1. INTRODUÇÃO 2. DEFINIÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. INTRODUÇÃO 2. DEFINIÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS"

Transcrição

1 1. INTRODUÇÃO 1.1 Obrigado pela sua confiança na central PS Esta central de alarmes oferece funções de alta confiabilidade, melhor proteção contra raios e um circuito comunicador novo e inovador. Fácil de usar, projetado para satisfazer todas as suas necessidades de tecnologia e segurança. A PS-9192 representa uma nova concepção para os sistemas de segurança que são mais flexíveis, duráveis e de fácil controle, jamais visto em nossa indústria. Com software sofisticado que permite até 99 usuários, 48 zonas, 8 partições e módulos integradores de incêndio, controle de acesso, verificação e um comunicador com formatos de transmissão SIA e Contact ID. Até 3 módulos podem ser adicionados para estender as capacidades da central PS Sobre o manual Este manual fornece todas as informações que você precisa compreender para o funcionamento da central, suas características e funções. Se você está familiarizado com outras centrais de alarme, nós recomendamos que você leia este manual pelo menos uma vez para se familiarizar com as características da central e da programação. Por favor, consulte o índice para verificar a lista completa do conteúdo deste manual. A seguinte terminologia é utilizada ao longo deste manual: [ ] = Indica uma tecla do teclado. [ ] = Indica uma tecla do teclado que você deve pressionar. [2] [3] [3] Digite "233" Itálico = indica a programação de fábrica para um parâmetro, uma referência a um parâmetro ou a um exemplo. Exemplo: [*] [9] [5] [código de instalador] Significado: Digite [*] [9] [5] e o [código de instalador]. 1.3 Acessórios opcionais e teclados Para mais informações sobre teclados, acessórios ou outros produtos pertencentes ao sistema de segurança, entre em contato com o distribuidor autorizado no Brasil: Posonic do Brasil Ltda. Teclado LED9000 QAR-149, Teclado LCD9000 QAR-150 Ampla variedade de detectores de movimento analógicos e digitais 2. DEFINIÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS 2.1 Cancelamento de reporte de alarme Se ativada, a central PS-9192 espera o tempo programado em segundos no endereço 40 para enviar o evento de alarme. Durante este período de tempo, o LED "Cancelar" pisca. Para interromper o reporte, digite a senha e pressione o botão [Cancelar]. O LED apaga-se. Se o reporte não for abortado no tempo programado, o LED apaga quando o evento é reportado. "Tempo de cancelamento de alarme" deve ser habilitado na seção "Configuração de Tipos de Zona" nos endereços (Endereços 40 e ). 2.2 Aviso de falha de AC e Bateria A central pode ser programada para transmitir as falhas de energia elétrica e/ou bateria para a central de monitoramento. Também pode ser programado para que o teclado emita um sinal sonoro imediatamente após a detecção da falha. Este aviso/transmissão pode ser retardada. (Veja os endereços 37 e 39).

2 2.3 Aviso Audível de falha de alimentação ou bateria Se ativado, o teclado emite um sinal sonoro de advertência de falha de energia ou a bateria se o sistema estiver armado ou desarmado. (Ver endereço 23). 2.4 Códigos de Usuário A central armazena até 99 códigos de usuário, podendo ser de quatro ou seis dígitos. Todos os códigos devem ser o mesmo número de dígitos. O código padrão de fábrica para o usuário 1 é [1] [2] [3] [4], quando se utiliza um código de 4 dígitos, ou [1] [2] [3] [4] [5] [6] para um código de 6 dígitos. Este código pode ser utilizado para programar novos códigos de usuário. (Ver endereço 41). 2.5 Auto Arme NOTA: Para instalações UL, não habilite esta função. O painel pode armar automaticamente em um determinado horário. 50 segundos antes do horário de Auto Arme, o teclado começará a emitir um sinal sonoro. O processo de Auto Arme pode ser suspenso, digitando uma senha no teclado, neste caso, a central tentará realizar o Auto Arme 45 minutos depois. Este tempo será estendido se a atividade no local faz com que o LED "Pronto" acenda e apague. O Auto Arme de uma partição pode ser programado para o modo silencioso. Ao reportar o arme, será informado que foi realizado pelo usuário 97. (Ver endereços 23 e 52 a 55). 2.6 Armado Rápido Esta opção faz com que o sistema seja armado, pressionando a tecla [Exit] ou a tecla [Perímetro]. Ao reportar o arme, o usuário 98 será informado. (Ver o endereço 23). 2.7 Cancelamento da Transmissão Quando habilitada, a função Cancelar será automática (não será necessário pressionar a tecla Cancelar). A transmissão à central de monitoramento será anulada ao pressionar cancelar. Os endereços 23 e 40, respectivamente, devem estar habilitados para ativar esse recurso. Para o correto funcionamento desta função, "atraso de reporte devem estar habilitadas seção "Configurações de Tipos de Zona" nos endereços (Endereço 41). 2.8 Teste de Comunicação Este recurso fará com que a central realize uma chamada para a central de monitoramento, com intervalos programados, para testar o corretor funcionamento da comunicação. (Veja endereços 37 e 51). 2.9 Saídas Programáveis (PGM s) A central possui quatro saídas programáveis que podem ser utilizadas para ativar relés, LED s, etc. (Tabela de PGM e endereços 45 a 50) Saída de Alimentação Auxiliar Esta funcionalidade irá ativar o led Service no teclado quando há excesso de consumo de corrente na saída auxiliar. Esta condição pode ser transmitida para a estação central de monitoramento. (Ver endereço 37) Tamper (Anti Sabotagem) A central incorpora terminais de tamper (anti-sabotagem), esses terminais são N.F. e podem ser programados para transmitir a uma receptora e ativar a saída de sirene e o teclado. Este terminal pode ser habilitado ou desabilitado na programação. (Ver endereços 37 e 39).

3 2.12 Saída de Sirene A central incorpora uma saída de sirene de 112dB. Quando desejado, pode ser facilmente convertida em uma saída de corrente de 1A através da programação. (Endereço 37) Anulação Este recurso permite que o usuário final altere (acenda ou apague) a anulação de uma zona interna com o sistema armado pressionando a tecla [BYPASS]. (Endereço 23) Retorno de Ligação (Call Back) Habilitando esta opção, a central realiza um retorno de ligação para um número de telefone pré-determinado para o software de programação remota da central. (Endereço 21) Cancelamento Se esse recurso é habilitado a central irá esperar o tempo programado em segundos no endereço 40 para transmitir um alarme. Durante este período de tempo, o LED Cancel pisca. Para cancelar o reporte, digite uma senha e pressione a tecla Cancelar, o LED apaga-se. Caso o envio da transmissão não seja cancelado no tempo pré-fixado, o LED cancelar irá apagar depois do reporte do evento de alarme. O atraso deve ser habilitado nas Configurações de Tipos de Zona nos endereços (Endereços 40 e ) Requerimento de Código A central pode ser programada para exigir um código cada vez que você tenta anular zonas e/ou iniciar uma conexão através do software de download [*] [9] [8] ou [*] função [9] [9]. (Endereços 23 e 41) 2.17 Formatos de Comunicação A central transmite eventos em múltiplos formatos. Recomendamos o uso dos formatos Contact ID ou SIA. (Veja os endereços 56 a 83 e 110 a 149) Zonas cruzadas Esta função requer duas ou mais detecções em uma zona ou zonas programadas como zonas cruzadas dentro um determinado período de tempo antes de gerar um evento de alarme. Durante este tempo, a central pode ser programada para emitir um som no teclado e/ou sirene. A central também pode ser programada para reportar um alarme após duas ou mais detecções da mesma zona. (Endereços 37, 39, 40 e ) Reporte Duplo, Múltiplo ou Dividido A PS-9192 pode enviar a comunicação para três números de telefone. É possível programar o reporte duplo, múltiplo ou dividido por evento ou por partição. (Endereço 4, 10 e 16) Código de Coação Quando programada uma senha de coação, ao desarmar o sistema com este código, um evento de desarme sob coação será transmitido à central de monitoramento. (Ver endereço 44) Supervisão de Bateria A PS-9192 pode ser programada para realizar um teste dinâmico de bateria. A duração é selecionada na primeira vez em que a central é armada ou desarmada todos os dias, assim como quando a função de testes [*][4] é realizada. Se a central não está armada ou desarmada, o teste será realizado a meia noite. A

4 central também pode ser programada para efetuar um teste de bateria a cada 12 segundos. (Endereço 37 e 40) Entry-Guard Esta característica foi desenvolvida para reduzir a fonte mais comum de falsos alarmes. Quando o sistema perimetral é armado, a abertura de zonas designadas como Entry-Guard iniciará um tempo de entrada antes de acionar o alarme. Todas as demais zonas funcionaram normalmente. Esta maneira de armar o sistema incentivará os usuários a utilizarem com mais freqüência o sistema mesmo quando houver movimentação interna Erro de Saída Se habilitado, a PS-9192 enviará um reporte de Erro de Saída caso uma zona de entrada ou saída dispare quando o tempo de saída terminar. Esta transmissão será enviada juntamente com o número do usuário que armou o sistema, embora o sistema tenha sido desarmado. (Veja Endereço 23) Problema com o Expansor A PS-9192 irá reportar um problema com o expansor quando houver uma falha, desde que esta opção esteja habilitada. O LED de serviço do teclado acenderá. Os teclados são considerados expansores para a central. (Veja Endereço 37) Falha de Comunicação Caso a central de monitoramento não receba um evento o led de serviço acenderá. No próximo reporte será enviado um evento de falha de transmissão Verificação de Alarme de Fogo Quando habilitado, a PS-9192 irá verificar um alarme de incêndio, exigindo mais de uma ativação de detectores de fumaça dentro de um tempo determinado antes de gerar um alarme Armando Forçado Quando está habilitado, a central irá armar mesmo estando com zonas abertas, o led pronto. Ao final do tempo de saída as zonas que continuarem abertas serão anuladas. Caso esteja habilitada a função, será reportado a anulação das zonas. (Endereço 37 e ) Anulação de Grupo de Zonas Um determinado grupo de zonas pode ser programado para que sejam anulado pressionando [Bypass] -> [0] -> [Bypass] -> [Bypass] antes do arme. (Endereços ) Envio Imediato de Restauração de Zona A central pode ser programada para transmitir eventos de alarme e restaurações assim que forem gerados, ou esperar até o tempo de sirene terminar. (Endereço 37) Código de Instalador A senha pré-determinada de fábrica para o código de instalador é [9] -> [7] -> [1] -> [3] quando é utilizado um código de 4 dígitos, ou caso utilize um código de 6 dígitos, a senha de fábrica é [9] -> [7] -> [1] -> [3] -> [0] -> [0]. O código instalador também pode ser utilizado como um código para armar ou desarmar o sistema. Caso seja utilizado para este fim, o código de usuário será o 255. (Endereço 43).

