2011/2012. I - TABELA DE PRÉMIOS DE JOGO (valores sujeitos a IRS) MASCULINOS ÁRBITROS OFICIAIS DE MESA COMISSÁRIOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2011/2012. I - TABELA DE PRÉMIOS DE JOGO (valores sujeitos a IRS) MASCULINOS ÁRBITROS OFICIAIS DE MESA COMISSÁRIOS"

Transcrição

1 A) 2011/2012 I - TABELA DE PRÉMIOS DE JOGO (valores sujeitos a IRS) MASCULINOS ÁRBITROS OFICIAIS DE MESA COMISSÁRIOS Liga Portuguesa de * 50 Basquetebol / Taça Federação LPB Final do Play-Off da LPB ,50 58,50 Torneio António Pratas LPB Torneio António Pratas Proliga 38,50 13,50 Proliga / Taça Federação Proliga ** 31,50 Final do Play-Off da Proliga 95 31,50 50 CNB ª Fase Final CNB ª Fase (Fase Zonal) Final Taça de Portugal / Até 1/ / ,50 50 Final a 8 / Supertaça ,50 58,50 Sub-20 Fase Nacional (2ª Fase - Intermédia) Fase Final Sub Fase Final Sub Fase Final Sub-14 (2 oficiais de mesa) 6,75 5,25 - Fase Final 10,50 7,50 -

2 B) FEMININOS ÁRBITROS OFICIAIS DE MESA COMISSÁRIOS Liga Play-Off da Liga Taça Federação Liga Taça Vítor Hugo I Divisão Play-Off II Divisão Fase Final Taça Portugal / 1ª Fase /8 e 1/4 Final Final a 4 / Supertaça Sub Fase Final Sub Fase Final Sub-14 (2 oficiais de mesa) 5,25 3,75 - Fase Final 8, * Nos jogos da Fase Regular da LPB serão nomeados apenas 3 Oficiais de Mesa e, por esse facto, o prémio de jogo é, nessa Fase, de 40. ** Nos jogos da Fase Regular da Proliga serão nomeados apenas 3 Oficiais de Mesa e, por esse facto, o prémio de jogo é, nessa Fase, de 31,50. Nos Play-Off destas competições serão nomeados 4 Oficiais de Mesa, mantendo-se nessas situações os prémios de jogo fixados na tabela A). C) O Prémio de Jogo dos Observadores é de 30.

3 II - TABELA DE DESLOCAÇÕES E DE AJUDAS DE CUSTO (valores alguns deles isentos de IRS e outros - que ultrapassam os limites legais - sujeitos a IRS) A Tabela é fixada na importância a receber por cada Juiz. Esta Tabela só se aplica, quando o Juiz é nomeado para actuar noutro Distrito, que não aquele em que se encontra filiado. 1 Tabela de Quilometragem / Valores de Deslocação A) A quilometragem indicada no quadro abaixo é de apenas um dos percursos, pelo que a distância total percorrida é o dobro. Até 50 Km 32 De 51 a 100 Km 53 De 101 a 150 Km 79 De 151 a 225 Km 108 De 226 a 300 Km 138 De 301 a 375 Km 150 De 376 a 425 Km 158 De 426 a 500 Km 169 De 501 a 575 Km 180 De 576 a 650 Km 190 De 651 a 725 Km 200 Estes valores de deslocação estão isentos de IRS Nota importante que abrange todas as competições nacionais: Quando se deslocarem para fora do seu distrito 2 Juízes (inclui comissário) do mesmo distrito ou de distritos contíguos (neste caso, desde que com parte significativa do percurso em comum, da origem ao destino) haverá uma redução de 10% no valor de deslocação de cada um dos 2 juízes, em relação à tabela individual estabelecida. Quando se deslocarem para fora do seu distrito 3 ou mais Juízes (inclui comissário) do mesmo distrito ou de distritos contíguos (neste caso, desde que com parte significativa do percurso em comum, da origem ao destino) haverá uma redução de 15% no valor de deslocação de cada um dos 3 ou mais juízes, em relação à tabela individual estabelecida.

4 B) Em Jogos fora da sua Região, de 2 dias consecutivos, cada Juiz recebe mais 65 de Ajudas de Custo (valor isento de IRS), para além do Subsídio correspondente à maior distância, salvo se a Organização lhe fornecer dormida e alimentação. C) Em Jogos fora da sua Região, de 3 dias consecutivos, cada Juiz recebe mais 120 de Ajudas de Custo (valor isento de IRS), para além do Subsídio correspondente à maior distância, salvo se a Organização lhe fornecer dormida e alimentação. 2 - Deslocação para / e das Regiões Autónomas Para além do Bilhete de Avião, cada Juiz tem direito a Ajudas de Custo e Deslocações Locais, fornecendo-lhe obrigatoriamente a Organização o Alojamento, no valor de: A) Ida e volta no mesmo dia 32 de Ajudas de Custo, dos quais 25 isentos de IRS e 7 sujeitos a IRS. B) Ida num dia e regresso no dia seguinte com chegada até às 13h00 32 de Ajudas de Custo, dos quais 25 isentos de IRS e 7 sujeitos a IRS. C) Ida num dia e regresso no dia seguinte com chegada depois das 13h00 48 de Ajudas de Custo, dos quais 37 isentos de IRS e 11 sujeitos a IRS. D) Ida num dia e regresso à noite do dia seguinte, com chegada depois das 20h00 e até às 0h00 64 de Ajudas de Custo, dos quais 50 isentos de IRS e 14 sujeitos a IRS. D) Ida num dia e regresso à noite do dia seguinte, com chegada depois das 0h00 64 de Ajudas de Custo, isentos de IRS. E) Deslocações Locais (Trajecto para a Cidade, ida e volta) Funchal 60 km 37 dos quais 20 isentos de IRS e 17 sujeitos a IRS Terceira 60 km 27 dos quais 20 isentos de IRS e 7 sujeitos a IRS P. Delgada 15 km 12 dos quais 5 isentos de IRS e 7 sujeitos a IRS Horta 15 km 12 dos quais 5 isentos de IRS e 7 sujeitos a IRS 3 - Jogos em dias úteis da semana (excluem-se os Sábados, Domingos e Feriados Nacionais). A) Com saída para Distrito Contíguo, cada Juiz recebe 34 de Ajudas de Custo, dos quais 12,50 estão isentos de IRS e 21,50 estão sujeitos a IRS. B) Com saída para Distrito Não Contíguo, cada Juiz recebe 64 de Ajudas de Custo, dos quais 12,50 estão isentos de IRS e 51,50 estão sujeitos a IRS. C) Quando o Jogo se efectua dentro do mesmo Distrito e tem início antes das 20h00 inclusive, cada Juiz recebe 34 de Ajudas de Custo, dos quais 12,50 estão isentos de IRS e 21,50 estão sujeitos a IRS.

