Date: 2014, December 05 U-17 FEMALE EUROPEAN TOURNAMENT CERH SPECIFIC REGULATIONS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Date: 2014, December 05 U-17 FEMALE EUROPEAN TOURNAMENT CERH SPECIFIC REGULATIONS"

Transcrição

1 To: From: EUROPEAN FEDERATIONS RINK-H0CKEY EUROPEAN CLUBS EUROPEAN REFEREES CERH PRESIDENT Date: 2014, December 05 Subject: U-17 FEMALE EUROPEAN TOURNAMENT CERH SPECIFIC REGULATIONS Dear Sirs: I m sending attached the following documentation: Annex 1 The CERH specific regulation (versions in English, Spanish and Portuguese) concerning a new club competition: the U17 FEMALE EUROPEAN TOURNAMENT The first edition of this competition will take place in Mieres, Spain - from the 18 th. to the 21 st. of December under the designation of CARLOS SENA CUP, in honour of the memory of this former CERH President and that was also President of FPP Federação de Patinagem de Portugal. Annex 2 The calendar of the CARLOS SENA CUP, with the participation of the following 6 teams: a) From Spain: Belloch-Vilasana Cerdanyola Cuencas Mineras Hostelcur Solimar b) From Portugal: Associação Juventude Salesiana Hóquei Club de Turquel With kind regards CERH President Page 1 of 9 Página 1 de 9

2 ANNEX 1 / Anexo 1 (English version) U17 FEMALE EUROPEAN TOURNAMENT CERH SPECIFIC REGULATIONS 1. As established in paragraph 2 of Article 3 of the Roller Skating European Events Regulation, only applications from affiliated National Federations shall be considered for the allocation of the U17 Female European Tournament. 1.1 After insuring the previous agreement of CERH, the National Federations may establish a cooperation agreement and/or partnership with another institution public or private for the organization of the U17 Female European Tournament. 1.2 The applicant National Federation will always take full responsibility before CERS and CERH for the organization of the U17 Female European Tournament. 1.3 The organization of the U17 Female European Tournament requires the inscription of a minimum of 4 (four) teams. 1.4 Starting in 2014, the U17 Female European Tournament shall be organized annually, under specific dates to be fixed by CERH, after a consensus is obtained with the organizing Federation, taking into consideration: a) The dates that doesn t conflict with the organization of the female championships of the European countries; and b) The dates of the school holidays. 1.5 CERH will not charge any fee other rights for the organization of the U17 Female European Tournament and it will be also CERH that assumes the payment of all the costs travels, accommodation, meals, etc. that are related with the participation of all the designated Referees for the matches of this event. 1.6 Each edition of the U17 Female European Tournament will have a particular designation that will be decided by CERH, according to the proposals that must be presented by the affiliated European Federations The CERH main purpose is to honour those persons or institutions that gave a significant contribution for the promotion and/or development of the female rink-hockey Under a proposal presented by Mr Keith Allen - the President of the English Federation - CERH has approved that the 1 st. edition of the U17 Female European Tournament will be designated as CARLOS SENA CUP, as a tribute to the memory of this former CERH President and that was also President of the Portuguese Federation. 2. In each edition of the U17 Female European Tournament, CERH will promote the organization of complementary activities conference, seminars, debates, etc. that could give an effective contribution for the promotion and development of the female rink-hockey in Europe. 3. The U17 Female European Tournament is open to the participation of European clubs and/or to a group of athletes that can come together to play under the shield of a club or of an association of players of clubs that are affiliated in the same National Federation. 3.1 For the inscription of the participating players it is compulsory to have a current official licence that was issued by a European National Federation that is affiliated with CERS/CERH. 3.2 Safeguarding what is established in the next paragraph 3.3, all the participating teams should be composed by Female players from the U17 category, which means that they completed the minimum age of 13 (thirteen) years but have not completed 17 (seventeen) years by 31 December of the year of the organization of this event. 3.3 In the U17 Female European Tournament it is admitted by CERH that each participating team can inscribe a maximum of 3 (three) Female Players that, on the date of the tournament, have already completed 17 (seventeen) and/or 18 (eighteen) years of age. 3.4 All the participating teams representatives in the U17 Female European Tournament must be inscribed before CERH in the usual way, by the sending of the Formulary 2 (players inscription) and the Formulary 3 (other representatives inscription), both of them available in the CERH website (section EUROPEAN CLUB COMPETITIONS ). 3.5 The participating teams will be responsible for all the costs travels, accommodation, meals, etc. that are related with their presence and participation in this event. Page 3 of 9 Página 3 de 9

3 4. The competition system of the U17 Female European Tournament will depend on the number of the participating team, in order to establish the most competitive and attractive format. 4.1 No open or closing ceremonies will be performed in the U17 Female European Tournament. Nevertheless and after the end of the last match of the event, CERH will deliver: A trophy to the winning team; and Medals to the players of the two best-classified teams. 4.2 All the matches of this tournament will be played under an effective playing time of 40 (forty) minutes, divided over two periods of 20 (twenty) minutes each. There is a 10 (ten) minutes interval between the end of the first period and the start of the second period of play. 4.3 When in this tournament a classificatory system by points is used, CERH decided that the following criteria and procedures must be met: As established in paragraph 1 of Article 21 of the Technical Rules of Rink-Hockey approved by CIRH, the points of the teams will be allocated as follows: a) Match WON (three) points b) Match TIE... 1 (one) point c) Match LOST... 0 (zero) points When a game ends in a draw and when it is possible that the two teams in question can be matched in the rating after applying the tie-breaking criteria set out in paragraph 3 of Article 21 of the Technical Rules of Rink-Hockey it was decided by CERH to add an additional criteria to define the classification of these two teams, taking into account the winner (*) of the series of direct free hits that will be performed, after the end of the match, by the players of each team. (*) Important note: The outcome of these series of direct free hits will not affect the final result registered at the end of the regular time of the match in question and one point will be awarded to each team The series of direct free hits will be performed according to the following procedures: a) A first serie of 3 (three) direct free hits for each team, which must be executed by different players from each team, whose shirt numbers must be previously delivered to the Assistant Referee. b) In the case of maintaining a tie, successive series of one free direct hit need, when necessary, to be executed - which can be performed by the same player from each team - until a winner is found. d) The execution of each direct free hit can be performed in the usual way, i.e., it can be performed with a direct shot on goal or with the transportation of the ball (in this option, the ball must be shoot on goal within five seconds). e) Both the Main Referees are responsible for the control of the correct execution of the direct free hit executed with the transportation of the ball, having in mind that: One of them must control the time of 5 (five) seconds that is established to start its execution, regardless the option chosen; If the transport of the ball is made, the other Referee must ensure the control of the time of 5 (five) seconds that is established to finish the execution of the direct free hit, which is counted from the first touch of the ball. f) Safeguarding the provisions of the preceding paragraphs, the execution of this direct free hit must follow the procedures set forth in Article 29 of the Rules of the Game. 4.4 When in this tournament a eliminatory system is used and a match ends in a tie, the CERH decided that no extra-time will be performed and the winner of the match will be decided by series of direct free hits, according to the procedures that are established in the previous paragraph Page 4 of 9 Página 4 de 9