5 2.31 Memória de Eventos Até 185 eventos podem ser armazenados na memória juntamente com a data e horário do evento. Estes eventos podem ser verificados posteriormente através do download ou de um teclado LCD. Todos os eventos reportados serão registrados na memória Pânicos de Teclado O teclado possui três botões: Pânico 1 (Fogo), Pânico 2 (Médico) e Pânico 3 (Polícia). Pânico 1 ativará a sirene de fogo e irá transmitir à central de monitoramento. Pânico 2 irá reportar um alarme médico e Pânico 3 transmitirá uma pânico geral. Os Pânicos podem ser audíveis ou silenciosos Controle de Avisos Audíveis no Teclado O teclado pode ser programado para emitir avisos audíveis quando houver um evento no sistema. (Endereço 39) Tamper (Anti-Sabotagem) do Teclado Quando habilitado a central trava o teclado por 60 segundos e comunica a sabotagem a central de monitoramento quando códigos de usuário não válidos são digitados. (Endereço 23) Arme e Desarme por Controle Qualquer zona da central pode ser programada para armar ou desarmar a central através de um controle remoto. Quando programada um pulso momentâneo nesta zona armará ou desarmará o sistema. Desta forma a central transmite o evento juntamente com o código de usuário 99. (Veja Configurações de Tipos de Zona, Endereço 25) Apagando os LED s Esta função apagará todos os LED s do teclado com exceção do LED Power, depois de 60 segundos sem que nenhuma tecla seja pressionada. Digitando qualquer tecla numérica todos os LED s acenderão novamente. (Endereço 23) Bloqueio da Programação Local Esta característica desabilita a programação de todos os endereços ou endereços especificados pelo teclado. (Endereço 21) Evento de Memória Cheia Um evento de memória cheia pode ser transmitido à central de monitoramento. (Endereço 37) LED Serviço acesso Hora Errada A central pode ser programada para que o LED de serviço acenda enquanto o horário da central não for ajustado. (Endereço 37) Teste Manual da Sirene A central pode ser programada para que seja possível realizar um teste de sirene digitando [*] -> [4] com o sistema desarmado. (Endereço 37) Desabilitar Zonas da Central Todas as zonas da central podem ser desabilitadas para que seja possível a utilização de um sistema sem fio. (Endereço 37) Formato Pager Formatos de Pager 4 +3 ou 6 +3 em função do número de dígitos da conta. O Pager enviará neste formato: ABC, onde 1 a 6 são os números da conta. As letras que não dizem respeito a zona ou usuários são identificados da seguinte

6 forma: A será o primeiro digito, B será um zero (0) como um espaço reservado, e o C será o segundo dígito do código. Para todos os demais códigos de reporte, o A será o evento, enquanto que o código B e C representam a zona ou o ID do usuário. (Seleção de Formato da Tabela no Endereço 11) Partições A PS-9192 pode ser particionada em até 8 sistemas diferentes com diferentes códigos de reporte, códigos de usuário e características de funcionamento. (Veja endereços 26 a 36) Arme Rápido A central possui a característica de arme rápido através das teclas [Exit] ou [Stay]. Será transmitido o código de usuário 98. (Endereço 23) Fechamento Recente Quando habilitado a central irá enviar um evento de Fechamento Recente para a central de monitoramento se ocorrer um alarme até 5 minutos após o painel ter sido armado. O número do usuário que armou o sistema será transmitido. (Veja Endereço 23) Re-Exit A PS-9192 possui a função de reiniciar o tempo de saída para uma rápida saída sem desarmar o sistema pressionando a tecla [Exit] enquanto o sistema está armado. (Endereço 23) Shutdown Este modo fará com que os LED s sejam desativados, com exceção do LED Power de alimentação. (Endereço 21) Beep de Sirene ao Armar A central pode ser programada para que emita um beep de sirene ao armar, ao final do tempo de saída, ou quando a central de monitoramento reconhecer o reporte do arme. Também é possível que a sirene emita um beep quando armada por controle. Para o desarme a sirene emite dois beeps. (Endereço 37) Supervisão de Sirene A PS-9192 realiza uma supervisão de sirene que irá monitorar constantemente a sirene da central e pode ser programada para reportar caso os fios sejam cortados. (Endereço 37) Silenciando o Tempo de Saída O tempo de saída pode se tornar silencioso pressionando [*] -> [Exit] antes do arme. O tempo de saída pode ser silenciado permanentemente de todas as partições. (Veja Endereço 37) Reporte de Entrada/Saída Programação e Encerramento do Download Um evento pode ser transmitido quando o instalador entrar ou sair da programação da central. Também poderá transmitir um evento quando a conexão com o software de download for encerrada. (Endereço 37) Estado de zona de teclado led Esta função é utilizada quando existe um teclado de LED. O LED do teclado deverá corresponder a diferentes zonas da central. Suponha que temos uma central com 16 zonas e teclados de 8 zonas. Cada partição pode utilizar uma

7 2.53 Auto Anulação de Zonas (Limite de Disparos) Esta característica permite que uma zona(s), seja anulada automaticamente depois de um determinado número de disparos. Quando uma zona dispara, a central memoriza o número da zona. Se persistirem os disparos a central anulara a zona para evitar que ela reporte inúmeros disparos a central de monitoramento por um mal funcionamento. Passado o tempo estabelecido o contador restabelece a zero se não houverem disparos repetidos. (Veja Endereços 37 e 38) Supervisão de Linha Telefônica A central pode supervisionar a linha telefônica. Esta condição também pode ser transmitida a central receptora. Se o reporte está habilitado, somente será transmitida a restauração. (Endereço 37, 39 e 40) Som da Sirene de Fogo Desabilitando esta opção o som da sirene em um alarme de fogo será contínua e quando habilitada será pulsado. (Endereço 37) Detecção do Tom de Resposta Se esta opção está habilitada, somente uma chamada é necessária para burlar a secretária eletrônica. Para utilizar esta função você deve possuir um modem compatível Segunda Chamada para Burlar a Secretária Eletrônica Com esta opção habilitada, para burlar a secretaria eletrônica, duas chamadas telefônicas devem ser realizadas ao local. Na primeira, deixe que o telefone toque duas vezes. A central detectara estes avisos e começará um segundo temporizador de 45 segundos, na próxima chamada a central atenderá no primeiro toque. (Ver Endereço 21) Teste de Caminhada do Instalador Quando habilitado, pressione [*][Chime] seguido de um código de usuário que permita a passagem nas zonas de teste, cada vez que uma zona abre o LED no teclado se iluminará e o chime emitirá um beep. O número da zona ativada será mostrada na tela LCD do teclado. Este evento não é transmitido a central de monitoramento, porém é memorizado em seu registro interno. Para sair a qualquer momento deste modo digite um código de usuário. Do contrário, o Modo teste sairá automaticamente depois de 15 minutos. (Endereço 41) Falha de Supervisão Sensor Sem Fio/Bateria Baixa Sensor Sem Fio A central transmite um evento a central de monitoramento quando um sensor sem fio detecta baixo nível de bateria ou perde a comunicação com a receptora. O LED Serviço se ilumina quando uma das situações existirem. (Endereço 37) Aviso Sonoro de Zonas Anuladas Se esta opção está habilitada um beep no teclado avisa que existem zonas anuladas quando houver o arme do sistema. (Endereço 23) Duplicando as Zonas da Placa Este recurso permite que você dobre o número de zonas da central de oito para dezesseis. Quando você duplica as zonas o recurso de E.O.L. (resistor de fim de linha) não poderá ser utilizado nas primeiras dezesseis zonas. O limite total de zonas da central sempre será de 192 zonas. Caso necessite de uma zona de fogo utilize uma das zonas de 1 a 8, porém a zona alta correspondente ficará indisponível. Por exemplo, se a zona 6 foi definida como zona de fogo, automaticamente a zona 14 não estará disponível.

8 2.62 Tipos de Zona (Configurações) A PS-9192 possui até 30 definições de zonas que determinam como cada zona irá funcionar e reportar. Estas definições estão descritas na página. (Veja Endereço ) 3. INSTALAÇÃO 3.1 Localização e Montagem Retire a central de alarme, tecldos e módulos das embalagens. O sistema não deverá ser montado na caixa metálica até que todos os cabos tenham sido passados para dentro da mesma e estejam identificados e prontos para conexão. Antes de instalar a caixa, empurre os cinco parafusos brancos de plástico na parte traseira do gabinete. Defina onde será o local de instalação com difícil acesso a intrusos. Deixe espaço para permitir a ventilação adequada e a dissipação de calor. O local de instalação deve ser seco e próximo a uma fonte de alimentação AC, ligação terra e conexão de linha telefônica. 3.2 Aterramento Conecte o aterramento das zonas e do discador da central à haste de aterramento conforme as especificações e códigos elétricos locais. Para a máxima proteção contra raios ligar o terminal de aterramento como mostrado na figura Alimentação AC Use um transformador de 16.5VAC com potência mínima de 20VA para fornecer energia suficiente AC. Não utilize nenhuma chave de saída controlada para o transformador. Conecte o transformador como mostrado na figura Bateria de Back-up Recomendamos que você conecte uma bateria de back-up para fornecer alimentação a central de alarme caso exista falha de energia elétrica. Utilize uma bateria recarregável de 12VDC 7Ah. Conecte a bateria após a aplicação de corrente alternada. Ao instalar a bateria verifique a polaridade correta, caso você inverta a conexão os fusíveis de proteção da central irão queimar. Conecte o pólo vermelho da bateria no terminal positivo da central e o pólo preto no terminal negativo. 3.5 Alimentação Auxiliar Os terminais AUX+ e AUX- da central de alarme podem fornecer uma corrente máxima de 1000mA e tensão de 12VDC. Você pode utilizar a saída auxiliar da central para alimentar detectores de movimento e outros acessórios pertencentes ao seu sistema de segurança. Este consumo total de corrente não pode exceder os 1000mA (Veja a Tabela 3.1). A saída auxiliar é protegida contra sobrecarga de corrente e desliga-se automaticamente se consumo exceder 1ª. A alimentação

9 auxiliar será restaurada assim que a condição de sobrecarga for eliminada e logo após o teste da bateria. Tabela 3.1 Consumo de Corrente Detectores de Movimento 10-50mA Teclado de LED 130mA Teclado LCD 110mA 3.6 Conexão dos Teclados e Controle Remoto Conecte os três terminais do teclado: DATA, COM E POS aos bornes correspondentes da central de alarme. É possível realizar o arme através de um controle remoto. Conecte o receptor a qualquer zona de entrada da central para realizar o arme e desarme. Veja o Endereço 13 (configurações de zona) para obter maiores informações. 3.7 Alimentação e Inicialização do Sistema Quando a conexão dos cabos estiver pronta, conecte a alimentação para testar o funcionamento do sistema. Ao iniciar o teclado poderá emitir um beep continuo indicando a existência de algum problema do sistema, como bateria baixa, sirene desconectada. Para que o beep pare, digite o código de usuário (1234 de fábrica). Caso você pressione qualquer tecla, o teclado deve emitir um único beep. Quando a zona abre o LED indicativo do teclado deve piscar. Caso o teclado não tenha nenhuma reação e nenhum LED aceso verifique a alimentação AC e os se os cabos estão conectados corretamente. Confira se os três fios: POS, COM e DATA não estão em curto circuito ou conectados de forma invertida. 4. CÓDIGOS DE ACESSO 4.1 Código Instalador (Endereço 42) De Fábrica: 9713 (quatro dígitos) ou (seis dígitos) O código instalador permite que você programe todos os parâmetros da central. Para qualquer alteração nas configurações do sistema você deverá entrar no modo de programação. Por favor, consulte a Seção 6 para verificar o método de programação. O código do instalador contém seis dígitos e cada digito pode ser um valor de 0 a 9. Embora o painel possa aceitar os códigos de 4 dígitos, quando você programar a senha, sempre entre com seis dígitos. Para alterar o código instalador, entre com o novo código no endereço Código Mestre e Código de Usuários De Fábrica (Código Mestre): 1234 (4 dígitos) ou (6 dígitos) A central armazena até 40 códigos de usuário. Veja a seção 5.1 para configurar novos usuários. 4.3 Tamanho dos Códigos de Acesso De Fábrica: Códigos de Acesso de 4 dígitos Você pode definir o tamanho dos códigos mestre, de usuários e de programação entre 4 ou 6 dígitos.

