Tratamento da lombalgia por acupuntura

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tratamento da lombalgia por acupuntura"

Transcrição

1 Tratamento da lombalgia por acupuntura Fabiana Mirrelly Rêgo Botelho 1 Dayana Priscila Maia Mejia 2 Pós-graduação em Acupuntura Faculdade Ávila Resumo A Acupuntura no tratamento de pacientes que sofrem de lombalgia, procurando explicitar as síndromes, causas, bem como seus tratamentos. A partir daí segue-se uma relação de considerações pertinentes para o aprofundamento e conhecimento da patologia contribuindo para uma fundamentação teórica suficiente para traçar melhor a síndrome ocorrida em cada caso. O estudo através de pesquisas bibliográficas possibilitou uma revisão dos conceitos, teorias e possibilidades de tratamento envolvendo essa patologia que acomete uma grande parte da população. Palavras-Chave: Lombalgia; Rim (shen); Essência (jing). 1. Introdução Acupuntura é o conjunto de conhecimentos científicos e práticos da Medicina Tradicional Chinesa que visa à terapia e à cura das doenças através da aplicação de agulhas e de moxas, além de outras técnicas como: ventosa, sangria, craneopuntura, acupressão. Segundo Yamamura (1995) os pontos de acupuntura funcionam como meio de comunicação entre o exterior e o interior do nosso corpo, com isso esses pontos estão sujeitos diretamente a influências das energias transmitindo-as para os canais de energia principais conduzindo aos Zang Fu (órgãos e vísceras) e destes para os tecidos. Esta ciência surgiu na China há aproximadamente 4000 anos. Os chineses descobriram que o aquecimento do corpo com areia ou pedra quente em certos locais, aliviava as dores abdominais e articulares. Essa foi à origem da moxa. 1 Pós-graduando em acupuntura 2 Orientadora 1

2 Segundo a teoria da acupuntura, todas as estruturas do organismo se encontram originalmente em equilíbrio pela atuação das energias Yin e Yang (Lei universal do mundo material: Todo objeto ou fenômeno no universo consiste de dois aspectos opostos Yin e Yang, que estão em conflito e interdependência. É a origem e causa para o florescimento e perecimento das coisas. O Yang cria, o Yin retém e acrescenta). Desse modo se as energias Yin e Yang estiverem em perfeita harmonia, o organismo certamente estará com saúde. Por outro lado, um desequilíbrio gerará a doença. Os distúrbios na circulação de Qi nos canais de energia também podem ser revertidos pela ação que a acupuntura exerce de neutralizar as estagnações, promovendo o fluxo adequado de Qi (Energia) e de Xue (Sangue) nos respectivos canais de energia. Muitas vezes para normalizar o Qi do canal de energia, é necessária aplicação de calor (Moxabustão). Esse recurso terapêutico além de aquecer os pontos de acupuntura aumenta também a função dos canais de energia, portanto aumenta a circulação de água orgânica contida nos canais de energia principais Yang, nutrindo os Zang Fu e restabelecendo assim, sua atividade energética. Os pontos de acupuntura são a expressão dos Zang Fu ao nível mais externo, e por meio dessa relação, é possível atuar no exterior para tratar e fortalecer os Zang Fu, situados no interior. 2. Origem das doenças sob o ponto de vista da medicina tradicional chinesa Na MTC - Medicina Tradicional Chinesa, o corpo é visto como um sistema energético em equilíbrio dinâmico: a energia (Qi) circula através de um sistema de canais ou meridianos, formando uma rede que conecta os pontos de acupuntura entre si influenciando o funcionamento dos órgãos e demais partes do organismo. A boa saúde é garantida quando esta energia flui livremente e de forma harmônica, sendo denominado em estado de equilíbrio. O pensamento chinês vê a doença como uma desarmonia; como um estado de desequilíbrio na interação entre o Yin e o Yang. Quando o indivíduo perde a capacidade de resistir à invasão de vários tipos de fatores patogênicos, surge a doença, resultado da perda da luta do fator antipatogênico (zheng Qi) contra o fator patogênico (xie Qi). O reequilibro do corpo é conseguido através de estímulos recebidos com a aplicação das agulhas, nos pontos adequados a cada caso, com o objetivo de redirecionar o fluxo da energia (Qi) e ativar as capacidades regenerativas do organismo. Podemos promover esse reequilíbrio através da aplicação de agulhas pelo método de tonificação, dispersão ou harmonização da energia (Qi), mencionados abaixo: - Método de Tonificação: uma das formas de execução deste método é manipularmos delicadamente a agulha a fim de produzir uma sensação suave característica da sua inserção na pele usada para tonificar uma deficiência. - Método de Dispersão: para executarmos a dispersão podemos manipular fortemente a agulha a fim de produzir uma sensação intensa característica da sua inserção usada para dispersar o excesso. - Método de Harmonização: uma manipulação intermediária da agulha produz uma sensação intermediária, usada para síndromes mistas, isto é, de plenitude e deficiência ao mesmo tempo. 2

3 2.1 - Lombalgia 2.2 Pontos De Vista Ocidental A região lombar é um local frequente de algias cujas intensidades variam dependendo do caso. Para a Medicina Ocidental a desestruturação do sistema osteoligamentar, processos inflamatórios, degenerativos e tumorais são causas da lombalgia. A lombalgia é a dor que ocorre nas regiões lombares inferiores, lombos sacrais ou sacrilíacas da coluna lombar. Ela pode ser acompanhada de dor que se irradia para uma ou ambas as nádegas ou para as pernas na distribuição do nervo ciático (dor ciática). Essa patologia pode ser classificada como do tipo aguda ou do tipo crônica, dependendo do tempo de presença dos sintomas e do quadro que o indivíduo apresenta. Ambas podem ser altamente incapacitantes para as atividades da vida diária, do trabalho, do lazer e do esporte. A lombalgia do tipo aguda é produzida por lesões nos ligamentos ou músculos da coluna, ou ainda por lesões nos discos intervertebrais e mais raramente pode ser causado por fraturas nas vértebras - geralmente associadas à osteoporose, defeito congênito, tumores, traumas violentos, dentre outros. Nesse tipo de lombalgia, a dor inicia-se de modo súbito e geralmente brusco. Doenças infecciosas, metabólicas e tumores podem ser as causas das lombalgias crônicas. Contudo, em muitos casos, a origem da lombalgia crônica é uma sobrecarga dos ligamentos da coluna, produzida pelo desgaste dos discos intervertebrais por defeitos congênitos, enfraquecimento da musculatura, posturas inadequadas no trabalho ou na prática esportiva. Na maioria das vezes, este tipo de lombalgia tem inicio repentino, e deve ser observada por apresentar muitas vezes uma recidiva. Os sintomas e a intensidade da lombalgia variam a cada indivíduo. Na melhor das hipóteses pode ser uma dor leve e chata, ou uma dor muito intensa e incapacitante, que impede a realização dos afazeres domésticos e profissionais. A dor é normalmente localizada na porção inferior das costas, podendo ou não irradiar-se para a porção superior, pescoço, coxas ou até para o abdômen. Se uma dor lombar isolada (ou seja, sem outras intercorrências) persistir inalterada em sua intensidade por mais de duas semanas, é conveniente procurar auxílio médico. Outros sintomas também preocupantes são: perda ou diminuição da atividade evacuatória ou miccional, perda ou diminuição da sensibilidade cutânea abaixo do quadril, ou alterações da capacidade copulatória, são indicativos de problemas a princípio graves, e deve levar o paciente a procurar avaliação médica urgente, febre, calafrios ou perda de peso, dores ou fraquezas centradas nas pernas, dor que piora à noite, dor muito forte e ainda nos casos de traumas leves em idosos, traumas graves em pessoas de qualquer idade Ponto de vista da Medicina Tradicional Chinesa Para a MTC, as diversas formas de lombalgia têm sua origem na deficiência de Shen Qi e na deficiência nos canais de energia que passam pela região lombar. Estes canais podem sofrer obstrução na circulação de energia, resultando em estagnação de Qi e de Xue. 3

4 O Rim (Shen) é denominado de Raiz do Qi Pré Celestial porque estoca a Essência (Jing 1 ). O Rim (Shen) é quase sempre afetado nas patologias crônicas. Com isso a deficiência de Shen Qi pode ocasionar alterações energéticas funcionais e orgânicas na região lombar, bem como em toda a coluna vertebral; já que toda condição patológica do Rim segundo o mesmo se manifestará necessariamente como uma deficiência do Yin ou do Yang do Rim. (YAMAMURA, 1995) O Qi Pré Celestial de cada pessoa é formado pela união da Essência (Jing) do Rim (Shen dos dos pais. E a constituição dessa Essência dependerá da força e da qualidade do jing dos pais de forma geral e na época da concepção. Com isso o Jing pode ser fraco pela constituição, podem ficar esgotados por doenças, geradas por excesso de trabalho, excesso de exercícios físicos, sexos em demasia, parto, estresse emocional, falta de sono e idade avançada. 3. Etiologia da lombalgia dentro da Medicina Tradicional Chinesa Segundo Yamamura (1995) a MTC considera a região lombar, assim como toda coluna vertebral dependente do Shen Qi, e quando existe uma deficiência do Qi surge a condição básica para que haja as alterações energéticas, funcionais e orgânicas na região. Na concepção da Medicina Tradicional Chinesa, a identificação de alguns fatores são considerados importantes na prevenção da dor lombar. As causas mais significativas para o seu aparecimento são: - trabalho excessivo; - atividade sexual excessiva; - parto e gravidez; - invasão externa de frio, vento e umidade do exterior; - exercício físico inadequado (exercitarem-se fora de suas condições, exercícios fora dos grupos musculares que suportam a coluna, atividades que colocam a coluna sob estresse excessivo, postura inadequada para realização dos exercícios). - deficiência congênita dos rins; - traumatismo; Pontos Ashi é o termo genérico utilizado para caracterizar os pontos não classificados nas categorias de pontos Regulares e Extras, e que se manifestam dolorosos ou sensíveis na presença de alguma enfermidade. Este foi o método primário de seleção de pontos nos primeiros tratamentos acupunturais. Os pontos Ashi são considerados os representantes do primeiro estágio da evolução das investigações dos pontos de Acupuntura. Na prática, são pontos que indicam distúrbios dos Canais Tendino-Musculares, sendo mais utilizados nas síndromes dolorosas. Podem ser punturados ou moxados.. 4

