Hierárquico Nenhum. Nenhum Cabeçalho do Arquivo. Decimais. Domínio. Fiscais. Fiscais Corpo da Nota Fiscal de Saídas. Decimais.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Hierárquico Nenhum. Nenhum. 01 - Cabeçalho do Arquivo. Decimais. Domínio. Fiscais. Fiscais. 02 - Corpo da Nota Fiscal de Saídas. Decimais."

Transcrição

1 Página: / do arquivo: 0 - Cabeçalho do Arquivo Código da Empresa CNPJ da Empresa Inicial das Notas Fiscais Final das Notas Fiscais Valor Fixo "N" da Nota Constante "00000" Sistema Valor Fixo "" Código que está cadastrada nos sistemas Domínio. Informar 0 = Informar Corpo da Nota Fiscal de Saídas Código da Empresa Inscrição do Cliente Código da Espécie Código da Exclusão da Dief Código do Acumulador CFOP Sigla do Estado do Cliente Seguimento Número do Documento Série Documento Final da Saída da Emissão Valor Contábil Valor da Exclusão da Dief Reservado Modalidade de Frete Código do Município Fato Gerador da CRF Fato Gerador da Fato Gerador da IRRFP de Receita Branco CNPJ, CPF, CEI ou Outros. "C"=CIF ou "F"=FOB "E"=Emissão ou "P"=Pagamento "E"=Emissão ou "P"=Pagamento "E"=Emissão ou "P"=Pagamento =Receita Própria - serv prestados, =Receita de Terceiros (co-faturamento), =Receita própria-cobrança de débitos, =Receita Própria-venda de merc, = Receita Própria-venda de serv. pré-pago, 6=Outras receitas próprias/=outras Receitas de terceiros 0 - Corpo da Nota Fiscal de Saídas

2 Página: / do arquivo: CFOP estendido/detalhamento Código de transferência de crédito. Código da Observação do visto notas de transf. crédito ICMS Código da Antecipação Tributária Valor do frete Valor do seguro Valor das despesas acessórias Valor dos produtos Valor da Base de Cálculo do ICMS ST Outras Saidas Saídas Isentas Saídas Isentas (Cupom Fiscal) Saídas Isentas (NF Mod 0) Código do modelo do Documento Fiscal Código fiscal da prestação de serviços Código da Situação Tributária Sub-Série do Título Identificação do título Inscrição Estadual do Cliente Inscrição Municipal do Cliente Observação Chave NFe Código de Recolhimento FETHAB Responsável pelo recolhimento FETHAB de CT-e CT-e Referência Código da Informação Complementar Informações Complementares Apenas para o Estado de SE. Apenas para o Estado de RS. Apenas para o Estado de MG. 0=Informações Complementares ou =Quadro Cálculo do Imposto - Apenas para o SCANC-CTB Apenas para o Estado de MG. Apenas para o Estado de MG. Apenas para o Estado de MG. Apenas para o Estado de MG. 00=Duplicata 0=Cheque 0=Promissória 0=Recibo 99=Outros Informar apenas caracteres numéricos E=Empresa C=Cliente 0=CT-e Normal/=Ct-e de Complemento de valores/=ct-e Emitido em hipótese de anulação de débito Informar apenas caracteres numéricos 0 - Corpo da Nota Fiscal de Saídas

3 Página: / do arquivo: CST - PIS/COFINS Natureza da Receita Valor serviços/itens - PIS/COFINS Base de cálculo - PIS/COFINS Alíquota de PIS Alíquota de COFINS Quantidade de KWH Reservado () Apenas os CST's "0, 0, 0, 08, 09, 9 e 99" para os mod. de espécie "0E, 08, 08B, 09, 0,,,,, 8, 6, e " Apenas p/ os modelos de espécie "0E, 08, 08B, 09, 0,,,,, 8, 6, e " Apenas p/ os modelos de espécie "0E, 08, 08B, 09, 0,,,,, 8, 6, e " 0 - Impostos Código do Imposto Percentual de Redução da Base de Cálculo Base de Cálculo Alíquota Valor do Imposto Valor Isentas Valor de Outras Valor Contábil Valor Não Tributadas Valor Parcela Reduzida Apenas para o Estado de GO. Apenas para o Estado de GO. 0 - Produtos Código do Produto Quantidade Valor Total Valor IPI Base de Cálculo de Lançamento Código da Situação Tributária do ICMS Valor Bruto do Produto Valor do Desconto Base de Cálculo do ICMS Produtos Base de Cálculo do ICMS p/ Substituição Tributária Alíquota do ICMS 6 8 Código do Chassi do 9 0 Base Calc. + IPI Informar =Produto vinculado a Nota ou =Lançamento Extra

4 Página: / do arquivo: Veículo Produto Incentivado 6 Código de Apuração Situação Trib. do 8 produto quanto ao ECF Valor do frete 88 Valor do Seguro 0 Valor das despesas acessórias Quantidade de Gasolina Valor do ICMS 0 Valor da SUBTRI Valor de Isentas IPI 66 Valor de Outras IPI 9 Valor Unitário 9 Alíquota da 0 Substituição Tributária Código de Tributação do IPI Alíquota de IPI 9 Base de Cálculo ISSQN Alíquota de ISSQN Valor do ISSQN Lote de Medicamento da Validade 0 Referencia base de cálculo Valor tabelado/máximo Número de série da 0 arma Número de série do 80 cano de Operação com 0 veículo Quantidade cancelada Valor do cancelamento Isentas de ICMS 60 Não incidência de ICMS Valor Acumulado 86 adquirido com ST Fabricação do 99 Medicamento Série de Fabricação do 609 ECF CST do PIS 69 Base de Cálculo do PIS 66 Alíquota do PIS 69 Valor do PIS 6 CST do COFINS Produtos Preencher com "S" ou "N" - Apenas para o Estado de PE. Apenas para o Estado de PE. Apenas para o Estado de SE. Informar 00=Tabelado, 0=Negativa, 0=Positiva ou 0=Neutra. Informar 00=Concessionária, 0=Faturamento, 0=Venda ou 99=Outras. Base de cálculo do COFINS Alíquota do COFINS Valor do COFINS

5 Página: / do arquivo: Quantidade de item por lote de medicamento Enquadramento do IPI Quantidade (6,) Movimentação física de produto (S/N) Unidade comercializada Valor contábil produto Quantidade tributada PIS por unidade de medida Valor unidade PIS por unidade de medida Valor PIS por unidade de medida Quantidade tributada COFINS por unidade de medida Valor unidade COFINS por unidade de medida Valor COFINS por unidade de medida Código da nota de entrada devolvida Natureza da receita PIS Natureza da receita COFINS Reservado () Movimentação física de produto (S/N) 0 - Contabilidade do Lançamento Código Conta a Débito Código Conta a Crédito Valor Usuário Origem Código da Matriz ou Filial Histórico Código Reduzido Código Reduzido Nome do usuário cadastrado nos sistemas domínio responsável pelos lançamentos contábeis importados. Informar 0 = Saídas EF Código da empresa matriz ou filial cadastradas nos sistemas Domínio Máquinas (Dados da Redução Z) Código da Máquina ECF Modelo do Documento Contador Inicial Código da Máquina ECF cadastrada nos sistemas Domínio.

