MUNICÍPIOS DA REGIÃO DE SETÚBAL, ASSOCIAÇÕES e ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 TÉNIS DE MESA REGULAMENTO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MUNICÍPIOS DA REGIÃO DE SETÚBAL, ASSOCIAÇÕES e ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 TÉNIS DE MESA REGULAMENTO"

Transcrição

1 JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 TÉNIS DE MESA REGULAMENTO 1. Organização A organização da modalidade de Ténis de Mesa nos Jogos do Futuro da Região de Setúbal 2016 é da responsabilidade da, da Associação de Ténis de Mesa de Setúbal e da. 2. Data, local e horário de realização A competição de Ténis de Mesa realiza-se nos dias 4 e 5 de Junho (Sábado e Domingo) de 2016, no Pavilhão Desportivo Municipal, na Moita, entre as 9h00 e as 13h00 e das 14h30 às 19h00, em ambos os dias. 3. Escalões etários Os escalões etários a disputar a competição são: a) Escalão Sub14 Jogadores nascidos nos anos de 2002, 2003 e b) Escalão Sub16 Jogadores nascidos nos anos de 2000 e Inscrições e Contactos 4.1. Cada concelho pode fazer-se representar por uma equipa em cada escalão, sendo que: Competição Individual: O número mínimo necessário para realização da competição individual é de 4 participantes por escalão Caso o número mínimo de participantes indicados no ponto anterior não seja garantido (nomeadamente no que diz respeito ao género), a competição será mista (masculinos e femininos). 1

2 Competição Coletiva: Cada equipa é composta por um mínimo de 2 (dois) e um máximo de 4 (quatro) jogadores(as) em cada escalão Caso o número mínimo de participantes indicados no ponto anterior não seja garantido (nomeadamente no que diz respeito ao género), a competição será realizada por equipas mistas (masculinos e femininos) As inscrições devem ser enviadas para a Divisão de Cultura e Desporto da Câmara Municipal da Moita através do preenchimento da ficha em anexo: Telefone Fax Endereço eletrónico: 5. Sorteio A organização realizará os sorteios necessários ao desenvolvimento da competição no dia 27 de Maio de 2016, pelas 15h00, no Pavilhão Desportivo Municipal da Moita. 6. Modelo organizativo 6.1. Sistema de competição O desenvolvimento da Competição de Ténis de Mesa processa-se de acordo com o definido no Regulamento Geral da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa São organizadas as seguintes competições em cada escalão: a) Uma competição por equipas (dois a quatro jogadores por equipa/concelho). b) Uma competição individual (máximo de oito jogadores - masculinos e/ou femininos - por concelho) Competição por Equipas a) A competição colectiva disputa-se segundo o Sistema Marcel Corbillon. b) Este sistema consiste na disputa de quatro partidas singulares e uma de pares, atribuindose por sorteio, a cada uma das equipas, as posições fixas ou móveis. 2

3 c) As letras são atribuídas a cada um dos jogadores das duas equipas, como se exemplifica: Equipa 1 (Fixos) Equipa 2 (Móveis) A X B Y d) A ordem dos jogos é a seguinte: 1. A X; 2. B Y; 3. PAR; 4. A Y; 5. B - X. e) Os jogadores que formam o Par não têm de ser obrigatoriamente os mesmos que disputam as partidas de singulares, pelo que uma equipa pode inscrever num encontro um máximo de três e um mínimo de dois jogadores. f) A constituição da equipa tem de ser declarada à mesa antes do início de cada jogo. g) O encontro termina quando uma equipa atinge três vitórias. h) As partidas do encontro são disputadas à melhor de cinco sets. i) A competição de equipas é jogada, conforme o número de participantes, no seguinte sistema: - Sistema de grupos, ficando o número de equipas por grupo sujeito ao número de inscrições: 1) Na 1.ª fase as equipas são distribuídas em vários grupos por sorteio absoluto. 2) Na 2.ª fase as equipas classificadas em 1.º lugar de cada grupo formam o grupo A para atribuição do 1.º, 2.º e 3.º lugar e assim sucessivamente Competição Individual a) A competição individual disputa-se segundo o Sistema Misto. b) Designa-se desta maneira pelo facto de admitir, no decorrer de uma mesma competição, a utilização dos sistemas de poule e de eliminatórias. c) Numa primeira fase os participantes são distribuídos por grupos, sendo estes compostos por um mínimo de três jogadores e um máximo de quatro, jogando entre si a fim de apurar uma classificação em cada grupo. d) A distribuição dos participantes pelos grupos é feita por sorteio. e) Passam à segunda fase os dois primeiros classificados de cada grupo. f) Na segunda fase os apurados ocupam um lugar no mapa final a definir por sorteio a realizar na hora. g) As partidas do encontro são disputadas à melhor de cinco sets. h) As provas só se realizarão com um mínimo de participação de quatro (4) atletas por escalão. 3

4 6.3. Classificações Nas provas organizadas pelo sistema de grupos as classificações são ordenadas pela soma das pontuações atribuídas nos resultados dos jogos de acordo com o seguinte: a) Vitória: 3 pontos. b) Derrota: 1 ponto. c) Falta de comparência: 0 pontos. d) À falta de comparência corresponde uma derrota por 0 / 4 em partidas e 0 / 3 em sets com os parciais de 0 /11; 0 /11; 0 /11. e) Em caso de igualdade entre qualquer número de concorrentes, o desempate será feito pelos resultados verificados entre eles, levando em linha de conta e pela seguinte ordem: 1.º - A melhor pontuação dos encontros disputados entre si. 2.º - A maior diferença entre partidas ganhas e perdidas. 3.º - A maior diferença entre jogos ganhos e perdidos. 4.º - A maior diferença entre pontos ganhos e perdidos. 7. Procedimentos à chegada ao local da competição As comitivas ao chegarem ao Pavilhão Desportivo Municipal devem instalar-se no local que lhes estiver destinado e o responsável deverá deslocar-se à mesa da organização a fim de se identificar e de fazer prova da identidade de todos os elementos da comitiva e suas funções. 4

