OBS:. NO INTERIOR DO FORNO GOMOS, OS GOMOS DEVERÃO SER REJUNTADOS SOMENTE NA PARTE EXTERNA DO FORNO.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OBS:. NO INTERIOR DO FORNO GOMOS, OS GOMOS DEVERÃO SER REJUNTADOS SOMENTE NA PARTE EXTERNA DO FORNO."

Transcrição

1 ,

2 OBS:. NO INTERIOR DO FORNO N Ã O R E J U N T E E N T R E O S GOMOS, OS GOMOS DEVERÃO SER REJUNTADOS SOMENTE NA PARTE EXTERNA DO FORNO.

3 6 5 Encaixe e rejunte o elemento travante elíptico, redondo ou losangular (con-forme o modelo) sobre o buraco restante na parte superior da abó-bada do forno. Encaixe o tubo de concreto equipado com dümper (fornecido), com a haste reguladora voltado para frente do forno. Esta haste deverá atravessar a alvenaria de acabamento. Pronto! Seu forno está montado. Basta instalar a chaminé desejada ou interligar ao duto de alvenaria existente. Você pode utilizar o aço, cobre, ferro fundido ou manilhas de cerâmica para a confecção ou interligação da chaminé 7 Aguarde 21 dias para fazer o primeiro fogo iniciando o processo de cura e sinterização que deverá levar 08 (oito) dias, conforme instruções constantes no MANUAL DE INSTRUÇÕES na página 01- DESUMIDIFICAÇÃO CURA E SINTERIZAÇÃO. Você pode iniciar o revestimento (acabamento do forno) 48 hs após sua montagem, mas lembre-se você deverá, aguardar obrigatoriamente o prazo mínimo de 21 dias após a conclusão de toda a alvenaria de acabamento para fazer o primeiro fogo. FIXAÇÃO DAS CINTAS METÁLICAS. Com seu equipamento, acompanha um conjunto composto por cinco cintas metálicas reforçadas e galvanizadas, para o travamento dos gomos e base do Forno. Utilize apenas uma chave de Boca nº10, para travar as cintas. Para a fixação dos gomos do equipamento são utilizados quatro cintas metálicas e para a base é utilizado apenas uma cinta metálica. Seguir passos abaixo: 1º - INSTALAÇÃO DAS CINTAS PARA FIXAÇÃO DOS GOMOS. A) Os chumbadores para fixação das cintas dos gomos são inseridos já na fábrica para facilitar a instalação. o B) Inicie a instalação das 4 cintas metálicas, duas cintas menores idênticas n 01 e duas cintas maiores identicas n 02. Instale as cintas posicionando as extremidades que possuem um furo, sem as cantoneiras, nos chumbadores localizados nas laterais da base do Forno, fixando-os com os parafusos que acompanham o equipamento, aperte o parafuso até sentir travá-lo contra a lateral da base. MUITO NÃO APERTAR DEMAIS O PARAFUSO, ISSO PODERÁ DANIFICAR A BASE, SUJEITO A PERDA DA GARANTIA. Detalhe Fig02 o ATENÇÃO Cuidado ao desembalar as cintas, elas estão tencionadas podendo sofrerão um efeito de mola, ricocheteando e vindo a causar ferimentos graves. OBS: As cintas 01, possuem comprimento menor que as cintas02. 1 PAEAFUSOS MENORES PARA OS GOMOS cantoneira 2 cinta parafuso Fig02 chumbadores C) Após a fixação das 4 cintas, cruzá-las, formando um X sobre os gomos do forno. Detalhe Fig Fig03 D) A outra extremidade da cinta possui uma cantoneira, que serve para ligar as cintas e regular a intensidade de suas conexões.

4 CANTONEIRA CANTONEIRA TRAVADAS COM OS PARAFUSOS E PORCAS 2 1 BOCA DO FORNO CANTONEIRA TRAVADAS 3 COM OS PARAFUSOS Fig04 Fig05 E PORCAS PAEAFUSOS MAIORES PARA A BASE REVESTIMENTO: REVESTIMENTO TIPO ABÓBADA Quando o revestimento for tipo abóboda acrescer 05 cm em todo o contorno da base ARGAMASSA 5 TELA (TIPO GALINEIRO) ISOLAMENTO DE LÃ DE ROCHA TIPO PESADO 10 REVESTIMENTO TIPO CAIXA Quando for revestimento de alvenaria executar uma alvenaria separado da base MATERIAL ISOLANTE Rua Rio São Luis, CEP Pinhais - Paraná Fone/fax: (41) ou R Copyright 2005, Dobignies & Cia Ltda. Conheça nossa politica de uso das imagens, textos, manuais catálogos e produtos Dometal no site 03 Para um melhor rendimento térmico, o forno Le Gourmet deverá receber uma camada de isolamento térmico conforme desenho abaixo. Após isolado, o forno Le Gourmet pode ser revestido com qualquer material de acabamento poroso e não esmaltado como pedras, cerâmicas e tijolos. Tais materiais deverão ser assentados e rejuntados com argamassa específica para assentamento e rejunte cada uma na sua aplicação correta. Entre o equipamento e o acabamento deverá existir isolamento térmico de 5 a 10 cm conforme o material, ancorados com tela metálica fina deployer. O isolamento térmico tem por função a maior eficiência do forno, garantindo uma perfeita cocção dos alimentos. Não garante eventuais fissuras nos revestimentos de acabamento que são consideradas normais devido às altas temperaturas de trabalho do equipamento. Tais fissuras ou dilatações do revestimento devem ser ajustadas, consertadas e acomodadas à medida que forem acontecendo. Tendem a se estabilizar com o tempo e não estão cobertas pela garantia. Código Manual: REV 09 DATA- 03/2012

5 FOGÃO R CAIPIRA Manual de Montagem ~ com forno CONSELHOS ANTES DA MONTAGEM: Seja num ambiente interno ou externo, uma vez escolhido o local adequado, (verifique vigas e vigotes no telhado e nunca ao lado de geladeiras ou botijões de gás), SE SUA OPÇÃO FOR SEM BLOCOS DE SUSTENTAÇÃO execute uma base de alvenaria conforme detalhe fornecido pelo revendedor. Se possível, faça uma laje em concreto armado para permitir a utilização da parte de baixo do sóculo para guardar lenha, acessórios, etc.. Tal sóculo e laje deverão ser reforçados o suficiente para suportar o fogão caipira com forno e o acabamento externo do mesmo. ( 900 Kg aprox). MATERIAL PARA MONTAGEM DO FOGÃO: Peça nr./ Descrição 01- Blocos de Sustentação (opcional) pçs 02- Base do Fogão pç 03- Lateral Direita do Fogão pç 04- Lateral Esquerda do Fogão pç 05- Tampa Complementar do Fogão pç 06- Chapa de Ferro Fundido pç 07- Base para forno pç 08- Fundo do Forno (esquerdo) pç CURVA LADO 09- Fundo do Forno (direito) pç ESQUERDO 10- Lateral c/ Abertura para exaustão pç 11- Lateral Lisa Forno pç 12- Frente do Forno (direito) pç 13- Frente do Forno (esquerdo) pç 14- Tampa superior do Forno pç 15- Coifa pç 16- Bloco..*** Quantos necessitarem em seu projeto. Máximo 04 pçs apoiadas sobre a coifa. 17- Forno de Ferro Fundido pç 18- Argamassa para assentamento: kg 19- Conjunto de barras para sustentação do Forno pçs 20- Travas U para fixação pçs Dümper pç ou 11 O rebaixo das peças 3 e 4 para o encaixe da peça 5, deve estar sempre posicionado no mesmo lado que o forno for instalado. 6 CURVA LADO DIREITO ou ,0 cm 122,0 cm 58,5 cm fogão Chaminé metálico Dometal 84,0 cm 124,0 cm Adaptador metálico Dometal 60,5 cm forno DIMENSÕES GERAIS / OPÇÕES DE CHAMINÉ: 54,0 cm Fundo para forno instalado no lado esquerdo do fogão. Fundo para forno instalado no lado direito do fogão. Blocos Máximo 1 metros aparados no Kit (04 peças)

