INFORMATIVO DE PRODUTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMATIVO DE PRODUTO"

Transcrição

1 Módulo Transformador para Iluminação de Emergência, até 2 Lâmpadas, Autonomia 1,5 h. Código AFILSI-NICAD Equipamento com a função de transformar uma ou mais luminárias fluorescentes comuns, instalada em determinado ambiente, numa luminária de emergência. Dependendo das características técnicas e do tipo do reator existente na luminária, o módulo pode alimentar uma ou mais lâmpadas da luminária, permanecendo acesas na falta de energia elétrica, mantendo a luminosidade total ou reduzida. As lâmpadas podem ser fluorescentes tubulares normais de 8 a 36 W ou fluorescentes compactas de 4 pinos. Atenção: o Módulo transformador não trabalha em conjunto com fluorescentes compactas de 2 pinos. Equipamento com 1 ano de garantia contra defeitos de fabricação. Após a emergência, no retorno da energia elétrica, a bateria do Módulo ILSI-NICAD é recarregada automaticamente. O tempo previsto para reposição total da carga de bateria é de 24 horas para 220 Volts e de 48 horas para 110 Volts, se a bateria estiver completamente descarregada. Um indicador luminoso (LED) e um botão de teste permitem constatar o funcionamento do Módulo. Características Técnicas Autonomia: de 1h e 30 minutos aproximadamente. Caso utilize duas lâmpadas, a autonomia e o brilho relativo caem pela metade dos valores mencionados na tabela localizada na próxima página. Fluxo luminoso: de 50% a 5%, dependendo da potência e da quantidade da(s) lâmpada(s) adotada(s). Alimentação: 127 V(ca) ou 220V(ca), 60Hz Consumo: 4 W em carga. Bateria: 3,6 V, 4 Ah, Níquel-Cádmio, vida útil estimada em 10 anos, substituível. Tempo de recarga: 24 horas para 127 Volts e 48 horas para 220 Volts.

2 Características Técnicas Possui botão teste que permite verificar o funcionamento do módulo, onde simula a falta de energia, desliga o reator e aciona o módulo de iluminação de emergência. OBS: No caso de reator eletrônico, o teste deve ser efetuado durante 5 segundos, no mínimo, para permitir que o circuito de proteção do reator possa rearmar. Possui um LED que indica a presença de rede elétrica no módulo. Dimensões do Módulo: 240 x 41 x 63 milímetros. Fixação através de bucha e parafusos. Tabela de percentual de brilho em iluminação de emergência: Watts da Lâmpada Brilho % 50 44,4 36,4 28, ,4 14,3 12,5 11,1 Os valores acima são referenciais, relacionados a um reator padrão, de BLF=1(*), podendo variar em função da marca, idade e temperatura das lâmpadas, e da marca, tipo e temperatura da bateria. (*) Os reatores comerciais têm, em geral, BLF entre 0,8 e 0,9. OBS: Caso utilize duas lâmpadas, a autonomia e o brilho relativo caem pela metade, variando de acordo com a potência da lâmpada adotada. Para a instalação da Luz-piloto (LED) / Botão de Teste, deverá ser feito na luminária um furo de 7mm para o LED e outro de 6,5mm para o botão, afastados entre si no máximo 30mm. Para evitar choque elétrico, nunca inicie a instalação do Módulo com os conectores de ligação da bateria conectados (fios roxos ou azuis com terminais Faston macho e fêmea). Somente após completar todas as conexões ao reator e à(s) lâmpada(s) é permitida a ligação da bateria. Para utilização com reator eletrônico, use somente a configuração para uma lâmpada em emergência, exceto no caso de reator com as duas lâmpadas em série (Ex.: RET Trancil). Não instale o Módulo ILSI Nicad em locais expostos ao tempo ou umidade.

3 Não instale também em locais com temperatura alta (exaustão de ar quente, aquecedores). Desligue a rede elétrica ao fazer a instalação. Conecte os fios de alimentação de acordo com a tensão da rede: Para 220V, fios branco e preto; para 110V, fio branco e fios laranja+preto (ligados juntos - ver diagramas de ligação). A alimentação para o Módulo ILSI deverá ser permanente ( vigia ), sem interruptor. A alimentação do reator deverá necessariamente ser conectada através do Módulo (cabos de cor cinza, em série com a alimentação do reator). Este procedimento é necessário devido ao fato de que os reatores eletrônicos em geral desligam-se quando a conexão à(s) lâmpada(s) é interrompida e não rearmam automaticamente. Alguns modelos ainda mantêm alta tensão nas saídas para as lâmpadas, o que certamente danificaria o Módulo ILSI. Desta forma, ao pressionarmos o botão teste, ou ao cortarmos a alimentação do Módulo, cortaremos também a alimentação do reator, evitando assim o problema descrito acima. Qualquer que seja a ligação do reator à(s) lâmpada(s), o procedimento é o seguinte: 1. Faça as ligações do reator à(s) lâmpada(s) de acordo com o diagrama original do reator; 2. Desligue um lado de uma das lâmpadas do reator; 3. Ligue os fios do reator (que iam para a lâmpada) aos fios AZUIS do Módulo ILSI-NICAD; 4. Ligue os fios VERMELHOS do Módulo ILSI-NICAD ao lado da lâmpada que ficou sem ligação; 5. Ligue o fio AMARELO do Módulo ILSI-NICAD ao lado oposto dessa mesma lâmpada. Nas próximas páginas é possível de visualizar os diagramas e ligações geral para uma ou para duas lâmpadas ligadas em conjunto com o módulo e, também, é possível de visualizar alguns casos de ligação com reatores específicos.

