Código de Conduta Empresarial Fazendo a diferença com Integridade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Código de Conduta Empresarial Fazendo a diferença com Integridade"

Transcrição

1 Código de Coduta Empresarial Fazedo a difereça com Itegridade

2 Uma Mesagem do Presidete da Hospira Prezados Colegas da Hospira, Gostaria de lhes apresetar o Código de Coduta Empresarial da Hospira. Na Hospira, ós podemos e fazemos a difereça quado agimos com itegridade e resposabilidade pessoal. Porque os produtos e serviços da Hospira causam impacto a saúde e bem-estar das pessoas todos os dias, ossa ateção especial à itegridade, qualidade e seguraça melhora a vida dos pacietes e desevolve cofiaça a Hospira etre todas as ossas partes iteressadas. Estamos comprometidos a fazer a coisa certa em todos os mometos. Agir com itegridade os permite gahar e mater a cofiaça de todos com quem trabalhamos, de ossos colegas a Hospira e ossos parceiros em outras empresas aos pacietes e profissioais da saúde cujas vidas ós causamos impacto e as comuidades as quais trabalhamos e vivemos. Sabemos que o sucesso de ossa empresa depede da ossa itegridade. Afial, como realizamos ossos trabalhos é tão importate como o que fazemos. O Código de Coduta Empresarial da Hospira (Código) é um guia, uma bússola ética para a tomada de decisões que apoia a visão, os valores e o compromisso da Hospira. Este código iicia com um Pricípio Orietador agir com reposabilidade pessoal que se aplica a tudo que fazemos. O Pricípio Orietador os ajuda a seguir os oito Pricípios de Itegridade que estabelece o camiho para todos ós a Hospira. Jutos estes Pricípios são a base a qual este Código foi elaborado. Pare um pouco para ler e eteder o Código. Equato ehum código pode abordar todas as situações que você pode efretar durate o seu trabalho, você deve usar o Código como um guia para ajudá-lo a tomar as decisões éticas corretas em ome da Hospira. Você é resposável pelo cumprimeto do Código e você deve fazer pergutas, buscar orietações e apresetar problemas que você acha que pode estar violado o Código. Os ossos clietes e pacietes, os ossos colegas de trabalho, as ossas famílias, ossas comuidades e ossos acioistas cotam coosco como uma empresa e como idivíduos para os coduzir com itegridade. Obrigado por fazer a difereça e por fazer com itegridade. Ateciosamete, Mike Ball

3 Ídice Itrodução Itrodução e Pricípio Orietador: Agir com resposabilidade pessoal 2 A quem o Código se aplica? 3 05 Proteger iformações cofideciais 14 O que são Iformações Cofideciais? 14 Iformações cofideciais da Hospira 14 O que se espera de você? 3 Iteligêcia competitiva 14 O que se espera de você se você for um gerete? 4 Iformação privilegiada 15 Quem você pode cotatar caso teha um perguta? 4 Iformações pessoais cofideciais 15 Iformações cofideciais de terceiros 15 Pricípios de Itegridade 01 O que acotece quado você apreseta um problema? 5 Siga as Leis, Regulametos, Políticas e Procedimetos que se Aplicam a Você e ao seu Trabalho 6 Que leis e regulametos se aplicam a Hospira e a você? 7 06 Agir com Itegridade as Iterações com os Outros 16 Comuicações e Promoções Apropriadas sobre Nossos Produtos e Serviços 16 Sem suboros, propias ou outra forma de ifluêcia idevida 17 Políticas e Procedimetos da Hospira 7 Autoridades, fucioários e represetates do govero Promova uma cultura de itegridade, respeito e cofiaça o local de trabalho 8 Aceitado presetes, refeições e hospitalidade 18 Cocorrêcia justa 18 Diversidade e Oportuidades Iguais Local de trabalho sem assédio 9 Sem retaliações 9 Ambiete de Trabalho Saudável e Seguro 9 Use os bes da Hospira com itegridade 10 O que são os Bes da Hospira? 10 Computadores, telefoes, mídia social e eletrôica 10 Requisitos de Liceça de Software 11 Veículos da empresa 11 Garata a itegridade dos livros e registros da Hospira Evite coflitos de iteresses 19 O que é um Coflito de iteresse? 19 O que se deve fazer diate de um coflito de iteresse? 19 Seja um Cidadão Global Resposável 20 Reposabilidade Social Corporativa 21 Cuidado com o meio ambiete 21 Evolvimeto a comuidade 21 Cotribuições políticas e participação o processo político 21 Atividades de Comércio Global 21 O que está icluído os Livros e Registros? 12 Precisão, hoestidade e itegralidade 12 Livros e registros fiaceiros 13 Divulgações 13 Respostas à solicitações de produção de documetos, ispeções e auditorias 13 Arquivameto de registros 13 Obrigado 22 Visão, valores e compromisso 22 Observações importates sobre o Código 22 O Teste de Itegridade 23 Ídice 24 Comuique as suas preocupações 25

4 Itrodução e Pricípio Orietador: Agir com Reposabilidade Pessoal Fazer egócios de forma ética começa com resposabilidade pessoal. Cada um de ós é resposável por certificar-se de que sigamos um camiho ético de ação e pedimos ajuda quado ão sabemos o que fazer. Esse código foi elaborado para ser um guia para ajudá-lo a compreeder os altos padrões que sustetamos e ode você pode ir caso teha dúvidas ou preocupações. 2 Código de Coduta Empresarial

5 A quem o Código se aplica? O Código se aplica a todos os diretores, autoridades, fucioários, cotratados, trabalhadores temporários e represetates da Hospira, Ic. e suas subsidiárias e empreedimetos cojutos o mudo todo (coletivamete chamados de Hospira o Código). O que se espera de você? Devemos: Ler, eteder e seguir o Código Agir como um modelo exemplar para os que estão a ossa volta Cohecer e fazer o que é esperado de você o seu trabalho Cocluir treiametos periódicos do Código e imediatamete cocluir qualquer teste relacioado e certificações de coformidade ao Código Usar o Código para lhe orietar o seu trabalho e o seu local de trabalho e evitar qualquer comportameto que viole o Código Usar o Teste de Itegridade (cosulte a págia 23) para tomar a decisão correta ao efretar um problema difícil Obter orietação quado precisar Não ivestigar ou tomar outras medidas você mesmo em relação aos problemas. O motivo de deuciar problemas é permitir que o Departameto de Recursos Humaos (RH), o Escritório de Ética e Coformidade, o Departameto de Seguraça Global ou Departameto Jurídico coduzam avaliações objetivas do problema Cooperar com toda ivestigação que se fizer dos fatos Nia acha que está ocorredo um comportameto impróprio o seu departameto, mas ela ão tem certeza. Ela explica a sua preocupação ao seu gerete que agradece Nia e diz a ela que se certificará de que o problema seja abordado de forma apropriada. Porque Nia iformou a sua preocupação, a Hospira agora pode abordá-lo ates que se tore um problema maior. Quado você vê algo que preocupa você, diga alguma coisa. Você deve apresetar problemas imediatamete para que sejam tratados com rapidez e eficácia ates que piorem. Você pode relatar qualquer violação real ou potecial do Código ao seu gerete, RH, Departameto Jurídico, Departameto de Seguraça Global, para o Escritório de Ética e Coformidade ou para o Helplie de Ética e Coformidade Global o os Estados Uidos, Caadá e a maioria dos locais em Porto Rico. Para outros locais, cosulte o site da itraet do Escritório de Ética e Coformidade Fazedo a difereça com Itegridade 3

6 O que se espera de você se você for um gerete? Se for membro da admiistração da Hospira, você tem resposabilidades adicioais de acordo com o Código: Coduzir e participar com fucioários, cotratados terceirizados e represetates que trabalhem para você, de debates iterativos que reforcem o sigificado do Código Icetivar os seus fucioários a obter orietações e apresetar preocupações à você ou a outro gerete, RH, Departameto Jurídico, Departameto de Seguraça Global, ao Escritório de Ética e Coformidade ou ao Helplie de Ética e Coformidade Global Quado você for solicitado pelo Escritório de Ética e Coformidade a cocluir uma certificação de gestão periódica de ética e coformidade, respoder de maeira completa, precisa e com rapidez Jaso deucia uma violação do Código ao seu gerete, mas porque ele acha que algus de seus amigos podem estar evolvidos, ele omite algus detalhes para protegê-los. Porque o Jaso omite iformações importates itecioalmete, esta ão é uma deúcia de boa fé e ele pode efretar medidas discipliares quado a história completa for revelada Telefoe Ligar para o Escritório de Ética e Coformidade: Chamadas a cobrar são aceitas. Você pode fazer pergutas ou apresetar uma preocupação ao seu gerete, outro gerete, RH, Departameto Jurídico, Departameto de Seguraça Global, ao Escritório de Ética e Coformidade ou ao Helplie de Ética & Coformidade Global. Você pode fazer isso de forma aôima, a meos que as leis o seu país proíbam deúcias aôimas. Quem você pode cotatar caso teha um perguta ou preocupação? Você pode etrar em cotato com o Escritório de Ética e Coformidade ou com o Helplie de Ética e Coformidade Global em qualquer uma das formas mecioadas esta págia. Helplie de Ética e Coformidade: Ligação gratuita dos Estados Uidos, Caadá e a maioria dos locais em Porto Rico. Cosulte o Escritório de Ética e Coformidade para obter todos úmeros de telefoe gratuitos fora dos Estados Uidos. Serviços de tradução estão dispoíveis o Helplie. O Helplie está dispoível 24 horas por dia, 7 dias por semaa e 365 dias por ao. Edereço para correspodêcia Hospira, Ic. Escritório de Ética & Coformidade 275 North Field Drive Dept. 051Y, H1-2S Lake Forest, IL Estados Uidos (Por favor, marque a sua correspodêcia como Cofidecial ) Fax Escritório de Ética e Coformidade: ou site da Web ou o Helplie de Ética e Coformidade Global Seguraça Para emergêcias, violêcia o local de trabalho ou perda de ativos, etre em cotato com o Cetro de Operações de Riscos de Seguraça: ou Global. Chamadas a cobrar são aceitas. 4 Código de Coduta Empresarial

