SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CONCORRÊNCIA Nº 003/2013 PROCESSO Nº /

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CONCORRÊNCIA Nº 003/2013 PROCESSO Nº 23122004025/2013-29"

Transcrição

1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CONCORRÊNCIA Nº 003/2013 PROCESSO Nº / TIPO: MAIOR OFERTA A Comissão Permanente de Licitação da Universidade Federal de São João del-rei UFSJ, nomeada pela Portaria n.º 146, de 04 de fevereiro de 2013, da Reitoria da mesma IFE, torna público que se reunirá na data, horário e local indicados fará realizar licitação na modalidade CONCORRÊNCIA, do tipo maior oferta, conforme descrição contida neste Edital e seus Anexos, com a finalidade de selecionar a proposta mais vantajosa para a UFSJ. O procedimento licitatório obedecerá à Lei nº 8.666/93, de 21 de junho de 1993, Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006 e demais normas complementares aplicáveis à espécie. DATA DA ABERTURA DA LICITAÇÃO: Dia 06 de janeiro de 2014 às 14 horas (quartorze horas Horário de Brasília-DF) Entrega dos envelopes contendo Documentos de Habilitação, Proposta Comercial e início dos trabalhos. Endereço: Praça Frei Orlando, nº 170, em São João del-rei, Minas Gerais, CEP Sala 4.58, no Campus Santo Antônio da Universidade Federal de São João del-rei UFSJ. 1 - DO OBJETO: A Licitação tem por finalidade selecionar proposta mais vantajosa visando a contratação de pessoa jurídica especializada na exploração de lanchonete, mediante a concessão de uso de áreas próprias, com a utilização das instalações já existentes, no Campus CTAN, localizado à Avenida Visconde do Rio Preto, s/nº, Colônia do Bengo, São João del-rei, MG, CEP , visando atender a comunidade universitária, bem como a visitantes eventuais, na linha de fornecimento de lanches, em atendimento ao que determina as normas da Saúde Pública, nos dias e horários de funcionamento da Instituição, conforme especificações e demais elementos técnicos constantes no Projeto Básico e demais Anexos deste Edital. 2 - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO Poderão participar desta Licitação pessoa jurídica pertencentes ao ramo de atividade relacionado ao objeto da licitação, conforme disposto nos respectivos atos constitutivos, que atenderem a todas as exigências, inclusive quanto à documentação, constantes deste Edital e seus Anexos Não será admitida nesta licitação a participação de pessoas jurídicas: Com falência, recuperação judicial, concordata ou insolvência judicialmente decretada, ou em processo de recuperação extrajudicial; 1

2 2.3 - DA VISTORIA Em dissolução ou em liquidação; Que estejam suspensas de licitar e impedidas de contratar com a UFSJ; Que estejam impedidas de licitar e de contratar com a União, declarada inidônea ou que esteja cumprindo punição junto a qualquer Órgão da Administração Pública Federal, Estadual ou Municipal; Que estejam reunidas em consórcio, sejam controladoras, coligadas ou subsidiárias entre si; Servidor ou dirigente de órgão ou da UFSJ ou os responsáveis pela licitação; O autor do projeto, básico ou executivo, pessoa física ou jurídica; Empresa, isoladamente ou em consórcio, responsável pela elaboração do projeto básico ou executivo ou da qual o autor do projeto seja dirigente, gerente, acionista ou detentor de mais de 5% (cinco por cento) do capital com direito a voto ou controlador, responsável técnico ou subcontratado; Não será permitida a participação de um mesmo representante para mais de uma empresa licitante; Estrangeiras que não funcionem no País; Quaisquer interessados que se enquadrem nas vedações previstas no artigo 9º da Lei nº 8.666, de 1993; Que estejam proibidas de contratar com a Administração Pública, em razão de sanção restritiva de direito decorrente de infração administrativa ambiental, nos termos do artigo 72, 8, inciso V, da Lei n 9.605, de As empresas interessadas poderão realizar vistoria nos locais e instalações do fornecimento e da prestação dos serviços, de forma a obterem pleno conhecimento das condições e eventuais dificuldades para a sua execução, bem como de todas as informações necessárias à formulação da sua proposta de preços. A vistoria será agendada por meio do telefone (32) ou (32) A empresa que realizar a vistoria deverá apresentar Declaração, conforme modelo disponível no ANEXO II deste Projeto Básico MODELO DE DECLARAÇÃO DE VISTORIA, de que vistoriou, por intermédio de seu Representante, os locais e instalações da prestação dos serviços, tendo então pleno conhecimento das condições e eventuais dificuldades para a execução dos mesmos, bem como de todas as informações necessárias à formulação da sua proposta de preços, devendo tal vistoria ser realizada até 02 (dois) dias úteis antes da data fixada para a sessão pública, não sendo admitidas, em hipótese alguma, alegações posteriores de desconhecimento dos serviços e de dificuldades técnicas não previstas A realização da vistoria não se consubstancia em condição para a participação na Licitação, ficando, contudo, as Licitantes cientes de que após apresentação das propostas não serão admitidas, em hipótese alguma, alegações posteriores no sentido da inviabilidade de cumprir com as obrigações, face ao desconhecimento dos serviços e de dificuldades técnicas não previstas. 3 - DA REPRESENTAÇÃO E DO CREDENCIAMENTO 3.1 A licitante deverá se apresentar para o credenciamento junto ao Presidente da Comissão por representante devidamente munido de documento que o credencie a participar deste procedimento licitatório Por credencial entende-se: instrumento público de procuração ou instrumento particular com firma reconhecida do representante que irá assiná-lo, acompanhada de carteira de identidade e cópia do ato de investidura do outorgante, no qual declare expressamente, ter poderes para a devida outorga; 2

3 caso seja titular da empresa, apresentar documentos que comprovem seus poderes para representá-la, seja sócio ou diretor estatutário ou contratualmente habilitado a representar a empresa, deverá ser apresentado documento de identidade e cópia do estatuto ou contrato social com a última alteração da constituição da empresa. 3.2 A não apresentação ou incorreção de quaisquer dos documentos de credenciamento não impedirá a participação da licitante no presente certame, porém impedirá o suposto representante de praticar atos no processo licitatório, em nome da empresa Somente o representante identificado na forma do item 3.1 presentes na sala de reunião, poderá se pronunciar no curso dos trabalhos. As demais pessoas presentes, à exceção dos membros da Comissão, não poderão se manifestar. 4 - DO ESCLARECIMENTO E DA IMPUGNAÇÃO DO ATO CONVOCATÓRIO 4.1 Até 5 (cinco) dias úteis anteriores ao da data fixada para a primeira sessão pública, qualquer cidadão poderá impugnar as condições estabelecidas neste edital por irregularidade na aplicação da Lei de 1993, devendo a Administração julgar e responder a impugnação em até 3 (três) dias úteis, sem prejuízo da faculdade prevista no 1º do art. 113 do mesmo diploma legal. 4.2 Decairá do direito de impugnar as condições estabelecidas neste edital perante a Administração a licitante que não o fizer até o 2º (segundo) dia útil que anteceder a abertura dos envelopes com as propostas, hipótese em que tal comunicação não terá efeito de recurso. 4.3 A impugnação feita tempestivamente pela licitante não a impedirá de participar do processo licitatório até o trânsito em julgado da decisão a ela pertinente. 4.4 A petição de impugnação deverá ser protocolizada na Sala 4.58, Praça Frei Orlando, nº. 170, Centro - São João del-rei, MG - CEP Pedidos de esclarecimentos deverão ser encaminhados ao ou fax (32) ou protocolizada no endereço na Sala 4.58, Praça Frei Orlando, nº. 170, Centro - São João del-rei, MG - CEP Serão respondidos diretamente ao solicitante em 03 dias úteis e inseridos na página de publicação da UFSJ - no link Licitações. Os interessados deverão acompanhar e dar pleno conhecimento das respostas, pois estarão disponíveis no tempo hábil ao qual foi solicitado o esclarecimento. 4.6 Eventuais informações relativas à presente licitação poderão ser obtidas por meio do telefone (32) DOS ENVELOPES DE DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO E DE PROPOSTA DE PREÇO 5.1 Cada licitante deverá apresentar dois envelopes de documentos, um contendo os documentos de habilitação e o outro, a proposta de preços. 5.2 Os conjuntos de documentos relativos à habilitação e à proposta de preços deverão ser entregues separadamente, em envelopes fechados e lacrados, rubricados no fecho e identificados com o nome da licitante, o número e o título do conteúdo, na forma dos itens a seguir: Identificação do envelope contendo os documentos de Habilitação: 3