4

5

6

7

8

9 Teste inicial O Módulo é fornecido com a bateria descarregada. A bateria deve receber carga durante duas horas, no mínimo, para os testes a seguir serem válidos. Com alimentação normal para o reator e para o Módulo, as lâmpadas deverão acender normalmente, e a luz-piloto (LED) do Módulo deverá acender. Cortando-se a alimentação só do reator, as lâmpadas deverão apagar. Cortando-se a alimentação do Módulo, ou pressionando-se o botão-teste, a(s) lâmpada(s) escolhidas para normal-e-emergência deve(m) acender com brilho reduzido, e o LED deve apagar. Obs.: Como já foi explicado acima, no caso de reatores eletrônicos o botão-teste deve ser mantido pressionado por 5 segundos, no mínimo, para que o circuito de proteção do reator possa rearmar. Manutenção: A bateria Níquel-Cádmio é isenta de manutenção, e apresenta vida útil estimada de até 10 anos. Testar periodicamente o funcionamento: 1. Observar se a luz-piloto continua acesa. 2. Pressionar o botão-teste (ou interromper a alimentação do Módulo) e verificar se a(s) lâmpada(s) acende(m) com brilho reduzido. 3. Anualmente, efetuar um teste de autonomia, cortando a alimentação do Módulo e observando se a emergência funciona durante cerca de 90 minutos.

INVERSOR DE EMERGÊNCIA SLIM

INVERSOR DE EMERGÊNCIA SLIM INVERSOR DE EMERGÊNCIA SLIM O Inversor de Emergência SLIM trata-se de um dispositivo que deve ser acoplado juntamente com um reator, transformando as luminárias fluorescentes em sistemas de iluminação

Leia mais

INVERSOR DE EMERGÊNCIA

INVERSOR DE EMERGÊNCIA INVERSOR DE EMERGÊNCIA O Inversor de Emergência trata-se de um dispositivo que deve ser acoplado juntamente com um reator, transformando as luminárias fluorescentes em sistemas de iluminação normal e emergência.

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO CATEGORIA: ILUMINAÇÃO DE Central de Iluminação de Emergência 24 V(cc), 41,7 A - com Capacidade de 1000 W. Código AFUSE241000 A central de iluminação de emergência é alimentada pela rede elétrica predial

Leia mais

MANUAL LUMINÁRIA EMERGÊNCIA IP54 75LEDS

MANUAL LUMINÁRIA EMERGÊNCIA IP54 75LEDS MANUAL LUMINÁRIA EMERGÊNCIA IP54 75LEDS LLEV75LEDS Manual de Utilização (Leia-o antes de usar o equipamento) 1 SUMÁRIO 1. Dados técnicos 2 2. Características 5 3. Especificações 6 4. Instalação 7 1 1 -

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Bloco Autônomo de Iluminação de Emergência com 02 Lâmpadas PL de 9 W. Código AFMAC2X9 O Bloco Autônomo com duas lâmpadas PL de 9 Watts é um equipamento de iluminação de emergência que tem a função de iluminar

Leia mais

LCD DIGITAL de 3,5" com ajuste de Cor, Contraste, Brilho e Nitidez

LCD DIGITAL de 3,5 com ajuste de Cor, Contraste, Brilho e Nitidez LCD DIGITAL de," com ajuste de Cor, Contraste, Brilho e Nitidez Obs: Para evitar qualquer dano ao equipamento leia atentamente este manual. MONITOR PAINEL EXTERNO VOLTAGEM Bivolt automático Vdc pelo monitor

Leia mais

CENTRAL DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA EQUILUX III

CENTRAL DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA EQUILUX III CENTRAL DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA EQUILUX III Equipamento desenvolvido para controlar uma rede de luminárias de aclaramento e balizamento de iluminação de emergência, e também fazer a reposição da carga

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO CARREGADOR DE BATERIA MODELO: KA-043

MANUAL DO USUÁRIO CARREGADOR DE BATERIA MODELO: KA-043 1 MANUAL DO USUÁRIO CARREGADOR DE BATERIA MODELO: KA-043 Neste manual você vai encontrar informações importantes a respeito do funcionamento do equipamento. Observe primeiramente os cuidados necessários

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Bloco Autônomo de Iluminação de Emergência com Fotocélula e 2 Faróis de 55 W. Código AFBPF55FT O Bloco Autônomo com 2 faróis de 55 Watts é um equipamento de iluminação de emergência constituído de um único

Leia mais

USO DO APARELHO DE TESTE DE EQUIPAMENTO AUXILIAR DE IP

USO DO APARELHO DE TESTE DE EQUIPAMENTO AUXILIAR DE IP 1/5 1. Objetivo Estabelecer procedimentos para testes de reator, ignitor e polaridade com o aparelho de teste de equipamento auxiliar de IP, para execução de trabalhos de construção e manutenção em iluminação

Leia mais

LUMINÁRIA DE EMERGÊNCIA. Atende à norma NBR 10898:2013. alumbra.com.br

LUMINÁRIA DE EMERGÊNCIA. Atende à norma NBR 10898:2013. alumbra.com.br LUMINÁRIA DE EMERGÊNCIA Atende à norma NBR 10898:2013 alumbra.com.br SEGURANÇA E PROTEÇÃO PARA DESLOCAMENTO NO ESCURO As luminárias de emergência LED Alumbra, tem um design compacto e são ideiais para

Leia mais

CARREGADOR DE BATERIA

CARREGADOR DE BATERIA 1 MANUAL DO USUÁRIO CARREGADOR DE BATERIA MODELO : KA-044-5A 2 O EQUIPAMENTO: O carregador de bateria KA-044-5A é um equipamento dotado de sistema de carga inteligente sendo que todo processo de carga

Leia mais

Luminária de emergência a led de alta potência substitui outras luminárias de emergência a led de baixa eficiência e baixa durabilidade da bateria.

Luminária de emergência a led de alta potência substitui outras luminárias de emergência a led de baixa eficiência e baixa durabilidade da bateria. DESCRIÇÃO Luminária de emergência a led de alta potência substitui outras luminárias de emergência a led de baixa eficiência e baixa durabilidade da bateria. APLICAÇÕES Indicada para todas as áreas prediais,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12 MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12 SINAIS DE ATENÇÃO! Atenção! Alta Voltagem 230/240V Atenção! Superfície quente! Vapor quente ou líquido. Atenção!

