Um artigo técnico da Oracle Março de As 10 principais considerações técnicas ao avaliar plataformas de e-commerce

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Um artigo técnico da Oracle Março de 2011. As 10 principais considerações técnicas ao avaliar plataformas de e-commerce"

Transcrição

1 Um artigo técnico da Oracle Março de 2011 As 10 principais considerações técnicas ao avaliar plataformas de e-commerce

2 Introdução Conforme os sites de e-commerce, de um número cada vez maior de empresas, surgem como fatores significativos de receita, os grandes varejistas agora estão reconhecendo suas lojas on-line como negócios de missão crítica. E, conforme eles prestam mais atenção no canal on-line, muitos "e-tailers" (os varejistas do e-commerce) estão descobrindo que a plataforma de e-commerce não pode mais oferecer suporte para o seu crescimento ou para a evolução de suas necessidades de negócios. Os executivos de e-commerce e seus colegas de TI estão começando a buscar aplicações mais sofisticadas que possam atender às suas necessidades atuais e futuras. Selecionar a aplicação de e-commerce para o longo prazo pode ser uma tarefa difícil. Não é fácil basear uma decisão nos requisitos atuais e em um conjunto vago de necessidades futuras não determinadas que ainda não atingiram nem o estágio de planejamento. Além disso, à primeira vista, a funcionalidade de um site de e-commerce parece bastante simples e quase padronizada: todos os sites de e-commerce possuem catálogos de produtos e oferecem formas de pesquisar e navegar até os itens desejados, todos possuem carrinhos de compras, todos oferecem promoções especiais como frete gratuito e todos oferecem transações seguras. Mas esses recursos comuns e esperados, escondem um conjunto de recursos complexos necessários para manter as melhores lojas on-line atraentes, com alta velocidade de resposta e um bom desempenho com grandes volumes de transação ao longo prazo. A diferença entre os recursos da aplicação de e-commerce pode consistir na diferença entre o êxito e o fracasso do site de e-commerce. Este artigo técnico oferece 10 considerações para ajudar a guiar a seleção de critérios para a sua próxima plataforma de e-commerce, que deverá ser a última plataforma de e-commerce que você precisará adquirir. 1

3 Consideração 1: Escalabilidade O desempenho do site será eficiente durante os picos e quedas do tráfego? Escalabilidade pode ser um dos termos mais utilizados no marketing de TI. Os desenvolvedores de software querem que você acredite que todas as aplicações desenvolvidas foram destinadas a serem escalonáveis desde o seu início. Mas se há aplicações que precisam ser escalonáveis, um grande site de e-commerce certamente é uma delas. Aplicações internas lentas são irritantes, mas aplicações que estão em contato direto com o cliente e não têm uma boa capacidade de resposta deixarão os clientes frustrados, os levarão aos seus concorrentes e levarão os seus negócios on-line ao fracasso. Um site de e-commerce só é tão bom quanto sua capacidade de lidar com seu pico de tráfego. Conforme a popularidade do seu site aumenta, ele precisa ser escalonado com um esforço mínimo para que você possa evitar incorrer custos desproporcionais de gerenciamento de infraestrutura. Ao avaliar as aplicações de e-commerce, busque empresas com um porte e um perfil similares aos seus. Faça a si mesmo as seguintes perguntas: Qual é o pico do número de visitas (ou sessões abertas) que o site suporta? Quantos pedidos por dia o site suporta? Quantas visualizações de página por visita cada visitante realiza em média? Qual é o tamanho do catálogo de produtos e quantas categorias, produtos e SKUs (unidades de manutenção de estoque) ele possui? Qual é o tempo de resposta médio da home page e das páginas de detalhes típicas? Qual é a quantidade de hardware, software e infraestrutura necessária para lidar com esses volumes? Consideração 2: O catálogo de produtos O esquema do catálogo atual atenderá as demandas futuras? O seu catálogo de produtos é o repositório on-line para todos os itens que você vende. Ele deve promover os itens que você mais deseja vender de forma eficaz e, simultaneamente, ajudar os clientes a encontrarem os itens que estão procurando. No entanto, catálogos de produto mal desenvolvidos podem ser rígidos e inflexíveis, especialmente se os atributos dos produtos que você deseja armazenar não se alinham naturalmente ao conjunto de definições na sua aplicação de e-commerce. Para fazer com que um catálogo de produtos inflexível acomode as realidades dos negócios, as empresas acabam por utilizar campos de dados erroneamente, preenchendo campos de dados irrelevantes com informações incompreensíveis, duplicando dados em vários locais e inventando códigos complicados para acomodar artificialmente as informações que o catálogo não suporta originalmente. 2