6 MONTANDO O KIT PASSO A PASSO: FIGURA cm 42cm Parede 5.0 cm Ferramentas necessárias para montagem: - Colher de pedreiro. - Espátula para aplicação de argamassa colante. - Nível. - Prumo. - Marreta de Borracha para ajuste das peças. - Pano Úmido para retirar o excesso de argamassa. - Quatro pequenas cunhas de madeira para o nivelamento das peças. FIGURA 02 FIGURA 03 Alinhamento Frontal Nivelamento das peças 1 Parede 7 1ªETAPA 1- A montagem deste equipamento necessita no mínimo de duas pessoas. 2- Se o seu equipamento acompanha blocos para sustentação ( peça n 01 ), iniciar a montagem pelos blocos de Sustentação ( peça n 01) seguir figura 01 e Inicie a montagem do Fogão Caipira marcando o piso onde será executada a montagem, sempre respeitando as distâncias, determinadas na figura 01, após aplicar argamassa colante na marcação, utilizando uma colher de pedreiro. 4- Assente os dois primeiros blocos de sustentação ( peça n 01 ) utilize uma marreta de borracha e o nível para nivelar os blocos, conforme figura 02. Obs. Caso haja necessidade utilizar cunhas para nivelar os blocos de sustentação. 5-Aplique argamassa sobre os blocos de sustentação já montados, conforme figura 02, assentar o segundo conjunto de blocos ( peça n 01 ) sobre o primeiro conjunto de blocos conforme figura 03. FIGURA 04 Nivelamento das peças Nivelamento das peças 8 2 posição da peça furos para baixo É muito importante o nivelamento dos conjuntos de blocos para sustentação; essa é a etapa que irá definir a qualidade da montagem de todo o conjunto. Se necessário deixe secar a argamassa dos primeiros blocos nivelados, para depois seguir adiante. 6-Aplicar argamassa colante sobre os blocos de sustentação já montados e nivelados conforme figura Assentar a Base do Forno ( peça nº 07 ) e a Base do Fogão ( peça nº 02 ) respectivamente. Conferir o nivelamento das bases, ver figura 04. Obs: Existe um espaço entre a borda da base do forno e a extremidade dos blocos de sustentação. A base ficará 4cm a frente da extremidade do bloco.. 2ªETAPA 8-Após a montagem dos Blocos para sustentação das Bases do Kit, iniciar a montagem do corpo do equipamento, seguindo a seqüência abaixo: FIGURA travar Nesta etapa da montagem é de extrema importância a aplicação da argamassa colante que acompanha o produto, em todos os encaixes, nas áreas de contato entre peças, nos sulcos específicos para serem preenchidos e a utilização das travas para o travamento do corpo do equipamento. Se necessário deixe secar a argamassa dos primeiros blocos nivelados, para depois seguir adiante. 9- Iniciar a montagem do corpo do Forno pelo Fundo ( peça n 08 ), aplicar argamassa colante conforme figura 04. Aplicar argamassa colante nos encaixes conforme figura 05 e assentar a lateral com abertura ( peça n 10 ),.

7 FIGURA travar FIGURA 06 travar FIGURA 08 travar FIGURA 09 FIGURA para vedação. Ler Observação 10- Travar as peças n 08 e 10 com as Travas para fixação (peça n 20) que acompanham o equipamento, conforme figura Aplicar argamassa colante nos encaixes conforme figura 07 e assentar a Lateral lisa ( peça n 11 ), travar as peças n 08 e 11 com as travas para fixação (peça nº 20) que acompanham o equipamento, conforme figura Assentar a Frente do Forno (peça n 13), aplicar argamassa colante nos encaixes conforme figura 08. Travar as peça n 13 com as peças n 10 e 11 utilizar travas para fixação (peça n 20) que acompanham o equipamento, ver figura Conferir se todas as travas (detalhe figura 06) foram colocadas conforme as etapas. Ao todo serão 08 travas (04 em cada lateral). 14- Assentar a Tampa superior do Forno (peça n 14), aplicar argamassa colante em seus encaixes conforme figura Aplicar argamassa colante para a vedação dos vincos que se formaram nas juntas das laterais e na tampa durante a montagem, conforme figura10. Obs: A aplicação da argamassa colante é muito importante para prevenir eventual vazamento de fumaça. 17- Assentar a Coifa, Bloco e o Dümper (peças n 15, 16 e 21 respectivamente), aplicando argamassa colante para a fixação das mesmas, conforme figura 10. Obs: Com o equipamento, acompanha 1m de chaminé em blocos (máximo 04 blocos apoiados sobre a coifa.) 3ª ETAPA 18- Iniciar a montagem do Fogão aplicando argamassa colante na base do fogão e lateral do forno(peça n 2 e 10), conforme figura Assentar as Laterais direita e esquerda do fogão (peças n 03 e 04), conforme figura Aplicar argamassa nas laterais do fogão e lateral do forno (peças n 3, 4 e 10) conforme figura 12, e encaixar a tampa complementar do fogão (peça n 5). 21- Limpar o excesso de argamassa com um pano úmido. 4ª ETAPA 22- Inserir as barras para sustentação do Forno de Ferro Fundido encaixando-as nos orifícios existentes na peça do fundo do forno conforme mostra figura Aplicar Argamassa 5 FIGURA FIGURA 12 FIGURA 13

8 FIGURA ! ATENÇÃO Risco de dano ao equipamento: Devido ao peso das peças, antes de instalar o forno de ferro fundido ( peça 06) e a chapa de ferro fundido do fogão (peça 17), aguardar 48 horas para o processo de cura do equipamento; evitando o desnivelamento do conjunto. 23- Aplicar argamassa colante nas áreas indicadas conforme figura 14 para vedação do forno e da chapa de ferro fundido. Obs. 6: A aplicação desta argamassa é muito importante para prevenir eventual vazamento de fumaça. 24- Assentar a chapa de Ferro fundido ( peça n 6) nos encaixes conforme figura Instalar o Forno de Ferro Fundido ( peça n 17) conforme figura PRONTO! Seu kit já pode receber o acabamento. 5ª ETAPA MONTANDO A CHAMINÉ EXTERNA: 27- O chapéu terminal deverá ficar 30 cm acima de qualquer obstáculo que se encontre a menos de 6,00m de distância. (Exemplo: Cumeeira, caixa d água, árvores, parede,etc). conforme figura Caso haja necessidade da chaminé em bloco subir mais, circunde-a com alvenaria apoiada sobre a laje e nunca sobre o kit. 29- No caso de edificação com mais de um pavimento, apoiar os blocos sobre a primeira laje, para evitar recalque. A soma das áreas das aberturas dos 4 lados do chapéu deverá corresponder a pelo menos 3 vezes a área interna da Chaminé. F F Chapéu em laje armada com abas aberturas nos 04 lados FIGURA cm Alvenaria da chaminé com as mesmas dimensões internas do bloco. Reboco interno alvenaria a alvenaria da Chaminé Buraco na Laje Chaminé em Bloco Lateral menor 135mm Lateral maior 225mm Alvenaria da Edificação Aguarde 15 dias para todo o material secar naturalmente. Após a instalação e antes da utilização de seu kit, leia as instruções de cura, revestimento e garantia.

