InfoBiz. Países Árabes. Móveis e Artigos para Decoração

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "InfoBiz. Países Árabes. Móveis e Artigos para Decoração"

Transcrição

1 Países Árabes Móveis e Artigos para Decoração

2 Salim Taufic Schahin Presidente Wladimir Freua Vice Presidente de Comércio Exterior Michel Alaby Secretario Geral Equipe Técnica Responsável Rodrigo Solano Gerente de Desenvolvimento de Mercado Fábio Ottaiano Marcus Vinícius Pillon Patricia Migueres Venâncio Goulart Analistas Desenvolvimento de Mercado Tel.:

3 Sumário Cenário Geral... 1 Mercado... 2 Canal de Distribuição... 2 Comércio Exterior... 2 Oportunidades para Exportação... 7 Oportunidades de Importação... 7

4 Cenário Geral Os países árabes não são tradicionais produtores de móveis e artigos para decoração e a maioria possui uma produção local limitada. Devido a esse fato, a maior parte da demanda por tais produtos é suprida com a importação. O setor nestes mercados caracteriza-se por diferentes aspectos de consumo, desde móveis de baixa qualidade até produtos altamente sofisticados. Os principais mercados árabes do setor são alguns países do CCG - Conselho de Cooperação do Golfo (Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos) além do Egito e Argélia. Na região do Golfo Arábico o mercado de móveis tem grande correlação com o setor de construção, portanto, varia de acordo com a criação de novas edificações e também com as reformas. Por esta razão, os países do CCG são mercados promissores para o segmento de móveis e tem ótimas perspectivas de crescimento em médio e longo prazo. Emirados Árabes Unidos: O país é uma referência em hotelaria além de ser um grande centro de negócios da região, com feiras e eventos dos mais variados setores ocorrendo durante todo o ano. É o país árabe que concentra o maior número de estrangeiros principalmente europeus, indianos e árabes de diversas nacionalidades. O setor moveleiro no país é dividido em duas categorias: os produtos de alto e médio padrão, com design bastante sofisticado, e os móveis de qualidade inferior. O estilo contemporâneo ganha espaço frente ao tradicional design clássico e barroco. Essa tendência é muito mais forte nos EAU em comparação a outros mercados do Golfo, pois este país possui grande quantidade de europeus e tende a ter preferências ocidentais. Há a possibilidade de entrada no mercado atendendo às diversas classes de consumidores. O Brasil, porém, é mais bem sucedido com móveis de médio a alto padrão, já que a principal concorrência seria de países europeus, cujos preços são normalmente superiores aos do Brasil. Um grande volume de móveis importados pelos EAU é re-exportado devido principalmente ao acordo de livre comércio entre os países do CCG e da infra-estrutura do país que possui diversas zonas francas. Os produtos para escritório com design contemporâneo em madeira são altamente demandados para esse segmento e possuem grande variedade de escolha. É importante notar que o binômio: preço e qualidade têm grande peso na competitividade do produto neste mercado. O segmento de móveis para escritório é altamente competitivo e é possível encontrar produtos das mais variadas qualidades e origens. A fabricação local de móveis, utilizando matériaprima importada se desenvolve rapidamente e ganha espaço também no fornecimento a países vizinhos. Alguns fabricantes locais produzem móveis de alta qualidade equiparados aos de fabricação européia. Uma boa parte dos móveis de cozinha são fabricados localmente e direcionados para classe média, em geral produzidos em metal. São poucos os fabricantes de móveis para banheiro, e o consumidor prefere produtos feitos de plástico ou cerâmica. 1 Arábia Saudita: Com a maior população do Golfo Arábico, Arábia Saudita espera aumentar a demanda para novas moradias nos próximos anos. Como conseqüência do aumento da população e da sua renda houve crescimento pela demanda de moradias. Na verdade, o aumento da riqueza na Arábia Saudita tem refletido de maneira positiva na área de construção em geral. Atualmente estão sendo construídos, expandidos ou reformados não apenas residências, mas também edifícios comerciais, bancos, aeroportos, centros de lazer, shopping centers, hospitais, restaurantes e hotéis. O crescimento da construção na Arábia Saudita gerou uma grande demanda por uma variedade de móveis, artigos de decoração, tapetes, cortinas, carpetes, janelas, móveis para cozinha, quarto e banheiro, pinturas, armários e artefatos. A alta no setor privado criou uma demanda por móveis e artigos para decoração principalmente na capital da Arábia Saudita, Riade. Egito: A produção local de móveis tanto em qualidade como em quantidade apresenta uma importante concorrência aos produtos importados. No entanto, a clientela de alto poder aquisitivo, influenciada pelos gostos ocidentais e sensíveis aos produtos de alta qualidade, está disposta a pagar mais pelos móveis importados. Para atender a uma demanda mais tradicional, são fabricados móveis de estilo imperial e cópias de móveis franceses ou ingleses antigos por artesões locais. Mas os gostos estão evoluindo entre a classe alta/rica, a qual orienta-se atualmente pelo estilo contemporâneo. A demanda pelos móveis norte-americanos aumenta a presença de modelos mais rebuscados, com cores fortes e sofás confortáveis e floridos. Há numerosos distribuidores desse tipo de produto no Cairo. Os preços não são prioridade para a classe rica, mas a classe média e popular atenta para este detalhe. No geral, as fábricas possuem uma boa tecnologia e mão de obra qualificada. No entanto, a indústria de móveis egípcios sofre com a falta de matéria prima, maquinário e qualidade nos produtos finais de acabamento. Os móveis de sala e quarto representam a maior parte da produção total no Egito.

