Publicado no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho, edição de 02 de maio de 2011.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Publicado no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho, edição de 02 de maio de 2011."

Transcrição

1 Publicado no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho, edição de 02 de maio de EDITAL Nº 07/2011 RETIFICAÇÃO O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO, no uso de suas atribuições, tendo em vista o Concurso Público destinado ao provimento de vagas eventualmente existentes na data de homologação do Concurso e formação de cadastro de reserva de cargos do Quadro Permanente de Pessoal do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região, conforme publicado no Diário da Justiça Eletrônico da Justiça do Trabalho de 25/03/2011, decide RETIFICAR o Edital n. 01 de Abertura de Inscrições conforme segue: V. DAS INSCRIÇÕES PARA CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA 13. Previamente à nomeação, o candidato será submetido à avaliação a ser realizada por Equipe Multiprofissional do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região ou por ele credenciada, objetivando verificar se a deficiência se enquadra na previsão do artigo 4º e seus incisos do Decreto Federal nº 3.298/1999 e alterações posteriores, assim como se há compatibilidade ou não da deficiência com as atribuições do cargo a ser ocupado, nos termos dos artigos 37 e 43 da referida norma e da Súmula 377 do STJ, observadas as seguintes disposições: 13.1 O prazo para o candidato convocado se apresentar será de 5 (cinco) dias corridos, contados a partir do recebimento de carta por Aviso de Recebimento (AR). Se o candidato não comparecer no prazo estabelecido será excluído da listagem destinada aos portadores de deficiência, permanecendo na listagem geral A avaliação de que trata este item, de caráter terminativo, será realizada por equipe prevista pelo artigo 43 do Decreto Federal nº 3.298/1999 e alterações posteriores Não haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do candidato portador de deficiência à avaliação tratada no item 13 deste Capítulo Verificada a incompatibilidade entre a deficiência e as atribuições do cargo/área/especialidade postulado, o candidato será eliminado do certame Será eliminado da lista de deficientes o candidato cuja deficiência indicada no Formulário de Inscrição, não se fizer constatada na forma do artigo 4º e seus incisos do Decreto Federal nº 3.298/1999 e suas alterações, devendo o mesmo permanecer apenas na lista de classificação geral, caso obtenha a pontuação necessária para tanto. Leia-se: 13. Após a realização das provas e previamente à nomeação, o candidato será submetido à avaliação a ser realizada por Equipe Multiprofissional do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região ou por ele credenciada, objetivando verificar se a deficiência se enquadra na previsão do artigo 4º e seus incisos do Decreto Federal nº 3.298/1999 e alterações posteriores, observadas as seguintes disposições: 13.1 O prazo para o candidato convocado se apresentar será de 5 (cinco) dias corridos, contados a partir do recebimento de carta por Aviso de Recebimento (AR). Se o candidato não comparecer no prazo estabelecido será excluído da listagem destinada aos portadores de deficiência, permanecendo na listagem geral A avaliação de que trata este item, de caráter terminativo, será realizada por equipe prevista pelo artigo 43 do Decreto Federal nº 3.298/1999 e alterações posteriores Não haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do candidato portador de deficiência à avaliação tratada no item 13 deste Capítulo. 1

2 13.4 Será eliminado da lista de deficientes o candidato cuja deficiência indicada no Formulário de Inscrição, não se confirmar ou não se fizer constatada na forma do artigo 4º e seus incisos do Decreto Federal nº 3.298/1999 e suas alterações, devendo o mesmo permanecer apenas na lista de classificação geral, caso obtenha a pontuação necessária para tanto A avaliação no que se refere à compatibilidade da deficiência com as atribuições do cargo será empreendida durante o estágio probatório a que se submete o candidato aprovado no certame. Publicado no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho, edição de 19 de abril de EDITAL Nº 06/2011 RETIFICAÇÃO O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO, no uso de suas atribuições, tendo em vista o Concurso Público destinado ao provimento de vagas eventualmente existentes na data de homologação do Concurso e formação de cadastro de reserva de cargos do Quadro Permanente de Pessoal do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região, conforme publicado no Diário da Justiça Eletrônico da Justiça do Trabalho de 25/03/2011, decide RETIFICAR o Edital n. 01 de Abertura de Inscrições conforme segue: V. DAS INSCRIÇÕES PARA CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA 13. Previamente à nomeação, o candidato será submetido à avaliação a ser realizada por Equipe Multiprofissional do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região ou por ele credenciada, objetivando verificar se a deficiência se enquadra na previsão do artigo 4º e seus incisos do Decreto Federal nº 3.298/1999 e alterações posteriores, assim como se há compatibilidade ou não da deficiência com as atribuições do cargo a ser ocupado, nos termos dos artigos 37 e 43 da referida norma e da Súmula 377 do STJ, observadas as seguintes disposições: 13.1 O prazo para o candidato convocado se apresentar será de 5 (cinco) dias corridos, contados a partir do recebimento de carta por Aviso de Recebimento (AR). Se o candidato não comparecer no prazo estabelecido será excluído da listagem destinada aos portadores de deficiência, permanecendo na listagem geral A avaliação de que trata este item, de caráter terminativo, será realizada por equipe prevista pelo artigo 43 do Decreto Federal nº 3.298/1999 e alterações posteriores Não haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do candidato portador de deficiência à avaliação tratada no item 13 deste Capítulo Verificada a incompatibilidade entre a deficiência e as atribuições do cargo/área/especialidade postulado, o candidato será eliminado do certame Será eliminado da lista de deficientes o candidato cuja deficiência indicada no Formulário de Inscrição, não se fizer constatada na forma do artigo 4º e seus incisos do Decreto Federal nº 3.298/1999 e suas alterações, devendo o mesmo permanecer apenas na lista de classificação geral, caso obtenha a pontuação necessária para tanto. 2