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (VT01 / VT09)

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (VT01 / VT09) MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (VT01 / VT09) Pagina 1 / 5 1.0) VOLTÍMETRO - RACETRONIX A principal função do Voltímetro é indicar o valor da tensão (em volts) do sistema elétrico do veículo. O Voltímetro

Leia mais

1.1 Apresentação 1.2 Assistência técnica 1.3 Inspeção no ato do recebimento 1.4 Especificações técnicas. 2.1 Introdução 2.

1.1 Apresentação 1.2 Assistência técnica 1.3 Inspeção no ato do recebimento 1.4 Especificações técnicas. 2.1 Introdução 2. ÍNDICE SEÇÃO 1 Dados Gerais 1.1 Apresentação 1.2 Assistência técnica 1.3 Inspeção no ato do recebimento 1.4 Especificações técnicas SEÇÃO 2 Funcionamento 2.1 Introdução 03 2.2 Funcionamento 03 SEÇÃO 3

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC-250ED

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC-250ED A SSISTÊNCIAS T ÊCNICASAUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP

Leia mais

Presente em seus projetos.

Presente em seus projetos. Manual de configuração do módulo de relê receptor RF de 1 canal para tensões de 12V, 127V e 220V Objetivos: Explicar como configurar os modos de funcionamento, cadastrar controles e apagar os controles

Leia mais

HFX & HFXE LED REATOR ELETRÔNICO & REATOR ELETRÔNICO COMBINADO E INVERSOR DE EMERGÊNCIA PARA AMBIENTES EXTERNOS

HFX & HFXE LED REATOR ELETRÔNICO & REATOR ELETRÔNICO COMBINADO E INVERSOR DE EMERGÊNCIA PARA AMBIENTES EXTERNOS HFX & HFXE LED REATOR ELETRÔNICO & REATOR ELETRÔNICO COMBINADO E INVERSOR DE EMERGÊNCIA PARA AMBIENTES EXTERNOS Autor: Barel AS Rev 19 Data: 23.05.2016 Barel AS 9917 Kirkenes Noruega www.barel.no ÍNDICE

Leia mais

TELE - VENDAS: (0xx41) FAX GRÁTIS:

TELE - VENDAS: (0xx41) FAX GRÁTIS: TELE - ENDAS: (0xx41) 2102-1100 - FAX GRÁTIS: 0800-704 2080 PROA DE LÂMPADAS Testando a Lâmpada Com a lâmpada fora do soquete, encoste uma ponta de prova no encaixe e a outra ponta no pólo como é mostrado

Leia mais

CONTROLADOR DE FATOR DE POTÊNCIA COISARADA CFPC-12

CONTROLADOR DE FATOR DE POTÊNCIA COISARADA CFPC-12 CONTROLADOR DE FATOR DE POTÊNCIA COISARADA CFPC-12 1. Funções e Características - Interface totalmente em português. - Possui um eficaz sistema de medição de fator de potência da onda fundamental, o que

Leia mais

CONTROLADOR DE CARGA CTL-100

CONTROLADOR DE CARGA CTL-100 Manual do usuário Série: A MAN-DE- Rev.: 01.01-10 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso. Para garantir o uso correto e eficiente, é imprescindível a leitura completa deste manual para um bom entendimento

Leia mais

UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO. Módulo 2

UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO. Módulo 2 UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO Módulo 3 Módulo FRENTE MEDIDAS: Comprimento Total 2,0 m Comprimento módulo, m Comprimento módulo 2,00 m Comprimento módulo 3,0 m Largura 2,3 m

Leia mais

Autotransformadores Tripolares

Autotransformadores Tripolares 36 Elétrica Autotransformadores Tripolares PATENTE REQUERIDA Sistema de Alças para Transporte EXCLUSIVO! Permite ligação de plugues tripolares e bipolares. (entrada ou saída) Utilize seus equipamentos

Leia mais

P R O C E D I M E N T O S Preparo da placa de Comando 41 FA

P R O C E D I M E N T O S Preparo da placa de Comando 41 FA Prezado Cliente, Todos os componentes integrantes do KIT 41 FA foram previamente testados em nossa fábrica antes do seu envio e estão cobertos por garantia da forma especificada no Termo de Garantia que

Leia mais

Lâmpadas Tubulares de LED

Lâmpadas Tubulares de LED Catálogo Lâmpadas Tubulares de LED Aplicações: Lojas, Escritórios, Farmácias, Hospitais, Escolas, Hotéis, Bancos, Shopping Centers, Supermercados, Armazéns, entre outros. Benefícios: Economiza até 60%

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Caro Usuário Primeiramente, queremos parabenizá-lo pela escolha de um equipamento com a marca SINAPSE. O Sistema de Iluminação Cromoled é produzido sob um rígido padrão

Leia mais

LUMINÁRIA FLUORESCENTE (segurança aumentada)

LUMINÁRIA FLUORESCENTE (segurança aumentada) LUMINÁRIA FLUORESCENTE (segurança aumentada) NA96372-73 NA96534-55 Atmosferas explosivas Zonas 1 e 2, 21 e 22 - Grupos IIA, IIB e IIC Grau de proteção: IP 66/67 NBR IEC 60079-10, NBR IEC 60079-1, NBR IEC

Leia mais

[Manual do Usuário] é bem durável e resistente é multi-uso é super simples de usar fácil de programar usa peças importadas ele não enferruja!

[Manual do Usuário] é bem durável e resistente é multi-uso é super simples de usar fácil de programar usa peças importadas ele não enferruja! >> destaques ECONOTIMER: é bem durável e resistente é multi-uso é super simples de usar fácil de programar usa peças importadas ele não enferruja! [Manual do Usuário] I NDEX. Introdução... 01. Aplicações...

Leia mais

Série 14 - Minuteria multifunção 16 A. Características

Série 14 - Minuteria multifunção 16 A. Características Características 14.01 14.71 Minuteria multifunção Largura do módulo 17.5 mm Escala de temporização de 30s a 20min Chaveamento da carga em Zero crossing Chaveamento pisca com aviso de fim de temporização

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 203 Design e Tecnologia incomparáveis Identificação Esquema de ligação Interruptor imples - 0A/250V~ 2 FAE Permite comandar uma o u m a i s l â m p a d a s exclusivamente de um único local.