5 Argélia: O mercado de móveis, iluminação e artigos de decoração para cozinha e banheiro está entre um dos mais lucrativos. Devido à maioria destes itens serem importados pelo país, uma grande oportunidade se abre para exportadores brasileiros no setor. Mercado Ocupando um vasto território o mundo árabe é um grande mercado com diversificada clientela, podendo adquirir produtos brasileiros dos mais variados tipos. Uma característica comum a praticamente todo o mundo árabe, é a existência de muitos projetos de novas moradias, edifícios comerciais, hotéis, shopping centers, centros de lazer entre outros, conforme a região. O investimento dos governos nestes países é alto, gerando muitos recursos para o setor de construção desenvolver-se rápido. Estes projetos dependendo do tipo e da região onde se encontram podem demandar grandes quantidades de móveis seja eles populares ou de alto padrão. Países onde há grande quantidade de projetos para construção de hotéis, centros comerciais e de entretenimento, como é o caso dos Emirados e da maior parte dos países do Golfo Arábico, há uma grande demanda por produtos de alto padrão para a decoração dos interiores, muitas vezes projetados por designers renomados. Já em países onde há construção de moradias populares, a demanda é por móveis de médio e baixo padrão. É o caso da Argélia, Líbia e outros países do norte da África. Além disto, países africanos como o Sudão podem ser uma porta de entrada para a o mercado sub-saariano. Com a exceção do Egito, onde a indústria moveleira é bastante desenvolvida, na maior parte dos países árabes a produção local de móveis não é tradicional, em alguns casos a indústria não é suficientemente desenvolvida, por isso a importação é o principal meio de aquisição de produtos no segmento. Entre os principais fornecedores da região estão países como Itália, Estados Unidos e Alemanha. Países asiáticos, principalmente a China, são detentores de grande fatia do mercado de móveis populares. Os produtos destinados aos consumidores árabes tendem a ser maiores e mais robustos quando clássicos. A linha moderna normalmente exige madeira escura e traços retos. A grande variedade no design e tipos de móveis ofertados é também bastante importante. Designs modernos e inovadores tendem a conquistar mais o público. Canal de Distribuição As franquias tornam-se cada vez mais atuantes no setor e impulsionam a disseminação da renovação e venda de móveis e objetos de decoração principalmente na região do Golfo. Paralelamente, a franquia faz o seu aparecimento no setor, contribuindo para ofuscar os grandes showrooms tradicionais. O setor de móveis e decoração é estruturado com grande quantidade de pontos de venda, estoques volumosos e número de negócios elevados. Existem dois principais canais de distribuição: 2 Varejo no Golfo, através de lojas, que propõem, essencialmente, móveis de média ou baixa qualidade e artigos de decoração em geral e se dirigem a uma clientela estrangeira de todos os níveis. Geralmente, os proprietários de lojas dispõem de um ponto de venda em cada grande cidade. Nos outros países é possível se exportar para distribuidores locais (varejo) ou importadores (trading companies). Profissionais de decoração (decoradores e arquitetos) - o papel do profissional na escolha do produto é determinante. Suas clientelas são compostas de membros de famílias da alta sociedade, para hotéis, sociedades civis e escritórios, que recorrem a esses para projetos de decoração e de renovação. No Golfo, mais especificamente nos Emirados, os profissionais dessas áreas têm nacionalidades diversas: britânicos, americanos e árabes. Comércio Exterior Os países árabes importaram do mundo em 2008 um total de US$ 9,99 bilhões. Os principais importadores árabes deste setor naquele ano foram Emirados Árabes, Arábia Saudita, Omã, Catar e Marrocos. O Brasil exportou para os países árabes um montante de US$ 12,92 milhões em 2009, valor 36% menor que no ano anterior, US$ 20,17 milhões. Os principais destinos árabes das exportações brasileiras deste setor foram Líbano, Argélia, Emirados Árabes, Arábia Saudita e Egito.

6 Importação Países Árabes do Mundo de Móveis e Artigos para Decoração NCM Produto US$ milhão Total Móveis e artigos para decoração 9996, Outros móveis e suas partes 3567, Outras obras de plástico, etc. 1519, Aparelhos de iluminação e suas partes, etc. 1353, Assentos, mesmo transformáveis em camas e suas partes 915, Objetos de vidro para serviços de mesa, toucador, escritório, etc. 601, Tapetes e outros revestimentos para pavimentos, etc. 404, Suportes elásticos para camas (somiês); colchões, etc. 314, Louça, outros artigos de uso doméstico e artigos de higiene, etc. 276, Outros papéis, cartões, pasta de celulose, etc. 218, Tapetes e outros revestimentos para pavimentos, etc. 194, Outros tapetes e revestimentos para pavimentos, et. 103, Quadros, pinturas, desenhos, etc. 87, Tapetes de matérias têxteis, de pontos nodados, etc. 81, Louça, outros artigos de uso doméstico e artigos de higiene, etc. 54, Antiguidades com mais de 100 anos 49, Sinos, campainhas, gongos e artefatos semelhantes não elétricos 47, Estatuetas e outros objetos de ornamentação, de cerâmica 41, Madeira marchetada e madeira incrustada, cofres, escrínios e estojos para joalharia, 40,20 etc Outras obras de cerâmica 32, Velas, pavios, círios e artigos semelhantes 29, Tapetes e outros revestimentos para pavimentos de feltro 26, Molduras de madeira para quadros, fotografias, espelhos, etc. 18, Produções originais de arte estatuária ou de escultura 11, Coleções e espécimes para coleções de zoologia, botânica, etc. 3, Selos postais, fiscais, marcas postais, envelopes de primeiro dia, etc. 1, Gravuras, estampas, litografias originais, etc. 1,07 Fonte: INTRACEN 3

7 Importadores Árabes de Móveis e Decoração do Mundo País US$ milhão Total Países Árabes 9996,44 Emirados Árabes 2908,82 Arábia Saudita 1866,57 Omã 597,23 Catar 594,53 Marrocos 504,62 Kuwait 503,50 Líbia 437,58 Egito 429,88 Iraque 417,31 Argélia 390,85 Tunísia 276,86 Líbano 240,24 Jordânia 223,31 Bahrein 199,19 Síria 139,04 Iêmen 92,51 Sudão 87,17 Djibuti 33,43 Mauritânia 23,95 Ilhas Comores 10,85 Palestina 10,81 Somália 8,20 Fonte: INTRACEN 4

8 Exportações Brasileiras Grupos de Produtos: Móveis e Decoração Fonte: SECEX (Fevereiro/2010) Janeiro - Dezembro Valores em Milhões de US$ FOB Participação % Variação % Rank Países Grupos /2009 Mundo Total , , ,00 100,00-22,71 Mundo Consulta 1.160, ,169 0,59 0,56-25,78 Países Árabes 20,174 12,915 1,74 1,50-35,99 1 Líbano 5,744 3,582 28,47 27,74-37,63 2 Argélia 5,423 3,146 26,88 24,36-41,99 3 Emirados Árabes Unidos 5,018 1,999 24,88 15,48-60,17 4 Arábia Saudita 0,981 1,106 4,86 8,57 12,75 5 Egito 1,156 1,002 5,73 7,76-13,33 6 Jordânia 0,042 0,571 0,21 4, ,28 7 Kuwait 0,311 0,433 1,54 3,35 39,18 8 Síria 0,017 0,343 0,08 2, ,63 9 Catar 0,342 0,179 1,70 1,38-47,74 10 Sudão 0,163 0,151 0,81 1,17-7,02 11 Tunísia 0,172 0,114 0,85 0,88-34,00 12 Marrocos 0,257 0,084 1,28 0,65-67,43 13 Omã 0,153 0,068 0,76 0,52-55,80 14 Líbia 0,124 0,045 0,61 0,35-63,41 15 Bahrein 0,024 0,037 0,12 0,29 54,00 16 Mauritânia 0,054 0,029 0,27 0,23-45,87 17 Djibuti 0,089 0,018 0,44 0,14-79,94 18 Iêmen 0,004 0,006 0,02 0,05 43,38 19 Iraque 0,066 0,000 0,33 0,00-99,26 20 Ilhas Comores 0,032 0,000 0,16 0,00 0,00 5