7 O que acotece quado você apreseta um problema? O seu sigilo será preservado Idepedetemete de como você apreseta um problema, você pode solicitar que a sua idetidade seja matida em sigilo. Sua idetidade e seu relatório serão matidos em sigilo o máximo possível equato a Hospira avalia o problema e toma as medidas ecessárias. Se você etrar em cotato com o Escritório de Ética e Coformidade ou com o Helplie de Ética e Coformidade Global, você pode se mater aôimo a meos que as leis o seu país ão permitam o aoimato. Não será tolerada a retaliação Na Hospira, é estritamete proibido promover retaliações cotra qualquer pessoa que teha deuciado de boa fé qualquer violação do Código ou problema que teha ocorrido ou possa ocorrer (veja a caixa a direita). Se achar que está sofredo retaliações, costragimetos ou puição da admiistração, de colegas ou qualquer outra pessoa por ter feito uma deúcia de boa fé, ou se perceber retaliações feitas por causa de deúcia de boa fé, você deve deuciar a retaliação ao seu gerete, outro gerete, RH, Departameto Jurídico, ao Escritório de Ética e Coformidade ou ao Helplie de Ética e Coformidade Global. Os problemas serão avaliados A Hospira avaliará imediatamete e, se apropriado, ivestigará relatórios e alegações de violações do Código. Todas as ivestigações são feitas até que se chegue a uma solução. É preciso cooperar em todas as ivestigações de uma possível ou real violação do Código. Se a Hospira determiar que é preciso tomar alguma medida corretiva para reparar a situação e evitar que ela acoteça ovamete, a Hospira tomará todas as medidas ecessárias, icluido medidas discipliares. A Hospira talvez tome medidas discipliares, coforme o caso, podedo chegar ao desligameto de fucioários, os seguites casos: Qualquer violação do Código ou participação em qualquer violação do Código Deixar de deuciar imediatamete uma preocupação ou icidete cohecido Deúcias falsas ou de má fé de forma itecioal Recusa em cooperar com uma ivestigação Omissão do gerete em fazer o que é ecessário diate de uma violação ou problema ou egligêcia itecioal com relação a um possível problema Retaliação, represália ou assédio de qualquer pessoa que teha deuciado de boa fé algum problema ou uma violação real ou potecial do Código Acompahameto Se você fizer uma deúcia, pode acompahá-la dado mais iformações ou verificado sua situação. Você pode também etrar em cotato diretamete com o Escritório de Ética e Coformidade ou com o Helplie de Ética e Coformidade Global. Todas as deúcias feitas para o Helplie de Ética e Coformidade Global recebem um úmero de idetificação para permitir que você foreça iformações adicioais sobre a situação do problema, se ecessário. P R P R Fazer uma deúcia de boa fé sigifica que a sua deúcia é sicera e hoesta, idepedetemete do resultado da avaliação. Um idivíduo que faz uma deúcia de má fé uma deúcia que seja icompleta, isicera ou desoesta pode estar sujeita a medidas discipliares. Quais iformações preciso forecer se eu deucio um problema? Esteja preparado para declarar: Qual é o problema Nomes das pessoas evolvidas Local Hora e data do eveto Todas as outras testemuhas ou pessoas que possam cofirmar as iformações Todos os fatos que você pode forecer sobre o problema Quado devo fazer a deúcia? Deúcia: Se você testemuhar uma situação que pode estar cotra este Código, a política ou lei da Hospira Se você souber de uma situação que acoteceu com outras pessoas Se você percebeu que cometeu um erro hoesto Em qualquer destes casos, iformar o que você sabe pode ajudar a Hospira a resolver com rapidez problemas existetes e evitar problemas futuros. Fazedo a difereça com Itegridade 5

8 01 Siga as Leis, Regulametos, Políticas e Procedimetos que se Aplicam a Você e ao seu Trabalho Um aspecto importate da resposabilidade pessoal é assegurar que cada um de ós coheça e siga todas as regras que se aplicam ao trabalho que fazemos. Cohecer e seguir as leis, regulametos e as políticas e procedimetos da Hospira que se aplicam a você é fudametal. O Código e os Pricípios de Itegridade devem servir como seu guia. Outros recursos icluem a itraet da Hospira, seu gerete, outro gerete e outros cotatos listados este Código. 6 Código de Coduta Empresarial

9 Que leis e regulametos se aplicam a Hospira e a você? Há várias leis e regulametos que aplicam-se a Hospira e a todos ós, porque a Hospira é uma empresa pública em uma idústria altamete regulada. Devemos obedecer estas leis e regulametos. As autoridades goverametais e todas as partes iteressadas da Hospira -- pacietes, profissioais da saúde, outros clietes, fucioários, partes iteressadas e as ossas comuidades -- cotam coosco para fazer isto. As leis e regulametos em todos os países ode fazemos egócios exigem qualidade, seguraça e eficácia dos produtos. Se estamos evolvidos a fabricação, distribuição, teste, registro, marketig, vedas ou outros serviços referetes aos ossos produtos, devemos seguir estas leis e regulametos e forecer aos ossos clietes e pacietes produtos e serviços eficazes e seguros. Fazer isto ão é exclusivamete resposabilidade da fução cohecida como Qualidade. É resposabilidade de todos. As leis ati-suboro, icluido a Lei de Práticas Corruptas Estrageiras (FCPA) também aplicase a todos ós e a coformidade é ecessária. A FCPA proíbe oferecer ou dar suboros ou qualquer coisa de valor, seja diretamete ou idiretamete aos represetates oficiais do govero fora dos Estados Uidos (icluido profissioais da saúde trabalhado em hospitais e istituições do govero) se a iteção é Políticas e Procedimetos da Hospira As políticas e procedimetos da Hospira permitem a todos ós que trabalhamos a Hospira fazer ossos trabalhos e cumprir com as leis e os regulametos que se aplicam a ós. Algumas políticas e procedimetos da Hospira são globais e se aplicam a todos ós. A Política de Mídia Social, a Política Ati-suboro, Política de Despesas com Viages do Fucioário Global, Política de Comércio Global e a Política de Divulgação e Comuicação são apeas algus exemplos de políticas globais da Hospira. Outras políticas e procedimetos relacioados a trabalhos específicos, istalações ou departametos. Todos ós devemos cohecer e seguir as políticas e procedimetos que se aplicam a ós. promover os iteresses da empresa. A FCPA também exige que uma empresa mateha livros e registros precisos de suas trasações e cotroles iteros. Violar a FCPA e outras leis ati-suboro pode resultar em pealidades e multas para empresas e idivíduos, assim como a prisão para idivíduos. Algus exemplos de outras leis e regulametos que se aplicam a Hospira e a todos ós: Exigem que ossos produtos sejam represetados de forma precisa e uca promover usos ão aprovados. Estabelecem requisitos para iformar de forma precisa ossas trasações e desempeho fiaceiro Exigem que as reclamações e os evetos adversos relacioados aos ossos produtos sejam comuicados Referem-se aos requisitos de saúde, seguraça e meio ambiete Cotrolam a importação e exportação de mercadorias, a liberação de tecologia cotrolada, restrições ati-boicote e falsificações Você deve cosultar o seu gerete, RH, Departameto Jurídico ou o Escritório de Ética e Coformidade se você ão tem certeza quais leis e regulametos se aplicam a sua fução a Hospira. As políticas e procedimetos da Hospira podem ser ecotrados o site da itraet da Hospira Você deve cosultar o seu gerete, RH, Departameto Jurídico ou o Escritório de Ética e Coformidade se ão tiver certeza sobre quais políticas e procedimetos se aplicam a você ou se precisa assistêcia para ecotrar as políticas ou procedimetos mecioados o Código. Se você acha que uma política ou procedimeto pode ser melhorado, recomede a melhoria para o seu gerete, mas siga os regulametos existetes a meos ou até ele ter sido modificado. P R P R Sou um gerete de cotabilidade em uma afiliada da Hospira fora dos Estados Uidos. Eu acabei de cocluir um curso de treiameto exigido pela Hospira sobre a lei ati-suboro dos Estados Uidos cohecida como Lei de Práticas Corruptas Estrageiras (FCPA). Por que eu e os meus colegas precisamos saber sobre as leis dos Estados Uidos? Como fucioários de uma empresa com base os Estados uidos, idepedetemete do país que moramos ou fazemos egócios, somos todos sujeitos a determiadas leis, icluido a FCPA. A FCPA é uma lei ati-suboro que se aplica tato à empresas como idivíduos. A aplicação da FCPA cotra ossa idústria é real e dispediosa. Cohecer e obedecer estas leis, bem como a Política Ati-suboro e os Procedimetos para Iterações com os Profissioais da Saúde, ajudarão a proteger a Hospira e todos ós. Sajay, um fucioário do Cetro de Distribuição da Hospira está almoçado com uma amiga que é efermeira em um hospital local. A amiga iforma Sajay sobre um problema específico que seu hospital teve com um produto da Hospira em particular. A atureza do problema sugere que o produto ão fucioou como deveria. Sajay deve fazer algo com esta iformação, mesmo que ele teha ouvido a reclamação fora do trabalho? Sim. Todos ós temos uma resposabilidade de comuicar reclamações de produtos para o setor de Qualidade da Hospira, idepedetemete de ode as ouvimos. Relatórios podem ser eviados para a Gestão de Reclamações Global o site da itraet para sua região e deve coter todos os fatos que você cohece. A sua comuicação rápida das reclamações sobre produtos permite que a Hospira aborde problemas de forma rápida e assegura que ossos clietes e pacietes recebam produtos eficazes e seguros. Fazedo a difereça com Itegridade 7

10 02 Promova a Cultura de Itegridade, Respeito e Cofiaça o Local de Trabalho Itegridade sigifica tratar us aos outros com digidade, respeito e cofiaça o local de trabalho. Uma cultura baseada a itegridade promove um local de trabalho que pode lhe dar orgulho e prazer. Todos ós compartilhamos um compromisso de tratar os outros da maeira que queremos ser tratados com itegridade, justiça, hoestidade, respeito e cofiaça. Diversidade e Oportuidades Iguais A diversidade a ossa equipe é um dos potos mais fortes da Hospira. A Hospira, uma empresa mudial, promove a diversidade de pesametos e culturas. A Hospira está comprometida a forecer um ambiete de trabalho positivo que ofereça oportuidades de trabalho iguais para todos. A Hospira proíbe a discrimiação as ossas práticas de trabalho e cotratações. A Hospira ão tolerará a discrimiação com base em características pessoais protegidas (veja abaixo). A Hospira também está comprometida a mater um ambiete de trabalho ecorajador, em que todas as pessoas teham a oportuidade de alcaçar todo seu potecial como colaborador(a) do sucesso costate da Hospira. A Hospira está comprometida a coduzir ossa empresa de maeira cosistete com este pricípio e cumprirá as leis e regulametos relacioados ao trabalho e aos direitos humaos ode estivermos operado. A Hospira proíbe o uso de qualquer forma de trabalho ifatil ou ivolutário. Como parte da ossa cultura de iclusão, uca permitimos discrimiação ou assédio com base em qualquer uma das seguites características: Raça, cor, religião, sexo, acioalidade, cidadaia, idades, ecessidades especiais físicas ou metais, orietação sexual, estado civil, histórico militar ou qualquer outro estado protegido pelas leis aplicáveis. Isto se estede para todos os aspectos da relação de trabalho, icluido cotratações, trasferêcias, promoções, treiametos, desligametos de fucioários, ideização, recompesa e codições de trabalho. 8 Código de Coduta Empresarial

11 Local de trabalho sem assédio A Hospira está comprometida a ser justa e respeitosa e a criar um local de trabalho ode somos todos tratados com digidade. O Assédio é uma coduta idesejável, seja verbal ou física ou visual, que é iapropriada com base em um estado pessoal protegido. A Hospira proíbe abuso físico e assédio de pessoas, bem como a ameaça de um deles. A Hospira ão tolera assédio por parte de iguém, icluido supervisores, outros geretes, colegas, cotratados, forecedores, trabalhadores temporários, clietes ou outros terceiros. Para mais detalhes, cosulte a Política de Assédio o Local de Trabalho da Hospira e outras políticas o site da itraet do RH Sem retaliações A Hospira proíbe estritamete a retaliação para qualquer deúcia realizada de boa fé coforme este Código, usado qualquer dos procedimetos descritos este Código. A retaliação pode tomar várias formas, icluido: P Um gerete está fazedo ivestidas impróprias cotra um dos meus colegas, que tem medo de deuciar o problema. O que devo fazer? Isolameto cosistete dos projetos relacioados ao trabalho, reuiões ou outros camihos para forecer iformações Fracasso de um gerete em promover um idivíduo devido a qualquer motivo relacioado à deúcia Ocultar iformações relacioadas ao trabalho de idivíduos por motivos relacioados a deúcia real ou percebida Qualquer forma de assédio ou discrimiação com base em deúcia real ou percebida Qualquer fucioário que itecioalmete retaliar cotra outro por causa de uma deúcia ou que iterferir com uma ivestigação com base em tal deúcia, pode estar sujeito à medidas discipliares. Para mais detalhes, cosulte a Política de Porta Aberta da Hospira o site da itraet do RH. Ambiete de Trabalho Saudável e Seguro Todos ós devemos os setir seguros e ão preocupados com ifluêcias exteras ou iteras que podem causar impacto o seu trabalho ou ambiete de trabalho. Idepedetemete do seu trabalho ou área de trabalho, você deve cohecer e seguir as R políticas e procedimetos da Hospira referete aos problemas que afetam a saúde e seguraça e comportar-se de maeira que promova e proteja a saúde e seguraça idividual sua e dos outros. Você também deve procurar por maeiras de melhorar e reduzir os riscos para a saúde e seguraça sua e de outras pessoas. Corrigir e/ou deuciar codições potecialmete perigosas ou iseguras imediatamete. Algumas das políticas que são particularmete importates para a saúde e seguraça são: As Políticas de RH Globais e Políticas de Seguraça Globais, icluido: Violêcia e armas Fumo Álcool Uso de drogas Seguraça Os Procedimetos e Políticas de Saúde, Seguraça e Meio Ambiete Globais, icluido: Trasporte de materiais ocivos Risco à saúde e seguraça Resposabilidade ambietal Não é tolerado o assédio em local de trabalho. Todos ós merecemos trabalhar em um ambiete de respeito. Icetive os seus colegas a deuciar o problema para outro gerete, RH, Departameto Jurídico, o Escritório de Ética e Coformidade ou o Helplie de Ética e Coformidade Global. Se o colega aida ão quiser deuciar, etão você deve deuciar. Lembre-se de que a retaliação é estritamete proibida, etão deuciar um problema de boa fé ão causará impacto o seu emprego aqui a Hospira. Fazedo a difereça com Itegridade 9

