FICHA TÉCNICA. facebook.com/manuscritoeditora

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FICHA TÉCNICA. facebook.com/manuscritoeditora"

Transcrição

1 FICHA TÉCNICA facebook.com/manuscritoeditora 2016 Direitos reservados para Letras & Diálogos, uma empresa Editorial Presença, Estrada das Palmeiras, 59 Queluz de Baixo Barcarena Título original: Cria o teu jogo de computador Autores: Manuel Menezes de Sequeira e Nélio Codices Copyright Manuel Menezes de Sequeira e Nélio Codices, 2016 Copyright Letras & Diálogos, 2016 Revisão: Helena Romão / Editorial Presença Paginação e capa: Cyrne Design Impressão e acabamento: Multitipo Artes Gráficas, Lda. ISBN: Depósito legal n.º /16 1.ª edição, Lisboa, outubro, 2016

2 ÍNDICE 01 O QUE É PROGRAMAR? 02 A ESTRUTURA DESTE LIVRO 03 O SCRATCH 04 CRIAR O PROJETO 05 MOVIMENTO DO JOGADOR 06 MOVIMENTO DA BOLA 07 TOQUE ENTRE A BOLA E O JOGADOR 08 RAQUETADAS 09 O JOGADOR MEXE O CORPO 10 O CAMPO E PERDER O JOGO 11 COMEÇAR DA FORMA CERTA 12 CONTAR OS TOQUES NA BOLA 13 MOVIMENTO DO JOGADOR MELHORADO 14 COMANDOS DEFINIDOS PELO UTILIZADOR 15 COMEÇAR, JOGAR E TERMINAR Pág. 08 Pág. 16 Pág. 22 Pág. 36 Pág. 46 Pág. 62 Pág. 80 Pág. 92 Pág. 102 Pág. 110 Pág. 132 Pág. 140 Pág. 154 Pág. 170 Pág. 190

3 16 COMEÇAR E CONTINUAR COM BOTÕES 17 RESULTADO DO JOGO 18 UM JOGO MAIS REALISTA 19 EM FOCO 20 PÁGINA DO PROJETO E PARTILHA 21 DESPEDIDA E ALGUMAS DICAS AGRADECIMENTOS CRÉDITOS Pág. 206 Pág. 218 Pág. 230 Pág. 252 Pág. 262 Pág. 270 Pág. 277 Pág. 279

4 010 O QUE É PROGRAMAR? Bem-vindo à programação! Lendo este livro e fazendo as atividades que te propomos, aprenderás os fundamentos da programação, que poderás usar para começar a desenvolver os teus próprios programas, tanto em Scratch, como noutras linguagens de programação. Mas o que significa afinal «programar»? O que são «programas»? E o que são «linguagens de programação»? E o que é o Scratch? Neste capítulo, que fizemos curto para mais rapidamente passares à prática, vamos responder às três primeiras questões. A última questão, sobre o Scratch, será respondida num capítulo um pouco mais à frente. Programar é partir de um problema que desejamos poder resolver automaticamente e produzir um programa, recorrendo a uma linguagem de programação, que o resolva. Por exemplo, supõe que queremos automatizar a resolução do problema de calcular a soma de quaisquer dois números. Podemos programar um programa que peça dois números ao utilizador e diga qual a sua soma. Com esse programa disponível, sempre que precisarmos de somar dois números, basta-nos executá-lo, introduzir os dois números e esperar o resultado. Definição: Programar é o processo de criação de um programa, escrito numa dada linguagem de programação, que resolva automaticamente um determinado tipo de problema. Definição: Um computador é uma máquina genérica programável, ou seja, uma máquina que não tem um fim predefinido, mas que pode ser programada para resolver variados tipos de problemas. Os computadores são hardware. Já sabemos o que é programar. Mas ficámos ainda sem saber o que é um programa. Um programa é uma coleção de instruções que podem ser executadas por um computador. Um programa é software, pois não é algo em que possas tocar, ao contrário do equipamento, ou hardware. Um computador, por outro lado, é uma máquina genérica programável, ou seja, hardware que não tem um fim predefinido, mas que é capaz de efetuar automaticamente operações aritméticas e lógicas determinadas por um conjunto de possíveis instruções. São os programas, por isso, que nos permitem transformar os computadores, que são máquinas genéricas, em máquinas capazes de resolver automaticamente problemas bem definidos. Definição: Um programa é uma coleção de instruções que podem ser executadas por um computador. Os programas são software. Definição: Uma instrução é um código que leva o computador a realizar uma dada ação. CRIA O TEU JOGO DE COMPUTADOR