6 Página: 6/ do arquivo: Contador Final Redução Z Valor Inicial Valor Final Valor Acumulado no Contador de Reinicio de Operação Deduzir Cancelamentos e Descontos no faturamento? Número do Caixa Quantidade de Documentos Cancelados Número de Série da Máquina Informar "S" ou "N". 0 - Situações Tributárias (ECF) Situação Tributária Valor da Situação Conhecimento de Transporte - NF que acobertam a carga UF do Remetente/Tomador CNPJ do Remetente/Tomador Inscrição Estadual do Remetente/Tomador de Emissão da Nota Fiscal Modelo da Nota Fiscal Série da Nota Fiscal Sub-Série da Nota Fiscal Número da Nota Fiscal Conhecimento de Transporte - NF que acobertam a carga Valor Total da Nota Fiscal Condição do Participante Informar =Emitente Docto Fiscal, =Remetente das Merc ou Prest de Serv não emittente, =Destinatário das Merc ou Tomador de Serv., =Consignatário das Mercadorias, 6=Consignante das mercadorias. Apenas para o Estado de CE.

7 Página: / do arquivo: Razão Social SUFRAMA Chave NFe Valor das Mercadorias Quantidade de Volumes Peso Bruto Volumes Peso Líquido Volumes Apenas para o Estado de CE. Apenas para o Estado de CE. Informar apenas caracteres numéricos Parcelas do Vencimento Fixo "0" Valor da Parcela Alíquota da CRF Valor da CRF Valor da IRRF Valor ISS Retido Valor INSS Retido Alíquota do PIS da Valor do PIS da Alíquota da COFINS da Valor da COFINS da Alíquota da CSLL da Valor da CSLL da Alíquota da IRPJ da Valor da IRPJ da Valor da IRRFP Valor do PIS Retido Valor do COFINS Retido Valor da CSOC Retido Pagamento das Parcelas do Pagamento Valor Pago (Total) Valor Juros Valor Multa Valor Desconto Valor Devolução Valor PIS Valor COFINS

8 Página: 8/ do arquivo: Valor CSOC Valor IRRF Valor do PIS da Valor da COFINS da Valor da CSOC da Valor do IRPJ da Valor do IRRFP Reservado Contabilização do Pagamento do Lançamento Código da Conta a Débito Código da Conta a Crédito Valor Usuário Origem Código da Matriz ou Filial do Lançamento Histórico Código Reduzido Código Reduzido Nome do usuário cadastrado nos sistemas domínio responsável pelos lançamentos contábeis importados. Informar "0" Código da empresa matriz ou filial cadastradas nos sistemas Domínio. Informar 0=Normal, 0=Juros, 0=Multa, 0=Desconto, 0=Devolução, 06=PIS, 0=COFINS, 08=CSOC, 09=IRRF, =PIS-, =COFINS-, =CSOC-, =IRPJ-, =IRRFP - Detalhamento Anexos VA e VB do Detalhamento Código de Detalhamento Valor Informar "VA" ou "VB". Informar conforme tabela da GIA-. - Rateio de Lançamentos por Centro de Custos

9 Página: 9/ do arquivo: Identificiador Código do Centro de Custos a Débito Código do Centro de Custos a Crédito Valor do Lançamento Informações Municipais Código da Tabela Municipal Valor do Item Exclusão da Receira Bruta - Apenas para RS Código Exclusão Valor da Exclusão Nota Fiscal Paulista - Apenas para SP Entregado à Domicílio Mesmo endereço do cliente Endereço Número do Endereço Informar "S" ou "N". Informar "S" ou "N". 6 - Nota Fiscal Paulista - Apenas para SP Complemento do Endereço Bairro UF Código do Município Conhecimento de Transporte Código do Município de 0 6

10 Página: 0/ do arquivo: Origem Código do Município de Destino Inscrição do Consignatário CNPJ/CPF do Consignatário Inscrição Estadual Consignatário UF do Consignatário de Inscrição do Redespachante CNPJ/CPF do Redespachante Inscrição Estadual do Redespachante UF do Redespachante Redespacho Placa do Veículo Quantidade Unidade Líquido do Frete SEC/CAT Despacho ou Redespacho Pedágio Informar =CNPJ ou =CPF. Somente para os modelos de espécies 08, 09, 6 e. 09, 6 e. 09, 6 e. 09, 6 e. 6 e. 6 e. 6 e.somente para os modelos de espécies 08, 6 e. 6 e. Informar 0=Sem Redespacho, =Por Conta do Emitente, =Por Conta do destinatário ou 9=Outros. Somente para os modelos de espécies 08 e. Somente para os modelos de espécies 0, 08, 6 e. Exceto para os modelos de espécies 0, 08, 09, 6 e. Informar =KG(Quilograma), =M(Metro Cúbico). Exceto para os modelos de espécies 0, 08, 09, 6 e. 09, 6 e. Somente para os modelos de espécies 08 e. 0 e. 6 e. - Conhecimento de Transporte Outros Valores Transportador Número Viagem ou Número do Vôo Navegação IRIM ou CPP ou Identificação DAC ou OTM Despesas Portuárias Carga e Descarga Valor Adicional, Valor GRIS outaxa "ad , 0, 6 e. Informar 0=Embarcação ou =Empurrador/Rebocador. Somente para os modelos de espécies 09. Somente para os modelos de espécies 09 e 0. Informar 0=Interior, =Cabotagem. Somente para os modelos de espécies 09. Somente para os modelos de espécies 09, 0 e 6. Somente para o modelos de espécies 09. Somente para o modelos de espécies 09. Somente para os modelos de espécies 09, 0 e 6.