5 - postura inadequada (postura inadequada para estudo e trabalho na posição sentada, postura inadequada para carregamento de peso e postura inadequada ao deitar-se). - fatores psicológicos; - doenças crônicas - distúrbios como espondilite, osteoporose, esclerose múltipla, artrite, lesão ou deformidade na coluna, como sequelas de traumatismo, podem contribuir para problemas crônicos na lombar. De acordo com Maciocia (1996) estes fatores são desencadeantes dos seguintes padrões de desarmonia: a) Deficiência do Yang do Rim (Shen): Segundo o autor uma das manifestações clínicas da deficiência do Yang do Rim é a lombalgia. Além desse sintoma essa síndrome ainda pode vir acompanhada de sensação de costas e joelhos frios, aversão ao frio, pernas e joelhos debilitados, impotência, ejaculação precoce, urina clara e abundante ou urina escassa e clara, apatia, inchaço nas pernas, infertilidade feminina, anorexia e perda de fezes. Essa patologia é um padrão clássico de deficiência do Yang sendo caracterizado pelo sintoma de frio interior. Esse padrão pode ocorrer por excesso de atividade sexual, principalmente se exposto ao frio imediatamente após a relação, por retenção da umidade por um período prolongado causando obstrução dos movimentos dos fluídos ou por idade avançada onde ocorre o processo de decréscimo da Essência (Jing). b) Deficiência do Yin do Rim: Maciocia descreve as manifestações clínicas da deficiência do Rim em tontura, zumbido, vertigem, memória debilitada, surdez, sudorese noturna, boca seca a noite, calor nos cinco centros, sede, lombalgia, dor nos ossos, constipação, urina escassa e escura. Nesse caso a lombalgia e a dor nos ossos são devidas a falha da Essência Jing em nutrir os ossos. A etiologia pode ser em função de excessos no trabalho durante um longo período, excessos de atividade sexual especialmente durante a adolescência, redução dos fluídos corpóreos que podem ser consumidos pelo calor após uma patologia febril, perda de sangue por um longo período causando deficiência de Xue Gan (sangue do Fígado) conduzindo a deficiência do Yin do Rim, dosagem excessiva de fitoterapia para fortalecer o Yang do Rim ou administração equivocada fortalecendo o Yang do Rim ao invés do Yin do Rim. c) Rim falhando ao receber o Qi: Como manifestação encontramos dispnéia ao fazer esforço físico, respiração rápida e debilitada, dificuldade para inalar o ar, tosse, asma, sudorese, membros frios, edema facial, corpo magro, agitação mental, urina clara durante a crise de asma e lombalgia. Essa patologia ocorre por uma disfunção na função do Rim em receber o Qi. Além de ser considerado um tipo de padrão de deficiência do Yang do Rim. Sua etiologia esta na debilidade hereditária do Pulmão e do Rim, patologias crônicas e persistentes que alcançam inevitavelmente o Rim e excessos de exercícios físicos principalmente durante a puberdade. d) Deficiência da Essência do Rim: Como manifestação clínica encontramos um desenvolvimento ósseo debilitado, debilidade de joelhos, pernas e memória, perda dos dentes, queda ou embranquecimento dos cabelos, lombalgia, tontura e zumbido. No padrão de deficiência da Essência Jing todas as suas manifestações afetam o crescimento, reprodução e ossos, sendo que todas essas funções estão sob o controle do Jing afetando, portanto, a coluna lombar. e) Deficiência do Yang do Rim: Edemas principalmente nas pernas e tornozelos, sensação de frio nas pernas e costas, plenitude e distenção abdominal, 5

6 lombalgia, sensação de frio, urina escassa e clara, são manifestações clínicas descrita pelo autor citado. Este é um caso severo de deficiência do Yang do Rim quando ocorre falha ao transformar os fluídos que se acumulam sob a pele formando um edema. f) Deficiência do Yin do Rim: Encontramos como manifestações clínicas o rubor malar, febre e sensação de calor vespertina, insônia, urina escassa e escura, sangue na urina, garganta seca, lombalgia, emissão noturna com sonhos, desejo sexual excessivo, fezes secas. Este padrão corresponde ao estágio avançado de deficiência do Yin do Rim. g) Deficiência do Yin do Rim do Fígado: Encontramos como manifestação clínica face pálida, cefaléia, insônia, sono com sonhos inquietantes, parestesias dos membros, rubor malar, tontura, olhos secos, visão turva, propensão e explosões de fúria, lombalgia, garganta seca, zumbido, sudorese noturna, sensação de calor nas palmas e sola dos pés, fezes presas e secas, menstruação escassa ou amenorréia, ciclo menstrual alongado e infertilidade feminina. O Yin e o Sangue do Fígado são dependentes da nutrição do Yin e da Essência do Rins. h) Rim e coração em desarmonia: Palpitação, agitação mental, insônia, memória debilitada, tontura, zumbido, lombalgia, febre ou sensação de calor a tarde, sudorese noturna, urina escassa e escura são manifestações desse padrão e é caracterizada pela deficiência do Yin do Rim falhando ao nutrir o Yin do coração que também torna deficiente Tipos de lombalgia de acordo com as condições sindrômicas patológicas Na MTC, a lombalgia pode se apresentar de diferentes formas, sendo a diferenciação feita a partir de desequilíbrios energéticos que acometerão os canais de energia principais, curiosos, tendinomusculares, luo longitudinal e os pequenos luos. Os canais de energia principais também são chamados de meridianos. São as vias onde circula a energia vital (ancestral, nutridora e defensiva), ou seja, Qi e Xue. Aplica-se agulhas nos pontos correspondentes na superfície corporal para assim regular Qi e Xue nos canais. Estes canais estão ligados mais profundamente aos Órgãos (Zang) e Vísceras (Fu) e se externam em ramificações mais superficiais na pele, voltando a se aprofundar em seguida, da mesma forma que outros sistemas de nosso corpo, como o sistema nervoso e o sistema circulatório. Esta rede é formada por meridianos principais, extras, distintos e outras ramificações e canais secundários Desequilíbrio Energético Acometendo Os Canais de Energia Distintos Quando os Canais Distintos que passam pela coluna são acometidos, temos a sintomatologia pertinente ao desequilíbrio daquele canal, podendo manifestar a lombalgia com seus respectivos sintomas. Os doze Canais Distintos estão relacionados com os Canais de Energia Principais e distribuem o Rong Qi (yong Qi) e o Wei Qi por todo o corpo. Recebem as mesmas denominações dos Canais de Energia Principais. Esse tipo de lombalgia pode vir acompanhada dos sintomas de desequilíbrio de alguns Zang-Fu (Órgãos e Vísceras), essencialmente com alguns de origem do Shen (mente/emoção). Podem apresentar sintomatologia das alterações do Pang Guang 6

7 (Bexiga) e Shen (Rim), com presença de dor à palpação de pontos respectivamente: B.40, B.60 e B.58 no canal da Pang Guang (Bexiga) e R.10, R.3 e R.2 no canal do Shen (Rim) Pangguang (Bexiga) ou do Shen (Rins) Tratamento - Ponto Ashi - Ponto tonificação: B.67 e R.7 - Ponto Ting oposto: B.67 e R.1 - Ponto Yu: B.65 e R..3 - Ponto junção: B.54 e B.10 - Ponto regulação: VG Localização Dos Pontos Sistêmicos Sugeridos E Funções Para Lombalgia Pontos do Canal da Bexiga - Funções do Canal: relação com todo dorso, da região cervical a sacrococcigea - olhos, cabeça, fronte, alterações urinarias, particularmente vesicais e com a mente. - Funções Fu: armazena temporariamente os líquidos para serem excretados - Pontos Shu (assentimento): relaciona-se com todos os órgãos e vísceras. Estes são os melhores pontos para tratar deficiências crônicas. Canal Lateral: trata emoções e órgãos dos sentidos. - B10: na nuca, lateralmente à borda lateral do m.trapézio, 1,3 cun lateral ao ponto médio da linha posterior de inserção do cabelo. - Função: É ponto distante para os casos de dor lombar. Relaxa os músculos, tendões e fortalece as costas. - B25: na região lombar, abaixo do processo espinhoso da 4º vértebra lombar, 1,5 cun lateral à linha média posterior. - Função: Indicado para queixas no trajeto do meridiano. Regula o fluxo livre do Qi, fortalece a região lombar. - B26: na região lombar, abaixo do processo espinhoso da 5º vértebra lombar, 1,5 cun lateral à linha média posterior. - Função: Indicado para queixas no trajeto do meridiano. - B27: no sacro, ao nível do 1º forame sacral posterior, 1,5 cun lateral à crista sacral mediana. - Função: Indicado para queixas no trajeto do meridiano. - B28: no sacro, ao nível do 2º forame sacral posterior, 1,5 cun lateral à crista sacral mediana. - Função: Dissipa a umidade e fortalece a região lombar. - B29: no sacro, ao nível do 3º forame sacral posterior, 1,5 cun lateral à crista sacral mediana. - Função: Indicado para queixas no trajeto do meridiano. - B30: no sacro, ao nível do 4º forame sacral posterior, 1,5 cun lateral à crista sacral mediana. - Função: Indicado para queixas no trajeto do meridiano. B31: no sacro, no ponto médio da distância entre a espinha ilíaca póstero-superior e a linha média posterior, sobre o 1º orifício posterior sacral. - Função: Regula o Aquecedor Inferior, fortalece o Rim e o Jing essencial, fortalece as regiões lombar e sacral. 7

