DigiLogger. Guia do Usuário

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DigiLogger. Guia do Usuário"

Transcrição

1 DigiLogger Guia do Usuário

2 DigiLogger - Guia do Usuário Gravação ( Recorder ) Gravação ( Recorder ) Execução ( Player ) Execução ( Player ) DigiLogger II - habilita até dois canais mono ou um estéreo O DigiLogger é um sistema usado para gravação da programação da emissora para possível verificação pelo orgão competente do governo ( ANATEL ). O sistema também permite a gravação de evento de áudio para possível retrnsmissão. Neste caso a configuração de melhor qualidade que o sistema permite é recomendado. Uma das características exclusivas do sistema é a gravação em tempo real em formato de arquivo MP3, que permite uma maior utilização do espaço em disco. Portanto, aconselhamos a utilização do formato MP3 por ser o padrão mais utilizado. O DigiLogger é executado automáticamente na inicialização do sistema. Existem duas versões do sistema, para gravação de dois canais mono ou um estéreo ( DigiLogger II ), sendo que os dois canais mono podem ser atribuídos para duas emissoras. Já o ( DigiLogger IV), permite a gravação de até quatro emissoras em formato mono. Na figura acima está sendo mostrado o DigiLogger II, que habilita até dois canais. Já o DigiLogger IV habilita duas telas iguais à mostrada acima para a gravação de até quatro canais monos ( quatro emissoras ).

3 GRAVAÇÃO ( RECORDER ) - AUTO START - Com o Auto Start habilitado o sistema e a gravação é inicaida automaticamente quando o computador é ligado. Com a função de Auto Start habilitada, o sistema é executado quando o computador é ligado iniciando automaticamente a gravação. Para manter esta opção habilitada clique em Auto Start para marcar. FORMATO - Para escolher o formato para o tipo de arquivo clique na opção desejada. O formato Mpeg Layer 3 é o mais recomendado por gerar um arquivo mais compactado. Em formato é definido o tipo de compactação para o arquivo de áudio. Clique na opção desejada e em seguida inicie a gravação. Com isso será gerado o arquivo de acordo com a opção escolhida. O formato Mpeg layer 3 é o mais recomendado por ser o que gera um arquivo com maior compactação. Recomendações para melhor eficiencia e qualidade : 1 Canal - GSM 6.10-N.1 2 Canais - MPeg Layer 3 - N.4/5 DIAS À ARQUIVAR - Em Dias à Arquivar é definida a quantidade de arquivos à serem gravados no sistema. Em Dias à Arquivar é definida a quantidade de dias em que os arquivos serão gerados. Se por exemplo for marcada a quantidade 10, e a gravação começar no dia primeiro do mês, ao chegar no décimo primeiro dia os arquivos começam a ser apagados para novos serem gerados de acordo com os dias seguintes do mês. Com isso, o sistema terá sempre dez arquivos gravados no computador. Esta quantidade pode ser alterada a qualquer momento. Ao iniciar um novo dia de gravação o sistema verifica quantos arquivos na sequência existem armazenados e inicia um novo de acordo com os arquivos já existentes.

4 NÍVEIS DE COMPACTAÇÃO - VU de gravação Nesta opção são exibidos os níveis de compactação do FORMATO de arquivos de áudio à serem gerados. Ao escolher um formato de áudio, é exibida nesta opção os respectivos níveis de compactação em ordem crescente. Para identificação destes níveis são exibidas as seguintes informações : N - Número de referencia KBits/s e Kb/s- representa o taxa do tamanho do arquivo a ser gerado. Quanto maior a taxa, maior será o arquivo e melhor a qualidade. SRate - Sampling Rate, representa a qualidade do áudio. Quanto maior a qualidade, maior o tamanho do arquivo. Canais - exibe se o modo será gravado em estéreo ou mono. Para o formato Mpeg Layer 3 é recomendado o número de referencia cinco ( 05 ).para gravação de áudio censura, pois consegue-se uma boa relação qualidade versus capacidade de armazenamento. CONTROLES DE GRAVAÇÃO - Neste controle é informado o nome do arquivo que está sendo gerado junto com o seu caminho completo no sistema. O nome do arquivo gerado representa o horário de inicio da gravação em Horas e Minutos. Em controles de gravação se encontram as seguintes funções : RECORD - Inicia a gravação manual. STOP - Interrompe a gravação. IN LEVEL - Ajuste para o nível de entrada de áudio IN CUE - Com esta opção marcada é possível ouvir o aúdio que está sendo gravado.

5 INFORMAÇÕES DA GRAVAÇÃO - Data e Hora corrente Cronômetro de gravação Versão Informações da configuração escolhida para o formato e nível de compactação do áudio e disponibilidade de gravação. De acordo com o exemplo acima : SB PCI 128 Record - exibe a placa de áudio ativa para gravação MP3 16,000 KHz; Stereo; 24 Kbps; NormalQ - o arquivo à ser gerado será: MP3 - formato do arquivo; 16,000 KHz - sampling Rate; Stereo - canais; 24 Kbps - taxa de compressão; NormalQ - Qualidade Normal Total - Total da capacidade fornecida pelo sistema. Disp ( disponível ) - Total disponível para gravação no sistema, relacionado ao nível escolhido EXECUÇÃO ( PLAYER ) - AJUSTE PARA CANAL DE EXECUÇÃO - Com este ajuste é possível escolher o canal que deseja-se ouvir em separado sem que um se misture com o outro. Se clicar no meio, como mostra a figura, os canais irão se misturar. VU de execução

6 CONTROLES DE EXECUÇÃO - Com os controles de execução ( Player ) é possível abrir um arquivo gravado para reprodução, efetuar Pausa e Stop na execução e ainda editar um arquivo gravado. Controles de execução ( Player ) Abre um arquivo para reprodução. Clique em Arquivo para abrir um arquivo gravado para reprodução. Em seguida escolha o arquivo que deseja abrir. Spots 12 armazena os arquivos gravados pelos canais 1 e 2. Escolha o dia que o arquivo foi armazenado e abra o diretório. OBSERVAÇÃO - O sistema é configurado para gravação de arquivos de 1 H, uma hora, em uma hora, mas pode ser alterado pela interrupção da gravação pelo STOP.