11 Página: / do arquivo: valorem" Tarifa Natureza do Frete Peso Taxado Taxa Terrestre UF da Placa do Veículo Informar 0=Exp., =Enc., =C.I. ou 9=Outras. Somente para os modelos de espécies 0. Informar 0=Negociável ou =Não negociável. Somente para os modelos de espécies 6. Somente para o modelos de espécies 0. Somente para o modelos de espécies 0. Somente para os modelos de espécies 0, 08, 6, e 8 - Dados do Frete - Apenas para SP Modalidade do Frete 0 0 Modalidade do Transporte Frete por Conta Placa 9 UF Placa 0 Placa 8 UF Placa 9 0 Placa UF Placa 8 9 Razão Social CNPJ/CPF 00 Inscrição Estadual 0 Endereço 9 60 Número 9 00 Bairro Complemento Dados do Frete - Apenas para SP 8 Valor Fixo "8"=Dados do Frete "C"=CIF / "F"=FOB ""=Rodoviário / ""=Ferroviário / "" Rodo-ferroviário / ""=Aquaviário / ""=Dutoviário / "6"=Aéreo / ""=Outro "D"=Destinátário / "E"=Emitente / "O"=Outro Cidade UF CEP Quantidade Espécie Marca Numeração Peso Líquido Peso Bruto do Emitente CNPJ do Emitente UF do Emitente Inscrição Estadual do Emitente do Destinatário CNPJ do Destinatário UF do Destinatário Inscrição Estadual do "E"=Emitente / "O"=Outro "D"=Destinatário / "O"=Outro

12 Página: / do arquivo: Destinatário da Inscrição ""=CNPJ / ""=CPF 9 - Exportação Nº Registro de Exportação Nº Declaração de Exportação do Embarque Valor do Despacho Código da Moeda da Declaracao de Exportação de Averbação Natureza de Exportação Número do Embarque do Conhecimento de Embarque do registro de exportação Valor Fixo "9" = Exportação Informar D=Direta, I=Indireta 0 - Nota Remessa - Exportação 0 - Nota Remessa - Exportação CNPJ do Fornecedor 0 Inscrição Estadual 0 Fornecedor Inscrição Municipal 6 0 Fornecedor Número da Nota 6 9 Código da Espécie 9 Série Sub-Série 8 88 Nota Exportada Integralmente Chave da Nota Fiscal 90 Eletrônica de Emissão 0 Número do Memorando 0 de Exportação Valor Fixo "0" = Nota Remessa - Exportação. Obs: O registro 0 deve ficar logo abaixo do registro 9 correspondente. Infomar S=Sim, N=Não - Produtos das Notas Remessa - Exportação

13 Página: / do arquivo: Código do Produto Quantidade Valor Unitário Valor Total Fixo "" Produtos das Notas de Remessa de Exportação. Obs: O registro deve ficar logo abaixo do registro 0 correspondente Finalizador Finalizador

Através deste layout, você poderá gerar arquivos para serem importados nos Módulos Contabilidade e Escrita Fiscal do Domínio Contábil.

Através deste layout, você poderá gerar arquivos para serem importados nos Módulos Contabilidade e Escrita Fiscal do Domínio Contábil. Página 1 de 15 Layout 18 Através deste layout, você poderá gerar arquivos para serem importados nos Módulos Contabilidade e Escrita Fiscal do Domínio Contábil. Faça isto 1. O arquivo está dividido em 3

Leia mais

Através deste layout, você poderá gerar arquivos para serem importados nos Módulos Contabilidade e Escrita Fiscal do Domínio Contábil.

Através deste layout, você poderá gerar arquivos para serem importados nos Módulos Contabilidade e Escrita Fiscal do Domínio Contábil. Página 1 de 17 Layout 19 Através deste layout, você poderá gerar arquivos para serem importados nos Módulos Contabilidade e Escrita Fiscal do Domínio Contábil. Faça isto 1. O arquivo está dividido em 3

Leia mais

Hierárquico Nenhum. Nenhum. 01 - Cabeçalho do Arquivo. Decimais. Domínio. 02 - Corpo da Nota Fiscal de Entrada. Decimais. Fornecedor DIEF DIEF

Hierárquico Nenhum. Nenhum. 01 - Cabeçalho do Arquivo. Decimais. Domínio. 02 - Corpo da Nota Fiscal de Entrada. Decimais. Fornecedor DIEF DIEF Página: /0 do arquivo: 0 - Cabeçalho do Arquivo Código da Empresa CNPJ da Empresa Inicial Final Valor Fixo "N" de Nota (...) Constante "00000" Sistema (...) Valor Fixo "" 9 0 4 4 0 4 4 0 44 44 4 46 4 4

Leia mais

LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC)

LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC) EMPRESA: LAY-OUT ARQUIVOS DE INTEGRAÇÃO (Notas Fiscais e CTRC) NOME DO ARQUIVO Existem dois nomes possíveis: um para as notas de saída e outro para as notas de entrada. - Saídas : O nome do arquivo deve

Leia mais

Importante: A BMA utiliza como banco de dados padrão o MySql 5.x.

Importante: A BMA utiliza como banco de dados padrão o MySql 5.x. As estruturas abaixo descritas, referem-se as tabelas utilizadas no armazenamento de geração de dados para o Sistema Público de Escrituração Digital de Dados Fiscais SPED - Fiscal. Importante: A BMA utiliza

Leia mais

Notas de Saída. Modelo: Posições Observações. Descrição do Campo. Página 1 de 5

Notas de Saída. Modelo: Posições Observações. Descrição do Campo. Página 1 de 5 Espécie do documento 1 3 Alfanumérico - espécie da nota ou *CT Série e subsérie 4 3 Alfanumérico-0 a 9/A a Z Número da Nota Fiscal ( ) 7 6 Numérico com zeros a esquerda Número da Nota Fiscal ( Final )

Leia mais

Descrição dos registros e campos do sistema SoftNews-CTE

Descrição dos registros e campos do sistema SoftNews-CTE Descrição dos registros e campos do sistema SoftNews-CTE 100 - Registro de consulta cadastro do Contribuinte 02 UF do contribuinte 03 CNPJ ou CPF do contribuinte Se for pessoa física, deverá conter apenas

Leia mais

EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS CONSIGNAÇÃO MERCANTIL

EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS CONSIGNAÇÃO MERCANTIL EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS CONSIGNAÇÃO MERCANTIL Cortesia: FARO CONTÁBIL (www.farocontabil.com.br) Autor: Roberto Ferreira de Freitas Data: 21/07/2006 Consignação Mercantil é a operação entre duas empresas

