23b/2010. Briefing Campanhas de Comunicação Projeto Fortalecimento da Capacidade Técnica da Participação Social na Regulação Anexo I

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "23b/2010. Briefing Campanhas de Comunicação Projeto Fortalecimento da Capacidade Técnica da Participação Social na Regulação Anexo I"

Transcrição

1 23b/2010 Briefing Campanhas de Comunicação Projeto Fortalecimento da Capacidade Técnica da Participação Social na Regulação Anexo I

2 Índice Objeto...03 Contexto...04 Fato Principal...05 Relação total de peças esperadas para as 2 campanhas...08 Resultados Esperados...08

3 1. Objeto Desenvolvimento de duas campanhas publicitárias para as organizações civis de defesa do consumidor. Estão inclusos os seguintes serviços: Planejamento, concepção e produção de campanhas e peças publicitárias. Criação de identidade visual, editoração, diagramação e produção de publicações, impressão de materiais gráficos. Elaboração, execução, acompanhamento e registro de marcas e direitos autorais, logotipos, expressões de propaganda, domínios na Internet, estudo e criação de nomes para produtos e serviços e outros elementos. Cotação de preço junto a fornecedores e acompanhamento/supervisão dos serviços de terceiros contratados para executar a campanha. 1.1 Premissas Definimos campanha publicitária como um conjunto de ações de comunicação, envolvendo anúncios, peças publicitárias e material de apoio. Dessa forma, a campanha deve ter o mesmo conceito criativo em todas as suas peças, tendo também uma identidade entre si, sendo editorial e/ou visual. Este documento não prevê definição de estratégia de mídia. A veiculação das peças é responsabilidade das entidades beneficiadas. Todo o material impresso deve ser cotado em papel reciclado. As propostas enviadas têm o objetivo de serem avaliadas para seleção de agência de propaganda. Não necessariamente, a proposta selecionada será a executada. Dessa forma, a agência selecionada poderá desenvolver as peças do projeto avaliado ou criar outras peças. Nomes de empresas e personagems que caracterizem uma profissão não podem ser utilizados. Os filmes publicitários não podem ser assinados. 1.2 Informações sobre as organizações de defesa do consumidor Sobre o Idec Criado em 1987, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) é uma ONG independente e sem fins lucrativos, que atua na defesa dos direitos do consumidor. A missão do Idec é promover a educação, a conscientização, a defesa dos direitos do consumidor e a ética nas relações de consumo, com total independência política e econômica. O Instituto contribui para que todos os cidadãos tenham acesso a bens e serviços essenciais e de qualidade para o desenvolvimento social, o consumo sustentável e a consolidação da democracia brasileira.

4 O Idec é mantido principalmente por meio das associações de pessoas físicas, doações financeiras de seus associados, que contribuem regularmente para a sustentabilidade da organização. O Instituto também recebe recursos de organismos multilaterais e fundações que não comprometam a sua independência. Site: Sobre o FNECDC O FNECDC (Fórum Nacional das Entidades Civis de Defesa do Consumidor) é uma aliança formada por 20 associações e atua em todo o território nacional, por meio de suas filiadas. Desenvolve estratégias de articulação entre as entidades de defesa do consumidor, visando à troca e a disseminação da informação. Além de buscar o fortalecimento das entidades civis de defesa do consumidor e zelar pelo cumprimento dos princípios éticos (independência, transparência e democracia, solidariedade e compromisso social), tem como objetivo ampliar a capacidade de representação dos interesses dos consumidores em nível nacional e estimular a educação popular. Com relação ao desenvolvimento institucional ampliado, chamam a atenção a credibilidade e a visibilidade das organizações junto aos consumidores e autoridades, a pró atividade no relacionamento com a mídia, a capacidade para estabelecer diálogo, parcerias e trabalho articulado com outras instituições, públicas ou civis, e sua capacidade para iniciar ou influenciar processos de mobilização social, embora ainda seja difícil avaliar sua capacidade em impactar efetivamente a agenda pública, em particular nos setores regulados. As entidades trabalham majoritariamente com temas ligados a serviços públicos (regulados), em especial telecomunicações, água, energia elétrica, alimentos e segurança alimentar, saúde e meio ambiente e consumo. As estratégias mais desenvolvidas são a informação e orientação do consumidor, a capacitação e a mobilização social. Dentre as dificuldades apontadas pelas entidades destacam se, no aspecto institucional, a escassez de recursos financeiros, humanos e materiais, e relativamente a sua atuação temática, em particular no que diz respeito aos setores regulados, a complexidade dos temas técnicos. Foram apontadas necessidades de capacitação institucional para a qualificação dos mecanismos de gestão, dos instrumentos de prestação de contas e demonstração de resultados e captação de recursos. Atualmente, oito entidades filiadas ao FNECDC participam do Projeto Fortalecimento da Capacidade Técnica da Participação Social na Regulação. ABCCON/MS Associação Brasileira da Cidadania e do Consumidor do Estado de Mato Grosso do Sul ABED/CE Associação Brasileira de Economistas Domésticos Ceará ACV/RO Associação Cidade Verde ADECCON/PE Associação de Defesa da Cidadania e do Consumidor ADOC/PR Associação de Defesa e Orientação do Cidadão ADOCON/TB/SC Associação das Donas de Casa, dos Consumidores e da Cidadania de Tubarão