5 O QUE É PROGRAMAR? 011 O exemplo do programa da soma de dois números é muito simplista, claro. Os computadores são máquinas tão potentes, hoje em dia, que podemos fazer programas que resolvam problemas muito mais interessantes e complexos do que saber a soma de dois números. Os programas, dos mais simples aos mais complexos, estão por todo o lado. Estão na Google, em cerca de um milhão de computadores, a garantir, entre outras coisas, que obtemos o resultado de que precisamos quando fazemos uma pesquisa. Estão no Facebook, a decidir o que mostrar a seguir na nossa corrente de notícias do Facebook. Estão no nosso computador, no teu navegador web ou no teu processador de texto. Estão no teu telemóvel, em cada uma das suas aplicações. Estão em cada um dos teus jogos, no telemóvel, na consola ou no computador. Estão mesmo, e cada vez mais, em dispositivos mais simples, tais como máquinas de lavar roupa ou micro-ondas. Os programas, num passado que já começa a ser remoto, executavam num computador e pouco ou nada interagiam com programas noutros Definição: A Internet é o conjunto de redes interligadas que liga milhares de milhões de dispositivos em todo o mundo. computadores: interagiam com os seus utilizadores humanos, e já não era nada mau. Hoje não é assim. Quase todos os programas incluem alguma forma de interação com outros programas em execução noutros computadores. Essa interação faz-se normalmente através da Internet, a rede global que liga cada vez mais dispositivos. Como até os dispositivos mais simples, as «coisas» que usamos no dia a dia, têm hoje muitas vezes capacidades computacionais e programas que precisam de comunicar com outros dispositivos, a Internet está a expandir-se. Já não liga apenas computadores: liga coisas. A Internet está, por isso, a transformar-se rapidamente na Internet das Coisas, ou IoT (Internet of Things). Definição: A IoT é uma rede de dispositivos físicos que no passado não estavam interligados, mas agora se interligam entre eles e com o resto da Internet para permitir novas soluções e serviços. Com dispositivos programáveis em todo o lado e totalmente interligados, com cada vez mais serviços com base computacional, sabermos programar é termos à nossa frente um mundo de oportunidades. É quase como ganhar um superpoder, tantas são as portas que se nos abrem. CRIA O TEU JOGO DE COMPUTADOR

ALGORITMOS AULA 1. Profª Amanda Gondim

ALGORITMOS AULA 1. Profª Amanda Gondim ALGORITMOS AULA 1 Profª Amanda Gondim O que é lógica? NOÇÕES DE LÓGICA A lógica trata da correção do pensamento Ensina-nos a usar corretamente as leis do pensamento É a arte de pensar corretamente A forma

Leia mais

A presente edição segue a grafia do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

A presente edição segue a grafia do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa A presente edição segue a grafia do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa info@marcador.pt www.marcador.pt facebook.com/marcadoreditora Copyright 2009 by Kein & Aber AG Zurich Berlin. Todos os direitos

Leia mais

Conceitos Básicos INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES

Conceitos Básicos INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES FACULDADE DOS GUARARAPES INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES Conceitos Básicos Prof. Rômulo César romulodandrade@gmail.com romulocesar@faculdadeguararapes.edu.br www.romulocesar.com.br INTRODUÇÃO

Leia mais

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I CURSO: ENG CIVIL PROFESSOR: ANDRÉ LUÍS DUARTE PERÍODO 1º BIMESTRE 1 1) Identifique as afirmações como verdadeira (V) ou falsa (F): a) Existem três tipos

Leia mais

Introdução a Algoritmos Aula 1

Introdução a Algoritmos Aula 1 Introdução a Algoritmos Aula 1 Professor: Maurício Archanjo Nunes Coelho Metodologia Aulas expositivas Transparências Quadro negro Material disponível em PDF Resolução de exercícios Leitura/Estudo do material

Leia mais

Como começar a Jogar? Para iniciar o jogo a forma mais fácil é ir a e começar a jogar.

Como começar a Jogar? Para iniciar o jogo a forma mais fácil é ir a  e começar a jogar. Manual do Utilizador Como começar a Jogar? Para iniciar o jogo a forma mais fácil é ir a http://mega.ist.utl.pt/~jsnl/sudoku/ e começar a jogar. O que preciso para jogar? Precisa de um computador, ligação

Leia mais

O que são custos de transformação?

O que são custos de transformação? O que são custos de transformação? A forma encontrada pelo método UEP para analisar os custos da empresa é através da simplificação do modelo de cálculo da produção do período determinando uma unidade

Leia mais

Oficina Porcentagem e Juros

Oficina Porcentagem e Juros Oficina Porcentagem e Juros 1ª parte: revisão teórica Vamos relembrar o conceito de porcentagem com uma situação-problema. O que tem mais água, uma uva ou uma banana? Para responder, leve em consideração

Leia mais

Programação de Computadores III

Programação de Computadores III Programação de Computadores III Introdução a Algoritmos (Parte I) Professor Hugo de Oliveira Barbalho hbarbalho@ic.uff.br Material produzido pelo professor: Leandro Augusto Frata Fernandes (laffernandes@ic.uff.br)

Leia mais

UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office

UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office Olá! Aqui estamos nós outras vez! Agora para dar início à unidade 2. Hardware e Software Sabemos que a área de informática é uma das que mais vivencia mudanças na

Leia mais

Programação de Computadores III

Programação de Computadores III Programação de Computadores III Pseudocódigo e Estruturas Básicas de Controle Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2013.1/tcc-00.157