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES Modelo ESR 1600 INTRODUÇÃO Queremos parabenizá-lo por sua opção pela marca ETELJ. Você está adquirindo um resultado de anos de experiência em tecnologia. Sempre procuramos, em nosso

Leia mais

Rele de Fuga a Terra RFT-3C

Rele de Fuga a Terra RFT-3C [] Introdução Os Reles de fuga à terra são instrumentos utilizados para auxiliar na proteção de pessoas, painéis e equipamentos em geral. Acoplados a sensores de corrente toroidais apropriados, são capazes

Leia mais

Telecomando multifunções de segurança não polarizado para blocos autónomos de iluminação de segurança

Telecomando multifunções de segurança não polarizado para blocos autónomos de iluminação de segurança Telecomando multifunções de segurança não polarizado para blocos autónomos de de segurança R 039 00 Características técnicas Alimentação... : 230 VA 50 Hz 15 ma Capacidade dos terminais : 2 X 1,5 mm 2

Leia mais

Guia do instalador e do usuário. Kit Porteiro 1.1

Guia do instalador e do usuário. Kit Porteiro 1.1 Kit Porteiro 1.1 Tabela de Referências: Referência Descrição com Teto. PRM721410T * Unidade Interna Branco. * Unidade Externa Grafite. PRM720901 Interfone Arbus 900 Branco. PRM720214T Unidade Externa de

Leia mais

ECOM EMPRESA DE CONSTRUÇÕES, CONSULTORIA E MEIO AMBIENTE LTDA.

ECOM EMPRESA DE CONSTRUÇÕES, CONSULTORIA E MEIO AMBIENTE LTDA. PROJETO DE INSTALAÇÕES ELETRICAS DE BAIXA TENSÃO MERCADO DO SÃO JOAQUIM BAIRRO SÃO JOAQUIM, TERESINA - PI TERESINA PI AGOSTO/2014 MEMORIAL DESCRITIVO INST. ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO 1.0 IDENTIFICAÇÃO Obra:

Leia mais

BLOCOS AUTÔNOMOS DE EMERGÊNCIA LE3F LE2F BLE02.2F BLE02 LHE01 LEV01 CATÁLOGO DE PRODUTOS

BLOCOS AUTÔNOMOS DE EMERGÊNCIA LE3F LE2F BLE02.2F BLE02 LHE01 LEV01 CATÁLOGO DE PRODUTOS BLOCOS AUTÔNOMOS DE EMERGÊNCIA LE3F LE2F BLE02.2F BLE02 LHE01 LEV01 CATÁLOGO DE PRODUTOS EMPRESA A indústria de luminárias Spot Light está localizada em Toledo oeste paranaense, com espírito inovador e

Leia mais

Embaladora Ipcal modelo 39 Manual de instruções e garantia

Embaladora Ipcal modelo 39 Manual de instruções e garantia Embaladora Ipcal modelo 39 Manual de instruções e garantia INDÚSTRIA DE PLÁSTICO CRISTAL AMERICANO Comércio e Transportes Ltda. RUA MENDES CALDEIRA, 300 BRÁS - SÂO PAULO/SP FONE (011) 3229-4277 SITE: www.ipcal.com.br

Leia mais

w w w. e l e t r o n p l a s t. c o m. b r

w w w. e l e t r o n p l a s t. c o m. b r w w w. e l e t r o n p l a s t. c o m. b r TRUE CHARGE ECB110F30-A/00 (24V) Manual de Instruções e recomendações de segurança LEGENDA: Risco de Choque Elétrico Advertência Corrente contínua ~ Corrente

Leia mais

EMERSON ELETRÔNICOS MANUAL DO KIT CPLD-02-SOQ REV-01

EMERSON ELETRÔNICOS MANUAL DO KIT CPLD-02-SOQ REV-01 EMERSON ELETRÔNICOS MANUAL DO KIT CPLD-02-SOQ www.professoremersonmartins.com.br 2015 REV-01 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO KIT CPLD-02_SOQ Primeiramente a Emerson Eletrônicos, em nome do professor Emerson Martins

Leia mais

LÂMPADA LED SMART A67 10W BIVOLT MANUAL DE INSTRUÇÃO DE USO

LÂMPADA LED SMART A67 10W BIVOLT MANUAL DE INSTRUÇÃO DE USO LÂMPADA LED SMART A67 10W BIVOLT MANUAL DE INSTRUÇÃO DE USO www.flc.com.br I. Visão Geral Este é um produto ecológico, econômico e eficaz, economiza até 90% de energia e dura até 10 vezes mais em relação

Leia mais

LÂMPADA LED SMART A67 10W BIVOLT

LÂMPADA LED SMART A67 10W BIVOLT LÂMPADA LED SMART A67 10W BIVOLT I. Visão Geral II. Instruções Importantes Este é um produto ecológico, econômico e eficaz, economiza até 90% de energia e dura até 10 vezes mais em relação ás lâmpadas

Leia mais

Índice. Introdução 03. Cuidados ao manusear o equipamento 05. Acessórios Inclusos 06. Definições do equipamento 07

Índice. Introdução 03. Cuidados ao manusear o equipamento 05. Acessórios Inclusos 06. Definições do equipamento 07 Manual 1 Índice. Introdução 03 Cuidados ao manusear o equipamento 05 Acessórios Inclusos 06 Definições do equipamento 07 Conectando o Pin Out 11 Fazendo medições 13 Testando com injetores e bobinas reais

Leia mais

TEMPORIZADOR MICROCONTROLADO PARA BACKLIGHT DO RÁDIO TURNIGY 9X

TEMPORIZADOR MICROCONTROLADO PARA BACKLIGHT DO RÁDIO TURNIGY 9X TEMPORIZADOR MICROCONTROLADO PARA BACKLIGHT DO RÁDIO TURNIGY 9X Por: José Carlos Santa Cruz Engenheiro de Computação - dezembro de 2016 cientistaespacial@gmail.com A fim de evitar o consumo excessivo de

Leia mais

POSTE Está construído em aço galvanizado, para evitar deterioração por agentes atmosféricos e calculado para suportar cargas de vento. Tem uma altura

