SEE 3 de Outubro. 15/mar/15

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SEE 3 de Outubro. 15/mar/15"

Transcrição

1 SEE 3 de Outubro 15/mar/15

2 O fortalecimento dos laços de família em defesa da vida Marco Milani

3 Quem ficou procurando diferentes configurações familiares na imagem anterior?

4 A época, o local, os costumes, a legislação, as crenças e os valores influenciam e determinam a concepção de família.

5 O Evangelho segundo o Espiritismo Cap. 14 HONRA A TEU PAI E A TUA MÃE Parentesco Corporal e Espiritual A ingratidão dos filhos e os laços de família

6 Parentesco Corporal e Espiritual ESE cap.14 i.8 Os laços de sangue não estabelecem necessariamente os laços espirituais. O corpo procede do corpo, mas o Espírito não procede do Espírito, porque este existia antes da formação do corpo. O pai não gera o Espírito do filho: fornece-lhe apenas o envoltório corporal. Mas deve ajudar seu desenvolvimento intelectual e moral, para o fazer progredir.

7 A ingratidão dos filhos e os laços de família ESE cap.14 i.9 Oh!, espíritas! (...) Compreendei que, quando gerais um corpo, a alma que se encarna vem do espaço para progredir. Tomai conhecimento dos vossos deveres, e ponde todo o vosso amor em aproximar essa alma de Deus: é essa a missão que vos está confiada e da qual recebereis a recompensa, se a cumprirdes fielmente.

8 Kardec e os Espíritos abordam a concepção de família estruturada em pais e filhos, destacando-se a oportunidade evolutiva da convivência entre seres afins e entre aqueles que necessitam se harmonizar. Esquecimento do passado (LE 392)

9 Parentesco e Filiação LE 203 a Os pais transmitem aos filhos uma porção de sua alma, ou nada mais fazem do que lhes dar a vida animal, a que uma nova alma vem juntar depois a vida moral? Somente a vida animal, porque a alma é indivisível. Um pai estúpido pode ter filhos inteligentes, e vice-versa.

10 Parentesco e Filiação LE 203 a Desde que tivemos muitas existências, o parentesco remonta às anteriores? Não poderia ser de outra maneira. A sucessão das existências corpóreas estabelece entre os Espíritos liames que remontam às existências anteriores; disso decorrem frequentemente as causas de simpatia entre vós e alguns Espíritos que vos parecem estranhos.

11 Parentesco e Filiação LE 203 a Segundo certas pessoas, a doutrina da reencarnação parece destruir os laços de família, fazendo-as remontar às existências anteriores. Ela os amplia, em vez de destruí-los. Baseando-se o parentesco em afeições anteriores, os laços que unem os membros de uma mesma família são menos precários. A reencarnação amplia os deveres da fraternidade, pois no vosso vizinho ou no vosso criado pode encontrar-se um Espírito que foi do vosso sangue.

12 Parentesco e Filiação LE 203 a a) Ela diminui, entretanto, a importância que alguns atribuem à sua filiação, porque se pode ter tido como pai um Espírito que pertencia a uma outra raça, ou que tivesse vivido em condição bem diversa. É verdade; mas essa importância se baseia no orgulho. (...)

13 O nosso globo está submetido à leis do progresso. Ele progride moralmente pela depuração dos Espíritos que o povoam. A humanidade progride pelo desenvolvimento da inteligência, do senso moral e do abrandamento dos costumes. Quando a humanidade está madura para subir um degrau, então pode-se dizer que são chegados os tempos.

14 São chegados os tempos, dizem-nos de todas as partes, marcados por Deus, em que grandes acontecimentos se vão dar para a regeneração da humanidade. jan/1858 Como? Incrédulo Nega a Providência Questionador racional Crente místico Espera fatos mágicos e sobrenaturais

15 O universo é um mecanismo incomensurável regulado e mantido por Deus. O que nos parecem perturbações e irregularidades nada mais são do que movimentos parciais e isolados, não compreendidos por nossa limitada visão.

16 O homem tem alcançado resultados significativos no campo científico, nas artes e no bem-estar material...

17 Resta-lhes ainda um imenso progresso a realizar: o de fazerem que entre si reine a caridade, a fraternidade, a solidariedade, que lhes assegurem o bem-estar moral. Faz-se preciso, pois, destruir tudo o que superexcite neles o orgulho e o egoísmo.

18 Quando se vos diz que a humanidade chegou a um período de transformação e que a Terra tem que se elevar na hierarquia dos mundos, nada de místico vejais nessas palavras; vede, ao contrário, a execução de uma das grandes leitas fatais do universo, contra as quais se quebra toda a má vontade humana.