9 Exportações Brasileiras Grupos de Países: Países Árabes Fonte: SECEX (Fevereiro/2010) Janeiro - Dezembro Valores em Milhões de US$ FOB Participaç ão % Variaçã o % Rank NCM Produtos da Consulta /2 009 Mundo Total , ,74 100, 100, -22, Mundo Consulta 1.160, ,169 0,59 0,56-25,78 Países Árabes 9.818, ,250 4,96 6,14-4,36 Móveis e Decoração 20,174 12,915 0,21 0,14-35, Objetos de vidro para serviço de mesa, 7,438 6,003 36,8 46,4-19,30 cozinha, toucador, etc Outros móveis e suas partes 9,916 4,954 49,1 38,3-50, Louça, outros artigos de uso doméstico etc. 0,458 0,680 2,27 5,27 48, Assentos (exceto os da posição 94.02) 1,183 0,456 5,86 3,53-61, Aparelhos de iluminação (incluídos os 0,365 0,239 1,81 1,85-34,47 projetores) e suas partes, etc Quadros, pinturas e desenhos, feitos 0,103 0,204 0,51 1,58 98,58 inteiramente à mão, etc Louça, outros artigos de uso doméstico e 0,062 0,182 0,31 1,41 192,20 artigos de higiene, etc Produções originais de arte de arte estatuária 0,051 0,156 0,25 1,21 207,39 00 ou de escultura, etc Suportes elásticos para camas (somiês); 0,126 0,016 0,63 0,12-87,49 colchões, etc Tapetes e outros revestimentos para 0,411 0,014 2,04 0,11-96,49 pavimentos, etc Sinos, campainhas, gongos e artefatos 0,047 0,003 0,23 0,03-92,98 semelhantes, etc Molduras de madeira para quadros, 0,000 0,003 0,00 0,02 0,00 00 fotografias, etc Outras obras de cerâmica. 0,013 0,002 0,06 0,02-81, Estatuetas e outros objetos de ornamentação, de cerâmica. 0,003 0,001 0,01 0,01-72,25 6

10 Oportunidades para Exportação É necessário que o exportador brasileiro se atenha a algumas necessidades que podem ser cruciais. A qualidade dos produtos brasileiros de alto padrão, muitas vezes se equipara à européia já tradicionalmente constatada nos países árabes, especialmente no golfo. Além disto, o preço brasileiro deve tentar manter-se em patamares competitivos para este segmento. Segundo alguns distribuidores árabes, as vantagens competitivas do Brasil estão atreladas a conceitos pré-estabelecidos amplamente divulgados. Exemplo disto é o consumidor creditar a qualidade do móvel brasileiros à abundância de madeira na floresta amazônica. Normalmente de 60% a 80% das vendas dos principais distribuidores no golfo se destinam a designers e projetos. Estes compradores normalmente compram conceitos e necessitam de itens que formam um ambiente, com pavimentação, iluminação, acessórios adequados. Entre as linhas que mais chamam a atenção dos compradores, são modernas e inovadoras. Além disto, por ser um mercado cosmopolita, acostumado a diferentes culturas e idéias das mais variadas, a criatividade e a inovação são sempre bem-vindas ao mercado de móveis e decoração. É importante dar ênfase na promoção dos produtos e da marca ao lidar com tais grupos. A questão da variedade também é importante. Diversificar no número de portas de armários e guardaroupas, de assentos em sofás são exemplos de adaptação necessária nos produtos. Toda a sofisticação criatividade e inovação devem ser expressas no momento da promoção. A idéia Brasil pode ser uma saída para empresas que não possuem uma marca internacionalmente reconhecida. Numa feira, por exemplo, os móveis e itens de decoração, podem ser apresentados como um projeto de design em uma ambientação adequada. Uma grande demanda existe também por móveis de médio e baixo padrão. As importadoras do golfo na maioria das vezes importam da China e outros países com vantagem nos preços. Também importam do Brasil, mas os itens são normalmente reexportados a outros mercados como o africano. A introdução direta de produtos de médio e baixo padrão pode ser feita através de países como Argélia, Líbia e Sudão, que além de possuírem um mercado consumidor bastante atraente, podem ainda servir de porta de entrada para outros países africanos. Oportunidades de Importação O consumo nacional é suprido quase integralmente pela produção doméstica, e as importações têm participação pequena, porém há espaço para alguns artigos da indústria árabe de móveis e decoração. Tapetes, aparelhos de iluminação, móveis, assentos e partes e ornamentos foram os principais produtos do segmento importados dos países árabes pelo Brasil. Apesar de serem produtos relativamente comuns, a produção árabe segue tendências únicas de confecção e qualidade, configurando um importante diferencial para seus produtos moveleiros e decorativos no mercado internacional. Os tapetes egípcios são um grande exemplo dessa realidade nos países árabes. As importações brasileiras de móveis e decoração centram-se em produtos altamente diferenciados da produção interna. Os países árabes constituem um potencial fornecedor já que possuem linhas diferenciadas e compatíveis com as exigências de consumidores específicos. Entre alguns dos produtos que o importador brasileiro pode achar atraente estão: tapetes, aparelhos de iluminação, ornamentos e outros artigos de decoração. 7

Como Negociar com os Países Árabes

Como Negociar com os Países Árabes Como Negociar com os Países Árabes 6 de abril de 2006 Rubens Hannun Vice-Presidente de Marketing Michel Abdo Alabi Secretário Geral e Diretor de Comércio Exterior As atratividades são muitas... Países

Leia mais

LIGA ÁRABE Comércio Exterior

LIGA ÁRABE Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC LIGA ÁRABE Comércio Exterior Outubro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

MÍDIA ESPECIALIZADA, DIVULGAÇÃO ACERTADA!

MÍDIA ESPECIALIZADA, DIVULGAÇÃO ACERTADA! MÍDIA ESPECIALIZADA, DIVULGAÇÃO ACERTADA! A HG Casa é uma revista profi ssional e dirigida ao mercado de artigos para casa com ênfase nos segmentos de Eletrodomésticos, Iluminação, Movelaria, Decoração,

Leia mais

PAÍSES AIEA AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA

PAÍSES AIEA AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA PAÍSES AIEA AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA 1. Canadá 2. Comunidade da Austrália 3. Estado da Líbia 4. Estados Unidos da América 5. Federação Russa 6. Japão 7. Reino da Arábia Saudita 8. Reino

Leia mais

MAPA ESTRATÉGICO DO COMÉRCIO EXTERIOR CATARINENSE FLORIANÓPOLIS, 11/12/2014

MAPA ESTRATÉGICO DO COMÉRCIO EXTERIOR CATARINENSE FLORIANÓPOLIS, 11/12/2014 MAPA ESTRATÉGICO DO COMÉRCIO EXTERIOR CATARINENSE FLORIANÓPOLIS, 11/12/2014 MAPA ESTRATÉGICO DO COMÉRCIO EXTERIOR CATARINENSE FLORIANÓPOLIS, 11/12/2014 Focos estratégicos Diversificação e agregação de

