Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 1/30

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Documento Controlado Impresso em 09/08/2012 - Revisão 01 1/30"

Transcrição

1 2012 Manual do Sistema OS Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 21/03/2012 Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 1/30

2 Sumário 1. Conceito do Software Identificação para entrada no sistema Área administrativa Cadastro de institutos Cadastro de centros Cadastro dos operadores Cadastro dos parâmetros Cadastro da tabela PB5- Contratos Relatório do CSPS Área do operador Acesso ao sistema Cadastro do cliente Cadastro do contato Operações com os contratos Liberação do contrato Área do cliente Controle de Revisões Aprovação... Erro! Indicador não definido. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 2/30

3 1. Conceito do Software A OS Ordem de Serviço - é um sistema simplificado para formalizar da prestação de Serviços. Este sistema foi desenvolvido com dois focos principais: a) Diminuir a inadimplência com a formalização da contratação dos serviços entre Cliente, Instituto e Fundepag. b) Diminuir a incidência dos créditos não identificados na FUNDEPAG. Para a entrada no sistema o usuário deverá acessar o endereço: ou acessar o link disponível no Portal da Fundepag. O sistema é composto por 3 áreas: A) Área Administrativa área específica para uso da Fundepag, onde o sistema recebe todas as informações básicas para o seu funcionamento e onde são registrados os usuários que acessam como operadores (funcionários dos institutos). B) Área do Operador área de uso do Instituto, onde são registrados os clientes, contatos e os contratos. C) Área do Cliente área para uso dos clientes, onde são aprovados os contratos de forma eletrônica. 2. Identificação para entrada no sistema O sistema permite a entrada de 03 tipos de usuários: Administrativo, Operador e Clientes. Ver a definição de cada tipo no item Conceito do Software. A classificação do tipo do usuário depende da seleção através dos botões apresentados na imagem abaixo: Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 3/27

4 Após a seleção do tipo do usuário, faz-se necessário a identificação para acessar o sistema: Após a digitação do login e senha, clique no botão entrar para acessar o sistema. Para selecionar os outros tipos de acesso, basta clicar em cliente, ou operador. 3. Área administrativa Área específica para uso da FUNDEPAG, onde o sistema recebe todas as informações básicas para o seu funcionamento e onde são registrados os usuários que acessam como operadores. Estão disponíveis as seguintes opções: Institutos Centros Operadores Parâmetros Tabela PB5-Contratos Relatórios WS Sair 3.1. Cadastro de institutos Opção para o cadastro dos institutos que poderão acessar o sistema. Por meio das opções apresentadas na imagem abaixo, podemos cadastrar um instituto, ou excluir os ítens selecionados. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 4/27

5 O cadastro do instituto é formado pelos seguintes campos: Código do instituto deverá ser atribuído o mesmo código do ERP. Nome do instituto campo livre para a identificação do instituto Cadastro de centros Opção para o cadastro dos centros dos institutos que poderão acessar o sistema. Por meio das opções apresentadas na imagem abaixo, podemos cadastrar um centro, ou excluir os itens selecionados. O cadastro do centro é formado pelos seguintes campos: Identificação do instituto seleção do instituto a qual pertence o centro. Código do centro deverá ser atribuído o mesmo código do ERP. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 5/27

6 Nome do centro campo livre para a identificação do centro Cadastro dos operadores Opção para o cadastro dos operadores dos institutos/centros que poderão acessar o sistema. Por meio das opções apresentadas na imagem abaixo, podemos cadastrar um operador, ou excluir os selecionados. O cadastro do operador é formado pelos seguintes campos: Identificação do instituto/centro seleção do instituto a qual pertence o operador. Login do operador nome do operador. Senha do operador atribuição da senha, que deverá ser formada por no mínimo de 4 dígitos Cadastro dos parâmetros Opção para o cadastro dos parâmetros para funcionamento do sistema. O principal parâmetro é o de saída, para os avisos do sistema. O cadastro dos parâmetros é formado pelos seguintes campos: SMTP endereço do SMTP de saída do dos avisos. do envio endereço do que será o distribuidor dos avisos. de cancelamento endereço que receberá o aviso de cancelamento. Senha senha para liberação do de saída dos avisos. de recusa 1 que receberá o aviso da recusa. de recusa 2 segundo que receberá o aviso da recusa. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 6/27

7 3.5. Cadastro da tabela PB5- Contratos Opção para o cadastro dos contratos com a APTA, que dão base para a geração dos OS por instituto e centro. O cadastro dos contratos é formado pelos seguintes campos: Identificação do instituto/centro seleção do instituto a qual pertence o contrato. Contrato código do contrato informado no ERP Relatório da OS Relatório para análise das OS registradas no sistema. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 7/27

8 Os filtros para a emissão do relatório são: Instituto Identificação do instituto Centro Identificação do centro do instituto OS de Código da OS inicial OS até Código da OS final Data da criação de Data inicial para o filtro Data da criação até Data final para o filtro Data de aceite de Data inicial para o filtro Data de aceite até Data final para o filtro Data do cancelamento de Data inicial para o filtro Data do cancelamento até - Data final para o filtro Data da liberação de - Data inicial para o filtro Data da liberação até - Data final para o filtro Situação Situação do contrato: Todos, Pendentes, ou Aceitos Aprovação Eletrônica, manual, ou todas. Forma de pagamento: Boleto, Cartão de crédito, Cheque, Dinheiro, Nota de Empenho, Depósito, ou DOC/TED. Tipo de relatório: analítico ou sintético. A área administrativa através da opção WS, possibilita que o gestor da FUNDEPAG, possa visualizar as trocas de informações que o WebService realiza com o ERP - sistema de gestão empresarial da FUNDEPAG. 4. Área do operador Área específica para uso do Instituto, onde é realizado o cadastro do contratante (cliente), do contato e do contrato. Cliente é o contratante dos serviços a serem prestados pela Fundepag por meio do executor, o Instituto. O contrato com o Instituto FUNDEPAG, poderá ser celebrado com pessoa jurídica ou física. Contato é quem assina pelo cliente (contratante), seja, o responsável legal, para formalizar os contratos com pessoa jurídica. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 8/27

