Nome da Instituição : SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC-SP. 01. Nome do curso: Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nome da Instituição : SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC-SP. 01. Nome do curso: Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade"

Transcrição

1 Nome da Instituição : SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC-SP CNPJ: / Data: 02 de janeiro de 2001 Número do Plano: 12 Área do Plano: Comunicação PLANO DE CURSO PARA: 01. Nome do curso: Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade Carga Horária: 800 horas 02. Nome do curso: Qualificação Profissional de Atendimento e Planejamento Publicitário Carga Horária: 256 horas 03. Nome do curso: Qualificação Profissional de Criação e Produção Publicitária Carga Horária: 412 horas Este plano de curso é válido para turmas iniciadas a partir de 10/02/2001, autorizado pela Portaria CEE/GP-21 de 10/02/2001.

2 1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS A habilitação profissional de Técnico em Publicidade - área profissional de Comunicação é um curso de educação profissional de nível técnico que atende ao disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - Lei Federal nº 9.394/96; no Decreto Federal nº 2.208/97; no Parecer CNE-CEB nº16/99 e Resolução CNE-CEB nº 04/99, que dispõem sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional de Nível Técnico; na Indicação CEE nº 08/2000; no Regimento das Unidades SENAC-SP e demais normas regulamentadoras do sistema de ensino. O universo da Comunicação é o reflexo de tendências da economia, de novos comportamentos e de exigências do mercado consumidor. A crescente competitividade imposta pela globalização, principalmente com a chegada de produtos estrangeiros no país e as novas formas de organização do setor produtivo, decorrentes dos avanços tecnológicos, têm levado os empresários a investirem pesadamente na promoção de seus produtos e serviços. Independente do porte da empresa, é necessário mostrar seu diferencial no mercado, pois a alta competitividade exige dos empresários uma postura pró-ativa para a conquista e manutenção do público consumidor. Nesse sentido, ampliam-se as perspectivas para o mercado publicitário em relação às possibilidades de trabalho. Para responder às necessidades de seus clientes, esse profissional deverá utilizar-se da análise de oferta sob a ótica mercadológica, do emprego de técnicas de linguagem, de métodos e criatividade, participando do lançamento ou promoção de produtos, serviços ou idéias das empresas, de modo a se destacar, criando opinião favorável em relação ao produto. Deve, também, estar atento para encontrar o canal de comunicação mais rápido e eficiente entre seu cliente e o público que pretende atingir. O Técnico em Publicidade pode desenvolver atividades em diferentes segmentos, ou seja, no atendimento, pesquisa, criação, produção ou mídias, como profissional autônomo, ou trabalhando em agências de publicidade e propaganda, promoção de vendas, pesquisa de mercado, marketing, assessoria de comunicação, emissoras de televisão e de rádio, produtoras de vídeo, órgãos públicos, instituições de ensino e pesquisas além de outros segmentos da publicidade. É alta a competitividade no segmento publicitário que exige profissionais competentes, atentos às oportunidades de novos negócios, com idéias criativas e soluções pertinentes à realidade e em sintonia com as novas tecnologias e tendências da área. Para atender às necessidades desse mercado o SENAC-SP programou este curso contemplando as competências profissionais gerais da área e específicas da habilitação, com foco no perfil profissional de conclusão, prevendo situações que levem o participante a aprender a pensar, a aprender a aprender, a mobilizar e articular com pertinência conhecimentos, habilidades e valores em níveis crescentes de complexidade. A organização dos conteúdos tem por objetivo privilegiar o estudo contextualizado e autônomo, agregando competências relacionadas com as novas tecnologias e trabalho em equipe, preparando o aluno para enfrentar diferentes situações com criatividade e flexibilidade, favorecendo a ampliação de sua esfera de atuação e a interação com outros profissionais, promovendo atividades inerentes ao seu campo de atuação e que favoreçam a tomada de decisão para planejamento, concepção e produção de projetos. CNPJ nº / PC Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade Página 2

3 Para acompanhar as transformações tecnológicas e socioculturais impostas à área, essa proposta será permanentemente atualizada, por meio do contato permanente com as empresas do setor, da participação de agentes educacionais atuantes nesse mercado e com recursos e práticas pedagógicas operatórias e atualizadas, compatíveis com as características do processo de produção da área. 2. REQUISITOS DE ACESSO As inscrições e matrículas para o curso são efetuadas em datas determinadas pela Unidade SENAC-SP, respeitando-se os requisitos de acesso e as normas regimentais. Haverá processo seletivo para os candidatos à matrícula, envolvendo: - Aplicação de testes sobre atualidades; - Conhecimentos sobre terminologias usadas em Publicidade; - Questões dissertativas que envolvam interpretação; - Entrevista individual. Para matrícula no curso o candidato deverá ter, no mínimo, o 2º ano completo do ensino médio e apresentar os seguintes documentos: - Requerimento de Matrícula. - Cédula de Identidade (cópia). - Registro civil - Certidão de Nascimento ou de Casamento (cópia). - Histórico escolar de conclusão do ensino médio ou documento que comprove a escolaridade mínima exigida (duas vias: original ou cópia autenticada e cópia simples). - Documento Militar, para o sexo masculino entre 18 e 45 anos (apresentação para anotações). - Título de Eleitor, com voto na última eleição, para maiores de 18 anos (apresentação para anotações). 3. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO O Técnico em Publicidade é o profissional capaz de assumir tarefas/trabalhos, atender clientes, planejar, criar e acompanhar toda produção de peças de campanha publicitária. Pode atuar no processo completo de um trabalho dentro de uma agência de publicidade e comunicação, departamentos de marketing, propaganda, promoção, merchandising, estúdios de criação, empresas de produção gráfica, cinema, televisão, rádio, escritórios de design e outros. Para tanto esse profissional deverá ter uma formação ampla que lhe permita acompanhar as transformações do setor produtivo, para: - Atuar criativamente em atendimento, planejamento, pesquisa e marketing. - Aplicar, estética e qualitativamente, a linguagem publicitária (texto/imagem). - Criar, produzir e acompanhar todas as etapas do processo de execução e finalização das peças para uma campanha de comunicação. - Atuar em equipes relacionando-se produtiva e criativamente com os demais profissionais. - Aplicar as normas legais pertinentes e os princípios éticos que regem os meios de comunicação. Constituem competências gerais da área profissional de Comunicação desenvolvidas nos diversos módulos: CNPJ nº / PC Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade Página 3

