Parceiros Parceiro Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Parceiros Parceiro Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas"

Transcrição

1 Diante do cenário atual (necessidades x investimentos), onde a participação dos parceiros/canais Ramo Sistemas é essencial para o crescimento dos negócios das empresas no Brasil, sugerimos fazer: 1. Mapear os Parceiros com potencial de implementação; 2. Identificar pautas relevantes por setores da indústria e região estratégica; 3. Alinhar estratégias de comunicação com o Parceiro e a Ramo Sistemas; 4. Fortalecer a imagem dos Parceiros e da Ramo Sistemas em ações de relacionamento com a imprensa brasileira por meio da comunicação de valores, qualidade dos produtos, tecnologia e serviços consolidados para implementação do SAP Business One; 5. Apoiar os Parceiros Ramo Sistemas na comunicação de cases, press releases e business cases para maior visibilidade da marca na imprensa e canais de vendas; 6. Ampliar a visibilidade dos Parceiros Ramo Sistemas no fornecimento de soluções de gestão para pequenas e médias empresas em diversos setores do mercado; 7. Unir esforços com os Parceiros Ramo Sistemas para ampliar o escopo de atuação de cada empresa no mercado de atuação.

2 1. Um (1) press release por trimestre de acordo com o entendimento do negócio dos parceiros e estratégia da Ramo Sistemas. Essa ação inclui: a) Redigir o texto, que deve ser aprovado pelos responsáveis e divulgado com estratégia definida caso a caso; b) Estratégia com imprensa para sugestão de exclusiva em uma publicação de acordo com importância da atuação por vertical de mercado ou região estratégica; c) Após publicação exclusiva, divulgar para a imprensa de TI e segmento de indústria de atuação do cliente para mailing nacional; 2. Um (1) case de sucesso por trimestre. Essa ação inclui: a) Avaliar o conteúdo do texto de acordo com a política de divulgação da Ramo Sistemas e da SAP; b) Aprovação e análise de conteúdo com a Ramo Sistemas e Spareja Comunicação; c) Entrevista com o cliente, parceiro e Ramo Sistemas; d) Aprovar o texto com o cliente, parceiro, Ramo e SAP; e) Estruturar a estratégia de divulgação em conjunto com o Ramo Sistemas; f) Traçar estratégia de divulgação para a imprensa; 3. Um (1) case referência (Business Case) por trimestre (não inclui arte e criação de peça). Essa ação inclui: a) Apurar informações com cliente, parceiro e Ramo Sistemas b) Redigir o texto de acordo com informações de negócios; c) Preparar texto para layout de impressão para material de vendas e visibilidade da marca;

3 1. Press Release: é uma ferramenta de comunicação que reúne as mensagens mais importantes da empresa, sua linha de produtos e serviços e sua atuação no mercado. Essa ação inclui: a. Apurar informações com o EBM; b. Avaliar informação; c. Validar informações com a Ramo Sistemas; d. Produzir o texto; e. Aprovar texto com o EBM; f. Aprovar texto com a Ramo Sistemas; g. Aprovar texto com a SAP; h. Estratégia de divulgação por região ou mercado específico; i. Divulgação para base de dados de imprensa nacional de TI e negócio. 2. Case de Sucesso: é uma ferramenta de comunicação que amplia e comprova o negócio da empresa por meio de mensagens, dados e informações do cliente. Essa ação inclui: a. Apurar informações com o EBM; b. Validar informações com a Ramo Sistemas; c. Pegar autorização de divulgação para a imprensa com o cliente; d. Apurar informações com o cliente; e. Produzir o texto; f. Aprovar o texto com o cliente; g. Aprovar o texto com o EBM; h. Aprovar o texto com a Ramo Sistemas; i. Aprovar o texto com a SAP j. Definir estratégia de divulgação para a imprensa de acordo com região estratégica e setor de atuação; k. Oferecer com exclusividade para uma publicação específica; l. Divulgar para base de dados da imprensa nacional de TI e negócios.

4 3. Business Case (Caso Referência): é uma ferramenta de comunicação com os clientes para expansão do negócio por meio de depoimentos e benefícios comprovados pelo cliente. Business Case é uma material para ser incluído em kits de apresentação, folder, eventos, treinamentos, websites e etc, é uma poderosa ferramenta de vendas. Essa ação inclui: a. Apurar informações com o EBM; b. Validar informações com a Ramo Sistemas; c. Apurar informações com o cliente; d. Produzir o texto; e. Aprovar o texto com o cliente; f. Aprovar o texto com o EBM; g. Aprovar o texto com a Ramo Sistemas;

5 Proposta Comercial Preços avulsos: 1 Press Release... R$ 300,00 1 Case Referência (Business Case)... R$ 400,00 1 Case de Sucesso... R$ 500,00 Kit DE COMUNICAÇÃO Kit 1: 1 Press Release + 1 Case Referência por trimestre... R$ 600,00 Kit 2: 1 Press Release + 1 case de Sucesso por trimestre... R$ 700,00 Kit 3: 1 Case de Sucesso + 1 Case Referência por trimestre... R$ 800,00 Kit 4: 1 Press Release + 1 case Referência + 1 case de sucesso por trimestre... R$ 1000,00 Clipping on-line mensal... R$ 100,00 Esta proposta já contempla taxa de administração e todos os impostos incidentes nesses valores

6 Obrigada

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014 APRESENTAÇÃO DO CEBC 201 QUEM SOMOS FUNDADO EM 200, O CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL CHINA CEBC É UMA INSTITUIÇÃO BILATERAL SEM FINS LUCRATIVOS FORMADA POR DUAS SEÇÕES INDEPENDENTES, NO BRASIL E NA CHINA,