Leia mais

in light eletro house supri shop linea domus outdoor living & garden

in light eletro house supri shop linea domus outdoor living & garden utility house in domus eletro house in light linea domus supri shop outdoor living & garden FEIRA PROFISSIONAL Reunir em um mesmo local e momento investidores e mercado-alvo, formando um ambiente de negócios

Leia mais

3.2 Madeira e Móveis. Diagnóstico

3.2 Madeira e Móveis. Diagnóstico 3.2 Madeira e Móveis Diagnóstico Durante a década de 90, a cadeia produtiva de madeira e móveis sofreu grandes transformações em todo o mundo com conseqüentes ganhos de produtividade, a partir da introdução

Leia mais

Panorama Mundial (2013)

Panorama Mundial (2013) Panorama Mundial (2013) Produção mundial alcançou US$ 444 bilhões em 2013; Mesmo com os efeitos da crise internacional, registra 85% de crescimento desde 2004, a uma taxa média de 7% ao ano; 54% da produção

Leia mais

O EVENTO. O Evento. Decor Prime Show. Mídia Espontânea. Conferência Feicon Batimat Nordeste. Apoios e Parcerias. Expositores. Visitantes.

O EVENTO. O Evento. Decor Prime Show. Mídia Espontânea. Conferência Feicon Batimat Nordeste. Apoios e Parcerias. Expositores. Visitantes. O EVENTO O Evento Decor Prime Show Mídia Espontânea Conferência Feicon Batimat Nordeste Apoios e Parcerias Expositores Visitantes Depoimentos O EVENTO Primeira edição da Feicon Batimat Nordeste é sucesso

Leia mais

InfoBiz. Países Árabes. Franquias

InfoBiz. Países Árabes. Franquias Países Árabes Franquias Salim Taufic Schahin Presidente Wladimir Freua Vice Presidente de Comércio Exterior Michel Alaby Secretario Geral Equipe Técnica Responsável Rodrigo Solano Gerente de Desenvolvimento

Leia mais

Exclusive Fashion Tours tem o prazer de apresentar um serviço único e inovador:

Exclusive Fashion Tours tem o prazer de apresentar um serviço único e inovador: Exclusive Fashion Tours tem o prazer de apresentar um serviço único e inovador: uma equipe internacional de Personal Shoppers profissionais para uma experiência de compras de qualidade, no coração da mais

Leia mais

Cenário Geral do Desenvolvimento Econômico da China A Política de GO OUT da China

Cenário Geral do Desenvolvimento Econômico da China A Política de GO OUT da China Cenário Geral do Desenvolvimento Econômico da China A Política de GO OUT da China A aplicação da Estratégia de GO OUT --Investimento direto chinês para o exterior em 2007 As principais medidas para apoiar

Leia mais

INTERNACIONALIZAÇÃO E COMPETITIVIDADE BELO HORIZONTE

INTERNACIONALIZAÇÃO E COMPETITIVIDADE BELO HORIZONTE INTERNACIONALIZAÇÃO E COMPETITIVIDADE BELO HORIZONTE EXPORTAR É UM MOVIMENTO NATURAL DE CRESCIMENTO EXISTEM MAIS DE 200 PAÍSES ESPERANDO PELO SEU PRODUTO A EXPORTAÇÃO ABRE UM UNIVERSO DE OPORTUNIDADES

Leia mais

2.3 Transformados Plásticos. Diagnóstico

2.3 Transformados Plásticos. Diagnóstico 2.3 Transformados Plásticos Diagnóstico A indústria de plásticos vem movendo-se ao redor do mundo buscando oportunidades nos mercados emergentes de alto crescimento. O setor é dominado por um grande número

Leia mais

A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO

A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO PARTE 03 - MERCADOS PRIORITÁRIOS Introdução Nas últimas semanas dedicamos a nossa atenção ao

Leia mais

Mercados informação sectorial

Mercados informação sectorial Mercados informação sectorial Xangai Mobiliário Breve Apontamento Junho 2010 Índice 1. Distribuição 3 1.1 Lojas de Mobiliário Importado de Gama Alta 3 1.2 Centros Comerciais com Mobiliário Importado 4

Leia mais

OS NÚMEROS DA TECNARGILLA (edição de 2012)

OS NÚMEROS DA TECNARGILLA (edição de 2012) Volta o encontro com a 24ª edição de TECNARGILLA, Salão Internacional de Tecnologia e Suprimentos para a Indústria Cerâmica, a realizar-se no Centro de Exposições de Rimini, de 22 a 26 de setembro de 2014.

Leia mais

Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente.

Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente. Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente. Novos desafios, grandes oportunidades Apesar da crise econômica:

Leia mais

Desafios do Comércio Exterior Brasileiro. Desafios do Comércio Exterior Brasileiro

Desafios do Comércio Exterior Brasileiro. Desafios do Comércio Exterior Brasileiro Desafios do Comércio INTERCÂMBIO COMERCIAL BRASIL / MERCOSUL Desafios do Comércio Balança Comercial Brasileira INTERCÂMBIO COMERCIAL BRASIL / MERCOSUL Desafios do Comércio Evolução da Balança Comercial

Leia mais

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA LINHAS DE FINANCIAMENTO E ACESSO AO CRÉDITO PARA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO 13 / 4 / 09 ACESSO AO CRÉDITO PARA AS MICROS E

Leia mais

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado da Croácia

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado da Croácia Secretaria de Comércio Exterior SECEX - MDIC Departamento de Planejamento e Desenvolvimento do Comércio Exterior DEPLA Coordenação Geral de Produção Estatística CGPE RADAR COMERCIAL A Croácia foi a sexagésima

Leia mais

2013 Exercício 2012. Perfil do Varejo de Materiais de Construção. Elaborado pelo Instituto de Pesquisas da Universidade Anamaco

2013 Exercício 2012. Perfil do Varejo de Materiais de Construção. Elaborado pelo Instituto de Pesquisas da Universidade Anamaco 2013 Exercício 2012 Perfil do Varejo de Materiais de Construção Elaborado pelo Instituto de Pesquisas da Universidade Anamaco Metodologia Pesquisa quan%ta%va :1715 entrevistas distribuídas entre os diversos

Leia mais

O mundo árabe-muçulmano após a Primavera. Prof. Alan Carlos Ghedini

O mundo árabe-muçulmano após a Primavera. Prof. Alan Carlos Ghedini O mundo árabe-muçulmano após a Primavera Prof. Alan Carlos Ghedini Entre as causas da Primavera Árabe podemos citar: Altos índices de desemprego na região Crise econômica Pouca ou nenhuma representação

Leia mais

Elaboração De Projeto De Design e Interiores

Elaboração De Projeto De Design e Interiores Elaboração De Projeto De Design e Interiores São Paulo, 01/01/2010 KASA CONCEITO Nome: Schaelle Caetano Campos ABD: 9103 - Designer de Interiores Tel: 11 2979 3780 7746 4246 E-mail: schaelle@kasaconceito.com.br