5 D) Quando se realizam 2 (dois) Jogos consecutivos dentro do mesmo Distrito e o primeiro tem início depois das 20h00, cada Juiz recebe 16 de Ajudas de Custo, dos quais 12,50 estão isentos de IRS e 3,50 estão sujeitos a IRS. 4 - Jogos disputados Sábados, Domingos e Feriados Nacionais no mesmo Distrito do Juiz, entre as 12h00 e as 14h00 (ambas inclusive) e entre as 19h00 e as 20h00 (ambas inclusive), cada Juiz recebe 16 de Ajudas de Custo, dos quais 12,50 estão isentos de IRS e 3,50 estão sujeitos a IRS. 5 - Nos Jogos Internacionais Oficiais (FIBA), os Juízes recebem pela tabela máxima da Federação, na respectiva categoria. 6 - Os Jogos das Selecções Nacionais de Preparação ou Torneios, assim como todos os Jogos dos CAR s, os Juízes só têm direito à Deslocação (isenta de IRS) e a Ajudas de Custo, se for caso disso, que se regerão pela regra aplicável, de entre as anteriores. 7 - Deslocação de Oficiais de Mesa para localidade de Distrito Contíguo, a menos de 25 Km de distância do seu Distrito, será liquidada a importância de 13 de Deslocação (isentos de IRS) por cada Oficial de Mesa. 8 - Nos Jogos Oficiais, quando os Juízes são desse Distrito, é paga a Deslocação (isenta de IRS) que está aprovada pela respectiva Associação, mas que não poderá ser superior aos valores praticados pela FPB. 9 - Consideram-se Jogos Treino, aqueles em que não exista preenchimento de boletim de jogo, nem por qualquer forma apuramento de resultado, participando os Juízes a título de convite por via oficial e sem utilização de uniforme regulamentar. Nestes jogos os Juízes apenas têm direito ao recebimento de valores directamente dispendidos com as Deslocações (isentas de IRS). Este pagamento é feito, no local, pela entidade organizadora Consideram-se Jogos Particulares, todos os restantes encontros, isto é, quando os Juízes forem nomeados pelo CA FPB ou pelo seu CAD, em caso de delegação, havendo lugar ao preenchimento do boletim de jogo e os Juízes participam com uniforme regulamentar. Nestes jogos os Juízes têm direito à Deslocação (isenta de IRS) e a 50% do Prémio de Jogo (sujeito a IRS). Este pagamento é feito, no local, pela entidade organizadora. 22 de Setembro de 2011 O CA da FPB

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL TORNEIO REGIONAL. 08, 09 e 10 de Junho de 2012 Angra do Heroísmo

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL TORNEIO REGIONAL. 08, 09 e 10 de Junho de 2012 Angra do Heroísmo ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL ANGRA DO HEROÍSMO TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES FUTEBOL SUB 14 08, 09 e 10 de Junho de 2012 Angra do Heroísmo ESTRUTURA ORGÂNICA DIREÇÃO - Carlos Fontes 969148800 GABINETE TÉCNICO

Leia mais

MUNICÍPIOS DA REGIÃO DE SETÚBAL, ASSOCIAÇÕES e ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 TÉNIS DE MESA REGULAMENTO

MUNICÍPIOS DA REGIÃO DE SETÚBAL, ASSOCIAÇÕES e ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 TÉNIS DE MESA REGULAMENTO JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 TÉNIS DE MESA REGULAMENTO 1. Organização A organização da modalidade de Ténis de Mesa nos Jogos do Futuro da Região de Setúbal 2016 é da responsabilidade da, da

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA TAÇA DE PORTUGAL XCM 2009

REGULAMENTO GERAL DA TAÇA DE PORTUGAL XCM 2009 REGULAMENTO GERAL DA TAÇA DE PORTUGAL XCM 2009 1. INTRODUÇÃO 1.1- A Taça de Portugal XCM é um troféu oficial da UVP/ Federação Portuguesa de Ciclismo e consta de um conjunto provas promovidas por vários

Leia mais

REGULAMENTO. 3. O MT será constituído por 8 (oito) provas, bem como pelo Campeonato Regional por Equipas de Sub10 (Interclubes).

REGULAMENTO. 3. O MT será constituído por 8 (oito) provas, bem como pelo Campeonato Regional por Equipas de Sub10 (Interclubes). REGULAMENTO 1. O ATL MINI TOUR 2014 (MT) é um circuito de provas para os escalões de Sub8 e Sub10, promovido pela Associação de Ténis de Lisboa (ATL), havendo uma calendarização das provas através de um

Leia mais

REGULAMENTO DE INSCRIÇÕES E TRANSFERÊNCIAS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE BASQUETEBOL

REGULAMENTO DE INSCRIÇÕES E TRANSFERÊNCIAS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE BASQUETEBOL REGULAMENTO DE INSCRIÇÕES E TRANSFERÊNCIAS DA COM AS ALTERAÇÕES APROVADAS NA ASSEMBLEIA GERAL DE 06.DEZEMBRO.2008 E NAS REUNIÕES DE DIRECÇÃO DE 28.JULHO.2011; 06.NOVEMBRO.2012; 26.FEVEREIRO. 2014 1 2 ÍNDICE

Leia mais

Regulamentos de Provas Oficiais Futebol 11 Seniores Masculinos

Regulamentos de Provas Oficiais Futebol 11 Seniores Masculinos Regulamentos de Provas Oficiais Futebol 11 Seniores Masculinos Associação de Futebol de Aveiro I REGULAMENTO DE PROVAS OFICIAIS CAMPEONATOS DISTRITAIS DE FUTEBOL 11 SENIORES 1 CAMPEONATO DISTRITAL DA I

Leia mais

ESQUEMA DE PROVAS MASCULINOS FEMININOS. I DIVISÃO - 12 Equipas (podendo ser 13 ou 14 por candidatura directa)

ESQUEMA DE PROVAS MASCULINOS FEMININOS. I DIVISÃO - 12 Equipas (podendo ser 13 ou 14 por candidatura directa) ESQUEMA DE PROVAS MASCULINOS I DIVISÃO - 12 Equipas (podendo ser 13 14 por candidatura directa) II DIVISÃO - 12 Equipas Continente, Zona Açores e Madeira III DIVISÃO - Aberta FEMININOS I DIVISÃO 12 Equipas

Leia mais

Associação de Futebol de Lisboa

Associação de Futebol de Lisboa Associação de Futebol de Lisboa Conselho de Arbitragem FUTSAL NORMAS REGULAMENTARES PARA CRONOMETRISTAS EDIÇÃO - 2010 INDICE 5 / 00. TEMAS NOMEAÇÃO PARA JOGOS 01 TESTES ESCRITOS 02 ASSIDUIDADE E COLABORAÇÃO

Leia mais

Associação de Futebol do Porto

Associação de Futebol do Porto RUA ANTÓNIO PINTO MACHADO, 96/100 4100.068 PORTO COMUNICADO OFICIAL Circular n.º 79 = 2014/2015= Para o conhecimento e orientação dos Clubes Filiados, SAD s, SDUQ s, Árbitros, Órgãos de Comunicação Social

Leia mais

ÍNDICE A - REGRAS E INSTRUÇÕES 3. I - Quotas Anuais de Filiação 4. II - Estrada 5. III - Diárias 5. IV - Condições Financeiras 6

