Programas Recursivos e conversão de Programas Monolíticos 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programas Recursivos e conversão de Programas Monolíticos 1"

Transcrição

1 Programas Recursivos e conversão de Programas Monolíticos 1 Cláudia Santos Fernandes, Daniela Tereza Ascencio Russi, Francisco Assis da Silva, Liliane Jacon Jacob Mestrado Remoto da UFRGS/FACCAR {claudia, daniela, chico, Abstract The basic concepts of programs, monolithic programs and recursive programs provide a theory basis needed to introduce other concepts on Computer Science. The propose of this article is to present the software Recursive Programs which permits conversion of monolithic programs into simple labeled instructions to a recursive program, and also simplifying it. The proposal to use the software is to be used as a tool to teach computer theory subject. This article presents the computer environment with the procedures to install and execute, the help system, as well as examples of how to use this software. 1 - Introdução O estudo de Teoria da Computação proporciona um embasamento teórico para um melhor entendimento da ciência envolvida na computação, necessário para o desenvolvimento do raciocínio lógico e formal de aluno de Ciência da Computação. Este estudo compreende noções mais formais de programas, máquinas, algoritmos e computações, estabelecendo os limites da ciência da computação (onde nem tudo é computável). Os conceitos básicos de programas, máquinas e funções computáveis são de vital importância para a Ciência da Computação, pois são o alicerce para as disciplinas que tratam de linguagens de programação. É necessário formalizar esses conceitos para que seja possível estender e aprofundar o estudo em Teoria da Computação, tais como: computação, Máquinas Universais, funções recursivas, computabilidade, etc. Em Teoria da Computação são introduzidos os conceitos fundamentais que são desenvolvidos em outras áreas, e um dos tópicos estudado é sobre a complexidade estrutural que diz respeito à estrutura de controle adotada e à otimização em termos de número de instruções e da eliminação de instruções desnecessárias. O conceito de programa, segundo [DIV99], pode ser visto como um conjunto de operações e testes compostos de acordo com uma estrutura de controle. Conforme a estrutura utilizada determina-se a classificação do programa: monolítico, iterativo ou recursivo. Este artigo tem como objetivo apresentar os conceitos básicos para o estudo de programas recursivos e apresentar o software Construção de Programas Recursivos, desenvolvido como aplicação prática dos conceitos teóricos estudados. O artigo está dividido em seis capítulos. No capítulo 2 é descrito detalhadamente a classificação de Programas Monolíticos e Recursivos. O capítulo 3 aborda o Ambiente 1 Trabalho desenvolvido como tarefa da disciplina CMP313 Teoria da Computação I no Mestrado em Ciência da Computação da UFRGS ministrada na FACCAR em Rolândia.

2 Computacional: equipamento necessário ou recomendado para executar o software, linguagem de programação e procedimentos de instalação e execução do software. O objetivo do software, a interface, o sistema de ajuda e as principais características são detalhados no capítulo 4. Com o intuito de oferecer um melhor entendimento da interface gráfica que o usuário irá encontrar, no capítulo 5 são demonstrados através de exemplos o processo de execução do software. O capítulo 6 apresenta as conclusões deste trabalho. 2 - Programas Programas podem ser descritos como um conjunto estruturado de instruções que capacitam uma máquina a executar sucessivamente certas operações básicas e testes sobre os dados iniciais fornecidos, com o objetivo de transformar estes dados numa forma desejável. Sendo que existem várias formas de estruturação de controle e essas formas classificam os programas em: Monolítico, com apenas desvios condicionais e incondicionais; Iterativo, possui estruturas de iteração de trechos de programas; Recursivo, baseado em sub-rotinas recursivas. Independentemente da estrutura de controle, duas ou mais operações ou testes podem ser compostos. Sendo que para o estudo de programas, as operações e os testes serão identificados pelo nome, descritos a seguir: Identificadores de operações: F, G, H,... Identificadores de testes: T. Uma operação de teste produz somente um valor, podendo ser verdadeiro (v) ou falso (f). Se a operação não faz nada, ela é denominada como operação vazia ( ). 2.1 Programa Monolítico É um programa estruturado, usando desvios condicionais e incondicionais, sem fazer uso explícito de mecanismos auxiliares de programação que permitam uma melhor estruturação do controle como iteração, subdivisão ou recursão. O programa monolítico pode ser especificado na forma de fluxograma (diagramática), mas além dessa forma pode também ser denotado na forma de texto (melhor descrito), através do uso de instruções rotuladas. Onde cada instrução rotulada é identificada por um rótulo(cadeia de caracteres finita (letras e/ou dígitos)), sendo: Composta por: Operação: indica a operação a ser executada seguida de um desvio incondicional para a instrução subsequente. Teste: determina um desvio condicional, ou seja, que depende da avaliação de um teste.