19 Decerto a humanidade se transforma como já se transformou noutras épocas e está, há quase um século, no trabalho de sua transformação. (1868) Quando uma revolução social se produz na Terra, igualmente abala o mundo invisível, onde todas as paixões, boas e más, se exarcebam, como entre vós.

20 Para que na Terra os homens sejam felizes, é preciso que a povoem somente espíritos bons. Na época atual (1868) confundem-se elementos das duas gerações - bons e maus (atrasados)

21 Havendo chegado o tempo, grande emigração se verifica dos que a habitam. (1868)

22 Pluralidade dos Mundos Habitados Os Espíritos habitam diferentes planetas conforme o seu grau de perfeição. (habito em) Júpiter. Ali desfruto de uma grande calma. Amo a todos que me rodeiam. Não temos ódio. Mozart. RE maio/1858

23 A nova geração se distingue por inteligência e razão geralmente precoces, junto ao sentimento inato do bem e crenças espiritualistas. A regeneração da humanidade não exige, portanto, a renovação integral dos Espíritos: basta uma modificação em suas disposições morais. Assim, com frequência, os que reencarnam não são outros Espíritos, mas os mesmos pensando e sentindo de maneira diferente.

24

25 Convite à Humanidade para a reflexão Quem somos? De onde viemos? Para onde iremos?

26 MUITA PAZ! Marco Milani

mies_de_amor@yahoo.com.ar

mies_de_amor@yahoo.com.ar Pautas para publicar artigos na Revista Espírita Mies de Amor Os artigos: podem ser escritos em espanhol ou em português; serão desconsiderados se não seguirem as pautas estabelecidas; serão recusados

Leia mais

Item 19 - Benéficos pagos com a ingratidão

Item 19 - Benéficos pagos com a ingratidão O Evangelho Segundo o Espiritismo Cap. XIII - Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita Item 19 - Benéficos pagos com a ingratidão GEDHE 02/04/16 Claudio C. Conti www.ccconti.com ESE

Leia mais

www.autoresespiritasclassicos.com

www.autoresespiritasclassicos.com www.autoresespiritasclassicos.com A Importância da Bíblia para a Doutrina Espírita Astrid Sayegh Filósofa, é Diretora de Cursos Básicos da Federação Espírita do Estado de São Paulo A Humanidade já foi

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas Roteiro 28

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas Roteiro 28 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas Roteiro 28 Objetivos Analisar a citação de Jesus: Há muitas moradas na casa do Pai, à luz da

Leia mais

19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos?

19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos? 19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos? GUIA PROTECTOR Sens, 1862 Essas pessoas têm mais egoísmo do

Leia mais

ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS

ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS OBJETIVO GERAL: Com base em O Livro dos Espíritos, também eixo gerador das demais quatro obras básicas da Codificação Espírita, estudar a Doutrina Espírita, estudar ALLAN

Leia mais

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS. www.espiritizar.com.br

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS. www.espiritizar.com.br ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS MÓDULO 6 O SIGNIFICADO DA LEI DA REENCARNAÇÃO EM NOSSAS VIDAS REENCARNAÇÃO E EVOLUÇÃO ESPIRITUAL 4ª. parte 12º. ENCONTRO REENCARNAÇÃO

Leia mais

Magistério profético na construção da Igreja do Porto

Magistério profético na construção da Igreja do Porto Magistério profético na construção da Igreja do Porto Excertos do pensamento de D. António Ferreira Gomes entre 1969-1982 A liberdade é sem dúvida um bem e um direito, inerente à pessoa humana, mas é antes

Leia mais

Pluralidade dos Mundos Habitados. Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF

Pluralidade dos Mundos Habitados. Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF Habitados Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF Jesus referiu-se em algum momento de suas pregações à existência de outros mundos habitados? Qualquer pessoa que pensa, ao

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Citar as principais características dos bons

Leia mais

EMPREENDEDORISMO CONCEITOS... 21/03/2014 EMPREENDEDOR? EMPREENDEDOR? EMPREENDEDOR? IMPORTANTE!!!!!

EMPREENDEDORISMO CONCEITOS... 21/03/2014 EMPREENDEDOR? EMPREENDEDOR? EMPREENDEDOR? IMPORTANTE!!!!! EMPREENDEDORISMO CONCEITOS... Profa. MsC. Célia Regina Beiro da Silveira celiabeiro@expresso.com.br EMPREENDEDOR? EMPREENDEDOR? É aquele que destrói a ordem econômica existente pela introdução de novos

Leia mais

Evangelizadora, antes de mais, em razão do seu nome. A Universidade Católica não é

Evangelizadora, antes de mais, em razão do seu nome. A Universidade Católica não é A UNIVERSIDADE CATÓLICA E A SUA PROJECÇÃO EVANGELIZADORA A Universidade Católica, pela sua identidade e missão, tem um indeclinável projecto de evangelização. A Universidade Católica é, por definição,

Leia mais

Explicar o significado de bem e de mal, segundo as orientações espíritas.