ÍNDICE A - REGRAS E INSTRUÇÕES 3. I - Quotas Anuais de Filiação 4. II - Estrada 5. III - Diárias 5. IV - Condições Financeiras 6 Aprovado em Assembleia Geral no dia 21 Outubro de 2006 ÍNDICE A - REGRAS E INSTRUÇÕES 3 B - TABELAS PARA A ÉPOCA DE 2007 I - Quotas Anuais de Filiação 4 II - Estrada 5 III - Diárias 5 IV - Condições Financeiras

Leia mais

1ª Copa de Judô "Dr. Valdomir Mandaliti"

1ª Copa de Judô Dr. Valdomir Mandaliti FEDERAÇÃO PAULISTA DE JUDÔ Rua Germaine Burchard, 451-3º Andar - sala 31 - Fone (011)38 62-0749 e TELEFAX (011)36730497 SÃO PAULO - SP - CEP 05002-062 3ª Delegacia Centro Sul Bauru Mandaliti Advogados

Leia mais

ÉPOCA 2015/2016 REGULAMENTO DA PROVA. Artigo 1 Prémios. 2. Ao Campeão Nacional será atribuído uma Taça e vinte e cinco medalhas.

ÉPOCA 2015/2016 REGULAMENTO DA PROVA. Artigo 1 Prémios. 2. Ao Campeão Nacional será atribuído uma Taça e vinte e cinco medalhas. PO40 CAMPEONATO NACIONAL DE VETERANOS MASCULINOS (Regulamento aprovado em Reunião de Direção de 06-05-15) REGULAMENTO DA PROVA Artigo 1 Prémios 1. O vencedor é declarado CAMPEÃO NACIONAL 2. Ao Campeão

Leia mais

REGULAMENTO DA TAÇA XCM DO CENTRO 2015

REGULAMENTO DA TAÇA XCM DO CENTRO 2015 1. INTRODUÇÃO REGULAMENTO DA TAÇA XCM DO CENTRO 2015 A TAÇA DE XCM DO CENTRO é um troféu oficial da Associação de Ciclismo do Aveiro e consta de um conjunto de provas a decorrer entre Março e Outubro com

Leia mais

Regulamento da Taça de Portugal Sevens Feminino 2016/2017 2

Regulamento da Taça de Portugal Sevens Feminino 2016/2017 2 REGULAMENTO DA TAÇA DE PORTUGAL SEVENS FEMININO 2016/2017 Artigo 1.º (Regime Supletivo) À Taça de Portugal de Sevens Feminino aplicam-se as normas do Regulamento Geral de Competições em tudo o que não

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE PONTA DELGADA GABINETE TÉCNICO FUTEBOL - MASCULINOS SÉNIORES

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE PONTA DELGADA GABINETE TÉCNICO FUTEBOL - MASCULINOS SÉNIORES ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE PONTA DELGADA GABINETE TÉCNICO FUTEBOL - MASCULINOS SÉNIORES ORGANIZAÇÃO COMPETITIVA E FORMAS DE DISPUTA 2016 / 2017 CLUBES PARTICIPANTES ÁGUIA CLUBE DESPORTIVO CASA DO POVO DA

Leia mais

Regulamentos de Provas Oficiais Futebol 7 Juniores Masculinos D, E e F Com a alteração ratificada em Reunião de Direção de 17jun2014

Regulamentos de Provas Oficiais Futebol 7 Juniores Masculinos D, E e F Com a alteração ratificada em Reunião de Direção de 17jun2014 Regulamentos de Provas Oficiais Futebol 7 Juniores Masculinos D, E e F Com a alteração ratificada em Reunião de Direção de 17jun2014 Associação de Futebol de Aveiro 1. GENERALIDADES I FUTEBOL 7 JUNIORES

Leia mais

FALDO SERIES AMÉRICA DO SUL

FALDO SERIES AMÉRICA DO SUL CIRCULAR Nº 032/2008 São Paulo, 2 de junho de 2008. FALDO SERIES AMÉRICA DO SUL Nick Faldo convida os vencedores de cada categoria por idade nesta final AMÉRICA DO SUL, a participar com tudo pago no FALDO

Leia mais

Tipo de prova - MTB XCO - Cross Country Olímpico Distância 3.200m/volta

Tipo de prova - MTB XCO - Cross Country Olímpico Distância 3.200m/volta Apresentação O Campeonato Paranaense de Mountain Bike Cross Country XCO será realizado na cidade de Santa Fé, em etapa única que vai definir os campeões de 2015 em todas as categorias oficiais disputadas.

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA AVISO CONVOCATÓRIO

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA AVISO CONVOCATÓRIO Rua Nova da Trindade, 2-2º. 1249-250 Lisboa Tel.: + 351 213 224 870 Fax: + 351 213 224 885 direccao@afl.pt www.afl.pt ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA AVISO CONVOCATÓRIO Ao abrigo dos artigos 24.º, n.º

Leia mais

O Campeonato Nacional da 3.ª Divisão é disputado por um número ilimitado de Equipas.

O Campeonato Nacional da 3.ª Divisão é disputado por um número ilimitado de Equipas. Regulamento Variante: Pool Português Disciplina: Bola 8 Competição: Campeonato Nacional 3ª Divisão O Campeonato Nacional da 3.ª Divisão é disputado por um número ilimitado de Equipas. A competição, para

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DA HORTA Infantis (Futebol) Época Organização Competitiva e Regulamento Específico

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DA HORTA Infantis (Futebol) Época Organização Competitiva e Regulamento Específico DE Infantis (Futebol) Época 2015-2016 Organização Competitiva e Regulamento Específico CLUBES PARTICIPANTES ILHA DO FAIAL ANGÚSTIAS ATLÉTICO CLUBE FAYAL SPORT CLUB CLUBE FLAMENGOS GRUPO DESPORTIVO CEDRENSE

Leia mais

Apelamos ao esprito colaborativo e ao necessário bom senso de todos os clubes/participantes na gestão e utilização do espaço.

