Cenários Agrícolas: Soja e Milho 2013/14 e 2014/15

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cenários Agrícolas: Soja e Milho 2013/14 e 2014/15"

Transcrição

1 Cenários Agrícolas: Soja e Milho 2013/14 e 2014/15 Dezembro 2013

2 Soja

3 milhões ha Soja / EUA - Área Plantada e Produção Área Plantada (milhões ha) Produção (milhões de toneladas) 29,2 30,6 26,2 30,6 31,3 31,3 30,4 31,2 31, ,0 72,9 80,7 91,4 90,6 84,2 82,6 88,7 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 Fonte: USDA, Agroconsult

4 milhões ha Soja /Argentina - Área Plantada e Produção Área Plantada (milhões ha) Produção (milhões de toneladas) 15,6 16,1 16,9 17,8 19,0 18,3 18,9 19,4 20, ,8 46,2 32,0 54,5 49,0 40,1 49,3 55,0 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 USDA 20,0 Bol. Cereales 20,5 USDA 54,5 Fonte: USDA, Agroconsult

5 milhões ha Soja / Brasil - Área plantada Área Plantada (milhões ha) 22,8 20,7 21,3 21,7 23,5 24,2 25,0 27,7 29,6 CONAB 29,5 USDA 29,1 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 Fonte: CONAB, Agroconsult

6 Soja / Brasil Evolução de Plantio e Colheita Plantio 30-set 15-out 30-out 15-nov 30-nov 15-dez Total MT Oeste Médio Norte Sudeste Leste Outros Estados Brasil Dif MT 12/ Dif. BR 12/ Colheita 15-jan 30-jan 15-fev 28-fev 15-mar 30-mar Total MT Oeste Médio Norte Sudeste Leste Outros Estados Brasil Dif MT 12/ Dif. BR 12/ Fonte: Agroconsult

7 Soja / Brasil - Produtividade Produtividade (sacos/ha) 40,3 47,0 46,9 43,8 48,8 51,9 44,2 49,4 51,1 CONAB 51,0 USDA 50,4 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 Fonte: CONAB, Agroconsult

8 milhões ha Soja / Brasil - Produção Produção (milhões de toneladas) 55,0 58,4 60,0 57,2 68,7 75,3 66,4 82,2 90,7 CONAB 90,0 USDA 88,0 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 Fonte: CONAB, Agroconsult

9 mmt Soja / China Consumo e Importações Esmagadoras estão com margens positivas na China /06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 Consumo Consumption Importações Imports Fonte: USDA, Agroconsult

10 Soja / China - Estoques Finais e Rel. Estoque Uso Final Stocks (MMT) Estoques finais (mmt) Stock/Use Ratio (%) Rel. Estoque e Uso (%) 22% 22% 22% 10% 15% % 12 17% % 2 6% 3 8 Fonte: USDA, Agroconsult

11 Soja / Mundo Safra 2013/14 Produção e Consumo de Soja - Principais Países (mmt) Produção Consumo Estoque/ Uso 23% Estoque/ Uso 26% Estoque Inicial EUA BRA ARG Paraguai Outros Total China Outros Estoque Final Fonte: Agroconsult

12 Preço da Soja no mercado internacional (USD/bu) Soja / Mundo Preços CME ,6 13,8 13,6 12,7 14,2 14,8 14,6 12,9 12,5 12,0 11,5 11,7 11,0 Fonte: CME, Agroconsult

13 Soja / Brasil Custo de Produção (R$/ha) Sorriso-MT (Custos da Lavoura Insumos, Operações e Mão de Obra) % % % % % % Outros Others Labor Mão de obra Sementes Seeds Agrochemicals Defensivos Fertilizers Fertilizantes 2008/ / / / / /14 Fonte: Agroconsult

14 Soja / Brasil Custo de Produção (R$/ha) Londrina-PR (Custos da Lavoura Insumos, Operações e Mão de Obra) % 283 9% % % % Outros Others Labor Mão de obra Seeds Sementes Agrochemicals Defensivos Fertilizers Fertilizantes 2008/ / / / / /14 Fonte: Agroconsult

15 Soja / Brasil Rentabilidade em Sorriso (Mato Grosso) Produtividade (sacos/ha) Rentabilidade sobre Custo de Desembolso (R$/ha) Desembolso Desembolso + Depreciação Rentabilidade sobre o Custo Total (R$/ha) (Desembolso+ Depreciação+ Arrendamento) / / / / / / / /15 Fonte: Agroconsult

16 Soja / Brasil Rentabilidade em Londrina (Paraná) Produtividade (sc/ha) Desembolso Desembolso + Depreciação Rentabilidade sobre Custo de Desembolso (R$/ha) Rentabilidade sobre o Custo Total (R$/ha) (Desembolso+ Depreciação+ Arrendamento) / / / / / / / /15 Fonte: Agroconsult

17 Soja vs Milho / Mundo Relação de Preços e Decisão de Plantio 3,10 2,90 2,70 2,50 2,30 2,10 1,90 1,70 1,50 Soja Milho Q Q Q /13 Milho +3% Q Q Q Q /14 Milho +0% Q Q Q Q /15 Milho-5% Q Q Q Q Q Fonte: Agroconsult

18 Bilhões de litros Mandato de Misturas de Biocombustíveis nos EUA Provável Revisão para 2014 Risco para o Cenário de Milho em 2014 Possível menor demanda de milho para Etanol nos EUA 49 3,2 52 4,2 56 0,0 5, ,6 0,0 7,9 5,1 Atual Proposta da EPA 55 0,1 5,8 Etanol de Cana e Bidiesel 45,4 47,7 50,0 52,2 54,5 49, (P) Et. Celulósico Comb. Avançados Etanol Milho Fonte: RFA Etanol de cana e Biodiesel de óleo de soja são considerados combustíveis avançados pelo EPA (Environmental Protection Agency nos EUA.

19 Soja EUA / Área Plantada e Produção Área Plantada (milhões ha) Produção (milhões de toneladas) 29,2 30,6 26,2 30,6 31,3 31,3 30,4 31,2 31,0 32, ,0 72,9 80,7 91,4 90,6 84,2 82,6 88,7 93,6 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 Fonte: USDA, Agroconsult

20 milhões ha Soja Brasil / Área Plantada e Produção Área Plantada (milhões ha) Produção (milhões de toneladas) 22,8 20,7 21,3 21,7 23,5 24,2 25,0 27,7 29,6 30,0 55,0 58,4 60,0 57,2 68,7 75,3 66,4 82,2 90,7 93,2 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 Fonte: CONAB, Agroconsult

21 Soja Argentina / Área Plantada e Produção Área Plantada (milhões ha) Produção (milhões de toneladas) 15,6 16,1 16,9 17,8 19,0 18,3 18,9 19,4 20,5 19, ,8 46,2 32,0 54,5 49,0 40,1 49,3 55,8 53,8 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 Fonte: USDA, Agroconsult