9 COBERTURA / REVESTIMENTO: O Fogão Caipira estando montado, poderá receber o revestimento de sua preferência (não combustível). Ambiente externo: O Fogão Caipira deve ser protegido das intempéries por uma cobertura suficientemente grande para impedir que ele tome chuva e/ou umidade, sob o risco de choque térmico e perda de garantia. Ambiente interno: O Fogão Caipira já vem equipado com um bloco de arranque confeccionado em concreto refratário. O tubo de arranque tem dimensões externas de 23 x 14 cm e deverá ser acoplado a uma chaminé existente ou a executar. Se for de alvenaria deverá ter dimensões internas mínimas de 15 x15 cm com desempenamento do emboço interno.se a chaminé for metálica o diametro mínimo deverá ser de 14 cm,(a Dometal fornece como opcional tubo metálico bem como adaptador para encaixe ao bloco de arranque se houver necessidade). Ele poderá receber uma chaminé com até DUAS curvas de no máximo 45 graus sem comprometimento da tiragem de gases. O ideal é que a chaminé suba reta. O Fogão Caipira pode funcionar normalmente sem nenhum revestimento, desde que protegido das intempéries; terá maior rendimento se for isolado termicamente. Copyright 2005, Dobignies & Cia Ltda. Conheça nossa politica de uso das imagens, textos, manuais catálogos e produtos Dometal no site Rua Rio São Luis, CEP Pinhais - Paraná Fone/fax: (41) ou ~ R Código Rev.03 - Manual: SETEMBRO/2010

10 FOGÃO R CAIPIRA Manual de Montagem ~ sem forno CONSELHOS ANTES DA MONTAGEM: Seja num ambiente interno ou externo, uma vez escolhido o local adequado, (verifique vigas e vigotes no telhado e nunca ao lado de geladeiras ou botijões de gás), SE SUA OPÇÃO FOR SEM BLOCOS DE SUSTENTAÇÃO execute uma base de alvenaria conforme detalhe fornecido pelo revendedor. Se possível, faça uma laje em concreto armado para permitir a utilização da parte de baixo do sóculo para guardar lenha, acessórios, etc.. Tal sóculo e laje deverão ser reforçados o suficiente para suportar o fogão caipira com forno e o acabamento externo do mesmo. O equipamento completo pesa em torno de 580 Kg aprox. MATERIAL PARA MONTAGEM DO FOGÃO: Segue gravado em cada peça os respectivos números apresentados no esquema abaixa: Peça nr./ Descrição 01- Blocos de Sustentação (opcional) pçs 02- Base do Fogão pç 03- Lateral Direita do Fogão pç 04- Lateral Esquerda do Fogão pç 06- Chapa de Ferro Fundido pç 16- Bloco..*** Quantos necessitarem em seu projeto. Máximo 04 pçs apoiadas sobre a coifa. 17- Coifa pç 18- Fundo do Fogão pç 19- Argamassa para assentamento: kg 20- Dümper pç DIMENSÕES GERAIS / OPÇÕES DE CHAMINÉ: 122,0 cm Chaminé metálico Dometal fogão 84,0 cm 60,5 cm 59,0 cm Adaptador metálico Dometal Blocos Máximo 1 metros aparados no Kit (04 peças)

11 MONTANDO O KIT PASSO A PASSO: FIGURA cm 8,0cm Parede 5.0 cm Ferramentas necessárias para montagem: - Colher de pedreiro. - Espátula para aplicação de argamassa colante. - Nível. - Prumo. - Marreta de Borracha para ajuste das peças. - Pano Úmido para retirar o excesso de argamassa. - Quatro pequenas cunhas de madeira para o nivelamento das peças. FIGURA 02 FIGURA 03 Alinhamento Frontal Nivelamento das peças 1 Parede 1ªETAPA 1- A montagem deste equipamento necessita no mínimo de duas pessoas. 2- Se o seu equipamento acompanha blocos para sustentação ( peça n 01 ), iniciar a montagem pelos blocos de Sustentação ( peça n 01) seguir figura 01 e Inicie a montagem do Fogão Caipira marcando o piso onde será executada a montagem, sempre respeitando as distâncias, determinadas na figura 01, após aplicar argamassa colante na marcação, utilizando uma colher de pedreiro. 4- Assente os dois primeiros blocos de sustentação ( peça n 01 ) utilize uma marreta de borracha e o nível para nivelar os blocos, conforme figura 02. Obs. Caso haja necessidade, utilizar cunhas para nivelar os blocos de sustentação. 5-Aplique argamassa sobre os blocos de sustentação já montados, conforme figura 02, assentar o segundo conjunto de blocos ( peça n 01 ) sobre o primeiro conjunto de blocos conforme figura É muito importante o nivelamento dos conjuntos de blocos para sustentação; essa é a etapa que irá definir a qualidade da montagem de todo o conjunto. Se necessário deixe secar a argamassa dos primeiros blocos nivelados, para depois seguir adiante. FIGURA 04 Nivelamento das peças 4 6-Aplicar argamassa colante sobre os blocos de sustentação já montados e nivelados conforme figura Assentar a Base do Fogão ( peça nº 02 ). Conferir o nivelamento das bases, ver figura 03. Obs: Existe um espaço entre a borda da base do forno e a extremidade dos blocos de sustentação. A base ficará 4cm a frente da extremidade do bloco.. 2ªETAPA 3 2 Aplicar Argamassa 8-Após a montagem dos Blocos para sustentação da Base do Kit, iniciar a montagem do corpo do equipamento, seguindo a seqüência abaixo: Nesta etapa da montagem é de extrema importância a aplicação da argamassa colante que acompanha o produto, em todos os encaixes, nas áreas de contato entre peças, nos sulcos específicos para serem preenchidos e a utilização das travas para o corpo do equipamento. Se necessário deixe secar a argamassa dos primeiros blocos nivelados, para depois seguir adiante. 9- Iniciar a montagem do corpo do Fogão pelas laterais ( peças n 03 e 04 ) e assenta-las conforme figura 04 OBS: Utilize uma marreta de borracha para melhorar o assentamento das peças.

12 FIGURA Aplicar argamassa nas áreas indicadas conforme figura 05, em seguida assentar o fundo do fogão (peça 18). Obs: A aplicação desta argamassa colante é muito importante para prevenir eventual vazamento de fumaça. 11- Assentar a Coifa, Bloco e Dümper (peças n 17, 16 e 20 respectivamente), aplicando argamassa colante para a fixação das mesmas, conforme figura 06. FIGURA 06 Obs: Com o equipamento acompanha 1m de chaminé em blocos (máximo 04 blocos apoiados sobre a coifa.) 3ª ETAPA Limpar o excesso de argamassa com um pano úmido.! ATENÇÃO Risco de dano ao equipamento: Devido ao peso das peças, antes de instalar a chapa de ferro fundido do fogão, aguardar 48 horas para o processo de cura do equipamento; evitando o desnivelamento do conjunto e o rompimento da argamassa, que já está em processo de secagem. 13- Aplicar argamassa colante nas áreas indicadas conforme figura 07 para vedação do fogão e da chapa de ferro fundido. FIGURA 07 Obs. 6: A aplicação desta argamassa é muito importante para prevenir eventual vazamento de fumaça Assentar a chapa de Ferro fundido ( peça n 6) nos encaixes conforme figura 07- PRONTO! Seu kit já pode receber o acabamento. Aplicar argamassa colante nas áreas indicadas conforme figura 07 para vedação do forno e da chapa de ferro fundido.