4 - Caracterizar as linguagens das diferentes mídias e suas inter-relações. - Criar e produzir em diferentes mídias, considerando as características, possibilidades e limites das tecnologias em uso. - Elaborar projetos de comunicação utilizando repertório ou acervo iconográfico da cultura contemporânea. - Pesquisar, analisar e interpretar idéias, fatos e expectativas para a produção em diferentes mídias. - Selecionar a mídia adequada correlacionando características e tendências do mercado com fatores políticos, econômicos, sociais, culturais e tecnológicos. - Aplicar normas e leis pertinentes ou que regulamentem atividades da área, como as referentes a conduta ética e aos direitos autorais, patentes e saúde e segurança no trabalho. - Utilizar, de forma ética e adequada, as possibilidades oferecidas por leis de incentivo fiscal à produção na área. - Produzir texto, imagem e som, utilizando recursos tecnológicos, equipamentos e ferramentas eletrônicas atualizadas. - Comunicar-se com os profissionais das equipes de produção, utilizando vocabulário técnico específico. - Negociar e documentar, nos formatos legais usuais, contratos típicos da produção, da distribuição e da comercialização de comunicação. - Aplicar princípios, estratégias e ferramentas de gerenciamento técnico e administrativo em empreendimentos de comunicação. Para exercer suas atividades o profissional responsável pelo Atendimento e Planejamento Publicitário, deverá: - Interpretar as necessidades do cliente, apresentando projetos de comunicação adequada do produto ao público alvo. - Planejar a comunicação publicitária a partir da interpretação de dados colhidos em pesquisas. - Otimizar a utilização de recursos financeiros selecionando uma mídia criativa e adequada. - Atuar em equipes relacionando-se produtiva e criativamente com os demais profissionais. Para exercer suas atividades, o profissional responsável pela Criação e Produção Publicitária, deverá: - Criar peças para diversas áreas da comunicação, utilizando recursos da computação gráfica. - Dirigir profissionais das diversas áreas de produção, como de produção gráfica, fotografia, rádio e cinema/televisão. - Atuar em equipes relacionando-se produtiva e criativamente com os demais profissionais. 4. ORGANIZAÇÃO CURRICULAR A Habilitação Profissional constante deste Plano de Curso compreende o itinerário necessário à formação do Técnico em Publicidade - área profissional de Comunicação, organizado em quatro módulos, conforme segue: CNPJ nº / PC Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade Página 4

5 Módulos Componentes Curriculares Horas I Introdução à Publicidade 92 II Atendimento e Planejamento Publicitário 164 III Criação e Produção Publicitária 320 IV Agência 224 Total de Horas 800 O Módulo I é pré-requisito para os demais, por ser constituído de competências comuns e essenciais. Os Módulos II e III de qualificação profissional correspondem a ocupações existentes no mercado de trabalho. São independentes entre si e serão desenvolvidos por meio de projetos específicos. No Módulo IV, complementar e obrigatório à formação do Técnico em Publicidade, o aluno realizará uma campanha publicitária, considerando todas as etapas do processo de trabalho de uma Agência, desde o atendimento/planejamento até a apresentação/ avaliação do produto final. COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS A SEREM DESENVOLVIDAS MÓDULO I INTRODUÇÃO À PUBLICIDADE - Organizar processos, traduzir, interpretar e expressar idéias criativas a partir de elementos relacionados a arte. - Trabalhar com a arte e a estética de forma crítica e criativa. - Traduzir com imagens gráficas: temas, observações e interpretações. - Relacionar-se de forma produtiva e criativa em equipes de trabalho. MÓDULO II ATENDIMENTO E PLANEJAMENTO PUBLICITÁRIO - Oferecer atendimento e planejamento de comunicação, seguros e eficientes, a partir da interpretação das necessidades do cliente. - Montar briefing e estruturar planos de comunicação, analisando tabulação de resultados em pesquisa. - Identificar e aplicar princípios de planejamento do marketing moderno. - Interpretar as necessidades contidas nas informações dos planos de marketing e das pesquisas de mercado. - Realizar cálculos e interpretar estatísticas em pesquisas realizadas, elaborando planos de comunicação com tabulações informatizadas. CNPJ nº / PC Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade Página 5