12 03 Use os bes da Hospira com itegridade Todos devemos proteger e usar os bes da Hospira com resposabilidade. Compartilhamos o compromisso de usar os bes da Hospira somete para os motivos legítimos e apropriados relacioados ao trabalho e uso pessoal icidetal razoável. As usar os bes da Hospira com resposabilidade e para o bem maior da ossa empresa os permite ser produtivos e bem sucedidos a medida em que os esforçamos para cotiuar a ser um líder a ossa idústria. O que são os Bes da Hospira? Há quatro categorias gerais de bes da Hospira: 1 Pessoas, idicado você e todos os outros fucioários, cotratados, represetates, trabalhadores temporários e outras pessoas que trabalham para e em ome da Hospira 2 Propriedade, icluido os locais físicos, terreos e todos os bes tagíveis, como equipametos, artigos de escritório, crachás de seguraça, dispositivos móveis, computadores, veículos da empresa, cotas bacárias, diheiro, cartões de crédito, produtos de demostração de vedas e amostras pelos quais você é resposável. Estes bes são forecidos para fis comerciais da Hospira. 3 Produtos, icluido matéria prima, compoetes, trabalho em adameto, embalages, etiquetas, mercadorias protas e outros ites a cadeia de suprimetos da Hospira. O que é mídia eletrôica? A mídia eletrôica iclui, mas ão se limita ao correio de voz, , faxes e equipametos usados para criar e receber estas comuicações. A mídia eletrôica também iclui o uso da Iteret e mídia social, icluido blogs, Facebook, LikedI e Twitter. 4 Iformação, icluido propriedade itelectual (como patetes, marcas comerciais e direitos autorais), segredos comerciais, sistemas de iformações, sites da Web, mídia social e eletrôica, aplicativos em computadores e software liceciado. Você deve tratar os bes da Hospira como você trataria os seus próprios bes com cuidado e ateção. Roubo ou mal uso dos bes da Hospira deve ser deuciado imediatamete. Computadores, telefoes, mídia social e eletrôica Somos todos resposáveis pelo uso resposável e apropriado dos sistemas de computadores, redes e outras mídias eletrôicas da Hospira, sempre lembrado que estes bes emitidos pela empresa são de propriedade da Hospira. Devemos sempre lembrar que as ossas comuicações, especialmete as trasmissões eletrôicas, podem ser alteradas ou compartilhadas com outros sem o osso cohecimeto ou cosetimeto e podem durar bastate tempo, mesmo depois de acharmos que foram excluídas. No etato, devemos pesar com cuidado ao escrever comuicações eletrôicas e ter cautela ates de distribuir iformações da empresa ou compartilhar uma opiião em um fórum potecialmete público, icluido sites de mídia sociais. 10 Código de Coduta Empresarial

13 Abaixo ecotram-se algumas diretrizes e ormas para lembrar: A mídia eletrôica da Hospira é destiada para uso profissioal e ão deve ser usada para ehum outro fim que viole o Código. O valor que a mídia social pode trazer para a ossa empresa e relações é icotestável. No etato, ao usar qualquer forma de mídia social, é ecessário usar o bom seso e seguir todas as políticas da empresa. Qualquer forma de uso de mídia social e eletrôica iapropriado ou ilegal, icluido o forecimeto de iformações proprietárias ou cometários ilícitos ou iapropriados a Iteret ou mídia social será ivestigado e pode resultar em medidas discipliares. Mater registro de sua mídia eletrôica também deve ser uma prioridade. Os computadores e outros dispositivos devem ser protegidos por seha quado ão estiverem sedo usados e as seha uca devem ser compartilhadas. Iforme qualquer bem perdido ou roubado imediatamete. O uso pessoal ocasioal de telefoes, faxes, computadores, e acesso à Iteret da Hospira é permitido, desde que essa forma de uso ão iterfira com as atividades da Hospira, seu desempeho ou de outras pessoas, em viole o Código. Nuca baixe ou trasmita mesages ou materiais que teham coteúdo itimidador, obsceo, costragedor, ilícito, atiético ou idevido, icluido apostas, porografia, sexo explícito, isiuação visual ou verbal, apelidos de cuho ético ou racial, isultos ou estereótipos. Esta atividade estará sujeita à medidas discipliares. Você deve estar ciete de que o uso dos bes da Hospira para uso pessoal oferece direitos limitados de privacidade. A Hospira pode acessar bes de mídia eletrôica da empresa a qualquer mometo sem aviso aos fucioários, de acordo com as leis locais. Você deve usar os bes da Hospira de forma que ão permita a itrodução de vírus ou quebra de seguraça de tecologia da iformação da Hospira. Para obter mais iformações, cosulte a Política de Mídia Eletrôica da Hospira e a Política de Mídia Social o site da itraet da Hospira. Requisitos de Liceça de Software A Hospira exige que todo software usado em computadores da Hospira ou para fis comerciais esteja de acordo com sua respectiva liceça. A cópia ou uso de software sem liceça ou pirateado os computadores da Hospira ou outros equipametos a codução das atividades da Hospira é estritamete proibido. Veículos da empresa Os veículos que são forecidos, alugados, arredados ou pagos pela Hospira são cosiderados ser de propriedade da Hospira, assim você deve agir com resposabilidade e ter cuidado ao coduzir estes veículos. A Hospira desecoraja o uso de telefoes celulares e outros dispositivos móveis ao coduzir qualquer veículo, sedo ou ão um veículo da empresa. Se for ecessário o uso de um telefoe celular ou outros dispositivos móveis ao dirigir um veículo, somete o faça usado um dispositivo mãos livres, cotato que seja permitido de acordo com as leis locais. Lembre-se de que a Hospira ão é resposável por sua multas de tráfego ou estacioameto. Você deve deuciar quaisquer violações relacioadas ao tráfego e acidetes que evolvem o veículo forecido, alugado, arredado ou pago pela Hospira ao seu gerete que deve formalizar a deúcia com o Departameto de Seguraça Global. P R P R A istalação da Hospira ode o Marco trabalha esta começado a produzir um ovo dispositivo. Marco e seus colegas têm que apreder um ovo processo e Marco acha muito difícil. Depois de um dia frustrado, Marco usa um site de mídia social para explicar parte do ovo processo de forma detalhada, reclamado com seus amigos como é difícil. Marco fez algo errado? Sim ossas técicas, projetos e processos podem coter segredos comerciais que ão devem ser compartilhados com iguém fora da Hospira. Todos ós devemos ter cautela sobre o dizemos sobre a Hospira olie particularmete se a comuicação é sobre as iformações cofideciais da empresa. Mesmo quado uma postagem é destiada apeas para seus amigos, é melhor tratar a Iteret como um local público quado se trata de algo que pode ser iformação cofidecial da Hospira. Quado Xiu é promovida, algumas de suas tarefas exigem que ela use um determiado programa de computador. Quado ela mecioou isso ao seu amigo, Hua, ele disse que ela ão precisa etrar em cotado com o departameto de TI para obter o software. Hua disse que ele usa o mesmo programa e que pode forecer a ela uma cópia o CD. Está correto a Xiu aceitar a oferta de Hua? Não, Xiu deve etrar em cotato com o departameto de TI. Quado compramos um software, compramos determiados úmeros de liceças etão o úmero de pessoas que tem a permissão para usá-lo é limitado. Ao usar a cópia de Hua do software, Xiu pode estar excededo osso úmero desigado de liceças que pode resultar em um custo iesperado para a Hospira. Ao iformar o departameto de TI, Xiu ajuda eles a mater o registro de quatas liceças estão sedo usadas. Por sua vez, isto ajuda a Hospira a mater um bom relacioameto com a empresa que forece o software. Fazedo a difereça com Itegridade 11

14 04 Garata a itegridade dos livros e registros da Hospira Ao assegurar que todas as iformações registradas são verdadeiras, precisas, completas e adequadas, cada um de ós pode ajudar a garatir que as iformações que ós e ossos colegas precisamos é cofiável e está dispoível quado ecessária. Livros e registros precisos permitem que a Hospira faça plaos realísticos para o futuro e iforme o progresso da ossa Empresa aos reguladores e outras partes iteressadas exteras. O que está icluído os Livros e Registros? O termo livros e registros se aplica a todos os registros e documetos comerciais, icluido, mas ão se limitado a: Registros de cotabilidade, relatórios fiaceiros, extratos de baco, retoros de taxas, relatório das horas e relatório de despesas Faturas, cohecimeto de embarque, relatórios de preço, relatórios de vedas e otas de crédito Plaos estratégicos, comuicados de impresa, relatórios auais e opiiões jurídicas Aotações de pesquisas, livros de laboratório e resultados de testes laboratoriais Estudos clíicos e pedidos de cocessão Produção e registros de lote, especificações da fabricação e relatórios de egeharia Respostas e etrada de documetação para regulametação Plaos de saúde do fucioário, plaos de ideização e projeções relativas ao emprego Livros e registros podem ser matidos o papel, CD-ROM ou em um formato eletrôico. , correio de voz, mesages de texto, mesages istatâeas e outras formas e comuicação eletrôica podem ser registros comerciais. Precisão, Hoestidade e Itegralidade Iformações e relatórios precisos, completos e adequados é fudametal para a tomada de decisões certas. Qualquer livro e registro da Hospira que você cria, escreve, edita, aprova ou esta evolvido deve ser preciso, ítegro, justo, hoesto, completo, adequado, compreesível e em coformidade com as políticas e procedimetos da Hospira. Aprove registros somete após você tiver abordado todas as dúvidas e verificado sua precisão. Cuide para evitar o exagero, liguagem depreciativa e outras expressões que podem ficar fora do cotexto. Lembre-se de usar boas práticas de documetação. Ao fazer uma alteração em um documeto, boas práticas de documetação exigem que você: Remova o texto origial para ser alterado com um úica liha Isira o ovo texto Aote de forma breve o motivo para a alteração Assie o seu ome e a data atual Para obter mais iformações, cosulte o Procedimeto para Assiaturas Mauscritas, Alterações em Documetos e Itegridade de Dados o site da itegridade em Qualidade. 12 Código de Coduta Empresarial