10 5. PROGRAMANDO A CENTRAL ATRAVÉS DO TECLADO Esta seção descreve como programar os endereços e as partições de casa teclado, bem como as opções disponíveis. O endereçamento de teclado é importante pois esta é a forma de como o painel supervisiona os teclados. O código mestre de fábrica é o [1] -> [2] -> [3] -> [4] quando se utiliza 4 dígitos ou [1] -> [2] -> [3] -> [4] -> [5] -> [6] quando se utiliza 6 dígitos. O código instalador de fábrica é o [9] -> [7] -> [1] -> [3] quando se utiliza 4 dígitos ou [9] -> [7] -> [1] -> [3] -> [0] -> [0] quando é utilizado 6 dígitos. 5.1 Cadastrando as Senhas de Usuários 1) Digite [] -> [5] -> [Senha Mestre]. O LED Ready piscará. 2) Entre com os 2 dígitos (sempre 2 dígitos, ou seja 03 para o usuário 3). O LED Ready permanecerá aceso. 3) Digite a nova senha designada para este usuário. O LED Ready piscará indicando que a senha foi aceita. Caso a senha seja rejeitada voc?e ouvirá três beeps. Nota para o teclado PS LED9000: O LED acenderá indicando o primeiro dígito do código de usuário. (LED s 1-8 on = código em branco; LED s 1-8 off = 0 ; LED s 1 e 8 = 9.) Use as teclas de seta para cima e para baixo para visualizar o próximo dígito ou entre com uma nova senha de 4 ou 6 dígitos. Ao usar as teclas de navegação você poderá mudar qualquer dígito. Isto fará com que você avance ao próximo digito. 4) Caso necessite programar outra senha de usuário, retorne ao passo 2. 5) Pressione [#] enquanto o LED Ready está piscando para sair do modo de programação das senhas de usuários. 5.2 Atribuindo Nível de Autoridade aos Usuários 1) Digite [*] -> [6] -> [Senha Mestre]. O LED Ready irá piscar. 2) Entre com os 2 dígitos (sempre 2 dígitos, ou seja 03 para o usuário 3). O LED Ready permanecerá aceso. LED QUANDO LED 8 ESTÁ APAGADO LED QUANDO LED 8 ESTÁ ACESSO 1 Uso Futuro 1 Ativa saída #1 2 Somente Arma 2 Ativa saída #1 3 Somente Arma após Encerrar a Janela 3 Ativa saída #1 4 Código Mestre (pode programar outras senhas) 4 Ativa saída #1 5 Usuário Arma e Desarma 5 Arme/Desarme 6 Pode Anular Zonas (Endereço 23) 6 Anulação de Zonas 7 Usuário enviará reporte de Arme/Desarme 7 Reporte de Arme/Desarme 8 Se este LED está aceso, use a tabela da direita para definir os LED s Se este LED está apagado, use a tabela da esquerda para definir os LED s ) Digite [*]. O LED Instant permanecerá aceso. Aqui você poderá definir qual partição o usuário terá acesso e poderá armar ou desarmar. 4) LEDs 1-8 definem qual partição o usuário tem acesso. Pressione 1-8 para permitir ou negar acesso ao usuário. Exemplo: Se o LED #2 está acesso o usuário tem acesso a esta partição. Ao pressionar a tecla [2], o LED se apagará indicando que o usuário não terá acesso a esta partição.

11 5) Digite [*]. Isto faz com que você retorne para o passo 2. Aqui você poderá entrar com outro número de usuário para configurar as opções. Continue com este processo até que você tenha atribuído níveis de autoridade a todos os usuários. 6) Pressione [#] para sair deste modo de programação. NOTA: Qualquer usuário mestre pode adicionar ou alterar um código de usuário desde que tenha acesso as mesmas partições do usuário a ser adicionado/alterado. Por conseguinte, para programação dos códigos de usuário para um sistema particionado, deixe pelo menos um código (pode ser o código instalador, se habilitado no endereço 43) com acesso a todos as partições para que você não corra o risco de não ser capaz de adicionar novos usuários. Se você quiser que o usuário final possa adicionar novas senhas, deverá remover o direcionamento de partições de todos os usuários em branco. 5.3 SET STARTING ZONE (Refer to feature definitions) 1) Digite [*] -> [9] -> [2] [código instalador]. O LED Service permanecerá aceso. 2) Entre com a zona de início para este teclado (1-48) seguido de [*]. 5.4 DEFININDO AS OPÇÕES DE TECLADO 1) Digite [*] -> [9] -> [3] [código instalador]. O LED Service piscará. 2) LEDs 1-8 poderão agora ser habilitados ou desabilitados para ativar ou desativar as funções no quadro a seguir. 3) Após habilitar ou desabilitar as funções desejadas pressione [*] LED Função Habilitada do Teclado 1 Uso Futuro. Habilitar Silencioso do Teclado. Silencia apenas os tons de entrada/saída e 2 chime. Habilitar som Ding Dong de Chime Quando desabilitado, chime emitirá um 3 simples tom. Habilitar opção de silenciar o teclado através de uma tecla pressionada 4 Silencia o teclado durante 5 segundos quando se pressiona uma tecla. Não permitir que o teclado mostre falhas ou anulações de zonas quando o sistema 5 estiver armado. Habilitar Beep de Pânico, Fogo e Médico. 6 (Tocará um sinal sonoro curto para ) Suprimir LED Serviço Impedirá que a luz de serviço acenda por algum motivo. 7 Se existe algum problema com o sistema, ao pressionar [*] -> [2] continuará mostrando o menu de serviços. Habilitar a visualização de Múltiplas Partições - Permite visualizar qualquer 8 partição temporariamente pressionando [*] -> [1] -> [número da partição]) 5.5 PROGRAMAR NÚMERO DA PARTIÇÃO E TECLADO (Quando mais de um teclado é utilizado) 1) Digite [*] -> [9] -> [4] -> [código instalador]. O LED de Serviço e o LED Instant piscarão. 2) Entre com o número do teclado (1-X) (X é a quantidade de teclados). 3) Pressione [*]. O LED Instant permanecerá iluminado e o LED Service voltará a piscar.

12 4) Entre com o número da partição para o teclado. O teclado automaticamente sairá deste modo. 5.6 DEFINIR O INTERVALO DO TESTE PERIÓDICO 1) Digite [*] -> [9] -> [5] -> [Código Instalador]. Led de serviço pisca. 2) Entre com [centenas] [dezenas] [unidades] [#] 5.7 CONFIGURAR O DIA 1) Digite [*] -> [9] -> [6] -> [Código Mestre]. Led de serviço pisca. 2) Entre com o dia da semana 1=Domingo 2=Segunda 3=Terça 4=Quarta 5=Quinta 6=Sexta 7=Sábado 3) Entre com o mês com dois dígitos 01=Janeiro 02=Fevereiro 03=Março 04=Abril 05=Maio 06=Junho 07=Julho 08=Agosto 09=Setembro 10=Outubro 11=Novembro 12=Dezembro 4) Entre com o DIA. Com dois dígitos. 5) Entre com o ANO. Com dois dígitos. 5.8 CONFIGURAR A HORA 1) Digite [*] -> [9] -> [7] -> [código mestre]. O LED Serviço piscará. 2) Entre com a HORA. Com dois dígitos. 3) Entre com os MINUTOS. Com dois dígitos. 5.9 CALLBACK (Retorno de ligação) [*] -> [9] -> [8] Pressione [*] -> [9] -> [8] com o sistema desarmado. A central efetuará uma chamada ao PC onde está instalado o software de programação remota (download). NOTA: Um código de usuário válido pode ser exigido após o [*] -> [9] ->[8] caso habilitado no endereço DOWNLOAD [*] -> [9] -> [9] Pressione [*] -> [9] -> [9] com o sistema desarmado. Isto fará com a central atenda o software de download. NOTA: Um código de usuário válido pode ser exigido após o [*] -> [9] ->[8] caso habilitado no endereço PROGRAMANDO A CENTRAL PS-9192 ENTRANDO NO MODO DE PROGRAMAÇÃO: Para entrar no modo de programação, pressione [*] -> [8]. Neste momento os cinco leds (Stay, Chime, Exit, Bypass & Clear) piscarão. Em seguida digite o código instalador ([9713] de fábrica). Se o código estiver correto o LED Serviço piscará e os cinco LEDs permanecerão acesos. Agora você está no modo de programação e poderá selecionar o módulo a programar. SELECIONANDO O MÓDULO PARA PROGRAMAR: Como todos os módulos conectados à PS-9192 são programados pelo teclado você precisa definir primeiramente qual módulo será programado. Para programar a central PS-9192 digite [0] -> [#]. O [0] é o número do módulo correspondente e [#] é a tecla de entrada. Verifique os manuais dos respectivos módulos para encontrar os números correspondentes. PROGRAMAÇÃO DOS ENDEREÇOS: Depois de entrar com o número do módulo a ser programado, o LED Armed acenderá, indicando que a central esta aguardando