7 Clique no o arquivo contendo a hora e minuto gravado e em seguida clique em abrir. Reproduz um arquivo de áudio aberto no sistema. Pausa a reprodução Interrompe a reprodução. Executa o DigiEditor. um editor para arquivos pequenos.

8 PAINEL DE INFORMAÇÕES E AJUSTES ( PLAYER ) - Cronômetro da reprodução Data Corrente Posição Pitch Da mesma forma que o painel de informações do Recorder, o player fornece as características principais de sua operação. De acordo com o exemplo acima : SB PCI 128 Playback - exibe a placa de áudio ativa para reprodução. PCM 44,000 Hz; 16 Bit; Estéreo - o arquivo à ser reproduzido será: PCM - formato do arquivo; 44,000 Hz - sampling Rate; Estéreo - canais; 16 Bit - taxa de compressão; Pos (Posição) - marca a posição do arquivo que deseja iniciar a reprodução em Minutos, Segundos e Milisegundos, ou percorrer o arquivo durante a reprodução. Pitch - altera a velocidade da reprodução. FECHANDO E ABRINDO O DIGILOGGER - Para fechar clique em Sair Para fechar o Digilogger, certifique-se que tanto o Recorder como o Player estão em Stop, e em seguida clique em Sair.

9 Para Abrir o DigiLogger, clique no botão que representa os respectivos canais. Após fechar o DigiLogger, para abri-lo novamente, basta clicar sobre o botão que representa os respectivos canais. Lembre que se o sistema for reinicializado, o sistema DigiLogger só será inicializado automáticamente se a opção AUTO START estiver habilitada no canal. Função de AUTO START habilitada

10 DIGIEDITOR - O DigiEditor é um editor de áudio simples feito para a edição de pequenos arquivos de áudio. Para abrir o DigiEditor clique no respectivo botão dentro do canal desejado, que se encontra junto dos controles de execução ( Player ). Controles de execução ( Player ) DigiEditor aberto. Para abrir o editor, clique em DigiEditor. A tela do editor irá abrir junto com a tela do respectivo canal.

11 Após executar o DigiEditor, clique em Arir para escolher o arquivo de áudio que deseja trabalhar. Se preferir clique Novo para iniciar um novo projeto, como por exemplo gravar pelo DigiEditor algum trecho pequeno de áudio. Clique em Abrir Cria um Novo Projeto de edição. Abre um arquivo para ser editado. Salva um arquivo editado. Converte o arquivo para uma outra configuração como por exemplo para estéreo. É possível personalizar as configurações. Controles de reprodução, Pausa, Stop e Gravação. Recorta um trecho marcado na linha de edição. Copia um trecho marcado na linha de edição. Cola um trecho na linha de edição. Efetua mixagem em um trecho marcado na linha de edição. Retorna ou adianta operações realizadas. Insere silêncio antes e após o trecho marcado na linha de edição. Insere Fade In no trecho marcado. Insere Fade Out no trecho marcado. Inverte a posição do áudio na linha de edição. Inverte as características do áudio. Normaliza o áudio em 0 ( zero )DB. Insere efeito de ECO no trecho marcado.. Comprime ou espande o áudio no trecho marcado.. Aumenta ou diminui a visualização da linha da edição, ou posiciona-a na forma corrente 1:1. Amplifica um trecho marcado na linha de edição. Desamplifica um trecho marcado na linha de edição. Insere um trecho nulo na linha de edição. Insere silêncio no trecho marcado na linha de edição.

12 EDITANDO NO DIGIEDITOR - Para editar um trecho no DigiEditor, basta marcar o trecho escolhido clicando na linha de edição com o botão esquerdo do mouse e em seguida arratando-o para o segundo ponto e por fim soltando o botão do mouse. Com esta operação, é definido um trecho, no qual irá receber um alteração de acordo com as funções definidas na barra de ferramentas. Trecho marcado, pronto para ser editado. Após ter definido o trecho para a edição clique em uma das funções. O processo de alteração será visualizado na barra de tarefas do DigiEditor. Caminho completo do arquivo editado. Informações da edição Processo da função de edição executado apenas no trecho marcado na linha de edição.

13

,QVWDODomR. Dê um duplo clique para abrir o Meu Computador. Dê um duplo clique para abrir o Painel de Controle. Para Adicionar ou Remover programas

,QVWDODomR. Dê um duplo clique para abrir o Meu Computador. Dê um duplo clique para abrir o Painel de Controle. Para Adicionar ou Remover programas ,QVWDODomR 5HTXLVLWRV0tQLPRV Para a instalação do software 0RQLWXV, é necessário: - Processador 333 MHz ou superior (700 MHz Recomendado); - 128 MB ou mais de Memória RAM; - 150 MB de espaço disponível

Leia mais

Anexação de tabelas, inserção de pontos, geração de polígonos e cálculo de áreas em ArcView

Anexação de tabelas, inserção de pontos, geração de polígonos e cálculo de áreas em ArcView UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE CARTOGRAFIA Laboratório de Geoprocessamento Anexação de tabelas, inserção de pontos, geração de polígonos e cálculo de áreas

Leia mais

CRIAÇÃO DE TABELAS NO ACCESS. Criação de Tabelas no Access

CRIAÇÃO DE TABELAS NO ACCESS. Criação de Tabelas no Access CRIAÇÃO DE TABELAS NO ACCESS Criação de Tabelas no Access Sumário Conceitos / Autores chave... 3 1. Introdução... 4 2. Criação de um Banco de Dados... 4 3. Criação de Tabelas... 6 4. Vinculação de tabelas...

Leia mais

Manual de Utilização. Ao acessar o endereço www.fob.net.br chegaremos a seguinte página de entrada: Tela de Abertura do Sistema

Manual de Utilização. Ao acessar o endereço www.fob.net.br chegaremos a seguinte página de entrada: Tela de Abertura do Sistema Abaixo explicamos a utilização do sistema e qualquer dúvida ou sugestões relacionadas a operação do mesmo nos colocamos a disposição a qualquer horário através do email: informatica@fob.org.br, MSN: informatica@fob.org.br

Leia mais

1 Visão Geral. 2 Instalação e Primeira Utilização. Manual de Instalação do Gold Pedido

1 Visão Geral. 2 Instalação e Primeira Utilização. Manual de Instalação do Gold Pedido Manual de Instalação do Gold Pedido 1 Visão Geral Programa completo para enviar pedidos e ficha cadastral de clientes pela internet sem usar fax e interurbano. Reduz a conta telefônica e tempo. Importa

Leia mais

Índice. Manual De instalação ProjectNet Manager http:// www.projectnet.com.br

Índice. Manual De instalação ProjectNet Manager http:// www.projectnet.com.br Índice Instalação ProjectNet Manager... Página 2 Configuração Inicial ProjectNet Manager... Página 8 Instalação do Microsoft SQL Server Express... Página 10 Apontando um Banco de Dados já existente...