15 Livros e Registros Fiaceiros Estamos comprometidos a forecer cotas, livros e registros fiaceiros precisos, completos, justos, compreesíveis e com rapidez, de acordo com as exigêcias de cotabilidade extera e itera em vigor, como os Pricípios Cotábeis Geralmete Aceitos (GAAP). Divulgações Devemos forecer divulgações precisas, completas, justas, compreesíveis e com rapidez quado os comuicamos com o público ou formalizamos deúcias com agêcias do govero. Devido a importâcia de mater a cofiaça de ivestidores e das comuidades que causamos impacto, uca devemos itecioalmete forecer iformações icorretas ou egaosas as ossas divulgações públicas. Respostas à solicitações de produção de documetos, ispeções e auditorias Somos todos resposáveis por respoder de forma precisa, completa e imediata à solicitações de produção de documetos, ispeções, auditorias e outras cosultas. Isto iclui: Coservar registros e iformações como idicado pelo Departameto Jurídico. Forecer todas as iformações que respoda a uma solicitação, ão apeas iformações que sejam favoráveis a Hospira ou a sua posição. Forecer registros completos a sua forma origial, ão registros que foram alterados após o recebimeto da solicitação. Não editar, corrigir ou reter documetos que tiverem sido solicitados, idepedetemete de quato icompleto, obscuro ou prejudicial você acha que eles são. Se você tiver dúvidas, busque orietação do Departameto Jurídico ou outro departameto apropriado da Hospira. Arquivameto de registros Todos os registros e documetos da Hospira que você cria, recebe ou é resposável de outra forma devem ser arquivados pelo tempo que for exigido pelas políticas e procedimetos de arquivameto de registros da Hospira e pelas leis e regulametação locais. As políticas de arquivameto da Hospira, que podem ser revistas periodicamete, baseiam-se em exigêcias legais vigetes e ecessidades legítimas de uma empresa como a Hospira. P O que devo fazer se o meu gerete pede para eu atedatar, ou em outras palavras colocar uma data icorreta em um relatório de laboratório? R Você deve recusar. Essa coduta costitui falsificação de um registro. Esta é uma violação grave da política e procedimetos e uma violação do Pricípio de Itegridade º 4. Você deve também deuciar a coduta a um gerete, RH, Departameto Jurídico ou ao Escritório de Ética e Coformidade. P O Departameto Jurídico da Hospira está respodedo por um processo e me solicitou algus documetos. Estou preocupado que algus dos documetos que foram solicitados podem ser iterpretados icorretamete. Posso corrigir os documetos ates de forecê-los, assim serão compreedidos melhor, ou posso forecer somete os documetos que eu acho que estão mais claros e descosiderar os documetos que acho que estão icompletos ou obscuros? R Não, você ão pode corrigir documetos ou reter documetos que foram solicitados em um processo ou outra ivestigação. Você deve forecer todos os documetos que são resposivos a sua solicitação, idepedetemete o quato icompleto ou obscuro você acha que estejam. Você deve discutir as suas preocupações específicas sobre os documetos com o Departameto Jurídico da Hospira para que eles teham a vatagem do seu cohecimetos sobre os documetos. Fazedo a difereça com Itegridade 13

16 05 Proteger Iformações Cofideciais A itegridade e a cofiaça estedem-se para proteger o sigilo das iformações ão importa se são relacioadas com a Hospira, profissioais da área médica, istituições, seus pacietes, clietes, fucioários, represetates, trabalhadores volutários ou outros idivíduos. O que são Iformações Cofideciais? Iformações Cofideciais são iformações que aida ão foram divulgadas ou dispoibilizadas para o público de forma geral. As iformações adicioais se equadram as seguites categorias: Iformações cofideciais da Hospira icluido iformações cohecidas como iformações privilegiadas e iformações materiais ão públicas Iformações pessoais Iformações de terceiros marcadas como cofideciais É ossa resposabilidade respeitar e proteger a cofidecialidade de todas estas categorias de iformações. Iformações cofideciais da Hospira A Hospira tem vários tipos de iformações que são cofideciais. Algus exemplos comus de iformações cofideciais da Hospira icluem: Projetos de produto, pesquisas, mauais, procedimetos de operação e especificações de fabricação Aálises comerciais de resultados fiaceiros, projeções fiaceiras e plaos de desevolvimeto comerciais Relatórios de vedas, pesquisa de mercado, listas de cliete e listas de preço Aplicações regulatórias, plaos de estudos clíicos, relatórios de ivestigação clíica e relatórios de avaliação de qualidade Iformações do RH, icluido plaos de ideização, plaos de saúde, registros de empregos e aálises de desempeho Programas software para computador, arquivos e registros de dados eletrôicos Equato executa seu trabalho, você pode descobrir ou ter acesso as iformações cofideciais da Hospira. É sua resposabilidade proteger essas iformações cotra a divulgação ou uso idevido. Isto iclui ão discutir sobre as iformações cofideciais da Hospira: Com terceiros, icluido membros da família e amigos (a meos que um Cotrato de Divulgação Cofidecial(CDA) tiver sido executado pela Hospira e terceiros) Com colegas que ão tiverem uma ecessidade comercial legítima para ter tais iformações Em locais públicos ode outras pessoas podem ouvir por acaso, como em aeroportos e exposições profissioais Com repórteres em ivestidores, a meos que teha sido autorizado para isso pelo departameto de Relações Públicas ou de Relações com Ivestidores Para obter mais iformações, cosulte a Política de Divulgação e Comuicação o site da itraet da Hospira. Iteligêcia competitiva Uma importate parte de ser bem sucedido em um mercado competitivo é saber o que os ossos cocorretes estão fazedo. No etato, é importate agirmos com itegridade, respeito e hoestidade ao reuir iformações competitivas. Nuca tete obter tais iformações através de fraude, coerção, ifração ou roubo. Para mais detalhes, cosulte a Política de Iteligêcia Competitiva o site da itraet do Escritório de Ética e Coformidade. 14 Código de Coduta Empresarial

17 Iformação privilegiada Como a Hospira é uma empresa de capital aberto, você uca deve comprar ou veder as ações e títulos da Hospira equato estiver em posse de iformações materiais ão públicas ou passar estas iformações para outras pessoas que podem comercializar tais iformações. iformação material ão pública é qualquer iformação que geralmete ão é cohecida ou dispoível para o público ivestidor e que poderia ser cosiderada importate por ivestidores que escolhem comprar, mater ou veder ações. Algus exemplos de iformações materiais ão públicas podem icluir: Resultados fiaceiros trimestrais e auais ou previsões Alterações importates a admiistração ou a orgaização Ações ou ivestigações do govero períodos que atecedem as datas de aúcio dos redimetos, quado a ecessidade de proteger iformações cofideciais cotra divulgações idesejadas ou uso idevido é aida maior do que em outras circustâcias. Etre em cotato como o Escritório de Ética e Coformidade ou com o Departameto Jurídico se você tiver alguma dúvida sobre esse tópico. Iformações pessoais cofideciais Estas são iformações de qualquer forma que podem ser usadas para idetificar qualquer idivíduo, icluido, mas ão se limitado à idade, ome, úmero de ID emitido pelo govero, edereço residecial, registros médicos, iformações sobre crédito e registros de empregos. P R P Trabalho perto do setor de compras e ouvi dizer que a Hospira plaeja escolher outro forecedor de uma certa matéria-prima. Vamos dobrar as vedas do ovo forecedor. Posso comprar ações dessa empresa? Não, essa iformação é cosiderada privilegiada. Você teve acesso a ela por meio do seu trabalho detro da Hospira. Você ão deve comprar ou veder ações aquela empresa ates que ovos acordos com forecedores teham se torado públicos. Trabalhei para um cocorrete ates de vir trabalhar para a Hospira. Teho iformação cofidecial sobre os futuros produtos do cocorrete. Posso usar essa iformação a miha ova fução a Hospira? Desevolvimetos reguladores ou em litígios sigificativos Aprovações de ovos produtos Vedas e aquisições comerciais Da mesma forma, você ão deve comercializar com base em ehuma iformação material ão pública que você teha cohecimeto sobre as empresas de capital aberto com as quais a Hospira faz egócios. As cosequêcias da violação de regulametos de iformações privilegiadas são sérias e podem icluir pealidades e multas crimiais e civis. Aqueles que etram em cotato com ou que lidam com qualquer paciete ou outras iformações pessoais cofideciais devem proteger a atureza cofidecial de tal iformação. Por exemplo, podemos proteger a cofidecialidade de qualquer iformação pessoal ão discutido ou gravado, removedo, copiado ou usado-a de maeira ão apropriada. Tal iformação pode ser usada apeas para os fis previstos, explícitos para os quais foi solicitada e forecida por um fucioário, cotratado, cosultor, cliete, paciete ou profissioal da saúde da Hospira. R Não. Você tem a obrigação de proteger a iformação cofidecial de seu prévio empregador, assim como todos ós devemos proteger as iformações da Hospira agora e depois que o osso cotrato de trabalho termiar a Hospira. A gratificação também é uma violação as leis de iformações privilegiadas e ao osso Código. Tippig (Gratificação) ocorre quado você divulga iformações privilegiadas para alguém e aquela pessoa comercializa a seguraça com base as iformações que você foreceu. Você ão deve divulgar iformações privilegiadas para iguém fora da Hospira, icluido membros da família e amigos, a meos que um Cotrato de Divulgação Cofidecial (CDA) teha sido aprovado de forma apropriada e assiado pela Hospira e por terceiros. Além disso, você deve evitar discutir estas iformações com colegas de trabalho, a meos que eles teham alguma ecessidade comercial. É preciso ter mais cuidado aida com as iformações cofideciais da Hospira durate períodos de vedações de egociações. Esses são Iformações cofideciais de terceiros Os terceiros com os quais trabalhamos, icluido, mas ão se limitado a forecedores, parceiros comerciais, cosultores, advogados e auditores, podem forecer iformações cofideciais para você ou outras pessoas a Hospira. Quado isto acotece, por exemplo, sob o Cotrato de Divulgação Cofidecial ou um Cotrato de Fabricação, há uma expectativa razoável de que a Hospira materá as iformações cofideciais. Se você tiver acesso a iformações cofideciais de terceiros, você deve tratá-las da mesma maeira que tratamos as iformações cofideciais da Hospira. Fazedo a difereça com Itegridade 15

18 06 Agir com Itegridade as Iterações com os Outros Ao iteragir com outras pessoas fora da Hospira, você deve se comportar com a mesma itegridade, respeito e hoestidade que você usa as suas iterações detro da Hospira. Daiel, um gerete de cotabilidade da Hospira, vai ecotrar com clietes de um hospital importate. Daiel sabe que ele talvez gahe um bôus sigificativo se ele coseguir covecê-los a comprar o ovo produto da Hospira. Ele explica como o produto pode ser usado para tratar determiada doeça. Um cliete perguta se o produto também pode ser usado para tratar uma seguda doeça. Daiel sabe que foram realizados estudos relacioados ao produto e ao uso, mas a autoridade reguladora local ão aprovou o produto para aquele uso. Embora Daiel queira receber o bôus, ele sabe que ão pode promover o produto para a seguda doeça. Promoção ão aprovada, a promoção de um produto para um uso ão aprovado é estritamete proibida pela Hospira. Se um cliete solicita iformações sobre um uso ão aprovado de um produto, a solicitação deve ser mecioada aos Assutos Médicos. Comuicações e Promoções Apropriadas sobre Nossos Produtos e Serviços Como um provedor de drogas ijetáveis e tecologias de ifusão, a coisa mais importate que podemos fazer para os ossos clietes e seus pacietes é garatir a seguraça, eficácia e alta qualidade de ossos produtos. Temos a obrigação de promover ossos produtos de forma correta para assegurar que ossos clietes teham as iformações corretas para tomar decisões fudametadas para seus pacietes. As iformações sobre ossos produtos devem ser precisas, semelhate em coteúdo e apresetação em relação ao rótulo aprovado para os produtos e devem apresetar um equilíbrio justo etre os riscos e beefícios dos produtos. Se você estiver evolvido em marketig, promoção, vedas ou comuicação sobre os produtos da Hospira, você deve obedecer as leis e as políticas da Hospira referetes à promoção dos ossos produtos. Promover um produto que ão está aprovado ou promover um produto para outro uso além do que ele foi aprovado, também cohecida como promoção ão aprovada, é estritamete proibido pela Hospira. 16 Código de Coduta Empresarial