Leia mais

Smart home. Fazendo da tecnologia smart home uma realidade. GfK 2015. GfK 2015 GfK smart home study 1

Smart home. Fazendo da tecnologia smart home uma realidade. GfK 2015. GfK 2015 GfK smart home study 1 Smart home Fazendo da tecnologia smart home uma realidade GfK 2015 GfK 2015 GfK smart home study 1 Conteúdos 1 2 3 Potencial de mercado Os nossos insights O seu crescimento através do conhecimento GfK

Leia mais

Palestra MPME. 30 de junho de 2011

Palestra MPME. 30 de junho de 2011 Palestra MPME 30 de junho de 2011 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Operações Indiretas Instituições financeiras credenciadas pelo BNDES Empresário Informação e Relacionamento

Leia mais

3 4 Janelas e Portas de Madeira [Atigos para o lar]

3 4 Janelas e Portas de Madeira [Atigos para o lar] 3 4 Janelas e Portas de Madeira [Atigos para o lar] 1. Definição da categoria Portas e janelas de madeira acabada (incluindo portas de exteriores e interiores) para uso doméstico. Números de HS Commodity

Leia mais

Receita com exportação de carne de frango é recorde nos primeiros oito meses de 2015

Receita com exportação de carne de frango é recorde nos primeiros oito meses de 2015 Receita com exportação de carne de frango é recorde nos primeiros oito meses de 2015 Por Prof. Dr. Sergio De Zen, Camila Brito Ortelan e Marcos Debatin Iguma e Equipe Aves/Cepea Nos primeiros oito meses

Leia mais

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino Unidade II MARKETING DE VAREJO E NEGOCIAÇÃO Profa. Cláudia Palladino Preço em varejo Preço Uma das variáveis mais impactantes em: Competitividade; Volume de vendas; Margens e Lucro; Muitas vezes é o mote

Leia mais

Comércio Externo de Bens (10 9 USD) 8,0 15,0 2009a 2010a 2011a 2012a 2013a 2014b 6,0 10,0

Comércio Externo de Bens (10 9 USD) 8,0 15,0 2009a 2010a 2011a 2012a 2013a 2014b 6,0 10,0 Informação Geral sobre a Palestina População (milhões hab.): 4,5 (estimativa 2014) Unidade monetária: Shequel de Israel (ILS) e Língua oficial: Árabe Dinar Jordano (JOD) Chefe de Estado: Mahmoud Abbas

Leia mais

Decor Store. Interiores. Loja de Decorações de Interiores. Cristiane Dal Prá Designer de Interiores

Decor Store. Interiores. Loja de Decorações de Interiores. Cristiane Dal Prá Designer de Interiores Decor Store Interiores Loja de Decorações de Interiores Cristiane Dal Prá Designer de Interiores Quem somos A Decor Store Interiores é uma loja que agrega em um único espaço vários itens relacionados a

Leia mais

A representação gráfica acima não pode ser considerada de forma precisa como a representação completa e real do construtor. A planta, características

A representação gráfica acima não pode ser considerada de forma precisa como a representação completa e real do construtor. A planta, características ORION RESORT RESIDENCES, LP LOCALIZAÇÃO 201 ENTRADA PARA OS PARQUES DA DISNEY 2 KM ORION RESORT RESIDENCES LIVINGSTON ROAD, KISSIMMEE FLÓRIDA FOTO AÉREA ORION RESORT RESIDENCES VILLAS, CT Aprox. 9.85 Acres

Leia mais

Exportação Brasileira de Tangerinas por País de Destino 2010

Exportação Brasileira de Tangerinas por País de Destino 2010 Exportação Brasileira de Laranjas por País de Destino 2010 ESPANHA 5.293.450 12.795.098 PAISES BAIXOS (HOLANDA) 4.669.412 10.464.800 REINO UNIDO 2.015.486 5.479.520 PORTUGAL 1.723.603 3.763.800 ARABIA

Leia mais

InfoBiz. Países Árabes. Setor de Construção

InfoBiz. Países Árabes. Setor de Construção Países Árabes Setor de Construção Salim Taufic Schahin Presidente Wladimir Freua Vice Presidente de Comércio Exterior Michel Alaby Secretario Geral Equipe Técnica Responsável Rodrigo Solano Gerente de

Leia mais

Resumo dos resultados da enquete CNI

Resumo dos resultados da enquete CNI Resumo dos resultados da enquete CNI Brasil - México: Interesse empresarial para ampliação do acordo bilateral Março 2015 Amostra da pesquisa No total foram recebidos 45 questionários de associações sendo

Leia mais

José Manuel Cerqueira

José Manuel Cerqueira José Manuel Cerqueira A Indústria cerâmica no contexto nacional A indústria portuguesa de cerâmica representou em 2013 um volume de negócios de 897,8 milhões de euros, um valor acrescentado bruto de 327,6

Leia mais

Oriente Médio Fevereiro de 2012

Oriente Médio Fevereiro de 2012 Oriente Médio Fevereiro de 2012 Missão a ser chefiada pelo Ministro Fernando Pimentel 12 a 16 de fevereiro 2012 Riad e Dubai Apex-Brasil Promover a internacionalização das empresas brasileiras Aumentar

Leia mais

P E R S P E C T I V A S D O T U R I S M O

P E R S P E C T I V A S D O T U R I S M O P E R S P E C T I V A S D O T U R I S M O Brasil JULHO 2011 P E R S P E C T I VA S D O T U R I S M O b r a s i l Introdução Com a realização de megaeventos esportivos como a Copa do Mundo FIFA 2014 e os

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 8 15 de maio de 2007

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 8 15 de maio de 2007 M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 8 1 de maio de 27 Síntese gráfica trimestral do comércio bilateral e do desempenho macroeconômico chinês Primeiro trimestre de 27 No primeiro trimestre de 27, a economia chinesa

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE MÓVEIS OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE MÓVEIS OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE MÓVEIS OUTUBRO DE 2015 PRODUTOS INDÚSTRIA DE MÓVEIS Importação 3,3% Residenciais 67,7% Mercado interno 96,4% Escritório 16,6% INDÚSTRIA

Leia mais

COMPROMISSO CONTÍNUO. Uma Divisão do Grupo MVP

COMPROMISSO CONTÍNUO. Uma Divisão do Grupo MVP / A MVP Tech, fundada em 2003, é uma integradora especializada em sistemas de segurança e tecnologia que representa importantes produtos de empresas dos Estados Unidos, Europa, e Austrália. Esses produtos

Leia mais

Visita a Portugal do Importador C & C Casa & Construção

Visita a Portugal do Importador C & C Casa & Construção Visita a Portugal do Importador C & C Casa & Construção Sector da Construção Brasil 21 a 25 de Outubro de 2013 Enquadramento Com uma extensão territorial de aproximadamente 8,5 milhões km 2, vastos recursos

Leia mais

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital.