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

L e i a u t e d e I mp o r t a ç ã o Ar q u i v o T e x t o

L e i a u t e d e I mp o r t a ç ã o Ar q u i v o T e x t o Notas de Entrada Filler 1 4 Deixar em branco CNPJ do emitente 5 14 Preencher sem pontuação Data da entrada 19 6 Formato DDMMAA Data da emissão 25 6 Formato DDMMAA Número do documento 31 6 Numérico com

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE SUPERMERCADOS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE SUPERMERCADOS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE SUPERMERCADOS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD 1 - Informações referentes à Escrituração Fiscal Digital EFD A Escrituração Fiscal Digital é um dos módulos do um sistema púbico

Leia mais

L e i a u t e d e I mp o r t a ç ã o Ar q u i v o T e x t o

L e i a u t e d e I mp o r t a ç ã o Ar q u i v o T e x t o Notas de Saída Espécie do documento 1 3 Alfanumérico - espécie da nota ou *CT Série e subsérie 4 3 Alfanumérico-0 a 9/A a Z Número da Nota Fiscal ( ) 7 6 Numérico com zeros a esquerda Número da Nota Fiscal

Leia mais

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins 29/05/2012 1 O Sped fiscal e Pis/Confins é uma arquivo gerado através do sistema da SD Informática, onde este arquivo contem todos os dados de entrada e saída

Leia mais

Layout Soma NF-e 2.4.5

Layout Soma NF-e 2.4.5 Layout Soma NF-e 2.4.5 Leiaute para ENTRADAS e SAÍDAS Delimitador ';' Formato Data: dd/mm/yyyy Separador decimal '.' Campos não obrigatórios null e delimitador null; Obrigatoriedade S=Sim N=Não OS= Opicional

Leia mais

L e i a u t e d e Imp o r t a ç ã o A r qu i v o Te x t o

L e i a u t e d e Imp o r t a ç ã o A r qu i v o Te x t o Notas de Entrada Filler 1 4 Deixar em branco CNPJ do emitente 5 14 Preencher sem pontuação Data da entrada 19 6 Formato DDMMAA Data da emissão 25 6 Formato DDMMAA Número do documento 31 6 Numérico com

Leia mais

G5 PHOENIX SPED FISCAL

G5 PHOENIX SPED FISCAL G5 PHOENIX SPED FISCAL SUMÁRIO OBSERVAÇÕES INICIAIS... 3 1 CADASTROS... 4 1.1 - CADASTRO DAS EMPRESAS GUIA GERAL... 4 1.2 - CADASTRO DAS EMPRESAS GUIA ESCRITA... 4 1.2.1 - SPED... 5 1.2.2 - Inscrição Estadual

Leia mais

EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS VENDA FORA DO ESTABELECIMENTO

EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS VENDA FORA DO ESTABELECIMENTO EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS VENDA FORA DO ESTABELECIMENTO Cortesia: FARO CONTÁBIL (www.farocontabil.com.br) Autor: Roberto Ferreira de Freitas Data: 21/07/2006 A venda fora do estabelecimento deve ser realizada

Leia mais

Manual do Sistema para plificada do Crédito Acumulado. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria da Fazenda

Manual do Sistema para plificada do Crédito Acumulado. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria da Fazenda GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria da Fazenda Manual do Sistema para Apuração Simplificad plificada do Crédito Acumulado Versão 1.0.0.1 do Anexo I da Portaria CAT - 207, de 13-10-2009 Página 1 de

Leia mais

EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS DEMONSTRAÇÃO

EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS DEMONSTRAÇÃO EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS DEMONSTRAÇÃO Cortesia: FARO CONTÁBIL (www.farocontabil.com.br) Autor: Roberto Ferreira de Freitas Data: 21/07/2006 Para toda remessa de demonstração haverá retorno. Quando a remessa

Leia mais

Configuração de Acumuladores

Configuração de Acumuladores Configuração de Acumuladores Os acumuladores são cadastro usados pelo Módulo Domínio Sistemas Fiscal para permitir a totalização dos valores lançados nos movimentos de entradas, saídas, serviços, outras

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Notas Fiscais Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões... 3 3.2 Configurar NF-e... 4 3.2.1 Aba Geral... 5 3.2.2 Opções... 6 3.3 Processador

Leia mais

ANEXO 7 MODELOS DE LIVROS E DOCUMENTOS FISCAIS TERMO DE APRESENTAÇÃO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DA FAZENDA TERMO DE APRESENTAÇÃO

ANEXO 7 MODELOS DE LIVROS E DOCUMENTOS FISCAIS TERMO DE APRESENTAÇÃO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DA FAZENDA TERMO DE APRESENTAÇÃO ANEXO 7 MODELOS DE LIVROS E DOCUMENTOS FISCAIS TERMO DE APRESENTAÇÃO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DA FAZENDA TERMO DE APRESENTAÇÃO ESCRITURAÇÃO FISCAL DO A ESCRITURAÇÃO FISCAL A SEGUIR REGISTRADA, REGIDA

Leia mais

Orientação para escrituração e emissão de Documentos Fiscais de Entrada / Saída, Devoluções, Cadastro de Produtos.

Orientação para escrituração e emissão de Documentos Fiscais de Entrada / Saída, Devoluções, Cadastro de Produtos. Orientação para escrituração e emissão de Documentos Fiscais de Entrada / Saída, Devoluções, Cadastro de Produtos. Simples Nacional Senhores empresários, deverão ser escriturados todos os Documentos Fiscais

Leia mais

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática 1 A Rotina de lançamento de Notas Fiscais de Serviço foi alterada, agora os

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Configurando o módulo... 5 Impostos... 5 Situação Tributária... 6 Configurações para I.C.M.S. Retido... 8 Configurações para Redução de Base de Cálculo SP... 10 Natureza de

Leia mais

NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX

NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 INSTRUÇÕES INICIAIS... 3 CADASTROS... 4 CADASTRO DAS EMPRESAS... 4 CADASTRO DOS CLIENTES... 4 CADASTRO DE SOFTWARE HOUSE... 5 Histórico de Versão do

Leia mais

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital.