22 Soja / Mundo Safra 2014/15 Produção e Consumo de Soja - Principais Países (mmt) Produção Consumo Estoque/ Use 26% Estoque/ Use 31% Beginning Stocks USA BRA ARG Paraguay Others Total China Others Final Stocks Fonte: Agroconsult

23 Soja / Brasil Relação de troca - Pacote (sacos/ha) - Mato Grosso Pacote = Fertilizante, Semente e Defensivo Custo (t) / Preço (t+1) 33,8 32,8 25,8 27,3 27,8 23,0 20,6 19,3 22,7 24,8 Fonte: Agroconsult

24 Soja / Brasil Rentabilidade em Sorriso (Mato Grosso) Produtividade (sacos/ha) Rentabilidade sobre Custo de Desembolso (R$/ha) Desembolso Desembolso + Depreciação Rentabilidade sobre o Custo Total (R$/ha) (Desembolso+ Depreciação+ Arrendamento) / / / / / / / /15 Fonte: Agroconsult

25 Soja / Brasil Rentabilidade em Londrina (Paraná) Produtividade (sc/ha) Desembolso Desembolso + Depreciação Rentabilidade sobre Custo de Desembolso (R$/ha) Rentabilidade sobre o Custo Total (R$/ha) (Desembolso+ Depreciação+ Arrendamento) / / / / / / / /15 Fonte: Agroconsult

26 Logística Principais Projetos 5 anos 2014 Pavimentação da BR-163 entre Guarantã do Norte/MT e Santarém/PA + Porto Fluvial de Miritituba/PA + Porto de Santana/AP Santarém Santana Vila do Conde Itaqui Legenda: Rodovia Ferrovia Hidrovia Cidade 2016 Porto Polos de Produção Porto Velho Ampliação da Ferrovia Norte-Sul até Estrela d Oeste e Vila do Conde + Construção e pavimentação da BR-080, entre a BR-158 (Ribeirão Cascalheira/MT) e Uruaçu/GO Itacoatiara Sorriso Querência Miritituba Alô Brasil Ribeirão Cascalheira Rio Verde Estrela d Oeste Marabá Uruaçu Rio Grande Balsas Colinas Unaí Catalão LEM Santos Paranaguá Uruçuí São Francisco do Sul 2015 Pavimentação da BR-158 entre Villa Rica/MT e Alô Brasil/MT + Porto Fluvial de Marabá/PA + Porto de Vila do Conde/PA Fonte: DNIT, PAC, VALE, ALL, Ministério dos Transportes. Elaborated by Agroconsult

27 Logística Novos Projetos no Estado do MT (Região Norte) MT Sorriso Break Even de Soja (USD/bu) Principais rotas: Porto de Santos e Paranaguá 6,9 1,9 2,9 1,0 12,8 0,4 0,8 13,9 12,0 Sorriso Santos Paranaguá Fazenda Arrend.Frete Doméstico Negoc./ Operac.Custo FOB Espera (diesel, Demurrage) Frete Intern.CIF - China CIF - China (no land) Nova Rota: BR Porto de Miritituba + Porto de Santarem ou Santana Tapajós / Amazonas Miritituba Santarém BR-163 Santana 6,9 1,9 2,1 1,0 11,9 0,1 Redução de 27% Redução de 25% (8%) 0,8 12,8 10,9 Sorriso Fazenda Arrend.Frete Doméstico Negoc./ Operac.Custo Espera FOB (diesel, Demurrage) Frete Intern.CIF - China CIF - China (no land) Fonte: (IMEA, Cargonave, AEDATA) Elaborado por: Agroconsult

28 Logística Competitividade da Soja no Brasil U.S. / IOWA Break Even de Soja (USD/bu) 1,0 1,0 13,1 0,06 1,2 14,4 5,1 Davenport St. Louis 6,0 9,3 Mississippi New Orleans On Farm Costs Land Rent Dom. Freight Trading/ Operational ARG Norte de BS. AS Break Even de Soja (USD/bu) FOB COST Waiting (Oil, Demurrage) Inter. Freight CIF - China COST CIF - China COST (no land) Junín Rosário 4,0 4,7 0,6 3,8 13,1 0,10 1,4 14,6 35% Taxa de Export. 9,9 On Farm Costs Land Rent Dom. Freight Trading/ Operational FOB COST Waiting (Oil, Demurrage) Inter. Freight CIF - China COST CIF - China COST (no land) Fonte: (USDA, Margenes Agropecuarias, Iowa State, Reuters) Elaborado por: Agroconsult

29 Milho

30 Milho / Brasil Área Plantada Milho Verão Safra13/14 Área Plantada (mi ha) 9,3 3,2 7,7 7,6 7,6 2,7 2,9 2,4 6,8 2,1 6,4 2,2 NO/NE CONAB 6,4 6,1 5,0 4,7 5,2 4,7 4,2 CS 2008/ / / / / /14 Fonte: CONAB, Projeção: Agroconsult

31 Milho / Brasil Produtividade Milho Verão Safra13/14 Produtividade (sc/ha) CONAB / / / / / /14 Fonte: CONAB, Projeção: Agroconsult

32 Milho / Brasil Produção Milho Verão Safra13/14 Produção (mmt) 33,7 34,1 34,9 33,9 34,8 5,3 4,7 5,9 4,5 3,9 32,0 4,9 28,4 29,4 29,0 29,4 30,9 27,1 CONAB 32,6 2008/ / / / / /14 Fonte: CONAB, Projeção: Agroconsult

33 Milho / Brasil - Evolução do Pendoamento da 1ª Safra Pendoamento do Milho (%) 2011/ / /14 68% 66% 48% 62% 88% 81% 99% 100% 90% 97% 25% 42% 19% 13% 1ª quin Nov 2ª quin Nov 1ª quin Dez 2ª quin Dez 1ª quin Jan 2ª quin Jan 1ª quin Fev Fonte: Agroconsult

34 Milho / Brasil Área Plantada Safrinha Safra 13/14 Área Plantada (mm ha) 6,2 5,3 4,9 0,7 0,3 0,5 4,6 4,8 5,4 7,6 0,6 7,0 9,0 9,2 0,8 0,8 8,2 8,3 NO/NE CS 2008/ / / / / /14 Fonte: CONAB, Projeção: Agroconsult

35 Milho / Brasil Produtividade Safrinha Safra 13/14 Produtividade (sc/ha) / / / / / /14 Fonte: CONAB, Projeção: Agroconsult

36 Milho / Brasil Produção Safrinha Safra 13/14 Produção (mmt) 39,1 1,5 47,4 2,6 44,1 2,8 17,3 0,6 21,9 22,5 0,9 1,6 37,6 44,8 41,4 16,7 21,1 20,8 2008/ / / / / /14 Fonte: CONAB, Projeção: Agroconsult

37 Safrinha MT Safra 2012/2013 Levantamento da Agrosatélite Total = 3,56 mi ha Levantamento feito por município. Milho Segunda Safra