Apelamos ao esprito colaborativo e ao necessário bom senso de todos os clubes/participantes na gestão e utilização do espaço. ACESSOS 1 Hangares; 2 Parque de carrinhas e atrelados; Sentido circulação de carrinhas e atrelados; 3 Acesso Público a pé; 4 Hangares: 5 Reunião de Delegados e Apoio Médico; 6 Balneários; 7 Resultados

Leia mais

CIRCUITO NACIONAL DE RUGBY de 7 Sub 16 e Sub / 2011

CIRCUITO NACIONAL DE RUGBY de 7 Sub 16 e Sub / 2011 CIRCUITO NACIONAL DE RUGBY de 7 Sub 16 e Sub 18 2010 / 2011 O Departamento de Competições da FPR vai organizar o Circuito Nacional de Rugby de 7, para os escalões Sub 16 e Sub 18. Este Circuito realiza-se

Leia mais

XIX TRIATLO DE OEIRAS Domingo, 19 de Junho de 2016 REGULAMENTO

XIX TRIATLO DE OEIRAS Domingo, 19 de Junho de 2016 REGULAMENTO XIX TRIATLO DE OEIRAS Domingo, 19 de Junho de 2016 TAÇA DE PORTUGAL DE TRIATLO: 09H00 PROVA ABERTA: 11H30 REGULAMENTO 1- ORGANIZAÇÃO / ENQUADRAMENTO O XIX Triatlo de Oeiras é uma organização da Câmara

Leia mais

CARTA CONVITE OLIMPIAUÍ

CARTA CONVITE OLIMPIAUÍ CARTA CONVITE OLIMPIAUÍ A Federação de Badminton Piauiense - FEBAPI sente-se honrosa em convidar a todos os Núcleos, Clubes e Associações que desenvolvem o Badminton e que são filiadas a participarem da

Leia mais

XVII TROFÉU ALVES BARBOSA

XVII TROFÉU ALVES BARBOSA XVII TROFÉU ALVES BARBOSA REGULAMENTO PARTICULAR 2016 ASSOCIAÇÃO DE CICLISMO DA BEIRA LITORAL Tel. (+351) 234 743 320 Rua Alves Barbosa, 326 3780-908 Sangalhos Portugal info@acbl.pt / geral@acbl.pt www.acbl.pt

Leia mais

CAMPEONATO NACIONAL DE CLUBES ESTELA GOLF CLUB 07 A 11 DE SETEMBRO

CAMPEONATO NACIONAL DE CLUBES ESTELA GOLF CLUB 07 A 11 DE SETEMBRO Nos termos da Regra 33-1, e sem prejuízo das Condições de Competição de Aplicação Permanente e Regras Locais, é estabelecido o seguinte Regulamento: 1. PARTICIPAÇÃO Competição aberta a todos os clubes

Leia mais

Para conhecimento de todos os nossos filiados, Conselho de Arbitragem, Órgãos de Comunicação Social e demais interessados, comunicamos o seguinte:

Para conhecimento de todos os nossos filiados, Conselho de Arbitragem, Órgãos de Comunicação Social e demais interessados, comunicamos o seguinte: Para conhecimento de todos os nossos filiados, Conselho de Arbitragem, Órgãos de Comunicação Social e demais interessados, comunicamos o seguinte: ALTERAÇÃO REGULAMENTO PROVAS OFICIAIS (Art.º 102.05, Art.º

Leia mais

Artigo 1.º (Regime Supletivo) Aos Campeonatos Nacionais especificamente previsto no presente Regulamento.

Artigo 1.º (Regime Supletivo) Aos Campeonatos Nacionais especificamente previsto no presente Regulamento. REGULAMENTO DOS CAMPEONATOS NACIONAIS SUB-16 e SUB-18 2015/2016 Artigo 1.º (Regime Supletivo) Aos Campeonatos Nacionais - - - especificamente previsto no presente Regulamento. Artigo 2.º (Idade Limite)

Leia mais

REGULAMENTO DA TAÇA XCM DO CENTRO 2014

REGULAMENTO DA TAÇA XCM DO CENTRO 2014 REGULAMENTO DA TAÇA XCM DO CENTRO 2014 1. INTRODUÇÃO A TAÇA DE XCM DO CENTRO é um troféu oficial da Associação de Ciclismo do Aveiro e consta de um conjunto de provas a decorrer entre Março e Outubro com

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR 8º. Grande Prémio Liberty Seguros / Cyclin Portugal

REGULAMENTO PARTICULAR 8º. Grande Prémio Liberty Seguros / Cyclin Portugal REGULAMENTO PARTICULAR 8º. Grande Prémio Liberty Seguros / Cyclin Portugal ARTIGO 1 ORGANIZAÇÃO O 8º. Grande Prémio Liberty Seguros/Cyclin Portugal é organizado pela Federação Portuguesa de Ciclismo Rua

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR DO CAMPEONATO NACIONAL XCO 2012 (Actualizado a )

REGULAMENTO PARTICULAR DO CAMPEONATO NACIONAL XCO 2012 (Actualizado a ) REGULAMENTO PARTICULAR DO CAMPEONATO NACIONAL XCO 2012 (Actualizado a 28.03.2012) 1- INTRODUÇÃO 1.1- O Campeonato Nacional Cross Country Olímpico (XCO) é propriedade exclusiva da UVP/Federação Portuguesa

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DESPORTOS PARA DEFICIENTES INTELECTUAIS

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DESPORTOS PARA DEFICIENTES INTELECTUAIS CAMPEONATO BRASILEIRO DE NATAÇÃO ABDEM REGULAMENTO GERAL I - Das disposições Preliminares Art.1º - O Campeonato Brasileiro de Natação será promovido pela Associação Brasileira de Desportos para Deficientes

Leia mais

50 Anos Jogos Juvenis do Barreiro TORNEIO BASQUETEBOL 3 X 3

50 Anos Jogos Juvenis do Barreiro TORNEIO BASQUETEBOL 3 X 3 REGULAMENTO 1 Introdução 50 Anos Jogos Juvenis do Barreiro TORNEIO BASQUETEBOL 3 X 3 2014 O 3x3 (pronunciado 3 por 3), e anteriormente conhecido como FIBA 33, é uma versão formalizada do basquetebol de

Leia mais

TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB

TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE ANGRA DO HEROÍSMO TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB 14 FUTEBOL Angra do Heroísmo 10, 11 e 12 de Junho de 2016 ESTRUTURA ORGÂNICA DIREÇÃO - CARLOS FONTES 969 148 800 GABINETE

Leia mais

Residentes em Portugal realizaram 15,4 milhões de viagens turísticas em 2010

Residentes em Portugal realizaram 15,4 milhões de viagens turísticas em 2010 PROCURA TURÍSTICA DOS RESIDENTES Janeiro a Dezembro de 2010 30 de Maio de 2011 Residentes em Portugal realizaram 15,4 milhões de viagens turísticas em 2010 Em 2010 foram realizadas cerca de 15,4 milhões

Leia mais

Normas Olimpíadas Desporto

Normas Olimpíadas Desporto Normas Olimpíadas Desporto Atletismo 1. Elementos por equipa Sem critérios 2. Provas As provas escolhidas para as Olimpíadas foram: 60 Metros; 1500 Metros; 3. Sistema de competição 60 Metros: 1ª Fase (+60)

Leia mais

2ª COPA CIDADE DE TERESINA DE JUDÔ TROFÉU DANYS QUEIROZ REGULAMENTO GERAL

2ª COPA CIDADE DE TERESINA DE JUDÔ TROFÉU DANYS QUEIROZ REGULAMENTO GERAL 2ª COPA CIDADE DE TERESINA DE JUDÔ TROFÉU DANYS QUEIROZ REGULAMENTO GERAL A 2ª COPA CIDADE DE TERESINA DE JUDÔ - TROFÉU DANYS QUEIROZ será disputada observando as Normas Gerais para Eventos Nacionais edição

Leia mais

FUTEBOL CLUBE PORTO PALMARÉS:

FUTEBOL CLUBE PORTO PALMARÉS: FUTEBOL CLUBE PORTO PALMARÉS: 1910/1911 Taça José Monteiro da Costa; 1911/1912 Taça José Monteiro da Costa; 1913/1914 Campeonato do Porto, I Divisão 2ª Categoria; 1913/1914 Campeonato do Porto, I Divisão

Leia mais

45º TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ C O N V I T E

45º TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ C O N V I T E 45º TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ C O N V I T E A SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS realizará no dia 03 de agosto de 2013 em comemoração ao 99º aniversario do clube o Tradicional TORNEIO PERIQUITO DE JUDÔ, no

Leia mais

REGIMENTO ESPECÍFICO XADREZ. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 2ª edição

REGIMENTO ESPECÍFICO XADREZ. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 2ª edição REGIMENTO ESPECÍFICO XADREZ Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 2ª edição Índice Preâmbulo Artigo 1.º Participação Artigo 2.º Escalões Etários Artigo 3.º Constituição das Equipas

Leia mais

Artigo 1.º (Regime Supletivo) Artigo 2.º (Idade Limite) Artigo 3.º (Tempo de Jogo) 1. a) 2.

Artigo 1.º (Regime Supletivo) Artigo 2.º (Idade Limite) Artigo 3.º (Tempo de Jogo) 1. a) 2. REGULAMENTO DOS CAMPEONATOS NACIONAIS SUB-16 e SUB-18, Grupos B e C 2016/2017 Artigo 1.º (Regime Supletivo) Aos Campeonatos Nacionais Sub-16 e Sub-18 aplicam-se as normas do Regulamento Geral de Competições

Leia mais

VASCO DA GAMA ODEMIRENSE CASTRENSE SÃO DOMINGOS SERPA FERREIRENSE REGULAMENTO DOS ENCONTROS FUTEBOL DO 7 FEMININO FUTEBOL FEMININO

VASCO DA GAMA ODEMIRENSE CASTRENSE SÃO DOMINGOS SERPA FERREIRENSE REGULAMENTO DOS ENCONTROS FUTEBOL DO 7 FEMININO FUTEBOL FEMININO FUTEBOL FEMININO 2013 REGULAMENTO DOS ENCONTROS FUTEBOL DO 7 FEMININO VASCO DA GAMA ODEMIRENSE CASTRENSE SÃO DOMINGOS SERPA FERREIRENSE A S S O C I A Ç Ã O D E F U T E B O L D E B E J A ORGANIZAÇÃO O Gabinete

Leia mais

XL CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 - INTERSELEÇÕES

XL CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 - INTERSELEÇÕES XL CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 - INTERSELEÇÕES Art. 1º - Os CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO SUB-18 têm por propósito básico a integração nacional, a difusão do Atletismo e a

Leia mais

DUATLO BTT DO BARREIRO 28 DE FEVEREIRO DE 2016

DUATLO BTT DO BARREIRO 28 DE FEVEREIRO DE 2016 DUATLO BTT DO BARREIRO 28 DE FEVEREIRO DE 2016 TAÇA DE PORTUGAL PORTERRA PROVA ABERTA REGULAMENTO 1. ORGANIZAÇÃO / ENQUADRAMENTO O Duatlo BTT do Barreiro é uma organização conjunta da Câmara Municipal

Leia mais

CAMPEONATO DISTRITAL DE LISBOA DE JOVENS PARTIDAS LENTAS AXL 2015/1016 REGULAMENTO

CAMPEONATO DISTRITAL DE LISBOA DE JOVENS PARTIDAS LENTAS AXL 2015/1016 REGULAMENTO CAMPEONATO DISTRITAL DE LISBOA DE JOVENS PARTIDAS LENTAS AXL 2015/1016 6 a 10 de Fevereiro de 2016 REGULAMENTO 1. Organização O Campeonato Distrital de Lisboa de Jovens de partidas lentas é organizado

Leia mais

Regulamento Específico de Andebol

Regulamento Específico de Andebol Regulamento Específico de Andebol Regulamento Andebol 1 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ESCALÕES ETÁRIOS / BOLA DE JOGO... 4 3. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA... 4 4. MESA DE JOGO... 4 5. ARBITRAGEM... 5 6. DURAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ART. 1º A competição será para alunos devidamente matriculados na Instituição de Ensino - Univale. ART. 2º As pessoas físicas que participarem do evento consideradas

Leia mais

Jogos Champagnat 2013

Jogos Champagnat 2013 Jogos Champagnat 2013 Capítulo I Geral Art. 1º - Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem os Jogos Champagnat 2013. Art. 2º - Os Jogos Champagnat são organizados pelo Colégio Marista Santa

Leia mais

GUIA PRÁTICO DOENÇA PROFISSIONAL - PRESTAÇÕES EM ESPÉCIE

GUIA PRÁTICO DOENÇA PROFISSIONAL - PRESTAÇÕES EM ESPÉCIE GUIA PRÁTICO DOENÇA PROFISSIONAL - PRESTAÇÕES EM ESPÉCIE INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Pág. 1/9 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Doença Profissional Prestações em Espécie (N27 v4.07) PROPRIEDADE

Leia mais

Voleibol de Praia Equuspolis, Golegã (19h00-22h00) Futebol de Praia Equuspolis, Golegã (19h00-21h00)

Voleibol de Praia Equuspolis, Golegã (19h00-22h00) Futebol de Praia Equuspolis, Golegã (19h00-21h00) PROGRAMA* DIA 7 DIA 8 DIAS 10, 11, 12 E 13 DIAS 14 DIA 15 DIAS 17,18, 19 E 20 DIAS 21, 22 E 23 DIAS 24, 25 E 26 DIA 27 E 28 DIA 29 Apresentação das Equipas Equuspolis Golegã (22h00) Desfile Cada equipa

Leia mais

Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas

Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas Torneio de Snooker bola oito Regulamento 2 CAMPEONATO INTERBANCÁRIO DE SNOOKER REGULAMENTO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO E FINS Artigo 1.º ORGANIZAÇÃO 1. A comissão Organizadora

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE NATAÇÃO DO ALENTEJO REGULAMENTO REGIONAL DE COMPETIÇÕES NATAÇÃO PURA

ASSOCIAÇÃO DE NATAÇÃO DO ALENTEJO REGULAMENTO REGIONAL DE COMPETIÇÕES NATAÇÃO PURA ASSOCIAÇÃO DE NATAÇÃO DO ALENTEJO REGULAMENTO REGIONAL DE COMPETIÇÕES NATAÇÃO PURA ÉPOCA 2014/2015 DISPOSIÇÕES GERAIS 1 Introdução: O documento que se apresenta regulamentará todas as provas de Atletas

Leia mais

BOLETIM 1 CLUBE DE ORIENTAÇÃO CAÇA PRISMA. 1ª Etapa do Campeonato Metropolitano-RJ e SPRINT NOTURNO. 30 e 31 DE JULHO CONVITE