POSTE Está construído em aço galvanizado, para evitar deterioração por agentes atmosféricos e calculado para suportar cargas de vento. Tem uma altura Iluminação 03 A iluminação pública através de lâmpadas solares, tornou-se como uma das grandes aplicações da energia fotovoltaica. A ViV Energia e Ambiente dispõe de equipamentos desenhados especificamente

Leia mais

LUMINÁRIAS SUPERLED DECORATIVAS DE EMBUTIR

LUMINÁRIAS SUPERLED DECORATIVAS DE EMBUTIR SAC 8-933 S SUPERLED DECORATIVAS DE EMBUTIR SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ EFICIENTE DESDE O PRIMEIRO MOMENTO E SUPERLED EM UM ÚNICO PRODUTO Eficiência energética é o que se busca

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO E CALIBRAÇÃO CONVERSOR ANALÓGICO DE SINAIS PARA CÉLULA DE CARGA. (Versão 1.0 Julho/12)

MANUAL DE OPERAÇÃO E CALIBRAÇÃO CONVERSOR ANALÓGICO DE SINAIS PARA CÉLULA DE CARGA. (Versão 1.0 Julho/12) MANUAL DE OPERAÇÃO E CALIBRAÇÃO CONVERSOR ANALÓGICO DE SINAIS PARA CÉLULA DE CARGA (Versão 1.0 Julho/12) 1 INDÍCE PÁG. 1 Garantia 3 2 Introdução 3 3 Instalação 3 4 Dados Técnicos 4 5 Alimentação Elétrica

Leia mais

Parabéns! Você acaba de adquirir o KIT de Conversão Parcial H-BIKE Brasil.

Parabéns! Você acaba de adquirir o KIT de Conversão Parcial H-BIKE Brasil. Parabéns! Você acaba de adquirir o KIT de Conversão Parcial H-BIKE Brasil. Seu KIT de conversão parcial é composto por: - Módulo Controlador Eletrônico - Bateria de Lítio 36v 8Ah - Acelerador Wuxing -

Leia mais

Prime. Duna. Design para ambientes de personalidade. A exclusividade em movimento.

Prime. Duna. Design para ambientes de personalidade. A exclusividade em movimento. Prime Duna Design para ambientes de personalidade. A exclusividade em movimento. Prime Duna Atributos e benefícios Beleza e ergonomia premiadas na mostra "Brasil faz Design". Cor Branco Haya. Modular

Leia mais

Manual de Instruções de Instalação e Garantia. Risco Zero1. -Acionador Eletrônico com Rebaixador de Tensão

Manual de Instruções de Instalação e Garantia. Risco Zero1. -Acionador Eletrônico com Rebaixador de Tensão Manual de Instruções de Instalação e Garantia Risco Zero1 -Acionador Eletrônico com Rebaixador de Tensão Revisão 0 - V. Jan/2013 Parabéns! Você acabou de adquirir a solução para o acionamento da motobomba

Leia mais

ÓCULOS 3D MANUAL DO UTILIZADOR. Antes de utilizar este equipamento, leia este manual atentamente e guarde-o para consultas futuras.

ÓCULOS 3D MANUAL DO UTILIZADOR. Antes de utilizar este equipamento, leia este manual atentamente e guarde-o para consultas futuras. MANUAL DO UTILIZADOR ÓCULOS 3D Antes de utilizar este equipamento, leia este manual atentamente e guarde-o para consultas futuras. AG-S100 REV.01 www.lge.com Atenção Leia estas instruções de segurança

Leia mais

Painel de Monitoramento e Controle PASE Manual de Instalação Características:

Painel de Monitoramento e Controle PASE Manual de Instalação Características: Painel de Monitoramento e Controle PASE Manual de Instalação Características: Entrada para sensor de nível 4 20mA Entrada para sensor de condutividade RS485 Comando e monitoramento remoto da bomba Fácil

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções M MA AS ST E T ER R Manual de Instruções N MÁX.20A VOLTÍMETRO RL LZVT RACK RACK LIGHT LIGHT LIGA PROTEÇÃO SURTO D E S L I G A ENTRADA M N N N Á N N N N X 115V/230V 20A RACK LIGHT RL LZVT INSTRUÇÕES DE

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO CATEGORIA: BOTOEIRAS / ACIONADORES MANUAIS SUBCATEGORIA: ACIONADORES MANUAIS DE ALARME DE INCÊNDIO Acionador Manual de Alarme de Incêndio À Prova de Tempo IP54 Quebra Vidro Código: AFAM1PT. O acionador

Leia mais

Leitor MaxProx-PC. O leitor de cartões de proximidade MaxProx-PC é destinado aos Integradores de Controle de Acesso.

Leitor MaxProx-PC. O leitor de cartões de proximidade MaxProx-PC é destinado aos Integradores de Controle de Acesso. Leitor MaxProx-PC O leitor de cartões de proximidade MaxProx-PC é destinado aos Integradores de Controle de Acesso. Ele foi especialmente projetado para controle de acesso, para ser usado no modo de operação

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES TURBO GÁS

MANUAL DE INSTRUÇÕES TURBO GÁS MANUAL DE INSTRUÇÕES TURBO GÁS Progás Indústria Metalúrgica Ltda. Av. Eustáquio Mascarello, 5 - Desvio Rizzo Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 0800.979. www.progas.com.br - e-mail: progas@progas.com.br

Leia mais

KIT DE ILUMINAÇÃO COM FIBRAS OPTICAS PARA DECORAÇÃO

KIT DE ILUMINAÇÃO COM FIBRAS OPTICAS PARA DECORAÇÃO MANUAL DE INFORMAÇÕES AO USUÁRIO E CONDIÇÕES DE GARANTIA A Fibra Óptica Brasileira KIT DE ILUMINAÇÃO COM FIBRAS OPTICAS PARA DECORAÇÃO ATENÇÃO: Não utilize este equipamento sem antes consultar este manual.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO INDICADOR DE FALHAS COM SINALIZADOR EXTERNO MODELO IDBR-02