38 Milho / Brasil Área Plantada e Produção Safra Total de Milho 14/15 Área Plantada (mi ha) Produção (mmt) 14,2 4,9 13,1 13,8 5,3 6,2 15,2 15,8 15,6 15,4 7,6 9,0 9,2 9,3 2nd Crop Safrinha 51,0 56,0 57,4 17,3 21,9 22,5 73,0 39,1 82,2 47,4 76,0 79,7 43,9 47,7 9,3 7,7 7,6 7,6 6,8 6,4 6,1 1st Verão Crop 33,7 34,1 34,9 33,9 34,8 32,0 32,0 2008/ / / / / / / / / / / / / /15 Fonte: CONAB, Projeção: Agroconsult

39 Milho / EUA - Área Plantada e Produção Área Plantada (milhões ha) Produção (milhões de toneladas) 33,1 31,7 37,9 34,8 35,0 35,7 37,2 39,3 38, Fonte: USDA

40 Milho / Argentina - Área Plantada e Produção Área Plantada (milhões ha) Produção (milhões de toneladas) 2,4 2,8 3,4 2,5 3,0 3,8 3,6 4,0 3, USDA 3,5 Bol. Cereales 3,3 USDA 26,0 Fonte: USDA, Projeção: Agroconsult

41 Milho / China - Área Plantada e Produção Área Plantada (milhões ha) Produção (milhões de toneladas) 26,4 28,5 29,5 29,9 31,2 32,5 33,5 35,0 35, Fonte: USDA

42 Milho / Ucrânia - Área Plantada e Produção Área Plantada (milhões ha) Produção (milhões de toneladas) 1,7 1,7 1,9 2,4 2,1 2,6 3,5 4,4 4, Fonte: USDA

43 mmt Milho/ Mundo - Importação China e Outros Importação de Milho (mmt) Others Outros China Fonte: USDA, Prespectiva : Agroconsult

44 Milho / Mundo Safra 2013/14 Principais Países Produção de milho e Consumo (mmt) Produção Consumo Estoque/ Use 21% Estoque /Use 23% Estoque inicial EUA China BRA ARG Ucrânia Outros Total EUA China EU BRA Japão + Coréia Outros Estoque Final Fonte: Agroconsult

45 Preço do Milho no mercado internacional (USD/bu) Milho / Mundo Preços CME ,7 7,3 7,0 6,2 6,4 6,1 7,8 7,4 7,1 6,5 4,9 4,4 4,5 4,5 4,5 4,8 Fonte: CME, Agroconsult

46 Milho / EUA Área e Produção Área (milhões ha) Produção (milhões ton) % -5% 34 30% % Fonte: USDA. Elaboração: Agroconsult

47 mmt Milho/ Mundo - Importação China e Outros Importação de Milho (mmt) Others Outros China Fonte: USDA, Perspectiva : Agroconsult

48 Milho / Mundo Safra 2014/15 Principais Países Produção e Consumo de milho (mmt) Produção Consumo Estoque/ Uso 23% Estoque /Uso 23% Estoque inicial EUA China BRA ARG Ucrânia Outros Total EUA China EU BRA Japão + Coréia Outros Estoque Final Fonte: Agroconsult

49 mmt Milho / Mundo - Principais Países Exportadores (mmt) Principais Países Exportação de milho (mmt) / / / / / / / /15 USA BRA UKR ARG Fonte: Agroconsult

50 mmt Milho / Brasil Exportação (Jan-Dez) 26,3 19,8 22,6 6,4 7,8 10,8 9, Fonte: SECEX, Agroconsult

51 mmt Milho / Brasil Consumo de Milho ,3 43,8 7,9 7,4 1,8 1,9 4,5 4,7 4,5 4,5 10,1 11,1 58,0 48,5 49,4 51,1 52,8 54,8 9,0 2,4 7,9 7,9 8,4 8,5 8,7 5,1 1,9 2,0 2,0 2,2 2,2 4,7 4,5 4,6 4,7 4,9 4,4 4,9 6,0 7,1 7,9 9,0 11,3 11,5 11,8 11,7 12,0 12,7 Outros Ovos Leite Bovinos Suínos ,6 16,2 18,3 18,6 18,3 18,6 19,0 19, Aves Fonte: SECEX,Agroconsult

52 Milho / Brasil Oferta e Demanda JAN-DEZ MT (Jan-Dez) EI 3,0 4,3 3,2 0,7 3,5 5,7 Produção 8,1 8,1 7,6 15,6 21,1 18,7 Consumo 2,6 2,3 3,0 3,4 3,8 4,2 Exportação 5,1 6,8 6,1 9,1 14,9 12,2 Transf 0,9-0,1-1,0-0,3-0,2-0,3 EF 4,3 3,2 0,7 3,5 5,7 7,7 EF Maio (t+1) 2,3 0,4-0,6-1,8 1,9 3,2 Brasil (menos MT) EI 11,8 8,7 6,9 8,5 8,7 10,0 Produção 42,9 47,9 49,8 57,4 61,1 57,3 Importação 1,1 0,5 0,7 0,8 0,5 0,5 Consumo 43,7 46,2 46,4 47,6 49,1 50,6 Exportação 2,7 4,0 3,4 10,7 11,4 10,3 Transf -0,9 0,1 1,0 0,3 0,2 0,3 EF 8,7 6,9 8,5 8,7 10,0 7,2 Rel Est./ Uso 19% 14% 17% 15% 17% 12% Fonte: CONAB e Agroconsult

53 Milho 2ª Safra / Rentabilidade Mato Grosso (R$/ha) Produtividade (sc/ha) Desembolso Desembolso + Depreciação Rentabilidade sobre Custo de Desembolso (R$/ha) Rentabilidade + Apoio Gov. (R$/ha) Apoio Gov. Desembolso Fonte: Agroconsult

54 Milho 1ª Safra / Rentabilidade Paraná Alta Tec. Produtividade (sc/ha) Rentabilidade sobre Custo de Desembolso (R$/ha) Desembolso Desembolso + Depreciação Rentabilidade sobre o Custo Total (R$/ha) (Desembolso+ Depreciação+ Arrendamento) / / / / / / / / / / / / / / / /15 Fonte: Agroconsult

55 Perspectivas para os Mercados Agrícolas 2012/

Cenário Agrícola. André Pessôa Outubro/2013

Cenário Agrícola. André Pessôa Outubro/2013 Cenário Agrícola Safra 2013/14 André Pessôa Outubro/2013 Soja Soja/ EUA - Áreaplantadae Produção Área Plantada (milhões ha) Produção (milhões de toneladas) 29 30 26 30 31 31 30 31 31 84 87 73 81 91 91

Leia mais

Perspectivas para as Safras 14/15 e 15/16

Perspectivas para as Safras 14/15 e 15/16 BrasilAgro Day 2014 Perspectivas para as Safras 14/15 e 15/16 18 de Dezembro de 2014 Soja Soja/EUA Oferta e Demanda (milhões de toneladas) 107,7 80,7 91,5 90,7 84,3 82,8 91,4 Est. Finais 48,1 50,7 48,4

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Índice 1 - Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 1.1 Agronegócio Soja 1.2 Agronegócio Milho 1.3 Agronegócio Algodão 1.4 Agronegócio Boi 2 Competitividade 2.1 Logística