6 - Interpretar o plano de comunicação para diferentes mídias, correlacionando-o com as características e tendências do mercado. - Criar e produzir mapas de veiculação, negociando planos de mídia junto aos veículos e otimizando as verbas para essa produção. - Coletar informações sobre resultados pós veiculação e tabular índices de retorno. - Utilizar estratégias e ferramentas de gerenciamento técnico e administrativo em empreendimentos de comunicação. - Interpretar e aplicar a legislação que regulamenta a utilização do som e da imagem. - Adotar princípios éticos em suas relações de trabalho. - Utilizar de forma ética e adequada as possibilidades oferecidas por leis de incentivo fiscal à produção na área. MÓDULO III CRIAÇÃO E PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA - Identificar e aplicar técnicas para concepção de repertório criativo em produção publicitária. - Elaborar projetos de comunicação utilizando repertório ou acervo iconográfico da cultura contemporânea. - Analisar o briefing e identificar as necessidades de comunicação para diversas peças (anúncios, mídia impressa e eletrônica, folhetos, mala direta e outras). - Criar peças de comunicação a partir de briefings. - Definir temas e layouts para estruturar textos publicitários em cada tipo de peça de comunicação. - Atuar em equipes ou duplas de criação, identificando funções e atividades dos seus participantes. - Utilizar software específico de editoração, ilustração, tratamento de imagens e finalização para saídas digitais ou tradicionais. - Finalizar layouts utilizando-se da computação gráfica. - Acompanhar e dirigir produções fotográficas a partir de temas e layouts, identificando os materiais, equipamentos e processos adequados. - Avaliar qualitativamente o produto final das imagens produzidas em cromos e digitais. - Utilizar as linguagens estéticas na produção para TV e cinema, avaliando sua evolução técnica. - Montar cronogramas de trabalho para produção de vídeos, considerando os formatos para TV e cinema. - Criar peças para rádio e cine/tv, utilizando conhecimentos de recursos e equipamentos de captação de sons para trilhas, fundos e efeitos. - Executar projetos de design gráfico para imagem corporativa. - Definir os tipos de bases (papéis) para cada peça gráfica, avaliando possibilidades e recursos da impressão gráfica. - Pesquisar e analisar novos recursos de materiais gráficos. - Negociar e desenvolver fornecedores na área de produção. - Comunicar-se com os profissionais das equipes de produção utilizando vocabulário técnico específico. MÓDULO IV AGÊNCIA - Identificar no mercado, oportunidades para a oferta de serviços e adotar estratégias para a captação de clientes. CNPJ nº / PC Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade Página 6

7 - Interpretar e traduzir as necessidades do cliente, de forma a garantir a qualidade no atendimento e no planejamento da comunicação. - Planejar a estratégia de comunicação, considerando as etapas necessárias para a realização de uma campanha publicitária. - Criar peças de comunicação para as diferentes mídias. - Montar e apresentar campanhas publicitárias para clientes. - Avaliar a qualidade de produtos e serviços oferecidos, considerando manifestações dos clientes. - Participar de equipes profissionais de forma produtiva, mantendo postura ética e contribuindo efetivamente para a qualidade dos serviços prestados. INDICAÇÕES METODOLÓGICAS As estratégias pedagógicas adotadas para o desenvolvimento do curso deverão proporcionar à clientela participação ativa e condições de aprender a aprender, com avaliação contínua e sistemática, voltada para a aprendizagem com autonomia. No módulo Introdução à Publicidade, os componentes curriculares serão desenvolvidos por meio de atividades contextualizadas, propostas a partir de situações-problema que suscitem questionamentos, de modo a incentivar e favorecer a busca criativa de soluções. Nesse sentido, serão também propostas atividades de pesquisa, incluindo literatura, visitas a museus, feiras ou exposições, estimulando a ampliação do repertório cultural do aluno, diversificando suas possibilidades de expressão e sua capacidade crítica. As atividades em grupo serão amplamente exploradas, tendo em vista a necessidade de integração dos alunos em equipes, nos módulos subseqüentes que reproduzem situações reais de trabalho. Os Módulos de Qualificação Profissional e o Módulo Complementar terão como eixo integrador o desenvolvimento de projetos que dão significado à atividade de aprender, por remeterem a situações relacionadas ao segmento em questão. As atividades relativas aos projetos serão desenvolvidas sob orientação de um coordenador, a partir de proposições problemáticas que despertem no aluno a necessidade de aprender, estimulando-o à busca de respostas e mobilizando sua capacidade de iniciativa para propor soluções e atuar cooperativamente em grupo, de forma produtiva e criativa, propiciando condições para a aprendizagem com autonomia. Os projetos deverão ter como pressuposto básico a utilidade, a aplicabilidade no mercado de trabalho e o desenvolvimento das competências a partir de situações relacionadas ao cotidiano profissional. No módulo Agência, o projeto será desenvolvido para uma empresa ou instituição e envolverá todas as etapas de uma campanha publicitária, contando inclusive com a apresentação final ao cliente e à banca de docentes. Os componentes curriculares dos módulos serão especificados no plano de trabalho dos docentes, elaborado sob a coordenação da Área Técnica, registrado em documento próprio, de forma sintética, na medida e na seqüência em que forem desenvolvidos. As horas referentes aos módulos deverão ser respeitadas e aquelas recomendadas para os componentes curriculares poderão ser alteradas face às necessidades de aprendizagem dos alunos, tendo em vista o perfil profissional de conclusão. 5. CRITÉRIOS DE APROVEITAMENTO DE CONHECIMENTOS E EXPERIÊNCIAS ANTERIORES CNPJ nº / PC Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade Página 7

