ambiente de Rede? 3 Defina LAN. 4 Defina WAN. 5 O que eu preciso para Montar uma Rede? 6 - O que eu posso compartilhar

Leia mais

Capítulo 11: Redes de Computadores. Prof.: Roberto Franciscatto

Capítulo 11: Redes de Computadores. Prof.: Roberto Franciscatto Capítulo 11: Redes de Computadores Prof.: Roberto Franciscatto REDES - Introdução Conjunto de módulos de processamento interconectados através de um sistema de comunicação, cujo objetivo é compartilhar

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS INTERNET PROTOCOLOS 1 INTERNET Rede mundial de computadores. Também conhecida por Nuvem ou Teia. Uma rede que permite a comunicação de redes distintas entre os computadores conectados. Rede WAN Sistema

Leia mais

Informática Aplicada I. Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull

Informática Aplicada I. Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull Informática Aplicada I Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull 1 Conceito de Sistema Operacional Interface: Programas Sistema Operacional Hardware; Definida

Leia mais

Técnico em Redes de Computadores. Equipamentos e Acessórios

Técnico em Redes de Computadores. Equipamentos e Acessórios Técnico em Redes de Computadores Equipamentos e Acessórios Componentes de uma Rede Uma rede é um sistema composto de um arranjo de componentes: Cabeamento Hardware Software Cabeamento Componentes de uma

Leia mais

Introdução às Redes de Computadores. Por José Luís Carneiro

Introdução às Redes de Computadores. Por José Luís Carneiro Introdução às Redes de Computadores Por José Luís Carneiro Portes de computadores Grande Porte Super Computadores e Mainframes Médio Porte Super Minicomputadores e Minicomputadores Pequeno Porte Super

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES

REDE DE COMPUTADORES SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES Tecnologias de Rede Arquitetura Prof. Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com 1 A arquitetura de redes tem como função

Leia mais

Rede de Computadores Modulo I Conceitos Iniciais

Rede de Computadores Modulo I Conceitos Iniciais Rede de Computadores Modulo I Conceitos Iniciais http://www.waltercunha.com Bibliografia* Redes de Computadores - Andrew S. Tanenbaum Editora: Campus. Ano: 2003 Edição: 4 ou 5 http://www.submarino.com.br/produto/1/56122?franq=271796

Leia mais

Introdução. Arquitetura de Rede de Computadores. Prof. Pedro Neto

Introdução. Arquitetura de Rede de Computadores. Prof. Pedro Neto Introdução Arquitetura de Rede de Prof. Pedro Neto Aracaju Sergipe - 2011 Ementa da Disciplina 1. Introdução i. Conceitos e Definições ii. Tipos de Rede a. Peer To Peer b. Client/Server iii. Topologias

Leia mais

Conceito de Rede e seus Elementos. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Conceito de Rede e seus Elementos. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Conceito de Rede e seus Elementos Prof. Marciano dos Santos Dionizio Conceito de Rede e seus Elementos O conceito de rede segundo Tanenbaum é: um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações

Leia mais

Topologias e abrangência das redes de computadores. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com

Topologias e abrangência das redes de computadores. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com Topologias e abrangência das redes de computadores Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com Objetivos Tornar os alunos capazes de reconhecer os tipos de topologias de redes de computadores assim como

Leia mais

O QUE É REDES DE COMPUTADORES?