Leia mais

Índice. tabela das versões do documento. GPOP - Gerenciador POP 1598510_05 01 11/01/2016 1/14. título: GPOP. assunto: Manual de utilização

Índice. tabela das versões do documento. GPOP - Gerenciador POP 1598510_05 01 11/01/2016 1/14. título: GPOP. assunto: Manual de utilização título: GPOP assunto: Manual de utilização número do documento: 1598510_05 índice: 01 pag.: 1/14 cliente: geral tabela das versões do documento índice data alteração 01 11/01/2016 versão inicial 02 03

Leia mais

Os passos a seguir servirão de guia para utilização da funcionalidade Acordo Financeiro do TOTVS Gestão Financeira.

Os passos a seguir servirão de guia para utilização da funcionalidade Acordo Financeiro do TOTVS Gestão Financeira. Acordo Financeiro Produto : RM - Totvs Gestão Financeira 12.1.1 Processo : Acordo Financeiro Subprocesso : Template de Acordo Controle de Alçada Negociação Online Data da publicação : 29 / 10 / 2012 Os

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO MP4 PLAYER

MANUAL DO USUÁRIO MP4 PLAYER *Foto ilustrativa MANUAL DO USUÁRIO MP4 PLAYER 1. CONTEÚDO DA EMBALAGEM MP4 Player. Fone de Ouvido. Cabo USB. Manual do Usuário. 2. INTRODUÇÃO Este MP4 Player é uma nova geração de áudio digital portátil

Leia mais

SOFTWARE VIAWEB. Como instalar o Software VIAWEB

SOFTWARE VIAWEB. Como instalar o Software VIAWEB SOFTWARE VIAWEB Como instalar o Software VIAWEB O Software VIAWEB é na verdade um receptor de eventos. A única diferença é que os eventos são recebidos via INTERNET. Portanto, a empresa de monitoramento

Leia mais

Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8. CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Produtos

Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8. CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Produtos Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8 CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Manual do Usuário - Firma Inspetora SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O

Leia mais

COMO CRIAR UM PEDIDO DE COMPRAS

COMO CRIAR UM PEDIDO DE COMPRAS Esse guia considera que o catálogo já esteja atualizado, caso haja dúvidas de como atualizar o catálogo favor consultar o Guia de Atualização do Catálogo. Abra o programa e clique no botão Clique aqui

Leia mais

Manual do Usuário Sistema de Acuidade Visual Digital

Manual do Usuário Sistema de Acuidade Visual Digital Manual do Usuário Sistema de Acuidade Visual Digital Página 1 de 16 Índice DonD - Sistema para Teste de Acuidade Visual...3 Componentes do Produto...4 Instalação...5 Abrindo o sistema do DonD...5 Configuração...6

Leia mais

APOSTILA PORTAL VERSÃO: EMISSOR

APOSTILA PORTAL VERSÃO: EMISSOR APOSTILA PORTAL VERSÃO: EMISSOR Sumário Sumário... 2 ACESSAR O PORTAL... 4 TELA INICIAL... 4 1º Recurso: BEM VINDO... 5 Altere sua senha... 5 Sair do Sistema... 5 2º Recurso: COMUNICAÇÃO... 5 3º Recurso:

Leia mais

Manual de instalação do Microsoft SQL Server 2008 R2 Express no Windows 10

Manual de instalação do Microsoft SQL Server 2008 R2 Express no Windows 10 Manual de instalação do Microsoft SQL Server 2008 R2 Express no Windows 10 1-Antes de iniciar a instalação do SQL é necessário liberar as permissões do usuário para evitar erro, para realizar esse procedimento

Leia mais

1.0 Informações de hardware

1.0 Informações de hardware 1.0 Informações de hardware 1.1 Botões e ligações 6 1 7 2 8 3 9 4 5 6 10 1 Ligar / Desligar 2 Conetor Micro USB 3 Botão Voltar 4 Conetor Mini HDMI 5 Microfone 6 Webcam 7 Entrada para fone de ouvido 8 Botão

Leia mais

MANUAL DO CLIENTE FINAL ALTERAÇÕES BÁSICAS NO PRODUTO SITE ACESSANDO O PAINEL _ 1 EDITANDO TEXTOS _ 2 TROCANDO IMAGENS 4 INSERINDO VIDEOS 7

MANUAL DO CLIENTE FINAL ALTERAÇÕES BÁSICAS NO PRODUTO SITE ACESSANDO O PAINEL _ 1 EDITANDO TEXTOS _ 2 TROCANDO IMAGENS 4 INSERINDO VIDEOS 7 MANUAL DO CLIENTE FINAL ALTERAÇÕES BÁSICAS NO PRODUTO SITE SUMÁRIO ACESSANDO O PAINEL _ 1 EDITANDO TEXTOS _ 2 TROCANDO IMAGENS 4 INSERINDO VIDEOS 7 EDITANDO O BANNER 9 ADICIONANDO UM MAPA DE LOCALIZAÇÃO

Leia mais

Agendando um Horário

Agendando um Horário Agendando um Horário Ao acessar a Agenda, escolha primeiramente o médico. Por padrão abrirá a agenda do Médico vinculado ao cadastro do usuário com os horários do dia. Para agendar um horário clique duas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE TRAMITAÇÃO DE DOCUMENTOS Versão 3.0

Leia mais

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo.