5 IDEC/SP Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor MDC/MG Movimento das Donas de Casa e Consumidores de Minas Gerais Site: 2. Contexto O Governo Brasileiro regula algumas atividades econômicas e serviços básicos por meio das Agências Reguladoras, órgãos que têm o papel de estabelecer normas de controle e fiscalizar o seu cumprimento. Atualmente, o Brasil possui diversas agências reguladoras. O trabalho do Idec se relaciona principalmente com as temáticas de cinco agências: ANEEL Agência Nacional de Energia Elétrica, ANAC Agência Nacional de Aviação Civil, ANATEL Agência Nacional de Telecomunicações, ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar e ANVISA Agência Nacional de Vigilância Sanitária. O Estado Brasileiro oferece um mecanismo de participação da sociedade civil nas decisões sobre a formulação de políticas públicas. No caso das Agências Reguladoras, os cidadãos têm o direito de participar do processo regulatório através das consultas e audiências públicas. A participação em decisões governamentais fornece um impacto positivo para toda a sociedade e pode tornar as políticas públicas mais eficientes, na medida em que representa os interesses coletivos na busca de respostas a problemas de consumo. Mas na prática, poucos cidadãos participam dos processos de consultas das agências reguladoras. As consultas possuem algumas barreiras para a participação do cidadão comum, como o uso de linguagem técnica, falta de acesso às informações ou dificuldade da participação presencial no diálogo com o governo, empresas e outros interlocutores. A barreira da participação do cidadão comum nos processos de regulação pode ser reduzida através do trabalho das organizações de defesa do consumidor, que têm como missão representar a voz e os interesses do consumidor. Sobre o projeto Dentro do contexto descrito acima, O Idec Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor firmou com o BID FUMIN um convênio para desenvolver o projeto BR M1035 Fortalecimento da Capacidade Técnica da Participação Social na Regulação, cujo objetivo principal é promover o equilíbrio das forças de mercado, através do fortalecimento da participação da sociedade nos processos de regulação. Para alcançar este objetivo, o projeto desenvolverá quatro componentes: (i) fortalecimento dos mecanismos de participação dos consumidores nos processos de regulação e de instâncias de articulação pública e privada; (ii) realização de dois projetos piloto com a Anvisa e a Anatel; (iii) melhoria da capacidade técnica e institucional de entidades que defendem os consumidores e (iv) campanha de comunicação e informação para consumidores e entidades que os representam. O prazo total de execução do projeto é de 36 meses. O programa, que vem sendo executado desde novembro de 2007 e a presente contratação está previsto no componente 04 do projeto. 3. Fato Principal

6 As entidades precisam representar a sociedade, mas para que representem a voz do consumidor local, é necessário que as organizações tornem se mais conhecidas em seus territórios de atuação, assim como os temas dos direitos básicos na regulação. Dessa maneira, duas campanhas publicitárias serão criadas: a primeira tem o objetivo de divulgar o trabalho das organizações de defesa do consumidor e a segunda campanha visa promover a conscientização da sociedade sobre os direitos na regulação e o trabalho desenvolvido pelas entidades na defesa destes direitos. Campanha A Foco Institucional Problemática a ser resolvida pela comunicação As fontes de recursos para a manutenção das entidades provêm, na sua maioria, de contribuições de associados (pessoas físicas), doações da comunidade ou de redes de apoiadores. Para algumas entidades, a contribuição dos associados representa a única fonte de receita. Essa independência tem um custo: a necessidade de captar associados regularmente. A comunicação precisa criar uma campanha de captação de recursos, com foco em associação de pessoas físicas para as entidades de defesa do consumidor, com base no conceito de mobilização social. Objetivos de comunicação e marketing Aumentar o conhecimento sobre o trabalho das ONGs (o que elas fazem), aumentar reconhecimento de marca e enfatizar como os consumidores podem fazer parte deste trabalho. É necessário estimular a associação de pessoas físicas e pedir apoio para o fortalecimento da causa. O que deve ser comunicado Todo mundo é consumidor, o tema sobre direitos está presente no dia a dia das pessoas. Por trás de muitos produtos e serviços, existe uma organização que luta para a preservação desses direitos e para um consumo responsável, que busca a segurança e a satisfação do consumidor em compras justas e éticas. ONGs independentes e sérias, que monitoram as leis, informam e orientam o consumidor para que ele possa tomar a melhor decisão. Associe se. Justificativa Para preservar sua autonomia e o compromisso com o consumidor, a ONG não aceita doação de recursos de empresas, realizando um trabalho com responsabilidade e ética. A ONG é mantida principalmente por mensalidades de associados. Por isso, o foco também na conversão de associados é importante. As entidades de defesa do consumidor possuem o conhecimento e a experiência para orientar o consumidor e oferecer informação de qualidade. As entidades orientam os associados para a prevenção e solução de problemas de consumo, realiza testes e pesquisas que comparam produtos e auxiliam o consumidor a fazer a melhor escolha, mobilizam a opinião pública, pressionam governos e empresas, promovem campanhas de conscientização dos direitos, movem ações judiciais coletivas, monitoram o

7 cumprimento do Código de Defesa do Consumidor e dialogam com a sociedade civil, setor empresarial e o poder público, sobre leis que afetam a vida de todos os consumidores. Público alvo Homens e mulheres ; Acima de 25 anos Abrangência da campanha Nacional, com mais intensidade nas áreas de atuação das entidades de defesa do consumidor (MS, CE, RO, PE, PR, SC, SP, MG). Nacional Peças de campanha A agência de publicidade contratada será responsável pela cotação de preço junto aos fornecedores e acompanhamento/supervisão dos serviços de terceiros contratados para executar as peças e a campanha. Sendo assim, as seguintes peças abaixo são esperadas: Peças Formato Arquivo 2 Filmes publicitários * 2 banners de internet** 2 Spots de rádio** 27 segundos e 30 segundos Full banner DVD Betacam fla png psd 27 segundos e 30 segundos mp3 Anúncio Impresso Página simples de revista, 4 cores jpg 300 dpi pdf sangria de 5 mm * Serão criados 2 filmes: um com foco na ONG Idec, que terá a assinatura também do FNECDC e outro com foco nas outras 7 entidades, com 7 diferentes assinaturas. ** Os banners de internet e spots de rádio seguem a mesma lógica dos filmes: um terá foco institucional na ONG Idec, que terá a assinatura também do FNECDC e outro com foco nas outras 7 entidades, com 7 diferentes assinaturas. Obrigatoriedades As peças da campanha deverão ter a assinatura com os logos da FNEDC e da entidade local. São oito diferentes versões de assinaturas, referentes a membros do FNEDC que participam do projeto: ABCCON/MS Associação Brasileira da Cidadania e do Consumidor do Estado de Mato Grosso do Sul, ABED/CE Associação Brasileira de Economista Domésticos, ACV/RO Associação Cidade Verde,