8 As competências anteriormente adquiridas pelos alunos, relacionadas com o perfil de conclusão do Técnico em Publicidade - área de Comunicação e dos módulos de qualificação profissional que integram seu itinerário de formação, poderão ser avaliadas para aproveitamento de estudos, no todo ou em parte, nos termos da legislação vigente. Os candidatos à matrícula poderão ter seus conhecimentos e experiências aproveitados neste curso, obtidos: - no ensino médio, especificamente aqueles relacionados à comunicação escrita e raciocínio lógico; - em cursos de qualificação profissional, etapas ou módulos de nível técnico ou em processos reconhecidos de certificação profissional, mediante comprovação e análise da adequação ao perfil profissional de conclusão e, se necessário, com avaliação do aluno; - em cursos de educação profissional de nível básico, no trabalho ou por outros meios informais, mediante avaliação do aluno. O aproveitamento, em qualquer condição, deverá ser requerido em tempo hábil para a devida análise por parte dos docentes, aos quais caberá a avaliação de conhecimentos e habilidades e a indicação de eventuais complementações. Os docentes envolvidos nesse processo deverão apresentar relatório sobre as estratégias utilizadas e os resultados obtidos. Não será concedida dispensa do Módulo Complementar, por considerar que seu desenvolvimento tem função integradora com relação ao conjunto dos componentes previstos na organização curricular. 06. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO A avaliação do desempenho da aprendizagem dos alunos será contínua e cumulativa, possibilitando o diagnóstico sistemático do processo de aprendizagem, prevalecendo os aspectos qualitativos sobre os quantitativos e os resultados obtidos ao longo do processo sobre eventuais provas finais. Nesse processo serão priorizados instrumentos de avaliação que integrem os conteúdos curriculares estimuladores da autonomia na aprendizagem, com atividades voltadas para projetos, pesquisas, relatórios de visitas técnicas, estudos de caso e de meio, diagnóstico ou prognóstico de situações de trabalho reais e hipotéticas, realizadas individualmente e em grupo e que forneçam indicadores da aplicação no contexto profissional das competências desenvolvidas. No resultado do processo de avaliação dos alunos são consideradas as seguinte menções: ÓTIMO capaz de desempenhar, com destaque, as competências exigidas pelo perfil profissional de conclusão; BOM capaz de desempenhar, a contento, as competências exigidas pelo perfil profissional de conclusão; CNPJ nº / PC Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade Página 8

9 SUFICIENTE capaz de desempenhar, no mínimo, as competências essenciais exigidas pelo perfil profissional de conclusão; INSUFICIENTE - não capaz de desempenhar, as competências essenciais exigidas pelo perfil profissional de conclusão. Será considerado aprovado em cada módulo, aquele que obtiver menção mínima Suficiente e freqüência mínima de 75% do total de horas de efetivo trabalho escolar. Poderão ser aplicadas atividades complementares para o aluno que, aprovado por aproveitamento, tiver até 40% de faltas devidamente justificadas no respectivo Módulo, conforme critérios estabelecidos pela Unidade... A recuperação será realizada concomitantemente ao desenvolvimento dos componentes curriculares, sempre que o aluno apresentar dificuldade na aprendizagem. Para tanto, serão adotadas estratégias adequadas aos conteúdos e objetivos específicos e de acordo com os critérios estabelecidos pela Unidade SENAC-SP. Os alunos deverão ter pleno conhecimento dos procedimentos a serem adotados para o desenvolvimento do curso, bem como sobre as normas regimentais relacionadas aos critérios de avaliação, recuperação, freqüência e promoção. Será considerado como reprovado aquele que em cada módulo: - obtiver menção Insuficiente - tiver freqüência inferior a 75% INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOS = Sala de aula com: - Mesa e cadeira do professor; - Carteiras individuais de maneira a possibilitar trabalho em grupo, - Pranchetas A3; - Quadro magnético ou lousa; - Quadro com cortiça para fixação de materiais. = Laboratório de Computação Gráfica com: - Computadores plataformas PC ou Macintosh; - Software para editoração e tratamento de imagens; - Internet; - Scanner; - Impressora; - Zip drive. = Laboratório de Produção Cine/TV, Rádio e Fotografia com: - Estúdio de TV: - Câmera super VHS; - Iluminação mínima de vídeo; - Ilha de corte seco. = Estúdio de Rádio, com: - CD player; - Gravador; - Microfone; CNPJ nº / PC Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade Página 9

10 - Mesa de som; - Amplificador; - Auto-falantes. = equipamentos: - Retroprojetor; - Projetor de slides; - TV e Vídeo. SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SP Obs: Os equipamentos de uso em laboratório podem ser próprios da Unidade, locados de terceiros ou viabilizados por meio de parcerias. = Acervo bibliográfico contendo, no mínimo: = Livros: ANDRÉ, Alberto. Ética e códigos da comunicação social. Rio Grande do Sul: Sagra- Luzzatto, CHURCHILL, Gilbert A. e Jr. e J. Paul Peter. Marketing criando valor para os clientes. São Paulo: Editora Saraiva. COTRIM, Sérgio Q. Pesquisa de Propaganda. São Paulo: Global Editora. 2 ª edição, FELLIPE JÚNIOR, Bernard de. Pesquisa: o que é para que serve. Brasília: Editora Sebrae. 2 a edição KOTLER, Philip. Administração de Marketing análise, planejamento, implementação e controle. Editora Atlas. LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Plano de Marketing para micro e pequena empresa. Editora Atlas. OECH, Roger Von. Um Toc na Cuca. Cultura, RIBEIRO, Júlio. Tudo o que você queria saber sobre propaganda e ninguém teve paciência para explicar - São Paulo: Editora Atlas, SAMARA, Beatriz Santos & BARROS, José Carlos de. Pesquisa de Marketing Conceitos e Metodologia. São Paulo: Makron Books. 2 ª edição.1997.santos, Reinaldo.Vade-mécum da comunicação. Rio de Janeiro:Destaque, = Periódicos: - Revista Meio & Mensagem. Editora M&M - Revista da Criação. Editora M&M - Revista Design Gráfico. Market Press Editora - Revista Abigraf Arte & Indústria Gráfica. Associação Brasileira da Indústria Gráfica - Anuário de propaganda Agências. Editora Meio & Mensagem - Anuário Mídia Dados. Grupo de Mídia São Paulo - Anuário do Clube de Criação de São Paulo; CCSP 8. PESSOAL DOCENTE E TÉCNICO Para ministrar os diversos componentes curriculares deste curso, deverão ser admitidos docentes que possuam sólidas relações com esta habilitação profissional, nos termos da legislação vigente: CNPJ nº / PC Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade Página 10