4 ANNEX 1 / Anexo 1 (Spanish version) TORNEO EUROPEO DE SUB-17 FEMENINO REGLAMENTACIÓN ESPECÍFICA DEL CERH 1. En conformidad con lo establecido en el punto 2 del artículo 3 del Reglamento de Eventos Europeos de la Patinaje, sólo las propuestas de las Federaciones Nacionales afiliadas serán considerados para la organización del Torneo Europeo Femenino de Sub Después de asegurar el acuerdo previo de CERH, las Federaciones Nacionales podrán establecer acuerdos de cooperación o de asociación con otra institución publica o privada para la organización del Torneo Europeo Femenino de Sub La Federación Nacional a quien es atribuida la organización del Torneo Europeo Femenino de Sub-17 mantendrá siempre total responsabilidad delante de la CERS y del CERH por todas las cuestiones relativas al evento. 1.3 La organización del Torneo Europeo Femenino de Sub-17 requiere la inscripción de un mínimo de 4 (cuatro) equipos. 1.4 A partir de 2014, el Torneo Europeo Femenino de Sub-17 será organizado anualmente, en fecha específica que será fijada por el CERH, después de obtener un consenso con Federación organizadora, tomando en consideración: a) Las fechas que no entren en conflicto con la organización de los campeonatos femeninos de los países europeos; y b) Las fechas de las vacaciones escolares. 1.5 CERH no cobrará canon u otros derechos en razón de la organización del Torneo Europeo Femenino de Sub-17 y también es el CERH a asumir todos los gastos viajes, alojamiento, comidas, etc. que están relacionados con la participación de los árbitros designados para los partidos de este evento. 1.6 Cada edición del Torneo Europeo Femenino de Sub-17 tendrá una denominación particular, que será decidida por el CERH, de acuerdo con las propuestas que deben ser presentadas por las Federaciones europeas afiliadas El objetivo principal CERH es honrar a aquellas personas o instituciones que fueran responsable por una importante contribución para la promoción y / o desarrollo de del hockey sobre patines femenino En virtud de una propuesta presentada por el Sr. Keith Allen el Presidente de la Federación de Inglaterra el CERH hay aprobado que la primera edición del Torneo Europeo Femenino de Sub-17 será designado COPA CARLOS SENA, como tributo a la memoria de este antiguo Presidente del CERH e que hay sido también Presidente de la Federación de Portugal. 2. En cada edición del Torneo Europeo Femenino de Sub-17, el CERH promoverá la organización de actividades complementarias - conferencias, seminarios, debates, etc. - que puedan contribuir eficazmente para la promoción y desarrollo del hockey sobre patines Femenino en Europa. 3. El Torneo Europeo Femenino de Sub-17 está abierto a la participación de clubes europeos y/o de grupos de atletas que pueden unirse para jugar bajo el escudo de un club o de una asociación de jugadores de distintos clubes y que están afiliados en la misma Federación Nacional. 3.1 Para la inscripción de las jugadoras participantes es obligatorio que tengan una licencia oficial actual y que haya sido emitida por una Federación Nacional europea afiliada en la CERS/CERH. 3.2 Con salvaguarda del establecido en el punto 3.3 siguiente, todos los equipos deben estar compuestos por jugadoras de la categoría Sub-17, o sea, que tengan una edad mínima de 13 (trece) años, pero no tienen completados los 17 (diecisiete) años de edad hasta el 31 de diciembre del año en que se realiza el evento. 3.3 En el Torneo Europeo Femenino l de Sub-17 el CERH permitirá que cada equipo pueda inscribir un máximo de 3 (tres) jugadoras femeninas que, en la fecha del torneo, ya han completado 17 (diecisiete) y/o 18 (dieciocho) años de edad. 3.4 Todos los representantes de los equipos que participan en el Torneo Europeo Femenino de Sub-17 deben de estar inscritos delante el CERH de la manera habitual, remitiendo el Formulario 2 (inscripción de jugadoras) y el Formulario 3 (inscripción de los otros representantes), Formularios que están disponibles en el sitio web del CERH (sección "COMPETICIONES EUROPEAS DE CLUBES"). 3.5 Los equipos participantes serán responsables de todos los costes - viajes, alojamiento, comidas, etc. - que están relacionados con su presencia y participación en este evento. Page 5 of 9 Página 5 de 9

5 4. El sistema de competición del Torneo Europeo Femenino de Sub-17 dependerá del número de equipos participantes, con el fin de establecer el formato más competitivo y atractivo. 4.1 En el Torneo Europeo Femenino de Sub-17 no se realizan ceremonias formales de abertura y de clausura. Sin embargo y después del final del último partido del evento, el CERH entregará: un trofeo al equipo ganador; y medallas a los representantes de los dos equipos mejor clasificados. 4.2 Todos los partidos de este torneo tendrán un tiempo efectivo de juego de 40 (cuarenta) minutos, divididos en dos períodos de 20 (veinte) minutos cada uno. Hay un intervalo de 10 (diez) minutos entre el final del primer período y el inicio del segundo periodo de juego. 4.3 Cuando en este torneo se utiliza un sistema clasificación por puntos, el CERH decidió que tendrán de ser cumplidos los siguientes criterios y procedimientos: Según lo establecido en el punto 1 del artículo 21 del Reglamento Técnico del Hockey sobre Patines aprobado por el CIRH, los puntos de los equipos se asignarán de la siguiente manera: a) VITÓRIA en lo partido (tres) puntos b) EMPATE en lo partido... 1 (un) punto c) DERROTA en lo partido... 0 (cero) puntos Cuando un partido termina en empate y cuando es posible que los dos equipos en cuestión pueden quedar igualados en su clasificación ya después de aplicados los criterios de desempate establecidos en el punto 3 del artículo 21 del Reglamento Técnico del Hockey sobre Patines hay sido decidido por el CERH añadir un criterio adicional para definir la clasificación de aquellos dos equipos, teniendo en cuenta el ganador (*) de series de libres directos a ejecutar, después del final del partido, por las jugadoras de cada equipo. (*) Nota importante: El resultado de estas series de libres directos no afectará el resultado final registrado al final del tiempo reglamentar de los partidos en cuestión y un punto será otorgado a cada equipo Las series de libres directos tendrán de ser ejecutados en conformidad con los siguientes procedimientos: a) Una primera serie de 3 (tres) libres directos para cada equipo, que deben ser ejecutados por diferentes jugadores de cada equipo, cuyos números camisa debe ser previamente entregada al Árbitro Asistente. b) En el caso de mantener una igualdad, series sucesivas de un golpe libre directo necesitan ser ejecutadas - las cuales pueden ser realizado por el mismo jugador de cada equipo - hasta que se encuentre un ganador. d) La ejecución de cada golpe libre directo se puede realizar de la manera habitual, es decir, que se puede realizar con un tiro directo a puerta o con el transporte de la pelota. Si el lanzador se ha decidido para el transporte de la pelota, él no puede tomar más de 5 (cinco) segundos para disparar a puerta. e) Los dos Árbitros Principales son responsables del control de la correcta ejecución del golpe libre directo ejecutado con el transporte de la pelota, teniendo en cuenta que: Uno de los Árbitros controlará el tiempo de 5 (cinco) segundos que se establece para iniciar su ejecución, independientemente de la opción elegida; Si se realiza el transporte de la pelota, el otro árbitro asegurar debe asegurar el controle del tiempo de 5 (cinco) segundos establecidos para completar la ejecución del libre directo, contados desde el primer toque de la pelota. f) Con salvaguarda del establecido en el puntos anteriores, la ejecución de este golpe libre directo debe seguir los procedimientos establecidos en el artículo 29 de las Reglas de Juego. 4.4 Cuando en este torneo se utiliza un sistema de eliminatorias y un partido termina con un empate, el CERH decidió que no hay que realizar una prórroga y el ganador del partido se decidirá por series de libres directos, de acuerdo con los procedimientos que están establecidos en el punto anterior. Page 6 of 9 Página 6 de 9