4 ENVELOPE N 01 - DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO À UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ PRAÇA FREI ORLANDO, 170, SALA 4.58, SÃO JOÃO DEL-REI MG CEP: AT. COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA 003/ Contratação de pessoa jurídica para exploração de lanchonete no campus Tancredo Neves - CTAN da Universidade Federal de São João del Rei UFSJ. REMETENTE: (Razão Social do Licitante) ENDEREÇO: CNPJ: OBS: Este envelope somente poderá ser aberto pela Comissão Permanente de Licitação da UFSJ Identificação do envelope contendo os documentos de classificação Proposta de Preço: ENVELOPE N 02 - PROPOSTA DE PREÇOS À UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ PRAÇA FREI ORLANDO, 170, SALA 4.58, SÃO JOÃO DEL-REI MG CEP: AT. COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA 003/ Contratação de pessoa jurídica para exploração de lanchonete no campus Tancredo Neves - CTAN da Universidade Federal de São João del Rei UFSJ. REMETENTE: (Razão Social do Licitante) ENDEREÇO: CNPJ: Os documentos necessários à participação na presente licitação poderão ser apresentados: no original; ou por cópia com autenticação procedida por tabelião; ou por cópia com autenticação procedida por servidor pertencente à Comissão Permanente de Licitações da Fundação Universidade Federal de São João del-rei, MG, à vista do original, no caso de documento de habilitação; ou Os documentos necessários à participação na presente licitação, compreendendo os documentos referentes à habilitação e proposta de preço, deverão ser apresentados no idioma português, admitida a nomenclatura técnica específica A autenticação de que trata o subitem 5.3.3, será feita na abertura do respectivo envelope Não serão aceitos protocolos de entrega ou solicitação de documento em substituição aos documentos requeridos no presente Edital e seus anexos O CNPJ indicado nos documentos de habilitação e de classificação- proposta de preço - deverá ser do estabelecimento que efetivamente cumprirá todas as obrigações decorrentes desta licitação. 4

5 5.3.8 Não serão aceitos documentos apresentados por meio de fitas, discos magnéticos, filmes ou cópias em fac-símile, mesmo autenticadas, admitindo-se fotos, gravuras, desenhos, gráficos ou catálogos apenas como forma de ilustração da proposta de preço. 6 - DA HABILITAÇÃO 6.1 Habilitação Jurídica Registro comercial, no caso de empresário individual Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais e, no caso de sociedades por ações, acompanhado de documentos de eleição de seus administradores Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exercício Cédula de identidade do sócio ou administrador. 6.2 Regularidade Fiscal: Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) Prova de inscrição no Cadastro Geral de Contribuintes Estadual ou Municipal, se houver relativo ao domicilio ou à sede da licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto licitado Prova de regularidade perante a Fazenda Federal (Divida Ativa da União e Receita Federal), e perante a Fazenda Estadual e a Municipal, do domicilio ou sede da liicitante, na forma da lei Certidão Negativa de Débito - CND, emitida pelo Instituto Nacional de Seguridade Social - INSS, conforme Lei 8.212/91, Art. 47, inciso I, alínea a e Art. 195, 3º, da Constituição Federal Certidão de Regularidade do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço - FGTS, fornecida pela Caixa Econômica Federal - CEF, dentro do prazo de validade, de acordo com a Lei 8.036/90, Art. 27, alínea a Apresentação da Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas CNDT, em atendimento a Lei nº , de 07 de julho de 2011 e da Resolução do Tribunal Superior do Trabalho nº 1.470, de 24 de agosto de As microempresas e empresas de pequeno porte deverão apresentar toda a documentação exigida para efeito de comprovação de regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrição Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, será assegurado o prazo de 2 (dois) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado vencedor do certame, prorrogável por igual período, para a regularização da documentação, pagamento ou parcelamento de débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa A não regularização da documentação no prazo previsto no subitem anterior, implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no item 20 deste Edital, sendo facultado à Administração convocar as licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para a assinatura do contrato, ou revogar a licitação Relativos à Qualificação Econômico-Financeira: Certidão negativa de falência ou recuperação judicial, ou liquidação judicial, ou de execução patrimonial, conforme o caso, expedida pelo distribuidor da sede do licitante, ou de seu domicílio, dentro do prazo de validade previsto na própria certidão, ou, na omissão desta, expedida a menos de 60 (sessenta) dias contados da data da sua apresentação; 5

6 6.3.2 Balanço patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da lei, que comprovem a boa situação financeira da empresa, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios, podendo ser atualizados por índices oficiais quando encerrados há mais de 3 (três) meses da data de apresentação da proposta; O balanço patrimonial deverá estar assinado por contador ou por outro profissional equivalente, devidamente registrado no Conselho Regional de Contabilidade; As empresas constituídas no exercício em curso deverão apresentar cópia do balanço de abertura ou cópia do livro diário contendo o balanço de abertura, inclusive com os termos de abertura e encerramento; A boa situação financeira do licitante será avaliada pelos Índices de Liquidez Geral (LG), Solvência Geral (SG) e Liquidez Corrente (LC), maiores que 1 (um), resultantes da aplicação das fórmulas abaixo, com os valores extraídos de seu balanço patrimonial ou apurados mediante consulta on line, no caso de empresas inscritas no SICAF: LG = Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo Passivo Circulante+Passivo não circulante SG = Ativo Total Passivo Circulante + Passivo não circulante LC = Ativo Circulante Passivo Circulante 6.4. Qualificação Técnica A licitante deverá apresentar: Atestado(s) de Capacidade Técnica, fornecido(s) por pessoa(s) jurídica(s) de direito público ou privado, declarando ter a licitante executado ou estar executando a prestação de serviços de preparo e fornecimento de refeições, compatíveis e pertinentes com o objeto desta licitação Apresentar documento referente a um profissional Nutricionista, através de cópia autenticada do registro no Conselho Regional de Nutrição - CRN da região competente, com experiência no desenvolvimento das atividades de assistência alimentar a elaboração dos cardápios diários abrangendo: requisição, produção e distribuição, acompanhamento do preparo da refeição, controle do acondicionamento dos alimentos, dentre outras de responsabilidade exclusiva deste profissional com acompanhamento ininterrupto dos serviços diários nutricionais. Deverá ser apresentada comprovação do vinculo empregatício deste profissional junto à empresa licitante A comprovação do vinculo empregatício referido no subitem deverá ser por meio de cópia da relação empregatícia (Carteira de Trabalho e Previdência Social) ou societária ou ainda, mediante contrato de prestação de serviços; Declaração emitida pela empresa de todo o aparelhamento - móveis inclusive mesas e cadeiras, equipamentos, máquinas, vasilhames, e o pessoal técnico, adequados, suficientes e disponíveis para a realização dos serviços detalhados constantes no projeto básico, ANEXO I do presente Edital. 6