3 Onde: Não existem duas instruções diferentes com um mesmo rótulo. E a parada é especificada usando um desvio incondicional para um rótulo sem instrução associada (instrução vazia). 2.2 Programas Recursivos Encontrado com diversas variações, na maioria das linguagens de alto nível que admitem sub-rotinas recursivas. Recursão: é uma forma indutiva de definir programas. Sub-rotinas: permitem a estruturação hierárquica de programas, possibilitando níveis diferenciados de abstração. Indentificadores de Sub-rotinas são: R1, R2,... A computação de um programa recursivo consiste na avaliação da expressão inicial onde cada identificador de Sub-rotina referenciado é substituído pela correspondente expressão que o define, e assim sucessivamente, até que seja substituído pela expressão vazia, determinando o fim da recursão. Um Programa Recursivo P tem a seguinte forma: P é E 0 onde R 1 def E 1, R 2 def E 2,..., R n def E n Onde (suponha K {1, 2,..., n}): E 0 : Expressão inicial a qual é uma expressão de sub-rotinas; E k : Expressão que define R k, a expressão que define a sub-rotina identificada por R k. A operação vazia constitui um programa recursivo que não faz coisa alguma. 3 Ambiente Computacional Neste capítulo são abordados alguns aspectos para funcionalidade do software, conforme descrição a seguir: 3.1 Equipamento necessário ou recomendado Microcomputador 486 DX4 100 Mhz (ou superior) 16 Mbytes de RAM monitor SVGA 3 Mbytes de espaço livre em disco rígido Ambiente: Windows 95 ou versão superior Configuração de vídeo: 800x600 pixels

4 3.2 Linguagem de Programação O ambiente de programação escolhido para implementação do software foi Borland Delphi 3, em linguagem Object Pascal. O Delphi é uma ferramenta de fácil utilização e permite desenvolver aplicativos for Windows Procedimentos de Instalação do Software As telas a seguir mostram o processo de instalação do software Construção de Programas Recursivos. Procedimento 1 Ligue o computador; Ao iniciar o Sistema Operacional Windows 95 insira no drive 3 ½ do seu computador o disco de Instalação do software; Click com o mouse no botão Start (Iniciar) e logo em seguida no item de menu Run (Executar), figura 1; Figura 1 Menu Run (Executar) Procedimento 2 Ao aparecer a tela abaixo Run (Executar), digite no campo Open (Abrir) A:\SETUP e click com o mouse no botão OK, figura 2; Figura 2 Tela Run (Executar)

5 Procedimento 3 Aparecerá uma tela dizendo Bem vindos ao programa de instalação do Programa Recursivo. Esse programa instalará o Programa Recursivo no seu computador, figura 3; Click com o mouse no botão Next (Próximo); Figura 3 Tela Welcome (Bem vindos) Procedimento 4 Caso você deseje mudar o diretório (local de instalação), click com o mouse no botão Browse (Procurar) para mudar o diretório de Instalação do Software na Tela Choose Destination Location (Escolha a Localização de Destino), figura 4; Figura 4 Tela Welcome Choose Destination Location

6 Procedimento 5 Digite no campo Program Folders (Pasta do Programa) na tela Select Program Folder (Selecione a pasta do Programa), Programas Recursivos ou outro nome para que este seja criado no menu Programas a partir do botão Iniciar, e click no botão Next (Próximo), figura 5; Figura 5 Select Program Folder A tela abaixo mostra o Software sendo Instalado do Winchester (Disco Rígido) do seu computador, onde a barra progressiva indica o percentual da instalação, figura 6. Figura 6 Programa sendo instalado no Winchester (Disco Rígido)

7 Procedimento 6 Click com o mouse no botão Finish (Finalizar) para completar a instalação na tela Setup Complete (Instalação Completa), figura 7. Figura 7 Setup Complete (Instalação Completa) Procedimento de Execução do Software Click com o mouse no botão Start (Iniciar), em seguida na opção Programs (Programas) e então escolha o item Programas Recursivos, figura 8. Figura 8 Procedimentos de Execução do Software 4 Características do Software Programas Recursivos O objetivo do software desenvolvido é converter programa monolíticos na forma de Instruções Rotuladas Simples para Programa Recursivo, além de possibilitar a simplificação do mesmo. O usuário pode criar ou editar um Programa Recursivo, com

8 opções para adicionar novas instruções, removê-las, desfazer/refazer operações e imprimir o Programa Recursivo simplificado ou não. O ambiente gráfico do software permite visualização passo a passo do processo de simplificação de Programas Recursivos. A interface gráfica do software proporciona um ambiente amigável com o intuito de diminuir a distância entre homem-máquina. O software Construção de Programas Recursivos tem como público alvo alunos de graduação e pós-graduação em Ciência da Computação, que se interessem pela disciplina de Teoria da Computação. A interface do software por ser no ambiente Windows é muito interativa. Cada botão apresenta um breve comentário da sua utilização, bastando o usuário posicionar o mouse sobre o botão desejado. Para um maior esclarecimento sobre a utilização das funcionalidades do software, existe uma ajuda interativa (help system) incorporada, ilustrada na figura 9, que é disponibilizada através do botão Ajuda ou da tecla F1. Figura 9 Ajuda interativa (help system) 5 - Exemplos Na tela de abertura, ilustrado na figura 10, a opção a ser escolhida para a entrada na tela de Construção de Programas Recursivos, deve ser o botão Programa Recursivo.