Explicar o significado de bem e de mal, segundo as orientações espíritas. Roteiro 1 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo III Os vícios e as virtudes Conceituar bem e mal Explicar o

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada OBJETIVOS Esclarecer o significado da expressão

Leia mais

Curso OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015. LEI DIVINA ou NATURAL e LEI DE ADORAÇÃO

Curso OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015. LEI DIVINA ou NATURAL e LEI DE ADORAÇÃO Curso OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015 LEI DIVINA ou NATURAL e LEI DE ADORAÇÃO José Aparecido 18.03.2015 CURSO DOUTRINARIO OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015 Aulas Curso Doutrinário OAM Turma 6

Leia mais

SEF Sociedade Espírita Fraternidade Estudo Teórico-prático da Doutrina Espírita

SEF Sociedade Espírita Fraternidade Estudo Teórico-prático da Doutrina Espírita SEF Sociedade Espírita Fraternidade Estudo Teórico-prático da Doutrina Espírita Unidade 3 Tema: CRIAÇÃO DIVINA Elementos Gerais do Universo: Espírito e Matéria. Formação dos Mundos e dos Seres Vivos. Os

Leia mais

Consagração a Maria. Consagração a Maria. Consagração a Maria. Consagração a Maria. Consagração a Maria. Consagração a Maria. Consagração a Maria

Consagração a Maria. Consagração a Maria. Consagração a Maria. Consagração a Maria. Consagração a Maria. Consagração a Maria. Consagração a Maria amar a mim amar a mim amar a mim amar a mim amar a mim amar a mim amar a mim amar a mim Mãe. Eu Vos amo tanto! Mãe. Eu Vos amo tanto! Mãe. Eu Vos amo tanto! Mãe. Eu Vos amo tanto! Mãe. Eu Vos amo tanto!

Leia mais

GRUPO ESPÍRITA SEARA DO MESTRE Adriana Pizzuti Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br

GRUPO ESPÍRITA SEARA DO MESTRE Adriana Pizzuti Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br GRUPO ESPÍRITA SEARA DO MESTRE Adriana Pizzuti Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br Hydesville- Março 1848 Fenômenos de Hydesville França 1855 Mesas girantes Allan Kardec Doutrina Espírita

Leia mais

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las.

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las. FICHA DA SEMANA 5º ANO A e B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

TRANSIÇÃO PLANETÁRIA.

TRANSIÇÃO PLANETÁRIA. TRANSIÇÃO PLANETÁRIA. PLANETA TERRA. Mundo de Provas e Expiações (dores físicas e morais) Passagem para Mundo de Regeneração (transformação moral) GERAÇÃO NOVA. FINALIDADE DOS DESENCARNES COLETIVOS. PLANETA

Leia mais

Festa Sagrada Família

Festa Sagrada Família Festa Sagrada Família Homilia para a Família Salesiana (P. J. Rocha Monteiro) Sagrada Família de Jesus, Maria e José 1. No Domingo, dentro da oitava do Natal, celebra-se sempre a festa da Sagrada Família.

Leia mais

ENTREVISTA. Tonny Robert. Professor universitário e Presidente da ARCAS Associação Ramatís Caridade Amor Sabedoria tonnyr@uol.com.

ENTREVISTA. Tonny Robert. Professor universitário e Presidente da ARCAS Associação Ramatís Caridade Amor Sabedoria tonnyr@uol.com. ANO 1, REVISTA Nº 10, DEZEMBRO/2015 EDITORIAL Nosso convidado deste mês é Presidente de um Centro Espírita bastante eclético e proativo na divulgação do Espiritismo e assistência social. Enfrentou questões

Leia mais

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire Este questionário foi aplicado durante o mês de Outubro a 105 alunos do 7º e 8º ano e pretende avaliar o nível de conhecimento que os alunos têm sobre Direitos da Criança. This questionnaire has been applied

Leia mais

Consagração a Maria. como filho de Deus. Ajude-me a amar a mim mesmo como filho de Deus.

Consagração a Maria. como filho de Deus. Ajude-me a amar a mim mesmo como filho de Deus. mim mim mim mim mim mim mim mim Mãe. Eu Vos amo tanto! Mãe. Eu Vos amo tanto! Mãe. Eu Vos amo tanto! Mãe. Eu Vos amo tanto! Mãe. Eu Vos amo tanto! Mãe. Eu Vos amo tanto! Mãe. Eu Vos amo tanto! Mãe. Eu

Leia mais

Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral

Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral Caracteres do homem de bem Questão: 918 O homem de bem tira boas coisas do bom tesouro do seu coração e o mau tira as más do mau tesouro do seu coração; porquanto,

Leia mais

A Exposição Doutrinária Como Meio de Divulgação da Doutrina Espírita.