5 TÉNIS DE MESA FICHA DE INSCRIÇÃO MUNICÍPIO ESCALÃO N.º NOME dos JOGADORES DATA de NASC. N.º B.I./CARTÃO CIDADÃO RESPONSÁVEIS CARGO NOME N.º B.I./C. C. NOTA: Data limite de inscrição: 06 de Maio de

6 DECLARAÇÃO Eu,, abaixo assinado, na condição de encarregado(a) de educação de, declaro que autorizo a sua participação no Torneio de Ténis de Mesa dos Jogos do Futuro 6, a ter lugar no Pavilhão Desportivo Municipal da Moita, no dia 4 e 5 de junho de Declaro também que o meu educando(a) possui robustez física para participar em atividades desportivas, assumindo a responsabilidade da sua participação. Município de, de maio de 2016 O Declarante Os dados pessoais serão utilizados apenas para sua identificação. A utilização do endereço de servirá apenas para o manter informado acerca dos Jogos Do Futuro da Região de Setúbal 2016 não sendo disponibilizados a qualquer outra entidade ou serviços. 6

MUNICÍPIOS DA PENÍNSULA DE SETÚBAL ASSOCIAÇÕES ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 BASQUETEBOL REGULAMENTO

MUNICÍPIOS DA PENÍNSULA DE SETÚBAL ASSOCIAÇÕES ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 BASQUETEBOL REGULAMENTO JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 BASQUETEBOL REGULAMENTO 1. Organização A organização da competição de Basquetebol dos Jogos do Futuro da Região de Setúbal 2016 é da responsabilidade da Câmara

Leia mais

MUNICÍPIOS DA REGIÃO DE SETÚBAL, ASSOCIAÇÕES e ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 REGULAMENTO

MUNICÍPIOS DA REGIÃO DE SETÚBAL, ASSOCIAÇÕES e ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 REGULAMENTO JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 FUTEBOL DE 11 E DE 7 REGULAMENTO 1. Organização A organização das competições de Futebol de 11 e de 7 nos Jogos do Futuro da Região de Setúbal 2016 são da responsabilidade

Leia mais

REGIMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 2ª edição

REGIMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 2ª edição REGIMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 2ª edição Índice Preâmbulo 5 Artigo 1.º Escalões Etários, Dimensões do Campo, Bola, Tempo de Jogo e Variantes

Leia mais

BASQUETEBOL. www.inatel.pt

BASQUETEBOL. www.inatel.pt NORMAS ESPECIFICAS www.inatel.pt NORMAS ESPECÍFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela Direção Desportiva, em complemento do Código Desportivo, para as provas organizadas pela Fundação

Leia mais

CAMPEONATO PAULISTA UNIVERSITÁRIO 2015 NOTA OFICIAL RUGBY

CAMPEONATO PAULISTA UNIVERSITÁRIO 2015 NOTA OFICIAL RUGBY CAMPEONATO PAULISTA UNIVERSITÁRIO 2015 NOTA OFICIAL RUGBY Informações e inscrições: Kallel Brandão (11)97118-3872 kallel@fupe.com.br www.fupe.com.br www.juesp.com.br INFORMAÇÕES BÁSICAS Local: CEPEUSP

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO XADREZ 2013-2017

REGULAMENTO ESPECÍFICO XADREZ 2013-2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO XADREZ 2013-2017 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO P.2 2. ESCALÕES ETÁRIOS P.3 3. CONSTITUIÇÃO DAS EQUIPAS P.3 4. REGULAMENTO TÉCNICO-PEDAGÓGICO P.3 4.1. FASE LOCAL P.4 4.2. FASE REGIONAL P.5

Leia mais

TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB

TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE ANGRA DO HEROÍSMO TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB 14 FUTEBOL Angra do Heroísmo 10, 11 e 12 de Junho de 2016 ESTRUTURA ORGÂNICA DIREÇÃO - CARLOS FONTES 969 148 800 GABINETE

Leia mais

VI FESTIVAL DE XADREZ DE GAIA. Academia de Xadrez de Gaia - Organização de Actividades (em parceria) A decorrer em Vila Nova de Gaia

VI FESTIVAL DE XADREZ DE GAIA. Academia de Xadrez de Gaia - Organização de Actividades (em parceria) A decorrer em Vila Nova de Gaia VI FESTIVAL DE XADREZ DE GAIA Academia de Xadrez de Gaia - Organização de Actividades (em parceria) A decorrer em Vila Nova de Gaia IX PROFIGAIA OPEN de 18 a 26 de Julho (GaiaHotel ****) 3º TORNEIO INTERNACIONAL

Leia mais

Regulamento do Torneio A Copa do Guadiana

Regulamento do Torneio A Copa do Guadiana Regulamento do Torneio A Copa do Guadiana 1. - APRESENTAÇÃO A IIIª Edição de A Copa do Guadiana realiza-se nas instalações do Complexo Desportivo de Vila Real Santo António (Algarve), nas instalações do

Leia mais

INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA OS TIMES E TENISTAS!

INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA OS TIMES E TENISTAS! INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA OS TIMES E TENISTAS! Qualifying Dia 8 de Novembro ATENÇÃO! Os times inscritos no Futebol Masculino categoria livre e os tenistas inscritos no Tênis categoria A disputarão o

Leia mais

REGULAMENTO VI COPA LOC GAMES DE FUTEBOL DIGITAL

REGULAMENTO VI COPA LOC GAMES DE FUTEBOL DIGITAL 1. AGRADECIMENTOS REGULAMENTO VI COPA LOC GAMES DE FUTEBOL DIGITAL Sem parceria e muita dedicação de pessoas e empresas envolvidas, esse projeto não seria possível, por isso, nossos sinceros agradecimentos

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO JERNS JEES 2015

REGULAMENTO ESPECÍFICO JERNS JEES 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL JERNS JEES 2015 1 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL JERNS JEES 2015 CATEGORIA MIRIM 1. A Competição de Basquetebol será realizada de acordo com as regras oficiais da

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL. (Revisto em Setembro de 2014)

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL. (Revisto em Setembro de 2014) REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL 2013 2017 (Revisto em Setembro de 2014) Índice 1. Introdução 2 2. Escalões etários 3 3. Constituição das Equipas 4 4. Regulamento Técnico Pedagógico 5 5. Classificação,

Leia mais

V JOGOS DOS APOSENTADOS DA CAIXA DO ESTADO DE SÃO PAULO. PARCERIA APEA/SP e APCEF/SP REGULAMENTO GERAL - 2015

V JOGOS DOS APOSENTADOS DA CAIXA DO ESTADO DE SÃO PAULO. PARCERIA APEA/SP e APCEF/SP REGULAMENTO GERAL - 2015 V JOGOS DOS APOSENTADOS DA CAIXA DO ESTADO DE SÃO PAULO PARCERIA APEA/SP e APCEF/SP PERÍODO: 26 e 27/09/2015 LOCAL: CECOM - APCEF/SP REGULAMENTO GERAL - 2015 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art.1º-

Leia mais

1 I MEETING INTERNACIONAL NATAÇÃO MASTER CLUBE FLUVIAL PORTUENSE

1 I MEETING INTERNACIONAL NATAÇÃO MASTER CLUBE FLUVIAL PORTUENSE 1 I MEETING INTERNACIONAL NATAÇÃO MASTER CLUBE FLUVIAL PORTUENSE 2 I MEETING INTERNACIONAL NATAÇÃO MASTER CLUBE FLUVIAL PORTUENSE PROGRAMA GERAL Organização: Clube Fluvial Portuense Local: Piscina do Clube

Leia mais

REGULAMENTO CAMPEONATO GAÚCHO 2015

REGULAMENTO CAMPEONATO GAÚCHO 2015 REGULAMENTO CAMPEONATO GAÚCHO 2015 l DAS FINALIDADES Artigo 1.1 O Campeonato Gaúcho de Futebol Sete Categoria Principal Masculino, tem por finalidade congregar e ampliar o Futebol Sete, meio de lazer e

Leia mais

COPA BRASIL MANUAL TÉCNICO

COPA BRASIL MANUAL TÉCNICO REALIZAÇÃO FEDERAÇÃO MINEIRA DE SQUASH Local Belo Horizonte/MG Abertura 5ª feira, dia 26/05/2016, a partir das 12:00 horas; Encerramento Domingo, dia 29/05/2016, até as 16:00 horas. Avisamos desde já aos

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL 2009-2013 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ESCALÕES ETÁRIOS/ BOLA DE JOGO/DURAÇÃO DE JOGO... 4 3. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA... 5 4.ARBITRAGEM... 6 5. CLASSIFICAÇÃO/ PONTUAÇÃO/DESEMPATE...

Leia mais

I Olimpíadas da Economia

I Olimpíadas da Economia I Olimpíadas da Economia Regulamento Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito 1. O presente regulamento estabelece um conjunto de normas e orientações gerais sobre as I Olimpíadas da Economia (doravante

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL - MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL - MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL - MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO Av. João Naves de Ávila, 2121 = Campus Santa Mônica = Sala 1G156 = CEP:38.408-100 = Uberlândia/MG

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL 2009-2013 DESPORTO ESCOLAR

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL 2009-2013 DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL 2009-2013 DESPORTO ESCOLAR ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. ESCALÕES ETÁRIOS/ BOLA DE JOGO/DURAÇÃO DE JOGO...4 3. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA...5 4. ARBITRAGEM...6 5. CLASSIFICAÇÃO/

Leia mais

Projecto Mega Sprinter. Federação Portuguesa de Atletismo Ministério da Educação - Desporto Escolar PROJECTO

Projecto Mega Sprinter. Federação Portuguesa de Atletismo Ministério da Educação - Desporto Escolar PROJECTO Federação Portuguesa de Atletismo Ministério da Educação - Desporto Escolar PROJECTO SETEMBRO 2004 1 ESCALÕES ETÁRIOS ESCALÃO ÉPOCAS 2004/2005 2005/2006 2006/2007 2007/2008 INFANTIS A 94/95 95/96 96/97

Leia mais

Regulamento Específico. Basquetebol

Regulamento Específico. Basquetebol Regulamento Específico Basquetebol 2015 Art. 1º - A competição de basquetebol dos Jogos Escolares de Minas Gerais JEMG/2015 obedecerá às regras oficiais da International Basketball Federation - FIBA adotadas

Leia mais

EXPOSERRA REGULAMENTO 2012. Município de Gouveia

EXPOSERRA REGULAMENTO 2012. Município de Gouveia EXPOSERRA REGULAMENTO 2012 Município de Gouveia REGULAMENTO EXPOSERRA - 17 a 21 de Fevereiro de 2012 - DISPOSIÇÕES GERAIS Objetivo A ExpoSerra tem como objetivo promover o tecido económico, artesanal e

Leia mais

REGULAMENTO DO AUTOCARRO E CARRINHA

REGULAMENTO DO AUTOCARRO E CARRINHA REGULAMENTO DO AUTOCARRO E CARRINHA REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO AUTOCARRO E CARRINHA DE NOVE LUGARES Preâmbulo Tendo em conta a nova realidade politica administrativa existente no território da União

Leia mais

XIV COPA SMEL DE FUTSAL 2016

XIV COPA SMEL DE FUTSAL 2016 XIV COPA SMEL DE FUTSAL 2016 Regulamento Geral XIV COPA SMEL DE FUTSAL CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XIV COPA SMEL DE FUTSAL tem por objetivo principal o congraçamento geral dos participantes

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL VOLEIBOL XXI TNG

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL VOLEIBOL XXI TNG REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL Voleibol Misto I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º Âmbito O estipulado neste Regulamento define como se rege a modalidade de Voleibol Misto no XXI Torneio Internacional Prof.