3 Leia-se: 13. Após a realização das provas e previamente à nomeação, o candidato será submetido à avaliação a ser realizada por Equipe Multiprofissional do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região ou por ele credenciada, objetivando verificar se a deficiência se enquadra na previsão do artigo 4º e seus incisos do Decreto Federal nº 3.298/1999 e alterações posteriores, assim como se há compatibilidade ou não da deficiência com as atribuições do cargo a ser ocupado, nos termos dos artigos 37 e 43 da referida norma e da Súmula 377 do STJ, observadas as seguintes disposições: 13.1 O prazo para o candidato convocado se apresentar será de 5 (cinco) dias corridos, contados a partir do recebimento de carta por Aviso de Recebimento (AR). Se o candidato não comparecer no prazo estabelecido será excluído da listagem destinada aos portadores de deficiência, permanecendo na listagem geral A avaliação de que trata este item, de caráter terminativo, será realizada por equipe prevista pelo artigo 43 do Decreto Federal nº 3.298/1999 e alterações posteriores Não haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do candidato portador de deficiência à avaliação tratada no item 13 deste Capítulo Verificada a incompatibilidade entre a deficiência e as atribuições do cargo/área/especialidade postulado, o candidato, previamente habilitado/classificado nas provas objetivas, será eliminado da lista de deficientes Será eliminado da lista de deficientes o candidato cuja deficiência indicada no Formulário de Inscrição, não se fizer constatada na forma do artigo 4º e seus incisos do Decreto Federal nº 3.298/1999 e suas alterações, devendo o mesmo permanecer apenas na lista de classificação geral, caso obtenha a pontuação necessária para tanto. Publicado no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho, edição de 25 de março de REGIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 23ª EDITAL Nº 05/2011 RETIFICAÇÃO O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 23ª REGIÃO, no uso de suas atribuições, tendo em vista o Concurso Público destinado ao provimento de vagas eventualmente existentes na data de homologação do Concurso e formação de cadastro de reserva de cargos do Quadro Permanente de Pessoal do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região, conforme publicado no Diário da Justiça Eletrônico da Justiça do Trabalho de 25/03/2011, decide RETIFICAR o Edital n. 01 de Abertura de Inscrições conforme segue: II DOS CARGOS (Relações Públicas) Graduação em, com habilitação em Relações Públicas, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e registro no Conselho Regional da categoria. 3

4 Leia-se: (Relações Públicas) Graduação em, com habilitação em Relações Públicas, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). ANEXO II ÁREA APOIO ESPECIALIZADO ESPECIALIDADE COMUNICAÇÃO SOCIAL (RELAÇÕES PÚBLICAS) Princípios de comunicação social e comunicação de massa. Técnicas de jornalismo: redação de material informativo; noções de fotojornalismo e telecinejornalismo; noções de comunicação visual para veículos impressos. Relações Públicas: comunicação com diversos públicos de uma empresa; realização de eventos em geral. Linguagem dos meios de comunicação. Conceitos gerais de comunicação e informações. Uso dos Meios de : expositivos, folhetos, bunners, etc. Retórica e persuasão nas mensagens de Relações Públicas, com ênfase nas técnicas de redação. Conhecimento Técnico em Press Release, publicação interna e outros. Veiculação, atendimento e avaliação do feedback possível. Técnicas de produção gráfica e de utilização de recursos áudio visuais de cerimonial e protocolo. Planejamento e execução de atividades de Relações Públicas, tais como elaboração de eventos, campanhas e reuniões. Análise do comportamento social do Comunicador Social, e suas responsabilidades éticas no exercício da profissão. Conhecimento de técnicas administrativas aplicadas a Relações Públicas. Análise do mercado para posicionar os elementos de Relações Públicas na sociedade de consumo. Caracterização dos veículos de comunicação, rádio e televisão, como estudo de linguagem do som e imagem. Conhecimento no planejamento de mensagens de entretenimento educacionais e de divulgação científica. Técnicas de composição de mídia impressa, de produção de anúncios e planejamento de campanhas. Legislação Brasileira dos Meios de Comunicação. Conhecimentos básicos de informática (Word, Excel, internet e correio eletrônico). ÁREA APOIO ESPECIALIZADO ESPECIALIDADE ENGENHARIA ELÉTRICA Circuitos em CC e CA: resistor, capacitor e indutor; reatânicia e impedância; associação de resistores, capacitores e indutores; leis de Kirchhoff; potências ativa, reativa e aparente; fator de potência. Máquinas elétricas: princípios de eletromagnetismo; transformadores monofásicos e trifásicos; motores e geradores CC e CA; sistemas de partida de motores; inversor de frequência. Instalações elétricas residenciais, prediais e industriais: previsão de cargas; dimensionamento de condutores e eletrodutos; esquemas multifilar e unifilar; luminotécnica; dimensionamento e tipos de dispositivos de proteção; aterramento; para-raios. Sistemas de controle: transformada de Laplace; função de transferência, controles PI, PD e PID. Eletrônica: circuitos retificadores; circuitos de estabilização de tensão de fontes de alimentação; transistor como chave; tiristores; conversão entre sistemas numéricos; portas lógicas; especificações de circuitos integrados digitais. Comandos elétricos: dispositivos e circuitos de comandos elétricos. CLP: características técnicas e conceitos de linguagens de programação. Informática aplicada à engenharia (Excel, World e AutoCAD). Circuitos em CC e CA: resistor, capacitor e indutor; reatânicia e impedância; associação de resistores, capacitores e indutores; leis de Kirchhoff; potências ativa, reativa e aparente; fator de potência. Máquinas elétricas: princípios de eletromagnetismo; transformadores monofásicos e trifásicos; motores e geradores CC e CA; sistemas de partida de motores; inversor de frequência. Instalações elétricas residenciais, prediais e industriais: previsão de cargas; dimensionamento de condutores e eletrodutos; esquemas multifilar e unifilar; luminotécnica; dimensionamento e tipos de dispositivos de proteção; aterramento; para-raios. Sistemas de controle: transformada de Laplace; função de transferência, controles PI, PD e PID. Eletrônica: circuitos retificadores; circuitos de estabilização de tensão de fontes de alimentação; transistor como chave; tiristores; conversão entre sistemas numéricos; portas lógicas; especificações de circuitos integrados digitais. Comandos elétricos: 4