Leia mais

Como criar uma conta e a 1ª campanha no Adwords

Como criar uma conta e a 1ª campanha no Adwords Como criar uma conta e a 1ª campanha no Adwords Olá, aqui é o Samuel de Almeida. Este é um dos materiais bônus que você recebeu ao comprar o nosso curso de Vendas Online com o Google Adwords. É um material

Leia mais

Programação de Computadores Profa Jacqueline 1

Programação de Computadores Profa Jacqueline 1 Programação de Computadores Profa Jacqueline 1 REVISÃO Construção de Algoritmos Estruturas de Controle Objetivo: Abordar as técnicas para entrada e saída de dados e as estruturas para controle do fluxo

Leia mais

Disciplina: Arquitetura de Computadores

Disciplina: Arquitetura de Computadores Disciplina: Arquitetura de Computadores Estrutura e Funcionamento da CPU Prof a. Carla Katarina de Monteiro Marques UERN Introdução Responsável por: Processamento e execução de programas armazenados na

Leia mais

Introdução a Ergonomia e Usabilidade

Introdução a Ergonomia e Usabilidade Introdução a Ergonomia e Usabilidade Projeto de Interface Homem- Máquina Prof. Esp. MBA Heuber G. F. Lima Aula 1 Agenda Apresentação Definições Gerais Importância Usabilidade e Ergonomia Engenharia da

Leia mais

MÓDULO 2 POTÊNCIA. Capítulos do módulo:

MÓDULO 2 POTÊNCIA. Capítulos do módulo: MÓDULO 2 POTÊNCIA Sabendo que as potências tem grande importância no mundo da lógica matemática, nosso curso terá por objetivo demonstrar onde podemos utilizar esses conceitos no nosso cotidiano e vida

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação 1 Universidade Federal Fluminense Campus de Rio das Ostras Curso de Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Professor: Leandro Soares de Sousa e-mail: leandro.uff.puro@gmail.com site:

Leia mais

Aula 1: A Evolução dos Sistemas Computacionais

Aula 1: A Evolução dos Sistemas Computacionais Aula 1: A Evolução dos Sistemas Computacionais O primeiro computador digital foi projetado pelo matemático Charles Babbage (1792-1871). Embora Babbage tenha dispendido muito de sua vida e de sua fortuna

Leia mais

4. Análise de Tarefas

4. Análise de Tarefas Interacção com o Utilizador 4. Análise de Tarefas Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Identificar necessidades e problemas dos utilizadores Avaliar solução Conceber uma solução Prototipar

Leia mais

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Sistemas Operacionais (SOP A2)

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Sistemas Operacionais (SOP A2) Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Sistemas Operacionais (SOP A2) Visão Geral Referências: Sistemas Operacionais Modernos. Andrew S. Tanenbaum. Editora Pearson. 3ª ed. 2010. Seção: 1.1

Leia mais

Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO

Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO 1 Quem sou eu? Daniel Brandão Graduado em Sistemas para Internet Especialista em Tecnologia Para Aplicações Web Desenvolvedor

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I. Introdução

PROGRAMAÇÃO I. Introdução PROGRAMAÇÃO I Introdução Introdução 2 Princípios da Solução de Problemas Problema 1 Fase de Resolução do Problema Solução na forma de Algoritmo Solução como um programa de computador 2 Fase de Implementação

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Windows Forms Applications - Introdução. Prof. Robinson Alves IFRN

Windows Forms Applications - Introdução. Prof. Robinson Alves IFRN Windows Forms Applications - Introdução Prof. Robinson Alves IFRN Windows Forms Applications - Introdução Baseado na apostila do Prof. Fabiano Papaiz Windows Forms Applications Permitem o desenvolvimento

Leia mais

Imprima de forma fácil do seu ipad, ipod Touch e iphone

Imprima de forma fácil do seu ipad, ipod Touch e iphone Imprima de forma fácil do seu ipad, ipod Touch e iphone Date : 10 de Fevereiro de 2014 Actualmente, com o aparecimento dos dispositivos móveis, passamos a imprimir menos tanto em casa como no escritório.

Leia mais

O problema da interpretação de hachuras no PDF

O problema da interpretação de hachuras no PDF A lógica de plotagem Nos primórdios da era dos microcomputadores, os sistemas operacionais eram simples e não dispunham de nenhum tipo de ferramenta gráfica. Como desenvolvedores, éramos obrigados a programar

Leia mais

Aula 7: Portas Lógicas: AND, OR, NOT, XOR, NAND e NOR

Aula 7: Portas Lógicas: AND, OR, NOT, XOR, NAND e NOR Aula 7: Portas Lógicas: AND, OR, NOT, XOR, NAND e NOR Conforme discutido na última aula, cada operação lógica possui sua própria tabela verdade. A seguir será apresentado o conjunto básico de portas lógicas

Leia mais

QUINA: Dezenas por Coluna

QUINA: Dezenas por Coluna QUINA: Dezenas por Coluna (a) O Jogo Um Resultado da Quina é uma sequência de 5 Dezenas sorteadas de um universo de 80 Dezenas. O universo é formado pelas Dezenas: 01, 02, 03,..., 79 e 80. A seguir estão