Leia mais

3ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2014

3ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2014 3ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2014 A Federação Pernambucana de Tênis de Mesa, tem a honra de convidar a todos os Atletas, Técnicos e Dirigentes de Federações e Clubes filiados a CBTM,

Leia mais

REGULAMENTO GRUPO UNICO FLAMENGO SATELITE IRIS REAL CAMPO BELO ONE TWO RED BULL/SÃO MARCOS ACABAS FC 31 SÓ BECK

REGULAMENTO GRUPO UNICO FLAMENGO SATELITE IRIS REAL CAMPO BELO ONE TWO RED BULL/SÃO MARCOS ACABAS FC 31 SÓ BECK LIGA CAMPINEIRA DE FUTEBOL CAMPEONATO COPA INTEGRAÇÃO 2º SEMESTRE REGULAMENTO Art.1ºO Campeonato Campineiro de Futebol denominado COPA INTEGRAÇÃO 2º SEMESTRE, uma homenagem a este que foi presidente da

Leia mais

Programação Futsal Máster - JOGOS DO SESI 2016

Programação Futsal Máster - JOGOS DO SESI 2016 Programação Futsal Máster - JOGOS DO SESI 2016 - A identificação do atleta deverá ser apresentada antes do início de cada jogo: CTPS ou Carteira do SESI dentro da validade. - Cada equipe deve apresentar

Leia mais

Regulamento Interno Férias Desportivas Verão 15

Regulamento Interno Férias Desportivas Verão 15 2015 Regulamento Interno Férias Desportivas Verão 15 Junta de Freguesia de Fermentelos Índice NOTA JUSTIFICATIVA... 2 CAPÍTULO I... 3 Missão... 3 Artigo 1º... 3 CAPÍTULO II... 3 Objeto... 3 Artigo 2º...

Leia mais

EDITAL Nº 039/2015 SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA DO PIBID/UNIFAL-MG

EDITAL Nº 039/2015 SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA DO PIBID/UNIFAL-MG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG Pró-Reitoria de Graduação Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700 - Alfenas/MG - CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1329 Fax: (35) 3299-1078 grad@unifal-mg.edu.br

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL Índice 1. Introdução 3 2. Escalões Etários/Bola de Jogo/Duração de Jogo 3 3. Constituição da Equipa 4 4. Classificação/Pontuação 4 5. Arbitragem 5 6. Mesa de Secretariado 6 7. Regulamento Técnico-Pedagógico

Leia mais

Campeonato Municipal de Futebol Amador. Início dia 06 de Outubro de 2013 REGULAMENTO GERAL

Campeonato Municipal de Futebol Amador. Início dia 06 de Outubro de 2013 REGULAMENTO GERAL I DOS OBJETIVOS Campeonato Municipal de Futebol Amador Início dia 06 de Outubro de 2013 REGULAMENTO GERAL Art. 1º - O Campeonato Municipal de Futebol tem como objetivo desenvolver e estimular a prática

Leia mais

Regulamento Geral. Fátima Portugal. Clássicos a Fátima 2016. 24 de Abril 2016. Termos e condições do evento

Regulamento Geral. Fátima Portugal. Clássicos a Fátima 2016. 24 de Abril 2016. Termos e condições do evento Regulamento Geral Clássicos a Fátima 2016 Fátima Portugal 24 de Abril 2016 Termos e condições do evento O presente regulamento poderá sofrer alterações a qualquer momento. Índice 01 - Breve descrição 02

Leia mais

REGULAMENTO DA COPA ZICO 2013

REGULAMENTO DA COPA ZICO 2013 REGULAMENTO DA COPA ZICO 2013 I - DAS FINALIDADES, ORGANIZAÇÃO E OUTROS. Art.1º - A COPA ZICO - 2013, competição de futebol de campo, de forma amadora, com regras aqui estabelecidas e, nos casos omissos,

Leia mais

2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento

2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento 2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS Normas de Funcionamento Normas de Funcionamento Considerando a importância que a promoção da dinâmica desportiva assume no concelho, a Câmara Municipal da Lourinhã,

Leia mais

Nenhum atleta será coroado, se não tiver lutado segundo as Regras. 2Tm 2,5 REGULAMENTO

Nenhum atleta será coroado, se não tiver lutado segundo as Regras. 2Tm 2,5 REGULAMENTO REGULAMENTO Nenhum atleta será coroado, se não tiver lutado segundo as Regras. 2Tm 2,5 Art. 1º A Copa Shalom Ronaldo Pereira é uma competição realizada pela Comunidade Católica Shalom, que visa o entretenimento

Leia mais

REGULAMENTO DO APURAMENTO NACIONAL

REGULAMENTO DO APURAMENTO NACIONAL REGULAMENTO DO APURAMENTO NACIONAL 7 e 8 de março 2014 ISF voleibol 2014 Campeonato Mundial Escolar ESPINHO & SANTA MARIA DA FEIRA 9 a 17 de ABRIL de 2014 CAMPEONATO MUNDIAL DE VOLEIBOL ESCOLAR 9 A 17

Leia mais

GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL

GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL 2001-2002 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 1. ESCALÕES ETÁRIOS/BOLA DE JOGO... 4 2. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA... 4 3. DURAÇÃO DO JOGO...

Leia mais

V CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE VOLEIBOL - 2015 REGULAMENTO GERAL

V CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE VOLEIBOL - 2015 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I - DAS FINALIDADES Art. 1º - O V Campeonato Brasileiro Escolar de Voleibol é uma competição inter-colegial que tem por objetivo incentivar, no meio estudantil, a prática desportiva, enaltecendo

Leia mais

EDITAL 2016.1-Aditamento

EDITAL 2016.1-Aditamento EDITAL 2016.1-Aditamento O Colegiado do Curso de Especialização em Organização e Gestão em Justiça Criminal e Segurança - Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional - Campos dos Goytacazes

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016 O reitor do Centro Universitário de Brasília UniCEUB, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna público que

Leia mais

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Edital n 014/2010 DEAD / IFMA Seleção Simplificada

Leia mais

Introdução. Em todas as situações omissas, a FGP é soberana.