BOLETIM 1 CLUBE DE ORIENTAÇÃO CAÇA PRISMA. 1ª Etapa do Campeonato Metropolitano-RJ e SPRINT NOTURNO. 30 e 31 DE JULHO CONVITE BOLETIM 1 CLUBE DE ORIENTAÇÃO CAÇA PRISMA 1ª Etapa do Campeonato Metropolitano-RJ e SPRINT NOTURNO 30 e 31 DE JULHO CONVITE O Clube de Orientação CAÇA-PRISMA - COCAPRI, juntamente com a Federação de Orientação

Leia mais

1 Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada. [TAÇA DE PORTUGAL DE TRAIL FPME] Época 2013

1 Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada. [TAÇA DE PORTUGAL DE TRAIL FPME] Época 2013 1 Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada [TAÇA DE PORTUGAL DE TRAIL FPME] Época 2013 1. Organização 1.1. A Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada vai promover, em conjunto com as entidades

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE Paulo Afonso 2015 Docentes do curso de Educação Física TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE Paulo Afonso 2015 Torneio Integração dos Cursos da FASETE Regulamento

Leia mais

Homenagem aotrabalhador Madeirense

Homenagem aotrabalhador Madeirense 2012 Homenagem aotrabalhador Madeirense Local: Avenida Sá Carneiro Horas: 09h00 Descrição: Hino da Região, junto do Monumento ao Trabalhador Madeirense, pelo Coro Juvenil da SRE - Governo Regional (GCEA).

Leia mais

Associação de Andebol da Madeira ÉPOCA 2014/2015

Associação de Andebol da Madeira ÉPOCA 2014/2015 COMUNICADO OFICIAL Nº 16 ÉPOCA 2014-2015 Distribuição: FAP e Clubes Filiados 1. DEPARTAMENTO TÉCNICO 1.1 REUNIÃO DE TRABALHO Convocam-se os clubes para uma reunião, com vista ao sorteio do Campeonato da

Leia mais

TROFÉU ILHA PNEU PNEU ZARCO HISTÓRICOS DESPORTIVOS

TROFÉU ILHA PNEU PNEU ZARCO HISTÓRICOS DESPORTIVOS TROFÉU ILHA PNEU PNEU ZARCO HISTÓRICOS DESPORTIVOS REGULAMENTO Atualização em data: 1 DEFINIÇÃO E ORGANIZAÇÃO 1.1 O Clube Desportivo Nacional, em parceria com os seus patrocinadores, organiza na época

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA TORNEIO NACIONAL

REGULAMENTO TÉCNICO GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA TORNEIO NACIONAL REGULAMENTO TÉCNICO GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA TORNEIO NACIONAL GENERALIDADES PARTICIPANTES: É aberta a participação no TNGAF a qualquer entidade filiada à federação ou de alguma forma ligada a esta.

Leia mais

Art.º 2.º - Participam todas as Clubes que se inscreverem. Têm que inscrever no mínimo 12 jogadores nascidos em 1999 ou 2000.

Art.º 2.º - Participam todas as Clubes que se inscreverem. Têm que inscrever no mínimo 12 jogadores nascidos em 1999 ou 2000. 1. CLUBES PARTICIPANTES PO.15 CAMPEONATO NACIONAL INFANTIS MASCULINOS 1ª FASE Art.º 2.º - Participam todas as Clubes que se inscreverem. Têm que inscrever no mínimo 12 jogadores nascidos em 1999 ou 2000.

Leia mais

Associação de Futebol do Porto RUA ANTÓNIO PINTO MACHADO, PORTO

Associação de Futebol do Porto RUA ANTÓNIO PINTO MACHADO, PORTO RUA ANTÓNIO PINTO MACHADO, 96 4100. PORTO COMUNICADO OFICIAL Circular n.º 87 = 2015/2016= Para o conhecimento e orientação dos Clubes Filiados, SAD s, SDUQ s, Árbitros, Órgãos de Comunicação Social e demais

Leia mais

REGULAMENTO ESPECIFICO. Campeonato de Abertura CORFEBOL

REGULAMENTO ESPECIFICO. Campeonato de Abertura CORFEBOL REGULAMENTO ESPECIFICO Campeonato de Abertura CORFEBOL CAMPEONATO DE ABERTURA ENQUADRAMENTO O Campeonato de Abertura surge como complemento às competições seniores da Federação Portuguesa de Corfebol:

Leia mais

Data: 19 e 20 de março 2016 CURITIBA/PR

Data: 19 e 20 de março 2016 CURITIBA/PR Data: 19 e 20 de março 2016 CURITIBA/PR Versão 1.0 20/01/2016 1 REGULAMENTO GERAL 1 FINALIDADE E OBJETIVOS Tem como objetivo o congraçamento, integração e lazer entre os sócios titulares, cônjuges e seus

Leia mais

Jogos Desportivos da União das Freguesias de Caparica e Trafaria Torneio de Ténis de Mesa

Jogos Desportivos da União das Freguesias de Caparica e Trafaria Torneio de Ténis de Mesa Jogos Desportivos da União das Freguesias de Caparica e Trafaria 2014 Torneio de Ténis de Mesa Regulamento 1. Disposições iniciais Este Regulamento define as normas de organização do Torneio de Ténis de

Leia mais

DEPARTAMENTO GERAL DE ESPORTES 16º COPA INTERESTADUAL DE JUDÔ PROF. HIROSI MINAKAWA REGULAMENTO

DEPARTAMENTO GERAL DE ESPORTES 16º COPA INTERESTADUAL DE JUDÔ PROF. HIROSI MINAKAWA REGULAMENTO A 16ª Copa Interestadual de Judô Prof. Hirosi Minakawa, com apoio de Kimonos Shihan e SEME, será realizada no dia 21 de outubro de 2012 (Domingo), no Centro Cívico Itzhak Rabin da Assoc. Bras. A Hebraica

Leia mais

Liga Ibérica sub 8 (2008) 6ª edição Época 2015/2016

Liga Ibérica sub 8 (2008) 6ª edição Época 2015/2016 Coordenação: Louletano Desportos Clube (Portugal) e Peloteros Sierra Sur de Sevilla (Espanha)» Escalão: Sub 8 (jogadores nascidos em 2008)» Tipo: Futebol 7» Objectivo: Garantir a este escalão de Traquinas

Leia mais

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TÊNIS DE MESA DOS SURDOS JOINVILLE/SC

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TÊNIS DE MESA DOS SURDOS JOINVILLE/SC REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Art. 1º Este regulamento é o documento composto conjunto das disposições que regem ao Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa dos Surdos - 2015. Art.