MANUAL DO USUÁRIO INDICADOR DE FALHAS COM SINALIZADOR EXTERNO MODELO IDBR-02 MANUAL DO USUÁRIO INDICADOR DE FALHAS COM SINALIZADOR EXTERNO MODELO IDBR-02 JANEIRO DE 2016 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. INFORMAÇÃO TÉCNICA... 3 3. DEFINIÇÃO... 3 4. ESTRUTURA DO PRODUTO... 3 5. INTERLIGAÇÃO

Leia mais

Fonte Bivolt 24 Vdc / 5 A

Fonte Bivolt 24 Vdc / 5 A Descrição do Produto A fonte de alimentação é uma solução para aplicações de uso geral no que se refere a alimentação de controladores programáveis, sensores e comando de quadro elétricos. Tem uma saída

Leia mais

NEPTUNE T5 POLY. Ficha técnica da família de produto. Luminárias à prova de umidade. Aŕeas de aplicação. Benefícios do produto

NEPTUNE T5 POLY. Ficha técnica da família de produto. Luminárias à prova de umidade. Aŕeas de aplicação. Benefícios do produto NEPTUNE T5 POLY Luminárias à prova de umidade Aŕeas de aplicação Ambientes úmidos e empoeirados com níveis de corrosão normais Condições de aplicação difíceis com umidade ou poeira luminação funcional

Leia mais

Aplicativos JEEP MPI. O Indicador de mau funcionamento (mil) no painel de instrumento iluminará se são reconhecidas certas falhas.

Aplicativos JEEP MPI. O Indicador de mau funcionamento (mil) no painel de instrumento iluminará se são reconhecidas certas falhas. 1 Aplicativos JEEP MPI JEEP CHEROKEE 4.0L Código de Falhas A unidade central incorpora uma função de diagnóstico O Indicador de mau funcionamento (mil) no painel de instrumento iluminará se são reconhecidas

Leia mais

Apostila de Instalações Elétricas

Apostila de Instalações Elétricas 6.10.9 - Mista: combina uma incandescente e um tubo de descarga com alta pressão. Funciona em tensão de 220 V, sem reator. Emite cerca de 30 lumen/w. Possui vida útil de cerca de 6.000h. É uma alternativa

Leia mais

Conexão de lâmpadas de demarcação lateral adicionais

Conexão de lâmpadas de demarcação lateral adicionais Descrição Descrição As lâmpadas de demarcação lateral podem ser conectadas de diferentes maneiras, desde que o veículo venha preparado para tanto de fábrica: É possível adicionar lâmpadas de demarcação

Leia mais

Técnicas de Manutenção de Computadores

Técnicas de Manutenção de Computadores Técnicas de Manutenção de Computadores Professor: Luiz Claudio Ferreira de Souza Componentes e Periféricos do Computador Fonte de Alimentação As fontes de alimentação tem como função a conversão da corrente

Leia mais

Para o perfeito funcionamento e conservação dos componentes instalados, siga as recomendações abaixo:

Para o perfeito funcionamento e conservação dos componentes instalados, siga as recomendações abaixo: t1200 apresentação e características A Micro comutadora t1200 é um módulo eletrônico desenvolvido para facilitar a instalação do Kit GNV. Essa comutadora é programada somente para veículos providos de

Leia mais

PEA LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EXPERIÊNCIA - DISPOSITIVOS DE COMANDO RELATÓRIO

PEA LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EXPERIÊNCIA - DISPOSITIVOS DE COMANDO RELATÓRIO PEA 2401 - LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EXPERIÊNCIA - DISPOSITIVOS DE COMANDO RELATÓRIO NOTA Grupo:......... Professor:...Data:... Objetivo:......... 1 - ROTEIRO 1.1 - Análise das características

Leia mais

SUPER SCAN DE LED. Manual de Operações

SUPER SCAN DE LED. Manual de Operações SUPER SCAN DE LED Manual de Operações INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA Este equipamento foi desenvolvido para uso interno. Mantenha-o protegido contra umidade, respingos ou excesso de poeira e calor. Para prevenir

Leia mais

CRITÉRIOS PARA A CONCESSÃO DO SELO PROCEL DE ECONOMIA DE ENERGIA A REATORES ELETRÔNICOS PARA LÂMPADAS FLUORESCENTES TUBULARES

CRITÉRIOS PARA A CONCESSÃO DO SELO PROCEL DE ECONOMIA DE ENERGIA A REATORES ELETRÔNICOS PARA LÂMPADAS FLUORESCENTES TUBULARES CRITÉRIOS PARA A CONCESSÃO DO SELO PROCEL DE ECONOMIA DE ENERGIA A REATORES ELETRÔNICOS PARA LÂMPADAS FLUORESCENTES TUBULARES (DOCUMENTO COMPLEMENTAR AO REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DO SELO PROCEL DE ECONOMIA

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES LUMINÁRIAS DE EMERGÊNCIA LED

MANUAL DE INSTRUÇÕES LUMINÁRIAS DE EMERGÊNCIA LED MANUAL DE INSTRUÇÕES LUMINÁRIAS DE EMERGÊNCIA LED * Estas luminárias apenas ser montados em superfícies não-combustíveis (gesso, concreto, peças de metal, etc.), de modo que: "EM NENHUMA CIRCUNSTÂNCIA

Leia mais

Lei de Ohm: associação de resistores e capacitores

Lei de Ohm: associação de resistores e capacitores Lei de Ohm: associação de resistores e capacitores Na figura abaixo, exemplificamos um circuito simples, onde aplicamos uma fonte de energia (V), ligada a um resistor (R) e que resultará em uma corrente

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MDC-300ED +55 (16)

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MDC-300ED +55 (16) A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

A doce melodia da economia

A doce melodia da economia A doce melodia da economia CONJUNTOS MONTADOS 4 x2 Produto ecoeficiente Interruptor simples ~ Interruptor paralelo ~ S3B62010 S3B62030 Com, a tecnologia está aplicada em benefício da economia de energia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FEELT FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA CLÁUDIO JOSÉ DE OLIVEIRA JÚNIOR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FEELT FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA CLÁUDIO JOSÉ DE OLIVEIRA JÚNIOR UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FEELT FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA CLÁUDIO JOSÉ DE OLIVEIRA JÚNIOR MÁQUINAS SÍNCRONAS (2º RELATÓRIO PARALELISMO DE ALTERNADORES) UBERLÂNDIA MG 2013 INTRODUÇÃO O paralelismo