9 Figura 10 Tela de abertura Após entrar na tela da Construção de Programas Recursivos, o usuário pode escolher por exemplo converter um programa monolítico (Instruções Rotuladas Simples) em Programa Recursivo e ou simplificá-lo, bem como poder editá-lo. 5.1 Exemplo de conversão de um programa monolítico na forma de Instruções Rotuladas Simples para programa recursivo O software oferece a opção de abrir, visualizar e converter programas monolíticos na forma de Instruções Rotuladas Simples em programas recursivos para possível edição, simplificação ou impressão do programa. A figura 11 ilustra o programa monolítico (Instruções Rotuladas Simples) e ao fundo o programa recursivo correspondente. Figura 11 Visualização do Programa monolítico (Instruções Rotuladas Simples)

10 5.2 Exemplo de Simplificação de um Programa Recursivo Este software oferece opções de entrar com as instruções para criar um novo programa recursivo, ou abrir um já existente (botões Novo e Abrir na figura 2). Para introduzir uma linha na tela de edição do programa, primeiramente o usuário escolhe se a instrução é um teste, uma operação, ou então uma instrução vazia (v). Se a instrução for um teste, devem ser preenchidos os campos de destino: quando a condição for verdadeira e quando for falsa. No caso das operações, devem ser informados a operação e o desvio. Em seguida, pressiona-se o botão Entrar Instrução. Esse procedimento é repetido para cada instrução do programa. A figura 12 ilustra um Programa Recursivo editado pelo software. Figura 12 Edição de um Programa Recursivo O usuário pode editar o programa, através da inclusão de novos comandos, alterar os já existentes, remover linhas, selecionar e copiar blocos, bem como selecionar todo o programa. É possível também desfazer ou refazer as ações do usuário. Após a entrada dos comandos do Programa Recursivo, o usuário pode realizar a simplificação do mesmo, figura 13. Esta etapa pode ser executada passo a passo, ou então ser executada de uma única vez. Para o usuário visualizar cada passo no processo de simplificação, é sugerida a opção passo a passo. O botão passo a passo aparecerá após o usuário pressionar o botão simplificar.

11 Figura 13 Programa recursivo simplificado A opção imprimir pode ser executada antes ou após a simplificação do Programa Recursivo. Caso o usuário deseje imprimir após a simplificação, o software imprime o Programa Recursivo e sua simplificação correspondente. 6 - Conclusões A construção do software e a confecção deste artigo exigiu por parte de todos os elementos do grupo, a fixação de conteúdos, tais como: conceito de programas e a sua classificação, de acordo com as estruturas de controle utilizadas. Contudo, o enfoque do software é editar, simplificar e imprimir Programas Recursivos, além de converter programas monolíticos na forma de Instruções Rotuladas Simples em Programas Recursivos. Mas o processo de simplificação de Programas Recursivos foi o tema que proporcionou maior aprofundamento no assunto em questão. Este software pode ser utilizado como ferramenta de auxílio no ensino da disciplina de Teoria da Computação, com o objetivo de apresentar aos alunos a visualização do processo de simplificação de Programas Recursivos, bem como permitir a introdução de novos exemplos para efeito de estudo. 7 Referência Bibliográfica [DIV99] DIVERIO, T. A.; MENEZES, P. B., Teoria da Computação Máquinas Universais e Computabilidade. Porto Alegre: Sagra-Luzzato, p. (Série Livros Didáticos do Instituto de Informática da UFRGS, N.5.)

AMBIENTE PARA AUXILIAR O DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMAS MONOLÍTICOS

AMBIENTE PARA AUXILIAR O DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMAS MONOLÍTICOS UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO BACHARELADO AMBIENTE PARA AUXILIAR O DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMAS MONOLÍTICOS Orientando: Oliver Mário

Leia mais

Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor. Exclusivo para máquina de bordar MC500E

Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor. Exclusivo para máquina de bordar MC500E Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor Exclusivo para máquina de bordar MC500E Instruções para instalar o EmbroideryEditor Requisitos do sistema no computador: * Sistema

Leia mais

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Prof. Gilbert Azevedo da Silva I. Objetivos Conhecer o Ambiente Integrado de Desenvolvimento (IDE) do Delphi 7, Desenvolver a primeira aplicação no Delphi 7, Aprender

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Abril 2013 Sumário 1. Agente... 1 2. Onde instalar... 1 3. Etapas da Instalação do Agente... 1 a. Etapa de Instalação do Agente... 1 b. Etapa de Inserção

Leia mais

Manual do Usuário ORIENTAÇÃO PARA INSTALAÇÃO DO SOFTWARE DE IMPRESSÃO GUIAS TISS

Manual do Usuário ORIENTAÇÃO PARA INSTALAÇÃO DO SOFTWARE DE IMPRESSÃO GUIAS TISS Manual do Usuário ORIENTAÇÃO PARA INSTALAÇÃO DO SOFTWARE DE IMPRESSÃO GUIAS TISS ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 3 2. PRIMEIRO PASSO ATUALIZAÇÃO DA VERSÃO ADOBE ACROBAT 3 3. SEGUNDO PASSO INSTALAÇÃO DO SOFTWARE

Leia mais

DIGPROP - PREGÃO. Digitação de dados para entrega de propostas por meio magnético

DIGPROP - PREGÃO. Digitação de dados para entrega de propostas por meio magnético DIGPROP - PREGÃO Digitação de dados para entrega de propostas por meio magnético Marcio Tomazelli Programador Sênior Versão 1.0 Índice Índice...2 Índice de Figuras...2 Introdução...3 Fluxograma do processo