13 MONTANDO O KIT PASSO A PASSO: A soma das áreas das aberturas dos 4 lados do chapéu deverá corresponder a pelo menos 3 vezes a área interna da Chaminé. F F Chapéu em laje armada com abas aberturas nos 04 lados FIGURA cm Alvenaria da chaminé com as mesmas dimensões internas do bloco. Reboco interno alvenaria a alvenaria da Chaminé Buraco na Laje Chaminé em Bloco Alvenaria da Edificação 4ª ETAPA MONTANDO A CHAMINÉ EXTERNA: 15- O chapéu terminal deverá ficar 30 cm acima de qualquer obstáculo que se encontre a menos de 6,00m de distância. (Exemplo: Cumeeira, caixa d água, árvores, parede,etc). conforme figura Caso haja necessidade da chaminé em bloco subir mais, circunde-a com alvenaria apoiada sobre a laje e nunca sobre o kit. 17- No caso de edificação com mais de um pavimento, apoiar os blocos sobre a primeira laje, para evitar recalque. Copyright 2005, Dobignies & Cia Ltda. Conheça nossa politica de uso das imagens, textos, manuais catálogos e produtos Dometal no site Aguarde 15 dias para todo o material secar naturalmente. Após a instalação e antes da utilização de seu kit, leia as instruções de cura, revestimento e garantia. COBERTURA / REVESTIMENTO: O Fogão Caipira estando montado, poderá receber o revestimento de sua preferência (não combustível). Ambiente externo: O Fogão Caipira deve ser protegido das intempéries por uma cobertura suficientemente grande para impedir que ele tome chuva e/ou umidade, sob o risco de choque térmico e perda de garantia. Ambiente interno: O Fogão Caipira já vem equipado com um bloco de arranque confeccionado em concreto refratário. O tubo de arranque tem dimensões externas de 23 x 14 cm e deverá ser acoplado a uma chaminé existente ou a executar. Se for de alvenaria deverá ter dimensões internas mínimas de 15 x15 cm com desempenamento do emboço interno.se a chaminé for metálica o diametro mínimo deverá ser de 14 cm,(a Dometal fornece como opcional tubo metálico bem como adaptador para encaixe ao tubo de arranque se houver necessidade). Ele poderá receber uma chaminé com até DUAS curvas de no máximo 45 graus sem comprometimento da tiragem de gases. O ideal é que a chaminé suba reta. O Fogão Caipira pode funcionar normalmente sem nenhum revestimento, desde que protegido das intempéries; terá maior rendimento se for isolado termicamente. ~ R Rua Rio São Luis, CEP Pinhais - Paraná Fone/fax: (41) ou Código Rev.03 - Manual:SETEMBRO/2010

Manual de Montagem MATERIAL PARA MONTAGEM: OPÇÕES DE CHAMINÉ: KIT S EM CONCRETO REFRATÁRIO PARA LAREIRA-LD 550/700 850/1000

Manual de Montagem MATERIAL PARA MONTAGEM: OPÇÕES DE CHAMINÉ: KIT S EM CONCRETO REFRATÁRIO PARA LAREIRA-LD 550/700 850/1000 R Manual de Montagem KIT S EM ONRETO REFRTÁRIO PR LREIR-L 550/00 50/1000 MTERIL PR MONTGEM: O kit é composto das seguintes peças: 1- locos 2- oifa 3- ümper (Regulador de Tiragem - metálico) 4- poio para

Leia mais

Antes de INSTALAR ou UTILIZAR seu equipamento, por favor, leia atentamente este manual. Temos a certeza que lhe será bastante útil. PARABÉNS!

Antes de INSTALAR ou UTILIZAR seu equipamento, por favor, leia atentamente este manual. Temos a certeza que lhe será bastante útil. PARABÉNS! Antes de INSTALAR ou UTILIZAR seu equipamento, por favor, leia atentamente este manual. Temos a certeza que lhe será bastante útil. PARABÉNS! Voce adquiriu um produto testado e aprovado por muitas construtoras

Leia mais

ECOFOGÃO MODELO CAMPESTRE 3. Manual de instalação, uso e manutenção.

ECOFOGÃO MODELO CAMPESTRE 3. Manual de instalação, uso e manutenção. ECOFOGÃO MODELO CAMPESTRE 3 Manual de instalação, uso e manutenção. Parabéns, ao adquirir o Ecofogão, você tem em mãos uma das tecnologias mais simples, eficiente e limpa atualmente disponível, para o

Leia mais

ESQUADRIAS MÉTODO EXECUTIVO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II

ESQUADRIAS MÉTODO EXECUTIVO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II E ESQUADRIAS MÉTODO EXECUTIVO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II MÉTODO EXECUTIVO Cuidados no Recebimento Formas de Instalação

Leia mais

Manual de Montagem Casa 36m²

Manual de Montagem Casa 36m² Manual de Montagem Casa 36m² cga -gerência de desenvolvimento da aplicação do aço Usiminas - Construção Civil INTRODUÇÃO Solução para Habitação Popular - é uma alternativa econômica, simples e de rápida

Leia mais

Aquecedor Solar Tubos de Vácuo.

Aquecedor Solar Tubos de Vácuo. Aquecedor Solar Tubos de Vácuo. Manual de instalação Ultrasolar Tel: (11) 3361 3328 Fax: (11) 3361 5810 www.ultrasolar.com.br Aquecedor Solar de Agua. Os aquecedores solares de água a vácuo Ultrasolar,

Leia mais

Yep. Nicho para Fogão 80/90-57cm. Partes do Produto. Componentes

Yep. Nicho para Fogão 80/90-57cm. Partes do Produto. Componentes Yep Partes do Produto Nicho para Fogão 80/90-57cm Tampo Vendido Separadamente - Lateral Direita/ Esquerda (x) - Fechamento Frontal (x) - Travessa Inferior (x) - Travessa Traseira (x) 5- Fechamento Lateral

Leia mais

FOLHETO TÉCNICO 1. CARACTERÍSTICAS

FOLHETO TÉCNICO 1. CARACTERÍSTICAS FOLHETO TÉCNICO As TELHAS PERKUS são produzidas com argila microgranulada conformada em prensas de grande capacidade de compactação, num processo de monoqueima em fornos a rolo, em temperaturas acima de

Leia mais

Lareira a lenha Tipo Gota

Lareira a lenha Tipo Gota Lareira a lenha Tipo Gota Manual de instalação, uso e manutenção. ÍNDICE APRESENTAÇÃO CONSIDERAÇÕES INICIAIS EQUIPAMENTO - LAREIRA A LENHA GOTA CUIDADOS INSTALAÇÃO DA LAREIRA DESENHOS TÉCNICOS SISTEMA

Leia mais

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS IFSC- JOINVILLE SANTA CATARINA DISCIPLINA DESENHO TÉCNICO CURSO ELETRO-ELETRÔNICA MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 2011.2 Prof. Roberto Sales. MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS A

Leia mais

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos Paredes internas Estrutura leve GESSO ACARTONADO Fixado em perfis de chapa de aço galvanizado (esqueleto de guias e montantes) Parede: chapas de gesso em uma ou mais camadas Superfície pronta para o acabamento

Leia mais

3 pás. Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes.

3 pás. Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. 3 pás Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. Com design diferenciado o Efyx Lunik3 é pré-montado.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA Orçamento Unidade Básica de Saúde - Fronteira Estrutura para o acesso e identificação do

Leia mais

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética REVESTIMENTO DE FACHADA Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética Documentos de referência para a execução do serviço: Projeto arquitetônico Projeto de esquadrias NR 18 20

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II 1 O PROJETO ASPECTOS IMPORTANTES PARA O ELETRICISTA

Leia mais

INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS

INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II ESGOTO SANITÁRIO 1 Conjunto de tubulações, conexões e

Leia mais

Telhas GraviColor. Beleza e modernidade para o seu projeto.

Telhas GraviColor. Beleza e modernidade para o seu projeto. Telhas GraviColor Telhas e Tijolos www.telhado.com Beleza e modernidade para o seu projeto. Telhas GraviColor Estilo, inovação e qualidade. As Telhas GraviColor chegam ao mercado trazendo o rústico com

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE CONSTRUÇÃO DE ESCRITÓRIO EM ARIQUEMES/RO.