9 4.1. Acesso ao sistema O acesso ao sistema é controlado por meio de login e senha. Para os novos acessos, basta solicitar à área de negócios da FUNDEPAG. O perfil estabelecido para cada tipo de usuário, permitirá diferentes tipos de visualizações, tais como: dados completos dos contratos, do instituto e centro a qual este pertence Cadastro do cliente Antes de cadastrar um cliente, o usuário deverá certificar-se de que este ainda não faz parte da base do sistema. O cadastro do cliente é compartilhado, ou seja, todos os institutos e centros o visualizam, portanto, pode ser que um outro centro, ou até mesmo outro instituto já tenha cadastrado este cliente. Somente a FUNDEPAG consegue alterar os dados de um cliente cadastrado. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 9/27

10 Para pesquisar se um cliente já faz parte da base do sistema, o usuário deverá realizar pesquisa pelo CPF/CNPJ, ou pelo nome do cliente. A pesquisa pelo nome é por aproximação, ou seja, não se faz necessário o preenchimento completo do nome. Quanto mais próximo, mais preciso será o retorno dos dados. O retorno da pesquisa pode ser mais de um registro, portanto o usuário deverá visualizar os dados apresentados e selecionar através da barra na cor verde, onde está escrito Clique aqui para lançar um contrato para o cliente acima. A inclusão do cliente é realizada por meio do formulário abaixo.. Diante de eventual erro no cadastro, somente a FUNDEPAG poderá alterar os dados. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 10/27

11 Os campos obrigatórios estão apresentados com um * em vermelho antes do nome. Os campos para a inclusão do cliente são: Tipo do cliente Pessoal física ou jurídica. CPF ou CNPJ o campo depende do tipo do cliente selecionado. Nome do cliente nome completo. Nome reduzido nome reduzido para apresentação nos relatórios. CEP Endereço com o número incluso. Estado Município Bairro Telefone Telefone celular FAX Cadastro do contato O cadastro do contato representa quem terá autoridade no cliente para assinar os contratos. É obrigatório no caso de clientes pessoa jurídica. Antes de cadastrar um contato, tenha certeza de que ele não faz parte da base do sistema. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 11/27

12 A pesquisa do contato pode ser pelo nome, ou pelo . O retorno da pesquisa no caso do nome é por aproximação, ou seja, serão apresentados todos os contatos que tenham o nome similar. Só é possível alterar a senha do contato, os demais dados somente a FUNDEPAG é quem pode realizar. Para selecionar o contato desejado, clique na tarja verde, onde está escrito Clique aqui para alterar a senha. O registro do contato é obrigatório para o caso de pessoa jurídica. Os campos obrigatórios possuem um * em vermelho antes do nome. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 12/27

13 Os campos para o preenchimento são: CPF Nome do contato CEP Endereço com o número Bairro Estado Município Telefone residencial Telefone comercial 1 Telefone comercial 2 Telefone celular FAX Operações com os contratos O cadastro do contrato possibilita uma série de operações que são: Ver os dados dos clientes Lançar um contrato Solicitar o aceite Visualizar Geração de termo aditivo Cancelamento Exclusão Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 13/27

14 Para visualizar os dados do cliente basta clicar na opção [Ver +]. Para lançar um contrato você precisa primeiro identificar o cliente através do CPF/CNPJ, ou pelo nome. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 14/27

15 Após a identificação do cliente faz-se necessário selecionar o contato através do nome, ou do . Após a seleção do cliente e do contato, faz-se necessário informar os dados para o preenchimento do contrato. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 15/27

16 Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 16/27

17 Dados do contrato: Parcelas quantidade de parcelas do contrato, no máximo 15. Valor total valor do contrato. Executor Instituto/centro com base no usuário logado. Contrato código do contrato APTA. Prazo de Execução prazo de execução técnica. Forma de pagamento forma de pagamento: boleto, cartão de crédito, cheque, dinheiro, nota de empenho, depósito, ou DOC/TED. do aprovador do usuário que aprovará o contrato. Identificação tipo do contrato: serviços, eventos ou ensino à distância. Serviço descrição analítica do serviço prestado. Negociação descrição da negociação realizada. Anexos área para anexar os arquivos. Parcelas (Valor) campo para informar o valor da parcela. Parcelas (Vencimento) campo para informar o vencimento da parcela. Parcelas (Identificação na unidade executora) informativo para sair nos relatórios do ERP (Sistema de gestão empresarial para consulta do instituto). Parcelas (Descrição da nota) são três campos para informativo da nota fiscal. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 17/27

18 O botão enviar grava as informações na base de dados. O botão validar verifica os dados registrados. O botão Descartar cancela a digitação voltando para a tela inicial. Solicitação de aceite representa o momento em que o operador vai selecionar se o contrato será aprovado localmente, ou seja, se será assinado, ou se será aprovado de forma eletrônica, ou seja, o contato do cliente vai aprovar via o recebimento de um . Visualizar é a opção do sistema para a impressão do contrato simplificado. Corpo do contrato para boleto: LOGOS (IP, CENTRO E FUNDEPAG) ORDEM DE SERVIÇO No: XXXXXXXXXXXXXXXXXX Ordem de Serviço lastreada pelo contrato de prestação de serviços entre a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios - APTA e a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio-FUNDEPAG, com o objetivo de viabilizar e/ou apoiar a realização de serviços de análises laboratoriais, assessorias técnicas e treinamentos e de pequena monta aos usuários da FUNDEPAG. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 18/27