5 dispositivos e circuitos de comandos elétricos. CLP: características técnicas e conceitos de linguagens de programação. Orçamentação: Composição de custos unitários, parciais e totais: levantamento de quantidades; Planejamento e Cronograma físico-financeiro. Informática aplicada à engenharia (Excel, World e AutoCAD). Fiscalização: Acompanhamento da aplicação de recursos (medições, emissão de fatura etc.); Controle de materiais elétricos; Controle de execução de obras e serviços; Documentação da obra: diários e documentos de legalização. Acidente de trabalho - Conceito técnico e legal, causas e consequências dos acidentes, taxa de frequência e gravidade, estatísticas de acidentes, comunicação e registro do acidente. Aposentadoria Especial. Segurança e Medicina do Trabalho Capítulo V, Título II da CLT. Norma Regulamentadora nº 1- Disposições Gerais. Norma Regulamentadora nº 4- Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho. Norma Regulamentadora nº 5- Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. Norma Regulamentadora nº 6- Equipamento de Proteção Individual. Norma Regulamentadora nº 8- Edificações. Norma Regulamentadora nº 9- Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. Norma Regulamentadora nº10- Segurança em instalações e serviços em eletricidade. Norma Regulamentadora nº11- Transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais. Norma Regulamentadora nº12-máquinas e equipamentos. Norma Regulamentadora nº13-casos vasos de pressão. Norma Regulamentadora nº15- Atividades e operações insalubres. Norma Regulamentadora nº16- Atividades e operações perigosas. Norma Regulamentadora nº17- Ergonomia. Norma Regulamentadora nº18- Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção. Norma Regulamentadora nº 23 Proteção Contra Incêndio. Norma Regulamentadora nº 24 Condições Sanitários e de conforto nos locais de trabalho. Norma Regulamentadora nº 26 Sinalização de Segurança. LEI de ; Decreto de Atividades no Setor de Energia Elétrica. Portaria de Inspeção do Trabalho. Portaria MTE , confirmada pela Portaria MTE 518/2003 Atividades com Radiações Ionizantes ou Substâncias Radioativas. Convenção da Organização Internacional do Trabalho - OIT. Responsabilidade civil e criminal. Higiene Ocupacional. Leia-se: ÁREA APOIO ESPECIALIZADO ESPECIALIDADE COMUNICAÇÃO SOCIAL (RELAÇÕES PÚBLICAS) Princípios de comunicação social e comunicação de massa. Relações Públicas: comunicação com diversos públicos de uma empresa; realização de eventos em geral. Linguagem dos meios de comunicação. Conceitos gerais de comunicação e informações. Uso dos Meios de : expositivos, folhetos, bunners, etc. Retórica e persuasão nas mensagens de Relações Públicas, com ênfase nas técnicas de redação. Conhecimento Técnico em Press Release, publicação interna e outros. Veiculação, atendimento e avaliação do feedback possível. Técnicas de produção gráfica e de utilização de recursos áudio visuais de cerimonial e protocolo. Planejamento e execução de atividades de Relações Públicas, tais como elaboração de eventos, campanhas e reuniões. Análise do comportamento social do Comunicador Social, e suas responsabilidades éticas no exercício da profissão. Conhecimento de técnicas administrativas aplicadas a Relações Públicas. Análise do mercado para posicionar os elementos de Relações Públicas na sociedade de consumo. Caracterização dos veículos de comunicação, rádio e televisão, como estudo de linguagem do som e imagem. Conhecimento no planejamento de mensagens de entretenimento educacionais e de divulgação científica. Legislação Brasileira dos Meios de Comunicação. Conhecimentos básicos de informática (Word, Excel, internet e correio eletrônico). ÁREA APOIO ESPECIALIZADO ESPECIALIDADE ENGENHARIA ELÉTRICA Circuitos em CC e CA: resistor, capacitor e indutor; reatânicia e impedância; associação de resistores, capacitores e indutores; leis de Kirchhoff; potências ativa, reativa e aparente; fator de potência. Máquinas elétricas: princípios de eletromagnetismo; transformadores monofásicos e trifásicos; motores e geradores CC e CA; sistemas de partida de motores; inversor de frequência. Instalações elétricas residenciais, prediais e industriais: previsão de cargas; dimensionamento de condutores e eletrodutos; esquemas multifilar e unifilar; luminotécnica; dimensionamento e tipos de dispositivos de proteção; aterramento; para-raios. Sistemas de controle: transformada de Laplace; função de transferência, controles PI, PD e PID. Eletrônica: circuitos retificadores; circuitos de estabilização de tensão de fontes de alimentação; transistor como chave; tiristores; conversão entre sistemas numéricos; portas lógicas; especificações de circuitos integrados digitais. Comandos elétricos: dispositivos e circuitos de comandos elétricos. CLP: características técnicas e conceitos de linguagens de programação. Orçamentação: Composição de custos unitários, parciais e totais: levantamento 5

6 de quantidades; Planejamento e Cronograma físico-financeiro. Informática aplicada à engenharia (Excel, World e AutoCAD). Fiscalização: Acompanhamento da aplicação de recursos (medições, emissão de fatura etc.); Controle de materiais elétricos; Controle de execução de obras e serviços; Documentação da obra: diários e documentos de legalização. Acidente de trabalho - Conceito técnico e legal, causas e consequências dos acidentes, taxa de frequência e gravidade, estatísticas de acidentes, comunicação e registro do acidente. Aposentadoria Especial. Segurança e Medicina do Trabalho Capítulo V, Título II da CLT. Norma Regulamentadora nº 1- Disposições Gerais. Norma Regulamentadora nº 4- Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho. Norma Regulamentadora nº 5- Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. Norma Regulamentadora nº 6- Equipamento de Proteção Individual. Norma Regulamentadora nº 8- Edificações. Norma Regulamentadora nº 9- Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. Norma Regulamentadora nº10-segurança em instalações e serviços em eletricidade. Norma Regulamentadora nº11- Transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais. Norma Regulamentadora nº12-máquinas e equipamentos. Norma Regulamentadora nº13-casos vasos de pressão. Norma Regulamentadora nº15- Atividades e operações insalubres. Norma Regulamentadora nº16- Atividades e operações perigosas. Norma Regulamentadora nº17- Ergonomia. Norma Regulamentadora nº18- Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção. Norma Regulamentadora nº 23 Proteção Contra Incêndio. Norma Regulamentadora nº 24 Condições Sanitários e de conforto nos locais de trabalho. Norma Regulamentadora nº 26 Sinalização de Segurança. LEI de ; Decreto de Atividades no Setor de Energia Elétrica. Portaria de Inspeção do Trabalho. Portaria MTE , confirmada pela Portaria MTE 518/2003 Atividades com Radiações Ionizantes ou Substâncias Radioativas. Convenção da Organização Internacional do Trabalho - OIT. Responsabilidade civil e criminal. Higiene Ocupacional. Publicado no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho, edição de 21 de março de TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 23ª REGIÃO EDITAL Nº 04/2011 RETIFICAÇÃO O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 23ª REGIÃO, no uso de suas atribuições, tendo em vista o Concurso Público destinado ao provimento de vagas eventualmente existentes na data de homologação do Concurso e formação de cadastro de reserva de cargos do Quadro Permanente de Pessoal do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região, conforme publicado no Diário da Justiça Eletrônico da Justiça do Trabalho de 01/03/2011, decide RETIFICAR o Edital n. 01 de Abertura de Inscrições conforme segue: II DOS CARGOS Educação Física Arquivologia Diploma ou Certificado, devidamente registrado, de curso de graduação em Educação Física, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), acrescido de pós-graduação em uma das seguintes áreas fisiologia do exercício, ginástica laboral, atividade física e saúde, lazer e recreação, Wellness aplicação do exercício para o bem estar; e registro no Conselho Regional da categoria, com atuação plena ou bacharelado. Diploma ou Certificado, devidamente registrado, de curso de Graduação em Arquivologia, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), acrescido de pós-graduação em gestão documental. 6