O QUE É REDES DE COMPUTADORES? REDES DE COMPUTADORES Wagner de Oliveira O QUE É REDES DE COMPUTADORES? É a conexão de dois ou mais computadores através de um meio de comunicação (cabos, linhas telefônicas, etc.) Possibilita o compartilhamento

Leia mais

4. Rede de Computador

4. Rede de Computador Definição Uma rede de computadores é formada por um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos, interligados por um sub-sistema de comunicação, ou seja, é quando

Leia mais

Universidade Federal do Acre. Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas

Universidade Federal do Acre. Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Universidade Federal do Acre Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Universidade Federal do Acre Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Pós-graduação Lato Sensu em Desenvolvimento de Software e Infraestrutura

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES LAN MAN WAN

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES LAN MAN WAN SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES LAN MAN WAN - Prof. Airton / airton.ribeiros@gmail.com - Prof. Altenir / altenir.francisco@gmail.com 1 REDE LOCAL LAN - Local Area Network

Leia mais

Prof. Marcelo Machado Cunha Parte 1 www.marcelomachado.com

Prof. Marcelo Machado Cunha Parte 1 www.marcelomachado.com Prof. Marcelo Machado Cunha Parte 1 www.marcelomachado.com Conceito, características e classificação das Redes de Computadores; Topologias; Meios físicos de transmissão; Equipamentos de Rede; Segurança;

Leia mais

Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos

Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos Uma rede nada mais é do que máquinas que se comunicam. Estas máquinas podem ser computadores, impressoras, telefones, aparelhos de fax, etc. Se interligarmos

Leia mais

Interconexão de redes locais. Repetidores. Pontes (Bridges) Hubs. Pontes (Bridges) Pontes (Bridges) Existência de diferentes padrões de rede

Interconexão de redes locais. Repetidores. Pontes (Bridges) Hubs. Pontes (Bridges) Pontes (Bridges) Existência de diferentes padrões de rede Interconexão de redes locais Existência de diferentes padrões de rede necessidade de conectá-los Interconexão pode ocorrer em diferentes âmbitos LAN-LAN LAN: gerente de um determinado setor de uma empresa

Leia mais

Prof. Wilton O. Ferreira Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE 1º Semestre / 2012

Prof. Wilton O. Ferreira Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE 1º Semestre / 2012 Prof. Wilton O. Ferreira Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE 1º Semestre / 2012 As redes de computadores possibilitam que indivíduos possam trabalhar em equipes, compartilhando informações,

Leia mais

Infra-Estrutura de Redes

Infra-Estrutura de Redes Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul Infra-Estrutura de Redes Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof:Eduardo M. de Araujo Site-http://www.professoreduardoaraujo.com Ementa 1 Apresentação

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores São dois ou mais computadores ligados entre si através de um meio.a ligação pode ser feita recorrendo a tecnologias com fios ou sem fios. Os computadores devem ter um qualquer dispositivo

Leia mais

Composição. Estrutura Fisica Redes Sistemas Operacionais Topologias de redes

Composição. Estrutura Fisica Redes Sistemas Operacionais Topologias de redes Composição Estrutura Fisica Redes Sistemas Operacionais Topologias de redes Aterramento Fio de boa qualidade A fiação deve ser com aterramento neutro (fio Terra) trabalhando em tomadas tripolares Fio negativo,

Leia mais

Evolução na Comunicação de

Evolução na Comunicação de Evolução na Comunicação de Dados Invenção do telégrafo em 1838 Código Morse. 1º Telégrafo Código Morse Evolução na Comunicação de Dados A evolução da comunicação através de sinais elétricos deu origem

Leia mais

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes Noções de Redes: Estrutura básica; Tipos de transmissão; Meios de transmissão; Topologia de redes;

Leia mais

19/07/2013. Camadas. Camadas de Enlace e Física. Camadas de Enlace e Física. Topologias de Rede NOÇÕES DE REDE: CAMADAS DE ENLACE E FÍSICA

19/07/2013. Camadas. Camadas de Enlace e Física. Camadas de Enlace e Física. Topologias de Rede NOÇÕES DE REDE: CAMADAS DE ENLACE E FÍSICA 2 Camadas NOÇÕES DE REDE: CAMADAS DE ENLACE E FÍSICA Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Estatística e Informática Aplicação Transporte