8 ADECCON/PE Associação de Defesa da Cidadania e do Consumidor, ADOC/PR Associação de Defesa e Orientação do Cidadão, ADOCON/TB/SC Associação das Donas de Casa, dos Consumidores e da Cidadania de Santa Catarina, IDEC/SP Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor e MDC/MG Movimento das Donas de Casa e Consumidores de Minas Gerais. Campanha B Regulação e Direito dos Consumidores Problemática a ser resolvida pela comunicação Os consumidores não conhecem seus direitos nos setores regulados e o papel fundamental das organizações de defesa do consumidor na representação da sociedade civil. A abordagem sobre direitos deve aproximar o consumidor de suas necessidades e experiência de vida. Os temas abordados na campanha sobre direitos e regulação devem ser o das áreas prioritárias para as entidades (alimentos, bancos, planos de saúde, serviços financeiros, energia, medicamentos, serviços de telecomunicação). Objetivos de comunicação Promover conhecimento sobre os direitos do consumidor nos setores regulados e sobre a importância da atuação das organizações de defesa dos consumidores locais. Mensagem principal Os serviços e produtos regulados por Agências Reguladoras fazem parte do dia a dia de todo consumidor. Alguns exemplos: qualidade e segurança de produtos, aumento indevido de tarifas, qualidade dos serviços de atendimento ao consumidor (SACs). Saiba quais são os direitos e conte com as entidades de defesa do consumidor para fortalecer a cidadania. Através da participação ativa em consultas públicas e monitoramento das leis, as entidades representam a voz do consumidor e podem influenciar em decisões das agências de regulação que impactam a todos. Justificativa As entidades de defesa do consumidor possuem o conhecimento e experiência adequada para orientar o consumidor e oferecer informação de qualidade sobre as relações de consumo. Público alvo Homens e mulheres adultos.

9 Abrangência da campanha Nacional, com mais intensidade nas áreas de atuação das entidades de defesa do consumidor (MS, CE, RO, PE, PR, SC, SP, MG). Peças A agência de publicidade contratada será responsável pela cotação de preço junto aos fornecedores e acompanhamento/supervisão dos serviços de terceiros contratados para executar a campanha. Abaixo, o descritivo das peças esperadas: Filme Formato: 27 segundos para inserção de mensagem parceiro e 30 segundos. Spots de rádio Dois spots de rádio, abordando dois temas diferentes, de direitos dos consumidores nos setores regulados. O rádio será o vetor da comunicação local. O spot será usado pelas organizações em sua atuação local, através da veiculação em rádios regionais. Para reforçar a imagem das entidades locais, o spot de rádio terá diferentes versões de assinatura, uma para cada organização civil. Formato: 27 segundos para inserção de mensagem parceiro e 30 segundos. Anúncios impressos Dois anúncios impressos para revista, abordando dois temas diferentes sobre direitos dos consumidores nos setores regulados. Os anúncios poderão ser adaptados para outros formatos impressos, como o jornal. Portanto, devem ser entregues anúncios com arquivo aberto. Formato: Página simples de revista, 21 cm X 27,5 cm, 4 cores. Folder da campanha Folder contendo informações básicas sobre o direito do consumidor no setor regulado, informações de serviço (como entrar em contato, como utilizar) e informações sobre as entidades de defesa do consumidor. Deverá ser utilizado para distribuição em eventos, etc. Quantidade de impressão: exemplares. Dessa maneira, as peças esperadas para a campanha B são:

10 Peças Formato Arquivo Filme publicitário 27 segundos e 30 segundos DVD Betacam 2 spots de rádio 27 segundos e 30 segundos mp3 Página simples de 2 anúncios revista, 4 cores impressos 21 cm X 27,5 cm Folder A ser definido pela agência. Deve ser objetivo e utilizar recursos com racionalidade. Quantidade de impressão: exemplares jpg 300 dpi pdf sangria de 5 mm jpg 300 dpi 4. Consideração relativa à adição de peças É facultativo à agência a adição de peças, formatos e quantidade de peças, instrumentos e ferramentas, caso a mesma identifique, durante o planejamento das campanhas tal necessidade. Caso ocorra a adição de peças, formatos e quantidade de peças, instrumentos e ferramentas, não haverá acréscimo da verba máxima expressa no Termo de Referência. 5. Resultados esperados Aumento do conhecimento dos consumidores sobre os direitos no setor regulado. Contribuir para a sustentabilidade das organizações de defesa do consumidor. Aumento do conhecimento sobre as organizações civis de defesa do consumidor. 6. Disposições finais 6.1 Estratégia de mídia Vale ressaltar que este documento não contempla estratégia de mídia. As entidades civis beneficiadas pelas campanhas buscarão parcerias de espaços publicitários para a veiculação gratuita das peças em seu território de atuação. 6.2 Logomarcas

11 As logomarcas das entidades do Fórum Nacional das Entidades de Defesa do Consumidor devem ser solicitadas através do e mail

ANEXO 1 PROJETO BÁSICO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E ORGANIZACIONAL DE ENTIDADES CIVIS DE DEFESA DO CONSUMIDOR

ANEXO 1 PROJETO BÁSICO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E ORGANIZACIONAL DE ENTIDADES CIVIS DE DEFESA DO CONSUMIDOR ANEXO 1 PROJETO BÁSICO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E ORGANIZACIONAL DE ENTIDADES CIVIS DE DEFESA DO CONSUMIDOR I - OBJETIVO GERAL Realização de Módulos do programa de capacitação

Leia mais

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são:

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são: 24/2010 1. Identificação do Contratante Nº termo de referência: TdR nº 24/2010 Plano de aquisições: Linha 173 Título: consultor para desenvolvimento e venda de produtos e serviços Convênio: ATN/ME-10541-BR