4 Pode ser difícil prever o tipo de produtos que você venderá no futuro e quais outras aplicações podem ser necessárias para popular os seus catálogos. Você deve se preparar para o desconhecido. A combinação de uma aplicação inflexível e planejamento de negócios de curto prazo resulta em uma inflexibilidade potencialmente catastrófica. As empresas perdem a agilidade de que precisam para ajustar ofertas e promoções rapidamente e para adaptar continuamente às alterações nas necessidades de negócios do e-commerce. Ao avaliar aplicações de e-commerce, você deve compreender o nível real de flexibilidade do catálogo de produtos. Faça a si mesmo as seguintes perguntas: O catálogo de produtos pode representar diferentes tipos de produtos com diferentes atributos? Quais são as suas limitações? Quantas categorias de produtos e subcategorias o catálogo suporta? Um único produto ou subcategoria pode existir em várias categorias sem duplicação de dados? Catálogos diferentes podem ser definidos para fins diferentes de uma loja B2C (empresa para cliente)? Quão fácil é relacionar os acessórios e criar conjuntos? Consideração 3: Controle do usuário de negócios A minha aplicação capacitará diretamente os meus comerciantes, gerentes de marketing e outros proprietários de negócios? Muitos gerentes de TI anseiam por um mundo sem usuários de negócios exigentes. Eles desejam o fim das solicitações de negócios que aparentemente surgem do nada ou chegam urgentemente no último minuto. Eles querem uma forma para deslocar as atualizações e edições diárias de volta para a empresa. Muitas aplicações de e-commerce exigem recursos de TI para manutenção cotidiana e ainda mais para os grandes projetos. Consequentemente, os seus usuários de negócios estão totalmente desconectados das tarefas diárias do seu site de e-commerce. Eles enviam suas solicitações de alterações para a TI e a mesma não tem escolha senão responder. A TI tem dificuldade para planejar e priorizar, pois eles lidam com um fluxo contínuo de atualizações urgentes de alta prioridade. Mas os usuários de negócios gostam de tomar o controle e cada tarefa que eles podem executar com segurança é uma tarefa a menos para a TI executar. Ao avaliar aplicações de e-commerce, você deve certificar-se que a aplicação escolhida seja tecnicamente e arquiteturalmente sensata, com recursos comprovados. Mas busque também ferramentas que os seus gerentes de negócios possam utilizar sozinhos. Faça a si mesmo as seguintes perguntas: Os gerentes de produtos e categorias podem controlar suas partes do catálogo? Os comerciantes definem as promoções e descontos de produtos, pedidos e remessas sem o envolvimento da TI? Uma campanha de direcionada pode ser enviada sem que a TI extraia as listas de clientes? Os executivos podem gerar seus próprios relatórios padrões e até mesmo criar novos relatórios? 3

5 Os usuários de negócios podem gerenciar diretamente conteúdo crítico e em constante alteração, como, por exemplo, a home page? Os usuários de negócios podem realizar todas essas atividades com confiança de que não "quebrarão" o site? Consideração 4: Pesquisa Com que facilidade os clientes podem encontrar o que precisam e com que facilidade eu posso promover os produtos que desejo vender com base nas pesquisas dos clientes? A caixa de pesquisa é, com frequência, a primeira ferramenta que um cliente de e-commerce utiliza. Houve um tempo em que as expectativas de pesquisa eram bastante baixas. Hoje em dia, os usuários esperam que a pesquisa não só encontre, mas também os guie até os produtos que estão procurando. Uma experiência de pesquisa que funcione de verdade para os seus clientes pode aumentar sua receita on-line significativamente. No entanto, a pesquisa do seu próprio site é apenas uma peça do quebracabeças. Mecanismos de pesquisa externos como o Yahoo! e o Google também precisam encontrar seus produtos. Isso causa dores de cabeças para os gerentes do site com páginas de e-commerce geradas dinamicamente, pois os spiders dos mecanismos de pesquisa podem interpretar erroneamente o que encontrarem em uma página gerada dinamicamente. Como nós sabemos por nossas próprias experiências on-line, não há nada mais frustrante para os clientes do que pesquisar e não encontrar algo que sabemos estar em algum lugar do site. Ao avaliar aplicações de e-commerce, procure por controles de negócios que ofereçam suporte para uma experiência de pesquisa pessoal e atraente. Faça a si mesmo as seguintes perguntas: Com que facilidade eu posso integrar uma experiência de pesquisa de e-commerce em minha loja on-line? Por quais atributos de produtos os clientes podem pesquisar? O que acontece se os clientes pesquisarem usando termos similares, mas que não utilizam as palavras exatas das descrições dos meus produtos? E se eles cometerem erros de ortografia? Posso obter informações sobre os meus clientes com base em suas pesquisas? O mecanismo de pesquisa é pré-integrado e inclui reconhecimento de catálogo? Posso apresentar promoções relevantes conforme os clientes realizam pesquisas no meu site? De que controle de negócios eu disponho para criar filtros e caminhos de navegação? Com que facilidade os spiders de pesquisas externas podem indexar meu site dinâmico? 4

6 Consideração 5: Agilidade Com que facilidade eu posso implementar solicitações de negócios para monitorar e reagir ao comportamento de um visitante Web individual? Imagine este cenário e considere se ele é familiar: a equipe de marketing de um e-tailer de eletrônicos deseja vender televisões de alta definição (HDTVs) durante as próximas duas semanas. Para cada visitante Web que visualizar mais de cinco HDTVs e cujos endereços de eles possuam, a equipe de marketing deseja enviar um apresentando as ofertas especiais. TI: Pode ser feito com alguns códigos. Marketing: Temos um novo detalhe: queremos enviar o para qualquer indivíduo que visualize as cinco HDTVs dentro do período de duas semanas, não em uma única sessão. TI: Isso é mais complicado. Precisaremos armazenar e incrementar um valor, o que significa que deveremos fazer uma alteração no esquema do banco de dados. Marketing: Não queremos que um cliente receba mais de um se eles visualizarem dez HDTVs. TI: Isso está se tornando um esforço muito grande para uma promoção de duas semanas. Não sei se posso concluir as alterações e testá-las em duas semanas. Marketing: Queremos um relatório com os resultados. TI: Você só pode estar brincando! Dramas similares a esse ocorrem em todos os negócios on-line. A TI fica frustrada com os profissionais de marketing, que não compreendem a dificuldade para implementar suas solicitações, especialmente com seus curtos prazos. Mas esse tipo de necessidade de negócios é exatamente o que as plataformas de e- commerce devem suportar. Em um mundo ideal, uma aplicação de e-commerce implementaria esse tipo de solicitações sem alterar páginas, códigos ou o banco de dados. Um gerente simplesmente descreveria o que monitorar e o que deve acontecer quando a aplicação encontrar atividades que se encaixam nos critérios. A aplicação então realizaria o trabalho. Ao avaliar aplicações de e-commerce, busque uma solução que possa monitorar as atividades dos clientes no seu site e executar ações baseadas nos comportamentos identificados. Faça a si mesmo as seguintes perguntas: Quais comportamentos no site podem ser monitorados com facilidade? O monitoramento está restrito a uma única visita Web ou ele pode abranger várias sessões? Quais ações automáticas posso executar após reconhecer um comportamento desejado? Como posso gerenciar as regras de negócios e os cenários de marketing? E o mais importante: quanto tempo e recursos serão necessários para implementar essas atividades? Elas podem ser reutilizadas? 5