Leia mais

PORTEIROS ELETRÔNICOS RESIDÊNCIAIS - KITs

PORTEIROS ELETRÔNICOS RESIDÊNCIAIS - KITs RESIDÊNCIAIS KITs 7.0 INTRODUÇÃO AOS PORTEIROS ELETRÔNICOS RESIDÊNCIAIS KITs O Porteiro Eletrônico Residencial é um sistema constituído por quatro componentes básicos. 7.1 PRIMEIRO COMPONENTE Painel instalado

Leia mais

@Box ATENUADOR VARIAVEL E INTERFACE BOX MANUAL DE INSTRUÇÕES

@Box ATENUADOR VARIAVEL E INTERFACE BOX MANUAL DE INSTRUÇÕES @Box ATENUADOR VARIAVEL E INTERFACE BOX MANUAL DE INSTRUÇÕES Índice Termo de garantia...4 Conteúdo da embalagem...4 Introdução...5 Controles...6 Ajuste inicial...8 Diagrama esquemático...9 Cabos de entrada

Leia mais

Caracteristicas Técnicas

Caracteristicas Técnicas Y-200D Apresentação Solução para medição de níveis de bagaço em Shut Donelly, o Y-200D é um equipamento de fácil configuração e alto desempenho. Converte sinais digitais [Max: 10 Bits] em sinal analógico

Leia mais

ÍNDICE CAPÍTULO 1 INFORMAÇÕES GERAIS CUIDADOS GERAIS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO PRODUTO... 03

ÍNDICE CAPÍTULO 1 INFORMAÇÕES GERAIS CUIDADOS GERAIS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO PRODUTO... 03 ÍNDICE CAPÍTULO 1 INFORMAÇÕES GERAIS... 02 1.1 CUIDADOS GERAIS... 02 1.2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO PRODUTO... 03 CAPÍTULO 2 PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA... 03 2.1 PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA NO TRABALHO... 03

Leia mais

ezap 900 Controlador Lógico Programável ezap900/901 Diagrama esquemático Apresentação Módulo ZMB900 - Características Gerais Dados Técnicos

ezap 900 Controlador Lógico Programável ezap900/901 Diagrama esquemático Apresentação Módulo ZMB900 - Características Gerais Dados Técnicos Caixa Aço carbono zincado Grau de proteção IP20 Dimensões 98 (L) x 98 (A) x 125 (P) mm Diagrama esquemático Apresentação A família de controladores lógicos programáveis ZAP900 foi desenvolvida para atender

Leia mais

Derivador e terminação para rede RS485

Derivador e terminação para rede RS485 Descrição do Produto O derivador/terminador é um módulo integrante da Série Ponto de controladores programáveis. Sua função é facilitar a instalação de diversas UCPs da Série Piccolo e Ponto com interface

Leia mais

BANCO DE ALIMENTAÇÃO 9000 COM DISPOSITIVO DE ARRANQUE DE AUTOMÓVEL

BANCO DE ALIMENTAÇÃO 9000 COM DISPOSITIVO DE ARRANQUE DE AUTOMÓVEL BANCO DE ALIMENTAÇÃO 9000 COM DISPOSITIVO DE ARRANQUE DE AUTOMÓVEL Manual do utilizador 31889 Leia este manual antes de usar este produto. Se não o fizer, poderá resultar em ferimentos graves. Obrigado

Leia mais

Manual do Usuário Bicicleta elétrica VERDE BIKE

Manual do Usuário Bicicleta elétrica VERDE BIKE Manual do Usuário Bicicleta elétrica VERDE BIKE Modelo PEROBA VBX18 Os Direitos autorais pertencem a VB IMPORTAÇAO LTDA proibindo a reprodução sem previa autorização Obrigado por escolher a VERDE BIKE.

Leia mais

Testador de rotação de fases sem contato

Testador de rotação de fases sem contato Guia do Usuário Testador de rotação de fases sem contato Modelo PRT00 Introdução Parabéns por ter adquirido este medidor Extech. O PRT00 é usado para se determinar com rapidez e precisão a sequência trifásica

Leia mais

BORNE RELÉ RR-100. Manual do usuário Borne Relé MAN-PT-DE- RR-100 Rev.:

BORNE RELÉ RR-100. Manual do usuário Borne Relé MAN-PT-DE- RR-100 Rev.: RR-100 Manual do usuário Borne Relé MAN-PT-DE- RR-100 Rev.: 1.00-11 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso RR-100. Para garantir o uso correto e eficiente do RR-100, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

Temporizador Eletrônico DT3000

Temporizador Eletrônico DT3000 Temporizador Eletrônico DT3000 Manual de Instalação e Manutenção BR Rev.00 1. Termo de garantia 2. Informações gerais de segurança 3. Informações gerais do produto 1 1. Termo de garantia A Spirax Sarco

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CAIXAS ACÚSTICAS FRD 318S FRD 315S.