19 Usuário da Fundepag: CNPJ/CPF: Endereço: Bairro: Cidade: Estado: CEP: Contato: Telefone: Serviço Especializado: Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Instituto da APTA (executor): Unidade do Instituto: Preço por extenso: R$ 0,00 (XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX) Condição de Pagamento: Xx parcela (S) Valor da Parcela (s): R$ xxxxx,xx Vencimento da (s) Parcela (s): Xx/xx/xxxx (Final da Fl. No 1) LOGOS (IP, CENTRO E FUNDEPAG) Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 19/27

20 CONDIÇOES GERAIS: O preço pactuado será pago, na(s) data(s) aprazada(s), através de boleto(s) bancário(s) enviado(s) para o endereço descrito no quadro acima, sendo favorecida a FUNDEPAG; Não havendo, por qualquer razão, o recebimento do referido boleto em seu endereço com 02 (dois) dias úteis antecedentes à data de vencimento aprazada nesta Ordem de Serviço, deverá a(o) CONTRATANTE solicitar à FUNDEPAG, por escrito,, a emissão e envio de novo boleto. Na hipótese de impontualidade no pagamento de qualquer parcela poderá a FUNDEPAG optar: (i) pelo recebimento da prestação em atraso acrescida de juros de mora de 1% (um por cento) ao mês, mais multa moratória de 2% (dois por cento) e correção monetária de acordo com o índice IGP-DI até o dia da efetiva liquidação; ou, se preferir, (ii) considerar, independentemente de qualquer aviso, rescindida a presente Ordem de Serviço, com a aplicação de multa compensatória de 20% (vinte por cento) do valor total desta Ordem de Serviço, que sofrerá incidência de juros de 1% ao mês e correção monetária pelo IGP-DI até o efetivo pagamento; O Usuário poderá comunicar os resultados da prestação de serviços descrita em Serviço Especializado, porém, sempre em caráter de divulgação tecnológica, ficando expressamente vedada qualquer comunicação para fins promocionais e/ou comerciais, sob pena de indenização por perdas e danos. De qualquer forma, fica vedada ao Usuário a menção ou utilização dos nomes ou siglas da APTA, do Instituto Executor, da sua unidade subordinada e da FUNDEPAG, em qualquer tipo de publicidade comercial, seja qual for o veículo publicitário utilizado, sem a prévia e escrita anuência do instituto executor e da FUNDEPAG; Salvo a hipótese prevista acima, é vedado a qualquer das partes resilir unilateralmente a presente Ordem de Serviço. Data de assinatura: Usuário: Instituto: Fundepag: Xx/xx/xxxx O1do... (Unidade Realizadora) xxxxxxxxxx Contato: (Última Folha) Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 20/27

21 Corpo do contrato para outras formas de pagamento: LOGOS (IP, CENTRO E FUNDEPAG) ORDEM DE SERVIÇO No: XXXXXXXXXXXXXXXXXX Ordem de Serviço lastreada pelo contrato de prestação de serviços entre a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios - APTA e a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio-FUNDEPAG, com o objetivo de viabilizar e/ou apoiar a realização de serviços de análises laboratoriais, assessorias técnicas e treinamentos e de pequena monta aos usuários da FUNDEPAG. Usuário da Fundepag: CNPJ/CPF: Endereço: Bairro: Cidade: Estado: CEP: Contato: Telefone: Serviço Especializado: Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Instituto da APTA (executor): Unidade do Instituto: Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 21/27

22 Preço por extenso: R$ 0,00 (XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX) Condição de Pagamento: Xx parcela (S) Valor da Parcela (s): R$ xxxxx,xx Vencimento da (s) Parcela (s): Xx/xx/xxxx (Final da Fl. No 1) LOGOS (IP, CENTRO E FUNDEPAG) CONDIÇOES GERAIS: O preço pactuado será pago, na(s) data(s) aprazada(s), através de (forma de pagamento) sendo favorecida a FUNDEPAG; Na hipótese de impontualidade no pagamento de qualquer parcela poderá a FUNDEPAG optar: (i) pelo recebimento da prestação em atraso acrescida de juros de mora de 1% (um por cento) ao mês, mais multa moratória de 2% (dois por cento) e correção monetária de acordo com o índice IGP-DI até o dia da efetiva liquidação; ou, se preferir, (ii) considerar, independentemente de qualquer aviso, rescindida a presente Ordem de Serviço, com a aplicação de multa compensatória de 20% (vinte por cento) do valor total desta Ordem de Serviço, que sofrerá incidência de juros de 1% ao mês e correção monetária pelo IGP-DI até o efetivo pagamento; O Usuário poderá comunicar os resultados da prestação de serviços descrita em Serviço Especializado, porém, sempre em caráter de divulgação tecnológica, ficando expressamente vedada qualquer comunicação para fins promocionais e/ou comerciais, sob pena de indenização por perdas e danos. De qualquer forma, fica vedada ao Usuário a menção ou utilização dos nomes ou siglas da APTA, do Instituto Executor, da sua unidade subordinada e da FUNDEPAG, em qualquer tipo de publicidade comercial, seja qual for o veículo publicitário utilizado, sem a prévia e escrita anuência do instituto executor e da FUNDEPAG; Salvo a hipótese prevista acima, é vedado a qualquer das partes resilir unilateralmente a presente Ordem de Serviço. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 22/27