Leia mais

Comunicação Estratégica e Marketing AULA 7. Temas: Jornalismo

Comunicação Estratégica e Marketing AULA 7. Temas: Jornalismo Comunicação Estratégica e Marketing AULA 7 Temas: Jornalismo O Jornalismoé a área da Comunicação Social que lida com a descoberta, a produção e a divulgação de notícias, isto é, o relato de acontecimentos

Leia mais

Uma Nova Visão de Gestão

Uma Nova Visão de Gestão Uma Nova Visão de Gestão Fluminense Football Club CENÁRIO Em março de 2011, a FSB assumiu a comunicação interna do Fluminense Football Club para um período de um ano. Os únicos veículos dirigidos ao público

Leia mais

Todas as ações devem ser pré-aprovadas pela organização.

Todas as ações devem ser pré-aprovadas pela organização. (com exceção das ações: veiculação de banner no site do evento, veiculação de banner nos e-mails marketing do evento, veiculação de banner na rede social do evento e anúncio no folder do fórum.) BENEFÍCIOS

Leia mais

1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob:

1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob: 1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob: a) visa estabelecer diretrizes sistêmicas aplicáveis à execução do Planejamento Estratégico em vigência, no que se refere às ações de

Leia mais

QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO

QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO Some prática, profissionalismo, inovação e retorno. O resultado da equação é a mistura da Sorella Studio. O conceito de agência online amplia

Leia mais

PROJETO DE COMUNICAÇÃO INTEGRADA. Por Débora Horn Assessoria de Comunicação da Anprotec

PROJETO DE COMUNICAÇÃO INTEGRADA. Por Débora Horn Assessoria de Comunicação da Anprotec PROJETO DE COMUNICAÇÃO INTEGRADA Por Débora Horn Assessoria de Comunicação da Anprotec A RELATA A Relata Editorial tem por objetivo apoiar empresas e entidades na gestão do processo de comunicação com

Leia mais

E para 2013, o cenário é ainda mais promissor. Fonte: Associação Brasileira de Startups - Abstartups

E para 2013, o cenário é ainda mais promissor. Fonte: Associação Brasileira de Startups - Abstartups O panorama global da inovação mudou e o poder das ideias nunca foi tão importante. Investir em soluções criativas virou tendência em um mercado promissor: o. Atualmente somos um dos maiores mercados da

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Resolução 3.988/2011. Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Resolução 3.988/2011. Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital Sumário RELATÓRIO DE ACESSO PÚBLICO ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL... 3 1. INTRODUÇÃO... 3

Leia mais

1ª Jornada Internacional da Gestão Pública. O caso MDIC. BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013

1ª Jornada Internacional da Gestão Pública. O caso MDIC. BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013 1ª Jornada Internacional da Gestão Pública O caso MDIC BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013 ANTECEDENTES INÍCIO DE 2011 Contexto de mudança de Governo; Necessidade de diagnóstico organizacional; Alinhamento

Leia mais

A EM FOCO comemora 20 anos de atuação prestando serviços para CLIENTES CORPORATIVOS (INDÚSTRIA, COMÉRCIO, INFRAESTRUTURA, AGRICULTURA), ENTIDADES

A EM FOCO comemora 20 anos de atuação prestando serviços para CLIENTES CORPORATIVOS (INDÚSTRIA, COMÉRCIO, INFRAESTRUTURA, AGRICULTURA), ENTIDADES A EM FOCO comemora 20 anos de atuação prestando serviços para CLIENTES CORPORATIVOS (INDÚSTRIA, COMÉRCIO, INFRAESTRUTURA, AGRICULTURA), ENTIDADES GOVERNAMENTAIS E NÃO GOVERNAMENTAIS, PRODUTOS E DESTINOS

Leia mais

POLÍTICA ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS ÍNDICE. 1. Objetivo...2. 2. Abrangência...2. 3. Definições...2. 4. Diretrizes...3. 5. Materialidade...

POLÍTICA ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS ÍNDICE. 1. Objetivo...2. 2. Abrangência...2. 3. Definições...2. 4. Diretrizes...3. 5. Materialidade... ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS Folha 1/8 ÍNDICE 1. Objetivo...2 2. Abrangência...2 3. Definições...2 4. Diretrizes...3 5. Materialidade...7 Folha 2/8 1. Objetivos 1. Estabelecer as diretrizes que devem orientar

Leia mais

JORNALISTAS PRODUZINDO CONTEÚDO PARA A AGÊNCIA DE NOTÍCIAS. Jornalistas especializados em mercado financeiro, econômico e político.

JORNALISTAS PRODUZINDO CONTEÚDO PARA A AGÊNCIA DE NOTÍCIAS. Jornalistas especializados em mercado financeiro, econômico e político. 30 JORNALISTAS PRODUZINDO CONTEÚDO PARA A AGÊNCIA DE NOTÍCIAS Jornalistas especializados em mercado financeiro, econômico e político. Jornalistas especializados em conteúdo noticioso para impresso, online,

Leia mais

PARTICIPAÇÃO DO SINAL EM ATIVIDADES POLÍTICAS CIDADANIA. Relatores da proposta: Paulo Eduardo de Freitas Laerte Silveira Porto

PARTICIPAÇÃO DO SINAL EM ATIVIDADES POLÍTICAS CIDADANIA. Relatores da proposta: Paulo Eduardo de Freitas Laerte Silveira Porto PARTICIPAÇÃO DO SINAL EM ATIVIDADES POLÍTICAS CIDADANIA Relatores da proposta: Paulo Eduardo de Freitas Laerte Silveira Porto EDUCAÇÃO FINANCEIRA PROPOSTA AUTOR: Laerte Silveira Porto Participação efetiva