Introdução. Em todas as situações omissas, a FGP é soberana. Calendário de Competições de Ginástica Rítmica 2008/2009 Introdução O presente documento regulamenta os princípios orientadores de participação de todos os intervenientes (Associações e Clubes) nas Competições

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA TABELA DE ENCARGOS

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA TABELA DE ENCARGOS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA TABELA DE ENCARGOS ÉPOCA 2015/2016 Ténis de Mesa MODALIDADE OLÍMPICA TABELA DE ENCARGOS PARA 2015/2016 1. CAUÇÃO Valor da caução a enviar à FPTM por cheque pelos Clubes

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR DE SAÚDE BUCAL ESF SORRI BAURU MARÇO 2016

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR DE SAÚDE BUCAL ESF SORRI BAURU MARÇO 2016 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR DE SAÚDE BUCAL ESF SORRI BAURU MARÇO 2016 A SORRI BAURU, por meio de sua Diretoria Executiva, convoca os interessados a participar do processo seletivo para a contratação

Leia mais

CADASTRO, TREINAMENTO E QUALIFICAÇÃO DE INSPETORES BPL

CADASTRO, TREINAMENTO E QUALIFICAÇÃO DE INSPETORES BPL CADASTRO, TREINAMENTO E QUALIFICAÇÃO DE INSPETORES NORMA Nº NIE-CGCRE-039 APROVADA EM ABR/2013 Nº 01/ SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Responsabilidade 4 Documentos Complementares 5 Histórico

Leia mais

EDITAL Nº 01/ 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE.

EDITAL Nº 01/ 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CARDIOLOGIA E EPIDEMIOLOGIA. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS) INSTITUTO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIA EM SAÚDE - IATS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CAMPUS CABO DE SANTO AGOSTINHO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CAMPUS CABO DE SANTO AGOSTINHO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CAMPUS CABO DE SANTO AGOSTINHO EDITAL Nº 012/2016 CONCURSO DE FOTOGRAFIA II SEMANA DE MEIO

Leia mais

COPA CURITIBA DE FUTEBOL SUB 15 2016 REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I DA COMPETIÇÃO

COPA CURITIBA DE FUTEBOL SUB 15 2016 REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I DA COMPETIÇÃO COPA CURITIBA DE FUTEBOL SUB 15 2016 REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I DA COMPETIÇÃO Art. 1º - A COPA CURITIBA DE FUTEBOL SUB 15-2016 tem por finalidade fomentar a prática do futebol de campo no Município

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA CONVTE DE EVENTOS

INFORMAÇÕES PARA CONVTE DE EVENTOS INFORMAÇÕES PARA CONVTE DE EVENTOS 1. Nome do evento; 2. Data/período; 3. Local (endereço completo); 4. Organização; 5. Patrocinadores; 6. Apoiadores; 7. Programação (horário, distâncias e categorias);

Leia mais

ORGANIZAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA Aula 25/08

ORGANIZAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA Aula 25/08 FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC FACULDADE UNIPAC DE CIÊNCIAS JURÍDICAS, CIÊNCIAS SOCIAIS, LETRAS E SAÚDE DE UBERLÂNDIA. Rua Tiradentes, nº. 66 Centro Uberlândia/MG - Telefax: (34) 3291-2100

Leia mais

1º Concurso de Bandas de Garagem da Associação de Estudantes da Escola Superior Agrária de Viseu

1º Concurso de Bandas de Garagem da Associação de Estudantes da Escola Superior Agrária de Viseu 1º Concurso de Bandas de Garagem da Associação de Estudantes da Escola Superior Agrária de Viseu Ficha de inscrição *Nome do projecto musical: Idade do projecto: anos e meses *Cidade de origem: *Género

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA Departamento de Lazer e Desporto para Todos NORMAS ESPECÍFICAS

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA Departamento de Lazer e Desporto para Todos NORMAS ESPECÍFICAS NORMAS ESPECÍFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela F.P.T.M.- Departamento de Lazer e Desporto para Todos, para as provas por ela organizadas. As normas específicas aplicam-se a todos

Leia mais

Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira

Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira PREÂMBULO Os Orçamentos Participativos são símbolos de importância da participação dos cidadãos na sociedade democrática, neste sentido a Câmara Municipal

Leia mais

ARRAIA BRASIL O ARRAIA DA CIDADANIA PRAÇA BRASIL VOLTA REDONDA

ARRAIA BRASIL O ARRAIA DA CIDADANIA PRAÇA BRASIL VOLTA REDONDA ARRAIA BRASIL O ARRAIA DA CIDADANIA PRAÇA BRASIL VOLTA REDONDA 1: REALIZAÇÃO E OBJETIVO : A Prefeitura Municipal de Volta Redonda realizará o 1º Arraiá Brasil, no período 29 de julho a 01 de agosto de

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO FUNCHAL 19 º CONCURSO FUNCHAL CIDADE FLORIDA 2016. Programa de Concurso

CÂMARA MUNICIPAL DO FUNCHAL 19 º CONCURSO FUNCHAL CIDADE FLORIDA 2016. Programa de Concurso CÂMARA MUNICIPAL DO FUNCHAL 19 º CONCURSO FUNCHAL CIDADE FLORIDA 2016 Programa de Concurso As condições de participação no 19º Concurso Funchal Cidade Florida, doravante Concurso, ficam subordinadas às

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR. - Inscrições Colégios. Colégios Participantes de Temporadas anteriores:

MANUAL DO PROFESSOR. - Inscrições Colégios. Colégios Participantes de Temporadas anteriores: MANUAL DO PROFESSOR - Inscrições Colégios Colégios Participantes de Temporadas anteriores: O Professor deverá acessar o link Inscrições Colégios no menu esquerdo da página inicial do site da LE2 e com

Leia mais

Regulamento do Concurso de FOTOGRAFIA

Regulamento do Concurso de FOTOGRAFIA Évora 2005 Regulamento do Concurso de FOTOGRAFIA ENQUADRAMENTO O concurso AS PROFISSÕES DA MINHA COMUNIDADE é um concurso integrado no evento a decorrer de 13 a 15 de Abril de 2005, em Évora, organizado

Leia mais

Ponto 10.1. Proposta das Normas do Orçamento Participativo de Pombal

Ponto 10.1. Proposta das Normas do Orçamento Participativo de Pombal Cópia de parte da ata da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Pombal nº0014/cmp/15, celebrada em 25 de Junho de 2015 e aprovada em minuta para efeitos de imediata execução. Ponto 10.1. Proposta das

Leia mais

1º CONCURSO FOTOGRÁFICO IFG LUZIÂNIA

1º CONCURSO FOTOGRÁFICO IFG LUZIÂNIA 1º CONCURSO FOTOGRÁFICO IFG LUZIÂNIA Urbano Fotografia Organizado (por): Marise Takano, Heloiza Bonilla Proposto (por): Curso Técnico Integrado de Edificações Regulamento 1 I CONCURSO DE FOTOGRAFIA IFG

Leia mais

4. No caso em que seja necessário apontar um vencedor e no tempo regulamentar o jogo terminar empatado será aplicado o seguinte:

4. No caso em que seja necessário apontar um vencedor e no tempo regulamentar o jogo terminar empatado será aplicado o seguinte: Regulamento Técnico de Futsal 1. A competição será disputada na categoria masculina acima de 16 anos e feminina acima de 14 anos. Será permitida a inscrição de 6 atletas no mínimo e no máximo 8. 2. A competição

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO. Startup Simplex. (Competência) (Fases do Concurso)

REGULAMENTO DO CONCURSO. Startup Simplex. (Competência) (Fases do Concurso) REGULAMENTO DO CONCURSO Startup Simplex Artigo 1.º (Objeto do concurso) 1. O presente concurso tem por objeto a seleção de 3 (três) ideias ou protótipos originais que melhorem a relação dos cidadãos e

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 001/2012 A APMI Guarda Mirim de Londrina, visando garantir os princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade consubstanciados no caput do artigo 37 e inciso

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA PLANO DE ATIVIDADES 2012 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA DESENVOLVIMENTO DA PRÁTICA DESPORTIVA ALTO RENDIMENTO E SELEÇÕES NACIONAIS FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS MARKETING, COMUNICAÇÃO & IMAGEM 1.-

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL COPA ARCO DE FUTEBOL SOCIETY ano 2016 (POR REGIÃO)

REGULAMENTO OFICIAL COPA ARCO DE FUTEBOL SOCIETY ano 2016 (POR REGIÃO) REGULAMENTO OFICIAL COPA ARCO DE FUTEBOL SOCIETY ano 2016 (POR REGIÃO) 01 DA FINALIDADE 1.1. A COPA ARCO DE FUTEBOL SOCIETY 2016 (por Região), tem como finalidade principal, promover a integração dos funcionários

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CMAS Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social EDITAL 01/2016

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CMAS Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social EDITAL 01/2016 CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CMAS Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social EDITAL 01/2016 Edital de convocação de Assembleia Geral de Entidades de Assistência Social de Diamantina para

Leia mais

OLITA REGULAMENTO GERAL

OLITA REGULAMENTO GERAL OLITA REGULAMENTO GERAL OLIMPÍADAS INTERNAS DO ITAMIRIM De 6 de Novembro a 02 de Dezembro / 2011 AGENDA DATA HORA EVENTO LOCAL 22 de agosto Início da divulgação do evento e Regulamento Geral Itamirim 3

Leia mais

Jornal O País Concurso Repórter por 1 dia. Regulamento

Jornal O País Concurso Repórter por 1 dia. Regulamento Jornal O País Concurso Repórter por 1 dia Regulamento 1. Promoção 1.1 O Repórter por um Dia é promovido pelo Jornal OPAÍS como parte integrante do Projeto de promoção e lançamento d OPAÍS diário. Os principais

Leia mais

Meeting Natação Masters 2015

Meeting Natação Masters 2015 ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO ART. 1º - O Meeting Natação é uma competição do calendário oficial da MG ESPORTES, de acordo com o presente regulamento e com as regras da FINA e ABMN. ART. 2º - O Meeting Natação

Leia mais

Liga CDLPC- Basquetebol - 5.º /6.º Anos

Liga CDLPC- Basquetebol - 5.º /6.º Anos Informações Gerais Os torneios disputar-se-ão em sistema de campeonato, ao longo do ano letivo. De acordo com o número de equipas participantes, poderá haver uma fase final em sistema de playoffs. A data

Leia mais

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO À INSTRUÇÃO N.º 12/2013 - (BO N.º 6, 17.06.2013) Temas SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO II FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO

Leia mais

C.C.R.E.7 DE SETEMBRO CAMPEONATO DE VERÃO VOLEI DE PRAIA

C.C.R.E.7 DE SETEMBRO CAMPEONATO DE VERÃO VOLEI DE PRAIA VOLEI DE PRAIA 2014 VOLEI DE PRAIA DUPLAS Art.1º - O Campeonato de Verão de Vôlei de Praia de Duplas do C.C.R.E. 7 de Setembro obedecerá as regras oficiais adotadas pela CBV e pelo que dispuser este regulamento.