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo. Preenchimento da SEFIP para gerar a GFIP e imprimir as guias do INSS e FGTS Você, Microempreendedor Individual que possui empregado, precisa preencher a SEFIP, gerar a GFIP e pagar a guia do FGTS até o

Leia mais

Universidade Federal do Oeste da Bahia Pró-Reitoria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Iracema Santos Veloso Reitora Pro Tempore

Universidade Federal do Oeste da Bahia Pró-Reitoria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Iracema Santos Veloso Reitora Pro Tempore Iracema Santos Veloso Reitora Pro Tempore Jacques Antonio de Miranda Vice-Reitor Pro Tempore David Dutkievicz Pró-Reitor de Tecnologia da Informação de Comunicação Fábio Ossamu Hasegawa Coordenador de

Leia mais

Manual Webmail GUIA GERAL UNIVERSIDADE TECNOLÓGIA FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - DIRGTI 2015

Manual Webmail GUIA GERAL UNIVERSIDADE TECNOLÓGIA FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - DIRGTI 2015 2015 Manual Webmail GUIA GERAL UNIVERSIDADE TECNOLÓGIA FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - DIRGTI 2015 2 Sumário 1 Acessando o Correio Eletrônico... 4 1.1 Cota de e-mail...

Leia mais

OI CLOUD SEJA BEM-VINDO!

OI CLOUD SEJA BEM-VINDO! OI CLOUD SEJA BEM-VINDO! O QUE É O OI CLOUD? O Oi Cloud é um serviço de armazenamento, compartilhamento e sincronização de arquivos. Esses arquivos ficarão acessíveis a partir de qualquer dispositivo,

Leia mais

Acesso ao Sistema Usuário: MASTER Senha : MASTER (maiúsculo ou minúsculo)

Acesso ao Sistema Usuário: MASTER Senha : MASTER (maiúsculo ou minúsculo) Manual Cobrança Caixa Acesso ao Sistema Usuário: MASTER Senha : MASTER (maiúsculo ou minúsculo) Selecionar Cedente Para utilizar o sistema, selecione o Cedente (CADASTROS > SELECIONAR CEDENTE > ACESSAR).

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa Bolsa Família Manual de Operação Conteúdo Sumário...

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Declaração de Serviços Tomados

Declaração de Serviços Tomados Declaração de Serviços Tomados O que é isto? O que isto faz? Por meio desta página, qualquer contribuinte pode realizar a declaração dos serviços tomados para gerar as guias de Retenção. Nesta página,

Leia mais

Criar e formatar relatórios

Criar e formatar relatórios Treinamento Criar e formatar relatórios EXERCÍCIO 1: CRIAR UM RELATÓRIO COM A FERRAMENTA RELATÓRIO Ao ser executada, a ferramenta Relatório usa automaticamente todos os campos da fonte de dados. Além disso,

Leia mais

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New 1 Roteiro passo a passo Módulo Vendas Balcão Sistema Gestor New Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão com uso de Impressora fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa......3

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PRINTDIAG CHIPTRONIC ELETRÔNICA DO BRASIL

MANUAL DO USUÁRIO PRINTDIAG CHIPTRONIC ELETRÔNICA DO BRASIL MANUAL DO USUÁRIO PRINTDIAG CHIPTRONIC ELETRÔNICA DO BRASIL As informações contidas neste manual têm caráter técnico/informativo e são de propriedade da CHIPTRONIC Eletrônica do Brasil LTDA. não podendo

Leia mais

Guia operação site www.atu.com.br

Guia operação site www.atu.com.br Guia operação site www.atu.com.br OBS: as telas no site bem como no sistema de gestão poderão sofrer alguma alteração, com base nos exemplos ilustrativos deste manual. 1. Objetivo Este guia tem como objetivo

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO SAT DIMEP PDV CAKE

MANUAL DE INSTALAÇÃO SAT DIMEP PDV CAKE MANUAL DE INSTALAÇÃO SAT DIMEP PDV CAKE INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO O procedimento de instalação do SAT (Dimep) é bastantes simples, para equipamentos Dimep basta seguir as etapas abaixo. 1. Instalação do

Leia mais

SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA

SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA O Sistema Caça-Talentos tem o objetivo de aprimorar o negócio e fornecer um controle informatizado dos processos de captação dos alunos. Ele possui

Leia mais

TCI Sistemas Integrados

TCI Sistemas Integrados TCI Sistemas Integrados Manual Gera arquivo Prefeitura 1 Índice 1 - Cadastros obrigatórios para Gerar Arquivo para Prefeitura...3 2 Gerar Arquivo...8 3 Retorno Arquivo Prefeitura...19 2 1 Cadastros obrigatórios

Leia mais

Módulo e-rede Magento v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede Magento v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede Magento v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Instruções iniciais 4 4.2 Instalação e

Leia mais

Disponibilizada a rotina Vale Presente (LOJA830) no módulo Controle de Lojas (SIGALOJA), assim como já é utilizada no módulo Front Loja (SIGAFRT).

Disponibilizada a rotina Vale Presente (LOJA830) no módulo Controle de Lojas (SIGALOJA), assim como já é utilizada no módulo Front Loja (SIGAFRT). Vale Presente para Controle de Lojas Produto : Microsiga Protheus - Controle de Lojas - Versão 10 Chamado : TFDI16 Data da publicação : 12/07/12 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Esta melhoria

Leia mais

INVENTÁRIO Bematech Farma Live

INVENTÁRIO Bematech Farma Live INVENTÁRIO Bematech Farma Live 1. Para iniciar rotina, abra o Bematech Farma Live, com o usuário do cliente, com o domínio da central e com a unidade de negócio da loja onde deve ser inventariada. Exemplo:

Leia mais

O que é Microsoft Excel? Microsoft Excel. Inicialização do Excel. Ambiente de trabalho

O que é Microsoft Excel? Microsoft Excel. Inicialização do Excel. Ambiente de trabalho O que é Microsoft Excel? Microsoft Excel O Microsoft Excel é um programa para manipulação de planilhas eletrônicas. Oito em cada dez pessoas utilizam o Microsoft Excel pra trabalhar com cálculos e sistemas

Leia mais

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos)

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Manual do Usuário Versão 1.0 Fevereiro, 2014 Índice

Leia mais

CERTIDAO SIMPLIFICADA EXISTÊNCIA DE EMPRESA

CERTIDAO SIMPLIFICADA EXISTÊNCIA DE EMPRESA CERTIDAO SIMPLIFICADA EXISTÊNCIA DE EMPRESA Ao escolher o Tipo de Certidão Simplificada, será exibida uma lista com o tipo da simplificada a ser escolhida. A tabela de preços vale para ambas opções. Selecione

Leia mais

DRE DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EMITIR UMA D.R.E NO SISTEMA DOMÍNIO CONTÁBIL

DRE DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EMITIR UMA D.R.E NO SISTEMA DOMÍNIO CONTÁBIL DRE DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO O D.R.E é uma demonstração contábil que visa apresentar de forma resumida o resultado apurado em relação as operações da empresa em um determinado período. O

Leia mais

2.1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP com diárias e passagens.