19 Sem suboros, propias ou outra forma de ifluêcia idevida A Hospira proíbe o pagameto de suboros, propias e outras ifluêcias idevidas e ão se evolverá em ehum comportameto ilícito para veder, alugar, recomedar ou provideciar veda, aluguel, recomedação ou tratameto preferecial dos ossos produtos. A Hospira exige coformidade com as leis ati-suboro aplicáveis icluido com as Lei de Práticas Corruptas Estrageiras (U.S. Foreig Corrupt Practices Act (FCPA)) e a Lei Ati-suboro do Reio Uido (U.K. Bribery Act). Nuca vamos oferecer, pagar ou dar direta ou idiretamete ehuma forma de suboro a iguém por qualquer motivo. Para ser claro, um suboro é um item ou serviço de valor dado com a iteção de persuadir alguém a usar ossos produtos ou serviços ou para promover ossos egócios. Um suboro pode apresetar-se de várias formas, icluido: Diheiro ou equivalete a diheiro, como um cartão presete Presetes luxuosos ou excessivos, refeições, etreteimeto ou outras hospitalidades Plaos de cosultoria com tarifas ultrapassado o Valor Justo de Mercado para o serviço forecido Qualquer pagameto de facilitação ou agilização, que é um pagameto pequeo efetuado para acelerar ações rotieiras do goveros, como emitir autorizações Empréstimo codicioal, ilícito ou de outra forma ão permissível Qualquer refeição ou hospitalidade ode um represetate da Hospira da parte que está oferecedo ão está presete o eveto ou ode o propósito ão está relacioado aos egócios. Você deve evitar até a impressão de oferta ou aceitação de ifluêcia idevida, suboro ou propia, ou de evolvimeto em qualquer outra atividade que possa exercer ifluêcia ilícita sobre o julgameto de quem toma alguma decisão. Cortesias como simples refeições, hospitalidades e presetes de valor simbólico só podem ser oferecidos ou dados para outras pessoas se estiverem de acordo com as políticas e procedimetos da Hospira e as leis, regras, códigos de coduta, políticas e procedimetos aplicáveis à situação. A Política Ati-suboro da Hospira e os Procedimetos para Relacioametos com Profissioais da Área Médica (PICs) específicos da região o site da itraet do Escritório de Ética e Coformidade forecem orietação sobre o tópico de cortesia comercial para profissioais da saúde. Etre em cotato com o Escritório de Ética e Coformidade ou com o Departameto Jurídico para obter orietação se tiver dúvida sobre a adequação de se oferecer, dar ou receber algum presete, refeição, etreteimeto, serviço, pagameto ou qualquer item de valor de ou para qualquer firma ou pessoa que ão seja da Hospira. P Em mihas viages de egócios, coverso muito com clietes durate almoços e jatares. O que devo observar para decidir se uma refeição é simples? R Simples sigifica que uma refeição deve ser moderada o preço, ambiete e frequêcia. Você ão precisa escolher o restaurate mais barato, mas também ão escolha o mais caro. Você deve também assegurar de que o propósito pricipal para a refeição é coversar sobre os egócios. Fazedo a difereça com Itegridade 17

20 Autoridades, fucioários e represetates do govero Agir com itegridade iclui ser hoesto e trasparete com autoridades do govero, icluido agêcias reguladoras, promotores e tribuais de justiça. Todas as comuicações com estas agêcias do govero devem ser verdadeiras e precisas. Para problemas ão rotieiros, como ivestigações do govero ou respostas a ordes judiciais ou itimações, cosulte o Departameto Jurídico ates de eviar uma resposta. A maioria dos países, provícias, estados ou jurisdições locais tem regras estritas sobre o que pode e ão pode ser oferecido, pago ou dado aos fucioários, membros, cotratados e represetates do govero. Isto iclui refeição, viagem, hospitalidade, presetes e plaos de cosultoria. As violações destas regras podem sujeitar você e a Hospira à puição, icluido multas e prisão. As leis ati-suboro em todos os países, icluido as Lei de Práticas Corruptas Estrageiras (FCPA) proíbem a oferta para forecer, direta ou idiretamete, qualquer coisa de valor a um fucioário ou membro do govero para o propósito de iflueciar egócios ou para realizar uma fução oficial. Os termos fucioários do govero e represetates oficiais do govero podem icluir um fucioário ou represetate oficial do govero local ou acioal, um cadidato político, um represetate de uma orgaização como um Miistro da Saúde de um país, ou um fucioário ou represetate oficial do govero ou etidades cotroladas pelo govero. Relevate para ossa empresa, represetates oficiais do govero icluem profissioais da saúde que fazem parte do sistema público de saúde ou estadual, icluido médicos, efermeiras, resposáveis pelas compras que trabalham em um hospital que faça parte do sistema público de saúde. Aceitado Presetes, Refeições e Hospitalidade Trocar presetes simples, refeições e outras hospitalidades com seus parceiros pode os ajudar a costruir relacioametos comerciais saudáveis. No etato, é importate ter cosciêcia que quado os presetes e hospitalidades são geerosos demais, podem levar a ifluêcias em favor do doador. Devemos ter cuidado para uca aceitar ou oferecer um presete, refeição ou hospitalidade que pode ser torar, ou apeas parecer se torar, uma ifluêcia ilícita. É preciso usar o osso próprio julgameto para decidir se devemos ou ão aceitar presetes de valor simbólico ou refeições de egócios simples ou hospitalidade. Da mesma forma, podemos apeas aceitar refeições e hospitalidade que estejam coectados a uma reuião de egócios e que estejam razoavelmete relacioados a uma reuião de egócios. Quado em dúvida, cosulte o seu gerete, Departameto Jurídico ou o Escritório de Ética e Coformidade. Para obter mais detalhes, cosulte a Políticas sobre Presetes, Hospitalidade e Outras Iterações com Forecedores o site da itraet do Escritório de Ética e Coformidade. Cocorrêcia justa A Hospira está comprometida com a cocorrêcia justa. Isso sigifica, etre outras coisas, que se você estiver evolvido a compra, marketig ou veda de produtos ou serviços você deve agir com ética e seguir todas as leis e regulametação que se aplicam a essas atividades, icluido leis atitruste, leis ati-suboro e alegações frauduletas. Você ão deve se evolver ou tolerar métodos de cocorrêcia desleais, determiação do preço ou atos ou práticas comerciais desoestos. Se tópicos ati-cocorrêcia surgem ao falar de um cocorrete ou cliete, você deve parar a discussão imediatamete e comuicar ao Departameto Jurídico ou ao Escritório de Ética e Coformidade. Equato as associações da idústria forecem exceletes oportuidades para o desevolvimeto comercial e de redes de comuicação, elas também propõem desafios. Ao participar destes evetos, você deve ter cuidado para evitar até a impressão de práticas comerciais desoestas. P R Um cocorrete me ligou para comparar preços com relação a um orçameto que daremos em breve. Recusei forecer as iformações. Fiz o que era certo? Sim, você fez o que é certo. Discutir preços com um cocorrete é uma cocorrêcia desleal e uma violação das leis, assim como do Pricípio de Itegridade º 6. Você deve deuciar esta ligação imediatamete ao Departameto Jurídico. 18 Código de Coduta Empresarial

Código de Ética e Conduta Empresarial

Código de Ética e Conduta Empresarial Código de Ética e Coduta Empresarial 2015 RELX Group Código de Ética e Coduta Empresarial 2 Coteúdo Nosso compromisso com a itegridade Uma mesagem do osso diretor executivo Filosofia e valores de ossa

Leia mais

O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA

O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA A SEGURANÇA FAZ PARTE DA ESSÊNCIA DA VOLVO Ao lado da qualidade e do respeito ao meio ambiete, a seguraça é um dos valores corporativos que orteiam todas as ações

Leia mais

1. O Cartão ACP Master...2. 2. Precauções a ter com o seu Cartão ACP Master...2

1. O Cartão ACP Master...2. 2. Precauções a ter com o seu Cartão ACP Master...2 GUIA DO UTILIZADOR Cartão ACP Master Ídice 1. O Cartão ACP Master...2 2. Precauções a ter com o seu Cartão ACP Master...2 3. O que fazer em caso de perda, furto, roubo ou extravio do cartão...3 4. Ode

Leia mais

Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Econômica da Implantação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais

Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Econômica da Implantação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Ecoômica da Implatação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais Josiae Costa Durigo Uiversidade Regioal do Noroeste do Estado do Rio Grade do Sul - Departameto

Leia mais

Sistema Computacional para Medidas de Posição - FATEST

Sistema Computacional para Medidas de Posição - FATEST Sistema Computacioal para Medidas de Posição - FATEST Deise Deolido Silva, Mauricio Duarte, Reata Ueo Sales, Guilherme Maia da Silva Faculdade de Tecologia de Garça FATEC deisedeolido@hotmail.com, maur.duarte@gmail.com,

Leia mais

CAPÍTULO 8 - Noções de técnicas de amostragem

CAPÍTULO 8 - Noções de técnicas de amostragem INF 6 Estatística I JIRibeiro Júior CAPÍTULO 8 - Noções de técicas de amostragem Itrodução A Estatística costitui-se uma excelete ferrameta quado existem problemas de variabilidade a produção É uma ciêcia

Leia mais

1.4- Técnicas de Amostragem

1.4- Técnicas de Amostragem 1.4- Técicas de Amostragem É a parte da Teoria Estatística que defie os procedimetos para os plaejametos amostrais e as técicas de estimação utilizadas. As técicas de amostragem, tal como o plaejameto

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES E GESTÃO TERRITORIAL PPGTG DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ECV

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES E GESTÃO TERRITORIAL PPGTG DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ECV PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES E GESTÃO TERRITORIAL PPGTG DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ECV DISCIPLINA: TGT410026 FUNDAMENTOS DE ESTATÍSTICA 8ª AULA: ESTIMAÇÃO POR INTERVALO

Leia mais

O erro da pesquisa é de 3% - o que significa isto? A Matemática das pesquisas eleitorais

O erro da pesquisa é de 3% - o que significa isto? A Matemática das pesquisas eleitorais José Paulo Careiro & Moacyr Alvim O erro da pesquisa é de 3% - o que sigifica isto? A Matemática das pesquisas eleitorais José Paulo Careiro & Moacyr Alvim Itrodução Sempre que se aproxima uma eleição,

Leia mais

MAN TeleMatics. O caminho para uma frota eficiente.

MAN TeleMatics. O caminho para uma frota eficiente. Dowloadig % 99 SYSTEM Dowloadig % 71 % 25 Dowloadig % 25 % 16 % 88 START % 29 % 06 Dowloadig % 34 Dowloadig % 23 % 16 % 48 % 65 Dowloadig % 75 Dowloadig % 23 MAN TeleMatics. O camiho para uma frota eficiete.