Leia mais

Regulamento Específico de Atletismo

Regulamento Específico de Atletismo Regulamento Específico de Atletismo ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ESCALÕES ETÁRIOS... 4 3. DISCIPLINAS... 4 4. PARTICIPAÇÃO / INSCRIÇÃO... 4 5. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA DE AJUIZAMENTO... 5 6. REGULAMENTO

Leia mais

EDITAL DE CONCURSO FOTOGRAFICO DA ABCRED TEMA: EMPREENDEDORISMO COM MICROCRÉDITO

EDITAL DE CONCURSO FOTOGRAFICO DA ABCRED TEMA: EMPREENDEDORISMO COM MICROCRÉDITO EDITAL DE CONCURSO FOTOGRAFICO DA ABCRED TEMA: EMPREENDEDORISMO COM MICROCRÉDITO A organização deste CONCURSO FOTOGRÁFICO é da ABCRED Associação Brasileira de Entidades Operadoras de Microcrédito e Microfinanças,

Leia mais

O NÃO CUMPRIMENTO DESSE ITEM IMPLICARÁ NO IMPEDIMENTO DA PARTICIPAÇÃO DA QUADRILHA NO FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS DA REDE GLOBO NORDESTE.

O NÃO CUMPRIMENTO DESSE ITEM IMPLICARÁ NO IMPEDIMENTO DA PARTICIPAÇÃO DA QUADRILHA NO FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS DA REDE GLOBO NORDESTE. 1 - DA FINALIDADE O Festival de Quadrilhas tem por finalidade valorizar, difundir e incentivar uma das mais populares manifestações culturais da época junina A QUADRILHA. 2 - DOS PARTICIPANTES 2.1. Poderão

Leia mais

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO À INSTRUÇÃO N.º 12/2013 - (BO N.º 6, 17.06.2013) Temas SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO I FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

Leia mais

Emissão Original: 04/12/13

Emissão Original: 04/12/13 COPA VERDE/2014 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I Da Denominação e Participação Art. 1º A Copa Verde de 2014, doravante denominada Copa, é regida por dois regulamentos mutuamente complementares

Leia mais

Planeamento. Avaliação

Planeamento. Avaliação Planeamento e Avaliação Planeamento e Avaliação Definição de Planeamento Fases de Planeamento Plano vs Projecto Relatório O quê? PLANEAMENTO Planear uma actividade, evento ou projecto, significa responder

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO ACESSIBILIDADE CULTURAL: ARTICULAÇÕES E REFLEXÕES NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Edital

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO ACESSIBILIDADE CULTURAL: ARTICULAÇÕES E REFLEXÕES NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Edital CURSO DE APERFEIÇOAMENTO ACESSIBILIDADE CULTURAL: ARTICULAÇÕES E REFLEXÕES NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Edital O grupo de pesquisa Núcleo de Estudos em Formação Docente, Tecnologias e Inclusão (NEFTI) torna

Leia mais

Troféu Guarulhos de Futsal Municipal 2016 Menores 1º Semestre.

Troféu Guarulhos de Futsal Municipal 2016 Menores 1º Semestre. Troféu Guarulhos de Futsal Municipal 2016 Menores 1º Semestre. Título I Das Disposições Gerais A) Será obrigatório, de acordo com as Regras do Futsal, o uso de caneleiras para todos os atletas. B) Não

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO ORIENTAÇOES PARA PREENCHIMENTO DOS DOCUMENTOS Cursos: Administração / TADS ORIENTAÇÕES:

ESTÁGIO SUPERVISIONADO ORIENTAÇOES PARA PREENCHIMENTO DOS DOCUMENTOS Cursos: Administração / TADS ORIENTAÇÕES: ESTÁGIO SUPERVISIONADO ORIENTAÇOES PARA PREENCHIMENTO DOS DOCUMENTOS Cursos: Administração / TADS ORIENTAÇÕES: As matrizes destes documentos estão disponíveis no site FAINAM / Central do Aluno / Estágio

Leia mais

EDITAL N. 03/2014 - CE, de 04 de setembro de 2014. Processo Seletivo para Curso de Especialização em Docência na Educação Infantil

EDITAL N. 03/2014 - CE, de 04 de setembro de 2014. Processo Seletivo para Curso de Especialização em Docência na Educação Infantil MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO EDITAL N. 03/2014

Leia mais

3.2. No ato da inscrição deverão ser apresentados os seguintes dados e documentos:

3.2. No ato da inscrição deverão ser apresentados os seguintes dados e documentos: 1 - DA FINALIDADE O Festival de Quadrilhas tem por finalidade valorizar, difundir e incentivar uma das mais populares manifestações culturais da época junina A QUADRILHA. 2 - DOS PARTICIPANTES 2.1. Poderão

Leia mais

Crianças e adolescentes inscritos no Programa Segundo Tempo.

Crianças e adolescentes inscritos no Programa Segundo Tempo. Manual de Procedimentos APRESENTAÇÃO Oportunizar aos beneficiados do Programa Segundo Tempo eventos e programações diferenciadas ao longo do ano é uma das ações estratégicas desta Secretaria Nacional.

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2

Manual SAGe Versão 1.2 Manual SAGe Versão 1.2 Equipe de Pesquisadores do Projeto Conteúdo 1. Introdução... 2 2. Criação da Equipe do Projeto (Proposta Inicial)... 3 2.1. Inclusão e configuração do Pesquisador Responsável (PR)...