6 ANNEX 1 / Anexo 1 (Portuguese version) TORNEIO EUROPEU DE SUB-17 FEMININO REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO CERH 1. Em conformidade com o que está estabelecido no ponto 2 do Artigo 3 do Regulamento de Eventos Europeus da Patinagem, só as propostas das Federações Nacionais filiadas serão consideradas para efeito da organização do Torneio Europeu Feminino de Sub Depois de assegurar o acordo prévio do CERH, as Federações Nacionais poderão estabelecer acordos de cooperação ou de associação com outra instituição publica ou privada para a organização do Torneio Europeu Feminino de Sub A Federação Nacional a quem for atribuída a organização do Torneio Europeu Feminino de Sub-17 manterá sempre total responsabilidade perante a CERS e o CERH por todas as questões relativas ao evento. 1.3 A organização do Torneio Europeu Feminino de Sub-17 requer a inscrição de um mínimo de 4 (quatro) equipas. 1.4 A partir de 2014, o Torneio Europeu Feminino de Sub-17 será organizado anualmente, em data específica que será fixada pelo CERH, depois de obter um consenso com a Federação organizadora, tendo em consideração: a) As datas que não entrem em conflito com organização dos campeonatos femininos dos países europeus; e b) As datas das férias escolares. 1.5 CERH não cobrará honorários ou outros direitos pela organização do Torneio Europeu Feminino de Sub-17, sendo também o CERH a assumir todos os custos viagens, alojamento, refeições, etc. relacionados com a participação dos árbitros designados para os jogos deste evento. 1.6 Cada edição do Torneio Europeu Feminino de Sub-17 terá uma denominação específica a decidir pelo CERH, de acordo com as propostas que sejam apresentadas pelas Federações Europeias filiadas O principal objetivo do CERH é honrar aquelas personalidades ou que foram responsáveis por uma efetiva e importante contribuição para a promoção e/ou desenvolvimento do hóquei em patins feminino sobre patines feminino Na sequência de uma proposta presentada pelo Sr. Keith Allen Presidente da Federação de Inglaterra o CERH decidiu aprovar que a primeira edição do Torneio Europeu Feminino de Sub-17 seja designado como TAÇA CARLOS SENA, em tributo à memória deste antigo Presidente do CERH e que foi também Presidente da Federação de Portugal. 2. Em cada edição do Torneio Europeu Feminino de Sub-17, o CERH promoverá a organização de atividades complementares - conferências, seminários, debates, etc. - que possam contribuir eficazmente para a promoção e desenvolvimento do hóquei em patins feminino na Europa. 3. O Torneio Europeu Feminino de Sub-17 está aberto à participação dos clubes europeus e/o de grupos de atletas que possam juntar-se para jogar sob o emblema de um clube ou de uma associação de distintos clubes que estejam filiados na mesma Federação Nacional. 3.1 Para a inscrição das jogadoras participantes é obrigatório que as mesmas sejam portadoras duma licencia oficial atualizada e que tenha sido emitida por uma Federação Nacional Europeia e que esteja filiada na CERS/CERH. 3.2 Salvaguardando o que está estabelecido no ponto 3.3 seguinte, todas as equipas devem ser constituídas por jogadoras da categoria de Sub-17, ou seja, que tenham a idade mínima de 13 (treze) anos e que não completem os 17 (dezassete) anos de idade até 31 de Dezembro do ano em que se realiza este evento. 3.3 No Torneio Europeu Feminino de Sub-17 o CERH permitirá que cada equipa possa inscrever um máximo de 3 (três) jogadoras que, na data do Torneio, já tenham completado 17 (dezassete) e/ou 18 (dezoito) anos de idade. 3.4 Todos os representantes das equipas participantes no Torneio Europeu Feminino de Sub-17 terão de ser inscritos perante o CERH da forma habitual, com envio do Formulário 2 (inscrição das jogadoras) e do Formulário 3 (inscrição dos outros representantes), formulários esses que estão disponíveis no sitio web do CERH (secção "COMPETICIÕES EUROPEIAS DE CLUBES"). 3.5 As equipas participantes serão responsáveis por todos os custes viagens, alojamento, refeições, etc. que estejam relacionados com a sua presença e participação neste evento. Page 7 of 9 Página 7 de 9

7 4. O sistema de competição do Torneio Europeu Feminino de Sub-17 dependerá do número de equipas participantes, tendo por finalidade o estabelecimento do formato mais competitivo e atrativo. 4.1 No Torneio Europeu Feminino de Sub-17 não se realizarão as cerimónias formais de abertura e de encerramento. No entanto e depois de finalizado o último jogo do evento, o CERH fará entrega de: um troféu à equipa vencedora; medalhas aos representantes das duas equipas melhor classificadas. 4.2 Todos os jogos deste Torneio serão disputados com um tempo efetivo de jogo de 40 (quarenta) minutos, divididos em dois períodos de 20 (vinte) minutos cada um. Haverá um intervalo de 10 (dez) minutos entre o final do primeiro período e o inicio do segundo período de jogo. 4.3 Quando neste torneio for utilizado um sistema classificativo por pontos, o CERH decidiu que terão de ser cumpridos os seguintes critérios e procedimentos: Conforme está estabelecido no ponto 1 do Artigo 21 do Regulamento Técnico do Hóquei em Patins aprovado pelo CIRH, os pontos das equipas participantes serão atribuídos da seguinte forma: a) VITÓRIA no jogo (três) pontos b) EMPATE no jogo... 1 (um) ponto c) DERROTA no jogo... 0 (zero) pontos Quando um jogo terminar empatado e quando seja possível que as duas equipas em questão possam ficar igualadas na classificação já depois de aplicados os critérios de desempate estabelecidos no ponto 3 do Artigo 21 do Regulamento Técnico do Hóquei em Patins foi decidido pelo CERH acrescentar um critério adicional para definir qual a classificação daquelas duas equipas, tendo em conta o vencedor (*) de séries de livres diretos a executar, após o final do jogo, pelas jogadoras de cada equipa. (*) Nota importante: O resultado final destas séries de livres diretos não afectará o resultado final registado no final do tempo regulamentar do jogo em questão, pelo que um ponto será atribuído a cada uma das equipas As séries de livres diretos terão de ser executados em conformidade com os seguintes procedimentos: a) Una primeira série de 3 (três) livres diretos para cada equipa, que têm de ser executadas por diferentes jogadoras de cada equipo, cujos números da camisola têm de ser previamente entregues ao Árbitro Assistente. b) No caso de permanecer uma igualdade, serão efectuadas, quando necessário, séries sucessivas de um livre direto sérias essas que poderão ser executadas pela mesma jogadora de cada equipa até que um vencedor seja encontrado. d) A execução de cada livre direto pode ser efectuada da forma habitual, ou seja, através de um remate direto à baliza ou através do transporte da bola (nesta opção, o executante terá de rematar à baliza antes de decorridos cinco segundos) e) Os dois Árbitros Principais são responsáveis pelo controlo da correta execução do livre direto, designadamente quando há opção pelo transportes de bola, devendo ser assegurados os seguintes procedimentos: Um dos Árbitros controlará o tempo de 5 (cinco) segundos que está estabelecido para iniciar a execução do livre direto, independentemente da opção escolhida; Se o transporte da bola for efectuado, o outro Árbitro terá de assegurar o controlo do tempo de 5 (cinco) segundos para conclusão da execução do livre direto, contados a partir do primeiro toque na bola. f) Salvaguardando o estabelecido nas alíneas anteriores, a execução das séries de livres diretos deve obedecer aos procedimentos estabelecidos no Artigo 29 das Regras de Jogo. 4.4 Quando neste torneio for utilizado um sistema de eliminatórias e um jogo terminar com um empate, o CERH decidiu que não há que realizar um prolongamento e o vencedor do jogo será decidido pela marcação de séries de livres diretos, de acordo com os procedimentos que estão estabelecidos no ponto anterior. Page 8 of 9 Página 8 de 9

