Visando a otimização de nossos processos, disponibilizamos a todos os interessados uma versão de teste do sistema.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Visando a otimização de nossos processos, disponibilizamos a todos os interessados uma versão de teste do sistema."

Transcrição

1 ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ATIVIDADES TÉCNICAS SISTEMA PREVENIR O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso do Sul (CBMMS), por meio da Diretoria de Atividades Técnicas (DAT) e Centro de Informática e Tecnologia (CIT), desenvolveu um sistema digital para elaboração de Processos de Segurança Contra Incêndio e Pânico (PSCIP) do Tipo 1, processos com necessidade de projeto técnico elaborado por um profissional cadastrado no CBMMS, conforme previsto na Norma Técnica nº 01 Procedimentos Administrativos. Visando a otimização de nossos processos, disponibilizamos a todos os interessados uma versão de teste do sistema. O ambiente de elaboração digital de PSCIP está vinculado ao SISTEMA PREVENIR em nosso portal da corporação. O SISTEMA PREVENIR atualmente realiza somente a certificação online de edificações de baixo risco, porém, ao longo do tempo, reunirá em portal único todos os serviços de segurança contra incêndio e pânico de nosso Estado. Todas as sugestões de melhoria poderão ser realizadas via ou nos ambientes de comentários disponibilizados no próprio sistema. 1

2 ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ATIVIDADES TÉCNICAS SISTEMA PREVENIR ROTEIRO BÁSICO PARA ACESSO E ELABORAÇÃO DE PSCIP DIGITAL VERSÃO DE TESTE Leia com atenção todos os passos para o teste do sistema, suas sugestões e críticas são importantes. PASSO Nº 1: Acesse e clique em PROFISSIONAL 2

3 PASSO Nº 2: Fazer login com nome de usuário teste e senha 123: 123 PASSO Nº 3: Clique em INICIAR NOVO PSCIP. Como a versão é de teste, existirão vários PSCIP já cadastrados para teste. 3

4 PASSO Nº 4: Realizar cadastro inicial da edificação, proprietário e respectivo responsável pelo uso. PASSO Nº 5: ENTENDA A TELA INICIAL O sistema foi idealizado com os seguintes campos principais: 1) BARRA DE MENUS GERAIS: Ainda está em fase de desenvolvimento. Neste local teremos diversas informações e conteúdos que auxiliarão na elaboração do PSCIP, tais como legislação, orientações técnicas, blocos em DWG padronizados, enfim, material técnico para facilitar a elaboração do PSCIP e padronizá-lo para análise. 2) BARRA LATERAL DE MEMORIAIS, UPLOAD DE PRANCHAS E DOCUMENTOS DE RESPONSABILIDADE, ENVIO DO PSCIP: Neste local temos todos os formulários com memoriais padronizados para as diversas medidas de segurança do PSCIP. Estes memorias devem ser preenchidos de acordo com as medidas de segurança exigidas para a edificação, instalação, ocupação temporária e área de risco. Ao final deverão ser anexadas as pranchas com a representação gráfica do PSCIP, bem como ART/RRT, Procuração e Documentos Complementares. Ao final, após preencher todos os memoriais, anexar pranchas e documentos de responsabilidade, o PSCIP é enviado para análise. O recolhimento da taxa de análise será também calculado automaticamente no sistema, porém esta função está desabilitada para esta fase de teste. 3) JANELA PRINCIPAL DE MEMORIAIS: É a parte central da tela, após clicar em algum memorial que consta na Barra Lateral de Memoriais, abre-se uma janela para o seu preenchimento. 4

5 BARRA DE MENUS GERAIS BARRA LATERAL DE MEMORIAIS, UPLOAD DE PRANCHAS E DOCUMENTOS DE RESPONSABILIDADE, ENVIO DO PSCIP JANELA PRINCIPAL DE MEMORIAIS PASSO Nº 6: MEMORIAL GERAL DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO Preencha todas as informações constantes no MEMORIAL GERAL. Observe as imagens abaixo e entenda cada campo e sua aplicação. PASSO Nº 6.1: TIPO DE PSCIP E SITUAÇÃO Caracterize o TIPO DE PSCIP e a SITUAÇÃO 5

6 PASSO Nº 6.2: DADOS DA EDIFICAÇÃO Confirme os dados de endereço da edificação e dados de área pertinentes ao projeto PASSO Nº 6.3: PROPRIETÁRIO E RESPONSÁVEL PELO USO Confirme os dados do proprietário e responsável pelo uso da edificação. Indique as condições de embasamento legal para análise do PSCIP 6

7 PASSO Nº 6.4: OCUPAÇÃO Indicar a ocupação principal da edificação. Deve ser em função do risco predominante da edificação. Havendo outras ocupações na edificação, citá-las neste campo PASSO Nº 6.5: MEDIDAS DE SEGURANÇA IMPORTANTE!!! SELEÇÃO DAS MEDIDAS DE SEGURANÇA DO PSCIP Esta é uma parte IMPORTANTE do Memorial Geral. Devem ser selecionadas as MEDIDAS DE SEGURANÇA exigidas para a edificação, instalação, ocupação temporária ou área de risco. Ver exigências como Tabelas do Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico (Lei Estadual 4335/2013) e respectivas Normas Técnicas. 7

8 PASSO Nº 6.6: RISCOS ESPECIAIS IMPORTANTE!!! SELEÇÃO DOS RISOS ESPECIAIS DO PSCIP Esta é uma parte IMPORTANTE do Memorial Geral. Devem ser selecionadas os RISCOS ESPECIAIS da edificação, instalação, ocupação temporária ou área de risco. Ver exigências como Tabelas do Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico (Lei Estadual 4335/2013) e respectivas Normas Técnicas. Pode anexado documentos complementares em PDF que julgar necessário para melhor entendimento do MEMORIAL GERAL PASSO Nº 6.7: COMENTÁRIOS DO PROFISSIONAL Caso seja necessário, pode ser expresso como caixa de diálogo qualquer comentário sobre o PSCIP para o MEMORIAL GERAL. Em todos os outros memoriais específicos teremos esta caixa de diálogo para uso do profissional para sugestões, dúvidas ou elucidações de qualquer parte do PSCIP. 8

9 PASSO Nº 7: MEMORIAIS ESPECÍFICOS DAS MEDIDAS DE SEGURANÇA E RISCOS ESPECIAIS Após seleção das medidas de segurança e riscos especiais, teremos na BARRA LATERAL DE MEMORIAIS a inclusão dos memoriais necessários para o PSCIP. Todos os memorias deverão ser adicionados à JANELA PRINCIPAL DE MEMORIAIS. Todos os memorias deverão ser preenchidos. Para a fase de teste, qualquer sugestão deverá ser encaminhada via ou no campo de comentários ao final do memorial específicos. PASSO Nº 7.1: INCLUIR OS MEMORIAIS ESPECÍFICOS NA JANELA PRINCIPAL DE MEMORIAIS 1) Clicar em MEMORIAIS INCLUÍDOS NO PROJETO. Será aberto uma lista de vários memoriais em função das medidas de segurança e riscos especiais do PSCIP. 2) Clicar em cada memorial para direcioná-la à JANELA PRINCIPAL DE MEMORIAIS. 3) Após clicar em todos os memorias na BARRA LATERAL, teremos na JANELA PRINCIPAL todos os memoriais pra preenchimento. Cada memorial já direcionará para os requisitos principais para dimensionamento e representação das medidas de segurança em prancha. 9

10 PASSO Nº 7.2: PREENCHIMENTO DOS MEMORIAIS ESPECÍFICOS NA JANELA PRINCIPAL DE MEMORIAIS 1) Clicar no memorial que deseja preencher. 2) Os memoriais serão automaticamente salvos quando houver alternância entre memoriais. 3) Caso queira salvar o memorial ou navegar para o topo ou fim do memorial, usar botão na extrema direita da Janela Principal de Memoriais. 4) Havendo algum problema durante o manuseio dos formulários, utilizar a tecla F5 para atualizar a página. 10

11 PASSO Nº 7.3: EXCLUSÃO DE MEMORIAL Caso queira excluir algum memorial: 1) Fechar o Memorial. 2) Retirar seleção da medida de segurança do MEMORIAL GERAL. 3) Salvar o PSCIP. 11

12 PASSO Nº 7.4: INCLUSÃO DE NOVO MEMORIAL Por exemplo, caso queira incluir uma medida não selecionada anteriormente, no caso COMPARTIMENTAÇÃO HORIZONTAL, temos: Caso queira incluir algum memorial: 1) Selecione a nova medida de segurança. 2) Clique na medida de segurança na Barra Lateral, será incluída na Janela Principal de Memoriais. 3) Preencher normalmente o memorial 12

13 PASSO Nº 8: MEMORIAL GERAL DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO Há um botão fixo para sempre visualizar o MEMORIAL GERAL. Sempre que houver necessidade de atualizá-lo, basta clicar no botão fixo e realizar alterações, seja das características da edificação, inclusão ou exclusão de memoriais do PSCIP. Botão fixo para visualizar MEMORIAL GERAL. O MEMORIAL GERAL é a estrutura principal do sistema, a partir dele é possível alterar dados da edificação, incluir e retirar medidas de segurança, acrescentar ou retirar riscos especiais PASSO Nº 9: UPLOAD DAS PRANCHAS DO PSCIP Após preenchimento de todos os memoriais necessário do PSCIP, devem ser anexadas as pranchas do PSCIP. Todas as pranchas devem ser em PDF no formato A1. Posteriormente será disponibilizada a prancha padrão em DWG. Não poderá ser alterada, pois o carimbo digital de aprovação será em local padronizado com autenticação por QRcode. 13

14 PASSO Nº 10: UPLOAD DOCUMENTOS DE RESPONSABILIDADE Fazer UPLOAD dos documentos de responsabilidade em PDF: Para efeito de teste, pode ser anexado qualquer natureza de arquivo em PDF PROCURAÇÃO ART/RRT e comprovante de pagamento. PASSO Nº 11: UPLOAD DOCUMENTOS DE RESPONSABILIDADE CASO HAJA ISENÇÃO DE TAXA DE ANÁLISE Caso haja isenção de taxa de análise, será necessário documento que comprove a isenção, este deverá ser anexado. 14

15 PASSO Nº 12: ENVIO PARA ANÁLISE Em função do ambiente de teste não será gerado boleto para pagamento de taxa de análise. Após envio para análise, quando o sistema estiver em operação, será gerado automaticamente um boleto em função dos dados fornecidos para a edificação no MEMORIAL GERAL DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO. Clicar no botão de enviar para análise. Deve ser enviado o PSCIP somente após preencher todos os memoriais e fazer upload das pranchas e documentos de responsabilidade Após envio não será possível mais a edição do PSCIP, sendo direcionado para a análise pelo CBMMS. 15

16 PASSO Nº 13: ACOMPANHAMENTO DO PSCIP A tramitação do PSCIP poderá ser acompanhada no HOME. Como está na fase de testes com login único, todos os testes estarão nesta tela. Quando o sistema estiver ativo e cada profissional com seu ambiente próprio de trabalho, poderá ser acompanhada toda a tramitação do PSCIP e suas pendências. 1) Tela inicial no HOME para acompanhamento geral da tramitação dos PSCIP. 2) Alertas da tramitação do PSCIP 3) Tramitação do PSCIP CONSIDERAÇÕES FINAIS 1) O teste do sistema está restrito ao ambiente de elaboração de PSCIP por parte do profissional responsável pelo PSCIP. 2) Qualquer sugestão enviar para o 16

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos)

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Manual do Usuário Versão 1.0 Fevereiro, 2014 Índice

Leia mais

Manual Candidato Edital Público. Manual de Utilização de Inscrição On-Line em Edital Público

Manual Candidato Edital Público. Manual de Utilização de Inscrição On-Line em Edital Público Manual de Utilização de Inscrição On-Line em Edital Público Última Atualização: 22/10/2013 1 Índice 1. Visão Geral...4 2. Incrição On-line em Edital Público...4 2.1 Visualizar cursos de Lato Sensu ou Stricto

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv

Portal dos Convênios - Siconv MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Análise, Aprovação de Proposta/Plano

Leia mais

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho 2014 Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação - NTIC 17/01/2014 REITORA Ulrika Arns VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho COORDENADOR DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho 2014 Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação - NTIC 10/07/2014 REITORA Ulrika Arns VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho COORDENADOR DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

IOL Controle de Processo Seletivo Como funciona?

IOL Controle de Processo Seletivo Como funciona? IOL Controle de Processo Seletivo Como funciona? Tela Inicial do IOL http://iol.marista.edu.br/aplicativos/iol/administracao/login/default.asp Esta é a tela inicial do IOL, para acessar o Controle de Processos

Leia mais

Manual do Usuário Abertura de Empresa

Manual do Usuário Abertura de Empresa Manual do Usuário Abertura de Empresa Empro - Tecnologia & Informação São José do Rio Preto, São Paulo Sumário Introdução... 3 Acesso... 4 Abertura de empresa - Consulta Prévia... 6 Etapa 1 - Requerente...

Leia mais

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Manual do Usuário Módulo Controle de Qualidade Analítico

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Manual do Usuário Módulo Controle de Qualidade Analítico Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS DATASUS Gerenciador de Ambiente Laboratorial GAL Manual do Usuário Módulo Laboratório Manual de Operação_Módulo Laboratório_Controle

Leia mais

Portal e-contas Versão 2015: Prestação de Contas Mensais

Portal e-contas Versão 2015: Prestação de Contas Mensais Tribunal de Contas do Estado do Amazonas Diretoria de Tecnologia da Informação - DITIN Portal e-contas Versão 2015: Contas Mensais Elaborado por: Sheila da Nóbrega Silva Analista Técnico de Controle Externo

Leia mais

Registro de Retenções Tributárias e Pagamentos

Registro de Retenções Tributárias e Pagamentos SISTEMA DE GESTÃO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS (SiGPC) CONTAS ONLINE Registro de Retenções Tributárias e Pagamentos Atualização: 20/12/2012 A necessidade de registrar despesas em que há retenção tributária é

Leia mais

2.1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP com diárias e passagens.

2.1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP com diárias e passagens. 2.Viagem Nacional 2.1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP com diárias e passagens. Iremos iniciar nosso trabalho pela funcionalidade Solicitação. Essa funcionalidade traz os

Leia mais

Manual Mobuss Construção - Móvel

Manual Mobuss Construção - Móvel Manual Mobuss Construção - Móvel VISTORIA & ENTREGA - MÓVEL Versão 1.0 Data 22/04/2014 Mobuss Construção - Vistoria & Entrega Documento: v1.0 Blumenau SC 2 Histórico de Revisão Versão Data Descrição 1.0

Leia mais

MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE

MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE PROJETO HAE - WEB www.cpscetec.com.br/hae *NÃO DEVERÃO ser lançados os projetos de Coordenação de Curso, Responsável por Laboratório, Coordenação de Projetos Responsável

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE TRAMITAÇÃO DE DOCUMENTOS Versão 3.0

Leia mais

DIVISÃO DE INFORMAÇÃO E SISTEMATIZAÇÃO

DIVISÃO DE INFORMAÇÃO E SISTEMATIZAÇÃO DIVISÃO DE INFORMAÇÃO E SISTEMATIZAÇÃO SEAMB MANUAL DO LICENCIAMENTO DE FONTES MÓVEIS DE POLUIÇÃO TRANSPORTE DE PRODUTOS E RESÍDUOS PERIGOSOS PELA INTERNET Outubro 2008 MANUAL DO LICENCIAMENTO DE FONTES

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO PARECERISTA GECi Gerenciador de Eventos Científicos

GUIA DO USUÁRIO PARECERISTA GECi Gerenciador de Eventos Científicos IBILCE UNESP 2014 GUIA DO USUÁRIO PARECERISTA GECi Gerenciador de Eventos Científicos Coordenação: Prof. Dr. Carlos Roberto Valêncio Controle do Documento Alteração Feita Responsável Data Atualização do

Leia mais

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online Campus de Botucatu Sistema de Recursos Humanos SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS RH Online Mônica Cristina Fumis do Carmo Faculdade de Medicina de Botucatu Seção Técnica de Desenv. Adm de RH / Serviço Técnico

Leia mais

ROTEIRO PARA REGISTRO NO CONTAS ONLINE Programa Caminho da Escola Parte I Execução Financeira Data de atualização: 21/6/2012

ROTEIRO PARA REGISTRO NO CONTAS ONLINE Programa Caminho da Escola Parte I Execução Financeira Data de atualização: 21/6/2012 1 ROTEIRO PARA REGISTRO NO CONTAS ONLINE Programa Caminho da Escola Parte I Execução Financeira Data de atualização: 21/6/2012 Introdução O material abaixo foi elaborado para orientar de forma objetiva

Leia mais

WEBDESK SURFLOG. http://webdesk.surflog.com.br MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 2.0.1

WEBDESK SURFLOG. http://webdesk.surflog.com.br MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 2.0.1 http://webdesk.surflog.com.br MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 2.0.1 SUMÁRIO Introdução... 3 O Webdesk Surflog... 4 Acessando o Webdesk... 5 Funções do Webdesk... 7 Envio de avisos por e-mail pelo Webdesk... 8

Leia mais

Portal do Magistrado Guia Rápido Solicitação de Plantão Judiciário

Portal do Magistrado Guia Rápido Solicitação de Plantão Judiciário Acesso ao Portal do Magistrado Como entrar no Portal do Magistrado: ENDEREÇO ELETRÔNICO: www.portaldomagistrado.tjsp.jus.br/ptlpdb/ Conecte seu Certificado Digital ao computador e informe sua Senha de

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2

Manual SAGe Versão 1.2 Manual SAGe Versão 1.2 Equipe de Pesquisadores do Projeto Conteúdo 1. Introdução... 2 2. Criação da Equipe do Projeto (Proposta Inicial)... 3 2.1. Inclusão e configuração do Pesquisador Responsável (PR)...

Leia mais

Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) Open Journal System (OJS) TUTORIAL SUBMISSÃO DE ARTIGOS

Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) Open Journal System (OJS) TUTORIAL SUBMISSÃO DE ARTIGOS Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) Open Journal System (OJS) TUTORIAL SUBMISSÃO DE ARTIGOS Processo de submissão Visão geral dos passos de submissão PASSO 1 Iniciar submissão PASSO 2 Inclusão

Leia mais

COMO CRIAR UM PEDIDO DE COMPRAS

COMO CRIAR UM PEDIDO DE COMPRAS Esse guia considera que o catálogo já esteja atualizado, caso haja dúvidas de como atualizar o catálogo favor consultar o Guia de Atualização do Catálogo. Abra o programa e clique no botão Clique aqui

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa Bolsa Família Manual de Operação Conteúdo Sumário...

Leia mais

SAÚDE CONNECT 03.010 ALTERAÇÃO DE DADOS CADASTRAIS

SAÚDE CONNECT 03.010 ALTERAÇÃO DE DADOS CADASTRAIS SAÚDE CONNECT 03.010 ALTERAÇÃO DE DADOS CADASTRAIS ALTERAÇÃO DE DADOS CADASTRAIS - PRESTADOR... 3 1. CONSULTAR OU ALTERAR DADOS CADASTRAIS... 3 1.1. DADOS GERAIS... 3 1.2. ENDEREÇOS... 5 1.3. ESPECIALIDADES...

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página 2 de 22 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES

Leia mais

NOVA VERSÃO SAFE DOC MANUAL

NOVA VERSÃO SAFE DOC MANUAL NOVA VERSÃO SAFE DOC MANUAL COMO ACESSAR O APLICATIVO SAFE DOC CAPTURE Acesse o aplicativo SAFE-DOC CAPTURE clicando no ícone na sua área de trabalho: SAFE-DOC Capture Digite o endereço do portal que é

Leia mais

MANUAL e-sic GUIA DO SERVIDOR. Governo do Estado do Piauí

MANUAL e-sic GUIA DO SERVIDOR. Governo do Estado do Piauí MANUAL e-sic GUIA DO SERVIDOR Governo do Estado do Piauí 1 Conteúdo Introdução... 3 Sistema Eletrônico de Informação ao Cidadão (e-sic)... 4 Primeiro Acesso... 5 Cadastro...Erro! Indicador não definido.

Leia mais

DECOM Digital. Perguntas Frequentes

DECOM Digital. Perguntas Frequentes DECOM Digital Perguntas Frequentes O Sistema DECOM Digital SDD é um sistema de formação de autos digitais que permitirá o envio eletrônico de documentos no âmbito de petições e de processos de defesa comercial,

Leia mais

SISTEMA QUADRO DE ESTOQUE ON-LINE MANUAL DE OPERAÇÃO

SISTEMA QUADRO DE ESTOQUE ON-LINE MANUAL DE OPERAÇÃO MANUAL DE OPERAÇÃO Digitador do Quadro de Estoque Última atualização: 22/02/2010 ACESSO AO SISTEMA O acesso ao sistema deve ser feito por meio do endereço de internet: http://estoquedse.edunet.sp.gov.br

Leia mais

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL 3º CICLO DA AVALIAÇÃO PELO GESTOR MUNICIPAL PROVAB 2014 Brasília/DF, 30 de dezembro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO Senhor(a)

Leia mais

AUTODECLARAÇÃO. Visão Requerente SISVISA. Sistema de Controle de Vigilância Sanitária

AUTODECLARAÇÃO. Visão Requerente SISVISA. Sistema de Controle de Vigilância Sanitária AUTODECLARAÇÃO Visão Requerente SISVISA Sistema de Controle de Vigilância Sanitária Versão 2.0 1 CONTROLE DE REVISÕES Versão Data Autor Comentário 1.0 19/11/2015 Equipe IVIG_COPPE_UFRJ SISVISA versão 1.0.0

Leia mais

Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil

Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil 2015 I F P A 1 0 5 a n o s SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 2 1 CALENDÁRIO

Leia mais

UNIMED LITORAL MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIMED LITORAL MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIMED LITORAL MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL PORTAL UNIMED AUTORIZAÇÃO Site: www.unimedlitoral.com.br/planodesaude A senha e login será sempre o CPF do Médico Desenvolvido por: Larissa

Leia mais

PROCEDIMENTO INSTALAÇÃO SINAI ALUGUEL

PROCEDIMENTO INSTALAÇÃO SINAI ALUGUEL 1º Passo: Baixar o arquivo http://www.sinaisistemaimobiliario.com.br/instalar/instalador_aluguel.rar. 2º Passo: No SERVIDOR ao qual o sistema deverá ser instalado: a) Criar uma pasta, preferencialmente

Leia mais

Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas ao Finep.

Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas ao Finep. Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas ao Finep. Publicação: 18 de novembro de 2014. Objetivo: Selecionar propostas para apoio financeiro à aquisição

Leia mais

SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA

SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA O Sistema Caça-Talentos tem o objetivo de aprimorar o negócio e fornecer um controle informatizado dos processos de captação dos alunos. Ele possui

Leia mais

SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL DE MATO GROSSO DO SUL

SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL DE MATO GROSSO DO SUL SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL DE MATO GROSSO DO SUL 2. Links Uteis Site do IMASUL http://www.imasul.ms.gov.br/ Acessar

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS SUPERINTENDÊNCIA DE INFRAESTRUTURA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS SUPERINTENDÊNCIA DE INFRAESTRUTURA Dispõe sobre as políticas, fluxos e os procedimentos para as solicitações de serviços de manutenção predial para a DMPV. 1 DA POLÍTICA 1.1 Todas as solicitações de serviço de manutenção predial deverão

Leia mais

MANUAL DO PUBLICADOR

MANUAL DO PUBLICADOR MANUAL DO PUBLICADOR Brasília 2010/2013 1 SUMÁRIO 1 Introdução... 5 2 O Sistema... 5 2.1 Módulos do Sistema... 6 2.2 Perfis do Sistema... 6 2.2.1 Perfil Publicador... 7 3 Publicar Documentos - Publicador...

Leia mais

SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO SAD AUTOAVALIAÇÃO MÓDULO AVALIAÇÃO DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA DIPLAN

SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO SAD AUTOAVALIAÇÃO MÓDULO AVALIAÇÃO DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA DIPLAN TUTORIAL SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO SAD AUTOAVALIAÇÃO MÓDULO AVALIAÇÃO DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA DIPLAN COORDENAÇÃO GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS CGGP Apresentação... 2

Leia mais

Manual de Utilização. Ao acessar o endereço www.fob.net.br chegaremos a seguinte página de entrada: Tela de Abertura do Sistema

Manual de Utilização. Ao acessar o endereço www.fob.net.br chegaremos a seguinte página de entrada: Tela de Abertura do Sistema Abaixo explicamos a utilização do sistema e qualquer dúvida ou sugestões relacionadas a operação do mesmo nos colocamos a disposição a qualquer horário através do email: informatica@fob.org.br, MSN: informatica@fob.org.br

Leia mais

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo.

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo. Preenchimento da SEFIP para gerar a GFIP e imprimir as guias do INSS e FGTS Você, Microempreendedor Individual que possui empregado, precisa preencher a SEFIP, gerar a GFIP e pagar a guia do FGTS até o

Leia mais

,QVWDODomR. Dê um duplo clique para abrir o Meu Computador. Dê um duplo clique para abrir o Painel de Controle. Para Adicionar ou Remover programas

,QVWDODomR. Dê um duplo clique para abrir o Meu Computador. Dê um duplo clique para abrir o Painel de Controle. Para Adicionar ou Remover programas ,QVWDODomR 5HTXLVLWRV0tQLPRV Para a instalação do software 0RQLWXV, é necessário: - Processador 333 MHz ou superior (700 MHz Recomendado); - 128 MB ou mais de Memória RAM; - 150 MB de espaço disponível

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO AUTOR GECi Gerenciador de eventos científicos

GUIA DO USUÁRIO AUTOR GECi Gerenciador de eventos científicos Grupo de Banco de IBILCE UNESP GUIA DO USUÁRIO AUTOR GECi Gerenciador de eventos científicos Coordenação: Prof. Dr. Carlos Roberto Valêncio Controle do Documento Grupo de Banco de Título Nome do Arquivo

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Cadastramento de Proponente, Consórcio Público e Entidades Privadas sem Fins Lucrativos

Portal dos Convênios - Siconv. Cadastramento de Proponente, Consórcio Público e Entidades Privadas sem Fins Lucrativos MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Cadastramento de Proponente, Consórcio

Leia mais

Manual de Operações do Painel Administrativo do site www.jornalrotadomar.com.br

Manual de Operações do Painel Administrativo do site www.jornalrotadomar.com.br Manual de Operações do Painel Administrativo do site www.jornalrotadomar.com.br 2015 DMW DESIGN - AGÊNCIA DIGITAL contato@dmwdesign.com.br www.dmwdesign.com.br Login Para efetuar o Login no Painel Administrativo

Leia mais

Manual de uso Serasa Judicial Março/2014 Controle de revisão Data da Revisão Versão Documento Versão Manager DF-e Executor Assunto Revisado 08/10/2013 1.0 Rodrigo Vieira Ambar/Gigiane Martins Criação 18/03/2104

Leia mais

Prefeitura de Araxá sábado, 11 de setembro de 2015

Prefeitura de Araxá sábado, 11 de setembro de 2015 sábado, 11 de setembro de 2015 ÍNDICE Desbloquear PopUps SIAT ONLINE Considerações Gerais Benefícios Pessoas Físicas. Benefícios Pessoas Jurídicas. Tela Inicial anônimos Acesso Restrito Direcionado a Empresas

Leia mais

Manual de Inscrição Online do Processo Seletivo MANUAL DE INSCRIÇÃO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2014

Manual de Inscrição Online do Processo Seletivo MANUAL DE INSCRIÇÃO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2014 MANUAL DE INSCRIÇÃO ONLINE DO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2014 Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) 3031-5050 CEP: 86.061-450 1 SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SITE... 3

Leia mais

STC Sistema de Trabalho em Casa com Mala Direta Trabalho & Renda a Seu Alcance de Verdade

STC Sistema de Trabalho em Casa com Mala Direta Trabalho & Renda a Seu Alcance de Verdade STC Sistema de Trabalho em Casa com Mala Direta Trabalho & Renda a Seu Alcance de Verdade Empresa de Âmbito Nacional - CNPJ n 05.147.869/0001-87 Site: www.trabalhenasuacasa.com.br Dúvidas? suportestc@trabalhenasuacasa.com.br

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR. - Inscrições Colégios. Colégios Participantes de Temporadas anteriores:

MANUAL DO PROFESSOR. - Inscrições Colégios. Colégios Participantes de Temporadas anteriores: MANUAL DO PROFESSOR - Inscrições Colégios Colégios Participantes de Temporadas anteriores: O Professor deverá acessar o link Inscrições Colégios no menu esquerdo da página inicial do site da LE2 e com

Leia mais

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR)

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) O MOODLE (Modular Object Oriented Dynamic Learning Environment) é um Ambiente Virtual de Ensino-Aprendizagem (AVEA) de código aberto, livre e gratuito que se mantém em desenvolvimento

Leia mais

Módulo Odontologia. Sumário. Odontologia

Módulo Odontologia. Sumário. Odontologia Módulo Odontologia Sumário Odontologia Este módulo contêm as informações referentes como lançar os dados do atendimento odontológico dos pacientes, bem como a(s) receita(s) a ele fornecidas e o(s) exame(s)

Leia mais

02.02.2012 PORTAL JUD

02.02.2012 PORTAL JUD 02.02.2012 PORTAL JUD A ferramenta O Portal Jud tem como objetivo propiciar as autoridades o envio de ordens judiciais ou extrajudiciais e consultar às informações cadastrais de clientes de telefonia móvel

Leia mais

Portal de Sistemas Integrados. Manual do Usuário. Versão: 1.0

Portal de Sistemas Integrados. Manual do Usuário. Versão: 1.0 Portal de Sistemas Integrados Manual do Usuário Versão: 1.0 Página: 1/33 Índice 1. Apresentação... 3 2. Descrição do Sistema... 3 3. Orientações Gerais ao Usuário...4 3.1. Senhas de Acesso... 4 4. Funcionalidades

Leia mais

Tutorial de Preenchimento de ARTs. Contrato com a CAIXA

Tutorial de Preenchimento de ARTs. Contrato com a CAIXA Pág. 1 1) Estrutura de Preenchimento das ARTs: A ART Principal deve conter as informações do contrato com a Caixa. As ARTs Múltiplas devem conter as ordens de serviço do mês e estarem vinculadas à ART

Leia mais

PROGRAMA TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO TÉCNICA TCT

PROGRAMA TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO TÉCNICA TCT EDITAL FAPERJ N.º 08/2007 PROGRAMA TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO TÉCNICA TCT O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por intermédio da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, através da Fundação Carlos

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

MANUAL DE ATENDIMENTO AO SERVIDOR MÓDULO - SIGRH

MANUAL DE ATENDIMENTO AO SERVIDOR MÓDULO - SIGRH MANUAL DE ATENDIMENTO AO SERVIDOR MÓDULO - SIGRH Universidade Federal de Itajubá Diretoria de Pessoal Agosto/2015 Prezados Servidores, Com o intuito de orientar as Diretorias e Institutos desta Universidade

Leia mais

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada.

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada. Página2 Cadastro de Categorias O cadastro de categoria é utilizado dentro do gestor para o controle financeiro da empresa, por ela é possível saber a origem e a aplicação dos recursos, como por exemplo,

Leia mais

Gestão de Actas Escolares. Manual Utilizador. (Versão 4)

Gestão de Actas Escolares. Manual Utilizador. (Versão 4) inovar TI Gestão de Actas Escolares Manual Utilizador (Versão 4) ÍNDICE: INTRODUÇÃO... 3 FUNCIONALIDADES DO UTILACTAS... 3 1.ENTRAR NO PROGRAMA... 4 2.CONVOCAR UMA REUNIÃO... 5 2.1. CRIAR... 5 2.2. EDITAR...

Leia mais

Rateio por Despesas por Contas Contábeis

Rateio por Despesas por Contas Contábeis Rateio por Despesas por Contas Contábeis Introdução É possível efetuar configuração no sistema para que a contabilização das despesas seja rateada entre departamentos/centros de custo, de acordo com percentuais

Leia mais

PJE. Cadastro Excepcional para Processos Digitais

PJE. Cadastro Excepcional para Processos Digitais PJE Cadastro Excepcional para Processos Digitais Objetivo: Este documento tem por objetivo descrever passo a passo do procedimento de Cadastro Excepcional para transpor os Processos Físicos, oriundos de

Leia mais

Como Registrar - SIGProj

Como Registrar - SIGProj Como Registrar - SIGProj A partir da implantação do Sistema de Informação e Gestão de Projetos(SIGProj), o registro de ações de extensão passará a ser realizado on-line. O SIGProj é um sistema de informação

Leia mais

GAM Gestão de Acessibilidade ao Medicamento. Manual de Utilizador Front-Office

GAM Gestão de Acessibilidade ao Medicamento. Manual de Utilizador Front-Office GAM Gestão de Acessibilidade ao Medicamento Manual de Utilizador Front-Office Aviso de Propriedade e Confidencialidade Este documento é propriedade do INFARMED, I.P., e toda a informação nele incluído

Leia mais

OBTENÇÃO DA DISPENSA DE LICENCIAMENTO NO SITE DO IEMA

OBTENÇÃO DA DISPENSA DE LICENCIAMENTO NO SITE DO IEMA GERÊNCIA DE ANÁLISE DE CRÉDITO URBANO E RURAL - GERUR OBTENÇÃO DA DISPENSA DE LICENCIAMENTO NO SITE DO IEMA PASSO A PASSO VITORIA ES 2015 1 OBTENÇÃO DA DISPENSA DE LICENCIAMENTO NO SITE DO IEMA 1) Acessar

Leia mais

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS via Controle Acadêmico de Graduação-CAGr

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS via Controle Acadêmico de Graduação-CAGr RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS via Controle Acadêmico de Graduação-CAGr 1º Passo: Acesso ao CAGr. 1. Acesse o CAGr por meio da página do Campus Araranguá em estudante.ufsc.br >graduação>

Leia mais

Solicitação de Cadastramento de Instituição de Pesquisa ou Empresa (a partir da versão

Solicitação de Cadastramento de Instituição de Pesquisa ou Empresa (a partir da versão Manual SAGe v 2.2 Solicitação de Cadastramento de Instituição de Pesquisa ou Empresa (a partir da versão 12.10.04.03) Conteúdo Introdução... 2 Cadastro de Instituições Brasileiras... 2 Solicitando o cadastramento

Leia mais

PDE INTERATIVO MANUAL DE CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS

PDE INTERATIVO MANUAL DE CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS PDE INTERATIVO MANUAL DE CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS O cadastro dos usuários é a etapa que antecede a elaboração do PLANO DE DESEMVOLVIMENTO DA ESCOLA, no PDE Interativo e precisa ser feito por

Leia mais

Manual de Uso do Aplicativo

Manual de Uso do Aplicativo Manual de Uso do Aplicativo Login Para acessar o aplicativo é necessário digitar login e senha. Caso não possua essas informações, clique no botão Cadastro, para criar um novo login (mais detalhes no item

Leia mais

Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8. CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Produtos

Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8. CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Produtos Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8 CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Manual do Usuário - Firma Inspetora SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O

Leia mais

Processo: Logística. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Integração com Axado

Processo: Logística. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Integração com Axado Desenvolvimento BM-1372 Integração com AXADO - Plataforma de gestão de frete Versão 5 Release 29 Autor Jaciara Silva Processo: Logística Nome do Processo: Integração com Axado Acesso Logística\Estoque\Cadastros\Transportadoras

Leia mais

CRIAÇÃO DE TABELAS NO ACCESS. Criação de Tabelas no Access

CRIAÇÃO DE TABELAS NO ACCESS. Criação de Tabelas no Access CRIAÇÃO DE TABELAS NO ACCESS Criação de Tabelas no Access Sumário Conceitos / Autores chave... 3 1. Introdução... 4 2. Criação de um Banco de Dados... 4 3. Criação de Tabelas... 6 4. Vinculação de tabelas...

Leia mais

Solicitação de Autorização Intercâmbio

Solicitação de Autorização Intercâmbio Solicitação de Autorização Intercâmbio Passo a Passo - EQAT AGOSTO/2010 Por: Daniel Toledo 1 PARTE 1 PORTAL UNIMED... 4 1. ACESSO AO SITE... 4 2. SOLICITAÇÃO INTERCÂMBIO NACIONAL E ESTADUAL (EXCETO 0976

Leia mais

QUESTIONAMENT O DOS USUÁRIOS

QUESTIONAMENT O DOS USUÁRIOS QUESTIONAMENT O DOS USUÁRIOS Questionamentos comuns Modelo de e-mail recebido: Para que serve o ofício? Como saber os valores? Que empresa está obrigada a pagar esta taxa? No ofício me mandaram um código

Leia mais

Administração Portal Controle Público

Administração Portal Controle Público Administração Portal Controle Público Manual do usuário www.controlepublico.org.br 2015 Sumário 1. Workflow da publicação... 3 1.1. Perfis de publicação... 3 1.2. Perfis de controle no Administrador...

Leia mais

CERTIDAO SIMPLIFICADA EXISTÊNCIA DE EMPRESA

CERTIDAO SIMPLIFICADA EXISTÊNCIA DE EMPRESA CERTIDAO SIMPLIFICADA EXISTÊNCIA DE EMPRESA Ao escolher o Tipo de Certidão Simplificada, será exibida uma lista com o tipo da simplificada a ser escolhida. A tabela de preços vale para ambas opções. Selecione

Leia mais

TUTORIAL DO E-MAIL INSTITUCIONAL

TUTORIAL DO E-MAIL INSTITUCIONAL TUTORIAL DO E-MAIL INSTITUCIONAL CRIAÇÃO: crteldna@gmail.com (43) 3371-1336 (43) 3371-1337 Fevereiro/2008 1 de 12 Sumário 1 Perguntas e respostas sobre o e-mail da SEED...3 2 Como fazer o cadastro no Portal

Leia mais

Manual do Usuário. VpetConverter Ferramenta para adequação de documentos para Petições Eletrônicas. http://www.voat.com.br/ contato@voat.com.

Manual do Usuário. VpetConverter Ferramenta para adequação de documentos para Petições Eletrônicas. http://www.voat.com.br/ contato@voat.com. Manual do Usuário VpetConverter Ferramenta para adequação de documentos para Petições Eletrônicas http://www.voat.com.br/ contato@voat.com.br Descrição Geral O VPetConverter é um programa que facilita

Leia mais

Inclusão de Novo Processo Administrativo

Inclusão de Novo Processo Administrativo Inclusão de Novo Processo Administrativo Tela Inicial Site: Ensino a Distância PROCERGS Curso: PROA - Processos Administrativos v5.0 Livro: Inclusão de Novo Processo Administrativo Impresso por: Glauco

Leia mais

Sistema de Gestão Avícola SYSAVES. O sistema SYSAVES controla todo o processo, desde a saída dos

Sistema de Gestão Avícola SYSAVES. O sistema SYSAVES controla todo o processo, desde a saída dos Sistema de Gestão Avícola SYSAVES O sistema SYSAVES controla todo o processo, desde a saída dos galpões dos fornecedores (granjeiros) de aves até a emissão de relatórios das saídas dos galpões para os

Leia mais

Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT.

Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT. Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT. Versão: 16/03/12 As instruções abaixo aplicam-se a todas as Operações de Transportes

Leia mais

Serviço Público Federal Ministério da Educação Universidade Federal de Roraima Gabinete da Reitoria Coordenadoria de Relações Internacionais

Serviço Público Federal Ministério da Educação Universidade Federal de Roraima Gabinete da Reitoria Coordenadoria de Relações Internacionais Orientações Complementares ao Edital Nº 042/2015 CRINT/UFRR 2ª CHAMADA EBW+ SOBRE AS ÁREAS ELEGÍVEIS GRADUAÇÃO Cursos de graduação da UFRR que se enquadram nas áreas elegíveis: Artes criativas - Música

Leia mais

Como devo fazer para me inscrever nos ambientes virtuais?

Como devo fazer para me inscrever nos ambientes virtuais? Obs.: Para acessar os links deste guia basta clicar sobre o link. Obs².: Clicando sobre o link das perguntas aqui embaixo você será direcionado diretamente para a resposta que você procura. 1) Como devo

Leia mais

Manual Para Peticionamento Online

Manual Para Peticionamento Online Manual Para Peticionamento Online 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv). 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

PROCEDIMENTO DO CLIENTE

PROCEDIMENTO DO CLIENTE PROCEDIMENTO DO CLIENTE Título: Plug-in Webclass Objetivo: Aprender a utilizar a ferramenta webclass. Onde: Empresa Quem: Cliente Quando: Início A ferramenta webclass visa facilitar os processos da educação

Leia mais

OBJETIVO: Cadastrar os dados da empresa que adquiriu o sistema. As empresas cadastradas no sistema, a partir desta tela, terão influência,

OBJETIVO: Cadastrar os dados da empresa que adquiriu o sistema. As empresas cadastradas no sistema, a partir desta tela, terão influência, Cadastro de Empresa OBJETIVO: Cadastrar os dados da empresa que adquiriu o sistema. As empresas cadastradas no sistema, a partir desta tela, terão influência, principalmente, no financeiro. Anexando uma

Leia mais

Plataforma Brasil Versão 3.0

Plataforma Brasil Versão 3.0 Plataforma Brasil Versão 3.0 Histórico de Revisão do Manual Versão do Sistema 3.0 3.0 Autor Data Descrição Assessoria Plataforma Brasil 22/06/2015 Assessoria Plataforma Brasil 04/09/2015 Criação do Documento

Leia mais

Como Declarar online e pagar sem filas?

Como Declarar online e pagar sem filas? Como Declarar online e pagar sem filas? Declaração Online a) Acesso à sua conta no Portal do Cidadão Ao aceder ao Portal do Cidadão (www.portondinosilha.cv), faça o login para aceder à sua conta (para

Leia mais

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica Manual do Usuário Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica SISTCADPJ Cadastro de Pessoa Jurídica Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 3. Cadastro da Pessoa Jurídica...

Leia mais

Orientações básicas para submissão de projetos de pesquisa

Orientações básicas para submissão de projetos de pesquisa Orientações básicas para submissão de projetos de pesquisa Versão 1.2 Versão Autor Data Descrição 1.0 Equipe suporte 13/10/2011 Criação do Plataforma Brasil documento 1.1 Equipe suporte Plataforma Brasil

Leia mais

Sumário. CEAD - FACEL Manual do Aluno, 02

Sumário. CEAD - FACEL Manual do Aluno, 02 Manual CEAD - FACEL Sumário 03... Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem Atualizando seu perfil Esqueceu sua senha de acesso 09... O meu AVA Conhecendo meu AVA Navegando na disciplina Barra de navegação

Leia mais

1 Visão Geral. 2 Instalação e Primeira Utilização. Manual de Instalação do Gold Pedido

1 Visão Geral. 2 Instalação e Primeira Utilização. Manual de Instalação do Gold Pedido Manual de Instalação do Gold Pedido 1 Visão Geral Programa completo para enviar pedidos e ficha cadastral de clientes pela internet sem usar fax e interurbano. Reduz a conta telefônica e tempo. Importa

Leia mais

Tutorial de utilização do Sistema de Abertura de Chamado Sumário

Tutorial de utilização do Sistema de Abertura de Chamado Sumário Tutorial de utilização do Sistema de Abertura de Chamado Sumário 1. Processo de atendimento...2 1.1. Porque abrir um chamado...2 1.2. Entendendo o processo de atendimento...2 1.3. Acessando o sistema...3

Leia mais

e Autorizador Odontológico

e Autorizador Odontológico 1 CONTROLE DE DOCUMENTO Revisor Versão Data Publicação Diego Ortiz Costa 1.0 08/08/2010 Diego Ortiz Costa 1.1 09/06/2011 Diego Ortiz Costa 1.2 07/07/2011 2 Sumário CONTROLE DE DOCUMENTO... 2 1. Informações

Leia mais

SISTEMA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL. MANUAL DO ADMINISTRADOR Módulo Dados Pessoais

SISTEMA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL. MANUAL DO ADMINISTRADOR Módulo Dados Pessoais SISTEMA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL MANUAL DO ADMINISTRADOR Módulo Dados Pessoais Prodesp Tecnologia da Informação SDS Superintendência Desenvolvimento de Sistemas DVP - Gerência de Desenvolvimento Folha

Leia mais

Manual do Usuário CMS WordPress MU Versão atual: 2.8

Manual do Usuário CMS WordPress MU Versão atual: 2.8 Manual do Usuário CMS WordPress MU Versão atual: 2.8 1 - Introdução O Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional, CGCO, criou, há um ano, uma equipe para atender à demanda de criação de novos sites

Leia mais

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL 1 MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL Este manual tem como objetivo apresentar os procedimentos necessários para a emissão, on-line, da autorização para

Leia mais