7 Leia-se: Educação Física Arquivologia Diploma ou Certificado, devidamente registrado, de curso de graduação em Educação Física, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Diploma ou Certificado, devidamente registrado, de curso de Graduação em Arquivologia, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Publicado no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho, edição de 14 de março de TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 23ª REGIÃO EDITAL Nº 03/2011 RETIFICAÇÃO O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 23ª REGIÃO, no uso de suas atribuições, tendo em vista o Concurso Público destinado ao provimento de vagas eventualmente existentes na data de homologação do Concurso e formação de cadastro de reserva de cargos do Quadro Permanente de Pessoal do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região, conforme publicado no Diário da Justiça Eletrônico da Justiça do Trabalho de 01/03/2011, decide RETIFICAR o Edital n. 01 de Abertura de Inscrições conforme segue: II DOS CARGOS (Publicidade e Propaganda) (Rádio e TV) (Jornalismo) Graduação em, com habilitação em Publicidade e Propaganda, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e registro no Conselho Regional da categoria. Graduação em, com habilitação em Rádio e TV, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e registro no Conselho Regional da categoria. Graduação em, com habilitação em Jornalismo, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e registro no Conselho Regional da categoria. 7

8 Leia-se: (Publicidade e Propaganda) (Rádio e TV) (Jornalismo) Graduação em, com habilitação em Publicidade e Propaganda, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Graduação em, com habilitação em Rádio e TV, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Graduação em, com habilitação em Jornalismo, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CARGOS DE ÁREA APOIO ESPECIALIZADO ESPECIALIDADE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 3 Gerenciamento de Serviços ITILV Conceitos básicos, estrutura e objetivos Implementação do gerenciamento de serviços de TI Processos e funções de suporte de serviços Processos de entrega de serviços Processos de gerenciamento de infra-estrutura. Leia-se: 3 Framework ITIL V Conceitos básicos, estrutura e objetivos. 3.2 Service Strategy. 3.3 Service Design. 3.4 Service Transition. 3.5 Service Operation. 3.6 Continual Service Improvement. CARGOS DE TÉCNICO JUDICIÁRIO TÉCNICO JUDICIÁRIO ÁREA APOIO ESPECIALIZADO ESPECIALIDADE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 3 Gerenciamento de Serviços ITILV Conceitos básicos, estrutura e objetivos Implementação do gerenciamento de serviços de TI Processos e funções de suporte de serviços Processos de entrega de serviços Processos de gerenciamento de infra-estrutura. Leia-se: 3 Framework ITIL V Conceitos básicos, estrutura e objetivos. 3.2 Service Strategy. 3.3 Service Design. 3.4 Service Transition. 3.5 Service Operation. 3.6 Continual Service Improvement. 8

Rendimento EscolarFrequência : Obrigatório Critério de Avaliação : NOTA. DependênciasCritérios: Este curso não admite dependências.

Rendimento EscolarFrequência : Obrigatório Critério de Avaliação : NOTA. DependênciasCritérios: Este curso não admite dependências. Titulação : Eletricista Nome Abreviado : Eletricista Nível : Aprendizagem Tipo de Curso : Aprendizagem Industrial Área : Eletroeletrônica Segmento de Área : Eletricidade Estratégia : Presencial Carga Horária

Leia mais

PORTARIA N. 3.214, 08 DE JUNHO DE 1978

PORTARIA N. 3.214, 08 DE JUNHO DE 1978 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA N. 3.214, 08 DE JUNHO DE 1978 Aprova as Normas Regulamentadoras - NR - do Capítulo V, Título II, da Consolidação das Leis do

Leia mais

ÍNDICE GERAL PARTE I PARTE II. Normas Regulamentadoras NRs. NR 4 Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho

ÍNDICE GERAL PARTE I PARTE II. Normas Regulamentadoras NRs. NR 4 Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho ÍNDICE GERAL PARTE I Constituição da República Federativa do Brasil (parcial) Consolidação das Leis do Trabalho (parcial) Trabalho Rural Lei 5.889, de 8 de junho de 1973 (parcial) Lei 8.213, de 24 de julho

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 A Fundação de Educação Tecnológica e Cultural da Paraíba FUNETEC/PB, pessoa jurídica

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Coordenadoria de Estágio EDITAL Nº 06/2015, DE 17 DE AGOSTO DE 2015.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Coordenadoria de Estágio EDITAL Nº 06/2015, DE 17 DE AGOSTO DE 2015. EDITAL Nº 06/2015, DE 17 DE AGOSTO DE 2015. SELEÇÃO PÚBLICA DESTINADA AO PREENCHIMENTO DE VAGAS DE ESTÁGIO NÃO- OBRIGATÓRIO (E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA) PARA ESTUDANTES DE CURSOS TÉCNICOS DA ÁREA

Leia mais

2.1 Assistente Administrativo N1 I.. Atendimento telefônico de clientes II. Registro de recepção de amostras. Sistema da Qualidade ISO/IEC 17015.