Leia mais

REGULAMENTO DA 15ª COPA RURAL DE FUTSAL (SUPER LIGA REGIONAL DE FUTSAL 2016)

REGULAMENTO DA 15ª COPA RURAL DE FUTSAL (SUPER LIGA REGIONAL DE FUTSAL 2016) REGULAMENTO REGULAMENTO DA 15ª COPA RURAL DE FUTSAL (SUPER LIGA REGIONAL DE FUTSAL 2016) DA PRIMEIRA FASE Art.1º A 15ª Copa Rural de Futsal, realizada pelo Departamento de Esportes da Rádio Rural de Guarabira,

Leia mais

Condições de Filiação 2016 (Anexo ao Regulamento Administrativo)

Condições de Filiação 2016 (Anexo ao Regulamento Administrativo) Condições de Filiação 2016 (Anexo ao Regulamento Administrativo) DOS ESTATUTOS: Artigo 15º, Nº1 Adquirem a qualidade de Associados as Entidades referidas nos artigos 11º e 12º destes Estatutos, através

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro Campus Macaé Professor Aloísio Teixeira Coordenação de Pesquisa e Coordenação de Extensão

Universidade Federal do Rio de Janeiro Campus Macaé Professor Aloísio Teixeira Coordenação de Pesquisa e Coordenação de Extensão Universidade Federal do Rio de Janeiro Campus Macaé Professor Aloísio Teixeira Coordenação de Pesquisa e Coordenação de Extensão EDITAL nº 1 Coordenação de Pesquisa/Coordenação de Extensão 2016 VIII JORNADA

Leia mais

EDITAL N o /2011. EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA NO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DA BIOLOGIA (Modalidade a Distância)

EDITAL N o /2011. EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA NO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DA BIOLOGIA (Modalidade a Distância) EDITAL N o /2011 EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA NO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DA BIOLOGIA (Modalidade a Distância) 1. INFORMAÇÕES GERAIS A Direção do Instituto de Ciências Biológicas ICB,

Leia mais

TRAVESSIA DA CIDADE DE PENEDO PERCURSO 3.500m INFANTIL A SENIOR

TRAVESSIA DA CIDADE DE PENEDO PERCURSO 3.500m INFANTIL A SENIOR TRAVESSIA DA CIDADE DE PENEDO PERCURSO 3.500m INFANTIL A SENIOR Data: 10 de janeiro de 2016 (domingo) Local: Rio São Francisco (Penedo) Percurso: 3.500 metros (Infantil a Senior) Data limite de inscrição:

Leia mais

XV COPA MOURA/DOM BOSCO INTERESTADUAL DE JUDÔ TROFÉU BOSQUE DOS IPÊS

XV COPA MOURA/DOM BOSCO INTERESTADUAL DE JUDÔ TROFÉU BOSQUE DOS IPÊS XV COPA MOURA/DOM BOSCO INTERESTADUAL DE JUDÔ TROFÉU BOSQUE DOS IPÊS A Associação Desportiva Moura com apoio da Federação de Judô de Mato Grosso do Sul, tem o prazer em convidalos para participar e abrilhantar

Leia mais

REGRAS DAS PROVAS RELÂMPAGO

REGRAS DAS PROVAS RELÂMPAGO REGRAS DAS PROVAS RELÂMPAGO BALÃO Cada equipe apresentará um componente para esta prova. Os participantes deverão soprar o balão até estourar. Será estabelecida a ordem de classificação pelo tempo de estouro

Leia mais

PREFEITURA DE FORTALEZA COORDENADORIA ESPECIAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE JUVENTUDE DE FORTALEZA

PREFEITURA DE FORTALEZA COORDENADORIA ESPECIAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE JUVENTUDE DE FORTALEZA PREFEITURA DE FORTALEZA COORDENADORIA ESPECIAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE JUVENTUDE DE FORTALEZA I CAMPEONATO DAS TORCIDAS ORGANIZADAS: FESTA NAS ARQUIBANCADAS 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO 1.1 Este

Leia mais

CAMPEONATO BRASILEIRO DE RALLY CROSS COUNTRY DE VELOCIDADE 2016. Regulamento Particular de Prova. 1ª e 2ª Provas - Carros.

CAMPEONATO BRASILEIRO DE RALLY CROSS COUNTRY DE VELOCIDADE 2016. Regulamento Particular de Prova. 1ª e 2ª Provas - Carros. CAMPEONATO BRASILEIRO DE RALLY CROSS COUNTRY DE VELOCIDADE 2016 Campeonato Paulista De Rally Cross Country De Velocidade 2016 Regulamento Particular de Prova 1ª e 2ª Provas - Carros Barretos - SP 1 - EVENTO

Leia mais

Estadual ou Municipal (Territórios de Abrangência - Conceição do Coité,

Estadual ou Municipal (Territórios de Abrangência - Conceição do Coité, UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO DEDC I PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE OBSERVATÓRIO DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS DO TERRITÓRIO DO SISAL - BA 1.0 Apresentação:

Leia mais

COPA RURAL DE FUTEBOL AMADOR DE CIPÓ 2016 1

COPA RURAL DE FUTEBOL AMADOR DE CIPÓ 2016 1 COPA RURAL DE FUTEBOL AMADOR DE CIPÓ 2016 1 I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO GERAL Art. 1º - COPA RURAL DE FUTEBOL AMADOR CIPOENSE EDIÇÃO 2016, será promovido e organizado pela Liga Cipoense

Leia mais

Data: 13 de Julho de 2015 13º CAMPEONATO EUROPEU FEMININO EM MATERA, ITÁLIA

Data: 13 de Julho de 2015 13º CAMPEONATO EUROPEU FEMININO EM MATERA, ITÁLIA Para: De: FEDERAÇÕES EUROPEIAS PRESIDENTE DO CERH Data: 13 de Julho de 2015 Assunto: 13º CAMPEONATO EUROPEU FEMININO EM MATERA, ITÁLIA Exmºs Senhores: Sob organização da FIHP Federazione Italiana Hockey

Leia mais

I COPA CAPITAL MORENA DE FUTEBOL DE SETE PARALÍMPICO

I COPA CAPITAL MORENA DE FUTEBOL DE SETE PARALÍMPICO I COPA CAPITAL MORENA DE FUTEBOL DE SETE PARALÍMPICO DE 16/07(Abertura -Torneio Início) á 26/08/2016 EVENTO OFICIAL HOMENAGEM A 117 ANOS DE CAMPO GRANDE LOCAL: PRAÇA ESPORTIVA ELIAS GADIA APOIO: 1 DIVISÃO

Leia mais