11 - Licenciados ou concluintes de programas especiais de formação no curso ou no correspondente componente curricular; - Graduados na área profissional de Publicidade ou em áreas afins, com comprovada experiência profissional na área específica. - Técnico em Publicidade ou outros profissionais com esse nível de escolaridade, reconhecidos por sua experiência profissional na área. O representante do corpo técnico da Unidade deverá possuir graduação e experiência profissional compatíveis com as necessidades do cargo. 9. CERTIFICADOS E DIPLOMA Àquele que concluir os Módulos II e III será conferido o respectivo certificado de Qualificação Profissional em: - Atendimento e Planejamento Publicitário - Criação e Produção Publicitária Àquele que concluir o conjunto de módulos correspondente à habilitação profissional e comprovar a conclusão do ensino médio, será conferido o diploma de Técnico em Publicidade - área profissional de Comunicação. Àquele que concluir os módulos correspondentes à habilitação profissional sem ter concluído o ensino médio, será expedido apenas os certificados das qualificações profissionais, recebendo seu diploma após comprovar a conclusão desse nível de ensino. CNPJ nº / PC Habilitação Profissional de Técnico em Publicidade Página 11

Este plano de curso é válido para turmas iniciadas a partir de 31/01/2004, autorizado pela Portaria CEE/GP- 24 de 31/01/2004.

Este plano de curso é válido para turmas iniciadas a partir de 31/01/2004, autorizado pela Portaria CEE/GP- 24 de 31/01/2004. Este plano de curso é válido para turmas iniciadas a partir de 31/01/2004, autorizado pela Portaria CEE/GP- 24 de 31/01/2004. 1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS JUSTIFICATIVA Bases Legais A habilitação profissional

Leia mais

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 03/01/2006 Número do Plano: 91 Área do Plano: Comunicação Área Secundária: Informática PLANO

Leia mais

CONTABILIDADE. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO

CONTABILIDADE. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CONTABILIDADE Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 30 de novembro de 2006 Número do plano: 108 Área do plano: Gestão Plano de curso para:

Leia mais

01 - Especialização: Meio Ambiente para Técnico em Segurança do Trabalho

01 - Especialização: Meio Ambiente para Técnico em Segurança do Trabalho Nome da Unidade: Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC - SP CNPJ / CGC: 03.709.814/0001-98 Data: 19/01/ 2004 Número do Plano: 85 Área do Plano: Meio Ambiente Área Secundária: Saúde PLANO DE

Leia mais

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 21 de agosto de 2006 Número do Plano: 98 Área do Plano: Áreas Secundárias: Gestão Comércio,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS 1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS A Especialização Técnica de Nível Médio em Custos Eixo Tecnológico Gestão e Negócios, atende ao disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) Lei Federal

Leia mais

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 21 de agosto de 2006 Número do Plano: 99 Área do Plano: Áreas Secundárias: Gestão Comércio,

Leia mais

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO Plano de Curso Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 15 de Junho de 2010 Número do Plano: 143 Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA 1 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO A PUBLICIDADE E PROPAGANDA... 4 02 HISTÓRIA DA ARTE... 4 03 COMUNICAÇÃO

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

LOGÍSTICA. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO. 01. Nome do Curso: Habilitação Técnica de Nível Médio em Logística

LOGÍSTICA. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO. 01. Nome do Curso: Habilitação Técnica de Nível Médio em Logística LOGÍSTICA Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 30 de novembro de 2006 Número do Plano: 111 Área do Plano: Gestão Plano de Curso para: 01.

Leia mais

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS A

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS A 1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS A Especialização Técnica de Nível Médio em Meio Ambiente para Técnico é um curso que compõe o itinerário formativo da Habilitação Técnica de Nível Médio em Técnico em Segurança

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

01. Nome do Curso: Habilitação Profissional de Técnico em Fotografia. 02. Nome do Curso: Qualificação Profissional em Fotografia Social

01. Nome do Curso: Habilitação Profissional de Técnico em Fotografia. 02. Nome do Curso: Qualificação Profissional em Fotografia Social Nome da Instituição: Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial SENAC - SP CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 12 de Setembro de 2002 Número do Plano: 69 Área do Plano: Comunicação Plano de Curso para: 01.

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO. 01. Especialização Técnica de Nível Médio em Contabilidade Financeira

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO. 01. Especialização Técnica de Nível Médio em Contabilidade Financeira Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 07 de agosto de 2006 Número do Plano: 94 Área do Plano: Gestão Plano de Curso para: 01. Especialização

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA 1 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO A PUBLICIDADE E PROPAGANDA... 4 02 HISTÓRIA DA ARTE... 4 03 COMUNICAÇÃO

Leia mais

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS 1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS Habilitação Técnica de Nível Médio em Multimídia Eixo Tecnológico A Produção Cultural e Design, de acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos instituído pela Resolução

Leia mais

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Apresentação Previsão de Início Julho/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Comunicação Organizacional

Leia mais

Eixo Tecnológico: DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SOCIAL

Eixo Tecnológico: DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SOCIAL Administração Central Unidade do Ensino Médio e Técnico GFAC Grupo de Formulação e Análises Curriculares Eixo Tecnológico: DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SOCIAL CAPÍTULO 3 PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

Leia mais

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS 1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS Habilitação Técnica de Nível Médio em Comunicação Visual Eixo A Tecnológico Produção Cultural e Design, de acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos instituído pela

Leia mais

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS 1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS Habilitação Técnica de Nível Médio em Publicidade Eixo Tecnológico A Produção Cultural e Design, de acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos instituído pela Resolução

Leia mais

Nome da Instituição : SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98

Nome da Instituição : SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Nome da Instituição : SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 20 de janeiro de 2004 Número do Plano: 84 Área do Plano: Informática PLANO DE CURSO PARA:

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO Plano de Curso Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 08 de Maio de 2009 Número do Plano: 132 Eixo Tecnológico: Produção Cultural e Design

Leia mais

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO Plano de Curso Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 27 de Julho de 2009 Número do Plano: 134 Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação

Leia mais

Campanha para os cursos sequenciais da Faculdade Boa Viagem 1 Marianna Alves Angelos 2 Janaina de Holanda Costa Calazans 3 Faculdade Boa Viagem, PE