Leia mais

06 a 10 de abril de 2016 Hotel Bourbon Cataratas Foz do Iguaçu - PR. REF: Exposição Paralela

06 a 10 de abril de 2016 Hotel Bourbon Cataratas Foz do Iguaçu - PR. REF: Exposição Paralela 2º CONGRESSO BRASILEIRO DE ONDAS DE CHOQUE 06 a 10 de abril de 2016 Hotel Bourbo Cataratas Foz do Iguaçu - PR REF: Exposição Paralela Motadora Oficial: Stads Solutios STTC Evetos e Turismo Telefoe: (45)

Leia mais

LAYOUT CONSIDERAÇÕES GERAIS DEFINIÇÃO. Fabrício Quadros Borges*

LAYOUT CONSIDERAÇÕES GERAIS DEFINIÇÃO. Fabrício Quadros Borges* LAYOUT Fabrício Quadros Borges* RESUMO: O texto a seguir fala sobre os layouts que uma empresa pode usar para sua arrumação e por coseguite ajudar em solucioar problemas de produção, posicioameto de máquias,

Leia mais

SIME Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial

SIME Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial SIME Sistema de Icetivos à Moderização Empresarial O presete documeto pretede fazer um resumo da Portaria.º 687/2000 de 31 de Agosto com as alterações itroduzidas pela Portaria.º 865-A/2002 de 22 de Julho,

Leia mais

ActivALEA. ative e atualize a sua literacia

ActivALEA. ative e atualize a sua literacia ActivALEA ative e atualize a sua literacia N.º 29 O QUE É UMA SONDAGEM? COMO É TRANSMIITIIDO O RESULTADO DE UMA SONDAGEM? O QUE É UM IINTERVALO DE CONFIIANÇA? Por: Maria Eugéia Graça Martis Departameto

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE MANUTENÇÃO EM VEÍCULOS CHEVROLET

MINUTA DE CONTRATO DE MANUTENÇÃO EM VEÍCULOS CHEVROLET 20 MINUTA DE CONTRATO DE MANUTENÇÃO EM VEÍCULOS CHEVROLET CONTRATANTE: TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO, iscrito o CNPJ/MF sob o.º 00.509.968/0001-48, sediado a Praça dos Tribuais Superiores, bloco D, s/.º,

Leia mais

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova Fudametos de Bacos de Dados 3 a Prova Prof. Carlos A. Heuser Julho de 2008 Duração: 2 horas Prova com cosulta Questão (Costrução de modelo ER - Peso 2 Deseja-se costruir um sistema WEB que armazee a comuicação

Leia mais

PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato

PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato 1 PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato 1. Estimação: O objetivo da iferêcia estatística é obter coclusões a respeito de populações através de uma amostra extraída

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia. de 21 de Abril de 2004. que cria o título executivo europeu para créditos não contestados

Jornal Oficial da União Europeia. de 21 de Abril de 2004. que cria o título executivo europeu para créditos não contestados 30.4.2004 L 143/15 REGULAMENTO (CE) N. o 805/2004 DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO de 21 de Abril de 2004 que cria o título executivo europeu para créditos ão cotestados O PARLAMENTO EUROPEU E O CONSELHO

Leia mais

Problema de Fluxo de Custo Mínimo

Problema de Fluxo de Custo Mínimo Problema de Fluo de Custo Míimo The Miimum Cost Flow Problem Ferado Nogueira Fluo de Custo Míimo O Problema de Fluo de Custo Míimo (The Miimum Cost Flow Problem) Este problema possui papel pricipal etre

Leia mais

5 Proposta de Melhoria para o Sistema de Medição de Desempenho Atual

5 Proposta de Melhoria para o Sistema de Medição de Desempenho Atual 49 5 Proposta de Melhoria para o Sistema de Medição de Desempeho Atual O presete capítulo tem por objetivo elaborar uma proposta de melhoria para o atual sistema de medição de desempeho utilizado pela

Leia mais

SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO FRANCÊS DESENVOLVIDO ATRAVÉS DA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA¹

SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO FRANCÊS DESENVOLVIDO ATRAVÉS DA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA¹ SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO FRANCÊS DESENVOLVIDO ATRAVÉS DA RESUMO LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA¹ Deis C. L. Costa² Edso C. Cruz Guilherme D. Silva Diogo Souza Robhyso Deys O presete artigo forece o ecadeameto

Leia mais

APOSTILA MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS

APOSTILA MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS Miistério do Plaejameto, Orçameto e GestãoSecretaria de Plaejameto e Ivestimetos Estratégicos AJUSTE COMPLEMENTAR ENTRE O BRASIL E CEPAL/ILPES POLÍTICAS PARA GESTÃO DE INVESTIMENTOS PÚBLICOS CURSO DE AVALIAÇÃO

Leia mais

Artículo técnico CVM-NET4+ Cumpre com a normativa de Eficiência Energética. Novo analisador de redes e consumo multicanal Situação actual

Artículo técnico CVM-NET4+ Cumpre com a normativa de Eficiência Energética. Novo analisador de redes e consumo multicanal Situação actual 1 Artículo técico Joatha Azañó Departameto de Gestão Eergética e Qualidade de Rede CVM-ET4+ Cumpre com a ormativa de Eficiêcia Eergética ovo aalisador de redes e cosumo multicaal Situação actual As ormativas

Leia mais

Guia do Professor. Matemática e Saúde. Experimentos

Guia do Professor. Matemática e Saúde. Experimentos Guia do Professor Matemática e Saúde Experimetos Coordeação Geral Elizabete dos Satos Autores Bárbara N. Palharii Alvim Sousa Karia Pessoa da Silva Lourdes Maria Werle de Almeida Luciaa Gastaldi S. Souza

Leia mais

Tabela Price - verdades que incomodam Por Edson Rovina

Tabela Price - verdades que incomodam Por Edson Rovina Tabela Price - verdades que icomodam Por Edso Rovia matemático Mestrado em programação matemática pela UFPR (métodos uméricos de egeharia) Este texto aborda os seguites aspectos: A capitalização dos juros

Leia mais

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA Edso Talamii CEPAN, Uiversidade Federal do Rio Grade do Sul, Av. João Pessoa, 3,

Leia mais

INE 5111- ESTATÍSTICA APLICADA I - TURMA 05324 - GABARITO LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE AMOSTRAGEM E PLANEJAMENTO DA PESQUISA

INE 5111- ESTATÍSTICA APLICADA I - TURMA 05324 - GABARITO LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE AMOSTRAGEM E PLANEJAMENTO DA PESQUISA INE 5111- ESTATÍSTICA APLICADA I - TURMA 534 - GABARITO LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE AMOSTRAGEM E PLANEJAMENTO DA PESQUISA 1. Aalise as situações descritas abaixo e decida se a pesquisa deve ser feita por

Leia mais

Pesquisa Operacional

Pesquisa Operacional Faculdade de Egeharia - Campus de Guaratiguetá esquisa Operacioal Livro: Itrodução à esquisa Operacioal Capítulo 6 Teoria de Filas Ferado Maris fmaris@feg.uesp.br Departameto de rodução umário Itrodução

Leia mais

Greg Horine Rio de Janeiro 2009

Greg Horine Rio de Janeiro 2009 Greg Horie Rio de Jaeiro 2009 Sumário Resumido Itrodução...1 Parte I Dado partida ao gereciameto de projeto...5 1 Paorama de Gereciameto de Projeto...7 2 O Gerete de Projeto...19 3 Elemetos esseciais para

Leia mais

Mauá Prev Regime de tributação do Pao de Aposetadoria Mauá Prev será escohido peos próprios participates A Lei º 11.053, de 29/12/2004, dá aos participates de paos de previdêcia compemetar do tipo cotribuição

Leia mais

CURTOSE. Teremos, portanto, no tocante às situações de Curtose de um conjunto, as seguintes possibilidades:

CURTOSE. Teremos, portanto, no tocante às situações de Curtose de um conjunto, as seguintes possibilidades: CURTOSE O que sigifica aalisar um cojuto quato à Curtose? Sigifica apeas verificar o grau de achatameto da curva. Ou seja, saber se a Curva de Freqüêcia que represeta o cojuto é mais afilada ou mais achatada

Leia mais

Dispensa e Redução de Contribuições

Dispensa e Redução de Contribuições Dispesa Temporária do Pagameto de Cotribuições Dec - Lei º 89/95, de 6 de Maio Dec - Lei º 34/96, de 18 de Abril Dec - Lei º 51/99, de 20 de Fevereiro Lei º 103/99, de 26 de Julho Taxa Cotributiva Dec

Leia mais

Plano de Aula. Teste de Turing. Definição. Máquinas Inteligentes. Definição. Inteligência Computacional: Definições e Aplicações

Plano de Aula. Teste de Turing. Definição. Máquinas Inteligentes. Definição. Inteligência Computacional: Definições e Aplicações Potifícia Uiversidade Católica do Paraá Curso de Especialização em Iteligêcia Computacioal 2004/2005 Plao de Aula Iteligêcia Computacioal: Defiições e Aplicações Luiz Eduardo S. Oliveira, Ph.D. soares@ppgia.pucpr.br

Leia mais

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova Fudametos de Bacos de Dados 3 a Prova Prof. Carlos A. Heuser Dezembro de 2007 Duração: 2 horas Prova com cosulta Questão 1 (Costrução de modelo ER - Peso 3) Deseja-se costruir um sistema WEB que armazee

Leia mais

SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO

SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO CAPÍTULO 08 SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO Simplificação Admiistrativa Plaejameto da Simplificação Pré-requisitos da Simplificação Admiistrativa Elaboração do Plao de Trabalho Mapeameto do Processo Mapeameto

Leia mais

UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE

UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE Debora Jaesch Programa de Pós-Graduação em Egeharia de Produção

Leia mais

Esta Norma estabelece o procedimento para calibração de medidas materializadas de volume, de construção metálica, pelo método gravimétrico.

Esta Norma estabelece o procedimento para calibração de medidas materializadas de volume, de construção metálica, pelo método gravimétrico. CALIBRAÇÃO DE MEDIDAS MATERIALIZADAS DE VOLUME PELO MÉTODO GRAVIMÉTRICO NORMA N o 045 APROVADA EM AGO/03 N o 01/06 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Resposabilidade 4 Documetos Complemetes 5 Siglas

Leia mais

Kit de ferramentas de Advocacy

Kit de ferramentas de Advocacy ROOTS 1+2 ROOTS Kit de ferrametas de Advocacy SEGUNDA EDIÇÃO ROOTS: Recursos para Orgaizações com Oportuidades de Trasformação e Socialização ROOTS 1 E 2 Kit de ferrametas de Advocacy Seguda edição De

Leia mais

Módulo 4 Matemática Financeira

Módulo 4 Matemática Financeira Módulo 4 Matemática Fiaceira I Coceitos Iiciais 1 Juros Juro é a remueração ou aluguel por um capital aplicado ou emprestado, o valor é obtido pela difereça etre dois pagametos, um em cada tempo, de modo

Leia mais

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova Fudametos de Bacos de Dados 3 a Prova Prof. Carlos A. Heuser Dezembro de 2008 Duração: 2 horas Prova com cosulta Questão (Costrução de modelo ER) Deseja-se projetar uma base de dados que dará suporte a

Leia mais

Questionário sobre o clima ESCOLAR. Um questionário para pais e guardiãos sobre: Igualdade e Educação Inclusiva Intimidação/Assédio

Questionário sobre o clima ESCOLAR. Um questionário para pais e guardiãos sobre: Igualdade e Educação Inclusiva Intimidação/Assédio Questioário sobre o cima ESCOLAR Um questioário para pais e guardiãos sobre: Iguadade e Educação Icusiva Itimidação/Assédio Nome da escoa: Idetificação da escoa: Nome da juta escoar/autoridade: Idetificação

Leia mais

Modelando o Tempo de Execução de Tarefas em Projetos: uma Aplicação das Curvas de Aprendizagem

Modelando o Tempo de Execução de Tarefas em Projetos: uma Aplicação das Curvas de Aprendizagem 1 Modelado o Tempo de Execução de Tarefas em Projetos: uma Aplicação das Curvas de Apredizagem RESUMO Este documeto aborda a modelagem do tempo de execução de tarefas em projetos, ode a tomada de decisão

Leia mais

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK. José Ignácio Jaeger Neto jaeger@via-rs.net Fernanda Schmidt Bocoli fernanda-bocoli@procergs.rs.gov.