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital. MOTOROLA A empresa alcançou um faturamento global da ordem de US$ $37.6 bilhões em 2000. É líder mundial em sistemas e serviços eletrônicos avançados. Atuando de maneira globalizada em 45 países, mais

Leia mais

Quem somos e quais os nossos objectivos

Quem somos e quais os nossos objectivos Quem somos e quais os nossos objectivos C onstituída em 11 de Janeiro de 1977, a Câmara de Comércio e Indústria Árabe-Portuguesa (CCIAP), Associação sem fins lucrativos / Entidade de Utilidade Pública,

Leia mais

Informe 05/2011 AS RELAÇÕES COMERCIAIS BRASIL- CHINA NO SETOR DE ROCHAS ORNAMENTAIS E DE REVESTIMENTO: SITUAÇÃO ATUAL E PERSPECTIVAS DE EVOLUÇÃO

Informe 05/2011 AS RELAÇÕES COMERCIAIS BRASIL- CHINA NO SETOR DE ROCHAS ORNAMENTAIS E DE REVESTIMENTO: SITUAÇÃO ATUAL E PERSPECTIVAS DE EVOLUÇÃO Informe 05/2011 AS RELAÇÕES COMERCIAIS BRASIL- CHINA NO SETOR DE ROCHAS ORNAMENTAIS E DE REVESTIMENTO: SITUAÇÃO ATUAL E PERSPECTIVAS DE EVOLUÇÃO Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV Junho de 2014

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV Junho de 2014 Nº 27 Oferta restrita e preços firmes no mês da Copa Frigoríficos, supermercados e churrascarias já têm motivos para comemorar com os resultados da Copa do churrasco. Ainda que não seja um movimento capaz

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA Diego Beneveluthy Goncalves Barbosa Jorge Arthur de Oliveira Queiroz Leon Denis Jose da Silva Junior Rodrigo Martins de Souza Tiago Rodrigo Ferreira Silva Vinicius Santos

Leia mais

ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011

ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011 ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011 Alguns factos históricos 1487 Bartolomeu Dias chega ao Cabo da Boa Esperança 1652 Holandeses, ao serviço da Dutch East India Company, instalam-se no Cabo. Colónia

Leia mais

FIL 2015. promova o seu negócio! 22A25DEOUT LUANDA ANGOLA. projectar o futuro, construindo o presente

FIL 2015. promova o seu negócio! 22A25DEOUT LUANDA ANGOLA. projectar o futuro, construindo o presente 22A25DEOUT Feira Internacional de Equipamentos e Materiais para a Construção Civil, Obras Públicas, Urbanismo e Arquitectura projectar o futuro, construindo o presente FIL 2015 LUANDA ANGOLA promova o

Leia mais

Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro

Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro Análise Economia e Comércio / Integração Regional Jéssica Naime 09 de setembro de 2005 Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro Análise Economia

Leia mais

África. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Blaise Pascal 30. www1.folha.uol.com.br

África. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Blaise Pascal 30. www1.folha.uol.com.br África Acredita-se que a situação atual da África seja resultado da maneira em que foi colonizado pelos Europeus. Por meio de colônia de exploração de recursos mineiras, separação dos territórios tribais

Leia mais

A GP no mercado imobiliário

A GP no mercado imobiliário A GP no mercado imobiliário A experiência singular acumulada pela GP Investments em diferentes segmentos do setor imobiliário confere importante diferencial competitivo para a Companhia capturar novas

Leia mais

Simone Weber Ivana Guimarães Elizane Souza

Simone Weber Ivana Guimarães Elizane Souza Simone Weber Ivana Guimarães Elizane Souza -Dimensões - Localização (Zoneamento PMC) - Topografia e árvores - Insolação (Norte) - Construções vizinhas - Guia Amarela HEMISFÉRIO SUL FACHADA NORTE No

Leia mais

MÍDIA KIT. A maior e melhor revista de decoração e design

MÍDIA KIT. A maior e melhor revista de decoração e design MÍDIA KIT A maior e melhor revista de decoração e design NÓS PENSAMOS NO DIA A DIA DO NOSSO LEITOR CASA CLAUDIA inspira e ajuda o leitor a tornar sua casa mais bela, confortável e restauradora nos diferentes

Leia mais

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS 1. Sumário Executivo Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso 2. Sumário da Empresa 2.1 Composição da Sociedade Perfil Individual dos sócios, experiência, formação, responsabilidades

Leia mais

Identificando os tipos de fontes energéticas

Identificando os tipos de fontes energéticas Identificando os tipos de fontes energéticas Observe a figura abaixo. Nela estão contidos vários tipos de fontes de energia. Você conhece alguma delas? As fontes de energia podem ser renováveis ou não-renováveis,

Leia mais

Necessidade de visto para. Não

Necessidade de visto para. Não País Necessidade de visto para Turismo Negócios Afeganistão África do Sul Albânia, Alemanha Andorra Angola Antígua e Barbuda Arábia Saudita Argélia. Argentina Ingresso permitido com Cédula de Identidade

Leia mais

Unidade III. Aula 17.1 Conteúdo Países árabes; Turquia. Cidadania e Movimento FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES

Unidade III. Aula 17.1 Conteúdo Países árabes; Turquia. Cidadania e Movimento FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade III Cidadania e Movimento Aula 17.1 Conteúdo Países árabes; Turquia. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidade:

Leia mais

RECURSOS MINERAIS E COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS. Prof.º Elves Alves www.professorelves.webnode.com.br

RECURSOS MINERAIS E COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS. Prof.º Elves Alves www.professorelves.webnode.com.br RECURSOS MINERAIS E COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS Prof.º Elves Alves www.professorelves.webnode.com.br RECURSOS NATURAIS A palavra recurso significa algo a que se possa recorrer para a obtenção de alguma coisa,

Leia mais

Unidade III. Aula 16.1 Conteúdo Aspectos políticos. A criação dos Estados nas regiões; os conflitos árabe-israelenses. Cidadania e Movimento

Unidade III. Aula 16.1 Conteúdo Aspectos políticos. A criação dos Estados nas regiões; os conflitos árabe-israelenses. Cidadania e Movimento CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade III Cidadania e Movimento Aula 16.1 Conteúdo Aspectos políticos. A criação dos Estados nas regiões; os conflitos árabe-israelenses. 2

Leia mais

Jogli - 2012!! Gabarito: 1.E. 2.A. 3.E. 4.B. Geografia 2012!!!