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 03. Projeto Produção de Açaí: geração de renda e conservação da Mata Atlântica

TERMO DE REFERÊNCIA 03. Projeto Produção de Açaí: geração de renda e conservação da Mata Atlântica TERMO DE REFERÊNCIA 03 Projeto Produção de Açaí: geração de renda e conservação da Mata Atlântica OBJETO O Centro Ecológico torna público a todos interessados que realizará cotação para selecionar empresas

Leia mais

Marcele Bastos. o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas. Fundamentos de marketing. o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing

Marcele Bastos. o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas. Fundamentos de marketing. o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas o Docente universitária na disciplina Fundamentos de marketing o 12 anos de experiência em comunicação

Leia mais

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS 1 DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E OBJETIVO DO MOVIMENTO 2 Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DA CEMIG COM A COMUNIDADE Substitui a NO-02.15 de 23/06/2009

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DA CEMIG COM A COMUNIDADE Substitui a NO-02.15 de 23/06/2009 03/08/2010 Pág.01 POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DA CEMIG COM A COMUNIDADE Substitui a NO-02.15 de 23/06/2009 1. INTRODUÇÃO 1.1 A Política de Comunicação da CEMIG com a Comunidade explicita as diretrizes que

Leia mais

Ideia Sustentável: Estratégia, inteligência e gestão de conhecimento em sustentabilidade para quem quer liderar uma nova economia

Ideia Sustentável: Estratégia, inteligência e gestão de conhecimento em sustentabilidade para quem quer liderar uma nova economia Ideia Sustentável: Estratégia, inteligência e gestão de conhecimento em sustentabilidade para quem quer liderar uma nova economia Plataformas Disseminando a mensagem da sustentabilidade: Comunicando com

Leia mais

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012)

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus

Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus Resumo da ONG O é uma iniciativa da sociedade civil organizada que tem por objetivo fortalecer a cidadania e a democracia participativa, tendo por base a sustentabilidade e o monitoramento social. O age

Leia mais

Política de doação de Mídia Social

Política de doação de Mídia Social Política de doação de Mídia Social 1.Objetivo A presente política tem como objetivo definir critérios institucionais para cada modalidade de parceria em Mídia Social estabelecida pela Rede Gazeta e adotada

Leia mais

Política de doação de Mídia Social

Política de doação de Mídia Social Política de doação de Mídia Social 1.Objetivo A presente política tem como objetivo definir critérios institucionais para cada modalidade de parceria em Mídia Social estabelecida pela Rede Gazeta e adotada

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida profissionais

Leia mais

gestão das Instâncias de Governança nas regiões turísticas prioritárias do país.

gestão das Instâncias de Governança nas regiões turísticas prioritárias do país. OBJETIVO GERAL Estabelecer cooperação técnica para desenvolver e implementar ações que visem a fortalecer o ciclo da gestão das Instâncias de Governança nas regiões turísticas prioritárias do país. IMPORTANTE:

Leia mais

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Existe a compreensão evidente por parte das lideranças empresariais, agentes de mercado e outros formadores de opinião do setor privado

Leia mais

Plataforma dos Consumidores para as Eleições Municipais 2012

Plataforma dos Consumidores para as Eleições Municipais 2012 Plataforma dos Consumidores para as Eleições Municipais 2012 Plataforma dos Consumidores para as Eleições 2012 1 O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) é uma associação de consumidores sem

Leia mais

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015 PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015 Abertura de prazo para solicitação de serviços pelas entidades cadastradas no Projeto Serviços e Cidadania e sediadas em Curitiba e Região Metropolitana O

Leia mais

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 Abertura de prazo para solicitação de serviços pelas entidades cadastradas no Projeto Serviços e Cidadania e sediadas em Curitiba e Região Metropolitana O

Leia mais

jornalismo a serviço da cidadania

jornalismo a serviço da cidadania Um investimento, muitos resultados Além de obter visibilidade em 15 mil exemplares que são distribuídos gratuitamente, de porta em porta, para um público de excelente poder aquisitivo, nos bairros Anchieta,

Leia mais

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00 FICHA DE ADESÃO Por esta Ficha de adesão, solicito meu ingresso como associado da ABRIMPE ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE INCENTIVO E MELHORIA EM PROJETOS EMPRESARIAIS, EMPREENDEDORISMO E EDUCACIONAL, comprometendo-me

Leia mais

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL índice APRESENTAÇÃO...3 POLíTICA DE PATROCíNIOS DA VOLVO DO BRASIL...3 1. Objetivos dos Patrocínios...3 2. A Volvo como Patrocinadora...3 3. Foco de Atuação...4

Leia mais

Perguntas freqüentes Projeto Serviços e Cidadania

Perguntas freqüentes Projeto Serviços e Cidadania Perguntas freqüentes Projeto Serviços e Cidadania 1. Sobre o Projeto 1.1. O que é o Projeto Serviços e Cidadania? É um canal de serviços gratuitos que oferece apoio nas áreas de gestão, jurídica e comunicação

Leia mais

Prefeitura Municipal de Botucatu

Prefeitura Municipal de Botucatu I- Identificação: Projeto Empresa Solidária II- Apresentação : O Fundo Social de Solidariedade é um organismo da administração municipal, ligado ao gabinete do prefeito, que atua em diversos segmentos

Leia mais

Planejamento Estratégico 2007 2008. Quatro Projetos da Equipe 1

Planejamento Estratégico 2007 2008. Quatro Projetos da Equipe 1 Planejamento Estratégico 2007 2008 Objetivo Estratégico: Estimular criação / desenvolvimento e fortalecimento de programas estaduais e setoriais. Quatro Projetos da Equipe 1 revisão em 26/09/2007 Missão:

Leia mais

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras 1. Introdução O Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras foi idealizado pelo Conselho Gestor da Escola,

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PLANO DE COMUNICAÇÃO PARA O PROGRAMA TRABALHO SEGURO GESTÃO REGIONAL