8 ANNEX 2 / Anexo 2 CARLOS SENA CUP CALENDAR Page 9 of 9 Página 9 de 9

Condições de Participação no Evento. Licenças. Equipamentos Regulamentos ( Bicicletas) Equipamento ( Vestuário ) Seguros. Entradas - Espectadores

Condições de Participação no Evento. Licenças. Equipamentos Regulamentos ( Bicicletas) Equipamento ( Vestuário ) Seguros. Entradas - Espectadores Condições de Participação no Evento De acordo com os Regulamentos da UCI Ciclismo de Pista Veteranos 3.9.001. Estes regulamentos estão disponíveis no site da UCI em www.uci.ch. Clicar sobre Rules e seguidamente

Leia mais

Date: 2014, September 15 1. DATES PARTICIPATING NATIONAL TEAMS AND COMPETITION SYSTEM

Date: 2014, September 15 1. DATES PARTICIPATING NATIONAL TEAMS AND COMPETITION SYSTEM To: From: Subject: EUROPEAN FEDERATIONS CERH PRESIDENT Date: 2014, September 15 49 th. MALE U-20 EUROPEAN CHAMPIONSHIP Dear Sirs: Under the FPP Federação de Patinagem de Portugal organization- in co-operation

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

REGULAMENTO REGLAMENTO CAMPEONATO IBÉRICO DE CICLISMO MASTER

REGULAMENTO REGLAMENTO CAMPEONATO IBÉRICO DE CICLISMO MASTER REGULAMENTO REGLAMENTO CAMPEONATO IBÉRICO DE CICLISMO MASTER ÉPOCA 2015 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE CICLISMO * ASSOCIAÇÃO DE CICLISMO VILA REAL *REAL FEDERACION ESPAÑOLA DE CICLISMO Primeiro O Campeonato Ibérico

Leia mais

Especificaciones terra

Especificaciones terra Vídeo Anúncio pre-roll + Skin Última atualização 25/03/2015 Especificação do formato pre-roll Vídeo-anúncio que será oferecido com o Background Player (Skin) de forma sincronizada ou não com o fundo do

Leia mais

DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Maracanãzinho Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr. Rio de Janeiro/RJ Brasil

DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Maracanãzinho Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr. Rio de Janeiro/RJ Brasil DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr Rio de Janeiro RJ Brazil ORGANIZER Confederação Brasileira de Judô Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro

Leia mais

APRESENTAÇÃO / PRESENTATION... 2 INFORMAÇÃO DA PROVA / EVENT INFORMATION... 2 EQUIPA TÉCNICA / EVENT TECHNICAL STAFF... 2 PROGRAMA / PROGRAMME...

APRESENTAÇÃO / PRESENTATION... 2 INFORMAÇÃO DA PROVA / EVENT INFORMATION... 2 EQUIPA TÉCNICA / EVENT TECHNICAL STAFF... 2 PROGRAMA / PROGRAMME... INDEX APRESENTAÇÃO / PRESENTATION... 2 INFORMAÇÃO DA PROVA / EVENT INFORMATION... 2 EQUIPA TÉCNICA / EVENT TECHNICAL STAFF... 2 PROGRAMA / PROGRAMME... 3 CARACTERISTICAS DA PROVA / RACE DETAILS... 5 MAPA

Leia mais

Está esta Associação em colaboração com a Câmara Municipal da Maia a efectuar todos os preparativos para levar a cabo:

Está esta Associação em colaboração com a Câmara Municipal da Maia a efectuar todos os preparativos para levar a cabo: Às Associações de Surdos, PORTUGUÊS/PORTUGUESE Ex.mos Senhores e Caros Amigos: Está esta Associação em colaboração com a Câmara Municipal da Maia a efectuar todos os preparativos para levar a cabo:» I

Leia mais

Especificação do formato Formato de grande impacto localizado no S4 (4º scroll da página) com área útil obrigatória de 600px.

Especificação do formato Formato de grande impacto localizado no S4 (4º scroll da página) com área útil obrigatória de 600px. Parallax (1260x800px) Última atualização: 12/02/2014 Especificação do formato Formato de grande impacto localizado no S4 (4º scroll da página) com área útil obrigatória de 600px. Dimensões SWF 1260x800px

Leia mais

4.7. Freqüência ao Dentista

4.7. Freqüência ao Dentista 202 Estudo Epidemiológico de Saúde Bucal em Trabalhadores da Indústria. Brasil, 2002-2003 Epidemiologic Study of Oral Health in Industry Workers. Brazil, 2002-2003 Estudio Epidemiológico de Salud Bucal

Leia mais

NOME DA CRIANÇA / ADOLESCENTE CHILD/ADOLESCENT NAME NOMBRE DEL NIÑO/ADOLESCENTE FORMULÁRIO PADRÃO DE AUTORIZAÇÃO DE HOSPEDAGEM, INGRESSO E PERMANÊNCIA DE CRIANÇA/ADOLESCENTE NOS ESTÁDIOS DE FUTEBOL, PARTICIPAÇÃO

Leia mais

Especificação do formato Formato de grande impacto localizado no S4 (4º scroll da página) de Web e Tablet com área útil obrigatória de 400px.

Especificação do formato Formato de grande impacto localizado no S4 (4º scroll da página) de Web e Tablet com área útil obrigatória de 400px. Parallax Reduzido (1260x400px) Última atualização - 03/02/2015 Especificação do formato Formato de grande impacto localizado no S4 (4º scroll da página) de Web e Tablet com área útil obrigatória de 400px.

Leia mais

Especificações terra. Copyright 2012, Terra Networks Brasil S.A.