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PROJETO OBJETIVOS

APRESENTAÇÃO DO PROJETO OBJETIVOS APRESENTAÇÃO DO PROJETO OBJETIVOS REDUZIR A ASSIMETRIA DE INFORMAÇÃO NO MERCADO AVALIAR AS CONDIÇÕES DA SAFRA 2014/15 DE SOJA E MILHO NO BRASIL APRESENTAÇÃO DO PROJETO FORMATO 95 MIL KM PERCORRIDOS 135

Leia mais

Cenários de Soja e Milho para 2013. Novembro 2012

Cenários de Soja e Milho para 2013. Novembro 2012 Cenários de Soja e Milho para 2013 Novembro 2012 Milho milhões t. Milho / EUA - Produção Expectativa inicial (Pré-Plantio) 376 282 268 331 307 333 316 314 (104) 272 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11

Leia mais

Perspec8vas para a agropecuária brasileira para os próximos cinco anos

Perspec8vas para a agropecuária brasileira para os próximos cinco anos www.imea.com.br Perspec8vas para a agropecuária brasileira para os próximos cinco anos Daniel Latorraca Superintendente Agenda Visão da cadeia de grãos nos últimos 10 anos Visão da pecuária nos últimos

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

Associação Brasileira dos Produtores de Soja

Associação Brasileira dos Produtores de Soja Associação Brasileira dos Produtores de Soja De acordo com o 5 Levantamento de safra 2015/16, publicado em fevereiro pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), a área plantada deve crescer 3,6%

Leia mais

MANUAL PRÁTICO DA CULTURA DA SOJA 17/06/2015

MANUAL PRÁTICO DA CULTURA DA SOJA 17/06/2015 MANUAL PRÁTICO DA CULTURA DA SOJA 17/06/2015 Índice O panorama do complexo soja O mercado mundial da soja O mercado da soja em Mato Grosso Principais rotas de escoamento da soja no Estado Como se formam

Leia mais

CONJUNTURA MENSAL MAIO

CONJUNTURA MENSAL MAIO SOJA - MATO GROSSO CONJUNTURA MENSAL MAIO ANO 1 Nº1 O mercado de soja tem observado movimentação de queda em seus preços, decorrente principalmente das evoluções no lado da oferta, tanto em âmbito nacional

Leia mais

CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA OS INVESTIMENTOS PRIVADOS NO CORREDOR BR-163 RIO TAPAJÓS. Florianópolis 23-06-2015

CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA OS INVESTIMENTOS PRIVADOS NO CORREDOR BR-163 RIO TAPAJÓS. Florianópolis 23-06-2015 CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA OS INVESTIMENTOS PRIVADOS NO CORREDOR BR-163 RIO TAPAJÓS Florianópolis 23-06-2015 BR 155 Fonte: IMEA HIDROVIA HIDROVIA POTENCIAL FERROVIA FERROVIA PROJETO RODOVIA PAVIMENTADA

Leia mais

CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 30/11/2015

CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 30/11/2015 SOJA - MATO GROSSO CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 30/11/2015 ANO 1 Nº9 O ritmo intenso de plantio da soja em Mato Grosso ao longo de todo o mês de novembro contribuiu para que a marca de 95,6% fosse atingida

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ARROZ NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ARROZ NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ARROZ NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

GIRASSOL Período: Julho de 2012

GIRASSOL Período: Julho de 2012 GIRASSOL Período: Julho de 2012 QUADRO I PREÇOS PAGO AO PRODUTOR (R$ 60/Kg) Centro de Referência Un Período Anteriores Período atual Variação (%) Julho/11 Julho/12 Preços Mínimos (60/Kg) Centro Sul 60

Leia mais

O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO

O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO A cultura da soja apresenta relevante importância para a economia brasileira, sendo responsável por uma significativa parcela na receita cambial do Brasil, destacando-se

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MILHO NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MILHO NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MILHO NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

FERTILIZANTES HERINGER S/A

FERTILIZANTES HERINGER S/A FERTILIZANTES HERINGER S/A 4,5 bilhões de anos Área + de 51 BILHOES de hectares 71% H2O Somente 3% agua doce +- 15 bilhoes de hectares de terra + de 1 BILHÃO HECTARES PLANTADOS 6.6 BILHOES HABITANTES Previsão

Leia mais

SEAB Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento DERAL - Departamento de Economia Rural. MILHO PARANENSE - SAFRA 2013/14 Novembro de 2013

SEAB Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento DERAL - Departamento de Economia Rural. MILHO PARANENSE - SAFRA 2013/14 Novembro de 2013 MILHO PARANENSE - SAFRA 2013/14 Novembro de 2013 A estimativa para a 1ª safra de milho, temporada 2013/14, aponta uma redução de aproximadamente 180 mil hectares, que representa um decréscimo de 23% em

Leia mais

UM ANO 4, 10EM JANEIRO UM ANO US$ US$ OUTUBRO 27/10/2016 PERSPECTIVAS PARA O MERCADO DE SOJA E MILHO EM 2016/17

UM ANO 4, 10EM JANEIRO UM ANO US$ US$ OUTUBRO 27/10/2016 PERSPECTIVAS PARA O MERCADO DE SOJA E MILHO EM 2016/17 PERSPECTIVAS PARA O MERCADO DE SOJA E MILHO EM 2016/17 FERNANDO MURARO JR. Engenheiro agrônomo e analista de mercado da AgRural Commodities Agrícolas SINDIADUBOS CURITIBA (PR), 27/out/16 US$ R$ UM ANO

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

Esalq a vista 148,77-0,77 149,54

Esalq a vista 148,77-0,77 149,54 COTAÇÕES AGRÍCOLAS SEMANAL SEMANA: 52 sexta-feira, 23 de dezembro de 216 BOI (contrato 33@) - Em R$/@ Esalq a vista 148,77 -,77 149,54 dez/16 149,59 -,12 149,5 149,99 1 2.59 149,71-39,6 jan/17 149,5 1,1

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Índice 1 - Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 1.1 Agronegócio Soja 1.2 Agronegócio Milho 1.3 Agronegócio Algodão 1.4 Agronegócio Boi 2 Competitividade 2.1 Logística

Leia mais

Atualmente lavouras da Região Centro-Sul, principalmente Guarapuava e União da Vitória, estão sendo afetadas pela estiagem.