13 um endereço. Qualquer endereço pode ser acessado diretamente seguido da tecla [#]. Caso o endereço acessado seja válido, o LED Armed apaga, o LED Ready acenderá e os dados binários para o primeiro segmento desse endereço será mostrado pelos LEDs das zonas. Ao digitar os novos dados, o LED Ready começará a piscar para iniciar uma alteração nos dados programados. Este LED continuará piscando até que o dado seja salvo pressionando a tecla [*]. Em seguida o teclado passará ao próximo segmento mostrando seu dado. Este procedimento se repetirá até chegar ao último segmento. Caso a tecla [#] seja pressionada a central sairá deste endereço e o LED Armed acenderá novamente aguardando um novo endereço de programação. Caso o endereço designado seja o próximo, pressione a tecla [POLICE]. Caso o endereço que deseja seja o anterior, digite a tecla [FIRE]. Se você deseja o mesmo endereço digite a tecla [MEDIC]. Para rever os dados de um endereço, repita o procedimento acima pressionando a tecla [*] sem entrar com nenhum dado numérico. Cada vez que a tecla [*] é pressionada os dados do próximo segmento serão mostrados. SAINDO DE UM ENDEREÇO: Depois que o último segmento de um endereço é programado, pressione a tecla [*] para sair de um endereço, o LED Ready apagará e o LED Armed acenderá. Da mesma maneira que antes você poderá entrar agora em outro endereço. Se tentar entrar com um dado inválido em determinado segmento o teclado emitirá três sinais sonoros (beep, beep, beep), permanecendo neste segmento a espera de um dado válido. SANDO DO MODO DE PROGRAMAÇÃO: Depois de ter realizado toda a programação desejada você poderá sair do modo de programação pressionando a tecla [Exit]. A central retornará ao nível de Seleção do módulo a ser programado. Caso não queira programar outro módulo, pressione novamente a tecla [Exit] para sair definitivamente do modo de programação. Caso necessite programar outro módulo entre com seu número seguido da tecla [#] (Veja Selecionado o Módulo Para Programar ). O procedimento para programar estes módulos é o mesmo da central de alarmes com exceção dos endereços que correspondem ao do módulo selecionado. 7. PROGRAMANDO OS DADOS Os dados a serem programados sempre serão um dos dosi seguintes tipos. Um tipo de dado é numérico, podendo ser valores entre 0-15 ou dependendo do segmento. Outro tipo de dado é a seleção de característica. Neste tipo você habilita ou desabilita determinadas características. Utilize os seguintes procedimentos para trabalhar com estes tipos de dados: Dados numéricos na programação Os dados numéricos são programados ingressando um numero de 0 a 255 com as teclas numéricas do teclado do sistema. Para visualizar o dado em um endereço, utliza-se o sistema binário. Para isto, cada led das zonas de 1 a 8 tem uma equivalência numérica e se deve somar os números correspondentes aos leds acesos para obter um dado armazenado em um endereço de programação. As equivalências numéricas destes leds são as seguintes: Zona 1 LED = 1 Zona 2 LED = 4 Zona 3 LED = 16 Zona 4 LED = 64 Zona 5 LED = 16 Zona 6 LED = 32 Zona 7 LED = 64 Zona 8 LED = 128 Exemplo: Caso o dado numérico a ser programado no endereço seja 66, pressione [6] -> [6] no teclado. Os LED s das Zonas 2 e 7 acenderão indicando que o dado neste endereço é o 66 (2+64=66). Veja este exemplo na página.

14 Uma vez que o dado está programado, pressione [*] para salva-lo e passar ao próximo segmento deste endereço. Após o ultimo segmento do endereço ter sido programado pressione a tecla [*] para sair deste endereço. O LED Ready apagase e o LED Armed acende. Assim como antes, agora você está pronto para entrar em outro endereço da programação. Caso você tente inserir um numero muito grande em um determinado segmento, o teclado irá emitir um beep triplo indicando um erro e permanecerá nesse segmento aguardando uma entrada válida. No teclado LCD, o número do endereço será exibido. Caso se trate de um segmento com dados compreendidos entre 0 e 15, será indicado entre parênteses seu valor correspondente hexadecimal. Exemplo: 11 (B) ou 14 (E). Seleção de Características na Programação Para um determinado segmento de um endereço da programação com este tipo de dado, é possível visualizar as características habilitadas e desabilitadas por meio dos leds das zonas 1 a 8. Pressionando a tecla numérica (de 1 a 8) que corresponda ao número da característica do recurso em um segmento, você poderá habilitar ou desabilitar esta função. Pressionando uma vez a tecla numérica, o led de zona associado acenderá (habilitando esta característica). Pressionando novamente esta tecla, o led da zona apagará (desabilitando esta característica). Como você verá mais adiante, pode-se programar varias funções em um único segmento. Se, por exemplo, é necessário habilitar as 8 funções de um segmento, ao pressionar [1][2][3][4][5][6][7][8] os leds correspondentes acenderão nesta ordem indicando que estas funções estão habilitadas. Nota para os teclados LCD: São mostrados os números das características habilitadas. As funções desabilitadas são indicadas através de um hífen (-). Após selecionar as funções do segmento de um endereço, pressione [*]. Com isto você irá salvar os dados e automaticamente passará ao próximo segmento do endereço. Quando você está no último segmento do endereço pressione [*] para salvar os dados e sair deste endereço. Isto fará com que o LED Ready apague e o LED Armed acenda. Da mesma forma que antes você poderá entrar em outro endereço para programar. 7.1 Exemplos de Programação: Exemplo para programar partições Requerimentos: Usuário 02 (senha 2137) arma somente a partição 1, Usuário 03 (senha 3248) arma somente a partição 8, Zona 1 = partição 1, Zona 2 = partição 2, Zona 3 =partição 3, Zona 4 = partição 4, Zona 5 = partição 5, Zona 6 =partição 6, Zona 7 = partição 7, Zona 8 = partição 8. Adicionando usuário: [*5] -> [1234] -> [02] -> [2137] -> [03] -> [3248] Configurando opções de usuário: [*6] -> [1234] -> [02] -> [2](apenas 2 on) -> -> [*] -> [1] -> [*] -> [03] -> [2](apenas 2 on) -> [*] -> [8](apenas 8 on) ->[*] -> [#] Configurando as zonas: [*8] -> [9713] -> [0#] -> [26#] -> [1](somente 1 on) -> [*] -> [2](somente 2 on) -> [*] -> [3](somente 3 on) -> [*] -> -> [4](somente 4 on) -> [*] -> [5](somente 5 on) -> [*] -> -> [6](somente 6 on) -> [*] -> [7](somente 7 on) -> [*] -> -> [8](somente 8 on) -> [*#] Configurando o primeiro teclado: [*94] -> [9713] -> [1](somente 1 on) -> [*1] (este teclado pertence à partição 1)

15 Configurando o segundo teclado: [*94] -> [9713] -> [8](somente 8 on) -> [*8] (este teclado pertence à partição 8) 8. CARREGANDO A PROGRAMAÇÃO DE FÁBRICA (RESET) Para carregar a programação de fábrica, entre no modo de programação e em seguida digite [910] [#]. O teclado emitirá três beeps indicando que a carga está em andamento. A carga demora cerca de 6 segundos. 9. REGISTRANDO MÓDULOS E TECLADOS Para supervisão, a central PS-9192 busca e armazena em sua memória de forma automática os teclados, expansores de zona, receptores sem fio e qualquer outro módulos incorporado ao sistema. Com esta informação, PS-9192 pode supervisionar os módulos. Para registrar os módulos, entre na programação como indicado na seção 5, o teclado emitirá três beeps indicando que iniciou o processo de registro dos módulos. Ao sair do modo de programação o painel adicionará os módulos existentes. O processo de registro demora cerca de 13 segundos, tempo em que o LED Serviço permanecerá aceso. Durante este processo não se aceitam códigos de usuário. Caso um auto-falante tenha sido conectado à PS-9192, o mesmo emitirá um toque breve neste momento. Caso uma sirena esteja conectada à PS-9192, a mesma irá tocar por 1 segundo. Caso o módulo esteja registrado e não seja encontrado pela central o LED Serviço acenderá. 10. PROGRAMANDO ENDEREÇOS DA CENTRAL ENDEREÇO 0 NÚMERO TELEFÔNICO 1 (20 segmentos, dados numéricos) O primeiro número de telefone é programado no endereço 0. O 14 indica o final do número telefônico. Para adicionar pausas de 4 segundos, se deve entrar com 13 nos segmentos apropriados. Caso necessite da discagem por tom, programe 15 no primeiro segmento. Programe 11 para *, e 12 para #. ENDEREÇO 1 CONTA PARA O TELEFONE #1 (6 segmentos, dados numéricos) No endereço 1 é programada a conta que será enviada com o telefone 1. No último digito do segmento digite 10. Este último digito não é necessário se a conta é de 6 dígitos. Por exemplo, se o número da conta é 8899, programe: 1#8*8*9*9*10*#. Para colocar letras: A é o número 10, B é o 11, etc. ENDEREÇO 2 FORMATO DE COMUNICAÇÃO TELEFONE #1 (1 segmento, dados numéricos) O endereço 2 define o formato de comunicação que será utilizado para a transmissão dos eventos do telefone 1. Verifique quais formatos a central receptora aceita. Selecione um formato na lista. Programando 0 neste endereço, você desabilita o comunicador. Caso necessite de um formato diferente dos listados, veja as opções adicionais descritas no endereço 18 para definir o formato apropriado. Para isto deve-se programar 15 no endereço 2 e o dado necessário no endereço 18. Se o formato é o Contact ID, programe: [2] [#] [1] [3] [*] [#] ENDEREÇO 3 TENTATIVAS DE DISCAGEM / CONTROLE DE BACKUP PARA O TELEFONE #1 (2 segmentos, dados numéricos) Segmento 1 Tentativas de discagem: Endereço 3, Segmento 1 é utilizado para introduzir o número de tentativas de discagem (1 a 15) que a central fará para o telefone #1 antes de terminar o processo. O padrão de fábrica são 8 tentativas.

16 Segmento 2 Controle de Backup para o Telefone #1: Programando 0 neste segmento, a central realizará a quantidade programada de tentativas de discagem para os telefones 1 e 2 antes de cancelar a transmissão e gerar uma falha de comunicação. Caso você programe 1 neste segmento, a central PS-9192 realizará tentativas APENAS no telefone 1. Se programar 2, a central intercalará duas tentativas em cada telefone. As primeiras tentativas serão realizadas para o telefone 1, as próximas duas para o telefone 2, repetindo esta seqüência até completar a quantidade de tentativas programadas no segmento FORMATOS DE COMUNICAÇÃO DATA FORMATO DESCRIÇÃO 0 Local Comunicador desabilitado 1 Universal 4+2 Código evento com 2 dígitos, TX 1800Hz, handshake 2300Hz, paridade dupla rodada, 40pps rápido (ou 4+1) Código evento 1 dígito, TX 1900Hz, handshake 1400Hz, paridade dupla, 20pps 3 Uso futuro Uso futuro 4 Pager Transmissão DTMF 5 3/1 ou 4/1 lento TX 1800Hz, handshake 2300Hz, paridade dupla, 20pps, capacidade hexadecimal 6 3/1 ou 4/1 lento TX 1800Hz, handshake 1400Hz, paridade dupla, 20pps, capacidade hexadecimal 7 3/1 ou 4/1 rápido TX 1800Hz, handshake 2300Hz, paridade dupla, 40pps, capacidade hexadecimal 8 3/1 ou 4/1 rápido TX 1800Hz, handshake 1400Hz, paridade dupla, 40pps, capacidade hexadecimal 9 3/1 ou 4/1 rápido com TX 1800Hz, handshake 2300Hz, paridade simples, 40pps, capacidade hexadecimal paridade 10 3/1 ou 4/1 rápido com TX 1800Hz, handshake 1400Hz, paridade simples, 40pps, capacidade hexadecimal paridade express Código evento 2 dígitos, transmissão DTMF rápido Código evento 2 dígitos, TX 1900Hz, handshake 1400Hz, paridade dupla rodada, 20pps 13 Ademco Contact ID DTMF (Veja apêndice 1 e 2) 14 SIA FSK (Veja apêndice 1 e 2) 15 Formato definido (Veja endereço 18) 12. REPORTANDO EVENTOS PARA 3 NÚMEROS TELEFONICOS 12.1 REPORTANDO EVENTO PARA O TELEFONE 1 Telefone #1 tem dois endereços de programação que são usados para selecionar os eventos que serão reportados para este número de telefone. O Endereço 4 é usado para selecionar quais eventos serão reportados para o Telefone #1. O Endereço 5 é usado para definir quais partições serão reportadas para o Telefone #1. Se não é necessária transmissão múltipla ou dividida, o Endereço 4 deve ser usado para selecionar todos os eventos para o telefone #1 e no Endereço 5 deve ser programado 0 (de fábrica). Caso o reporte múltiplo ou dividido seja desejado, e a divisão é baseada no tipo de evento (alarme, arme / desarme), o Endereço 4 deve ser usado para selecionar apenas os eventos que devem ser relatados para o Telefone #1 e no Endereço 5 deve ser programado 0 (de fábrica). Caso queira programar o reporte múltiplo ou divido e a divisão é baseada na partição, no Endereço 4 deve ser programado 0 e no Endereço 5 deve-se selecionar as partições que devem ser reportadas para o Telefone #1. Caso não existam eventos a serem reportados ao Telefone #1, em ambos os endereços deve ser programado 0. (desabilitar todas as opções).