2.1 Assistente Administrativo N1 I.. Atendimento telefônico de clientes II. Registro de recepção de amostras. Sistema da Qualidade ISO/IEC 17015. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2015/5040001-01 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO N1 e N2 A FUNDAÇÃO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR ASSISTENTE 40 HORAS-DE ÁREA DO CONHECIMENTO: ELETROTÉCNICA

CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR ASSISTENTE 40 HORAS-DE ÁREA DO CONHECIMENTO: ELETROTÉCNICA CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR ASSISTENTE 40 HORAS-DE ÁREA DO CONHECIMENTO: ELETROTÉCNICA MATÉRIAS: ELETRICIDADE E MAGNETISMO, ELETROTÉCNICA, FUNDAMENTOS DE ELETRO-ELETRÔNICA ANEXO I PROGRAMA

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 12/2015 Campus São João del-rei

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 12/2015 Campus São João del-rei CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO Tema 01: ELETRICIDADE BÁSICA E CIRCUITOS EM CC Um fabricante de isoladores informa que seu produto, no formato de um cilindro, como mostrado na Figura

Leia mais

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico;

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico; EMENTA DE CONTEÚDOS Eletricidade Conceitos fundamentais da eletricidade; Circuitos elétricos de corrente contínua; Tensão alternada; Gerador de funções; Operação do osciloscópio; Tensão e corrente alternadas

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 28 DE SETEMBRO DE 2015

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 28 DE SETEMBRO DE 2015 1ª RETIFICAÇÃO DO O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, Desembargador RAIMUNDO EUFRÁSIO ALVES FILHO, no uso de suas atribuições, nos termos estabelecidos no subitem 15.39, torna pública

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA PROFESSOR DO QUADRO DOCENTE DA FACULDADE DE AMERICANA

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA PROFESSOR DO QUADRO DOCENTE DA FACULDADE DE AMERICANA EDITAL N.º 002/201 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA PROFESSOR DO QUADRO DOCENTE DA FACULDADE DE AMERICANA A Direção Geral da Faculdade de Americana - FAM torna público que até 12 horas do dia 1 de julho de 201

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro. RESOLUÇÃO CM nº 12/2014

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro. RESOLUÇÃO CM nº 12/2014 RESOLUÇÃO CM nº 12/2014 Dispõe sobre o Concurso Público de provas ou provas e títulos para provimento de cargos efetivos do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro O CONSELHO DA MAGISTRATURA DO

Leia mais

b. Acidente em viagem a serviço da empresa; d. Doenças profissionais (provocadas pelo tipo de trabalho);

b. Acidente em viagem a serviço da empresa; d. Doenças profissionais (provocadas pelo tipo de trabalho); ASPECTOS LEGAIS SOBRE A SEGURANÇA D O TRABALHO E SUA IMPLICAÇÃO PARA A EMPRESA NA SUA GESTÃO JURÍDICA. SEGURANÇA DO TRABALHO São os conjuntos de medidas que são adotadas visando minimizar os acidentes

Leia mais

Matéria: Normas Regulamentadoras Aula 01: Integração e Código de ética do Técnico em Segurança PLANO DE CURSO

Matéria: Normas Regulamentadoras Aula 01: Integração e Código de ética do Técnico em Segurança PLANO DE CURSO PLANO DE CURSO Capítulo v da CLT e o meio ambiente do trabalho e a competência das empresas na saúde e segurança do trabalho; Código de ética do técnico em segurança Norma regulamentadora 1 disposições

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EAD EM ENGENHARIA ELÉTRICA

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EAD EM ENGENHARIA ELÉTRICA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EAD EM ENGENHARIA ELÉTRICA ÁREA DO CONHECIMENTO: Engenharia Elétrica. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, Especialização em ENGENHARIA ELÉTRICA. AMPARO LEGAL

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED 1º MED DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I Especificação de elementos que compõem projetos; técnicas de desenho técnico e de representação gráfica correlacionadas com seus fundamentos matemáticos e geométricos;

Leia mais

Título I Das Disposições Preliminares. TÍTULO II Do Processo Seletivo. TÍTULO III Da matrícula

Título I Das Disposições Preliminares. TÍTULO II Do Processo Seletivo. TÍTULO III Da matrícula Regulamento do Processo Seletivo para ingresso nos cursos de Graduação Bacharelado e Licenciatura e Graduação Tecnológica da Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação. Missão Institucional Promover

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DA CRIANÇA E ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEMCAS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 02/2015

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DA CRIANÇA E ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEMCAS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 02/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 02/2015 A Prefeitura Municipal de São Luís, por intermédio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social SEMCAS torna público, para conhecimento geral,

Leia mais

Normas para caldeiras

Normas para caldeiras Normas para caldeiras Normas de projeto e fabricação: No Brasil a norma mais adotada é o código ASME seção I da American Society of Mechanical Engineers ABNT: NB 227 Código para projeto e construção de

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 0224-2015-A MÉDICO SST - RESPONSÁVEL PCMSO SANTO ANDRÉ - SP

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 0224-2015-A MÉDICO SST - RESPONSÁVEL PCMSO SANTO ANDRÉ - SP COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 0224-2015-A MÉDICO SST - RESPONSÁVEL PCMSO SANTO ANDRÉ - SP A Diretoria de Recursos Humanos do SESI-SP abre inscrições para candidatos interessados em participar do processo

Leia mais

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO CURSO: MECÂNICO DE AR CONDICIONADO AUTOMOTIVO - PRONATEC 200 horas ÁREA: AUTOMOTIVA MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL UNIDADE(S) HABILITADA(S): CT PALMAS Plano de Curso

Leia mais

oposição por parte dos novos servidores (art. 40, 4º, 5º e 7º, da Lei Complementar Estadual nº 234/2002, com redação implementada pela Lei

oposição por parte dos novos servidores (art. 40, 4º, 5º e 7º, da Lei Complementar Estadual nº 234/2002, com redação implementada pela Lei TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO EDITAL Nº 1 TJ/ES, DE 16 DE DEZEMBRO

Leia mais

Curso Técnico Segurança do Trabalho. Introdução a Segurança do Trabalho Módulo Único

Curso Técnico Segurança do Trabalho. Introdução a Segurança do Trabalho Módulo Único Curso Técnico Segurança do Trabalho Introdução a Segurança do Trabalho Módulo Único SeÄÅo IX Das InstalaÄÉes ElÑtricas Art. 179 - O Ministério do Trabalho disporá sobre as condições de segurança e as medidas

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Eletricidade, Máquinas e Medidas Elétricas: 1.1. Princípios da Eletrodinâmica: Tensão Elétrica, Corrente Elétrica, Resistores Elétricos, Potência Elétrica e Leis de OHM; 1.2. Circuitos

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ ASSESSOR JURIDICO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 001/2013 A PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ, ESTADO DO RONDÔNIA,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SALVADOR. Estado da Bahia

CÂMARA MUNICIPAL DE SALVADOR. Estado da Bahia qw CÂMARA MUNICIPAL DE SALVADOR Estado da Bahia P R I M E I R O T E R M O D E R E T I F I C A Ç Ã O D O E D I T A L D E A B E R T U R A N º 0 1 / 2 0 1 1 A Câmara Municipal de Salvador, Estado da Bahia,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL DE ABERTURA PROGESP/UFGD Nº. 01, DE 06 DE MAIO DE 2015 ANEXO I ÁREAS E REQUISITOS EXIGIDOS Retificadas as áreas de Laboratório do Curso de Engenharia de Energia / Informática Desenvolvimento / Informática:

Leia mais

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO CARGO/ESPECIALIDADES Art. 378. Ao Consultor Legislativo, Especialidade Assessoramento Legislativo. ÁREAS DE INTERESSE DO SENADO FEDERAL Agronomia;

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA. E D I T A L Nº 003/2015, de 20 de março de 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA. E D I T A L Nº 003/2015, de 20 de março de 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA E D I T A L Nº 003/2015, de 20 de março de 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORIA A DISTÂNCIA PARA O CURSO DE LICENCIATURA

Leia mais

SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO - SST No Brasil a Segurança e Medicina no Trabalho é regulamentada pela portaria 3214/78, atualmente com 36 Normas Regulamentadoras do Ministério

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURVELO/MG

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURVELO/MG Rua Tupis 485 sala 114 Centro Belo Horizonte / MG CEP 30190-060 Telefone: ( 31) 3261-1194 - Fax: 2514-4591 Internet: www.seapconcursos.com.br Horário de funcionamento: De 9 as 17 h, de segunda a sexta-feira.

Leia mais

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES Somos uma empresa brasileira, especializada em soluções de automação de máquinas e processos industriais, instalação, comissionamento e segurança de infraestrutura elétrica e de máquinas, microgeração

Leia mais

EDITAL PROGEP Nº 06, de 20 de janeiro de 2.014.

EDITAL PROGEP Nº 06, de 20 de janeiro de 2.014. EDITAL PROGEP Nº 06, de 20 de janeiro de 2.014. O PRÓ-REITOR DE GESTÃO DE PESSOAS E DO TRABALHO DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL, no uso de suas atribuições legais, e de acordo com

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2013/3070061-03

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2013/3070061-03 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2013/3070061-03 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE Integrados Digitais I (codificação) Integrados

Leia mais

CLEINALDO DE ALMEIDA COSTA Presidente

CLEINALDO DE ALMEIDA COSTA Presidente UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 68/2013 - CONSUNIV Unifica Ad Referendum procedimentos e aprova o processo seletivo para ocupação de vagas definidas no censo escolar

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS

NORMAS REGULAMENTADORAS NORMAS REGULAMENTADORAS As Normas Regulamentadoras estabelecem critérios e procedimentos obrigatórios relacionados à segurança e medicina do trabalho, que devem ser seguidos por empresas de acordo com

Leia mais

SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S. Objetivo: Instruir quanto ao campo de aplicação das NR s e direitos e obrigações das partes.

SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S. Objetivo: Instruir quanto ao campo de aplicação das NR s e direitos e obrigações das partes. SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S NR-1 DISPOSIÇÕES GERAIS O campo de aplicação de todas as Normas Regulamentadoras de segurança e medicina do trabalho urbano, bem como os direitos e obrigações do

Leia mais

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PARQUE DA JUVENTUDE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES nº 159/02/2007 O Diretor da Escola Técnica Estadual

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EAD EM ENGENHARIA ELÉTRICA COM ÊNFASE EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EAD EM ENGENHARIA ELÉTRICA COM ÊNFASE EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EAD EM ENGENHARIA ELÉTRICA COM ÊNFASE EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS ÁREA DO CONHECIMENTO: ENGENHARIA ELÉTRICA. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu,

Leia mais

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81 Períodos de inscrições: no sítio http://www.concurso.ufjf.br a) Primeiro período: das 09h do dia 11/05/2009 até as 14h do dia 29/05/2009; b) Segundo período: das 09h do dia 22/06/2009 até as 14h do dia

Leia mais

E-mail: secol@trtes.jus.br, Telefone: (27) 31852092 EDITAL I PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE ESTÁGIO - TRT/ES

E-mail: secol@trtes.jus.br, Telefone: (27) 31852092 EDITAL I PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE ESTÁGIO - TRT/ES EDITAL I PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE ESTÁGIO - TRT/ES REGULAMENTO PARA ABERTURA DE INSCRIÇÕES E REALIZAÇÃO DO PROCESSO SELETIVO DE ESTUDANTES, PELO AGENTE DE INTEGRAÇÃO SUPER ESTÁGIOS LTDA ME,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Senhora de Oliveira MG Concurso Público nº 01/2014 ERRATA 01

Prefeitura Municipal de Senhora de Oliveira MG Concurso Público nº 01/2014 ERRATA 01 Prefeitura de Senhora de Oliveira MG Concurso Público nº 01/2014 ERRATA 01 A Prefeitura de Senhora de Oliveira MG comunica aos interessados que incluiu Prova de Títulos para os cargos de nível de escolaridade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL Nº 16/15/PROEN TRANSFERÊNCIA INTERINSTITUCIONAL E ADMISSÃO DE GRADUADOS 2016.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL Nº 16/15/PROEN TRANSFERÊNCIA INTERINSTITUCIONAL E ADMISSÃO DE GRADUADOS 2016. EDITAL Nº 16/15/PROEN TRANSFERÊNCIA INTERINSTITUCIONAL E ADMISSÃO DE GRADUADOS 2016.1 A Pró-Reitoria de Ensino (PROEN) da Universidade Federal do Cariri (UFCA) faz saber que estão abertas no período de

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR A DIRETORA ACADÊMICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROFESSOR SUBSTITUTO DA CARREIRA

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Coordenadoria de Estágio

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Coordenadoria de Estágio EDITAL Nº 05/2014, DE 4 DE JUNHO DE 2014. SELEÇÃO PÚBLICA DESTINADA AO PREENCHIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA ESTAGIÁRIOS DE CURSO TÉCNICO DA ÁREA DE INFORMÁTICA A PROCURADORIA REGIONAL

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR A DIRETORA ACADÊMICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO

Leia mais

A GESTÃO DA SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO

A GESTÃO DA SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO R & W Engenharia Fundada em 19 de abril de 1991. Prestação de serviços em segurança do trabalho atendendo em especial as NRs6, 9, 13, 15, 16 e 17 com emissão de laudos técnicos. Treinamentos como: Cipa,

Leia mais

EDITAL N. 002/2013/FMS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE MEDICOS PROC- 311/2013

EDITAL N. 002/2013/FMS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE MEDICOS PROC- 311/2013 EDITAL N. 002/2013/FMS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE MEDICOS PROC- 311/2013 O, pessoa jurídica de direito público, inscrito no CNPJ sob o nº. 15.845.340/0001-90, estabelecido com sua