PROJETO BÁSICO DE CONSTRUÇÃO DE ESCRITÓRIO EM ARIQUEMES/RO. UNID. QUANT. UNITÁRIO TOTAL CÓD. DEOSP 1. SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 1.2 Aquisição e assentamento de placas de obras pronta de 3,00 x 2,00 m, conforme modelo. Barracão de obra em chapa de madeira compensada

Leia mais

Projeto Arquiteto Marcio Campos POLYTEC.COM.BR

Projeto Arquiteto Marcio Campos POLYTEC.COM.BR Churrasqueiras, Fornos e Fogões Projeto Arquiteto Marcio Campos POLYTEC.COM.BR POLYTEC.COM.BR Soluçoes para área de lazer Especializada em churrasqueiras, fornos, fogões e lareiras, a Polytec é pioneira

Leia mais

2 - Instalação dos Módulos e Rede de Irrigação

2 - Instalação dos Módulos e Rede de Irrigação - Instalação dos Módulos e Rede de Irrigação APRESENTAÇÃO DO PRODUTO O WallGreen consiste em um sistema desenvolvido para a instalação de Jardins Verticais. O sistema é m o n t a d o f o r m a n d o n

Leia mais

FOLHETO TÉCNICO 1. CARACTERÍSTICAS

FOLHETO TÉCNICO 1. CARACTERÍSTICAS FOLHETO TÉCNICO As TELHAS PERKUS são produzidas com argila microgranulada conformada em prensas de grande capacidade de compactação, num processo de monoqueima em fornos a rolo, em temperaturas acima de

Leia mais

Construção de Edícula

Construção de Edícula Guia para Construção de Edícula Guia do montador Mais resistência e conforto para sua vida. As paredes com Placas Cimentícias Impermeabilizadas e Perfis Estruturais de Aço Galvanizado para steel framing

Leia mais

Crescendo com Você. Montagem de Sistemas

Crescendo com Você. Montagem de Sistemas Crescendo com Você Montagem de Sistemas Estocagem Armazene as chapas em local seco e abrigado. Transporte as chapas de duas em duas. Transporte as chapas na posição vertical. Os calços devem ter 5 cm de

Leia mais

Curso Aproveitamento de água de chuva em cisternas para o semi-árido 5 a 8 de maio de 2009. Construção de cisternas

Curso Aproveitamento de água de chuva em cisternas para o semi-árido 5 a 8 de maio de 2009. Construção de cisternas Curso Aproveitamento de água de chuva em cisternas para o semi-árido 5 a 8 de maio de 2009 Tema 3: Construção de cisternas Rodolfo Luiz Bezerra Nóbrega Universidade Federal de Campina Grande Financiadores:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada:

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada: PROJETO Nº 051/2013 Solicitação: Memorial Descritivo Tipo da Obra: Reforma, ampliação e adequação acesso Posto de Saúde Santa Rita Área existente: 146,95 m² Área ampliar: 7,00 m² Área calçadas e passeio:

Leia mais

Sistema de Paredes Trevo Drywall

Sistema de Paredes Trevo Drywall Nome da Empresa DADOS DO FABRICANTE Trevo Industrial de Acartonados S/A. Endereço Av.Josias Inojosa de Oliveira 5000 - Distrito Industrial do Cariri Juazeiro do Norte - CE - CEP 63045-010 Tel/Fax (88)

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais

KIT Porta IPUMIRIM. Manual técnico e instruções de instalação

KIT Porta IPUMIRIM. Manual técnico e instruções de instalação Manual técnico e instruções de instalação KIT Porta IPUMIRIM Este manual de instalação do Kit Faqueadas Ipumirim vai auxiliar e orientar construtores e consumidores com as informações necessárias com relação

Leia mais

MANUAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E CONSERVAÇÃO LINHA TÉCNICA COLEÇÃO MARUBO MADEPLAST PERGOLADOS

MANUAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E CONSERVAÇÃO LINHA TÉCNICA COLEÇÃO MARUBO MADEPLAST PERGOLADOS MANUAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E CONSERVAÇÃO LINHA TÉCNICA COLEÇÃO MARUBO MADEPLAST PERGOLADOS 1. Coleção Marubo... 02 2. Considerações antes de iniciar.... 06 3. Peças e Ferramentas... 07 4. Especificações

Leia mais

Vigas rígidas e resistentes, mais leves e fáceis de instalar.

Vigas rígidas e resistentes, mais leves e fáceis de instalar. Catálogo Técnico Vigas rígidas e resistentes, mais leves e fáceis de instalar. m a t e r i a i s p a r a c o n s t r u i r m e l h o r. Vigas leves de alta resistência A LP Viga I é fabricada pela LP Building

Leia mais

REVESTIMENTO DE GRANITO COM INSERTS METÁLICOS

REVESTIMENTO DE GRANITO COM INSERTS METÁLICOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE MATERIAIS E CONSTRUÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM CONSTRUÇÃO CIVIL REVESTIMENTO DE GRANITO COM INSERTS METÁLICOS MÔNICA DANTAS

Leia mais

TIPO ESP. LOCAL APLIC. 6mm Coberta da Cloaca

TIPO ESP. LOCAL APLIC. 6mm Coberta da Cloaca FABRICANTE Eternit TIPO ESP. LOCAL APLIC. Ondulada 6mm Coberta da Cloaca COR - As telhas serão de fibrocimento 6mm, Eternit ou equivalente técnico de procedência conhecida e idônea, textura homogênea,

Leia mais

MUITO MAIS QUE UM TELHADO. É EUROTOP!

MUITO MAIS QUE UM TELHADO. É EUROTOP! MUITO MAIS QUE UM TELHADO. É EUROTOP! CATÁLOGO DE PRODUTOS A Empresa EUROTOP - Uma empresa do Grupo Estrutural. Localizada em Itu - SP, possui duas unidades de produção, contando com a mais alta tecnologia

Leia mais

RECEITA PRÁTICA PARA UMA BOA INSTALAÇÃO

RECEITA PRÁTICA PARA UMA BOA INSTALAÇÃO RECEITA PRÁTICA PARA UMA BOA INSTALAÇÃO Madeiramento: Verifique se os ripões ou sarrafos foram bem fixados e distribuídos sobre os caibros com o espaçamento correto para o assentamento e fixação das telhas

Leia mais

Manual de instruções. Rampa de alinhamento

Manual de instruções. Rampa de alinhamento Manual de instruções Rampa de alinhamento Apresentação Primeiramente queremos lhe dar os parabéns pela escolha de um equipamento com nossa marca. Somos uma empresa instalada no ramo de máquinas para auto

Leia mais

Especificações 1- DESCRIÇÃO BÁSICA 2- TERRENO 3- FUNDAÇÃO

Especificações 1- DESCRIÇÃO BÁSICA 2- TERRENO 3- FUNDAÇÃO Especificações 1- DESCRIÇÃO BÁSICA As Casas Pré-Fabricadas em concreto PRATICASAREAL / PORTO REAL são instaladas em terreno plano compactado, com fundação direta por coluna e estruturada em colunas de

Leia mais

MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO

MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO Andaime Tubo Equipado...03 Acessórios...04 Modos e Pontos de Ancoragem...05 Dicas Importantes...07 Acesso dos Andaimes...08 Informações de Segurança...09 Fotos Obras...10 Atualização

Leia mais

ETERMAX. www.eternit.com.br. Eternit S.A. - R. Dr. Fernandes Coelho, 85-8º and. - São Paulo - SP - CEP 05423-040 - Tel.