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Instalação e Configuração RPM Remote Print Manager para Windows 2000

Instalação e Configuração RPM Remote Print Manager para Windows 2000 Instalação e Configuração RPM Remote Print Manager para Windows 2000 Antes de iniciar a instalação do RPM Remote Print Manager parar Windows 2000, você necessita ter privilégios de "administrador" devido

Leia mais

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista Nome: Gabarito Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista 1) O Centro das configurações do Windows, onde pode ser acessado cada um dos dispositivos componentes

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia Curso Excel Avançado Índice

Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia Curso Excel Avançado Índice Índice Apresentação...2 Barra de Título...2 Barra de Menus...2 Barra de Ferramentas Padrão...2 Barra de Ferramentas de Formatação...3 Barra de Fórmulas e Caixa de Nomes...3 Criando um atalho de teclado

Leia mais

Status. Barra de Título. Barra de Menu. Barra de. Ferramentas Padrão. Caixa de nomes. Barra de. Ferramentas de Formatação. Indicadores de Coluna

Status. Barra de Título. Barra de Menu. Barra de. Ferramentas Padrão. Caixa de nomes. Barra de. Ferramentas de Formatação. Indicadores de Coluna O que é uma planilha eletrônica? É um aplicativo que oferece recursos para manipular dados organizados em tabelas. A partir deles pode-se gerar gráficos facilitando a análise e interpretação dos dados

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA BDS PROPOSTA

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA BDS PROPOSTA MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA BDS PROPOSTA 1 - INFORMAÇÕES SOBRE O SISTEMA 2 2 - INSTALAÇÃO DO FIREBIRD 3...5 3 - INSTALAÇÃO DO JAVA 6 4 - INSTALAÇÃO DO SISTEMA 7 5 - UTILIZANDO O SISTEMA 8...12 LER

Leia mais

Para que o NSBASIC funcione corretamente em seu computador, você deve garantir que o mesmo tenha as seguintes características:

Para que o NSBASIC funcione corretamente em seu computador, você deve garantir que o mesmo tenha as seguintes características: Cerne Tecnologia www.cerne-tec.com.br Conhecendo o NSBASIC para Palm Vitor Amadeu Vitor@cerne-tec.com.br 1. Introdução Iremos neste artigo abordar a programação em BASIC para o Palm OS. Para isso, precisaremos

Leia mais

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1 AULA Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1 Em qualquer profissão é importante que se conheça bem as ferramentas que serão usadas para executar o trabalho proposto. No desenvolvimento de software não é

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SĀO PAULO Centro de Informática de Sāo Carlos

UNIVERSIDADE DE SĀO PAULO Centro de Informática de Sāo Carlos UNIVERSIDADE DE SĀO PAULO Centro de Informática de Sāo Carlos Compartilhamento de arquivos O compartilhamento de arquivos no Webmail do Campus só é possível através do compartilhamento de pastas do porta-arquivos.

Leia mais

Instalação do Componente TcomPort

Instalação do Componente TcomPort Instalação do Componente TcomPort O componente para porta serial TcomPort, pode ser baixado na página www.jclima.tk. Estando na página principal, selecione o link para a página downloads. Selecione então

Leia mais

Sistemas Eletrônicos de Apresentação. / NT Editora. -- Brasília: 2013. 47p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm.

Sistemas Eletrônicos de Apresentação. / NT Editora. -- Brasília: 2013. 47p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm. Autor Ismael Souza Araujo Pós-graduado em Gerência de Projetos PMBOK UNICESP, Graduado em Tecnologia em Segurança da Informação - UNICESP. Professor de concurso da área de informática e consultor em EAD.

Leia mais

Instruções para download e instalação da atualização de Mapa GPS (v3)

Instruções para download e instalação da atualização de Mapa GPS (v3) Instruções para download e instalação da atualização de Mapa GPS (v3) Antes de iniciar o processo, você precisará um pen drive USB com uma capacidade de 2 GB ou maior. Em caso de dúvida ou dificuldade

Leia mais

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Turismo Pós-Graduação em Gestão de Negócios CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD EMENTA

Leia mais

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Autor: Eder S. G. - edersg@vm.uff.br Versão: 1.2 Data: 21/11/2012 Última atualização: 07/03/2013 Observação: Máquina real: Sistema operacional

Leia mais

Lógica de Programação

Lógica de Programação Lógica de Programação Softblue Logic IDE Guia de Instalação www.softblue.com.br Sumário 1 O Ensino da Lógica de Programação... 1 2 A Ferramenta... 1 3 Funcionalidades... 2 4 Instalação... 3 4.1 Windows...

Leia mais

O cursor se torna vermelho e uma Paleta de Edição contendo as instruções mais utilizadas é apresentada.