Atualmente lavouras da Região Centro-Sul, principalmente Guarapuava e União da Vitória, estão sendo afetadas pela estiagem. Data : 11/03/2004 Hora : Título: Milho Fonte: Autor: Vera da Rocha Matéria: Apesar dos problemas climáticos no Paraná, ou seja, chuvas irregulares e mal distribuídas desde o início do ano, a produção da

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PROJETO

APRESENTAÇÃO DO PROJETO PATROCÍNIO APOIO REALIZAÇÃO APRESENTAÇÃO DO PROJETO Objetivos Avaliar as condições da safra 2013/14 de soja e milho no Brasil; Reduzir a assimetria de informação no mercado; Em 2014 o Rally foi a campo

Leia mais

TRIGO Período de 27 a 30/07/2015

TRIGO Período de 27 a 30/07/2015 TRIGO Período de 27 a 30/07/205 Tabela I - PREÇO PAGO AO PRODUTOR (em R$/60 kg) Centro de Produção Unid. 2 meses Períodos anteriores mês (*) semana Preço PR 60 kg 34,43 34,35 34,45 34,42 Semana Atual Preço

Leia mais

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO JOÃO CRUZ REIS FILHO SECRETÁRIO DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Brasília/DF JULHO DE 2015 22 CENÁRIO POPULACIONAL

Leia mais

Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins

Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins Novembro 2015 1 Logística 2 Logística 3 Logística 4 Logística 5 Logística 6 Logística 7 Logística 8 Logística 9 Modais Comparativo

Leia mais

CONJUNTURA DO MERCADO DE MANDIOCA E DERIVADOS NO BRASIL

CONJUNTURA DO MERCADO DE MANDIOCA E DERIVADOS NO BRASIL CONJUNTURA DO MERCADO DE MANDIOCA E DERIVADOS NO BRASIL 1 SEMESTRE/2011 Fábio Isaías Felipe Pesquisador do Cepea/ESALQ/USP E-mail: fifelipe@esalq.usp.br Fone: 55 19 3429-8847 Fax: 55 19 3429-8829 http://www.cepea.esalq.usp.br

Leia mais

CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 31/03/2016

CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 31/03/2016 SOJA - MATO GROSSO CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 31/03/2016 ANO 2 Nº17 A colheita praticamente finalizada em Mato Grosso e o recuo do dólar têm contribuído para o movimento de baixa dos preços, mesmo com a

Leia mais

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

CONJUNTURA QUINZENAL 01 A 15/02/2016

CONJUNTURA QUINZENAL 01 A 15/02/2016 SOJA - MATO GROSSO CONJUNTURA QUINZENAL 01 A 15/02/2016 ANO 2 Nº14 A colheita avança e começa a derrubar os preços da soja em Mato Grosso. De acordo com dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária

Leia mais

INSTITUTO MATOGROSSENSE DE ECONOMIA AGROPECUÁRIA IMEA CUSTO DE PRODUÇÃO EFETIVO DA SOJA SAFRA 09/10

INSTITUTO MATOGROSSENSE DE ECONOMIA AGROPECUÁRIA IMEA CUSTO DE PRODUÇÃO EFETIVO DA SOJA SAFRA 09/10 INSTITUTO MATOGROSSENSE DE ECONOMIA AGROPECUÁRIA IMEA CUSTO DE PRODUÇÃO EFETIVO DA SOJA SAFRA 09/10 Visando balizar de forma mais precisa todos os estudos que envolvem o custo de produção, e diante das

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Índice 1 - Conceito de Agronegócio e a atuação do Imea 2 - Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 2.1 Agronegócio Soja 2.2 Agronegócio Milho 2.3 Agronegócio Algodão

Leia mais

Levantamento de Custos de Produção de Cascavel PR

Levantamento de Custos de Produção de Cascavel PR Levantamento de Custos de Produção de Cascavel PR Os produtores de Cascavel se reuniram no dia 29/06, para realizar o levantamento de custos de produção de grãos para o projeto Campo Futuro, uma iniciativa

Leia mais

BOLETIM DO MILHO Nº 13

BOLETIM DO MILHO Nº 13 BOLETIM DO MILHO Nº 13 COMERCIALIZAÇÃO O acompanhamento semanal de safras do DERAL indica que foram comercializadas, no Paraná, até o momento, 10,4 milhões de toneladas de milho, o que representa 73% da

Leia mais

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA SOJA AGOSTO/2008

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA SOJA AGOSTO/2008 Instituto Mato Grossense de Economia Agrícola RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA SOJA AGOSTO/2008 Presindente: Rui Carlos Ottoni Prado Superintendente: Seneri Kernbeis Paludo Equipe Técnica: Anamaria Gaudencio Martins,Daniel

Leia mais

14º Congresso Brasileiro do Agronegócio ABAG. "Agronegócio Brasileiro, Produção 365 Dias " Alexandre Mendonça de Barros

14º Congresso Brasileiro do Agronegócio ABAG. Agronegócio Brasileiro, Produção 365 Dias  Alexandre Mendonça de Barros 14º Congresso Brasileiro do Agronegócio ABAG "Agronegócio Brasileiro, Produção 365 Dias " Alexandre Mendonça de Barros 03 de Agosto de 2015 1 Índice Contexto atual: conjuntura e estrutura Fatores de risco

Leia mais

O Mercado Mundial de Commodities. Palestrante: André Pessôa (Agroconsult) Debatedor: André Nassar (Icone)

O Mercado Mundial de Commodities. Palestrante: André Pessôa (Agroconsult) Debatedor: André Nassar (Icone) O Mercado Mundial de Commodities Palestrante: André Pessôa (Agroconsult) Debatedor: André Nassar (Icone) Um mercado em desequilíbrio: choque de demanda Relação Estoque/Uso (soja, milho, trigo e arroz)

Leia mais

SUCO DE LARANJA NOVEMBRO DE 2016

SUCO DE LARANJA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SUCO DE LARANJA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

CENÁRIO DO TRIGO PARA O BRASIL

CENÁRIO DO TRIGO PARA O BRASIL CENÁRIO DO TRIGO PARA O BRASIL EDSON CSIPAI BUNGE ALIMENTOS S.A. 25-10-2010 A importância do TRIGO no CUSTO dos negócios... Moinho de Trigo 80% Indústria de Macarrão 85% A formação do preço do trigo...

Leia mais

Conjuntura de soja 2013. Leonardo Amazonas Analista de Mercado - Conab Engº Agrônomo

Conjuntura de soja 2013. Leonardo Amazonas Analista de Mercado - Conab Engº Agrônomo Conjuntura de soja 2013 Leonardo Amazonas Analista de Mercado - Conab Engº Agrônomo -A diminuição da receita de exportação se deve à queda de 4,9% do índice de preços, devido ao recuo das cotações de

Leia mais

CAFÉ NOVEMBRO DE 2016

CAFÉ NOVEMBRO DE 2016 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAFÉ NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

O TRIGO NO BRASIL E NO MUNDO CADEIA DE PRODUÇÃO, TRANSFORMAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO

O TRIGO NO BRASIL E NO MUNDO CADEIA DE PRODUÇÃO, TRANSFORMAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO O TRIGO NO BRASIL E NO MUNDO CADEIA DE PRODUÇÃO, TRANSFORMAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO Prof José Roberto Canziani DERE/UFPR Profª Vania Di Addario Guimarães DERE/UFPR Agosto - 2009 SEQUÊNCIA DA APRESENTAÇÃO

Leia mais

Bilhões de Pessoas. Cenário Global. Fonte: ONU (dez/2010). Elaboração:FIEP-Deagro

Bilhões de Pessoas. Cenário Global. Fonte: ONU (dez/2010). Elaboração:FIEP-Deagro Maringá(PR) 18.05.2012 Bilhões de Pessoas Cenário Global Demanda População Mundial Mundial por Alimentos Fonte: ONU (dez/2010). Elaboração:FIEP-Deagro Cenário Global Urbanização 1,34 bi hab. 1,2 bi hab.