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA LANÇAMENTO DE UM DOCUMENTO FISCAL. 1. APRESENTAÇÃO. 2. PREPARAÇÃO PARA A GERAÇÃO DOS REGISTROS. 2.1. Classificação Física dos Documentos

Leia mais

SINDCONT-SP SINDCONT-SP

SINDCONT-SP SINDCONT-SP Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Ex-Instituto Paulista de Contabilidade - Fundado em 1919) ÓRGÃO DE PROFISSÃO LIBERAL SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS DISPOSIÇÕES GERAIS CONCEITOS Lei Complementar

Leia mais

Parâmetros. Instalação

Parâmetros. Instalação Gera Arquivo para a Receita (GeraArq 8) Este aplicativo permite gerar um arquivo para ser enviado à Receita Federal com os registros de nota/ cupons fiscais impressos pelos sistema. Instalação Para fazer

Leia mais

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE CADASTROS 2 CADASTROS Tabela de Conteúdo Cadastro de Clientes 4 Cadastro de Produtos 5 1 Cadastro... de Produtos Básico 5 2 Cadastro... de Produtos Básico + Grade de Produtos 7 3 Cadastro... de Produtos

Leia mais

Manual Prático do MerchSintegra

Manual Prático do MerchSintegra Manual Prático do MerchSintegra Bento Gonçalves Setembro de 2010 Índice 1. Introdução... 3 2. O MerchSintegra... 4 2.1. Configurador... 4 2.2. Inconsistências... 16 2.2.1. Gerar Nota Entrada... 16 2.2.2.

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE IMPORTAÇÃO

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE IMPORTAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE IMPORTAÇÃO 1. Introdução: Toda mercadoria procedente do exterior, importada a título definitivo ou não, sujeita ou não ao pagamento do imposto

Leia mais

Softmatic Sistemas Integrados de Informática

Softmatic Sistemas Integrados de Informática Softmatic Sistemas Integrados de Informática Nota Fiscal Paulista Phoenix Rua Padre Estevão Pernet 215 Tatuapé Manual de Utilização ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 INSTRUÇÕES INICIAIS...3 CADASTROS...4 CADASTRO

Leia mais

Anexo Único. Leiaute do arquivo digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007)

Anexo Único. Leiaute do arquivo digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007) Anexo Único Leiaute do digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007) 1. Cada digital deverá conter informações relativas às Notas Fiscais, modelo 1

Leia mais

Sped Fiscal do Shop Control 8

Sped Fiscal do Shop Control 8 Sped Fiscal do Shop Control 8 O Sped Fiscal do Shop Control 8 gera o arquivo de Escrituração Fiscal Digital (EFD) que faz parte do projeto SPED. O layout deste arquivo encontra-se no site http://www.fazenda.gov.br/confaz/confaz/atos/atos_cotepe/2008/ac009_08.htm

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 1 ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 5. CADASTRO OPERAÇÕES FISCAIS (CFOP)...7 6. GERAR SINTEGRA...8 7. CONTROLE DE

Leia mais

SPED PIS E COFINS SPED PIS E COFINS. Sistema Questor SPED PIS E COFINS - SPED PIS E COFINS - 0brigatoriedade. Objetivos do Curso

SPED PIS E COFINS SPED PIS E COFINS. Sistema Questor SPED PIS E COFINS - SPED PIS E COFINS - 0brigatoriedade. Objetivos do Curso Sistema Questor SPED PIS E COFINS SPED Sistema Público de Escrituração Digital EFD Escrituração Fiscal Digital Instrutor: - Jocenei Friedrich Apoio: - Sejam todos bem-vindos Objetivos do Curso Conhecer

Leia mais

Leiaute de Importação Fortes AC Fiscal Versão 71

Leiaute de Importação Fortes AC Fiscal Versão 71 Leiaute de Importação Fortes AC Fiscal Versão 71 http://fortesacfiscal.blogspot.com Formato e Estrutura do Arquivo de Importação O arquivo de importação deve ter a extensão "fs" e deve ser um arquivo-texto

Leia mais

OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 1. OPERAÇÕES INTERNAS 1.1-BASE DE CÁLCULO - OPERAÇÃO INTERNA No RICMS/SP temos as hipóteses de definição da base de cálculo do ICMS-ST

Leia mais

L e i a u t e d e I mp o r t a ç ã o Ar q u i v o T e x t o

L e i a u t e d e I mp o r t a ç ã o Ar q u i v o T e x t o Modelo: Notas de Serviço - SP - Serviços Tomados Descrição do Campo Inicial Posições Tamanho Observações Número do Livro 1 2 Manter Fixo o número 56 Tipo do Documento/Espécie do Documento 3 5 O código

Leia mais

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Sumário Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido 1. Cadastro de Empresas... 2 2. Cadastro de Participantes...

Leia mais

Orientação para escrituração e emissão de Documentos Fiscais de Entrada / Saída, Devoluções, Cadastro de Produtos.

Orientação para escrituração e emissão de Documentos Fiscais de Entrada / Saída, Devoluções, Cadastro de Produtos. 1 Orientação para escrituração e emissão de Documentos Fiscais de Entrada / Saída, Devoluções, Cadastro de Produtos. Simples Nacional Senhores empresários, deverão ser escriturados todos os Documentos

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Estorno Crédito ICMS por Saída Interna Isenta ICMS em MG

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Estorno Crédito ICMS por Saída Interna Isenta ICMS em MG 06/11/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 8 5. Informações Complementares... 8 6. Referências...

Leia mais

APOSTILA PARA O CURSO WFISCAL

APOSTILA PARA O CURSO WFISCAL TREINAMENTO Visão Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil Missão Desenvolvimento e fornecimento de soluções e serviços através de softwares para

Leia mais

AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA

AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA 2 Tabela de Conteúdo Compras 3 Lançando N.F Simples Nacional 3 1 Preenchendo... o cabeçalho 5 2 Preenchendo... o Produto 6 3 Lançamento... de Impostos 7 4 Confirmando... o Lançamento NF 8 Lançando N.F

Leia mais

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Apresentador: José Alves F. Neto Transporte - conceito ICMS X ISS Como determinar a competência Fato gerador RICMS/SP Artigo 2º - Ocorre

Leia mais

Layout Soma NF-e 2.4

Layout Soma NF-e 2.4 Layout Soma NF-e 2.4 Leiaute para ENTRADAS e SAÍDAS Delimitador ';' Formato Data: dd/mm/yyyy Separador decimal '.' Campos não obrigatórios null e delimitador null; Dados da Nota - 1:1 Reg Campo Pos Tipo/Tamanho

Leia mais

Versão 06/2012. Substituição Tributária

Versão 06/2012. Substituição Tributária Substituição Tributária 1 ÍNDICE 1. O que é a Substituição Tributária?... 3 1.1 Tipos de Substituição Tributária;... 3 1.2 Como é feito o Recolhimento da ST?... 3 1.3 Convênio e Aplicação... 3 1.4 Base

Leia mais

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido)

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Parametrizar a empresa como Lucro Presumido. 1 - Regime de Competência Qual o Regime de apuração adotado? 2 - Regime de Caixa Qual será a forma

Leia mais

PORTARIA N.º 1.505/2002-SEFAZ DE 26 DE NOVEMBRO DE 2002 ANÉXO ÚNICO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO CONTRIBUINTE

PORTARIA N.º 1.505/2002-SEFAZ DE 26 DE NOVEMBRO DE 2002 ANÉXO ÚNICO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO CONTRIBUINTE PORTARIA N.º 1.505/2002-SEFAZ DE 26 DE NOVEMBRO DE 2002 ANÉXO ÚNICO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO CONTRIBUINTE OBSERVAÇÃO: Para alteração desta portaria e de seu anexo foram utilizadas as nomenclaturas: Texto

Leia mais

GUIA PRÁTICO DO LEIAUTE SYSPAN ESCRITA FISCAL INTEGRADA COM A CONTABILIDADE

GUIA PRÁTICO DO LEIAUTE SYSPAN ESCRITA FISCAL INTEGRADA COM A CONTABILIDADE Leiaute Syspan versão 1.0 Atualização: 3 de abril de 2012 Página 1 de 12 GUIA PRÁTICO DO LEIAUTE SYSPAN ESCRITA FISCAL INTEGRADA COM A CONTABILIDADE Preenchimento de campos Para campos alfanuméricos, representados

Leia mais

1. Instalação e Registro

1. Instalação e Registro 1. Instalação e Registro 1.1. Instalando o Controle de Transportadoras Para instalar o Controle de Transportadoras, acesse o site da Bsoft (www.bsoft.com.br), entre na seção de Downloads e baixe o instalador

Leia mais

Roteiro para usar Sped no JB Cepil

Roteiro para usar Sped no JB Cepil Roteiro para usar Sped no JB Cepil Este roteiro tem o objetivo orientar os passos básicos dentro do sistema JB Cepil, para preparar o sistema e as informações para a correta geração do arquivo magnético

Leia mais

Palestra Makrosystem. SPED Fiscal voltado ao. Makro Contábil

Palestra Makrosystem. SPED Fiscal voltado ao. Makro Contábil Palestra Makrosystem SPED Fiscal voltado ao Makro Contábil Instrutor: Ademar Antônio da Silva Data: 20 de outubro de 2010 Max Gehringer Mensagem Importante Escrituração Fiscal Digital (SPED Fiscal) voltada

Leia mais

5. Web Services Informações Adicionais

5. Web Services Informações Adicionais 5. Web Services Informações Adicionais 5.1 Regras de validação As regras de validação aplicadas nos Web Service estão agrupadas da seguinte forma: Grupo Aplicação A Validação do Certificado Digital utilizada

Leia mais

L e i a u t e d e I mp o r t a ç ã o Ar q u i v o T e x t o

L e i a u t e d e I mp o r t a ç ã o Ar q u i v o T e x t o Modelo: Notas de Serviços -Outros Mun.Vs 1 -Serv.Prestados Descrição do Campo Inicial Posições Tamanho Observações Tipo do Livro 1 1 1=Registro de Notas Fiscais de Serviços Prestados 2=Reg.de N.Fiscais

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - Preenchimento dos Registros C100, C170 e 190. Matéria Elaborada com Base na Legislação Vigente em 10.11.2010.

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - Preenchimento dos Registros C100, C170 e 190. Matéria Elaborada com Base na Legislação Vigente em 10.11.2010. ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - Preenchimento dos Registros C100, C170 e 190 Matéria Elaborada com Base na Legislação Vigente em 10.11.2010. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO 2 - REGISTRO C100 - NOTA FISCAL (CÓDIGO

Leia mais

ICMS Questões Atuais

ICMS Questões Atuais Com Paulo Almada ICMS Questões Atuais EC 87/2015 (E-commerce) Exigência de emissão de Nota Fiscal Eletrônica(NF-e) para todos os contribuintes e em todas as operações; Obrigatoriedade do MDF-e(Manifesto

Leia mais

BOLETIM INFOMATIVO PARA REVENDAS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇAO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFOMATIVO PARA REVENDAS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇAO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFOMATIVO PARA REVENDAS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇAO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 CORDILHEIRA RECURSOS HUMANOS CRH 2.82a Protocolo 87504 1) O reajuste salarial será calculado corretamente mesmo quando o

Leia mais

Manual de Procedimentos Tributários para o segmento de reforma de pneus

Manual de Procedimentos Tributários para o segmento de reforma de pneus Manual de Procedimentos Tributários para o segmento de reforma de pneus Manual de Procedimentos Tributários para o segmento de reforma de pneus 1. ISSQN Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza...4

Leia mais

Respostas às dúvidas mais frequentes a respeito do SINTEGRA

Respostas às dúvidas mais frequentes a respeito do SINTEGRA Respostas às dúvidas mais frequentes a respeito do SINTEGRA Quando vou transmitir o arquivo o sistema me pede nome de usuário e senha. O que fazer? Você esta tentando transmitir o arquivo no formato TXT.

Leia mais

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente. Agosto/2005

Leia mais

Dúvidas Freqüentes sobre Sintegra

Dúvidas Freqüentes sobre Sintegra Dúvidas Freqüentes sobre Sintegra 1 - Qual a legislação pertinente a arquivos eletrônicos e onde encontrá-la? O assunto é tratado pelo Convênio ICMS 57/95 e alterações e pelo Anexo VII ao Regulamento de

Leia mais

SPED Contribuições Pis, Cofins e INSS

SPED Contribuições Pis, Cofins e INSS Versão 6.04.00 Abril/2015 SPED Contribuições Pis, Cofins e INSS Passo a Passo: Cadastros, Configurações e Operações SPED Contribuições O SPED Contribuições é um arquivo digital instituído no Sistema Publico

Leia mais

Elaboração e redação: Equipe de Ensino e Documentação Unidade Indústria da Construção UNIC

Elaboração e redação: Equipe de Ensino e Documentação Unidade Indústria da Construção UNIC Notas Fiscais Copyright 2014 By Softplan. Rod. José Carlos Daux, km 1, Nº 10 Centro de Tecnologia Ilhasoft - ParqTec Alfa João Paulo Florianópolis SC CEP 88030-000 Telefone: (48) 3027-8000 Homepage: http://www.softplan.com.br