7 6.5. Documentos complementares: Certidão negativa de débitos trabalhistas perante a Justiça do Trabalho, conforme disposto na Lei nº de 07 de julho de Declaração, sob as penalidades cabíveis, de inexistência de fatos supervenientes impeditivos para a sua habilitação neste certame, conforme modelo ANEXO V deste Edital (artigo 32, 2º, da Lei nº 8.666, de 1993) Declaração de que a empresa não utiliza mão-de-obra direta ou indireta de menores, conforme Lei nº 9.854, de 1999, regulamentada pelo Decreto nº 4.358, de 2002, conforme modelo ANEXO V deste Edital As microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP), conforme incisos I e II do artigo 3º da Lei Complementar nº. 123 de 14 de dezembro de 2006, e que pretenderem se beneficiar nesta licitação do regime diferenciado e favorecido previsto naquela lei, deverão apresentar, separado de qualquer dos envelopes citados no item 5, no momento do credenciamento, uma Declaração de enquadramento como microempresa (ME) ou empresa de pequeno porte (EPP), conforme modelo constante do Anexo VI deste Edital juntamente com a Certidão Simplificada de enquadramento emitida pela Junta Comercial do Estado competente com data máxima de 30 dias anterior a data de abertura desta licitação. As empresas enquadradas no regime diferenciado e favorecido das microempresas e empresas de pequeno porte que não apresentarem a declaração prevista neste subitem poderão participar normalmente do certame, porém, em igualdade de condições com as empresas não enquadradas neste regime; Declaração de empresa optante pelo SIMPLES se o for, conforme Instrução Normativa RFB nº 1.234, de 11 de janeiro de 2012, ANEXO VII; Modelo de Declaração de Elaboração Independente de Proposta, conforme Instrução Normativa nº.2, de 16 de setembro de 2009 da SLTI do MPOG (ANEXO VIII) Os documentos de habilitação poderão ser apresentados em original, em cópia autenticada por cartório competente ou por servidor da Administração, ou por meio de publicação em órgão da imprensa oficial Não serão aceitos documentos apresentados por meio de fitas, discos magnéticos, filmes ou cópias em fac-símile, mesmo autenticadas, admitindo-se fotos, gravuras, desenhos, gráficos ou catálogos apenas como forma de ilustração das propostas de preços O licitante que já estiver cadastrado ou habilitado parcialmente no SICAF, em situação regular, poderá optar por comprovar sua habilitação por meio do referido cadastro, no que couber Nesta hipótese, o licitante deverá apresentar, no envelope relativo à documentação de habilitação, declaração expressa de que está cadastrado ou habilitado parcialmente no SICAF, em situação regular, condição esta que será confirmada por meio de consulta on line ao referido cadastro, quando da abertura dos envelopes; Procedida a consulta, será impressa declaração demonstrativa da situação do licitante que deverá ser assinada pelos membros da Comissão e por todos os representantes dos licitantes presentes, e juntada aos autos do processo licitatório Confirmada a regularidade de seu cadastro ou habilitação parcial junto ao SICAF, o licitante ficará dispensado, conforme o caso, de apresentar os documentos abrangidos pelo referido cadastro O licitante obriga-se a declarar, sob as penalidades legais, a superveniência de fato impeditivo da habilitação O licitante deverá declarar que tem conhecimento do Decreto de 4 de Junho de 2010 que dispõe sobre a vedação do nepotismo no âmbito da administração pública federal. 7

8 A declaração referida na cláusula 2.3 cujo modelo encontra-se no Anexo II deverá ser enviada juntamente no envelope com a documentação de habilitação exigida Não serão aceitos protocolos de entrega ou solicitação de documento em substituição aos documentos exigidos neste Edital e seus Anexos A não apresentação de quaisquer documentos exigidos para a habilitação (envelope nº. 01) implicará na automática inabilitação do licitante Disposições Gerais da Habilitação Não serão aceitos protocolos de entrega ou solicitação de documento em substituição aos documentos requeridos no presente Edital e seus Anexos Se a documentação de habilitação não estiver completa e correta ou contrariar qualquer dispositivo deste Edital e seus Anexos o Presidente da Comissão Permanente de Licitação considerará a licitante inabilitada Os documentos necessários à habilitação poderão ser apresentados em original, por qualquer processo de cópia autenticada por meio de cartório competente (exceto produzido por fac-símile), ou publicação em órgão da imprensa oficial ou por cópia, desde que acompanhados dos originais, para conferência pelo Presidente da Comissão Permanente de Licitação Após a fase de habilitação não cabe desistência de proposta, conforme o 6º, do art. 43, da Lei nº 8.666/93, salvo por motivo justo decorrente de fato superveniente e aceito pela Comissão Permanente de Licitação As empresas não cadastradas no SICAF, que apresentarem CRC válido, deverão apresentar, também, todos os demais documentos. 7 - DAS PROPOSTAS As propostas deverão estar formalizadas em papel timbrado dos proponentes, em 01 (uma) via, sem emendas, rasuras ou entrelinhas e contidas em envelope lacrado e identificado na sua parte externa conforme determinado no item As propostas deverão registrar prazo mínimo de validade de 60 (sessenta) dias Os preços constantes das propostas serão fixos durante o período de sua validade e expressos em moeda corrente nacional. 8 - DO JULGAMENTO A presente licitação será julgada com base no critério "DE MAIOR OFERTA" No caso de absoluta igualdade de duas ou mais propostas, e após aplicação, como couber, do disposto no 2º do artigo 3º da Lei nº 8.666/93, se for o caso, a classificação será feita, obrigatoriamente, por sorteio, em ato público, para o qual serão convocados todos os licitantes, conforme 2º do artigo 45 da Lei nº 8.666/ Serão desclassificadas as propostas que: não atenderem a quaisquer das exigências e condições estabelecidas neste Edital; contiverem vantagens baseadas nas ofertas dos demais licitantes. 9 - DISPOSIÇÕES ESPECÍFICAS 8

9 9.1 - A critério da UFSJ a presente licitação, até a homologação dos resultados finais, poderá ser revogada no todo ou em parte, sem que isso caracterize direito ao recebimento de indenização por parte dos licitantes vencedores Homologado o resultado da licitação, após julgamento, se for o caso, dos recursos porventura interpostos, transferir-se-á em termos específicos a permissão de uso remunerado do espaço físico destinado à cantina e lanchonete Se o licitante se recusar a assinar o contrato de permissão de uso remunerado, faculta-se à UFSJ, independentemente de aviso, notificação, ou interpelação, judicial ou extrajudicial, convocar o licitante que obteve classificação imediata e subseqüente àquele que recusou a assinatura no documento acima especificado, nos termos do 2º do artigo 64 da Lei nº 8.666/ DAS INFRAÇÕES E DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 10.1 O descumprimento parcial ou total de qualquer das cláusulas contidas no contrato sujeitará a contratada às sanções previstas nos artigos 86 a 88 da Lei Federal 8.666/93, garantida a prévia e ampla defesa A inexecução, parcial ou total, do contrato poderá ensejar a aplicação da pena de suspensão temporária para licitar e contratar, independente de multa, a ser arbitrada de acordo com a gravidade da infração A pena de suspensão poderá ser convertida em advertência sempre que a administração entender que a(s) justificativa(s) de defesa atenua(m) a responsabilidade da CONTRATADA e desde que não tenha havido prejuízo ao erário público A multa será graduada de acordo com a gravidade da infração, nos seguintes percentuais: ,3% (três décimos por cento) ao dia, até o 30º dia de atraso na entrega do objeto licitado; % (quinze por cento) sobre o valor do contrato, em caso de recusa do adjudicatário em assinar o contrato dentro do prazo previsto no edital, contados da sua convocação; % (vinte por cento) sobre o valor do produto não fornecido ou reparo não realizado O valor das multas deverá ser pago espontaneamente, no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis ou deduzido do pagamento eventualmente devido, ou, ainda, cobradas judicialmente; 10.5 As multas previstas neste sub-item não têm caráter compensatório e o seu pagamento não eximirá a contratada da responsabilidade por perdas e danos decorrentes da infração(ões) cometida(s); 10.6 As multas referidas poderão, a critério da contratante, ser aplicadas, isolada ou conjuntamente, com outras sanções, a depender do grau da infração cometida pela contratada A Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública nos casos previstos no art. 88 da Lei Federal 8.666/93, serão aplicadas nos seguintes casos: A licitante apresentar documentos para habilitação adulterados ou falsos, devidamente comprovados em processo administrativo; 9