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PLANO DE COMUNICAÇÃO PARA O PROGRAMA TRABALHO SEGURO GESTÃO REGIONAL TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PLANO DE COMUNICAÇÃO PARA O PROGRAMA TRABALHO SEGURO GESTÃO REGIONAL 1. JUSTIFICATIVA Desde que foi instituída em 2011, a gestão

Leia mais

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DO SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS (SERPRO) - PCS A Política de Comunicação do Serviço

Leia mais

Formulário para Solicitação de Patrocínio Edital 001/2015

Formulário para Solicitação de Patrocínio Edital 001/2015 ANEXO II Formulário para Solicitação de Patrocínio Edital 001/2015 Procedimentos para o envio de projeto ao CAU/MS: 1. Após preencher o Formulário para Solicitação de Patrocínio ao CAU/MS, confira os itens

Leia mais

O VALOR DAS VERDADEIRAS PARCERIAS PARA O REFORÇO DAS CAPACIDADAES LOCAIS: A EXPERIÊNCIA DO FOJASSIDA. Pretoria Africa du Sul

O VALOR DAS VERDADEIRAS PARCERIAS PARA O REFORÇO DAS CAPACIDADAES LOCAIS: A EXPERIÊNCIA DO FOJASSIDA. Pretoria Africa du Sul O VALOR DAS VERDADEIRAS PARCERIAS PARA O REFORÇO DAS CAPACIDADAES LOCAIS: A EXPERIÊNCIA DO FOJASSIDA Pretoria Africa du Sul Conteúdo 1. Apresentação da FOJASSIDA 2. Introdução 3. Diferentes formas de parcerias

Leia mais

Anunciar na AutoMOTIVO significa EXPOSIÇÃO a toda cadeia do MERCADO de Som e Acessórios

Anunciar na AutoMOTIVO significa EXPOSIÇÃO a toda cadeia do MERCADO de Som e Acessórios Perfil A REVISTA B2B DO MERCADO BRASILEIRO DE SOM E ACESSÓRIOS AUTOMOTIVOS A AutoMOTIVO é a revista mensal B2B de circulação dirigida do mercado brasileiro de som e acessórios automotivos. Já com 70 edições

Leia mais

Título: atualização e aperfeiçoamento do website do Fórum Nacional de entidades Civis de Defesa do Consumidor

Título: atualização e aperfeiçoamento do website do Fórum Nacional de entidades Civis de Defesa do Consumidor 1. IDENTIFICAÇÃO DO TERMO DE REFERÊNCIA Nº termo de referência: TdR nº 19/2010 Plano de aquisições: 370 4.4.3.c.f. Título: atualização e aperfeiçoamento do website do Fórum Nacional de entidades Civis

Leia mais

Ficha Técnica. Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP

Ficha Técnica. Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP Referência Ficha Técnica Plano de comunicação Resolução n 1.025, de 30 de outubro de 29 Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP Elaboração Projeto ART e Acervo Técnico - Equipe

Leia mais

II FESTIVAL DE PUBLICIDADE FACULDADES PONTA GROSSA

II FESTIVAL DE PUBLICIDADE FACULDADES PONTA GROSSA REGULAMENTO II FESTIVAL DE PUBLICIDADE FACULDADES PONTA GROSSA 1 PARTICIPANTES O II Festival de Publicidade Faculdades Ponta Grossa será realizado no dia 12 de agosto no Teatro Ópera auditório B, das 18h40

Leia mais

Ideia Sustentável: Estratégia, inteligência e gestão de conhecimento em sustentabilidade para quem quer liderar uma nova economia

Ideia Sustentável: Estratégia, inteligência e gestão de conhecimento em sustentabilidade para quem quer liderar uma nova economia Ideia Sustentável: Estratégia, inteligência e gestão de conhecimento em sustentabilidade para quem quer liderar uma nova economia Plataformas Disseminando a mensagem da sustentabilidade para as pessoas,

Leia mais

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO SELO SOCIAL VIRAVIDA BOAS VINDAS! Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO 1. DO SELO 1. O Selo Social ViraVida é uma iniciativa do Serviço Social da Indústria - SESI,

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA (ANEXO I ao Edital de Pregão Amplo nº 10/2008)

TERMOS DE REFERÊNCIA (ANEXO I ao Edital de Pregão Amplo nº 10/2008) TERMOS DE REFERÊNCIA (ANEXO I ao Edital de Pregão Amplo nº 10/2008) 1 INTRODUÇÃO 1.1Compete à Agência Nacional de Telecomunicações - Anatel atuar com publicidade na adoção das medidas necessárias para

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

Fórum Paranaense de ONG AIDS.

Fórum Paranaense de ONG AIDS. RELATÓRIA TRABALHO DE SUBTEMAS XVII ERONG PR SUL 2013 REGIÃO SUL CURITIBA. ERONG PR SUL 2013 Cidade: CURITIBA UF: PARANÁ Pessoa/s de contato:amauri Instituição/es: Fórum Paranaense de ONG AIDS, Ferreira

Leia mais

PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO

PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO OBJETIVO A campanha teve por objetivo implantar na Instituição a cultura da responsabilidade

Leia mais

Campanha Nacional 2013

Campanha Nacional 2013 Campanha Nacional 2013 Consumidor Positivo A Boa Vista tem compromisso com o desenvolvimento sustentável do mercado de crédito: consumidores e empresas do mesmo lado. Serviços disponíveis no Portal do

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

mídia 2015 www.vendamais.com.br

mídia 2015 www.vendamais.com.br mídia 2015 www.vendamais.com.br A VENDAMAIS MÍDIA elabora projetos de comunicação utilizando diversos canais para impactar executivos de todo o Brasil. SOLUÇÕES VENDAMAIS MÍDIA Soluções cross mídia para

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 28/2012 MAR Museu de Arte do Rio