ETERMAX. www.eternit.com.br. Eternit S.A. - R. Dr. Fernandes Coelho, 85-8º and. - São Paulo - SP - CEP 05423-040 - Tel. ETERMAX www.eternit.com.br Eternit S.A. - R. Dr. Fernandes Coelho, 85-8º and. - São Paulo - SP - CEP 05423-040 - Tel.: (11) 3038-3838 Qualidade aliada à versatilidade Atende às mais variadas soluções arquitetônicas,

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Empresa Atacadão Lazer Pré-Moldados é uma das maiores empresas brasileiras fabricantes de churrasqueiras, lareiras, fogões a lenha, fornos para pizzas e complementares produzidos em

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE MATERIAIS E SERVIÇOS.

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE MATERIAIS E SERVIÇOS. EMPREENDIMENTO: CONSTRUÇÃO DE QUADRA POLIESPORTlVA COBERTA PROPONENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUIZ GONZAGA. ÁREA DA UNIDADE: 906,06 m². LOCAL: Rua Gen. Portinho, Qd. 196 Bairro Duque de Caxias São

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BATENTES E PORTAS CORTA-FOGO

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BATENTES E PORTAS CORTA-FOGO INSTALAÇÃO DOS BATENTES A instalação dos batentes é simples porém, são necessários alguns cuidados básicos para obter uma porta em perfeitas condições: Para a fixação do batente, levantam-se as grapas

Leia mais

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas 10/11/2009 Carlos Chaves LOG Gestão de Obras Subsistemas Deus está nos detalhes Mies van der Rohe (1886-1969) Pavilhão alemão na Feira Mundial de Barcelona

Leia mais

Sobreposição das telhas: Verifique se as sobreposições laterais e longitudinais estão seguindo as especificações do Manual de Instalação.

Sobreposição das telhas: Verifique se as sobreposições laterais e longitudinais estão seguindo as especificações do Manual de Instalação. RECEITA PRÁTICA PARA UMA BOA INSTALAÇÃO Madeiramento: Verifique se os ripões ou sarrafos foram bem fixados e distribuídos sobre os caibros com o espaçamento correto para o assentamento e fixação das telhas

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMAS

MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMAS MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMAS ALTOSUL INDÚSTRIA DE EQUIPAMENTOS LTDA Fone /Fax (47) 3533-5330 Rua Presidente Nereu, 1300 Ituporanga-sc - Cep 88400-000 Sumario Sumario... 1 A Empresa... 2 Contatos... 2

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

CORTE C CO RTE A FIGURA A FIGURA B FIGURA C

CORTE C CO RTE A FIGURA A FIGURA B FIGURA C CORTE C CO RTE A FIGURA A FIGURA B FIGURA C 1 - Utilize a distribuição de tijolos conforme Figura A, intercalando-se as fiadas conforme a Figura B. Caso queira a churrasqueira com porta carvão (abertura

Leia mais

Complementos para telhas Brasilit

Complementos para telhas Brasilit Complementos para telhas Brasilit A mais completa linha de cumeeiras, rufos, espigões, arestas, cantoneiras, terminais, pingadeiras, tampões, calços, venezianas, claraboias e placas de vedação. TECNOLOGIA

Leia mais

Perfilados e acessórios

Perfilados e acessórios Perfilados e acessórios 936563 936511 frente e verso 936501 frente e verso 936551 Perfi l de aço perfi lado. Produzido em chapa de aço pré-galvanizado, por imersão a quente, ou galvanizado à fogo com excelente

Leia mais

Soluções para Alvenaria

Soluções para Alvenaria Aços Longos Soluções para Alvenaria BelgoFix Tela BelgoRevest Murfor BelgoFix Telas Soldadas Galvanizadas para Alvenaria BelgoFix : marca registrada da Belgo Bekaert Arames BelgoFix são telas soldadas

Leia mais

Perfil Empresarial. Rua José de Oliveira Ramos - Passos - MG Fone: 35 3536 1056 / Cel: 35 99296869 / E-mail: diretoria@ser.eng.br

Perfil Empresarial. Rua José de Oliveira Ramos - Passos - MG Fone: 35 3536 1056 / Cel: 35 99296869 / E-mail: diretoria@ser.eng.br Perfil Empresarial Rua José de Oliveira Ramos - Passos - MG Fone: 35 3536 1056 / Cel: 35 99296869 / E-mail: diretoria@ser.eng.br ÍNDICE I - A EMPRESA - HISTÓRICO - Conheça nossa empresa e um pouco de sua

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO Ampliação E.M.E.I. Manoel dos Santos Ribeiro Bairro José Alcebíades de Oliveira GENERALIDADES Execução por Empreitada Global O presente memorial

Leia mais

Walsywa Fixação para Construção Civil

Walsywa Fixação para Construção Civil Catálogo Técnico de Fixação Química A empresa: Serviços e Garantias Serviços A Walsywa mantém hoje a disposição dos clientes uma equipe de técnicos para assessorar e orientar a especificação adequada dos

Leia mais

GUIA TÉCNICO DE MONTAGEM

GUIA TÉCNICO DE MONTAGEM TELHAS DE FIBROCIMENTO FIBROTEX - ONDINA - ONDINA PLUS - ONDULADA - COLONIAL ONDA 50 - MAXIPLAC - KALHETA - KALHETA 49 - KALHETÃO 90 GUIA TÉCNICO DE MONTAGEM Indispensável para a montagem correta do telhado.

Leia mais

1/5. be-16. Bancada laboratório 2 CUBAS 50x40x25cm (L=180cm) eco. Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1 04/04/14

1/5. be-16. Bancada laboratório 2 CUBAS 50x40x25cm (L=180cm) eco. Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1 04/04/14 /5 2/5 3/5 4/5 DESCRIÇÃO Constituintes Tampo de granito polido (L=65cm, e=2cm), cinza andorinha ou cinza corumbá, com moldura perimetral (3,5x2cm) e frontão (7x2cm), conforme detalhe. Alvenaria de apoio

Leia mais

Manual de Instruções. Carreta Agrícola

Manual de Instruções. Carreta Agrícola Manual de Instruções Carreta Agrícola Parabéns! Você acaba de adquirir um produto de qualidade, desenvolvido com a mais alta tecnologia TRAPP. Este produto lhe proporcionará rapidez e eficiência nos trabalhos,

Leia mais

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I REVESTIMENTO DEFACHADA Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I FUNÇÕES DO REVESTIMENTO DE FACHADA Estanqueida de Estética CONDIÇÕES DE INÍCIO

Leia mais

MANUAL TÉCNICO. Segurança e Saúde no Trabalho ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR. Andaimes setembro/2012. Andaime Fachadeiro.