Leia mais

MANUAL DO SINTEGRA GRF-CBT

MANUAL DO SINTEGRA GRF-CBT MANUAL DO SINTEGRA GRF-CBT ÍNDICE Quem deve entregar o arquivo magnético?...7 Contribuinte enquadrado como microempresa no cadastro de contribuintes do ICMS da SEFAZ / SP está obrigado a entregar informações

Leia mais

AC FISCAL MANUAL SPED ICMS & IPI

AC FISCAL MANUAL SPED ICMS & IPI AC FISCAL MANUAL SPED ICMS & IPI Esse manual tem por objetivo mostrar os campos que necessariamente devem estar preenchidos no AC Fiscal e os principais erros por conta da falta nas informações. A seguir,

Leia mais

Instruções de Documentação e Envio para Troca como Pessoa Jurídica

Instruções de Documentação e Envio para Troca como Pessoa Jurídica Instruções de Documentação e Envio para Troca como Pessoa Jurídica 1. Emita a nota fiscal de troca pela garantia de acordo com o exemplo e instruções das próximas páginas. 2. Embale o HD com a documentação

Leia mais

L e i a u t e d e I mp o r t a ç ã o Ar q u i v o T e x t o

L e i a u t e d e I mp o r t a ç ã o Ar q u i v o T e x t o Modelo: Notas de Serviço SP Serviços Prestados Descrição do Campo Inicial Posições Tamanho Observações Tipo do Livro 1 1 1Registro de Notas Fiscais de Serviços Prestados 2Reg.de N.Fiscais Faturas de Serv.Prest.

Leia mais

Índice. Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Sistema Folhamatic Fiscal 2

Índice. Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Sistema Folhamatic Fiscal 2 Índice Central Folhamatic...06 Menu Arquivos...07 Cadastro de Empresas... 07 Aba Básico... 07 Aba Escrita Fiscal... 08 Responsável... 09 Responsável pela Contabilidade... 10 Saldos... 11 ICMS e IPI...

Leia mais

PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe.

PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe. PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe. Após clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NF-e, o sistema irá exibir uma série de

Leia mais

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin Módulo 14 CgaInformatica NFe NFe para o Sistema Retwin 2 Sumário O que é... 3 Benefícios... 3 Requisitos para Instalação e Implantação... 3 Obrigação Backup... 4 Configuração Geral do Sistema... 5 Cadastro

Leia mais

7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS... 3

7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS... 3 1 7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS... 3 7.1 Guia de Recolhimento Gare/ICMS...3 7.1.a Campo Data de Vencimento... 3 7.1.b Campo Código Receita... 3 7.1.c Campos: Contribuinte, Endereço, Inscrição

Leia mais

Novembro/ 2015. Minas Gerais ICMS-MG. Santa Catarina. São Paulo. Rio Grande do Sul Santa Catarina Minas Gerais

Novembro/ 2015. Minas Gerais ICMS-MG. Santa Catarina. São Paulo. Rio Grande do Sul Santa Catarina Minas Gerais Novembro/ 2015 02 ICMS-MG 03 04 05 a) Contribuintes optantes pelo Simples Nacional - Diferencial de alíquotas- Fato Gerador de Agosto/2015; b) Contribuintes optantes pelo Simples Nacional - Pagamento Antecipado

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PARÂMETROS DE LANÇAMENTOS PARAMETRIZAÅÇO PARA O MÉDULO LANÅAMENTOS NO SISTEMA ARQUIVO > LANÅAMENTOS > PARÑMETROS E CONFIGURAÅÖES PREENCHIMENTO DAS GUIAS: 1. GUIA IMPOSTOS: a) Contas relacionadas à apuração

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF 2012 Livros da Apuração do ICMS. (atualizado até 27/09/2013)

ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF 2012 Livros da Apuração do ICMS. (atualizado até 27/09/2013) ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF 2012 Livros da Apuração do ICMS (atualizado até 27/09/2013) 2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...5 2. REQUISITOS GERAIS DA ESCRITURAÇÃO FISCAL...5 2.1 Fonte dos lançamentos...5 2.2 Tempestividade

Leia mais

Fevereiro/ 2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC; São Paulo. Minas Gerais. Santa Catarina

Fevereiro/ 2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC; São Paulo. Minas Gerais. Santa Catarina Fevereiro/ 2015 02 a)contribuintes optantes pelo Simples Nacional - Diferencial de alíquotas- FG de Novembro/2014; b)simples NACIONAL Pagamento Antecipado na entrada no Estado de de mercadorias sujeitas

Leia mais

Conhecimento de Transporte Eletrônico. Janeiro de 2009

Conhecimento de Transporte Eletrônico. Janeiro de 2009 Conhecimento de Transporte Eletrônico Janeiro de 2009 Histórico do Projeto Sucesso da implantação do projeto Nota Fiscal Eletrônica iniciado em 2005; Nov/2006 III Encontro Nacional de Administradores Tributários

Leia mais

ICMS/SP - Principais operações - Venda à ordem

ICMS/SP - Principais operações - Venda à ordem ICMS/SP - Principais operações - Venda à ordem Sumário 1. Introdução... 2 2. Operações de venda à ordem - emissão de documentos fiscais... 3 2.1 Procedimentos adotados pelo vendedor remetente (fornecedor)...

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA GABINETE DO SECRETÁRIO DA FAZENDA - GSF Home Page: www.sefaz.pi.gov.br

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA GABINETE DO SECRETÁRIO DA FAZENDA - GSF Home Page: www.sefaz.pi.gov.br GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA GABINETE DO SECRETÁRIO DA FAZENDA - GSF Home Page: www.sefaz.pi.gov.br COMUNICADO SEFAZ Nº 003/2007 Informa sobre a instituição da Declaração de Informações

Leia mais

AUDITORIA FISCO-CONTÁBIL DAS DEMONSTRAÇÕES ELETRÔNICAS COMPLIANCE FISCAL ELETRÔNICO

AUDITORIA FISCO-CONTÁBIL DAS DEMONSTRAÇÕES ELETRÔNICAS COMPLIANCE FISCAL ELETRÔNICO AUDITORIA FISCO-CONTÁBIL DAS DEMONSTRAÇÕES ELETRÔNICAS COMPLIANCE FISCAL ELETRÔNICO Nossos serviços de auditoria das Obrigações Eletrônicas utilizam ferramentas que permitem auditar os arquivos enviados

Leia mais

Sistema de Livros Fiscais Imediata

Sistema de Livros Fiscais Imediata 1 Sistema de Livros Fiscais Imediata 2 Descritivo das Rotinas Operacionais do Sistema de Livros Fiscais para geração EFD PIS/Cofins SPED Contribuições Após a instalação do Sistema de Livros Fiscais, basta

Leia mais

SINTEGRA Convênio ICMS 57/95

SINTEGRA Convênio ICMS 57/95 Soluções em Gerenciamento e Produtividade SINTEGRA Convênio ICMS 57/95 Ficam obrigados às disposições deste Convênio os seguintes contribuintes: Todas as empresas que emitirem documento fiscal e/ou escriturar

Leia mais

ÍCONES DE CONTROLE DO PROGRAMA DIEF...4 BARRA DE FERRAMENTAS...5 CADASTRO DO CONTABILISTA...8 Cadastro...8 Lista...10 CADASTRO DE CONTRIBUINTE...