ATO CONVOCATÓRIO 28/2012 MAR Museu de Arte do Rio ATO CONVOCATÓRIO 28/2012 MAR Museu de Arte do Rio 1. INTRODUÇÃO a) Considerando que o Museu de Arte do Rio MAR será uma das âncoras do plano de revitalização da região portuária da cidade e será instalado

Leia mais

:: LINHAS DE AÇÃO. Apoio aos Municípios. Tecnologia e Informação em Resíduos. Promoção e Mobilização Social. Capacitação

:: LINHAS DE AÇÃO. Apoio aos Municípios. Tecnologia e Informação em Resíduos. Promoção e Mobilização Social. Capacitação :: LINHAS DE AÇÃO Apoio aos Municípios Tecnologia e Informação em Resíduos Capacitação Promoção e Mobilização Social :: PRESSUPOSTOS DA COLETA SELETIVA Gestão participativa Projeto de Governo Projeto da

Leia mais

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COELBA

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COELBA PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COELBA Guia Básico do Proponente Resumo das diretrizes e critérios da Coelba/ Grupo Neoenergia para patrocínios a projetos socioculturais e ambientais. 1 Índice Introdução 2 1.

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor RH/2013/015

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor RH/2013/015 UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor RH/2013/015 O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida profissionais

Leia mais

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN Resumo das diretrizes e critérios da COSERN/ Grupo Neoenergia para patrocínios a projetos socioculturais e ambientais. Guia Básico do Proponente 1 Índice Introdução 2 1.

Leia mais

EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA

EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA 1. APRESENTAÇÃO Com base nos valores da economia solidária e da cultura livre, o Estúdio Gunga empresa de comunicação focada na criação de sites, editoração gráfica,

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY,

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, Termo de Referência CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, NO ESTADO DO PARÁ. INTRODUÇÃO E CONTEXTO A The Nature Conservancy

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA DADOS DA CONSULTORIA

TERMO DE REFERÊNCIA DADOS DA CONSULTORIA TERMO DE REFERÊNCIA DADOS DA CONSULTORIA Função no Projeto: Contratação de consultoria especializada para desenvolver e implementar estratégias de impacto e sustentabilidade da Campanha Coração Azul no

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS RESOLUÇÃO Nº xx/xxxx CONSELHO UNIVERSITÁRIO EM dd de mês de aaaa Dispõe sobre a criação

Leia mais

Conheça agora o grupo de profissionais engajados e as propostas para a Renovação da Gestão do Conrerp 4ª Região

Conheça agora o grupo de profissionais engajados e as propostas para a Renovação da Gestão do Conrerp 4ª Região Conheça agora o grupo de profissionais engajados e as propostas para a Renovação da Gestão do Conrerp 4ª Região Em nossa trajetória profissional, cada um dos membros da Chapa 2, viveu as aventuras e desafio

Leia mais

NEO MONDO. Referência no Brasil em comunicação socioambiental. MÍDIA KIT

NEO MONDO. Referência no Brasil em comunicação socioambiental. MÍDIA KIT NEO MONDO Referência no Brasil em comunicação socioambiental. MÍDIA KIT INSTITUTO NEO MONDO Tem como objetivo conscientizar empresas, organizações e a sociedade de que as práticas da socioambiental e sustentabilidade

Leia mais

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS 2014 1 Índice 1. Contexto... 3 2. O Programa Cidades Sustentáveis (PCS)... 3 3. Iniciativas para 2014... 5 4. Recursos Financeiros... 9 5. Contrapartidas... 9 2 1. Contexto

Leia mais

II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA

II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA Salvador, Bahia Brasil, 19 e 20 de novembro de 2009 Mobilização Mundial Conferências

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I. Formulário para Solicitação de Patrocínio

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I. Formulário para Solicitação de Patrocínio CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I Formulário para Solicitação de Patrocínio Procedimentos para o envio de projeto ao CAU/GO: 1. Após preencher o Formulário para Solicitação de Patrocínio

Leia mais

Política de Comunicação Integrada

Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada agosto 2009 Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada 5 1. Objetivos Promover a comunicação integrada entre as empresas Eletrobras e dessas

Leia mais

Política de Comunicação Integrada

Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada agosto 2009 Política de Comunicação Integrada 4 1 Objetivos Promover a comunicação integrada entre as empresas Eletrobras e dessas com os seus públicos de relacionamento,

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos que contribuam para o empoderamento das mulheres

Leia mais

DIRETRIZES APROVADAS PELA SESSÃO PLENÁRIA DO CONGRESSO

DIRETRIZES APROVADAS PELA SESSÃO PLENÁRIA DO CONGRESSO DIRETRIZES APROVADAS PELA SESSÃO PLENÁRIA DO CONGRESSO Brasília, 11 de setembro de 2010 TEMA 1 DIRETRIZES E HORIZONTES DA RELAÇÃO POLÍTICA E INSTITUCIONAL DO SISTEMA COOPERATIVISTA 1.1 - FORTALECER A REPRESENTAÇÃO

Leia mais

12º PRÊMIO APP MARKMÍDIA Regulamento 2015

12º PRÊMIO APP MARKMÍDIA Regulamento 2015 12º PRÊMIO APP MARKMÍDIA Regulamento 2015 1. Objetivos Incentivar o desenvolvimento e qualificação da propaganda na região de Londrina, por meio do reconhecimento da qualidade e da criatividade no planejamento

Leia mais

Fundação Itaú Social. Por uma educação integral,

Fundação Itaú Social. Por uma educação integral, Fundação Itaú Social Por uma educação integral, integrada e integradora Visão Itaú Ser o banco líder em performance e perene reconhecidamente sólido e ético, destacando-se por equipes motivadas, comprometidas

Leia mais

Nas nove edições já realizadas, mais de 2.000 trabalhos foram inscritos e avaliados. Em 2011, O Prêmio Planeta Casa realizará sua 10ª edição.