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO CURSO: ELETRICISTA INSTALADOR PREDIAL DE BAIXA TENSÃO - PRONATEC 224 horas ÁREA: ENERGIA MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL UNIDADE(S) HABILITADA(S): CT PALMAS Plano de Curso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2014/6010004-01

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2014/6010004-01 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2014/6010004-01 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE ANALISTA DE SISTEMA A

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA. E D I T A L Nº 006/2015, de 24 de março de 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA. E D I T A L Nº 006/2015, de 24 de março de 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA E D I T A L Nº 006/2015, de 24 de março de 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORIA A DISTÂNCIA DO CURSO DE BACHARELADO EM

Leia mais

Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO EM PETRÓLEO E GÁS

Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO EM PETRÓLEO E GÁS Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO EM PETRÓLEO E GÁS ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação Gestão Educacional NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em MBA Executivo

Leia mais

CONDIÇÕES DE TRABALHO

CONDIÇÕES DE TRABALHO COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO POR ORDEM DE INSCRIÇÃO Nº 000158-2015-A ASSISTENTE DE APOIO ADMINISTRATIVO FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA CONTRATO POR PRAZO DETERMINADO SESI-SP A Diretoria de Recursos Humanos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 235, DE 2 DE JUNHO DE 2014 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas

Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOÓGICA DE PELOTAS CNPJ 88288105000139 Nome da Unidade Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas Nome de Fantasia CEFET-RS Esfera Administrativa Federal Endereço Praça

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES REALIZADAS PELOS CANDIDATOS POR MEIO DE E-MAIL

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES REALIZADAS PELOS CANDIDATOS POR MEIO DE E-MAIL IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO S.A. CONCURSO PÚBLICO N.º 001/2010 PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES REALIZADAS PELOS CANDIDATOS POR MEIO DE E-MAIL 1. EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES I. Onde encontrar as informações

Leia mais

CPC - COMITÊ PERMANENTE DE CERTIFICAÇÃO EDITAL PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO 2015

CPC - COMITÊ PERMANENTE DE CERTIFICAÇÃO EDITAL PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO 2015 EDITAL PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO 2015 Certificação de Higienistas Ocupacionais (HOC) e de Técnicos Higienistas Ocupacionais (THOC) por Prova de Títulos e Prova de Conhecimentos I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

EDITAL N.º 44/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL N.º 44/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL N.º 44/24 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, considerando o Decreto nº 7.485,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

ANEXO VIII DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA NOMEAÇÃO COVEIRO

ANEXO VIII DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA NOMEAÇÃO COVEIRO ANEXO VIII DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA NOMEAÇÃO para o cargo Declaração ou Histórico do Ensino Fundamental Incompleto COVEIRO para o cargo: Diploma de Curso Superior Completo em Medicina Veterinária Registro

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS - NR ABAIXO ESTÃO AS NORMAS REGULAMENTADORAS VIGENTES DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO

NORMAS REGULAMENTADORAS - NR ABAIXO ESTÃO AS NORMAS REGULAMENTADORAS VIGENTES DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO NORMAS REGULAMENTADORAS - NR ABAIXO ESTÃO AS NORMAS REGULAMENTADORAS VIGENTES DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO NR 1 - Disposições Gerais As Normas Regulamentadoras são de observância obrigatória por

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR O MAGNÍFICO REITOR DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO DA

Leia mais

II OLIMPÍADA DE CIRCUITOS ELÉTRICOS - II OLIMCIRELE REGULAMENTO

II OLIMPÍADA DE CIRCUITOS ELÉTRICOS - II OLIMCIRELE REGULAMENTO REGULAMENTO A II OLIMPÍADA DE CIRCUITOS ELÉTRICOS DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ ( II OLIMCIRELE IFCE ) é um dos eventos que compõe a programação das comemorações do aniversário

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo REGIMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM JORNALISMO Capítulo I Da concepção de estágio O Estágio visa oportunizar

Leia mais

TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA

TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA Competência Geral Instalar, manter e projetar sistemas elétricos prediais, industriais e de potência, cumprindo legislações vigentes, parâmetros de eficiência energética, normas

Leia mais

SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS SERPRO

SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS SERPRO SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS SERPRO CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA OS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO EDITAL Nº 1 SERPRO, DE 26 DE FEVEREIRO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD-UNB PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 CEAD-UNB

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD-UNB PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 CEAD-UNB UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD-UNB PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 CEAD-UNB A Diretora do Centro de Educação a Distância da Universidade de

Leia mais

Segurança do Trabalho Introdução

Segurança do Trabalho Introdução Segurança do Trabalho Introdução Joinville, fevereiro de 2015 Introdução A Segurança no Trabalho é a ciência que estuda as possíveis causas dos acidentes e incidentes originados durante a atividade laboral

Leia mais

CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO

CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO Categoria e Atribuições Executar a montagem de painéis e quadro de distribuição, caixas de fusíveis e outros instrumentos de comandos, encaixando e ajustando as peças

Leia mais

TÉCNICO DE MANUTENÇÃO JR - ELÉTRICA BR DISTRIBUIDORA CONHECIMENTOS BÁSICOS DOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO

TÉCNICO DE MANUTENÇÃO JR - ELÉTRICA BR DISTRIBUIDORA CONHECIMENTOS BÁSICOS DOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO TÉCNICO DE MANUTENÇÃO JR - ELÉTRICA BR DISTRIBUIDORA CONHECIMENTOS BÁSICOS DOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA I 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Tipologia textual. 3. Ortografia oficial.

Leia mais

EDITAL N.º 203/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE

EDITAL N.º 203/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, considerando o Decreto nº 7.485, de 18 de maio de 21, a Lei nº 8.112, de 11 de

Leia mais

O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ aprovou e eu, Reitora em exercício, sanciono a seguinte Resolução:

O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ aprovou e eu, Reitora em exercício, sanciono a seguinte Resolução: Resolução CONSUN n o 046/2003. Credenciada pelo Decreto Federal de 03/07/97 - D. O. U. Nº 126, de 04/07/97 Aprova o Regulamento Geral da Agência de Comunicação Integrada, do Curso de Comunicação Social

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO- Nº 0007-2015. CARGO: Instrutor II Engenharia de Segurança MANAUS. SENAI - Amazonas

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO- Nº 0007-2015. CARGO: Instrutor II Engenharia de Segurança MANAUS. SENAI - Amazonas COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO- Nº 0007-2015 CARGO: Instrutor II Engenharia de Segurança MANAUS SENAI - Amazonas O Departamento de Gestão de Pessoas do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas

Leia mais

Conselho Estadual de Educação do Piauí

Conselho Estadual de Educação do Piauí EDITAL Nº 01/15 O Conselho Estadual de Educação do Piauí - CEE/PI torna público, para conhecimento dos interessados, o presente Edital contendo as normas, rotinas e procedimentos, referentes à realização

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA -2

TERMO DE REFERÊNCIA -2 TERMO DE REFERÊNCIA -2 1. O PROJETO Título do Projeto: Reforma e Ampliação das Promotorias de Justiça de Direitos Constitucionais e Patrimônio Público e Promotorias de Justiça de Ações Constitucionais

Leia mais

Sistema FAESA de Educação Faculdades Integradas Espírito-santenses fevereiro de 2014 CREDENCIAMENTO DE PROFESSORES FAESA/PRONATEC.