Campanha para os cursos sequenciais da Faculdade Boa Viagem 1 Marianna Alves Angelos 2 Janaina de Holanda Costa Calazans 3 Faculdade Boa Viagem, PE RESUMO Campanha para os cursos sequenciais da Faculdade Boa Viagem 1 Marianna Alves Angelos 2 Janaina de Holanda Costa Calazans 3 Faculdade Boa Viagem, PE Em 2011, A OPA Agência Experimental da Faculdade

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda)

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) NÚCLEO DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO FACULDADE DA CIDADE DE MACEIÓ Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação I INTRODUÇÃO: O Núcleo

Leia mais

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO Plano de Curso Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 12 de Fevereiro de 2010 Número do Plano: 139 Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:54

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:54 Curso: DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências Humanas e da Comunicação Comunicação Social (Noturno) Ano/Semestre: 011/1 09/05/011 1:5 COM.0000.0.000- COM.0001.0.001-0 COM.0019.01.001-7 FIL.0051.00.00-3

Leia mais

Padrões de Competências para o Cargo de Coordenador Pedagógico

Padrões de Competências para o Cargo de Coordenador Pedagógico Padrões de Competências para o Cargo de Coordenador Pedagógico O Coordenador Pedagógico é o profissional que, na Escola, possui o importante papel de desenvolver e articular ações pedagógicas que viabilizem

Leia mais

PROCESSO N 1154/14 PROTOCOLO Nº 12.150.961-0 PARECER CEE/CEMEP Nº 900/14 APROVADO EM 02/12/2014

PROCESSO N 1154/14 PROTOCOLO Nº 12.150.961-0 PARECER CEE/CEMEP Nº 900/14 APROVADO EM 02/12/2014 PROCESSO N 1154/14 PROTOCOLO Nº 12.150.961-0 PARECER CEE/CEMEP Nº 900/14 APROVADO EM 02/12/2014 CÂMARA DO ENSINO MÉDIO E DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO INTERESSADO: COLÉGIO ENSITEC ENSINO

Leia mais

I PRÊMIO CRIAR FTC. Etapas do regulamento

I PRÊMIO CRIAR FTC. Etapas do regulamento I PRÊMIO CRIAR FTC O I Prêmio Criar FTC se destina a estimular a técnica e a criatividade na realização dos diversos formatos de propaganda, assim como a valorização dos alunos de todos os semestres e

Leia mais

ETEC TAKASHI MORITA - EXTENSÃO PARELHEIROS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM MARKETING

ETEC TAKASHI MORITA - EXTENSÃO PARELHEIROS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM MARKETING ETEC TAKASHI MORITA - EXTENSÃO PARELHEIROS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM MARKETING PLANO TRABALHO DOCENTE 2º SEMESTRE 2013 1 ETEC TAKASORITA - EXTENSÃO PARELHEIROS INDICE

Leia mais

Pós Graduação em Gestão do Entretenimento

Pós Graduação em Gestão do Entretenimento Pós Graduação em Gestão do Entertainment Business Management Público - alvo Indicado para profissionais e empreendedores que necessitam de habilidades e ferramentas para a atuação no setor de gestão, nas

Leia mais

PLANO DE CURSO. Qualificação Técnica de Nível Médio de Assistente Administrativo Carga Horária: 160 horas

PLANO DE CURSO. Qualificação Técnica de Nível Médio de Assistente Administrativo Carga Horária: 160 horas PLANO DE CURSO Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 19 de Julho de 2011 Número do Plano: 160 Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: 4001 Publicidade e Propaganda MISSÃO DO CURSO O curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo tem como missão formar

Leia mais

Nome da Entidade: Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial Senac São Paulo CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 10/04/2003 Número do Plano: 77

Nome da Entidade: Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial Senac São Paulo CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 10/04/2003 Número do Plano: 77 Nome da Entidade: Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial Senac São Paulo CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 10/04/2003 Número do Plano: 77 Área do Plano: Saúde - Subárea Saúde Bucal PLANO DE CURSO PARA:

Leia mais

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Público-alvo Indicado para profissionais de comunicação organizacional, relações públicas, assessores de comunicação, gestores de comunicação, bem

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº001/2016 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº001/2016 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº001/2016 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA A FACULDADE PROJEÇÃO, por intermédio do curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda da Escola

Leia mais

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO. Nome do Curso: Habilitação Técnica de Nível Médio em Farmácia

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO. Nome do Curso: Habilitação Técnica de Nível Médio em Farmácia Plano de Curso Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 17 de Abril de 2007 Número do Plano: 114 Área do Plano: Saúde Plano de Curso para:

Leia mais

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS 1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS A Habilitação Técnica de Nível Médio em Logística Eixo Tecnológico Gestão e Negócios, de acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos instituído pela Resolução CNE/CEB

Leia mais

Pós Graduação em Comunicação Organizacional Integrada

Pós Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Público - alvo Pós Graduação em Organizacional Integrada Indicado para profissionais de comunicação organizacional, relações públicas, assessores de comunicação, gestores de comunicação, bem como para

Leia mais

Fornecer conteúdos e refletir sobre práticas atualizadas de comunicação e marketing, como as técnicas e ferramentas de marketing digital.