Nas nove edições já realizadas, mais de 2.000 trabalhos foram inscritos e avaliados. Em 2011, O Prêmio Planeta Casa realizará sua 10ª edição. PROPOSTA COMERCIAL Prêmio Planeta Casa Idealizado pela revista CASA CLAUDIA em 2001, o Prêmio Planeta Casa tem como objetivo estimular o cuidado com os recursos naturais e incentivar a produção de bens

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

Jorn. Esp. Cris Guimarães

Jorn. Esp. Cris Guimarães As Relações Institucionais como Estratégia de Fortalecimento das Causas Sociais Jorn. Esp. Cris Guimarães Quem somos Missão: Potencializar o desenvolvimento integral da criança, adolescente e jovem numa

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Sul Mineira 1 Índice Política de Sustentabilidade Unimed Sul Mineira Mas o que é Responsabilidade Social? Premissas Básicas Objetivos da Unimed Sul Mineira Para a Saúde Ambiental

Leia mais

Produto da Divisão Marketing

Produto da Divisão Marketing Marketing para o Terceiro Setor Produto da Divisão Marketing OBJETIVO Dispor ao mercado de entidades relacionadas ao Terceiro Setor, um leque de atividades relacionados ao marketing e comunicação voltados

Leia mais

TEATRO SOCIAL: VALORES PARA A VIDA

TEATRO SOCIAL: VALORES PARA A VIDA TEATRO SOCIAL: VALORES PARA A VIDA Utilizando o Teatro como Ferramenta de Ensino e Transformação Social CONEXÃO SOCIAL REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOEMOCIONAL IASEA 2015 1. APRESENTAÇÃO TEATRO SOCIAL é

Leia mais

Você está prestes a aumentar suas vendas e fortalecer a sua marca através da comunicação com Fabricantes, Importadores, Distribuidores, Lojistas,

Você está prestes a aumentar suas vendas e fortalecer a sua marca através da comunicação com Fabricantes, Importadores, Distribuidores, Lojistas, Você está prestes a aumentar suas vendas e fortalecer a sua marca através da comunicação com Fabricantes, Importadores, Distribuidores, Lojistas, Concessionárias e representantes comerciais de todo país.

Leia mais

NÚCLEO NÓS PODEMOS BAHIA. Plano de Ação. Articular e integrar os segmentos da sociedade e recursos para desenvolver ações que contribuam

NÚCLEO NÓS PODEMOS BAHIA. Plano de Ação. Articular e integrar os segmentos da sociedade e recursos para desenvolver ações que contribuam NÚCLEO NÓS PODEMOS BAHIA Plano de Ação A - MISSÃO Articular e integrar os segmentos da sociedade e recursos para desenvolver ações que contribuam diretamente para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL REDE GAZETA

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL REDE GAZETA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL REDE GAZETA Vitória, ES Janeiro 2010. 1ª Revisão Janeiro 2011. 2ª Revisão Janeiro 2012. POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA REDE GAZETA IDENTIDADE CORPORATIVA Missão

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL RESOLUÇÃO CUNI Nº 085, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2011. O Conselho Universitário da Universidade Federal de Lavras, no uso de suas atribuições regimentais, e tendo em vista o que foi deliberado

Leia mais

Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial e aos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial - 1

Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial e aos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial - 1 Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial e à sua agenda de trabalho expressa nos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial 1. Considerando que a promoção da igualdade

Leia mais

PROGRAMA FORTALECER Edital de Projetos REGULAMENTO

PROGRAMA FORTALECER Edital de Projetos REGULAMENTO PROGRAMA FORTALECER Edital de Projetos REGULAMENTO Sumário 1. O EDITAL... 2 1.1. Natureza e objetivos... 2 1.2. Princípios orientadores... 2 1.3. Foco temático do edital... 2 2. QUEM PODE PARTICIPAR...

Leia mais

Trabalhando em conjunto, trabalhando sempre.

Trabalhando em conjunto, trabalhando sempre. A AVY COMUNICAÇÃO A AVY Comunicação é uma agência de comunicação e marketing que desenvolve diferentes soluções utilizando a experiência e criatividade de sua equipe para gerar valor institucional, fidelidade

Leia mais

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que:

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que: 1. APRESENTAÇÃO 1.1 O projeto Recrear defende a importância do Brincar para o desenvolvimento infantil. Por meio da brincadeira, uma criança aprende e desenvolve seu corpo, suas habilidades sociais, de

Leia mais

Ideias Criativas em Práticas Inovadoras

Ideias Criativas em Práticas Inovadoras Ideias Criativas em Práticas Inovadoras O Concurso Inovação na Gestão Pública Federal é promovido anualmente, desde 1996, pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em parceria com o Ministério

Leia mais

Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável.

Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável. GREEN PROJECT AWARDS BRASIL Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável. CANDIDATURAS 201 INSCRIÇÕES NO PRIMEIRO ANO INSCRIÇÕES FEITAS

Leia mais

ABM BLUE CONVÊNIO E PUBLICIDADE - LTDA CNPJ: 22.153.768/0001-38 Endereço: Rua C-5, lote 09, sala 101, Taguatinga - Centro Brasília / Distrito Federal

ABM BLUE CONVÊNIO E PUBLICIDADE - LTDA CNPJ: 22.153.768/0001-38 Endereço: Rua C-5, lote 09, sala 101, Taguatinga - Centro Brasília / Distrito Federal Sumário A. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA... 3 1. Sobre Nós... 3 1.1. - Missão... 3 1.2. - Visão... 3 1.3. - Valores... 3 2. Serviços... 4 2.1. Das atividades da BLUE CONVÊNIO: seus objetivos e finalidade...