A Exposição Doutrinária Como Meio de Divulgação da Doutrina Espírita. A Exposição Doutrinária Como Meio de Divulgação da Doutrina Espírita. Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br Elaborado pelo DEDO UME Santo Ângelo REFLEXÕES INICIAIS... POR QUE PREGAR... O

Leia mais

Vivendo em grupo. Que sugestão você daria a dona Rosa para que as galinhas não se bicassem?...

Vivendo em grupo. Que sugestão você daria a dona Rosa para que as galinhas não se bicassem?... A UU L AL A Vivendo em grupo Todos os dias, pela manhã e à tarde, dona Rosa chamava suas galinhas para lhes dar comida. Elas vinham correndo e, assim que chegavam, dona Rosa começava a jogar o milho ou

Leia mais

Seguindo a Verdade em Amor Gálatas 5:22-26 Introdução:

Seguindo a Verdade em Amor Gálatas 5:22-26 Introdução: Seguindo a Verdade em Amor Gálatas 5:22-26 Introdução: Observações Preliminares: Fruto do Espírito aparece no singular porque na visão de Paulo ele é conjunto de qualidade morais que caracterizam o cristão.

Leia mais

PROJETO EDUCARE. (Educação, Amor e. Reconhecimento)

PROJETO EDUCARE. (Educação, Amor e. Reconhecimento) EDUCAÇÃO DA VIDA PROJETO EDUCARE (Educação, Amor e Reconhecimento) DESEJOS FUNDAMENTAIS DO SER HUMANO EDUCAÇÃO AMOR RECONHECIMENTO EDUCAÇÃO *Ser elogiado AMOR *Ser amado *Ser livre RECONHECIMENTO *Ser

Leia mais

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo.

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo. MATRMÓNO 321 rmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo (ou: cantando): Ou: Abençoai,

Leia mais

18º ENCONTRO ESPÍRITA SOBRE MEDIUNIDADE

18º ENCONTRO ESPÍRITA SOBRE MEDIUNIDADE 18º ENCONTRO ESPÍRITA SOBRE MEDIUNIDADE CONCLUSÃO DOS ESTUDOS REALIZADOS COM BASE NAS MENSAGENS DE ANTONIO DE AQUINO E NA ENTREVISTA COM ALTIVO FÉ E MEDITAÇÃO Fé adesão absoluta do espírito àquilo que

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: O Sofrimento Moral Palestrante: Ricardo Bicudo Rio de Janeiro 28/05/1999 Organizadores da palestra: Moderador: "Wania" (nick: Moderador

Leia mais

O fascínio por histórias

O fascínio por histórias O fascínio por histórias Histórias que Jesus contou... Significado de Parábola: s.f. Comparação desenvolvida em pequeno conto, no qual se encerra uma verdade, um ensinamento. Trata-se de uma história curta,

Leia mais

Cotas raciais nas universidades, a contradição do Brasil!

Cotas raciais nas universidades, a contradição do Brasil! Cotas raciais nas universidades, a contradição do Brasil! Nathália Norgi Weller 1 RESUMO: A partir do ano de 2001, entra em vigor a lei 3.708, que assegura a negros e pardos 20% das vagas nas universidades

Leia mais

É proibida a COMERCIALIZAÇÃO

É proibida a COMERCIALIZAÇÃO - 1 - ESTUDO DO LIVRO DOS MÉDIUNS PARTE 1: NOÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO I: EXISTEM ESPÍRITOS? Liz Bittar Fevereiro de 1998 (1 a. versão em Fevereiro de 1990) - 2 - ESTUDO DO LIVRO DOS MÉDIUNS CAP. I EXISTEM

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DAS EXPOSIÇÕES DOUTRINÁRIAS PÚBLICAS

PROGRAMAÇÃO DAS EXPOSIÇÕES DOUTRINÁRIAS PÚBLICAS PROGRAMAÇÃO DAS EXPOSIÇÕES DOUTRINÁRIAS PÚBLICAS S E T E M B R O D E 2 0 1 5 DIA SEMANA HORÁRIO EXPOSITORES TEMA 01/09 3ª FEIRA 20h às 20h30 Jaques Schaefer 02/09 4ª FEIRA 10h às 10h30 Patrícia Tomazoni

Leia mais

LIÇÃO 7 Da Pluralidade dos Mundos Habitados. 2010 United States Spiritist Council