Fornecer conteúdos e refletir sobre práticas atualizadas de comunicação e marketing, como as técnicas e ferramentas de marketing digital. MBA em Marketing Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 09 --> A globalização e os avanços tecnológicos estão abrindo oportunidades de negócios, novas formas de comercialização e despertando

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ARQUITETURA E URBANISMO Graduar arquitetos e urbanistas com uma sólida formação humana, técnico-científica e profissional,

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

APRESENTAÇÃO OBJETIVO DO CURSO

APRESENTAÇÃO OBJETIVO DO CURSO 1 APRESENTAÇÃO Segundo Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Design (2004), o curso de graduação em Design deve ensejar, como perfil desejado do formando, capacitação para a apropriação

Leia mais

Carga horária e duração. O curso tem carga horária de 360 horas/aula. Duração: aproximadamente 24 meses Horário: terças e quintas 7h às 9h30

Carga horária e duração. O curso tem carga horária de 360 horas/aula. Duração: aproximadamente 24 meses Horário: terças e quintas 7h às 9h30 Pós-Graduação em Gestão do Entretenimento Público-alvo Indicado para profissionais que atuam com entretenimento e cultura tanto em produtoras de cinema, de eventos e de conteúdo, centros culturais, consultorias

Leia mais

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO. 01. Especialização Técnica de Nível Médio em Comércio Exterior

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO. 01. Especialização Técnica de Nível Médio em Comércio Exterior Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 07 de agosto de 2006 Número do Plano: 95 Área do Plano: Gestão Plano de Curso para: 01. Especialização

Leia mais

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO Plano de Curso Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 27 de Julho de 2009 Número do Plano: 135 Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios HABILITAÇÃO

Leia mais

Manual de Orientações às Empresas

Manual de Orientações às Empresas Manual de Orientações às Empresas Aprendizagem Profissional Comercial em Serviços Administrativos em Instituições de Saúde Carga horária: 1.333 horas Fevereiro 2014 Fls: [ 1 ] / [ 14] Prezado(a) Senhor(a)

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH)

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (PGPE) Coordenação Geral do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu (CGPPGL) Edital do processo seletivo referente

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação Universidade Estácio de Sá Comunicação A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como Faculdades

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA OBJETIVOS OBJETIVO GERAL DO CURSO:

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA OBJETIVOS OBJETIVO GERAL DO CURSO: EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Bacharelado em Administração FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Resolução CNE/CEB 5154/04) Lei Federal nº 11741/08) PLANO DE CURSO Área: Gráfica Qualificação

Leia mais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais IDENTIFICAÇÃO DO CURSO Curso de Especialização em Gestão e Relações Internacionais Área de Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas

Leia mais

Relatório - Plano de Ensino

Relatório - Plano de Ensino Página: 1/6 Disciplina: CCA0321 - PROJETO EXPERIMENTAL - PROMO. DE VENDAS E MERCHA. DESCRIÇÃO DO PLANO DE ENSINO PROJETO EXPERIMENTAL - PROMOÇÃO DE VENDAS E MERCHANDISING PERFIL DO DOCENTE Graduado em

Leia mais

Planos de Ensino/Planos de Trabalho Docente

Planos de Ensino/Planos de Trabalho Docente Planos de Ensino/Planos de Trabalho Docente EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Técnico em Móveis FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais

EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO. Deliberação CEE 105/2010 e Indicação CEE 108/2010

EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO. Deliberação CEE 105/2010 e Indicação CEE 108/2010 1 EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO Deliberação CEE 105/2010 e Indicação CEE 108/2010 Parecer Técnico 2 O parecer técnico, elaborado por especialista vinculado à instituição de ensino credenciada pelo CEE, deve

Leia mais

Plano de Ensino PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios CURSO: Bacharelado em Administração MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado (

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR A DIRETORA ACADÊMICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO

Leia mais

Descritivo de Curso Pós-graduação

Descritivo de Curso Pós-graduação Descritivo de Curso Pós-graduação MBA Executivo em Gestão de Projetos Feira de Santana 2011 SENAI Serviço Nacional De Aprendizagem Industrial Departamento Regional da Bahia Rua Edístio Pondé, 342, STIEP

Leia mais

Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM

Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM JORNALISMO JO 01 Agência Jr. de Jornalismo (conjunto/ série) Modalidade voltada a agências de jornalismo experimentais, criadas, desenvolvidas

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

REGULAMENTO DO ESTÁGIO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO ESTÁGIO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Capítulo I - DOS PRINCÍPIOS GERAIS Art. 1º - Este regulamento rege as atividades do Estágio do Curso de Comunicação Social

Leia mais

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO Plano de Curso Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 02 de Março de 2009 Número do Plano: 129 Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/ 2013

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/ 2013 Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: COMUNICAÇÃO SOCIAL BACHARELADO MATRIZ CURRICULAR PUBLICIDADE E PROPAGANDA SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL

Leia mais

RESOLUÇÃO CSA N.º 07, DE 23 DE SETEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO CSA N.º 07, DE 23 DE SETEMBRO DE 2014 RESOLUÇÃO CSA N.º 07, DE 23 DE SETEMBRO DE 2014 Estabelece o Regulamento para a Oferta de Cursos de Pós Graduação Lato Sensu das Faculdades Ponta Grossa. A Presidente do Conselho Superior de Administração

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR A DIRETORA ACADÊMICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO

Leia mais

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO Plano de Curso Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 02 de Março de 2009 Número do Plano: 129 Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação

Leia mais

Edital do Processo Seletivo de Transferência entre Faculdades 2014/1

Edital do Processo Seletivo de Transferência entre Faculdades 2014/1 Edital do Processo Seletivo de Transferência entre Faculdades 2014/1 A Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) de São Paulo, sob a responsabilidade do diretor-geral de graduação, professor Luiz

Leia mais

Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS:

Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS: Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS: Bacharelado em Sistemas de Informação (Reconhecido pela Portaria MEC nº 315 D.O.U. 31/12/2012) Bacharelado em Administração de Empresas (Reconhecido

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo REGIMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM JORNALISMO Capítulo I Da concepção de estágio O Estágio visa oportunizar

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

FACULDADE PASCHOAL DANTAS

FACULDADE PASCHOAL DANTAS FACULDADE PASCHOAL DANTAS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO ÊNFASE GESTÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO - SP NOVEMBRO DE 2008 ÍNDICE 1. Visão e Missão da FPD...3 2. ORGANIZAÇÃO

Leia mais

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 O SESI/SENAI - PR, torna pública a RETIFICAÇÃO referente ao Edital de CREDENCIAMENTO N.º 502/2009, conforme segue: Fica Incluído no ANEXO III - ÁREAS

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO

Plano de Curso. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO Plano de Curso Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 19 de Julho de 2011 Número do Plano: 158 Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação

Leia mais

Comunicamos ainda, que o Curso terá início em março de 2005 e as inscrições já se encontram abertas no nosso site: www.eac.fea.usp.