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. Andrique Amorim

Sistemas Operacionais. Prof. Andrique Amorim Sistemas Operacionais Prof. Andrique Amorim A disciplina Conceitos básicos Arquitetura e organização dos computadores Evolução dos sistemas operacionais Estruturas de sistemas operacionais Gerência de

Leia mais

Para simplificar a notação, também usamos denotar uma sequência usando apenas a imagem de :

Para simplificar a notação, também usamos denotar uma sequência usando apenas a imagem de : Sequências Uma sequência é uma função f de em, ou seja. Para todo número natural i associamos um número real por meio de uma determinada regra de formação. A sequencia pode ser denotada por: Ou, por meio

Leia mais

TECNOLOGIA WEB. Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

TECNOLOGIA WEB. Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). DOCENTE PROFESSOR CELSO CANDIDO Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Conhecimentos: o Web Designer; o Arquitetura de Máquina; o Implementação

Leia mais

04 Fórmulas Matemáticas

04 Fórmulas Matemáticas HEWLETT-PACKARD 04 Fórmulas Matemáticas [Digite o subtítulo do documento] Prof. Rodrigo [Digite aqui o resumo do documento. Em geral, o resumo é uma breve descrição do conteúdo do documento. Digite aqui

Leia mais

INF INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL TRABALHO 1 BUSCA HEURÍSTICA

INF INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL TRABALHO 1 BUSCA HEURÍSTICA INF1771 - INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL TRABALHO 1 BUSCA HEURÍSTICA Descrição: A Barbie é a garota mais linda e popular do Mundo da Barbie! Porém, o que poucos sabem, é que a Barbie também é uma excelente programadora!

Leia mais

20 Aula Digital Manual do Utilizador do Aluno

20 Aula Digital Manual do Utilizador do Aluno 20 Aula Digital Manual do Utilizador do Aluno Versão 1.0 Índice I. Começar a utilizar o 20 Aula Digital... 3 1. Registo... 3 2. Autenticação... 3 2.1. Recuperar palavra-passe... 3 3. Ativar Manuais Multimédia...

Leia mais

Passando do português para a linguagem matemática.

Passando do português para a linguagem matemática. 1 Passando do português para a linguagem matemática. Professor Maurício 2 Um grande problema para quem está estudando matemática pela primeira vez é passar o enunciado (na forma de palavras e escrito em

Leia mais

FERRAMENTAS DO WORD PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS NAS NORMAS

FERRAMENTAS DO WORD PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS NAS NORMAS FERRAMENTAS DO WORD PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS NAS NORMAS Introdução Edite o texto normalmente no Word, sem nenhuma formatação, ou inicie a digitação com toda a formatação. Texto para formatar Insira

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS SISTEMAS DISTRIBUÍDOS Introdução Slide 1 Nielsen C. Damasceno Introdução Tanenbaum (2007) definiu que um sistema distribuído é aquele que se apresenta aos seus usuários como um sistema centralizado, mas

Leia mais

1 o º ciclo. Índice TUTORIAL

1 o º ciclo. Índice TUTORIAL 1 o º ciclo Índice ABRIR O EXCEL 2 O ambiente de trabalho do Excel.3 O botão do Office 4 OPERAÇÕES COM FOLHAS DE CÁLCULO.. 4 Criar um documento novo 4 Colunas, linhas e células. 5 Inserir Fórmulas 6 TUTORIAL

Leia mais

VERDADES E MENTIRAS. Quem está mentindo e quem está dizendo a verdade. Quantas pessoas estão mentindo e quantas estão dizendo a verdade

VERDADES E MENTIRAS. Quem está mentindo e quem está dizendo a verdade. Quantas pessoas estão mentindo e quantas estão dizendo a verdade VERDADES E MENTIRAS Chamamos de a um tipo específico de questão, cujo enunciado nos apresenta uma situação qualquer, envolvendo normalmente alguns personagens, que irão declarar algo. O ponto principal

Leia mais

Os salários de 15 áreas de TI nas cinco regiões do Brasil

Os salários de 15 áreas de TI nas cinco regiões do Brasil Os salários de 15 áreas de TI nas cinco regiões do Brasil Entre 2011 e 2012, os salários na área de tecnologia da informação (TI) cresceram em média 10,78% um número animador, que pode motivar jovens estudantes

Leia mais

Lógica de Programação

Lógica de Programação Lógica de Programação Universidade dos Açores Departamento de Matemática www.uac.pt/~hguerra!! do Gr. logiké, arte de raciocinar!! s. f., ciência que tem por objecto o estudo dos métodos e princípios que

Leia mais

INICIADOS - 2ª Sessão ClubeMath 7-11-2009

INICIADOS - 2ª Sessão ClubeMath 7-11-2009 INICIADOS - 2ª Sessão ClubeMath 7-11-2009 Adivinhar o dia de aniversário de outra pessoa e o mês Temos uns cartões mágicos, que vão permitir adivinhar o dia de aniversário de qualquer pessoa e outros que

Leia mais

Análise de Algoritmos

Análise de Algoritmos Análise de Algoritmos Técnicas de Prova Profa. Sheila Morais de Almeida DAINF-UTFPR-PG julho - 2015 Técnicas de Prova Definição Uma prova é um argumento válido que mostra a veracidade de um enunciado matemático.