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL I. INTRODUÇÃO: O Risco Operacional pode ser entendido como a possibilidade de ocorrência de perdas resultantes de falhas, deficiência ou inadequação de processos

Leia mais

Opções de Mitigação de Gases de Efeito Estufa (GEE) em Setores-Chave do Brasil

Opções de Mitigação de Gases de Efeito Estufa (GEE) em Setores-Chave do Brasil Opções de Mitigação de Gases de Efeito Estufa (GEE) em Setores-Chave do Brasil Roberto Schaeffer (PPE/COPPE/UFRJ) Comissão Mista de Mudanças Climáticas do Congresso Nacional, 23 de maio de 2013 Objetivo

Leia mais

Planejamento Estratégico Conselho Moveleiro. Resultados

Planejamento Estratégico Conselho Moveleiro. Resultados Planejamento Estratégico Conselho Moveleiro Resultados PROPÓSITO DO CONSELHO Articular a indústria moveleira para obter: sucesso, excelência, qualificação e informação. Articular de politicas e ações estratégicas

Leia mais

Identidade Digital do Governo Federal

Identidade Digital do Governo Federal Identidade Digital do Governo Federal Identidade Digital do Governo Federal Direcionamentos Barra de Governo Redes Sociais Portal Padrão Instrução Normativa Fluxo de desenvolvimento de projetos digitais

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina COM382 Assessoria de Comunicação e Imprensa

Programa Analítico de Disciplina COM382 Assessoria de Comunicação e Imprensa 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Comunicação Social - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA RAMO SISTEMAS

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA RAMO SISTEMAS MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA RAMO SISTEMAS ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 03 2. IDENTIDADE 04 2.1 Assinatura principal 04 2.2 Assinatura vertical 05 2.3 Parceiros de negócios 06 2.3 Paleta de cores 07 2.4 A marca

Leia mais

Agenda de Ações PDA

Agenda de Ações PDA Agenda de Ações PDA - 2013 Planejamento Estratégico O PDA fornece metodologia e facilitadores para a realização de duas reuniões de planejamento, com duração de oito horas cada. Esse processo possibilita

Leia mais

Seminário Pais&Filhos. Mês: 02-09/05

Seminário Pais&Filhos. Mês: 02-09/05 Cliente: Seminário Pais&Filhos Mês: 02-09/05 Ações praticadas: 20.04.16 = Elaboração de novo texto e enviado para aprovação. 20.04.16 Recebimento de imagens e contatos de novos patrocinadores do evento

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org GT de Comunicação - Nota Conceitual O Grupo de Trabalho de Comunicação do Comitê Organizador do

Leia mais

A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO USINA CORURIPE

A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO USINA CORURIPE A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO USINA CORURIPE APRESENTAÇÃO: Anderson Tsuchida Jornalista, Publicitário e Pós Graduado em Comunicação Empresarial Por que a Comunicação Interna é tão

Leia mais

O Grupo Herval pág. 03 Estrutura de TI pág. 05 Case Qualitor

O Grupo Herval pág. 03 Estrutura de TI pág. 05 Case Qualitor Í N D I C E O Grupo Herval pág. 03 Estrutura de TI pág. 05 Case Qualitor Problemas existentes pág. 08 Desafios do projeto pág. 10 Diferenciais do produto pág. 12 Resultados obtidos pág. 18 Aprendizado

Leia mais

20 anos publicidade propaganda design produção de imagem CRIATIVA RÁPIDA

20 anos publicidade propaganda design produção de imagem CRIATIVA RÁPIDA PUBLICIDADE CAMPINAS Atuando há mais de 20 anos no Mercado de Campinas e Região e oferecendo soluções em publicidade, propaganda, design (criação de sites) e produção de imagem (arte gráfica). Nossas soluções

Leia mais

vero Comunicação Corporativa

vero Comunicação Corporativa agência Comunicação Corporativa INTERUNESP 2009 Proposta de Assessoria de Imprensa AGO/09 APRESENTAÇÃO O seguinte documento visa desenvolver uma proposta de divulgação na imprensa do Interunesp 2009 e

Leia mais

PARTICIPE! Independente do idioma, a solidariedade e a bondade são compreendidas por todas as nações.

PARTICIPE! Independente do idioma, a solidariedade e a bondade são compreendidas por todas as nações. A Feira Internacional das Embaixadas, em sua 12ª Edição, é um evento cultural beneficente. Por meio de doações e vendas de produtos e/ou gastronomia típicos de cada Embaixada participante, os fundos são

Leia mais

ASSESSORIA DE IMPRENSA APRESENTAÇÃO E ALINHAMENTO DE AÇÕES 2016

ASSESSORIA DE IMPRENSA APRESENTAÇÃO E ALINHAMENTO DE AÇÕES 2016 ASSESSORIA DE IMPRENSA APRESENTAÇÃO E ALINHAMENTO DE AÇÕES 2016 CASE COMUNICAÇÃO INTEGRADA ASSESSORIA DE IMPRENSA A Case Comunicação Integrada é a Assessoria de Imprensa contratada pela ABTCP para divulgar

Leia mais

Política de Comunicação do IFRS: conceito, metodologia e participação. Wilson da Costa Bueno Bento Gonçalves/RS 05/03/2015