17 ENDEREÇO 4 EVENTOS REPORTADOS AO TELEFONE #1 (2 segmentos, dados de seleção de funções) Segmento 1: 1 = Alarmes e Restaurações de Alarmes 2 = Armados e Desarmados 3 = Anulações de Zonas e Restaurações 4 = Problemas de Zonas e Restaurações 5 = Falha de Energia, Bateria Baixa, Restauração de Energia e Restauração de Bateria 6 = Corte de Sirene, Corte de Linha Telefônica, Restauração de Sirene e Restauração de Linha Telefônica 7 = Testes de Reporte 8 = Entrada e Saída da Programação, Fim do Download Segmento 2: 1 = Tamper e Restauração de Tamper 2 = Sobrecarga na Saída Auxiliar, Falha de Aterramento e Restauração de ambos 3 = Perda de Sensor Sem Fio e Restauração 4 = Bateria baixa Sensor Sem Fio e Restauração 5 = Problema no Módulo Expansor e Restauração 6 = Falha de Comunicação 7 = Uso Futuro 8 = Uso Futuro ENDEREÇO 5 PARTIÇÕES REPORTADAS PARA O TELEFONE #1 (1 segmento, dados de seleção de funções) O Endereço 5 é utilizado quando os eventos a serem reportados para o Telefone #1 são baseados na partição, independentemente do evento. Se este endereço é usado, no Endereço 4 deve ser programado 0. Segmento 1: 1 = Partição #1 2 = Partição #2 3 = Partição #3 4 = Partição #4 5 = Partição #5 6 = Partição #6 7 = Partição #7 8 = Partição #8 ENDEREÇO 6 - NÚMERO TELEFÔNICO #2 (20 segmentos, dados numéricos) O Telefone #2 é programado no endereço 6. O 14 indica o final do número telefônico. Para adicionar pausas de 4 segundos, se deve entrar com 13 nos segmentos apropriados. Caso necessite da discagem por tom, programe 15 no primeiro segmento. Programe 11 para *, e 12 para #. ENDEREÇO 7 CONTA PARA O TELEFONE #2 (6 segmentos,dados numéricos) No endereço 7 é programada a conta que será enviada quando o Telefone #2 é habilitado. Após o último dígito da conta segmento digite 10. Se a conta possui 6 dígitos programe os seis segmentos. Caso este endereço não for programado a conta 1 será utilizada quando o telefone #2 transmitir. ENDEREÇO 8 - FORMATO DE COMUNICAÇÃO TELEFONE #2 (1 segmento, dados numéricos) O endereço 8 define o formato de comunicação que será utilizado para a transmissão dos eventos do telefone #2. Verifique quais formatos a central receptora aceita. Selecione um dos 15 formatos na lista. Caso necessite de um

18 formato diferente dos listados, veja as opções adicionais descritas no endereço 18 para definir o formato apropriado. Para isto deve-se programar 15 no endereço 8 e o dado necessário no endereço 18. ENDEREÇO 9 TENTATIVAS DE DISCAGEM / CONTROLE DE BACKUP PARA O TELEFONE #2 (2 segmentos, dados numéricos) Segmento 1 Tentativas de discagem: O Segmento 1 do Endereço 9 é utilizado para introduzir o número de tentativas de discagem (1 a 15) que a central fará para o telefone #2 antes de terminar o processo. O padrão de fábrica são 8 tentativas e o comunicador fará o mesmo numero de tentativas conforme programado no endereço 3. Segmento 2 Controle de Backup para o Telefone #2: Programando 0 neste segmento, a central realizará a quantidade programada de tentativas de discagem para o telefone 1 antes de cancelar a transmissão e gerar uma falha de comunicação. Caso você programe 1 neste segmento, a central PS-9192 irá parar de tentar reportar após o número determinado de tentativas terem sido feitas para o telefone #2. Se programar 2, a central intercalará duas tentativas em cada telefone. As primeiras duas tentativas serão realizadas para o telefone 2, as próximas duas para o telefone 1, repetindo esta seqüência até completar a quantidade de tentativas programadas no segmento REPORTANDO EVENTOS PARA O TELEFONE 2 O Telefone #2 pode ser usado como backup do Telefone #1 ou como um segundo número direcionando eventos para outra central de monitoramento, por exemplo. O Telefone #2 possui dois endereços de programação que serão usados para selecionar os eventos que serão reportados para este número. O Endereço 10 é usado para selecionar eventos que serão reportados ao Telefone #2 e o Endereço 11 é usado para selecionar quais partições serão reportadas ao Telefone #2. Caso não necessite de reporte múltiplo ou dividido, nos endereços 10 e 11 deve ser programado 0. Caso o reporte múltiplo ou dividido seja desejado, e a divisão é baseada no tipo de evento (alarme, arme / desarme), o Endereço 10 deve ser usado para selecionar apenas os eventos que devem ser relatados para o Telefone #2 e no Endereço 11 deve ser programado 0 (de fábrica). Caso queira programar o reporte múltiplo ou divido e a divisão é baseada na partição, no Endereço 10 deve ser programado 0 e no Endereço 11 deve-se selecionar as partições que devem ser reportadas para o Telefone #2. Caso não existam eventos a serem reportados ao Telefone #2, em ambos os endereços deve ser programado 0. (desabilitar todas as opções). ENDEREÇO 10 EVENTOS REPORTADOS AO TELEFONE #2 (2 segmentos, dados de seleção de funções) Segmento 1: 1 = Alarmes e Restaurações de Alarmes 2 = Armados e Desarmados 3 = Anulações de Zonas e Restaurações 4 = Problemas de Zonas e Restaurações 5 = Falha de Energia, Bateria Baixa, Restauração de Energia e Restauração de Bateria 6 = Corte de Sirene, Corte de Linha Telefônica, Restauração de Sirene e Restauração de Linha Telefônica 7 = Testes de Reporte 8 = Entrada e Saída da Programação, Fim do Download

19 Segmento 2: 1 = Tamper e Restauração de Tamper 2 = Sobrecarga na Saída Auxiliar, Falha de Aterramento e Restauração de ambos 3 = Perda de Sensor Sem Fio e Restauração 4 = Bateria baixa Sensor Sem Fio e Restauração 5 = Problema no Módulo Expansor e Restauração 6 = Falha de Comunicação 7 = Uso Futuro 8 = Uso Futuro ENDEREÇO 11 PARTIÇÕES REPORTADAS PARA O TELEFONE #1 (1 segmento, dados de seleção de funções) O Endereço 11 é utilizado quando os eventos a serem reportados para o Telefone #2 são baseados na partição, independentemente do evento. Se este endereço é usado, no Endereço 10 deve ser programado 0. Segmento 1: 1 = Partição #1 2 = Partição #2 3 = Partição #3 4 = Partição #4 5 = Partição #5 6 = Partição #6 7 = Partição #7 8 = Partição #8 ENDEREÇO 12 NÚMERO TELEFÔNICO 3 (20 segmentos, dados numéricos) O telefone #3 é programado no endereço 12. O 14 indica o final do número telefônico. Para adicionar pausas de 4 segundos, se deve entrar com 13 nos segmentos apropriados. Caso necessite da discagem por tom, programe 15 no primeiro segmento. Programe 11 para *, e 12 para #. ENDEREÇO 13 CONTA PARA O TELEFONE #3 (6 segmentos,dados numéricos) No endereço 13 é programada a conta que será enviada quando o Telefone #3 é habilitado. Após o último dígito da conta digite 10. Se a conta possui 6 dígitos programe os seis segmentos. Caso este endereço não for programado a conta 1 será utilizada quando o telefone #3 transmitir. ENDEREÇO 14 - FORMATO DE COMUNICAÇÃO TELEFONE #3 (1 segmento, dados numéricos) O endereço 14 define o formato de comunicação que será utilizado para a transmissão dos eventos do telefone #3. Verifique quais formatos a central receptora aceita. Selecione um dos 15 formatos na lista. Caso necessite de um formato diferente dos listados, veja as opções adicionais descritas no endereço 18 para definir o formato apropriado. Para isto deve-se programar 15 no endereço 14 e o dado necessário no endereço 18. ENDEREÇO 15 TENTATIVAS DE DISCAGEM / CONTROLE DE BACKUP PARA O TELEFONE #3 (2 segmentos, dados numéricos) Segmento 1 Tentativas de discagem: Endereço 15, Segmento 1 é utilizado para introduzir o número de tentativas de discagem (1 a 15) que a central fará para o telefone #3 antes de terminar o processo. O padrão de fábrica são 8 tentativas. Segmento 2 Controle de Backup para o Telefone #3: Programando 0 neste segmento, a central realizará a quantidade programada de tentativas de discagem

20 para o telefone 3 antes de cancelar a transmissão e gerar uma falha de comunicação. Caso você programe 1 neste segmento, a central PS-9192 realizará tentativas APENAS no telefone 1. Se programar 2, a central intercalará duas tentativas em cada telefone. As primeiras duas tentativas serão realizadas para o telefone 3, as próximas duas para o telefone 2, repetindo esta seqüência até completar a quantidade de tentativas programadas no segmento REPORTANDO EVENTOS PARA O TELEFONE 3 O Telefone #3 pode ser usado para direcionar eventos a uma terceira central de monitoramento. O Telefone #3 possui dois endereços de programação que serão usados para selecionar os eventos que serão reportados para este número. O Endereço 16 é usado para selecionar eventos que serão reportados ao Telefone #3 e o Endereço 17 é usado para selecionar quais partições serão reportadas ao Telefone #3. Caso não necessite de reporte múltiplo ou dividido, nos endereços 16 e 17 deve ser programado 0. Caso o reporte múltiplo ou dividido seja desejado, e a divisão é baseada no tipo de evento (alarme, arme / desarme), o Endereço 16 deve ser usado para selecionar apenas os eventos que devem ser relatados para o Telefone #3 e no Endereço 17 deve ser programado 0 (de fábrica). Caso queira programar o reporte múltiplo ou divido e a divisão é baseada na partição, no Endereço 16 deve ser programado 0 e no Endereço 17 deve-se selecionar as partições que devem ser reportadas para o Telefone #3. Caso não existam eventos a serem reportados ao Telefone #3, em ambos os endereços deve ser programado 0. (desabilitar todas as opções). ENDEREÇO 16 EVENTOS REPORTADOS AO TELEFONE #3 (2 segmentos, dados de seleção de funções) Segmento 1: 1 = Alarmes e Restaurações de Alarmes 2 = Armados e Desarmados 3 = Anulações de Zonas e Restaurações 4 = Problemas de Zonas e Restaurações 5 = Falha de Energia, Bateria Baixa, Restauração de Energia e Restauração de Bateria 6 = Corte de Sirene, Corte de Linha Telefônica, Restauração de Sirene e Restauração de Linha Telefônica 7 = Testes de Reporte 8 = Entrada e Saída da Programação, Fim do Download Segmento 2: 1 = Tamper e Restauração de Tamper 2 = Sobrecarga na Saída Auxiliar, Falha de Aterramento e Restauração de ambos 3 = Perda de Sensor Sem Fio e Restauração 4 = Bateria baixa Sensor Sem Fio e Restauração 5 = Problema no Módulo Expansor e Restauração 6 = Falha de Comunicação 7 = Uso Futuro 8 = Uso Futuro