LIÇÃO 7 Da Pluralidade dos Mundos Habitados. 2010 United States Spiritist Council LIÇÃO 7 Da Pluralidade dos Mundos Habitados 2010 United States Spiritist Council Existência*de*Deus! Existência dos espíritos e sua sobrevivência após a morte* Reencarnação* Pluralidade dos mundos habitados*

Leia mais

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA Objectivos: 1. Descobrir na entrega da vida de Jesus a plenitude da Sua relação com Deus Pai. 2. Acolher a fidelidade de Jesus a esta relação como geradora de vida

Leia mais

TÓPICOS. 9. Evangelho no Lar Exceções 10. Mensagem de André Luiz

TÓPICOS. 9. Evangelho no Lar Exceções 10. Mensagem de André Luiz REUNIÕES MEDIÚNICAS TÓPICOS 1.Conceito de Reunião Mediúnica 2.Características 3.Responsabilidade do Médium 4.Condições para a realização de uma reunião mediúnica 5.Objetivo e natureza das reuniões 6.Necessidades

Leia mais

André Urani (aurani@iets.inf.br)

André Urani (aurani@iets.inf.br) Um diagnóstico socioeconômico do Estado de a partir de uma leitura dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do IBGE (1992-4) André Urani (aurani@iets.inf.br) Maceió, dezembro de 5 Introdução

Leia mais

VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA. D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA

VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA. D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque

Leia mais

Proposta da Doutrina Espírita para a Educação do Homem. Claudia Werdine claudiawerdine@hotmail.com

Proposta da Doutrina Espírita para a Educação do Homem. Claudia Werdine claudiawerdine@hotmail.com Proposta da Doutrina Espírita para a Educação do Homem Claudia Werdine claudiawerdine@hotmail.com Como vai o nosso mundo? Como poderemos transformar esta triste realidade? O progresso intelectual

Leia mais

Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948)

Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948) Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948) PREÂMBULO Considerando que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana e dos seus direitos iguais e inalienáveis constitui

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: Fabielli Vieira de July 1.2 Público alvo: alunos do 8º e 9º anos 1.3 Duração: 2 h 1.4 Conteúdos desenvolvido: As Pirâmides do Egito e a

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo III Ensinos por Parábolas

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo III Ensinos por Parábolas FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo III Ensinos por Parábolas Objetivo Interpretar a parábola da rede, segundo o entendimento

Leia mais

Inteligência Emocional + Coaching = Alta Performance Pessoal e Profissional

Inteligência Emocional + Coaching = Alta Performance Pessoal e Profissional Inteligência Emocional + Coaching = Alta Performance Pessoal e Profissional TAUILY CLAUSSEN D ESCRAGNOLLE TAUNAY PSICÓLOGO CRP 11/05595 MESTRE E DOUTORANDO EM CIENCIAS MEDICAS (FAMED/UFC) PROFESSOR DO

Leia mais

EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan

EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan (Entra um jovem em cena e se depara com um cartaz da campanha da fraternidade (2015). O jovem lê o lema em voz alta): JOVEM: (Lendo) Eu vim para servir! JOVEM:

Leia mais

Meninos e Meninas Brincando

Meninos e Meninas Brincando Meninos e Meninas Brincando J. C. Ryle "As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão." (Zc.8:5) Queridas crianças, o texto acima fala de coisas que acontecerão. Deus está nos

Leia mais

O Ensino religioso nas escolas Públicas

O Ensino religioso nas escolas Públicas O Ensino religioso nas escolas Públicas Scates Dias¹ Humberto Resumo O presente artigo tem como finalidade abordar a questão do ensino religioso nas escolas. Através de uma pesquisa bibliográfica procuraremos

Leia mais

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 43 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 43 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 43 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) II CICLO A IDADES: 09/10 PLANO DE AULA 1. TEMA: O Espiritismo e a Vida no Mundo Espiritual.

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA Da natureza, nada se tira a não ser fotos, nada se deixa além de pegadas e nada se leva além de lembranças. REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA Enquadramento O Concurso fotografia Natureza em Destaque

Leia mais

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA 1 2 SEDENTARISMO é a falta de atividade física suficiente e pode afetar a saúde da pessoa. A falta de atividade física não está ligada a não praticar esportes.