Política de Comunicação do IFRS: conceito, metodologia e participação. Wilson da Costa Bueno Bento Gonçalves/RS 05/03/2015 Política de Comunicação do IFRS: conceito, metodologia e participação Wilson da Costa Bueno Bento Gonçalves/RS 05/03/2015 Conceito Política de Comunicação é o conjunto sistematizado de princípios, valores,

Leia mais

Assessoria de Comunicação Social - ASCOM

Assessoria de Comunicação Social - ASCOM UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO Assessoria de Comunicação Social - ASCOM Petrolina - PE Julho de 2016 2ª Versão Apresentação A Assessoria de Comunicação Social (Ascom) da Univasf tem como

Leia mais

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 Sumário Introdução, 1 Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 1 Direcionadores do Uso de Tecnologia de Informação, 7 1.1 Direcionadores de mercado, 8 1.2 Direcionadores organizacionais,

Leia mais

introdução ao marketing - gestão do design

introdução ao marketing - gestão do design introdução ao marketing - gestão do design Universidade Presbiteriana Mackenzie curso desenho industrial 3 pp e pv profa. dra. teresa riccetti Fevereiro 2009 A gestão de design, o management design, é

Leia mais

RELATÓRIO PÓS-VENDA PATROCÍNIO: APOIO:

RELATÓRIO PÓS-VENDA PATROCÍNIO: APOIO: RELATÓRIO PÓS-VENDA ÍNDICE 4Histórico 6 Expedição Avicultura 8 Atuação e Representatividade 18 Resultados Campanha 22 Evento Encerramento 26 Clipping 10 Campanha de Divulgação 20 Evento Lançamento 24 Expedição

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL A Um Investimentos S/A CTVM atendendo às disposições da Resolução CMN 3.380/06 demonstra através deste relatório a sua estrutura do gerenciamento de risco

Leia mais

8 de agosto de 2011 Brasília 16/08/2011 1

8 de agosto de 2011 Brasília 16/08/2011 1 MOBILIZAÇÃO SOCIAL, CAMPANHAS E ARTICULAÇÃO EM REDE Daniela Guedes 8 de agosto de 2011 Brasília 16/08/2011 1 Por que mobilizar? Melhores práticas em implantação de políticas públicas eficazes contam com

Leia mais

O site da minha empresa precisa ser atualizado?

O site da minha empresa precisa ser atualizado? O site da minha empresa precisa ser atualizado? Já sabemos a alguns anos que a presença digital é realidade e que vem crescendo cada vez mais. Neste cenário estar bem posicionado na web é obrigação das

Leia mais

SOBRE. A mesma é administrada pelo Grupo VSC, uma Empresa de Gestão Empresarial e Treinamento de Alta Performance.

SOBRE. A mesma é administrada pelo Grupo VSC, uma Empresa de Gestão Empresarial e Treinamento de Alta Performance. SOBRE A Parceria Positiva é uma Rede de Network Business Colaborativa, que ajuda empreendedores de pequeno, médio e grande porte com treinamentos, palestras e encontros, com o intuito de concedê-los a

Leia mais

PROGRAMA REDE COLABORATIVA DE DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA COOPERATIVA DE MÚSICA. Apresentação

PROGRAMA REDE COLABORATIVA DE DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA COOPERATIVA DE MÚSICA. Apresentação PROGRAMA REDE COLABORATIVA DE DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA COOPERATIVA DE MÚSICA Apresentação PROGRAMA REDE COLABORATIVA DE DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA COOPERATIVA DE MÚSICA

Leia mais

Responsabilidade da Direção

Responsabilidade da Direção 5 Responsabilidade da Direção A gestão da qualidade na realização do produto depende da liderança da alta direção para o estabelecimento de uma cultura da qualidade, provisão de recursos e análise crítica

Leia mais

POLÍTICA DE GERENCIAMENTO

POLÍTICA DE GERENCIAMENTO NORTE INVESTIMENTOS ADMINISTRADORA DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL Versão 1.0 Vigência Agosto / 2016 Classificação das Informações [ X ] Uso Interno [ ] Uso Público Conteúdo

Leia mais

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Comunicação. Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº /06 e Nº

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Comunicação. Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº /06 e Nº - REGIMENTO INTERNO Secretaria de Comunicação Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº 12.659/06 e Nº 15.052 I - Secretaria Executiva: - assessorar o Secretário Municipal no exercício de suas atribuições;

Leia mais

Painel de Contribuição Núcleo Socioambiental - NSA (Dezembro/2015)

Painel de Contribuição Núcleo Socioambiental - NSA (Dezembro/2015) Painel de Contribuição Núcleo Socioambiental - NSA (Dezembro/015) Objetivo Estratégico / Iniciativa Estratégica/ Meta Estratégica 1. Aumentar para 5% os resíduos sólidos reciclados do TST Ação 1. Recolher

Leia mais

Copyright Cielo Todos os direitos reservados

Copyright Cielo Todos os direitos reservados CIELO DAY EVOLUÇÃO DA INDÚSTRIA DE CARTÕES NO PAÍS E DESAFIOS CEO Rômulo de Mello Dias Crescimento (% yoy) 23,2% 25,2% 19,6% 23,8% 23,4% 18,1% 17,9% Volume capturado (R$ bilhões) MERCADO BRASILEIRO DE

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CULTURA E TURISMO INSTITUTO NACIONAL DO TURISMO TERMOS DE REFERÊNCIA

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CULTURA E TURISMO INSTITUTO NACIONAL DO TURISMO TERMOS DE REFERÊNCIA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CULTURA E TURISMO INSTITUTO NACIONAL DO TURISMO TERMOS DE REFERÊNCIA Título da Posição: TECNICO DE PROMOÇÃO TURÍSTICA Duração: Local: Instituição: RENOVAÇÃO DEPENDENDO

Leia mais

3) Qual é o foco da Governança de TI?