Leia mais

Flávia Rodrigues. Silves, 26 de Abril de 2010

Flávia Rodrigues. Silves, 26 de Abril de 2010 Flávia Rodrigues STC5 _ Redes de Informação e Comunicação Silves, 26 de Abril de 2010 Vantagens e Desvantagens da Tecnologia Acessibilidade, quer a nível pessoal quer a nível profissional; Pode-se processar

Leia mais

Lógica de Programação. Profas. Simone Campos Camargo e Janete Ferreira Biazotto

Lógica de Programação. Profas. Simone Campos Camargo e Janete Ferreira Biazotto Lógica de Programação Profas. Simone Campos Camargo e Janete Ferreira Biazotto O curso Técnico em Informática É o profissional que desenvolve e opera sistemas, aplicações, interfaces gráficas; monta estruturas

Leia mais

Como usar o Agendor para criar um processo de vendas e vender mais

Como usar o Agendor para criar um processo de vendas e vender mais Como usar o Agendor para criar um processo de vendas e vender mais Se você busca aumentar suas vendas de forma eficiente, criar um processo comercial irá ajudá-lo a conseguir isso 2 Se existe um item pelo

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas AOCP... 3 Relação das questões comentadas... 7 Gabarito... 8

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas AOCP... 3 Relação das questões comentadas... 7 Gabarito... 8 Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas AOCP... 3 Relação das questões comentadas... 7 Gabarito... 8 1 Apresentação Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Como vocês bem sabem, saiu

Leia mais

Como ajudar o seu filho nas escolhas académicas e profissionais. Ideias para hoje e amanhã

Como ajudar o seu filho nas escolhas académicas e profissionais. Ideias para hoje e amanhã Como ajudar o seu filho nas escolhas académicas e profissionais Ideias para hoje e amanhã Os Pais e a Carreira dos Filhos O futuro profissional dos filhos é uma preocupação natural para todos os pais,

Leia mais

Título Principal. Versão Data Autoria Descrição. Ricardo Machado, Sérgio Pire Versão inicial

Título Principal. Versão Data Autoria Descrição. Ricardo Machado, Sérgio Pire Versão inicial Título Principal Versão Data Autoria Descrição 1.0 2013-01-28 Ricardo Machado, Sérgio Pire Versão inicial 0. ÍNDICE 0. ÍNDICE... 2 1. Introdução... 2 2. Início do processo... 3 3. Documentos a aguardar

Leia mais

UFCD 0793 Scripts CGI e Folhas de Estilo Formadora: Sónia Rodrigues

UFCD 0793 Scripts CGI e Folhas de Estilo Formadora: Sónia Rodrigues UFCD 0793 Scripts CGI e Folhas de Estilo Formadora: Sónia Rodrigues 0793 Scripts CGI e folhas de estilo Objectivos da UFCD: Desenvolver páginas para a Web, através de scripts CGI e folhas de estilo. UFCD

Leia mais

16. (Técnico Judiciário TRF 3ª Região 2016/FCC) Se todo engenheiro é bom em matemática e algum engenheiro é físico, conclui-se corretamente que

16. (Técnico Judiciário TRF 3ª Região 2016/FCC) Se todo engenheiro é bom em matemática e algum engenheiro é físico, conclui-se corretamente que 16. (Técnico Judiciário TRF 3ª Região 2016/FCC) Se todo engenheiro é bom em matemática e algum engenheiro é físico, conclui-se corretamente que (A) todo físico é bom em matemática. (B) certos bons em matemática

Leia mais

Planejamento Estratégico Aula 1

Planejamento Estratégico Aula 1 ORGANIZAÇÃO Estratégico Aula 1 Prof. Dr. James Luiz Venturi Administração UNIFEBE 2008/II MODERNA TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES Organização éum Sistema Aberto ORGANIZAÇÃO MEIO AMBIENTE 2 ORGANIZAÇÃO Conceito

Leia mais

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Sistemas Operacionais II Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Sistemas Operacionais Livres Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Objetivos - Ter conhecimento sobre os diversos módulos que compõem um

Leia mais

Os primeiros passos para o empreendedori smo digital.

Os primeiros passos para o empreendedori smo digital. Os primeiros passos para o empreendedori smo digital. Aprenda primeiro e coloque em prática. Índice: Introdução O que é preciso para se tornar um empreendedor digital. Quais os passos que é preciso seguir

Leia mais

Exercícios resolvidos sobre Teoremas de Probabilidade

Exercícios resolvidos sobre Teoremas de Probabilidade Exercícios resolvidos sobre Teoremas de Probabilidade Aqui você tem mais uma oportunidade de estudar os teoremas da probabilidade, por meio de um conjunto de exercícios resolvidos. Observe como as propriedades

Leia mais

Linux Conectiva 10. Linux Conectiva 10-1-

Linux Conectiva 10. Linux Conectiva 10-1- Linux Conectiva 10-1- Copyright 2005 Todos os direitos reservados e protegidos pela lei 5.988 de 14/12/1973. Nenhuma parte desta publicação poderá ser produzida ou transmitida, sejam quais forem os meios