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK. José Ignácio Jaeger Neto jaeger@via-rs.net Fernanda Schmidt Bocoli fernanda-bocoli@procergs.rs.gov. Gerêcia de Projetos de Software CMM & PMBOK José Igácio Jaeger Neto jaeger@via-rs.et Ferada Schmidt Bocoli ferada-bocoli@procergs.rs.gov.br CMM Capability Maturity Model http://www.sei.cmu.edu/ Prefácio

Leia mais

Matemática Em Nível IME/ITA

Matemática Em Nível IME/ITA Caio dos Satos Guimarães Matemática Em Nível IME/ITA Volume 1: Números Complexos e Poliômios 1ª Edição São José dos Campos 007 SP Prefácio O livro Matemática em Nível IME/ITA tem como objetivo ão somete

Leia mais

BASES DE DADOS I LTSI/2. Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011

BASES DE DADOS I LTSI/2. Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011 BASES DE DADOS I LTSI/2 Uiversidade da Beira Iterior, Departameto de Iformática Hugo Pedro Proeça, 200/20 Modelo Coceptual Modelo Coceptual de uma Base de Dados Esquematização dos dados ecessários para

Leia mais

CARTILHA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL

CARTILHA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL CARTILHA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL 2ª Edição, Brasília - 2007 Trabalho elaborado com a colaboração do Istituto Brasileiro do Meio Ambiete e dos Recursos Naturais Reováveis Negócio Cotrole Extero da Admiistração

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DA MODELAGEM MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO: ÂNGULO DE VISÃO DAS CORES DO ARCO-ÍRIS

CONTRIBUIÇÕES DA MODELAGEM MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO: ÂNGULO DE VISÃO DAS CORES DO ARCO-ÍRIS CONTRIBUIÇÕES DA MODELAGEM MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO: ÂNGULO DE VISÃO DAS CORES DO ARCO-ÍRIS Profª. Drª. Vailde Bisogi UNIFRA vailde@uifra.br Prof. Rodrigo Fioravati Pereira UNIFRA prof.rodrigopereira@gmail.com

Leia mais

PRESTAÇÃO = JUROS + AMORTIZAÇÃO

PRESTAÇÃO = JUROS + AMORTIZAÇÃO AMORTIZAÇÃO Amortizar sigifica pagar em parcelas. Como o pagameto do saldo devedor pricipal é feito de forma parcelada durate um prazo estabelecido, cada parcela, chamada PRESTAÇÃO, será formada por duas

Leia mais

A seguir, uma demonstração do livro. Para adquirir a versão completa em papel, acesse: www.pagina10.com.br

A seguir, uma demonstração do livro. Para adquirir a versão completa em papel, acesse: www.pagina10.com.br A seguir, uma demostração do livro. Para adquirir a versão completa em papel, acesse: www.pagia10.com.br Matemática comercial & fiaceira - 2 4 Juros Compostos Iiciamos o capítulo discorredo sobre como

Leia mais

A ESEC para o Novo Aluno...

A ESEC para o Novo Aluno... Praça Heróis do Ultramar Solum, 3030-329 Coimbra, Portugal Tel: (+ 35) 239 79 3 45/ 22 Fax: (+ 35) 239 40 46 www.esec.pt A ESEC para o Novo Aluo... CONTEÚDO A ESEC Serviços Directores de Curso Iformações

Leia mais

Faculdade de Engenharia Investigação Operacional. Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu

Faculdade de Engenharia Investigação Operacional. Prof. Doutor Engº Jorge Nhambiu Programação Diâmica Aula 3: Programação Diâmica Programação Diâmica Determiística; e Programação Diâmica Probabilística. Programação Diâmica O que é a Programação Diâmica? A Programação Diâmica é uma técica

Leia mais

Calendário de inspecções em Manutenção Preventiva Condicionada com base na Fiabilidade

Calendário de inspecções em Manutenção Preventiva Condicionada com base na Fiabilidade Caledário de ispecções em Mauteção Prevetiva Codicioada com base a Fiabilidade Rui Assis Faculdade de Egeharia da Uiversidade Católica Portuguesa Rio de Mouro, Portugal rassis@rassis.com http://www.rassis.com

Leia mais

Prova Específica para o Curso de Administração e Ciências Contábeis

Prova Específica para o Curso de Administração e Ciências Contábeis Prova Específica para o Curso de Admiistração e Ciêcias Cotábeis 06 de dezembro de 011 INSTRUÇÕES 1. Verifique se este cadero cotém 30 questões.. Ao costatar qualquer irregularidade com relação ao total

Leia mais

Confidencial. informativo exclusivo para os cooperados da unimed-rio MArço de 2009

Confidencial. informativo exclusivo para os cooperados da unimed-rio MArço de 2009 Mesmo em ao difícil, cooperativa tem resultados positivos págia 3 Portabilidade dos plaos de saúde é aprovada pela ANS e passa a valer a partir de abril págia 4 37 Cofidecial iformativo exclusivo para

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA COM MICROSOFT EXCEL

MATEMÁTICA FINANCEIRA COM MICROSOFT EXCEL MATEMÁTICA FINANCEIRA COM MICROSOFT EXCEL 2 OBJETIVO Trasmitir ao participate as formas de evolução do diheiro com o tempo as aplicações e empréstimos e istrumetos para aálise de alterativas de ivestimetos,

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA MATEMÁTICA FINANCEIRA Prof. Gilmar Boratto Material de apoio para o curso de Admiistração. ÍNDICE CONCEITOS BÁSICOS...- 2-1- CONCEITO DE FLUXO DE CAIXA...- 2-2-A MATEMÁTICA FINANCEIRA E SEUS OBJETIVOS...-

Leia mais

CUSTOS AMBIENTAIS E RESPONSABILIDADE SOCIAL NA BIOSSEGURANÇA

CUSTOS AMBIENTAIS E RESPONSABILIDADE SOCIAL NA BIOSSEGURANÇA CUSTOS AMBIENTAIS E RESPONSABILIDADE SOCIAL NA BIOSSEGURANÇA MARIANO YOSHITAKE Adelmo Ferado Ribeiro Schidler Júior Adriao Moitiho Pito Iracema Raimuda Brito das Neves Aselmo Teixeira Motes Resumo: O objetivo

Leia mais

INTEGRAÇÃO DAS CADEIAS DE SUPRIMENTOS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL COM BASE NA SELEÇÃO DE FORNECEDORES

INTEGRAÇÃO DAS CADEIAS DE SUPRIMENTOS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL COM BASE NA SELEÇÃO DE FORNECEDORES INTEGRAÇÃO DAS CADEIAS DE SUPRIMENTOS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL COM BASE NA SELEÇÃO DE FORNECEDORES Margaret Souza Schmidt Jobim (); Helvio Jobim Filho (); Valdeci Maciel (3) () Uiversidade Federal

Leia mais

Aula 7. Em outras palavras, x é equivalente a y se, ao aplicarmos x até a data n, o montante obtido for igual a y.

Aula 7. Em outras palavras, x é equivalente a y se, ao aplicarmos x até a data n, o montante obtido for igual a y. DEPARTAMENTO...: ENGENHARIA CURSO...: PRODUÇÃO DISCIPLINA...: ENGENHARIA ECONÔMICA / MATEMÁTICA FINANCEIRA PROFESSORES...: WILLIAM FRANCINI PERÍODO...: NOITE SEMESTRE/ANO: 2º/2008 Aula 7 CONTEÚDO RESUMIDO

Leia mais

7. ANÁLISE COMBINATÓRIA Professor Fernando Vargas. n 1 Cuidado

7. ANÁLISE COMBINATÓRIA Professor Fernando Vargas. n 1 Cuidado 7. ANÁLISE COMBINATÓRIA Professor Ferado Vargas É a área da Matemática que trata dos problemas de cotagem. Estuda problemas que evolvem o cálculo do úmero de agrupametos que podem ser feitos com os elemetos

Leia mais

A TORRE DE HANÓI Carlos Yuzo Shine - Colégio Etapa

A TORRE DE HANÓI Carlos Yuzo Shine - Colégio Etapa A TORRE DE HANÓI Carlos Yuzo Shie - Colégio Etapa Artigo baseado em aula miistrada a IV Semaa Olímpica, Salvador - BA Nível Iiciate. A Torre de Haói é um dos quebra-cabeças matemáticos mais populares.

Leia mais

CARTILHA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL

CARTILHA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL CARTILHA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL 2ª Edição, Brasília - 2007 Trabalho elaborado com a colaboração do Istituto Brasileiro do Meio Ambiete e dos Recursos Naturais Reováveis Negócio Cotrole Extero da Admiistração

Leia mais

CAPÍTULO 5 - INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA

CAPÍTULO 5 - INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA CAPÍTULO 5 - INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA 5. INTRODUÇÃO É freqüete ecotrarmos problemas estatísticos do seguite tipo : temos um grade úmero de objetos (população) tais que se fossem tomadas as medidas

Leia mais

O QUE SÃO E QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL EM ESTATÍSTICA PARTE li

O QUE SÃO E QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL EM ESTATÍSTICA PARTE li O QUE SÃO E QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL EM ESTATÍSTICA PARTE li Média Aritmética Simples e Poderada Média Geométrica Média Harmôica Mediaa e Moda Fracisco Cavalcate(f_c_a@uol.com.br)

Leia mais

UM ESTUDO DO MODELO ARBITRAGE PRICING THEORY (APT) APLICADO NA DETERMINAÇÃO DA TAXA DE DESCONTOS

UM ESTUDO DO MODELO ARBITRAGE PRICING THEORY (APT) APLICADO NA DETERMINAÇÃO DA TAXA DE DESCONTOS UM ESTUDO DO MODELO ARBITRAGE PRICING THEORY (APT) APLICADO NA DETERMINAÇÃO DA TAXA DE DESCONTOS Viícius Atoio Motgomery de Mirada e-mail: vmotgomery@hotmail.com Edso Oliveira Pamploa e-mail: pamploa@iem.efei.rmg.br

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/2014 -

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/2014 - CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/014 - ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AOS SEGUINTES CARGOS: Auxiliar de Saúde Soldador

Leia mais

Carteiras de Mínimo VAR ( Value at Risk ) no Brasil

Carteiras de Mínimo VAR ( Value at Risk ) no Brasil Carteiras de Míimo VAR ( Value at Risk ) o Brasil Março de 2006 Itrodução Este texto tem dois objetivos pricipais. Por um lado, ele visa apresetar os fudametos do cálculo do Value at Risk, a versão paramétrica

Leia mais

Introdução ao Estudo de Sistemas Lineares

Introdução ao Estudo de Sistemas Lineares Itrodução ao Estudo de Sistemas Lieares 1. efiições. 1.1 Equação liear é toda seteça aberta, as icógitas x 1, x 2, x 3,..., x, do tipo a1 x1 a2 x2 a3 x3... a x b, em que a 1, a 2, a 3,..., a são os coeficietes

Leia mais

O uso de questionários em trabalhos científicos

O uso de questionários em trabalhos científicos 1. Itrodução O uso de questioários em trabalhos cietíficos Um questioário é tão somete um cojuto de questões, feito para gerar os dados ecessários para se verificar se os objetivos de um projeto foram

Leia mais

Prof. Eugênio Carlos Stieler

Prof. Eugênio Carlos Stieler http://wwwuematbr/eugeio SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO A ecessidade de recursos obriga aqueles que querem fazer ivestimetos a tomar empréstimos e assumir dívidas que são pagas com juros que variam de acordo

Leia mais

JUROS SIMPLES. 1. Calcule os juros simples referentes a um capital de mil reais, aplicado em 4 anos, a uma taxa de 17% a.a.