10 11 - DOS RECURSOS Tenha a licitante sofrido condenação definitiva por praticar, por meios dolosos, fraude fiscal no recolhimento de quaisquer tributos; Tenha a licitante praticado atos ilícitos, visando frustrar os objetivos da licitação; Tenha a licitante demonstrado não possuir idoneidade para contratar com a Administração, em virtude de atos ilícitos praticados É admissível recurso em qualquer fase da licitação e das obrigações dela decorrentes, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, a contar da data da intimação do ato ou da lavratura da ata, nos casos previstos no art. 109 da Lei n.º 8.666/ Os recursos serão dirigidos à Comissão Permanente de Licitação da UFSJ, o qual poderá reconsiderar sua decisão, no prazo de 05 (cinco) dias úteis ou nesse prazo, encaminhá-lo devidamente instruído para apreciação e decisão Os recursos deverão ser protocolados na Comissão Permanente de Licitação da UFSJ, na sala 4.58, Campus Santo Antônio, à Praça Frei Orlando, 170, Centro, CEP: , em São João del-rei, MG, no horário de 8:30 as 12:00 e de 13:30 as 17:30 horas. Telefone (32) Não serão conhecidos os recursos interpostos depois de vencidos os respectivos prazos legais VIGÊNCIA DO CONTRATO A Concessão de uso remunerado do objeto da presente licitação será pelo período inicial de 12 (doze) meses, a partir da data da assinatura do respectivo instrumento contratual, admitindo-se a prorrogação por períodos idênticos, respeitando-se o limite de até 60 (sessenta) meses, se for vantajoso e de interesse da UFSJ, conforme minuta de contrato ANEXO X e nas condições previstas no inciso II, art. 57 da Lei 8.666/93. A data de início das atividades será a partir da assinatura do contrato DO PAGAMENTO 13.1 O valor do aluguel, água e energia elétrica, deverá ser pago à Concedente via Guia de Recolhimento da União GRU, até o 5º dia útil do mês subsequente, sob pena de multa de 1% ao mês As GRUs deverão ser retiradas junto à Prefeitura de Campus da UFSJ. Após o pagamento, as cópias das GRUs deverão ser entregues na Divisão de Prefeitura da UFSJ A Concessionária deverá apresentar, mensalmente, ao responsável designado da UFSJ, cópias dos comprovantes de pagamentos efetuados DO REAJUSTAMENTO Findada a vigência contratual de 12 (doze) meses e havendo prorrogação do contrato, o valor mensal contratado poderá ser reajustado e corrigido anualmente, de acordo com o IGPM (FGV) e na falta deste pelo INPC (IBGE) ou outro índice substitutivo. 15 DAS BENFEITORIAS 10

11 15.1 As benfeitorias somente poderão ser realizadas, mediante autorização da CEDENTE, ficando incorporadas ao imóvel, sem que assista a CONCESSIONÁRIA o direito de retenção ou indenização sob qualquer título. 16 DAS OBRIGAÇÕES DA CONCEDENTE 16.1 As obrigações da Cedente constam no Projeto Básico e na minuta de contrato, Anexos I e X deste Edital. 17 DAS OBRIGAÇÕES DA CONCESSIONÁRIA 17.1 As obrigações da Concessionária constam do Item no Projeto Básico e na minuta de Contrato, Anexos I e X deste Edital DO TERMO DE CONTRATO DE CONCESSÃO Após a homologação do resultado do certame licitatório e adjudicação do seu objeto, será convidada a licitante vencedora, formalmente, para retirar o instrumento contratual respectivo e a restituí-lo devidamente assinado por seu representante legal, consoante estabelecido em seus atos constitutivos, observado para esse efeito o prazo de 05 (cinco) dias úteis Se a vencedora recusar-se a assinar o Contrato, a Concedente, na forma do 2º, do art. 64, da Lei nº 8.666/93, convocará as licitantes remanescentes, respeitando a ordem seqüencial de classificação, mantidas as condições de preço e prazo da licitante vencedora e as demais exigências a estas feitas em razão do que dispõe esta Concorrência A recusa injustificada da adjudicatária em assinar, aceitar ou retirar o Contrato dentro do prazo prescrito, acarretará à empresa a perda do direito à contratação, sujeitando-se às penalidades estabelecidas neste Edital e no art. 81 da Lei nº 8.666/ Para assinatura do contrato será exigida a apresentação de instrumento público de procuração ou de instrumento particular com firma reconhecida do representante que irá assiná-lo, onde comprove a outorga de poderes, na forma da lei. Em sendo sócio, proprietário, dirigente ou assemelhado da empresa, deverá apresentar cópia do respectivo estatuto ou contrato social, no qual estejam expressos seus poderes para exercerem direitos e assumir obrigações em decorrência de tal investidura A formalização do ato de contratação será precedida de consulta prévia a cadastros da Administração Pública (SICAF), com a finalidade de verificar se encontra a adjudicatária em situação regular, constituindo a verificação de quaisquer pendências justa impedimento para a celebração do contrato, por culpa da licitante vencedora, ensejando a aplicação das penalidades previstas neste Edital, na Lei 8.666/93 e na anexa minuta de contrato Como condição para a celebração do Contrato, a licitante vencedora deverá manter as mesmas condições de habilitação exigidas na licitação O fornecimento e os serviços pretendidos deverão ser executados em estrita conformidade com as prescrições deste Edital e seus Anexos, que são dele partes integrantes e inseparáveis. 19 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 19.1 Quaisquer dúvidas porventura existentes sobre o disposto no presente edital deverão ser encaminhados ao fax (32) ou protocolizada no endereço UFSJ, Campus Santo Antônio, Praça Frei Orlando, 170 Centro, São João del-rei, MG, CEP: , Comissão Permanente de Licitação. 11

12 19.2 Os interessados deverão estudar minuciosa e cuidadosamente o Edital e seus Anexos, bem como todas as instruções, termos e especificações técnicas presentes, informando-se de todas as circunstâncias ou detalhes que possam de algum modo afetar a aferição dos custos e prazos envolvidos na execução do objeto desta licitação Os licitantes assumem todos os custos de preparação e apresentação de suas propostas e a Administração não será, em nenhum caso, responsável por esses custos, independentemente da condução ou do resultado do processo licitatório A participação na licitação implica plena aceitação, por parte do licitante, das condições estabelecidas neste Edital e seus Anexos, bem como obrigatoriedade do cumprimento das disposições nele contidas Qualquer modificação no Edital exige divulgação pelo mesmo instrumento de publicação em que se deu o texto original, reabrindo-se o prazo inicialmente estabelecido, exceto quando, inquestionavelmente, a alteração não afetar a formulação das propostas Não havendo expediente ou ocorrendo qualquer fato superveniente que impeça a realização do certame na data marcada, a sessão será automaticamente transferida para o primeiro dia útil subseqüente, no mesmo horário e local anteriormente estabelecido, desde que não haja comunicação da Comissão em contrário É facultada à Comissão ou Autoridade Superior, em qualquer fase da licitação, a promoção de diligência destinada a esclarecer ou complementar a instrução do processo, vedada a inclusão posterior de documento ou informação que deveria constar no ato da sessão pública A autoridade competente para a aprovação do procedimento licitatório poderá revogá-lo em face de razões de interesse público, por motivo de fato superveniente devidamente comprovado, pertinente e suficiente para justificar tal conduta, devendo anulá-lo por ilegalidade, de ofício ou por provocação de terceiros, mediante ato escrito e devidamente fundamentado Na contagem dos prazos estabelecidos neste Edital e seus Anexos, excluir-se-á o dia do início e incluir-se-á o do vencimento. Só se iniciam e vencem os prazos em dias de expediente na Administração O desatendimento de exigências formais não essenciais não importará o afastamento do licitante, desde que seja possível o aproveitamento do ato, observados os princípios da isonomia e do interesse público As normas que disciplinam este certame serão sempre interpretadas em favor da ampliação da disputa entre os interessados, desde que não comprometam o interesse da Administração, o princípio da isonomia, a finalidade e a segurança da contratação Em caso de divergência entre disposição do Edital e das demais peças que compõem o processo, prevalece a previsão do Edital O Edital e seus Anexos poderão ser lidos e/ou obtidos no órgão, situado no endereço UFSJ, Campus Santo Antônio, Praça Frei Orlando, 170 Centro, São João del-rei, MG, CEP: , nos dias úteis, no horário das 08 h às 12 h e das 13H e 30min às 17h e 30 min O Edital também está disponibilizado, na íntegra, no endereço eletrônico 12