3) Qual é o foco da Governança de TI? 1) O que é Governança em TI? Governança de TI é um conjunto de práticas, padrões e relacionamentos estruturados, assumidos por executivos, gestores, técnicos e usuários de TI de uma organização, com a

Leia mais

MODELO DE PLANO DE NEGÓCIO

MODELO DE PLANO DE NEGÓCIO MODELO DE PLANO DE NEGÓCIO 1 Informações sobre os sócios, pois são responsáveis pela proposta do negócio. Caso ocorra necessidade, inserir mais campos, linhas ou colunas. Sócio 1 - Nome: Sócio 2 - Nome:

Leia mais

#pública. Risco Operacional

#pública. Risco Operacional #pública Risco Operacional Estrutura de Gerenciamento 2015 SUMÁRIO 1. Objetivo 3 2. Estrutura Organizacional 3 3. Governança para a Gestão do Risco Operacional 4 3.1 Conselho de Administração 4 3.2 Diretoria

Leia mais

de como aumentar as vendas utilizando calendários personalizados

de como aumentar as vendas utilizando calendários personalizados 6 DICAS de como aumentar as vendas utilizando calendários personalizados Sobre a Zap Gráfica Ser a gráfica da gráfica é o ponto central da filosofia de negócio da Zap Gráfica com compromisso em atender

Leia mais

Como os resultados do diagnóstico de segurança podem priorizar os riscos inerentes aos negócios Security Leaders Belo Horizonte/MG - 15/06/2016

Como os resultados do diagnóstico de segurança podem priorizar os riscos inerentes aos negócios Security Leaders Belo Horizonte/MG - 15/06/2016 Como os resultados do diagnóstico de segurança podem priorizar os riscos inerentes aos negócios Security Leaders Belo Horizonte/MG - 15/06/2016 Fernando Nicolau Freitas Ferreira, MSc, CISM, CRISC, CGEIT,

Leia mais

Morgan Stanley. Estrutura de Gerenciamento do Risco de Liquidez

Morgan Stanley. Estrutura de Gerenciamento do Risco de Liquidez Morgan Stanley Estrutura de Gerenciamento do Risco de Liquidez Título Estrutura de Gerenciamento do Risco de Liquidez Data de Vigência: 2015 Proprietário Tesouraria Corporativa Aprovação Diretor Financeiro

Leia mais

Política de segurança da informação Normas

Política de segurança da informação Normas Política de Segurança das Informações Prof. Luiz A. Nascimento Auditoria e Segurança de Sistemas Anhanguera Taboão da Serra Normas 2 BS 7799 (elaborada pela British Standards Institution). ABNT NBR ISO/IEC

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. OBJETO DE CONTRATAÇÃO A presente especificação tem por objeto a contratação de empresa Especializada de Consultoria para Planejamento da Estrutura Funcional e Organizacional

Leia mais

NOVO PROGRAMA. Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL

NOVO PROGRAMA. Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL NOVO PROGRAMA Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL 2014-2018 1 PETROBRAS Fundada em 1953, a partir de uma campanha popular O petróleo é nosso. Empresa integrada de energia Sociedade anônima de capital aberto

Leia mais

Ouvidoria - Geral da União. Objetivo 6. Produzir informações estratégicas para subsidiar as tomadas de decisões do Presidente da República.

Ouvidoria - Geral da União. Objetivo 6. Produzir informações estratégicas para subsidiar as tomadas de decisões do Presidente da República. Ouvidoria - Geral da União Objetivo 6. Produzir informações estratégicas para subsidiar as tomadas de decisões do Presidente da República. Produzir dados quantitativos e qualitativos acerca da satisfação

Leia mais

Conselho Temático Permanente de Responsabilidade Social. Pesquisa Rumo à Credibilidade

Conselho Temático Permanente de Responsabilidade Social. Pesquisa Rumo à Credibilidade Conselho Temático Permanente de Responsabilidade Social Pesquisa Rumo à Credibilidade Agenda Introdução Metodologia Resultados Temas Relevantes Recomendações Conclusão 2 Introdução Contexto Global vs Brasileiro

Leia mais

CONTROLE DE APROVAÇÃO ELABORADO REVISADO POR APROVADO Kélia Jácome Kélia Jácome Silvia Helena Correia Vidal

CONTROLE DE APROVAÇÃO ELABORADO REVISADO POR APROVADO Kélia Jácome Kélia Jácome Silvia Helena Correia Vidal Primeira 1/6 CONTROLE DE APROVAÇÃO ELABORADO REVISADO POR APROVADO Kélia Jácome Kélia Jácome Silvia Helena Correia Vidal Marcelo de Sousa Monteiro Michelle Borges C. Cunha HISTÓRICO DE MODIFICAÇÕES EDIÇÃO

Leia mais

Nove áreas temáticas do programa

Nove áreas temáticas do programa Nove áreas temáticas do programa Com base no Plano de Ação FLEGT da União Europeia, a gerência do programa estabeleceu nove áreas temáticas apoiadas pelo programa. Sob cada tema, há uma lista indicativa

Leia mais

Gestão de Projetos do esocial

Gestão de Projetos do esocial WORKSHOP Gestão de Projetos do esocial Primeiro workshop Online Motivadores Apoiar os profissionais a implantarem o esocial e alcançarem melhores resultados neste processo. Objetivos da Apresentação Como

Leia mais

A PETROBRAS E A GOVERNANÇA CORPORATIVA. Desenvolvimento de Sistemas de Gestão. Comunicação Institucional