8 - B51: na região lombar, abaixo do processo espinhoso da 1º vértebra lombar, 3 cun lateral à linha média posterior. - Função: Indicado para queixas no trajeto do meridiano. - B52: na região lombar, abaixo do processo espinhoso da 2º vértebra lombar, 3 cun lateral à linha média posterior. - Função: Indicado para queixas no trajeto do meridiano. - B57: na linha média posterior da perna, na metade da distância entre B40 e B60, no ponto médio da inserção do ventre do músculo gastrocnêmio em seu tendão. - Função: Relaxa os músculos e tendões, torna os meridianos fluentes, fortalece a região lombar. - B58: no aspecto póstero-lateral da perna, sobre a linha vertical que passa por B60, 7 cun proximal a B60 e 1 cun lateral e inferior à B57. - Função: Dissipa calor, vento e umidade. Indicado nos casos de dores e lombalgia isquiática. - B59: no aspecto póstero-lateral da perna, sobre a linha vertical que passa por B60, 3 cun proximal a B60. - Função: Indicado para queixas no trajeto do meridiano. - B60: posterior ao maléolo lateral, no meio da distância entre o ápice do maléolo externo e o tendão de Aquiles. - Função: Fortalece o Rim, relaxa os músculos e tendões, fortalece a lombar e joelho. - B62: no aspecto lateral do pé, imediatamente distal ao maléolo externo. - Função: Relaxa os tendões e músculos, indicado para queixas de mobilidade ao longo do meridiano, membros inferiores e lombar. - B67: no aspecto lateral da falange distal do dedo mínimo, 0,1 cun do ângulo ungueal externo. - Função: Ponto mais distal indicado para queixas no trajeto do meridiano Pontos do Canal do Rim - Funções do Canal: relação com sistema urogenital, energia geral, tecido nervosos e ósseo, respiração e audição, particularmente com a coluna lombar e garganta e disfunções no seu trajeto. - Função do Zang: armazena a essência regulando a manutenção do tônus vital, crescimento e desenvolvimento, produz medula (óssea e nervosa), recebe o Qi do ar, domina o metabolismo da água, abre-se nos ouvidos, manifesta-se nos cabelos e controla os orifícios. R3: no aspecto medial do pé, posterior ao maléolo medial, na depressão situada na metade da distância entre o ponto mais proeminente do maléolo e o tendão de Aquiles. - Função: Tonifica o Rim, nutre o Yin, estabiliza o Qi do Rim, proteje o Jing essencial, fortalece a região lombar e joelho. - R5: a 1 cun abaixo do ponto R-3, em uma depressão que pode ser apalpada na região do espaço articular entre o tálus e o calcâneo. - Função: Fortalece o Rim. - R7: no aspecto medial da perna, 2cun acima de R3, anterior ao tendão de Aquiles. - R6: a 1 cun perpendicular abaixo do ponto mais saliente do meléolo medial. - Função: Nutre o Yin do Rim. - R7: a 2 cun diretamente acima do ponto R3, em uma depressão na margem anterior do tendão do calcêneo. 8

9 - Função: Fortalece o Rim, nutre o Yin Pontos do Canal Vaso Governador Comanda e regula o Yang do corpo. Todos os meridianos Yang mana um vaso secundário para o VG14, podendo ser tonificado ou sedado. Portanto tem uma função energética muito grande. Relação com os órgãos internos - rim, bexiga, útero, tubo digestivo, cérebro e coração. Relação com partes do corpo - anus, coluna lombar, torácica e cervical, nuca, crânio, maxilar superior, gengiva e nariz. VG20: na cabeça, sobre a linha mediana, 5 cun posterior à linha de inserção do cabelo, no meio da linha que liga o ápice das duas orelhas. Função: Ponto de sedação bastante eficaz para casos de dores agudas e emergências Pontos do Canal do Estômago Função do canal: febre, suores, delírios, sensibilidade ao frio, dores nos olhos, narinas ressecadas, epistaxe, erupções bolhosas com febre, faringite, inflamação no pescoço, paralisia facial, dor no tórax, dor e distensão ao longo do canal, frio nos membros inferiores, distensão abdominal, plenitude ou edema no abdômen, desconforto ao reclinar, convulsões, fome persistente, urina concentrada. Função Fu: receber, decompor os alimentos e enviar para o Intestino Delgado. Baço - Pâncreas faz a digestão e absorção dos alimentos. Separa as porções Yang e Yin dos alimentos e bebidas. E2: na face diretamente abaixo da pupila quando ela estiver centralizada, na depressão do forame infra-orbital. Função: Relaxa os tendões e alivia a dor Pontos do Canal da Vesícula Biliar Função do Órgão Fu: estocar e secretar a Bile. Função do Canal: processo disgestivo, região temporal, mandibular, músculos da mastigação, processos oftalmológicos e reumáticos. Também utilizado em patologias disritmicas do lobo temporal. - VB25: na margem inferior da extremidade livre da 12 costela, sobre a linha axilar posterior. Função: Fortalece e aquece o Rim, regula a via das águas, relaxa os tendões e músculos, proteje a região lombar. - VB29: no quadril, no meio da linha que liga à espinha ilíaca antero-posterior à extremidade do trocanter maior. Função: Indicado para queixas no trajeto do meridiano. - VB30: na lateral da coxa, na união do terço lateral com o terço médio da linha que liga a extremidade do trocanter maior ao hiato sacral, quando o paciente está em decúbito lateral com a coxa flexionada. - Função: Torna os canais e redes do meridiano fluentes, fortalece a região lombar e dos quadris. 9

10 - VB37: na lateral da perna, 5 cun proximal à ponta do maléolo lateral, na borda anterior da fíbula. - Função: indicado nos casos de dores, redução da mobilidade. - VB39: na lateral da perna, 3 cun proximal à ponta do maléolo lateral, na borda anterior da fíbula. - Função: Auxilia o Jing essencial, alivia a dor. - VB40: anterior e inferior ao maléolo externo, na depressão lateral ao tendão do m.extensor longo dos dedos do pé. Função: Dores, redução da mobilidade, estimula as funções das articulações. 5. As Principais Funções da Medicina Tradicional Chinesa Atribuídas ao Shen (rim) No Shen (Rins) que se encontra armazenado o Jing (Essência), considerado a base do organismo, a essência da vida e é formado por duas partes: Xiantian Zhi Jing (Essência Congênita) e o Houtian Zhi Jing (Essência Adquirida). As duas essências são interdependentes e se promovem mutuamente. O Jing circula nutrindo os zang fu (órgãos e vísceras) o corpo, e sua circulação se dá principalmente nas vísceras curiosas, com as quais apresenta íntima relação. O Jing congênito constitui-se na substância pura original que é herdada dos pais, sendo considerada fonte de energia não renovável podendo ser conservada mas não reposta. A Essência adquirida, também conhecida por Jing Pós-Natal é a substância pura que provêm dos alimentos sólidos e líquidos tendo ela a função de manter as funções do nosso corpo. O Jing congênito se reúne com o Jing adquirido e juntos formam o Jing; que é armazenado em Shen (Rins) dando origem ao Shenjing (Qi Essencial de Shen - Rins) ou Jing dos Rins. É através do Qi essencial que os Rins desempenha todo papel no processo do nascimento, isto é, concepção, gravidez e parto. Após o nascimento é o Shenjing o responsável por promover o crescimento, desenvolvimento e envelhecimento do indivíduo. A porção Yin do Jing gera a medula óssea que se desenvolve na cavidade óssea, sendo responsável pela transformação e produção de parte do sangue, promovendo a nutrição, o crescimento e a consistência dos ossos. Enquanto a produção da medula for mantida por uma rica fonte da Essência dos Rins, os ossos se encontram consistentes, firmes e nutridos, os dentes fortes e sadios e os ouvidos e olhos ouvindo e enxergando com fluidez. Já quando ocorre deficiência dos Rins, podemos perceber alterações orgânicas pertinentes a essa deficiência podendo levar a alterações como: problemas na reprodução, no desenvolvimento, na senescência, nos ossos, no cérebro e de clareza mental. Os Rins são considerados a base de todas as energias Yin e Yang, da Água e do Fogo, dentro do nosso corpo. Por isso os antigos chamaram os Rins de casa da Água e do Fogo. O Rim Yang é a fonte de Yang Qi de todo o corpo, a qual aquece e desenvolve as funções dos Órgãos internos e tecidos. Se ele fracassar na sua função de promover o aquecimento e controlar o Yin, podem ser percebidas algumas alterações típicas como: dores na região lombar, dores nos joelhos, frigidez, infertilidade, impotência e astenia mental. A porção Yin, envolve a parte Yin do Rim, Rim Água e Essência dos Rins (aspecto yin). O Rins Yin é a fonte dos líquidos Yin de todo o corpo, umedecendo e nutrindo os Órgãos internos e tecidos. Havendo deficiência do Rim Yin, ele fracassará na sua função de controlar o Yang, ocorrendo assim algumas desarmonias típicas como: transpiração noturna, polução noturna nos homens, sonhos eróticos nas mulheres e calor nas palmas, solas e 10