Leia mais

Assuma o controle da produção dos seus documentos e dos custos

Assuma o controle da produção dos seus documentos e dos custos i W A c c o u n t i n g M a n a g e r Versão 5. Assuma o controle da produção dos seus documentos e dos custos O iw Accounting Manager Coloca você no Controle Qualquer organização profissional, associação

Leia mais

Processos Estocásticos

Processos Estocásticos Processos Estocásticos Primeira Lista de Exercícios de junho de 0 Quantos códigos de quatro letras podem ser construídos usando-se as letras a, b, c, d, e, f se: a nenhuma letra puder ser repetida? b qualquer

Leia mais

INTERAÇÃO HOMEM COMPUTADOR. Professora Marcia Pereira Sistemas de Informação

INTERAÇÃO HOMEM COMPUTADOR. Professora Marcia Pereira Sistemas de Informação INTERAÇÃO HOMEM COMPUTADOR Professora Marcia Pereira marciapsm@gmail.com Sistemas de Informação Conteúdo Ementa Metodologia Avaliação Introdução Participação Pré-Atividade Faça uma pesquisa sobre as interfaces

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web Prof. Marcelo Roberto Zorzan História do Java Origem Linguagem desenvolvida pela Sun Microsystems Sintaxe similar ao C++ Inicialmente chamada

Leia mais

Seguinte Contas de Correio Eletrónico Seguinte Ficheiro Definições da Conta Adicionar Conta Configuração da Conta Automática O Seu Nome

Seguinte Contas de Correio Eletrónico Seguinte Ficheiro Definições da Conta Adicionar Conta Configuração da Conta Automática O Seu Nome Como posso configurar o Outlook 2010?... 1 Configurar o correio eletrónico num iphone, ipad ou ipod Touch da Apple?... 2 Configurar o Correio Eletrónico num Android G1... 3 Configurar o Correio Eletrónico

Leia mais

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06 Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06 Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação COMO UM PROGRAMA ESCRITO

Leia mais

Notas em Álgebra Linear

Notas em Álgebra Linear Notas em Álgebra Linear 1 Pedro Rafael Lopes Fernandes Definições básicas Uma equação linear, nas variáveis é uma equação que pode ser escrita na forma: onde e os coeficientes são números reais ou complexos,

Leia mais

Cálculo de Soma de Verificação do User Datagram Protocol

Cálculo de Soma de Verificação do User Datagram Protocol Resumo Cálculo de Soma de Verificação do User Datagram Protocol Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática othonb@yahoo.com Mesmo sendo um protocolo que nada garante, o UDP tem um campo no datagrama

Leia mais

Artigo 1 - Detalhes. Título: Desafio: aprenda como engordar em uma semana (batata) 2 Como engordar com saude 3 Dieta para engordar rapido

Artigo 1 - Detalhes. Título: Desafio: aprenda como engordar em uma semana (batata) 2 Como engordar com saude 3 Dieta para engordar rapido Artigo 1 - Detalhes Título: Desafio: aprenda como engordar em uma semana (batata) URL Pretendida: Keyword Foco: Keywords Secundárias: Keywords Sinônimos: aprenda-como-engordar-uma-semana Como engordar

Leia mais

AUTOMAÇÃO DE AVIÁRIO UTILIZANDO A PLATAFORMA ARDUINO

AUTOMAÇÃO DE AVIÁRIO UTILIZANDO A PLATAFORMA ARDUINO AUTOMAÇÃO DE AVIÁRIO UTILIZANDO A PLATAFORMA ARDUINO Paulo Sergio Mattos Périgo¹, Bruno Fernando Serrano¹, Wyllian Fressati¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil pauloperig@gmail.com,

Leia mais

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO ANO LECTIVO 2009/2010 1 DISCIPLINA: TECNOLOGIAS INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO: 10.º DOMÍNIOS COMPETÊNCIAS PONRAÇÃO Conhecer a folha de cálculo e as suas finalidades funcionais; Usar a folha de cálculo de

Leia mais

Histórico da evolução dos. Ermeson Andrade

Histórico da evolução dos. Ermeson Andrade Histórico da evolução dos computadores Ermeson Andrade Histórico A evolução dos computadores tem sido caracterizada pelo: Aumento da velocidade dos Processadores Diminuição do Tamanho dos Componentes Aumento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS. Índice

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS. Índice Índice Capítulo 11 Formatação... 2 Guias e Réguas... 2 Definindo ações a objetos... 2 Botões de ação... 4 Inserindo Cabeçalho e Rodapé... 4 Propriedades... 5! Informações Gerais... 5! Informações de Resumo...

Leia mais

CRM: Funil de Vendas. Saiba a importância dessa poderosa ferramenta

CRM: Funil de Vendas. Saiba a importância dessa poderosa ferramenta CRM: Funil de Vendas Saiba a importância dessa poderosa ferramenta O que é Funil de Vendas? E para que serve? Funil de vendas é uma poderosa ferramenta que gerencia seus processos de vendas e faz com que

Leia mais

Ideias [COMPROVADAS] Ensina Passo a Passo Como Começar A Ganhar Dinheiro Na Internet!