A PETROBRAS E A GOVERNANÇA CORPORATIVA. Desenvolvimento de Sistemas de Gestão. Comunicação Institucional A PETROBRAS E A GOVERNANÇA CORPORATIVA Desenvolvimento de Sistemas de Gestão Comunicação Institucional A Petrobras já integra o grupo das grandes companhias que adotam as melhores práticas de governança

Leia mais

VALIDEINFO WEB, PARCEIRO DA EMPRESA:

VALIDEINFO WEB, PARCEIRO DA EMPRESA: VALIDEINFO WEB, PARCEIRO DA EMPRESA: Primeira Rede Franqueadora do segmento no Brasil, com mais de 150 Franquias em 16 estados, atendendo mais de 400 cidades em todo o país. Está entre as 5 maiores empresas

Leia mais

PROPALE. SUA PRÓXIMA AGÊNCIA.

PROPALE. SUA PRÓXIMA AGÊNCIA. PROPALE. SUA PRÓXIMA AGÊNCIA. Somos múltiplos, formados por diferentes núcleos de atuação, unimos pessoas inteligentes com a ambição por realizar projetos memoráveis. A Propale é a soma de suas estratégias,

Leia mais

Diretriz Nacional de Comunicação. Sistema Unimed

Diretriz Nacional de Comunicação. Sistema Unimed Diretriz Nacional de Comunicação Sistema Unimed Diretriz de Comunicação Definição Política ou Diretriz de Comunicação é um processo articulado de definição de valores, objetivos, diretrizes, normas e estruturas,

Leia mais

Centro de Convenções do SEBRAE-CE

Centro de Convenções do SEBRAE-CE Centro de Convenções do SEBRAE-CE O evento O evento A 2ª Feira de Emprego e Estágio do Ceará é uma iniciativa da IDHEA, que pretende alcançar o mesmo sucesso da primeira edição, quando recebeu a visita

Leia mais

O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o

O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o APRESENTAÇÃO O PROJETO O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o desenvolvimento da cadeia logística do

Leia mais

ESTATUTO CONSELHO DA MULHER EXECUTIVA DE UBIRATÃ. Capitulo I. Denominação e criação

ESTATUTO CONSELHO DA MULHER EXECUTIVA DE UBIRATÃ. Capitulo I. Denominação e criação ESTATUTO CONSELHO DA MULHER EXECUTIVA DE UBIRATÃ. Capitulo I. Denominação e criação Artigo 1º. O Conselho da Mulher Executiva a Associação Comercial e Empresarial de Ubiratã, é um órgão de expressão da

Leia mais

Proposta de Patrocínio. 24/agosto/ Espaço Transatlântico

Proposta de Patrocínio. 24/agosto/ Espaço Transatlântico Proposta de Patrocínio 24/agosto/2016 - Espaço Transatlântico O FÓRUM ABRAFATI DA INDÚSTRIA DE TINTAS é o evento que reúne as principais lideranças do setor para conhecer a avaliação de especialistas sobre

Leia mais

REGIMENTO DA REVISTA HISTÓRIA & PERSPECTIVAS I - DA IDENTIFICAÇÃO E APRESENTAÇÃO DA REVISTA

REGIMENTO DA REVISTA HISTÓRIA & PERSPECTIVAS I - DA IDENTIFICAÇÃO E APRESENTAÇÃO DA REVISTA REGIMENTO DA REVISTA HISTÓRIA & PERSPECTIVAS I - DA IDENTIFICAÇÃO E APRESENTAÇÃO DA REVISTA Art 1º. A Revista História & Perspectivas foi criada em 1988, pelo Curso de Graduação em História e atualmente

Leia mais

W-CAPITAL GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA.

W-CAPITAL GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA. W-CAPITAL GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA. MANUAL DE GESTÃO DE RISCO v1.0 Data de elaboração: 15 de julho de 2015. ÍNDICE 1.1 Introdução... 3 1.2 Objetivo... 3 1.3 Políticas de Gestão de Riscos... 3 1.4 Escopo

Leia mais

APEX BRASIL: PARCEIRA DO EXPORTADOR E DO INVESTIDOR

APEX BRASIL: PARCEIRA DO EXPORTADOR E DO INVESTIDOR APEX BRASIL: PARCEIRA DO EXPORTADOR E DO INVESTIDOR 1 ASSESSORIA DE IMPRENSA / RP INTERNACIONAL São Paulo, 17 de maio de 2010 Local: Sheraton WTC São Paulo / SP 2 PONTOS-CHAVE DE DISCUSSÃO Para que serve

Leia mais

Abertura dos envelopes: Dia 13/03/12 às 15h00 A proposta vencedora será divulgada no site na data 13/03/12 LICITAÇÃO

Abertura dos envelopes: Dia 13/03/12 às 15h00 A proposta vencedora será divulgada no site  na data 13/03/12 LICITAÇÃO CARTA-CONVITE 002.2012 Publicação: 01/03/2012 Prazo para recebimento das propostas: De 01/03/12 a 09/03/12 as 18h00 Envio de propostas para: Rua Pais de Araújo, 29 Cj. 42/43 Itaim Bibi São Paulo SP 04531-090

Leia mais

Plano de Campanha EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA

Plano de Campanha EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA Plano de Campanha EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA Plano de Campanha Equidade de Gênero e Raça Sumário 1. Objetivos... 3 2. Público... 3 3. Slogan e Conceito...3 4. Realização... 3 5. Peças Publicitárias (publicidade)...3

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM MARKETING ESTRATÉGICO PARA EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA

ESPECIALIZAÇÃO EM MARKETING ESTRATÉGICO PARA EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA ESPECIALIZAÇÃO EM MARKETING ESTRATÉGICO PARA EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA APRES ENTAÇÃO O mundo globalizado está em constante transformação em função da implementação de novas tecnologias ao ambiente dos

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 A Presidente do Conselho Superior Universitário da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas, no uso de suas atribuições regimentais, considerando

Leia mais

Comunicar a estratégia: Um desafio para as organizações. Adriana Frederici

Comunicar a estratégia: Um desafio para as organizações. Adriana Frederici Comunicar a estratégia: Um desafio para as organizações Adriana Frederici Comunicar a estratégia: Um desafio para as organizações Adriana Frederici Comunicar pressupõe fazer com que determinada mensagem

Leia mais

REGULAMENTO DO 1º CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO NO ÂMBITO DO PROJETO INCUBAR+LEZIRIA

REGULAMENTO DO 1º CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO NO ÂMBITO DO PROJETO INCUBAR+LEZIRIA REGULAMENTO DO 1º CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO NO ÂMBITO DO PROJETO INCUBAR+LEZIRIA 1. ENQUADRAMENTO 1 a. O projecto INCUBAR+LEZIRIA é uma Ação Coletiva, dinamizada pela NERSANT, INSTITUTO POLITÉCNICO

Leia mais

Ao ler e concordar com os termos deste Regulamento, o REPRESENTANTE se compromete a:

Ao ler e concordar com os termos deste Regulamento, o REPRESENTANTE se compromete a: REGULAMENTO 1. OBJETIVO Este instrumento tem por objetivo regular a participação do REPRESENTANTE no processo de inscrição para o Programa de Embaixadores Estudar realizado pela Fundação Estudar. Esse

Leia mais

Analista de Negócio 3.0

Analista de Negócio 3.0 Estudo de Caso A industria Santos é uma empresa siderúrgica que possui duas plantas industriais em dois municípios do interior de Minas Gerais. A sede da empresa fica no estado de São Paulo, na cidade

Leia mais

I SIMPÓSIO MINEIRO DE CONTABILIDADE APLICADA NO SETOR PÚBLICO

I SIMPÓSIO MINEIRO DE CONTABILIDADE APLICADA NO SETOR PÚBLICO I SIMPÓSIO MINEIRO DE CONTABILIDADE APLICADA NO SETOR PÚBLICO A CONVERGÊNCIA DAS NORMAS INTERNACIONAIS AO SETOR PÚBLICO MARIA DA CONCEIÇAO BARROS DE REZENDE SITUAÇAO DA CONTABILIDADE PÚBLICA NO BRASIL

Leia mais

Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis

Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis A oportunidade Na medida em que a computação em nuvem dá origem a novas e poderosas capacidades, ela oferece o potencial de aumentar a produtividade,

Leia mais

Cada programa, projeto ou produto possui determinadas fases de desenvolvimento: São as

Cada programa, projeto ou produto possui determinadas fases de desenvolvimento: São as Cada programa, projeto ou produto possui determinadas fases de desenvolvimento: São as chamadas fases do ciclo de vida de um PROJETO Planeamento a) Fase Inicial - concetual b) Fase de planeamento c) Fase

Leia mais

MidiaKit. Nossa indústria também produz visibilidade. Período 2012/2013

MidiaKit. Nossa indústria também produz visibilidade. Período 2012/2013 MidiaKit Nossa indústria também produz visibilidade Período 2012/2013 - 2 - Transforme visibilidade em oportunidades de negócio As publicações da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina -

Leia mais

ASSOCIAÇÃO MÉDICA DE MOÇAMBIQUE

ASSOCIAÇÃO MÉDICA DE MOÇAMBIQUE ASSOCIAÇÃO MÉDICA DE MOÇAMBIQUE PLANO ESTRATÉGICO E DE ACTIVIDADES 2014-2018 VISÃO: UMA ASSOCIAÇÃO MÉDICA FORTEMENTE ENGAJADA DEFESA DA CLASSE MÉDICA MOÇAMBICA Actividades T1 T2 T3 T4 T1 T2 T3 T4 OE1:

Leia mais

O Futuro da Auditoria Interna: Tendências e requisitos fundamentais do Chief Audit Executive

O Futuro da Auditoria Interna: Tendências e requisitos fundamentais do Chief Audit Executive 1 O Futuro da Auditoria Interna: Tendências e requisitos fundamentais do Chief Audit Executive DEFINIÇÃO DE AUDITORIA INTERNA "A auditoria interna é uma atividade independente, de garantia objetiva e consultiva,

Leia mais

30 de Abril Village Mall Das 12h às 18h. Midia Kit 2016

30 de Abril Village Mall Das 12h às 18h. Midia Kit 2016 30 de Abril - 2016 - Village Mall Das 12h às 18h Midia Kit 2016 O patrocínio é uma das melhores alternativas para construir, ampliar, fortalecer e preservar a imagem corporativa, social e institucional

Leia mais

GOVERNANÇA E GERENCIAMENTO DO PORTFÓLIO DE PROJETOS. CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER (Doutor, PMP)

GOVERNANÇA E GERENCIAMENTO DO PORTFÓLIO DE PROJETOS. CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER (Doutor, PMP) GOVERNANÇA E GERENCIAMENTO DO PORTFÓLIO DE PROJETOS CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER (Doutor, PMP) O Papel dos Projetos nas Empresas PENSAMENTO ESTRATÉGICO ESTRATÉGIAS IDENTIFICAÇÃO DE PROJETOS PROJETOS DEFININDO

Leia mais

PROGRAMA DE INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS APEX-BRASIL

PROGRAMA DE INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS APEX-BRASIL PROGRAMA DE INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS APEX-BRASIL O QUE É? Um conjunto de soluções técnicas para a internacionalização de empresas, customizadas de acordo com os objetivos e interesses dos clientes.