23 Data de assinatura: Usuário: Instituto: Fundepag: Xx/xx/xxxx O1do... (Unidade Realizadora) xxxxxxxxxx Contato: (Última Folha) Gerar termo aditivo é a opção para a geração do termo aditivo, onde o operador do instituto consegue alterar o valor, gerar novas parcelas, ou alterar o conteúdo técnico do contrato. Após a geração do termo aditivo é gerada uma nova seqüência na numeração do contrato. Exemplo: contrato mãe : seqüência 000 Contrato aditivo : seqüência 001 Cancelar é a opção para o cancelamento de um contrato. Uma vez cancelado o mesmo não poderá ser aprovado e também não será possível a geração de um termo aditivo. Excluir é a opção para a exclusão de um contrato. Só podem ser exclusos os contratos que ainda não foram aprovados Liberação do contrato O processo de liberação representa o momento em que o contrato foi devidamente registrado, aprovado e que o serviço foi executado, gerando desta forma o registro no ERP da Fundepag, onde será impresso o boleto, ou ocorrerá a conciliação bancária para a baixa do título. No formato antigo da Fundepag é quando o instituto entrava via ACTIVEX para a inclusão do boleto. Uma vez selecionada a condição de pagamento esta não pode ser alterada no momento da liberação. Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 23/27

24 O usuário deverá selecionar qual parcela está sendo liberada por meio da caixa de seleção, logo após o número da parcela e deverá clicar no campo forma. Assim que selecionar a forma, serão apresentados alguns campos complementares, que são: Boleto a opção boleto não precisa de dados complementares. Cartão de crédito Bandeira Comprovante Data da passagem Cheque Número do banco informação do cheque Agência informação do cheque Conta corrente - informação do cheque Número do cheque Número do envelope Número do banco do envelope Data do depósito data do depósito no caixa eletrônico. Dinheiro Número do envelope Número do banco do envelope Data do depósito data do depósito no caixa eletrônico. Nota de empenho Descrição da nota Depósito Número do banco Agência Conta corrente Identificador Data do depósito DOC/TED Número do banco Agência Conta corrente Identificador Data do depósito Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 24/27

25 5. Área do cliente No momento em que o operador do instituto seleciona a aprovação eletrônica é enviado automaticamente um para o cliente, com os dados para a entrada no sistema. de boas vindas: Logo Logo Logo IP Centro Fundepag Ordem de Serviço Cadastro de Senha de Acesso Prezado(a) Sr.(a) A Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio - Fundepag tem como um de seus objetivos estatutários apoiar a interação dos Institutos de Pesquisa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo com o mercado. Nesse sentido a Fundepag, por força de contrato firmado com a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, assume a gestão administrativa e financeira dos serviços solicitados pelos seus usuários aos Institutos. Com isso, desenvolveu e implantou o sistema informatizado Ordem de Serviço, cuja finalidade é gerenciar a prestação de serviços executada pelos Centros de Pesquisa subordinados aos Institutos e formalizar a relação entre as partes envolvidas. Assim, encaminhamos uma senha provisória para viabilizar seu acesso ao sistema, que se dará mediante a adoção dos seguintes passos: 1- Acesse o endereço eletrônico 2- No site selecione a opção Clientes informando o seu Informe a senha provisória alfa e, na sequência, altere-a por outra que deverá conter letras e/ou números com, no máximo 10 posições. Ao término do cadastramento, você poderá aprovar e acompanhar a execução da Ordem de Serviço. Para eventuais esclarecimentos, solicitamos entrar em contato com o Instituto... Centro... Atenciosamente FUNDEPAG Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 25/27

26 de aprovação: Logo Logo Logo IP Centro Fundepag Ordem de Serviço - Aprovação Prezado(a) Sr(a) Em atenção a solicitação de V. Sa. ao Instituto... Centro..., emitimos a Ordem de Serviço No que resumimos abaixo: Executor: (IP/Centro) Serviço: xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Proposta No. xxxxxxx Valor: R$0000,00 Condição de Pagamento: xx parcela(s) no valor de R$ xxxx Para visualizar e aprovar, favor seguir os passos abaixo: 1 Acesse o endereço eletrônico: 2 Selecione a opção Clientes. 3 - Se for o seu primeiro acesso digite a senha alfa. Automaticamente o sistema solicitará a alteração da senha, que pode ter letras e números, com até 10 posições. 4 Caso você já tenha utilizado o sistema e já tenha uma senha, informe nesse campo o seu e a senha: xxx. 5 Selecione no menu superior a opção Aprovação de Ordens de Serviço. 6 Selecione a OS para aprovar ou rejeitar. 7 Confira o conteúdo da OS e, na sequência, aprove ou rejeite o documento. 8 Ao clicar no botão Aprovar informe o Código para Aprovação: xxxxxx e também digite o Código de Segurança exatamente como exibido na tela. EA Ordem de Serviço somente será processada após a sua aprovação, sem o que não poderão ser atendidos os prazos de execução e entrega do serviço. Para eventuais esclarecimentos, solicitamos entrar em contato com o Instituto... Centro... Atenciosamente Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio FUNDEPAG Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 26/27

27 Ao clicar no link, o cliente é direcionado para o site da Fundepag, onde deverá se identificar através dos dados do recebido. Estão disponíveis as opções para a alteração do cadastro e para a aprovação do contrato. Na alteração do cadastro é possível apenas alterar a senha de acesso. O cliente poderá recusar ou aprovar um contrato. No caso da recusa, faz-se necessário informar o motivo. 6. Controle de Revisões No. Revisão Item Data Descrição da Alteração 01 Geral 20/03/2012 Substituição do nome antigo do documento para OS Documento Controlado Impresso em 09/08/ Revisão 01 27/27

Sistema de Eventos - Usuário

Sistema de Eventos - Usuário 2013 Sistema de Eventos - Usuário Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 06/06/2013 Sumário 1- Sistema de eventos... 3 1.1 Eventos... 3 1.2 Eventos que participo... 4 1.3 Trabalhos...