Jogli - 2012!! Gabarito: 1.E. 2.A. 3.E. 4.B. Geografia 2012!!! Jogli - 2012!! Gabarito: 1.E. 2.A. 3.E. 4.B. Geografia 2012!!! 1.(UFABC 2009) Exibicionismo burguês. Verdadeiros espetáculos da evolução humana (as e xposições universais) traziam um pouco de tudo: de

Leia mais

Projeto CAPAZ Banana Republic Posicionamento no Mercado

Projeto CAPAZ Banana Republic Posicionamento no Mercado 1 Introdução Ao assistir à aula você compreendeu o posicionamento da Banana Republic no mercado, a visão da marca e o público alvo no mercado internacional e brasileiro. Teve acesso a informações sobre

Leia mais

A DISTRIBUIÇÃO ALIMENTAR NOS EMIRADOS ARABES UNIDOS

A DISTRIBUIÇÃO ALIMENTAR NOS EMIRADOS ARABES UNIDOS A DISTRIBUIÇÃO ALIMENTAR NOS EMIRADOS ARABES UNIDOS Os mercados árabes oferecem excelentes oportunidades para o sector alimentar nacional. Para ampliar as possibilidades de sucesso, os produtos devem se

Leia mais

Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro

Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro - 2º Congresso Florestal do Tocantins - André Luiz Campos de Andrade, Me. Gerente Executivo de Economia e Mercados do Serviço Florestal

Leia mais

Boletim de Serviços Financeiros

Boletim de Serviços Financeiros PRODUTOS DE INFORMAÇ ÃO E INTELIGÊNCIA D E MERCADOS Boletim de Serviços Financeiros BOLETIM DO SERVIÇO B RASILEIRO DE APOIO À S MICRO E PEQUENAS E MPRESAS WWW.SEBRAE.COM.BR 0800 570 0800 PERÍODO: JULHO/2014

Leia mais

VALOR E PARTICIPAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES, POR FATOR AGREGADO E PAÍS DE DESTINO

VALOR E PARTICIPAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES, POR FATOR AGREGADO E PAÍS DE DESTINO VALOR E PARTICIPAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES, POR FATOR AGREGADO E PAÍS DE DESTINO 1 - CHINA 2 - ESTADOS UNIDOS 2014 34.292 84,4 4.668 11,5 1.625 4,0 6.370 23,6 5.361 19,8 13.667 50,6 2013 38.973 84,7 5.458 11,9

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 9777

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 9777 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, e considerando o disposto nos Protocolos ICMS 189/2009, 109/2013 e 122/2013, e tendo

Leia mais

ATIVIDADES EXTRAS. Data: Entrega:

ATIVIDADES EXTRAS. Data: Entrega: Geografia ATIVIDADES EXTRAS Tema: Data: Entrega: Valor: Nota: AVALIAÇÕES Conteúdo: Data: Valor: Nota: A Geopolítica no Oriente Médio Atlas National Geographic Visitante contempla a vista de um restaurante

Leia mais

Fundamento da definição

Fundamento da definição Fundamento da definição Quando desenvolvemos o projeto de um móvel dependemos de alguns elementos importante para começar o estudo. Da definição do estilo; material, processo, preço e qualidade. Exemplo:

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil País Afeganistão África do Sul Albânia Alemanha Andorra Angola Antígua e Barbuda Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Austrália

Leia mais

Estudo dos países da América Latina e América Central

Estudo dos países da América Latina e América Central Empresa têxtil E M P R E S A T Ê X T I L Estudo dos países da América Latina e América Central Produtos considerados: 6003.33.00/6006.31.00/6006.21.00/6006.22.00/6006.23.00/6006.42.00 1. Exportações brasileiras

Leia mais

RENEX SOUTH AMERICA 2014

RENEX SOUTH AMERICA 2014 RENEX SOUTH AMERICA 2014 O mercado sul-americano de energia renovável em um só lugar 26a 28 Novembro 2014 Porto Alegre - 14h às 20h no Centro de Eventos FIERGS Entre em contato e acompanhe a RENEX pelas

Leia mais

5 Conclusões. Estratégias Café Verde. peneiras) peneiras) cereja descascado) - certificação orgânica internacional (IBD)

5 Conclusões. Estratégias Café Verde. peneiras) peneiras) cereja descascado) - certificação orgânica internacional (IBD) 5 Conclusões A partir do objetivo principal deste estudo, que buscava identificar as estratégias de marketing adotadas pela empresas Alfa e Beta para comercializar o seu produto no exterior, bem como os

Leia mais

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções.

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções. Uma publicação: Estratégias para aumentar a rentabilidade 04 Indicadores importantes 06 Controle a produção 08 Reduza filas 09 Trabalhe com promoções 10 Conclusões 11 Introdução Dinheiro em caixa. Em qualquer

Leia mais

Avenue Collection. Weehawken, Nova Jersey, Estados Unidos. O Endereço Mais Conveniente Do Mundo

Avenue Collection. Weehawken, Nova Jersey, Estados Unidos. O Endereço Mais Conveniente Do Mundo Avenue Collection O Endereço Mais Conveniente Do Mundo Weehawken, Nova Jersey, Estados Unidos Avenue Collection Weehawken, Nova Jersey, Estados Unidos Conhecidos como "Avenue Collection," cinco edifícios

Leia mais

Argentina Dispensa de visto, por até 90 dias Dispensa de visto, por até 90 dias. Entrada permitida com Cédula de Identidade Civil

Argentina Dispensa de visto, por até 90 dias Dispensa de visto, por até 90 dias. Entrada permitida com Cédula de Identidade Civil PAÍS Visto de Turismo Visto de Negócios Observação Afeganistão Visto exigido Visto exigido África do Sul Dispensa de visto, por até 90 dias Dispensa de visto, por até 90 dias Albânia Dispensa de visto,

Leia mais

Fevereiro Março Abril Maio Junho. Local: Alemanha Local: Estados Unidos Local: Rússia Local: São Paulo Local: Polônia e Alemanha

Fevereiro Março Abril Maio Junho. Local: Alemanha Local: Estados Unidos Local: Rússia Local: São Paulo Local: Polônia e Alemanha Fevereiro Março Abril Maio Junho AçÕes 2015 Feira Fruit Logistica* SXSW* Fórum de Eficiência Energética APAS 2015 Europa Alemanha Rússia São Paulo Polônia e Alemanha Dias: 4 a 6 FI Dias: 13 a 17 ME Dias:

Leia mais

PROJETO EXEMPLO. Os aparelhos de som compactos da Sonic. Situação do mercado. Situação do produto

PROJETO EXEMPLO. Os aparelhos de som compactos da Sonic. Situação do mercado. Situação do produto PROJETO EXEMPLO Os aparelhos de som compactos da Sonic Jane Melody é a gerente de produto da linha de aparelhos de som compactos da Sonic. Cada sistema consiste em um amplificador/rádio AM-FM, um aparelho

Leia mais

P a r c e r i a Ref.ª EGP-

P a r c e r i a Ref.ª EGP- 0. P a r c e r i a Ref.ª EGP- Julho 10 BOLETIM DA CÂMARA DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA ÁRABE PORTUGUESA N.º 257 JORDANIA: CONSTRUÇÃO AJUDA AO CRESCIMENTO IMPORTADORES Introdução De acordo com as ultimas estatísticas,

Leia mais

CONSTRUINDO RIO SUSTENTÁVEL 2012/2015

CONSTRUINDO RIO SUSTENTÁVEL 2012/2015 PROGRAMA DE COMPETITIVIDADE DAS MICROS E PEQUENAS EMPRESAS DO ENCADEAMENTO DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONSTRUINDO RIO SUSTENTÁVEL 2012/2015 Desempenho recente da Construção Civil De

Leia mais

A Indústria de Alimentação

A Indústria de Alimentação A Indústria de Alimentação 61 A indústria brasileira de alimentação está inserida na cadeia do agronegócio e representa parte significativa do PIB. O texto aponta as características do setor, seu desempenho

Leia mais

Referência FAMILIAR. Situada no Estoril, esta moradia, projeto. sob medida projetos

Referência FAMILIAR. Situada no Estoril, esta moradia, projeto. sob medida projetos sob medida projetos Referência FAMILIAR A decoração desta moradia, no Estoril, ficou a cargo das arquitetas de interiores Maria Ana Franco e Teresa Matos Correia, da Fusion. TEXTO: patrícia ROCHA PRODUÇÃO:

Leia mais

Recomendado para as áreas de planejamento de marketing, propaganda e financeira.