Apostila de Programação POSONIC

Apostila de Programação POSONIC Apostila de Programação POSONIC Programação de Usuário Senha Usuário Mestre: 474747 Cadastro de usuário [ENTER] + cod.mestre + Nº de alocação [01] + senha nova + [ENTER] Alteração de senha de usuário [ENTER]

Leia mais

GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10

GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10 GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10 RESET DA CENTRAL O Código do instalador deve estar destrancado (endereço 058: qualquer valor diferente de 147) Para Resetar Remova a bateria e desligue

Leia mais

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728 MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728 MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728 MANUAL DE Nossos produtos possuem o certificado norte americano FCC, e são projetados de modo a não emitir ondas que possam prejudicar a sua saúde se instalados e operados conforme estas instruções. Graças

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Ver 1.5

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Ver 1.5 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Ver 1.5 CENTRAL DE ALARME MONITORADA EX-10 Índice Características... 4 Instalação... 5 Rede AC... 5 Bateria... 5 Terminais Auxiliares... 6 Linha telefônica... 6 Sirene...

Leia mais

INFORMATIVO MONITUS REV. 1 20/01/03. 8 Setores Programáveis. Os setores podem ser: Entrada para receptores de RF ou chave com mola:

INFORMATIVO MONITUS REV. 1 20/01/03. 8 Setores Programáveis. Os setores podem ser: Entrada para receptores de RF ou chave com mola: INTRODUÇÃO A MONITUS 8 A Monitus 8 é um painel de alarme monitorado projetado para atender às necessidades de residências, comercio, indústria, etc. Pode ser programado localmente através de teclados,

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. STK 728U, STK 738U e STK 748. Apostila elaborada pelo. Eng. Sergio Americano Mendes CREA-MG 29.539/D

MANUAL DO USUÁRIO. STK 728U, STK 738U e STK 748. Apostila elaborada pelo. Eng. Sergio Americano Mendes CREA-MG 29.539/D MANUAL DO USUÁRIO STK 728U, STK 738U e STK 748 Apostila elaborada pelo Eng. Sergio Americano Mendes CREA-MG 29.539/D Proibida a reprodução não autorizada 2014 1 OPERANDO O SISTEMA COMO USUÁRIO Teclado

Leia mais

www.mundialsecurity.com.br - Rua André de almeida, 1961 São Mateus - São Paulo SP - CEP. 03950-000 + 55 11 5641-1618

www.mundialsecurity.com.br - Rua André de almeida, 1961 São Mateus - São Paulo SP - CEP. 03950-000 + 55 11 5641-1618 Manual de Instalação ÍNDICE...... 3 GLOSSÁRIO DE TERMOS...... 4 Entendendo as luzes... 5 Luz Armado...... 5 BYPASS LUZ...... 5 CANCELAR LUZ...... 5 SINAL DE LUZ...... 5 De saída da luz...... 5 LUZ DE INCÊNDIO......

Leia mais

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT Sua central de alarme SL AX4 - MT, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), com opções monitoráveis

Leia mais

Teclados 624 e 640 Manual do Usuário

Teclados 624 e 640 Manual do Usuário Teclados 624 e 640 624 640 Manual do Usuário Sumário 1. Operação Básica... 2 2. Códigos de Acesso... 4 3. Armando e Desarmando...5 4. Zonas de Pânico... 10 5. Programação com Tecla de Acesso...11 6. Características

Leia mais

PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO

PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO Active 20 GPRS Rev00 23/04/2009 1- CARACTERÍSTICAS GERAIS 8 Zonas duplas programáveis, mais 1 zona por teclado; 4 Teclados endereçáveis com programações independentes;

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CÓDIGOS CONTACT ID

PROGRAMAÇÃO CÓDIGOS CONTACT ID POSONIC 710U ÍNDICE CARACTERÍSTICAS 2 Numero de Zonas 2 Numero de usuários 2 CÓDIGOS DE OPERAÇÃO 2 Código Máster 2 Código do Instalador 2 OPERANDO O SISTEMA 2 Armando 2 Armando Stay 2 Armar Rápido Total

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF

GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF DESCRIÇÃO E APLICAÇÕES Parabéns, você acaba de adquirir um produto concebido com a tecnologia e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 1004

Leia mais

Intruções de instalação e programação: Antes de instalar e programar esta unidade por favor leia atentamente este manual e retenha-o para futura

Intruções de instalação e programação: Antes de instalar e programar esta unidade por favor leia atentamente este manual e retenha-o para futura MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Painel de alarme 10 zonas 2 PARTIÇÕES E10 Intruções de instalação e programação: Antes de instalar e programar esta unidade por favor leia atentamente este manual e retenha-o

Leia mais

DIGIPLEX-NE MANUAL EXPLICATIVO CARACTERÍTICAS E FUNÇÕES

DIGIPLEX-NE MANUAL EXPLICATIVO CARACTERÍTICAS E FUNÇÕES DIGIPLEX-NE MANUAL EXPLICATIVO CARACTERÍTICAS E FUNÇÕES INTRODUÇÃO A integridade de um sistema de segurança não esta somente na central, teclados, detectores e outros acessórios, mas na habilidade de comunicar

Leia mais

Central Monitorada CAM 816

Central Monitorada CAM 816 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Central Monitorada CAM 816 www.compatec.com.br Índice 1.Apresentação... 2.Características Gerais....Características Técnicas... 4 4.Status de Bips... 4 5.Status de Bips

Leia mais

Carta de Programação Logix LOG-10 V 3.53

Carta de Programação Logix LOG-10 V 3.53 Carta de Programação Logix LOG-10 V 3.53 rev 3.00 22/04/10 ALARM A EQUIPAM ENTOS DE SEGURANÇA Site: w w w.a la rm a.c om.br E-mail: te c nic a @a la rm a.c om.br CARTA DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL LOGIX LOG

Leia mais

Global Security Network GSN Brasil. 1

Global Security Network GSN Brasil. 1 Global Security Network GSN Brasil. 1 Operação Básica O teclado Spectra 1689 e o Teclado 1641 (cristal liquido) funcionam da mesma maneira, Mas não oferecem a mesma visualização. Nesta seção veremos suas

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO. Central de Alarme Intelbras AMT 1010 / AMT 1018

GUIA DO USUÁRIO. Central de Alarme Intelbras AMT 1010 / AMT 1018 AMT 1010 AMT 1018 GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1010 / AMT 1018 DESCRIÇÃO E APLICAÇÕES Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvimento com a tecnologia e segurança Intelbras.

Leia mais

Compacta e de fácil programação possuindo:

Compacta e de fácil programação possuindo: '(6&5,d (6*(5$,66/$; Sua central de alarme 6/ ± $;, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), controle remoto e discador telefônico,

Leia mais

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL XP-400

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL XP-400 MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL XP-400 Como gravar senhas de usuários 1) 8 + (1234). 2) Digitar nº do usuário (1,2,3,4,5 ou 6). 3) Digitar a nova senha de 4 dígitos. 4) Para finalizar #.

Leia mais

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 3010

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 3010 MANUAL DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 3010 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 3010 é compacta e de fácil programação,

Leia mais

Sumário. www.compatec.com.br

Sumário. www.compatec.com.br Sumário Apresentação... 4 Características... 4 Características Técnicas... 5 Status de Bips... 5 Status de Bips programação... 5 Status de Bips Acesso Remoto... 5 Conhecendo o Teclado... 6 Leds Teclado...

Leia mais

PAINEL DE ALARME VERSÃO 01

PAINEL DE ALARME VERSÃO 01 PAINEL DE ALARME VERSÃO 01 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS 8 Zonas duplas programáveis, mais 1 zona por teclado; 4 Teclados endereçáveis com programações independentes; 95 usuários, 3 usuários temporários, além

Leia mais

SEÇÃO 06 TESTES E SUPERVISÃO...29 [ 013 ] - Modo de Teste...29 [ 028 ] - Primeiro Teste do Dia...29 [ 029 ] - Intervalo de Teste...

SEÇÃO 06 TESTES E SUPERVISÃO...29 [ 013 ] - Modo de Teste...29 [ 028 ] - Primeiro Teste do Dia...29 [ 029 ] - Intervalo de Teste... V3.5 R3.4 2 Índice INDICAÇÕES DO TECLADO...5 Escolha do local para fixação...6 Alimentação...6 Saídas programáveis (pgm e pgm2)...7 Teclado...8 Instalação das zonas...9 Linha telefônica... Modo de Programação...3

Leia mais

PAINEL DE ALARME ACTIVE 10 E 10 LITE

PAINEL DE ALARME ACTIVE 10 E 10 LITE PAINEL DE ALARME ACTIVE 0 E 0 LITE - FUNÇÕES BÁSICAS. VISUALIZAÇÃO DOS PROBLEMAS NO SISTEMA Para visualizar os problemas, pressione a tecla P por segundos. O led SISTEMA começa a piscar, continue pressionando

Leia mais

www.ppa.com.br Página 01 Form. 150 - Rev. 04 P26042

www.ppa.com.br Página 01 Form. 150 - Rev. 04 P26042 www.ppa.com.br PPA - Portas e Portões Automáticos Ltda. Av. Labieno da Costa Machado n-7 3526 - Distrito Industrial CEP: 17.400-000 - Tel: (0**) 14 3407-1000 Garça/SP - Brasil Página 01 Form. 150 - Rev.