O cursor se torna vermelho e uma Paleta de Edição contendo as instruções mais utilizadas é apresentada. Editor de Ladder para VS7 Versão Teste O editor de ladder é um software de programação que permite que o VS7 e o µsmart sejam programados em linguagem de contatos. Esse editor está contido na pasta Público

Leia mais

Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1

Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1 Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1 Sobre o Fiery Extended Applications O Fiery Extended Applications (FEA) 4.1 é um pacote dos seguintes aplicativos para uso

Leia mais

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 13/AGO/2012 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

INSTALANDO O ARQUIVO ELETRÔNICO DE LEIS MUNICIPAIS

INSTALANDO O ARQUIVO ELETRÔNICO DE LEIS MUNICIPAIS INSTALANDO O ARQUIVO ELETRÔNICO DE LEIS MUNICIPAIS Embora o Arquivo Eletrônico de Leis Municipais possa ser executado diretamente do drive de CD-ROM do computador, alguns usuários podem desejar instalá-lo

Leia mais

AULA 3 Ferramentas de Análise Básicas

AULA 3 Ferramentas de Análise Básicas 3.1 AULA 3 Ferramentas de Análise Básicas Neste capítulo serão apresentadas algumas ferramentas de análise de dados com representação vetorial disponíveis no TerraView. Para isso será usado o banco de

Leia mais

AMBIENTE PARA AUXILIAR O DESENVOLVIMENTO DE

AMBIENTE PARA AUXILIAR O DESENVOLVIMENTO DE UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO BACHARELADO AMBIENTE PARA AUXILIAR O DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMAS MONOLÍTICOS OLIVER MÁRIO DA SILVA

Leia mais

OPCEM 1.0. Versão 1.0 Copyright 2013 OpServices 1

OPCEM 1.0. Versão 1.0 Copyright 2013 OpServices 1 OPCEM 1.0 Versão 1.0 Copyright 2013 OpServices 1 OpCEM CONCEITO... 4 REQUISITOS MÍNIMOS... 4 INSTALANDO... 4 CONHECENDO A INTERFACE DO OPCEM... 7 CONFIGURAÇÃO DO GERENCIADOR... 7 ADICIONAR NOVO ROBÔ...

Leia mais

Manual do Utilizador para DS150E. Dangerfield June. 2009 V3.0 Delphi PSS

Manual do Utilizador para DS150E. Dangerfield June. 2009 V3.0 Delphi PSS Manual do Utilizador para DS150E 1 ÍNDICE Componente principal.....3 Instruções de instalação.... 5 Configurar o Bluetooth...26 Programa de diagnóstico....39 Escrever no ECU (OBD)...86 Digitalizar.89 Histórico......94

Leia mais

Procedimento Para Instalação do SDInventário Versão 3.0

Procedimento Para Instalação do SDInventário Versão 3.0 Procedimento Para Instalação do SDInventário Versão 3.0 Antes de começar a instalação verificar se a versão do programa da SD Retaguarda está na versão 1905 ou posterior. 1 - Instalação do Palm Desktop

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 1 APRESENTANDO O C#

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 1 APRESENTANDO O C# LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 1 APRESENTANDO O C# 1.1 - Apresentação Quando fazemos nossas compras em um supermercado, é comum encontrarmos um código de barras impresso nos produtos expostos

Leia mais

GUIA CONFIGURAÇÃO DO AMBIENTE PARA O SISTEMA MILLENNIUM

GUIA CONFIGURAÇÃO DO AMBIENTE PARA O SISTEMA MILLENNIUM GUIA CONFIGURAÇÃO DO AMBIENTE PARA O SISTEMA ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo...3 2. Liberação do Registro do Windows...3 3. Como Liberar as Chaves do Registro do Windows...3 4. Opções de Energia do Disco

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Roteiro de Uso do InstallShield

Roteiro de Uso do InstallShield Roteiro de Uso do InstallShield Ao iniciar o InstallShield, a janela Welcome to InstallShield será exibida: Selecione a opção Create New Setup Project, para criar um novo modelo de instalação. A janela

Leia mais

Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software.

Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software. Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software. 1 - Instalar o Software que está no CD (Yoko H264\setup.exe) ou Fazer o Download do software do através do site abaixo: http://cameras.khronos.ind.br:1061/clientes/aplicativos/yokoprata/

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONSULTA DO USB AC2787 DA ZTE

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONSULTA DO USB AC2787 DA ZTE MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONSULTA DO USB AC2787 DA ZTE 1 Índice Descrição Técnica do Produto: 3G EVDO wireless network card... 4 Passos para a Instalação... 4 Passos para a configuração... 7 Passos para

Leia mais

CAPES - MEC COLETA DE DADOS 9.01 MANUAL SIMPLIFICADO DO USUÁRIO 2006

CAPES - MEC COLETA DE DADOS 9.01 MANUAL SIMPLIFICADO DO USUÁRIO 2006 CAPES - MEC COLETA DE DADOS 9.01 MANUAL SIMPLIFICADO DO USUÁRIO 2006 1 APRESENTAÇÃO...2 2 INSTALAÇÃO...2 3 IMPORTAÇÃO DO ARQUIVO ESPECÍFICO...3 4 IMPORTAÇÃO DE DADOS DO CADASTRO DE DISCENTES...4 5 PREENCHIMENTO

Leia mais

Table of Contents. PowerPoint XP

Table of Contents. PowerPoint XP Table of Contents Finalizando a apresentação...1 Usando anotações...1 Desfazer e repetir...1 Localizar e substituir...2 Substituir...2 Efeitos de transição...3 Esquema de animação...6 Controlando os tempos