11 região precordial. É comum as deficiências de Yin ou de Yang dentro de outros sistemas de órgãos serem dependentes da Deficiência do Yin do Rim ou do Yang do Rim. Os Rins são os responsáveis pela regulação e distribuição dos Líquidos Orgânicos. Isso depende de um equilíbrio Yin-Yang adequado, de energia do rim suficiente para suprir o metabolismo da água com energia e da capacidade do Qi do Rim de controlar os orifícios. O Órgão Baço e a Víscera Estômago são os responsáveis por receber e transformar os alimentos sólidos e líquidos ingeridos. Parte desse material é transformado e classificado em fração pura e fração impura do Jing Ye (fluídos orgânicos). A fração impura é excretada após ter sido encaminhada ao Xiao Chang (Intestino Delgado), Pangguang (Bexiga) e Da Chang (Intestino Grosso). A fração pura é conduzida ao pulmão, onde recebe o Qi do Ar. A fração mais leve (Jing- Vapor) dessa porção pura é dispersada na pele e músculos e desempenha um papel semelhante ao do Wei Qi (Qi de defesa). Já a fração pura mais densa (Yi-Fluídos) é distribuída através do corpo pelo Pulmão, e quando se torna impura, os fluídos são liquefeitos pelo Pulmão e descendidos aos Rins, esses então separam esses líquidos em fração impura que é enviada à Bexiga onde poderá ou não haver uma parte reabsorvida e outra eliminada na forma de urina. A fração dos líquidos considerada pura é transformada em vapor pelos Rins e ascende ao Pulmão para então retornar ao ciclo de circulação de fluídos. Segundo a Medicina Chinesa, Fei (Pulmões) recebe o Qi puro do ar e promove uma ação descendente sobre a energia da respiração, enviando-a para os Rins que mantêm o Qi na parte de baixo do corpo. Quando o Qi de Shen (Rins) e o Qi Fei (Pulmão) estão saudáveis, a respiração é regular e suave. Se não conseguirem manter o Qi, ele se rebela em direção ascendente, provocando tosse, asma e outras dificuldades respiratórias. A uretra e o ânus são considerados as aberturas inferiores, os ouvidos são as aberturas superiores de Shen (Rins). O Qi tem a capacidade de manter os tecidos firmes e em seus lugares adequados, controlando assim os orifícios inferiores e impedindo o extravasamento de esperma, as saídas de líquidos, o sangramento e a incontinência fecal e urinária. Shen (Rins) influenciam também os cabelos, manifestando-se neles, já que sua vitalidade é suprida pelo Qi dos Rins. 6. Tratamento Por Auriculoterapia Segundo Gonzales (2002), a Acupuntura Auricular é parte integrante da Medicina Tradicional Chinesa que visa a terapia, prevenção e cura de doenças através da aplicação de agulhas, esferas, sementes e eletro estímulos no pavilhão auricular. O tratamento visa a normalização dos órgãos doentes, estimulando, sedando ou equilibrando os pontos reflexos, para restabelecer o equilíbrio energético. A Acupuntura Auricular é indicada para todos os tipos de tratamentos. O tratamento não visa apenas tratar o local ou órgão comprometido, mas age sobre todo o sistema, estimulando o mecanismo de compensação e equilíbrio em todo o organismo para sanar o problema. As diversas funções do organismo são inter-relacionadas, e se ha algum distúrbio alterando esse relacionamento, a doença pode se estabelecer, nesse caso, a Acupuntura 11

12 Auricular vai restabelecer o bem estar e a saúde. (SOUZA, 2001) Os pontos auriculares podem ser usados conjuntamente no tratamento sistêmico, somando benefícios na melhora do paciente. O acupunturista e o paciente podem se beneficiar desse recurso oferecido pela MTC no tratamento dos quadros agudos ou crônicos desse tipo de enfermidade. A quantidade de pontos selecionados fica a critério do acupunturista e cabe ao paciente permanecer com as agulhas embutidas por um período que varia de três a cinco dias no caso das sementes e até sete dias se utilizada agulha intradérmica Pontos Auriculares Sugeridos Segundo indicação de Nogier (2006), os seguintes pontos auriculares são indicados para o tratamento de lombalgia: Shen Men (fossa triangular) Tem ação analgésica, é usado para tratar cada tipo de enfermidade dolorosa, e um ponto importante para acalmar a dor. - Occipital (Antítrago) Tem ação sedante e analgésica. - SNV Sistema Nervoso Central (cruz inferior da anti-hélix) Relaxa os espasmos da musculatura lisa. - San Jiao Triplo Aquecedor (concha cava) reúne as funções dos cincos Zang e dos seis Fu. Entre suas principais funções esta a regulação da energia e acalmar a dor. - Rim (concha de cimba) Sua utilização permite tonificar a energia Yang, nutrir a Essência, fortalecer a região lombar e a medula espinhal entre outros. - Lombalgia (anti-hélix) Usado no tratamento da região lombar de qualquer etiologia. - Vértebras lombares (anti-hélix) Usado no tratamento da região lombar de qualquer etiologia. 7. Orientações Para Os Pacientes - O paciente deve evitar a exposição aos fatores climáticos excessivos: evitar sentir frio, ficar muito tempo com roupas molhadas e frias no corpo, deitar em chão frio e úmido, evitar a exposição ao excesso de calor e vento. - preciso que o paciente repouse, realize exercícios suaves respeitando seu limite físico e seja orientado sobre a postura correta; por exemplo: como se deve suspender objetos pesados, principalmente a partir do chão, de modo que não haja perigo de ocorrer um excesso na coluna; evitar se acomodar em poltronas e camas inadequadas ou se acomodar de forma inadequada e sempre usar sapatos confortáveis, dando preferência a sapatos baixos. - O tratamento com acupuntura pode e deve ser combinado com a farmacologia chinesa, dietética, relaxamento. 12

13 Conclusão A dor de natureza muscular está associada aos espasmos, que por sua vez podem desencadear uma série de conseqüências. Grande parte das pessoas recupera-se bem de quadros agudos de dor na região lombar, porém, muitos evoluem para um quadro crônico que pode ser causa de grande sofrimento. Assim, duas ações importantes no tratamento da dor aguda são, reduzir o tempo de recuperação e prevenir o desenvolvimento de dor crônica. Podemos constatar com a presente revisão bibliográfica que a acupuntura induz o organismo a produzir esteróides, que diminuem a inflamação. Além disso, esta tradicional prática da medicina chinesa estimula a produção de endorfinas, analgésicos naturais do corpo; melhora a sensação de bem-estar, humor, qualidade do sono e relaxamento global, contribuindo, dessa forma, para diminuir o espasmo e permitindo que o paciente execute melhor suas atividades. Outra vantagem é a possibilidade de redução da necessidade de medicamentos, diminuindo o risco de efeitos colaterais. Reduzindo a dor aguda, a acupuntura pode tornar a dor crônica menos provável de ocorrer. A acupuntura pode exercer importante função na administração de casos de dor na região lombar aguda e crônica, e seu papel é apoiado pela pesquisa clínica. Ela interrompe o ciclo da dor, sendo particularmente útil no tratamento de espasmos musculares. Dor no pescoço e no ombro, no quadril ou dor de cabeça são outras síndromes dolorosas que freqüentemente existem associadas à dor na região lombar. Estas também são amenizadas pela acupuntura. Referências Bibliográficas AUTEROCHE, B.; Navailh, P. O Diagnóstico na Medicina Tradicional Chinesa. 2.ed. São Paulo: Editor Andrei, CHAN, P. Do-In Auricular. 1.ed. Rio de Janeiro: Editora Record, CONGHUO, T. 101 Enfermedades Tratadas com Acupuntura Y Moxibustión. Madrid, Espana: Ediciones Miraguano, MACIOCIA, G. Os Fundamentos da Medicina Chinesa. 1. ed. São Paulo: Editora Roca, PEREIRA, F. A. O. Localização dos Pontos de Acupuntura. 1.ed. Rio de Janeiro: Editora Sohakuin, ROSS, J. Combinações dos Pontos de Acupuntura: A Chave para o Êxito Clínico 1.ed. São Paulo: Editora Roca, NOGIER, Raphael. Auriculoterapia ou Acupuntura Auricular. São Paulo: Andrei, SOUZA, Marcelo Pereira. Tratado de Auriculoterapia. Brasília: Copyright, 2001 WANG, B. Princípios de Medicina Interna o Imperador Amarelo. São Paulo: Ícone Editora, YAMAMURA, Y. Acupuntura Tradicional: A arte de Inserir. 2ed. São Paulo: Roca,