Leia mais

Redes de Computadores IEEE 802.3

Redes de Computadores IEEE 802.3 Redes de Computadores Ano 2002 Profª. Vívian Bastos Dias Aula 8 IEEE 802.3 Ethernet Half-Duplex e Full-Duplex Full-duplex é um modo de operação opcional, permitindo a comunicação nos dois sentidos simultaneamente

Leia mais

Introdução a Ciência da Computação REDES DE COMPUTADORES

Introdução a Ciência da Computação REDES DE COMPUTADORES Introdução a Ciência da Computação REDES DE COMPUTADORES Professor: Carlos Henrique E-mail: carlos_hvr@yahoo.com.br Definição Inicial Tipos de Redes Servidores Arquitetura de Protocolos Topologia de Redes

Leia mais

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Repetidores e hubs Pontes e switches Roteadores Outros equipamentos IFPB/Patos - Prof. Claudivan 2 Um repetidor é um equipamento usado para ampliar o comprimento

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES

REDE DE COMPUTADORES SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES Tecnologias de Rede Topologias Tipos de Arquitetura Prof. Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com 1 REDES LOCAIS LAN -

Leia mais

REDES COMPONENTES DE UMA REDE

REDES COMPONENTES DE UMA REDE REDES TIPOS DE REDE LAN (local area network) é uma rede que une os micros de um escritório, prédio, ou mesmo um conjunto de prédios próximos, usando cabos ou ondas de rádio. WAN (wide area network) interliga

Leia mais

Este material foi baseado na apresentação de rede do Prof. Marco Aurélio Moschella

Este material foi baseado na apresentação de rede do Prof. Marco Aurélio Moschella Este material foi baseado na apresentação de rede do Prof. Marco Aurélio Moschella Prof. Engº esp Luiz Antonio Vargas Pinto 21 de abril de 2001 Atualizado em 16 de Agosto de 2015 www.vargasp.com Redes

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Sistemas de Informação Prof.: Maico Petry REDES DE COMPUTADORES DISCIPLINA: Fundamentos em Informática Mundo Globalizado Acelerado desenvolvimento tecnológico

Leia mais

MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY SLOAN SCHOOL OF MANAGEMENT. Fatores Tecnológicos, Estratégicos e Organizacionais

MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY SLOAN SCHOOL OF MANAGEMENT. Fatores Tecnológicos, Estratégicos e Organizacionais MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY SLOAN SCHOOL OF MANAGEMENT 15.565 Integração de Sistemas de Informação: Fatores Tecnológicos, Estratégicos e Organizacionais 15.578 Sistemas de Informação Global:

Leia mais

Equipamentos de Rede

Equipamentos de Rede Equipamentos de Rede Professor Carlos Gouvêa SENAIPR - Pinhais 2 Introdução Objetivos Finalidade dos equipamentos Equipamentos e descrição Nomenclatura de desenho técnico para redes Exercício de orientação

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES MEMÓRIAS DE AULA AULA 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO, HISTÓRIA, EQUIPAMENTOS E TIPOS DE REDES Prof. José Wagner Bungart CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Definição de Redes de Computadores e Conceitos

Leia mais

Tecnologia da Informação Apostila 02

Tecnologia da Informação Apostila 02 Parte 6 - Telecomunicações e Redes 1. Visão Geral dos Sistemas de Comunicações Comunicação => é a transmissão de um sinal, por um caminho, de um remetente para um destinatário. A mensagem (dados e informação)

Leia mais

Camada de Enlace de Dados - Apêndice. Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Camada de Enlace de Dados - Apêndice. Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Camada de Enlace de Dados - Apêndice Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Sumário Endereço MAC; ARP Address Resolution Protocol; DHCP Dynamic Host Configuration Protocol; Ethernet Estrutura do quadro Ethernet;

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES 1 2 REDES DE COMPUTADORES ADRIANO SILVEIRA ADR_SILVEIRA@YAHOO.COM.BR Classificação quanto ao alcance geográfico LAN Local Area Network, tem alcance em nível de empresas, órgãos, organizações ou casas.