Recomendado para as áreas de planejamento de marketing, propaganda e financeira. ALUMITEC Preparado por Marcus S. Piaskowy. Recomendado para as áreas de planejamento de marketing, propaganda e financeira. Código: 2011-ESPM-SP-CHAR-247-CASO Este caso foi escrito inteiramente a partir

Leia mais

O processo de abertura comercial da China: impactos e perspectivas

O processo de abertura comercial da China: impactos e perspectivas O processo de abertura comercial da China: impactos e perspectivas Análise Economia e Comércio / Desenvolvimento Carolina Dantas Nogueira 20 de abril de 2006 O processo de abertura comercial da China:

Leia mais

Hudson At Avenue One. San Jose, Califórnia, Estados Unidos. A Mais Nova Vila Urbana De San Jose

Hudson At Avenue One. San Jose, Califórnia, Estados Unidos. A Mais Nova Vila Urbana De San Jose Hudson At Avenue One A Mais Nova Vila Urbana De San Jose San Jose, Califórnia, Estados Unidos Hudson At Avenue One San Jose, Califórnia, Estados Unidos O Avenue One é a única vila urbana no coração de

Leia mais

Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura

Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura Francisco Edilson Maia Presidente da Comissão Nacional de Caprinos e Ovinos CNA Presidente da Câmara Setorial e Temática de Ovinos e

Leia mais

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado de Luxemburgo. 1 Panorama do País

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado de Luxemburgo. 1 Panorama do País Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC Secretaria de Comércio Exterior SECEX Departamento de Planejamento e Desenvolvimento do Comércio Exterior DEPLA Coordenação Geral de

Leia mais

Exportações Brasileiras de Carne Bovina Brazilian Beef Exports. Fonte / Source: SECEX-MDIC

Exportações Brasileiras de Carne Bovina Brazilian Beef Exports. Fonte / Source: SECEX-MDIC Categorias / Products:, INDUSTRIALIZADA / PROCESSED,,, 1 de 16 2000 1999 %(2000x1999) Janeiro / January US$ (000) US$/Ton 25.537 9.793 2.608 15.392 4.375 3.518 66% 124% -26% INDUSTRIALIZADA / PROCESSED

Leia mais

7.000 6.500 6.000 5.500 5.000 4.500 4.000 3.500 3.000 2.500 2.000 1.500 1.000 500 - -500-1.000 fev./2010. ago./2011. fev./2012. nov.

7.000 6.500 6.000 5.500 5.000 4.500 4.000 3.500 3.000 2.500 2.000 1.500 1.000 500 - -500-1.000 fev./2010. ago./2011. fev./2012. nov. 4 SETOR EXTERNO As contas externas tiveram mais um ano de relativa tranquilidade em 2012. O déficit em conta corrente ficou em 2,4% do Produto Interno Bruto (PIB), mostrando pequeno aumento em relação

Leia mais

A INFLUÊNCIA DAS REDES SOCIAIS E SEU PAPEL NA SOCIEDADE

A INFLUÊNCIA DAS REDES SOCIAIS E SEU PAPEL NA SOCIEDADE A INFLUÊNCIA DAS REDES SOCIAIS E SEU PAPEL NA SOCIEDADE Arthur de Alvarenga Barros 1 Michelle Fernanda Alves do Carmo 2 Rafaela Luiza da Silva 3 RESUMO Com base nos textos disponibilizados pela disciplina

Leia mais

Fileira Casa no Contexto Nacional e Internacional. Monografia Temática e Sectorial

Fileira Casa no Contexto Nacional e Internacional. Monografia Temática e Sectorial Fileira Casa no Contexto Nacional e Internacional Monografia Temática e Sectorial Janeiro 2014 2 Monografia Temática e Sectorial Ficha técnica TÍTULO Fileira Casa no Contexto Nacional e Internacional:

Leia mais

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas 7 de Novembro de 2014 Internacionalização - Desafios Diversificar Mercados Alargar a Base Exportadora Enquadramento Evolução Recente Comércio

Leia mais

o Diretor Executivo da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento - FAPED, no uso de suas atribuições legais,

o Diretor Executivo da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento - FAPED, no uso de suas atribuições legais, Deliberação 01 de 23 de fevereiro de 2015. o Diretor Executivo da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento - FAPED, no uso de suas atribuições legais, CONSIDERANDO o que dispõe a Lei n." 8.958, de

Leia mais

PERFIL DOS CLIENTES DA MARCENARIA SANTA CRUZ

PERFIL DOS CLIENTES DA MARCENARIA SANTA CRUZ FACULDADE PRUDENTE DE MORAES PERFIL DOS CLIENTES DA MARCENARIA SANTA CRUZ MAURICIO CESAR BOCHINI Itu 2009 Faculdade Prudente de Moraes MBA Executivo PERFIL DOS CLIENTES DA MARCENARIA SANTA CRUZ MAURICIO

Leia mais

Arquitetura e Urbanismo

Arquitetura e Urbanismo Arquitetura e Urbanismo Arquitetura e Urbanismo CARREIRA EM ARQUITETURA E URBANISMO Os arquitetos recebem uma formação geral que lhes permite trabalhar em diversos campos: em projetos de construções, de

Leia mais

Celulose de Mercado BNDES. ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 Gerência Setorial 1

Celulose de Mercado BNDES. ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 Gerência Setorial 1 1 BNDES FINAME BNDESPAR ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 Gerência Setorial 1 Celulose de Mercado Ao longo de 1999 e parte do ano 2000 os preços da celulose foram crescentes, num cenário de demanda aquecida

Leia mais

Menores, mas com potencial de gigantes

Menores, mas com potencial de gigantes Menores, mas com potencial de gigantes 12 KPMG Business Magazine Empresas do mercado empreendedor ganham força com a expansão do consumo nos países emergentes O ano de 2008 foi um marco na história econômica

Leia mais

DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre a atualização do artigo 1º, da Lei da Lei Complementar nº 241 de 24 de Fevereiro de 2015, onde trata da Tabela nº 05, Anexo II - Planta Genérica

Leia mais