Sistema FAESA de Educação Faculdades Integradas Espírito-santenses fevereiro de 2014 CREDENCIAMENTO DE PROFESSORES FAESA/PRONATEC. Sistema FAESA de Educação Faculdades Integradas Espírito-santenses fevereiro de 2014 CREDENCIAMENTO DE PROFESSORES FAESA/PRONATEC Edital nº 03/2014 O Superintendente Institucional das Faculdades Integradas

Leia mais

3. TAXA DE INSCRIÇÃO E DOCUMENTAÇÃO

3. TAXA DE INSCRIÇÃO E DOCUMENTAÇÃO Credenciada pela: 2016 O Dr. Vinicius Ribas Fonseca, Coordenador da Especialização de Otorrinolaringologia Otorrinos - Hospital da Cruz Vermelha Brasileira - Filial do Estado do Paraná, atendendo à solicitação

Leia mais

Integrado em Automação Industrial

Integrado em Automação Industrial Plano de Trabalho Docente (PTD) Integrado em Automação Industrial Ano Letivo de 2014 1 Sumário 1º Módulo COMPONENTE CURRICULAR: ELETRICIDADE BÁSICA... 5 COMPONENTE CURRICULAR: INSTALAÇÕES ELÉTRICAS...

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/08/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014.

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014. CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA O Curso Técnico de Nível Médio em Eletrotécnica, Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais são organizados em 3 módulos de 400 horas. Ao final do curso, 400 horas

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2013

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2013 Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Dr. Francisco Nogueira de Lima Código:059 Município: CASA BRANCA Área Profissional: SAÚDE Habilitação Profissional: TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO Qualificação:

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÕES

EDITAL DE INSCRIÇÕES EDITAL DE INSCRIÇÕES De acordo com o Contrato, firmado entre a Prefeitura Municipal de Cajati e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial SENAI, que estabelece parceria para a implementação de cursos

Leia mais

EDITAL Nº 028/2009-PRORH CONCURSO PÚBLICO

EDITAL Nº 028/2009-PRORH CONCURSO PÚBLICO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS EDITAL Nº 028/2009-PRORH CONCURSO PÚBLICO A Pró-Reitora de Recursos H umanos da Universidade Federal de Juiz

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico 1º Semestre ETEC Dr. Júlio Cardoso Código: : 078 Município: Franca Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em

Leia mais

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ EDITAL PRG Nº 011/2011 CONCURSO PÚBLICO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA ADMISSÃO DE DOCENTE EM CARÁTER TEMPORÁRIO.

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ EDITAL PRG Nº 011/2011 CONCURSO PÚBLICO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA ADMISSÃO DE DOCENTE EM CARÁTER TEMPORÁRIO. UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ EDITAL PRG Nº 011/2011 CONCURSO PÚBLICO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA ADMISSÃO DE DOCENTE EM CARÁTER TEMPORÁRIO. A Professora Doutora Ana Julia Urias dos Santos Araújo,

Leia mais

EDITAL Nº 001.1/2013 CCP IFMS

EDITAL Nº 001.1/2013 CCP IFMS EDITAL Nº 0.1/23 CCP IFMS CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS PARA O PROVIMENTO DE CARGOS TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS PARA O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO DO SUL (IFMS) O REITOR

Leia mais

30/03/2011. Matéria: Legislações e Normas Técnicas. Professor: Gustavo Fonseca. Assunto: Consolidação das Leis Trabalhistas e Normas Regulamentadoras

30/03/2011. Matéria: Legislações e Normas Técnicas. Professor: Gustavo Fonseca. Assunto: Consolidação das Leis Trabalhistas e Normas Regulamentadoras Matéria: Legislações e Normas Técnicas Professor: Gustavo Fonseca Assunto: Consolidação das Leis Trabalhistas e Normas Regulamentadoras A Constituição Federal de 1988 estabeleceu a competência privativa

Leia mais

Curso Técnico em Segurança do Trabalho Subsequente

Curso Técnico em Segurança do Trabalho Subsequente Curso Técnico em Segurança do Trabalho Subsequente PERFIL PROFISSIONAL Profissional capaz de orientar e intervir na realidade do processo produtivo, promovendo mudanças em relação às aplicações tecnológicas

Leia mais

Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho

Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho O Instituto GERIR, entidade de direito privado e sem fins lucrativos, classificado como

Leia mais

E JAN EDITAL Nº 05, DE 16 DE MARÇO DE 2015.

E JAN EDITAL Nº 05, DE 16 DE MARÇO DE 2015. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Rio Grande E JAN EDITAL Nº 05, DE 16 DE MARÇO DE

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLICADO Nº 003/2015 CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO EDITAL N 001/2015

PROCESSO SELETIVO SIMPLICADO Nº 003/2015 CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO EDITAL N 001/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLICADO Nº 003/2015 CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO EDITAL N 001/2015 SÚMULA: DISPÕE SOBRE O REGULAMENTO GERAL DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA -2

TERMO DE REFERÊNCIA -2 TERMO DE REFERÊNCIA -2 1. O PROJETO Projeto executivo para construção do prédio das Promotorias da Infância e Juventude. 2. OBJETIVOS O presente Termo de Referência tem como objetivo nortear a contratação

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. GERÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. GERÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS PROJETO BÁSICO PS/TGE/009/2005. CONTRAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO. 1 - Objeto Contratação de empresa especializada em realização de concurso público destinado ao preenchimento

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe SELEÇÃO DE UNIVERSITÁRIOS PARA ESTÁGIO CURSOS SUPERIORES DE INFORMÁTICA EDITAL Nº 01/2011 NTI O Juiz Federal Diretor do Foro da Seção Judiciária de Sergipe, no uso das atribuições legais e regimentais,

Leia mais