Especificações terra. Copyright 2012, Terra Networks Brasil S.A. Mobile Pull (320x50px) Última atualização: 13/11/2014 Especificação do formato Formato veiculado por um banner 320x50 (na parte superior da tela) que após interação do usuário verticalmente puxa uma tela

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office FORMULÁRIO DE CANDIDATURA PARA ESTUDANTE DE INTERCÂMBIO EXCHANGE STUDENT APPLICATION FORM Semestre

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

BASES DE PARTICIPACIÓN

BASES DE PARTICIPACIÓN BASES DE PARTICIPACIÓN La novena edición de la BAIXADA ANIMADA - MUESTRA IBEROAMERICANA DE CINE DE ANIMACIÓN, es una realización de BENGUELA PRODUÇÕES E EVENTOS CULTURAIS LTDA. La Muestra se sucederá en

Leia mais

USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 WORK PLAN FOR IMPLEMENTATION OF THE UNITED STATES PATENT AND

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social Protocolo entre o, Ciência e Tecnologia da República Argentina e o de Educação da República Federativa do Brasil para a promoção do ensino do Espanhol e do Português como segundas línguas O, Ciência e

Leia mais

SOLICITUD DE PENSION DE SOBREVIVENCIA / SOLICITAÇÃO DE PENSÃO DE SOBREVIVENCIA

SOLICITUD DE PENSION DE SOBREVIVENCIA / SOLICITAÇÃO DE PENSÃO DE SOBREVIVENCIA CONVENIO DE SEGURIDAD SOCIAL ENTRE LA REPUBLICA DE CHILE Y LA REPUBLICA FEDERATIVA DEL BRASIL RCH / BRASIL 3B ACORDO DE SEGURIDADE SOCIAL ENTRE A REPÚBLICA DE CHILE E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SOLICITUD

Leia mais

Taça Brasil de Mountain Bike Cross Country / Brazil Cup of XCO Estadual MTB-XCO 2011

Taça Brasil de Mountain Bike Cross Country / Brazil Cup of XCO Estadual MTB-XCO 2011 Eventos Taça Brasil de Mountain Bike Cross Country / Brazil Cup of XCO Estadual MTB-XCO 2011 Campeonato Data(s): 21/05/2011-22/05/2011 / 05/21/2011 05/22/2011 Local: Local: Quinta da Boa Vista, Rio de

Leia mais

GUIA TÉCNICO TECHNICAL GUIDE

GUIA TÉCNICO TECHNICAL GUIDE GUIA TÉCNICO TECHNICAL GUIDE Technical Guide Portugal CUP CRO 2015/16 #2 Vizela Página 1 Uma organização da Associação de Ciclismo do Minho ÍNDICE/INDEX APRESENTAÇÃO / PRESENTATION...3 INFORMAÇÃO DA PROVA

Leia mais

Especificações terra. Vídeo anúncio pre-roll. Copyright 2012, Terra Networks Brasil S.A. Última atualização 31/08/2015

Especificações terra. Vídeo anúncio pre-roll. Copyright 2012, Terra Networks Brasil S.A. Última atualização 31/08/2015 Vídeo anúncio pre-roll Última atualização 31/08/2015 Especificação do formato O vídeo-anúncio pre-roll é exibido antes do vídeo de conteúdo nos canais do Terra TV, nos vídeos embedados e na Fanpage do

Leia mais

SRW 01-HMI. Remote Keypad (HMI) HMI Remoto HMI Remota. Installation Guide Guía de Instalación Guia de Instalação. English / Español / Português

SRW 01-HMI. Remote Keypad (HMI) HMI Remoto HMI Remota. Installation Guide Guía de Instalación Guia de Instalação. English / Español / Português Motors Automation Energy Transmission & Distribution Coatings Remote Keypad (HMI) HMI Remoto HMI Remota SRW 01-HMI Installation Guide Guía de Instalación Guia de Instalação English / Español / Português

Leia mais

Third Party Relationships: Auditing and Monitoring

Third Party Relationships: Auditing and Monitoring Third Party Relationships: Auditing and Monitoring October 3, 2012 3 de octubre del 2012 Agenda Speakers On-going monitoring of third party relationship On-site audits/ distributor reviews Questions &

Leia mais

Perguntas & Respostas

Perguntas & Respostas Perguntas & Respostas 17 de Abril de 2008 Versão Portuguesa 1. O que é uma Certidão Permanente?...4 2. Como posso ter acesso a uma Certidão Permanente?...4 3. Onde posso pedir uma Certidão Permanente?...4

Leia mais

A.N.M. ASSOCIAÇÃO NAÚTICA DA MADEIRA Instituição de Utilidade Pública. REGATA INTERNACIONAL CANÁRIAS - MADEIRA 500 Anos da Cidade do Funchal

A.N.M. ASSOCIAÇÃO NAÚTICA DA MADEIRA Instituição de Utilidade Pública. REGATA INTERNACIONAL CANÁRIAS - MADEIRA 500 Anos da Cidade do Funchal REGATA INTERNACIONAL CANÁRIAS - MADEIRA 500 Anos da Cidade do Funchal XV EDIÇÃO Pré-Anúncio de Regata 1. AUTORIDADE ORGANIZADORA / AUTORIDAD ORGANIZADORA A Autoridade Organizadora constituída conjuntamente

Leia mais

FACULDADE DE LETRAS UNIVERSIDADE DO PORTO

FACULDADE DE LETRAS UNIVERSIDADE DO PORTO FACULDADE DE LETRAS UNIVERSIDADE DO PORTO SEMINÁRIO DE INVESTIGAÇÃO EM MUSEOLOGIA DOS PAÍSES DE LÌNGUA PORTUGUESA E ESPANHOLA SEMINARIO DE INVESTIGACIÓN EN MUSEOLOGÍA DE LOS PAÍSES DE HABLA PORTUGUESA

Leia mais

HR Connect System Alert

HR Connect System Alert HR Connect System Alert To: All Employees Alert: System Downtime From November 30 December 3, the HR Connect Self-Service system will be down for maintenance. You will be unable to complete transactions

Leia mais

PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO. Instalação do Rasther PC. Habilitação das Montadoras

PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO. Instalação do Rasther PC. Habilitação das Montadoras Guia Rápido Rasther PC PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO Antes de iniciar o uso do Rasther, será necessário instalar o programa Rasther PC, habilitar as montadoras adquiridas juntamente

Leia mais

ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y

ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y La CASA DA AMÉRICA LATINA, es una institución de derecho privado sin ánimo de lucro, con sede en la Avenida 24 de Julho, número 1188, en Lisboa, Portugal, representada

Leia mais

C O N V E N IO M U L T ILATERAL I B E R O A M E R I C A N O D E S E G U R I D A D S O C IAL CONVENÇÃO MULTILATERAL IBERO-AMERICANA DE SEGURANÇA SOCIAL

C O N V E N IO M U L T ILATERAL I B E R O A M E R I C A N O D E S E G U R I D A D S O C IAL CONVENÇÃO MULTILATERAL IBERO-AMERICANA DE SEGURANÇA SOCIAL C O N V E N IO M U L T ILATERAL I B E R O A M E R I C A N O D E S E G U R I D A D S O C IAL CONVENÇÃO MULTILATERAL IBERO-AMERICANA DE SEGURANÇA SOCIAL IBERO-3 Certificado de desplazamiento temporal Certificado

Leia mais

Portugal Cup Vodafone 2013

Portugal Cup Vodafone 2013 TAÇA DE PORTUGAL DHI VODAFONE 2013 Portugal Cup Vodafone 2013 PORTO DE MÓS (GUIA TÉCNICO) Technical Guide INDÍCE / INDEX Informação do evento / The venue...3 Organização / Organization... 3 Apresentação

Leia mais

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2.