2.1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP com diárias e passagens. 2.Viagem Nacional 2.1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP com diárias e passagens. Iremos iniciar nosso trabalho pela funcionalidade Solicitação. Essa funcionalidade traz os

Leia mais

Manual SOFIA (Software Inteligente ARPEN-SP) versão 0.1

Manual SOFIA (Software Inteligente ARPEN-SP) versão 0.1 Manual SOFIA (Software Inteligente ARPEN-SP) versão 0.1 Normatização: Provimento nº 22/2014 Corregedoria Geral de São Paulo Segue o link com a íntegra do provimento, publicado no site da ARPEN-SP, em 18/09/2014:

Leia mais

Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) Open Journal System (OJS) TUTORIAL SUBMISSÃO DE ARTIGOS

Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) Open Journal System (OJS) TUTORIAL SUBMISSÃO DE ARTIGOS Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) Open Journal System (OJS) TUTORIAL SUBMISSÃO DE ARTIGOS Processo de submissão Visão geral dos passos de submissão PASSO 1 Iniciar submissão PASSO 2 Inclusão

Leia mais

NOVA VERSÃO SAFE DOC MANUAL

NOVA VERSÃO SAFE DOC MANUAL NOVA VERSÃO SAFE DOC MANUAL COMO ACESSAR O APLICATIVO SAFE DOC CAPTURE Acesse o aplicativo SAFE-DOC CAPTURE clicando no ícone na sua área de trabalho: SAFE-DOC Capture Digite o endereço do portal que é

Leia mais

BEMATECH LOJA PRACTICO ENTRADA MANUAL DE NOTAS FISCAIS

BEMATECH LOJA PRACTICO ENTRADA MANUAL DE NOTAS FISCAIS BEMATECH LOJA PRACTICO ENTRADA MANUAL DE NOTAS FISCAIS Realizar a entrada de notas fiscais é importante para manter o estoque da loja atualizado. Acesso o menu Movimento>Entrada de notas fiscais e selecione

Leia mais

Rateio por Despesas por Contas Contábeis

Rateio por Despesas por Contas Contábeis Rateio por Despesas por Contas Contábeis Introdução É possível efetuar configuração no sistema para que a contabilização das despesas seja rateada entre departamentos/centros de custo, de acordo com percentuais

Leia mais

GPS NEXTEL. GUIA DE UTILIZAÇÃO É NAVEGAÇÃO 3D. É GPS. É NEXTEL.

GPS NEXTEL. GUIA DE UTILIZAÇÃO É NAVEGAÇÃO 3D. É GPS. É NEXTEL. GPS NEXTEL. É NAVEGAÇÃO 3D. É GPS. É NEXTEL. Com o serviço* oferecido pela Nextel, você dispõe de um avançado sistema GPS de navegação, com rotas e mapas 3D, orientação por voz, localização de pontos de

Leia mais

Manual Mobuss Construção - Móvel

Manual Mobuss Construção - Móvel Manual Mobuss Construção - Móvel VISTORIA & ENTREGA - MÓVEL Versão 1.0 Data 22/04/2014 Mobuss Construção - Vistoria & Entrega Documento: v1.0 Blumenau SC 2 Histórico de Revisão Versão Data Descrição 1.0

Leia mais

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho 2014 Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação - NTIC 10/07/2014 REITORA Ulrika Arns VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho COORDENADOR DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Disciplina: Unidade III: Prof.: E-mail: Período:

Disciplina: Unidade III: Prof.: E-mail: Período: Encontro 09 Disciplina: Sistemas de Banco de Dados Unidade III: Modelagem Lógico de Dados Prof.: Mario Filho E-mail: pro@mariofilho.com.br Período: 5º. SIG - ADM 6. Introdução ao MS Access O Microsoft

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO KIT MERCURIOIV OSCILOSCÓPIO E GERADOR DE SINAIS

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO KIT MERCURIOIV OSCILOSCÓPIO E GERADOR DE SINAIS GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO KIT MERCURIOIV OSCILOSCÓPIO E GERADOR DE SINAIS Revisão 05 setembro/2014 Versão do Firmware: 2.1.8 Versão do software Osciloscópio para Windows: 2.0.19 1. Sumário 1.Introdução...3

Leia mais

Tutorial de utilização do Sistema de Abertura de Chamado Sumário

Tutorial de utilização do Sistema de Abertura de Chamado Sumário Tutorial de utilização do Sistema de Abertura de Chamado Sumário 1. Processo de atendimento...2 1.1. Porque abrir um chamado...2 1.2. Entendendo o processo de atendimento...2 1.3. Acessando o sistema...3

Leia mais

Módulo Odontologia. Sumário. Odontologia

Módulo Odontologia. Sumário. Odontologia Módulo Odontologia Sumário Odontologia Este módulo contêm as informações referentes como lançar os dados do atendimento odontológico dos pacientes, bem como a(s) receita(s) a ele fornecidas e o(s) exame(s)

Leia mais

APOSTILA DE INFORMÁTICA INTERNET E E-MAIL

APOSTILA DE INFORMÁTICA INTERNET E E-MAIL APOSTILA DE INFORMÁTICA INTERNET E E-MAIL Profa Responsável Fabiana P. Masson Caravieri Colaboração Empresa Júnior da Fatec Jales Monitora: Ângela Lopes Manente SUMÁRIO 1. INTERNET... 3 2. ACESSANDO A

Leia mais

DK105 GROVE. Temperatura e Umidade. Radiuino

DK105 GROVE. Temperatura e Umidade. Radiuino DK105 GROVE Temperatura e Umidade Radiuino O presente projeto visa mostrar uma básica aplicação com o Kit DK 105 Grove. Utilizamos um sensor de umidade e temperatura Grove juntamente ao nó sensor para