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Introdução Redes de Computadores é um conjunto de equipamentos que são capazes de trocar informações e compartilhar recursos entre si, utilizando protocolos para se comunicarem e

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Metro-Ethernet (Carrier Ethernet) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Ethernet na LAN www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique

Leia mais

Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br

Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br INFORMÁTICA Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br REDES TIPOS DE REDE LAN (local area network) é uma rede que une os micros de um escritório, prédio, ou mesmo um conjunto de prédios próximos, usando

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação REDE DE COMPUTADORES Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) 1 Apresentação Conhecendo os alunos Conceitos básicos de redes O que é uma rede local Porque usar uma rede local 2 Como surgiram

Leia mais

Noções de redes de computadores e Internet

Noções de redes de computadores e Internet Noções de redes de computadores e Internet Evolução Redes de Comunicações de Dados Sistemas Centralizados Características: Grandes Centros de Processamentos de Dados (CPD); Tarefas Científicas; Grandes

Leia mais

QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO:

QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO: CABEAMENTO DE REDE QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO: MEIO FÍSICO: CABOS COAXIAIS, FIBRA ÓPTICA, PAR TRANÇADO MEIO NÃO-FÍSICO:

Leia mais

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br Revisão Karine Peralta Agenda Revisão Evolução Conceitos Básicos Modelos de Comunicação Cliente/Servidor Peer-to-peer Arquitetura em Camadas Modelo OSI Modelo TCP/IP Equipamentos Evolução... 50 60 1969-70

Leia mais

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF REDES ESAF 01 - (ESAF - Auditor-Fiscal da Previdência Social - AFPS - 2002) Um protocolo é um conjunto de regras e convenções precisamente definidas que possibilitam a comunicação através de uma rede.

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Capítulo 6 Pág. 167 Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem

Leia mais

Componentes dos sistemas computadorizados Aula 04 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE

Componentes dos sistemas computadorizados Aula 04 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Componentes dos sistemas computadorizados Aula 04 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Componentes da infraestrutura Hardware Software Tecnologia de gerenciamento de dados Tecnologia

Leia mais

Introdução às Redes de Computadores

Introdução às Redes de Computadores Introdução às Redes de Computadores Evolução na comunicação Comunicação sempre foi uma necessidade humana, buscando aproximar comunidades distantes Sinais de fumaça Pombo-Correio Telégrafo (século XIX)

Leia mais

Tecnologia da Informação e Comunicação. Euber Chaia Cotta e Silva

Tecnologia da Informação e Comunicação. Euber Chaia Cotta e Silva Tecnologia da Informação e Comunicação Euber Chaia Cotta e Silva Redes e a Internet Conceitos Básicos 01 Para que você possa entender o que é e como funciona a Internet é necessário primeiro compreender...

Leia mais

Comunicação Sem Fio REDES WIRELES. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio 06/05/2014

Comunicação Sem Fio REDES WIRELES. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio 06/05/2014 REDES WIRELES Prof. Marcel Santos Silva Comunicação Sem Fio Usada desde o início do século passado Telégrafo Avanço da tecnologia sem fio Rádio e televisão Mais recentemente aparece em Telefones celulares

Leia mais

5.2 MAN s (Metropolitan Area Network) Redes Metropolitanas

5.2 MAN s (Metropolitan Area Network) Redes Metropolitanas MÓDULO 5 Tipos de Redes 5.1 LAN s (Local Area Network) Redes Locais As LAN s são pequenas redes, a maioria de uso privado, que interligam nós dentro de pequenas distâncias, variando entre 1 a 30 km. São

Leia mais

Disciplina : Transmissão de Dados

Disciplina : Transmissão de Dados Disciplina : Transmissão de Dados Paulo Henrique Teixeira Overwiew Conceitos Básicos de Rede Visão geral do modelo OSI Visão geral do conjunto de protocolos TCP/IP 1 Conceitos básicos de Rede A largura

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores 1 Universidade Tecnológica Federal do Paraná UTFPR Campus: Campo Mourão Professor: Feitosa dos Santos E-mail: luiz_arthur@fornet.com.br Sumário: Introdução; Classificação. 2 É Praticamente impossível hoje

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com COMUTAÇÃO CIRCUITOS PACOTES É necessário estabelecer um caminho dedicado entre a origem e o

Leia mais

15/02/2015. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais

15/02/2015. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais Curso de Preparatório para Concursos Públicos Tecnologia da Informação REDES www.professormarcelomoreira.com.br falecom@professormarcelomoreira.com.br Conceitos Iniciais; Classificações das Redes; Topologias

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL FUCAPI LYNALDO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE CEEF LISTA DE EXERCÍCIOS

CENTRO EDUCACIONAL FUCAPI LYNALDO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE CEEF LISTA DE EXERCÍCIOS CENTRO EDUCACIONAL FUCAPI LYNALDO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE CEEF ALUNO(A): MATRÍCULA: COMPONENTE CURRICULAR: SISTEMA DE REDE WIRELESS PROFESSOR(A): Marcelo Mendes DATA: 04 07 2011 TURMA: LISTA DE EXERCÍCIOS

Leia mais

Fernando Albuquerque - fernando@cic.unb.br REDES LAN - WAN. Fernando Albuquerque (061) 273-3589 fernando@cic.unb.br

Fernando Albuquerque - fernando@cic.unb.br REDES LAN - WAN. Fernando Albuquerque (061) 273-3589 fernando@cic.unb.br REDES LAN - WAN Fernando Albuquerque (061) 273-3589 fernando@cic.unb.br Tópicos Modelos Protocolos OSI e TCP/IP Tipos de redes Redes locais Redes grande abrangência Redes metropolitanas Componentes Repetidores

Leia mais

802.11a 802.11b 802.11g 802.11n Domínio de colisão Domínio de broadcast

802.11a 802.11b 802.11g 802.11n Domínio de colisão Domínio de broadcast 802.11a Chega a alcançar velocidades de 54 Mbps dentro dos padrões da IEEE. Esta rede opera na frequência de 5 GHz e inicialmente suporta 64 utilizadores por Ponto de Acesso (PA). As suas principais vantagens

Leia mais

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas EQUIPAMENTOS PASSIVOS DE REDES Ficha de Trabalho nº2 José Vitor Nogueira Santos FT13-0832 Mealhada, 2009 1.Diga

Leia mais

UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO TOPOLOGIAS. Profº Erinaldo Sanches Nascimento

UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO TOPOLOGIAS. Profº Erinaldo Sanches Nascimento UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO TOPOLOGIAS Profº Erinaldo Sanches Nascimento Objetivos Examinar as várias maneiras para projetar a infraestrutura de cabo para

Leia mais

TOPOLOGIAS FÍSICA. BARRAMENTO É a mais simples das três, pois nela um PC é ligado ao outro,usando apenas um único cabo coaxial.

TOPOLOGIAS FÍSICA. BARRAMENTO É a mais simples das três, pois nela um PC é ligado ao outro,usando apenas um único cabo coaxial. Topologia É um diagrama que descreve como os elementos de uma rede estão interligados. Esses elementos são chamados de NÓS, e podem ser computadores, impressoras e outros equipamentos. 1 Topologias de

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Fundamentos de Redes de Computadores - Parte 1

Projeto e Instalação de Servidores Fundamentos de Redes de Computadores - Parte 1 Projeto e Instalação de Servidores Fundamentos de Redes de Computadores - Parte 1 Prof.: Roberto Franciscatto Introdução O que é uma Rede de Computadores? Conjunto de módulos de processamento interconectados

Leia mais