MANUAL TÉCNICO. Segurança e Saúde no Trabalho ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR. Andaimes setembro/2012. Andaime Fachadeiro. e MANUAL TÉCNICO ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR e ANDAIME TUBULAR Objetivo Estabelecer os procedimentos que devem ser obedecidos na liberação de montagem / desmontagem de andaimes com a finalidade de

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES

IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES Prof. Marco Pádua A cobertura é uma fase importante da edificação. Não só a questão estética deve ser considerada, como a escolha dos elementos, a posição

Leia mais

COBERTURAS COBERTURAS COBERTURAS COBERTURAS

COBERTURAS COBERTURAS COBERTURAS COBERTURAS R R R 1 Coberturas de telhado Tesoura de Pratt Tesoura de Howe Tesoura de Howe Tesoura de Pratt Tesoura Fink 2 Tesoura Fink Vigas treliçadas ou traves Viga Warren Viga Warren completa Viga de Town (Lattice)

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA 1 PRELIMINARES 1.1 Instalações do canteiro de obra vb 1,00 5.000,00 5.000,00 90,09 1.2 Placa de obra 2,00m x 3,00m, conforme orietações da administração vb 1,00 550,00 550,00 9,91 SUB TOTAL PRELIMINARES

Leia mais

INSTRUÇÕES DE MONTAGEM

INSTRUÇÕES DE MONTAGEM SUPORTE AIRON WALL M 100 SUPORTE AIRON WALL M 100/80 INSTRUÇÕES DE MONTAGEM Imagens ilustrativas / Imágenes Ilustrativas / Ilustrative Images hapa ase Suporte asculante Esquerdo Suporte asculante Direito

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DISTRITO DE CELINA/ALEGRE ES

MEMORIAL DESCRITIVO DISTRITO DE CELINA/ALEGRE ES MEMORIAL DESCRITIVO PAVIMENTAÇÃO E DRENAGEM DA RUA ANDRÉ MORELLI (PRINCIPAL) PAVIMENTAÇÃO E DRENAGEM DA RUA ANDRÉ MORELLI (CONTINUAÇÃO) PAVIMENTAÇÃO E DRENAGEM DA RUA PAULO AMITH PAVIMENTAÇÃO E DRENAGEM

Leia mais

EQ 7881. Manual de montagem, instalação e operação

EQ 7881. Manual de montagem, instalação e operação EQ 7881 Manual de montagem, instalação e operação 0 A Rampa para elevação e alinhamento de veículos EQ 7881 foi desenvolvida e fabricada para facilitar e auxiliar os trabalhos de alinhamento de direção,

Leia mais

ESTUFAS DE BAIXO CUSTO MODELO PESAGRO-RIO (Informe Técnico 29, ISSN 0101-3769)

ESTUFAS DE BAIXO CUSTO MODELO PESAGRO-RIO (Informe Técnico 29, ISSN 0101-3769) 1 ESTUFAS DE BAIXO CUSTO MODELO PESAGRO-RIO (Informe Técnico 29, ISSN 0101-3769) Marco Antonio de Almeida Leal Luiz Carlos Santos Caetano José Márcio Ferreira INTRODUÇÃO Atualmente existem várias atividades

Leia mais

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Banheiros Públicos Rincão do Segredo Local: Rua Carlos Massman - Rincão do Segredo Alm. Tam. do Sul-RS Proprietário: Município de Almirante Tamandaré do Sul / RS 1. O presente

Leia mais

Gesso Acartonado CONCEITO

Gesso Acartonado CONCEITO CONCEITO As paredes de gesso acartonado ou Drywall, são destinados a dividir espaços internos de uma mesma unidade. O painel é composto por um miolo de gesso revestido por um cartão especial, usado na

Leia mais

IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO

IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO Especificação Destinada Construção do Núcleo de Empresas Junior INTRODUÇÃO A execução dos serviços referente Construção do Núcleo de Empresas Junior, obedecerá

Leia mais

Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto

Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Knauf Folheto Técnico 2008 Paredes Knauf Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Estabilidade, resistência a impactos, proteção termoacústica e outras características inovadoras que não dividem

Leia mais

Anexo I. Caderno de Especificações Técnicas. Execução de Adaptações, Obras Civis e Instalações para Implantação de Grupo Motor Gerador

Anexo I. Caderno de Especificações Técnicas. Execução de Adaptações, Obras Civis e Instalações para Implantação de Grupo Motor Gerador Anexo I Caderno de Especificações Técnicas Execução de Adaptações, Obras Civis e Instalações para Implantação de Grupo Motor Gerador Porto Alegre/RS 1. Considerações Gerais Antes do início de quaisquer

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO FORNO ELÉTRICO PA R A SAUNA SECA

MANUAL DE INSTALAÇÃO FORNO ELÉTRICO PA R A SAUNA SECA MANUAL DE INSTALAÇÃO FORNO ELÉTRICO PA R A SAUNA SECA INTRODUÇÃO O forno para Sauna Seca SODRAMAR, foi senvolvido exclusivamente para você, que agora porá usufruir nosso autentico calor num ambiente totalmente

Leia mais

Placostil - Wall Paredes

Placostil - Wall Paredes 0 0 Placostil - Wall Paredes Conceitos Sistema Placostil Wall Paredes É um sistema de paredes de vedações internas constituídas por uma estrutura metálica de chapa de aço galvanizado, sobre a qual se aparafusam,

Leia mais

Alta produtividade Engenharia de projetos Qualidade assegurada Certificado de garantia Sigilo industrial Confiabilidade.

Alta produtividade Engenharia de projetos Qualidade assegurada Certificado de garantia Sigilo industrial Confiabilidade. Há mais de 46 anos no mercado, a Torcisão iniciou as suas atividades no desenvolvimento de materiais para a indústria automobilística, que exigia um rigoroso controle técnico e de qualidade. Em 2006, com

Leia mais

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil AULA 4 Gesso Acartonado Prof. Dr. Luiz Sergio Franco Escola Politécnica da USP Dep. de Engenharia de Construção Civil Construção

Leia mais

MANUAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E CONSERVAÇÃO LINHA TÉCNICA KIT PASSARELA TRILHAS ECOLÓGICAS

MANUAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E CONSERVAÇÃO LINHA TÉCNICA KIT PASSARELA TRILHAS ECOLÓGICAS MANUAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E CONSERVAÇÃO LINHA TÉCNICA KIT PASSARELA TRILHAS ECOLÓGICAS 1. Introdução... 2 1.1. O Kit Passarela... 2 1.2. Materiais... 3 1.2.1. Peças... 3 1.2.2. Acessórios... 4

Leia mais

SUPORT E AIRON CEILING DUO S B V22a INSTRUÇÕES DE MO NTAGEM

SUPORT E AIRON CEILING DUO S B V22a INSTRUÇÕES DE MO NTAGEM SUPORT E IRON CEILING DUO S B V22a INSTRUÇÕES DE MO NTGEM Imagens ilustrativas * TENÇÃO boa fixação do suporte no teto (quadro 02) é fundamental para a segurança do conjunto. ssim, chumbadores do tipo

Leia mais

manual TÉCNICO ANDAIME TUBULAR 2011 Andmax, todos os direitos reservados. Material de distribuição restrita, proibida reprodução total ou parcial.

manual TÉCNICO ANDAIME TUBULAR 2011 Andmax, todos os direitos reservados. Material de distribuição restrita, proibida reprodução total ou parcial. manual TÉCNICO ANDAIME TUBULAR Sumário Andaime Tubular...03 Montagem Especial...04 Acessórios...05 Modos e Pontos de Ancoragem...06 Dicas Importantes...07 Acesso dos Andaimes...08 Informações de Segurança...09

Leia mais

Instruções para instalação das pastilhas Rivesti com cola de contato

Instruções para instalação das pastilhas Rivesti com cola de contato Instruções para instalação das pastilhas Rivesti com cola de contato As pastilhas Rivesti são muito fáceis de instalar. Contudo, requerem alguns cuidados indispensáveis para que você obtenha o acabamento

Leia mais

Caixa Múltipla de Esgoto CAIXA DE GORDURA, CAIXA DE INSPEÇÃO E COMPLEMENTOS

Caixa Múltipla de Esgoto CAIXA DE GORDURA, CAIXA DE INSPEÇÃO E COMPLEMENTOS Caixa Múltipla de Esgoto CAIXA DE GORDURA, CAIXA DE INSPEÇÃO E COMPLEMENTOS Localização no Website Tigre: Obra Predial Esgoto CAIXA MÚLTIPLA ESGOTO Função: A linha Caixa Múltipla Esgoto completa a solução

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DIVISÃO DE MATERIAL DIM Maria Edite Jesus Brandão DIVISÃO DE MATERIAL

Leia mais

ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 4.1 APRESENTAÇÃO O presente memorial descritivo tem por finalidade determinar os detalhes de acabamento, tipo e a qualidade dos materiais a serem utilizados