Leia mais

PAINEL DE ALARME MONITORÁVEL ACTIVE 9 ULTRA

PAINEL DE ALARME MONITORÁVEL ACTIVE 9 ULTRA PAINEL DE ALARME MONITORÁVEL ACTIVE 9 ULTRA FUNÇÕES BÁSICAS. MODO DE PROGRAMAÇÃO Com o alarme desarmado pressione ESC por segundos (led PROBLEMA pisca e a tecla ESC acende) mais a senha do instalador para

Leia mais

Índice. 1. Características técnicas

Índice. 1. Características técnicas Termo de garantia A ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., localizada na rua Carlos Ferrari nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

Esprit 728 Ultra - 2 - Guia de Programação

Esprit 728 Ultra - 2 - Guia de Programação Fone: (51) 3232-2020 suporte@securitech.com.br Suporte: (51) 3028-2020 GUIA DE PROGRAMAÇÃO DO SISTEMA (728ULT) Software Versão 4.0 CÓD. INSTALADOR (Padrão: 282828) Acesso completo a programação, exceto

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PARADOX 728EX

MANUAL DO USUÁRIO PARADOX 728EX MANUAL DO USUÁRIO PARADOX 728EX 1 Principais Características: Visual 2 partições. Na prática, duas centrais em uma; Memória dos 120 últimos eventos, com data e hora; Relógio Real Time com auto arma; 48

Leia mais

000000 para modificar o código instalador, consulte a seção [1000]. 1234 ou 123456 CÓDIGO INSTALADOR DE FÁBRICA CÓDIGO MESTRE DO SISTEMA

000000 para modificar o código instalador, consulte a seção [1000]. 1234 ou 123456 CÓDIGO INSTALADOR DE FÁBRICA CÓDIGO MESTRE DO SISTEMA EVO96 Guia de programação 1 CÓDIGO INSTALADOR DE FÁBRICA 000000 para modificar o código instalador, consulte a seção [1000]. CÓDIGO MESTRE DO SISTEMA 1234 ou 123456 COMO ENTRO EM PROGRAMAÇÃO? PASSO 1:

Leia mais

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA 3. CARACTERÍSTICAS 3.1 Central de alarme microprocessada com 4 setores expansível para 8 ou 12 setores; 3.2 Acompanha dois transmissores (mod. TSN); 3.3 Acionamento

Leia mais

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme ANM 2004/2008 MF é compacta e de fácil programação, possui

Leia mais

ALARME DE 6 ZONAS & 2 PARTIÇÕES RONDA E CONTROLE DE ACESSO

ALARME DE 6 ZONAS & 2 PARTIÇÕES RONDA E CONTROLE DE ACESSO ALARME DE 6 ZONAS & 2 PARTIÇÕES RONDA E CONTROLE DE ACESSO VERSÃO 1.8 1 2 Manual de Instalação e Programação APRESENTAÇÃO Pág. 4 INSTALAÇÃO Pág. 7 Montando o Painel Pág. 7 Montando o Teclado Pág. 7 Conexões

Leia mais

MANUAL DO INSTALADOR. CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8

MANUAL DO INSTALADOR. CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8 1 2 MANUAL DO INSTALADOR CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8 Parabéns, você adquiriu um sistema de alarme da CS Eletrônica. Os nossos equipamentos foram projetados para lhe oferecer anos

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO CENTRAL MC 4D

MANUAL DO USUÁRIO CENTRAL MC 4D 12 Manual do Usuário Intrusos podem entrar em zonas sem proteção, ou ter sofisticação para isolar um sensor ou desconectar dispositivos de aviso de alarme; Central, detectores, sensores só funcionam quando

Leia mais

MÓDULO MD-50 DESCRIÇÃO DO PRODUTO CARACTERÍSTICAS GERAIS CONECTOR DE ENTRADA SENHA DO USUÁRIO

MÓDULO MD-50 DESCRIÇÃO DO PRODUTO CARACTERÍSTICAS GERAIS CONECTOR DE ENTRADA SENHA DO USUÁRIO MÓDULO MD-50 DESCRIÇÃO DO PRODUTO Com esse equipamento você pode monitorar qualquer central de alarme convencional ou eletrificador. Ele possui 5 entradas e uma saída PGM que pode ser acionada por telefone

Leia mais

Teclado VIAWEB LCD 128s. TECLADO VW 128s LCD. Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.06 - FEV 2014. Teclado 128s - 1

Teclado VIAWEB LCD 128s. TECLADO VW 128s LCD. Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.06 - FEV 2014. Teclado 128s - 1 Teclado VIAWEB LCD 128s TECLADO VW 128s LCD Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.06 - FEV 2014 Teclado 128s - 1 2 - Manual de Programação Teclado VIAWEB 128s LCD Índice Teclado VIAWEB LCD 128s

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA-4

CENTRAL DE ALARME BRISA-4 CENTRAL DE ALARME BRISA-4 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS -4 zonas mistas programáveis -disca para até 4 telefones -pânico pelo controle remoto -dupla tecnologia hopping code e rolling code em 4,9mhz -indica

Leia mais

Características do painel de alarme Monitus 18

Características do painel de alarme Monitus 18 P26982 - Rev. 8 Índice Características do painel de alarme Monitus 18...3 Instalação do painel de alarme Monitus 18...10 Ajuste da bateria...18 Reset...19 Acessórios Monitus 18...20 Módulo PGM (Pulso de

Leia mais

Locação 348 Área A Tempo de saída...16 Locação 349 Área B Tempo de saída...16 Locações 350 351 Área A & B Tempo de entrada...16 Locações 352 353 Área

Locação 348 Área A Tempo de saída...16 Locação 349 Área B Tempo de saída...16 Locações 350 351 Área A & B Tempo de entrada...16 Locações 352 353 Área Z6020C and Z8020C Z6020C and Z8020C... 1 Z6020 and Z8020... 4 Características do Produto... 4 Teclado... 4 Comando do teclado & funções... 5 Armar rápido. 1 #... 5 Reiniciar o detetor de fumaça. 7 #...

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 8 Zonas programáveis sendo 4 mistas, ou seja, com fio e sem fio e 4 com fio; 1 senha mestre; 1 senha de usuário; Entrada para teclado

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL INTELBRÁS

GUIA RÁPIDO DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL INTELBRÁS Especificações técnicas GUIA RÁPIDO DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL INTELBRÁS Características Alimentação AC 90 a 265 V Suporte a 2 chips (cartões SIM) de celular (somente AMT 2018 EG). Alimentação DC Bateria de

Leia mais

Tipos de Blocos de Programação

Tipos de Blocos de Programação Tecla 'Gravar' [#] Pressionar essa tecla antes de digitar o N do Bloco de Programação MANUAL DE PROGRAMAÇÃO DA CENTRAL P-800 Tecla 'Avançar' Nota Essas Instruções de Programação estão previstas para uso

Leia mais

Ação do DLC (094)...26 Exclusão (071-080)... 27 Chime (031-040)... 27 Zona arrombada...28 Tempo de auto-ativa por inércia (092)... 28 PARTIÇÕES...

Ação do DLC (094)...26 Exclusão (071-080)... 27 Chime (031-040)... 27 Zona arrombada...28 Tempo de auto-ativa por inércia (092)... 28 PARTIÇÕES... Revisão.0 SI - Sistemas Inteligentes Eletrônicos Ltda. 2/05/2004 2 Índice MANUAL DE INSTALAÇÃO...5 Localização e montagem... 5 Terra...5 Alimentação...5 Rede elétrica... 5 Bateria... 5 Saida de alimentação

Leia mais

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4 P18640 - Rev. 0 Índice Características... 3 Identificando a placa... 3 Esquema de ligação... 3 Parâmetros programados no painel de alarme... 4 Instalação do software programador... 4 Instalação do cabo

Leia mais

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme ANM 2004/2008 MF é compacta e de fácil programação, possui

Leia mais

MG5000 V2.4 MG5050 V2.4 SP5500 V2.4 SP6000 V2.4 SP7000 V2.4. Guia de Programação. Sempre Armado, Nunca Desarmado

MG5000 V2.4 MG5050 V2.4 SP5500 V2.4 SP6000 V2.4 SP7000 V2.4. Guia de Programação. Sempre Armado, Nunca Desarmado , MG5000 V2.4 MG5050 V2.4 SP5500 V2.4 SP6000 V2.4 SP7000 V2.4 Sempre Armado, Nunca Desarmado Guia de Programação Tabela de Conteúdos Entrando no Modo de Programação... 2 Códigos e Reset do Painel... 2

Leia mais

Alard Max 16 EX GUIA DE INSTALAÇÃO C209936 - REV 1

Alard Max 16 EX GUIA DE INSTALAÇÃO C209936 - REV 1 Alard Max 16 EX GUIA DE INSTALAÇÃO C20996 - REV 1 IMPORTANTE: É necessário energizar a central de alarme através dos bornes AC para a central retirar energia da bateria. Se ligar primeiramente a bateria

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO PAINEL DE ALARME MONITORÁVEL GARANTIA

GUIA DE INSTALAÇÃO PAINEL DE ALARME MONITORÁVEL GARANTIA GARANTIA A JFL Equipamentos Eletrônicos Indústria e Comércio Ltda garante este aparelho por um período de 12 meses a partir da data de aquisição, contra defeitos de fabricação que impeçam o funcionamento

Leia mais

Vigilance V8. Manual do Instalador 1/48

Vigilance V8. Manual do Instalador 1/48 Vigilance V8 Manual do Instalador 1/48 ÍNDICE 1 Introdução... 3 2 Características técnicas... 3 3 Instalação esquema de ligação... 4 3.1 Alimentação... 5 3.2 Instalação do teclado... 5 3.3 Instalação dos

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804 CENTRAL DE ALARME - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela rede AC. Led BATERIA: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela bateria. Led ARMADO: Aceso indica que

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo Brisa 4 Plus produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D

A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D COMPATEC A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D ÍNDICE Apresentação...3 Conheçendo a central...3 Características Gerais...4

Leia mais

MODEM MONITORAMENTO. Manual de Instalação e Operação

MODEM MONITORAMENTO. Manual de Instalação e Operação COMPATEC PRODUTOS PARA SUA SEGURANÇA MODEM MONITORAMENTO Manual de Instalação e Operação ÍNDICE Características técnicas do modem...3 Características gerais do modem...3 Conheça o modem...3 Apresentação...4

Leia mais

AP4/AP4D CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira www.compatec.com.

AP4/AP4D CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira www.compatec.com. SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMPATEC ALARMES PARA SUA SEGURANÇA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO suporte@compatec.com.br fone:(54)4009 4711 Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira

Leia mais

A senha 001 de fábrica é 151515.

A senha 001 de fábrica é 151515. 1 2 Índice PROGRAMANDO USUÁRIOS...4 MODO DE PROGRAMAÇÃO DE SENHAS:...4 COMO CADASTRAR NOVOS USUÁRIOS:... 4 COMO DESABILITAR USUÁRIOS:... 4 ATIVANDO A CENTRAL...5 ATIVAR GERAL... 5 ATIVAÇÃO RÁPIDA...5 ATIVAR

Leia mais

i16 ALARME MONITORADO

i16 ALARME MONITORADO Manual de instruções i16 ALARME MONITORADO F: 0800 550 250 Posicione o leitor de código QR do seu smartphone e obtenha mais informações no site PPA 50 1 Por favor, leia este manual com atenção para uma

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Central de Alarme Particionada AP/AP D Índice 1.Apresentação... 2.Características... 3.Características Técnicas... 5.Status de Bips... 5 5.Status dos Led s... 5 6.Conhecendo

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. Recomendação:

TERMO DE GARANTIA. Recomendação: TERMO DE GARANTIA ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., localizada na Rua Carlos Ferrari, nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

000000 (veja seção [800] na página 37)

000000 (veja seção [800] na página 37) Segurança e Controle de acesso (DGP-48) Guia de programação Software Versão 3.0 CÓDIGO DO INSTALADOR - VALOR DE FÁBRICA 000000 (veja seção [800] na página 37) CÓDIGO MESTRE DO SISTEMA - VALOR DE FÁBRICA

Leia mais

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018 MANUAL DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 2010/2018 é compacta e de

Leia mais

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018. Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras.