Comunicamos ainda, que o Curso terá início em março de 2005 e as inscrições já se encontram abertas no nosso site: www.eac.fea.usp. São Paulo, 13 de setembro de 2004 Prezado (a) Senhor (a) É com prazer que comunicamos o lançamento da 5ª Turma do MBA - Finanças, Comunicação e Relações com Investidores, organizado pela FIPECAFI - Fundação

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 109/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 03/11/2014 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 109/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 03/11/2014 I RELATÓRIO: INTERESSADO: INTERFACE CURSOS E CONSULTORIA RECIFE/PE ASSUNTO: ALTERAÇÃO DO REGIMENTO, DA PROPOSTA PEDAGÓGICA E DO PLANO DO CURSO TÉCNICO EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS EIXO TECNOLÓGICO: GESTÃO E NEGÓCIOS

Leia mais

1. Poderão participar agências de publicidade, anunciantes, produtoras de vídeo, faculdades e estudantes de comunicação.

1. Poderão participar agências de publicidade, anunciantes, produtoras de vídeo, faculdades e estudantes de comunicação. Regulamento FestVideo 2013 A Associação dos Profissionais de Propaganda de Ribeirão Preto, entidade sem fins lucrativos, CNPJ 54164348/0001-43, edita o presente Regulamento para reger a edição 2013 do

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE: 3255-2044 CEP: 01045-903 - FAX: Nº 3231-1518 SUBSÍDIOS PARA ANÁLISE DO PLANO DE CURSO

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE: 3255-2044 CEP: 01045-903 - FAX: Nº 3231-1518 SUBSÍDIOS PARA ANÁLISE DO PLANO DE CURSO 1 CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE: 3255-2044 CEP: 01045-903 - FAX: Nº 3231-1518 SUBSÍDIOS PARA ANÁLISE DO PLANO DE CURSO 1. APRESENTAÇÃO É com satisfação que apresentamos este

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

XVI MOSTRA ABMR&A DE COMUNICAÇÃO EM MARKETING RURAL E AGRONEGÓCIO REGULAMENTO. Período de Inscrições: 24 de Agosto a 30 de Setembro de 2010.

XVI MOSTRA ABMR&A DE COMUNICAÇÃO EM MARKETING RURAL E AGRONEGÓCIO REGULAMENTO. Período de Inscrições: 24 de Agosto a 30 de Setembro de 2010. XVI MOSTRA ABMR&A DE COMUNICAÇÃO EM MARKETING RURAL E AGRONEGÓCIO REGULAMENTO Período de Inscrições: 24 de Agosto a 30 de Setembro de 2010. A Mostra ABMR&A de Comunicação em Marketing Rural e Agronegócio

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO DE EXTENSÃO ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA (ESPOCC) - TURMAS 2015/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO DE EXTENSÃO ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA (ESPOCC) - TURMAS 2015/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO DE EXTENSÃO ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA (ESPOCC) - TURMAS 2015/2016 O Observatório de Favelas do Rio de Janeiro, com o patrocínio da Petrobras e o apoio

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Componente Curricular: ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Componente Curricular: ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÂ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Qualificação:

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

QUADRO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA QUADRO ANTERIOR A 2001 ATÉ O CURRICULO VIGENTE NO PRÓPRIO CURSO - 3 primeiros períodos

QUADRO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA QUADRO ANTERIOR A 2001 ATÉ O CURRICULO VIGENTE NO PRÓPRIO CURSO - 3 primeiros períodos QUADRO CURSO D PUBLICIDAD PROPAGANDA QUADRO ANTRIOR A 2001 ATÉ O CURRICULO VIGNT NO PRÓPRIO CURSO - 3 primeiros períodos DISCIPLINA A DISCIPLINA B CÓDIGO DISCIPLINA - 2008 C/H CUR -SO DISCIPLINA C/H CÓDIGO

Leia mais

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS

1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS 1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS A Especialização Técnica de Nível Médio em Enfermagem Instrumentação Cirúrgica compõe o itinerário formativo da Habilitação Técnica de Nível Médio em Enfermagem, Eixo Tecnológico

Leia mais

Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno)

Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno) Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno) Disciplina Ementa Pré- requisito C.H. Curso Assessoria de Comunicação Conhecimento geral, reflexão e prática

Leia mais

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. - Área de Comunicação: Técnico em Propaganda e Marketing

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. - Área de Comunicação: Técnico em Propaganda e Marketing CONLHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 24/7/2001, publicado no DODF de 27/7/2001, p. 40. Portaria nº 353, de 14/8/2001, publicada no DODF de 16/8/2001, p. 16. Parecer nº 136/2001-CEDF Processo

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

I RELATÓRIO: 8021/2011, de 15/12/2011 PARECER CEE/PE Nº 162/2011-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 07/11/2011

I RELATÓRIO: 8021/2011, de 15/12/2011 PARECER CEE/PE Nº 162/2011-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 07/11/2011 INTERESSADA: EFORTE ESCOLA DE FORMAÇÃO TÉCNICA E EMPRESARIAL RECIFE/PE ASSUNTO: CREDENCIAMENTO DA INSTITUIÇÃO PARA A OFERTA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO E AUTORIZAÇÃO DOS CURSOS: TÉCNICO

Leia mais