Leia mais

COMO PREENCHER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES

COMO PREENCHER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES COMO PREENCHER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES 1 SUMÁRIO 1 - CADASTRO INICIAL...03 2 ACESSO AO PREENCHIMENTO DAS INFORMAÇÕES...08 3 CADASTRO DAS INFORMAÇÕES DO AGENTE PÚBLICO E DOS DEPENDENTES...09 4 PREENCHIMENTO

Leia mais

Orientações básicas para submissão de projetos de pesquisa

Orientações básicas para submissão de projetos de pesquisa Orientações básicas para submissão de projetos de pesquisa Versão 1.2 Versão Autor Data Descrição 1.0 Equipe suporte 13/10/2011 Criação do Plataforma Brasil documento 1.1 Equipe suporte Plataforma Brasil

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO E USO

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO E USO MANUAL DE INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO E USO 1 Indice 1. Instalação 03 2. Cadastro e Ativação 05 3. Inicialização 09 4. Configuração 11 5. Pré-venda 13 6. Check Out 17 7. Cancelamento 19 8. Suporte 22 9. Dados

Leia mais

MicroWork TOUCH CHECKLIST

MicroWork TOUCH CHECKLIST Considerações Gerais O possibilita a execução diferenciada do CheckList de serviços do Veículo, com mobilidade e segurança através da captura de fotos, integradas automaticamente para o sistema MicroWork

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO THUNDERBIRD MANUAL DO USUÁRIO CORREIO ELETRÔNICO

APRESENTAÇÃO DO THUNDERBIRD MANUAL DO USUÁRIO CORREIO ELETRÔNICO APRESENTAÇÃO DO THUNDERBIRD MANUAL DO USUÁRIO CORREIO ELETRÔNICO ÍNDICE APRESENTAÇÃO THUNDERBIRD:... 2 ABRIR O THUNDERBIRD... 3 CONHECENDO O THUNDERBIRD... 3 DESCRIÇÃO DETALHADA DE CADA ITEM MAPEADO...

Leia mais

Sistema NetConta I - Guia de Referência Rápida

Sistema NetConta I - Guia de Referência Rápida Sistema NetConta I - Guia de Referência Rápida Dúvidas ou Sugestões: netconta@polimed.com.br Índice Como entrar no sistema NetConta 1?... 3 1. TRABALHANDO COM UMA REMESSA... 3 1.1.Como criar uma nova remessa?...

Leia mais

Manual do Desenvolvedor Geração de Tokens

Manual do Desenvolvedor Geração de Tokens Manual do Desenvolvedor Geração de Tokens Setembro de 2012 Versão 1.3 ÍNDICE Página 1. Introdução... 1 2. Geração de Tokens... 1 2.1 Formato dos Tokens... 1 2.2 Geração de Tokens... 1 2.2.1 Gerar Token

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

Parametrização do Banco de Dados PROGRESS Base de Dados Origem

Parametrização do Banco de Dados PROGRESS Base de Dados Origem A conversão dos dados do TMS 4.01 para o SIGAGFE Gestão de Frete Embarcador utiliza uma conexão de dados ODBC. Parametrização do Banco de Dados PROGRESS Base de Dados Origem 1. Configurar a base de dados

Leia mais

2.1 Dê duplo clique com o botão esquerdo do mouse sobre o instalador.

2.1 Dê duplo clique com o botão esquerdo do mouse sobre o instalador. 1 Baixando o Player 4YouSee O programa de instalação do Player 4YouSee para Windows está disponível para download na página: http://www.4yousee.com.br/instalar_player_4yousee_-_v2.0.4425.exe 2 Instalando

Leia mais

TUTORIAL WINDOWS 7. Curso Técnico em Informática. Aluno: Ricardo B. Magalhães Período: Noturno Profª: Patrícia Pagliuca

TUTORIAL WINDOWS 7. Curso Técnico em Informática. Aluno: Ricardo B. Magalhães Período: Noturno Profª: Patrícia Pagliuca GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA SECITEC ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA UNIDADE DE LUCAS DO RIO VERDE Curso Técnico em Informática

Leia mais

Manual de Operação Programa SCPPE

Manual de Operação Programa SCPPE SCPPE Sistema de Controle de Pesagem e Portaria por Eixos Fábrica, Administração, Vendas, Locação e Assistência Técnica. Fone/Fax: 41 3377 1577 Rua O Brasil para Cristo, 364 Boqueirão CEP 81650 110 CURITIBA

Leia mais

MARINHA DO BRASIL COMANDO DO CONTROLE NAVAL DO TRÁFEGO MARÍTIMO GUIA RÁPIDO PARA MANUSEIO DO SISTEMA CRIPTOGRÁFICO ÁTRIA

MARINHA DO BRASIL COMANDO DO CONTROLE NAVAL DO TRÁFEGO MARÍTIMO GUIA RÁPIDO PARA MANUSEIO DO SISTEMA CRIPTOGRÁFICO ÁTRIA - 1 - MARINHA DO BRASIL COMANDO DO CONTROLE NAVAL DO TRÁFEGO MARÍTIMO GUIA RÁPIDO PARA MANUSEIO DO SISTEMA CRIPTOGRÁFICO ÁTRIA Nesse passo a passo, abordaremos apenas os usos básicos do sistema, a saber:

Leia mais

INTEGRAÇÃO FINANCEIRO E CONTABILIDADE APOSTILA DE APRESENTAÇÃO DOS MOVIMENTOS EMPRESA: EMATER MINAS GERAIS ESCRITÓRIOS LOCAIS

INTEGRAÇÃO FINANCEIRO E CONTABILIDADE APOSTILA DE APRESENTAÇÃO DOS MOVIMENTOS EMPRESA: EMATER MINAS GERAIS ESCRITÓRIOS LOCAIS INTEGRAÇÃO FINANCEIRO E CONTABILIDADE APOSTILA DE APRESENTAÇÃO DOS MOVIMENTOS EMPRESA: EMATER MINAS GERAIS ESCRITÓRIOS LOCAIS 1 MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA UREGIS - Entrando no Sistema: - Movimentação; - Movimentação

Leia mais

Classificação de Ativo Orçamento e Provisão de Despesa

Classificação de Ativo Orçamento e Provisão de Despesa Classificação de Ativo Orçamento e Provisão de Despesa Produto : Microsiga Protheus Ativo Fixo versão 11 Requisito : 154.03 Data da publicação : 28/02/13 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Esta

Leia mais

Sistema De Gerenciamento Web UFFS

Sistema De Gerenciamento Web UFFS Sistema De Gerenciamento Web UFFS Acesso ao Sistema Link para acesso O acesso ao SGW UFFS é feito através de um link, que por segurança, poderá não ser permanente. Este mesmo link será modificado com uma

Leia mais

Manual do Usuário. VpetConverter Ferramenta para adequação de documentos para Petições Eletrônicas. http://www.voat.com.br/ contato@voat.com.