13 19.15 Os autos do processo administrativo permanecerão com vista franqueada aos interessados no órgão, situado no endereço UFSJ, Campus Santo Antônio, Praça Frei Orlando, 170 Centro, São João del-rei, MG, CEP: , nos dias úteis, no horário das 08 h às 12 h e das 13H e 30min às 17h e 30 min Os casos omissos serão dirimidos pela Comissão com base nas disposições da Lei nº 8.666, de 1993, e demais diplomas legais eventualmente aplicáveis Integram este Edital, para todos os fins e efeitos, os seguintes anexos: ANEXO I Projeto Básico; ANEXO II Modelo de Declaração de Vistoria (para preenchimento das empresas participantes); ANEXO III Planta Baixa da Cantina; ANEXO IV Laudo de avaliação; ANEXO V - Modelo de Declaração de fatos impeditivos e que não emprega menores; ANEXO VI Modelo de declaração de microempresa, de empresa de pequeno porte; ANEXO VII - Modelo de Declaração de empresa optante pelo SIMPLES, CONFORME Instrução Normativa RFB nº 1.234, de 11 de janeiro de 2012;; ANEXO VIII Modelo de Declaração de Elaboração Independente de Proposta, de que trata a Instrução Normativa n 2, de 16 de setembro de 2009, da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão; ANEXO IX Modelo de Declaração de Vedação do Nepotismo (Decreto nº 7.203, de 04 de junho de 2010); ANEXO X - Minuta do contrato. 20 DO FORO 20.1 O foro para dirimir questões relativas ao presente Edital será o Foro da Justiça Federal, Subseção Judiciária de São João del-rei, MG. São João del-rei, 06 de novembro de Vera Lucia Meneghini Vale Presidente da Comissão Permanente de Licitação da UFSJ 13

14 ANEXO I PROJETO BÁSICO Concessão de uso remunerado de espaço físico para exploração de lanchonete no Campus Tancredo Neves - CTAN - UFSJ 1 - DO OBJETO Concessão de uso remunerado de espaço físico para exploração comercial de lanchonete no Campus Tancredo Neves da UFSJ, por pessoa jurídica, visando atender à comunidade universitária, bem como a visitantes eventuais, na linha de fornecimento de lanches, em conformidade com o que determina as normas da Saúde Pública, nos dias e horários de funcionamento da Instituição. 2 - DA JUSTIFICATIVA Em razão do vencimento da vigência da concessão atual, e da impossibilidade de prorrogação, faz-se necessário a realização de concorrência pública visando à seleção de pessoa jurídica apta ao fornecimento de serviços de lanchonete para atender à comunidade universitária. 3 - DESCRIÇÃO DO ESPAÇO A SER DISPONIBILIZADO Prédio situado no Campus Tancredo Neves da UFSJ, com espaço de 393,97 m², situado à Av. Visconde do Rio Preto, s/nº, Colônia do Bengo, CEP , São João del Rei, MG. A planta baixa do espaço encontra-se no Anexo III. 4 DO VALOR MÍNIMO DA CONCESSÃO A oferta mínima para a concessão será no valor de R$ 3.939,70 (três mil, novecentos e trinta e nove reais e setenta centavos) mensais, fixado segundo o índice mínimo de R$ 10,00 (dez reais) por m 2, conforme laudo de avaliação, constante no Anexo IV Findada a vigência contratual e havendo prorrogação do contrato, o valor mensal referente à concessão será reajustado de acordo com o IGPM (FGV) e, na falta deste, pelo INPC (IBGE) ou outro índice substitutivo O valor mensal contratado continuará sendo reajustado anualmente, sempre que houver prorrogação contratual, nas mesmas condições especificadas no subitem anterior Em época de férias e greves, por um período superior a trinta dias, o valor do aluguel terá um desconto de 25% (vinte e cinco por cento) do valor total. 14

15 4.5. O valor do aluguel deverá ser pago à Concedente via Guia de Recolhimento da União GRU, até o 5º dia útil do mês subsequente, sob pena de multa de 1% ao mês. 5 DO RESSARCIMENTO DE DESPESAS COM ÁGUA E ENERGIA ELÉTRICA 5.1 A Concessionária deverá responsabilizar-se pela despesa com fornecimento de gás necessário para a execução do objeto. 5.2 _ A Concessionária deverá ressarcir à Concedente, via Guia de Recolhimento da União GRU, separado do valor relativo ao aluguel, o valor de R$124,22 (cento e vinte e quatro reais e vinte e dois centavos) referentes ao consumo de energia elétrica, aferido com base nas estimativas de consumo dos equipamentos existentes no local e que garantem o perfeito funcionamento da lanchonete atualmente, conforme tabelas abaixo: Equipamentos Potência (kw) Fator de demanda de Refrigeração (0,45) Freezer vertical 210 Electrolux F 210 motor 1HP =3 6,714 Freezer horizontal Firodinal Duas tampas motor 1HP= 3 6,714 Freezer horizontal 127 v motor de 1HP= 3 6,714 Geladeira Brastemp 360 l Motor 1 HP 2,238 Geladeira 220 v motor de 1 HP = 4 8,952 Total parcial 31,332 Total 1 31,332 x 0,45 = 14,100 Fator de demanda de Aquecimento (0,76) Potência (kw) Cafeteira Zeex 127 v 1200w 1,200 Forno 220 v 30 A 6,600 Chapa para misto 220v 3500w 3,500 Forno de micro-ondas 127v 1500 w 1,500 Cafeteira 127v 1300w 1,300 Total parcial 14,100 Total x 0,76 = 10,716 Outros aparelhos Potência (kw) Espremedor de frutas 127 v 0,150 Resfriador de Suco 127 v 0,300 Total 3 0,450 Total 1 + Total 2 + Total 3 Horário de Funcionamento Segunda a sexta feira -7h às 23 h = 16h/d x 20dias Sábado 7h às 12 h = 5h/d x 4 dias Total horas/mensais da lanchonete 25,27 kw Total mensal 320 horas 20 horas 340 horas 15