Leia mais

ESDE. Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita

ESDE. Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita Unidade 2 Sub-unidade 3 ESDE Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita O Livro dos Espíritos trata da imortalidade da alma, da natureza dos Espíritos e de suas relações com os homens, das leis morais,

Leia mais

LE 702 a 727 676. Por que o trabalho se impõe ao homem? Por ser uma consequência da sua natureza corpórea. É expiação e, ao mesmo tempo, meio de aperfeiçoamento da sua inteligência... Q. 719 É natural

Leia mais

EDUCADOR, MEDIADOR DE CONHECIMENTOS E VALORES

EDUCADOR, MEDIADOR DE CONHECIMENTOS E VALORES EDUCADOR, MEDIADOR DE CONHECIMENTOS E VALORES BREGENSKE, Édna dos Santos Fernandes* Em seu livro, a autora levanta a questão da formação do educador e a qualidade de seu trabalho. Deixa bem claro em diversos

Leia mais

Declaração sobre a Eliminação da Discriminação contra a Mulher

Declaração sobre a Eliminação da Discriminação contra a Mulher Declaração sobre a Eliminação da Discriminação contra a Mulher Proclamada pela Assembléia Geral na Resolução 2263(XXII), de 7 de novembro de 1967 A Assembléia Geral, Considerando que os povos das Nações

Leia mais

Gabarito de respostas para o Estudo de O Evangelho Segundo o Espiritismo FLS 1 de 11

Gabarito de respostas para o Estudo de O Evangelho Segundo o Espiritismo FLS 1 de 11 FLS 1 de 11 Estudo 1: Questão: 1 a) o ensino moral b) c) d) São as vozes do Céu que vem Esclarecer os Homens e convidá-los À prática do Evangelho. Estudo 2: Questão: 1 a) (errado) b) (certo) c) (certo)

Leia mais

AMOR E EVOLUÇÃO ROTEIRO 6

AMOR E EVOLUÇÃO ROTEIRO 6 ROTEIRO 6 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada OBJETIVOS Esclarecer por que a capacidade

Leia mais

Oração. u m a c o n v e r s a d a a l m a

Oração. u m a c o n v e r s a d a a l m a Oração u m a c o n v e r s a d a a l m a 11 12 O Evangelho relata que por diversas vezes, quando ninguém mais estava precisando de alguma ajuda ou conselho, Jesus se ausentava para ficar sozinho. Natural

Leia mais

5º Mistério Luminoso: A Instituição da Eucaristia

5º Mistério Luminoso: A Instituição da Eucaristia 5º Mistério Luminoso: A Instituição da Eucaristia Eu sou o Pão vivo descido do Céu Quem comer deste Pão, viverá eternamente; e o Pão que Eu darei é a Minha carne para a salvação do mundo. (Jo 6, 51). Introdução:

Leia mais

A utopia platônica. Perspectiva política da alegoria da caverna: a sofocracia. Educação e política: as três classes

A utopia platônica. Perspectiva política da alegoria da caverna: a sofocracia. Educação e política: as três classes Ideias políticas Platão Pp. 311-312 A utopia platônica Perspectiva política da alegoria da caverna: a sofocracia Educação e política: as três classes A utopia platônica é elaborada na época da decadência,

Leia mais

EDUCAÇÃO, CAPACITAÇÃO, PREPARO E CUIDADO DO TRABALHADOR DA REUNIÃO MEDIUNICA. Amanda e Denise

EDUCAÇÃO, CAPACITAÇÃO, PREPARO E CUIDADO DO TRABALHADOR DA REUNIÃO MEDIUNICA. Amanda e Denise EDUCAÇÃO, CAPACITAÇÃO, PREPARO E CUIDADO DO TRABALHADOR DA REUNIÃO MEDIUNICA OBJETIVOS: Explicar como se realiza a educação do médium; Destacar a importância da capacitação contínua do trabalho do grupo

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA 5ºAno 1.5 CIÊNCIAS 4º período 10 de dezembro de 2015 Cuide da organização da sua prova. Escreva de forma legível. Fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado na correção.

Leia mais

Pedro (Espírito) Psicofonia compilada por Maria José Gontijo Revisão Filipe Alex da Silva

Pedro (Espírito) Psicofonia compilada por Maria José Gontijo Revisão Filipe Alex da Silva I - Estudos Psicofônicos sobre a Doutrina dos Espíritos - Introdução e Desconstrução da Matriz Fundante Católica Pedro (Espírito) Psicofonia compilada por Maria José Gontijo Revisão Filipe Alex da Silva

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: O Egoísmo e o Orgulho: Suas Causas, Seus Efeitos e os Meios de Destruí-los. Palestrante: Fernanda Lima Rio de Janeiro

Leia mais

Eficiência Energética no Uso de Ar Comprimido

Eficiência Energética no Uso de Ar Comprimido Conservação de Água e Energia Elétrica 14 de outubro de 2014 Eficiência Energética no Uso de Ar Comprimido Atlas Copco Ltda. FÓRUM DE SUSTENTABILIDADE SINDIPEÇAS Out 2014 3 COMPROMISSO COM A PRODUTIVIDADE

Leia mais

O CONSOLADOR PROMETIDO. Cleto Brutes Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br

O CONSOLADOR PROMETIDO. Cleto Brutes Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br O CONSOLADOR PROMETIDO Cleto Brutes Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br O Consolador Prometido... Se me amais, guardai os meus mandamentos; e Eu rogarei a meu Pai e Ele vos enviará outro

Leia mais

Teste diagnóstico TERRA NO ESPAÇO CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SOCIEDADE AMBIENTE. OBSERVAÇÃO: Grelhas de observação. Listas de verificação.