Def de Qi do Rim -etiologia

Def de Qi do Rim -etiologia PADRÕES DO RIM Funções energéticas Estoca a essência Fonte do Yin e Yang Domina o metabolismo Recebe o Qi dos Pulmões Controla os orifícios Domina os ossos Abre-se nos ouvidos e manifesta-se nos cabelos

Leia mais

A Vesícula Biliar (DAN)

A Vesícula Biliar (DAN) A Vesícula Biliar (DAN) 44 pontos bilaterais Natureza YANG Elemento Madeira Acoplado ao Fígado (GAN) A Vesícula Biliar (DAN) A Vesícula Biliar (DAN) é considerada uma víscera de comportamento particular,

Leia mais

Título Resumido. Poço (Jing)

Título Resumido. Poço (Jing) Analgesia Tendinomuscular pelo Ponto Poço (Jing) Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral: Dr. Reginaldo de Carvalho

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07. Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO:

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07. Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: 8 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07 QUESTÃO 17 Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Há 3.000 anos, agulhas de bronze e a pedra bian eram usadas como

Leia mais

ZANG FU Sistema de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa ***********************

ZANG FU Sistema de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa *********************** ZANG FU Sistema de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa - Introdução à Fisiologia Energética dos Zang Fu. - Os Seis Sistemas Yang Extraordinários. *********************** ZANG FU Sistemas

Leia mais

XII I I S im i pós pós o B ras r i as l i e l i e r i o de o de Aper pe f r e f i e ç i oam oam n e to t e o m e

XII I I S im i pós pós o B ras r i as l i e l i e r i o de o de Aper pe f r e f i e ç i oam oam n e to t e o m e XII Simpósio Brasileiro de Aperfeiçoamento em Acupuntura e Terapias Orientais 三 Método de Três Agulhas Introdução Definição O Método de Três Agulhas é uma forma de acupuntura que utiliza seleções e combinações

Leia mais

Módulo I Lição 6. S. Baço / Estômago S. Fígado / Vesícula biliar S. Rim / Bexiga Sanjiao

Módulo I Lição 6. S. Baço / Estômago S. Fígado / Vesícula biliar S. Rim / Bexiga Sanjiao Módulo I Lição 6 S. Baço / Estômago S. Fígado / Vesícula biliar S. Rim / Bexiga Sanjiao Relembrando Alterações patológicas *Qi (Deficiência, Estagnação, alteração curso normal) *Xue (Deficiência, estagnação,

Leia mais

ATM CERVICALGIAS DORSALGIAS

ATM CERVICALGIAS DORSALGIAS Center-AO Centro de Pesquisa e Estudo da Medicina Chinesa Universidade Federal de São Paulo Departamento de Ortopedia e Traumatologia Disciplina de Ortopedia Setor de Medicina Chinesa-Acupuntura ATM CERVICALGIAS

Leia mais

SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL

SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL SANGUE É INSEPARÁVEL DO QI, JÁ QUE O QI PROPORCIONA VIDA AO XUE, SEM O QUAL ELE SERIA UM FLUIDO INERTE XUE DERIVA EM SUA MAIORIA DO

Leia mais

Deve-se distinguir a sudorese por meio da Área corpórea, hora do dia, condições e tipo de sudorese.

Deve-se distinguir a sudorese por meio da Área corpórea, hora do dia, condições e tipo de sudorese. CALAFRIOS E FEBRE 12 Calafrios apresenta um significado duplo: significa que o paciente sente frio, mas também que ele tem aversão ao frio ; Se a pessoa apresenta aversão ao frio e sente calafrios, isto

Leia mais

Antes de imprimir este material, considere a possibilidade de apreciá-lo no computador ou leitor de textos. Preserve o meio ambiente

Antes de imprimir este material, considere a possibilidade de apreciá-lo no computador ou leitor de textos. Preserve o meio ambiente Antes de imprimir este material, considere a possibilidade de apreciá-lo no computador ou leitor de textos. Preserve o meio ambiente SHEN LONG Curso de ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA = ZANG FU = Coordenador

Leia mais

ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO

ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO Se o problema tem solução, não esquente a cabeça, porque tem solução. Se o problema não tem solução, não esquente a cabeça,

Leia mais

EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA

EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA FECUNDAÇÃO: ovócito + espermatozóide multiplicação celular durante os primeiros dias o embrião tem forma arredondada (fase de mórula) por volta do 12 º dia, vai passando para uma

Leia mais

PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO

PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO "A saúde é o resultado não só de nossos atos como também de nossos pensamentos." (Mahatma Gandhi) SHIATSU TERAPIA Terapia

Leia mais

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Acupuntura Profa. Alessandra Barone. Histórico Teoria Yin Yang Teoria dos Cinco Elementos Substâncias Vitais

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Acupuntura Profa. Alessandra Barone. Histórico Teoria Yin Yang Teoria dos Cinco Elementos Substâncias Vitais MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Acupuntura Profa. Alessandra Barone Histórico Teoria Yin Yang Teoria dos Cinco Elementos Substâncias Vitais Medicina Tradicional Chinesa Histórico Antes de 2000 a.c Origem

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES DE ACORDO COM OS OITO PRINCÍPIOS

IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES DE ACORDO COM OS OITO PRINCÍPIOS IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES DE ACORDO COM OS OITO PRINCÍPIOS Aplicação dos 8 princípios Aplicável em todos os casos, para doenças interiores e exteriores Divisão : Exterior-Interior Calor-Frio: Calor por

Leia mais

FUNÇÕES DO CORAÇÃO (XIN) GOVERNAR O SANGUE (XUE)

FUNÇÕES DO CORAÇÃO (XIN) GOVERNAR O SANGUE (XUE) FUNÇÕES DO CORAÇÃO (XIN) GOVERNAR O SANGUE (XUE) * A TRANSFORMAÇÃO DO ZHENG QI EM SANGUE (XUE), OCORRE NO CORAÇÃO. * O CORAÇÃO É RESPONSÁVEL PELA CIRCULAÇÃO DO SANGUE (XUE) NO ORGANISMO. CONTROLAR OS VASOS

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CURSO DE ACUPUNTURA CORPO ENERGÉTICO. Elaborado por Profa. Romana de Souza Franco. 1

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CURSO DE ACUPUNTURA CORPO ENERGÉTICO. Elaborado por Profa. Romana de Souza Franco. 1 CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CORPO ENERGÉTICO 1 CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL INTRODUÇÃO: O corpo energético humano, às vezes chamado de corpo etéreo permeia e cerca o corpo físico sólido. É a soma dos campos de

Leia mais

Problemas Gastro-Intestinais

Problemas Gastro-Intestinais Problemas Gastro-Intestinais Parâmetros Ocidentais Vômito; Dor na região abdominal, gástrica, etc. Gastrite, Úlcera, Diarréia, Prisão de ventre (constipação) Cólica, Vermes. Anamnese: Tipo de dor ou desconforto:

Leia mais

Objetivos: 1. Compreender a origem e a natureza da desarmonia 2. Decifrar padrões complicados 3. Identificar as contradições

Objetivos: 1. Compreender a origem e a natureza da desarmonia 2. Decifrar padrões complicados 3. Identificar as contradições IDENTIFICAÇÃO DOS PADRÕES DESARMÔNICOS SEGUNDO OS OITO PRINCÍPIOS DIAGNÓSDTICO Objetivos: 1. Compreender a origem e a natureza da desarmonia 2. Decifrar padrões complicados 3. Identificar as contradições

Leia mais

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA PRINCIPAIS SÍNDROMES Autor - Wanderley Rocha Casalecchi PADRÕES DO FÍGADO (GAN) ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN) MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS: SENSAÇÃO DE DISTENSÃO E DOR NOS HIPOCÔNDRIOS - NO NÍVEL FÍSICO A

Leia mais

ARTROSES ARTRITES OSTEO... HÉRNIA ARTRALGIAS...OSES...ITES ETC.

ARTROSES ARTRITES OSTEO... HÉRNIA ARTRALGIAS...OSES...ITES ETC. ORTOPEDIA & REUMATO MTC ARTROSES ARTRITES OSTEO... HÉRNIA ARTRALGIAS...OSES...ITES ETC. CAUSAS CLÍNICAS OCIDENTE CAUSAS CLÍNICAS ORIENTE 1. VENTO 2. FRIO 3. CALOR 4. UMIDADE 5. TRAUMA ORTOPEDIA & REUMATO

Leia mais

Olá, amigo! Nós somos os seus rins e gostaríamos que nos conhecesse melhor!