Leia mais

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA BOVINOCULTURA FEVEREIRO / 2009

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA BOVINOCULTURA FEVEREIRO / 2009 Instituto Mato Grossense de Economia Agrícola RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA BOVINOCULTURA FEVEREIRO / 2009 Presidente: Rui Carlos Ottoni Prado Superintendente: Seneri Kernbeis Paludo Elaboração: Otávio L. M.

Leia mais

SOJA Período: 11 a 15/05/ meses mês semana. Períodos anteriores. Paridade Exportação Centro de Referência Unid Efetivo (1)

SOJA Período: 11 a 15/05/ meses mês semana. Períodos anteriores. Paridade Exportação Centro de Referência Unid Efetivo (1) SOJA Período: 11 a 15/05/2015 Centro de Produção Quadro I - PREÇO PAGO AO PRODUTOR (em R$) Unid Períodos anteriores 12 1 1 meses mês semana Média mercado Semana atual Composto atacado Preço Mínimo SORRISO-MT

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

TRIGO Período de 25 a 29/04/2016

TRIGO Período de 25 a 29/04/2016 TRIGO Período de 25 a 29/04/206 Tabela I - PREÇO PAGO AO PRODUTOR (em R$/60 kg) Centro de Produção Unid. 2 meses Períodos anteriores mês (*) semana Preço PR 60 kg 33,89 40,3 4,45 4,60 Semana Atual Preço

Leia mais

Evento: O Agronegócio e o Comércio Mundial. Agronegócio Brasileiro: Atualidade e Desafio

Evento: O Agronegócio e o Comércio Mundial. Agronegócio Brasileiro: Atualidade e Desafio Evento: O Agronegócio e o Comércio Mundial Agronegócio Brasileiro: Atualidade e Desafio São Paulo, 22 de Setembro de 2015 Parece que estamos decolando ECONOMIA A BRASILEIR Agronegócio - Balança Comercial

Leia mais

A CRISE ATUAL: RISCOS E OPORTUNIDADES PARA O CENTRO-OESTE BRASILEIRO. Geraldo Barros Cepea/Esalq/USP

A CRISE ATUAL: RISCOS E OPORTUNIDADES PARA O CENTRO-OESTE BRASILEIRO. Geraldo Barros Cepea/Esalq/USP GB A CRISE ATUAL: RISCOS E OPORTUNIDADES PARA O CENTRO-OESTE BRASILEIRO Geraldo Barros Cepea/Esalq/USP A MACROECONOMIA O CRESCIMENTO DE LONGO PRAZO BRASIL,1850-2008 10 9 8 GB 7 6 5 4 PIB 3 2 1 PIB PC 0

Leia mais

É mesmo R$ 17,00 R$ 16,50 R$ 15,50 R$ 15,00 R$ 14,50 R$ 14,00

É mesmo R$ 17,00 R$ 16,50 R$ 15,50 R$ 15,00 R$ 14,50 R$ 14,00 Milhões de toneladas BOLETIM SEMANAL Milho - Análise É mesmo A PACIÊNCIA PODE SER UMA VIRTUDE: Os números do último levantamento de comprometimento do milho matogrossense, realizado pelo Imea, apresentaram

Leia mais

55º Fórum Nacional de Secretários de Planejamento INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA

55º Fórum Nacional de Secretários de Planejamento INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA 55º Fórum Nacional de Secretários de Planejamento INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA Salvador/BA, 06 de Setembro de 2013 PREMISSA BÁSICA O setor de Transportes como catalisador do desenvolvimento nacional Estruturando

Leia mais

Perspectivas para os mercados de soja e milho.

Perspectivas para os mercados de soja e milho. Perspectivas para os mercados de soja e milho www.intlfcstone.com Aviso Legal A negociação de derivativos, tais como futuros, opções e swaps pode não ser adequada para todos os investidores. A negociação

Leia mais

Soja - Produtividade Esperada 18,50 sacas por hectare

Soja - Produtividade Esperada 18,50 sacas por hectare AGRITOUR 2012 Cidades: Chicago-IL, Maumee-OH, Defiance-OH, Paulding-OH, Muncie-OH, Lebanon-IN, Crawfordsville-IN, Champaign-IL, Le Roy-IL, Peoria-IL, Davenport-IA, Muscatine-IA, Wilton-IA, Iowa City-IA,

Leia mais

Dlt Dalton Carlos Heringer CEO e Membro do Conselho. Diretor de Controladoria e de Relações com Investidores. 12 de Março de 2009

Dlt Dalton Carlos Heringer CEO e Membro do Conselho. Diretor de Controladoria e de Relações com Investidores. 12 de Março de 2009 Visão Geral Da Companhia Dlt Dalton Carlos Heringer CEO e Membro do Conselho Wilson Rio Mardonado d Diretor de Controladoria e de Relações com Investidores 12 de Março de 2009 Mercado Mundial de Fertilizantes

Leia mais

Maio/16. Oportunidade em Infraestrutura no Brasil...

Maio/16. Oportunidade em Infraestrutura no Brasil... Maio/16 Oportunidade em Infraestrutura no Brasil... Infraestrutura Oferta A infraestrutura Brasileira está aquém das economias mais relevantes do mundo e América Latina... Fórum Econômico Mundial: Relatório

Leia mais

Versão 21 Mai 14 IMPACTOS DO PNPB

Versão 21 Mai 14 IMPACTOS DO PNPB Versão 21 Mai 14 IMPACTOS DO PNPB Aspectos mais relevantes das Externalidades Positivas do PNPB (Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel) e Impactos na Progressão da Mistura. Programa Nacional

Leia mais

BOLETIM SEMANAL 77,5 72,5

BOLETIM SEMANAL 77,5 72,5 Soja - Análise BOLETIM SEMANAL FUTURA DIFERENÇA: Os preços no mercado futuro da soja estão menores comparados ao preço disponível, no entanto, continuam atrativos a contar que 58,6% da produção da safra

Leia mais

Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária RETROSPECTIVA DE 2012 E PERSPECTIVAS PARA 2013

Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária RETROSPECTIVA DE 2012 E PERSPECTIVAS PARA 2013 Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária RETROSPECTIVA DE 2012 E PERSPECTIVAS PARA 2013 dezembro, 2012 Índice 1. Algodão 2. Soja 3. Milho 4. Boi Gordo 5. Valor Bruto da Produção ALGODÃO Mil toneladas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

Agronegócio. Realidade e Perspectivas Foco no ARROZ. Araranguá SC, Fevereiro de 2014 Vlamir Brandalizze. 41 3379 8719 brandalizze@uol.com.