Manual do Usuário. VpetConverter Ferramenta para adequação de documentos para Petições Eletrônicas. http://www.voat.com.br/ contato@voat.com. Manual do Usuário VpetConverter Ferramenta para adequação de documentos para Petições Eletrônicas http://www.voat.com.br/ contato@voat.com.br Descrição Geral O VPetConverter é um programa que facilita

Leia mais

16.4.3 Laboratório opcional: Backup de dados e restauração no Windows 7

16.4.3 Laboratório opcional: Backup de dados e restauração no Windows 7 16.4.3 Laboratório opcional: Backup de dados e restauração no Windows 7 Introdução Imprima e complete esse laboratório. Nesse laboratório, você irá fazer backup de dados. Você irá também realizar a restauração

Leia mais

Astra LX Computadores e Impressoras Guia para o processo de Configuração de Computadores e Impressoras conectadas ao Programa AstraLX.

Astra LX Computadores e Impressoras Guia para o processo de Configuração de Computadores e Impressoras conectadas ao Programa AstraLX. 2011 www.astralab.com.br Astra LX Computadores e Impressoras Guia para o processo de Configuração de Computadores e Impressoras conectadas ao Programa AstraLX. Equipe Documentação Astra AstraLab 17/08/2011

Leia mais

Configurar Thin Client X1 e X1W

Configurar Thin Client X1 e X1W Configurar Thin Client X1 e X1W Vamos mostrar como você pode utilizar os Thin Client s (clientes remotos) X1 e X1W em seu callcenter de forma muito simples. Primeiro Passo: Prepare o Servidor Remoto -

Leia mais

Microsoft Powerpoint 2003

Microsoft Powerpoint 2003 Microsoft Powerpoint 2003 O Microsoft PowerPoint é um programa que integra o pacote Office da Microsoft e é utilizado para efetuar apresentações gráficas atrativas e eficazes, no sistema operacional Windows.

Leia mais

Instalando o Microsoft Office 2012-09-13 Versão 2.1

Instalando o Microsoft Office 2012-09-13 Versão 2.1 Instalando o Microsoft Office 2012-09-13 Versão 2.1 SUMÁRIO Instalando o Microsoft Office... 2 Informações de pré-instalação... 2 Instalando o Microsoft Office... 3 Introdução... 7 Precisa de mais ajuda?...

Leia mais

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho 2014 Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação - NTIC 17/01/2014 REITORA Ulrika Arns VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho COORDENADOR DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Manual do Usuário Módulo Controle de Qualidade Analítico

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Manual do Usuário Módulo Controle de Qualidade Analítico Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS DATASUS Gerenciador de Ambiente Laboratorial GAL Manual do Usuário Módulo Laboratório Manual de Operação_Módulo Laboratório_Controle

Leia mais

Central de Serviços de Tecnologia: Telefone: 0800-280-7005 Portal: http://10.1.2.109:8686/ Acesse com seu usuário de Rede, Libra ou E-mail.

Central de Serviços de Tecnologia: Telefone: 0800-280-7005 Portal: http://10.1.2.109:8686/ Acesse com seu usuário de Rede, Libra ou E-mail. Orientações ao Magistrado e Servidor Separar toda a documentação necessária conforme as páginas 02 a 04: Processo Caixa - Orientações sobre Documentação. Verificar no Portal Interno a relação de Magistrados

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS AVANÇADOS DO EXCEL EM FINANÇAS (PARTE III): GERENCIAMENTO DE CENÁRIOS

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS AVANÇADOS DO EXCEL EM FINANÇAS (PARTE III): GERENCIAMENTO DE CENÁRIOS UTILIZAÇÃO DE RECURSOS AVANÇADOS DO EXCEL EM FINANÇAS (PARTE III): GERENCIAMENTO DE CENÁRIOS! Criando cenários a partir do Solver! Planilha entregue para a resolução de exercícios! Como alterar rapidamente

Leia mais

www.hardline.com.br Manual do Usuário Black

www.hardline.com.br Manual do Usuário Black www.hardline.com.br Manual do Usuário Black HardCam Black, traz qualidade de imagem em alta resolução, com sensor de movimento, que da mais flexibilidade de montagem final da suas filmagens. Em um design

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO. POP Procedimento Operacional Padrão ATIVIDADE POP N VERSÃO Nº FOLHA N EMISSÃO DE GUIAS DE IMPOSTOS 001 00 1 / 16

SISTEMA DE GESTÃO. POP Procedimento Operacional Padrão ATIVIDADE POP N VERSÃO Nº FOLHA N EMISSÃO DE GUIAS DE IMPOSTOS 001 00 1 / 16 SISTEMA DE GESTÃO EMISSÃO DE GUIAS DE IMPOSTOS 001 00 1 / 16 1. OBJETIVO Orientar os funcionários do Setor Financeiro quanto à emissão de guias de impostos. 2. APLICAÇÃO Setor Financeiro 3. REFERÊNCIAS

Leia mais

Curso de Sistemas de Informação Campus Guaíba Cursos de Informática Projeto de Inclusão Digital APOSTILA APOSTILA POWER POINT

Curso de Sistemas de Informação Campus Guaíba Cursos de Informática Projeto de Inclusão Digital APOSTILA APOSTILA POWER POINT POWER POINT Setembro, 2006 Apresentação O POWER POINT é um editor de apresentações, pertencente ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de apresentações através da utilização

Leia mais

Com uma melhoria no visual o sistema conta com novidades e alguns aprimoramentos nos recursos já existentes.