Ideias [COMPROVADAS] Ensina Passo a Passo Como Começar A Ganhar Dinheiro Na Internet! 2016-6 Ideias [COMPROVADAS] Ensina Passo a Passo Como Começar A Ganhar Dinheiro Na Internet! www.maisdinheiroesaude.com Tenha Tempo Para A Sua Família, Com Paz, Segurança & Estabilidade Usando O Poder

Leia mais

Ideias [COMPROVADAS] Ensina Passo a Passo Como Começar A Ganhar Dinheiro Na Internet!

Ideias [COMPROVADAS] Ensina Passo a Passo Como Começar A Ganhar Dinheiro Na Internet! 2016-6 Ideias [COMPROVADAS] Ensina Passo a Passo Como Começar A Ganhar Dinheiro Na Internet! www.maisdinheiroesaude.com Tenha Tempo Para A Sua Família, Com Paz, Segurança & Estabilidade Usando O Poder

Leia mais

Indíce. Indice... 1. 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4

Indíce. Indice... 1. 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4 Indíce Sumário Indice... 1 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4 2) Gerar relacionamento / lista de emails... 5 Exemplo... 6 3)Faça a oferta... 7 Exemplo...

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 11.2 Shell Script: estruturas condicionais. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 11.2 Shell Script: estruturas condicionais. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 11.2 Shell Script: estruturas condicionais Curso Técnico em Informática SUMÁRIO SHELL SCRIPT COM IF... 3 OPERADORES RELACIONAIS... 3 COMPARAÇÕES EM SCRIPTS... 3 MAIS OPERADORES...

Leia mais

Estrutura de Exclusão Múltipla

Estrutura de Exclusão Múltipla Estrutura de Exclusão Múltipla Lista de Exercícios 03 Algoritmos e Linguagens de Programação Professor: Edwar Saliba Júnior IMPORTANTE: Lembre-se! As respostas apresentadas a seguir não são únicas. Ou

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 6. Revisão Laços de Repetição

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 6. Revisão Laços de Repetição CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 6 Revisão Laços de Repetição TRABALHO 1º Semestre Prazo de entrega: 14/06. Individual ou em Dupla Compactar todos os exercícios em um arquivo. Enviar para o e-mail do PET:

Leia mais

Não importa o que você decida

Não importa o que você decida Não importa o que você decida vender ou fazer, todo negócio é sobre pessoas. O nível e a qualidade do seu relacionamento interpessoal determinará os resultados do seu negócio. Arrisco dizer que o valor

Leia mais

Introdução a Programação

Introdução a Programação Introdução a Programação Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida Aula 02 Primeiro Programa Roteiro Primeiros Passos Variáveis Expressões Comandos

Leia mais

Instruções para a realização da Prova Leia com muita atenção

Instruções para a realização da Prova Leia com muita atenção Nível 1 Instruções para a realização da Prova Leia com muita atenção Prova da segunda fase Caro Aluno, Parabéns pela sua participação na décima terceira edição da Olimpíada de Matemática de São José do

Leia mais

BLOGS COMO APOIO A APRENDIZAGEM DE FÍSICA E QUÍMICA

BLOGS COMO APOIO A APRENDIZAGEM DE FÍSICA E QUÍMICA BLOGS COMO APOIO A APRENDIZAGEM DE FÍSICA E QUÍMICA Silvia Ferreto da Silva Moresco Patricia Alejandra Behar UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE EDUCAÇÃO NÚCLEO DE TECNOLOGIA APLICADA

Leia mais

O site da minha empresa precisa ser atualizado?

O site da minha empresa precisa ser atualizado? O site da minha empresa precisa ser atualizado? Já sabemos a alguns anos que a presença digital é realidade e que vem crescendo cada vez mais. Neste cenário estar bem posicionado na web é obrigação das

Leia mais

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato Índice Conteúdo Índice... 2 A Importância do Preço Correto... 3 Como chegar ao preço de venda adequado do meu produto?... 3 Como calcular o preço de venda lucro... 5 Como vender meus produtos pela internet...

Leia mais

Deixando de odiar Matemática Parte 4

Deixando de odiar Matemática Parte 4 Deixando de odiar Matemática Parte 4 Fatoração 2 Quantidade de divisores de um número natural 3 Mínimo Múltiplo Comum 5 Simplificação de Frações 7 Máximo Divisor Comum 8 Método da Fatoração Simultânea

Leia mais

15 simples passos para instalar hábitos de sucesso. VIVER DE BLOG Página 1

15 simples passos para instalar hábitos de sucesso. VIVER DE BLOG Página 1 15 simples passos para instalar hábitos de sucesso VIVER DE BLOG Página 1 INTRODUÇÃO Os hábitos fazem parte de 40% da nossa vida. Ou seja, passamos quase metade no nosso tempo praticamente no piloto automático.

