* Os Programas responsáveis pelos projetos aprovados deverão encaminhar a DIPOSG, por

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "* Os Programas responsáveis pelos projetos aprovados deverão encaminhar a DIPOSG, por"

Transcrição

1 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO REUNI DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO DE GRADUAÇÃO EDITAL 008/2011 Projetos qualificados e classificados com bolsas para implantação imediata. * Os Programas responsáveis pelos projetos aprovados deverão encaminhar a DIPOSG, por a indicação dos bolsistas, até 16/03/2011. Deverão também enviar o formulário CAPES de cadastramento e o termo de compromisso para cada bolsista, devidamente preenchido e assinado. tipo PROJETO ENSINO DE MATEMÁTICA NA UNIVERSIDADE E NA ESCOLA: PRÁTICAS DE COMBATE A EVASÃO E AO FRACASSO ESCOLAR Educação de Jovens e Adultos: desafios e possibilidades METODOLOGIAS ALTERNATIVAS COMO RECURSO DIDÁTICO PARA O ENSINO DAS CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS Integração entre PPGQTA e Núcleo de Química no suporte pedagógico às disciplinas básicas de graduação Saberes didáticos e epistemológicos: contribuições para a docência em Educação Curso(s) de Graduação Química L, Biológicas L. Química L, Biológicas L. C. Biológicas, Enfermagem, Ed. Física, Física, Geografia, Matemática, Medicina, Oceanologia, Pedagogia, Química L., Tec. Toxicologia Química Lic. e Bach. Química L, Biológicas L. Proponentes Bolsas Concedidas PPG* M D Educação 1 0 Educação 1 0 Química Tecnológica e Educação 1 0

2 em Simulação Numérica de Problemas de Mecânica dos Corpos Rígidos Uma proposta para a melhoria da aquisição e desenvolvimento de habilidades em disciplinas básicas da Ciência da Computação Revista Junior de Iniciação Científica em Exatas e Engenharia ICCEEG Ensino de engenharia na eqa: promovendo a biologia como quarto pilar no processo ensinoaprendizagem Produção de Material para o Ensino de Cálculo Diferencial e Integral, Geometria Analítica e Álgebra Linear Matemática Discreta: Onde é que se usa isso? Motivando para Prevenir Prevenindo para Motivar A promoção da saúde através do estudo de fisiologia: complementando a formação inicial O aprendizado da farmacologia por meio da solução de casos clínicos-farmacológicos: a simulação da realidade Engenharias: Automação, Civil, Civil empresarial, civil costeira e portuária, de computação, mecânica, mecânica empresaria e mecânica naval Eng. Bioquímica, Eng. e de Alimentos, Eng. Química Matemática, Matemática Aplicada C. Biológicas, Enfermagem, Ed. Física, Medicina, Psicologia, Tec. Toxicologia computacional 4 0 Computacional 6 0 Computacional Engenharia e de Alimentos Computacional Computacional Medicina, Enfermagem da Saúde 2 2 Apoio a disciplinas dos cursos de graduação em ciências biológicas (bacharelado e Licenciatura) com alto índice de retenção (Disciplinas: Histologia 1M, Biologia Celular 2M, Zoologia de Invertebrados 1M, Genética geral Biológicas Biol. de Amb. Aquáticos Continentais 7 0

3 1M, Biologia molecular 2M) Estratégias para redução das taxas de reprovação nas disciplinas de Física Geral I e Cálculo Diferencial e Integral I segunda etapa Estratégias para redução das taxas de reprovação nas disciplinas de Física Geral I e Cálculo Diferencial e Integral I Pós-graduação e graduação: contribuições mútuas para aprendizagem, gestão do conhecimento e inovação de ensino Microbiologia Médica como instrumento de integração e fortalecimento de conteúdos aplicados a prática profissional Estratégias para a melhoria do ensino e do aproveitamento dos discentes do curso de Engenharia de Alimentos visando maior qualificação acadêmica Desenvolvimento de Atividades de Ensino Visando à Melhoria do Aproveitamento dos Alunos do C3 no Aprendizado de Sistemas Computacionais Aplicação do método de elementos finitos para solução de problemas de difusão do calor em geometrias bidimensionais Ferramentas Computacionais para uso pelos estudantes dos cursos de engenharia Desenvolvimento de metodologias alternativas como recurso didático para o ensino de biologia celular para o curso de Biologia e Tecnologia em Física, Matemática, Mat. Aplicada, Eng. Civil, Eng. Da Computação Física, Matemática, Mat. Aplicada, Eng. Civil, Eng. Da Computação C. Biológicas, Ed. Física, Física, Geografia, Matemática, Pedagogia, Química L. Física 4 0 Física Medicina, Biológicas da Saúde 1 1 Eng. Bioquímica, Eng. e de Alimentos, Eng. Química Engenharias: Automação, Civil, Civil empresarial, civil costeira e portuária, de computação, mecânica, mecânica empresaria e mecânica naval Engenharias: Automação, Civil, Civil empresarial, civil costeira e portuária C. Biológicas, Tec. Toxicologia Engenharia e de Alimentos 0 2 Computação 2 0 computacional computacional

4 Toxicologia Ações para a Viabilização do Conceito de Atividades de Integração Curricular como Componente Didático no C3 Estudo e Análise de Atividades Práticas no Ensino de Estrutura de Dados em Computação CADERNOS DE EXERCÍCIOS DE LINGUAGENS FORMAIS E TEORIA DA COMPUTAÇÃO: ENVOLVENDO ESTUDANTES NA ELABORAÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO Contextualização de disciplinas básicas e motivação das séries iniciais dos cursos de Engenharia de Alimentos e Bioquímica Continuidade e inovações contra a evasão e retenção, e a favor da formação qualificada OFICINA DE LEITURA DE TEXTOS LITERÁRIOS E TEÓRICOS Letramento Digital em cursos de formação acadêmica Ferramentas computacionais para auxilio no ensino de Matemática Discreta Estimulo ao desenvolvimento de atividades práticas nas disciplinas de Sistemas Digitais e Sistemas Microprocessados Motivação das séries iniciais do curso de Engenharia de Alimentos usando como base a disciplina de Introdução à Engenharia de Alimentos ARTICULAÇÃO DA GRADUAÇÃO E PÓS- GRADUAÇÃO NA PREVENÇÃO E DIMINUIÇÃO DOS ÍNDICES DE RETENÇÃO E EVASÃO EM Eng. Bioquímica, Eng. e de Alimentos, Eng. Química Computação 1 0 Computação 4 0 Computação 1 0 Engenharia e de Alimentos 5 3 Letras História da Literatura 5 2 Biblioteconomia, Matemática, Física, Pedagogia, Química L, Biologia, História, Ed. Física, Geografia, Arquivologia, Letras Eng. Bioquímica, Eng. e de Alimentos, Eng. Química Computacional 2 0 Computação 2 0 Computação 2 0 Engenharia e de Alimentos 0 1 Enfermagem Enfermagem 3 1

5 DISCIPLINAS BÁSICAS DO CURSO DE ENFERMAGEM Integrar Interdisciplinaridade e transversalidade na formação do tecnólogo em gestão ambiental A simulação realística pensada como qualificadora do ensino da graduação em enfermagem e prevenção da retenção e reprovação Ensino de Bioquímica e Biologia Molecular a partir de situações cotidianas utilizando as tecnologias da informação Tecnologia em Gestão Enfermagem C. Biológicas, Tec. Toxicologia Gerenciamento Costeiro 6 0 Enfermagem * Os Programas responsáveis pelos projetos aprovados deverão encaminhar a DIPOSG, por a indicação dos bolsistas, por projeto, até 16/03/2011. Deverão também enviar o formulário CAPES de cadastramento e o termo de compromisso para cada bolsista, devidamente preenchido e assinado. Projetos não qualificados pelo não atendimento ao Edital e qualificados que não atingiram nota mínima de classificação. tipo PROJETO Robótica Educacional como Fator Motivador Fortalecimento do ensino de cartografia nos cursos de graduação em geografia da FURG CURSO INTENSIVO DE PATOLOGIA, IMUNOLOGIA E HISTOLOGIA DE ORGANISMOS AQUÁTICOS PROJETO DE QUALIFICAÇÃO AUDIOVISUAL DO CURSO DE ARTES VISUAIS LICENCIATURA E BACHARELADO Proponentes Curso(s) de PPG graduação Computação Nota Qualificada sem classificação Geografia Geografia Oceanologia Aquicultura Artes Visuais, Educação ambiental

6 Práticas de Descrição, Higienização e Digitalização no Centro de Documentação Histórica da FURG O dialogo entre a educação ambiental e os cursos de licenciatura na FURG como proposta de pensar a retenção e a evasão de graduando Ações de Educação Complementar visando à melhoria do Ensino da Graduação e da Formação Profissional dos Acadêmicos da FURG Diminuição da evasão dos cursos de Licenciatura em e Matemática pelo PIBID: a professoralidade coletiva de professores de e Matemática TECNOLOGIAS NO PROCESSO EDUCATIVO: CONSTITUINDO REDES DE PROBLEMATIZAÇÃO E INCLUSÃO NAS LICENCIATURAS Pós-graduação e Graduação: Contribuições mútuas para aprendizagem, gestão do conhecimento e Inovação de ensino Neurociências aplicada à educação Práticas integrativas de promoção da saúde como estratégia de prevenção/redução da retenção e evasão no ensino superior Educação em saúde no ensino fundamental: oportunidade de aprendizado para cursos de graduação na área de parasitologia utilizando Blog como ferramenta didática não apresenta os cursos não apresenta os cursos C. Biológicas, Física, Química L., Pedagogia C. Biológicas, Física, Química L., Pedagogia C. Biológicas, Física, Química L., Pedagogia C. Biológicas, Educação física, Matemática, Física, Química L., Geografia, Pedagogia C. Biológicas, Enfermagem, Ed. Física, Física, Geografia, Matemática, Medicina, Oceanologia, Pedagogia, Química L., Tec. Toxicologia Educação Educação ambiental Educação em : Química da Vida e Saúde Educação em : Química da Vida e Saúde Educação em : Química da Vida e Saúde Educação em : Química da Vida e Saúde Fisiológicas: Fisiologia Animal Comparada Fisiológicas:Fisiolo gia Animal Comparada da Saúde da saúde

7 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS REUNI DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO EDITAL 09/2011 Concessão de Bolsas de Pós-Doutorado PPG PROJETO SUPERVISOR BOLSISTA TIPO OB CF-FAC Aqui EA ECA Aqui EA EA Abordagem para impelementação de melhorias de ensino: Suporte e atualização de disciplinas para os cursos de Ciencias Biologicas e Oceanologia, e criação de disciplina de pós-graduação para o Programa de pósgraduação em Oceanologia Biológica Aspectos fisiológicos e morfológicos do desenvolvimento embrionário em raias do gênero Sympterygia Muller & Henle, 1837 (Chondrichthyes, Arhynchobatidae) no ecossistema costeiro do sul do Brasil Experimentos sobre toxicidade crônica de nitrato sobre juvenis do camarão-branco, Litopenaeus vannamei: Impactos sobre a sobrevivência e crescimento, como ferramenta de aprendizagem para alunos de graduação O sentido de pertencimento como proposta de educação ambiental através da visão de Comunidades interpretativas articuladas a proposta de formação acadêmico-profissional Contextualização e motivação para as séries iniciais das engenharias bioquímicas e de alimentos A coleção malacológica do Museu Oceanográfico Prof. E. C. Rios, MOFURG Preservando, conhecendo e disponibilizando recursos didáticos e científicos para alunos de graduação e pós-graduação Edificando interfaces entre o Direito, a Educação, o Meio Ambiente e Justiça Social Subjetividade, racionalidade educação ambiental na relação homem-natureza nos processos de urbanização/modernização no contexto da cidade de Rio Grande Luiz Felipe Cestari Dumont Marcos Alaniz Rodrigues Nova Adalto Bianchini Maria Cristina Oddone Nova Wilson Wasielesky Jr. Bruno Ribeiro de Campos Nova Maria do Carmo Galiazzi Gilmar Antonio Farias Lemes Nova Jorge Alberto Vieira Costa Leonor Almeida de Souza Soares Nova Joaber Pereira Jr. Paula Spotorno de Oliveira Nova Francisco Quintanilha Veras Neto Ivone Fernandes Morcilo Lixa Nova Vilmar Alves Pereira Jose Roberto de Lima Dias Nova

8 Fis Hist-Lit Estratégias para a redução das taxas de reprovação nas disciplinas de Física Geral focadas na integração entre ensino e pesquisa Cruzamento de sentidos em A revolta íntima de Júlia Kristeva Matheus Jetkoske Lazo Carlos Alberto Vaz de Moraes Junior Carlos Alexandre Baumgarten Luciana Abreu Jardim

Enviados Resp. Página 1 de5

Enviados Resp. Página 1 de5 P 957 Aquicultura - Doutorado 46 1 2,17 128 0 P 959 Educação em Ciências: Quimica da Vida e Saude (D) 64 0 0,00 167 0 P 962 Enfermagem ( Doutorado ) 29 1 3,45 166 2 P 944 Ciências Fisiológicas: Fisiologia

Leia mais

Curso de Licenciatura em Ciências Naturais e Matemática. Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Licenciatura em Ciências Naturais e Matemática. Formação Geral 1º e 2º anos Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Semestre Cultura Brasileira História da Educação Inglês I Leitura e Produção de Textos Letramento Digital Matemática Sociedade, Tecnologia e Inovação 2º Semestre

Leia mais

FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 001/2014

FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 001/2014 FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 0/24 ANEXO I QUADRO GERAL DE S E 1. Faculdade de Administração 1.1 Administração Administração ou

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE CURSO DE PEDAGOGIA Gestão Escolar e Organização do Trabalho Pedagógico I 23.09.13 19horas Fundamentos da Língua Portuguesa: Leitura e Produção de 23.09.13 21horas Textos Psicologia da Educação I 24.09.13

Leia mais

ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR

ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR EDITAL 162/2013 Curso Sem. Disciplina Perfil do Docente Administração 1º Teoria Geral da Administração Administração 1º Empreendedorismo Administração 1º Sociologia das Organizações

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Ciências Sociais Graduação em Ciência Política, Sociologia, Filosofia ou Antropologia. Seminários Graduação em Administração Pública, Administração

Leia mais

Relação de Alunos (Aproveitamento)

Relação de Alunos (Aproveitamento) Curso: BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Matrícula: 15103652 Aluno: Jannderson Santos Lima 1 de 5 MATEMÁTICA BÁSICA 2015 1 MICROECONOMIA 2015 1 TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO I 2015 1 Curso: BACHARELADO EM ARQUITETURA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO ANEXO I - RELAÇÃO DAS VAGAS E REQUISITOS ESPECÍFICOS POR ÁREA DE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO CAC Geografia Licenciatura em Geografia. Análise Instrumental Química Industrial ou Engenharia Química ou Farmácia

Leia mais

Projetos de Extensão. Prof. Msc. Marcílio Meira Informátic ca

Projetos de Extensão. Prof. Msc. Marcílio Meira <marcilio.meira@ifrn.edu.br> Informátic ca Extensão Projetos de Extensão Prof. Msc. Marcílio Meira Informátic ca Objetivos da aula a. Compreender o que é um Projeto de Extensão, e seus objetivos; b Aprender como se

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS (RETIFICADO) CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO DUQUE DE CAXIAS CAC Geografia Análise Instrumental Biologia Geral/ Bioquímica / Processos Bioquímicos

Leia mais

PESQUISA: Linha de Pesquisa Ecofisiologia Vegetal atuante na produção de pesquisa na área de botânica.

PESQUISA: Linha de Pesquisa Ecofisiologia Vegetal atuante na produção de pesquisa na área de botânica. SELEÇÃO PROFESSORES PARA O MÓDULO II CURSO LICENCIATURA EM CIÊNICAS BIOLÓGICAS PARFOR COMPONENTE CURRICULAR: BIO 120 BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR Lia D Afonseca Pedreira de Miranda Vinculo efetivo (1997

Leia mais

LICENCIATURAS AOS SÁBADOS INFORMAÇÕES

LICENCIATURAS AOS SÁBADOS INFORMAÇÕES LICENCIATURAS AOS SÁBADOS INFORMAÇÕES N 0 de vagas: 50, por curso. Origem das vagas: as vagas autorizadas para o turno da tarde, que não estão sendo oferecida no vestibular normal. Estrutura do curso:

Leia mais

A formação do licenciado em matemática

A formação do licenciado em matemática A formação do licenciado em matemática VIANA,P.A. Sobral Matemática Universidade Estadual Vale do Acaraú 6 de agosto de 2011 paty.alvi@hotmail.com pré-prints da Sobral Matemática no.2011-02 Editor Tarcisio

Leia mais

RESULTADO PRELIMINAR - Edital FAPERGS 14/2013 - MESTRADO

RESULTADO PRELIMINAR - Edital FAPERGS 14/2013 - MESTRADO RESULTADO PRELIMINAR - Edital FAPERGS 14/2013 - MESTRADO IES PPG Concedidas Mestrado em Processos e Manifestações Culturais 3 Programa de Pós- Graduação em Qualidade Ambiental-Mestrado FEEVALE Acadêmico

Leia mais

1. GRADE CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA

1. GRADE CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA 1. GRADE CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA 1 2. CARACTERÍSTICAS GERAIS DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA Para melhor entendimento desta proposta de reestruturação curricular apresentamos

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

Universidade Estadual de Maringá PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS EDITAL N O 001/2011-PRH 2 - DAS ÁREAS DE CONHECIMENTO, N O DE VAGAS, REGIME E LOCAL DE TRABALHO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AGRONÔMICAS (01) Bioquímica Graduação em Química ou

Leia mais

LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista

LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista INSTITUIÇÃO CURSO NOTA DA CAPES CENTRO UNIVERSITÁRIO CAMPOS DE ANDRADE (UNIANDRADE)

Leia mais

PESQUISA EM RECURSOS HÍDRICOS

PESQUISA EM RECURSOS HÍDRICOS FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS E PESQUISA EM RECURSOS HÍDRICOS PRÓ-REITORIAS PROGRAD PROPESP PRAE PROEXC PROPLAD PROINFRA PROGEP REITORIA VICE-REITORIA ICB IO IMEF ICHI ILA ICEAC UNIDADES EDUCACIONAIS FAMED

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: MARKETING Políticas de supply chain management e logística reversa Planejamento estratégico de marketing Marketing de serviço Pesquisa de marketing Marketing

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES 1 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL 1.1. Perfil Comum: Farmacêutico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva.

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA

CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO DIREÇÃO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR 1. Perfil do Curso CURSO DE LICENCIATURA

Leia mais

Curso. Administração. Arquitetura. Ciências Biológicas

Curso. Administração. Arquitetura. Ciências Biológicas FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº002/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O 2º SEMESTRE DE 2014 1 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

Disciplina. Matemática - 1

Disciplina. Matemática - 1 FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº00/204 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O º SEMESTRE DE 204 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO.

III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO COM HABILITAÇÃO EM MARKETING 1º SEMESTRE

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCB UFV CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Marco Aurélio Pedron e Silva pedron@mail.ufv.

Currículos dos Cursos do CCB UFV CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Marco Aurélio Pedron e Silva pedron@mail.ufv. 88 Currículos dos Cursos do CCB UFV CIÊNCIAS BIOLÓGICAS COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Marco Aurélio Pedron e Silva pedron@mail.ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 89 Bacharelado e Licenciatura

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE

PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE - MT 2011 Apresentação Articulado com o novo Plano de Desenvolvimento Institucional (2011-2015)

Leia mais

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Agricultura Sustentável Agrimensura Agroecologia Agroindústria Agroindústria - Alimentos Agroindústria - Madeira Agronegócio

Leia mais

Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN

Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN Alguns indicadores I n d i c a d o r e s 2006 Acréscimo Número de Alunos Graduação (Regulares, Probásica e Educação a Distância) 23.924 Pós-Graduação (Mestrado

Leia mais

Por Talamira Taita Rodrigues Brito

Por Talamira Taita Rodrigues Brito Programas acadêmicos e o ensino de graduação: estratégias para o fortalecimento da formação - Panorama da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia UESB Por Talamira Taita Rodrigues Brito Localização

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº002/2013 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O 1º SEMESTRE DE 2013 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO 2º SEMESTRE 205 ANEXO I - EDITAL Nº 5/205 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2013 163. FÍSICA Licenciatura. COORDENADOR Orlando Pinheiro da Fonseca Rodrigues ofonseca@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2013 163. FÍSICA Licenciatura. COORDENADOR Orlando Pinheiro da Fonseca Rodrigues ofonseca@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 163 FÍSICA Licenciatura COORDENADOR Orlando Pinheiro da Fonseca Rodrigues ofonseca@ufv.br 164 Currículos dos Cursos UFV Licenciatura (Integral) ATUAÇÃO O curso de graduação

Leia mais

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PARQUE DA JUVENTUDE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES nº 159/02/2007 O Diretor da Escola Técnica Estadual

Leia mais

CARGA CURSO DISCIPLINA

CARGA CURSO DISCIPLINA CARGA CURSO DISCIPLINA HORARIA Administração AD ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS II 40 AD CONTABILIDADE E CUSTOS II 40 AD CONTABILIDADE GERENCIAL 40 AD ECONOMIA INDUSTRIAL 40 AD ESTATÍSTICA

Leia mais

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu CAMPUS RECIFE CURSO PROVA ENEM PESO ADMINISTRAÇÃO ARQUEOLOGIA ARQUITETURA E URBANISMO ARTES VISUAIS - LICENCIATURA

Leia mais

Matriz 2007... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2013... 07

Matriz 2007... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2013... 07 Página 1 Sumário Matriz 2007... 02 Matriz 2010... 04 Matriz 2013... 07 Página 2 MATRIZ CURRICULAR 2007 1º Período 2º Período 3º Período Biologia Celular 54 Química Geral 54 Zoologia de Invertebrados I

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COMUNICAÇÃO E ARTES CCECA. 01 DE Graduação Plena em Pedagogia Pós-Graduação em Educação

CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COMUNICAÇÃO E ARTES CCECA. 01 DE Graduação Plena em Pedagogia Pós-Graduação em Educação CIDADE: Teresina CAMPUS: Torquato Neto Total de Vagas: 36 (20 Vagas Dedicação Exclusiva e 16 Vagas 40 Horas) CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COMUNICAÇÃO E ARTES CCECA CURSO: Licenciatura Plena em Pedagogia

Leia mais

Ecologia Vegetal 01 ADJ DE Graduação em Ciências Biológicas. 01 ADJ DE Graduação em Engenharia. Ecologia Animal 01 ADJ DE Graduação em Ciências

Ecologia Vegetal 01 ADJ DE Graduação em Ciências Biológicas. 01 ADJ DE Graduação em Engenharia. Ecologia Animal 01 ADJ DE Graduação em Ciências Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Resumo: 12 vagas para Professor Adjunto e 05 vagas para Professor Assistente Ecologia Vegetal 01 ADJ DE Graduação em Ciências Doutorado em Ecologia, Biologia Vegetal

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Cálculo I 40 Cálculo II 40 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos I 80 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos II 80 Matemática 40 Lógica Matemática 40 Probabilidade

Leia mais

FABIO Faculdade de Biociências

FABIO Faculdade de Biociências FABIO Faculdade de Biociências Secretaria: Prédio 12 - Bloco A - sala 204 Fone: 33.20.35.45 E-mail: biociencias@pucrs.br www.pucrs.br/fabio Departamentos: Ciências Morfológicas n.º 311 Ciências Fisiológicas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003.

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003. Revoga a Resolução N.º 2.888/CONSEP, estabelece diretrizes e dispõe

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - INTEGRAL/BRAGANCA 627.87 532.46 556.73 ADMINISTRACAO

Leia mais

CONVOCAÇÃO CANDIDATOS CLASSIFICADOS PELO EDITAL PROEXT Nº 07/2014 PRONATEC/CEFORES/UFTM.

CONVOCAÇÃO CANDIDATOS CLASSIFICADOS PELO EDITAL PROEXT Nº 07/2014 PRONATEC/CEFORES/UFTM. CONVOCAÇÃO CANDIDATOS CLASSIFICADOS PELO EDITAL PROEXT Nº 07/2014 PRONATEC/CEFORES/UFTM. O coordenador Geral do Pronatec/Cefores/UFTM, no uso de suas atribuições legais, considerando que o Edital nº 07/2014

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº02/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR EFETIVO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº02/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR EFETIVO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº02/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I RELAÇÃO DAS VAGAS DO PROCESSO SELETIVO POR ÁREA DE CONHECIMENTO, REQUISITOS ESPECÍFICOS

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA

CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO DIREÇÃO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR 1. Perfil do Curso CURSO DE LICENCIATURA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.605, DE 10 DE SETEMBRO DE 2007

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.605, DE 10 DE SETEMBRO DE 2007 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.605, DE 10 DE SETEMBRO DE 2007 Homologa o Parecer n. 092/07-CEG, que aprova o Projeto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR VESTIBULAR 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR VESTIBULAR 2015 CAMPUS FLORIANÓPOLIS ADMINISTRAÇÃO - DIURNO ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO AGRONOMIA ANTROPOLOGIA - BEL - DIURNO ARQUITETURA E URBANISMO ARQUIVOLOGIA - BEL - DIURNO ARTES CÊNICAS - BEL - NOTURNO BIBLIOTECONOMIA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO CES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO CES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação / Câmara de Educação Superior ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Engenharia RELATOR(A):

Leia mais

Anexo I. Concurso Vestibular 2015 Carreiras e Cursos. Área de Humanidades

Anexo I. Concurso Vestibular 2015 Carreiras e Cursos. Área de Humanidades Carreira 100 Administração - Ribeirão Preto Curso 10: Administração - Diurno - Ribeirão Preto Curso 11: Administração - Noturno - Ribeirão Preto Concurso Vestibular 2015 Carreiras e Cursos Área de Humanidades

Leia mais

EDITAL DE TRANSFERÊNCIAS EXTERNA E INTERNA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UENF (Aprovado pela Câmara de Graduação em 15 de setembro de 2015)

EDITAL DE TRANSFERÊNCIAS EXTERNA E INTERNA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UENF (Aprovado pela Câmara de Graduação em 15 de setembro de 2015) EDITAL DE TRANSFERÊNCIAS EXTERNA E INTERNA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UENF (Aprovado pela Câmara de Graduação em 15 de setembro de 2015) A Pró-Reitoria de Graduação da torna público aos interessados que

Leia mais

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81 Períodos de inscrições: no sítio http://www.concurso.ufjf.br a) Primeiro período: das 09h do dia 11/05/2009 até as 14h do dia 29/05/2009; b) Segundo período: das 09h do dia 22/06/2009 até as 14h do dia

Leia mais

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Para todos os ambientes organizacionais para todos os servidores, independentemente do ambiente organizacional: Administração pública Estado,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - MATUTINO/BELEM 750.38 683.78 703.36 ADMINISTRACAO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - MATUTINO/BELEM 813.54 703.71 740.51 ADMINISTRACAO

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA.

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA. EDITAL Nº 00/204 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA Módulo I Educação a Distância e Ambiente Virtual de Aprendizagem História e

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 13/2013 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 135-Área de

Leia mais

COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO)

COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO) COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO) 1. Economia e Mercado (Contabilidade) Administração (EII) Relações Internacionais Tecnologia - Modalidade Tecnólogo Executivo Tecnologia em Planejamento Administrativo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA REGIMENTO PARA PARTICIPAR DA FEIRA DE CIÊNCIAS N.º 001/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA

Leia mais

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista MEC e MCTI Programa Quero ser professor Quero ser cientista Contexto: Censo da Educação Superior 2012 Posição Nome OCDE Total % Matrícula % Acumulado 1 Administração 833.042 11,9 11,9 2 Direito 737.271

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Estatístico. Boletim. Base de Dados 2007 / 2011 22ª edição

Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Estatístico. Boletim. Base de Dados 2007 / 2011 22ª edição 2 Boletim Universidade Federal do Rio Grande - FURG Estatístico Base de Dados 27 / 2 22ª edição Boletim Estatístico 22 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG Reitor JOÃO CARLOS BRAHM COUSIN Vice-Reitor

Leia mais

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300 Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Gestão dos Profissionais da Educação Coordenação de Administração de Pessoas Instituição CETEB A adolescência e o ensino da

Leia mais

EDITAL PIBID-FUNEC SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

EDITAL PIBID-FUNEC SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID EDITAL PIBID-FUNEC SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID A FUNEC Fundação Municipal de Educação e Cultura de Santa Fé do Sul, através

Leia mais

Conhecendo e utilizando softwares de Edição de vídeos

Conhecendo e utilizando softwares de Edição de vídeos PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO E NOVAS TECNOLOGIAS 1 APRESENTAÇÃO: O objetivo desse curso é propiciar ao professor da educação Infantil, fundamental I, fundamental II e Ensino Médio, conhecimento de técnicas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 06/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO CAMPUS OIAPOQUE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 06/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO CAMPUS OIAPOQUE UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 06/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO CAMPUS OIAPOQUE ANEXO I - RELAÇÃO DAS VAGAS E REQUISITOS ESPECÍFICOS POR ÁREA DE CONHECIMENTO

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS PARA ESTUDOS DE DOUTORADO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP) DO BRASIL

PROGRAMA DE BOLSAS PARA ESTUDOS DE DOUTORADO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP) DO BRASIL PROGRAMA DE BOLSAS PARA ESTUDOS DE DOUTORADO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP) DO BRASIL PROGRAMA DE APOIO A ESTUDANTES DE DOUTORADO DO EXTERIOR (PAEDEX) CONVOCATÓRIA 2012 APRESENTAÇÃO O Programa

Leia mais

Cadastro de denominações consolidadas para Cursos de Graduação (bacharelado e licenciatura) do Ministério da Educação

Cadastro de denominações consolidadas para Cursos de Graduação (bacharelado e licenciatura) do Ministério da Educação Cadastro de denominações consolidadas para Cursos de Graduação (bacharelado e licenciatura) do Ministério da Educação Justificativa Desde a edição da nova LDB (Lei nº 9.394/1996), promulgada em decorrência

Leia mais

dezembro-2005 janeiro-2005 a Período: Programa de Fomento à Pós-Graduação - PROF Valor (R$ Mil) Valor (R$ Mil) Valor Total (R$ Mil) Bolsistas

dezembro-2005 janeiro-2005 a Período: Programa de Fomento à Pós-Graduação - PROF Valor (R$ Mil) Valor (R$ Mil) Valor Total (R$ Mil) Bolsistas Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Número de Bolsistas e Valores Pagos (Médias), Segundo os Programas de Pós-Grad. Níveis: Mestrado

Leia mais

Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação Diretoria de Extensão e Políticas de Inclusão Programa de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego - PRONATEC

Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação Diretoria de Extensão e Políticas de Inclusão Programa de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego - PRONATEC Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação Diretoria de Extensão e Políticas de Inclusão Programa de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego - PRONATEC Retificação do EDITAL Nº 002/2012 PRONATEC/IFPR PROCESSO

Leia mais

Elcival José de Souza Machado Diretor do úcleo de Seleção Universidade Estadual de Goiás

Elcival José de Souza Machado Diretor do úcleo de Seleção Universidade Estadual de Goiás Titulação: Docente - Doutor Anápolis, de março de 00. Região: Centro Goiano Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Bioquímica e Tecnologia de Alimentos 8 8,00 Ciências Agrárias - Engenharia

Leia mais

ATO NORMATIVO nº 006, de 10 de junho de 2013.

ATO NORMATIVO nº 006, de 10 de junho de 2013. ATO NORMATIVO nº 006, de 10 de junho de 2013. Vera Rejane Coelho, Pró-Reitora de Ensino da Universidade do Planalto Catarinense - UNIPLAC, no uso de suas atribuições, CONSIDERANDO: 1. a necessidade de

Leia mais

RELAÇÃO CORPO DOCENTE IFMA/CAMPUS BURITICUPU

RELAÇÃO CORPO DOCENTE IFMA/CAMPUS BURITICUPU RELAÇÃO CORPO DOCENTE IFMA/ Nome Área Titulação Adão Nascimento Passos Matemática Licenciado em Ciências, MBA Executivo em Gestão Tecnológica e Inovação, Especialização em Fundamentos da Matemática, Mestre

Leia mais

FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Programas e ações da Capes

FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Programas e ações da Capes FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA Programas e ações da Capes CAPES - atribuições (Lei 11.502/2007) No âmbito da educação superior Subsidiar o Ministério da Educação na formulação de políticas

Leia mais

Licenciatura Integrada em Educação em Ciências Matemática e Linguagens

Licenciatura Integrada em Educação em Ciências Matemática e Linguagens ENCONTRO ACADÊMICO INTERDISCIPLINARIDADE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO REGIÃO NORTE Licenciatura Integrada em Educação em Ciências Matemática e Linguagens Prof. Wilton Rabelo Pessoa - IEMCI/UFPA UNIDADE:

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DE OURINHOS

FACULDADES INTEGRADAS DE OURINHOS Classe: 1º TERMO A 1ª PROVA 19:20 Psicologia da Educação Ricardo Hernandes 2ª PROVA 21:15 Metodologia Científica Ester Luiza 1ª PROVA 19:20 Bioestatística Larissa 2ª PROVA 21:15 Educação Ambiental Jorge

Leia mais

ANEXO III. Domínios e áreas científicas

ANEXO III. Domínios e áreas científicas ANEXO III Domínios e áreas científicas Ciências da Vida e da Saúde Neurociências - Molecular e Celular Neurociências, Envelhecimento e Doenças Degenerativas Imunologia e Infeção Diagnóstico, Terapêutica

Leia mais

Curso de Especialização em DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ANOS INICIAIS

Curso de Especialização em DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ANOS INICIAIS Curso de Especialização em DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ANOS INICIAIS ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Docência na Educação Infantil

Leia mais

Áreas, sub-áreas e especialidades dos estudos da cognição

Áreas, sub-áreas e especialidades dos estudos da cognição 01. GRANDE ÁREA: CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E NATURAIS 2. Área - Probabilidade Probabilidade Aplicada (aspectos 3. Área - Estatística Fundamentos da Estatística (aspectos Modelagem Estatística Teoria da Amostragem

Leia mais

ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1. Cursos de Especialização oferecidos: (CAMPI/NÚCLEOS)

ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1. Cursos de Especialização oferecidos: (CAMPI/NÚCLEOS) ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1 Edital de ofertas de cursos para o Programa de Pós- Graduação Lato Sensu da UESPI, conforme Resolução CONSUN nº 045/2003. Cursos de Especialização

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Serviço de Seleção, Orientação e Avaliação.VESTIBULAR UFBA 2013 RLSV006.1 - CONCORRÊNCIA

Universidade Federal da Bahia Serviço de Seleção, Orientação e Avaliação.VESTIBULAR UFBA 2013 RLSV006.1 - CONCORRÊNCIA Página 1 de 5 Campus: UFBA - Salvador 187140 Arquitetura e Urbanismo - Noturno - Salvador 327 36 9,08 101140 Arquitetura e Urbanismo - Salvador 987 96 10,28 189140 Bacharelado Interdisciplinar em Ciência

Leia mais

Reintegração e Transferência Interna 2014.2 - vagas e componentes curriculares Página 1 de 8

Reintegração e Transferência Interna 2014.2 - vagas e componentes curriculares Página 1 de 8 O Magnífico Reitor da Universidade Federal de Pernambuco no uso das atribuições que lhe confere o artigo 33, alínea p do Estatuto da Universidade e, CONSIDERANDO - que a regulamentação do assunto deve

Leia mais

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA UFOB ANEXO I QUADRO GERAL DE VAGAS POR CAMPUS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA UFOB ANEXO I QUADRO GERAL DE VAGAS POR CAMPUS UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA UFOB ANEXO I QUADRO GERAL DE VAGAS POR CAMPUS CAMPUS BARRA Área do Conhecimento: Entomologia Agrícola Titulação: Graduação em Agronomia e doutorado em Entomologia

Leia mais

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 1º Semestre Pré requisito bacharelado em Metodologia da Pesquisa aplicada à Saúde Embriologia Humana Biologia Celular Psicologia Sociologia Produção

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às CURSO: ENFERMAGEM Missão Formar para atuar em Enfermeiros qualificados todos os níveis de complexidade da assistência ao ser humano em sua integralidade, no contexto do Sistema Único de Saúde e do sistema

Leia mais

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES Campus Graduação na área de Artes Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de Artes em geral. Desenvolver projetos e atividades extra-curriculares nas Artes

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 30-30 02

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 30-30 02 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 30 30 60 04-2. Bioestatística Geral 30-30 02-3. Bioética 30-30 02-4. Biofísica 60-60 04-5. Citologia, Histologia e Embriologia

Leia mais

CURSOS DE GRADUAÇÃO 17

CURSOS DE GRADUAÇÃO 17 CURSOS DE GRADUAÇÃO 17 CURSO SUPERIOR EM GESTÃO COMERCIAL TECNÓLOGO Prérequisitos Cr. C.H. 1 11 Fundamentos do Processo Administrativo 1 1135 Português 1 1135 Filosofia e Ética Empresarial 1 11353 Direito

Leia mais

FACULDADES INTA CURSOS DE GRADUAÇÃO EQUIVALÊNCIAS INTERCURSOS

FACULDADES INTA CURSOS DE GRADUAÇÃO EQUIVALÊNCIAS INTERCURSOS 1 FACULDADES INTA CURSOS DE GRADUAÇÃO EQUIVALÊNCIAS INTERCURSOS 2 CURSO DISCIPLINA SEM. H/A EQUIVALÊNCIAS TODOS. Antropologia Teológica. - 30h Equivalência para todos os Cursos. TODOS. Português Instrumental.

Leia mais

EDITAL 05/COPERVE/2015

EDITAL 05/COPERVE/2015 EDITAL 05/COPERVE/2015 (Retifica o Edital 03/COPERVE/2015) A Universidade Federal de Santa Catarina UFSC, por meio da Comissão Permanente do Vestibular COPERVE, tendo em vista a Resolução Normativa n o

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 07/2013 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 101-Área de

Leia mais

EDITAL PIBID-FUNEC - Nº 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

EDITAL PIBID-FUNEC - Nº 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID EDITAL PIBID-FUNEC - Nº 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID A FUNEC Fundação Municipal de Educação e Cultura de Santa Fé do

Leia mais

COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE ENSINO Portaria do Presidente, de 27-03-2015

COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE ENSINO Portaria do Presidente, de 27-03-2015 COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE ENSINO Portaria do Presidente, de 27-03-2015 Regulamenta a abertura de inscrições para o Estágio Supervisionado em Docência do Programa de Aperfeiçoamento

Leia mais

ESPECIALISTAS - NÍVEL I Cod. Especialidade Quantidade

ESPECIALISTAS - NÍVEL I Cod. Especialidade Quantidade ESPECIALISTAS - NÍVEL I 001 Ciências da Natureza na Educação Infantil e em Anos Iniciais do Ensino 18 002 Didática e Educação Inclusiva 13 003 Estatística e Informática na Educação 8 004 Filosofia e Educação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 11/2011

RESOLUÇÃO Nº 11/2011 Resolução 11/2011-CCEPE Página 1 de 8 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CONSELHO COORDENADOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 11/2011 EMENTA: Fixa o quantitativo de

Leia mais

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Bimestre Introdução à Engenharia 40 Informática 40 Matemática 80 Produção de Textos 40 2º Bimestre Cálculo I 80 Física I 80 Inglês 20 Metodologia

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO: CES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO: CES PARECER CNE/CES 1.302/2001 - HOMOLOGADO Despacho do Ministro em 4/3/2002, publicado no Diário Oficial da União de 5/3/2002, Seção 1, p. 15. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO:

Leia mais

Ministério da Educação. Gabinete do Ministro

Ministério da Educação. Gabinete do Ministro Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 556, de 25 de fevereiro de 2005 (DOU nº 39, Seção 1 página 23, de 28/2/2005) O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições e tendo

Leia mais

3ª ETAPA - TURMAS Y DIAS 24/09/12 25/09/12 26/09/12 27/09/12 28/09/12 01/10/12 02/10/12 03/10/12 04/10/12 05/10/12

3ª ETAPA - TURMAS Y DIAS 24/09/12 25/09/12 26/09/12 27/09/12 28/09/12 01/10/12 02/10/12 03/10/12 04/10/12 05/10/12 1ª ETAPA - TURMA E CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PAIE 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PAIE 3 ÉTICA E CIDADANIA I PAIE 3 FÍSICA GERAL I PAIE 3 GEOMETR ANALITICA E VETORES PAIE 3 COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

Leia mais