Leia mais

INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR. (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian)

INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR. (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian) INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR QUANDO JÁ EXISTE UM OUTRO SERVIDOR (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian) 1) No servidor novo, máquina

Leia mais

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 24/08/2011 No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

INTRODUÇÃO AO SISTEMA

INTRODUÇÃO AO SISTEMA MANUAL DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO Nome do Software: Guarux Versão do Software: Guarux Educacional 4.0 INTRODUÇÃO AO SISTEMA O Guarux Educacional 4.0 é uma distribuição idealizada pela

Leia mais

O que há de novo. Audaces Idea

O que há de novo. Audaces Idea O que há de novo Audaces Idea Com o propósito de produzir tecnologia de ponta, o principal requisito da Política de Qualidade da Audaces é buscar a melhoria contínua de seus produtos e serviços. Inovadora

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

6 - Apresentação do Painel de Controle do software DVR-Viewer. Itens Descrição 1 Lista do DVR: Adiciona/Modifica/Apaga a lista de DVRs conectados.

6 - Apresentação do Painel de Controle do software DVR-Viewer. Itens Descrição 1 Lista do DVR: Adiciona/Modifica/Apaga a lista de DVRs conectados. Instrução de acesso ao DVR da Yoko modelo Pentaplex. Via Software. 1 - Instalar o Software que esta no CD (Yoko H264\setup.exe) ou Fazer o Download do software do através do site abaixo: ( caso o navegador

Leia mais

4 Criação de macros e introdução à linguagem VBA

4 Criação de macros e introdução à linguagem VBA 4 Criação de macros e introdução à linguagem VBA Vinicius A. de Souza va.vinicius@gmail.com São José dos Campos, 2011. 1 Sumário Tópicos em Microsoft Excel 2007 Introdução à criação de macros...3 Gravação

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO

GUIA DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO GUIA DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO REPERTÓRIO HOMEOPÁTICO DIGITAL - HOMEOSOFT - ÍNDICE ÍNDICE... 01 APRESENTAÇÃO... 03 CONFIGURAÇÃO... 03 INSTALAÇÃO... 03 DESINSTALAÇÃO... 07 GUIA DE INSTALAÇÃO... 09 I -

Leia mais

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para XEROX 6279. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a XEROX 6279 no manual

Leia mais

Instrução para Instalação de Certificados Digitais de Servidor Web

Instrução para Instalação de Certificados Digitais de Servidor Web Instrução para Instalação de Certificados Digitais de Servidor Web Certificado Digital do tipo A1 Sistemas Operacionais: Windows 2000 Server Windows 2003 Server Dezembro/2010 Proibida a reprodução total

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Manual de Utilização Utilização do PDFSam

Manual de Utilização Utilização do PDFSam Manual de Utilização Utilização do PDFSam ASPE/RO Conteúdo desenvolvido por: Ângelo Mendonça Neto Download e Instalação O PDFSam é uma ferramenta de manipulação de arquivos PDF, é possível fazer inúmeras

Leia mais

Instrução para Importação de Certificados Digitais de Servidor Web IIS 6 e IIS 7

Instrução para Importação de Certificados Digitais de Servidor Web IIS 6 e IIS 7 Instrução para Importação de Certificados Digitais de Servidor Web IIS 6 e IIS 7 Instalação da cópia de segurança Instalação da cópia do certificado Instalação do arquivo.pfx Certificado Digital do tipo

Leia mais

REQUERIMENTO DE EMPRESÁRIO PROCEDIMENTOS DO USUÁRIO Nota: O Empresário poderá fazer a pesquisa de nome previamente ou concomitante ao processo.

REQUERIMENTO DE EMPRESÁRIO PROCEDIMENTOS DO USUÁRIO Nota: O Empresário poderá fazer a pesquisa de nome previamente ou concomitante ao processo. REQUERIMENTO DE EMPRESÁRIO PROCEDIMENTOS DO USUÁRIO Nota: O Empresário poderá fazer a pesquisa de nome previamente ou concomitante ao processo. 1. O USUÁRIO DEVERÁ ACESSAR O SITE DA JUNTA COMERCIAL (www.jucepa.com),

Leia mais

.: NAPRO :. NÚCLEO DE APOIO APRENDIZAGEM DE PROGRAMAÇÃO

.: NAPRO :. NÚCLEO DE APOIO APRENDIZAGEM DE PROGRAMAÇÃO Software Visualg 2.0 Bruno Tonet ELABORADO POR BRUNO TONET Sumário 1 - VISUALG - EDITOR E INTERPRETADOR DE ALGORITMOS... 3 1.1. OBJETIVOS... 3 2 - INSTALAÇÃO E REQUERIMENTOS DE HARDWARE... 4 3 - A TELA

Leia mais

Programação de Computadores I. Conhecendo a IDE Code::Blocks

Programação de Computadores I. Conhecendo a IDE Code::Blocks Code::Blocks Conhecendo a IDE Programação de Computadores I Professor: Edwar Saliba Júnior Conhecendo a IDE Code::Blocks Apresentação: 1) Abra a IDE (Integrated Development Environment), ou seja, o Ambiente

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

ASSINADOR ARQUIVO PDF. Versão 1.0r0 de 10 de Maio de 2013. Classificação: Corporativo