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2. TeamSpeak PORTUGUES ENGLISH Tutorial de registo num servidor de TeamSpeak Registration tutorial for a TeamSpeak server Feito por [WB ].::B*A*C*O::. membro de [WB ] War*Brothers - Non Dvcor Dvco Made by:

Leia mais

Convocatoria: envío de trabajos al próximo número de la Revista Académica PROCOAS AUGM Año 2013

Convocatoria: envío de trabajos al próximo número de la Revista Académica PROCOAS AUGM Año 2013 Convocatoria: envío de trabajos al próximo número de la Revista Académica PROCOAS AUGM Año 2013 ISSN 1852 8538 El Comité de Procesos Cooperativos y Asociativos - PROCOAS -, de la Asociación de Universidades

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

Memory Module MMF-02. Modulo de Memoria MMF-02. Módulo de Memória MMF-02 CFW70X

Memory Module MMF-02. Modulo de Memoria MMF-02. Módulo de Memória MMF-02 CFW70X Motors Automation Energy Transmission & Distribution Coatings Memory Module MMF-02 Modulo de Memoria MMF-02 Módulo de Memória MMF-02 CFW70X Installation, Configuration and Operation Guide Guía de Instalación,

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

PRESS CLIPPING 13 13 July 2015 www.mecasolar.com

PRESS CLIPPING 13 13 July 2015 www.mecasolar.com PRESS CLIPPING 13 13 July 2015 www.mecasolar.com MECASOLAR attends ENERSOLAR BRASIL MECASOLAR is attending one of the leading solar events in Brazil, to be held in São Paulo from 15 to 17 July. The company

Leia mais

INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS

INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS DOCUMENTAÇÃO A APRESENTAR PELOS CANDIDATOS PARA AVALIAÇÃO Os candidatos devem apresentar para avaliação da candidatura a seguinte documentação: a) Prova da nacionalidade (BI, passaporte.);

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

1ª Liga de Futsal 2014/2015

1ª Liga de Futsal 2014/2015 1ª Liga de Futsal 2014/2015 Patrono RICARDINHO 1 I Liga Futsal 2014/2015 Regulamento Equipas Artigo 1º Esta liga de futsal encontra-se aberta a equipas de empresas devidamente certificadas, podendo ser

Leia mais

Planejamento estratégico

Planejamento estratégico espaço ibero-americano espacio iberoamericano Planejamento estratégico Quem somos, onde queremos ir e como chegaremos lá são indagações necessárias em todas as escolas Como qualquer empresa, instituições

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL EMBAIXADA DO BRASIL EM RIADE Informações gerais REGISTRO CONSULAR DE NASCIMENTO Atualizado em outubro de 2014 O registro de nascimento

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

Interface between IP limitations and contracts

Interface between IP limitations and contracts Interface between IP limitations and contracts Global Congress on Intellectual Property and the Public Interest Copyright Exceptions Workshop December 16, 9-12:30 Denis Borges Barbosa The issue Clause

Leia mais

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA EAbrief: Medida de incentivo ao emprego mediante o reembolso da taxa social única EAbrief: Employment incentive measure through the unique social rate reimbursement Portaria n.º 229/2012, de 03 de Agosto

Leia mais

Montevidéu, 22 de abril de 2010. En Montevideo, a 22 de abril de 2010

Montevidéu, 22 de abril de 2010. En Montevideo, a 22 de abril de 2010 MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE GOVERNOS E ASSOCIAÇÕES DE GOVERNOS REGIONAIS DA REDE DE GOVERNOS REGIONAIS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (nrg4sd) ONDE SE ESTABELECE UM PROGRAMA DE COOPERAÇÃO MULTILATERAL

Leia mais

Regulamento de Jogo ou Torneio Particular

Regulamento de Jogo ou Torneio Particular Regulamento de Jogo ou Torneio Particular 1 Norma habilitante O presente Regulamento é adoptado ao abrigo do disposto na alínea a) do nº2 do Artigo 41º do Regime Jurídico das Federações Desportivas, aprovado

Leia mais

PROCESSOS DECISÓRIOS RELATIVOS AOS CUIDADOS DE SAÚDE

PROCESSOS DECISÓRIOS RELATIVOS AOS CUIDADOS DE SAÚDE PARTICIPAÇÃO DO ADOLESCENTE NOS PROCESSOS DECISÓRIOS RELATIVOS AOS CUIDADOS DE SAÚDE Prof. Dr. Gustavo Pereira Leite Ribeiro gustavoleiteribeiro@gmail.com Sumário da exposição: I. Quem é adolescente? II.

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 74/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 74/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle So that all the available files in the Moodle can be opened without problems, we recommend some software that will have to be installed

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL DA LIGA IBÉRICA DE BASEBOL REGLAMENTO OFICIAL DA LIGA IBÉRICA DE BÉISBOL

REGULAMENTO OFICIAL DA LIGA IBÉRICA DE BASEBOL REGLAMENTO OFICIAL DA LIGA IBÉRICA DE BÉISBOL REGULAMENTO OFICIAL DA LIGA IBÉRICA DE BASEBOL REGLAMENTO OFICIAL DA = 2006 = INTRODUÇÃO INTRODUCCIÓN...2 1. PARTICIPAÇÃO PARTICIPACIÓN...3 2. INSCRIÇÃO NA LIGA IBÉRICA DE BASEBOL INSCRIPCIÓN EN LA LIB...3

Leia mais

2 Categorias Categories Todas as categorias de actividade são apresentadas neste espaço All activity categories are presented in this space

2 Categorias Categories Todas as categorias de actividade são apresentadas neste espaço All activity categories are presented in this space 1 Próximas Actividades Next Activities Visualiza as próximas actividades a ter inicio, com a indicação do tempo restante Displays upcoming activities and indicating the remaining time 2 Categorias Categories

Leia mais

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo PRESS RELEASE 8 de Dezembro de 2009 Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo FNABA representou Portugal, em Pequim (China), na First Global Conference da World Business

Leia mais

IMMIGRATION Canada. Study Permit. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil IMM 5849 E (04-2015)

IMMIGRATION Canada. Study Permit. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil IMM 5849 E (04-2015) IMMIGRATION Canada Table of Contents Document Checklist Study Permit (disponible en Portuguese) Study Permit São Paulo Visa Office Instructions For the following country: Brazil This application is made

Leia mais

2005 2011 O caminho da GMB para aprovação técnica no PMC passou pelo projeto GMB2NLM

2005 2011 O caminho da GMB para aprovação técnica no PMC passou pelo projeto GMB2NLM 2005 2011 O caminho da GMB para aprovação técnica no PMC passou pelo projeto GMB2NLM Klaus Hartfelder Editor Assistente da GMB editor@gmb.org.br ou klaus@fmrp.usp.br Passo 1: submissão dos dados da revista

Leia mais

INTERNATIONAL CRIMINAL COURT. Article 98 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119

INTERNATIONAL CRIMINAL COURT. Article 98 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119 INTERNATIONAL CRIMINAL COURT Article 98 Agreement between the UNITED STATES OF AMERICA and CAPE VERDE Signed at Washington April 16, 2004 NOTE BY THE

Leia mais

MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY

MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY The Competent Authorities of the Portuguese Republic and the Government of Jersey in

Leia mais

EXHIBITION APPLICATION FORM

EXHIBITION APPLICATION FORM ENTITY DATA: Entity Name [ for invoice ]: Name of Stand * : Website: Address: City: Postal Code: Country: _ VAT Reg..**: Your Purchase Order.: Contact Person: Mr. Mrs. Last Name: First Name: Work Phone:

Leia mais

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO PROJECTO PROVAS EXPERIMENTAIS DE EXPRESSÃO ORAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - 2005-2006 Ensino Secundário - Inglês, 12º ano - Nível de Continuação 1 1º Momento GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

Leia mais

Descrição das actividades

Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Em Acção Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião D 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

A elaboração da presente dissertação foi apoiada, em parte, por um financiamento da Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica, no

A elaboração da presente dissertação foi apoiada, em parte, por um financiamento da Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica, no Dissertação de Mestrado em Psicologia, especialização em Psicologia Desportiva, sob a orientação conjunta do Prof. Doutor José Fernando da Silva Azevedo Cruz e do Prof. Doutor Leandro da Silva Almeida.