Leia mais

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores 2014 Sistema de Solicitação Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 04/11/2014 Sumário 1- SPF Solicitação.... 3 1.1 Acesso ao sistema:... 3 1.2 Ferramentas do sistema:... 5 2- Abertura

Leia mais

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software NeXT ERP Manual do usuário Resumo das principais funcionalidades Dezembro/2009 NeXT Software Página 1 de 33 Índice Iniciando NeXT ERP...3 Tela inicial...3 Interface padrão do NeXT ERP...3 Interface - Cadastro

Leia mais

Relatório Gerencial. Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013

Relatório Gerencial. Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013 2013 Relatório Gerencial Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013 Sumário 1. Objetivo... 4 2. Seleção dos registros... 4 2.1 Seleção dos executores... 4 2.2 Parâmetros...

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais

Portal Gestão de Recebimentos

Portal Gestão de Recebimentos Portal Gestão de Recebimentos Introdução O Portal Gestão de Recebimentos proporciona agilidade e rapidez na interação dos clientes HSBC com seus fornecedores. Permite a você consultar as operações liberadas

Leia mais

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV Sistema de de Eletrônica SETRANSP DOTFLEX MANUAL MÓDULO PDV REGIÃO MANUAL METROPOLITANA MÓDULO PESSOA Revisão JURÍDICA 02 / Setembro SBE de 2008 - DOTFLEX Revisão 00 / Março de 2009 MANUAL MÓDULO EMPRESA

Leia mais

Manual de Treinamento. Site de Sistema de Gestão de Crédito Pessoal

Manual de Treinamento. Site de Sistema de Gestão de Crédito Pessoal Manual de Treinamento Site de Sistema de Gestão de Crédito Pessoal Sumário Introdução...3 Nova Proposta...9 Propostas Existentes...40 Configurações do Usuário...43 Histórico Consolidado do Cliente...47

Leia mais

Manual do Anunciante

Manual do Anunciante Manual do Anunciante 1 - Compra de Pacotes Bit Turs Abaixo será listado passo a passo o processo de como será executada a compra de moedas Bit Turs para que você possa anunciar seus produtos em nosso portal.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

ÍNDICE. Operações com o Cartão Ticket Car...

ÍNDICE. Operações com o Cartão Ticket Car... ÍNDICE Operações com o Cartão Ticket Car... POS Ticket Car :... Funções... Mensagens... Terminal TEF: Ticket Car Novo... Funções... Mensagens... Transação de Venda Manual... Procedimento... Obter boleto...

Leia mais

SILIAWEB. Sistema Integrado de Licenciamento Ambiental. Manual do usuário - Versão 1.1

SILIAWEB. Sistema Integrado de Licenciamento Ambiental. Manual do usuário - Versão 1.1 SILIAWEB Sistema Integrado de Licenciamento Ambiental Manual do usuário - Versão 1.1 Dezembro - 2013 Todos os direitos reservados por Agência Estadual de Meio Ambiente de Pernambuco CPRH/PE www.cprh.pe.gov.br

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRANDO-SE NO SISTEMA... 4 CADASTRANDO UM FAMILIAR... 7 ACESSANDO O SISTEMA já sou cadastrado... 8 COMO AGENDAR UMA CONSULTA pesquisar horários...

Leia mais

Guia operação site www.atu.com.br

Guia operação site www.atu.com.br Guia operação site www.atu.com.br OBS: as telas no site bem como no sistema de gestão poderão sofrer alguma alteração, com base nos exemplos ilustrativos deste manual. 1. Objetivo Este guia tem como objetivo

Leia mais

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012 CARTILHA DO PRODUTO Débito Direto Autorizado Versão. 01-07/2012 www.unicredcentralsc.com.br ÍNDICE APRESENTAÇÃO Apresentação...02 Como funciona o DDA...03 DDA Unicred...04 DDA Módulos Internet Banking...06

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Cédula de Crédito. Versão 28.03.2011

Cédula de Crédito. Versão 28.03.2011 Cédula de Crédito Versão 28.03.2011 1 O Sistema Cédula de Crédito é um aplicativo desenvolvido pelo Banco Intermedium, com o objetivo de consolidar os dados cadastrais da empresa e movimentação de títulos

Leia mais

Parte I CADASTRO DE SACADO

Parte I CADASTRO DE SACADO Sicoob Coopercred Módulo Cedente Manual do Usuário (versão 2) ÍNDICE Parte I Cadastro de Sacado... 1 Parte II Emissão de Títulos... 1 Emitindo título com registro... 2 Emitindo título sem registro... 3

Leia mais

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO PAG CONTAS CARNÊ Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DE GERAÇÃO DE BOLETOS EMPRESAS CONVENIADAS 1) REQUISITOS DO SISTEMA: Primeiramente devemos possuir seguintes itens abaixo: - Microcomputador

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO WEB SIGAP - SISTEMA GESTOR DE ATENDIMENTOS E PROCESSOS

MANUAL DO USUÁRIO WEB SIGAP - SISTEMA GESTOR DE ATENDIMENTOS E PROCESSOS MANUAL DO USUÁRIO WEB SIGAP - SISTEMA GESTOR DE ATENDIMENTOS E PROCESSOS Sumario Sumario... 2 1 Introdução... 3 2 Eventos Gerais... 3 Trâmite dos Processos... 3 Consulta Ao Andamento do Processo... 4 Ícones

Leia mais

Pagamento - Fornecedor

Pagamento - Fornecedor Pagamento - Fornecedor MT-212-00137 - 1 Última Atualização 30/08/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos

Leia mais

Conhecendo os Processos de Cobrança

Conhecendo os Processos de Cobrança Conhecendo os Processos de Cobrança 03 Processos de Cobrança Entenda a Fatura Ferramentas de Suporte Consulta de Extratos 05 09 11 16 Consumo Consciente 02 Processos de Cobrança conheça os processos de

Leia mais

Objetivos. Página - 2

Objetivos. Página - 2 Índice Índice... 1 Objetivos... 2 Configurações... 3 Cadastro de Bancos... 3 Plano de Contas... 3 Conta Corrente... 4 Instruções Bancárias... 6 Portadores Bancários... 7 Cadastro de Clientes... 8 Boletos...