7 Consideração 6: Relatórioe análise Eu possuo todos os recursos necessários para compreender meu negócio on-line? O seu site de e-commerce armazena informações preciosas sobre os seus clientes, seus comportamentos e suas preferências. Mas empresas geralmente têm problemas para descobrir como aproveitar o valor comercial desses dados. Configurar o seu site para capturar e registrar toda as informações disponíveis pode ser um trabalho árduo, especialmente se os dados são provenientes de uma grande variedade de fontes. Além disso, você pode utilizar os dados de formas diferentes ao longo do tempo e pode precisar de novas informações para gerar campanhas específicas. Como alternativa, você pode querer basear as campanhas em comportamentos diferentes dos que você tem rastreado. Ao avaliar aplicações de e-commerce, lembre-se de que você não pode controlar o que você não pode medir. Ter informações detalhadas sobre como a sua loja on-line funciona é essencial para o seu sucesso contínuo. Faça a si mesmo as seguintes perguntas: Como o site captura e armazena os dados históricos e comportamentais? Quais informações posso obter pelas pesquisas dos clientes? Quais ferramentas pré-integradas extraem business intelligence desses dados? Quais relatórios e painéis oferecem visibilidade para os meus negócios? Quão fácil é monitorar as métricas de negócios, como taxas de conversão e tamanhos médios de pedidos? Os relatórios me permitem detalhar para encontrar os dados por trás dos resultados? Com que facilidade posso criar relatórios ad hoc para obter respostas rápidas para perguntas específicas? Posso mesclar dados Web com meus dados não Web para obter uma visualização de vários canais dos meus negócios? Consideração 7: Padrões A aplicação foi desenvolvida em uma plataforma baseada em padrões? Você provavelmente já viu algumas aplicações interessantes que solucionam todos os tipos de problemas de negócios e mais tarde descobriu que elas estavam codificadas em uma linguagem, um banco de dados ou uma estrutura não suportada pelas habilidades da sua equipe. Se você adotar a aplicação e treinar sua equipe para oferecer suporte a ela, eles se preocuparão com as limitações de carreira por vincularem-se muito estreitamente a uma solução tão obscura. O e-commerce não é mais uma ala renegada da TI. Ele é uma organização fundamental e de missão crítica no portfólio de sistemas de uma empresa. Ele deve ser executado em uma plataforma baseada em padrões que pode ser suportada por conjuntos de habilidades padrão na organização e no mercado mais amplo. Você desejará a flexibilidade para utilizar uma ampla seleção de agências e integradores de sistemas para o desenvolvimento. Nas aplicações empresariais de hoje, o campo tecnológico foi reduzido a uma arquitetura Java/J2EE ou Microsoft.NET. Além disso, os analistas do setor, como a Gartner, recomendam enfaticamente que as empresas adotem uma abordagem de "comprar" em vez de "desenvolver" ao procurarem por aplicações de e-commerce. 6

8 Consideração 8: Integração Com que facilidade a aplicação pode ser integrada aos meus outros sistemas? O site de e-commerce, uma vez que se encontra em um silo independente, se torna uma aplicação altamente integrada que toca diversos outros sistemas e processos. A equipe que desenvolve e oferece suporte para o site contém uma combinação de profissionais técnicos e de negócios que orientam uma parte importante da estratégia corporativa. Conforme as empresas se tornam mais criativas em como combinar seus canais Web com outros pontos de contato com os clientes, uma integração limpa e fácil é obrigatória. Praticamente todos os elementos de uma aplicação de e-commerce podem ser autônomos ou orientados por outros sistemas. Ao avaliar aplicações de e-commerce, busque a modularidade, a qual permitirá que você personalize ou adapte cada aspecto individual da aplicação de acordo com os seus requisitos de negócios específicos. Além disso, com uma solução modular, você não comprometerá a integridade do restante do site no processo. Faça a si mesmo as seguintes perguntas: Onde a aplicação armazena os dados dos clientes? Qual sistema contém o catálogo de produtos mestre? Qual aplicação contém a contagem atual do inventário de SKUs? Qual aplicação contém os preços? Qual aplicação realiza os relatórios financeiros? Como os pedidos são comunicados e atendidos e o que acontece quando ocorrem problemas? Como os detalhes de cartões de créditos são autorizados e como é tratado o pagamento das transações? Como é tratada a detecção de fraudes? Como as promoções e os descontos podem ser sincronizados com outros canais? Como a aplicação Web pode ser integrada com os sistemas da loja para retirada na loja ou para o processamento de devoluções? Consideração 9: Interoperabilidade Como a aplicação funciona dentro de uma arquitetura orientada a serviços? Muitas empresas de visão desejam que suas diferentes aplicações possam "trabalhar em conjunto" para que novas aplicações compostas e processos de negócios possam ser reunidos rapidamente para aumentar a competitividade de mercado. A SOA (arquitetura orientada a serviços) e a capacidade para unir as aplicações com base em um backbone de serviços Web serão elementos importantes para a melhoria da capacidade da empresa de atender às alterações nas condições de negócios. A sua aplicação de e-commerce pode ser uma parte integral de qualquer arquitetura desse tipo. Isso é válido tanto para os dados armazenados por sua aplicação de e-commerce (como as informações sobre os clientes, produtos e preços) quanto para os processos por ela suportados (como a realização de pedidos e as atualizações do inventário). 7

9 Ao avaliar aplicações de e-commerce, busque arquiteturas empresariais flexíveis e considere com cuidado como essa aplicação pode interoperar com outros sistemas. Faça a si mesmo as seguintes perguntas: A aplicação pode suportar processos de negócios B2B (empresa para empresa) e B2B2C (empresa para empresa para consumidor)? A aplicação pode suportar outras interações além de compras, como autoatendimento Web ou atendimento ao cliente? Quais informações da aplicação de e-commerce são apresentadas por serviços Web e como a aplicação realiza essa tarefa? Quais processos de negócios estão disponíveis como serviços Web para que outras aplicações possam chamá-los com facilidade? Como a aplicação pode conectar-se à minha SOA empresarial para permanecer atenta a importantes eventos de negócios ocorridos em outras partes da empresa? Consideração 10: Sinergia A aplicação suporta modelos de negócios além do e-commerce B2C? As organizações de TI do mundo todo estão buscando todas as oportunidades possíveis para maximizar seus investimentos de tecnologia em toda a empresa. Algumas estão reconhecendo similaridades entre as soluções para diferentes canais de negócios, incluindo sites B2C, sites de marcas diferentes, sites de e-commerce de pequenas empresas, portais de contas empresariais e portais de parceiros de canal. Elas imaginam que pode ser fácil consolidar esses canais em uma única plataforma. Apesar de a sua empresa provavelmente ter selecionado inicialmente uma aplicação de e-commerce com base em sua capacidade de atender às necessidades de uma parte específica dos negócios, é uma boa ideia considerar onde e como essa aplicação pode suportar suas demais relações de negócios. Aplicações simples de e-commerce B2C são desenvolvidas para oferecer suporte para clientes, pedidos e cartões de créditos individuais, mas as relações de negócios podem se tornar muito mais complicadas do que isso. Quando as suas principais contas de negócios compram um grande volume com você, elas não querem inserir um número de cartão de crédito sempre que fizerem um pedido. Ao avaliar aplicações de e-commerce, antecipe que, futuramente, você desejará aproveitar seu investimento na aplicação de e-commerce em outras partes dos seus negócios. Compreenda como a aplicação pode oferecer suporte para esses requisitos diretamente. Faça a si mesmo as seguintes perguntas: Uma aplicação de e-commerce pode suportar perfis de clientes e perfis organizacionais como uma "conta" ou uma "empresa"? As estruturas hierárquicas de negócios podem ser modeladas? É possível definir diferentes funções e permissões para elas? É possível definir diferentes tipos de contratos, catálogos, listas de preços e estruturas de descontos para cada empresa com a qual eu faço negócios? 8

10 A aplicação pode suportar estruturas de descontos de volumes e em camadas? Os limites de compras e processos de aprovação podem ser facilmente implementados? É possível fazer compras de acordo com centros de custos e ordens de compras, além de seguir com o faturamento? Conclusão Quando tantas aplicações de e-commerce parecem compartilhar o mesmo conjunto de funções e recursos em um nível mais amplo, as verdadeiras diferenças não se tornam aparentes até você examinar os detalhes. Com um histórico de fornecer serviços para os sites de e-commerce de algumas das maiores empresas do mundo, além de classificações de melhor da categoria dos principais analistas, a Oracle pode guiar você pelas principais perguntas a serem feitas e os principais critérios a serem considerados enquanto você se prepara para investir em uma plataforma de e-commerce para ajudar a sua empresa a obter sucesso em um mercado competitivo. 9

11 As 10 principais considerações técnicas ao avaliar plataformas de e-commerce Março de 2011 Oracle do Brasil Sistemas Ltda. Sede no Brasil Av. Alfredo Egydio de Souza Aranha, 100 São Paulo, SP CEP B r a s i l CNPJ: / Fone: oracle.com Copyright 2006, 2011, Oracle e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Este documento é fornecido apenas para fins informativos e seu conteúdo está sujeito a alterações sem aviso prévio. Este documento não tem a garantia de estar livre de erros nem está sujeito a nenhuma outra garantia ou condição, seja expressa oralmente ou implícita por lei, incluindo as garantias e condições implícitas de comerciabilidade ou adequação a uma finalidade específica. Nós especificamente nos isentamos de qualquer responsabilidade em relação a este documento e nenhuma obrigação contratual é estabelecida, direta ou indiretamente, por este documento. Este documento não pode ser reproduzido ou transmitido de nenhuma forma e por nenhum meio, seja eletrônico ou mecânico, para nenhuma finalidade sem nossa permissão prévia por escrito. Oracle e Java são marcas registradas da Oracle e/ou de suas empresas afiliadas. Outros nomes podem ser marcas comerciais de seus respectivos proprietários. AMD, Opteron, o logotipo AMD e o logotipo AMD Opteron são marcas comerciais ou registradas da Advanced Micro Devices. Intel e Intel Xeon são marcas comerciais ou marcas registradas da Intel Corporation. Todas as marcas comerciais SPARC são usadas sob licença e são marcas comerciais ou marcas registradas da SPARC International, Inc. UNIX é uma marca registrada pela X/Open Company, Ltd. 0311

Um artigo técnico da Oracle Fevereiro de 2011. Reduzindo os custos de armazenamento com a unidade de fita mais rápida do mundo

Um artigo técnico da Oracle Fevereiro de 2011. Reduzindo os custos de armazenamento com a unidade de fita mais rápida do mundo Um artigo técnico da Oracle Fevereiro de 2011 Reduzindo os custos de armazenamento com a unidade de fita mais rápida do mundo Visão geral... 1 Introdução... 1 A unidade de fita mais rápida e com a maior

Leia mais

PRIMAVERA P6 ANALYTICS DA ORACLE

PRIMAVERA P6 ANALYTICS DA ORACLE PRIMAVERA P6 ANALYTICS DA ORACLE O Primavera P6 Analytics da Oracle é um pacote de solução de inteligência de negócios que fornece percepções valiosas sobre seus projetos e portfólios no Primavera P6 Enterprise

Leia mais

PRIMAVERA CONTRACT MANAGEMENT DA ORACLE, BUSINESS INTELLIGENCE PUBLISHER EDITION

PRIMAVERA CONTRACT MANAGEMENT DA ORACLE, BUSINESS INTELLIGENCE PUBLISHER EDITION PRIMAVERA CONTRACT MANAGEMENT DA ORACLE, BUSINESS INTELLIGENCE PUBLISHER EDITION PRINCIPAIS RECURSOS NOVO: Oracle BI Publisher NOVO: Suporte ao UPK NOVO: Aprimoramentos em Tecnologia NOVO: Serviços da

Leia mais

Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009

Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009 Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009 Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes

Leia mais

Manual do Usuário Renovações de Serviço de Suporte no Oracle Store

Manual do Usuário Renovações de Serviço de Suporte no Oracle Store Manual do Usuário Renovações de Serviço de Suporte no Oracle Store ÍNDICE Renovações de Serviço de Suporte no Oracle Store... 3 Economize tempo, Renove Online... 3 Acessando o Número de Serviços de Suporte...

Leia mais

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Janeiro de 2011 p2 Usuários comerciais e organizações precisam

Leia mais

APLICATIVOS DO ORACLE HEALTH INSURANCE BACK OFFICE: SOLUÇÕES FLEXÍVEIS PARA SISTEMAS COMPLEXOS DE ASSISTÊNCIA MÉDICA

APLICATIVOS DO ORACLE HEALTH INSURANCE BACK OFFICE: SOLUÇÕES FLEXÍVEIS PARA SISTEMAS COMPLEXOS DE ASSISTÊNCIA MÉDICA APLICATIVOS DO ORACLE HEALTH INSURANCE BACK OFFICE: SOLUÇÕES FLEXÍVEIS PARA SISTEMAS COMPLEXOS DE ASSISTÊNCIA MÉDICA OFERECE SUPORTE A PROCESSOS DE NEGÓCIOS ESSENCIAIS EM SISTEMAS PÚBLICOS E PRIVADOS PRINCIPAIS

Leia mais

PRIMAVERA PORTFOLIO MANAGEMENT DA ORACLE

PRIMAVERA PORTFOLIO MANAGEMENT DA ORACLE PRIMAVERA PORTFOLIO MANAGEMENT DA ORACLE RECURSOS GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO Entrega valor por meio de uma abordagem de estratégia em primeiro lugar para selecionar o conjunto ideal de investimentos Aproveita

Leia mais

INFORMAÇÕES GERENCIADAS

INFORMAÇÕES GERENCIADAS INFORMAÇÕES GERENCIADAS Gerenciamento de projeto sobre o qual é possível criar Soluções Primavera para engenharia e construção ORACLE É A EMPRESA Melhore o desempenho de projeto, a lucratividade e os resultados

Leia mais

Direcionando o Planejamento Estratégico com Modelo de Previsão Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007

Direcionando o Planejamento Estratégico com Modelo de Previsão Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007 Direcionando o Planejamento Estratégico com Modelo de Previsão Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007 Direcionando o Planejamento Estratégico com Modelo de Previsão Com um processo funcional de planejamento

Leia mais

Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente. Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente.

Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente. Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente. Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente Uma experiência mais sincronizada, automatizada e rentável em cada fase da jornada do cliente. As interações com os clientes vão além de vários produtos, tecnologias

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? As ofertas de nuvem pública proliferaram, e a nuvem privada se popularizou. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Educação Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios Reais, a Partir de Agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio?

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Comparativo prático para escolher a ferramenta perfeita para a sua empresa Faça nosso Quiz e veja as opções que combinam com o seu perfil ÍNDICE

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS Consigo rastrear o minha Compra? Sim. As informações mais atualizadas sobre sua Compra e a situação de entrega de sua Compra estão disponíveis em Meus pedidos.

Leia mais

PRIMAVERA RISK ANALYSIS

PRIMAVERA RISK ANALYSIS PRIMAVERA RISK ANALYSIS PRINCIPAIS RECURSOS Guia de análise de risco Verificação de programação Risco rápido em modelo Assistente de registro de riscos Registro de riscos Análise de riscos PRINCIPAIS BENEFÍCIOS

Leia mais

Soluções baseadas no SAP Business One BX PRODUCTION BX PRODUCTION. Software de Gestão para Manufatura Discreta e Repetitiva.

Soluções baseadas no SAP Business One BX PRODUCTION BX PRODUCTION. Software de Gestão para Manufatura Discreta e Repetitiva. Brochura BX PRODUCTION Soluções baseadas no SAP Business One BX PRODUCTION Software de Gestão para Manufatura Discreta e Repetitiva SAP Business One para manufatura discreta e repetitiva A combinação de

Leia mais

Autoatendimento Digital. Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas.

Autoatendimento Digital. Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas. Autoatendimento Digital Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas. Oferece aos clientes as repostas que buscam, e a você,

Leia mais

NCR CONNECTIONS. CxBanking

NCR CONNECTIONS. CxBanking CxBanking NCR CONNECTIONS Nossa soluc a o multicanal permite aos bancos implementar rapidamente servic os empresariais personalizados em canais fi sicos e digitais. Um guia de soluções da NCR Visão geral

Leia mais

Resultados da Pesquisa

Resultados da Pesquisa Resultados da Pesquisa 1. Estratégia de Mensuração 01 As organizações devem ter uma estratégia de mensuração formal e garantir que a mesma esteja alinhada com os objetivos da empresa. Assim, as iniciativas

Leia mais

práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social

práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social Não há dúvidas de que as tecnologias sociais têm um impacto substancial no modo como as empresas funcionam atualmente.

Leia mais

INFORMAÇÕES CONECTADAS

INFORMAÇÕES CONECTADAS INFORMAÇÕES CONECTADAS Resolvendo problemas de negócios para o setor de petróleo e gás Primavera Project Portfolio Management Solutions ORACLE É A EMPRESA Alcançando metas estratégicas no complexo mundo

Leia mais

Diferencie sua Empresa com o Oracle PartnerNetwork

Diferencie sua Empresa com o Oracle PartnerNetwork Hardware and Software Engineered to Work Together Diferencie sua Empresa com o Oracle PartnerNetwork Especialização. Reconhecido pela Oracle. O preferido dos Clientes. Especialização do OPN Reconhecimento

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

Faturamento personalizado (Customer Engaged Billing)

Faturamento personalizado (Customer Engaged Billing) Faturamento personalizado (Customer Engaged Billing) Transforme suas comunicações mais lidas em participações multicanais altamente direcionadas que reduzem custos, aumentam a satisfação do cliente e geram

Leia mais

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Sumário INFORMAÇÕES GERAIS... 1 SYMANTEC UNIVERSITY PARA PARCEIROS... 1 TREINAMENTO... 2 SERVIÇO DE INFORMAÇÕES... 4 COLABORAÇÃO... 5 Informações

Leia mais

Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA

Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA DESTAQUES A infraestrutura do RSA Security Analytics Arquitetura modular para coleta distribuída Baseada em metadados para indexação, armazenamento

Leia mais

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados DIFERENCIAIS Acredito que o desenvolvimento de soluções para Internet não é um trabalho qualquer, deve-se ter certa experiência e conhecimento na área para projetar sistemas que diferenciem você de seu

Leia mais

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços da solução SAP SAP ERP SAP Data Maintenance for ERP by Vistex Objetivos Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços Entregar a manutenção de dados

Leia mais

CA Clarity PPM. Visão geral. Benefícios. agility made possible

CA Clarity PPM. Visão geral. Benefícios. agility made possible FOLHA DO PRODUTO CA Clarity PPM agility made possible O CA Clarity Project & Portfolio Management (CA Clarity PPM) o ajuda a inovar com agilidade, a transformar seu portfólio com confiança e a manter os

Leia mais

Certificação para Parceiros de Canais Axis

Certificação para Parceiros de Canais Axis Axis Communications' Academy Certificação para Parceiros de Canais Axis O mais novo requisito para Parceiros de Soluções também é um dos seus melhores benefícios. Axis Certification Program o padrão mundial

Leia mais

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial Sumário executivo À medida que as organizações competem e crescem em uma economia global dinâmica, um novo conjunto de pontos cruciais

Leia mais

Diretivas do programa

Diretivas do programa Valued partner program América Latina Diretivas do programa www.datamax-oneil.com Valued Partner Program (VPP) da Datamax-O Neil Visão geral do programa O Valued Partner Program da Datamax-O Neil é um

Leia mais

Dell Premier. Guia de Compras e Pedidos. Fazendo Login na sua Página Premier. Três formas de comprar

Dell Premier. Guia de Compras e Pedidos. Fazendo Login na sua Página Premier. Três formas de comprar Dell Premier Guia de Compras e Pedidos A Dell Premier é o seu próprio site de suporte e compras seguro e personalizado, que permite um processo de compra fácil, eficiente e econômico. Examine este Guia

Leia mais

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB)

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB) A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação Maio de 2014 O novo comprador de tecnologia e a mentalidade de aquisição Existe hoje um novo comprador de tecnologia da informação Esse comprador

Leia mais

Proposta Loja Virtual. Schmitt Tricot

Proposta Loja Virtual. Schmitt Tricot Proposta Loja Virtual Schmitt Tricot Apresentação: Atualmente atuo no mercado de sites e lojas virtuais desde 2010, desenvolvendo novas ideias, trabalhando com agilidade, para sempre atender a todas as

Leia mais

Perguntas e respostas

Perguntas e respostas Diretrizes Perguntas e respostas Axis Certification Program Índice 1. Finalidade e benefícios 3 2. Como tornar-se um Axis Certified Professional 3 3. Após o Exame 5 4. Diferença entre o Axis Certification

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONCEITOS

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONCEITOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONCEITOS 1. Sabe-se que o conceito de Sistema de Informação envolve uma série de sistemas informatizados com diferentes características e aplicações, os quais, porém, têm em comum

Leia mais

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Aviso de Isenção de Responsabilidade e Direitos Autorais As informações contidas neste documento representam a visão atual da Microsoft

Leia mais

APTRA PASSPORT DA NCR. Um núcleo empresarial para captura remota de depósitos

APTRA PASSPORT DA NCR. Um núcleo empresarial para captura remota de depósitos APTRA PASSPORT DA NCR Um núcleo empresarial para captura remota de depósitos Uma maneira melhor para os seus clientes depositarem cheques Bancos e instituições financeiras continuam a enfrentar os desafios

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR CLOUD PARA AS SUAS APLICAÇÕES?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR CLOUD PARA AS SUAS APLICAÇÕES? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR CLOUD PARA AS SUAS APLICAÇÕES? As ofertas de cloud pública proliferaram e a cloud privada popularizou-se. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010. Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999

Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010. Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999 FSI capítulo 2 Referências bibliográficas: Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010 Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999 Porter M., Competitive

Leia mais

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa ACESSE Informações corporativas a partir de qualquer ponto de Internet baseado na configuração

Leia mais

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online Page 1 of 5 Windows SharePoint Services Introdução a listas Ocultar tudo Uma lista é um conjunto de informações que você compartilha com membros da equipe. Por exemplo, você pode criar uma folha de inscrição

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento de Dados

Módulo 4: Gerenciamento de Dados Módulo 4: Gerenciamento de Dados 1 1. CONCEITOS Os dados são um recurso organizacional decisivo que precisa ser administrado como outros importantes ativos das empresas. A maioria das organizações não

Leia mais

Gerencie a força de trabalho móvel, sem a complexidade e o custo de uma instalação on-premise

Gerencie a força de trabalho móvel, sem a complexidade e o custo de uma instalação on-premise de Soluções SAP SAP Afaria, edição para nuvem Objetivos Gerencie a força de trabalho móvel, sem a complexidade e o custo de uma instalação on-premise 2013 SAP AG ou empresa afiliada da SAP. Investimentos

Leia mais

Banco do Brasil S.A. Consulta ao Mercado - RFP - Request for Proposa Aquisição de Ferramenta de Gestão de Limites Dúvida de Fornecedor

Banco do Brasil S.A. Consulta ao Mercado - RFP - Request for Proposa Aquisição de Ferramenta de Gestão de Limites Dúvida de Fornecedor 1. Em relação ao módulo para Atribuição de Limites, entendemos que Banco do Brasil busca uma solução para o processo de originação/concessão de crédito. Frente a essa necessidade, o Banco do Brasil busca

Leia mais

Introdução. 1. O que é e-commerce?

Introdução. 1. O que é e-commerce? Introdução As vendas na internet crescem a cada dia mais no Brasil e no mundo, isto é fato. Entretanto, dominar esta ferramenta ainda pode ser um mistério tanto para micro quanto para pequenos e médios

Leia mais

Plataformas de Comércio Eletrônico

Plataformas de Comércio Eletrônico Plataformas de Comércio Eletrônico Plataforma de Ecommerce O sistema responsável pelo gerenciamento e visualização da loja na Web. É o sistema que nos possibilita criar a loja virtual e também gerenciá-la,

Leia mais

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes Perguntas frequentes 1. MEUS PEDIDOS Consigo rastrear o minha Compra? Sim. As informações mais atualizadas sobre sua Compra e a situação de entrega de sua Compra podem ser adquiridas a qualquer momento

Leia mais

Soluções baseadas no SAP Business One BX MRO BX MRO. Brochura. Gestão de Manutenção, Reparo e Revisão de Equipamentos

Soluções baseadas no SAP Business One BX MRO BX MRO. Brochura. Gestão de Manutenção, Reparo e Revisão de Equipamentos Brochura BX MRO Soluções baseadas no SAP Business One BX MRO Gestão de Manutenção, Reparo e Revisão de Equipamentos Manutenção, Reparo & Revisão para SAP Business One Esta combinação de SAP Buisness One

Leia mais

Gestão do Conteúdo. 1. Introdução

Gestão do Conteúdo. 1. Introdução Gestão do Conteúdo 1. Introdução Ser capaz de fornecer informações a qualquer momento, lugar ou através de qualquer método e ser capaz de fazê-lo de uma forma econômica e rápida está se tornando uma exigência

Leia mais

Administração de CPD Chief Information Office

Administração de CPD Chief Information Office Administração de CPD Chief Information Office Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados ao profissional de

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso Uma única plataforma BPM que oferece total visibilidade e gerenciamento de seus processos de negócios 2 IBM Business Process Manager Simples

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

O futuro da produtividade

O futuro da produtividade O futuro da produtividade Ambiente cada vez mais exigente CONSUMO DO PRODUTO 11% de profissionais da informação visitam sites de rede social para o trabalho FORÇA DE TRABALHO MULTIGERAÇÃO 4milhões de jovens

Leia mais

IBM WebSphere Business Monitor

IBM WebSphere Business Monitor Obtenha visibilidade em tempo real do desempenho dos processos de negócios IBM WebSphere Business Monitor Fornece aos usuários de negócios uma visão abrangente e em tempo real do desempenho dos processos

Leia mais

Cross-Channel Marketing Platform. Aproximando marcas e consumidores em tempo real.

Cross-Channel Marketing Platform. Aproximando marcas e consumidores em tempo real. Cross-Channel Marketing Platform Aproximando marcas e consumidores em tempo real. Integração de dados muito mais completa. Obtenha visão panorâmica dos clientes por meio de insights relevantes. Tudo começa

Leia mais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita

Leia mais

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 REALIZAÇÃO TABULAÇÃO Quem Somos A WBI BRASIL é uma empresa especializada em planejamento de marketing digital, que presta

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 03 Profissões de TI Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos respectivos

Leia mais

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 FileMaker Pro 13 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 2007-2013 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

O que significa esta sigla?

O que significa esta sigla? CRM Para refletir... Só há duas fontes de vantagem competitiva. A capacidade de aprender mais sobre nossos clientes, mais rápido que o nosso concorrente e a capacidade de transformar este conhecimento

Leia mais

Millennium ECO 2.0 (beta)

Millennium ECO 2.0 (beta) MILLENNIUM NETWORK Millennium ECO 2.0 (beta) Documentação Técnica (draft) 10/2013 Este documento contém as instruções para a utilização da biblioteca Millenium_Eco que se presta à comunicação de aplicativos

Leia mais

INFORMAÇÕES CONECTADAS

INFORMAÇÕES CONECTADAS INFORMAÇÕES CONECTADAS Soluções de Negócios para o Setor de Serviços Públicos Primavera Project Portfolio Management Solutions ORACLE É A EMPRESA Alcance excelência operacional com fortes soluções de gerenciamento

Leia mais

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING 1 ÍNDICE 03 04 06 07 09 Introdução Menos custos e mais controle Operação customizada à necessidade da empresa Atendimento: o grande diferencial Conclusão Quando

Leia mais

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart.

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Versão 1.6 15/08/2013 Visão Resumida Data Criação 15/08/2013 Versão Documento 1.6 Projeto Responsáveis

Leia mais

My Cisco Perguntas mais frequentes

My Cisco Perguntas mais frequentes 1. O que é o My Cisco? My Cisco oferece uma visão portátil e personalizável das suas informações favoritas no Cisco.com. 2. Como é possível acessar o My Cisco? Há duas formas de acessar o My Cisco: A lista

Leia mais

Quais tipos de informações nós obteremos para este produto

Quais tipos de informações nós obteremos para este produto Termos de Uso O aplicativo Claro Facilidades faz uso de mensagens de texto (SMS), mensagens publicitárias e de serviços de internet. Nos casos em que houver uso de um serviço tarifado como, por exemplo,

Leia mais

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 FileMaker Pro 14 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 2007-2015 FileMaker, Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

TOTVS Série 1 Varejo (Simples) - Módulo e-commerce

TOTVS Série 1 Varejo (Simples) - Módulo e-commerce Novo Módulo disponível no TOTVS S1 Varejo: permissão de utilização através de licença específica. Mesmo não adquirindo a licença de uso do módulo ele continuará presente na tela do usuário. 1 Na opção

Leia mais

Manual de Boas Práticas para Fornecedores do Cartão BNDES

Manual de Boas Práticas para Fornecedores do Cartão BNDES Manual de Boas Práticas para Fornecedores do Cartão BNDES Atualizado em 15/05/14 Pág.: 1/6 Introdução O Cartão BNDES é um meio de pagamento baseado no conceito de cartão de crédito e que visa financiar

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios?

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? O CA ERwin Modeling fornece uma visão centralizada das principais definições de

Leia mais

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO As Empresas e os Sistemas Problemas locais - impacto no sistema total. Empresas como subsistemas de um sistema maior. Uma empresa excede a soma de

Leia mais

Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização

Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização Google Site Search Folha de dados Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização Google Site Search Para mais informações, visite: http://www.google.com/enterprise/search/ Quais

Leia mais

Como cultivar leads do Comitê de TI

Como cultivar leads do Comitê de TI BRASIL Como cultivar leads do Comitê de TI O marketing está ajudando ou atrapalhando? Confiança + Credibilidade devem ser CONQUISTADAS O profissional de marketing moderno conhece a importância de cultivar

Leia mais

apresentação iagente shop

apresentação iagente shop apresentação iagente shop Rua Sport Clube São José, 54 506. Porto Alegre Rio Grande do Sul CEP: 91030-510 Fone: (51) 3398.7638 e-mail: www.iagenteshop.com.br www.iagente.com.br Data: 01 de Abril de 2009

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding

IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding Unindo a estratégia às operações com sucesso Visão Geral O Scorecarding oferece uma abordagem comprovada para comunicar a estratégia de negócios por toda a

Leia mais

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 2007 2012 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

7 Passos para um e-commerce de Sucesso. André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes 18.Out.2013

7 Passos para um e-commerce de Sucesso. André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes 18.Out.2013 7 Passos para um e-commerce de Sucesso André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes 18.Out.2013 MERCADO DE E- COMMERCE PORQUE INVESTIR... Crescimento 20,3% Crescimento 24,4% 354% R$ 770 Milhões 117%

Leia mais

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos.

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fundada em 1989, a MicroStrategy é fornecedora líder Mundial de plataformas de software empresarial. A missão é fornecer as plataformas mais

Leia mais

Consolidação inteligente de servidores com o System Center

Consolidação inteligente de servidores com o System Center Consolidação de servidores por meio da virtualização Determinação do local dos sistemas convidados: a necessidade de determinar o melhor host de virtualização que possa lidar com os requisitos do sistema

Leia mais

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 02 Áreas e Profissionais de TI Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos

Leia mais

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 1 de outubro de 2015. Política de Privacidade do Site

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 1 de outubro de 2015. Política de Privacidade do Site ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 1 de outubro de 2015 Política de Privacidade do Site Esta Política de Privacidade do Site destina-se a informá-lo sobre o modo como utilizamos e divulgamos informações coletadas em

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PRODUTO. Mais que um software, o método mais eficaz para conciliar.

APRESENTAÇÃO DO PRODUTO. Mais que um software, o método mais eficaz para conciliar. APRESENTAÇÃO DO PRODUTO Mais que um software, o método mais eficaz para conciliar. Com Conciliac é possível conciliar automaticamente qualquer tipo de transação; Bancos, Cartões de Crédito e Débito, Contas

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada

Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada Insight completo sobre IDG/Oracle Relatório de pesquisa de SOA Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada Alinhamento

Leia mais

INICIANDO UMA OPERAÇÃO DE E-COMMERCE PROFISSIONAL COM MAGENTO

INICIANDO UMA OPERAÇÃO DE E-COMMERCE PROFISSIONAL COM MAGENTO INICIANDO UMA OPERAÇÃO DE E-COMMERCE PROFISSIONAL COM MAGENTO MARCELO LAGROTTA SANCHES Administrador especializado em marketing; 20 anos de experiência como Executivo de Marketing; Professor do Centro

Leia mais

Sistemas Colaborativos Simulado

Sistemas Colaborativos Simulado Verdadeiro ou Falso Sistemas Colaborativos Simulado 1. Todos os tipos de organizações estão se unindo a empresas de tecnologia na implementação de uma ampla classe de usos de redes intranet. Algumas das

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 13 E-commerce Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob licença Creative Commons 15 de Outubro

Leia mais

ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL. Guia Prático de Compra O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO. Edição de julho.2014

ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL. Guia Prático de Compra O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO. Edição de julho.2014 ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL Guia Prático de Compra Edição de julho.2014 O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO Í n d i c e 6 perguntas antes de adquirir um sistema 4 6 dúvidas de quem vai adquirir

Leia mais

Universo Online S.A 1

Universo Online S.A 1 Universo Online S.A 1 1. Sobre o UOL HOST O UOL HOST é uma empresa de hospedagem e serviços web do Grupo UOL e conta com a experiência de mais de 15 anos da marca sinônimo de internet no Brasil. Criado

Leia mais