Agronegócio. Realidade e Perspectivas Foco no ARROZ. Araranguá SC, Fevereiro de 2014 Vlamir Brandalizze. 41 3379 8719 brandalizze@uol.com. Agronegócio Realidade e Perspectivas Foco no ARROZ Araranguá SC, Fevereiro de 2014 Vlamir Brandalizze 41 3379 8719 brandalizze@uol.com.br GRÃOS Produção (milhões de T. USDA - Fevereiro de 2014; Projeções

Leia mais

Milho Perspectivas do mercado 2011/12

Milho Perspectivas do mercado 2011/12 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA Milho Perspectivas do mercado 2011/12 março de 2012 Milho - Oferta e Demanda - Mundo milhões de t. Safras 2008/09 2009/10

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM GUARAPUAVA-PR

CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM GUARAPUAVA-PR CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM GUARAPUAVA-PR Foi realizado no dia 10 de julho de 2012 em Guarapuava (PR), o painel de custos de produção de grãos. A pesquisa faz parte do Projeto Campo Futuro da Confederação

Leia mais

Audiência Pública Senado Federal

Audiência Pública Senado Federal Audiência Pública Senado Federal Pedro de Camargo Neto Presidente Abipecs 12 de julho de 2012 Distribuição Geográfica da Suinocultura Estado Part. % 2009 RS 19,3 SC 25,1 PR 17,0 5,6% SP 5,0 MG 13,7 MT

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE MILHO - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Janeiro/2015

CUSTO DE PRODUÇÃO DE MILHO - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Janeiro/2015 MATO GROSSO - Janeiro/2015 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso 333.627 1.548.845 530.231 201.169 664.932 3.278.803 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.241,80 R$ 1.148,62 R$

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE MILHO - SAFRA 2016/2017 MATO GROSSO - Março/2016

CUSTO DE PRODUÇÃO DE MILHO - SAFRA 2016/2017 MATO GROSSO - Março/2016 MATO GROSSO - Março/2016 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso 357.536 1.585.024 583.054 209.446 750.982 3.486.042 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.397,93 R$ 1.282,86 R$ 1.292,30

Leia mais

Análise da evolução dos preços de milho no Brasil

Análise da evolução dos preços de milho no Brasil Introdução Análise da evolução dos preços de milho no Brasil Michele Souza Freitas (1), Rubens Augusto de Miranda (2), João Carlos Garcia (3) Segundo a Conab, na safra 2014/15, dos 202,3 milhões de toneladas

Leia mais

LSPA. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Dezembro de Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no ano civil

LSPA. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Dezembro de Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no ano civil Diretoria de Pesquisas Coordenação de Agropecuária Gerência de Agricultura LSPA Dezembro de 2013 Levantamento Sistemático da Produção Agrícola Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas

Leia mais

CUSTOS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA

CUSTOS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA CUSTOS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA Os dados e análises deste relatório são de autoria de pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, e fazem parte do projeto Ativos

Leia mais

SOBRE COMERCIALIZAÇÃO DE ARROZ

SOBRE COMERCIALIZAÇÃO DE ARROZ CICLO DE PALESTRAS E DEBATES SOBRE COMERCIALIZAÇÃO DE ARROZ E TRIGO NO BRASIL Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado Federal Flávio Turra Gerente Técnico e Econômico da Ocepar fturra@ocepar.org.br

Leia mais

Edição 37 (Março2014)

Edição 37 (Março2014) Edição 37 (Março2014) Cenário Econômico: PIB brasileiro cresce 2,3% em 2013 e chega a R$ 4,8 trilhões A economia brasileira cresceu 0,7% no quarto trimestre de 2013, na comparação com os três meses anteriores,

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Dezembro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Dezembro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Dezembro 2013 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM 2013 Exportações A contabilização como exportação de três plataformas de petróleo e gás somou

Leia mais

ALHO 2011/12 MARCO ANTONIO LUCINI

ALHO 2011/12 MARCO ANTONIO LUCINI ALHO Perspectivas Safra 2011/12 MARCO ANTONIO LUCINI Perspectivas Safra 2011/12 IMPORTAÇÕES PRODUÇÃO NACIONAL CENÁRIOS POSSÍVEIS Importações em 2009 TOTAL - milhões cx 20,00 15,00 10,00 5,00-15,17/ano

Leia mais

BOLETIM ANUAL DO MERCADO DE GRÃOS: MILHO SAFRA 2008 / 2009 Maio de 2008

BOLETIM ANUAL DO MERCADO DE GRÃOS: MILHO SAFRA 2008 / 2009 Maio de 2008 BOLETIM ANUAL DO MERCADO DE GRÃOS: MILHO SAFRA 2008 / 2009 Maio de 2008 Mercado Internacional Em 2007, a produção anual de milho atingiu quase 720 milhões de tonelada (Tabela 1), quando os Estados Unidos,

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Janeiro/2015

CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Janeiro/2015 MATO GROSSO - Janeiro/2015 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso 1.448.440 3.365.849 1.710.450 668.615 1.914.651 9.108.005 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.513,57 R$ 1.611,79

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Novembro/2014

CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Novembro/2014 MATO GROSSO - Novembro/2014 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso 1.448.440 3.365.849 1.710.450 668.615 1.914.651 9.108.005 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.437,49 R$ 1.612,95

Leia mais

PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS

PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS Potencial Agrícola e de Mercado no Brasil para Biocombustíveis e Biodiesel Centro de Tecnologia Mineral - CETEM Cia. Nacional de Abastecimento - Conab ÂNGELO BRESSAN

Leia mais

Sorgo Período: junho de 2016

Sorgo Período: junho de 2016 Sorgo Período: junho de 2016 Quadro I: Preços pagos ao produtor Centro de Produção UF Unidade Média de Mercado 12 1 meses (a) mês (b) Mês atual (c) Preço mínimo Var % (c/a) Verde GO 60kg 21,42 24,56 27,73

Leia mais

Título da Palestra: O que fazer para garantir a melhor comercialização da minha soja? Palestrante: Seneri Kernbeis Paludo

Título da Palestra: O que fazer para garantir a melhor comercialização da minha soja? Palestrante: Seneri Kernbeis Paludo Título da Palestra: O que fazer para garantir a melhor comercialização da minha soja? Palestrante: Seneri Kernbeis Paludo Instituto t Mt Mato grossense de Economia Agropecuária Quem somos Um instituto

Leia mais

CUSTOS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA

CUSTOS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA CUSTOS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA Os dados e análises deste relatório são de autoria de pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, e fazem parte do projeto Ativos

Leia mais

Oportunidades para o Fortalecimento da Indústria Brasileira de Fertilizantes

Oportunidades para o Fortalecimento da Indústria Brasileira de Fertilizantes Oportunidades para o Fortalecimento da Indústria Brasileira de Fertilizantes Marcelo Alves Pereira, Bunge Fertilizantes Novembro - 2009 Estimativas da ONU indicam que a população mundial em 2050 será de

Leia mais

CONSIDERAÇÕES FINAIS

CONSIDERAÇÕES FINAIS RESUMO Resumo de tudo o que é relevante para o mercado de soja Click para mais info Dados de projeções da USDA para o mundo Click para mais info BRASIL Dados de projeções da CONAB para o Brasil Click para

Leia mais

Milho: preços elevados mesmo com super-safra norte-americana

Milho: preços elevados mesmo com super-safra norte-americana Milho: preços elevados mesmo com super-safra norte-americana Super-safra norte-americana Em seu boletim de oferta e demanda mundial de setembro o Usda reestimou para cima suas projeções para a safra 2007/08.