Teste diagnóstico TERRA NO ESPAÇO CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SOCIEDADE AMBIENTE. OBSERVAÇÃO: Grelhas de observação. Listas de verificação. ANO: 7º ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/5 TERRA NO ESPAÇO 2 Teste diagnóstico CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SOCIEDADE AMBIENTE E - Ciência produto da actividade humana. - Ciência e conhecimento do Universo. - Compreender

Leia mais

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Louvar a Deus 1. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César Tu és Amor. Tu és Trindade. Tu és Sabedoria. Tu és segurança. Tu és alegria e paz.

Leia mais

OS ANIMAIS E OS HOMENS E SUAS RELAÇÕES EVOLUTIVAS.

OS ANIMAIS E OS HOMENS E SUAS RELAÇÕES EVOLUTIVAS. 1 OS ANIMAIS E OS HOMENS E SUAS RELAÇÕES EVOLUTIVAS. 591 Nos mundos superiores as plantas são, como os outros seres, de natureza mais perfeita? --Tudo é mais perfeito: mas as plantas são sempre plantas,

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE O ENSINO RELIGIOSO

REFLEXÕES SOBRE O ENSINO RELIGIOSO REFLEXÕES SOBRE O ENSINO RELIGIOSO Prof. Márcio Antônio Sousa da Silva(Org.) Brasília - DF Nos últimos anos, o ensino religioso no Brasil tem sido alvo de debate, não mais como nos períodos correspondentes

Leia mais

LUZ PARA A HUMANIDADE E-BOOK C.E.S.

LUZ PARA A HUMANIDADE E-BOOK C.E.S. LUZ PARA A HUMANIDADE LUZ PARA A HUMANIDADE E-BOOK C.E.S. JOVEM ESTUDOS E DISSERTAÇÕES EM TORNO DOS LIVROS BÁSICOS DA DOUTRINA DOS ESPÍRITOS C.E.S. DEDICATÓRIA DEDICAMOS ESTA OBRA, AQUELE QUE É O NORTE

Leia mais

TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO

TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO 1 Capa: Leonardo Paixão Digitação: Leonardo Paixão Permitida a reprodução desde que citada a fonte, conforme Lei 9.610, de 19 de Fevereiro

Leia mais

ESPÍRITO, MATÉRIA E FLUIDOS. Patrick Pires da Costa

ESPÍRITO, MATÉRIA E FLUIDOS. Patrick Pires da Costa ESPÍRITO, MATÉRIA E FLUIDOS Patrick Pires da Costa "O fluido perispirítico é o agente de todos os fenômenos espíritas, que só se podem produzir pela ação recíproca dos fluidos que emitem o médium e o Espírito.

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Jesus e o Consolador Prometido. Palestrante: Nara Coelho. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Jesus e o Consolador Prometido. Palestrante: Nara Coelho. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Jesus e o Consolador Prometido Palestrante: Nara Coelho Rio de Janeiro 04/12/1998 Organizadores da Palestra: Moderador: "Caminheiro"

Leia mais

Oito coisas para abandonar em busca da felicidade

Oito coisas para abandonar em busca da felicidade Oito coisas para abandonar em busca da felicidade Por Emanuelle Araújo Mendes Para mim, o que nos aproxima mais da felicidade é conseguir prestar atenção nas coisas simples que acontecem no cotidiano.

Leia mais

Visão Espírita do Sono e dos Sonhos. Fontes de pesquisa:

Visão Espírita do Sono e dos Sonhos. Fontes de pesquisa: Visão Espírita do Sono e dos Sonhos Fontes de pesquisa: O Livro dos Espíritos: questões 400 a 420; O Evangelho Segundo o Espiritismo: cap. 5, item 11; cap. 28, item 38; O Livro dos Médiuns: cap. 6, item

Leia mais

Declaração Universal dos Direitos Humanos

Declaração Universal dos Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos Preâmbulo Considerando que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana e de seus Direitos iguais e inalienáveis é o fundamento

Leia mais

Máximas de André Luiz

Máximas de André Luiz Máximas de André Luiz 1 Máximas de André Luiz 3 MÁXIMAS DE ANDRÉ LUIZ Capa: Rogério Mota Projeto gráfico: Equipe O Clarim Revisão: Teresa Cunha e Cássio Leonardo Carrara Todos os direitos reservados Casa