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS LOJISTA ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando o Nome

Leia mais

Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br).

Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br). 1 Objetivo: Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br). Acesso ao site Na página inicial do site da Mediservice, o prestador deve selecionar a opção Credenciado. 2 Caso

Leia mais

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais...

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais... Sumário UNICO...... 3 Cadastros... 4 Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5 Produtos...... 6 Serviços...... 6 Outros...... 6 Vendas... 7 Notas Fiscais... 7 Estoque...8 Financeiro......

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL Sistema de Depósito Judicial Sistema desenvolvido pela Secretária de Informática- TJE/PA Belém/PA Agosto de 2012 SUMÁRIO: 1- Apresentação... 3

Leia mais

Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG

Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG 2015 Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG Cliente Institucional e Atualizado em: 11 de setembro de 2015 Sumário 1. Conceito do software... 1 2. Abertura de

Leia mais

MANU AL DO COMPRADOR

MANU AL DO COMPRADOR MANUAL DO COMPRADOR Conhecendo o Vale Transporte Eletrônico O que é o Vale Transporte Eletrônico? O vale-transporte é um benefício definido pela Lei Federal nº 7.418/85 e Lei Federal 7.619/87 oferecido

Leia mais

Utilizando o SISPC para efetuar Registros

Utilizando o SISPC para efetuar Registros Utilizando o SISPC para efetuar Registros 1. Registros O b j e t i v o Através do módulo de registros do sistema serão executadas as operações de inclusão de pessoas inadimplentes na base de dados do SPC.

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED I - Site Portocred Para acessar o site Portocred, devemos entrar no link: extranet.portocred.com.br/cp e após clicar na opção Credito Pessoal Perto Check. *Lançar o usuário e a senha que serão informadas

Leia mais

Módulo de Acesso Remoto

Módulo de Acesso Remoto Módulo de Acesso Remoto Manual do Usuário Página 1 de 30 Índice 1. Introdução 3 1.1. Objetivos deste documento 3 2. Requisitos do Sistema 4 2.1. Acrobat Reader 4 2.2. Pop Up Liberados 4 3. Acesso ao Sistema

Leia mais

SicoobNet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.0

SicoobNet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.0 SicoobNet Empresarial Manual do Versão 1.0 Manual do Data: 04/0/2008 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/2008 1.0 Criação do Manual Ileana Karla GECOQ Gerência de Controle e Qualidade Página: 2/122

Leia mais

Ambiente de Pagamentos

Ambiente de Pagamentos GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃOTRIBUTÁRIA DIRETORIA DE INFORMAÇÕES Ambiente de Pagamentos Manual do Contribuinte Versão 26/09/2011 Índice Analítico 1.

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED EMPRÉSTIMO PESSOAL COM GARANTIA DE CHEQUE I - Site Portocred

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED EMPRÉSTIMO PESSOAL COM GARANTIA DE CHEQUE I - Site Portocred I - Site Portocred Para acessar o site Portocred, devemos entrar no link: extranet.portocred.com.br/cp e após clicar na opção Crédito Pessoal Perto Check. *Lançar o usuário e a senha que serão informadas

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO. Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO. Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor Versão 1.0 07/11/2008 Índice Analítico 1. Considerações Gerais...

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Administrador (cliente):

Administrador (cliente): PROJETO M & S COBRANÇA Institucional: 1. Índex; 2. Sobre a empresa; 3. Institucional; 4. Serviços; 5. Noticias com texto e imagens; 6. Formulário de contato; 7. História Fundação; 8. Logotipo dos clientes

Leia mais

CORRESPONDENTE CAIXA AQUI NEGOCIAL

CORRESPONDENTE CAIXA AQUI NEGOCIAL CORRESPONDENTE CAIXA AQUI NEGOCIAL Renovação de Crédito Consignado Modelo Automatizado VERSÃO 2.0 Julho 2014 ÍNDICE 1. CADASTRO DE CLIENTES... 3 2. SIMULAÇÃO DA OPERAÇÃO... 6 3. SOLICITAÇÃO DA PROPOSTA

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

Manual do Usuário SDMNet PORTAL DE FORNECEDORES

Manual do Usuário SDMNet PORTAL DE FORNECEDORES 1 sdmnet.dana.com.br Página 1 2 Login: Para acessar o Portal de Fornecedores (SDMNet) digite HTTP://sdmnet.dana.com.br. A seguir será solicitado seu Login e Senha. Caso tenha esquecido sua senha/login,

Leia mais

Manual Sistema Curumim. Índice

Manual Sistema Curumim. Índice Versão 1.0 Índice 1. Instalação do Sistema... 3 2. Botões e Legenda... 4 3. Login do Sistema... 5 4. Tela Principal... 6 5. Dados Cadastrais da Empresa... 7 6. Aluno Cadastro... 8 7. Aluno - Cadastro de

Leia mais

MANUAL MANUTENÇÃO ON LINE

MANUAL MANUTENÇÃO ON LINE MANUAL DE MANUTENÇÃO ON LINE R: Santa Cruz, 647 CENTRO Limeira/SP - CEP 13.480-041 - Fone (19) 3404-4949 - e-mail: scpclimeira@acil.org.br 1 ÍNDICE Inclusão de Pessoa Física... 5 Inclusão de Cheque: Pessoa

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e Manual do Usuário Prestador Introdução Este manual tem como objetivo apresentar a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) que será utilizado pelos contribuintes

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS CONTATO COMERCIAL ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando

Leia mais

Assim que o usuário entrar nesta ferramenta do sistema a seguinte tela será exibida:

Assim que o usuário entrar nesta ferramenta do sistema a seguinte tela será exibida: O que é o TDMax Web Commerce? O TDMax Web Commerce é uma ferramenta complementar no sistemas de Bilhetagem Eletrônica, tem como principal objetivo proporcionar maior conforto as empresas compradoras de

Leia mais

6. Cadastros. Neste capítulo será explicado como gerenciar os cadastros dentro do SILAS.

6. Cadastros. Neste capítulo será explicado como gerenciar os cadastros dentro do SILAS. 6. Cadastros Neste capítulo será explicado como gerenciar os cadastros dentro do SILAS. Nesta seção o usuário poderá cadastrar, gerenciar e excluir cadastros de: - clientes, municípios, convênios, descontos.

Leia mais

PASSO A PASSO PORTAL DO CORRETOR. Versão: maio/2015

PASSO A PASSO PORTAL DO CORRETOR. Versão: maio/2015 PASSO A PASSO PORTAL DO CORRETOR Versão: maio/2015 BEM-VINDO AO PORTAL DO CORRETOR GENERALI SEGUROS PÁGINA DE LOGIN Página inicial de login A senha fornecida pela Generali confere acesso irrestrito, como

Leia mais

Tel. (0xx11) 3038-1150 Fax (0xx11) 3038-1166

Tel. (0xx11) 3038-1150 Fax (0xx11) 3038-1166 Sistema Nota Já Este manual tem por objetivo apresentar o sistema NotaJá a fim de auxiliar o usuário com todos os processos de cadastro, lançamentos de notas, cancelamentos, inutilizações, notas complementares

Leia mais

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES.

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Portaria

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo.

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Material de apoio Material de apoio Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Informações Gerais O sistema CNES/MJ

Leia mais

Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador

Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador 2015 TUTORIAL SIGAMAZÔNIA Desenvolvido por: FAPESPA LABES-UFPA Sumário Sumário... 3 CADASTRO NO SISTEMA... 5 FAZENDO LOGIN NO SIGAMAZÔNIA... 5 MENU INICIAL... 6

Leia mais

VEXPRESSCRM. Manual do Usuário. Automação da força de vendas. MR Consultoria e Assessoria em Informática Desenvolvimento de Sistemas WEB Versão 2.

VEXPRESSCRM. Manual do Usuário. Automação da força de vendas. MR Consultoria e Assessoria em Informática Desenvolvimento de Sistemas WEB Versão 2. 1 Manual do Usuário VEXPRESSCRM Automação da força de vendas MR Consultoria e Assessoria em Informática Desenvolvimento de Sistemas WEB Versão 2.0 2 Acesso Para acessar o sistema VEXPRESS-CRM é necessário

Leia mais

Sistema de Prestação de Contas Siprec

Sistema de Prestação de Contas Siprec Sistema de Prestação de Contas Siprec Manual de Utilização Perfil Beneficiário Versão 1.3.4 Agosto de 2013 1 SUMÁRIO Manual do Usuário... 3 1. Objetivo do manual... 3 2. Sobre o sistema... 3 3. Quem deve

Leia mais

ÍNDICE. 1.1 Em Login do Administrador o usuário do sistema vai digitar seu Nome de Usuário e a senha, que foi criado anteriormente.

ÍNDICE. 1.1 Em Login do Administrador o usuário do sistema vai digitar seu Nome de Usuário e a senha, que foi criado anteriormente. ÍNDICE Descrição 1.0 Acessos ao Sistema 1.1 Login do Administrador 1.2 Login do Fiscal 1.3 Login do Contribuinte 2.0 Menu Principal 2.1 Gerar NFS-e 2.1.1 Gerar NFS-e 2.2 Cadastros 2.2.1 Cadastro de Atividades

Leia mais

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade Versão 01 Ficha de Oportunidade HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 24/11/2011 01 Desenvolvimento do manual do usuário baseado nas informações do sistema junto com apoio dos técnicos de implantação.

Leia mais

VIA FÁCIL - BOMBEIROS

VIA FÁCIL - BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS VIA FÁCIL - BOMBEIROS MANUAL DO USUÁRIO Versão V1.0 1 Índice A INTRODUÇÃO 4 B USUÁRIO NÃO

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Inclusão e Envio de Proposta Manual

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Execução Cotação Eletrônica de Preços

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

Manual NetBank PAN. Título da apresentação

Manual NetBank PAN. Título da apresentação Manual NetBank PAN Título da apresentação Sumário Sumário 1. Acesso ao NetBank Pan p. 04 2. Tela principal e funcionalidades p. 05 3. Opções de Conta Corrente p. 06 4. Extrato de Conta-Corrente p. 07 5.

Leia mais

Índice Declarações Online. 1.0 Instituições Financeiras 1.1 Acessar Sistema 1.2 Cadastro de Instituições Financeiras (CIF) 1.

Índice Declarações Online. 1.0 Instituições Financeiras 1.1 Acessar Sistema 1.2 Cadastro de Instituições Financeiras (CIF) 1. Índice Declarações Online 1.0 Instituições Financeiras 1.1 Acessar Sistema 1.2 Cadastro de Instituições Financeiras (CIF) 1.3 Consulta do CIF 2.0 Operadoras de Crédito 2.1 Acessar Sistema 2.2 Cadastro

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município Após receber a confirmação de aceite do Credenciamento via e-mail já é possível efetuar o login no sistema

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE REFERÊNCIA DE CUSTOS Orientações para cadastro de fornecedores

MANUAL DO SISTEMA DE REFERÊNCIA DE CUSTOS Orientações para cadastro de fornecedores SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA MANUAL DO SISTEMA DE REFERÊNCIA DE CUSTOS Orientações para cadastro de fornecedores Secretaria de Gestão, Controles e Normas Departamento de

Leia mais

Solicitação do Cliente

Solicitação do Cliente Solicitação do Cliente IDENTIFICAÇÃO Provedor: Solicitante: Nº Atendimento: 52526 Ambiente Ocorrência Prioridade Aceite Cliente Externo X Web Nova Implementação X Alta Impresso Desk Melhoria Média X Email

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO O Sistema Cédula de Crédito é um aplicativo desenvolvido pelo Banco Intermedium, com o objetivo de consolidar os dados cadastrais da empresa e movimentação de títulos em cobrança.

Leia mais

Roteiro Operacional do Crédito Consignado Exército do Brasil

Roteiro Operacional do Crédito Consignado Exército do Brasil 1. DEFINIÇÃO DO PRODUTO Operação de Crédito Consignado em Folha de Pagamento para os Militares do Exército (ativos e pensionistas), abrangendo o Comando do Exército do, mediante convênio com o Banco Industrial.

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador Contador 2 1 Credenciamento Se for prestador do município, substituto ou empresas de outros municípios clique na opção credenciar Para acessar a tela de credenciamento do contador, clique na opção Contador

Leia mais

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros O que é o SISAUT/FC? MANUAL DO USUÁRIO O SISAUT/FC é o sistema por meio do qual são feitos os requerimentos para as autorizações

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos SBCTrans A tecnologia facilitando a vida do cidadão Índice Cadastro e Primeiro Acesso... 05 Acessando o Sistema... 08 Menu de

Leia mais

MANUAL PASSO-A-PASSO DO SISTEMA ONLINE

MANUAL PASSO-A-PASSO DO SISTEMA ONLINE MANUAL PASSO-A-PASSO DO SISTEMA ONLINE Junho 2015 Editor, ler com atenção as orientações informadas neste manual. Informamos que documentação preenchida incompleta e/ou que não atenda as normas da Agência

Leia mais

Realizando Vendas no site do Cartão BNDES

Realizando Vendas no site do Cartão BNDES Realizando Vendas no site do Cartão BNDES Fornecedor Atualizado em 16/07/2013 Pág.: 1/23 Introdução Este manual destina-se a orientar os fornecedores que irão registrar as vendas no site do Cartão BNDES,

Leia mais

Guia operação site www.atu.com.br

Guia operação site www.atu.com.br Guia operação site www.atu.com.br OBS: as telas no site bem como no sistema de gestão poderão sofrer alguma alteração, com base nos exemplos ilustrativos deste manual. 1. Objetivo Este guia tem como objetivo

Leia mais

Aquisição de Créditos Eletrônicos. lojavirtual@sptrans.com.br

Aquisição de Créditos Eletrônicos. lojavirtual@sptrans.com.br Loja Virtual Aquisição de Créditos Eletrônicos 1 lojavirtual@sptrans.com.br O que é a Loja Virtual Ferramenta que possibilita a aquisição de créditos eletrônicos diretamente pelo site da SPTrans. 2 Quem

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

Sumário. Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos. 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos)... 3

Sumário. Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos. 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos)... 3 Sumário Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos)... 3 2 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos) Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos

Leia mais

MANUAL DESENVOLVEDOR PAF-ECF. Fortaleza, 07 de Junho de 2010

MANUAL DESENVOLVEDOR PAF-ECF. Fortaleza, 07 de Junho de 2010 MANUAL DO DESENVOLVEDOR PAF-ECF Fortaleza, 07 de Junho de 2010 De acordo com o Art. 11 do Decreto nº 29907/09, somente o Programa Aplicativo Fiscal (PAF-ECF) devidamente registrado na COTEPE/ICMS e cujo

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota EBM ASSESSORIA E CONSULTORIA EM INFORMÁTICA LTDA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota PRESTADOR / CONTADOR Versão 2.0 Índice 1. Acessar o sistema 2. Notas Eletrônicas 2.1. Emitir

Leia mais

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER... 1 2 INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO......6 3. CONTAS A RECEBER......6 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...6 3.2. LANÇAMENTO MANUAL DE CONTAS A RECEBER...7 3.3. GERAÇÃO

Leia mais

Web Empresas. Agemed Saúde S/A. Versão 03

Web Empresas. Agemed Saúde S/A. Versão 03 2011 Versão 03 Web Empresas Agemed Saúde S/A. Esse documento tem como objetivo orientar as empresas contratantes do plano de saúde Agemed a utilizarem o ambiente Web para realização de movimentações cadastrais

Leia mais

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento Saúde Online Serviços Médicos / Faturamento Página 1 INDICE 1 Introdução Página 03 2 Acesso Página 03 3 Faturamento Eletrônico Página 03 4 Guia de Consulta Página 05 5 Guia SP/SADT Página 07 6 Guia de

Leia mais

Copyright 2004/2014 - VLC

Copyright 2004/2014 - VLC Escrituração Fiscal Manual do Usuário Versão 7.2 Copyright 2004/2014 - VLC As informações contidas neste manual são de propriedade da VLC Soluções Empresariais Ltda., e não poderão ser usadas, reproduzidas

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital Página 1 de 7 Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital O cadastro de Empresas permite cadastrar quais empresas estarão configuradas para utilizar o SIGLA Digital. Caso necessário cadastrar uma

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015

Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015 Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos fiscais Consultar

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR Ao acessar o link de Acesso Remoto disponibilizado pela Factoring aparecerá a tela de login do Sistema (Figura 1) onde deverão ser informados os códigos

Leia mais