Olá, amigo! Nós somos os seus rins e gostaríamos que nos conhecesse melhor! Olá, amigo! Nós somos os seus rins e gostaríamos que nos conhecesse melhor! É essencial que aprenda a nos manter saudáveis, porque o funcionamento de todos os órgãos do seu corpo, depende de nós! Estamos

Leia mais

CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO)

CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO) CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO) A TEORIA DE JING-LUO ESTUDA AS ALTERAÇÕES FISIOPATOLÓGICAS DOS CANAIS E COLATERAIS E A RELAÇÃO ENTRE ESTES E OS ÓRGÃOS INTERNOS DO CORPO JING-LUO É O NOME DADO AO CONJUNTO

Leia mais

OS CINCO ELEMENTOS Os cinco elementos, madeira, fogo, terra, metal e água abarcam todos os fenômenos da natureza. Trata-se de um simbolismo que se aplica também ao homem. Nei Jing. Os chineses dividiram

Leia mais

Dor segundo a Medicina Chinesa

Dor segundo a Medicina Chinesa XII Simpósio Brasileiro de Aperfeiçoamento em Acupuntura e Terapias Orientais Dor segundo a Medicina Chinesa Introdução Definição A IASP- International Association for the Study of Pain (Associação Internacional

Leia mais

Interrogatório DOR. No CD Rom

Interrogatório DOR. No CD Rom Interrogatório No CD Rom - Um artigo complementar sobre a importância do Interrogatório na MTC. - Modelo de Ficha de Avalição de pacientes. Imprima Frente e Verso. ANAMNESE ELABORAR UM QUESTIONÁRIO DIRECIONAR

Leia mais

ELABORAR UM QUESTIONÁRIO

ELABORAR UM QUESTIONÁRIO INTERROGATÓRIO ANAMNESE ELABORAR UM QUESTIONÁRIO DIRECIONAR AS PERGUNTAS INICIALMENTE TOMANDO POR BASE OS 8 CRITÉRIOS, SUBSTÂNCIAS FUNDAMENTAIS, ZANG FU E ETIOPATOGENIA. DEIXAR QUE O PACIENTE JUSTIFIQUE

Leia mais

OITO PRINCÍPI P O I S

OITO PRINCÍPI P O I S OITO PRINCÍPIOS TEM COMO FUNÇÃO IDENTIFICAR, ATRAVÉS DOS DADOS OBTIDOS DO PACIENTE: A LOCALIZAÇÃO DA DESARMONIA A NATUREZA DA DESARMONIA AS CONDIÇÕES DOS FATORES PATOGÊNICOS E DE RESISTÊNCIA DO ORGANISMO

Leia mais

PADRÕES DO FÍGADO (GAN)

PADRÕES DO FÍGADO (GAN) PADRÕES DO FÍGADO (GAN) ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN) SENSAÇÃO DE DISTENSÃO E DOR NOS HIPOCÔNDRIOS - NO NÍVEL FÍSICO A ESTAGNAÇÃO DE FÍGADO SE MANIFESTA PRINCIPALMENTE NESTA REGIÃO, EM AMBOS OS LADOS.

Leia mais

A Lesão. A Lesão. A lesão provoca congestão local causada por obstrução de QiE XUE nas articulações

A Lesão. A Lesão. A lesão provoca congestão local causada por obstrução de QiE XUE nas articulações Acupuntura Acupuntura e Traumatologia e Traumatologia É o estudo das patologias próprias do sistema esquelético, causadas principalmente por traumatismos utilizando a especialidade de acupuntura como recurso

Leia mais

LOMBALGIAS: MECANISMO ANÁTOMO-FUNCIONAL E TRATAMENTO

LOMBALGIAS: MECANISMO ANÁTOMO-FUNCIONAL E TRATAMENTO LOMBALGIAS: MECANISMO ANÁTOMO-FUNCIONAL E TRATAMENTO Alessandra Vascelai #, Ft, Titulacão: Especialista em Fisioterapia em Traumatologia do Adulto Reeducação Postural Global (RPG) Acupuntura. Resumo: Lombalgia

Leia mais

6/22/2015. Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc

6/22/2015. Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc Acupuntura na Osteoartrose Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc Osteoartrose 1 Osteoartrose Outras denominações ; Artrose; Doença Articular Degenerativa; Artrite Degenerativa. 2 É a doença articular mais

Leia mais

Ponto Adrenal. Tubérculo Inferior do bordo do

Ponto Adrenal. Tubérculo Inferior do bordo do Pontos de Comando Ponto Adrenal Tubérculo Inferior do bordo do tragus: Ação: neuro-humoral (corticóides), analgésica,coagulante, imunológica, antiinfecciosa,antiinflamatória ansiolíotica Adrenal SNV (Simpático)

Leia mais

RYODORAKU. Mensuração Diagnóstica Eletrônica POR DENISE DARIN

RYODORAKU. Mensuração Diagnóstica Eletrônica POR DENISE DARIN RYODORAKU Mensuração Diagnóstica Eletrônica POR DENISE DARIN SIGNIFICADO DO RYODORAKU Ryo significa boa, Do conduzir e Raku linha ou canal. Caminhos Permeáveis (Linha de boa eletrocondutividade). É um

Leia mais

AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Ficha No.: Data: Nome: Data Nasc.: Naturalidade: Estado civil: Filhos: Endereço: Profissão: Fone(s): 1. Queixa Principal (QP): 2. História da Moléstia

Leia mais

Utilizando o Diagnóstico pelos Oito Princípios na Acupuntura Veterinária Dra. Eliane Nijishima

Utilizando o Diagnóstico pelos Oito Princípios na Acupuntura Veterinária Dra. Eliane Nijishima Utilizando o Diagnóstico pelos Oito Princípios na Acupuntura Veterinária Dra. Eliane Nijishima 1. Introdução O primeiro e mais importante estágio de identificação das Síndromes na Medicina Tradicional

Leia mais

Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional

Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional Centro Brasileiro de Acupuntura Acupuntura Aplicada a Ginecologia e Obstetrícia Prof.: Marcelo Brum Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional Aparelho Genital Feminino: Abrange: Útero; Ovários; Trompas

Leia mais

Padrões de Desarmonia do Movimento Metal

Padrões de Desarmonia do Movimento Metal [Digite texto] Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária Padrões de Desarmonia do Movimento Metal Prof a. Márcia Valéria Rizzo Scognamillo marciascognamillo@yahoo.com.br Junho de 2011 Geral I.

Leia mais

TRATAMENTO PARA MIOMA. INSTITUTO Long Tao

TRATAMENTO PARA MIOMA. INSTITUTO Long Tao TRATAMENTO PARA MIOMA INSTITUTO Long Tao Mioma Uterino DEFINIÇÃO: É UM TUMOR BENIGNO QUE SURGE QUANDO UMA CÉLULA DO ÚTERO DA MULHER COMEÇA A SE MULTIPLICAR DE FORMA DESORDENADA. Definição na MTC: O mioma

Leia mais

** Pessoas jovens com má alimentação e estresse emocional que também geram vento no Fígado também estão propícios a ter Parkinson.

** Pessoas jovens com má alimentação e estresse emocional que também geram vento no Fígado também estão propícios a ter Parkinson. Doença de Parkinson A Doença de Parkinson é uma síndrome caracterizada por lentidão de movimento, rigidez e tremor resultante de disfunção nos glânglios da base, com diminuição da dopamina e aumento da

Leia mais

RECOMENDAÇÕES: 1) - Mantenha a respiração fluida; 2) Relaxe em cada alongamento. Alongar-se é, em grande parte uma atividade passiva Coloque-se na

RECOMENDAÇÕES: 1) - Mantenha a respiração fluida; 2) Relaxe em cada alongamento. Alongar-se é, em grande parte uma atividade passiva Coloque-se na RECOMENDAÇÕES: 1) - Mantenha a respiração fluida; 2) Relaxe em cada alongamento. Alongar-se é, em grande parte uma atividade passiva Coloque-se na posição e aguarde a musculatura soltar-se; 3) Não balance

Leia mais

FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO)

FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO) FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) OU FLUIDOS ORGÂNICOS JIN = ÚMIDO = ALGO LÍQUIDO YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO) JIN - FLUIDOS YE - LÍQUIDOS PUROS, CLAROS, AQUOSOS, DILUÍDOS TURVOS,

Leia mais

O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE

O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE ANSIEDADE A ansiedade é uma reação ligada ao instinto de sobrevivência frente a situações e momentos de medo, perigo ou de tensão, que prepara a pessoa para o que poderá

Leia mais

Meridianos Principais

Meridianos Principais Meridianos Principais 1. MERIDIANO DO FEI (Pulmão) - Tai Yin da mão 1. Trajeto externo: Inicia-se na fossa infraclavicular no ponto denominado P1. Segue pela margem ânterolateral do antebraço e na altura

Leia mais

Acupuntura no tratamento de Lombalgias

Acupuntura no tratamento de Lombalgias Acupuntura no tratamento de Lombalgias Ana Fátima Coutinho Mello 1 Dayana Priscila Maia Mejia 2 e-mail: anafatima_mello@yahoo.com.br Pós-graduação em Acupuntura Faculdade Ávila Resumo De acordo com a medicina

Leia mais

Célia Regina Whitaker Carneiro 2012. crwcarneiro@terra.com.br

Célia Regina Whitaker Carneiro 2012. crwcarneiro@terra.com.br Célia Regina Whitaker Carneiro 2012 crwcarneiro@terra.com.br - TEORIA DO YIN/YANG - TEORIA DOS CINCO MOVIMENTOS - TEORIA DOS ZANG FU 6 pares de Canais de Energia Principais: 5 pares de Zang/Fu que compõem

Leia mais

11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG)

11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG) O Pulmão (FEI) 11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG) 1 O Pulmão (FEI) QI Pulmão (FEI) tem a função de dirigir o QI e a Respiração. O QI do ar junta-se

Leia mais

DOENÇAS DO SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO. Claudia de Lima Witzel

DOENÇAS DO SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO. Claudia de Lima Witzel DOENÇAS DO SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO Claudia de Lima Witzel SISTEMA MUSCULAR O tecido muscular é de origem mesodérmica (camada média, das três camadas germinativas primárias do embrião, da qual derivam