Leia mais

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER MEU TEMPO É PRECIOSO ROTINA INSANA CAOS COMIDA PARA FAZER CASA PARA LIMPAR FILHOS PARA CUIDAR TRABALHO COMO SER ORGANIZADA? Processo que

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - julho 2006-1ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 SOCIOLOGIA QUESTÃO 51

Processo Seletivo/UFU - julho 2006-1ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 SOCIOLOGIA QUESTÃO 51 SOCIOLOGIA QUESTÃO 51 Quanto ao contexto do surgimento da Sociologia, marque a alternativa correta. A) A Sociologia nasceu como ciência a partir da consolidação da sociedade burguesa urbana-industrial

Leia mais

Passos para comprar imóveis com segurança. Carlos Maciel Imóveis

Passos para comprar imóveis com segurança. Carlos Maciel Imóveis Passos para comprar imóveis com segurança Carlos Maciel Imóveis Introdução A aquisição de um imóvel é sempre um momento de muita alegria, mas também de muita atenção. Afinal, muito mais do que uma simples

Leia mais

RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!!

RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!! RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!! Conhecimento gera Crescimento!! Porque você pode! 1 - Dizer SIM ao convite da Oportunidade Perfeita 2 - Ter sempre

Leia mais

Agenda Semanal 22 a 26 de abril

Agenda Semanal 22 a 26 de abril PERÍODO INTEGRAL Maternal 1, 2,3 Educação Infantil 1º e 2º Ano www.ethosmg.com.br escola@ethosmg.com.br www.facebook.com/ethosmg @EscolaEthos Agenda Semanal 22 a 26 de abril Maternal 1, 2, 3 Rua Ephrem

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO PROGRAMA VIVA LEITE UBS- BELO HORIZONTE

ESTÁGIO SUPERVISIONADO PROGRAMA VIVA LEITE UBS- BELO HORIZONTE ESTÁGIO SUPERVISIONADO PROGRAMA VIVA LEITE UBS- BELO HORIZONTE Eduardo Luis COUTO 1 Ana Paula Farias ROMERA 2 RESUMO: A presente pesquisa abordara o Programa Viva Leite, oferecido pelo Governo do Estado

Leia mais

Jesus e a Sua Mensagem de Saúde. Como criador do Universo, Ele sabe o que é melhor para nós

Jesus e a Sua Mensagem de Saúde. Como criador do Universo, Ele sabe o que é melhor para nós Jesus e a Sua Mensagem de Saúde Como criador do Universo, Ele sabe o que é melhor para nós Agosto de 2008 2 No Princípio, Jesus criou o Céu e a Terra (João 1:1-3, 10). Jesus criou os animais para servir

Leia mais

A continuidade da vida Roteiro 3

A continuidade da vida Roteiro 3 A continuidade da vida Roteiro 3 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo II A Morte e seus Mistérios Objetivos

Leia mais

1518 CINQÜENTA ANOS DEPOIS - 8 CD 0 - FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER

1518 CINQÜENTA ANOS DEPOIS - 8 CD 0 - FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER Página 1 1876 5 SEMINARIO SESQUICENTENARIO DA RE 1 3292 7 MINUTOS COM EMMANUEL 05 002 HDD - HAROLDO DUTRA DIAS 3293 7 MINUTOS COM EMMANUEL 4 002 HDD - HAROLDO DUTRA DIAS 1862 A FE ESPIRITA E OS NOVOS TEMPOS

Leia mais

Roteiro 31. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas

Roteiro 31. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas Roteiro 31 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas Objetivos Explicar a abrangência da Teoria dos valores e sua evolução histórica Analisar

Leia mais

Tratamento e Análise de Dados e Informações (TADI)

Tratamento e Análise de Dados e Informações (TADI) Tratamento e Análise de Dados e Informações (TADI) Apresentação do Curso Prof. André Martins A USP http://www4.usp.br/index.php/a-usp http://www.webometrics.info/ http://www.arwu.org/ By all means let's

Leia mais

Santificação e Práticas Cristãs

Santificação e Práticas Cristãs Santificação e Práticas Cristãs EBA IBCU Jul 15 Wagner Fonseca 3ª Aula 1ª Aula Santidade Perfeita Crescimento em Santidade Vida Cristã Morte Física Escravo do Pecado Não Cristão SALVAÇÃO 2ª Aula Palavra

Leia mais

Recuperação de Geografia. Roteiro 7 ano

Recuperação de Geografia. Roteiro 7 ano Recuperação de Geografia Roteiro 7 ano A SOLUÇÃO NÃO É CONCENTRAR, É DIVIDIR. Divida bem o seu tempo e aproveite o tempo que estiver livre. LOCAL DE ESTUDO Escolha um local que tenha o menor número possível

Leia mais