Com uma melhoria no visual o sistema conta com novidades e alguns aprimoramentos nos recursos já existentes. O Microsoft Windows XP traz maior estabilidade e segurança com um sistema operacional que aposentarde vez o velho MS-DOS. Esta nova versão herda do Windows NT algumas qualidades que fazem do XP a melhor

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão nº 16 Anexo I 1. CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA PARA IMPORTAÇÃO DE ARQUIVOS MULTIMÍDIA

Procedimento Operacional Padrão nº 16 Anexo I 1. CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA PARA IMPORTAÇÃO DE ARQUIVOS MULTIMÍDIA Procedimento Operacional Padrão nº 16 Anexo I 1. CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA PARA IMPORTAÇÃO DE ARQUIVOS MULTIMÍDIA 1 2. CONVERSÃO DO ARQUIVO MULTIMÍDIA PARA EXTENSÃO ASF 2 3. CONFIGURAÇÃO DA SALA DE AUDIÊNCIAS

Leia mais

Manual do Usúario Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.3.1. Copyright Vivo 2014. http://vivosync.com.br

Manual do Usúario Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.3.1. Copyright Vivo 2014. http://vivosync.com.br Manual do Usuário Versão 1.3.1 Copyright Vivo 2014 http://vivosync.com.br 1 Vivo Sync... 3 2 Instalação do Vivo Sync... 4 3 Configurações... 7 3.1 Geral... 9 3.2 Fotos... 11 3.2.1 UpLoad:... 11 3.2.2 Download:...

Leia mais

LUXVISION HÍBRIDO VER AS IMAGENS ATRAVÉS DO INTERNET EXPLORER. Abra o INTERNET EXPLORER, vá em FERRAMENTAS, OPÇÕES DA INTERNET.

LUXVISION HÍBRIDO VER AS IMAGENS ATRAVÉS DO INTERNET EXPLORER. Abra o INTERNET EXPLORER, vá em FERRAMENTAS, OPÇÕES DA INTERNET. LUXVISION HÍBRIDO VER AS IMAGENS ATRAVÉS DO INTERNET EXPLORER. Abra o INTERNET EXPLORER, vá em FERRAMENTAS, OPÇÕES DA INTERNET. Clique na guia SEGURANÇA, NÍVEL PERSONALIZADO. Ir até os ActiveX ( desenho

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO MILLENNIUM BASIC

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO MILLENNIUM BASIC MANUAL DE INSTALAÇÃO DO MILLENNIUM BASIC O primeiro passo para fazer a instalação do Millennium Basic é fazer o download dos programas executáveis para a máquina do usuário. Acesse o portal de conteúdo

Leia mais

Guia de Referência OPEN PROJECT Treinamento Essencial

Guia de Referência OPEN PROJECT Treinamento Essencial Guia de Referência OPEN PROJECT Treinamento Essencial Eng. Paulo José De Fazzio Junior NOME As marcas citadas são de seus respectivos proprietários. Sumário Conceitos do OpenProj... 3 Iniciando um projeto...

Leia mais

Portal e-contas Versão 2015: Prestação de Contas Mensais

Portal e-contas Versão 2015: Prestação de Contas Mensais Tribunal de Contas do Estado do Amazonas Diretoria de Tecnologia da Informação - DITIN Portal e-contas Versão 2015: Contas Mensais Elaborado por: Sheila da Nóbrega Silva Analista Técnico de Controle Externo

Leia mais

COMUNICADO. procedimentos para o ajuste correto dos horários em seus Sistemas com uso de ECF (Emissor de Cupom Fiscal), segue abaixo:

COMUNICADO. procedimentos para o ajuste correto dos horários em seus Sistemas com uso de ECF (Emissor de Cupom Fiscal), segue abaixo: COMUNICADO Este comunicado tem como objetivo fornecer informações sobre os planos e as atividades da Avance Sistemas com relação ao Horário de Verão (Entrada). Segundo o Decreto nº 6.558 de 8 de setembro

Leia mais

Como Cadastrar Mesas? FGS09

Como Cadastrar Mesas? FGS09 Como Cadastrar Mesas? FGS09 Sistema: Gourmet Server Caminho: Cadastros>Restaurante>Mesa Referência: FGS09 Versão: 2016.03.14 Como funciona: A tela de Mesa é utilizada para cadastrar as mesas disponíveis

Leia mais

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias para o processo de inventário em um estoque, filial ou loja no APLWeb.

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias para o processo de inventário em um estoque, filial ou loja no APLWeb. PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP Nº 1511.0009 DIRECTA SISTEMAS INTELIGENTES SISTEMA APLWEB DEPARTAMENTO(S) ESTOQUE/EXPEDIÇÂO/ALMOXARIFADO/LOJAS MÓDULO/MENU PRODUTOS/SERVIÇOS Versão do Documento Nº

Leia mais

Requerimento minimo do PC. Instalando o Client Exclusivo 1. Insira o CD fornecido na unidade do disco e dê dois cliques em UMSClient(XXXX).exe.

Requerimento minimo do PC. Instalando o Client Exclusivo 1. Insira o CD fornecido na unidade do disco e dê dois cliques em UMSClient(XXXX).exe. Acesso de rede usando Client exclusivo (S/W) O SDVR fornece um recurso de monitoramento remoto ao vivo. A monitoração remota exige a instalação do Client exclusivo (S/W) no seu PC. OBSERVAÇÃO Em uma rede

Leia mais

Backup e Recuperação Guia do Usuário

Backup e Recuperação Guia do Usuário Backup e Recuperação Guia do Usuário Copyright 2008 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos. As informações contidas neste documento

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Player

Manual do usuário. Mobile Player Manual do usuário Mobile Player Mobile Player Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

Comércio e Manutenção de Produtos Eletrônicos. Mapeamento de memória e conexões do Controlador CP-WS13/8DI8DO2AI2AO/USB/OEM. Versão 1.

Comércio e Manutenção de Produtos Eletrônicos. Mapeamento de memória e conexões do Controlador CP-WS13/8DI8DO2AI2AO/USB/OEM. Versão 1. Comércio e Manutenção de Produtos Eletrônicos Manual CP-WS1 Mapeamento de memória e conexões do Controlador CP-WS13/8DI8DO2AI2AO/USB/OEM PROXSYS Versão 1.4 Setembro -2015 Controlador Industrial CP-WS1

Leia mais