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018. Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 2010/2018 é compacta e de fácil programação,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES www.esxxi.pt Departamento Técnico Instruções de Utilização Avançadas A seguir é apresentado a descrição e significado das luzes do teclado: ALARM: Sempre que o sistema tenha gerado

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. Manual do Produto

TERMO DE GARANTIA. Manual do Produto TERMO DE GARANTIA ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., Localizada na Rua Carlos Ferrari, nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO AP6 Central de Alarme Particionada www.compatec.com.br 2 www.compatec.com.br 3 4. Dimensões do produto... 5. Conhecendo o seu produto... 7 5.1 Conhecendo as funções da central...

Leia mais

CENTRAL DE ALARME ASD-600 SINAL E VOZ

CENTRAL DE ALARME ASD-600 SINAL E VOZ CENTRAL DE ALARME ASD-6 SINAL E VOZ Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo ASD-6 produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. 1- PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

Guia de Programação do Sistema (728ULT)

Guia de Programação do Sistema (728ULT) Guia de Programação do Sistema (728ULT) Versão do Software 4.0 CÓDIGO DO INSTALADOR (valor de fábrica: 282828) Acesso completo à programação, exceto aos códigos de acesso (PIN). Não dá acesso ao arme/desarme.

Leia mais

Índice. 05 05 05 07 08 10 11 12 12 13 16 23 Configurações da Saída PGM... 24 Programações Diversas... 26

Índice. 05 05 05 07 08 10 11 12 12 13 16 23 Configurações da Saída PGM... 24 Programações Diversas... 26 C204587 - Rev 4 Índice Introdução... 01 Características... 01 Diagrama Geral... 02 Esquema de Ligação... 0» CN1 - Cabos da Bateria... 0» CN2 - Entrada de Alimentação AC... 0» CN - Saída de Sirene... 04»

Leia mais

Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST

Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST MANUAL DO USUÁRIO Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. As centrais de alarme ANM 3004 ST e ANM 3008 ST são compactas

Leia mais

TECLADO VIAWEB TOUCH

TECLADO VIAWEB TOUCH TECLADO VIAWEB TOUCH GUIA DE USUÁRIO V1.0 R1.00 Julho 2013 Teclado Touch - 1 2 - Guia do Usuário Teclado VIAWEB TOUCH Sumário INDICAÇÕES DO TECLADO...3 MENU DE PROGRAMAÇÃO...4 ACESSAR MENU...5 OPÇÕES PARA

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO COMPATEC ALARMES PARA SUA SEGURANÇA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Impresso Fevereiro 2009 suporte@compatec.com.br fone:(54)4009 4711 Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda

Leia mais

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018 MANUAL DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 2010/2018 é compacta e de

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo Brisa 4 Plus produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. 1- PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

Teclado GRAPH TECLADO GRAPH. Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.12 - FEV 2014. Teclado GRAPH - 1

Teclado GRAPH TECLADO GRAPH. Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.12 - FEV 2014. Teclado GRAPH - 1 TECLADO GRAPH Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.12 - FEV 2014 Teclado GRAPH - 1 2 - Manual de Programação Teclado GRAPH Índice Teclado GRAPH Características Técnicas...05 Indicações do Teclado...06

Leia mais

Teclado de Alarme STK 636 TECLADO DE ALARME STK 636. www.samtek.com.br SAMTEK

Teclado de Alarme STK 636 TECLADO DE ALARME STK 636. www.samtek.com.br SAMTEK TECLADO DE ALARME STK 636 www.samtek.com.br Agradecemos a sua preferência por nossos produtos. Nossos produtos possuem vários certificados nacionais e internacionais sendo projetados de modo a oferecer

Leia mais

PAINEL DE ALARME MONITORÁVEL

PAINEL DE ALARME MONITORÁVEL PAINEL DE ALARME MONITORÁVEL MANUAL DO INSTALADOR ATENÇÃO! LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A OPERAÇÃO LEIA TODAS AS INSTRUÇÕES DO MANUAL ANTES DE INSTALAR E OPERAR ESTE EQUIPAMENTO Parabéns,

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E

PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E Descrição dos Leds PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E O módulo de Internet tem cinco LEDs (5) vermelhas ao longo da frente do bordo e mais dois no módulo SIM. Esses LEDs fornecem valiosas informações sobre o estado

Leia mais

Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras.

Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras. manual do usuário Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme AMT 2008 RF é compacta e de

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO

MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO SISTEMA DE SEGURANÇA TERMINAL DSC INSTRUÇÕES DE USO: PARA INIBIR ZONAS (#), (*), (1), (Senha de acesso), (nº da zona: 01 a 16), a zona selecionada acende no teclado. (#) para

Leia mais

TKVAP404 - instruções programação

TKVAP404 - instruções programação TKVAP44 - instruções programação 1 s de programação 1 1 1 2 1 3 2 1 2 2 2 3 2 4 3 1 3 2 3 3 3 4 4 1 4 2 5 1 5 2 5 3 5 4 6 1 6 2 6 3 6 4 6 5 6 6 7 1 7 2 7 3 7 4 7 5 7 6 7 7 7 8 1 1 1 2 1 3 1 4 1 6 1 7 1

Leia mais

Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST

Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST MANUAL DO USUÁRIO Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. As centrais de alarme ANM 3004 ST e ANM 3008 ST são compactas

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO TECLADOS MODELOS 616/626/633 COM PAINÉIS DE CONTROLE 728/738/728EX/738EX/748*/748EX/748EX*

MANUAL DO USUÁRIO TECLADOS MODELOS 616/626/633 COM PAINÉIS DE CONTROLE 728/738/728EX/738EX/748*/748EX/748EX* MANUAL DO USUÁRIO TECLADOS MODELOS 616/626/633 COM PAINÉIS DE CONTROLE 728/738/728EX/738EX/748*/748EX/748EX* Parabéns! Você escolheu o mais moderno e confiável equipamento de alarme do mercado internacional.

Leia mais

. 0 ev P15977 - R 12 1

. 0 ev P15977 - R 12 1 12 1 P15977 - Rev. 0 Parabéns! Você acaba de adquirir o seu sistema de alarme INFINIT! ÍNDICE Ele será uma excelente ferramenta de apoio para você garantir a segurança do seu estabelecimento industrial,

Leia mais

MANUAL ALARME DIGITAL INTELBRAS AMT-2010/AMT-2018

MANUAL ALARME DIGITAL INTELBRAS AMT-2010/AMT-2018 MANUAL ALARME DIGITAL INTELBRAS AMT-2010/AMT-2018 PARABÉNS! Você acaba de adquirir um equipamento ímpar em qualidade, tecnologia, precisão e segurança! Mas para que você tenha o máximo aproveitamento de

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 4 P26894 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 4 P26894 - Rev P26894 - Rev. 4 ÍNDICE Manual Técnico Monitus 10 Características do painel de alarme Monitus 10... 03 Instalação do painel Monitus 10... 04 Alimentação... 04 Sirene... 04 Conectando sensores... 05 Entrada

Leia mais

TECLADO LED PARA PAINÉIS MONITORADOS MANUAL DO USUÁRIO ATENÇÃO! LEIA TODAS AS INSTRUÇÕES DO MANUAL ANTES DE INSTALAR E OPERAR ESTE EQUIPAMENTO

TECLADO LED PARA PAINÉIS MONITORADOS MANUAL DO USUÁRIO ATENÇÃO! LEIA TODAS AS INSTRUÇÕES DO MANUAL ANTES DE INSTALAR E OPERAR ESTE EQUIPAMENTO TECLADO LED PARA PAINÉIS MONITORADOS MANUAL DO USUÁRIO ATENÇÃO! LEIA TODAS AS INSTRUÇÕES DO MANUAL ANTES DE INSTALAR E OPERAR ESTE EQUIPAMENTO Parabéns, você adquiriu um produto com o selo Qualidade Máxima

Leia mais

www.securitech.com.br suporte@securitech.com.br (51)3028-2020 (11)3679-9779

www.securitech.com.br suporte@securitech.com.br (51)3028-2020 (11)3679-9779 CÓDIGO INSTALADOR PADRÃO 000000 (veja seção [281] na página 18) CÓDIGO MASTER PADRÃO 123456 (veja seção [301] na página 18) 1728EX E 1738EX GUIA DE PROGRAMAÇÃO DO SISTEMA 1728EX e 1738EX Software Versão

Leia mais

modelos manual do usuário

modelos manual do usuário modelos manual do usuário Central de Alarme AMT 2010/2018 Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 2010/2018 é compacta e de

Leia mais

TECLADO - GRAPH. Teclado - GRAPH

TECLADO - GRAPH. Teclado - GRAPH TECLADO - GRAPH www.viawebsystem.com.br S I Sistemas Inteligentes Ltda. Rua Amadeu Piotto, 161 CIC Curitiba -Paraná Brasil Setembro 2007 R1.0 1 Índice Alterando as Telas...5 Menu...6 Programar...6 Cancelar

Leia mais

Manual de Operação ibus Teclado 32i Modelo: ibus - Teclado

Manual de Operação ibus Teclado 32i Modelo: ibus - Teclado ibus Manual de Operação ibus Teclado 32i Modelo: ibus - Teclado Este produto está homologado pela ANATEL, de acordo com os procedimentos regulamentados pela Resolução 242/2000, e atende aos requisitos

Leia mais

R2M CARACTERÍSTICAS. Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA. Buzzer. Placa de RF Antena

R2M CARACTERÍSTICAS. Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA. Buzzer. Placa de RF Antena 38 R2M CENTRAL DE ALARME 2 SETORES MICROPROCESSADA Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA Led - setor 2 Buzzer Placa de RF Antena Led - setor

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. Comprador: Endereço: Bairro: CEP: Revendedor: Fone: Data da Venda: Identificação do Produto: P26856 - Rev. 1

TERMO DE GARANTIA. Comprador: Endereço: Bairro: CEP: Revendedor: Fone: Data da Venda: Identificação do Produto: P26856 - Rev. 1 TERMO DE GARANTIA ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., Localizada na Rua Carlos Ferrari, nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação:... 3 2 Características:... 3 3 Características de funcionamento... 3 4- Apresentação da Central... 4 4.1 Parte

Leia mais

1. Principais características... 3. 2. Sugestões de uso... 3. 3. Instalação... 3. 3.1. Fixando o painel... 3. 3.2. Conexões da placa...

1. Principais características... 3. 2. Sugestões de uso... 3. 3. Instalação... 3. 3.1. Fixando o painel... 3. 3.2. Conexões da placa... P29177 - Rev. 0 1. Principais características... 3 2. Sugestões de uso... 3 3. Instalação... 3 3.1. Fixando o painel... 3 3.2. Conexões da placa... 4 3.3. Instalando os fios... 4 3.4. Finalizando a instalação...

Leia mais

Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras.

Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras. Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme AMT 2008 RF é compacta e de fácil programação,

Leia mais