ASSINADOR ARQUIVO PDF. Versão 1.0r0 de 10 de Maio de 2013. Classificação: Corporativo ASSINADOR ARQUIVO PDF Versão 1.0r0 de 10 de Maio de 2013 Classificação: Classificação: Página 2 de 45 Classificação: Catalogação do Documento Código Titulo Classificação Versão 1.0r0-10 de Maio de 2013

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. POSTGRESQL Versão 8.3

GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. POSTGRESQL Versão 8.3 GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO POSTGRESQL Versão 8.3 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 3. Instalação do PostgreSQL... 3 4. Instalação PgOleDB... 10 5. Criação do Banco de Dados... 13

Leia mais

Programação I. Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias

Programação I. Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias Programação I Prof. Bruno Vilela Oliveira bruno@cca.ufes.br http://www.brunovilela.webnode.com.br Aula 08 Programação em pascal Pascal Pascal

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas O conteúdo deste documento tem como objetivos geral introduzir conceitos mínimos sobre sistemas operacionais e máquinas virtuais para posteriormente utilizar

Leia mais

Guia de Atualização Passo a Passo do Windows 8.1

Guia de Atualização Passo a Passo do Windows 8.1 Guia de Atualização Passo a Passo do Windows 8.1 Instalação e atualização do Windows 8.1 Atualize o BIOS, aplicativos e drivers e execute o Windows Update Selecione o tipo de instalação Instale o Windows

Leia mais

Importação de Certificado Servidor Web IIS 6 e IIS 7

Importação de Certificado Servidor Web IIS 6 e IIS 7 Importação de Certificado Servidor Web IIS 6 e IIS 7 Instalação da cópia de segurança Instalação da cópia do certificado Instalação do arquivo.pfx Certificado Digital do tipo A1 Proibida a reprodução total

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

ArcSoft Total Media. HDCam 2.0

ArcSoft Total Media. HDCam 2.0 ArcSoft Total Media HDCam 2.0 1 Introdução Guia de Início Rápido O ArcSoft Total Media HDCam é um software de área de trabalho que combina gerenciamento de mídia e capacidades de reprodução. Gerenciamento

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB

PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB Sumep Julho/2006 PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB Objetivo

Leia mais

User Guide Manual de Utilizador

User Guide Manual de Utilizador 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE User Guide Manual de Utilizador 2014 1Life Simplify it All rights reserved. www.1-life.eu 2 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE ENGLISH USER GUIDE...4 MANUAL DE UTILIZADOR PORTUGUÊS...18

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados8. Guia de Instalação

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados8. Guia de Instalação Leia antes de utilizar Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados8 Guia de Instalação Leia este guia antes de abrir o pacote do CD-ROM Obrigado por adquirir este software. Antes de abrir

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES Professor Carlos Muniz Atualizar um driver de hardware que não está funcionando adequadamente Caso tenha um dispositivo de hardware que não esteja funcionando corretamente

Leia mais

Manual de Instrução de Uso dos Aparelhos HOBOs e Programa BoxCar Pro 4.0

Manual de Instrução de Uso dos Aparelhos HOBOs e Programa BoxCar Pro 4.0 Universidade Federal de Santa Catarina CTC - Departamento de Engenharia Civil Laboratório de Eficiência Energética em Edificações www.labeee.ufsc.br de Uso dos Bolsista: Isis Soares Pereira do Nascimento

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior 2000 Mozart de Melo Alves Júnior INTRODUÇÃO O Excel 7.0 é um aplicativo de planilha desenvolvido para ser usado dentro do ambiente Windows. As planilhas criadas a partir desta ferramenta poderão ser impressas,

Leia mais

1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos - SP

1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos - SP 1. Objetivo da ListEx ou Lab: ITA Instituto Tecnológico de Aeronáutica Realizar, de forma apropriada, algumas operações em Bancos de Dados como usuário final de alto nível, utilizando-se de Softwares de

Leia mais

GABARITO B. 1 manuel@carioca.br MPRJ TSAD TSPR TNAI/2007

GABARITO B. 1 manuel@carioca.br MPRJ TSAD TSPR TNAI/2007 EDITORA FERREIRA PROVAS MPRJ TÉCNICO SUPERIOR ADMINISTRATIVO TSAD TÉCNICO SUPERIOR PROCESSUAL TSPR TÉCNICO DE NOTIFICAÇÃO E ATOS INTIMATÓRIOS TNAI NCE UFRJ NOÇÕES DE INFORMÁTICA CORREÇÃO GABARITO COMENTADO

Leia mais

2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. TJ-SP INFORMÁTICA CARLOS VIANA 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 1. ( VUNESP - 2011 - TJM-SP - Windows XP; ) Analise as afirmativas referentes ao MS-Windows

Leia mais

INTRODUÇÃO A PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA DE COMPUTADORES EM C

INTRODUÇÃO A PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA DE COMPUTADORES EM C INTRODUÇÃO A PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA DE COMPUTADORES EM C Prof. Msc. Helio Esperidião PROGRAMAS Um computador nada mais faz do que executar programas. Um programa é simplesmente uma seqüência de instruções