Leia mais

10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos Modalidades: Masculino Escalão B. Masculino Escalão C Corridas

10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos Modalidades: Masculino Escalão B. Masculino Escalão C Corridas 10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos. 10.2 Modalidades: N. Escalão A Escalão B Escalão C Corridas Escalão D Escalão E 1 50 m 2 60 m 3 100 m 100 m 100 m 4 200 m 200

Leia mais

V GALA DO DESPORTO AÇORIANO

V GALA DO DESPORTO AÇORIANO V GALA DO DESPORTO AÇORIANO Entidade: RTP-AÇORES, com 7 votos. Jornalista: José Silva, com 5 votos. CATEGORIA - COMUNICAÇÃO SOCIAL CATEGORIA PERSONALIDADES JORGE ANTÓNIO DE MEDEIROS BORGES E CUNHA 20 anos

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR 42ª VOLTA AO ALGARVE 2016

REGULAMENTO PARTICULAR 42ª VOLTA AO ALGARVE 2016 REGULAMENTO PARTICULAR 42ª VOLTA AO ALGARVE 2016 ARTIGO 1 ORGANIZAÇÃO A 42ª Volta ao Algarve é organizada pela Federação Portuguesa de Ciclismo Rua de Campolide 237, 1070-030 Lisboa, de acordo com os regulamentos

Leia mais

Jogos de Integração Universitária JIU

Jogos de Integração Universitária JIU Jogos de Integração Universitária JIU (Modalidades de Quadras e Corrida) REGULAMENTO GERAL A Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis PROAE -, através da Coordenadoria de Formação e Integração

Leia mais

CAMPEONATOS REGIONAIS DE EQUIPAS

CAMPEONATOS REGIONAIS DE EQUIPAS CAMPEONATOS REGIONAIS DE EQUIPAS 2015-2016 Pressupostos básicos - Poderão participar nestes Campeonatos todos os atletas filiados na ATMM, independentemente do seu escalão. - Para poder participar num

Leia mais

2.ª Corrida dos Fósseis Penha Garcia

2.ª Corrida dos Fósseis Penha Garcia 2.ª Corrida dos Fósseis Penha Garcia Regulamento 1- Organização A "2.ª Corrida dos Fósseis é um evento de natureza desportiva que terá lugar no dia 26 de Março de 2016, numa organização do Núcleo do Sporting

Leia mais

REGULAMENTO 1ª CAMINHADA E CORRIDA SOLIDÁRIA LAR ANÁLIA FRANCO LONDRINA

REGULAMENTO 1ª CAMINHADA E CORRIDA SOLIDÁRIA LAR ANÁLIA FRANCO LONDRINA REGULAMENTO 1ª CAMINHADA E CORRIDA SOLIDÁRIA LAR ANÁLIA FRANCO LONDRINA Corra para ajuda a quem precisa! Informações Gerais A 1ªCaminhada e Corrida Solidária Lar Anália Franco Londrina traz a oportunidade

Leia mais

As equipas serão divididas, em dois escalões conforme a faixa etária:

As equipas serão divididas, em dois escalões conforme a faixa etária: 1. Disposições Iniciais Os jogos do Almada Futsal Cup 2014 serão regulamentados pelas regras oficiais da Federação Portuguesa de Futebol, para os campeonatos de Futsal em vigor na presente Época de 2013/2014

Leia mais

1ª COPA LIOGI SUZUKI DE JUDO TORNEIO OFICIAL

1ª COPA LIOGI SUZUKI DE JUDO TORNEIO OFICIAL FEDERAÇÃO PARANAENSE DE JUDÔ ENTIDADE DE UTILIDADE PÚBLICA LEI N.º 11894 FILIADA A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE JUDÔ FUNDADA EM 07/10/1961 DELEGACIA REGIÃO NORTE DO PARANÁ Delegado: Helder Marcos Faggion

Leia mais

Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira

Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira A Lei nº 59/2008, de 11 de Setembro, que regula o Regime de Contrato de Trabalho em Funções Públicas, com efeitos a partir de 1 de Janeiro de 2009,

Leia mais

3ª ETAPA NACIONAL 2016 Recife (PE)

3ª ETAPA NACIONAL 2016 Recife (PE) 3ª ETAPA NACIONAL 2016 Recife (PE) A Confederação Brasileira de Badminton e a Federação Pernambucana de Badminton (FPBd) tem a honra de convidá-los para competir na 3ª etapa do Campeonato Nacional de Badminton

Leia mais

Nota prévia A presente Orientação Normativa revoga na sua totalidade e substitui a Orientação Normativa 1/2000 de 29/12/2000.

Nota prévia A presente Orientação Normativa revoga na sua totalidade e substitui a Orientação Normativa 1/2000 de 29/12/2000. ORIENTAÇÃO NORMATIVA nº 01/2004 de 20/02/2004 Assunto: Férias Distribuição: Todas as Unidades de Estrutura Revogações: Orientação Normativa 1/2000 Enquadramento Convencional e Legal: Capítulo X do AE/REFER,

Leia mais

FCUP Liga 2013/2014. Regulamento de Prova Oficial. Futsal

FCUP Liga 2013/2014. Regulamento de Prova Oficial. Futsal FCUP Liga 2013/2014 Regulamento de Prova Oficial ÍNDICE Artigo 1º - Âmbito Artigo 2º - Estrutura Artigo 3º - Sistema Competitivo Artigo 4º - Duração de Jogos Artigo 5º - Período de Aquecimento Artigo 6º

Leia mais

REGULAMENTO ESPECIFICO DOS TORNEIOS ESCOLARES DE CORFEBOL

REGULAMENTO ESPECIFICO DOS TORNEIOS ESCOLARES DE CORFEBOL REGULAMENTO ESPECIFICO DOS TORNEIOS ESCOLARES DE CORFEBOL ÍNDICE INTRODUÇÃO 1. ESCALÕES ETÁRIOS, BOLA, DURAÇÃO DO JOGO E VARIANTES DA MODALIDADE 2. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA 3. ARBITRAGEM 4. CLASSIFICAÇÃO,

Leia mais

REGULAMENTO DE ASSIDUIDADE DOS INVESTIGADORES DO INSTITUTO SUPERIOR DE AGRONOMIA. Preâmbulo

REGULAMENTO DE ASSIDUIDADE DOS INVESTIGADORES DO INSTITUTO SUPERIOR DE AGRONOMIA. Preâmbulo REGULAMENTO DE ASSIDUIDADE DOS INVESTIGADORES DO INSTITUTO SUPERIOR DE AGRONOMIA Preâmbulo O presente regulamento é elaborado ao abrigo do artigo 75º da Lei Geral do Trabalho em Funções Publicas, aprovado

Leia mais

COPA CHEVAUX BCC DE HIPISMO

COPA CHEVAUX BCC DE HIPISMO COPA CHEVAUX BCC DE HIPISMO - Etapa do Ranking FHBr 0,60m, 0,80m e 0,90m (Aspirantes) - Séries 1,00m e 1,10m - Prova Second Chance 1,20m - Grande Prêmio Chevaux BCC de Hipismo - R$ 16.000,00 (Dezesseis

Leia mais

FEDERAÇÃO DE DESPORTOS AQUÁTICOS DO DISTRITO FEDERAL FDA/DF

FEDERAÇÃO DE DESPORTOS AQUÁTICOS DO DISTRITO FEDERAL FDA/DF Critérios indicativos à Bolsa Atleta de Natação conforme Reunião da Diretoria da FDA/DF e técnicos filiados, realizada no dia 03 de fevereiro de 2016. I BOLSA ATLETA OLÍMPICA 1.1- O atleta de natação só

Leia mais

10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 escalões - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos Modalidades: Masculino Escalão B