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt. Manual Jose Lopes

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt. Manual Jose Lopes IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Microsoft Outlook Doc.: Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17

Leia mais

Especificações terra. Pre-Roll (Mobile) Copyright 2012, Terra Networks Brasil S.A. Última atualização 16/10/2015

Especificações terra. Pre-Roll (Mobile) Copyright 2012, Terra Networks Brasil S.A. Última atualização 16/10/2015 Pre-Roll (Mobile) Última atualização 16/10/2015 Especificação do formato O vídeo anúncio pre-roll é exibido antes do vídeo de conteúdo de acordo com a frequência pré-definida no canal. O vídeo anúncio

Leia mais

Directivas AMN, Parte 1. Diretivas AMN, Parte 1. Procedimiento para elaboración de Normas MERCOSUR. Procedimento para elaboração de Normas MERCOSUL

Directivas AMN, Parte 1. Diretivas AMN, Parte 1. Procedimiento para elaboración de Normas MERCOSUR. Procedimento para elaboração de Normas MERCOSUL ASOCIACIÓN MERCOSUR DE NORMALIZACIÓN Directivas AMN, Parte 1 Diretivas AMN, Parte 1 Procedimiento para elaboración de Normas MERCOSUR Procedimento para elaboração de Normas MERCOSUL Primera edición, 2007/

Leia mais

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE manual for management BACKOFFICE BACKOFFICE Últimas Reservas Latest Bookings 8 7 6 3 2 2 Configurações Configuration - pag. 3 Barcos Boats - pag.8 Pessoal Staff - pag.0 Agentes

Leia mais

REGULAMENTO REGULATION

REGULAMENTO REGULATION REGULAMENTO REGULATION Estatuto Editorial Editorial Statement 1. A Revista Portuguesa de Marketing (RPM) é uma revista de cariz científico e académico publicada pelo Instituto Português de Administração

Leia mais

FONTE Aviso do Ministério dos Negócios Estrangeiros (Diário do Governo, I Série n.º 108, p. 493)

FONTE Aviso do Ministério dos Negócios Estrangeiros (Diário do Governo, I Série n.º 108, p. 493) DATA 27.4.1963 FONTE Aviso do Ministério dos Negócios Estrangeiros (Diário do Governo, I Série n.º 108, p. 493) SUMÁRIO Torna público ter sido concluído em Camberra um acordo entre o governo português

Leia mais

A SUSTENTABILIDADE APOIADA PELAS POLÍTICAS URBANAS

A SUSTENTABILIDADE APOIADA PELAS POLÍTICAS URBANAS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Arquitetura e Urbanismo A SUSTENTABILIDADE APOIADA PELAS POLÍTICAS URBANAS FEDERAIS E ESTADUAIS: O CASO DE GOVERNADOR VALADARES, JUIZ DE FORA, MONTES CLAROS, POÇOS

Leia mais

PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores

PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores THIS PROGRAM AIMS TO TOAST OUR CUSTOMERS WITH THE OPPORTUNITY TO DISCOVER AND EXPLORE THE FAIAL AND S. JORGE ISLANDS. WE HAVE A WIDE RANGE OF CULTURAL

Leia mais

GUIA TÉCNICO TAÇA BRASIL DE MOUNTAIN BIKE XCP 31/10 A 01/11/2015 MARINGÁ PARANÁ BRASIL

GUIA TÉCNICO TAÇA BRASIL DE MOUNTAIN BIKE XCP 31/10 A 01/11/2015 MARINGÁ PARANÁ BRASIL GUIA TÉCNICO TAÇA BRASIL DE MOUNTAIN BIKE XCP 31/10 A 01/11/2015 MARINGÁ PARANÁ BRASIL Prezados Ciclistas e Dirigentes, TAÇA BRASIL DE MOUNTAIN BIKE - XCP É com alegria e satisfação que a Confederação

Leia mais

Nome: Carlos Renato Frederico. Nascimento: Morungaba/SP. Data: 21-02-1957.

Nome: Carlos Renato Frederico. Nascimento: Morungaba/SP. Data: 21-02-1957. Nome: Carlos Renato Frederico. Nascimento: Morungaba/SP. Data: 21-02-1957. Clubes: Guarani, São Paulo, Botafogo-RJ, Atlético-MG, Yokohama e Kashiwa Reysol (ambos do Japão), Ponte Preta e Taubaté Títulos:

Leia mais

La República Argentina y la República Federativa del Brasil, en adelante, las Partes;

La República Argentina y la República Federativa del Brasil, en adelante, las Partes; Protocolo Adicional al Acuerdo de Cooperación para el Desarrollo y la Aplicación de los Usos Pacíficos de la Energía Nuclear en Materia de Reactores, Combustibles Nucleares, Suministro de Radioisótopos

Leia mais

FUTSAL INTER CURSOS 2013/14 REGULAMENTO GERAL DA PROVA

FUTSAL INTER CURSOS 2013/14 REGULAMENTO GERAL DA PROVA INTER CURSOS 2013/14 REGULAMENTO GERAL DA PROVA 1 MODELO COMPETITIVO DO INTER CURSOS 1.1 ESTA COMPETIÇÃO SERÁ DISPUTADA ENTRE 35 EQUIPAS, DISTRIBUIDAS 12 PELA PRIMEIRA DIVISÃO, E DOIS GRUPOS NA SEGUNDA

Leia mais

PLAN DE INNOVACIÓN COMPLEXO LAGUNAR MEDITERRANEO EPAGRI 0055-48-36260577-88010490

PLAN DE INNOVACIÓN COMPLEXO LAGUNAR MEDITERRANEO EPAGRI 0055-48-36260577-88010490 PLAN DE INNOVACIÓN Título Plan de Innovación LAGUNA- PROJETO DE RECUPERAÇAO E CONSERVAÇAO DO COMPLEXO LAGUNAR Nombre Rutero/Rutera ROTA INTERCOTINENTAL DE APRENDIZAGEM- TRAMO Organización o institución

Leia mais

LATAM Airlines Group S.A. Companhia Estrangeira CVM nº 80128 CNPJ nº 33.937.681/0001-78 Avenida Presidente Riesco nº 5711, 20º andar Santiago, Chile

LATAM Airlines Group S.A. Companhia Estrangeira CVM nº 80128 CNPJ nº 33.937.681/0001-78 Avenida Presidente Riesco nº 5711, 20º andar Santiago, Chile LATAM Airlines Group S.A. Companhia Estrangeira CVM nº 80128 CNPJ nº 33.937.681/0001-78 Avenida Presidente Riesco nº 5711, 20º andar Santiago, Chile FATO RELEVANTE A LATAM Airlines Group S.A. ( LATAM Airlines