Leia mais

Pílulas de Gestão do Conhecimento Por Anna Nogueira

Pílulas de Gestão do Conhecimento Por Anna Nogueira Pílulas de Gestão do Conhecimento Por Anna Nogueira Anna Nogueira? Formação multidisciplinar Bióloga (São Camilo) Especializada em cultura da marca e marketing de serviços (ESPM) Criatividade e Inovação

Leia mais

Regulamento do MUNICIÊNCIA Municípios Inovadores

Regulamento do MUNICIÊNCIA Municípios Inovadores Regulamento do MUNICIÊNCIA Municípios Inovadores. Introdução MuniCiência Municípios Inovadores é uma iniciativa criada pela CNM para identificar, analisar, promover e compartilhar projetos inovadores adotados

Leia mais

POLÍTICA DE RISCO OPERACIONAL

POLÍTICA DE RISCO OPERACIONAL Informação Pública 13/5/2016 ÍNDICE 1 OBJETIVO... 3 2 ABRANGÊNCIA... 3 3 REFERÊNCIA... 3 4 CONCEITOS... 3 5 DIRETRIZES... 4 6 RESPONSABILIDADES... 7 7 INFORMAÇÕES DE CONTROLE... 10 13/5/2016 Informação

Leia mais

REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE CONECTIVIDADE E INFORMAÇÃO ON-LINE NA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE

REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE CONECTIVIDADE E INFORMAÇÃO ON-LINE NA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE CONECTIVIDADE E INFORMAÇÃO ON-LINE NA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE Clique para editar Marizélia o nome Leão do Moreira autor Gerente da Gerência Executiva de Clique Padronização

Leia mais

Projeto Arte e Publicidade Plano de Comunicação

Projeto Arte e Publicidade Plano de Comunicação Projeto Arte e Publicidade Plano de Comunicação ASSESSORIA DE IMPRENSA O projeto Arte e Publicidade - Uma viagem através da Bauhaus: o estudo de composições e texturas das cores contará com uma completa

Leia mais

O blog que só mostra o que a Região Serrana do Rio tem de melhor para oferecer!

O blog que só mostra o que a Região Serrana do Rio tem de melhor para oferecer! O blog que só mostra o que a Região Serrana do Rio tem de melhor para oferecer! O BLOG APRESENTAÇÃO: Bem-vindo a era da interatividade e do marketing de conteúdo. Só na internet você pode expor sua marca

Leia mais

5. ANÁLISE E ESTRATÉGIA AMBIENTAL 5.1. CADEIA DE VALOR

5. ANÁLISE E ESTRATÉGIA AMBIENTAL 5.1. CADEIA DE VALOR 176 5. ANÁLISE E ESTRATÉGIA AMBIENTAL 5.1. CADEIA DE VALOR O escopo competitivo estabelecido por uma organização corresponde ao campo em que a mesma irá atuar: produtos, segmentos, grau de integração vertical

Leia mais

Seminário Melhores Práticas de Divulgação de Informações

Seminário Melhores Práticas de Divulgação de Informações O tempo todo com o Brasil Comissão de Valores Mobiliários Instituto Brasileiro de Relações com Investidores Seminário Melhores Práticas de Divulgação de Informações Marco Geovanne Tobias da Silva Gerente

Leia mais

TRANSFORME VISIBILIDADE EM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO

TRANSFORME VISIBILIDADE EM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO TRANSFORME VISIBILIDADE EM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC oferece soluções completas para a sua empresa se comunicar de maneira eficaz com o setor

Leia mais

MODELO DE PLANO DE NEGÓCIO

MODELO DE PLANO DE NEGÓCIO MODELO DE PLANO DE NEGÓCIO 1 Informações sobre os sócios, pois são responsáveis pela proposta do negócio. Caso ocorra necessidade, inserir mais campos, linhas ou colunas. Sócio 1 - Nome: RG: Órgão Emissor:

Leia mais

CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA ÁRABE-PORTUGUESA

CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA ÁRABE-PORTUGUESA PATROCINADORES CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA ÁRABE-PORTUGUESA A Câmara de Comércio e Indústria Árabe-Portuguesa (CCIAP), Associação sem fins lucrativos/entidade de Utilidade Pública, tem como objectivo

Leia mais

APLICAÇÃO DO BPM PARA REESTRUTURAÇÃO DO PORTFÓLIO DE SERVIÇOS DA APEX-BRASIL

APLICAÇÃO DO BPM PARA REESTRUTURAÇÃO DO PORTFÓLIO DE SERVIÇOS DA APEX-BRASIL APLICAÇÃO DO BPM PARA REESTRUTURAÇÃO DO PORTFÓLIO DE SERVIÇOS DA APEX-BRASIL BPM Congress Brasília, 27 de novembro de 2012. Carlos Padilla, CBPP, Assessor da Gerência de Negócios. PANORAMA DA APEX-BRASIL

Leia mais

1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia. LOCAL: Recife-PE 22/11/2013

1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia. LOCAL: Recife-PE 22/11/2013 DIVISÃO DE CONSULTORIA 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia LOCAL: Recife-PE 22/11/2013 TEMA DA PALESTRA: Gestão de Fluxos de Trabalho e Indicadores

Leia mais