16 24 horas x 26 dias (excluindo os domingos) 624 horas Proporção: 340/624 0,5448 0,5448 x 26dias x 25,27 kw 358 kw/mês 358 kw/mês x R$ 0,347* R$ 124,22 *http://www.aneel.gov.br -Valor do kw R$ 0,347 - vigência 08/04/13 a 07/04/ A partir do momento em que for instalado o medidor independente de energia, o valor a ser pago pelo consumo será o aferido através dele, substituindo, imediatamente, o valor estimado no item A Concessionária deverá ressarcir à Concedente, via Guia de Recolhimento da União GRU, separado do valor relativo ao aluguel e à energia elétrica, o valor mensal referente ao consumo de água, fixado em R$ 39,00 (trinta e nove reais); 5.4 As GRUs deverão ser retiradas junto à Prefeitura de Campus da UFSJ. Após o pagamento, as cópias das GRUs deverão ser entregues na Divisão de Prefeitura da UFSJ. 6 - DO FUNCIONAMENTO A frequência à lanchonete é franqueada à comunidade universitária e ao público em geral O horário de funcionamento da lanchonete será de 07 h às 23 horas, de segunda à sexta-feira, e de 7h às 12h aos sábados, devendo a Concessionária manter pontualidade no cumprimento do horário estipulado O horário poderá ser alterado nos períodos de férias letivas, ou em casos excepcionais (greve) ou outro tipo de paralisação das atividades da Instituição, após acordo entre a UFSJ e a Concessionária Poderá haver funcionamento aos domingos e feriados, em caso de cursos, eventos e concursos promovidos pela concedente, devendo o fiscal de contrato da UFSJ comunicar à Concessionária com antecedência mínima de 03 (três) dias Qualquer alteração do horário de funcionamento, ampliação ou diversificação considerável no cardápio e nos preços praticados só poderão ocorrer mediante prévia autorização do fiscal de contrato da UFSJ, após análise das devidas justificativas a serem apresentadas pela Concessionária com antecedência mínima de 05 (dias) úteis Qualquer alteração ou ampliação que implique em obras ou modificações do espaço físico, objeto da concessão, só poderá ser executada após a aprovação, por escrito, da UFSJ. 16

17 6.7 - A Concessionária deverá seguir as normas sindicais, federais, estaduais e municipais, higiênicosanitárias e os procedimentos técnicos adequados à aquisição, estocagem, pré-preparo, acondicionamento a fim de garantir as qualidades higiênico-sanitária, nutritiva e sensorial dos lanches O serviço deverá ser prestado nos padrões técnicos ditados pelas normas vigentes (RDC nº275 de 21 de outubro de 2002 e RDC nº 216 de 15 de setembro de 2004) Somente poderão ser comercializados alimentos e bebidas de valor nutricional comprovado, não sendo permitida a venda de cigarros e bebidas alcoólicas A Concessionária deverá manter um estoque de produtos adequado ao bom atendimento da demanda A Concessionária deverá subsidiar e fornecer, diariamente, sem ônus para a Concedente, 40 garrafas de café, sendo garrafas 20 pela manhã e 20 garrafas à tarde, para as unidades administrativas localizadas no campus CTAN. Não haverá fornecimento de café no balcão, sem ônus para a Concedente Durante o período de recesso escolar (férias, greve ou outro tipo de paralisação das atividades da Instituição), será obrigatório o funcionamento da lanchonete, por período mínimo de 2 (duas) horas, em cada expediente, podendo esta condição ser modificada em acordo com autorização, por escrito, da fiscalização da Universidade Federal de São João del Rei. 7 - DOS PREÇOS DOS PRODUTOS Os preços por item do cardápio mínimo exigido, bem como dos itens ofertados e propostos não poderão ser superiores aos praticados no mercado local A tabela dos produtos a serem comercializados, com seus respectivos preços praticados deverá ser exposta para os usuários, devendo ser objeto de aprovação pelo fiscal de contrato da UFSJ que, se necessário, poderá solicitar a redução dos preços, a qualquer época, se verificada incompatibilidade com os praticados no mercado local Atendimentos especiais de lanches deverão ter seus preços e condições de fornecimento previamente solicitados e negociados entre a UFSJ e a Concessionária A Concessionária não poderá onerar os preços dos alimentos quando estes forem solicitados quentes ou adoçados. 8 - DA INFRA-ESTRUTURA E NORMAS PARA EXPLORAÇÃO É de responsabilidade única e exclusiva da Concessionária prover os móveis, inclusive mesas e cadeiras, equipamentos, máquinas, vasilhames e utensílios necessários para a prestação dos 17

18 serviços, em quantidade suficiente para proporcionar um bom atendimento, utilizando somente a área pré-determinada A Concessionária deverá apresentar relação e discriminação dos móveis e equipamentos necessários para o preparo, armazenamento e acondicionamento dos alimentos de sua propriedade, devendo todos os equipamentos possuir o selo do PROCEL/INMETRO A Concessionária é responsável por todos e quaisquer serviços de instalação e montagem necessários para o início de funcionamento da lanchonete, bem como no decorrer da vigência do contrato, com a estrita consulta e autorização da fiscalização de contrato da UFSJ; A Concessionária deverá fornecer lixeiras com tampa de acionamento não manual e sacos de plásticos no interior, para toda área do estabelecimento ou de acordo com as normas de coleta seletiva ou conforme determinado pelo fiscal de contrato da UFSJ A Concessionária não poderá, em hipótese alguma, destinar o espaço da lanchonete para a utilização de finalidades estranhas ao objeto dessa cessão remunerada do espaço físico A cozinha da lanchonete deverá ser equipada com sistema de exaustão que permita a adaptação de coifa, de forma a possibilitar o preparo de sanduíches, salgados e outros A adaptação dos espaços e instalação dos equipamentos, em conformidade com as normas sanitárias em vigor, é de responsabilidade da Concessionária. 8.8 A Concessionária deverá providenciar as seguintes licenças junto aos órgãos públicos competentes, apresentando as mesmas à Concedente, no prazo de 90 (noventa dias) contados a partir da assinatura do contrato: Alvará de Funcionamento emitido pela Vigilância Sanitária ou órgão competente Contratação de seguros, notadamente apólice que cubra prejuízos decorrentes de incêndio, furto e acidentes, além daqueles que sejam obrigatórios por lei. 8.9 O prazo estabelecido no item 8.8 poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, mediante solicitação fundamentada e por escrito, antes do vencimento dos prazos iniciais, cabendo a Divisão de Prefeitura de Campus da UFSJ ou ao servidor especialmente designado, manifestar-se no prazo de 02 (dois) dias úteis Não deverão ser expostos no espaço cedido: caixas, embalagens ou quaisquer outros objetos que comprometam a boa aparência do local; É expressamente vedado, no espaço da cantina: 18

19 a utilização de alto falante ou congênere que produzam som ou ruídos, prejudiciais ao andamento das aulas e ao trabalho das seções administrativas; a guarda ou depósito de produtos inflamáveis, explosivos, corrosivos, tóxicos ou de forte odor; a comercialização de produtos relacionados a quaisquer tipos de jogos de azar a presença de caixas de madeira e de papelão dentro das dependências da cantina; as mesmas devem ser descartadas imediatamente após a recepção dos produtos comercialização de cigarros e bebidas alcoólicas Deverão estar fixados, em local visível para os consumidores, o endereço e o telefone do Centro de Saúde responsável pela fiscalização sanitária do estabelecimento, o telefone e o endereço do PROCON, bem como os devidos alvarás e licenças de funcionamento. 9 - DO CARDÁPIO MÍNIMO EXIGIDO DIARIAMENTE A Concessionária deverá oferecer diariamente a seguinte relação de produtos: Achocolatados Água mineral Bolos/tortas Bombons e chocolates diversos Café Café c/ leite Coxinha Empada Esfiha Pão de queijo Pão francês c/ manteiga Pastel (frito e assado) Pizzas (fatias ou mini) Quibe Refrigerantes (02 l) Refrigerantes (600 ml) Refrigerantes (lata) Sanduíches naturais Misto quente ou frio Suco industrializado 19