ÍCONES DE CONTROLE DO PROGRAMA DIEF...4 BARRA DE FERRAMENTAS...5 CADASTRO DO CONTABILISTA...8 Cadastro...8 Lista...10 CADASTRO DE CONTRIBUINTE... ÍCONES DE CONTROLE DO PROGRAMA DIEF...4 BARRA DE FERRAMENTAS...5 CADASTRO DO CONTABILISTA...8 Cadastro...8 Lista...10 CADASTRO DE CONTRIBUINTE...11 Cadastro...11 Lista...13 SELECIONAR CONTRIBUINTE...14

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF 2012 Livros da Apuração do ICMS. atualizado em 24/09/2015 alterados os itens 3.8.2.2 e 5.4.2

ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF 2012 Livros da Apuração do ICMS. atualizado em 24/09/2015 alterados os itens 3.8.2.2 e 5.4.2 atualizado em 24/09/2015 alterados os itens 3.8.2.2 e 5.4.2 ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF 2012 Livros da Apuração do ICMS 2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...7 2. REQUISITOS GERAIS DA ESCRITURAÇÃO FISCAL... 7 2.1 Fonte

Leia mais

Acesso do sistema. Para acessar o sistema, basta dar dois cliques neste ícone ou ir pelo menu Iniciar, como mostra na figura abaixo.

Acesso do sistema. Para acessar o sistema, basta dar dois cliques neste ícone ou ir pelo menu Iniciar, como mostra na figura abaixo. Manual do usuário Acesso do sistema Página 1 Veja que em sua área de trabalho irá aparecer o ícone do Sistema. Para acessar o sistema, basta dar dois cliques neste ícone ou ir pelo menu Iniciar, como mostra

Leia mais

Relatório de Mudanças

Relatório de Mudanças Relatório de Mudanças Versão 6.0g, Maio / 2015 PROBLEMA NF-e Foi feita uma modificação no sistema para que os valores unitários e os de quantidade saiam corretos e exatamente iguais tanto no lançamento

Leia mais

Roteiro de Cadastros - GESTOR

Roteiro de Cadastros - GESTOR Página1 INDICE 1. MODULO EMPRESA 1.1. CADASTRO DE USUARIO --------------------------------------------------------------------- 4 1.2. CADASTRO DA EMPRESA --------------------------------------------------------------------

Leia mais

ARRENDAMENTO MERCANTIL OU LEASING. (atualizado até 17/01/2014)

ARRENDAMENTO MERCANTIL OU LEASING. (atualizado até 17/01/2014) ARRENDAMENTO MERCANTIL OU LEASING (atualizado até 17/01/2014) 2 ÍNDICE 1. CONCEITOS...4 1.1. Arrendamento Mercantil ou Leasing...4 1.2. Arrendador...4 1.3. Arrendatário...4 2. SISTEMA DE TRIBUTAÇÃO...5

Leia mais

1. Novo cálculo, relatório e processo de geração do arquivo magnético da Contr. Prev. sobre Receita Bruta (Pct. 3405, 3408 e 3815).

1. Novo cálculo, relatório e processo de geração do arquivo magnético da Contr. Prev. sobre Receita Bruta (Pct. 3405, 3408 e 3815). * Inovações: 1. Novo cálculo, relatório e processo de geração do arquivo magnético da Contr. Prev. sobre Receita Bruta (Pct. 3405, 3408 e 3815). Modificada a forma de geração do cálculo da Contribuição

Leia mais

Julho/2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC. Santa Catarina Minas Gerais. Federal Santa Catarina São Paulo. Rio Grande do Sul Minas Gerais

Julho/2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC. Santa Catarina Minas Gerais. Federal Santa Catarina São Paulo. Rio Grande do Sul Minas Gerais Julho/2015 01 02 03 04 05 06 07 ICMS-MG IRRF; IOF; APRENDIZAGEM - NÚMERO DE MATRÍCULAS NOVAS. Código de Prazo de Recolhimento (CPR): 1031 - FG GIA/Água Natural MG - DAPI 1; ICMS-MG Fumo; ICMS-MG ICMS/

Leia mais

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999)

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999) 1 2 1. Duplicação das informações de uma empresa para outra Juntamente com a instalação do sistema Office encaminhamos anexada a empresa modelo, que contem cadastros que podem ser utilizados nas empresas

Leia mais

TRANSPORTE RODOVIARIO CARGA MODULO DOCUMENTOS FISCAIS

TRANSPORTE RODOVIARIO CARGA MODULO DOCUMENTOS FISCAIS TRANSPORTE RODOVIARIO DE CARGA MODULO DOCUMENTOS FISCAIS Osny Afonso de Oliveira Consultor Tributário Técnico Contábil - CRC 1 SP 044544/P-3 1 SERVIÇOS DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO CONSIDERAÇÕES INICIAIS O

Leia mais

Preenchimento da NFC-e. Orientações para o contribuinte do Estado do Rio de Janeiro

Preenchimento da NFC-e. Orientações para o contribuinte do Estado do Rio de Janeiro Orientações para o contribuinte do Estado do Rio de Janeiro Atualizado em 19 de agosto de 2015 2 Contribuinte, Este manual tem como objetivo ajudá-lo no preenchimento da NFC-e (Nota Fiscal de Consumidor

Leia mais

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades Versão 8.2A-01 Versão Final da Apostila de Novidades Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas

Leia mais

ECF /CF-e SAT Alterações para 2014. Elisangela Marques Perez

ECF /CF-e SAT Alterações para 2014. Elisangela Marques Perez ECF /CF-e SAT Alterações para 2014 Elisangela Marques Perez PALESTRANTE ELISANGELA MARQUES PEREZ Contadora e consultora tributária, com mais de 14 anos de experiência na área fiscal, especializada em tributos

Leia mais