Leia mais

Manual de Instalação do DVB-T 220

Manual de Instalação do DVB-T 220 Manual de Instalação do DVB-T 220 Conteúdo V2.0 Capítulo 1: Instalação da Placa de TV do DVB-T 220...2 1.1 Conteúdo da Embalagem...2 1.2 Exigências do Sistema...2 1.3 Instalação do Hardware...2 Capítulor

Leia mais

Importação de ficheiros PST

Importação de ficheiros PST Importação de ficheiros PST Pág. II - IMPORTAÇÃO DE FICHEIROS DO TIPO PST NO CLIENTE OUTLOOK 2003 Pág. VII - IMPORTAÇÃO DE FICHEIROS DO TIPO PST NO CLIENTE OUTLOOK 2007 Pág. XII - IMPORTAÇÃO DE FICHEIROS

Leia mais

Guião de Introdução ao Eclipse IDE Índice

Guião de Introdução ao Eclipse IDE Índice Índice 1. Introdução... 2 1.1. O que é um ambiente de desenvolvimento (IDE)?... 2 1.2. Visão geral sobre o Eclipse IDE... 2 2. Iniciar o Eclipse... 3 2.1. Instalação... 3 2.2. Utilizar o Eclipse... 3 3.

Leia mais

Editor de Apresentações - Windows. Manual do usuário. Campus Frederico Westphalen-RS

Editor de Apresentações - Windows. Manual do usuário. Campus Frederico Westphalen-RS Editor de Apresentações - Windows Manual do usuário Campus Frederico Westphalen-RS Introdução Bem vindo ao OpenOffice.org 1.0: Manual do usuário. O OpenOffice.org 1.0: Manual do usuário contém informações

Leia mais

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint Serviço Técnico de Informática Curso Básico de PowerPoint Instrutor: Tiago Souza e Silva de Moura Maio/2005 O Microsoft PowerPoint No Microsoft PowerPoint, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo

Leia mais

OMT-G Design. Instalação por pacotes

OMT-G Design. Instalação por pacotes OMT-G Design A plataforma Eclipse OMT-G Design não é um software independente, é um plug-in que se utiliza dos mecanismos de extensão do Eclipse que por sua vez é um ambiente de desenvolvimento de software.

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Conteúdo 1. Introdução ao Specify... 3 2. Java Runtime Environment (JRE)... 4 2.1. Introdução ao JRE... 4 2.2. Instalação... 5 2.2.1. Tela de boas vindas... 5 2.2.2. Processo de instalação...

Leia mais

Instruções de uso do TABNET. Linha, Coluna e Conteúdo

Instruções de uso do TABNET. Linha, Coluna e Conteúdo O Tabnet, aplicativo desenvolvido pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), permite ao usuário fazer tabulações de bases de dados on-line e foi gentilmente cedido para disponibilização

Leia mais

SIMÃO PEDRO PINTO MARINHO MANUAL DO PARTE 1 - USO RÁPIDO

SIMÃO PEDRO PINTO MARINHO MANUAL DO PARTE 1 - USO RÁPIDO SIMÃO PEDRO PINTO MARINHO MANUAL MANUAL DO IHMCCmapTools PARTE 1 - USO RÁPIDO Simão Pedro P. Marinho IHCM CMAP TOOLS MANUAL DE USO RÁPIDO Manual criado para uso dos alunos das disciplinas Informática no

Leia mais

FOXIT READER 6.0 Guia Rápido. Sumário... II Use o Foxit Reader 6.0... 1. Leitura... 5. Trabalhar em PDFs... 8. Comentários... 10. Formulários...

FOXIT READER 6.0 Guia Rápido. Sumário... II Use o Foxit Reader 6.0... 1. Leitura... 5. Trabalhar em PDFs... 8. Comentários... 10. Formulários... Sumário Sumário... II Use o Foxit Reader 6.0... 1 Instalar e desinstalar... 1 Abrir, Criar, Fechar, Salvar e Sair... 1 Definir o estilo da interface e da aparência... 4 Veja todas as diferentes ferramentas...

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

Acessando o SIE por Terminal Remoto Windows (como fazer a carga e arquivamento de arquivos) (e, ao mesmo tempo, como registrar um projeto)

Acessando o SIE por Terminal Remoto Windows (como fazer a carga e arquivamento de arquivos) (e, ao mesmo tempo, como registrar um projeto) Acessando o SIE por Terminal Remoto Windows (como fazer a carga e arquivamento de arquivos) (e, ao mesmo tempo, como registrar um projeto) Resumo dos procedimentos: Passo 1: Iniciar => Programas => Acessórios

Leia mais

Janelas e seus elementos

Janelas e seus elementos Janelas e seus elementos As janelas são quadros que são exibidos na tela do monitor. Todos os aplicativos estudados nesse curso serão exibidos dentro de janelas. Nelas você poderá abrir, salvar e fechar

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO SInAE Sistema Integrado de Administração Escolar Fevereiro - 2006 Sumário INTRODUÇÃO... 2 APRESENTAÇÃO DOS MÓDULOS... 3 Módulo Acadêmico... 3 Módulo de Cofigurações da Escola...

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Introdução Aula 03: Pacote Microsoft Office 2007 O Pacote Microsoft Office é um conjunto de aplicativos composto, principalmente, pelos

Leia mais