Leia mais

7 PASSOS PARA MONTAR seu CURSO ONLINE. e trabalhar fazendo o que gosta

7 PASSOS PARA MONTAR seu CURSO ONLINE. e trabalhar fazendo o que gosta 7 PASSOS PARA MONTAR seu CURSO ONLINE e trabalhar fazendo o que gosta INTRODUÇÃO Neste e-book você vai entender, tudo que é preciso para montar seu curso online, desde a concepção do seu Projeto, passando

Leia mais

4 ApurAção InstAntâneA de resultados econômicos

4 ApurAção InstAntâneA de resultados econômicos 4 Apuração Instantânea de Resultados Econômicos Se observarmos bem, os contadores estão utilizando o computador para elaborar, não só o balancete como também outras demonstrações financeiras como a Demonstração

Leia mais

ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS

ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS Profª Andrea Padovan Jubileu Definição de SI e software Processo de Software Modelagem de Sistemas 2 Um Sistema de Informação Baseado em Computador (SIBC) é parte integrante

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré Atividade de Enriquecimento Curricular TIC Pré-Escolar Nenúfares Docente: Telma Sá Ano Letivo: 2015/2016 1 O saber é um processo, não é um produto. Jerome

Leia mais

Algoritmo. pegar uma escada; posicionar embaixo da lâmpada; buscar uma lâmpada nova; ligar o interruptor; se a lâmpada não acender, então:

Algoritmo. pegar uma escada; posicionar embaixo da lâmpada; buscar uma lâmpada nova; ligar o interruptor; se a lâmpada não acender, então: Algoritmo é a forma organizada de expressar uma seqüência de passos que visam atingir um objetivo definido. Algoritmo é a lógica necessária para o desenvolvimento de um programa. Apesar do nome estranho,

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 ALGORITMOS

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 ALGORITMOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 ALGORITMOS Profª ª Danielle Casillo ESTRUTURA DE REPETIÇÃO Nos exemplos e exercícios que

Leia mais

I-OBJETIVO DO JOGO ENQUANTO ATIVIDADE DE ENSINO

I-OBJETIVO DO JOGO ENQUANTO ATIVIDADE DE ENSINO 6 I-OBJETIVO DO JOGO ENQUANTO ATIVIDADE DE ENSINO Resolver problemas envolvendo as operações: adição subtração e multiplicação; Desenvolver a habilidade de cálculo mental. II-MATERIAL 1. Fichas com a figura

Leia mais

WBS Schedule Pro Para Controle de Cronogramas

WBS Schedule Pro Para Controle de Cronogramas WBS Schedule Pro Para Controle de Cronogramas WBS Schedule Pro Controle de Cronogramas Introdução Muitos podem já conhecer e concordar que a ferramenta WBS Chart Pro é uma das melhores opções para a construção

Leia mais

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo IV: Mais negócios

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo IV: Mais negócios COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS Capítulo IV: Mais negócios Índice Introdução Como adicionar mais negócios Negócios lucrativos 03 05 07 2 Introdução Olá, Nessa quarta parte da nossa série iremos

Leia mais

Deixando de odiar Matemática Parte 5

Deixando de odiar Matemática Parte 5 Deixando de odiar Matemática Parte Adição e Subtração de Frações Multiplicação de frações Divisão de Frações 7 1 Adição e Subtração de Frações Para somar (ou subtrair) duas ou mais frações de mesmo denominador,

Leia mais

Arquitetura de Computadores

Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores Apresentação Teóricas Prof. Helder Daniel Gab: 2.66 hdaniel@ualg.pt Práticas Prof. Amine Berquia Gab: 2.?? hdaniel@ualg.pt AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 2 / Programa Práticas

Leia mais

Linguagem de Programação I. Aula 10 Funções

Linguagem de Programação I. Aula 10 Funções Linguagem de Programação I Aula 10 Funções Da Aula Anterior Tipos de dados básicos e operadores em C Declaração de variáveis e modificadores de tipo Estruturas de Controle Arrays unidimensionais Geração

Leia mais

Cada programa, projeto ou produto possui determinadas fases de desenvolvimento: São as

Cada programa, projeto ou produto possui determinadas fases de desenvolvimento: São as Cada programa, projeto ou produto possui determinadas fases de desenvolvimento: São as chamadas fases do ciclo de vida de um PROJETO Planeamento a) Fase Inicial - concetual b) Fase de planeamento c) Fase

Leia mais

Sistema de Gestão pela Qualidade Total

Sistema de Gestão pela Qualidade Total Sistema de Gestão pela Qualidade Total Marketing Márcia Elisa Garcia de Grandi megrandi@usp.br Rosa Maria Fischi rmfzani@usp.br Marketing Definições Marketing é a entrega de satisfação para o cliente em

Leia mais

Prova Resolvida Raciocínio Lógico (ANAC/2016) Prof. Guilherme Neves

Prova Resolvida Raciocínio Lógico (ANAC/2016) Prof. Guilherme Neves Prova Resolvida Raciocínio Lógico (ANAC/2016) 71. (ANAC 2016/ESAF) Sabendo que os valores lógicos das proposições simples p e q são, respectivamente, a verdade e a falsidade, assinale o item que apresenta

Leia mais

AULA SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS

AULA SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS AULA 05-06 SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS Curso: Informática (Integrado) Disciplina: Banco de Dados Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu.br Conceitos Banco de Dados Coleção de dados

Leia mais