Leia mais

LER/DORT. www.cpsol.com.br

LER/DORT. www.cpsol.com.br LER/DORT Prevenção através s da ergonomia DEFINIÇÃO LER: Lesões por Esforços Repetitivos; DORT: Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho; São doenças provocadas pelo uso inadequado e excessivo

Leia mais

Acupuntura do. Acupuntura do 2 Metacarpo

Acupuntura do. Acupuntura do 2 Metacarpo Acupuntura do Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral: Reginaldo de Carvalho Silva Filho Introdução Apresentação

Leia mais

Métodos Diagnósticos na MTC. Prof. Thiago Resende

Métodos Diagnósticos na MTC. Prof. Thiago Resende Métodos Diagnósticos na MTC Prof. Thiago Resende Observações da Forma do Corpo Existem cinco diferentes maneiras de se classificar: Yin e Yang Cinco Elementos (Constitucional) Influências pré e pós natais

Leia mais

Práticas da MTC para gestação, parto e puerpério. Dra. Gisele Damian Antonio Gouveia

Práticas da MTC para gestação, parto e puerpério. Dra. Gisele Damian Antonio Gouveia Práticas da MTC para gestação, parto e puerpério Dra. Gisele Damian Antonio Gouveia BASES TEÓRICAS DA MTC Teoria Yin e Yan Teoria do Yin e Yang Teoria dos 5 movimentos 5 elementos/movimentos e suas analogias

Leia mais

AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA

AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA A doença não é uma Entidade mas uma condição flutuante do corpo do paciente, uma batalha entre a substância da doença e a tendência natural do corpo

Leia mais

Zang - Fu. Dr. Roberto Caron Cesac 2011

Zang - Fu. Dr. Roberto Caron Cesac 2011 Zang - Fu Dr. Roberto Caron Cesac 2011 Conceito A Teoria Zang- Fu é o centro da Teoria da Medicina Tradicional Chinesa, por ser a que melhor expressa a visão da Medicina Chinesa do organismo humano com

Leia mais

XI Simpósio Brasileiro de Aperfeiçoamento em Acupuntura e Terapias Orientas EBRAMEC - CIEFATO

XI Simpósio Brasileiro de Aperfeiçoamento em Acupuntura e Terapias Orientas EBRAMEC - CIEFATO XI Simpósio Brasileiro de Aperfeiçoamento em Acupuntura e Terapias Orientas EBRAMEC - CIEFATO Material elaborado pela Direção e Coordenação da EBRAMEC Direção Geral: Reginaldo de Carvalho Silva Filho Coordenação

Leia mais

2 Introdução. Os sintomas da menopausa são: - Fogachos - afetam 75% das mulheres.

2 Introdução. Os sintomas da menopausa são: - Fogachos - afetam 75% das mulheres. 1 1 - Apresentação Este trabalho destina-se a avaliar duas modalidades da Medicina Tradicional Chinesa (MTC) a acupuntura sistêmica e a auricular, no tratamento dos da menopausa. Para essa averiguação,

Leia mais

MERIDIANO DO PULMÃO 11 PONTOS PONTO LOCALIZAÇÃO FUNÇÃO PAREDE TORÁCIA ANTERIOR, 1 CUN ABAIXO DE P2

MERIDIANO DO PULMÃO 11 PONTOS PONTO LOCALIZAÇÃO FUNÇÃO PAREDE TORÁCIA ANTERIOR, 1 CUN ABAIXO DE P2 MERIDIANO DO PULMÃO 11 PONTOS PONTO LOCALIZAÇÃO FUNÇÃO P1 NA PARTE SUPERIOR LATERAL DA PAREDE TORÁCIA ANTERIOR, 1 CUN ABAIXO DE P2 P2 P3 NA PARTE SUPERIOR LATERAL DA PAREDE TORÁCICA ANTERIOR, ACIMA DA

Leia mais

MASSAGEM DO-IN. Claudio Prieto - Elza Rodrigues Pinheiro Prieto. Site: www.massagemdoin.net. E-Mail: contato@massagemdoin.net

MASSAGEM DO-IN. Claudio Prieto - Elza Rodrigues Pinheiro Prieto. Site: www.massagemdoin.net. E-Mail: contato@massagemdoin.net MASSAGEM DO-IN Claudio Prieto - Elza Rodrigues Pinheiro Prieto Site: www.massagemdoin.net E-Mail: contato@massagemdoin.net O QUE É? O DO-IN é uma técnica de automassagem aplicada nos pontos energéticos

Leia mais

LOMBALGIA. Segundo Bernard Auteroche. instituto de acupuntura tradicional 1

LOMBALGIA. Segundo Bernard Auteroche. instituto de acupuntura tradicional 1 LOMBALGIA Segundo Bernard Auteroche instituto de acupuntura tradicional 1 instituto de acupuntura tradicional 2 Fisiologia Energética n A MTC, através da acupuntura, nos ensina que o corpo humano é recoberto

Leia mais

ZANG FU Sistema de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa

ZANG FU Sistema de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa FISIOLOGIA ENERGÉTICA ZANG FU Sistema de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa FEI(Pulmão) DA CHANG(Intestino Grosso) Da Chang (Intestino Grosso) INTRODUÇÃO: Fei (Pulmão) e Da Chang (Intestino

Leia mais

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES www.shenqui.com.br Na década de 80, após 25 anos de pesquisas, em renomadas instituições do mundo, a OMS publicou o documento Acupuncture:

Leia mais

AURICULOTERAPIA. Em 1951, o médico francês Paul Nogier recebeu em seu consultório um paciente relatando que sofria

AURICULOTERAPIA. Em 1951, o médico francês Paul Nogier recebeu em seu consultório um paciente relatando que sofria AURICULOTERAPIA Histórico Em 1951, o médico francês Paul Nogier recebeu em seu consultório um paciente relatando que sofria de dor ciática e já havia tentado todos os tratamentos possíveis na época sem

Leia mais

Guia do Paciente Fusão Espinhal

Guia do Paciente Fusão Espinhal Guia do Paciente Fusão Soluções para Medicina Ltda. 01 Guia do Paciente - O objetivo da cirurgia de fusão espinhal é de proporcionar alívio da dor que você vem sentindo e tornar a sua coluna mais estável.

Leia mais

Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico

Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico I. INTRODUÇÃO Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico Para se fazer qualquer tratamento em M.T.C, que seja mais do que meramente sintomático, é preciso um diagnóstico correto da disfunção em curso. O diagnóstico

Leia mais

Medicina Tradicional Chinesa

Medicina Tradicional Chinesa Medicina Tradicional Chinesa Os Chineses acreditam que a vida e a saúde estão relacionadas diretamente ao fluxo de energia pelo corpo: "CHI". A doença se manifesta quando a energia é bloqueada. A MTC se

Leia mais

Aula de Localização de Pontos e Meridianos do Movimento Metal. Pulmão e Intestino Grosso. Instituto Quallitas. Novembro de 2009.

Aula de Localização de Pontos e Meridianos do Movimento Metal. Pulmão e Intestino Grosso. Instituto Quallitas. Novembro de 2009. Aula de Localização de Pontos e Meridianos do Movimento Metal Pulmão e Intestino Grosso Instituto Quallitas Novembro de 2009 Funções do Pulmão 1. Governar Qi e a Respiração Controla o Qi da respiração

Leia mais

de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães

de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães O Tui Na como método terapêutico e de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães Shiatsu Técnica japonesa; An Fa; Trabalha em uma

Leia mais

Profª Ms. Jean Luis de Souza. Acupuntura Em ortopedia

Profª Ms. Jean Luis de Souza. Acupuntura Em ortopedia Profª Ms. Jean Luis de Souza Acupuntura Em ortopedia ACUPUNTURA EM ORTOPEDIA DORES CRÔNICAS NECESSIDADES DE MAIORES DOSES DE MEDICAMENTO. SOMADOS AOS EFEITOS COLATEAIS. CONFIANÇA CONTATO PESSOAL MÃO DE

Leia mais

www.medicinachinesaclassica.org

www.medicinachinesaclassica.org Ombralgias e Dorsalgias Leituras selecionadas no 黄 帝 内 经 - Huangdi Neijing Pesquisa de Ephraim Ferreira Medeiros Projeto www.medicinachinesaclassica.org Teoria Geral Su Wen Cap. 7 阴 阳 别 论 "A doença do

Leia mais

Prof. Carolina C. T. Haddad. Instituto Bioethicus. Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária PULSOLOGIA

Prof. Carolina C. T. Haddad. Instituto Bioethicus. Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária PULSOLOGIA Instituto Bioethicus Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária PULSOLOGIA A arte da palpação é de extrema importância dentro do exame semiológico da Medicina Veterinária Tradicional Chinesa e a

Leia mais

S/s cansaço, letargia, fraqueza, problemas de apetite, distensão abdominal, fezes soltas e insegurança.

S/s cansaço, letargia, fraqueza, problemas de apetite, distensão abdominal, fezes soltas e insegurança. Síndromes do Baço Deficiência do Qi do Baço S/s cansaço, letargia, fraqueza, problemas de apetite, distensão abdominal, fezes soltas e insegurança. Pulso- vazio. Língua pálida e flácida, marcas de dentes.

Leia mais

INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA. Instituto Long Tao

INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA. Instituto Long Tao INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA Instituto Long Tao SISTEMA RESPIRATÓRIO A função do sistema respiratório é facultar ao organismo uma troca de gases com o ar atmosférico, assegurando permanente concentração

Leia mais

PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU)

PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU) 1 PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU) PONTOS DE ACÚMULO (XI) PONTOS DE REUNIÃO (HUI) 1- PONTOS FONTE (YUAN)

Leia mais

Ele está situado no Aquecedor Superior.