JUROS SIMPLES. 1. Calcule os juros simples referentes a um capital de mil reais, aplicado em 4 anos, a uma taxa de 17% a.a. JUROS SIMPLES 1. Calcule os juros simples referetes a um capital de mil reais, aplicado em 4 aos, a uma taxa de 17% a.a. 2. Calcule o capital ecessário para que, em 17 meses, a uma taxa de juros simples

Leia mais

Capítulo 2 Análise Descritiva e Exploratória de Dados

Capítulo 2 Análise Descritiva e Exploratória de Dados UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS C E N T R O D E C I Ê N C I A S E X A T A S E D E T E C N O L O G I A D E P A R T A M E N T O D E E S T A T Í S T I C A INTRODUÇÃO AO PLANEJAMENTO E ANÁLISE ESTATÍSTICA

Leia mais

1. GENERALIDADES 2. CHEIA DE PROJETO

1. GENERALIDADES 2. CHEIA DE PROJETO Capítulo Previsão de Echetes. GENERALIDADES Até agora vimos quais as etapas do ciclo hidrológico e como quatificá-las. O problema que surge agora é como usar estes cohecimetos para prever, a partir de

Leia mais

PIM da Janela Única Logística Vertente funcional

PIM da Janela Única Logística Vertente funcional Workshop Stakeholders Lisboa PIM da Jaela Úica Logística Vertete fucioal Coceito e Pricípios de Fucioameto Bruo Cima Lisboa, 9 de Maio de 0 Ageda. A compoete BB do projecto MIELE. Equadrameto da compoete

Leia mais

PROTÓTIPO DE MODELO DE DIMENSIONAMENTO DE ESTOQUE

PROTÓTIPO DE MODELO DE DIMENSIONAMENTO DE ESTOQUE ROTÓTIO DE MODELO DE DIMENSIONAMENTO DE ESTOQUE Marcel Muk E/COE/UFRJ - Cetro de Tecologia, sala F-18, Ilha Uiversitária Rio de Jaeiro, RJ - 21945-97 - Telefax: (21) 59-4144 Roberto Citra Martis, D. Sc.

Leia mais

de talentos Como as organizações podem melhorar o retorno sobre seus investimentos na gestão de talentos

de talentos Como as organizações podem melhorar o retorno sobre seus investimentos na gestão de talentos Ecarado a Gestão de taletos Como as orgaizações podem melhorar o retoro sobre seus ivestimetos a gestão de taletos Muitas orgaizações se furtam de abordar questões de capital humao, preferido se cocetrar

Leia mais

Aplicação de geomarketing em uma cidade de médio porte

Aplicação de geomarketing em uma cidade de médio porte Aplicação de geomarketig em uma cidade de médio porte Guilherme Marcodes da Silva Vilma Mayumi Tachibaa Itrodução Geomarketig, segudo Chasco-Yrigoye (003), é uma poderosa metodologia cietífica, desevolvida

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO

MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO A Empresa A Cozil produz equipametos para cozihas profissioais desde 1985. São aproximadamete três décadas de dedicação, seriedade e profissioalismo, ode costatemete vem iovado, aperfeiçoado e produzido

Leia mais

O SETOR DE PESQUISAS DE MARKETING,OPINIÃO E MÍDIA NO BRASIL

O SETOR DE PESQUISAS DE MARKETING,OPINIÃO E MÍDIA NO BRASIL O SETOR DE PESQUISAS DE MARKETING,OPINIÃO E MÍDIA NO BRASIL THE SECTOR OF MARKETING RESEARCH,OPINION AND MEDIA IN BRAZIL RESUMO Com base em dados da ABEP, o artigo faz um relato da evolução do setor de

Leia mais

ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES

ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES Bem-vido ao Almeat, um espaço ode tudo foi projetado especialmete para realizar desde pequeas reuiões e evetos até grades coveções, com coforto, praticidade e eficiêcia,

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E AMBIENTE Instituto do Ambiente PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS DE MEDIÇÃO DE RUÍDO AMBIENTE

MINISTÉRIO DAS CIDADES, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E AMBIENTE Instituto do Ambiente PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS DE MEDIÇÃO DE RUÍDO AMBIENTE MINISÉRIO DAS CIDADES, ORDENAMENO DO ERRIÓRIO E AMBIENE Istituto do Ambiete PROCEDIMENOS ESPECÍFICOS DE MEDIÇÃO DE RUÍDO AMBIENE Abril 2003 . Equadrameto O presete documeto descreve a metodologia a seguir

Leia mais

Matemática Financeira I 3º semestre 2013 Professor Dorival Bonora Júnior Lista de teoria e exercícios

Matemática Financeira I 3º semestre 2013 Professor Dorival Bonora Júnior Lista de teoria e exercícios www/campossalles.br Cursos de: dmiistração, Ciêcias Cotábeis, Ecoomia, Comércio Exterior, e Sistemas de Iformação - telefoe (11) 3649-70-00 Matemática Fiaceira I 3º semestre 013 Professor Dorival Boora

Leia mais

A influência dos fatores humanos nos indicadores de O&M das usinas termelétricas.

A influência dos fatores humanos nos indicadores de O&M das usinas termelétricas. THE 9 th LATIN-AMERICAN CONGRESS ON ELECTRICITY GENERATION AND TRANSMISSION - CLAGTEE 2011 1 A ifluêcia dos fatores humaos os idicadores de O&M das usias termelétricas. Maria Alice Morato Ribeiro (1) (e-mail:

Leia mais

Lista 9 - Introdução à Probabilidade e Estatística

Lista 9 - Introdução à Probabilidade e Estatística UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Lista 9 - Itrodução à Probabilidade e Estatística Desigualdades e Teoremas Limites 1 Um ariro apota a um alvo de 20 cm de raio. Seus disparos atigem o alvo, em média, a 5 cm

Leia mais

Conceito 31/10/2015. Módulo VI Séries ou Fluxos de Caixas Uniformes. SÉRIES OU FLUXOS DE CAIXAS UNIFORMES Fluxo de Caixa

Conceito 31/10/2015. Módulo VI Séries ou Fluxos de Caixas Uniformes. SÉRIES OU FLUXOS DE CAIXAS UNIFORMES Fluxo de Caixa Módulo VI Séries ou Fluxos de Caixas Uiformes Daillo Touriho S. da Silva, M.Sc. SÉRIES OU FLUXOS DE CAIXAS UNIFORMES Fluxo de Caixa Coceito A resolução de problemas de matemática fiaceira tora-se muito

Leia mais

ANÁLISE DO PERFIL DOS FUNDOS DE RENDA FIXA DO MERCADO BRASILEIRO

ANÁLISE DO PERFIL DOS FUNDOS DE RENDA FIXA DO MERCADO BRASILEIRO III SEMEAD ANÁLISE DO PERFIL DOS FUNDOS DE RENDA FIXA DO MERCADO BRASILEIRO José Roberto Securato (*) Alexadre Noboru Chára (**) Maria Carlota Moradi Seger (**) RESUMO O artigo trata da dificuldade de

Leia mais

APONTAMENTOS DE ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA

APONTAMENTOS DE ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA UNIVERSIDADE DO ALGARVE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA APONTAMENTOS DE ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA (III ) ÁREA DEPARTAMENTAL DE ENGENHARIA CIVIL Ídice Itrodução Aplicação do cálculo matricial aos

Leia mais

Ficha Técnica. TÍTULO Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. Desempenho Económico e Financeiro do Segmento de Manutenção de Aeronaves [2011-2013]

Ficha Técnica. TÍTULO Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. Desempenho Económico e Financeiro do Segmento de Manutenção de Aeronaves [2011-2013] Ficha Técica TÍTULO Istituto Nacioal de Aviação Civil, I.P. Desempeho Ecoómico e Fiaceiro do Segmeto de Mauteção de Aeroaves [2011-2013] EDIÇÃO INAC Istituto Nacioal de Aviação Civil, I.P. Rua B Edifícios

Leia mais

DPS 1016 Engenharia Econômica

DPS 1016 Engenharia Econômica DPS Egeharia Ecoômica Material de Aula Departameto de Egeharia de Produção e Sistemas Cetro de Tecologia - Uiversidade Federal de Sata Maria - RS Egeharia Ecoômica Prof. Dr. Eg. Dipl. Wirt. Ig. Adreas

Leia mais

Revisão 01-2011. Exercícios Lista 01 21/02/2011. Questão 01 UFRJ - 2006

Revisão 01-2011. Exercícios Lista 01 21/02/2011. Questão 01 UFRJ - 2006 Aluo(a): Professor: Chiquiho Revisão 0-20 Exercícios Lista 0 2/02/20 Questão 0 UFRJ - 2006 Dois estados produzem trigo e soja. Os gráficos abaixo represetam a produção relativa de grãos de cada um desses

Leia mais

6º Benchmarking. Paranaense de. Recursos Humanos. Dados de 2013

6º Benchmarking. Paranaense de. Recursos Humanos. Dados de 2013 6º Bechmarkig Paraaese de Recursos Humaos 214 Dados de 213 braca 6º Bechmarkig Paraaese de Recursos Humaos 214 Dados de 213 Curitiba, outubro 214 Bachma & Associados e 6º Bechmarkig Paraaese de Recursos

Leia mais

A MÍDIA E SUA INFLUÊNCIA NAS BRINCADEIRAS DAS CRIANÇAS. Erika Milena de Souza

A MÍDIA E SUA INFLUÊNCIA NAS BRINCADEIRAS DAS CRIANÇAS. Erika Milena de Souza A MÍDIA E SUA INFLUÊNCIA NAS BRINCADEIRAS DAS CRIANÇAS. Erika Milea de Souza INTRODUÇÃO Um dos problemas causados pelo aumeto do processo de urbaização é a falta de seguraça, o qual limitou os espaços

Leia mais

PARABÉNS! ASSISTÊNCIA TÉCNICA DADOS DA EMPRESA. Assistência Técnica Autorizada Cozil MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO

PARABÉNS! ASSISTÊNCIA TÉCNICA DADOS DA EMPRESA. Assistência Técnica Autorizada Cozil MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO A Empresa A Cozil produz equipametos para cozihas profissioais desde 1985. São aproximadamete três décadas de dedicação, seriedade e profissioalismo, ode costatemete vem iovado, aperfeiçoado e produzido

Leia mais

Estatística stica para Metrologia

Estatística stica para Metrologia Estatística stica para Metrologia Aula Môica Barros, D.Sc. Juho de 28 Muitos problemas práticos exigem que a gete decida aceitar ou rejeitar alguma afirmação a respeito de um parâmetro de iteresse. Esta

Leia mais

M = 4320 CERTO. O montante será

M = 4320 CERTO. O montante será PROVA BANCO DO BRASIL / 008 CESPE Para a veda de otebooks, uma loja de iformática oferece vários plaos de fiaciameto e, em todos eles, a taxa básica de juros é de % compostos ao mês. Nessa situação, julgue

Leia mais

Construindo o. plano de

Construindo o. plano de Costruido o plao de egócios para a remueração do CEO O bechmarkig (aálise comparativa) etre mercados selecioados é um critério importate a remueração de um executivo, embora seja apeas uma parte do processo

Leia mais

Rejane Corrrea da Rocha. Matemática Financeira

Rejane Corrrea da Rocha. Matemática Financeira Rejae Corrrea da Rocha Matemática Fiaceira Uiversidade Federal de São João del-rei 0 Capítulo 5 Matemática Fiaceira Neste capítulo, os coceitos básicos de Matemática Fiaceira e algumas aplicações, dos

Leia mais

INTRODUÇÃO. Exemplos. Comparar três lojas quanto ao volume médio de vendas. ...

INTRODUÇÃO. Exemplos. Comparar três lojas quanto ao volume médio de vendas. ... INTRODUÇÃO Exemplos Para curar uma certa doeça existem quatro tratametos possíveis: A, B, C e D. Pretede-se saber se existem difereças sigificativas os tratametos o que diz respeito ao tempo ecessário

Leia mais

INTRODUÇÃO A TEORIA DE CONJUNTOS

INTRODUÇÃO A TEORIA DE CONJUNTOS INTRODUÇÃO TEORI DE CONJUNTOS Professora Laura guiar Cojuto dmitiremos que um cojuto seja uma coleção de ojetos chamados elemetos e que cada elemeto é um dos compoetes do cojuto. Geralmete, para dar ome

Leia mais

CEDRA Levantamento dos Riscos e da Adaptação à Mudança Climática e à Degradação Ambiental

CEDRA Levantamento dos Riscos e da Adaptação à Mudança Climática e à Degradação Ambiental CEDRA Levatameto dos e da à Mudaça Climática e à Degradação Ambietal SEGUNDA EDIÇÃO Um processo de levatameto estratégico dos riscos ambietais para agêcias que trabalham em países em desevolvimeto CEDRA

Leia mais