10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 escalões - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos Modalidades: Masculino Escalão B 10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 escalões - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos. 10.2 Modalidades: N. Escalão A Escalão B Escalão C Corridas Escalão D Escalão E 1 50 m 2 60 m 3 100 m 100 m 100 m

Leia mais

15º GRANDE PRÉMIODE CICLISMO MORTÁGUA 15 AGOSTO 15 :: CAMISOLAS OFICIAIS. Geral Individual. mortagua MUNICÍPIO

15º GRANDE PRÉMIODE CICLISMO MORTÁGUA 15 AGOSTO 15 :: CAMISOLAS OFICIAIS. Geral Individual. mortagua MUNICÍPIO :: CAMISOLAS OFICIAIS Geral Individual Prémio da Montanha Metas Volantes Geral Juventude Geral Equipas de Clube :: INFORMAÇÕES Organização: Velo Clube do Centro Av.Dr.Assis e Santos 75 D 3450-123 Mortágua

Leia mais

VI FESTIVAL DE XADREZ DE GAIA. Academia de Xadrez de Gaia - Organização de Actividades (em parceria) A decorrer em Vila Nova de Gaia

VI FESTIVAL DE XADREZ DE GAIA. Academia de Xadrez de Gaia - Organização de Actividades (em parceria) A decorrer em Vila Nova de Gaia VI FESTIVAL DE XADREZ DE GAIA Academia de Xadrez de Gaia - Organização de Actividades (em parceria) A decorrer em Vila Nova de Gaia IX PROFIGAIA OPEN de 18 a 26 de Julho (GaiaHotel ****) 3º TORNEIO INTERNACIONAL

Leia mais

JUESP 2014 TÊNIS de MESA

JUESP 2014 TÊNIS de MESA JUESP 0 TÊNIS de MESA DATAS/ LOCAL/ HORÁRIOS Datas: Dia 8 de junho de 0 Torneio Individual * Dia de agosto de 0 Torneio de Equipes Dia 5 de outubro de 0 Torneio de Duplas Local do dia 08 de junho: Clube

Leia mais

2 ª ETAPA DA COPA BRASIL DE BMX 2015

2 ª ETAPA DA COPA BRASIL DE BMX 2015 2 ª ETAPA DA COPA BRASIL DE BMX 2015 LOCAL: Palmas TO. DATA: 06 e 07 de junho de 2015. INFORMAÇÕES IMPORTANTES: PARTICIPANTES Poderão participar pilotos de ambos os sexos, tendo sua participação no evento

Leia mais

Regulamento do Circuito Smashtour 2012

Regulamento do Circuito Smashtour 2012 REGULAMENTO CIRCUITO SMASHTOUR 2012 Regulamento do Circuito Smashtour 2012 1 - O Circuito será disputado em três fases, com um mínimo de 19 provas Mínimo de 1 e máximo de 4 por Associação Regional (Algarve,

Leia mais

REGULAMENTO. A CORRIDA MARISTA é um evento composto por uma corrida e uma caminhada, que se pretende seja anual.

REGULAMENTO. A CORRIDA MARISTA é um evento composto por uma corrida e uma caminhada, que se pretende seja anual. REGULAMENTO 1. Descrição e Objectivo A CORRIDA MARISTA é um evento composto por uma corrida e uma caminhada, que se pretende seja anual. Esta edição da corrida será em piso misto (estrada e trail) em percurso

Leia mais

VIZELA RACING FESTIVAL Adruzilo Lopes

VIZELA RACING FESTIVAL Adruzilo Lopes VIZELA RACING FESTIVAL Adruzilo Lopes 24 E 25 DE SETEMBRO DE 2016 REGULAMENTO PARTICULAR VISA Nº 216/RR/2016 em 16/09/2016 I - PROGRAMA Secretariado da Prova: Até 23 de Setembro GONDOMAR AUTOMÓVEL SPORT

Leia mais

C O N V I T E. Sua presença será uma imensa satisfação e engrandecerá nosso evento. Aguardamos a participação de todos, Atenciosamente

C O N V I T E. Sua presença será uma imensa satisfação e engrandecerá nosso evento. Aguardamos a participação de todos, Atenciosamente C O N V I T E A Confederação Brasileira de Wrestling e o comitê organizador vêm através deste convidar sua Federação a participar da Copa Brasil Sênior nos estilo Livre, Greco-romano e Luta feminina, que

Leia mais

COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2014 TROFÉU JOÃO SCHWINDT. Regulamento Geral

COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2014 TROFÉU JOÃO SCHWINDT. Regulamento Geral COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2014 TROFÉU JOÃO SCHWINDT Regulamento Geral Schwindt será disputada nos moldes da Copa do Mundo de Para-ciclismo da UCI, em quatro etapas a serem realizadas

Leia mais

Regulamento de Provas

Regulamento de Provas TORNEIO DE ABERTURA Número de equipas: consoante inscrição. Equipas: todas as inscritas, dentro do prazo definido. Regulamento de Provas Competições Seniores 2015/2016 Aprovado em reunião de Direção de

Leia mais

VIZELA RACING FESTIVAL Adruzilo Lopes

VIZELA RACING FESTIVAL Adruzilo Lopes VIZELA RACING FESTIVAL Adruzilo Lopes 24 E 25 DE SETEMBRO DE 2016 REGULAMENTO PARTICULAR I-PROGRAMA Secretariado da Prova: Até 23 de Setembro GONDOMAR AUTOMÓVEL SPORT RUA PE ANDRADE E SILVA, 660 4420-242

Leia mais

PROJETO DE RECICLAGEM E ATUALIZAÇÃO DE ÁRBITROS DE CICLISMO DO BRASIL

PROJETO DE RECICLAGEM E ATUALIZAÇÃO DE ÁRBITROS DE CICLISMO DO BRASIL 1 PROJETO DE RECICLAGEM E ATUALIZAÇÃO DE ÁRBITROS DE CICLISMO DO BRASIL Coordenação: Iverson Ladewig, PhD Curitiba, 4/2014 2 PROJETO DE RECICLAGEM E ATUALIZAÇÃO DE ÁRBITROS DE CICLISMO DO BRASIL 1) INTRODUÇÃO

Leia mais

Ficha de Inscrição I Torneio de Tênis de Mesa SINCOMERCIARIOS 2016

Ficha de Inscrição I Torneio de Tênis de Mesa SINCOMERCIARIOS 2016 Ficha de Inscrição I Torneio de Tênis de Mesa SINCOMERCIARIOS 2016 Nome da Atleta: CPF.: Local de Trabalho: Telefone para Contato: I TORNEIO DE TÊNIS DE MESA SINCOMERCIÁRIOS SOROCABA Capítulo I Disposições

Leia mais

III ABERTO DE CARUARU DE TÊNIS DE MESA

III ABERTO DE CARUARU DE TÊNIS DE MESA III ABERTO DE CARUARU DE TÊNIS DE MESA É um evento autorizado pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa e consta no Calendário de Eventos Nacionais. FINALIDADE DO EVENTO Art.1. O III Aberto de Caruaru

Leia mais