20 Suco natural Vitaminas Todos os gêneros, condimentos ou quaisquer componentes utilizados na elaboração dos lanches deverão ser de primeira qualidade e apresentarem perfeitas condições de preservação, garantindo a não deterioração ou contaminação até a sua utilização, e deverão ter seus recebimentos programados dentro do expediente administrativo da contratante, podendo a fiscalização da Concedente, quando julgar conveniente, realizar a verificação, não aceitando alimentos enlatados e/ou conserva sem data de validade ou com a mesma vencida Todos os alimentos deverão ser preparados sem o uso de banha animal, gordura vegetal hidrogenada (trans.) e óleo reutilizado. 9.7 As licitantes deverão indicar nas propostas os preços dos itens constantes do cardápio diário descrito no item DA MANUTENÇÃO E DOS REPAROS Toda manutenção/ reparo das instalações será de responsabilidade da Concessionária, devendo ser mantidos os mesmos padrões de materiais e acabamentos. A manutenção abrange os seguintes itens: a) água/ esgoto, b) energia (eletrodutos e conexões, lâmpadas, disjuntores, reatores, interruptores) As manutenções mencionadas, se decorrentes de tempo de uso ou de fatores externos, alheios ao uso incorreto, deverão ser avaliadas pela Universidade Federal de São João del-rei UFSJ, através do fiscal do contrato DOS FUNCIONÁRIOS Deverão ser mantidos, nos locais de trabalho, somente funcionários que tenham a idade permitida por lei para o exercício da atividade, que gozem de boa saúde física e mental e que sejam de comprovada idoneidade moral e profissional O pessoal necessário à execução do serviço objeto da presente concessão será de exclusiva responsabilidade da Concessionária, que deverá cumprir todas as obrigações fiscais, previdenciárias, trabalhistas e sociais para com seus funcionários, observando inclusive as normas de Segurança e Higiene do Trabalho A Concessionária deverá manter um número mínimo de funcionários necessário para atender de modo satisfatório à demanda de cada turno de aula da instituição. Caso seja necessário, tal número será estabelecido pelo fiscal do contrato da UFSJ. 20

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS A Supervisão de Suprimentos é a responsável pelo cadastramento dos fornecedores, bem como pela renovação cadastral

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO Este Manual contem regras para Cadastramento com fins de Licitação, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. e está disponível no site www.aracaju.se.gov.br/emurb. REGRAS PARA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS NA OPERAÇÃO E GESTÃO

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

CARTA CONVITE PARA ARRENDAMENTO DA CAFETERIA DO AUDITÓRIO CLAUDIO SANTORO

CARTA CONVITE PARA ARRENDAMENTO DA CAFETERIA DO AUDITÓRIO CLAUDIO SANTORO Brodowski, 11 de junho de 2014. CARTA CONVITE PARA ARRENDAMENTO DA CAFETERIA DO AUDITÓRIO CLAUDIO SANTORO 1 Introdução A ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE APOIO AO MUSEU CASA DE PORTINARI ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE CULTURA,

Leia mais

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL 1 EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL Modalidade: Concorrência 003/14 Tipo: Menor preço A Incubadora de Empreendimentos Solidários de São Bernardo do Campo (SBCSOL), uma iniciativa da

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 002/2015

PROCESSO SELETIVO Nº 002/2015 PROCESSO SELETIVO Nº 002/2015 INSTITUTO DE GESTÃO EM SAÚDE INSTITUTO GERIR, Associação sem fins lucrativos, inscrito no CNPJ sob o nº 14.963.977/0001-19, qualificado como Organização Social pelo Estado

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014 CAPÍTULO PRIMEIRO - DA FINALIDADE 1.1 A Companhia de Saneamento de Minas Gerais - COPASA MG, com endereço à Rua

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO Nº. 01/2014 SOCIEDADE EDUCACIONAL SANTA RITA LTDA.

EDITAL DE SELEÇÃO Nº. 01/2014 SOCIEDADE EDUCACIONAL SANTA RITA LTDA. EDITAL DE SELEÇÃO Nº. 01/2014 SOCIEDADE EDUCACIONAL SANTA RITA LTDA. SOCIEDADE EDUCACIONAL SANTA RITA LTDA., inscrita no CNPJ sob o nº. 91.109.660/0006-75, situada na Rua Os Dezoito do Forte, nº. 2366,

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS)

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS) CARTA CONVITE Nº: 008/2013. São Paulo, 04 de junho de 2.013. Processo n.º 042-05/2013 Tipo: MENOR PREÇO Firma: A/C: E-mail: Convidamos a referida empresa a apresentar proposta para atendimento do objeto

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 ! " TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 PROCESSO Nº 1.825/2005 Regime Jurídico: Lei nº 8.666/93, alterações e normas complementares Tipo de Licitação: MENOR PREÇO Modalidade: TOMADA DE PREÇOS O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA PROCESSO LICITATÓRIO Nº014/2014 MODALIDADE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº001/2014 TIPO: MAIOR OFERTA GABINETE DO PREFEITO DATA, HORÁRIO, E LOCAL DE RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: 11 de

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015 O Município de Benjamin Constant do Sul - RS, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, torna público para conhecimento dos interessados a

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 O PRESIDENTE DA COMPANHIA ÁGUAS TERMAIS MARCELINO RAMOS no uso de suas atribuições legais e estatutárias e de conformidade com a Lei 8666/93 de 21 de junho de 1993

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES)

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) REFORMA DAS INSTALAÇÕES DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO DO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS DO ABRIGO DO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 O Município de Itatiba do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, torna público para o conhecimento dos interessados, que em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93

Leia mais

CONVITE N.º 003-001/2013-CV

CONVITE N.º 003-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 003-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de fornecimento de alimentação no município de Santarém/Pará. A TERRA DE DIREITOS, entidade

Leia mais

Edital de Credenciamento 003/2012

Edital de Credenciamento 003/2012 1/5 Edital de Credenciamento 003/2012 1 DO OBJETO: 1.1. O presente Termo tem por objetivo o credenciamento de Instituições Financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, para prestação

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 03/2014

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 03/2014 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 03/2014 CAPÍTULO PRIMEIRO - DA FINALIDADE 1.1 A Companhia de Saneamento de Minas Gerais - COPASA MG, com endereço à Rua

Leia mais

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94.

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA, e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. RESOLUÇÃO 942 / 99 Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. Referência: INFORMAÇÃO PADRONIZADA SD/CCE - 01 /99, de

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DIVERSOS PARA EMEI GENI TEREZINHA COLOMBO.

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DIVERSOS PARA EMEI GENI TEREZINHA COLOMBO. PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO. EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 72/2015 TIPO MENOR PREÇO EXCLUSIVO PARA ME s e EPP s, CONFORME REDAÇÃO DADA PELA LC 147/2014.

Leia mais

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR MODELO CONTRATO N.º /20 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR A (Órgão/Entidade Federal, Estadual ou Municipal), pessoa jurídica de direito público ou privado, com sede à Rua, n.º,

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016 CONTRATO Nº 038/2014 MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS O MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS, Estado de Minas Gerais, pessoa jurídica de direito público, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 18.677.633/0001-02,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a Contratação de Empresa para a

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 678, DE 1º DE SETEMBRO DE 2015.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 678, DE 1º DE SETEMBRO DE 2015. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 678, DE 1º DE SETEMBRO DE 2015. Estabelece os requisitos e os procedimentos atinentes à obtenção e à manutenção de autorização para comercializar

Leia mais

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação?

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? As certidões indispensáveis à participação nas licitações, conforme previsto no artigo 27 da Lei 8.666/93, são: certidão

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ 1. DA CONVOCAÇÃO: CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO

Leia mais

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE HABILITAÇÃO JURÍDICA Documentos para Credenciamento - Registro comercial no caso de empresa individual; - Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social em vigor, devidamente registrado em se tratando de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO ORIGEM DA TOMADA DE PREÇOS: EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 - PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2009.40.38.00182

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

CONVITE 25/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas

CONVITE 25/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas CONVITE 25/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA 1. Na renovação a empresa deverá informar, por escrito, se houve ou não alteração dos documentos de Qualificação Técnica

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO 1 ATENÇÃO As empresas interessadas em participar deste Convite, deverão passar um fax para a Coordenadoria Geral de Licitação (24) 3339-9038/3339-9071, confirmando a retirada deste edital pela internet.