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS A Copagaz A Copagaz, primeira empresa do Grupo Zahran, iniciou suas atividades em 1955 distribuindo uma tonelada de Gás Liquefeito de Petróleo - GLP por dia nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS

TERMO DE REFERÊNCIA CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS TERMO DE REFERÊNCIA CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS 1.Objetivo geral: Apoiar tecnicamente a gestão e implementação das atividades dos Projetos de Fortalecimento da Assistência Farmacêutica (Termo de Cooperação

Leia mais

Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal

Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA Introdução É importante ressaltar que um plano de comunicação tem a finalidade de tornar conhecida

Leia mais

1. Instituído pela Genzyme do Brasil, o Edital do PAPAP é regido pelo presente regulamento.

1. Instituído pela Genzyme do Brasil, o Edital do PAPAP é regido pelo presente regulamento. A Genzyme do Brasil ( Genzyme ) torna pública a abertura do Edital 001/2015 para o Programa de Apoio aos Projetos de Associações de Pacientes ( PAPAP ) e define o processo seletivo para o ano de 2016,

Leia mais

A rede ambiental global da internet

A rede ambiental global da internet A rede ambiental global da internet Bem-vindos à Rede Ambiental Global Agenda O que é a rede ambiental Made in Forest Como está estruturada Como participar da rede ambiental Quem é beneficiado Modelo de

Leia mais

Reunião do Comitê de Marketing 13 e 14 de janeiro de 2011

Reunião do Comitê de Marketing 13 e 14 de janeiro de 2011 ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Reunião do Comitê de Marketing 13 e 14 de janeiro de 2011 Memória Presentes: membros do

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida.

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida. A Dehlicom Soluções em Comunicação é a agência de comunicação integrada que busca divulgar a importância da comunicação empresarial perante as empresas e todos os seus públicos, com atendimento personalizado

Leia mais

DIRETRIZES PARA O PATROCÍNIO CULTURAL

DIRETRIZES PARA O PATROCÍNIO CULTURAL DIRETRIZES PARA O PATROCÍNIO CULTURAL A Brookfield Incorporações é hoje uma das maiores incorporadoras do país. Resultado da integração de três reconhecidas empresas do mercado imobiliário Brascan Residential,

Leia mais

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 O SESI/SENAI - PR, torna pública a RETIFICAÇÃO referente ao Edital de CREDENCIAMENTO N.º 502/2009, conforme segue: Fica Incluído no ANEXO III - ÁREAS

Leia mais

planejamento de comunicação 2011 1. INFORMAÇÕES DA ORGANIZAÇÃO

planejamento de comunicação 2011 1. INFORMAÇÕES DA ORGANIZAÇÃO 1. INFORMAÇÕES DA ORGANIZAÇÃO 1 Nome da Organização: Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé 2 Data da Fundação: 15 de novembro de 1992 3 Localização: R. D. Pedro II 1892, sala 7 - Bairro Nossa Sra.

Leia mais

A Lei 13.019/2014 O ponto de vista das organizações. Porto Velho, 02.12.2015

A Lei 13.019/2014 O ponto de vista das organizações. Porto Velho, 02.12.2015 A Lei 13.019/2014 O ponto de vista das organizações. Porto Velho, 02.12.2015 INTRODUÇÃO As organizações do Terceiro Setor vêm recebendo grande destaque nas políticas públicas. A autora Monica Bose realizou

Leia mais

DE AGÊNCIA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PROPAGANDA E PUBLICIDADE

DE AGÊNCIA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PROPAGANDA E PUBLICIDADE Página1 CONCORRÊNCIA Nº 001/2015/SENAR-AR/MT Ref.: CONTRATAÇÃO DE AGÊNCIA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PROPAGANDA E PUBLICIDADE Assunto: PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Interessado: XXXXXXXX XXXXXXXXX

Leia mais

11º PRÊMIO APP MARKMÍDIA Regulamento 2014

11º PRÊMIO APP MARKMÍDIA Regulamento 2014 11º PRÊMIO APP MARKMÍDIA Regulamento 2014 1. Objetivos Incentivar o desenvolvimento e qualificação da propaganda na região de Londrina, por meio do reconhecimento da qualidade e da criatividade no planejamento

Leia mais

DA PARAÍBA EM EXCELÊNCIA DA GESTÃO

DA PARAÍBA EM EXCELÊNCIA DA GESTÃO CONHEÇA O MAIOR EVENTO DA PARAÍBA EM EXCELÊNCIA DA GESTÃO GESTÃO Durante o evento também é realizado momentos de debate, visando disseminar as melhores práticas de gestão das empresas vencedoras dos Prêmios

Leia mais

3º EDITAL SULAMÉRICA SEGUROS E PREVIDÊNCIA PARA CAPTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PELA LEI DE INCENTIVO FISCAL 8.069/1990 NA CIDADE DE SÃO PAULO

3º EDITAL SULAMÉRICA SEGUROS E PREVIDÊNCIA PARA CAPTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PELA LEI DE INCENTIVO FISCAL 8.069/1990 NA CIDADE DE SÃO PAULO 3º EDITAL SULAMÉRICA SEGUROS E PREVIDÊNCIA PARA CAPTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PELA LEI DE INCENTIVO FISCAL 8.069/1990 NA CIDADE DE SÃO PAULO I. APRESENTAÇÃO A SulAmérica Seguros, Previdência e Investimentos

Leia mais

REGULAMENTO - 1º FESTIVAL DE PUBLICIDADE CESCAGE

REGULAMENTO - 1º FESTIVAL DE PUBLICIDADE CESCAGE REGULAMENTO - 1º FESTIVAL DE PUBLICIDADE CESCAGE 1 PARTICIPANTES O Festival Cescage de Publicidade será realizado no 6 de junho na ACIPG - Associação Comercial e Industrial de Ponta Grossa, das 18h30 às

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO SESI. Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. REGULAMENTO

CONSELHO NACIONAL DO SESI. Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. REGULAMENTO CONSELHO NACIONAL DO SESI Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. Um Selo que surge para reconhecer o trabalho das pessoas e instituições que, em parceria com o SESI, constroem pontes para que adolescentes

Leia mais

Comunicação Institucional Visão de Futuro

Comunicação Institucional Visão de Futuro Comunicação Institucional Visão de Futuro Organograma Presidente Comunicação Institucional Assistente Imagem Corporativa e Marcas Comitê Estratégico Imprensa Planejamento e Gestão Atendimento e Articulação

Leia mais