Leia mais

User Guide Manual de Utilizador

User Guide Manual de Utilizador 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE User Guide Manual de Utilizador 2014 1Life Simplify it All rights reserved. www.1-life.eu 2 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE ENGLISH USER GUIDE...4 MANUAL DE UTILIZADOR PORTUGUÊS...18

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

Porcelanato Esmaltado. Glazed porcelain. Coleção. Element

Porcelanato Esmaltado. Glazed porcelain. Coleção. Element Coleção Element Porcelanato Esmaltado Glazed porcelain Porcelanato Esmaltado Glazed Porcelain Element GD 45x90 cm Coleção Element Element Element GD 45X90 cm / 18x35 Cores e formatos Color and sizes Colores

Leia mais

VISTO PARA CANADA PDF

VISTO PARA CANADA PDF VISTO PARA CANADA PDF ==> Download: VISTO PARA CANADA PDF VISTO PARA CANADA PDF - Are you searching for Visto Para Canada Books? Now, you will be happy that at this time Visto Para Canada PDF is available

Leia mais

Searching for Employees Precisa-se de Empregados

Searching for Employees Precisa-se de Empregados ALIENS BAR 1 Searching for Employees Precisa-se de Empregados We need someone who can prepare drinks and cocktails for Aliens travelling from all the places in our Gallaxy. Necessitamos de alguém que possa

Leia mais

REGULAMENTO do TORNEIO

REGULAMENTO do TORNEIO REGULAMENTO do TORNEIO As regras de jogo aplicadas no Maia Handball Cup 2014 são as que estão em vigor na Federação de Andebol de Portugal que, por sua vez, baseia a sua lei na IHF. No entanto, ficam estabelecidas

Leia mais

PORTUGUES PARA INGLES PDF

PORTUGUES PARA INGLES PDF PORTUGUES PARA INGLES PDF ==> Download: PORTUGUES PARA INGLES PDF PORTUGUES PARA INGLES PDF - Are you searching for Portugues Para Ingles Books? Now, you will be happy that at this time Portugues Para

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TBW-101UB TBW-102UB

Guia de Instalação Rápida TBW-101UB TBW-102UB Guia de Instalação Rápida TBW-101UB TBW-102UB Índice Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Como instalar... 3. Usando o Adaptador Bluetooth... 1 1 2 4 Troubleshooting... 5 (Version 05.30.2006) 1. Antes

Leia mais

III COLÓQUIO INTERNACIONAL DE DIREITO E LITERATURA: CRIME, PROCESSO E (IN)JUSTIÇA EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO

III COLÓQUIO INTERNACIONAL DE DIREITO E LITERATURA: CRIME, PROCESSO E (IN)JUSTIÇA EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO III COLÓQUIO INTERNACIONAL DE DIREITO E LITERATURA: CRIME, PROCESSO E (IN)JUSTIÇA EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO Regulamento para submissão de trabalhos científicos a serem apresentados no III Colóquio

Leia mais

REGULAMENTO DESPORTIVO

REGULAMENTO DESPORTIVO TORNEIO DE FUTEBOL INFANTIL JOSÉ TORRES AMADORA 2014 FUTEBOL 7 INFANTIS COMPLEXO DESPORTIVO MUNICIPAL DO MONTE DA GALEGA 4 e 5 de outubro de 2014 REGULAMENTO DESPORTIVO 01 Regras 02 Escalão etário 03 Equipas

Leia mais

President Communication / Comunicação do Presidente FEDERAÇÕES EUROPEIAS PRESIDENTE DO CERH

President Communication / Comunicação do Presidente FEDERAÇÕES EUROPEIAS PRESIDENTE DO CERH Para: De: FEDERAÇÕES EUROPEIAS PRESIDENTE DO CERH Data: 26 de Fevereiro de 2014 Assunto: TAÇA LATINA NOVA DATA, CALENDÁRIO E OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS Exmºs Senhores: Tendo em atenção a solicitação recebida

Leia mais

A Defesa dos Direitos das Pessoas com Transtorno Mental e o Ministério Público

A Defesa dos Direitos das Pessoas com Transtorno Mental e o Ministério Público A Defesa dos Direitos das Pessoas com Transtorno Mental e o Ministério Público Bruno Alexander Vieira Soares Promotor de Justiça de Defesa da Saúde/BH Coordenador da Coordenadoria de Defesa das Pessoas

Leia mais

DIRECÇÃO-GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI DSRI - Direcção de Serviços das Relações Internacionais

DIRECÇÃO-GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI DSRI - Direcção de Serviços das Relações Internacionais REPÚBLICA PORTUGUESA MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO-GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI DSRI - Direcção de Serviços das Relações Internacionais Av. a Eng. o Duarte Pacheco, 28-4º 1099-013 Lisboa PORTUGAL Tel:

Leia mais

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 APRESENTAÇÃO ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 Instalações elétricas de baixa tensão NBR 5410:1997 NBR 5410:2004

Leia mais

A Direção-Geral do Território disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento:

A Direção-Geral do Território disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento: Modalidades de Pagamento A disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento: Estações de CTT Cheque por Correio Depósito Bancário Transferência Bancária Balcão 'Loja da DGT' Estações dos

Leia mais

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks Intellectual Property IFAC Formatting Guidelines Translated Handbooks AUTHORIZED TRANSLATIONS OF HANDBOOKS PUBLISHED BY IFAC Formatting Guidelines for Use of Trademarks/Logos and Related Acknowledgements

Leia mais

COPA DAS FEDERAÇÕES REGULAMENTO GERAL PARA 2014

COPA DAS FEDERAÇÕES REGULAMENTO GERAL PARA 2014 COPA DAS FEDERAÇÕES REGULAMENTO GERAL PARA 2014 1. DO CAMPEONATO Anualmente a CBT - Confederação Brasileira de Tênis promoverá a Copa das Federações, para definir o Estado Campeão Brasileiro. A Copa das

Leia mais

Artigo 1.º (Regime Supletivo) Ao Torneio Inter-Regional de Sevens Feminino aplicam-se as normas do Regulamento Geral de Competições em tudo o que não

Artigo 1.º (Regime Supletivo) Ao Torneio Inter-Regional de Sevens Feminino aplicam-se as normas do Regulamento Geral de Competições em tudo o que não REGULAMENTO DO TORNEIO INTER-REGIONAL DE SEVENS FEMININO 2014/2015 Artigo 1.º (Regime Supletivo) Ao Torneio Inter-Regional de Sevens Feminino aplicam-se as normas do Regulamento Geral de Competições em

Leia mais

SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP. Know-how setorial e global pré-configurado

SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP. Know-how setorial e global pré-configurado SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP Know-how setorial e global pré-configurado Índice 1.Disponibilidade dos pacotes SAP Best Practices 2.Efetuar

Leia mais

BOWLING WORLD CUP 2015 Qualificação MASCULINOS e FEMININOS

BOWLING WORLD CUP 2015 Qualificação MASCULINOS e FEMININOS BOWLING WORLD CUP 2015 Qualificação MASCULINOS e FEMININOS Art. 1 ORGANIZAÇÃO 1.1 O apuramento para a QubicaAMF Bowling World Cup, é organizado em Portugal, pela Bowling Masters, na qualidade de representante

Leia mais