Leia mais

1,40 m. 1,20 m. 3,35 m. 2,00 m. 0,30 m. 0,40 m. 0,15 m. Marco Rotário Modelo 1 TUBO DE AÇO GALVANIZADO - 1 - Rotary Club de SÃO PAULO - ÁGUA RASA

1,40 m. 1,20 m. 3,35 m. 2,00 m. 0,30 m. 0,40 m. 0,15 m. Marco Rotário Modelo 1 TUBO DE AÇO GALVANIZADO - 1 - Rotary Club de SÃO PAULO - ÁGUA RASA Marco Rotário Modelo 1 TUBO DE AÇO GALVANIZADO 1,40 m - 1 - RMW\ET-12\c:\arquivos\07\X0737.DOC em 14/07/2013 10:47 R-0 13/07/2013 DETALHE N 0 2 DETALHE N 0 3 0,15 m TRANSVERSINA 1 DETALHE N 0 2 DETALHE

Leia mais

Projeto para. Pavimentação de Calçamento. de Pedra Irregular. da Rua Cândida Correa Becker. dos Trechos Esquina Modesto Vargas. até Manoel Schumacker

Projeto para. Pavimentação de Calçamento. de Pedra Irregular. da Rua Cândida Correa Becker. dos Trechos Esquina Modesto Vargas. até Manoel Schumacker Projeto para Pavimentação de Calçamento de Pedra Irregular da Rua Cândida Correa Becker dos Trechos Esquina Modesto Vargas até Manoel Schumacker MONTE CARLO SC Janeiro de 2014 Proprietário: PREFEITURA

Leia mais

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 m² 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra

Leia mais

São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que levaria à derrubada de árvores para utilizar a madeira como combustível,

São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que levaria à derrubada de árvores para utilizar a madeira como combustível, TIJOLOS ECOLÓGICOS Casa construída com tijolos ecológicos Fonte: paoeecologia.wordpress.com TIJOLOS ECOLÓGICOS CARACTERÍSTICAS São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que

Leia mais

Cores sob encomenda. Cobertura Mediterrânea. Terracota Plus Mais lisa! Terracota Max Com toque de brilho! Galga Mediterrânea

Cores sob encomenda. Cobertura Mediterrânea. Terracota Plus Mais lisa! Terracota Max Com toque de brilho! Galga Mediterrânea Cobertura Mediterrânea Terracota Plus Mais lisa! Terracota Max Com toque de brilho! 1 4 8 4 9 6 2 5 7 3 1. 2. Meia Telha Mediterrânea 3. Final de Espigão 4. Tamanco 5. 6. Telha Mediterrânea de Ventilação

Leia mais

Comprimento...420 mm. Largura...330 mm. Telhas por m²...10,4 pçs. Peso médio por telha... 4,7 Kg. Distância máx entre ripas...

Comprimento...420 mm. Largura...330 mm. Telhas por m²...10,4 pçs. Peso médio por telha... 4,7 Kg. Distância máx entre ripas... Infomações Técnicas TELHAS As telhas de concreto CASA FORTE são do tipo Coppo Vêneto e são fabricadas em conformidade com a NBR 13.858-1 e atendem as especificações da NBR 13.858-2. Possuem encaixes perfeitos

Leia mais

Manual do impermeabilizador

Manual do impermeabilizador 1 Manual do impermeabilizador Preparação e aplicação em superfícies cimenticia Índice INTRODUÇÃO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO ESTATÍSTICAS NORMAS TÉCNICAS ELABORAÇÃO DO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO NBR

Leia mais

ANDAIME FACHADEIRO ANDAIME FACHADEIRO

ANDAIME FACHADEIRO ANDAIME FACHADEIRO e MANUAL TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO ANDAIME FACHADEIRO Trabalho em Altura Uma das principais causas de acidentes de trabalho graves e fatais se deve a eventos envolvendo quedas de trabalhadores de diferentes

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Engenharia Agrícola Projeto de Extensão. Fogão a Lenha sem Fumaça

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Engenharia Agrícola Projeto de Extensão. Fogão a Lenha sem Fumaça Universidade Federal de Viçosa Departamento de Engenharia Agrícola Projeto de Extensão Fogão a Lenha sem Fumaça Ilda de Fátima Ferreira Tinôco Marcos Oliveira de Paula Viçosa-MG 2001 Introdução Em 1980,

Leia mais

PROJETO DE CHURRASQUEIRA EM ALVENARIA

PROJETO DE CHURRASQUEIRA EM ALVENARIA Faz mais pelo seu churrasco! PROJETO DE CHURRASQUEIRA EM ALVENARIA Existem muitos modelos de churrasqueiras de alvenaria. Este projeto que recomendamos tem especialmente uma exaustão segura na maioria

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA.

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA. MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA. Dados da Obra: Endereço da obra: Rua Amazonas, nº512, Centro. Parte

Leia mais

Introdução...2. Acessórios para instalação...2. Vedação elétrica...2. Identificação do produto...2. Instalação em piscinas de vinil...

Introdução...2. Acessórios para instalação...2. Vedação elétrica...2. Identificação do produto...2. Instalação em piscinas de vinil... Introdução...2 Acessórios para instalação...2 Vedação elétrica...2 Identificação do produto...2 Instalação em piscinas de vinil...5 Instalação em piscinas de alvenaria...6 Instalação em piscinas de fibra...7

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SUBSTITUIÇÃO DA COBERTURA DA CASA DE PASSAGEM DO MUNICÍPIO DE CAÇADOR

MEMORIAL DESCRITIVO SUBSTITUIÇÃO DA COBERTURA DA CASA DE PASSAGEM DO MUNICÍPIO DE CAÇADOR MEMORIAL DESCRITIVO SUBSTITUIÇÃO DA COBERTURA DA CASA DE PASSAGEM DO MUNICÍPIO DE CAÇADOR 1 SUMÁRIO SUMÁRIO 2 MEMORIAL DESCRITIVO 3 I. DADOS FÍSICOS LEGAIS 3 II. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 3 III. SERVIÇOS

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO Item Código comprasnet Qtde Mínima Qtde Máxima Unidade Descrição do Item Valor Unitário Valor mínimo Valor Máximo 01 295318 450,00 860,00 m² Paredes em gesso acartonado

Leia mais

Shaping a lighter future. Manual de Montagem e Instalação

Shaping a lighter future. Manual de Montagem e Instalação Shaping a lighter future Manual de Montagem e Instalação Índice Geral Características Componentes Montagem 4 7 10 Características Perfis extrudados de alumínio Parafusos, porcas, arruelas e rebites Comprimento

Leia mais

FORMATO DA REDE. Basicamente existem dois formatos de rede: aberto ou em circuito fechado (anel). Formato Aberto: Formato Fechado:

FORMATO DA REDE. Basicamente existem dois formatos de rede: aberto ou em circuito fechado (anel). Formato Aberto: Formato Fechado: FORMATO DA REDE Basicamente existem dois formatos de rede: aberto ou em circuito fechado (anel). Formato Aberto: Quando não justifica fazer um anel, pode-se levar uma rede única que alimente os pontos

Leia mais

Introdução...2. Acessórios para instalação...2. Vedação elétrica...2. Instalação em piscinas de vinil...3. Instalação em piscinas de alvenaria...

Introdução...2. Acessórios para instalação...2. Vedação elétrica...2. Instalação em piscinas de vinil...3. Instalação em piscinas de alvenaria... Introdução...2 Acessórios para instalação...2 Vedação elétrica...2 Instalação em piscinas de vinil...3 Instalação em piscinas de alvenaria...4 Instalação em piscinas de fibra...5 Encaixe do conjunto refletor...6

Leia mais