Ele está situado no Aquecedor Superior. Os Órgãos ou Sistemas Yin (Zang) Pulmão (Fei) O Pulmão é um órgão único para os chineses, ao contrário dos ocidentais que o dividem em esquerdo e direito. Ele está situado no Aquecedor Superior. As funções

Leia mais

www.amcbr.com.br Lien ch i Oito movimentos

www.amcbr.com.br Lien ch i Oito movimentos Lien ch i Oito movimentos A prática de exercícios físicos em países do oriente é hábito comum e seria estranho andar pela manhã nas ruas da China ou do Japão e não ver ninguém fazendo Tai chi chuan ou

Leia mais

A coluna vertebral é formada por vários ossos empilhados, uns sobre os outros, denominados vértebras (figura 1).

A coluna vertebral é formada por vários ossos empilhados, uns sobre os outros, denominados vértebras (figura 1). HÉRNIA DE DISCO A hérnia de disco é uma das doenças que mais afligem o homem moderno. Falta de exercício, excesso de peso, má postura, todas podem causar ou agravar uma hérnia de disco. Mas afinal, o que

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E ACUPUNTURA. Acupuntura Uma especialidade Farmacêutica - Resolução CFF N.

NOÇÕES BÁSICAS DE MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E ACUPUNTURA. Acupuntura Uma especialidade Farmacêutica - Resolução CFF N. NOÇÕES BÁSICAS DE MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E ACUPUNTURA Acupuntura Uma especialidade Farmacêutica - Resolução CFF N. 353 23/08/2000 Edson João Garcia Fevereiro/2015 MTC MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

Leia mais

ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO ESMÉRIA ZANETTI BARBOSA

ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO ESMÉRIA ZANETTI BARBOSA ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO ESMÉRIA ZANETTI BARBOSA ACUPUNTURA COMO COADJUVANTE NO TRATAMENTO DA DOENÇA PERIODONTAL São Paulo 2011 ESMÉRIA ZANETTI BARBOSA ACUPUNTURA COMO COADJUVANTE NO TRATAMENTO

Leia mais

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA CRANIOPUNTURA DE YAMAMOTO - YNSA Dr. Wu Tou Kwang www.ceata.com.br Na YNSA, como em qualquer outro microssistema, não existem pontos, nem regiões delimitadas, mas apenas áreas com limites dinâmicos, variando

Leia mais

Profa. M árcia a L uz

Profa. M árcia a L uz Profa. Márcia Luz MERIDIANO PRINCIPAL DO CORAÇÃO Elemento: Fogo - Imperial Horário: 11:00 às13 13:00 hs. Estação: Verão YIN TA ID CS C BP E O Meridiano do Coração se abre na língua e se espelha na face.

Leia mais

6/3/2015. Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc

6/3/2015. Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc Homem, 52 anos. Fome e sede frequentes há 3 anos Micções frequentes e perda de peso. Refere preferência por comidas substanciosas e álcool. Glicemia em jejum 150 (Glicosuria+)

Leia mais

OS PONTOS DO MERIDIANO DO INTESTINO DELGADO Elemento: Fogo Horário: 13:00 às 15:00 hs. Estação: Verão YANG O Meridiano Principal do Intestino Delgado, é o Meridiano Yang do nível Tae Yang, dos membros

Leia mais

AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS

AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS YIN ~ YANG YANG EXTROVERSÃO INQUIETAÇÃO VOZ ALTA, FALANTE INSÔNIA AÇÃO YIN INTROVERSÃO APATIA VOZ BAIXA, SILÊNCIO SONOLÊNCIA ANÁLISE

Leia mais

TRATAMENTO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA POR ACUPUNTURA

TRATAMENTO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA POR ACUPUNTURA IVANI PERIN BRANCO TRATAMENTO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA POR ACUPUNTURA Trabalho de Conclusão apresentada ao Curso de Especialização em Acupuntura do CIEPH Centro Integrado de Estudos e Pesquisas

Leia mais

GUIA TERAPÊUTICO NA ACUPUNTURA

GUIA TERAPÊUTICO NA ACUPUNTURA GUIA TERAPÊUTICO NA ACUPUNTURA André Luiz Martins 1ª EDIÇÃO CUIABÁ EDIÇÃO DO AUTOR 2012 Dedico esta obra aos meus alunos de Acupuntura 2 INTRODUÇÃO O Guia terapêutico na Acupuntura não é um tratado complexo

Leia mais

Diferenciação de Síndromes. Instituto Long Tao

Diferenciação de Síndromes. Instituto Long Tao Diferenciação de Síndromes Instituto Long Tao Revisão Funções do Coração 1. Governa (regula) o Sangue (Xue) 1.1 No Coração o Qi Nutritivo se transforma em Xue 1.2 O Yang do Coração movimenta o Xue nos

Leia mais

Problemas Gastro-Intestinais

Problemas Gastro-Intestinais Problemas Gastro-Intestinais Parâmetros Ocidentais: Vômito; Dor na região abdominal, gástrica, etc; Gastrite; Úlcera; Diarréia; Prisão de ventre (constipação / obstipação); Cólica (intestinal); Vermes.

Leia mais

DOENÇAS DA COLUNA CERVICAL

DOENÇAS DA COLUNA CERVICAL Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DOENÇAS DA COLUNA CERVICAL A coluna cervical é o elo flexível entre a plataforma sensorial do crânio

Leia mais

DIAGNÓSTICO NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

DIAGNÓSTICO NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA DIAGNÓSTICO NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA A base do diagnóstico da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), está na observação dos sinais e sintomas do paciente, uma vez que eles refletem a condição dos Sistemas

Leia mais

Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura

Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura Neuropatias sob a visão da Medicina Chinesa Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura Neuropatias sob a visão da Medicina Chinesa Revisão da neurofisiologia da dor, Revisão da fisiopatologia

Leia mais

ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA HISTÓRIA DA MEDICINA CHINESA

ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA HISTÓRIA DA MEDICINA CHINESA Teoria da Acupuntura ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA A Medicina Tradicional Chinesa tem obtido um desenvolvimento através do tempo, pelo menos a 3000 anos. A Acupuntura promove diversas funções, ela controla

Leia mais

ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES

ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES 1 ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES. Os Canais de Energia Tendino-Musculares não acompanham a alternância do Yang e do Yin, nem a relação Interior-Exterior, mas sim o sistema

Leia mais

GUIA DO PACIENTE. Dynesys Sistema de Estabilização Dinâmica. O Sistema Dynesys é o próximo passo na evolução do tratamento da dor lombar e nas pernas

GUIA DO PACIENTE. Dynesys Sistema de Estabilização Dinâmica. O Sistema Dynesys é o próximo passo na evolução do tratamento da dor lombar e nas pernas GUIA DO PACIENTE Dynesys Sistema de Estabilização Dinâmica O Sistema Dynesys é o próximo passo na evolução do tratamento da dor lombar e nas pernas Sistema de Estabilização Dinâmica Dynesys O Sistema Dynesys

Leia mais

Inicio: 30/31 de maio de 2015 VIDA E BEM ESTAR NA TERCEIRA IDADE Ter qualidade de vida e bem estar na terceira idade depende de vários fatores, mas principalmente da forma como nos percebemos em cada fase

Leia mais

FADIGA, NEURASTENIA ou. Paulo Lessa IAMMG Instituto de Acupuntura Médica de Minas Gerais IVN SP Instituto Van Nghi São Paulo

FADIGA, NEURASTENIA ou. Paulo Lessa IAMMG Instituto de Acupuntura Médica de Minas Gerais IVN SP Instituto Van Nghi São Paulo FADIGA, NEURASTENIA ou TRANSTORNOS SOMATOFORMES Paulo Lessa IAMMG Instituto de Acupuntura Médica de Minas Gerais IVN SP Instituto Van Nghi São Paulo Sinais e sintomas relatados por pacientes com fadiga

Leia mais

Oferecemos uma ampla gama de tratamentos entre os que podemos destacar:

Oferecemos uma ampla gama de tratamentos entre os que podemos destacar: A cirurgia endovascular agrupa uma variedade de técnicas minimamente invasivas mediante as quais CIRURGIA ENDOVASCULAR = CIRURGIA SEM CORTES! Técnicas Minimamente Invasivas As técnicas de cirurgia endovascular

Leia mais

Etiopatogenia e Fisiopatologia

Etiopatogenia e Fisiopatologia ETFP 1 Etiopatogenia e Fisiopatologia O corpo humano tem a capacidade de resistir a diversos fatores patógenos para manter o equilíbrio relativo entre o interior do corpo e o mundo exterior. Esta capacidade

Leia mais

Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC. Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012

Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC. Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012 Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012 Sistema Vestibular Introdução Função: transmitir a informação do ouvido interno até o cérebro

Leia mais

CIEPH Centro Integrado de Estudos e Pesquisas do Homem ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL SANTA CLARA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ACUPUNTURA

CIEPH Centro Integrado de Estudos e Pesquisas do Homem ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL SANTA CLARA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ACUPUNTURA CIEPH Centro Integrado de Estudos e Pesquisas do Homem ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL SANTA CLARA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ACUPUNTURA ACUPUNTURA DALVACY ALVES DE SOUSA Florianópolis (SC), Junho de 2005

Leia mais