Leia mais

RELATÓRIO SITUAÇÃO DA BR - 242

RELATÓRIO SITUAÇÃO DA BR - 242 RELATÓRIO SITUAÇÃO DA BR - 242 Junho/2013 1. Introdução O Movimento Pró-Logística que reúne as entidades: Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso APROSOJA, Associação dos Produtores

Leia mais

Soja Análise da Conjuntura Agropecuária MUNDO SAFRA 2014/15

Soja Análise da Conjuntura Agropecuária MUNDO SAFRA 2014/15 Soja Análise da Conjuntura Agropecuária Novembro de 2014 MUNDO SAFRA 2014/15 Devido ao aumento das cotações nas últimas safras, principalmente na comparação com o milho, o cultivo da soja vem aumentando

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 15º Seminário Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 30 de Novembro de

Leia mais

Pecuária Evolução e inserção tecnológica

Pecuária Evolução e inserção tecnológica Pecuária Evolução e inserção tecnológica Maurício Palma Nogueira, engenheiro agrônomo HISTÓRICO E TENDÊNCIA DA PECUÁRIA - Mercado de bezerros explica a história da pecuária - Queda gradual nas margens

Leia mais

SIMPÓSIO HIDROVIAS DE MATO GROSSO 22-11-2012 CUIABÁ-MT

SIMPÓSIO HIDROVIAS DE MATO GROSSO 22-11-2012 CUIABÁ-MT SIMPÓSIO HIDROVIAS DE MATO GROSSO 22-11-2012 CUIABÁ-MT SIMPÓSIO HIDROVIAS DE MATO GROSSO 22-11-2012 CUIABÁ-MT Abertura Carlos Henrique Baqueta Fávaro Pres. Aprosoja Movimento Pró Logística Hidrovias de

Leia mais

INFORME RURAL ETENE Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste - ETENE Ambiente de Estudos, Pesquisas e Avaliação - AEPA

INFORME RURAL ETENE Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste - ETENE Ambiente de Estudos, Pesquisas e Avaliação - AEPA Ano VI Novembro de 2012 Nº 02 INFORME RURAL ETENE Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste - ETENE Ambiente de Estudos, Pesquisas e Avaliação - AEPA ANÁLISE ECONÔMICA DA CULTURA DO GIRASSOL

Leia mais

Brasília,26 de novembro de SETOR SUCROALCOOLEIRO

Brasília,26 de novembro de SETOR SUCROALCOOLEIRO Brasília,26 de novembro de 2015. SETOR SUCROALCOOLEIRO Açúcar: Avaliação de Oferta e Demanda Mundial F o n t e : U S D A Superávit/Déficit Global S&D Safra 15/16 (base Out-Set) Produção / Demanda Balanço

Leia mais

A Agricultura do Brasil e do Paraná

A Agricultura do Brasil e do Paraná Governo do Estado do Paraná A Agricultura do Brasil e do Paraná Políticas Públicas para a Produção de Biodiesel Orlando Pessuti Vice-Governador Abril/2007 BRASIL 5º Maior país do mundo PIB de US$ 1,0 trilhão

Leia mais

Soja-Comercialização Safra 2011/12 e Cenario 2012/13. NILVA CLARO COSTA nilva.claro@conab.gov.br

Soja-Comercialização Safra 2011/12 e Cenario 2012/13. NILVA CLARO COSTA nilva.claro@conab.gov.br Soja-Comercialização Safra 2011/12 e Cenario 2012/13 NILVA CLARO COSTA nilva.claro@conab.gov.br Comercialização Safra-2011/12 60,00 55,00 50,00 45,00 40,00 35,00 30,00 25,00 20,00 S oja Grã o P re ços

Leia mais

Biodiesel: Panorama e perspectivas. 23 de Abril 2014 Cuiabá - MT

Biodiesel: Panorama e perspectivas. 23 de Abril 2014 Cuiabá - MT Biodiesel: Panorama e perspectivas 23 de Abril 2014 Cuiabá - MT 1 Sumário Tecnologias de produção; A biomassa na matriz energética; Capacidade agrícola brasileira; Histórico do PNPB; Mercado; Novo marco

Leia mais

BOLETIM SEMANAL R$ 47,20. 22-jun R$ 151,95

BOLETIM SEMANAL R$ 47,20. 22-jun R$ 151,95 4-jun 6-jun 11-jun 13-jun 15-jun 19-jun 21-jun 4-jun 6-jun 8-jun 10-jun 12-jun 14-jun 16-jun 18-jun 20-jun 22-jun BOLETIM SEMANAL Análise Estatística de Algodão NOVA SAFRA CHEGANDO: A área plantada de

Leia mais

VP Negócios Emergentes SN Agronegócios. Crédito Rural

VP Negócios Emergentes SN Agronegócios. Crédito Rural VP Negócios Emergentes SN Agronegócios Crédito Rural Agronegócio no Brasil fonte: SECEX/MDIC PIB Brasil 2013 R$ 4.838 bi Agronegócios R$ 1.020 bi * 21.08% US$ Bilhões 300 250 200 Exportações Brasileiras

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR DO TOCANTINS 1º Trimestre 2016

COMÉRCIO EXTERIOR DO TOCANTINS 1º Trimestre 2016 1. BALANÇA COMERCIAL DO TOCANTINS 97.051.268 Exportação Importação O Saldo da Balança Comercial (exportação importação) se manteve positivo, sendo 67% superior ao mesmo período de 55.371.631 2015. 25.178.948

Leia mais

Resultados de 2015 Perspectivas para Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio

Resultados de 2015 Perspectivas para Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Resultados de 2015 Perspectivas para 2016 Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Agronegócio na Balança Comercial 300 250 37,9% 37,1% 39,5% 41,3% 43,0% 45,9% 50% 45% 40% 200 35% 30% US$ Bilhões

Leia mais

REPLANTIO E ALTA DO DÓLAR AUMENTAM CUSTO DA SOJA 14/15

REPLANTIO E ALTA DO DÓLAR AUMENTAM CUSTO DA SOJA 14/15 NOVEMBRO - ANO 6 - EDIÇÃO REPLANTIO E ALTA DO DÓLAR AUMENTAM CUSTO 66 DA SOJA 14/15 A safra 2014/15 de soja mal começou em Mato Grosso, mas já dá sinais de que custará mais que o previsto até recentemente.

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA "LUIZ DE QUEIROZ"

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ O conteúdo deste arquivo foi elaborado pela equipe Cepea no início de março/2008. Neste arquivo: Produtores de Mato Grosso deixam de ganhar até 38% Vendas antecipadas diminuem lucro do produtor Colheita

Leia mais

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ DACEC Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ Comentários referentes ao período entre 03/05/2013 a 09/05/2013 Prof. Dr. Argemiro Luís Brum 1 Prof. Ms.

Leia mais