MANUAL DE INSTRUÇÕES CAIXAS ACÚSTICAS FRD 318S FRD 315S. MANUAL DE INSTRUÇÕES CAIXAS ACÚSTICAS FRD 318S FRD 315S FRD 315S/318S ATIVO Parabéns pela aquisição da caixa acústica FRD315S/318S AudimaxMachine. Este produto foi desenvolvido e aperfeiçoado a partir

Leia mais

Instruções Gerais. Introdução ao Produto. Introdução às funções. Introdução. STU-G30DMX Página 2

Instruções Gerais. Introdução ao Produto. Introdução às funções. Introdução. STU-G30DMX Página 2 Instruções Gerais Obrigado por adquirir o Projetor de Laser STU-G30. Para segurança e melhor operação, leia este manual cuidadosamente antes de utilizar o projetor, para que não ocorra algum dano pessoal

Leia mais

Dispositivo para Teste de Iluminação Pública REATEST. P34 Manual do Usuário

Dispositivo para Teste de Iluminação Pública REATEST. P34 Manual do Usuário Dispositivo para Teste de Iluminação Pública REATEST P34 Manual do Usuário Primata Tecnologia Eletrônica Curitiba - Paraná Brasil Novembro / 2013 ADVERTÊNCIA A reprodução de qualquer parte deste texto,

Leia mais

Disk Station. DS209j, DS209, DS209+, DS209+II. Guia de Instalação Rápida

Disk Station. DS209j, DS209, DS209+, DS209+II. Guia de Instalação Rápida Disk Station DS209j, DS209, DS209+, DS209+II Guia de Instalação Rápida INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA Leia estas instruções de segurança cuidadosamente antes de usar, e mantenha este manual em um local seguro

Leia mais

SOLDA DE CORTE PLASMA 40

SOLDA DE CORTE PLASMA 40 *imagens meramente ilustrativas SOLDA DE CORTE PLASMA 40 Manual De Instruções 1. DADOS TÉCNICOS MÁQUINA DE CORTE PLASMA 40 Modelo Plasma 40 Corrente nominal 40A Tensão em vazio máxima 280V Ciclo de trabalho

Leia mais

Luminárias fluorescentes cilíndricas Série FD Padrão e de emergência. À prova de explosão

Luminárias fluorescentes cilíndricas Série FD Padrão e de emergência. À prova de explosão uminárias fluorescentes cilíndricas Série FD BR IEC : Aplicações Pode ser instalada em áreas de risco designadas como Zonas 1 e 2 21 e 22. Para uso em locais onde é necessário um alto grau de resistência

Leia mais

FONTE MANUAL DO USUÁRIO CARREGADOR 40A. 70A. 100A. 150A. 200A

FONTE MANUAL DO USUÁRIO CARREGADOR 40A. 70A. 100A. 150A. 200A FONTE CARREGADOR MANUAL DO USUÁRIO 40A. 70A. 100A. 150A. 200A PARABÉNS! Você acaba de adquirir um produto com a qualidade JFA Eletrônicos, o qual foi desenvolvido com tecnologia avançada e design exclusivo.

Leia mais

Placa DMX 108 canais LED (versão 2)

Placa DMX 108 canais LED (versão 2) Placa DMX 108 canais LED (versão 2) Após ler o manual veja também o exemplo de ligação da placa de 108 canais (este exemplo se refere a versão antiga desta placa, mas as ligações são idênticas). Introdução

Leia mais

FONTES DE ALIMENTAÇÃO PARA COMPUTADORES. Figura 1 - Fonte de Alimentação para Computadores.

FONTES DE ALIMENTAÇÃO PARA COMPUTADORES. Figura 1 - Fonte de Alimentação para Computadores. FONTES DE ALIMENTAÇÃO PARA COMPUTADORES 1. OBJETIVO Figura 1 - Fonte de Alimentação para Computadores. Conhecer as funcionalidades das fontes de alimentação nos computadores trabalhando suas principais

Leia mais

Wireless N 300 ADSL2+ Router GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA

Wireless N 300 ADSL2+ Router GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA Wireless N 300 ADSL2+ Router GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CONTEÚDO DA EMBALAGEM CONTEÚDO Wireless N 300 ADSL2+ Router PORTUGUÊS ADAPTADOR DE ENERGIA ADAPTADOR CABO ETHERNET (CABO RJ-45) CONECTE O MODEM NO

Leia mais

Modelo da Estrutura Tipo IP-E3

Modelo da Estrutura Tipo IP-E3 1/9 Modelo da Estrutura Tipo IP-E3 Seguir o POP-IP 001.01.02 Regras Básicas do de Iluminação Pública. Passo 01: Executar os passos 01 a 13 do POP-IP 001.01.03 Diretriz do eletricista de Iluminação Pública.

Leia mais

TASCO. 28º Edição. anos Desde Catálogo Geral Acessórios para Montagens Mecânicas e Eletroeletrônicas.

TASCO. 28º Edição. anos Desde Catálogo Geral Acessórios para Montagens Mecânicas e Eletroeletrônicas. Catálogo Geral - 2011 TASCO Acessórios para Montagens Mecânicas e Eletroeletrônicas 28º Edição TASCO LTDA 30 anos Desde 1980 Referência de Mercado www.tascoltda.com.br Mecânico: Fechos Lingueta Fechos

Leia mais

Entre (F / N), (F / PE) e (F / PEN) Tecnologia de proteção. Varistor de Óxido de Zinco - MOV Tempo de resposta

Entre (F / N), (F / PE) e (F / PEN) Tecnologia de proteção. Varistor de Óxido de Zinco - MOV Tempo de resposta VC L Dispositivo de Proteção contra Surtos (DPS) com tecnologia de proteção baseada na utilização de varistor de óxido de zinco (). -Três locais para marcadores/identificadores; -Encaixe em trilho ( linha

Leia mais

Código de erro do Ar Condicionado Consul Inverter.

Código de erro do Ar Condicionado Consul Inverter. Código de erro do Ar Condicionado Consul Inverter. 3. DIAGNÓSTICO 3.1. Procedimento de Reset do produto (Reiniciar) Antes de iniciar qualquer diagnóstico, deve-se seguir três ações: a) Fazer o reset do

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO GERADOR OZONIC C-200

MANUAL DE OPERAÇÃO GERADOR OZONIC C-200 MANUAL DE OPERAÇÃO GERADOR OZONIC C-200 Este manual sempre deve ser lido para que se procedam as operações, por uma pessoa e uma segunda pessoa, fazendo as operações a cada etapa. 1 Índice Página 1 Instalação

Leia mais

Dispensador de Parafina DP-16 DP-16

Dispensador de Parafina DP-16 DP-16 Dispensador de Parafina DP-16 DP-16 w w w. o p a t o l o g i s t a. c o m. b r Revisão 1 - Agosto 2015 O Patologista Comercial Ltda. Rua Brigadeiro Lima e silva, 746 Jardim Vila Galvão Guarulhos SP CEP

Leia mais