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas CONVITE Nº 033/2009 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região EDITAL DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE CONTADOR PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS CONTÁBEIS E DE ASSESSORIA CONTÁBIL PARA O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 21ª REGIÃO PARAÍBA CONVITE Nº 002/2016

Leia mais

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras, situado à Rua Victor Sopelsa, 3000, Bairro Salete, Concórdia,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REGISTRO CADASTRAL (Conf. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993) I - Para a habilitação jurídica: a) Cédula de identidade e registro comercial na repartição competente, para

Leia mais

NORMA DE PRÉ - QUALIFICAÇÃO PARA OPERADOR PORTUÁRIO NO PORTO DE ILHÉUS

NORMA DE PRÉ - QUALIFICAÇÃO PARA OPERADOR PORTUÁRIO NO PORTO DE ILHÉUS NORMA DE PRÉ - QUALIFICAÇÃO PARA OPERADOR PORTUÁRIO NO PORTO DE ILHÉUS APROVADA NA REUNIÃO REALIZADA EM 18/02/2011, DO CONSELHO DE AUTORIDADE PORTUÁRIA DO PORTO DE ILHÉUS. SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Âmbito

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP Aos 27 (vinte e sete) dias de mês de maio do ano de 2015, o Município de Parazinho/RN, CNPJ nº. 08.113.631/0001-29, com sede na Praça Senador

Leia mais

Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital.

Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital. Senhor Licitante, Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital. Atenciosamente, Vera Lucia M. de Araujo Pregoeira

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará, às 15 horas do dia 16 de julho de 2009, licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, tipo MENOR PREÇO, conforme autorização da Senhora Chefe do DEAFI,

Leia mais

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado.

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado. ESCLARECIMENTOS Em curso nesta Autarquia a licitação nº 0453/13, Processo nº 0363/13, que almeja a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de medicina e segurança do trabalho. Foi recebido

Leia mais

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CRECI - 11ª REGIÃO/SC, através da Comissão de Julgamento de Licitação, comunica que, de acordo

Leia mais

CONTRATO Nº 04/2015 CLÁUSULA I DO OBJETO

CONTRATO Nº 04/2015 CLÁUSULA I DO OBJETO CONTRATO Nº 04/2015 Pelo presente instrumento particular, de um lado a Câmara Municipal de Itajubá, com sede na Praça Amélia Braga, 45, centro, inscrita no CNPJ sob o nº 00.993.308/0001-85, neste ato representada

Leia mais

PREGÃOELETRONICOPARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/2015

PREGÃOELETRONICOPARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 01/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 004/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 06 PREGÃOELETRONICOPARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/2015 PROCESSO N 004/2015 VALIDADE 12 meses Aos 11 dias do

Leia mais

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos INSTRUÇÕES GERAIS PARA OBTENÇÃO DO C.R.C. (CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL), CONFORME DISPOSTO NA LEI Nº 8.666/93 1. CADASTRAMENTO 1.1 PROCEDIMENTO 1.1.1 A empresa interessada em obter o Certificado

Leia mais

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO Data: A partir do dia 22/06/2011 Local: FAPEU SETOR DE LICITAÇÃO (Campus Universitário s/nº, Trindade,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 017/2007 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2007 HORÁRIO: 10:00 HORAS LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

P R E F E I T U R A D E G A S P A R CNPJ 83.102.244/0001-02

P R E F E I T U R A D E G A S P A R CNPJ 83.102.244/0001-02 Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento SELEÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DA CONSTRUÇÃO CIVIL INTERESSADA NA PRODUÇÃO DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. O MUNICÍPIO

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL EDITAL DE LICITAÇÃO nº 002/2012 TOMADA DE PREÇOS PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS E PRESTAÇÕES DE CONTAS NA GESTÃO DE PROJETOS A CBHb, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC.

CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC. 1 CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC. 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA DE GESTÃO E PLANEJAMENTO DIRETORIA DE COMPRAS E LICITAÇÕES

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA DE GESTÃO E PLANEJAMENTO DIRETORIA DE COMPRAS E LICITAÇÕES ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 002/2013 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 193/2012 Órgão Processo SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA 2012007522 Modalidade Nº Data Tipo PREGAO ELETRONICO 193/2012 18/07/2012 MENOR PREÇO POR

Leia mais

Projeto Bolsa Piloto FAQ destinado aos Aeroclubes e Escolas de Aviação Civil

Projeto Bolsa Piloto FAQ destinado aos Aeroclubes e Escolas de Aviação Civil Projeto Bolsa Piloto FAQ destinado aos Aeroclubes e Escolas de Aviação Civil Como faço para concorrer a uma bolsa? O processo seletivo de alunos está sendo realizado pela Secretaria de Aviação Civil SAC/PR.

Leia mais

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas.

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas. CARTA - CONVITE Nº 001/2010 (PRORROGAÇÃO) O SOYLOCOPORTI VEM POR MEIO DESTE EDITAL DE PRORROGAÇÃO APRESENTAR A NOVA DATA DE ABERTURA PARA OS ENVELOPES DE PROPOSTAS PARA FORNECIMENTO DE IMPRESSÃO GRÁFICA

Leia mais

COMISSÃO DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA DA UNIVASF EDITAL DE SELEÇÃO N 01/2009

COMISSÃO DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA DA UNIVASF EDITAL DE SELEÇÃO N 01/2009 COMISSÃO DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA DA UNIVASF EDITAL DE SELEÇÃO N 01/2009 A Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF realizará, das 09:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 horas nos dias

Leia mais

GUARAPUAVA ESPORTE CLUBE

GUARAPUAVA ESPORTE CLUBE GUARAPUAVA ESPORTE CLUBE EDITAL DE LICITAÇÃO PELA MODALIDADECONCORRÊNCIA Nº 01/2014 CONCESSÃO DE USO DE ESPAÇO FÍSICO PARA EXPLORAÇÃO DE BAR, LANCHONETE E RESTAURANTE DE SUAS PISCINAS ABERTAS. GUARAPUAVA

Leia mais

REEDIÇÃO DE CARTA CONVITE

REEDIÇÃO DE CARTA CONVITE REEDIÇÃO DE CARTA CONVITE O INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO CULTURAL, no uso de suas atribuições e devidamente autorizado através do Termo de Permissão de Uso n 001/FTMSP/2014 (Processo n 2013-0.125.492-0),

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE RONDÔNIA SENAR-AR/RO CNPJ Nº. 04.293.236/0001-14

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE RONDÔNIA SENAR-AR/RO CNPJ Nº. 04.293.236/0001-14 AVISO DE LICITAÇÃO O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Administração Regional de Rondônia SENAR-AR/RO, comunica aos interessados que no dia 11/11/2010, ás 09:30 hs, ocorrerá a ABERTURA DOS ENVELOPES

Leia mais

ANEXO VI ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA.

ANEXO VI ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA. PREGÃO Nº 011/2007 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA. Processo nº 041.000.045/2007. VALIDADE: 12

Leia mais

EDITAL DE PRODUÇÃO DE VÍDEO DA JUSTIÇA RESTAURATIVA

EDITAL DE PRODUÇÃO DE VÍDEO DA JUSTIÇA RESTAURATIVA Instituto Cultural São Francisco de Assis Centro de Promoção da Criança e do Adolescente São Francisco de Assis Estrada João de Oliveira Remião, 4444 Lomba do Pinheiro - Porto Alegre RS www.franciscanos-rs.org.br

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY AVISO PROCESSO SELETIVO São Paulo, 23 de junho de 2014. PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 I. Proponente: Confederação Brasileira de Rugby CNPJ: 50.380.658/0001-44 E-mail: kaiza.cappi@brasilrugby.com.br Endereço:

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 38/2015 TIPO MENOR PREÇO EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais